Meu Feed

No mais...

JORGE JESUS FICA NO FLAMENGO! Relembre momentos especiais do treinador no Rubro-Negro

JORGE JESUS FICA NO FLAMENGO! Relembre momentos especiais do treinador no Rubro-Negro

Fox Sports Brasil Jorge Jesus divulgou em seu perfil no Instagram o acordo com o clube para renovação de seu contrato por mais um ano. Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Flamengo #JorgeJesus #FOXSports Veja Mais

Deputados discutem necessidade de adiar ou cancelar as eleições municipais - 02/06/2020

Deputados discutem necessidade de adiar ou cancelar as eleições municipais - 02/06/2020

Câmana dos Deputados Os candidatos às eleições municipais deste ano enfrentam mais um adversário: a pandemia da Covid-19, que está impedindo que eles façam as campanhas de rua, como é de costume. Além disso, os candidatos enfrentam a indefinição sobre a data das eleições, previstas para outubro. Apesar do TSE não ter declarado, oficialmente, se vai manter a data ou adiá-la, na Câmara dos Deputados há propostas para adiar ou até o cancelar as eleições municipais, de forma que haja um eleição única. Veja a análise sobre o tema com os deputados Léo Moraes (PODE-RO) e Fábio Ramalho (MDB-MG) Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Comissão debate prevenção a problemas de saúde mental durante pandemia - 02/06/2020

Comissão debate prevenção a problemas de saúde mental durante pandemia - 02/06/2020

Câmana dos Deputados A Comissão Externa que acompanha os efeitos e medidas contra a crise do coronavírus debateu, nesta terça-feira, os riscos que a pandemia traz para a saúde mental da população. Os especialistas fizeram recomendações para reduzir casos de depressão. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados Veja Mais

"O SÃO PAULO FOI O AUGE DA MINHA CARREIRA": Cicinho se declara ao Tricolor no Expediente Futebol

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #FoxSports #Cicinho #SãoPaulo Veja Mais

"EU APOSTARIA NO RAFINHA": Cicinho diz que lateral do Flamengo deveria estar na Seleção brasileira

Fox Sports Brasil Cicinho diz que o lateral do Flamengo deveria estar nos planos de Tite para a lateral-direita da Seleção Brasileira. E aí, galera, tem vaga pra esses dois? Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #FoxSports #Flamengo #Rafinha Veja Mais

Aras divulga nota para dizer que 'Constituição não admite intervenção militar'

O Tempo - Política Após repercussão negativa junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre fala em entrevista a Pedro Bial, procurador-Geral da República volta a falar sobre o artigo 142 da Constituição Veja Mais

Deputados aprovam prioridade no auxílio emergencial para mulher chefe de família - 02/06/20

Deputados aprovam prioridade no auxílio emergencial para mulher chefe de família - 02/06/20

Câmana dos Deputados O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (2) o Projeto de Lei 2508/20, da deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS) e outros, que estabelece prioridade de recebimento do auxílio emergencial pela mulher de família uniparental (chefe de família) quando o pai também informa ser o responsável pelos dependentes. A matéria será enviada ao Senado. De acordo com o parecer aprovado, da deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), se houver conflito de informações prestadas pela mãe e pelo pai, deverá ser dada preferência de recebimento das duas cotas de R$ 600,00 pela mãe, ainda que sua autodeclaração na plataforma digital tenha ocorrido depois daquela feita pelo pai. O homem que tiver a guarda unilateral ou que seja responsável, de fato, pela criação dos filhos, poderá contrariar as informações da ex-mulher na mesma plataforma e receber uma das cotas de R$ 600,00 até que a situação seja esclarecida pelo órgão competente. A possibilidade de o pai solteiro receber as duas cotas também é restabelecida na legislação após o veto do dispositivo pelo presidente Jair Bolsonaro. A ideia do projeto decorreu de muitas situações relatadas por mulheres que não tiveram acesso às duas cotas de R$ 600,00 porque os ex-cônjuges fizeram o cadastro primeiro, incluindo os filhos como dependentes como se tivessem a guarda. Ao projeto está apensado o PL 2835/20, do deputado José Guimarães (PT-CE), com o mesmo objetivo. Para a relatora, a solução apresentada não impede o pai solteiro de receber o auxílio, embora haja uma minoria de homens nessa situação. “Apenas 3,6% das famílias brasileiras tinham uma configuração com homem sem cônjuge e com filho, segundo o IBGE, e mais de 80% das crianças no Brasil têm como primeiro responsável uma mulher”, disse Professora Dorinha. Pagamento retroativo A relatora acatou emenda do deputado Milton Vieira (Republicanos-SP) para garantir o pagamento retroativo a que faria jus o genitor ou genitora que teve seu benefício subtraído ou recebido indevidamente por outro genitor ou genitora em virtude de conflito de informações sobre a guarda de filhos em comum. A Lei 13.982/20, que criou o programa de pagamento do auxílio emergencial em decorrência da pandemia de Covid-19, prevê o pagamento do benefício por três meses. Segundo a autora do projeto, deputada Fernanda Melchionna, vários veículos de comunicação mostraram que muitas mulheres ficaram sem o duplo benefício. “Elas que já sofrem com o machismo e com a violência por serem mulheres agora ficaram sem o benefício. Embora a Câmara esteja consertando esse detalhes, o Executivo tem sido muito displicente com o pagamento do auxílio”, afirmou. Para Guimarães, o problema começou desde o início do pagamento do auxílio. “Quando houver um conflito, a mulher terá preferência de receber o benefício”, disse. Denúncia O projeto determina à Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência - Ligue 180 a criação de uma opção específica de atendimento para denúncias de violência e dano patrimonial para os casos em que a mulher tiver o auxílio emergencial subtraído, retido ou recebido indevidamente por outra pessoa. O texto deixa claro ainda que os pagamentos indevidos do benefício emergencial ou feitos em duplicidade por causa de informações falsas prestadas deverão ser ressarcidos ao poder público por quem os recebeu indevidamente. Fonte: Agência Câmara de Notícias Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #AuxílioEmergencial Veja Mais

Turma da Mônica desenvolve cartilha de orientação para uso correto das máscaras

O Tempo - Diversão - Magazine Guia traz de forma detalhada e informativa os cuidados necessários para o manuseio desse item que é grande aliado no combate ao coronavírus Veja Mais

D1ª AO VIVO! Confira as últimas notícias do esporte

D1ª AO VIVO! Confira as últimas notícias do esporte

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Live #Futebol #AoVivo Veja Mais

