Meu Feed

No mais...

Morte de jovem negro por policial em Atlanta causa protestos e renúncia

O Tempo - Mundo Chefe de polícia pediu demissão neste sábado após a morte de Rayshard Brooks, de 27 anos, que estava alcoolizado e tentou resistir à prisão Veja Mais

Neutrinos, os mensageiros cósmicos que podem explicar mistérios do Sol e dos buracos negros

Glogo - Ciência Cientistas levam equipamentos para debaixo da superfície de gelo da Antártida e para o fundo do Mediterrâneo em busca dessas partículas 'fantasmas'. Os detectores de neutrinos IceCube ficam abaixo da superfície de gelo da Antártida Jamie Yang Iceclube Collaboration Eles são viajantes do Universo, atravessam nossos corpos. "Dia e noite, a cada segundo, bilhões de neutrinos passam por nós", diz o físico Juan de Dios Zornoza, professor da Universidade de Valência (Espanha). Os neutrinos estão entre as partículas mais enigmáticas da Física. Uma das razões para isso está no fato de que eles são extremamente difíceis de se detectar. Assim, os cientistas têm de desenvolver estratégias criativas para tentar "capturá-los". Alguns chegaram a instalar instrumentos a mil metros abaixo da superfície da Antártida e nas profundezas do mar Mediterrâneo, outros colocaram antenas em um balão que sobrevoa o continente congelado. "Assim como um astrônomo vai para uma montanha com seu telescópio e observa as estrelas, queremos saber como o Universo funciona. Mas, em vez de usar a luz, usamos outro mensageiro cósmico, que são os neutrinos", explica Zornoza, coordenador do grupo espanhol ANTARES, que busca neutrinos no Mediterrâneo. Os neutrinos podem vir de outras galáxias, mas também de estrelas mais próximas, como o nosso Sol. "Eles nos dão informações sobre lugares impossíveis de se acessar", disse à BBC News Mundo (serviço em espanhol da BBC) o físico peruano Carlos Alberto Argüelles, pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) e membro do IceCube, projeto que busca neutrinos abaixo do gelo antártico. O cientista explica que as as fusões nucleares no centro do Sol emitem neutrinos. Assim, estudando essas partículas, seria possível saber o que está acontecendo dentro do astro, por exemplo. O que a Ciência sabe sobre os neutrinos Os neutrinos são partículas elementares, um dos blocos fundamentais da natureza. "Eles são a segunda partícula mais abundante do Universo", explica Zornoza. "O que mais há no Universo são fótons, isto é, partículas de luz. Em segundo lugar, vêm os neutrinos." E essas partículas têm a especificidade de dificilmente interagirem com o que encontram em seu caminho, passando facilmente pela matéria. "Das quatro forças que conhecemos — gravidade, força eletromagnética, força nuclear forte e força nuclear fraca —, os neutrinos só interagem com uma, a força nuclear fraca", aponta Argüelles. E justamente por isso, diz Zornoza, os neutrinos "são capazes de atravessar uma barreira de anos-luz de chumbo e chegar ao outro lado, o que os torna muito difíceis de serem detectados". Há muitas características dessa partícula ainda não conhecidas. "Os neutrinos são estranhos, sabemos que eles têm uma massa, mas ainda não sabemos o quanto é ou como se origina. Possivelmente, eles estão conectados a outra partícula que pode lhes dar uma massa secreta, algo que esteja produzindo essa massa", diz Argüelles. "Há também um fenômeno conhecido como oscilação de neutrinos, porque existem vários tipos de neutrinos e eles podem se transformar." Eles viajam em linha reta Os neutrinos não têm carga elétrica e, portanto, são uma ferramenta eficiente para o estudo do Universo. "Como é uma partícula neutra, sem carga, é ideal para a astronomia, porque ela não é desviada por campos magnéticos", explica Juan Antonio Aguilar, pesquisador espanhol da Universidade Livre de Bruxelas e chefe do grupo IceCube local. "Isso significa que, se existe uma fonte no Universo que emite neutrinos, esses neutrinos virão diretamente de lá para nós". Ao viajar em linha reta e interagir de forma fraca com a matéria, os neutrinos revelam em qual direção está sua fonte, diferente de outros "mensageiros", como os raios cósmicos ou raios gama. "Os raios cósmicos, compostos principalmente de prótons, viajam de fontes muito distantes de nós, mas, como eles têm carga elétrica, se houver campos magnéticos, eles são desviados", detalha Argüelles. Os raios gama, por outro lado, são luz. E a luz pode ser bloqueada ou obscurecida por nuvens de poeira ou gás. "Então temos o neutrino, que, mesmo que haja campos magnéticos, ele segue seu caminho; e mesmo que haja nuvens de poeira, ele as atravessa. Por isso, eles são mensageiros diretos dos objetos de onde vêm e nos fornecem informações verdadeiramente únicas", acrescenta. "Sendo partículas quase 'fantasmas', que atravessam tudo, elas podem nos trazer informações de lugares muito energéticos e muito densos, como aqueles ao redor dos buracos negros." Pesquisas no Polo Sul e no Mediterrâneo O projeto ANITA também explora neutrinos na Antártida Anita Para capturar os esquivos neutrinos, cientistas usam táticas diferentes. O telescópio de neutrinos IceCube, no Polo Sul, é uma iniciativa internacional que envolve cerca de 300 pesquisadores de instituições de 12 países da Europa, América do Norte, Ásia e Oceania. Eles recebem dados por satélite de sensores instalados abaixo da superfície antártica — e o trabalho não parou durante a atual pandemia de coronavírus. No caso do projeto ANTARES, os detectores estão a 2,5 mil metros de profundidade no mar Mediterrâneo, perto da costa francesa da Marselha. O ANTARES ganhará um novo telescópio subaquático de neutrinos, chamado KM3NeT e atualmente em construção. Ele será instalado em profundidades ainda maiores no Mediterrâneo. Embora os neutrinos se comportem como partículas "fantasmas", os cientistas conseguem encontrá-los. "De todos os neutrinos que chegam até nós, de tempos em tempos, alguns interagem e produzem outra partícula, chamada múon, que é um tipo de elétron, mas com mais massa", explica Zornoza. "Então esse múon, se estivermos em um meio transparente, como água ou gelo, emite o que é chamado de luz Cherenkov, uma luz azul que se pode ver." "No Mediterrâneo ou na Antártida, colocamos detectores de luz. Muitos neutrinos escapam, mas alguns produzem um múon que emite luz." Equipamentos do projeto ANTARES detectam flashes quando um neutrino produz um múon Antares Já o projeto ANITA (Antártida Transitive Boost Antena), financiado em parte pela Nasa, a agência espacial americana, usa outra estratégia para detectar neutrinos. Ele recorre a dezenas de antenas presas a um balão estratosférico. Os detectores ANITA não procuram flashes de luz, mas sim sinais de rádio produzidos pela interação entre o gelo e os neutrinos. Um mistério centenário Por que os cientistas fazem estes esforços e desenvolvem projetos mirabolantes para entender melhor os neutrinos? Primeiro, eles podem ajudar a resolver grandes enigmas, como o da matéria escura, da qual 80% do Universo é constituído, mas que é praticamente uma desconhecida. "É provável que a matéria escura se acumule em lugares como o centro de nossa galáxia ou do Sol. Ali, se emitiriam, entre outras coisas, neutrinos", explica Zornoza. "Detectar neutrinos dessas fontes nos daria pistas para entender do que a matéria escura é feita." E há outro grande mistério que os neutrinos podem ajudar a esclarecer: a origem dos raios cósmicos. "Mais de 100 anos atrás, esses raios cósmicos que chegam à Terra foram descobertos, mas ainda não entendemos de onde vêm. Entretanto, é muito provável que haja neutrinos nestes lugares (de origem)", afirma. "Se conseguirmos detectar esses neutrinos, eles podem nos ajudar a resolver o mistério secular do que produz os raios cósmicos." Veja Mais

