Meu Feed

No mais...

Veja as vagas de emprego do Sine Macapá para 15 de setembro; inscrições são pela web

G1 Economia Há oportunidades para pedreiro, pintor de obras, atendente de loja, analista de RH, serviços gerais, entre outros. Sine Macapá oferta vaga para função de pedreiro Wili Acacio / Arquivo Pessoal O Sistema Nacional de Emprego no Amapá (Sine-AP) oferta vagas de emprego em Macapá para terça-feira (15). O atendimento ao público está suspenso nas sedes do órgão e os candidatos interessados devem encaminhar e-mail com currículo anexado. As inscrições e cadastros devem ser feitos pela internet, através do endereço de e-mail sinetrabalhador@sete.ap.gov.br. As vagas estão disponíveis apenas para o dia divulgado. O atendimento do Sine por e-mail já era feito para as empresas que ofertam as vagas e agora o órgão estendeu para os interessados em enviar currículos. A alternativa, que visa compensar o tempo em que o Sine ficou fechado, deve durar até o fim do decreto de isolamento. Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas, para terça-feira: almoxarife analista de RH atendente de loja caseiro costureiro em geral encanador mecânico de veículos automotores (diesel) operador de pá carregadeira operador de trator de esteira operador de loja pedreiro pintor de obras salgadeiro secretaria executiva servente de obras serviços gerais técnico em refrigeração (instalação) vendedor pracista Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá Veja Mais

5 melhores jogos e aplicativos de desenho online

canaltech Está procurando jogos para testar suas habilidades de desenho? Sabendo desenhar ou não, jogos de desenho são populares por ser uma ótima dinâmica para fazer com os amigos ou sozinho(a). Confira em nossa matéria os melhores jogos para desenhar online. Makowka oc maker: como fazer seu avatar personalizado com efeito de desenho 10 sites para você aprender a desenhar Aplicativo usa realidade aumentada para ensinar você a desenhar melhor 1. Quick Drawn Quick Drawn (Web)  é uma plataforma desenho e experimento I.A. O desafio é como se fosse uma partida de  imagem e ação, porém com uma inteligência artificial. Você deverá ajudar a maquina a acertar a palavra que foi dada a você em 20s, o computador ira fazer palpites e tentar acertar o que está sendo desenhado a partir de seus traços. Seja rápido no gatilho em Quick Drawn - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Quick Drawn está disponível em sua versão Web para todos os navegadores.  -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- 2. Gartic O Gartic (Android | iOS | Web) é um jogo de desenho e adivinhação em grupo. Você pode juntar seus amigos em uma sala e então todos os jogadores terão sua vez de desenhar. O jogador que desenha deve ajudar os outros jogadores a adivinhar qual tema está sendo desenhado. Adivinhe rapidamente desenhos em Gartic - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Você também pode baixar o aplicativo da plataforma que  disponível para dispositivos (Android | iOS). 3. Drawn It! Drawn it (Android | iOS) é um jogo de desenhar onde os jogares competem entre si, para desenhar o maior número de sugestões, dentro de um curto período. Assim como em Quick Drawn, o aplicativo possui uma inteligência artificial que irá tentar adivinhar o que você está desenhando partir de seus traços. Seja certeiro com seus desenhos - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Você pode baixar o aplicativo do Drawn It! que está disponível para dispositivos (Android | iOS). 4. Drawful 2 Com o Drawful 2 (Steam | Epic Games | Microsoft Store) você poderá reunir seus amigos para um jogo de adivinhações, um dos jogadores estará desenhando secretamente enquanto os outros vão dar palpites sobre o que o desenho parece ser, após o tempo acabar, os jogadores podem votar no melhor palpite e então o jogador com o palpite mais voltado ganha pontos por aquela rodada.  Advinhe desenhos com Drawful 2 - (Imagem: Reprodução/ Drawful 2)  Você pode baixar o Drawful 2 em sua versão para Desktop através de plataformas como (Steam | Epic Games | Microsoft Store).   5. Aggie.io O Aggie.io (Web) é o site perfeito para desenhar em conjunto com seus amigos de manira remota e gratuita. Com a plataforma é possível convidar amigos para criar projetos e então desenhar e editar de maneira simultânea. Além disso, a plataforma conta com recursos avançados para edição como, por exemplo, a separação por camadas.  Desenhe com seus amigos - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Você pode acessar a plataforma do Aggie.io através de sua versão Web. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 Pro vaza em novo vídeo e confirma design retrô na linha Novo Chromecast contará com Google TV e custará menos Exclusivo: Xiaomi oferece seguro contra roubo de seus celulares no Brasil Galaxy S21 deve ser o último top de linha da Samsung com furo na tela iPhone 12 terá bateria menor, 5G e nada de tela 120 Hz, diz analista Veja Mais

A lista dos 10 filmes mais pirateados da semana (14/09/2020)

A lista dos 10 filmes mais pirateados da semana (14/09/2020)

Tecmundo Mulan aparece novamente como o filme mais baixado nos serviços de torrents na última semana, de acordo com o ranking divulgado nesta segunda-feira (14) pelo TorrentFreak. Outro título que mantém a sua posição é Bill & Ted: Encare a Música, mais uma vez na 2ª posição.A nova produção da Disney assumiu a liderança da lista desde a sua estreia no serviço de streaming da gigante do entretenimento, há duas semanas. Segundo o site responsável pelas estatísticas, a atração vem “esmagando a concorrência” nos últimos dias, apresentando um alto número de downloads.Leia mais... Veja Mais

Petrobras reduzirá investimento em exploração e produção por conta da covid-19

Valor Econômico - Finanças A Petrobras informou nesta segunda-feira que fará revisão de seu portfólio no segmento de Exploração & Produção (E&P) frente à crise provocada pela covid-19. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Bancos ampliam oferta e acirram disputa com fintechs

Valor Econômico - Finanças A mesma combinação de tecnologia e regulação favorável que tem possibilitado aos bancos digitais fazerem sombra aos incumbentes agora ajuda na mão inversa: são as grandes instituições que começam a agir como fintechs. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Por decisão judicial, campo de Lula da Petrobras volta a se chamar Tupi

Valor Econômico - Finanças A área é maior ativo de produção de óleo e gás da companhia A Petrobras informou que o campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, voltará a se chamar Tupi. A área é maior ativo de produção de óleo e gás da companhia. Em junho, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve decisão judicial que anulou o ato administrativo que rebatizou o campo de óleo e gás de Tupi como Lula. De acordo com os desembargadores federais que integram a 3ª Turma da Corte, ficou comprovado que o ato teve desvio de finalidade em sua prática ao visar a promoção pessoal de pessoa viva, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao dar o seu nome a um patrimônio público, o campo de petróleo. A ação popular que tramitava no TRF-4 foi ingressada por advogada de Porto Alegre (RJ) em 2015 contra a Petrobras, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), o ex-presidente Lula e o ex-presidente da estatal, José Sergio Gabrielli de Azevedo. A Petrobras atribuiu o nome de Lula ao campo, até então denominado Tupi, em 2010, ao declarar a comercialidade da descoberta, já perto do fim do governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Conforme determinação da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), por meio da Resolução de Diretoria nº 586/2011, o nome do campo de Lula passará a ser campo de Tupi. Serão alterados todos os registros dos nomes referenciados como ‘Lula’. A mudança atende a uma decisão judicial que determinou que a Petrobras deveria rebatizar o campo”, esclareceu a Petrobras, em nota. Na ocasião, a estatal alegou que a escolha era uma referência a um nome ligado à fauna marinha, comum na declaração de comercialidade de descobertas de óleo e gás em mar. O campo de Iracema, por exemplo, ganhou, na ocasião, o nome de Cernambi, que é um molusco. Veja Mais

Aras edita portaria para regular desligamento de procuradores de forças-tarefas

Valor Econômico - Finanças Com debandada de procuradores das forças-tarefas da "Lava-Jato" e da "Greenfield", o PGR determinou que o desligamento deve ser comunicado com, no mínimo, 30 dias de antecedência Após a debandada de procuradores das forças-tarefas da "Lava-Jato" e da "Greenfield", o procurador-geral da República, Augusto Aras, determinou que o desligamento deve ser comunicado com, no mínimo, 30 dias de antecedência, para assegurar a continuidade dos trabalhos dos grupos que atuam no combate à corrupção. “A comunicação prévia deverá vir acompanhada de relatório acerca do acervo total da força-tarefa e das metas em curso, de modo a auxiliar o procurador-geral na decisão quanto à recomposição da equipe”, diz o texto da portaria. Caso não seja possível cumprir o prazo estabelecido, o membro do Ministério Público Federal deverá adotar as medidas necessárias para que a transição dos trabalhos ocorra de forma adequada, a fim de que não haja prejuízos. No documento, Aras aponta que as alterações constantes “podem causar prejuízos à adequada resolução dos casos objeto da atuação coordenada, mormente por eventual solução de continuidade nas investigações e processos em curso”. A portaria terá validade “até que sobrevenha disciplina definitiva sobre a designação de membros do MPF para atuações coordenadas em casos de relevância nacional ou regional”. No dia 1º de setembro, o procurador Deltan Dallagnol anunciou sua saída do comando da força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba. No dia seguinte, houve uma renúncia coletiva dos sete procuradores que atuavam em São Paulo. Naquela mesma semana, o procurador Anselmo Lopes comunicou que deixaria a força-tarefa da Greenfield, grupo que apura desvios em fundos de pensão. Veja Mais

Whatsapp Web pode receber chamadas de voz e vídeo em breve

Whatsapp Web pode receber chamadas de voz e vídeo em breve

Tecmundo O Whatsapp Web pode implementar em breve uma aguardada função entre seus usuários: as chamadas de vídeo e voz. Recentemente, os desenvolvedores responsáveis pelo mensageiro indicaram a novidade através de testes de exibição dos ícones na tela. Ainda em desenvolvimento, a funcionalidade não está disponível para o público. Ícones de controle das ligações. (Fonte: WABetaInfo/Reprodução)Leia mais... Veja Mais

Receita Federal deixa de autuar exportações indiretas

Valor Econômico - Finanças Orientação a fiscais segue entendimento do Supremo Tribunal Federal favorável à imunidade tributária A Receita Federal publicou uma orientação para que a fiscalização deixe de autuar empresas por não recolhimento de tributos sobre receitas decorrentes de exportação indireta, via trading ou empresa comercial exportadora. A decisão segue entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) favorável à imunidade tributária. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Bolsonaro veta perdão de dívidas de igrejas – 14/09/20

Bolsonaro veta perdão de dívidas de igrejas – 14/09/20

Câmana dos Deputados Veto do presidente Jair Bolsonaro a pontos de proposta aprovada com isenção de tributo para igrejas abre uma polêmica no Legislativo. O chefe do Executivo vetou mas em uma situação inédita está sugerindo aos parlamentares que derrubem este mesmo veto. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #Vteto #Igrejas Veja Mais

SBT contrata Téo José para narrar Libertadores; veja outros nomes confirmados

O Tempo - Diversão - Magazine Mauro Beting, Ricardo Rocha e Mauro Galvão são três dos nomes já confirmados pela emissora para as transmissões na TV aberta Veja Mais

Reinfecções por Covid-19: 3 dúvidas ainda sem resposta

Reinfecções por Covid-19: 3 dúvidas ainda sem resposta

Tecmundo O ano de 2020 será marcado pela covid-19, que trouxe medo, apreensão e muitas dúvidas. Por ser uma enfermidade nova, os cientistas aprenderam na prática sobre o seu comportamento. No começo da pandemia, ainda não se sabia se era possível a reinfecção pelo vírus, mas isso foi comprovado com casos recentes.Enquanto muita gente fica apreensiva por conta disso, a imunologista Akiko Iwasaki, da Universidade de Yale, diz que isso a deixou feliz. “É um bom exemplo didático de como a resposta imunológica deve funcionar”, explicou a especialista em entrevista à Nature. No caso em questão, um homem de Hong Kong apresentou a doença novamente, mas sem sintomas. Isso pode significar que o sistema imunológico do paciente pode ter se lembrado do contato anterior com o vírus e agido rapidamente para evitar sintomas mais graves.Leia mais... Veja Mais