Preços do petróleo sobem mais de 3% antes de reunião da Opep+

G1 Economia Reabertura econômica em estados norte-americanos também ajudou a impulsionar a cotação do barril do petróleo. Os preços do petróleo avançaram mais de US$ 1 por barril nesta terça-feira (2), impulsionados por expectativas de que grandes produtores concordem ainda nesta semana em estender cortes de bombeamento e pelo início das reaberturas em estados norte-americanos e em alguns países após os "lockdowns" relacionados ao coronavírus. O petróleo Brent fechou em alta de US$ 1,25, ou 3,3%, a US$ 39,57 por barril, enquanto o petróleo dos EUA avançou US$ 1,37, ou 3,9%, para US$ 36,81 o barril. Campo terrestre de exploração de petróleo da Petrobras no Nordeste Divulgação Ambos os valores de referência se aproximaram de máximas de três semanas. "Há a antecipação de que a Opep+ chegará a um acordo para estender os atuais níveis (de cortes) por mais dois meses, e ao mesmo tempo o mercado antecipa que a reabertura de economias ao redor do mundo vá elevar a demanda e nos colocar em uma posição na qual, até agosto, o mercado esteja em equilíbrio", disse Andy Lipow, presidente da consultoria Lipow Oil Associates. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados, entre eles a Rússia, que formam o grupo conhecido como Opep+, estão considerando prorrogar os atuais cortes de produção, de 9,7 milhões de barris por dia (bpd), para julho e agosto. Uma reunião do grupo deve acontecer na quinta-feira. Pelo plano em vigor atualmente, esse nível de cortes perduraria por maio e junho, passando para uma redução de 7,7 milhões de bpd entre julho e dezembro. A Arábia Saudita, segundo fontes, tem pressionado para manter as reduções mais profundas por um período maior de tempo. Veja Mais

Deputado recebe nudes de Vampeta ao pedir que seguidores denunciem antifascistas

O Tempo - Política Douglas Garcia (PSL-SP) divulgou e-mail para receber os perfis, mas acabou tendo a caixa de entrada inundada com fotos do ex-jogador Veja Mais

Auxílio Emergencial: 11 milhões de pedidos feitos por app e site ainda aguardam análise, diz Caixa

G1 Economia São 5,7 milhões de trabalhadores ainda em primeira análise e 5,3 milhões em reanálise, ou seja, que foram considerados inelegíveis em uma primeira avaliação. Até a manhã desta terça-feira (2), 11 milhões de trabalhadores ainda aguardavam análise para receber o Auxílio Emergencial de R$ 600, segundo informou o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. São 5,7 milhões de pessoas ainda em primeira análise e 5,3 milhões em reanálise, ou seja, que foram considerados inelegíveis em uma primeira avaliação e recorreram. Todos esses trabalhadores fizeram o cadastro pelo site ou app do auxílio. De acordo com Guimarães, a Caixa fará os pagamentos para os novos aprovados a partir de 48 horas após o recebimento dos dados processados pela Dataprev. O último lote de cadastros processados foi entregue pela Dataprev em 15 de maio, contendo 8,3 milhões de cadastros. Trabalhadores que tentaram receber auxílio-emergencial receberam aviso que estavam mortos De acordo com o balanço da Caixa, foram processados 101,2 milhões do total de 106,9 milhões de cadastros. Veja a situação em cada grupo de trabalhadores: Bolsa Família 19,9 milhões de cadastros processados: 19,2 milhões elegíveis e 700 mil inelegíveis Cadastro Único 32,1 milhões de cadastros processados: 10,5 milhões elegíveis e 21,6 milhões inelegíveis Inscritos no app e site 54,9 milhões de cadastros (49,2 milhões processados): 29,3 milhões elegíveis, 19,9 inelegíveis (5,3 milhões destes em reanálise) e 5,7 milhões em 1ª análise Veja a situação dos pedidos e análises do Auxílio Emergencial até esta terça: Cadastrados: 106,3 milhões Processados: 101,2 milhões Elegíveis: 59 milhões Inelegíveis: 42,2 milhões Em 1ª análise: 5,7 milhões Em reanálise: 5,3 milhões Total de pagamentos (incluindo a 1ª e 2ª parcelas, até esta terça): Bolsa Família Beneficiários: 19,2 milhões Valor pago: R$ 30,3 bilhões CadÚnico Beneficiários: 10,5 milhões Valor pago: R$ 14 bilhões App/Site Beneficiários: 28,9 milhões Valor pago: R$ 32,3 bilhões Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. Os brasileiros poderão acompanhar ainda os seus pedidos por meio dos seguintes endereços: www.cidadania.gov.br/consultaauxilio e https://consultaauxilio.dataprev.gov.br . Veja calendário da 2ª parcela SAIBA TUDO SOBRE O AUXÍLIO EMERGENCIAL Initial plugin text Veja Mais

Lucas Lucco revela ter sofrido preconceito após fazer clipe com Pabllo Vittar

O Tempo - Diversão - Magazine Artista mineiro declarou que alguns cantores do meio sertanejo chegaram a se distanciar dele por conta da gravação de 'Paraíso' Veja Mais

Acusada de plágio, Microsoft anuncia que dará créditos a desenvolvedor do AppGet

tudo celular Segundo Keivan Beigi, a gigante de Redmond copiou as principais mecânicas, estruturas, terminologias e formatos de seu Package Manager Veja Mais

Senado adia votação diante de divergências em projeto de lei sobre fake news

O Tempo - Política Texto vinha sendo desidratado ao longo da tramitação, com pontos sensíveis sendo retirados Veja Mais

Pesquisador recebe US$ 100 mil da Apple por descobrir falha que permitia invadir contas autorizadas com Apple ID