QUEM É O CULPADO PELAS DÍVIDAS DO CORINTHIANS? Veja o debate | Expediente Futebol

QUEM É O CULPADO PELAS DÍVIDAS DO CORINTHIANS? Veja o debate | Expediente Futebol

Fox Sports Brasil Situação financeira do Timão é complicada e piora com os casos de Jucilei e Bruno Méndez. Ainda assim, o clube segue interessado em repatriar o atacante, Jô! Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Corinthians #Dívidas #Jô Veja Mais

Brasil tem 42.791 mortes por coronavírus, mostra consórcio de veículos de imprensa

Glogo - Ciência Levantamento feito por jornalistas de G1, O Globo, Extra, Estadão, Folha e UOL junto às secretarias estaduais de Saúde mostra ainda que houve 890 novos óbitos de Covid-19 em um dia. São 850.796 casos no total. Brasil registra 890 mortes por Covid em 24 horas, mostra consórcio de veículos de imprensa O Brasil teve 890 novas mortes registradas em razão do novo coronavírus nas últimas 24 horas, aponta levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde. Com isso, são 42.791 óbitos pela Covid-19 até este sábado (13). Veja os dados, consolidados às 20h: 42.791 mortes; eram 41.901 até as 20h de sexta-feira (12), uma diferença de 890 óbitos 850.796 casos confirmados; eram 829.902 até a noite de sexta Apenas Roraima não divulgou os dados a tempo de entrar no balanço. Os dados foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal. O objetivo é que os brasileiros possam saber como está a evolução e o total de óbitos provocados pela Covid-19, além dos números consolidados de casos testados e com resultado positivo para o novo coronavírus. Mortes por Covid-19 no Brasil e nos estados Arte G1 EXCLUSIVO G1: Veja taxa de ocupação nas UTIs, número de testes e pacientes recuperados da Covid-19 nos estados Parceria A parceria entre os veículos de comunicação foi feita em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia da Covid-19. Personalidades do mundo político e jurídico, juntamente com entidades representativas de profissionais e da imprensa, elogiaram a iniciativa. Mudanças feitas pelo Ministério da Saúde na publicação de seu balanço da pandemia reduziram por alguns dias a quantidade e a qualidade dos dados. Primeiro, o horário de divulgação, que era às 17h na gestão do ministro Luiz Henrique Mandetta (até 17 de abril), passou para as 19h e depois para as 22h. Isso dificultou ou inviabilizou a publicação dos dados em telejornais e veículos impressos. “Acabou matéria no Jornal Nacional”, disse o presidente Jair Bolsonaro, em tom de deboche, ao comentar a mudança. A segunda alteração foi de caráter qualitativo. O portal no qual o ministério divulga o número de mortos e contaminados foi retirado do ar na noite da quinta-feira (4). Quando retornou, depois de mais de 19 horas, passou a apresentar apenas informações sobre os casos “novos”, ou seja, registrados no próprio dia. Desapareceram os números consolidados e o histórico da doença desde seu começo. Também foram eliminados do site os links para downloads de dados em formato de tabela, essenciais para análises de pesquisadores e jornalistas, e que alimentavam outras iniciativas de divulgação. Entre os itens que deixaram de ser publicados estão: curva de casos novos por data de notificação e por semana epidemiológica; casos acumulados por data de notificação e por semana epidemiológica; mortes por data de notificação e por semana epidemiológica; e óbitos acumulados por data de notificação e por semana epidemiológica. No domingo (7), o governo anunciou que voltaria a informar seus balanços sobre a doença. Mas mostrou números conflitantes, divulgados no intervalo de poucas horas. Neste sábado (13), mais uma vez o Ministério da Saúde divulgou os dados completos, obedecendo a ordem do STF. Segundo a pasta, houve 892 novos óbitos e 21.704 novos casos, somando 42.720 mortes e 850.514 casos desde o começo da pandemia – números totais menores que os apurados pelo consórcio. Initial plugin text Veja Mais

"NÃO QUERIA TER SAÍDO DO SÃO PAULO": Milton Cruz participa do "Expediente Futebol"

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #SãoPaulo #MiltonCruz #ExpedienteFutebol Veja Mais