Governador em exercício do Rio muda comandos da Polícia Civil e de secretarias

Valor Econômico - Finanças Alterações envolvem a Procuradoria-Geral do Estado, a Controladoria-Geral do Estado e o Gabinete de Segurança Institucional O governador em exercício do Estado do Rio, Cláudio Castro, informou em nota que fará quatro substituições no comando das secretarias estaduais. Na Polícia Civil, que estava sob o comando do delegado Flávio Brito, assume Allan Turnowski; na Procuradoria-Geral do Estado, Bruno Dubeux substitui Reinaldo Silveira; a Controladoria-Geral do Estado, antes liderada por Hormindo Bicudo Neto, será comandada por Francisco Ricardo Soares; e o delegado federal Marcelo Bertolucci assume o Gabinete de Segurança Institucional, que até então era chefiado pelo contra-almirante José Luiz Corrêa. “Agradeço e desejo sorte aos profissionais que estiveram conosco ao longo deste tempo trabalhando em prol do Governo do Estado. Aproveito para dar as boas-vindas aos que chegam para nos apoiarem nesta missão de trabalhar pela recuperação do Rio”, ressaltou em nota o governador em exercício. O delegado Allan Turnowski está na Polícia Civil desde o concurso de 1997 e já foi chefe de Polícia Civil entre 2009 e 2011. Até então, era o diretor-geral de Polícia da Capital. O procurador do Estado do Rio, Bruno Dubeux, entrou no concurso público de 2004, foi presidente da Associação dos Procuradores do Estado do Rio de Janeiro, é mestre em Políticas Públicas e Processo, com formação Avançada em Negociação e Tomada de Decisões pela Harvard Kennedy School of Government e também é líder sênior do Setor Público pela Harvard Kennedy School of Government, além de membro do Conselho Superior da PGE-RJ e conselheiro da OAB/RJ. O delegado federal Marcello Bertolucci está na Polícia Federal desde 1996 e foi chefe da Unidade de Repressão a Crimes Eleitorais da Divisão de Combate ao Crime Organizado em 2018. Cedido ao Estado do Rio em 2019, desempenhou as funções de vice-presidente do Detran/RJ; presidente do Detran/RJ e, até então, ocupava o cargo de subsecretário de Administração da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. Francisco Ricardo Soares é especialista em compliance e gestão bancária e foi funcionário de carreira do Banco do Brasil por 34 anos. Nos últimos cinco anos, foi superintendente do Banco do Brasil. Cláudio Castro, governador em exercício do RJ, indicou novos nomes para secretarias do Estado Divulgação/Governo do RJ Veja Mais

PGR apresenta nova denúncia contra Witzel por organização criminosa

Valor Econômico - Finanças Grupo denunciado inclui outras 11 pessoas e é acusado de atuar nos mesmos moldes que os dois últimos ex-governadores do Rio A Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou uma nova denúncia contra o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), por organização criminosa. A peça foi enviada nesta segunda-feira ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Além de Witzel, outras 11 pessoas foram denunciadas, entre elas a primeira-dama, Helena Witzel; o presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo; e os ex-secretários do governos Lucas Tristão e Edmar dos Santos. De acordo com a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, que assina a peça, o grupo atuou nos mesmos moldes que os dois últimos ex-governadores do Rio, que também foram acusados de organização criminosa, dividindo as tarefas em quatro núcleos básicos: econômico, administrativo, financeiro-operacional e político. Na denúncia, a PGR pede, além da condenação, a decretação da perda dos cargos públicos, especialmente em relação a Witzel, que já está afastado do governo. O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), foi alvo de nova denúncia, ao lado de outras 11 pessoas Carlos Magno via Fotos Públicas Outro pedido é que os denunciados sejam condenados a pagar indenização mínima de R$ 100 milhões, correspondentes a R$ 50 milhões por danos materiais e os outros R$ 50 milhões por danos morais coletivos. Lindôra Araújo aponta que o grupo iniciou as atividades em 2017, com a cooptação de Witzel para concorrer ao governo do Rio. Na ocasião, ele teria recebido quase R$ 1 milhão, quando ainda era juiz federal. Segundo ela, a compreensão do funcionamento da estrutura da organização criminosa foi possível graças às investigações iniciadas com a Operação Favorito, que resultaram na prisão do empresário Mário Peixoto e de seus operadores financeiros, e culminaram com a Operação Tris in Idem. O núcleo econômico seria formado por empresários e lobistas com interesses em contratos públicos, os quais ofereceram vantagens indevidas a políticos e gestores públicos. Fazem parte desse núcleo os denunciados Edson Torres, Gothardo Netto, Victor Hugo, José Carlos de Melo e Mário Peixoto. Já o núcleo administrativo seria composto por gestores públicos do governo estadual, que solicitaram e administraram o recebimento das vantagens indevidas pagas pelos empresários. Os ex-secretários Edmar Santos e Lucas Tristão são integrantes desse grupo. Do núcleo financeiro-operacional fariam parte Helena Witzel, Nilo Francisco, Cláudio Marcelo e Carlos Frederico Loretti da Silveira, chamado de Kiko. Eles eram responsáveis pelo recebimento e repasse das vantagens indevidas e pela ocultação da origem espúria, inclusive por meio da utilização de escritórios de advocacia e empresas. Para a subprocuradora, a variedade de formas de pagamentos e a complexidade de relações interpessoais de pessoas físicas e jurídicas demonstram a estabilidade e permanência da organização. O núcleo político, no topo da pirâmide, era composto por Witzel e pelo presidente do PSC, Pastor Everaldo. De acordo com a denúncia, o governador afastado teve participação ativa em todos os fatos narrados, loteando os recursos públicos em prol da organização criminosa, recebendo vantagem ilícita e lavando dinheiro a partir do escritório de advocacia da primeira-dama. A denúncia diz que coube ao Pastor Everaldo estruturar a organização criminosa na área da saúde, no Cedae e Detran, comandando o orçamento dessas pastas, as suas contratações, a distribuição de cargos e até mesmo o pagamento dos recebíveis aos prestadores de serviços e repasses aos municípios. “Visando o total aparelhamento estatal, partiu do grupo do Pastor Everaldo a indicação do nome de Gabriell Neves, ex-subsecretário executivo de Saúde, um dos responsáveis pelos milionários desvios na Pasta”, aponta a subprocuradora-geral da República. “Na área da saúde, o grupo instituiu um esquema de geração de uma espécie de ‘caixinha’ para pagamentos de vantagens indevidas aos agentes públicos da organização criminosa, principalmente por meio do direcionamento de contratações de organizações sociais e na cobrança de um ‘pedágio’ sobre a destinação de restos a pagar aos fornecedores”, diz a denúncia. O grupo do empresário Mário Peixoto teria atuado nas áreas da saúde, da educação, da ciência e tecnologia e no Detran. “Nesse diapasão, a organização criminosa, somente com esse esquema ilícito de contratação de organizações sociais na área de saúde, tinha por pretensão angariar quase R$ 400 milhões de valores ilícitos, ao final de quatro anos, na medida em que objetivava cobrar 5% de propina de todos os contratos”, diz a peça. Veja Mais

Fernando Pires, do Só Pra Contrariar, recebe alta médica após acidente em casa

O Tempo - Diversão - Magazine Cantor caiu e bateu a cabeça em casa; ele ficou após quatro dias internado Uberlândia, no Triângulo Mineiro Veja Mais

Aumento do roubo de cargas de fertilizantes preocupa indústria

Valor Econômico - Finanças Número de casos cresceu sobretudo em Mato Grosso, diz entidade Preocupada com o aumento do número de casos de roubo e adulteração de cargas de fertilizantes, principalmente em Mato Grosso, a Associação Nacional para Difusão de Adubos (ANDA) divulgou comunicado orientando os produtores a tomar cuidado com suas compras. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Bolsas de NY fecham em alta, com recuperação das ações de tecnologia

Valor Econômico - Finanças Os ganhos no índice amplo de Wall Street foram amplos, porém, com todos os 11 índices setoriais encerrando o dia em alta Os índices acionários de Nova York fecharam em alta nesta segunda-feira (14), com as ações de tecnologia conseguindo finalmente confirmar um dia de recuperação após as perdas acentuadas da semana passada. Os ganhos do setor ajudaram o índice tecnológico Nasdaq a fechar em alta de 1,87%, a 11.056,65 pontos, liderando os ganhos na sessão. O índice S&P 500, por sua vez, avançou 1,27%, a 3.383,54 pontos, enquanto o Dow Jones subiu 1,18%, a 27.993,33 pontos. O setor de tecnologia fechou em alta de 2,07% no S&P 500, cedendo a liderança da sessão durante a tarde e ficando atrás apenas das ações do setor imobiliário, que fecharam em alta de 2,16%. Os ganhos no índice amplo de Wall Street foram amplos, porém, com todos os 11 índices setoriais encerrando o dia em alta. A sessão positiva permitiu que as ações de tecnologia devolvessem uma parte das fortes perdas das últimas semanas, com os investidores receosos de que a recuperação do setor em relação às mínimas de março tenha sido excessivamente rápida, e que os preços estejam, agora, muito esticados. Ainda assim, as ações do setor acumulam perdas de 6,7% no mês de setembro. Oracle Entre as ações específicas, destaque para a Oracle, que encerrou o dia em alta de 4,32%, depois dos relatos de que a companhia teria vencido a disputa pelas operações americanas do aplicativo de compartilhamento de vídeos TikTok. A ação da fabricante de microchips Nvidia, por sua vez, subiu 5,82%, depois que a companhia concordou em comprar a britânicca Arm Holdings por mais de US$ 40 bilhões. Além destas, a ação da Apple fechou em alta de 3,00%, embora ainda siga mais de 14% abaixo do pico alcançado no começo do mês. A ação da Microsoft, por sua vez, subiu 0,68% hoje. Outra notícia que ajudou os índices nesta segunda foi o anúncio da farmacêutica AstraZeneca (+0,54% em NY), no fim de semana, de que os testes clínicos para sua vacina experimental contra o novo coronavírus foram retomados, após uma interrupção devido a uma doença inexplicável contraída por um dos participantes do estudo que recebeu a vacina. “Ainda há muitas incertezas e o desenvolvimento de uma vacina eficaz é um processo de longo prazo”, escreveu Milan Cutkovic, analista de mercado da AxiCorp. “No entanto, os investidores estão reagindo positivamente a todos os avanços feitos no combate à covid-19”, observou o analista. Além da AstraZeneca, o diretor executivo da Pfizer (+2,61%), Albert Bourla, afirmou, em uma entrevista ao programa “Face the Nation”, da CBS News, que a gigante farmacêutica deve saber se sua vacina experimental para a covid-19 funciona até o fim de outubro. Caso seja aprovada, pode ser distribuída nos Estados Unidos até o fim do ano. “O mercado está avançando em vários assuntos, juntamente com esperanças renovadas de uma vacina, à medida que a AstraZeneca retoma os testes e o CEO da Pfizer sugere que uma vacina pode estar pronta no fim do ano”, escreveu Peter Cardillo, economista-chefe de mercado da Spartan Capital Securities, em um nota, divulgada nesta segunda. Veja Mais

Incêndios florestais tornam mundo irreconhecível

Valor Econômico - Finanças EUA, França, Austrália e Brasil, entre outros países, sofrem com a temporada de incêndios e queimadas O calor extremo provocou alguns dos piores incêndios já registrados em muitas partes do globo. Incêndios florestais sem precedentes que começaram em dezembro passado na Austrália queimaram 17 milhões de hectares, uma área do tamanho do estado de Washington, e mataram pelo menos 33 pessoas. A temporada de incêndios na Califórnia já bateu recordes, com cerca de 1,2 milhão de hectares queimados e 3.900 estruturas destruídas até 10 de setembro. Em outros lugares, incêndios destruíram florestas nativas, levaram ao deslocamento de centenas de milhares de pessoas, agravaram a poluição do ar e liberaram dióxido de carbono que contribuirá ainda mais para o aquecimento global. Confira a seguir onde os incêndios foram ou são mais devastadores: França Incêndios impulsionados por fortes ventos obrigaram o deslocamento de 2.700 pessoas nos arredores da cidade de Marselha em agosto. África do Sul Um incêndio intensificado por ventos fortes queimou carros em Signal Hill, um popular mirante na Cidade do Cabo. Califórnia Grandes chamas escureceram os céus na área da Baía de São Francisco e levaram a deslocamentos de pessoas em grande parte do Estado. Grécia No Peloponeso, 57 incêndios eclodiram em menos de 24 horas em julho, levando autoridades a ter que retirar moradores de cinco áreas residenciais. Queimadas no Pantanal e estiagem causam preocupação no MT e MS Portugal Um bombeiro morreu enquanto tentava salvar Castelo Branco, devastada por outro incêndio 17 anos antes. Brasil A Amazônia teve seu pior início de temporada de incêndios em pelo menos uma década, com mais de 10.136 queimadas detectadas nos primeiros 10 dias de agosto. Operação de combate a incêndio no Pantanal Mayke Toscano/Secom-MT Veja Mais