G1 Economia Vulnerabilidade afetava serviços integrados com Apple ID, mas risco ao iCloud e serviços da própria Apple não foi confirmado. Serviço de 'login único' do ID Apple tinha falha na geração dos códigos de autorização. Apple recompensou caçador de falhas com US$ 100 mil pela descoberta. Thomas Peter/Reuters O pesquisador de segurança Bhavuk Jain recebeu uma recompensa de US$ 100 mil (cerca de R$ 520 mil) da Apple após relatar uma brecha que poderia permitir uma violação dos controles de acesso em serviços com suporte ao Apple ID. Apple lança sistema de registro em aplicativos e sites A falha, que já foi corrigida, permitia gerar uma credencial de acesso falsa para qualquer serviço compatível com o botão "inicie sessão com a Apple". Esse recurso dispensa o cadastramento de uma senha específica para cada aplicativo, então a única barreira é a autorização da própria Apple. Como a vulnerabilidade estava presente na geração dos chamados "tokens de acesso", os serviços da própria Apple, que usam a senha do ID Apple e não o token, tecnicamente não estariam vulneráveis. No entanto, há casos em que serviços de uma mesma empresa utilizam tokens internamente para facilitar a integração entre os diferentes aplicativos e sistemas. Embora a possibilidade exista, isso não foi confirmado nos serviços da Apple. Jain relatou a vulnerabilidade diretamente à Apple em abril. O contato foi realizado por meio de um canal dedicado ao recebimento de detalhes sobre falhas de segurança e nenhuma informação sobre a brecha foi publicada antes de ela ser corrigida. Segundo o pesquisador, a Apple realizou uma investigação interna e não encontrou qualquer evidência de que hackers tenham explorado essa falha para obter acesso indevido a qualquer serviço. Apesar de nenhum usuário ter sido atacado, o risco era alto. O valor pago pela descoberta – US$ 100 mil – é considerado elevado para os programas que recompensam caçadores de falhas. O Facebook, por exemplo, nunca pagou mais do que US$ 50 mil. O programa da Apple prevê recompensas de até US$ 1,5 milhão, mas apenas para brechas graves que impactam os sistemas operacionais da companhia. Empresa que compra brechas de software diz que vai parar de aceitar falhas no iPhone por 'oferta elevada' Como funciona o acesso via token Serviços de "login único", que são fornecidos por empresas como Apple, Facebook, Twitter, Google e Microsoft, dispensam a criação de cadastros individuais nos serviços e aplicativos compatíveis. Com o login único, não é preciso lembrar de senhas diferentes e nem realizar a validação do endereço de e-mail, que já terá sido conferido pelo prestador do serviço. O login único não compartilha a senha do usuário com os serviços e aplicativos com os quais eles são integrados – por exemplo, fazendo um login em um aplicativo com sua conta Google, o Google não compartilha sua senha com esse aplicativo. Em vez disso, o app recebe um "token" (código de autorização) que relaciona o acesso ao usuário (conta) que o solicitou. Para validar esse código de autorização, o aplicativo ou serviço deve consultar o serviço de login único. Caso o código seja legítimo, o acesso é liberado em nome daquele usuário. O que Jain descobriu é que a Apple gerava códigos de autorização para qualquer ID Apple, mesmo que a sessão iniciada não correspondesse ao e-mail solicitado para o código de autorização. Na prática, um atacante poderia gerar códigos de autorização para qualquer pessoa, autorizando acessos de outros usuários. Não se sabe ao certo como cada serviço compatível reagiria a esse cenário, porque isso não foi testado. Mas é muito provável que a sessão seria iniciada em nome do usuário correspondente ao código de autorização, permitindo a invasão das contas. Botões para ativar serviços de login único em um gerenciador de redes sociais: usuário pode iniciar a sessão usando Twitter, Facebook, Google ou Apple. Reprodução Dúvidas sobre segurança, hackers e vírus? Envie para g1seguranca@globomail.com Veja Mais

"A EXPECTATIVA NO PEDRINHO É MUITO ALTA": Jornalista português sobre chegada da Joia ao Benfica

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Pedrinho #Benfica #Corinthians Veja Mais

"LÁ FOI MEU PIOR MOMENTO"; Juninho fala sobre passagem por Gigante Brasileiro | Expediente Futebol

Fox Sports Brasil Juninho, zagueiro do Bahia, abre o jogo sobre sua passagem por gigantes brasileiros, carreira, como é manter o preparo físico treinando em casa e mais! Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Juninho #Palmeiras #ExpedienteFutebol Veja Mais

Agentes comunitários de saúde reclamam da falta de equipamentos de proteção - 02/06/20

Agentes comunitários de saúde reclamam da falta de equipamentos de proteção - 02/06/20

Câmana dos Deputados Nesta terça-feira, a comissão externa da Câmara que acompanha as ações contra o coronavírus discutiu a situação dos agentes comunitários de saúde. Nos debates, o papel desses profissionais e a necessidades que eles também têm de proteção com equipamentos. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #AgenteDeSaúde Veja Mais

Tiago Mitraud defende pagamento em dinheiro do vale alimentação - 02/06/2020

Tiago Mitraud defende pagamento em dinheiro do vale alimentação - 02/06/2020

Câmana dos Deputados Permitir ao trabalhador receber em dinheiro o valor do vale alimentação, pelo menos durante a pandemia, é o que está previsto em um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados. O autor do projeto é o deputado Tiago Mitraud (Novo-MG). Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados Veja Mais

'The Lancet' divulga 'manifestação de preocupação' e diz que estudo sobre cloroquina com 96 mil pacientes de Covid-19 passa por auditoria

Glogo - Ciência Estudo motivou a OMS a suspender os testes com as substâncias em ensaios clínicos internacionais. A revista científica "The Lancet" publicou, nesta terça-feira (2), uma nota na qual manifesta "preocupação" com o estudo sobre cloroquina e hidroxicloroquina que foi publicado na própria revista no dia 22 de maio. O estudo, feito com 96 mil pacientes de Covid-19, motivou a OMS a suspender os testes com as substâncias em ensaios clínicos internacionais. No texto, a revista afirma que "importantes questões científicas foram levantadas sobre os dados relatados" no estudo. Na pesquisa, os autores haviam concluído que o uso dos dois remédios, normalmente usados para tratar malária ou doenças autoimunes, não trazia benefícios contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Eles também constataram que o uso desses medicamentos trazia um risco de arritmia cardíaca. (Veja detalhes mais abaixo nesta reportagem). A "The Lancet" informou que uma auditoria independente dos dados do estudo está ocorrendo, e os resultados são esperados "muito em breve". Veja a íntegra da nota da 'The Lancet': "Manifestação de preocupação: Hidroxicloroquina ou cloroquina com ou sem um macrólido para tratamento de COVID-19: uma análise de registro multinacional Importantes questões científicas foram levantadas sobre dados relatados no artigo de Mandeep Mehra et al. — Hidroxicloroquina ou cloroquina com ou sem um macrolídeo para tratamento de COVID-19: uma análise de registro multinacional — publicado na The Lancet em 22 de maio de 2020. Embora uma auditoria independente da proveniência e da validade dos dados tenha sido encomendada pelos autores não afiliados ao Surgisphere e esteja em andamento, com os resultados esperados muito em breve, estamos emitindo uma manifestação de preocupação para alertar os leitores para o fato de que sérias questões científicas foram trazidas à nosso atenção. Atualizaremos este aviso assim que tivermos outras informações. Os editores" A pesquisa O estudo publicado na "The Lancet" analisou se a cloroquina ou a hidroxicloroquina tinham algum benefício no tratamento de Covid-19 — acompanhadas ou não de macrolídeos (classe de antibióticos da qual a azitromicina faz parte). Para isso, os pesquisadores analisaram bancos de dados de 671 hospitais em seis continentes. Eles incluíram 96.032 pacientes hospitalizados com Covid-19 entre 20 de dezembro de 2019 e 14 de abril deste ano. Depois da publicação do estudo, a OMS decidiu suspender os ensaios clínicos internacionais (ensaios "Solidariedade" que envolviam a hidroxicloroquina para tratar a Covid-19. OMS comenta decisão do Brasil de liberar uso da cloroquina para casos leves Microbiologista Natalia Pasternak e neurocientista Miguel Nicolelis debatem cloroquina Initial plugin text Veja Mais

A Voz do Brasil - 02/06/2020

A Voz do Brasil - 02/06/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

Comissão de Ética da Presidência proíbe Moro de advogar por seis meses

O Tempo - Política O impedimento de exercer atividades profissionais imposto aos ex-ministros tem como justificativa o fato de eles terem tido informações privilegiadas no governo Veja Mais