VOLTA DO FUTEBOL NO RIO DE JANEIRO PRÓXIMA | Expediente Futebol

VOLTA DO FUTEBOL NO RIO DE JANEIRO PRÓXIMA | Expediente Futebol

Fox Sports Brasil Reunião na FERJ na próxima segunda pode encaminhar a volta do futebol no Rio de Janeiro dia 24 de junho! Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #VoltaDoFutebol #Futebol #ExpedienteFutebol Veja Mais

Homem recebe conta de US$ 1,1 mi do hospital onde se tratou de Covid-19 nos EUA

O Tempo - Mundo Michael Flor, 70, ficou internado durante 62 dias, mas plano de saúde cobrirá a maior parte e ajuda financeira do Congresso para combater pandemia deve arcar com o restante Veja Mais

Thelma, vencedora do BBB 20, diz que coronavírus a fez esperar para ter filhos

O Tempo - Diversão - Magazine "Por conta do BBB 20, acabei adiando o sonho, e, ao sair do reality e me deparar com uma pandemia, tive que adiar os planos mais uma vez", afirmou a ex-sister Veja Mais

Pesquisadores sequenciam 427 genomas do novo coronavírus no Brasil e acham 3 cepas principais

Glogo - Ciência Isolamento social pode ter reduzido a diversidade genética do coronavírus, aponta estudo. Pesquisa envolveu USP, UFRJ, Universidade de Oxford, Imperial College of London e Unicamp, entre outras instituições. Reprodução em 3D do modelo do novo coronavírus (Sars-CoV-2) Reprodução/Visual Science Um esforço colaborativo entre Brasil e Reino Unido conseguiu sequenciar 427 genomas completos do Sars CoV-2 encontrados no Brasil. Destes, 102 foram detectados como cepas iniciais, ou seja, mais de 100 linhagens que entraram no país logo no começo da pandemia. Apenas três conseguiram se espalhar, apontando que o isolamento social pode ter ajudado a reduzir a diversidade das cepas com maior circulação. O fato de haver diferentes "tipos" em circulação não implica em possibilidade de reinfecção por pessoas já afetadas por outra cepa. O vírus sofre mudanças mas, em essência, mantém nas diferentes linhagens suas características principais. China demorou para divulgar genoma do coronavírus para a OMS, diz agência Entre os autores do atual estudo, Ester Sabino, Jaqueline Goes e Nuno Faria já haviam sequenciado no final de fevereiro, em tempo recorde, o genoma do Sars-Cov-2 responsável pelo primeiro caso detectado no país. Pouco mais de três meses depois, o banco de dados cresceu. Assim, foi possível traçar uma árvore mais completa da genética do vírus no país. Sabino explica que as três cepas - sequências genéticas diferentes do novo coronavírus - que conseguiram se espalhar pelo Brasil foram transmitidas antes da confirmação do primeiro caso. Sem medidas de isolamento implementadas, como o fechamento das escolas e do tráfego aéreo, a transmissão delas foi mais fácil. A pesquisadora explica que os dois primeiros casos sequenciados e confirmados em São Paulo não deram início, portanto, à pandemia no país. "Estes dois primeiros casos sequenciados não deram origem à pandemia no Brasil" - Ester Sabino, pesquisadora do Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da USP "As três cepas que encontramos agora foram as que se espalharam mais, e provavelmente infectaram pessoas antes dos dois casos iniciais em São Paulo. O vírus já estava circulando uns 10 dias antes", disse Sabino. Nuno Faria, da Universidade de Oxford, disse que, com base em dados de mobilidade municipal, estadual e nacional, eles conseguiram mostrar que, além da redução da diversidade genética do vírus, a implementação das medidas de isolamento também diminuiu a taxa de transmissão. Ou seja: uma pessoa poderia transmitir para cerca de 3 outras antes da quarentena; depois, com a redução do contato interpessoal, para apenas 1. “Diminuíram o número de reprodução de 3 para perto de 1. As medidas contribuíram também para a velocidade de expansão do vírus, mas mesmo assim não conseguiram barrar totalmente. Claro, como em todo o mundo, mas isso atrasou a chegada do vírus em outros centros urbanos”, disse Faria. Outra conclusão dos pesquisadores mostra que mesmo que o número de voos tenha sido reduzido logo nas primeiras semanas após a confirmação dos primeiros casos, a distância média dos que restaram foi maior. Esse é um dos fatores que contribuiu para a saída do vírus da região Sudeste. As três cepas mais disseminadas chegaram por São Paulo e Ceará. Não é possível com a base de dados disponível determinar com precisão a origem exata de cada uma delas fora do Brasil. Uma amostra retirada na Itália, de um paciente que estava em Milão, por exemplo, pode não ser de uma "linhagem italiana", necessariamente. A pessoa pode ter viajado e retornado da Alemanha, explicam os cientistas, que dizem que seria útil ter acesso ao histórico de viagens para conseguir determinar com mais precisão as origens do vírus. Origem e impacto O que é possível dizer é que as três cepas mais disseminadas no país vieram da Europa e dos Estados Unidos. Saber que a diversidade genética foi reduzida é um ponto interessante e um indicador de que as medidas de isolamento funcionaram. “Diversidade genética está associada com a transmissão diretamente. Quanto maior o número de pessoas infectadas, e quanto mais explosiva, maior será a diversidade genética do vírus. São processos intrinsecamente relacionados. Assim, ainda precisamos de mais pesquisas, isso pode influenciar na criação de uma determinada vacina no Brasil”, explicou Nuno. Por enquanto, os cientistas dizem que não é possível determinar se uma das mutações encontradas nas sequências tem algum papel na disseminação do vírus. Outros grupos de estudos estão em busca da resposta. Além dos 427 genomas obtidos neste esforço internacional, os pesquisadores também consideraram outros 63 que já tinham sido sequenciados pela Fundação Oswaldo Cruz. O artigo foi assinado por mais de 70 cientistas de instituições como Universidade de São Paulo, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade de Campinas, Universidade de Oxford, Imperial College of London, entre outras. A pesquisa conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de S. Paulo (Fapesp). De acordo com os autores, é uma das maiores parcerias criadas até agora para o sequenciamento do novo coronavírus. Cientistas brasileiros sequenciam genoma do novo coronavírus no Brasil Initial plugin text Veja Mais