Netflix compra direitos de exibição de Malcolm & Marie, novo filme de Zendaya

canaltech Embora o período de isolamento social tenha forçado diversas produções de Hollywood a pausarem suas filmagens, há cineastas que aproveitaram o momento para criar mesmo assim. É o caso de Malcolm & Marie, filme de Sam Levinson com John David Washington e Zendaya, totalmente gravado na quarentena conforme revelado na época, pelo Deadline. 5ª temporada de This is Us abordará pandemia de COVID-19 Epidemia do coronavírus leva a surto de pirataria do filme Contágio Novo filme de Ben Affleck pode ser cancelado por causa de seguro contra COVID-19 Agora que o longa já passou por toda a fase de pós-produção, o The Wrap divulgou que a Netflix acabou de adqurir os direitos de distribuição por US$ 30 milhões e deve ser disponibilizado no catálogo para todos os assinantes em breve. Malcolm & Marie foi rodado durante a pandemia mundial de COVID-19, entre os dias 17 de junho e 2 de julho. Há informações de que Levinson escreveu o roteiro em apenas seis dias, após receber a ligação de que as filmagens de Euphoria ficariam paralisadas durante o período de isolamento social. O cineasta além de dirigir também produziu o filme. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Sam Levinson é diretor de Euphoria, série original do HBO (Imagem: Divulgação/HBO) Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! O elenco e a equipe técnica foram obrigados a ficar em quarentena por duas semanas antes das filmagens e apenas 12 pessoas foram permitidas no set durante a produção. As filmagens foram realizadas na Caterpillar House em Carmel, na Califórnia. Todo mundo que estava presente durante as gravações tiveram que seguir recomendações rigorosas de higiene e segurança. A página do filme no IMDb ainda não possui uma sinopse oficial, mas conforme divulgado para alguns sites estrangeiros, a trama deve acompanhar um cineasta (John David Washington) e sua namorada (Zendaya) ao voltar de uma estreia. O Deadline também revelou que o longa possui "ecos de História de um Casamento, enquanto ressoa uma série de temas sociais que o mundo está experimentando agora." Enquanto Malcolm & Marie não chega, é possível acompanhar Zendaya na série Euphoria, original da HBO que rendeu à atriz sua estreia no Emmy 2020. Já John David Washington estrela o novo filme de Christopher Nolan, Tenet, e também protagonizou Infiltrado na Klan, de Spike Lee. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 Pro vaza em novo vídeo e confirma design retrô na linha Novo Chromecast contará com Google TV e custará menos Exclusivo: Xiaomi oferece seguro contra roubo de seus celulares no Brasil Galaxy S21 deve ser o último top de linha da Samsung com furo na tela iPhone 12 terá bateria menor, 5G e nada de tela 120 Hz, diz analista Veja Mais

Riverdale: gravações da 5° temporada recomeçam no Canadá

Riverdale: gravações da 5° temporada recomeçam no Canadá

Tecmundo Os fãs da série Riverdale já podem comemorar. O criador do show, Roberto Aguirre-Sacasa, anunciou o retorno das gravações da 5ª temporada de Riverdale em Vancouver por meio de uma postagem no Instagram nesta segunda (14).  "Depois de catorze dias de quarentena no Canadá e meses de preparação, #Riverdale Temporada 5 começa a ser filmada amanhã. Passei a noite na bolha, relembrando essas pessoas adoráveis e celebrando o aniversário de 24 anos de @lilireinhart. Como o tempo voa. Estou ansioso para ver o resto do pessoal esta semana. Aqui vamos nós," escreveu Aguirre-Sacasa na publicação. Leia mais... Veja Mais

Aras impõe novas regras a procuradores de forças-tarefa em caso debandada

O Tempo - Política Entre as novas normas da transição, estão a obrigatoriedade de comunicação prévia com antecedência mínima de 30 dias e entrega de relatórios sobre o acervo dos grupos de trabalho e metas em curso Veja Mais

Aplicativo calcula quantos anos você vai viver

Aplicativo calcula quantos anos você vai viver

Tecmundo Pesquisadores da Universidade de East Anglia  (UEA) desenvolveram um aplicativo que permite ao usuário calcular sua expectativa de vida, o MyLongevity. Usando dados de residentes com 60 anos ou mais na Inglaterra e no País de Gales, o aplicativo leva em conta problemas como pressão alta, artrite reumatoide, colesterol alto e tabagismo para determinar quantos anos a mais a pessoa poderá viver.Mesmo solicitando a localização do usuário, o aplicativo alerta que “pessoas mais jovens e de outros países devem interpretar os resultados com cautela. Para os mais jovens, fornecemos expectativa de vida presumindo que eles sobrevivam até os 60 anos, mantendo todas as suas características demográficas e de saúde atuais”. (Os dados usados no desenvolvimento do app são referentes a 2017, ou seja, antes da pandemia causada pelo novo coronavírus).Leia mais... Veja Mais

Brandão deve assumir BB a partir do dia 21

Valor Econômico - Finanças Indicado para a presidência do Banco do Brasil (BB), André Brandão deve assumir o cargo a partir do dia 21 de setembro, segundo fontes informaram ao Valor. A posse pode ocorrer um pouco depois desse dia, a depender dos trâmites burocráticos envolvendo a nomeação de Brandão, que sucederá o atual presidente do BB, Rubem Novaes, que continua trabalhando. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Vida nas nuvens de Vênus teria que ser 'muito simples', diz pesquisadora após descoberta do gás fosfina

Glogo - Ciência Fosfina é produzida na atmosfera terrestre por micróbios anaeróbicos (que não precisam de oxigênio) ou pela atividade industrial. Origem em Vênus é desconhecida, dizem pesquisadores. A pesquisadora portuguesa Clara Sousa Silva é uma das responsáveis pela descoberta de fosfito na atmosfera de Vênus Reprodução/TV Globo A astrofísica molecular Clara Sousa Silva buscava em todo o universo a presença de uma substância bastante peculiar, a fosfina, que pode indicar a presença de vida na atmosfera de planetas. Ela foi surpreendida há pouco mais de um ano ao descobrir que esse gás estava mais perto do que pensava. A pesquisadora portuguesa participa do grupo de cientistas internacionais que, nesta segunda-feira (14), publicou a descoberta do gás fosfina na atmosfera de Vênus. A presença dessa substância pode ser um indício da presença de vida microscópica no planeta vizinho. "Se realmente tivermos achado vida em Vênus, isso seria fantástico", disse Silva em entrevista à TV Globo. "Se isso realmente acontecer, a vida seria muito mais comum que pensávamos, nossa 'vizinhança galática' pode estar cheia de vida, só falta que a gente a encontre." Vida nas nuvens de Vênus? A hipótese que vem ganhando apoio desde os anos 60 Cássio Barbosa: Vênus poderia ter sido habitável no passado? Planeta Vênus NASA / JPL-Caltech Ela explicou que a molécula da fosfina é muito difícil de ser feita e está bastante vinculada à presença de vida. Segundo ela, dificilmente esta substância é produzida espontaneamente. Ela não descarta, no entanto, que alguma reação ainda desconhecida pela ciência possa ser responsável pela presença da molécula em Vênus "O que sabemos é que a superfície de Vênus não é habitável", disse a cientista. "É muito quente, com muita pressão, e nada complexo consegue sobreviver. Mas nas nuvens de Vênus, que é onde nós achamos fosfina, as temperaturas são boas e a pressão atmosférica é razoável." LUA: o que explica a existência de ferrugem no satélite natural da Terra MARTE: conheça o brasileiro que faz parte de missão da Nasa que leva drone à superfície do planeta vermelho As temperaturas na superfície de Vênus podem ultrapassar facilmente os 800 ºC, enquanto que as nuvens se mantêm com temperaturas entre 30ºC e 50ºC. Silva explicou que as nuvens daquele planeta são mais secas que as zonas mais secas da Terra e que se existir, a vida em Vênus teria que se adaptar a falta de água e a alta concentração de ácido sulfúrico. "[A possível vida em Vênus] tem que ser anaeróbica [que não consome oxigênio] e teriam que ser muito simples, mas é claro que isso não sabemos", disse a cientista. A descoberta A pesquisa que encontrou o fosfito na atmosfera de Vênus foi liderada por outra cientista, a pesquisadora da Universidade de Cardiff, Jane Greaves. Ela procurava por esta substância desde 2016 com a ajuda de dois telescópios, um no Havaí (EUA) e outro no Chile. Segundo o artigo, apesar das suspeitas da professora Greaves, a descoberta do gás na atmosfera de Vênus é surpreendente porque as condições na superfície do planeta são hostis à vida e a composição das suas nuvens, local onde foi identificada a fosfina, é altamente ácida. "Em tais condições, a fosfina seria destruída muito rapidamente", diz o texto publicado pelo grupo na "Nature Astronomy". Cientistas detectam indícios de possível vida em Vênus Diferenças da fosfina de Terra e de Vênus A fosfina existente na atmosfera terrestre é produzida por micróbios anaeróbicos (que não precisam de oxigênio) ou pela atividade industrial. Em Vênus, os cientistas acreditam que a fosfina pode ter origem em processos fotoquímicos ou geoquímicos desconhecidos. Os cientistas não conseguiram identificar a fonte. "Há duas possibilidades: pode haver alguma reação completamente desconhecida que está criando fosfina em Vênus, ou, a mais excitante, pode ser vida", explicou William Bains, pesquisador do Instituto de tecnologia de Massachusetts (MIT), nos EUA, que também assina o artigo. Cientistas anunciam em coletiva que encontraram em Vênus gás fosfina, gás existente na atmosfera da Terra. Reprodução Animados, mas nem tanto Os cientistas afirmam que outras observações de Vênus e demais estudos são necessários para explorar a origem da fosfina na atmosfera do planeta. "Estamos animados com a descoberta", afirmou outra autora, Sara Seager, professora do MIT. "Mas não estamos afirmando que encontramos vida em Vênus", ponderou. “Estamos procurando por sinais de vida em exoplanetas, procurando por gases que não esperamos que estejam lá e há muitas missões em busca de potenciais sinais de vida em nosso Sistema Solar”, informou Seager. “Esperamos que nossa descoberta motive futuras missões focadas em Vênus”, pediu a astrônoma, lembrando que o planeta estava praticamente esquecido pela comunidade científica. VÍDEOS o que são e qa entenda os buracos negros u Veja Mais

Lacuna na lei geral pode aumentar risco de processo criminal

Valor Econômico - Finanças Ministério Público pode abrir ações penais com base nas informações que colher para proteger dados pessoais A lacuna aberta na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), ao deixar de abranger investigação de infração penal, segurança pública e defesa nacional, faz com que a aplicação da própria norma possa indiretamente levar a processos criminais. Com a ausência da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), o Ministério Público pode abrir ações penais com base nas informações que colher para proteger dados pessoais. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Bolsonaro efetiva Pazuello no Ministério da Saúde; posse será na quarta

Valor Econômico - Finanças Oficialmente, o general está no cargo como interino desde o dia 3 de junho, quando sua nomeação saiu no Diário Oficial da União (DOU) O general Eduardo Pazuello será efetivado no cargo de ministro da Saúde na próxima quarta-feira (16). Ele está no cargo como interino desde o dia 3 de junho, quando sua nomeação saiu no Diário Oficial da União (DOU). Mas ele já ocupava o cargo desde 15 de maio, quando o ministro Nelson Teich pediu demissão. Pazuello tomará posse em uma cerimônia no Palácio do Planalto, marcada para as 17 horas. Ele tem sido elogiado por secretários estaduais da área por conta do seu trabalho na disponibilização de equipamentos e medicamentos no combate à covid-19. Mas sofre com críticas devido à pouca familiaridade com a área e também pelo fato de ser um interino. No último dia 20, Pazuello entregou o comando da 12ª Região Militar, cargo que acumulava juntamente com a pasta. À época, interlocutores do general disseram ao Valor que ele permaneceria à frente do ministério pelo menos até o fim da pandemia. Esses mesmos interlocutores disseram ainda que o ministro não pretendia passar à reserva, mas que isso poderia mudar. Há pressões nas Forças Armadas para que os ministros militares saiam da ativa. A situação do general à frente da pasta esteve seriamente ameaçada na primeira quinzena de julho, quando o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que o Exército estava se “associando a um genocídio”, em referência à condução da crise do novo coronavírus pelo governo de Jair Bolsonaro. A fala aumentou as pressões sobre Pazuello e o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo (Segov), para que passassem à reserva. Segundo fontes do Palácio do Planalto, Bolsonaro chegou a avisar Pazuello de que estava em busca de um substituto para ele, e uma terceira troca no comando da Saúde acabou não acontecendo por pouco. Mas o clima distensionou após um telefonema de Gilmar para Pazuello, explicando que o alvo de suas críticas era o presidente, não o ministro. Além disso, o incômodo maior do generalato era com a situação de Ramos, responsável pela articulação política e pela negociação “no varejo” com parlamentares sobre emendas e cargos no governo. Ramos passou à reserva em agosto. Veja Mais