EUA investigam impostos sobre empresas digitais no exterior

G1 Economia Medida que pode levar a tarifas punitivas. Vários países europeus estão considerando uma taxa de serviços digitais sobre as receitas de unidades locais de empresas como Google e Facebook. O representante de Comércio dos Estados Unidos disse nesta terça-feira (2) que está abrindo investigação em relação a impostos sobre serviços digitais adotados ou que estão sendo considerados por vários países parceiros comerciais dos EUA -- medida que pode levar a tarifas punitivas. "O presidente (norte-americano Donald) Trump está preocupado com o fato de muitos de nossos parceiros comerciais adotarem esquemas tributários projetados para atingir injustamente nossas empresas", disse o representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, em comunicado. "Estamos preparados para tomar todas as medidas apropriadas para defender nossas empresas e trabalhadores contra qualquer discriminação." O anúncio ocorreu poucas horas após o departamento dizer que investigaria se importações de vanádio metálico violam a segurança nacional, sinalizando que o governo Trump está ativamente buscando novas barreiras comerciais, apesar da pandemia de coronavírus. Trump baseou sua guerra comercial com a China de quase dois anos em uma investigação da Seção 301 sobre práticas de propriedade intelectual e transferência de tecnologia de Pequim. Vários países europeus estão considerando uma taxa de serviços digitais sobre as receitas de unidades locais de empresas como Google e Facebook. Lighthizer disse que a investigação inicialmente se concentrará em saber se os impostos discriminam empresas norte-americanas, se são injustamente retroativos e "possivelmente irracionais", se divergirem de normas internacionais. "Os desvios podem incluir: extraterritorialidade; tributar receita e não renda; e um objetivo de penalizar empresas de tecnologia específicas por seu sucesso comercial", afirmou. Presidente americano anuncia plano para reabrir economia dos EUA Veja Mais

Aras: Forças Armadas podem agir se um Poder 'invadir competência do outro'

O Tempo - Política Procurador geral da República falou sobre o clima pesado entre o presidente Jair Bolsonaro e o STF durante conversa com o jornalista Pedro Bial, da TV Globo Veja Mais

Remdesevir por 5 dias aumenta em 65% chances de recuperação da Covid-19

O Tempo - Mundo Antiviral é o único medicamento até então com resultados promissores para o novo coronavírus, mas laboratórios ainda estão procurando maneiras de fazê-lo funcionar melhor Veja Mais

Apple pode adicionar tradutor automático ao Safari

tudo celular Empresa trabalha em uma forma de fornecer tradução automática para os sites acessados pelo Safari. Veja Mais

Irmão de Huck, Fernando Grostein posta foto com noivo e fala sobre homofobia

O Tempo - Diversão - Magazine 'Passamos a vida sendo oprimidos e isso não vai mais acontecer. Estamos aqui pondo a cara no sol para dizer aos que não saíram do armário [para] se sentirem fortes', declarou Veja Mais

Programação de lives beneficentes do São João 2020 de Campina Grande é divulgada

G1 Pop & Arte Elba Ramalho, Cavalo de Pau, Cavaleiros do Forró e outros 14 artistas vão transmitir shows sem público. Evento é beneficente em prol de barraqueiros, ambulantes e instituições de caridade. São João de Campina em Casa vai ser transmitido a partir de estrutura montada no jardim da realizadora Reprodução/Medow Entretenimento Foi divulgada nesta terça-feira (2) a programação de lives beneficentes do São João 2020 online de Campina Grande. De acordo com o anúncio feito pela realizadora do evento, 17 artistas vão se apresentar nos dias 23, 24 e 27 de junho. A programação, que vai ser transmitida no canal do evento no YouTube, tem Elba Ramalho, Cavalo de Pau, Cavaleiros do Forró, Batista Lima, Três do Nordeste, entre outros. No dia 23 de junho, véspera de São João, quem se apresenta é Elba Ramalho, que faria um show no Parque do Povo nesta mesma data. Também vão se apresentar neste dia Eliane, Walkiria, Fabrício Rodrigues e Gitana Pimentel. No dia de São João, 24 de junho, a live vai ser com Cavalo de Pau, Aduílio Mendes, Banda Cascavel, Iohannes, Fabiano Guimarães e Felipe Warley. Já no dia 27 de junho, se apresentam Cavaleiros do Forró, Batista Lima, Ney Alves, Pedrinho Pegação, Três do Nordeste e Estela Alves. Originalmente, esta live seria no dia 28, véspera de São Pedro, mas a data foi antecipada. Elba Ramalho vai fazer live na véspera de São João Alice Venturi / Divulgação A abertura do Maior São João do Mundo aconteceria nesta sexta-feira (5), mas o evento foi adiado para outubro por causa da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. No dia 13 de maio, a realizadora anunciou que faria lives em seis dias. Porém, por causa dos novos decretos com medidas mais restritivas, o evento foi reduzido para três dias. Além das apresentações dos artistas, também vai ser contada uma parte da história dos 37 anos do São João de Campina Grande, com temas como quadrilhas, gastronomia e a preparação do Parque do Povo para os shows em outubro. O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), informou que além de manter a tradição junina, a ideia das lives é também arrecadar alimentos para instituições de caridade do município e para barraqueiros e ambulantes que dependem da renda do São João para se sustentar. Initial plugin text "A prefeitura de Campina Grande não vai colocar nenhum recurso socioeconômico para realização, porém a marca d'O Maior São João do Mundo é nossa. Por isso teremos a participação na organização, para divulgarmos a festa através das lives, contando a história de sucesso do evento", explicou o prefeito. A realizadora do evento, a Medow Entretenimento, informou que “O São João de Campina em Casa” vai ser transmitido a partir de uma área montada no jardim da empresa, no bairro Itararé, em Campina Grande e com elementos tradicionais do Maior São João do Mundo no Parque do Povo, como parte da cidade cenográfica e da fogueira. Ainda conforme a empresa, não haverá participação do público no local e todas as medidas de proteção determinadas pela Organização Mundial de Saúde e pelas autoridades sanitárias do país vão tomadas para garantir a segurança dos artistas e da equipe de produção. Programação de lives do São João 2020 de Campina Grande em Casa 23 de junho (terça-feira): Elba Ramalho, Eliane, Walkiria, Fabrício Rodrigues e Gitana Pimentel. 24 de junho (quarta-feira): Cavalo de Pau, Aduílio Mendes, Banda Cascavel, Iohannes, Fabiano Guimarães e Felipe Warley. 27 de junho (sábado): Cavaleiros do Forró, Batista Lima, Ney Alves, Pedrinho Pegação, Três do Nordeste e Estela Alves. Veja Mais

EXPEDIENTE FUTEBOL AO VIVO! João Guilherme e cia. chegam com as principais notícias do mundo da bola

EXPEDIENTE FUTEBOL AO VIVO! João Guilherme e cia. chegam com as principais notícias do mundo da bola