Nicki Minaj alimenta rumores de que estaria grávida com nova foto e clipe

O Tempo - Diversão - Magazine Onda de especulações ganhou ainda mais corpo após o lançamento do clipe da música 'Trollz', feito em parceria com 6ix9ine Veja Mais

Mourão: Forças Armadas estão disciplinadas, e fardados não falam sobre política

O Tempo - Política Vice-presidente da República assinou nota conjunta com Bolsonaro e o ministro da Defesa em que diziam que as Forças Armadas 'não cumprem ordens absurdas' e nem 'aceitam julgamentos políticos' Veja Mais

DANILINHO ACUSA CUCA E TREINADOR RESPONDE! Veja debate no FOX Sports Rádio

DANILINHO ACUSA CUCA E TREINADOR RESPONDE! Veja debate no FOX Sports Rádio

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #FoxSportsRádio #Cuca #Danilinho Veja Mais

Forças Armadas 'não cumprem ordens absurdas' nem aceitam 'julgamentos políticos'

O Tempo - Política Nota assinada por Bolsonaro e Mourão e pelo ministro da Defesa Fernando Azevedo é destinada aos ministros do STF após decisão de Luiz Fux em que ele diz que as Forças Armadas não são um poder moderador Veja Mais

EXPEDIENTE FUTEBOL! VOLTA DO FUTEBOL NO RIO DE JANEIRO; DÍVIDAS DO CORINTHIANS - Completo 13.06

EXPEDIENTE FUTEBOL! VOLTA DO FUTEBOL NO RIO DE JANEIRO; DÍVIDAS DO CORINTHIANS - Completo 13.06

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Futebol #Entrevista #Live Veja Mais

CAMPEÃO DO PRIMEIRO TURNO DO GAUCHÃO! Rafael Lacerda, técnico do Caxias, no "Expediente Futebol"

CAMPEÃO DO PRIMEIRO TURNO DO GAUCHÃO! Rafael Lacerda, técnico do Caxias, no

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Caxias #CampeonatoGaúcho Veja Mais

Sobrevivente de COVID-19 recebe conta de US$ 1 milhão de hospital

Sobrevivente de COVID-19 recebe conta de US$ 1 milhão de hospital

em - Internacional Norte-americano de 70 anos ficou internado por 62 dias em Seattle. Conta com 181 páginas tem diária em UTI de R$ 49 mil Veja Mais

Digão e Rodolfo, do Raimundos, fazem as pazes após duas décadas de separação

O Tempo - Diversão - Magazine Anúncio foi feito em live da banda, nesta sexta-feira, após a notícia da morte de Bessanger Abrantes, primo de Rodolfo, que inspirou o sucesso “Puteiro em João Pessoa” Veja Mais

VITÓRIA NO FIM E MÃO NA TAÇA! Gols de Bayern de Munique 2 x 1 Monchengladbach pela Bundesliga

VITÓRIA NO FIM E MÃO NA TAÇA! Gols de Bayern de Munique 2 x 1 Monchengladbach pela Bundesliga

Fox Sports Brasil O Bayern de Munique venceu o Borussia Monchengladbach, na Allianz Arena, por 2 a 1, pelo #AlemãoFoxSports. Com um gol de Goretzka nos minutos finais, os bávaros botaram uma mão na taça, mantendo os sete pontos de diferença para o Dortmund. Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #BayernDeMunique #BorussiaMonchengladbach #Bundesliga Veja Mais

CUEVA SE OFERECE PARA VOLTAR AO SÃO PAULO! "Fox Sports Rádio" debate se seria bom para o Tricolor

CUEVA SE OFERECE PARA VOLTAR AO SÃO PAULO!

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #SãoPaulo #Cueva #FoxSportsRádio Veja Mais

Caixa anuncia calendário de novos saques do FGTS; liberação começa em 29 de junho