Immortal Fenyx Rising ganha gameplay de quase 90 minutos

Immortal Fenyx Rising ganha gameplay de quase 90 minutos

Tecmundo Durante a transmissão do último Ubisoft Forward, a Ubisoft publicou uma live apresentando quase 90 minutos de gameplay de Immortal Fenyx Rising. Em um imenso mundo aberto completamente explorável, é possível observar algumas principais missões da campanha, batalhas contra chefes, customização de personagem e quests secundárias envolvendo puzzles e corridas contra o tempo.Nas imagens, a publisher apresentou a experiência definitiva de jogabilidade de Immortal Fenyx Rising, introduzindo o protagonista personalizável Fenyx, que deverá se aventurar em uma remodelada Grécia Antiga para salvar os deuses do titã Typhon. Utilizando todas as suas habilidades de semideus, incluindo asas que permitem alcançar locais mais altos como colinas e montanhas, o game surge como um dos títulos mais aguardados dos fãs após uma série de adiamentos.Leia mais... Veja Mais

Bolsonaro decide tornar Pazuello ministro efetivo da Saúde

O Tempo - Política O militar, que inicialmente resistia a ser confirmado como definitivo, foi convencido pelo presidente Veja Mais

Importação de etanol esbarra no câmbio e no alto preço externo

Valor Econômico - Finanças Haverá compras dos EUA, voltadas ao Nordeste, mas volumes tendem a ser limitados nos próximos meses A abertura da nova cota temporária para a importação de etanol de fora do Mercosul sem a tarifa de 20% não deve resultar, no curto prazo, em volumes significativos chegando à costa brasileira. Segundo analistas, mesmo sem a tarifa a importação, atualmente o produto perde competitividade por causa do dólar elevado e pelos preços praticados nos EUA, que estão se recuperando do baque provocado pela pandemia. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

A Voz do Brasil - 14/09/2020

A Voz do Brasil - 14/09/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️- Para Maia, reforma garante mais justiça tributária aos entes federados; ✔️- Deputados e cientistas defendem estímulo à bioeconomia da Amazônia; ✔️- Veto presidencial à isenção de impostos a igrejas repercute na Câmara. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

Presidente da Fundação Palmares anuncia que nova sede terá nome de abolicionista

O Tempo - Diversão - Magazine Sérgio Camargo informou que o prédio que abrigará a nova sede da instituição, cedido pela EBC, vai se chamar Edifício André Rebouças Veja Mais

Banrisul encaminha proposta de PDV a sindicatos

Valor Econômico - Finanças O número de desligamentos contemplados no PDV será de até 1.500 empregados O Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) anunciou proposta de Plano Desligamento Voluntário (PDV), encaminhada nesta segunda-feira (14) para "apreciação das entidades sindicais", segundo fato relevante divulgado nesta tarde. O número de desligamentos contemplados no PDV será de até 1.500 empregados, e, embora a proposta seja aberta aos trabalhadores aposentados ou não pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), a instituição dará preferência para aqueles que já detêm o benefício. "Caso aprovado e firmado o acordo, as etapas seguintes necessárias para sua implementação serão adotadas pelo Banrisul", diz o fato relevante. Veja Mais

Asteroide maior que campo de futebol passa próximo à Terra hoje

Asteroide maior que campo de futebol passa próximo à Terra hoje

Tecmundo O asteroide 2020 QL2, uma grande rocha espacial considerada potencialmente perigosa, irá passar perto da Terra nesta segunda-feira (14), conforme informações da NASA. Segundo a agência espacial, o objeto tem mais de 120 metros de diâmetro e é um dos maiores já classificadas em sua designação NEO.NEO, sigla em inglês para Objeto Próximo à Terra, inclui todo tipo de objeto (asteroides, cometas, meteoroides) cuja órbita intersecta a órbita do nosso planeta. Leia mais... Veja Mais

'Está claro que ele vai me apoiar', defende Russomano sobre Bolsonaro

O Tempo - Política Um acordo chegou a ser firmado em 2019 para que o deputado apoiasse a reeleição de Bruno Covas, mas foi desfeito. Veja Mais

TCU entrega ao TSE lista com mais de 7 mil políticos com contas irregulares

Valor Econômico - Finanças Condição torna esses políticos inelegíveis para o pleito de 2020, conforme prevê a Lei da Ficha Limpa O Tribunal de Contas da União (TCU) entregou nesta segunda-feira (14) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma lista de mais de 7 mil políticos cujas contas foram julgadas irregulares nos últimos oito anos — e que estão, portanto, inelegíveis para o pleito de 2020, conforme prevê a Lei da Ficha Limpa. Em rápida cerimônia transmitida pela internet, os presidentes do TCU, ministro José Múcio Monteiro, e do TSE, Luís Roberto Barroso, destacaram que nem todos os casos se referem a improbidade ou desonestidade. Alguns estão na lista por falta de informação sobre os procedimentos corretos para a prestação de contas. "Não podemos dizer que as pessoas desta lista se serviram do dinheiro público, mas que houve dinheiro público gasto sem a devida comprovação", disse Múcio. "Muitas vezes os vícios nas prestações de contas decorrem de desconhecimento, de modo que eu faço um apelo aos prefeitos que serão eleitos neste ano: cerquem-se de profissionais que possam orientá-los a encaminhar da melhor maneira, porque a pior coisa é sofrer as penas da Justiça sem ter cometido uma infração, por desaviso", completou Barroso. O rol de políticos com contas rejeitadas pelo TCU é normalmente utilizado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) para impugnar candidaturas junto à Justiça Eleitoral. O prazo de registro vai até 26 de setembro. A maior parte da lista está concentrada na Região Nordeste, em que 2,9 mil pessoas tiveram as contas consideradas irregulares, seguida pelo Sudeste, com 1,6 mil. Veja Mais

Presidente da Confederação de Municípios discorda de Guedes sobre IVA dual

Valor Econômico - Finanças Glademir Aroldi disse que ICMS, por ter arrecadação compartilhada, também é municipal O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, discordou do ministro da Economia, Paulo Guedes, que defendeu uma reforma tributária em fases, e disse que o ICMS é também um imposto municipal, por ter a arrecadação compartilhada com as cidades, e, portanto, a opinião dos prefeitos também deve ser levada em conta nesse debate. Guedes participou da abertura do seminário da CNM sobre reforma tributária. Ele disse que acha mais fácil que a reforma ocorra, num primeiro momento, apenas com a simplificação dos impostos federais sobre bens e consumo e defendeu que os governadores façam a reforma do ICMS e o “acoplem” nesse imposto, que chamou de “IVA dual”. Aroldi disse que isso preocupa os prefeitos porque o ICMS, por ter parte da arrecadação compartilhada com as cidades, é considerado por eles também um imposto municipal. O ministro criticou as propostas de criação de um fundo de compensação para Estados e municípios não perderem recursos com as mudanças promovidas pela reforma. Segundo Guedes, não existe mais dinheiro para isso e a instituição desse fundo “quebrará a União”. Aroldi é um dos defensores da criação de um fundo para evitar perdas na arrecadação das prefeituras, mas não disse isso após a fala do ministro, adotando um discurso de convergência. “Entendo que, a União quebrando, a União em dificuldade, os Estados e municípios sofrerão da mesma forma. Precisamos de uma reforma que olhe a todos”, comentou. Para o presidente da CNM, entidade que representa as pequenas e médias cidades, o governo e os prefeitos estão “mais ou menos bem alinhados” na defesa de uma reforma com justiça tributária, simplificação e responsabilidade com as gerações futuras. Ele defendeu que o ISS é um imposto cuja arrecadação está concentrada, com 39 cidades recebendo 69% de toda a arrecadação, e que um projeto aprovado recentemente pelo Senado para descentralizar a tributação de cartões de crédito e planos de saúde deve “corrigir essa injustiça”. Dois pontos de convergência, segundo Aroldi, são que não deve haver aumento da carga tributária e que o comitê gestor do novo imposto, se for o imposto sobre bens e serviços único, tenha participação paritária de prefeitos e governadores. Veja Mais

Anitta causa furor ao anunciar parceria inédita com Cardi B.

O Tempo - Diversão - Magazine 'Me Gusta' , single criado pela poderosa e Myke Towers, será lançado na sexta (18) e fãs já aguardam ansiosos Veja Mais

Kimberly-Clark anuncia Andrea Rolim para presidente da operação no Brasil

Valor Econômico - Finanças A Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

MPF denuncia Lula por suposto crime de lavagem de dinheiro

Valor Econômico - Finanças Lava-Jato de Curitiba acusa ex-presidente de receber dinheiro de origem ilícita da Odebrecht A força-tarefa Lava-Jato do Ministério Público Federal (MPF) em Curitiba ofereceu denúncia nesta segunda-feira contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci por suposto crime de lavagem de dinheiro. Segundo o MPF, o Grupo Odebrecht teria repassado R$ 4 milhões ao ex-presidente por meio de quatro doações simuladas ao Instituto Lula, entre dezembro de 2013 e março de 2014, de R$ 1 milhão cada. Ainda de acordo com a denúncia, o dinheiro teria origem em crimes praticados em detrimento da Petrobras. Lula Valor Econômico Em nota, a defesa de Lula afirmou que as doações feitas pela empreiteira ao instituto à são lícitas e que foi surpreendida “por mais uma denúncia feita pela Lava-Jato de Curitiba sem qualquer materialidade”. “Tais doações, que a Lava-Jato afirma que foram “dissimuladas”, estão devidamente documentadas por meio recibos emitidos pelo Instituto Lula — que não se confunde com a pessoa do ex-presidente — e foram devidamente contabilizadas”, diz o advogado Cristiano Zanin. “A Lava-Jato mais uma vez recorre a acusações sem materialidade contra seus adversários, no momento em que a ilegalidade de seus métodos em relação a Lula foi reconhecida recentemente em pelo menos três julgamentos realizados pelo Supremo Tribunal Federal”, segue. “No caso do uso da delação de Palocci em processos contra Lula às vésperas das eleições presidenciais de 2018, o Supremo Tribunal Federal, por maioria de votos, também identificou possível motivação política do ato, além da própria ilegalidade”, aponta Zanin. A defesa de, Paulo Okamotto criticou a atuação do Ministério Público Federal de Curitiba e afirmou, por meio de seu advogado, que nunca tratou de propina nem cometeu ilegalidades. “Paulo Okamotto jamais tratou de propina ou de ilegalidades com ninguém, e muito menos com Palocci, com Marcelo Odebrecht. Já foi absolvido em processo sobre doação ao Instituto Lula, e teve parecer favorável antes disso da Procuradoria da República para o trancamento da ação em razão da Lei 9.394/91 assentar que o arquivo presidencial é ‘patrimônio cultural brasileiro’. O objetivo social do Instituto é a preservação da memória e do arquivo, assim como de Fernando Henrique e de Obama. O Ministério Público de Curitiba repete a mesma ilegalidade. A defesa espera que não seja recebida essa repetição de fatos jurídicos já apreciados com nova roupagem”, afirmou o advogado de Okamotto, Fernando Augusto Fernandes, por meio de nota. Veja Mais

Presidente da ALMG sobre Thiago Neves no Galo: 'não merece vestir a camisa'

O Tempo - Política Agostinho Patrus rechaçou a contratação pelo fato do atleta ter falado mal em outras ocasiões do clube alvinegro Veja Mais