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #AoVivo #Live #Entrevista Veja Mais

MPF investiga baixo investimento do governo Bolsonaro no combate ao coronavírus

O Tempo - Política Segundo o órgão, do montante de R$ 11,74 bilhões disponibilizados para execução direta, pelo Ministério da Saúde, somente R$ 2,59 bilhões haviam sido empenhados Veja Mais

Aprovada prioridade no auxílio emergencial às mães de família - 02/06/20

Aprovada prioridade no auxílio emergencial às mães de família - 02/06/20

Câmana dos Deputados Desde que o Congresso aprovou o duplo benefício do auxílio emergencial para mães de família no início da pandemia de covid-19, começaram a surgir denúncias de fraudes, de pais usando o CPF do filho indevidamente para solicitar o benefício no lugar da mãe. Nessa quarta-feira, o plenário da Câmara aprovou um projeto de lei que visa corrigir essa distorção, dando prioridade à mãe no recebimento das duas cotas do auxílio. Dep. Fernanda Melchionna | PSOL/RS – Relatora e líder do partido Dep. Lídice da Mata | PSB/BA Dep. Adriana Ventura | Novo/SP Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Bolsas de Nova York fecham em alta, mesmo com protestos nos EUA

G1 Economia O Dow Jones fechou em alta de 1,05%, ampliando bastante os ganhos na última hora de negociações, o S&P 500 avançou 0,82% e o Nasdaq subiu 0,59% Os índices acionários de Nova York fecharam em alta nesta terça-feira (2), após oscilarem ao longo do dia em meio aos temores de que a instabilidade gerada por protestos em várias partes dos Estados Unidos ameace a reabertura e recuperação econômica americana. O Dow Jones fechou em alta de 1,05%, a 25.742,65 pontos, ampliando bastante os ganhos na última hora de negociações. O S&P 500 avançou 0,82%, a 3.080,82 pontos, e o Nasdaq subiu 0,59%, a 9.608,37 pontos. Placa de Wall Street perto da bolsa de Nova York REUTERS/Shannon Stapleton Com os ganhos de hoje, o S&P 500 anotou o seu quinto ganho em seis sessões, recebendo suporte da interpretação de que os dados indicam que o pior já passou para a economia americana. Ontem, o índice PMI do Instituto para Gestão da Oferta (ISM) indicou alta de quase cinco pontos em maio, a 32,1 pontos, mas o número, ainda bem abaixo da marca dos 50 pontos, ainda indica forte contração do setor industrial. "Isso tem sido, em grande parte, sobre o reinício das atividades, que parece estar ganhando força um pouco mais rapidamente do que se acreditava há um mês ou seis semanas atrás", disse Bill Northey, diretor sênior de investimentos do US Bank Wealth Management. O otimismo superou o nervosismo com os protestos, mas os índices — sobretudo o Nasdaq — ainda oscilaram entre ganhos e perdas nesta terça, depois que algumas cidades americanas enfrentaram, ontem, mais uma noite de protestos contra o racismo e a violência policial, e alguns deles se tornaram violentos. A instabilidade ameaça a reabertura econômica nos EUA, com a Macy's e a Apple adiando a reabertura de suas lojas em meio aos temores, alimentando os receios de que a violência possa prejudicar a reabertura econômica nos EUA. Alguns grandes centros urbanos, incluindo Nova York e Los Angeles, estabeleceram ou estenderam toques de recolher para tentar conter a violência nas ruas. Protestos nos EUA continuam e toque de recolher em NY é antecipado O desempenho dos setores chama alguma atenção hoje. Excluindo o setor de energia — que tem tido um comportamento bastante volátil nos últimos meses, devido aos sustos dados pelos preços do petróleo —, os principais ganhadores na sessão desta terça foram as ações industriais (+1,29%) e de matérias-primas (+1,76%). Os investidores continuam apostando que ações mais ligadas ao crescimento global devem se recuperar, em meio à flexibilização das medidas de restrição de atividade econômica em diversos locais do mundo. Com isso as ações industriais têm tido uma performance superior à das ações de tecnologia, que foram o principal motor de crescimento nos últimos anos e ainda acumulam os maiores ganhos em 2020. Veja Mais

'Há muito o que fazer antes de 2022', diz Anastasia sobre disputar a Presidência

O Tempo - Política O senador mineiro, no entanto, não descartou a possibilidade que foi levantada pelo presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab Veja Mais

Retomada terá custo alto para varejo devido a protocolos sanitários, diz FecomercioSP

G1 Economia Comércio paulista acumula perda de R$ 71 bilhões desde o início da pandemia, devido às medidas de restrição para combater a Covid-19. Calçadão de São José dos Campos fica movimentado em dia de reabertura de comércio Reprodução/ TV Vanguarda A reabertura das atividades econômicas terá custo elevado para as empresas. As exigências de testagem dos empregados para Covid-19, a limitação da capacidade de atendimento a 20%, e a restrição de quatro horas de funcionamento acarretarão mais despesas, segundo Ivo Dall’Acqua Junior, vice-presidente da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (FecomercioSP). “Conversamos diariamente com as autoridades para encontrar melhores alternativas para a retomada econômica”, afirmou Dall’Acqua. O comércio paulista acumula perda aproximada de R$ 71 bilhões entre 24 março e 2 de junho devido à suspensão do atendimento dos consumidores nas lojas. 38 shoppings reabrem no interior de SP e Brasil tem 218 abertos em 14 estados, diz associação Atividade do comércio tem maior queda em 20 anos, mostra Serasa Na avaliação da FecomercioSP, que representa 1,8 milhão de empresas com cerca de 10 milhões de funcionários, os custos para a reabertura são relevantes aos pequenos e médios que amargam queda no faturamento há meses. Na cidade de São Paulo, as empresas devem submeter à prefeitura protocolos sanitários para serem aprovados pelas autoridades. “O dono de negócio no Jardim Ângela [extremo sul da capital] não tem condições de comprar testes como determina o decreto. O valor do teste é mais de 10% do salário médio do trabalhador do comércio”, observou o vice-presidente da federação. Outras preocupações são a lotação no transporte público e o respeito da população à quarentena. Para respeitar o distanciamento social de 1,5 metro, as lojas atenderão número reduzido de clientes porque a lotação máxima inclui o número de funcionários. Logo, uma pessoa precisará controlar o fluxo na entrada e disponibilizará álcool em gel, assim como estão fazendo os supermercados, atacados e drogarias. SP tem movimento no comércio, mas quarentena não foi flexibilizada Transporte público Nos terminais urbanos são transportados 225 mil passageiros no horário de pico, entre 6h45 e 8h15, mas o ideal seria cair para 160 mil pessoas. Para Dall’Acqua, a aglomeração nos ônibus, trens e metrôs é um risco para os funcionários e consumidores e que diminui a eficácia do protocolo com fluxo nos pontos de venda e testagem para a reabertura. “O ideal seria cada empresa modular sua própria escala de funcionamento, mas vamos nos adequar a este cenário”, disse o executivo. “O importante é que o diálogo com o governo do Estado acontece duas vezes por semana e na prefeitura a interlocução é diária.” Por enquanto, a prefeitura da capital não deu prazo para conceder as autorizações de reabertura das lojas. A quarentena no município está prevista para terminar em 15 de junho. Até lá, comércio e serviços vão retomar as atividades gradualmente se a prefeitura aprovar um protocolo apresentado pelos empresários com base nas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Lojas de rua, shopping centers, escritórios, concessionárias de veículos e imobiliárias precisarão seguir as regras. De acordo com o vice-presidente da FecomercioSP, a entidade também faz reuniões virtuais com a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) para auxiliar as empresas no envio dos documentos às autoridades. Veja Mais