G1 Economia Calendário seguirá mês de nascimento do beneficiário. Cada trabalhador poderá sacar até R$ 1.045 de contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores). Caixa anuncia calendário de saques do FGTS e para novos aprovados no auxílio emergencial O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, anunciou neste sábado (13) que as liberações emergenciais do FGTS começarão no dia 29 de junho. Essa data é para o crédito em conta do trabalhador nascido em janeiro. O saque em espécie ou transferências, também dos aniversariantes de janeiro, estão liberados a partir de 25 de julho (veja o calendário completo mais abaixo). Essa nova liberação do saque do FGTS se deu em razão da pandemia do novo coronavírus, que afetou as atividades econômicas e a renda dos trabalhadores. Para evitar aglomerações nas agências, a Caixa fixou datas diferentes para a liberação do crédito em conta e para o saque em espécie ou transferência dos valores. O calendário considera o mês de nascimento do trabalhador. Veja as datas a seguir: Calendário saque emergencial FGTS “A cada semana realizaremos o credito digital na conta dos brasileiros. Sempre às segundas-feiras, com exceção do dia 8 de setembro, porque dia 7 é feriado. Teremos, a partir do dia 29, pelas próximas 12 semanas, a cada segunda feira, 5 milhões de brasileiros recebendo esse depósito e terão o saque sendo permitido a partir de cada sábado”, afirmou Guimarães. Terão direito aos saques os trabalhadores que tenham contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) do FGTS. Cada trabalhador poderá sacar até R$ 1.045. Se o trabalhador tiver mais de uma conta de FGTS, o saque será feito primeiro das contas de contratos de trabalho extintos (inativas), iniciando pela conta que tiver o menor saldo. Depois, o dinheiro será sacado das demais contas, também iniciando pela que tiver o menor saldo. Independentemente do número de contas do trabalhador, o valor não pode passar de R$ 1.045. Assim, ninguém poderá tirar mais do que esse valor, ainda que tenha duas ou três contas com saldos superiores a essa quantia. Poupança digital Neste sábado, o governo também editou uma medida provisória autorizando o pagamento do FGTS em contas da poupança social digital da Caixa. O texto foi publicado em edição extra do "Diário Oficial da União" (DOU). O texto da MP amplia o funcionamento da poupança social digital. Assim, passa a ser possível receber, além dos créditos referentes ao FGTS, outros benefícios pagos pela União, estados e municípios, exceto os previdenciários. A poupança social digital da Caixa é uma modalidade simplificada, aberta para quem recebe benefícios governamentais e com limite de saldo e movimentação. Pela MP, o limite mensal de movimentação para essa modalidade de poupança foi ampliado de R$ 3 mil para R$ 5 mil. O presidente da Caixa informou que a liberação emergencial do FGTS será feita exclusivamente pela poupança digital. A conta será aberta automaticamente pelo banco para todos que tem direito ao saque. A movimentação do dinheiro poderá ser feita pelo aplicativo "Caixa TEM". O objetivo, segundo o governo, é agilizar os pagamentos e evitar aglomerações em meio á pandemia do novo coronavírus. “Nesse contexto, a criação da conta poupança social digital promove agilidade e inclusão financeira de forma eletrônica para grande parte da população, e ainda garante maior segurança e controle nos pagamentos dos benefícios emergenciais”, informaram a Caixa e o Ministério da Economia. “Além disso, a utilização da conta digital evita afluência de pessoas nos bancos e reduz a logística necessária para a distribuição dos recursos”, concluíram. Consulta do saldo O governo federal informa que todos os 60,8 milhões de trabalhadores que possuem contas no FGTS poderão ser beneficiados com os saques. Segundo a Caixa, devem ser liberados R$ 37,8 bilhões. Cerca de 30,7 milhões de trabalhadores poderão sacar todo seu recurso no FGTS (50,5% do total). Novos saques do FGTS: veja como consultar o saldo de contas ativas ou inativas O presidente da Caixa informou que a partir desta segunda-feira (15) o trabalhador poderá consultar qual o valor do seu saque emergencial e quando o valor será creditado por meio do site fgts.caixa.gov.br ou por meio do Disque 111. Segundo Pedro Guimarães, a partir de sexta-feira (19), a consulta passa a poder ser feita também pelo aplicativo FGTS. No app, o trabalhador também poderá optar por não fazer o saque emergencial ou ainda por devolver o valor para a conta do FGTS caso o crédito já tenha ocorrido. O trabalhador que escolher não fazer o saque emergencial deve informar a Caixa pelo menos dez dias antes da data de crédito prevista. O dinheiro ficará disponível para o trabalhador até 30 de novembro. Se o saque emergencial não for feito até essa data, automaticamente o valor retornará para o fundo de garantia. Veja Mais

Países europeus assinam acordo que garante 300 milhões de doses de vacinas à UE

O Tempo - Mundo Alemanha, França, Itália e Holanda assinaram um acordo com o grupo farmacêutico AstraZeneca para garantir o fornecimento de uma possível medicação Veja Mais

HAALAND É IMPRESSIONANTE! Lances de Fortuna Dusseldorf 0 x 1 Borussia Dortmund pela Bundesliga

HAALAND É IMPRESSIONANTE! Lances de Fortuna Dusseldorf 0 x 1 Borussia Dortmund pela Bundesliga

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Alemão #BorussiaDortmund #Haaland Veja Mais

Auxílio Emergencial: Caixa divulga calendário de pagamento e saques para novos aprovados

G1 Economia Mais 4,9 milhões de pessoas devem receber a primeira parcela do benefício nesta terça (16) e quarta-feira (17). Saques em dinheiro começam em 6 de julho. A Caixa Econômica Federal (CEF) detalhou neste sábado (13) como será feito o pagamento da primeira parcela do Auxílio Emergencial a mais 4,9 milhões de novos aprovados a receber o benefício. Segundo o banco, o repasse total será de R$ 3,2 bilhões. Nesta sexta-feira (12), o Ministério da Cidadania informou que o crédito para quem tem a poupança social digital da Caixa será feito nos dias 16 e 17 de junho. Na terça-feira (16), receberão o dinheiro 2,4 milhões de pessoas que fazem aniversário de janeiro a junho. Na quarta-feira (17), 2,5 milhões de aniversariantes de julho a dezembro. SAIBA TUDO SOBRE O AUXÍLIO EMERGENCIAL Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. A Caixa informou que quem quiser sacar o dinheiro deve seguir um calendário escalonado de acordo com o mês de aniversário (veja mais abaixo). Os saques começam em 6 de julho. Nas datas indicadas, o repasse será feito automaticamente para a conta indicada pelo beneficiário, podendo ser uma poupança da Caixa ou uma conta de outra banco. Veja o calendário para saque em dinheiro: Calendário do saque em dinheiro do auxílio emergencial O auxílio emergencial de R$ 600 é pago a informais, desempregados e famílias mais afetadas economicamente pela pandemia do novo coronavírus. Até a última atualização desta reportagem, a Caixa e o Ministério da Cidadania não tinham divulgado as datas do pagamento das demais parcelas para aqueles que começaram a receber o benefício após o dia 30 de abril. Neste sábado (13), a Caixa liberou transferências e saques em dinheiro da segunda parcela do Auxílio Emergencial depositada em poupanças sociais digitais do banco para 2,5 milhões de beneficiários nascidos em dezembro. O calendário da terceira parcela está definido somente para o público que faz parte do Programa Bolsa Família. Sem aglomerações Em meio à pandemia do coronavírus, a Caixa reforça que a prioridade é atender os beneficiários pelos canais digitais do banco e evitar a ida das pessoas às agências e eventuais aglomerações. A orientação é para que o dinheiro seja movimentado pelo aplicativo da Caixa. "O beneficiário que recebe pela Poupança Social Digital pode emitir o cartão de débito virtual para compras pela internet em sites e aplicativos que aceitam débito. A emissão do cartão é gratuita e a compra é debitada diretamente da conta, sem precisar sair de casa", explica o banco. Balanço A Caixa calcula que, com o pagamento deste último lote anunciado pelo banco, o total de pessoas que terá recebido o benefício alcançará 63,5 milhões de pessoas. O total repassado somará R$ 79,8 bilhões. O auxílio emergencial começou a ser pago em 9 de abril. O governo já confirmou que pagará duas parcelas extras do benefício. Porém, ainda não está definido se o valor de cada parcela será mantido ou sofrerá redução. Bolsonaro promete vetar prorrogação do auxílio emergencial se congresso fixar em R$ 600 Na última quinta-feira (11), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que pretende vetar a prorrogação do auxílio emergencial se o Congresso Nacional decidir pela manutenção do valor atual, de R$ 600. No início do mês, o Ministério da Economia informou que pretende pagar duas parcelas adicionais, no valor de R$ 300 cada. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defende a manutenção dos R$ 600 mensais. Initial plugin text Veja Mais