Site oficial nacional confirma Xbox Series X dia 10 de novembro no Brasil

canaltech Desde que os consoles de nova geração da Microsoft, o Xbox Series X e Series S, foram anunciados lá fora para o dia 10 de novembro, os consumidores nacionais ficaram com a pergunta na língua: mas como quando será que os produtos estarão disponíveis no Brasil. Eis que a resposta foi dada pela própria página oficial de suporte: na mesma data que o lançamento internacional. Xbox Series X e Series S | Tudo o que sabemos sobre os sucessores do Xbox One Loja virtual japonesa teria revelado data de lançamento do PlayStation 5 Xbox Series S | Vazamento revela especificações inferiores à atual geração A informação é confirmada na sessão de perguntas frequentes do site nacional. Veja abaixo uma captura de tela na própria página brasileira do console: Imagem: Captura de Tela/Microsoft Vale destacar que a sincronia de lançamentos desse porte com o mercado tupiniquim é algo raro. Com isso, a Microsoft pode conseguir uma boa vantagem na competição com a Sony e seu PlayStation 5, que também pode estrear lá fora no mesmo dia 10 de novembro, ainda não tem previsão de lançamento em outras praças — inclusive no Brasil, que é um dos grandes mercados consumidores do setor em todo o mundo. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Assine o Live Gold por apenas R$ 29/mês e divirta-se com seus amigos no modo multiplayer do Xbox e tenha acesso a descontos exclusivos! Além da confirmação dos novos Xbox no dia 10 de dezembro, as datas de pré-venda nacional também vazaram em códigos-fonte de produtos no site. É bem provável que os interessados já possam reservar suas unidades no dia 22 de setembro, a mesma data dos Estados Unidos. Preços Os valores nacionais ainda não foram confirmados, mas o Xbox Series X vai sair por US$ 499 (R$ 2.630 na conversão direta e sem taxas) nos Estados Unidos. Já o Xbox Series S vai custar US$ 299 (R$ 1.576). Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 Pro vaza em novo vídeo e confirma design retrô na linha Novo Chromecast contará com Google TV e custará menos Exclusivo: Xiaomi oferece seguro contra roubo de seus celulares no Brasil Galaxy S21 deve ser o último top de linha da Samsung com furo na tela iPhone 12 terá bateria menor, 5G e nada de tela 120 Hz, diz analista Veja Mais

Mercado exige prêmio maior por títulos públicos

Valor Econômico - Finanças O aumento significativo nas emissões de títulos prefixados pelo Tesouro Nacional e o cenário adverso que se desenha para as contas públicas têm favorecido um aumento no prêmio das Letras do Tesouro Nacional (LTN), especialmente as de prazo mais longo, em relação às taxas dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) de período equivalente. Analistas, inclusive, acreditam na continuidade desse cenário no curto prazo. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

BNDES poderá emitir LCA para reforçar crédito ao agronegócio

Valor Econômico - Finanças O governo quer que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) possa emitir Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) para reforçar o financiamento ao setor agropecuário e agroindustrial. A intenção é fazer com que os empréstimos repassados pelas instituições financeiras credenciadas aos produtores e empresas do campo — cerca de R$ 70 bilhões acumulados ao longos dos anos — possam servir de lastro para a emissão do título pelo banco de fomento federal. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Fiat Chrysler e PSA alteram termos da fusão por conta da covid-19

Valor Econômico - Finanças As montadoras informaram que a previsão de completar o acordo até o final de março de 2021 não foi alterada A Fiat Chrysler e a PSA Group alteraram os termos da proposta de fusão para preservar caixa, com as duas montadoras ajustando suas posições financeiras após os efeitos negativos da pandemia de covid-19. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Comissão de juristas elabora proposta para a LGPD penal

Valor Econômico - Finanças Texto deverá ser enviado em novembro à Câmara dos Deputados A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entra em vigor nos próximos dias já com previsão de um anteprojeto para ampliar a abrangência do texto. Uma comissão de juristas deverá submeter ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), uma minuta de lei sobre o tratamento de dados pessoais para segurança pública, defesa nacional e investigação de infrações penais. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Evangélicos e até oposição veem votos para derrubar veto de Bolsonaro

O Tempo - Política Na votação da emenda que determinou a anulação das dívidas, só o PSOL e Rede votaram integralmente contra o texto. Veja Mais

PCdoB confirma que caminhará com Vittorio Medioli em Betim

O Tempo - Política Sigla fará parte da ampla frente partidária que dará sustentação à pré-candidatura do prefeito à reeleição Veja Mais

Relator em comissão recomenda prosseguimento de impeachment de Witzel

Valor Econômico - Finanças Com a entrega do relatório, a votação pelo colegiado de 25 parlamentares está prevista para quinta-feira (17) O deputado Rodrigo Bacelar (Solidariedade), relator da comissão processante na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, recomendou que o processo de impeachment contra o governador afastado Wilson Witzel (PSC) prossiga na comissão especial da Casa. Com a entrega do relatório, a votação pelo colegiado de 25 parlamentares está prevista para quinta-feira (17). Caso o texto seja aprovado por maioria simples de 13 deputados, estará aberto o caminho para que o plenário da Assembleia do Rio afaste politicamente o governador – já fora do poder por 180 dias, desde 28 de agosto, por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A previsão é que o plenário vote o afastamento na terça-feira da semana que vem (22), o que requer o apoio de dois terços (47) dos 70 integrantes da Assembleia. Se aprovado, uma comissão especial será composta por um tribunal misto, com cinco deputados eleitos e cinco desembargadores sorteados, presidido pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado. O colegiado terá até seis meses para decidir sobre a perda de mandato de Witzel. No relatório de 77 páginas, que será publicado amanhã no "Diário Oficial", Rodrigo Bacelar ressaltou infrações supostamente cometidas por Witzel, relacionadas a desvios de recursos feitos por meio de contratação de organizações sociais na área da saúde, como o Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas) e, especialmente, a Unir Saúde, informou ao Valor o deputado Luiz Paulo (de saída do PSDB para o Cidadania). O parlamentar afirmou que há divergência sobre quando Witzel seria oficialmente afastado por causa do processo de impeachment. Há quem defenda que isso deva ocorrer logo após a votação pelo plenário, prevista para a semana que vem, mas há aqueles, que como Luiz Paulo, entendem que o afastamento se dá se e quando o tribunal misto se formar e receber a decisão da Casa. A tendência é que o desfecho seja decidido pelo presidente da Assembleia, André Ceciliano (PT), a partir de parecer da procuradoria do Legislativo. Veja Mais

STF tem maioria para validar aumento de Cofins-Importação

Valor Econômico - Finanças Maior parte dos votos dos ministros também é pela proibição do direito de crédito sobre o percentual O Supremo Tribunal Federal (STF) já tem maioria de votos para declarar constitucionais o aumento de 1% da alíquota da Cofins-Importação - de 7,6% para 8,6% - e a proibição do direito de crédito sobre esse percentual. O placar está em seis a três para validar a cobrança. Esse julgamento ocorre no Plenário Virtual da Corte e tem encerramento previsto para a meia-noite desta segunda-feira. Somente a ministra Rosa Weber ainda não proferiu voto. Ela ainda pode pedir vista ou destaque, o que, se ocorrer, suspende as discussões. O relator, ministro Marco Aurélio, abriu o julgamento com um voto parcial. Ele concordou com o aumento da alíquota, mas defendeu o contribuinte quanto ao uso de créditos. Para Marco Aurélio, ao negar esse direito se estaria violando o princípio da não cumulatividade das contribuições. Edson Fachin e Ricardo Lewandowski acompanharam o entendimento. Está prevalecendo, no entanto, o voto do ministro Alexandre de Moraes, contra o contribuinte nos dois pedidos. Ele abriu a divergência e foi seguido por Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Gilmar Mendes. A mudança na alíquota da Cofins-Importação ocorreu em 2011, por meio da Medida Provisória (MP) 540, convertida na Lei nº 12.546, do mesmo ano. Afetou produtos de alguns setores da economia - automotivo, têxtil e farmacêutico dentre eles. Esta mesma MP também vedou o direito de crédito desse valor para apuração (dedução ou abatimento) e recolhimento da Cofins devida no mercado interno - que incide sobre a receita das empresas. A Cofins-Importação incide sobre o valor aduaneiro do produto importado. Os ministros julgam o tema, em repercussão geral, por meio de recurso apresentado pela GP Imports Comércio de Peças e Acessórios para Veículos (RE 1178310). A importadora contesta decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, no Sul do país, que entendeu a mudança constitucional. A empresa faz duas considerações no processo. Uma delas é a de que haveria inconstitucionalidade formal, em razão de o aumento da alíquota ter ocorrido por meio de lei ordinária e não lei complementar. Também alega violação aos princípios da isonomia e igualdade, já que o produto nacional seria menos onerado do que o importado. Já a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) defende que, por não se tratar de um tributo novo, não haveria necessidade de a mudança ter ocorrido por meio de lei ordinária. Afirma ainda, no processo, que o aumento da alíquota serviu para equalizar um benefício que a mesma MP 540 conferiu aos importadores: o da desoneração da folha. As mesmas empresas afetadas pelo aumento de 1% da Cofins-Importação, segundo a PGFN, foram autorizadas a substituir a contribuição previdenciária sobre a folha de salários pela Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB). Veja Mais

Rede de banda larga da Claro tem instabilidade em algumas regiões

Valor Econômico - Finanças A companhia disse que suas equipes técnicas “atuaram rapidamente no caso e os serviços foram restabelecidos no menor tempo possível” A rede de banda larga da Claro apresentou instabilidades na tarde desta segunda-feira (14), entre pouco mais de 15h30 e 17h. De acordo com o site Downdetector, as áreas mais afetadas estavam em regiões de São Paulo e do Rio de Janeiro, conforme relatos de leitores. A Claro informou ao Valor que o serviço está funcionando normalmente e que “clientes podem ter percebido instabilidade em algumas regiões da cidade de São Paulo”. A operadora não comentou sobre as demais regiões. A companhia acrescentou que suas equipes técnicas “atuaram rapidamente no caso e os serviços foram restabelecidos no menor tempo possível”. Veja Mais

Estudo observa brasileiros por 22 anos e cria sistema para prever transtorno bipolar

Glogo - Ciência Equipe de cientistas do Brasil, Canadá e Estados Unidos acompanharam 3.810 pessoas que nasceram em 1993 na cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, com entrevistas e recolhimento de avaliações aos 11, 15, 18 e 22 anos. Quase 10 milhões de brasileiros têm transtorno bipolar Um time internacional de pesquisadores conseguiu criar um sistema para prever se, aos 18 anos, um paciente é pré-disposto a desenvolver o transtorno bipolar 4 anos depois, aos 22 anos. O estudo começou em 1993, quando 3.810 brasileiros nasceram em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Eles permaneceram monitorados por mais de duas décadas e são base para o estudo divulgado nesta segunda-feira (14). Transtorno bipolar reduz a expectativa de vida em pelo menos 10 anos Falta de sono pode causar transtorno bipolar, alerta neurologista Os cientistas apresentaram os resultados no Congresso do Colégio Europeu de Neuropsicofarmacologia (ECNP). O artigo foi aprovado por uma revista científica, de acordo com o líder da pesquisa, Francisco Diego Rabelo-da-Ponte. O trabalho foi financiado pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), uma parceria entre a Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) com as universidades de Hamilton, no Canadá, e do Texas, nos Estados Unidos. "Esta pode ser uma nova ferramenta para o diagnóstico do transtorno bipolar. Isso não vai substituir o diagnóstico médico, mas pode permitir que sejam usadas medidas preventivas para retardar ou evitar o início da doença", disse Rabelo-da-Ponte. Jovens que apresentam tendência suicida, ansiedade generalizada, evidências de abuso físico pelos pais, problemas financeiros, entre outros, são alguns dos sinais relacionados à bipolaridade. Há, ainda, a condição genética. Os pesquisadores criaram um modelo capaz de relacionar os fatores e prever as chances da doença. "Descobrimos que podemos identificar quem irá desenvolver o transtorno bipolar cerca de 4 anos antes do início da doença, observando os indivíduos do nascimento até a idade adulta" - Francisco Rabelo-da-Ponte. Os pesquisadores usaram técnicas de machine learning (aprendizagem de máquina, em português), área que estuda e reconhece padrões, inteligência artificial e criação de algoritmos. Análise do estudo Sem participar do estudo, mas com a proposta de contribuir para a análise, o professor de psiquiatria da Universidade de Barcelona Eduard Vieta apresentou críticas à pesquisa e disse que outras iniciativas semelhantes já foram criadas com a mesma perspectiva. "Estudos de coorte (metodologia que considera uma população pré-definida) são extremamente importantes para desenvolver modelos preditivos que podem ajudar na prevenção de doenças graves, como o transtorno bipolar", disse o especialista catalão. "No entanto, o presente estudo tem os seus méritos, mas é relativamente pequeno e precisa da replicação em uma coorte separada e independente". Dois tipos do transtorno A Associação Americana de Psiquiatria define o transtorno bipolar como uma doença que causa "alterações no humor, na energia e na capacidade de funcionamento de uma pessoa". Existem dois tipos diferentes da condição: transtorno bipolar I e transtorno bipolar II. Os danos são sentidos em todo o corpo e quem tem a doença sofre com inflamações até no organismo. "Pessoas com transtorno bipolar tem mais obesidade, mais infarto do miocárdio, mais alterações de pressão arterial", explica o psiquiatra Rodrigo Bressan, ao Bem Estar. Estima-se que 10 milhões de pessoas tenham a doença no Brasil. Tipo 1: é o transtorno de humor mais raro, se inicia mais precocemente, antes dos 20 anos. Pode ter poucos episódios de depressão, mas tem episódios de mania bem evidentes, que podem precisar de internação. Os episódios de mania podem ser psicóticos. É mais fácil de ser diagnosticado porque a fase maníaca é muito marcante. É uma doença crônica que apresenta episódios de depressão ao longo da vida, mas a pessoa fica intervalos longos de tempo sem doença. Tipo 2: é o segundo transtorno de humor mais comum, só perde para a depressão clássica e se inicia numa faixa etária intermediária, entre os 20 e os 30 anos. O diagnóstico pode demorar 15 anos. Os episódios de ativação são leves (chamados de hipomania) e costumam ser tão sutis que se acredita que ela está acelerada porque houve uma melhora da depressão. Tem episódios recorrentes de depressão (mais de cinco episódios no ano). Transtorno bipolar pode ser confundido com depressão, diz psiquiatra Veja Mais