45% dos hospitalizados por Covid-19 precisarão de monitoramento médico após cura, estimam cientistas

Glogo - Ciência Após alta por infecção, pacientes devem seguir protocolos de reabilitação. Equipe médica cuida de paciente com o novo coronavirus (COVID-19), em uma UTI de um hospital em Nova Delhi, na Índia Danish Siddiqui/Reuters Um painel de especialistas realizado no Reino Unido debateu nos últimos dias a situação dos pacientes que se infectaram com o novo coronavírus, que foram hospitalizados, sobreviveram à doença, mas que seguirão necessitando de acompanhamento médico. "Prevê-se que 45% dos pacientes que recebem alta hospitalar necessitarão de apoio da assistência médica e social, e 4% necessitarão de reabilitação em ambiente de leito. Portanto, há uma clara necessidade de planejar a reabilitação pós-aguda e crônica de pacientes em recuperação do Covid -19", concluíram os especialistas nas diretrizes publicadas no periódico British Journal of Sports Medicine. Embora as sequelas da Covid-19 ainda sejam pouco conhecidas, evidências de surtos anteriores de CoV- - nas epidemias da Sars, em 2003, e Mers, em 2012 --, demonstram para os casos que exigiram cuidados mais críticos situações como comprometimento da função pulmonar e física, redução na qualidade de vida e sofrimento emocional. No caso das últimas epidemias globais, os problemas persistiram por pelo menos cerca de um ano após a recuperação. A ideia no Reino Unido é que se criem rotinas de reabilitação para cada paciente. Pacientes que passaram certo tempo na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), por exemplo, podem ter sintomas comuns como dispneia, ansiedade, depressão, dor prolongada e função física comprometida. Essa combinação é conhecida como síndrome do tratamento pós-intensivo. Participaram do painel especialistas das áreas de reabilitação, medicina esportiva e do exercício (MEV), reumatologia, psiquiatria, clínica geral, psicologia e dor especializada, todos do Centro de Reabilitação Médica de Defesa, Stanford Hall, no Reino Unido. Initial plugin text Veja Mais

PL das Fake News é retirado de pauta pelo autor do projeto

tudo celular Projeto de lei foi retirado de pauta pois o relatório não foi apresentado a tempo de ser avaliado pelos senadores antes da votação. Veja Mais

Parlamentares estudam voltar às atividades in loco no Congresso Nacional

O Tempo - Política A tensão entre Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal tem deixado os políticos em alerta Veja Mais

Roteirista de novo 'Law & Order' é demitido por ameaçar atirar em saqueadores nos EUA

G1 Pop & Arte Craig Gore publicou em redes sociais fotos com rifle e ameaçou pessoas que fossem em sua propriedade. Produtor Dick Wolf anunciou demissão. Christopher Meloni em cena de 'Law & Order: Special Victims Unit' Divulgação O roteirista Craig Gore, que participaria da nova série derivada de "Law & Order" protagonizada por Christopher Meloni, foi demitido nesta terça-feira (2) após publicar foto com rifle e ameaçar saqueadores durante protestos que acontecem em Los Angeles e outras cidades nos Estados Unidos. O país voltou a registrar confrontos nesta segunda-feira (1º), sétimo dia de manifestações contra o racismo. Os protestos continuam uma semana após a morte de George Floyd, um ex-segurança negro morto em Minneapolis após um policial ajoelhar sobre seu pescoço durante abordagem. "Não vou tolerar essa conduta, especialmente durante nossa hora de luto nacional", afirmou o criador da série, Dick Wolf, através de sua produtora no Twitter. "Estou demitindo Craig Gore imediatamente." Initial plugin text O As publicações de Gore, que já trabalhou em séries como "S.W.A.T." e "Chicago P.D.", começaram a ser criticadas após tuíte do comediante Drew Janda, segundo o site da revista "Variety". Além da foto segurando um rifle com a legenda "toque de recolher", o roteirista respondeu a um comentário afirmando que saques aconteciam perto de sua casa. "Você acha que eu não vou atirar em desgraçados tentando ferrar com a propriedade pela qual trabalhei a vida inteira? Pense de novo", escreveu. Na série, Meloni retorna ao papel do detetive Elliot Stabler, que interpretou durante anos em "Law & Order: Special Victims Unit". O ator respondeu ao tuíte de Janda afirmando que não sabe quem Gore é. Initial plugin text Veja Mais

Debate Final de terça! Novidades surpreendentes no Mercado da Bola no Brasil e no Mundo

Debate Final de terça! Novidades surpreendentes no Mercado da Bola no Brasil e no Mundo

Fox Sports Brasil Debate Final de terça! Novidades surpreendentes no Mercado da Bola no Brasil e no Mundo Veja Mais

Plataforma de filmes online lança prêmio para curtas-metragens feitos em casa

O Tempo - Diversão - Magazine As três produções selecionadas serão exibidas no site da Cardume além de concorrerem a premiações em dinheiro Veja Mais

FOX SPORTS RÁDIO AO VIVO! Benja comanda o programa líder de audiência

FOX SPORTS RÁDIO AO VIVO! Benja comanda o programa líder de audiência

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #FOXSports #AoVivo #Flamengo Veja Mais

Uso de hashtags na Blackout Tuesday atrapalha os ativistas contra o racismo

O Tempo - Mundo Artistas denunciam erro não-intencional de quem participou do protesto virtual nesta terça-feira (2) e pedem para que quadrados negros não sejam postados com a hashtag blacklivesmattter Veja Mais

Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de 'escória maldita'

O Tempo - Política Em conversa vazada com funcionários do órgão, Sérgio Camargo reclama de perseguição Veja Mais

Idilvan Alencar propõe estratégias para retorno às aulas - 02/06/20

Idilvan Alencar propõe estratégias para retorno às aulas - 02/06/20

Câmana dos Deputados Se a interrupção das aulas em função da pandemia do novo coronavírus trouxe muita preocupação para pais, alunos e professores, a volta às aulas talvez cause apreensão ainda maior. Dúvidas sobre o momento adequado e as condições de prevenção do contágio são alguns dos alertas que surgem. Recebemos o deputado Idilvan Alencar (PDT-CE), autor de um projeto que estabelece uma estratégia nacional para retorno às aulas durante a pandemia de Covid-19 (PL 2949/20), nesta edição do Palavra Aberta realizada pela internet. Apresentação: Maristela Sant’Ana Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #RetornoAulas Veja Mais

Senado quer aproveitar coronavírus para votar marco regulatório do saneamento

O Tempo - Política Projeto prevê que empresas privadas possam prestar o serviço à população Veja Mais

Alexandre de Moraes, ministro do Supremo, assume vaga efetiva no TSE

O Tempo - Política Moraes atua na Corte como ministro substituto desde abril de 2017. A vaga efetiva surgiu após a saída da ministra Rosa Weber, que presidiu o TSE por dois anos Veja Mais

Plenário - Câmara aprova prioridade a mulher chefe de família no auxílio emergencial -02/06/20-15:22

Plenário - Câmara aprova prioridade a mulher chefe de família no auxílio emergencial -02/06/20-15:22

Câmana dos Deputados Tema: Sessão para a votação de propostas legislativas Local: Plenário da Câmara dos Deputados Início: 02/06/2020 às 15h22 -- Câmara aprova prioridade a mulher chefe de família no auxílio emergencial Proposta pretende evitar fraudes por ex-cônjuges que pediram o auxílio como se tivessem a guarda dos filhos Fonte: Agência Câmara de Notícias O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (2) o Projeto de Lei 2508/20, da deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS) e outros, que estabelece prioridade de recebimento do auxílio emergencial pela mulher de família uniparental (chefe de família) quando o pai também informa ser o responsável pelos dependentes. A matéria será enviada ao Senado. De acordo com o parecer aprovado, da deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), se houver conflito de informações prestadas pela mãe e pelo pai, deverá ser dada preferência de recebimento das duas cotas de R$ 600,00 pela mãe, ainda que sua autodeclaração na plataforma digital tenha ocorrido depois daquela feita pelo pai. O homem que tiver a guarda unilateral ou que seja responsável, de fato, pela criação dos filhos, poderá contrariar as informações da ex-mulher na mesma plataforma e receber uma das cotas de R$ 600,00 até que a situação seja esclarecida pelo órgão competente. A possibilidade de o pai solteiro receber as duas cotas também é restabelecida na legislação após o veto do dispositivo pelo presidente Jair Bolsonaro. A ideia do projeto decorreu de muitas situações relatadas por mulheres que não tiveram acesso às duas cotas de R$ 600,00 porque os ex-cônjuges fizeram o cadastro primeiro, incluindo os filhos como dependentes como se tivessem a guarda. Ao projeto está apensado o PL 2835/20, do deputado José Guimarães (PT-CE), com o mesmo objetivo. Para a relatora, a solução apresentada não impede o pai solteiro de receber o auxílio, embora haja uma minoria de homens nessa situação. “Apenas 3,6% das famílias brasileiras tinham uma configuração com homem sem cônjuge e com filho, segundo o IBGE, e mais de 80% das crianças no Brasil têm como primeiro responsável uma mulher”, disse Professora Dorinha. Pagamento retroativo A relatora acatou emenda do deputado Milton Vieira (Republicanos-SP) para garantir o pagamento retroativo a que faria jus o genitor ou genitora que teve seu benefício subtraído ou recebido indevidamente por outro genitor ou genitora em virtude de conflito de informações sobre a guarda de filhos em comum. A Lei 13.982/20, que criou o programa de pagamento do auxílio emergencial em decorrência da pandemia de Covid-19, prevê o pagamento do benefício por três meses. Segundo a autora do projeto, deputada Fernanda Melchionna, vários veículos de comunicação mostraram que muitas mulheres ficaram sem o duplo benefício. “Elas que já sofrem com o machismo e com a violência por serem mulheres agora ficaram sem o benefício. Embora a Câmara esteja consertando esse detalhes, o Executivo tem sido muito displicente com o pagamento do auxílio”, afirmou. Para Guimarães, o problema começou desde o início do pagamento do auxílio. “Quando houver um conflito, a mulher terá preferência de receber o benefício”, disse. Denúncia O projeto determina à Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência - Ligue 180 a criação de uma opção específica de atendimento para denúncias de violência e dano patrimonial para os casos em que a mulher tiver o auxílio emergencial subtraído, retido ou recebido indevidamente por outra pessoa. O texto deixa claro ainda que os pagamentos indevidos do benefício emergencial ou feitos em duplicidade por causa de informações falsas prestadas deverão ser ressarcidos ao poder público por quem os recebeu indevidamente. Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/59658 Veja Mais

Governo prevê para próxima semana liberação de crédito para microempresa aprovado em abril

G1 Economia Secretário Carlos da Costa, do Ministério da Economia, diz que última regulamentação necessária ao Pronampe deve sair até sexta. 'Vamos ficar no pé dos bancos', afirma. O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, afirmou nesta terça-feira (2) que o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) deve estar disponível para contratações a partir da semana que vem. "Devemos aprovar o regulamento hoje ou amanhã. O Banco do Brasil está com sistema pronto, aí é questão de os bancos colocarem esse crédito disponível na ponta. Aí é acompanhar pra ver o dinheiro chegando. Garantimos 100% de cada operação até o limite de 85% de cada carteira. Os bancos não tem porque segurar ela [a linha de crédito]. Semana que vem, espero que esteja na ponta. Vamos ficar no pé dos bancos", declarou ao G1. O projeto de lei do Pronampe foi aprovado pelo Senado Federal em 24 de abril, e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro quase um mês depois, com vetos, em 19 de maio. A falta de crédito para micro, pequenas e médias empresas é uma das principais reclamações dos empresários durante a crise do novo coronavírus. Passadas mais de cinco semanas desde a aprovação no Congresso, entretanto, o dinheiro ainda não chegou às mãos dos empreendedores. Empresários reclamam das condições para pegar crédito durante a pandemia Segundo o secretário Carlos da Costa, a sanção presidencial foi atrasada por negociações com o Congresso Nacional sobre os vetos e por conversas com instituições financeiras para garantir o funcionamento do programa. "Não tinha como ser mais ágil porque vetamos alguns artigos. Se eles não tivessem sido vetados, o Pronampe não ia rodar [funcionar corretamente]. Queríamos ter certeza que ia 'rodar' na ponta. Fizemos vários conversas com Banco do Brasil, Caixa, cooperativas interessadas, e conversarmos com o Congresso Nacional", disse. O Pronampe é destinado a microempresas com faturamento de até R$ 360 mil por ano, e a pequenas empresas com faturamento anual de de R$ 360 mil a R$ 4,8 milhões. A taxa de juros é de 1,25% ao ano, mais a taxa Selic (atualmente em 3% ao ano). Crédito para pequenas e médias empresas Governo publica MP que pode destravar crédito às pequenas e médias empresas O governo federal anunciou nesta terça-feira a criação, via medida provisória, de uma nova linha de crédito para empresas de maior porte. A proposta é chamada de Programa Emergencial de Acesso a Crédito destinado a pequenas e médias empresas. De acordo com Carlos da Costa, do Ministério da Economia, esse crédito deve estar disponível para as empresas em até quatro semanas. Até lá, ainda será preciso aprovar o estatuto e o regulamento do fundo garantidor dos investimentos (FGI). O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que vai administrar o fundo, também precisa aprovar processos internos e ajustar sistemas de informática e operação. Questionado pelo G1, o secretário não quis antecipar qual será a taxa de juros cobrada nessa nova linha de crédito. "Vai ser definida no regulamento, a gente prefere divulgar depois. Mas não vai ultrapassar a taxa cobrada [das empresas em outras linhas de crédito] antes da Covid", declarou. Pelas regras dessa linha de crédito, o FGI garantirá até 80% de cada operação, mas com um valor total de até 20% do valor total liberado para o conjunto das operações de crédito de cada banco. "É característica dessas empresas, que têm na média inadimplência de 5% a 6%. De modo que 20% de 'stop loss' [trava de perdas da carteira] é muito significativo", disse ele. O secretário confirmou a estimativa de que essa linha de crédito poderá resultar na liberação de até R$ 100 bilhões em operações de crédito para as pequenas e médias empresas. "É um valor extraordinário, não tivemos nenhum outro volume público de crédito que alcançou em isso em seis meses, que é o tempo de desembolso", concluiu. Initial plugin text Veja Mais

Wall Street fecha em alta

em - Internacional Veja Mais

Maia comenta fake news e adiamento de eleições - 02/06/20

Maia comenta fake news e adiamento de eleições - 02/06/20

Câmana dos Deputados Votação de proposta sobre fake news, a volta ao funcionamento do Conselho de Ética da Câmara e o adiamento das eleições municipais. Esses três assuntos foram abordados nesta terça-feira pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, ao chegar para abrir as votações do dia no Plenário Ulysses Guimarães. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #RodrigoMaia Veja Mais

Sempre Um Papo faz live com o angolano José Eduardo Agualusa nesta quarta (3)

O Tempo - Diversão - Magazine Escritor irá debater “a vida como ela é e como ela será” nesta quarta (3), às 12h, no Youtube Veja Mais

3 PASSOS PARA ACEITAR MELHOR OS PENSAMENTOS E ALCANÇAR OBJETIVOS

3 PASSOS PARA ACEITAR MELHOR OS PENSAMENTOS E ALCANÇAR OBJETIVOS

 Minutos Psíquicos Explicaremos hoje como você pode realizar alguns exercícios que estimularão a sua flexibilidade cognitiva e poderão lhe ajudar a alcançar os seus objetivos. Link para o preprint da pesquisa que desenvolvemos sobre práticas autoguiadas baseadas em evidências para redução de sintomas ligados a depressão, ansiedade e estresse durante o distanciamento social (o artigo foi escrito em inglês): https://psyarxiv.com/ndyf4/ Agradecimento especial aos nossos apoiadores no YouTube, no Patreon e no APOIA.SE: Mathias Gheno Azzolini Marco Aurélio Roncatti Eloa Gabriele Paulo André Batista Araújo Daniel Francener Marcia V Pinto Carlos Henrique Oliveira Elisangela de Moura Gonçalves Carla Nascimento Renan Fernandes Vinícius Xavier do Amaral Mathias Gheno Azzolini Uriel Marx Jose Caetano Fernando da Silva Trevisan Victor Augusto Martins Ribeiro Ingrid Philigret Inoue Elisangela Da Silva Cláudio Toma Monique Aguilar Estefânia Dias Jussara Robson Túlio Furtado Rodrigues Inês Cozzo Olivares Nildson de Avila Thaís Amaral do Canto Sanderson Quixabeira Da Silva Nildson de Avila Silva Integrity Assessoria em Auditoria e Compliance Kaissés Costa Sedrês Raquel Alves de Sene Josue Spier do Nascimento Guinevere Ingrid Barcellos Soares Odair Silva Carmen Adell Gordinho 90 Luciana Xavier Felipe Gandra Katyanne Melo Kleber Pereira de Souza Caio Henrique Cupertino Guarido Karen Castro Safira Atiele Pereira Cunha Maneirinho Diniz Eduardo Valença Mateus Mtsl Marisa Silva Danielle Lima Lucas Aciole Gustavo Barros ERICA VITORIA DE SOUZA FAGUNDES Juliana Belko Barros Jorge Gomes John Darceno Maria Betânia Ferreira Itamar Koling Bruno Andrade Silva Gustavo de Brito Gomes Itamar Koling Tania Cristina Gomes Molinari Cíntia da Silva Pereira Pedro Lucas dos Santos Incentive o Minutos Psíquicos se tornando um apoiador nosso no YoutTube, Apoia.se ou Patreon: https://www.youtube.com/channel/UCFiEI1kDHlO9UQtxx0wj-XA/join https://apoia.se/minutospsiquicos http://www.patreon.com/minutospsiquicos Se gostou do vídeo, curta, compartilhe ele com mais pessoas e inscreva-se no nosso canal! Siga as páginas do Minutos Psíquicos nas redes sociais para acompanhar os próximos vídeos e falar com a gente: Facebook: https://www.facebook.com/minutospsiquicos/ Twitter: https://twitter.com/minutopsiquicos Instagram: https://www.instagram.com/minutospsiquicos/ Créditos Roteiro: Pilar Erthal, Natalia Oliveira, André Rabelo, Paulo Mattos e Ron Fischer Apresentação: André Rabelo, Paulo Mattos e Pilar Erthal Ilustração: Xicão (@pedroxicao) Edição: André Rabelo (@oandrerabelo) Música: Clover 3 - Vibe Mountain #psicologia #saúdemental Veja Mais

Comissão Externa de Ações contra o coronavírus - Saúde Mental na pandemia da Covid-19 - 02/06/2020

Comissão Externa de Ações contra o coronavírus - Saúde Mental na pandemia da Covid-19 - 02/06/2020

Câmana dos Deputados PARTICIPE! Envie sua pergunta pelo e_Democracia: https://edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/1540 TEMA: "A Saúde Mental na Pandemia da Covid-19" LOCAL: Anexo II, Plenário 03 Reunião Técnica por Videoconferência Convidados: MARIA DILMA ALVES TEODORO, Diretora do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas, Substituta - DAPES/SAPS - Ministério da Saúde; Dr. MARCELO VERAS - Psiquiatra, Psicanalista e Professor da Universidade Federal da Bahia - UFBA - Saúde Mental ; Dra. SORAYA CARVALHO - Psicanalista, Psicóloga especialista em Psicologia Hospitalar, Coordenadora do NEPS - Nucleo de Estudo e Prevenção do Suicídio do CIAVE; Diretora da Associação Brasileira de Estudo e Prevenção do Suicídio - ABEPS; e Representante do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde - Conasems Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/59655 Veja Mais