Hang seria elo entre ação contra Bolsonaro e inquérito das fake news, para TSE

O Tempo - Política Para corregedor do TSE, suspeitas sobre Hang justificam compartilhamento de provas do inquérito das fake news com ação que pode cassar chapa de Bolsonaro Veja Mais

Galaxy A30s vs Galaxy A31: e agora, as mudanças são para valer? | Comparativo

tudo celular Galaxy A30s, Galaxy A31, Galaxy A30s vs Galaxy A31, Galaxy A30s contra Galaxy A31, qual escolher a30s ou a31, a31 vale a pena, a31 boa compra, a30s vale a pena, a30s boa compra, ficha técnica a30s,... Veja Mais

Novo coronavírus seria sensível às estações?

O Tempo - Mundo Especialistas estão pesquisando se temperatura e umidade podem influenciar na propagação Veja Mais

Fotos dos leitores #312 - Xiaomi Mi A3 em Belo Horizonte (MG)

tudo celular Você pode enviar quantas fotos desejar para a nossa coluna, assim aumentará suas chances de ser escolhido. Veja Mais

Presidente do TSE sugere adiar as eleições municipais por 'algumas semanas'

O Tempo - Política Luís Roberto Barroso disse que se reuniu por videoconferência com médicos de diferentes especialidades e propõe um período que vai de 15 de novembro até 20 de dezembro Veja Mais

Luísa Sonza e Whindersson têm dados vazados após rejeição de clipe com Vitão

O Tempo - Diversão - Magazine Clipe lançado nesta sexta (12) teve mais de 6 milhões de visualizações, mas contabiliza o dobro de "dislikes" (mais 1 milhão) em relação aos "likes" (mais de 500 mil) Veja Mais

Tiago Iorc responde Anavitória e acusa empresário de tentar sabotar sua carreira

O Tempo - Diversão - Magazine Cantora Vitória, da dupla, disse em live que o compositor as estaria impedindo de regravar a música "Trevo (Tu)" para um projeto que estão para lançar Veja Mais

Militares da ativa e ministros do Supremo reprovam nota de Bolsonaro

O Tempo - Política Presidente, o vice Hamilton Mourão e o ministro Fernando Azevedo (Defesa) disseram que as Forças Armadas não cumprirão "ordens absurdas" Veja Mais

Anavitória e Tiago Iorc, ex-parceiros, brigam por direitos autorais e não se falam há 2 anos

G1 Pop & Arte Em live, cantora disse que Tiago proibiu relançamento de 'Trevo (Tu)'; ele rebateu e acusou escritório. Segundo empresário, cantor tenta 'prejudicar' dupla e se recusa a recebê-la. Anavitória e Tiago Iorc fazem show juntos Divulgação A dupla Anavitória e o cantor Tiago Iorc revelaram neste fim de semana a disputa pelos direitos autorais da música “Trevo (Tu)”. É o primeiro episódio a se tornar público de uma tensão que já dura mais de dois anos entre os ex-parceiros musicais. O caso foi revelado pela dupla durante um show transmitido pela internet, nesta sexta-feira (12). Sem citar o nome de Tiago, Ana Caetano disse que o “outro autor da música” impediu a regravação da faixa. Neste sábado, o cantor rebateu a crítica, acusando o escritório da dupla de “sabotar” seu trabalho. Dupla Anavitória canta "Trevo" Tiago, considerado padrinho de Anavitória em seus primeiros passos na carreira, foi sócio do mesmo escritório, que também gerenciava sua carreira, mas rompeu a parceria há cerca de dois meses. Procurado pelo G1, o empresário Felipe Simas, responsável pela produtora, afirmou que acusações desse tipo só podem ser feitas acompanhadas de provas e que elas “devem ser discutidas na Justiça, e não nas redes sociais”; Entenda a disputa “Trevo (Tu)” foi o primeiro sucesso nacional de Anavitória. Em 2017, a música ganhou o Grammy Latino na categoria Melhor Canção em Língua Portuguesa. A composição é de Ana e Tiago, que também assina a produção do disco de estreia das artistas. Segundo a cantora, a música foi escrita em 2015. Ela diz ter feito o convite de parceria a Tiago, que criou o refrão. “Um refrão lindo, que a gente ama muito”, segundo ela. O relançamento que a dupla tenta fazer - de acordo com Ana, contra a vontade de Tiago - é parte de um trabalho ao vivo já gravado no ano passado. Com a liberação, o cantor receberia parte do rendimento da canção. Segundo Simas, outras três músicas do disco de 2016, das quais Tiago participa como coautor, também são alvos da proibição. Initial plugin text “Nessa tua atitude impensada de tornar isso público, você, realmente, da missa não sabe a metade”, diz Tiago, em um vídeo direcionado a Ana e publicado em seu Instagram. “O escritório que gerencia a carreira de vocês, que é o escritório com o qual eu trabalhava e não trabalho mais, vem repetidamente sabotando meu trabalho, agindo de má-fé para me prejudicar, causando danos, inclusive, financeiros.” Questionado, Simas não dá detalhes sobre a briga entre Tiago e o escritório. “É um problema meu e dele.” O empresário diz que o cantor é “irresponsável” ao “tentar prejudicar duas meninas, que não têm nada a ver com questões dele com o escritório”. Ainda segundo o empresário, nos últimos mais de dois anos, Ana e Vitória tentaram por diversas vezes encontrar o cantor, que sempre se recusou a recebê-las. “Ele é um cara que fala tanto dos laços humanos nas canções. Eu esperava dele mais coerência e humanidade para encerrar uma relação pessoal, artística e profissional de maneira mais digna.” Procurada para comentar a disputa entre o cantor e seu ex-escritório, a assessoria de imprensa de Tiago ainda não retornou o contato. Veja Mais