Bradesco lança BITZ e entra de vez na concorrência digital

Bradesco lança BITZ e entra de vez na concorrência digital

Tecmundo O Banco Bradesco S.A. anunciou nesta segunda-feira, 14, a criação do BITZ, sua primeira carteira digital. Por meio do novo sistema será possível ter uma conta digital e realizar pagamentos por meio de celulares com sistema Android ou IOS. O objetivo é angariar entre 20% e 25% do mercado, nos próximos três anos. Para isto, somente nos primeiros doze meses, o banco vai investir R$ 100 milhões na plataforma.Leia mais... Veja Mais

Vanusa apresenta anemia na UTI, mas quadro clínico segue estável

O Tempo - Diversão - Magazine Cantora, de 72 anos, sofre de Alzheimer, e no momento está respirando com suporte de oxigênio Veja Mais

Governo federal ajudará Porto Alegre a fazer estudos de concessão de sistema pluvial

Valor Econômico - Finanças Projeto abarcará 11 bacias hidrográficas do município e impactará 1,13 milhão de habitantes Reforçando a estratégia de viabilizar investimentos em Estados e municípios por meio de parcerias com a iniciativa privada, o governo federal assinou hoje um contrato de R$ 4,8 milhões com a prefeitura de Porto Alegre, para fazer estudos que servirão de base para um projeto de concessão do sistema de drenagem pluvial do município, informou o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). O projeto abarcará 11 bacias hidrográficas do município e impactará 1,13 milhão de habitantes. Deverão ser protegidos o centro histórico, a estação rodoviária, o aeroporto e as arenas do Grêmio e Beira-Rio, informou o PPI. O concessionário deverá manter e operar as estruturas construída por 35 anos, garantindo sua funcionalidade. É um projeto piloto nessa nova frente do programa de concessões. No mês passado, foi acertado que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) dará apoio técnico e financeiro para a concessão de drenagem em Teresina. “As iniciativas destinam-se a melhorar a infraestrutura das cidades para fazer frente a enxurradas, enchentes e inundações e ainda prepará-las para conviver melhor com os efeitos das mudanças climáticas”, informou o PPI. O maior desafio é a montagem de uma equação econômica capaz de suportar as despesas necessárias aos Investimentos e a sua regular operação e manutenção. Os estudos do BID levarão em conta os modelos de cobrança de tarifa admitidos pela legislação de saneamento básico e também a apropriação da valorização imobiliária das áreas beneficiadas. Os estudos para a prefeitura de Porto Alegre serão financiados pelo Fundo Federal de Estruturação de Projetos (FEP), administrado pela Caixa. Esse fundo existe para fornecer recursos principalmente às prefeituras, para a elaboração de estudos e projetos que dão base às concessões. Depois que o serviço é leiloado, o concessionário ressarce o FEP. Num cenário de restrição fiscal em todos os níveis da administração, o FEP tem sido cada vez mais procurado por prefeituras. Os R$ 47,4 milhões previstos para o fundo no Orçamento de 2021 são insuficientes para fazer frente à demanda, segundo o PPI. Em 2020 foram realizados dois chamamentos públicos para selecionar projetos candidatos a financiamento pelo FEP. Foram apresentados 136 pedidos para concessões na área de iluminação pública e outros 500 para manejo de resíduos sólidos urbanos, sendo 41 de consórcios municipais. No último trimestre ainda será realizado um chamamento para concessões em abastecimento de água e esgotamento sanitário. Há expectativa de grande demanda, por causa da recente aprovação do novo marco legal de saneamento básico. Dos R$ 180 milhões do capital do FEP, R$ 177 milhões estão aplicados em projetos de iluminação, resíduos sólidos, esgotamento sanitário, abastecimento de água, drenagem e unidades socioeducativas para menores infratores. Está em estudos a edição de um decreto eliminando o limite de R$ 180 milhões para o fundo. Veja Mais

'Roda Viva' entrevista Boni nesta segunda-feira

O Tempo - Diversão - Magazine Comandado por Vera Magalhães, o programa está apresentando a série que marca os 70 anos da televisão no Brasil Veja Mais

Trump e Biden divergem sobre culpados por incêndios na Califórnia

Valor Econômico - Finanças Governos estaduais apontam que 1,6 mi de hectares já foram destruídos pelas chamas Os incêndios que atingem a costa oeste dos Estados Unidos desde agosto, em especial a Califórnia, viraram tema da disputa eleitoral nesta segunda-feira, com o presidente americano, Donald Trump, e Joe Biden, trocando farpas e divergindo sobre quem são os responsáveis pela tragédia. Em um discurso realizado em Delaware, Biden atacou o adversário por se negar a reconhecer o papel da mudança climática nos incêndios. Já Trump, que visitou a Califórnia nesta segunda, apontou a gestão das florestas como fator essencial para controlar as chamas. Bombeiro combate incêndio em Madera County, na Califórnia Noah Berger/AP Photo Mais de 30 pessoas morreram nos incêndios que atingem os Estados da Califórnia, Oregon e Washington desde agosto. Dados dos governos estaduais apontam que uma área superior a 1,6 milhões de hectares já foi destruída pelas chamas. Biden afirmou que a mudança climática é um “desafio existencial” que definirá o futuro dos EUA e questionou quanta destruição os incêndios causarão se Trump continuar no poder por mais quatro anos. Na visita à Califórnia, o presidente americano participou de uma reunião com o governador do Estado, o democrata Gavin Newson, além de representantes dos bombeiros e da defesa civil sobre a situação na região. Em determinado momento da reunião, o secretário de Recursos Naturais da Califórnia, Wade Crowfoot, pediu mais ação federal para evitar que o aquecimento global provoque novas queimadas. “Vai começar a ficar mais frio, você vai ver”, disse Trump ao secretário estadual, que respondeu: “Espero que a ciência concorde com você”. O presidente americano, então, emendou: “Bem, eu não acho que a ciência saiba, na verdade.” Antes da visita de Trump, a Casa Branca informou que o governo apoia a resposta emergencial dos Estados aos incêndios. Ao longo do fim de semana, a Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema) levou equipamentos para ajudar as equipes que combatem o fogo no Oregon e na Califórnia. Veja Mais

Queimadas no Pantanal e falta de vento e chuva fazem camada de poluição sobre São Paulo dobrar, detecta Ipen

Glogo - Ciência Altura da camada de poluição nesta época do ano costuma ser de 1.500 metros, mas com a combinação das condições atuais, ela alcançou 2.800 metros. Fenômeno foi registrado com medição a laser. Imagem de satélite mostra fumaça estendendo-se do Centro-Oeste do Brasil até o Sudeste. Fumaça de queimadas contribuiu para elevar a camada de poluição sobre São Paulo, de acordo com cientistas do Ipen Ipen A cidade de São Paulo passa por dias de poluição acima da média, de acordo com o monitoramento com laser feito pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen). A camada de poluição sobre a metrópole nessa época do ano costuma se estender até uma altitude de 1.500 metros. No último domingo e nesta segunda-feira (14), no entanto, ela alcançou quase o dobro: 2.800 metros. A piora acontece por um conjunto de condições desfavoráveis: falta de vento e chuva, que poderiam ajudar a levar os poluentes embora, e queimadas em outras regiões do país. Ventos do Centro-Oeste Foto aérea mostra a fumaça das queimadas ao redor do rio Cuiabá, em Poconé (MT), no Pantanal Amanda Perobelli/Reuters Quando há aproximação de uma frente fria, forma-se uma espécie de "canaleta de vento" que traz ar das regiões Oeste e Centro-Oeste do continente para a cidade. Isso é uma característica natural, mas com as mudanças climáticas, tornou-se mais evidente. Como há poluição vinda das queimadas no Pantanal, isso veio para o Sudeste, explica Eduardo Landulfo, pesquisador do Centro de Lasers e Aplicações do Ipen (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares). A poluição que fica em camadas mais altas geralmente é de queimadas. É comum que esse material seja levado de São Paulo pela brisa do mar ou pela chuva. Isso não aconteceu nos últimos dias, segundo ele. "A poluição está se acumulando. Há um ciclo diário de trocas de calor com o terreno, com a vegetação, com a umidade, mas os níveis de poluição se sedimentaram, um ficou em cima do outro." Em algumas regiões da cidade também há concentração de ozônio, mas o principal poluente é material particulado --são elementos como poeira, areia e cinzas. Uma das provas de que a poluição que está estacionada na capital paulista vem de outras regiões do país é que há camadas distintas em textura -- Landulfo usa a palavra "desacopladas" para descrever isso. Espera-se que a altitude deste transporte esteja acima da cidade e misture-se pouco com a atmosfera local, mas os dados parecem indicar que o material chegou em níveis mais baixos e se adicionou à poluição local, ou seja, virou mais uma camada. Esse resultado preocupa e deve ser melhor estudado, diz ele. A alta coluna de poluição já é ruim, mas ela implica em outro problema: os raios do sol enfrentam dificuldade para penetrar nas camadas mais próximas do solo, o que causa um efeito de inversão térmica. Isso significa que a atmosfera perto do chão está quente, mas acima dela o calor é ainda mais intenso, então a poluição das camadas mais baixas fica retida embaixo, sem se dispersar. Veja vídeos das queimadas no Pantanal A grande maioria das estações de monitoramento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) indica condições de moderadas a ruim. O laboratório do Ipen que identificou esses fenômenos tem apoio federal do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, além da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de S. Paulo (Fapesp). A equipe inclui o próprio Landulfo, Alexandre Cacheffo, Alexandre Yoshida, Gregori Moreira, Fábio Lopes, Fernando Morais, Jonathan Silva e estudantes de mestrado e doutorado. Veja Mais

Ministério da Economia defende que aposentados fiquem dois anos sem aumento

O Tempo - Política O secretário Especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, confirmou que a ideia está sendo debatida com os ministérios da Casa Civil e da Cidadania Veja Mais

EXCLUSIVA: "VAMOS BRIGAR EM TODAS AS COMPETIÇÕES PELA FRENTE", Gustavo Gomez, zagueiro do Palmeiras

EXCLUSIVA:

Fox Sports Brasil Em exclusiva ao FOX Sports, o jogador do Palmeiras falou sobre os diversos companheiros de zaga, pressão por títulos e mais; Veja a entrevista completa! Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Palmeiras #Libertadores #FoxSports Veja Mais