FOX SPORTS RÁDIO! Dívidas do Timão; Cueva se oferece para voltar ao São Paulo - Completo (13/06/20)

FOX SPORTS RÁDIO! Dívidas do Timão; Cueva se oferece para voltar ao São Paulo - Completo (13/06/20)

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Futebol #Live #Entrevista Veja Mais

Coronavírus atinge de forma mais dura as Américas, diz OMS

em - Internacional Américas do Norte e do Sul têm quatro dos 10 países mais afetados Veja Mais

Brasil tem 42.055 mortes por Covid, aponta consórcio de veículos de imprensa (atualização das 13h)

Glogo - Ciência Levantamento é feito por jornalistas de G1, O Globo, Extra, Estadão, Folha e UOL a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O Brasil tem 42.055 mortes por coronavírus confirmadas até as 13h deste sábado (13), aponta um levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. O consórcio divulgou na sexta-feira (12), às 20h, o quinto balanço, com os dados mais atualizados das secretarias estaduais naquele momento. Depois desse balanço, seis estados (GO, MG, MS, PA, PE e TO) e o DF divulgaram novos dados. Veja os dados atualizados às 13h deste sábado (13): 42.055 mortes 832.866 casos confirmados (Na sexta, 12, às 20h, o balanço indicou: 41.901 mortes, 843 nas últimas 24 horas; e 829.902 casos confirmados. Desde então, houve atualizações em DF, GO, MG, MS, PA, PE e TO.) Os dados foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal. O objetivo é que os brasileiros possam saber como está a evolução e o total de óbitos provocados pela Covid-19, além dos números consolidados de casos testados e com resultado positivo para o novo coronavírus. O Brasil é agora o segundo país com o maior número de mortes pela doença no mundo. O país ultrapassou o Reino Unido, que tem 41.566 óbitos, de acordo com o painel da Universidade Johns Hopkins, baseado em dados oficiais das nações. Os EUA têm 114 mil mortes. EXCLUSIVO G1: Veja taxa de ocupação nas UTIs, número de testes e pacientes recuperados da Covid-19 nos estados Parceria A parceria entre os veículos de comunicação foi feita em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de Covid-19. Personalidades do mundo político e jurídico, juntamente com entidades representativas de profissionais e da imprensa, elogiaram a iniciativa. Mudanças feitas pelo Ministério da Saúde na publicação de seu balanço da pandemia reduziram por alguns dias a quantidade e a qualidade dos dados. Primeiro, o horário de divulgação, que era às 17h na gestão do ministro Luiz Henrique Mandetta (até 17 de abril), passou para as 19h e depois para as 22h. Isso dificultou ou inviabilizou a publicação dos dados em telejornais e veículos impressos. “Acabou matéria no Jornal Nacional”, disse o presidente Jair Bolsonaro, em tom de deboche, ao comentar a mudança. A segunda alteração foi de caráter qualitativo. O portal no qual o ministério divulga o número de mortos e contaminados foi retirado do ar na noite da última quinta-feira (4). Quando retornou, depois de mais de 19 horas, passou a apresentar apenas informações sobre os casos “novos”, ou seja, registrados no próprio dia. Desapareceram os números consolidados e o histórico da doença desde seu começo. Também foram eliminados do site os links para downloads de dados em formato de tabela, essenciais para análises de pesquisadores e jornalistas, e que alimentavam outras iniciativas de divulgação. Entre os itens que deixaram de ser publicados estão: curva de casos novos por data de notificação e por semana epidemiológica; casos acumulados por data de notificação e por semana epidemiológica; mortes por data de notificação e por semana epidemiológica; e óbitos acumulados por data de notificação e por semana epidemiológica. Neste domingo (7), o governo anunciou que voltaria a informar seus balanços sobre a doença. Mas mostrou números conflitantes, divulgados no intervalo de poucas horas. Nesta sexta (12), mais uma vez o Ministério da Saúde divulgou os dados completos, obedecendo a ordem do STF. Segundo a pasta, houve 909 novos óbitos e 25.982 novos casos, somando 41.828 mortes e 828.810 casos desde o começo da pandemia – números totais menores que os apurados pelo consórcio. Initial plugin text Veja Mais

Dono da Havan sonegou R$ 2,5 mi, afirma Receita Federal

O Tempo - Política Luciano Hang tem dívida milionária com a Receita desde 2013 Veja Mais

José Condessa fala sobre saída da Globo: 'Todos sabiam sobre minha agenda’

O Tempo - Diversão - Magazine Ator, que retornou para Portugal para se dedicar a outro projeto, nega ter abandonado o elenco de “Salve-se Quem Puder”; emissora disse que estava ciente dos compromissos do artista Veja Mais

Quarentena de Larissa Manoela tem sogra, dia de beleza, treinos e muita live

O Tempo - Diversão - Magazine A atriz e cantora de 19 anos fará uma live musical neste sábado (13), às 18h. Saiba onde e como assistir Veja Mais

Vídeo: explosão faz caminhão-tanque 'voar', e dez pessoas morrem na China

O Tempo - Mundo Segundo a rede pública CCTV, ao menos cem pessoas ficaram feridas no acidente que ocorreu neste sábado Veja Mais

Movimentos convocam atos contra Bolsonaro pelo Brasil para este domingo

O Tempo - Política A expectativa é de que os atos ocorram em até 17 Estados, além do Distrito Federal, segundo os coordenadores de algumas das principais entidades oposicionistas Veja Mais