Redes de publicidade publicam carta pedindo “diálogo” sobre restrições do iOS 14

canaltech Diversas organizações e redes de publicidade online se juntaram para escrever uma carta conjunta e pedir mais “diálogo” com a Apple antes que ela efetivamente estabeleça suas novas políticas de privacidade no iOS 14. A próxima versão do sistema operacional possui recursos que poderão impactar gravemente a atuação dessa indústria, dificultando ou até mesmo impedindo o oferecimento de anúncios publicitários customizados ao internauta. Facebook avisa que sua plataforma de anúncios pode perder eficácia no iOS 14 iOS 14: todas as novidades da nova versão do sistema da Apple Apple adia sistema que deixa usuário impedir uso de seus dados para publicidade O que acontece é o seguinte: no iOS, o usuário verá uma janela popup toda vez que abrir um app pela primeira vez. A janela pergunta se ele deseja permitir que aquele software lhe rastreie pela web e em outros aplicativos, sendo que o cidadão pode optar por aceitar ou não. “Seus dados serão usados para entregar anúncios personalizados para você”, explicita o novo sistema operacional. Essa caixa de diálogo ao Identifier for Advertiser (IDFA), um identificador único atribuído a cada iGadget que é usado pelas redes de publicidade para rastrear um usuário sem necessariamente ter que se apoderar de suas informações pessoais. Mesmo tal informação sendo anonimizada, a Apple ainda quer dar mais poder ao usuário, permitindo que ele escolha se deseja receber conteúdos de marketing direcionados ou não. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- “Em particular, esperamos entender melhor a justificativa específica para tais mudanças, como as mudanças serão implementadas e quais etapas podem ser tomadas por profissionais de marketing, editores, desenvolvedores de aplicativos e outras partes para garantir que a funcionalidade crítica seja preservada”, explica a carta da assembleia. Os reclamantes afirmam que os impactos da alteração podem ser drásticos. Vale lembrar também que, recentemente, o próprio Facebook criticou o novo sistema e afirmou que, por conta dele, os anúncios para iOS podem perder até 50% da eficácia em um futuro breve. “Sabemos que isso pode impactar seriamente a capacidade de publicadores monetizarem pelo Audience Network e, apesar de nossos esforços, pode tornar o recurso sem eficácia no iOS 14 de maneira que não faça sentido mantê-lo no futuro”, explicou a rede social. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 Pro vaza em novo vídeo e confirma design retrô na linha Novo Chromecast contará com Google TV e custará menos Exclusivo: Xiaomi oferece seguro contra roubo de seus celulares no Brasil Galaxy S21 deve ser o último top de linha da Samsung com furo na tela iPhone 12 terá bateria menor, 5G e nada de tela 120 Hz, diz analista Veja Mais

Bradesco cria carteira para ‘bancarizar’ e integrar serviços

Valor Econômico - Finanças O Bradesco demorou, mas entrou no mercado de carteiras digitais com o lançamento nesta segunda do Bitz. Ainda que tenha chegado depois dos concorrentes, o banco prevê alcançar entre 20% e 25% do segmento nos próximos três anos — impulsionado pelo peso do grupo, mas também pela interoperabilidade com o Pix e outras “wallets” e pela oferta de serviços de parceiros, inclusive não financeiros. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Console Wars: documentário sobre guerra entre Sega e Nintendo ganha trailer

Console Wars: documentário sobre guerra entre Sega e Nintendo ganha trailer

Tecmundo Os gamers dos anos 90 se lembram muito bem da maior rivalidade da década: ter um Nintendo ou um Sega era muito mais do que uma questão de preferência, mas até de personalidade. Assim, eram comuns as discussões de qual era melhor, e isso chegará ao streaming através do documentário Console Wars, que irá estrear no dia 23 de setembro na plataforma CBS All Access.O filme foi dirigido Blake J. Harris e Jonah Tulis e será o primeiro documentário do serviço de streaming – Harris também é o autor do livro A Guerra dos Consoles: Sega, Nintendo e a Batalha que Definiu uma Geração, lançado em 2014, que foi usado como base para a adaptação. A história mostra como a Sega, até então uma proeminente produtora de fliperamas, resolve investir no mercado de videogames domésticos e bater de frente com a Nintendo, que dominava o segmento.Leia mais... Veja Mais

Campo de Lula será rebatizado como Tupi após determinação da ANP, diz Petrobras

G1 Economia Todos os registros de nomes que referenciam o ex-presidente serão alterados, segundo determinação da agência reguladora. Plataforma destinada ao Sistema de Produção do Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos Tânia Rêgo/ Agência Brasil O campo de Lula, maior produtor de petróleo e gás natural do Brasil, passará a ser chamado de Tupi após determinação da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), informou a Petrobras nesta segunda-feira (14). Segundo a estatal, todos os registros dos nomes referenciados como "Lula" serão alterados, atendendo decisão judicial que determinou que a petroleira deveria rebatizar o ativo, localizado na Bacia de Santos. Em junho, o então secretário especial de Desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, havia afirmado que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) considerou que o campo gerava promoção pessoal para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e deveria ter o nome alterado. A produção média de petróleo do campo de Lula totalizou 988 milhões de barris por dia em julho, enquanto a produção de gás natural teve média de 43,2 milhões de metros cúbicos por dia no período, segundo dados da ANP. Veja Mais

Tenet estreia mal nos EUA, mas alcança US$ 200 milhões em todo o mundo

Tenet estreia mal nos EUA, mas alcança US$ 200 milhões em todo o mundo

Tecmundo Os primeiros filmes lançados nos Estados Unidos após o início da pandemia mostram que o público ainda não está preparado para voltar aos cinemas. No último final de semana, Tenet, de Christopher Nolan, arrecadou US$ 6,7 milhões, acumulando US$ 29,5 milhões até agora. Já Os Novos Mutantes amargou US$ 2 milhões no período, alcançando US$ 15,3 milhões desde a estreia, há 2 semanas.Vale ressaltar, entretanto, que nem todos os cinemas dos EUA estão reabertos: por enquanto, apenas 70% foi liberado, enquanto grandes mercados como Los Angeles e Nova York permanecem fechados. As bilheterias também foram impactadas pelo número menor de sessões e pela restrição da capacidade das salasLeia mais... Veja Mais

Governo acelera processo de digitalização de serviços

Valor Econômico - Finanças Segundo o secretário de desburocratização, gestão e governo digital, governo tem o compromisso de digitalizar todos os seus serviços até 2022 Com 918 serviços públicos transformados em digitais desde janeiro do ano passado (sendo 345 implementados durante o período da pandemia), o governo acelera o passo para dar um salto na digitalização e chegar a uma "identidade digital única” para os cidadãos. O novo secretário de desburocratização, gestão e governo digital, Caio Paes de Andrade, disse ao Valor que esse processo de “transformação digital”, que terá seu ponto culminante na identidade digital única, elimina a necessidade de uma série de documentos físicos para intermediar operações, diminui fortemente a demanda e a pressão por atendimento presencial nos órgãos públicos e reduz o risco do sistema econômico. Além disso, segundo ele, vai contribuir para a melhoria de políticas públicas. “Quando se faz a transformação digital, melhora-se a entrada dos dados, melhora-se a possibilidade de cruzar os dados e ter informação melhor. Isso gera evidência e a evidência ajuda na avaliação da política pública e em sua melhoria”, disse Paes de Andrade. “A identidade digital unívoca é o próximo grande passo nesse processo”, afirmou. Ele não se comprometeu com uma data para que a identidade digital única entre em vigor, mas reforçou o compromisso do governo em digitalizar todos os seus serviços até 2022. Luís Felipe Monteiro, secretário de governo digital do ministério da Economia, acrescenta que a ideia é que a “identidade digital” seja um instrumento não só para as operações envolvendo cidadãos e governo, mas também para o setor privado e que esteja totalmente operacional para ambos até o fim deste mandato. “O maior desafio para uma economia digital é a identificação nos canais digitais, isso vale para serviço público como para os privados. Todos os atores que participam desse processo assumem riscos ao não terem uma identificação digital. Isso, nos agentes privados, é refletido nos preços. No setor público, isso força a questão presencial”, explicou Monteiro. O secretário de governo digital explica que para colocar de pé esse dispositivo devem ser usadas as bases de dados biométricos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e das secretarias estaduais de segurança pública. No caso do TSE, explica, a base de impressões digitais usadas nas urnas eletrônicas, bem como as fotos dos rostos coletados, soma cerca de 120 milhões de pessoas adultas (75% das pessoas que votam no Brasil). A do Denatran refere-se às carteiras de motoristas e a ideia é acessar futuramente. Com as secretarias estaduais, o governo, por meio do Ministério da Justiça, está negociando com os entes o acesso à base de carteiras de identidade. Essa combinação de bases de dados dará uma segurança altíssima para esse sistema. Monteiro explica que isso vai também eliminar necessidade de senhas para fazer operações públicas e privadas e que a ideia é que isso seja amplamente disseminado na economia. “Todos os negócios que você precisa ir presencialmente serão eliminados. É uma plataforma para a economia digital brasileira. Todos poderão fazer verificação de identidade. É semelhante ao mundo físico, em que a pessoa analisa e checa seu RG na abertura de um crediário. Imagina tudo isso eletronicamente, sem sair de casa”, disse. “É a pessoa que dará autorização para a checagem de identidade e de determinados dados. Você vai ser o gestor dessa identidade”, afirmou. Biometria facial Monteiro disse que essa identidade digital já está funcionando parcialmente. Isso começou com a possibilidade de fazer a prova de vida do INSS eletronicamente, com análise de biometria facial. “Os requisitos para uma identidade digital já estão preenchidos aqui”, disse, explicando que ainda será avaliado se existirá um documento virtual para compor a identidade. A carteira digital deve ter como número único o CPF. O setor privado, explica, poderá conectar seus sistemas à base de identidade digital que está sendo montada pelo governo. O secretário disse também que a meta de mil serviços digitalizados no biênio 2019/20 deve ser atingida antes do fechamento do ano e que os avanços, até agora obtidos, levaram a uma economia de mais de R$ 500 milhões para a administração pública. Esse processo tem como base principal o portal gov.br. Ele informou que faltam cerca de 1,5 mil serviços públicos a serem transformados digitalmente. Explicou que as articulações envolvem muitas áreas do governo, mas que tem havido grande disposição dos órgãos em dar esse passo, que acaba permitindo também uma melhor alocação do quadro de pessoal do setor público, ou seja, conversa com o processo de reforma administrativa. Veja Mais

MPF denuncia Witzel, esposa e outras dez pessoas

O Tempo - Política Denúncia narra, com riqueza de detalhes, provas colhidas nas operações Favorito, Placebo e Tris in Idem. Veja Mais

Covid-19 atingiu os EUA antes da China notificar OMS, aponta estudo

O Tempo - Mundo "Um número significativamente maior de pacientes com doenças e queixas respiratórias começando no final de dezembro de 2019", aponta a pesquisa Veja Mais

Trump recua de proibição de importações de algodão e tomate da China

Valor Econômico - Finanças Ameaça havia sido feita na semana passada, segundo informações da Reuters O presidente americano Donald Trump recuou hoje da decisão de proibir importações de algodão e tomates da região de Xinjiang, na China, segundo informações publicadas há pouco pela agência Reuters. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Modelo Renata Banhara revela pré-candidatura para vereadora em São Paulo

O Tempo - Diversão - Magazine 'Encontrei muitas mulheres, trocamos ideias, estávamos engajadas para o universo da mulher. Me senti na necessidade de agir. Eu sei que não dá mais para ficar como está', postou ela em uma rede social Veja Mais

CCEE libera terceira parcela da 'Conta Covid'

Valor Econômico - Finanças Com a nova parcela, de R$ 890,5 milhões, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica já repassou, ao todo, R$ 13 bilhões às companhias que aderiram à medida A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) liberou nesta segunda-feira (14) o terceiro repasse do programa de apoio às distribuidoras de energia elétrica, a “Conta Covid”. Com a nova parcela, de R$ 890,5 milhões, a CCEE já repassou, ao todo, R$ 13 bilhões às companhias que aderiram à medida, o que corresponde a 88% do total da operação que será desembolsado até janeiro de 2021, de R$ 14,8 bilhões. A conta foi instituída pela Medida Provisória 950/20 com objetivo de dar liquidez financeira ao setor, em meio à redução no consumo de energia durante a pandemia de covid-19, e aliviar os consumidores de impactos tarifários. Ao todo, 50 distribuidoras solicitaram acesso ao apoio, sendo que 17 empresas já receberam todo o valor previsto. Apenas a Companhia de Eletricidade do Amapá ainda não teve acesso aos repasses, devido a pendências com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A “Conta Covid” foi financiada por um pool de 16 instituições financeiras lideradas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), sendo o Bradesco o gestor da operação. A composição dos aportes é de 29% dos recursos oriundos de bancos públicos e de 71% de instituições privadas. O custo da operação é de CDI + 3,79%. Veja Mais