Alcolumbre determina retirada de bolsonaristas que invadiram cúpula do Congresso

O Tempo - Política De acordo com a assessoria do presidente do Senado, a polícia negocia uma saída pacífica do grupo das instalações do Legislativo Veja Mais

GOLAÇO ABSURDO E ATROPELO! Melhores momentos de Hertha Berlin 1 x 4 Frankfurt pela Bundesliga

GOLAÇO ABSURDO E ATROPELO! Melhores momentos de Hertha Berlin 1 x 4  Frankfurt pela Bundesliga

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #FoxSports #HerthaBerlin #Frankfurt Veja Mais

DÍVIDAS DO CORINTHIANS! Rodrigo Vessoni, do site "Meu Timão", explica situação financeira

DÍVIDAS DO CORINTHIANS! Rodrigo Vessoni, do site

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Corinthians #FoxSportsRádio Veja Mais

Repórter da Globo dá buquê de coxinha para o marido no Dia dos Namorados

O Tempo - Diversão - Magazine Érick Rianelli já havia se declarado a Pedro Figueiredo em telejornal da Globo Veja Mais

Mortes pelo novo coronavírus no mundo ultrapassam 426 mil, mostra Johns Hopkins

O Tempo - Mundo Os Estados Unidos têm o maior número de casos no mundo, 2,05 milhões, e o maior número de mortes, 114.703 Veja Mais

GOLEADA E DUELO DOS DESESPERADOS: Melhores momentos de Paderborn x Werder Bremen pela Bundesliga

GOLEADA E DUELO DOS DESESPERADOS: Melhores momentos de Paderborn x Werder Bremen pela Bundesliga

Fox Sports Brasil O Paderborn recebeu o Werder Bremen no duelo dos desesperados! Os clubes são lanterna e vice lanterna. E foi um verdadeiro toró de gols do início ao fim! Veja os melhores momentos, galera! Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Bundesliga #Paderborn #Bremen Veja Mais

Rupert Grint se junta a colegas de 'Harry Potter' em críticas a J.K. Rowling

O Tempo - Diversão - Magazine Autora da saga de fantasia usou sua conta no Twitter para comentar um artigo sobre 'pessoas que menstruam', o que foi considerado transfóbico Veja Mais

Rainha Elizabeth participa de seu primeiro evento presencial após a quarentena

O Tempo - Mundo Monarca de 94 anos quebra tradição e faz aniversário "discreto" no Castelo de Windsor Veja Mais

Duo AnaVitória revela que foi impedido por Tiago Iorc de regravar música

O Tempo - Diversão - Magazine A internet está mobilizada pedindo para que o cantor e compositor libere 'Trevo (Tu)' para a dupla que é parceira na faixa Veja Mais

Trump adia comício marcado para dia em que se celebra fim da escravidão nos EUA

O Tempo - Mundo Evento em Tulsa, Oklahoma, marcaria o retorno do presidente norte-americano à atividade de campanha antes das eleições de novembro Veja Mais

Pandemia gera incerteza para feiras do agronegócio em 2020, diz presidente da Agrishow

G1 Economia Principal evento do setor, que movimentou cerca de R$ 3 bilhões em 2019, foi cancelado neste ano e remarcado para 2021. Público confere novidades para o agronegócio expostas na Agrishow 2019, em Ribeirão Preto, SP Érico Andrade/G1 O cancelamento da Agrishow 2020, maior feira agrícola do país e que movimentou R$ 3 bilhões em 2019, por causa do novo coronavírus cria um cenário incerto para os eventos do agronegócio neste ano. Desde meados de março, diversas feiras do setor suspenderam a realização nas datas previstas por conta da pandemia. A Agrishow, que é realizada em Ribeirão Preto (SP), foi a primeira grande a adiar sua edição, que começaria no fim de abril. De onde vem o que eu como? Conheça a produção do trigo e do leite A decisão de cancelar a edição deste ano foi anunciada no último dia 1º. Segundo Francisco Matturro, presidente da Agrishow, a incerteza sobre a estabilização da pandemia foi o principal motivo. “O quadro está absolutamente indefinido”, disse ao G1. “As empresas foram se desmobilizando desde o primeiro adiamento da feira (em março). Não tem como movimentar mais de 800 expositores, cerca de 6 mil trabalhadores sem ter a certeza da realização da feira", diz o presidente da feira que levou cerca de 160 mil visitantes em 2019. Agrishow exibe tratores, colheitadeiras, softwares, pulverizadores e outros equipamentos para facilitar o trabalho no campo Érico Andrade/G1 A ExpoZebu, outro grande evento do setor, focado em pecuária e realizado em Minas Gerais, seguiu o mesmo caminho e, depois, em abril, decidiu cancelar a edição 2020. O mesmo ocorreu com a Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães, um pólo da soja e do algodão. Ano 'perdido' Matturro, da Agrishow, vê 2020 como um ano “perdido” para eventos do agronegócio. “O país precisa entrar na ‘zona verde’, e aí vamos ter um novo normal e novas regras para realização de eventos. Eu vejo pouca possibilidade de se fazer grandes feiras a céu aberto neste ano.” “O que eu desejo e espero é ter uma grande feira (em 2021). Vamos seguir todas as regras sanitárias que forem impostas. Nosso desejo é organizar a maior Agrishow da história no próximo ano.” No segundo semestre, uma outra grande feira do setor, a Expointer, no Rio Grande do Sul, está mantida, em data a ser definida. "A Expointer 2020 está mantida, com data limite de realização até o fim de setembro. O novo calendário será definido pelas Secretarias da Agricultura e Saúde, em conjunto com as entidades co-promotoras da tradicional feira, que neste ano celebra os 50 anos do Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio", disse a organização em nota divulgada no último dia 5 de maio. Governador MG Romeu Zema Expozebu ABCZ Uberaba 2019 Alysson Oliveira/Divulgação Bahia Farm Show 2018 Divulgação Parque de Exposições Assis Brasil, sede da Expointer, no Rio Grande do Sul Divulgação/Seapdr Veja Mais