Maioria no STF permite apreensão de importados por falta de pagamento de tributo

Valor Econômico - Finanças Fisco apreende mercadorias se entende ter havido subfaturamento e exige a diferença dos valores declarados pelo contribuinte O Supremo Tribunal Federal (STF) tem maioria formada para permitir que a Receita Federal apreenda mercadoria vinda do exterior até que o importador pague todos os tributos cobrados na operação. Essa discussão é direcionada aos casos em que o Fisco entende ter havido subfaturamento e exige a diferença dos valores declarados pelo contribuinte. Esse julgamento ocorre no Plenário Virtual da Corte e tem encerramento previsto para a meia-noite desta segunda-feira. Votaram, até agora, oito ministros - todos favoráveis à possibilidade de apreensão da mercadoria. Gilmar Mendes e Rosa Weber são os únicos que ainda não se manifestaram. Eles ainda podem pedir vista ou destaque, o que, se for feito, suspende as discussões. O relator do caso, ministro Marco Aurélio, afirma que pagamento de tributo e multa "constitui elemento essencial ao desembaraço aduaneiro". Ele cita o Decreto nº 6.759, de 2009, com redação dada pela Lei nº 8.010, de 2013, que estabelece o descumprimento da obrigação fiscal como empecilho à conclusão do procedimento alfandegário — isso impede a entrada do produto no mercado nacional. Esse tema está sendo julgado, em repercussão geral, por meio de um recurso da União contra decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, no Sul do país, que vetou a apreensão das mercadorias no desembaraço aduaneiro (RE 1090591). Os desembargadores consideraram a Súmula nº 323 do STF, que afirma ser inadmissível a retenção de bens como meio coercitivo para o pagamento de tributos. Para o tribunal regional, o caminho correto para o Fisco cobrar valores considerados devidos, no caso de subfaturamento, seria o processo de execução fiscal. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) defendeu, no entanto, que a súmula não pode ser aplicada ao desembaraço aduaneiro. "Estamos diante da cobrança de tributos que não têm finalidade arrecadatória. A finalidade dos tributos da importação é eminentemente extrafiscal, para proteger a indústria nacional", sustentou aos ministros, por meio de vídeo, o procurador Paulo Mendes, que coordena a atuação da PGFN no STF. Ele tratou como "predatória" a entrada de mercadoria estrangeira a preços mais baixos por causa do não pagamento dos tributos aduaneiros. "O contribuinte quer que a Fazenda se utilize do processo de execução fiscal para cobrar a diferença dos tributos. Nós sabemos que se isso acontecer, o mal que se tentou evitar com a política tarifária dos produtos que ingressam do exterior já terá se concretizado e a indústria nacional já terá sido prejudicada", acrescentou. O procurador afirmou que no caso, além disso, o contribuinte tentou ludibriar a administração tributária. Ele pretendia importar malas do exterior declarando somente a existência das maiores. Colocou dentro das grandes inúmeras malas menores que pretendia revender no Brasil sem a taxação devida. A Receita Federal, neste caso, reteve as mercadorias importadas sob a alegação de subfaturamento (declaração de menor preço para pagar menos tributos) e condicionou a liberação ao pagamento de multa e tributos complementares ou mediante depósito de caução. "Não se tem coação indireta objetivando a quitação tributária, mas regra segundo a qual o recolhimento das diferenças fiscais é condição a ser satisfeita na introdução do bem no território nacional, sem o qual não se aperfeiçoa a importação", afirma o relator, ministro Marco Aurélio, dando razão à Fazenda Nacional. O ministro Alexandre de Moraes, que também disponibilizou o voto no sistema, contextualiza que a Súmula 323 foi fixada pelo Supremo numa "situação bem diversa". Os ministros decidiram sobre leis municipais que criaram taxas de melhoramento de estradas e previam a apreensão de mercadorias como meio de forçar o pagamento de tributos e multas aos municípios. Esse julgamento ocorreu no ano de 1969. "Trata-se, no caso, de verdadeira sanção política", diz Moraes no seu voto, frisando que em nada tem a ver com a retenção de mercadoria importada. "O procedimento de importação compreende etapas que vão além da questão fiscal. Especificamente o imposto de importação tem função predominantemente extrafiscal, por ser muito mais um instrumento de proteção da indústria nacional do que de arrecadação de recursos financeiros", acrescenta o ministro. Veja Mais

Álbum com raridades de Tom Zé mostra versões obscuras feitas entre 1969 e 1976

O Tempo - Diversão - Magazine Disco traz 14 faixas de gravações que poucos ouviram recuperadas dos arquivos das companhias RGE e Warner, que hoje detém os registros da Continental Veja Mais

Total de mortes por covid-19 no Brasil passa de 132 mil, aponta consórcio de imprensa

Valor Econômico - Finanças A pasta registrou 381 mortes pela doença nas últimas 24 horas; total de infectados vai a 4.345.610 O Brasil registrou 19.392 casos de covid-19 nas últimas 24 horas elevando o total de infectados a 4.349.544, segundo levantamento desta segunda-feira (14) feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde do país. A média móvel de casos foi de 28.849 por dia, um recuo de 28% em relação aos casos registrados em 14 dias. De acordo com o balanço de hoje, fechado às 20h, foram registradas 454 mortes pela doença de ontem pra hoje, chegando ao total de 132.117 óbitos provocados pelo novo coronavírus. A média móvel de novas mortes no Brasil na última semana foi de 731 por dia, uma queda de 15% em relação aos dados registrados em 14 dias. Os dados divulgados pelo consórcio de imprensa foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, “O Globo”, “Extra”, “O Estado de S.Paulo”, “Folha de S.Paulo” e UOL, que passaram a trabalhar de forma colaborativa desde o dia 8 de junho para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal. Dados do governo Já segundo o Ministério da Saúde, o país registrou 381 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim desta segunda. Com isso, o total de óbitos provocados pela doença chegou aos 132.006, segundo as estatísticas oficiais. De acordo com o órgão foram contabilizados 15.155 novos casos de covid-19 de ontem para hoje, elevando o número de infectados para 4.345.610. Segundo a pasta, o último balanço, fechado às 18h, aponta 3.613.184 pacientes recuperados da doença e 600.420 sob acompanhamento. São Paulo segue como o Estado com mais mortes (32.642) e casos confirmados (893.349) de covid-19. A Bahia é o segundo Estado com mais casos (283.235) e o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos (17.003). Veja Mais

Paulinho da Viola tem documentário afetivo roteirizado por Zuenir Ventura

O Tempo - Diversão - Magazine O sambista, dono de uma elegância natural e de uma fala sempre mansa, lembra suas influências musicais e apresenta seus mestres Veja Mais

Robbie Amell se diz aberto para voltar ao Arrowverse como Firestorm

Robbie Amell se diz aberto para voltar ao Arrowverse como Firestorm

Tecmundo O ator Robbie Amell, que interpretou o super-herói Firestorm no início da série The Flash, que se sacrificou para salvar Central City logo no início da 2ª temporada da série, revelou em uma conversa com o site Comic Book Resources que está aberto para retornar ao Arrowverse caso o canal The CW tenha interesse em seu retorno.Robbie é primo do também ator Stephen Amell, que interpretou durante oito temporadas o personagem Oliver Queen em Arrow. Na conversa, ele também revelou que seu primo sente saudades de atuar nas séries da The CW como Arqueiro Verde.Leia mais... Veja Mais

Beber até apagar pode ter relações com doenças neurodegenerativas no futuro

canaltech Se você nunca bebeu até apagar completamente, é provável que pelo menos já tenha precisado cuidar de alguém que fez isso. Na última quarta-feira (9) foi publicado um estudo sobre o consumo de álcool, feito pela University College London, que apontou que quem bebe muito pode correr um risco maior de desenvolver demência no futuro. Especialista descreve possíveis impactos neurológicos da COVID-19 Você encararia? Testes identificam se você tem predisposição para o Alzheimer AI muda a maneira como cientistas entendem o cérebro humano A equipe de médicos da University College London descobriu que aqueles que bebiam a ponto de perder a consciência desenvolviam doenças neurodegenerativas duas vezes mais, em comparação com os que não bebiam. Os cientistas analisaram 131.415 participantes e os acompanharam mais de uma década depois. Curiosamente, o aumento do risco não depende tanto de fatores como quantas bebidas um participante bebeu por semana. O que acontece é que as pessoas que bebem com mais frequência ​​têm 1,2 vez o risco de desenvolver demência em comparação com pessoas que bebem moderadamente. No entanto, pessoas que chegam a perder a consciência, ainda que bebam moderadamente, chegam a ter duas vezes mais risco de desenvolver demência do que aqueles que não o fizeram. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O estudo não demonstra que beber muito causa demência, por si só, pois é possível que algumas pessoas com doenças neurodegenerativas tenham começado a beber mais ou se tornado mais suscetíveis a desmaiar. Mas, de qualquer forma, há implicações preocupantes para aqueles que às vezes bebem além do limite. O estudo ainda tem alguns poréns, em parte porque os participantes podem não ter fornecido informações tão verídicas assim. Beber até desmaiar pode ter relações com demência no futuro, diz estudo da University College London (Imagem:  Kelsey Chance/Unsplash) "O consumo geral auto-relatado e a perda de consciência devido ao consumo de álcool foram avaliados no início do estudo. Como muitas pessoas se referem a 'desmaiar' como adormecer após ingestão excessiva de álcool, esses números provavelmente superestimam, em vez de subestimarem a perda real de consciência relacionada ao álcool”, escreveram os cientistas no artigo. Os dados sobre o estado de demência foram extraídos de registros de internações hospitalares, registros de óbitos e reembolsos para tratamento médico com qualquer menção de demência no diagnóstico. Os registros eletrônicos incluíam a data exata do diagnóstico ou óbito, e a duração do acompanhamento foi medida como a diferença entre a data do exame inicial e a data do diagnóstico ou óbito. "Usando os mesmos registros eletrônicos de saúde, medimos os seguintes distúrbios como mediadores potenciais da associação entre consumo de álcool e demência: doenças do fígado e rins, epilepsia, distúrbios de humor, diabetes, hipertensão, arritmia, infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca, hemorragia subaracnoide, hemorragia intracerebral, infarto, lesões na cabeça e outras lesões", conclui o estudo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 Pro vaza em novo vídeo e confirma design retrô na linha Galaxy S21 deve ser o último top de linha da Samsung com furo na tela COVID-19 bate novo recorde de casos em 24h pelo mundo Vendido a R$ 8 mil, Note 20 Ultra custa um terço desse valor para ser produzido Surgem primeiros detalhes sobre paciente com reação grave à vacina de Oxford Veja Mais

Ministério de Minas e Energia dá aval para prorrogar contratos de blocos exploratórios

Valor Econômico - Finanças Autorização permite que a ANP amplie os prazos de concessões firmadas a partir da primeira rodada de licitações, em 1999 O ministro de Minas e Energia (MME), Bento Albuquerque, que também é presidente do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), autorizou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a prorrogar os prazos de vigência dos contratos de concessão firmados a partir da primeira rodada de licitações de blocos exploratórios, em 1999. Com essa medida, a prorrogação poderá ser efetuada apenas para os campos cuja extensão do prazo de produção se mostre viável para além do período contratual original. Já as concessionárias interessadas nesta prorrogação deverão submeter à aprovação da ANP o novo plano de desenvolvimento indicando os investimentos a serem realizados. Segundo Albuquerque, o prazo de prorrogação deverá ser compatível com as expectativas de produção decorrentes do novo plano de desenvolvimento e dos novos investimentos, limitado a 27 anos. De acordo com ele, descumprimento do novo plano de desenvolvimento ensejará o início de processo visando à resolução do contrato. A medida entrou em vigor hoje, ao ser publicada no “Diário Oficial da União”. Brenno Carvalho/Agência O Globo Veja Mais

KDE Frameworks 5.74 traz inúmeras melhorias para aplicações

KDE Frameworks 5.74 traz inúmeras melhorias para aplicações

Tecmundo O KDE Framewoks 5.74 foi lançado, com várias melhorias que impactam na usabilidade do ambiente KDE Plasma, assim como para os softwares que compõem o ambiente gráfico.Quando se fala em KDE, temos a tendência de lembrar apenas do Plasma, que é a interface gráfica. No entanto, o KDE também é formado pelos recursos relacionados às aplicações que compõem todo o ambiente de desktop, como o gerenciador de arquivos Dolphin, o editor de vídeo Kdenlive, o queimador de mídias K3B e player de música Amarok, entre outros. Atualizações do Frameworks podem influenciar no funcionamento de todos esses softwares, seja por meio de melhorias ou correções de bugs, e até mesmo influenciar no comportamento de aplicações de terceiros, geralmente provenientes de outros ambientes gráficos.Leia mais... Veja Mais

Centro equestre de Oregon se torna abrigo para animais que fogem de incêndios

O Tempo - Mundo Ele abriu suas portas para cavalos selvagens, deslocados pelas chamas que assolam a costa oeste, mas acabou recebendo porcos, patos, mulas e um boi Veja Mais

Commodities: Café despenca em Nova York com realização de lucros

Valor Econômico - Finanças Açúcar e suco de laranja também caíram, enquanto cacau e algodão subiram Após terem disparado na semana passada, os preços do café fecharam desabaram na bolsa de Nova York nesta segunda-feira, em uma sessão marcada pela realização de lucros por parte dos investidores. A retração dos lotes futuros de arábica para dezembro foi de 7,1% (940 pontos), para US$ 1,2305 por libra-peso. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais