Meu Feed

Últimos dias

Lenovo ThinkPad X1 Carbon e Yoga chegam ao Brasil por R$ 20 mil

Lenovo ThinkPad X1 Carbon e Yoga chegam ao Brasil por R$ 20 mil

Tecmundo A Lenovo lançou dois novos notebooks da linha ThinkPad no Brasil, o X1 Carbon de oitava geração e o X1 Yoga de quinta geração. Os dispositivos chegam ao nosso mercado dando foco no segmento corporativo e não economizam no preço: os valores de cada um partem de R$ 20 mil.O novo ThinkPad X1 Carbon e o X1 Yoga de quinta geração trazem como destaque o uso de processadores Intel de décima geração, incluindo os modelos i5-10310U e i7-10610U. Além disso, ambos utilizam Wi-Fi 6 para conexão online e SSD com tecnologia NVMe para armazenamento de dados.Leia mais... Veja Mais

Governo 'confirma intenção' de aderir à Covax, iniciativa que busca vacina para Covid-19

Glogo - Ciência Prazo original para a inscrição no programa vai até a meia-noite desta sexta (18). Obter uma vacina com eficácia comprovada não será suficiente para conter a pandemia, pois será necessário garantir sua distribuição Reuters O governo federal anunciou, por volta das 21h30 desta sexta-feira (18), que "confirma a intenção" de aderir à Covax Facility, programa mundial para impulsionar o desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19. O prazo original para inscrição vai até a meia-noite desta sexta. (Veja íntegra da nota ao final desta reportagem). Na quinta (17), o país havia solicitado à Aliança Global de Vacinação (Gavi, na sigla em inglês) uma extensão do prazo, que termina à meia-noite, para formalizar seu envolvimento. A Secretaria de Comunicação Social informou ao G1 que o prazo foi estendido, e que a confirmação de intenção não sinaliza que o Brasil já aderiu ao programa. O G1 entrou em contato com a Gavi para confirmar a extensão do prazo, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem. Na quinta-feira, a agência de notícias Reuters apurou com um representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) que "vários países da América Latina" manifestaram a intenção de solicitar que o prazo seja estendido. Doença que pausou testes da AstraZeneca pode não ter relação com a vacina, diz Oxford ESPECIAL: Candidatas a vacina para a Covid-19 Covax, a coalizão para garantir vacina contra coronavírus às nações mais pobres Vacinas mais avançadas contra a covid-19 estão sendo testadas no Brasil Reuters via BBC Mais de 170 países aderiram à Covax, uma alocação global de vacinas contra o novo coronavírus coliderada pela OMS que visa impulsionar o desenvolvimento de vacinas para combater a pandemia de Covid-19, informou o diretor-geral da instituição, Adhanom Ghebreyesus. "Mais de 170 países aderiram à Covax, ganhando acesso garantido ao maior portfólio mundial de vacinas candidatas", afirmou Tedros, em comentários pré-gravados em um webinar na quinta. O diretor também pediu que os países aderissem à iniciativa. “Exorto os países que ainda não aderiram à Covax a fazê-lo até o prazo de amanhã”, disse. Veja a íntegra da nota do governo: "O governo brasileiro, após tratativas com a Aliança GAVI, confirma a intenção de aderir à COVAX Facility, iniciativa inédita que tem como objetivo acelerar o desenvolvimento e proporcionar mundialmente o acesso equitativo a vacinas contra a Covid-19. O Ministério da Saúde tem atuado em diversas frentes para alcançar com agilidade e segurança uma solução efetiva para a cura da Covid-19. A aquisição de uma vacina segura e eficaz é prioridade do governo federal." VÍDEOS: Vacinas para a Covid-19 VÍDEO Initial plugin text Veja Mais

Windows 10: update de outubro está disponível para download

Windows 10: update de outubro está disponível para download

Tecmundo Nesta sexta-feira (18), a Microsoft anunciou que já está disponível para download o update de codinome 20H2 para testadores betas da plataforma Windows 10. Para adquirir a versão, os usuários precisam acessar as configurações do PC, seguindo para Atualização & Segurança e, depois, aceitarem o Programa de Insiders do Windows.“Acreditamos que a versão 19042.508 seja a final e ainda planejamos continuar a melhorar a experiência geral da atualização de outubro de 2020 nos PCs dos clientes”, disse Brandon LeBlanc, gerente do programa sênior da Microsoft.Leia mais... Veja Mais

Ser Educacional compra Faculdade de Juazeiro do Norte por R$ 24 milhões

G1 Economia Instituição tem 2.100 estudantes e registrou receita líquida de cerca de R$ 20 milhões em 2019. Grupo Ser Educacional é dono da Faculdade Maurício de Nassau Gustavo Almeida/G1 A Ser Educacional anunciou ao mercado nesta sexta-feira (18) que adquiriu o Colégio Cultural Módulo, mantenedor da Faculdade de Juazeiro do Norte (FJN), por R$ 24 milhões. A transação foi realizada pela subsidiária Centro Nacional de Ensino Superior (Cenesup). Serão pagos R$ 12 milhões em duas parcelas, uma na data de fechamento do negócio e outra 30 dias depois. O restante será pago em circo parcelas anuais, na data de aniversário do fechamento do negócio, corrigidas pela variação do IPCA. Com pandemia, o número de estudantes devendo mensalidades para faculdade cresce De acordo com a Ser Educacional, a aquisição está em “linha com sua estratégia de buscar ser relevante nessas regiões e presente nas demais regiões do Brasil”, fortalecendo sua presença no Nordeste. A instituição fica em Juazeiro do Norte, no Ceará, e tem aproximadamente 2.100 estudantes em cursos como Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem e Gastronomia. A FNJ obteve em 6 de agosto seu credenciamento como Centro Universitário e aguarda autorização do Ministério da Educação para oferecer ensino à distância (EAD). Em 2019, a instituição registrou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado de R$ 4,3 milhões e receita líquida de aproximadamente R$ 20 milhões. Veja Mais

EUA detalham novo apoio de até US$ 14 bilhões para agricultores

G1 Economia Governo fará pagamento para produtores que cultivam grandes safras como milho, soja e trigo, além de gado, laticínios e tabaco. Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou a assistência na noite de quinta-feira (17) Susan Walsh/AP O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) divulgou nesta sexta-feira (18) os detalhes de uma segunda rodada de auxílios a agricultores por causa da pandemia de Covid-19, com o pagamento de até US$ 14 bilhões a produtores que cultivam grandes safras como milho, soja e trigo, bem como gado, laticínios e tabaco. O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou a assistência na noite de quinta-feira, durante um comício em Wisconsin, Estado decisivo nas eleições. Em 2016, os agricultores constituíram uma ampla base de apoio a Trump. O auxílio vem depois de um programa de US$ 19 bilhões anunciado em abril para ajudar os agricultores em meio às interrupções na cadeia de oferta e à queda na demanda de restaurantes durante a pandemia. Até o momento, menos de 10 bilhões de dólares foram pagos. "Ouvimos o retorno recebido de agricultores, pecuaristas e organizações agrícolas sobre o impacto da pandemia sobre os produtores rurais da nossa nação, e desenvolvemos um programa para melhor atender às necessidades daqueles impactados", disse o secretário de Agricultura, Sonny Perdue, em comunicado. Com base nas últimas projeções do governo para as safras, os agricultores poderão receber cerca de US$ 0,23 por bushel de milho, ou US$ 3,427 bilhões, além de US$ 0,31 por bushel de soja, ou US$ 1,337 bilhão, segundo análise realizada pela Reuters de cifras do USDA e da American Farm Bureau Federation. O programa também permite que produtores rurais se inscrevam para um auxílio de US$ 15 por acre para importantes safras como milho, soja e trigo. VÍDEOS: tudo sobre agronegócios Veja Mais

Marco Aurélio Mello desbloqueia bens do grupo Andrade Gutierrez

G1 Economia Em 2018, TCU determinou que R$ 508 milhões ficassem indisponíveis por um ano após auditoria nas obras de Angra 3. Defesa da empreiteira diz que prazo terminou e bens seguiram travados. O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira (18) o desbloqueio de bens da construtora Andrade Gutierrez Engenharia S/A. O patrimônio da empresa estava indisponível desde 2018, quando o Tribunal de Contas da União (TCU) identificou indícios de superfaturamento nas obras civis da Usina Termonuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro. O prazo para o bloqueio era de um ano. Ao STF, a defesa da empreiteira apontou que, mesmo encerrado o prazo determinado, a indisponibilidade foi mantida em razão da omissão do TCU. Na decisão, Marco Aurélio Mello confirmou que o bloqueio dos bens tinha sido mantido, com base em um relatório da Central Nacional de Indisponibilidade de Bens (CNIB). O ministro autorizou a livre movimentação dos bens da empresa. Com obras paradas, em 2019 a usina de Angra 3 custava R$ 3 milhões por mês; veja reportagem Superfaturamento apontado Em 2018, o TCU determinou que R$ 508,3 milhões da Andrade Gutierrez deveriam ficar indisponíveis – para que, em caso de condenação, os bens fossem usados para ressarcir os cofres públicos. De acordo com o Tribunal de Contas, o valor se referia ao prejuízo estimado em razão do suposto superfaturamento. A Andrade Gutierrez é acusada de fazer parte de um consórcio que forjou as estimativas de preço da usina nuclear. Naquele momento, a empresa classificou a medida de "injusta e contrária ao interesse público, já que ameaça a viabilidade do cumprimento do amplo processo de colaboração que a empresa vem realizando junto aos diversos órgãos, inclusive com o próprio TCU". Angra 3 está em construção há mais de três décadas e foi investigada pela Operação Lava Jato Eletronuclear Veja Mais

Espro divulga 22 vagas de Jovem Aprendiz em Amparo; selecionados recebem R$ 788 e benefícios

G1 Economia Oportunidades são oferecidas pela instituição Ensino Social Profissionalizante (Espro) e inscrições vão até 25 de setembro pela internet. Veja pré-requisitos. Oportunidade de emprego com carteira de trabalho assinada em Amparo Heloise Hamada/G1 A cidade de Amparo (SP) está com 22 vagas abertas para o programa Jovem Aprendiz na instituição Ensino Social Profissionalizante (Espro). Os selecionados vão receber remuneração de R$ 788,00 e também terão vale-transporte e assistência odontológica. As inscrições vão até 25 de setembro, somente pela internet. O Espro capacita e insere adolescentes e jovens adultos no mercado de trabalho. Veja detalhes sobre as oportunidades: Jovens podem ter de 17 a 21 anos. Há vagas para ensino fundamental e ensino médio (cursando ou concluído) Horário: das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira A empresa é privada Remuneração de R$ 788,00 mais benefícios Carteira de Trabalho assinada Além do encaminhamento para oportunidades de trabalho, o Espro oferece também diversos projetos e ações sociais para as famílias e comunidades dos aprendizes. Os jovens podem se inscrever pelo site da instituição. Veja mais notícias da região no G1 Campinas Veja Mais

Flordelis é obrigada a usar tornozeleira e proibida de sair de casa à noite

O Tempo - Política O pedido foi apresentado à Justiça pelo MP-RJ, que também solicitou a suspensão do mandato parlamentar de Flordelis, o que foi negado Veja Mais

Hotel Transilvânia 4: animação será produzida por Selena Gomez

Hotel Transilvânia 4: animação será produzida por Selena Gomez

Tecmundo A nova sequência de Hotel Transilvânia anunciou alguns dos nomes que farão parte do desenvolvimento do filme. Entre eles está a cantora e atriz Selena Gomez, que agora está cada vez mais imersa nos bastidores de produções audiovisuais. Além de dar voz a uma das personagens principais, Selena assinará a produção executiva do novo longa. A direção, no entanto, será comandada por Jennifer Kluska e Derek Drymon. O roteiro vem de Genndy Tartakovsky, que dirigiu os dois primeiros filmes da franquia. Leia mais... Veja Mais

Maia critica visita de secretário de Estados dos EUA a Roraima

Valor Econômico - Finanças Mike Pompeo esteve nas instalações da Operação Acolhida, em Roraima, na fronteira com a Venezuela O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou a visita do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, hoje às instalações da Operação Acolhida, em Roraima, na fronteira entre o Brasil e a Venezuela. Para Maia, a visita a 46 dias da eleição presidencial norte-americana "não condiz com a boa prática diplomática internacional e afronta as tradições de autonomia e altivez de nossas políticas externa e de defesa". "Patrono da diplomacia brasileira, o Barão do Rio Branco deixou-nos um legado de estabilidade em nossas fronteiras e de convívio pacífico e respeitoso com nossos vizinhos na América do Sul. Semelhante herança deve ser preservada com zelo e atenção, uma vez que constitui um dos pilares da soberania nacional e verdadeiro esteio de nossa política de defesa", disse, em nota. Maia afirmou que vê-se obrigado, como presidente da Câmara, a reiterar os princípios pelas quais a Constituição determina a orientação das relações internacionais pelo Brasil, como a independência nacional, a autodeterminação dos povos, a não-intervenção [em outros países] e a defesa da paz. A visita de Pompeo é apoiada pelo governo Bolsonaro, que tem fortes relações com o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, está em Roraima para se encontrar com o secretário. Vídeo: A encrenca do depoimento de Bolsonaro A encrenca do depoimento de Bolsonaro Luísa Macedo/Câmara dos Deputados - 11/8/2020 Veja Mais

Ministério da Saúde repassa R$ 454 milhões a municípios para apoiar retomada de aulas

Valor Econômico - Finanças Recursos devem ser utilizados para a compra de equipamentos de segurança e higienização dos ambientes escolares O Ministério da Saúde informou hoje que já repassou R$ 454 milhões para os municípios com o objetivo de apoiar a retomada das aulas presenciais nas escolas da rede pública. Os recursos devem ser utilizados para a compra de equipamentos de segurança e higienização dos ambientes escolares. O secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Parente, ressaltou, no entanto, que a decisão sobre a data para o retorno às atividades presenciais é dos gestores locais, sejam prefeitos ou governadores. Ontem, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, fez a mesma ressalva após defender a volta imediata das aulas. Também foi publicado pelo Ministério da Saúde um guia de orientações para a retomada. O material reforça a necessidade de higienização das mãos e dos ambientes escolares e do uso obrigatório da máscara facial, entre outros. Sharon McCutcheon/Unsplash Veja Mais

Humanigen fecha em queda de 7,21% em primeiro dia de negociações na Nasdaq

Valor Econômico - Finanças Deloitte As ações da biofarmacêutica Humanigen fecharam em queda de 7,21%, cotadas a US$ 9,65, nesta sexta-feira de estreia na Nasdaq. A empresa realizou sua oferta inicial no mercado americano com papéis precificados em US$ 8,50, com expectativa de captação de US$ 68 milhões. De acordo com a companhia, os recurso serão utilizados para dar continuidade às pesquisas com o anticorpo lenzilumabe, estudado como forma de tratamento para pacientes com covid-19. Veja Mais

Modelo de concessão da Cedae tem adesão de 46 municípios

Valor Econômico - Finanças Grupo reúne 90% da população atendida pela companhia Quarenta e seis municípios aderiram ao modelo de privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae). O grupo é equivalente a 90% da população do Estado atendida pela empresa, informou o governo fluminense. A adesão ocorreu em um encontro entre o governador em exercício do Rio, Cláudio Castro (PSC), e gestores de municípios para falar sobre modelo de concessão da empresa. A Cedae atende 64 municípios do Rio. De acordo com informe do governo estadual, Itaocara, Laje do Muriaé, no Noroeste Fluminense; e Piraí, na Região do Médio Paraíba, foram as cidades que, mais recentemente, aderiram à proposta. O prazo para adesão dos municípios se encerra nesta sexta-feira, lembrou o governo do Rio. O edital de concessão da Cedae está previsto para ser divulgado em 30 de outubro. O leilão deve ocorrer no início do ano que vem, informou o governo estadual. No informe sobre o tema, Castro detalhou que o modelo de privatização da Cedae pode gerar 46 mil empregos em todo estado, com investimentos de aproximadamente R$ 30 bilhões. Além do governador, participaram do encontro de hoje os secretários Marcelo Lopes (Desenvolvimento Econômico) e Guilherme Mercês (Fazenda); o Procurador Geral do Estado, Bruno Dubeux; o presidente do BNDES, Gustavo Montezano; o Diretor de Infraestrutura, concessões e PPPs, Fábio Abrahão, entre outros membros do banco. O BNDES presta serviço ao governo estadual na realização de modelagem do processo de concessão da Cedae. Tomaz Silva/Agência Brasil Veja Mais

Defesa de Lula recorre para evitar que Lava-Jato de Curitiba julgue nova denúncia

Valor Econômico - Finanças Advogados tentam levar a decisão sobre caso envolvendo o Instituto Lula para a Justiça Federal de São Paulo A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recorreu à Justiça para tentar impedir que a nova denúncia contra o petista, de suposta lavagem de dinheiro por meio de doações ao Instituto Lula, não seja julgada pela Lava-Jato de Curitiba. Os advogados do ex-presidente tentam fazer com que o caso fique sob responsabilidade da Justiça Federal de São Paulo. Em petição encaminhada ao juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal do Paraná, a defesa do petista diz que a nova denúncia não está relacionada com a Petrobras e, por isso, não deve ser julgada pela Lava-Jato de Curitiba. Bonat substituiu na força-tarefa o ex-juiz Sergio Moro, ex-ministro do governo Jair Bolsonaro e deve ser o responsável pelo julgamento do caso. Reprodução / YouTube No documento, os advogados Cristiano Martins Zanin e Valeska Teixeira Martins pedem que Bonat reconheça a competência da Justiça Federal de São Paulo para julgar os fatos. Caso a competência não seja reconhecida, a defesa de Lula pede para que os autos sejam enviados à Justiça Federal do Distrito Federal. Os advogados de Lula reafirmaram que as doações ao Instituto Lula são legais e disseram que a investigação contra a entidade só foi feita por “existir coincidência de empresas e pessoas investigadas pelos fatos da Operação Lava-Jato”. A defesa disse ainda que a Justiça Federal do Paraná não deve ser a responsável pelo caso. Denúncia Sob novo comando, a força-tarefa da Lava-Jato do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná ofereceu denúncia contra Lula e acusou o petista do crime de lavagem de dinheiro por meio do Instituto Lula. Além de Lula, foram denunciados o ex-ministro e delator Antonio Palocci, e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto. A denúncia é de responsabilidade do novo coordenador da Lava-Jato no Paraná, Alessandro Oliveira, que substitui o procurador Deltan Dallagnol desde o início deste mês. É a quarta denúncia da Lava-Jato do Paraná contra Lula. Lula, Palocci e Okamotto são acusados de lavagem de dinheiro por meio de doações da Odebrecht ao Instituto Lula no valor de R$ 4 milhões, entre dezembro de 2013 e março de 2014. Segundo o jornal “O Globo”, no entanto, as investigações sobre as palestras dadas pelo ex-presidente — que alimentavam o caixa do Instituto Lula —, foram arquivadas nesse mesmo inquérito, seguindo o entendimento do relatório da Polícia Federal apresentado há oito meses. O MPF do Paraná sustenta que os recursos tiveram origem em supostos crimes praticados na Petrobras. Ainda de acordo com a força-tarefa da Lava-Jato, os recursos ilícitos teriam sido pedidos por Lula e Okamotto e teriam sido transferidos por meio de doações ao instituto. As provas, de acordo com o MPF, estariam na “planilha italiano”, de pagamento de propina pela Odebrecht, apresentada na delação da empresa. O “italiano” seria Palocci. Os procuradores pedem a devolução dos R$ 4 milhões. Veja Mais

Como pagar recompensas por identificação de falhas acelera a proteção de empresa

canaltech Por Caio Telles* No Brasil, terceiro país que mais sofre tentativas de ataques virtuais no mundo, as empresas levam, em média, 196 dias para perceber que foram atacadas, segundo dados do setor. Muitas companhias não possuem maturidade para tratar vulnerabilidades identificadas de forma ágil e dentro de um tempo razoável. Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil: entenda como ela vai te beneficiar LGPD: sua empresa está preparada? A segurança cibernética, portanto, se tornou uma responsabilidade em todos os setores, e vai muito além das equipes de TI. Atualmente, não ter um programa de recompensa por identificação de vulnerabilidades - conhecido como Bug Bounty - coloca qualquer negócio atrás na corrida pela segurança, especialmente em tempos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em que a privacidade está em evidência. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- A utilização de programas desse tipo é considerada uma boa prática e tem sido cada vez mais adotada por governos e grandes empresas, como Google e Facebook. A plataforma reúne especialistas em busca de reconhecimento e instituições comprometidas com a segurança da informação e privacidade de seus clientes. A iniciativa recompensa e/ou remunera pesquisadores que comunicam falhas de segurança. Por meio do Bug Bounty, as empresas interessadas podem abrir programas em diversas modalidades, que levam em consideração o tipo de serviço, o escopo do trabalho, a recompensa a ser oferecida, a escolha de especialistas, a avaliação e triagem de relatórios e a verificação e correção de falhas nos serviços. Os especialistas, então, realizam testes e buscam falhas em produtos e serviços cobertos pelo programa, como sistemas, aplicativos, websites e até dispositivos físicos, como totens e máquinas de cartão. O foco é identificar vulnerabilidades que possam representar riscos às empresas, como vazamento de dados, que impacta na LGPD; invasão; ataques por ransomware; ou outra ameaça que traga prejuízo financeiro, operacional ou de imagem. Uma vez encontrado o problema, o especialista produz um relatório, e, em alguns casos, uma "prova de conceito", que mostra a vulnerabilidade na prática. Ele envia essas informações à empresa, que avalia os dados, confirma a falha e define o valor a ser pago. No Brasil, um hacker pode ganhar até R$ 10 mil pela descoberta de cada vulnerabilidade. Lá fora, as maiores recompensas já pagas ultrapassaram a marca de US$ 100 mil. Em geral, quanto maior a complexidade da falha e a facilidade de exploração, mais ela vale. Até pouco tempo atrás, muitas empresas brasileiras procuravam plataformas estrangeiras para criar seus programas de recompensa. Diante do cenário atual, porém, é aconselhável iniciar um programa com pagamento em real, e não em dólar ou euro. Além disso, uma comunidade nacional é formada por especialistas brasileiros, o que permite um melhor entendimento de regras de negócios, legislações, regulamentações, entre outras particularidades do país. Devido ao fator cultural e ao idioma, a comunicação entre as empresas e os especialistas também é facilitada. Os benefícios do programa de Bug Bounty para um negócio Com mudanças recorrentes no setor de segurança e constantes publicações de vulnerabilidades, o programa de Bug Bounty permite que as empresas tenham seus sistemas testados de forma contínua, garantindo um tempo menor entre a descoberta da vulnerabilidade, a identificação da falha no sistema e a correção do bug. Além disso, a utilização do programa oferece benefícios únicos às empresas, como: Realização de testes de segurança que garantem conformidade com a LGPD; Detecção de problemas de lógica comercial e processos, onde um scanner de vulnerabilidade não é capaz de atuar; Testes contínuos com as falhas mais recentes descobertas e com diferentes metodologias; Integração total a todas as fases do processo de SDLC (ciclo de vida de desenvolvimento de sistemas) da empresa; Pagamento a partir do resultado obtido, e não do esforço do especialista, como acontece no PenTest, que identifica falhas de forma pontual; Garantia do histórico público do compromisso da empresa com a segurança, e isso representa um diferencial competitivo; Identificação de falhas em poucos minutos e, com isso, a empresa pode resolver os bugs antes que o público fique ciente das vulnerabilidades, evitando incidentes e crises à marca; Quanto mais uma empresa estiver disposta a pagar, mais profissionais capacitados serão atraídos pela oferta. A marca, então, pode consertar as falhas e oferecer um serviço ou produto de maior qualidade. Por que iniciar um programa de Bug Bounty? Hoje em dia, contar apenas com serviços corporativos para proteção dos ativos de uma companhia não é suficiente. Os programas de Bug Bounty são necessários pois complementam outras etapas e controles implementados pelas empresas e cobrem uma lacuna que existe entre a identificação e a correção das vulnerabilidades. Por meio de uma metodologia assertiva, os programas protegem marcas e clientes e popularizam a segurança da informação, antes acessível apenas para grandes empresas. Acreditar na comunidade e confiar em pesquisadores do setor é algo que gera valor para as instituições e para o mercado de segurança da informação. Não podemos impedir violações de dados, reduzir crimes cibernéticos e proteger a privacidade sem a ajuda de profissionais. É preciso promover o acesso à segurança e fomentar o bom relacionamento entre empresas e especialistas. *Caio Telles é CEO da BugHunt, primeira plataforma brasileira de Bug Bounty, programa de recompensa por identificação de falhas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Bill Gates aposta em vacina específica contra COVID-19; saiba qual e o porquê iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Lançamentos da Netflix na semana (18/09/2020) Ratched | O que você precisa saber antes de maratonar a série Veja Mais

Preços do petróleo fecham quase estáveis, pressionados pela Líbia e apoiados por Opep

G1 Economia Na semana, tanto o petróleo norte-americano quanto o Brent, referência internacional, acumularam ganhos. Os preços do petróleo se mantiveram praticamente estáveis nesta sexta-feira (18), pressionados depois de um comandante líbio afirmar que os bloqueios às exportações do país serão suspensos por um mês, mas apoiados por sinais positivos provenientes de uma reunião da Opep+. Tanto o petróleo norte-americano quanto o Brent, referência internacional, acumularam ganhos na semana, após a Arábia Saudita pressionar aliados pela manutenção das cotas de produção, o furacão Sally interromper bombeamento de petróleo nos EUA e bancos - incluindo o Goldman Sachs -projetarem um déficit de oferta. Campo de petróleo em Vaudoy-en-Brie, na França Christian Hartmann/Reuters O petróleo Brent fechou em queda de 0,15 dólar, a US$ 43,15 por barril, mas apurou ganho de 8,3% na semana. Já os contratos futuros do petróleo dos EUA subiram 0,14 dólar, para US$ 41,11 o barril, acumulando alta de 10,1% na semana. Nesta sexta-feira, o entusiasmo do mercado foi afetado depois de o comandante do leste da Líbia, Khalifa Haftar, anunciar que vai suspender por um mês seu bloqueio à produção local de petróleo. O bloqueio havia levado a oferta líbia para pouco mais de 100 mil barris por dia (bpd), versus 1,2 milhão de bpd anteriormente. "Uma mentalidade de aversão ao risco está se espalhando para o petróleo. Ainda há algumas preocupações de que a demanda possa piorar", disse Phil Flynn, analista do Price Futures Group em Chicago. Na quinta-feira, por outro lado, um importante painel envolvendo a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados pressionou por maior índice de cumprimento dos cortes de produção acertados pelo grupo, diante do panorama de queda nos preços da commodity. Veja as últimas notícias de economia Veja Mais

Dólar supera R$ 5,37 com alta dos juros futuros e pressão dos EUA

Valor Econômico - Finanças Dólar comercial fechou em alta de 2,83%, a R$ 5,3782 Ainda que o noticiário da sexta-feira tenha sido bastante restrito, o mercado de câmbio viveu um dia de estresse, em linha com o comportamento dos juros futuros, diante dos riscos fiscais, e de Wall Street, refletindo a piora do sentimento de risco no exterior, onde as bolsas americanas voltaram a apresentar perdas consideráveis. Assim, o dólar comercial fechou em alta de 2,83%, a R$ 5,3782. Pixabay Veja Mais

Marcos Pereira tenta se vender como nome independente para presidir Câmara

Valor Econômico - Finanças Presidente do Republicanos aposta na boa relação que tem com Maia e com o Planalto para se qualificar para a disputa Diante da disputa entre o Planalto e o grupo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelo controle da Casa em 2021, o presidente do Republicanos, deputado Marcos Pereira (SP), tenta se equilibrar entre a boa relação que mantém com ambos para se viabilizar como candidato à sucessão. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Pesquisa mostra que coronavírus desgasta Trump em estados cruciais para eleição

O Tempo - Mundo Pesquisa divulgada nesta sexta-feira mostra que o democrata Joe Biden está à frente na preferência de votos em estados importantes na corrida presidencial Veja Mais

Messi é o novo embaixador do gadget de acessibilidade para cegos OrCam MyEye

canaltech O famoso futebolista argentino Lionel Messi, atual atacante do Barcelona e da seleção dos hermanos, acaba de ser anunciado como o novo embaixador dos produtos da OrCam, empresa israelense que projeta dispositivos para deficientes visuais. O esportista está auxiliando sobretudo na promoção do MyEye 2, versão recente do aparelho que é o carro-chefe da companhia. Inspiradores | Influencers cegos mostram os detalhes de sua realidade Óculos inteligentes ajudam pessoas com deficiência visual a enxergar melhor 5 aplicativos que podem ajudar deficientes visuais Compacto e projetado para ser acoplado a um par de óculos, o MyEye 2 possui uma câmera e, usando inteligência artificial, é capaz de ler textos (seja de livros, revistas, placas ou telas de computadores), reconhecer rostos, identificar objetos e até informar o valor de cédulas. Todas essas informações são traduzidas em áudio de forma discreta — basta apontar o dedo para o que deseja digitalizar. Como parte da campanha, Messi se reuniu com diversos deficientes visuais ao redor do mundo, incluindo Mizael Conrado, presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro e considerado o melhor jogador de futebol de cinco (modalidade para deficientes visuais) do mundo. “Foi muito emocionante conhecer o Messi, pessoa humilde e acolhedora. Fiquei muito feliz. O OrCam MyEye é um equipamento que contribui efetivamente para melhorar o dia a dia de uma pessoa cega”, afirma Conrado. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.-   Todos os presenteados farão parte do chamado OrCam Dream Team, liderado pelo próprio Messi. “Foi muito emocionante, um momento mágico e inspirador, conhecer e encontrar este incrível grupo de pessoas de todo o mundo. Testemunhar cada um dos membros do 'Dream Team' experimentando os recursos do OrCam MyEye deixou claro que este é um dispositivo de mudança de vida para cada um deles. Tenho orgulho de ser um Embaixador OrCam e realmente atuar buscando fazer a diferença para tantos”, diz o argentino. Para Amnon Shashua, cofundador e coCEO da OrCam, a tecnologia luta para combater problemas reais no cotidiano de pessoas desamparadas. “No desempenho das atividades diárias, o dispositivo oferece independência, fornece aos usuários um apoio crítico para uma melhor integração na sociedade, especialmente em ambientes de emprego e educacionais, auxilia os usuários a amplificar seu potencial inerente”, comenta o executivo.   O OrCam MyEye já está disponível em 48 países e 25 idiomas, incluindo português. No Brasil, é possível encontrá-lo em revendedores especializados — sendo possível, inclusive, financiar o gadget em alguma delas usando a linha de crédito do governo federal para tecnologias assistivas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Novas imagens de Encélado revelam detalhes sobre sua superfície congelada Google lança widget de busca para iOS 14 e tira sarro com “inovação” da Apple Distância até um magnetar na Via Láctea é medida pela primeira vez Veja Mais

Cyberpunk 2077 | Game não exige o poder que você imagina para rodar no Windows

canaltech Após meses de muita expectativa, os gamers ansiosos para se divertir com Cyberpunk 2077 finalmente podem descobrir se vão precisar ou não fazer um upgrade em seus PCs Windows para executar a obra. A CD Projekt Red acaba de anunciar nesta sexta-feira (18) as especificações mínimas e recomendadas para rodar o título — e, acredite ou não, elas não são absurdas quanto a maioria dos internautas imagina. Personagem de Cyberpunk 2077 terá três narrativas diferentes Cyberpunk 2077 tem lançamento adiado para setembro Para criador, Keanu Reeves em Cyberpunk 2077 aumenta possibilidade de um filme Você precisará, no mínimo, de um computador com Windows 7, processador Intel Core i5-3570K ou AMD FX-8310, 8 GB de memória RAM, 70 GB de armazenamento em HD e placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 780 ou AMD Radeon RX 470. O ideal, porém, é contar com Windows 10, processador Intel Core i7-4790 ou AMD Ryzen 3 3200G, 12 GB de memória RAM, 70 GB em SSD e GPU GeForce GTX 1060 ou Radeon R9 Fury. Imagem: Divulgação/CD Projekt Red Além das especificações, os desenvolvedores afirmaram que o modo campanha de Cyberpunk 2077 será bem mais curto do que aquele em The Witcher 3, outra popular obra do estúdio polonês. O motivo é simples: poucos jogadores chegaram a concluir a história de Geralt de Rivia. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- "Sabemos que a história principal de Cyberpunk 2077 é ligeiramente mais curta do que The Witcher 3, porque recebemos muitas reclamações sobre a história principal de The Witcher 3 ser muito longa”, explica Patrick K. Mills, designer sênior da CD Projekt Red. “Olhando para as métricas, você vê um número enorme de pessoas jogando até agora, mas nunca chegaram ao fim. Queremos que você veja a história completa, então encurtamos ela”, finaliza. Mais de 57 anos após o cenário do RPG de mesa do qual foi inspirado, o aguardado Cyberpunk 2077 será lançado no dia 19 de novembro para PC Windows, PlayStation 4, Xbox One e Google Stadia; os novos PlayStation 5 e Xbox Series X devem receber uma versão atualizada em 2021. Até lá, será possível executar a versão original graças aos recursos de retrocompatibilidade. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Novas imagens de Encélado revelam detalhes sobre sua superfície congelada Google lança widget de busca para iOS 14 e tira sarro com “inovação” da Apple Distância até um magnetar na Via Láctea é medida pela primeira vez Veja Mais

Volkswagem dará Nivus em desafio online

Volkswagem dará Nivus em desafio online

Tecmundo A Volkswagen anunciou, nesta sexta-feira, 18, um desafio em conjunto com o Escape 60, que dará como prêmio ao vencedor um Nivus, primeiro Smart Car produzido na América do Sul. A participação é gratuita e basta se inscrever no site do desafio."O Nivus foi lançado de forma totalmente digital e já é um sucesso, pois ele carrega uma série de inovações. Ao fazermos esse desafio on-line, reforçamos a imagem do Nivus como embaixador de tecnologia e digitalização. De forma divertida e lúdica conseguimos unir os desafios de lógica do Escape 60 com os atributos do carro. O ganhador vai ter que mostrar que conhece bem o New Volkswagen", afirma Gustavo Schmidt, vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil.Leia mais... Veja Mais

Rumor | Galaxy Z Flip 2 deve trazer tela externa maior e novo sistema de dobras

canaltech Recentes previsões de analistas acreditam que o Galaxy Z Flip será o smartphone dobrável mais vendido de 2020. Lançado em fevereiro deste ano, o aparelho chegou ao mercado com o nostálgico formato de concha e configurações de ponta, agradando muitos usuários que ficaram "decepcionados" com o Motorola Razr. Filme gravado em 8K com os novos Galaxy Note 20 e S20 será lançado em outubro Como usar o novo Samsung Notes para criar anotações e listas O que é Samsung Flow e como usar o seu Galaxy no PC Windows Possivelmente, uma nova geração do celular dobrável da Samsung deve chegar no começo do ano que vem e as primeiras informações sobre ele já começam a surgir na internet. De acordo com o leaker vietnamita Chun, o Galaxy Z Flip 2 trará algumas boas melhorias em relação ao modelo passado, mas também há algumas preocupações. Tela externa maior e dobradiça atualizada Totalmente confiante da veracidade das informações, o vazador afirma que a tela externa do smartphone será maior que a presente na geração atual, que tem 1,1 polegada e resolução de 112 x 300 pixels, mas não informou o tamanho. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Se confirmado, a Samsung poderia oferecer um display secundário semelhante ao do Motorola Razr 5G, que possui 2,7 polegadas e resolução de 600 x 800 pixels, provavelmente com o intuito de incluir algumas funções mais úteis a ela, como responder mensagens e navegar nas redes sociais. As of now (September 2020)100% confident:- bigger outer display- new UTG - Upgraded hinge- bigger batteryA bit concerned:- high refresh rate displayUnconfirmed:- specs (screen size, chipset, cam)- design#ZFlip2 — Chun (@chunvn8888) September 16, 2020 Além disso, um novo vidro ultrafino estaria em desenvolvimento pela Samsung e faria sua estreia no futuro Galaxy Z Flip 2. Vale lembrar que a primeira geração marcou o lançamento da primeira versão da solução, cuja tecnologia oferece mais flexibilidade e durabilidade que a cobertura de poli-imida, esta que protege o Galaxy Fold. Após o lançamento do Galaxy Z Fold 2 com um novo sistema de dobradiça, a Samsung também estaria preparando uma nova versão da solução presente no Galaxy Z Flip. O mecanismo CAM duplo presente no smartphone dobrável permite que a tela do aparelho fique aberta sozinha em vários ângulos. Dobradiça do Galaxy Z Flip 2 deve ter melhorias (Foto: Divulgação/Samsung) Por fim, também é esperado que a bateria do Galaxy Z Flip 2 seja maior, acompanhando todos os upgrades citados acima. A geração atual do celular tem apenas 3.300 mAh de bateria, o que já é considerado abaixo do padrão atual do mercado. Sem taxa de atualização mais alta Outras características do aparelho, como processador, memória RAM, tamanho de tela e conjunto fotográfico não foram informados pelo informante, mas ele afirma que é bastante provável que o celular não tenha taxa de atualização mais alta. O Galaxy Z Flip deste ano não possui o recurso, mas os principais smartphones do ano que vem devem trazer, no mínimo, tela de 90 Hz — sem contar com seu irmão maior, o Galaxy Z Fold 2, que também traz tela adaptativa de 120 Hz. Ou seja, se confirmado, seria um grande retrocesso para o futuro Galaxy Z Flip 2, ainda mais considerando suas possíveis especificações de ponta. Ainda não há informações sobre a data de lançamento do possível Galaxy Z Fold 2, mas continue acompanhando o Canaltech para não perder nenhuma novidade! Hands-on/Unboxing do Galaxy Z Flip   Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Novas imagens de Encélado revelam detalhes sobre sua superfície congelada Google lança widget de busca para iOS 14 e tira sarro com “inovação” da Apple Distância até um magnetar na Via Láctea é medida pela primeira vez Veja Mais

GRÊMIO: O CICLO DE RENATO GAÚCHO ESTÁ PERTO DO FIM? | DEBATE FINAL

GRÊMIO: O CICLO DE RENATO GAÚCHO ESTÁ PERTO DO FIM? | DEBATE FINAL

Fox Sports Brasil A galera do Debate Final repercutiu a derrota do Tricolor Gaúcho na Libertadores e discutiu o futuro do técnico. E aí, torcedor, qual é a sua opinião? Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Grêmio #RenatoGaúcho #Libertadores Veja Mais

Jogador recria Fall Guys em Dreams e resultado é impressionante

Jogador recria Fall Guys em Dreams e resultado é impressionante

Tecmundo O jogador MrWooshie compartilhou, em um fórum público do ResetEra, uma criação fantástica de Fall Guys em Dreams, provando que o simulador e editor de mundos é capaz de produzir, com perfeição, as realizações mais diversas que os usuários desejem produzir. Segundo o criador, o trabalho inteiro foi produzido em pouco menos de um mês por apenas três pessoas, mas soube trazer um projeto praticamente idêntico ao desenvolvido pela Devolver Digital. Apesar da demonstração não ser jogável e se limitar apenas a uma edição de mapa onde todos os oponentes são controlados por inteligência artificial, sem a possibilidade de multiplayer, todos os outros elementos originais de Fall Guys estão presentes, desde o menu até a fase das gangorras.Leia mais... Veja Mais

Prestes a ser bloqueado nos EUA, TikTok pede ajuda a Facebook e Instagram

canaltech As negociações estão andando e, em breve, as operações globais do TikTok (com exceção da China) devem ser vendidas para Oracle e investidores americanos, incluindo o Walmart. Com isso, esse grupo deve assumir até 70% da participação societária da plataforma, com a ByteDance, sua atual controladora, ficando com o restante. Mas, enquanto isso não acontece, Donald Trump vai cumprir a ordem executiva que assinou em agosto e deve bloquear o uso do TikTok - e o WeChat - a partir do próximo domingo, 20 de setembro. Oracle e investidores dos EUA devem assumir participação majoritária do TikTok Por que a Microsoft não conseguiu fechar a compra do TikTok nos Estados Unidos Governo da China prefere encerrar o TikTok nos EUA do que ser forçado a vendê-lo De olho nesse prazo, Vanessa Pappas, CEO interina da TikTok está pedindo ao Facebook e Instagram para “aderir publicamente ao nosso desafio e apoiar o nosso litígio". Ou seja, ela está pedindo a união das redes sociais contra a proibição da plataforma chinesa a partir do próximo domingo. Na manhã desta sexta-feira (18), o Departamento de Comércio dos EUA emitiu um comunicado onde, basicamente, afirma que as pessoas não poderão baixar o TikTok ou o WeChat a partir do dia 20 de setembro. O TikTok continuará a funcionar nos Estados Unidos para pessoas que já têm o aplicativo instalado, mas downloads futuros são proibidos, bem como atualizações. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- O apelo de Pappas veio na forma de uma resposta a um tweet de Adam Mosseri, chefe do Instagram, que disse que “a proibição do TikTok nos Estados Unidos seria muito ruim para o Instagram, Facebook e a internet de forma mais ampla”. A executiva acrescentou que é o momento de “colocar de lado nossa competição e focar em princípios fundamentais como liberdade de expressão e o devido processo legal”. Vanessa Pappas, CEO provisória do TikTok: pedido de união de forças (Foto: Arquivo pessoal / Twitter) A mensagem de Pappas chega em um momento em que existem rumores de que o cofundador do Instagram, Kevin Systrom, está em negociações para assumir como CEO da TikTok, no lugar de Kevin Mayer, que ficou pouco mais de três meses no cargo. Ameaça à segurança nacional No início do ano, Donald Trump pediu a proibição do TikTok alegando questões de segurança de dados. Ele acusa a ByteDance de usar a plataforma para enviar dados de cidadãos americanos para o governo chinês. O governo dos EUA exigiu que a ByteDance vendesse suas operações nos Estados Unidos para uma empresa americana até 15 de setembro ou o TikTok seria totalmente banido. A TikTok também abriu um processo contra o presidente Trump em agosto, argumentando que a sua ordem executiva original não oferece nenhuma evidência de que a rede social de vídeos curtos seja, de fato, uma ameaça à segurança nacional para os Estados Unidos. Além disso, a TikTok emitiu uma declaração, seguindo a ordem do Departamento de Comércio americano, observando que a empresa já “se comprometeu com níveis sem precedentes de transparência adicional e responsabilidade, muito além do que outros aplicativos estão dispostos a fazer”. O comunicado acrescenta que a TikTok já está planejando trabalhar com um provedor de tecnologia americano, que seria “responsável por manter e operar a rede social TikTok nos EUA, o que incluiria todos os serviços e dados que atendem aos consumidores dos Estados Unidos”. Negociação em curso A Oracle e uma série de investidores americanos, incluindo o Walmart, devem assumir a participação majoritária das operações do TikTok nos EUA. Agora, o negócio aguarda aprovação do presidente Donald Trump - e os envolvidos ainda precisam torcer para que o governo chinês não intervenha. ByteDance, Oracle e o Departamento do Tesouro dos EUA "concordaram provisoriamente" com os termos da oferta da Oracle pela rede social. O acordo dará aos investidores americanos uma participação majoritária no app. No entanto, até o momento, não está claro quanto a empresa de Larry Ellison ou o Walmart vão pagar por suas respectivas partes. Analistas apontam que esta é a primeira vez que a ByteDance concorda em abrir mão de sua participação majoritária no TikTok, transferindo-a para investidores americanos. A notícia desses termos revisados ​​chega um dia depois que as autoridades americanas levantaram preocupações sobre a proposta da Oracle e pressionaram os investidores americanos para obter a participação majoritária da TikTok. Embora os termos do acordo não tenham sido revelados publicamente, o Departamento do Tesouro teria enviado uma série de termos revisados para a Oracle na última quarta-feira (16). Fontes envolvidas nas negociações indicam que o TikTok será dividido em uma nova entidade com sede nos EUA, enquanto representa o negócio global do aplicativo, que hoje conta com mais de 800 milhões de usuários ao redor do mundo. Sede da Oracle: empresa costura acordo com governo dos EUA para se tornar uma das controladoras do TikTok (Foto: Wikimedia / Creative Commons)  Ainda nesta quinta-feira (17), pelos novos termos do acordo, os investidores americanos teriam, pelo menos, 60% das ações da TikTok. A Oracle deve ficar com 20% de participação e os investidores americanos do Walmart e da ByteDance, como os fundos Sequoia Capital e General Atlantic, formarão a maioria societária, que deve ficar com outros 40% a 50%. A ByteDance ficaria com 30% ou 40% restantes. O Walmart, que há algum tempo busca uma forma de ser proprietário da TikTok , também terá um assento no conselho global da TikTok, bem como um especialista em segurança. Este último presidirá um comitê de segurança que supervisionará a proteção dos dados do usuário. Entre os termos do acordo que vem sendo costurado, está o direito da Oracle em inspecionar o código-fonte do TikTok e incluir várias disposições para garantir a segurança dos dados. Há ainda a exigência de que todos os dados dos usuários dos Estados Unidos permaneçam nos Estados Unidos, hospedados pela Oracle. Caso os termos da negociação sejam aceitos por Donald Trump, a ByteDance planeja fazer uma oferta pública inicial da TikTok global. No entanto, ainda não ficou claro quais ativos ela possuiria, além daqueles nos Estados Unidos. Um IPO da TikTok seria uma das maiores estreias no mercado de ações do setor de tecnologia, visto que o aplicativo foi avaliado recentemente pelos investidores da ByteDance em mais de US$ 50 bilhões. Isso reduziria ainda mais a participação da própria ByteDance na empresa. O pedido de IPO seria na bolsa de valores dos Estados Unidos e poderia acontecer em cerca de um ano. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Novas imagens de Encélado revelam detalhes sobre sua superfície congelada Google lança widget de busca para iOS 14 e tira sarro com “inovação” da Apple Distância até um magnetar na Via Láctea é medida pela primeira vez Veja Mais

Ser Educacional compra Faculdade de Juazeiro do Norte por R$ 24 mi

Valor Econômico - Finanças Instituição tem 2.100 estudantes e registrou receita líquida de cerca de R$ 20 milhões em 2019 A Ser Educacional anunciou ao mercado nesta sexta-feira que adquiriu o Colégio Cultural Módulo, mantenedor da Faculdade de Juazeiro do Norte (FJN), por R$ 24 milhões. A transação foi realizada pela subsidiária Centro Nacional de Ensino Superior (Cenesup). Serão pagos R$ 12 milhões em duas parcelas, uma na data de fechamento do negócio e outra 30 dias depois. O restante será pago em circo parcelas anuais, na data de aniversário do fechamento do negócio, corrigidas pela variação do IPCA. De acordo com a Ser Educacional, a aquisição está em “linha com sua estratégia de buscar ser relevante nessas regiões e presente nas demais regiões do Brasil”, fortalecendo sua presença no Nordeste. A instituição fica em Juazeiro do Norte, no Ceará, e tem aproximadamente 2.100 estudantes em cursos como Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem e Gastronomia. A FNJ obteve em 6 de agosto seu credenciamento como Centro Universitário e aguarda autorização do Ministério da Educação para oferecer ensino à distância (EAD). Em 2019, a instituição registrou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado de R$ 4,3 milhões e receita líquida de aproximadamente R$ 20 milhões. Veja Mais

Comissão da Reforma Tributária pede regras mais claras - 18/09/20

Comissão da Reforma Tributária pede regras mais claras - 18/09/20

Câmana dos Deputados Comissão de deputados e senadores que analisa as propostas de reforma tributária realiza mais uma rodada de debate à distância. Desta vez a maior crítica entre os representantes dos vários setores envolvidos foi quanto à falta de clareza em princípios como a chamada "cumulatividade", que é a cobrança em cascata do imposto em várias etapas que o produto percorre até chegar ao consumidor final. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Após quatro meses de anunciar saída da Semad, Germano Vieira deixa a pasta

O Tempo - Política Marília Carvalho de Melo, atual diretora-geral do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), foi o nome escolhido para assumir a pasta Veja Mais

Guedes vê convergência de ideias em proposta do ‘Simplifica Já’, diz Abrasf

Valor Econômico - Finanças Proposta é espécie de meio-termo entre o sistema atual e a reforma em análise no Congresso Uma proposta intermediária de reforma tributária, espécie de meio-termo entre o sistema atual e as propostas que estão em análise no Congresso, foi discutida nesta sexta-feira numa reunião entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf), Vitor Puppi. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Tribunal dos EUA aprova plano financeiro da Latam para enfrentar crise provocada pela pandemia

G1 Economia Na nova proposta, a companhia aérea aumentou o financiamento em US$ 450 milhões com a participação de novo acionistas minoritários. O tribunal de falências dos Estados Unidos aprovou nesta sexta-feira (18) um plano financeiro de US$ 2,45 bilhões apresentado pela Latam Airlines, a maior companhia aérea da América Latina, para superar a crise que enfrenta devido à Covid-19, informou a empresa em comunicado. "A decisão do juiz James L. Garrity Jr. permite que o grupo (Latam Airlines) acesse os US$ 2,45 bilhões necessários para enfrentar o impacto da Covid-19", aponta o comunicado da companhia aérea resultado da fusão em 2012 da chilena LAN com a brasileira TAM. A nova proposta financeira foi apresentada na quinta-feira (17) em substituição a um primeiro plano que a Latam propôs em tribunal por US$ 2 bilhões, mas que foi rejeitado pelo juiz Garrity, sob o argumento de que aquele plano incluía um empréstimo conversível que seria equivalente a um tratamento "inapropriado" para outros acionistas. Na nova proposta, a companhia aérea eliminou a opção de conversibilidade da dívida em ações e aumentou o financiamento em US$ 450 milhões com a participação de novos financiadores e acionistas minoritários da empresa. A aprovação do financiamento é a primeira parte de um processo que a Latam Airlines iniciou em maio passado, quando recorreu ao capítulo 11 da lei de falências dos Estados Unidos, que permite a uma empresa que não está em condições de pagar suas dívidas iniciar uma reestruturação sem pressão dos credores. Latam Brasil entra com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos Roberto Alvo, diretor executivo da Latam, afirmou que a aprovação do financiamento é um passo muito significativo para a sustentabilidade do grupo e anunciou que a partir de agora começa uma nova etapa, que consiste em apresentar o plano de reorganização dentro do processo do capítulo 11. Assim que a Latam tiver o plano de recuperação pronto, este precisará ser aprovado pelo tribunal de falências, informou uma fonte da companhia aérea à AFP. A Latam recorreu ao tribunal de falências dos EUA devido à forte crise causada pela pandemia do coronavírus em suas operações e na sua receita econômica, que sofreu uma queda de 75,9% no segundo trimestre. A crise levou a companhia aérea a demitir cerca de 12,6 mil trabalhadores, ficando com aproximadamente 30 mil. Azul e Latam começam codeshare que prevê 35 rotas compartilhadas no Brasil Apesar disso, a companhia aérea recupera gradativamente suas operações internacionais e aumenta os voos internos nos países sul-americanos onde opera. Veja Mais

Bolsonaro entrega títulos de propriedade rural em Mato Grosso

O Tempo - Política Produtores rurais já receberam 2,2 mil títulos no estado Veja Mais

Justiça do Trabalho deve priorizar ações de profissionais de saúde na pandemia, diz corregedor

G1 Economia Corregedoria-geral editou uma recomendação para que tribunais deem prioridade aos casos de quem atua no combate à Covid-19. Tribunais regionais poderão fixar as próprias regras. A Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho recomendou que os Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) priorizem, durante a pandemia, a análise de ações trabalhistas de profissionais de saúde que estão atuando no combate à Covid-19. A recomendação foi editada pelo corregedor-geral Aloysio Corrêa da Veiga nesta quinta-feira (17). Segundo o Tribunal Superior do Trabalho (TST), a “medida leva em consideração o esforço dos profissionais da saúde que enfrentam diretamente e diariamente o vírus, expostos a perigo de contágio”, o que demanda maior proteção do Estado. Para cumprir a recomendação, os TRTs podem fixar as próprias regras de priorização. Essas normas podem prever, por exemplo, a necessidade de o próprio profissional de saúde solicitar preferência para sua ação trabalhista. Segundo a recomendação, caso o pedido de prioridade seja negado, o juiz deverá explicar os motivos da negativa. Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19 Initial plugin text Veja Mais

Greve dos Correios: o que fazer se o pedido está atrasado?

G1 Economia Só deve ir à agência retirar a encomenda quem tiver essa recomendação no sistema de rastreamento. Reclamações tornaram-se comuns desde o início da pandemia do novo coronavírus e filas cresceram com paralisação de funcionários. Clientes madrugam em fila dos Correios para tentar retirar encomendas atrasadas Com o aumento de demanda durante a pandemia do novo coronavírus e um mês de greve dos funcionários dos Correios, clientes notaram uma piora do serviço e atrasos nas entregas. As filas nas agências se tornaram mais comuns desde o dia 17 de agosto, quando a paralisação começou. Segundo os Correios, os atrasos não são efeito da paralisação, mas o contingente foi reduzido para "preservar a saúde de seus empregados, a empresa está atuando com força de trabalho reduzida devido à iniciativa de redirecionar aqueles classificados como grupo de risco para o trabalho remoto." Com reclamações em alta, greve dos Correios completa um mês O G1 questionou a empresa sobre a melhor forma de proceder com entregas em atraso. Veja abaixo. Cliente devem evitar ir às agências para reduzir aglomerações; Fazer o acompanhamento do objeto pelo site www.correios.com.br. Só deve ir às unidades para a retirada de objetos postais quem verificar no sistema de rastreamento a mensagem “Aguardando retirada”. Em caso de anormalidade, entrar em contato pelos canais oficiais com o código de rastreamento em mãos: telefones 3003-0100 e 0800 725 0100 ou pelo site http://www.correios.com.br/fale-com-os-correios. Greve dos Correios: clientes se aglomeram em fila na central de distribuição do DF Alternativas Com a greve dos Correios, as contas podem vencer antes de o consumidor ter recebido a cobrança, ocasionando multas pelo atraso no pagamento. Para não ser surpreendido pelos juros e multas decorrentes disso, o ideal é que o consumidor faça um planejamento do pagamento das contas, observando a época em que elas costumam chegar. Se perceber que o prazo do vencimento está perto e o boleto não chegou, o consumidor deve se antecipar, entrando em contato com o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) da empresa emissora da conta e solicitar uma outra forma de realizar o pagamento: segunda via do boleto, sem os juros, entrega da cobrança por e-mail, depósito bancário ou código de barra para pagamento em caixa eletrônico. Greve dos Correios: audiência termina sem acordo, e TST julgará caso no próximo dia 21 Caso não seja possível outra forma de pagamento, inclusive após contato com o fornecedor, a dívida não poderá ser cobrada com juros e multa. Para quem precisa enviar encomendas ou correspondência com urgência durante o período de paralisação dos Correios, a recomendação é procurar por serviços de entrega alternativos ou privados. É recomendável solicitar que o prazo de entrega seja registrado por escrito, o que possibilita a reclamação de eventual prejuízo no caso de atraso. Caso o consumidor tenha contratado serviços de entrega diretamente nos Correios (por exemplo, envio de Sedex), é possível pedir o ressarcimento ou abatimento do valor se houver atraso na entrega. A reclamação deve ser feita em algum órgão de defesa do consumidor, como o Procon, inclusive podendo exigir, em Juizado Especial Cível, indenização para ressarcimento de eventual prejuízo moral ou financeiro. Trabalhadores dos Correios fazem greve em Belo Horizonte Gabi Coelho/G1 VÍDEOS: Últimas notícias de Economia e Veja Mais

Autoridades ignoram pandemia, e casos de covid-19 se espalham

Valor Econômico - Finanças Eventos com autoridades têm aglomeração, falta de máscara e cumprimentos com abraços A pandemia não terminou nem há vacina para a covid-19, mas, em Brasília, autoridades retomaram festas e cerimônias. No país, são 4 milhões de casos e 135 mil mortes em decorrência do novo coronavírus. Em uma semana, houve posse no Supremo Tribunal Federal (STF), casamento de filha de ministro e celebração do ano-novo judaico. Houve aglomeração, falta de máscara e cumprimentos com abraços e apertos de mão. O STF tem realizado sessões remotas por causa da pandemia. Porém parte dos ministros voltou à sede da corte para prestigiar a posse do ministro Luiz Fux como novo presidente, na semana passada. Até esta sexta-feira, após a cerimônia, sete autoridades presentes haviam sido diagnosticadas com o novo coronavírus. O evento foi realizado com alguns cuidados. Foi reduzido o número de convidados em plenário, e ministros e presidentes de Poderes, separados por placas de acrílico. Jornalistas ficaram do lado de fora, e a TV Justiça transmitiu apenas a cerimônia oficial, quando pessoas sem máscara foram vistas apenas no momento de discursar ao microfone. Em um perfil nas redes sociais, porém, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) publicou uma foto do dia do evento no STF. Nela, dois ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) apareceram sem máscara ao lado da presidente da entidade, a juíza Renata Gil, que também não usava proteção. Dias depois, Fux, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), os dois ministros da foto -Luís Felipe Salomão e Antonio Saldanha Palheiro-, a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministra Maria Cristina Peduzzi, o procurador-geral da República, Augusto Aras, e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, informaram estar com covid-19. Após a solenidade, Fux ainda recebeu convidados mais próximos em coquetel no gabinete da presidência. O Supremo afirmou que o cerimonial está em contato com todos os convidados da posse sobre a importância de buscar o serviço médico. "A presidência do STF vem prestar solidariedade e votos de ampla recuperação aos que eventualmente contraíram a covid-19", disse, em comunicado. A Corte afirmou que todas as medidas de segurança, protocolos e procedimentos recomendados pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram adotados rigorosamente. Autoridades da posse participaram ainda de outros eventos depois. No sábado, houve o casamento da advogada Anna Carolina Noronha, filha do ministro João Otávio de Noronha, ex-presidente do STJ. A festa foi na casa do noivo, o empresário Eduardo Oliveira Filho, e os convidados receberam potinhos de álcool em gel personalizados na entrada. O presidente Jair Bolsonaro, que esteve na posse e era aguardado no casamento, não apareceu. Ele já foi contaminado pelo vírus, assim como seu filho Jair Renan, que foi à festa com a mãe, Ana Cristina Siqueira Valle. A celebração contou com a presença de Maia e do ministro Luís Roberto Barroso, que estavam na posse no STF. Fotos da festa publicadas em sites locais mostram convidados sem máscaras. Segundo relatos de convidados feitos à Folha, Maia foi um dos que passaram parte da noite sem o item de proteção. Na quarta-feira, ele divulgou estar doente. O ministro Noronha não se manifestou. Anna Carolina não foi localizada. Na semana seguinte, um novo evento na capital provocou aglomeração e teve convidados sem máscara. Foi o Rosh Hashaná, o ano-novo judaico. O embaixador Yossi Shelley recebeu convidados na terça-feira (15) na sede da representação do país. A embaixada divulgou a presença dos ministros Paulo Guedes (Economia), Ricardo Salles (Meio Ambiente), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Milton Ribeiro (Educação), Braga Netto (Casa Civil), da primeira-dama Michelle Bolsonaro, do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e de Aras. O procurador-geral, que teve a contaminação confirmada nesta quinta, aparece em foto sem máscara ao lado de Michelle, que também já se infectou. Dos convidados que tiveram nomes divulgados, apenas Guedes e Salles não pegaram covid-19. Bolsonaro era esperado na embaixada israelense, mas não foi. A assessoria de imprensa da embaixada de Israel afirmou não saber informar se o embaixador ou outro convidado do evento teve resultado positivo no exame de covid-19. Nesta quinta, Bolsonaro levou uma comitiva a Coremas (PB), cidade a cerca de 400 quilômetros de João Pessoa. Durante a cerimônia, ele e ministros, como Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), dispensaram as máscaras mesmo quando não estavam discursando na inauguração de uma usina fotovoltaica. A Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto disse que não iria se manifestar. Ao conversar com uma apoiadora que reclamava do fechamento do comércio na cidade, Bolsonaro mencionou na quinta-feira os casos da capital: "Várias autoridades em Brasília agora estão com o vírus. Não adianta, vai pegar". O ex-presidente Lula também quebrou a quarentena ao visitar o senador Renan Calheiros (MDB-AL), que está internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Uma foto em que os dois aparecem juntos e sem máscara foi publicada nesta quinta nas redes sociais do parlamentar. O ex-presidente do Senado foi internado no Sírio-Libanês em 9 de setembro e operado para a extração de um tumor no rim direito. Já Lula, segundo interlocutores do ex-presidente, tinha exames de rotina marcados com seus médicos nesta semana, no mesmo hospital. Veja Mais

Eleições em BH: Marcelo Souza e Silva vai focar campanha na retomada da economia

O Tempo - Política Segundo candidato a confirmar o registro na capital mineira, o ex-presidente da CDL já está organizando uma agenda de encontros com comerciantes Veja Mais

'Globo Repórter' celebra 70 anos da TV com programa especial nesta sexta-feira

O Tempo - Diversão - Magazine Entre os entrevistados estão Faustão, Tony Ramos, Lima Duarte, Renata Sorrah, Silvio de Abreu e Glória Perez, além de pessoas anônimas Veja Mais

Câmara remarca votações para segunda-feira - 18/09/20

Câmara remarca votações para segunda-feira - 18/09/20

Câmana dos Deputados A agenda para as votações do Plenário Ulysses Guimarães na próxima semana praticamente repete a previsão que foi feita para esta semana que está terminando. Veja por que e os destaques com Ginny Morais. Uma mudança importante é que na próxima semana as votações começam já na segunda-feira. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #PerspectivaPlenário Veja Mais

Argentina prorroga quarentena contra covid-19 até 11 de outubro

Valor Econômico - Finanças Medida foi tomada depois de o país ultrapassar 600 mil casos da doença, com 12,5 mil mortes O governo da Argentina decidiu nesta sexta-feira prorrogar por mais três semanas, até 11 de outubro, a quarentena decretada em março para combater o novo coronavírus. A medida foi tomada depois de o país observar uma aceleração nas infeções e ultrapassar a marca de 600 mil casos da covid-19. O número de mortes chegou a 12.491, segundo o Ministério da Saúde. Natacha Pisarenko/Arquivo/AP O anúncio foi feito em uma mensagem gravada pelo presidente Alberto Fernández. No vídeo, ele alertou para a difícil situação de algumas províncias. Na região metropolitana de Buenos Aires, epicentro inicial da epidemia na Argentina, o número de novos contágios “é alto, mas estável”, segundo ele. “O mapa mudou. Em maio, as províncias representavam 7% dos novos casos. No dia de hoje, são 49%”, afirmou Fernández no vídeo. Desta forma, o governo também decidiu endurecer as restrições em regiões mais afetadas, como as províncias de Jujuy, Mendoza, Río Negro, Santa Fé, La Rioja, Tucumán, Salta, Neuquén e Córdoba. Nesses lugares, segundo Fernández, haverá restrições temporárias para diminuir a circulação da população e tentar achatar a curva de contágios. *El Cronista faz parte da Red Iberoamericana de Periodismo Económico (RIPE). Veja Mais

Razer anuncia versão do controle mobile Kishi para iPhones

Razer anuncia versão do controle mobile Kishi para iPhones

Tecmundo A Razer anunciou uma versão para iPhone do seu celebrado controle mobile, o Kishi. Com botões multifunção, analógico clicáveis e D-pad tátil com oito direções, o acessório foi apresentado na CES 2020 e recebeu dois prêmios do evento: "Melhor Produto Gamer" e "Prêmio de Melhor Dispositivo por Escolha Popular".Focado na performance e conforto de seus usuários, o Razer Kishi para iPhones possui design ergonômico, com uma disposição de botões dedicadas a longas horas de jogatina. O dispositivo se conecta aos celulares da Apple por meio de sua entrada padrão Lightning, que elimina o atraso nos comandos (conhecido como input-lag), além de permitir o carregamento simultâneo durante as sessões.Leia mais... Veja Mais

Juros futuros disparam com estresse no mercado secundário

Valor Econômico - Finanças As indefinições quanto ao rumo das contas públicas também afetaram as taxas, em um cenário que ainda contou com o mau humor externo O estresse renovado no mercado secundário de títulos públicos diante das indefinições quanto ao rumo das contas públicas reverberou nos juros futuros e fez com que as taxas disparassem nesta sexta-feira, em um cenário que ainda contou com o mau humor externo. O salto das taxas intermediárias e longas fez com que a inclinação da curva de juros ficasse ainda mais acentuada e vem em um momento no qual o mercado tem demandado prêmio cada vez maior pelos títulos públicos diante da alta necessidade de financiamento do governo. No fim da sessão regular, a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2022 subia de 2,82% no ajuste anterior para 2,97%; a do DI para janeiro de 2023 avançava de 4,14% para 4,38%; a do contrato para janeiro de 2025 escalava de 6,02% para 6,31%; e a do DI para janeiro de 2027 saltava de 7,01% para 7,29%. O spread entre as taxas dos DIs para janeiro de 2027 e de 2022 ficava, então, em 4,38 pontos percentuais. Pixabay Veja Mais

Lady Gaga lança clipe da música '911'; assista

O Tempo - Diversão - Magazine Single faz parte de 'Chromatica', sexto álbum da artista; no vídeo, ela interage com diversos personagens, alguns com indicações religiosas Veja Mais

Alexa: Amazon marca evento para 24 de setembro

Alexa: Amazon marca evento para 24 de setembro

Tecmundo Nesta sexta-feira (18), o site The Verge divulgou o convite recebido da Amazon para o evento de hardware da Alexa. A data será em 24 de setembro às 14 horas, no horário de Brasília. Embora não tenham sido divulgados muitos detalhes, foram anunciadas “algumas novidades” pela equipe de Dispositivos e Serviços da Amazon.Conforme revelado por um porta-voz da Amazon ao site, o evento ocorrerá exclusivamente para convidados, o que indica que não será transmitido ao vivo para o grande público.Leia mais... Veja Mais

Morte de Ginsburg cria perspectiva de luta amarga por nomeação

Valor Econômico - Finanças A juíza Ginsburg, um dos membros mais visíveis do tribunal, tem sido a voz principal de sua ala liberal desde sua nomeação pelo presidente Clinton em 1993 A morte da juíza Ruth Bader Ginsburg nesta sexta-feira criou profunda incerteza para a Suprema Corte e injetou a perspectiva de uma inesperada e provavelmente amarga luta pela nomeação nas semanas finais da campanha presidencial. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Google anuncia linha de produtos para videoconferências profissionais do Meet

canaltech Com a chegada do chamado “novo normal”, as companhias cada vez mais se adaptarão a uma nova cultura de trabalho que mescla atividades remotas e o presenciais. De qualquer forma, uma coisa é certa: as conferências em vídeo continuarão sendo extremamente importantes, e algumas empresas já estão investindo pesado nisso. O Zoom, por exemplo, lançou sua própria iniciativa projetada para rodar a plataforma. Zoom anuncia monitor com câmeras para videoconferências em trabalho remoto Como fazer videoconferências no Google Meet através do app do Gmail Esta extensão traz para o Google Meet uma função que só o Zoom tem Agora é a vez do Google. O Gigante das Buscas acaba de anunciar a Series One, linha de dispositivos profissionais projetados especificamente para aprimorar a sua experiência com a ferramenta Meet. Estamos falando de uma série de kits feitos para aplicação em escritórios (claro, nada impede que você compre um para seu home office caso tenha verba o suficiente), com diversas opções de configuração distintas. No geral, a família é composta por cinco aparelhos que podem ser combinados de acordo com a necessidade. O primeiro é a Smart Audio Bar, uma barra de áudio que utiliza unidades de processamento de tensores (TPUs, no original em inglês) para propiciar uma tecnologia proprietária de cancelamento de ruído chamada TrueVoice. O sistema emprega inteligência artificial e aprendizado de máquina para filtrar sons indesejados e tornar a voz dos participantes mais cristalina. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.-   Em seguida, temos a Smart Camera, que nada mais é do que uma câmera com resolução 4K e com uma base móvel que foca no usuário que estiver falando no momento (além de ser capaz de aplicar zoom). Aliás, por falar em participantes da reunião, cada um pode ter um Mic Pod, um microfone compacto com um botão de mute que facilita bastante o controle de quem fala e quem escuta durante uma apresentação. A linha inclui ainda o Meet Compute System, um computador exclusivo para executar o Google Meet com o melhor desempenho possível, graças a um processador Intel Core i7 e mais TPUs. Tudo isso pode ser controlado através do Touch Controller, uma grande tela sensível ao toque pela qual você pode criar salas, aceitar convidados, ligar para colaboradores remotos, e assim por diante. A Series One é fabricada em parceria com a Lenovo (sendo que o Touch Controller também possui um dedinho da Mimo em sua produção) e existem três kits disponíveis projetados de acordo com o tamanho da sala: Small Room Kit, Medium Room Kit e Large Room Kit. Todos estarão disponíveis em duas opções de cores, sendo que o Google ressalta que o design minimalista dos aparelhos favorece a combinação com qualquer ambiente. Imagem: Divulgação/Google “Ao longo em que as empresas consideram seu retorno seguro ao escritório, muitas estão planejando uma combinação de ambientes de trabalho remotos e presenciais. Eles estão redesenhando os espaços de reunião para permitir o distanciamento social com salas maiores e escassamente povoadas ou muitos espaços de reunião menores. Isso torna mais crítico do que nunca implementar soluções de vídeo que sejam úteis e inclusivas”, explica. Infelizmente, por se tratar de uma família de produtos com foco no público corporativo, o preço dos aparelhos não foi divulgado — é necessário preencher um formulário e contatar a Lenovo para saber como comprá-los. De qualquer forma, os kits já estão em pré-venda para os EUA e alguns países europeus e asiáticos; nada de Brasil por enquanto. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Novas imagens de Encélado revelam detalhes sobre sua superfície congelada Google lança widget de busca para iOS 14 e tira sarro com “inovação” da Apple Distância até um magnetar na Via Láctea é medida pela primeira vez Veja Mais

Gol diz que ação nos EUA não é relevante e “será devidamente contestada”

Valor Econômico - Finanças Ação foi ajuizada pelo escritório de advocacia Glancy Prongay & Murray na segunda-feira A Gol afirmou nesta sexta-feira, em esclarecimentos à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre a ação ajuizada nos Estados Unidos, que “não considera relevante” a existência da ação e que ela “será devidamente contestada”. De acordo com o documento, a companhia tem conhecimento de uma class-action proposta por um acionista americano que busca indenização “em razão, em resumo, de supostas falhas de divulgação que supostamente teriam resultado no declínio do preço das ações” durante a pandemia do novo coronavírus. Gol Divulgação A empresa afirma que a medida legal “não possui qualquer mérito” e que a Gol tem seguro com cobertura “para demandas judiciais de tal natureza”. A ação foi ajuizada pelo escritório de advocacia Glancy Prongay & Murray na segunda-feira. Segundo o escritório, a Gol não divulgou aos investidores que tinha fraquezas materiais em seus controles internos, que havia dúvida quanto à capacidade da empresa de continuar existindo devido ao capital circulante líquido negativo e deficiência de capital líquido. Nesta sexta, mais dois escritórios entraram com ações coletivas em nome de acionistas da Gol também visando indenização por supostas declarações falsas e omissões de fatos pela empresa. Veja Mais

Observatório histórico resiste a incêndio devastador nos EUA; amador é destruído

canaltech Um observatório histórico sobreviveu ao terceiro e maior incêndio das últimas quatro semanas que se alastrou pela costa oeste dos Estados Unidos. As chamas se espalharam por mais de 60.557 acres e ameaçaram o Observatório Mount Wilson, de 116 anos, no sul da Califórnia, e está apenas 15% contido, de acordo com o Incident Information System nesta sexta-feira (18). Céu vermelho: o que explica o cenário apocalíptico-alienígena nos EUA? Observatório de Arecibo: equipes de especialistas investigam causas do acidente Observatório aéreo SOFIA volta a operar após paralisação devido ao coronavírus O incêndio conhecido como Bobcat começou em 6 de setembro, perto da Represa Cogswell na Floresta Nacional de Angeles, se espalhando pela costa oeste desde então. Embora parte dele esteja contida e o Observatório Mount Wilson esteja seguro por enquanto, as chamas ainda são uma ameaça e já causaram danos irreparáveis a outro observatório da região. Observatório Mount Wilson resistiu (Imagem: Reprodução/Mount Wilson Observatory) Esta instalação conta com um telescópio refletor de 1,5 metro de diâmetro e um refletor Hooker de 2 metros e meio, e tem sido de grande importância para a astronomia. Ele foi projetado e fundado por George Ellery Hale, e está localizado em uma região ideal para observações astronômicas e interferometria. Seu telescópio é um dos mais produtivos e bem sucedidos para a astronomia. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- A equipe do local, entretanto, teve que ficar em estado de alerta devido ao incêndio desde o início. Na noite de quinta-feira (17), as imagens que apareceram nas webcams do Mount Wilson mostraram a fumaça tomando conta do lugar, levantando ainda mais preocupação. De acordo com Thomas Meneghini, diretor executivo do observatório, o Bobcat poderia dizimar por completo a floresta ao redor da instalação. Em uma postagem no Twitter, o observatório anunciou que havia sido evacuado, e em outra publicação na rede social as autoridades responsáveis por lidar com a situação disseram que “o #BobcatFire está a 150 m do Observatório Mount Wilson e as equipes estão no local prontas para combater o incêndio”. This is not an image we enjoy posting. A drop by a large tanker would be good right now #BobcatFire pic.twitter.com/cjfZfFujcN — Mount Wilson Observatory (@MtWilsonObs) September 17, 2020 Além do observatório, o fogo também ameaça comunidades localizadas naqueles morros, além de antenas de estações de rádio e televisão, estimados em US$ 1 bilhão. Para tranquilizar a população, o observatório publicou na tarde desta sexta-feira no Twitter: "Estamos protegidos do #BobcatFire graças aos esforços heróicos dos bombeiros de várias agências. A batalha ainda não acabou". Observatório Hidden Hill foi destruído Já o observatório amador Hidden Hill não teve a mesma sorte. Ele era o principal local de observação de um clube de astronomia de Livermore, Califórnia, e foi destruído pelos incêndios conhecidos por SCU Lightning Complex. Trata-se de uma série de queimadas que atinge os condados de Santa Clara, Alameda, Contra Costa, San Joaquin, Merced e Stanislaus. Construído em 1983, o observatório é fruto de um trabalho dedicado dos membros fundadores do clube Tri-Valley Stargazers. Eles adquiriram uma propriedade e construíram a instalação, doando-a para o clube em seguida. Outros membros fundadores construíram o primeiro telescópio do local, um Coulter de 44 cm. (Imagem: Reprodução/Jannette Bennett) Em 1998 o clube nomeou o local como Observatório Hidden Hill, ou H2O, e desde então ele foi usado para eventos de observação, pesquisa, astrofotografia e divulgação científica por toda a comunidade. No dia 19 de agosto, o incêndio varreu a área e destruiu o prédio. Felizmente, os proprietários conseguiram sair com segurança e seus lares não foram afetados pelas chamas. Entretanto, todos os equipamentos, telescópios, lentes e componentes eletrônicos do observatório se perderam para sempre. Um único sobrevivente do local permaneceu de pé: a pequena cúpula do observatório, que pode ser reutilizada caso o Tri-Valley Stargazers decida reconstruí-lo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Novas imagens de Encélado revelam detalhes sobre sua superfície congelada Google lança widget de busca para iOS 14 e tira sarro com “inovação” da Apple Distância até um magnetar na Via Láctea é medida pela primeira vez Veja Mais

Moro vai depor em inquérito que apura os atos antidemocráticos

O Tempo - Política O ex-ministro foi intimado "em razão de ele ter ocupado, à época dos fatos, a titularidade do Ministério da Justiça e Segurança Pública”, afirmou a defesa Veja Mais

PS5 terá um lançamento mais acessível do que o PS4

PS5 terá um lançamento mais acessível do que o PS4

Tecmundo Em entrevista para o The Washington Post, Jim Ryan, chefe do PlayStation, confirmou que as vendas iniciais do PlayStation 5 estarão mais acessíveis e amplas do que ocorreu no período de lançamento do PS4. Apesar dos consoles já terem se esgotado em diversas lojas pela América do Norte e no Brasil, o CEO acredita no potencial de reposição da marca e na possibilidade de alcançar todos os jogadores que desejem entrar para a nova geração.Entrando em status de pré-venda hoje, dia 17, diversos jogadores estão tendo dificuldades para adquirir o PS5, porém algo muito parecido havia acontecido com o PlayStation 4, em 2013. E foi pensando nessa distribuição e nas oportunidades globais que a divisão de jogos não somente lançou dois consoles com preços diferentes, mas também aumentou sua produtividade, disponibilizando mais unidades prontas para venda durante o período do lançamento.Leia mais... Veja Mais

Tráfego de veículos em rodovias da CCR cai 5% no ano

Valor Econômico - Finanças De 11 a 17 de setembro houve alta de 3,3% O tráfego de veículos nas rodovias administradas pela CCR subiu 3,3% no período de 11 a 17 de setembro, em comparação com os mesmos dias em 2019. Excluindo a ViaSul, que iniciou as cobranças de pedágio em fevereiro, houve queda de 1,8% no tráfego total. Já no acumulado de 1º de janeiro a 17 de setembro, o tráfego consolidado da CCR recuou 5,1%, com destaque para a queda de 18,8% no fluxo de veículos de passeio. O fluxo de veículos comerciais cresceu 7%. Considerando a ViaSul, o tráfego de veículos de passeio caiu 23,5%, enquanto o de veículos comerciais aumentou 1,3%. A maior queda de tráfego semanal foi registrada na CCR Autoban, com recuo de 5,1% no fluxo total. Já a Rodonorte registrou alta de 10,4% entre 11 e 17 de setembro de 2019 e o mesmo período deste ano. A CCR Mobilidade, braço da companhia que opera o Metrô Bahia e outras concessões, viu o movimento de passageiros diminuir 54,4% no período de 11 a 17 de setembro em relação à mesma semana de 2019. No acumulado de 2020, o fluxo caiu 45,6%. Já a CCR Aeroportos registrou queda de 78% na quantidade de passageiros no recorte semanal, sendo que entre 1º de janeiro e 17 de setembro deste ano, o fluxo caiu 61,2%. CCR Via Lagos Divulgação / CCR Veja Mais

A Voz do Brasil - 18/09/2020

A Voz do Brasil - 18/09/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Cientistas sugerem ações emergenciais para combater incêndios florestais ✔️Indústria alerta que reforma tributária pode inviabilizar o setor de tabaco ✔️Parlamentares e sociedade civil discutem medidas de prevenção ao suicídio Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

Brasil registra mais 826 mortes por covid-19 e chega a 135.857, aponta consórcio da imprensa

Valor Econômico - Finanças Média de óbitos em sete dias está em 769, com queda de 6% em relação a 14 dias atrás O Brasil registrou mais 826 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa, chegando ao total de 135.857 óbitos desde o começo da pandemia. A média móvel de novas mortes no país nos últimos 7 dias está em 769 óbitos, queda de 6% em relação aos dados registrados em 14 dias. Nas últimas 24 horas, segundo o balanço encerrado às 20h, 39.991 novos casos foram confirmados, elevando a 4.497.434 o total de brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia. A média móvel de casos foi de 30.494 por dia, recuo de 22% em relação aos casos registrados em 14 dias. Os dados divulgados pelo consórcio de imprensa foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, “O Globo”, “Extra”, “O Estado de S. Paulo”, “Folha de S.Paulo” e UOL, que passaram a trabalhar de forma colaborativa desde o dia 8 de junho para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. Dados do governo De acordo com o boletim desta sexta-feira do Ministério da Saúde, o país registrou 858 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, o total de óbitos provocados pelo novo coronavírus chegou aos 135.793 pelas estatísticas oficiais. Foram mais 39.797 novos casos, elevando o total de infectados para 4.495.183. Segundo a pasta, o último balanço, fechado às 18h40, aponta 3.789.139 pacientes recuperados da doença e 570.251 sob acompanhamento. São Paulo é o Estado com mais mortes (33.678) e casos confirmados (924.532). A Bahia é o segundo Estado com mais casos (292.019) e o Rio de Janeiro, o segundo com mais mortes (17.575). Veja Mais

Impeachment de governador segue mesmo rito de afastamento de presidente, diz PGR

Valor Econômico - Finanças Em manifestação ao STF, Procuradoria defende importância de uniformidade para que não seja afetado o pacto federativo A Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu, em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), que os processos de impeachment de governadores do Estado seguem os mesmos parâmetros dos ritos previstos para afastamento de presidente da República. Vídeo: A encrenca do depoimento de Bolsonaro A encrenca do depoimento de Bolsonaro “A Procuradoria-Geral da República entende que o rito aplicável ao processo de impeachment de Governador há de seguir aquele delineado para o impedimento de Presidente da República, por ser a compreensão que melhor prestigia a segurança jurídica”, diz o texto. Para a PGR, "a despeito da autonomia política dos entes federados, é importante haver uniformidade no tratamento da matéria, entendendo-se que alterações locais afetariam o pacto federativo". O parecer foi enviado em uma ação Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) apresentada pelo governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), que é alvo de um processo de impeachment. Carlos Moisés (PSL), governador de Santa Catarina, é alvo de um processo de impeachment Júlio Cavaleiro/SECOM Na peça, a PGR defende a validade da ação e diz que parte dos pedidos feitos pelo governador seja acatado. Já a Advocacia-Geral da União (AGU) se manifestou pelo arquivamento da ação, por ter reflexo em um caso concreto. Um dos pedidos da ação é que sejam suspensos processos de impeachment que estão em curso nos Estados, até que a Corte se manifeste sobre o tema. A PGR não se manifestou sobre essa questão. A relatora da ação no STF é a ministra Rosa Weber. Para o órgão, “às Assembleias Legislativas cabe o desenvolvimento da fase inicial do procedimento, para autorizar ou não a instauração do processo de impeachment, por votação com quórum de 2/3 e, ao tribunal misto, por simetria, a função julgadora atribuída ao Senado – confirmação da admissibilidade/procedência da denúncia, por maioria simples, e julgamento final, exigido o quórum de 2/3 de seus membros”. A PGR defendeu que “merecem permanecer sendo três as votações que integram o procedimento para afastamento definitivo do Chefe do Executivo, alterando-se, entretanto, o órgão responsável por uma delas”. A PGR disse ainda que o prazo máximo de afastamento deve ser de 180 dias, assim como o estabelecido pela Constituição para o presidente. Na quinta-feira, o plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) autorizou o prosseguimento do processo de impeachment aberto contra Moisés. No Estado, o processo também busca afastar a vice-governadora do Estado, Daniela Reinehr (sem partido). A PGR, no entanto, defendeu que não se sustenta a argumentação relacionada à ilegitimidade do vice-governador para responder por crime de responsabilidade e ao impedimento do presidente da Assembleia Legislativa, que assumiria o governo caso os dois mandatários fossem impedidos, para a condução do processo de impeachment de vice-governador. "Tem-se, no ponto, que, embora a questão possa merecer análise mais detida em momento oportuno, em juízo preliminar não parece haver invalidade objetiva, cabendo o registro da possibilidade de, no caso concreto e em via própria, ser apreciada eventual configuração de suspeição do presidente da Assembleia Legislativa", diz a peça. Veja Mais

Escola que tiver caso de Covid deve reavaliar manutenção de atividades, diz ministério em guia sobre retomada

Glogo - Ciência Guia do Ministério da Saúde traz dicas básicas e indica que gestores devem avaliar situação de cada município e estado. O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira (18) um documento sobre a retomada das atividades escolares. Nas 16 páginas do arquivo (Orientações para retomada segura das atividades presenciais nas Escolas de Educação Básica no Contexto da Pandemia da Covid-19, aqui em PDF), a pasta compila dicas básicas de higiene e reforça que a responsabilidade na condução do processo de reabertura é das autoridades locais. Em um dos pontos, o Ministério se propõe a responder à pergunta: "O que fazer com casos de Covid-19 na escola?". "Em situação de caso confirmado, os profissionais e a comunidade escolar devem ser informados, e as atividades escolares devem ser reavaliadas" - Ministério da Saúde A pasta não divulgou orientações mais específicas e não respondeu, durante coletiva de imprensa nesta sexta, qual o protocolo exato que deve ser adotado nessa situação ou quais as possíveis consequências da "reavaliação". Crianças e Covid-19: veja em 7 pontos o que a ciência já sabe sobre o tema OMS alerta para prejuízos no fechamento prolongado de escolas durante a pandemia No documento, o ministério apenas cita que "é necessário acompanhar as normativas estaduais e municipais sobre o retorno às aulas, distanciamento social e demais iniciativas de enfrentamento da Covid-19". "A finalidade [do guia] é garantir condições de segurança para quando voltarem as aulas, as escolas terem condições de higiene e os alunos retomem às aulas com segurança", disse Élcio Franco, secretário-executivo do ministério. Medidas de prevenção Além do ponto sobre a reavaliação das atividades quando houver casos confirmados, o ministério lista medidas de prevenção: Capacitar profissionais Manter comunicação constante com a comunidade escolar Preservar distância mínima de 1 metro entre alunos Uso de máscara pelos alunos Evitar atividades em grupo Limpeza das mãos e etiquetas respiratórias Manter ambientes limpos Evitar uso de áreas comuns "O retorno às aulas será decidido pelo gestor local baseado em aspectos relativos a variação da curva epidemiológica, a capacidade de resposta da rede de atenção à saúde e a outros critérios que ele poderá considerar para tomar essa decisão." - Élcio Franco, secretário-executivo Rio de Janeiro vive vai e vem de reabertura das escolas particulares Repasse de verba O Ministério da Saúde informou ter repassado R$ 454,3 milhões para apoiar as atividades de retomada nas escolas. "Esse recurso ele pode ser utilizado para comprar exatamente o que o muitos gestor tem dificuldade para comprar: como álcool gel, como material de higiene, de limpeza, máscara para criança e adolescente que acharem necessário", disse Raphael Câmara Parente, secretário de Atenção Primária à Saúde. Escolas privadas de Natal foram as primeiras a retomarem aulas presenciais no Rio Grande do Norte, durante a pandemia da Covid-19 Anna Alyne Cunha VÍDEOS: Boas iniciativas durante a pandemia Veja Mais

BNDESPar realiza oferta de 150 milhões de ações da Suzano

Valor Econômico - Finanças Pelo fechamento de quinta das ações da empresa na B3, oferta pode levantar R$ 6,1 bi A Suzano informou nesta sexta-feira, em fato relevante, que o BNDESPar, braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), está realizando uma oferta pública secundária de 150,217 milhões de ações da companhia sob sua titularidade. De acordo com o prospecto divulgado ao mercado há pouco, inicialmente serão ofertadas 125,181 milhões de ações ordinárias da companhia, valor que pode ser acrescido em até 20%, com 25,036 milhões de ações extras, totalizando 150,217 milhões de ações. Ana Paula Paiva/Valor Considerando o fechamento de quinta-feira das ações ordinárias da Suzano na B3, a oferta pode levantar R$ 6,1 bilhões. Já com a adição do lote extra, o valor pode atingir R$ 7,4 bilhões. A oferta deve ser precificada em 1º de outubro após coleta de intenções de investimento com investidores institucionais, em processo de bookbuilding. A data estimada da oferta é 2 de outubro, com início das negociações na B3 no dia 5, e liquidação em 6 de outubro. O anúncio de encerramento tem data limite em 2 de abril de 2021 A oferta será coordenada por JP Morgan, Bank of America, Bradesco BBI, Itaú BBA e XP Investimentos. O período de reserva irá de 25 de setembro a 30 de setembro, inclusive. Suzano ON Em dia de baixa de 1,81% do Ibovespa, aos 98.290 pontos, as ações ordinárias da Suzano subiram 2,10%, como maior alta do índice. O volume financeiro totalizou R$ 633,03 milhões, quase três vezes acima do registrado ontem, de R$ 220,09 milhões. Além de Suzano ON, apenas duas outras ações registraram ganhos e de menor proporção. RaiaDrogasil ON subiu 1,29% e Magazine Luiza avançou 0,07%. Entre os motivos para os ganhos de Suzano ON, está a valorização de 2,83% do dólar, a R$ 5,3782, segundo profissionais do mercado, já que 88% da receita líquida da empresa no segundo trimestre foi gerada no exterior. Veja Mais

The Boys 2x5: importante aliado de Butcher entra para a série (RECAP)

The Boys 2x5: importante aliado de Butcher entra para a série (RECAP)

Tecmundo Atenção, spoilers à frente!Billy Butcher acaba de ganhar um reforço para a sua equipe, ou pelo menos para ajudá-lo a enfrentar os momentos difíceis que vem passando após Becca decidir não fugir ao seu lado.Leia mais... Veja Mais

Fotos reais do Galaxy S20 FE 5G revelam visual inspirado no Galaxy Note 20; veja

canaltech O Galaxy S20 FE 5G (Fan Edition ou Lite) é esperado para ser apresentado no próximo dia 23, mas não deve sobrar muita novidade para a Samsung mostrar, uma vez que todas as suas especificações técnicas vazaram nesta quinta-feira (18). No entanto, além do material de divulgação, nesta sexta foram divulgadas supostas fotos reais do novo aparelho, confirmando visual inspirado no Galaxy Note 20 e tela plana. Filme gravado em 8K com os novos Galaxy Note 20 e S20 será lançado em outubro Galaxy Note 20 vs. Galaxy Note 10: o que muda de uma geração para outra? Comparativo: Galaxy Note 20 Ultra vs. Galaxy S20 Ultra vs. iPhone 11 Pro Max O responsável pelas imagens é o informante Jimmy Is Promo, que já havia divulgado fotos reais do Galaxy Note 20 antes mesmo do seu lançamento. Como podemos ver fotos abaixo, o Galaxy S20 FE 5G tem um design bastante parecido com o próprio Galaxy Note 20, com o módulo de câmera na região superior esquerda e a tela plana com um furo para a câmera frontal. Galaxy S20 FE 5G fotos reais (Reprodução/Jimmy Is Promo) Galaxy S20 FE 5G fotos reais (Reprodução/Jimmy Is Promo) Galaxy S20 FE 5G fotos reais (Reprodução/Jimmy Is Promo) -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O leaker também aproveitou para confirmar alguns detalhes que já sabíamos do smartphone, como tela AMOLED de 6,5 polegadas Full HD+, 120 Hz de taxa de atualização e certificação IP68 para proteção contra água e poeira. Além disso, as câmeras traseiras, três no total, serão capazes de tirar fotos com zoom óptico de três vezes, digital de 10 vezes e híbrido de 30 vezes. #GalaxyS20FEShe's Flat6.5" FHD+ 120hzNice priceIP683x optical + 10x digital = 30x rear32mp Selfie ShooterOne UI 2.5* Right between that S20 & S20+ * pic.twitter.com/DF3ABnmjUi — Jimmy Is Promo (@jimmyispromo) September 17, 2020 Infelizmente, preços não foram informados, embora o informante acredite que ele será vendido por um valor "legal". Atualmente, o Galaxy S20 tradicional pode ser encontrado no varejo norte-americano por cerca de US$ 499 (R$ 2,6 mil em conversão direta), mas foi oficializado por US$ 999 (R$ 5,3 mil). Ou seja, é provável que o Galaxy S20 FE 5G seja lançado entre US$ 600 (R$ 3,2 mil) e US$ 700 (R$ 3,7 mil), a mesma base cobrada pelo Galaxy S10 Lite durante o lançamento. Samsung Galaxy S20 FE 5G: ficha técnica Tela: 6,5 polegadas OLED, resolução Full HD+, taxa de atualização de 120 Hz; Chipset: Qualcomm Snapdragon 865; Memória RAM: 8 GB LPDDR5; Armazenamento interno: 128 GB; Câmera traseira: 12 + 12 + 8 megapixels (principal, grande-angular, telefoto com zoom de 3x); Câmera frontal: 32 megapixels; Bateria: 4.500 mAh, recarga com fio a 25 W, recarga sem fio a 10 W, carregamento reverso; Extras: resistência à água IP68; Cores disponíveis: azul, branco, laranja, rosa, verde, vermelho; Sistema operacional: Android 10 com personalização OneUI. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Bill Gates aposta em vacina específica contra COVID-19; saiba qual e o porquê iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Lançamentos da Netflix na semana (18/09/2020) Ratched | O que você precisa saber antes de maratonar a série Veja Mais

Motoristas da Uber terão crédito com juros baixos no Digio

Motoristas da Uber terão crédito com juros baixos no Digio

Tecmundo A Uber está lançando nesta semana um programa para que os motoristas parceiros da empresa possam ter acesso a empréstimos pessoais facilitado. A iniciativa faz parte do plano de apoio da Uber para enfrentamento da pandemia de covid-19.O crédito será oferecido pelo banco Digio por meio de uma parceria com a Uber para adotar uma análise de crédito simplificada e taxas de juros reduzidas.Leia mais... Veja Mais

Ibovespa fecha em queda com mau humor nos EUA e tensão na Europa

Valor Econômico - Finanças Índice fechou em baixa de 1,81%, aos 98.290 pontos, próximo da mínima do dia O Ibovespa encerra a semana praticamente no zero a zero, com leve queda de 0,07%. O desempenho reflete o que foi a semana, com investidores cautelosos com decisões de política monetária, sobre a recuperação das economias e, por aqui, por tensões na política. Neste pregão, o índice fechou em queda de 1,81%, aos 98.290 pontos, após ajustes, próximo da mínima do dia, de 98.045 pontos (-2,05%). O movimento visto na bolsa brasileira foi em linha com Nova York, onde os índices acionários reagiram negativamente com queda de papéis de tecnologia, com a volatilidade causada pelo vencimento de derivativos e preocupações com segunda onda de contágio da covid-19 na Europa. Na França, 13.215 novos casos foram registrados nas últimas 24 horas, enquanto no Reino Unido o primeiro-ministro, Boris Johnson, disse que uma segunda onda é inevitável. O Dow Jones recuou 0,88%, o S&P 500 teve baixa de 1,12% e o Nasdaq cedeu 1,07%. Gustavo Bertotti, economista da Messem Investimentos, explica que os pregões de sexta-feira também são carregados de cautela, com investidores receosos a tomar risco antes de dois dias de negócios fechados. “O Ibovespa está muito atrelado ao mercado americano e não há nenhum indicador doméstico que mude isso”, afirma. Bertotti lembra ainda decisão do Federal Reserve nesta semana, que manteve as taxas baixas, mas não trouxe novos estímulos para a economia. Além disso, tiveram as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre o Renda Brasil, que acenderam o sinal de alerta sobre um conflito com a equipe econômica. Alexandre Espirito Santo, economista da Órama Investimentos, afirma que o ajuste das ações de empresas de tecnologia “não é uma surpresa”, já que estavam caras e infladas pela injeção de liquidez do Fed e por cenário de taxas de juros baixas. Além disso, no caso da bolsa brasileira, há problemas internos, como crescimento da economia e riscos político e fiscal. “Começaram a se dar conta de que não adianta colocar juros baixos e vários IPOs [oferta inicial de ações], tem que mostrar que tem algo para vender e resolver a questão fiscal. A dívida está próxima de 100% do PIB e isso, na minha opinião, é inconsistente no médio prazo”, diz. Em relação à injeção de liquidez nos mercados, responsáveis pela forte retomada dos mercados a partir de abril, Espirito Santo enfatiza que este movimento já perdeu força e fica nítido ao observar os volumes do Ibovespa. “O volume deu uma secada e, se não tem volume, não sustenta alta.” Em 2020, a média diária de volume financeiro do Ibovespa é de R$ 20,6 bilhões. Em maio e junho, a média subiu para R$ 21,8 bilhões, com a máxima do ano atingida em 29 de maio, de R$ 33,78 bilhões. Em julho e agosto, a média recuou para R$ 21,4 bilhões, com a mínima do ano no dia 3 de julho, de R$ 10,3 bilhões. Em setembro, a média é de R$ 20,03 bilhões. Hoje, o giro financeiro ficou em R$ 22,12 bilhões. iStock Veja Mais

Atmosfera ácida e temperaturas altíssimas de Vênus podem ser o futuro da Terra, dizem astrônomos

Glogo - Ciência Acredita-se que Vênus já teve oceanos, mas se tornou o planeta mais quente do Sistema Solar por causa de um aquecimento global descontrolado. Aquecimento global na Terra pode transformar planeta em local inóspito como é Vênus. Pixabay "A Terra pode esquentar tanto por causa do aquecimento global que começará a se transformar em um planeta inóspito e ácido como Vênus." Parece profecia, mas a frase é um alerta do astrofísico especialista em atmosfera venusiana, Pedro Machado, professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, em Portugal. "Parece um cenário dantesco, mas infelizmente um aquecimento global descontrolado na Terra pode fazer com toda a água que temos hoje evapore", explica Machado. Ele é colaborador do grupo de cientistas que anunciou nesta semana a descoberta de fosfina nas nuvens de Vênus, apontando para a possibilidade de existência de vida microbiana no planeta. O astrônomo Lewis Dartnell, professor da Universidade de Westminster, no Reino Unido, e autor do livro 'Origens: Como a Terra Nos Criou', também acredita nesta possibilidade de a Terra se transformar em um lugar como Vênus. "[Com o aumento das temperaturas] Os mares começarão a evaporar muito mais rápido. Todo esse vapor na atmosfera vai agir como um gás de efeito estufa e aprisionar mais do calor do sol na Terra; os oceanos irão ferver até secar e as próprias rochas começarão a se quebrar para liberar enormes quantidades de dióxido de carbono", diz Dartnell. A "boa notícia", brinca Machado, é que a catástrofe ambiental e climática terrestre por causa do aquecimento global pode não ser tão devastadora quanto foi no planeta vizinho. Gás, água e gelo: entenda o que a ciência já achou e onde concentra as buscas por vida fora da Terra Anúncio de sinal de vida em Vênus é 'imprudente' e 'precipitado', diz astrofísica brasileira associada à Nasa "A água dos oceanos funciona como uma esponja que retira o dióxido de carbono da atmosfera. Estimamos que, na sua origem, Vênus também tinha água líquida, mas em uma quantidade bem menor que a Terra. Além disso, Vênus está 30% mais perto do sol do que a gente, recebendo o dobro da radiação solar por segundo", explica o astrofísico português. Dartnell lembra, contudo, que o sol está ficando cada vez mais quente e, por isso, a vantagem de estar mais longe dele não será tão relevante no futuro como é atualmente. "O sol está ficando cada vez mais quente e brilhante à medida que envelhece como uma estrela. Portanto, em algum ponto no futuro, a Terra ficará muito quente e começará a se transformar em um planeta como Vênus", diz Dartnell. Aquecimento global terrestre e venusiano Imagem do planeta Vênus é uma combinação de dados da espaçonave Magellan da Nasa e da Pioneer Venus Orbiter NASA / JPL-Caltech No caso da Terra, há ainda que se considerar na conta do aquecimento global a ação do homem, que tem acelerado o fenômeno, principalmente, com a queima de combustíveis fósseis. De acordo com um relatório publicado em 2018 pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), agência ligada à ONU, o aquecimento global causado pela ação humana já pode ser observado em diversos fatores que incluem mudanças de temperaturas tanto nas superfícies terrestres quanto nos oceanos. Também há evidências de que o aquecimento global tenha alterado a frequência e a duração das ondas de calor marinhas e o volume de chuvas, em escala global, além da acentuação das secas na região mediterrânea. "O controle das emissões de dióxido de carbônico é algo sério, que deveria ser seguido à risca, mas estamos vendo justamente o contrário em algumas partes", alerta Machado. Sem ação, temperaturas podem subir de 3 a 5 graus Celsius neste século, diz representante da ONU Emissão de gases precisa cair mais de 7% ao ano para evitar aumento de 3,2°C na temperatura, diz ONU "Quando queimamos e desmatamos as florestas, estamos liberando para a atmosfera o dióxido de carbono que a natureza aprisionou por anos seguidos. Estamos libertando o dragão", diz Machado, citando como exemplo os incêndios e as queimadas que ocorrem na Amazônia e no Pantanal. "A árvore ainda é a tecnologia mais eficiente para retirar o dióxido de carbono da atmosfera e desacelerar o aquecimento global", afirma o astrofísico. A astrofísica Stephane Vaz Werner, pesquisadora da Universidade de Nottingham, no Reino Unido, explica que é justamente a enorme concentração de dióxido de carbono que faz de Vênus o planeta mais quente do Sistema Solar, com cerca de 460ºC. "A atmosfera de Vênus é tão espessa que os raios solares ficam 'presos' no planeta. Esse processo mantém sua temperatura muito alta", explica Werner. A astrofísica afirma que o efeito estufa que acontece no planeta vizinho é muito mais intenso do que o que ocorre na Terra por causa da água líquida. "Mas a essência do efeito estufa em Vênus e na Terra é o mesmo", diz Werner. "Vênus é o melhor exemplo de como o aquecimento global pode acabar com as condições favoráveis à vida. Ele já foi considerado um irmão gêmeo da Terra, mas evoluiu de modo diferente e se transformou em um incinerador capaz de derreter até metal e chumbo", aponta Machado. Refugiados do clima Em 2016, a Nasa, agência espacial americana, publicou um estudo afirmando que, por 2 milhões de anos, Vênus possivelmente teve uma temperatura habitável, um clima temperado e água líquida em sua superfície. Devido ao aquecimento global, os oceanos secaram e a atmosfera se tornou uma espécie de estufa muito espessa, aprisionando o calor no planeta. Apesar de a atmosfera de Vênus ser um incinerador com centenas de graus celsius, como descreveu Machado, a superfície do planeta tem temperaturas muito mais amenas. "A medida que subimos na superfície de Vênus, temperatura e pressão diminuem. No ponto onde foi localizada a fosfina, por exemplo, a temperatura fica em torno de 20ºC", explica Machado. Vida nas nuvens de Vênus teria que ser 'muito simples', diz pesquisadora após descoberta do gás fosfina Por isso, para Dartnell, se realmente for comprovada a existência de vida microbiana nas nuvens de Vênus, estaremos diante do que o astrônomo chama de "refugiados do clima". "Se os mares venusianos tinham vida, à medida que o planeta ficou cada vez mais quente durante esse processo de efeito estufa descontrolado, as formas de vida microbiana precisaram migrar cada vez mais para cima na atmosfera para permanecer na zona habitável. Nesse sentido, se há vida nas nuvens ácidas de Vênus hoje, elas seriam refugiadas do clima de uma superfície escaldante", diz Dartnell. VÍDEOS: descoberta de fosfina em Vênus Veja Mais

Os fatores que levaram Trump a anunciar bloqueio de TikTok e WeChat nos EUA

G1 Economia A proibição de baixar os aplicativos nos EUA começa domingo – a não ser que o presidente Donald Trump aceite um acordo de última hora. O presidente Donald Trump proibiu os aplicativos no país. Alamy/EPA/Alamy via BBC Os aplicativos TikTok, de compartilhamento de vídeos, e WeChat, de mensagens, serão banidos de lojas de aplicativos dos EUA a partir de domingo, a menos que o presidente Donald Trump aceite algum acordo de última hora. O Departamento de Comércio americano anunciou que emitirá uma ordem para que eles sejam retirados de plataformas do Google Play e da AppStore da Apple, por exemplo, impedindo que sejam baixado no país. O governo Trump diz que as empresas ameaçam a segurança nacional e podem passar os dados dos usuários para a China — algo que o país e as companhias negam. EUA proibirão downloads de TikTok e uso do WeChat a partir de domingo O WeChat será efetivamente encerrado nos Estados Unidos no domingo, enquanto o TikTok poderá ser usado até 12 de novembro, quando também poderá ser totalmente banido. Em um comunicado, a plataforma de vídeos disse estar "decepcionada" com a medida, da qual discorda, sob o argumento de que já havia se comprometido com "níveis sem precedentes de transparência adicional" à luz das preocupações do governo Trump. "Continuaremos a desafiar essa ordem executiva injusta, que foi promulgada sem o devido processo legal e ameaça privar o povo americano e as pequenas empresas de uma plataforma que lhes dê voz", afirma a plataforma. A proibição do Departamento de Comércio segue ordens executivas do presidente Trump assinadas em agosto. Isso deu às empresas americanas 45 dias para parar de trabalhar com qualquer uma das duas empresas chinesas. Ainda existe, no entanto, a possibilidade do TikTok não ser banido se a empresa dona do aplicativo, ByteDance, conseguir fechar um acordo com a empresa americana Oracle. O acordo também precisaria ser aprovado por Trump. Governo Trump continuará analisando acordo de TikTok e Oracle nos EUA Não está claro se o presidente americano aprovará a parceria, mas espera-se que ele a analise antes do prazo final de domingo. EUA proibirão downloads de TikTok e uso do WeChat a partir de domingo O que diz a proibição? "Sob a orientação do presidente, tomamos medidas significativas para combater a coleta maliciosa de dados pessoais de cidadãos americanos pela China", disse o secretário do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, em um comunicado. O departamento afirmou que o WeChat e o TikTok não apresentam o mesmo tipo de ameaças, mas que cada um coletou uma "ampla gama de dados dos usuários, incluindo sua atividade de rede, dados de localização e históricos de navegação e pesquisa". Além de troca de mensagens, o WeChat permite uma série de outras funções, como pagamentos e compras. A proibição significa que, a partir de domingo, as pessoas não poderão mais usar o WeChat para transferir dinheiro ou processar pagamentos para pessoas nos EUA os dos EUA para fora. Já os usuários do TikTok ainda poderão usar seu aplicativo normalmente, mas vão ficar impedidos de baixar novas atualizações. "O presidente deu o prazo de 12 de novembro para que as questões de segurança nacional apresentadas pelo TikTok fossem resolvidas", disse o Departamento de Comércio. Após este ponto, algumas operações técnicas serão proibidas no aplicativo e a funcionalidade para os usuários será afetada. Wilbur Ross disse que "o TikTok básico permanecerá intacto até 12 de novembro", mas acrescentou que o WeChat "para todos os efeitos práticos será encerrado nos EUA a partir da meia-noite de segunda-feira". Por que os EUA querem que os aplicativos sejam banidos? O governo Trump disse repetidamente que os aplicativos são uma ameaça porque coletam dados. A declaração de sexta-feira do Departamento de Comércio afirma que o Partido Comunista Chinês "demonstrou os meios e motivos para usar esses aplicativos para ameaçar a segurança nacional, a política externa e a economia dos EUA". A ByteDance negou que mantenha quaisquer dados de usuários na China, dizendo que estão armazenados nos Estados Unidos e em Cingapura. A Tencent, dona do WeChat, disse que as mensagens em seu aplicativo são privadas. Embora o TikTok tenha milhões de usuários nos Estados Unidos, não está claro quantos dos bilhões de usuários do WeChat estão localizados fora da China, embora seja provável que seja um número significativo. Mas os EUA não são o único país preocupado com as empresas. A Índia já baniu o TikTok e o WeChat, bem como dezenas de outros aplicativos chineses. O governo em Nova Déli disse que os aplicativos eram "prejudiciais à soberania, integridade e à defesa da Índia, à segurança do Estado e à ordem pública". O órgão de vigilância da privacidade do Reino Unido também está investigando os aplicativos. O que são esses aplicativos? TikTok: o aplicativo chinês que conquistou milhões de usuários O TikTok é um aplicativo de compartilhamento de vídeos. Os usuários podem postar até um minuto de vídeo e ter acesso a um vasto banco de dados de músicas e filtros. O TikTok coleta uma grande quantidade de dados do usuário — incluindo os vídeos que as pessoas assistem e comentam, dados de localização, modelo do telefone e até mesmo como as pessoas digitam. Mas grande parte dessa coleta de dados é semelhante a de outras redes sociais, como o Facebook. Em setembro, a empresa que controla o TikTok informou que o aplicativo tem mais de 100 milhões de usuários. Já o WeChat foi criado em 2011. É um aplicativo multifuncional que permite aos usuários enviar mensagens, fazer pagamentos móveis e usar os serviços locais. Ele foi descrito como um "aplicativo para tudo" na China e tem mais de um bilhão de usuários mensais. Como todas as plataformas de mídia social chinesas, o app censura o conteúdo que o governo considera ilegal. Em março, um relatório disse que a plataforma estava censurando palavras-chave sobre o surto de coronavírus desde 1º de janeiro. O WeChat afirma, por sua vez, que a criptografia significa que outras pessoas não podem "espionar" suas mensagens e que conteúdos como texto, áudio e imagens não são armazenados em seus servidores — e são excluídos assim que todos os destinatários os leem. Veja os últimos vídeos sobre tecnologia no G1 Veja Mais

Kanye West posta mensagem perturbadora sobre ser assassinado e choca fãs

O Tempo - Diversão - Magazine Rapper não tem tomado seus remédios isso causa preocupações para a esposa, Kim Kardashian, e sua família; há poucos dias, West colocou um troféu do Grammy na privada e urinou em cima Veja Mais

Life is Strange 2 Episode 1 está de graça para PS4, Xbox One e PC

Life is Strange 2 Episode 1 está de graça para PS4, Xbox One e PC

Tecmundo Life is Strange 2 já está disponível para o público há algum tempo, mas caso ainda não tenha conferido essa aventura, eis a sua chance: o episódio 1 está disponível gratuitamente para PC, Xbox One e PlayStation 4.Caso queira garantir a sua cópia na faixa, basta acessar a loja digital da plataforma de sua preferência e adicioná-lo à sua biblioteca. Até o momento, o único lugar no qual não é possível obter o game sem pagar nada é nas lojas para Android e iOS.Leia mais... Veja Mais

Happn testa função de enviar mensagem para alguém antes de dar um crush

canaltech O Happn, um dos apps de relacionamentos mais populares do Brasil, anunciou nesta semana uma nova funcionalidade chamada FlashNote. Com ela, os usuários poderão enviar uma mensagem àquela pessoa que parece interessante antes mesmo de ter um "Crush" — que é quando ambas se curtem. Happn: saiba como funciona o app de paquera Como a era digital impactou os relacionamentos amorosos Happn dá cinco dicas do que não fazer na hora de paquerar Em comunicado, o aplicativo informou que o FlashNote pode ser usado de três maneiras diferentes: comentar uma foto, a descrição do perfil ou para falar sobre o local onde os caminhos se cruzaram. Além disso, se você estiver sem ideia sobre como começar a conversa, algumas mensagens prontas estarão à sua disposição. FlashNote permite enviar mensagem para uma pessoa do seu interesse antes de dar "Crush" (Foto: Divulgação/ Diretora de Produto do Happn, Julie Prier explica que a ideia do FlashNote é de disponibilizar uma nova possibilidade de entrar em contato com as pessoas no aplicativo. "Em geral, a primeira mensagem é determinante. Ela vai garantir o sucesso — ou não — da tentativa de contato", disse. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- A nova funcionalidade ainda está na fase de testes, mas o aplicativo afirmou que ela será lançada oficialmente em todo mundo em algumas semanas. Baixe o Happn no seu celular Download: Android | iOS Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Bill Gates aposta em vacina específica contra COVID-19; saiba qual e o porquê Lançamentos da Netflix na semana (18/09/2020) Ratched | O que você precisa saber antes de maratonar a série Veja Mais

Ruth Ginsburg era uma voz a favor dos direitos civis na Suprema Corte dos EUA

Valor Econômico - Finanças Juíza passou seus últimos anos na bancada lutando contra uma maioria conservadora empoderada A juíza Ruth Bader Ginsburg foi uma figura pioneira na luta pela igualdade das mulheres e a segunda mulher a servir na Suprema Corte. Ela morreu nesta sexta-feira aos 87 anos. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Secretaria da Mulher debate "Violência política contra as mulheres nas eleições" - 18/09/20**

Secretaria da Mulher debate

Câmana dos Deputados Participe! Envie sua pergunta pelo e-Democracia: https://edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/1593 A Secretaria da Mulher, em parceria com a Onu Mulheres, realiza um debate virtual para discutir a “Violência Política contra as Mulheres nas Eleições”. Este é o terceiro e último da série “Propostas para Incluir Mulheres na Resposta à Crise da Covid-19”. O primeiro painel, em 31/07, abordou as "Políticas Macroeconômicas para a Proteção dos Empregos e da Renda das Mulheres" e o segundo, realizado em 21/08, debateu os "Impactos da Pandemia Sobre as Eleições Municipais de 2020 e as Candidaturas de Mulheres" . Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #SecretariaDaMulher #Eleicoes2020 Veja Mais

Juíza da Suprema Corte dos EUA Ruth Ginsburg morre aos 87 anos

Valor Econômico - Finanças O presidente Donald Trump tem agora a oportunidade de indicar mais um juiz que poderá definir uma inclinação conservadora a mais alta corte americana por décadas Ruth Bader Ginsburg, juíza da Suprema Corte dos EUA, morreu nesta sexta-feira, aos 87 anos, em decorrência de complicações de um câncer no pâncreas, informou a corte em comunicado à imprensa. O presidente Donald Trump tem agora a oportunidade de indicar mais um juiz que poderá definir uma inclinação conservadora a mais alta corte americana por décadas. Trump soube da morte da juíza Ruth Bader Ginsburg somente depois de concluir um comício de campanha de quase duas horas em Minnesota, onde disse aos apoiadores que deveriam reelegê-lo em parte por causa da Suprema Corte. "Ela acabou de morrer?", perguntou Trump aos repórteres depois que um assessor apareceu para lhe contar a notícia. “Ela levou uma vida incrível. Ela era uma mulher incrível.” Antes de deixar Minnesota, ele não respondeu a uma pergunta sobre preencher a vaga. A morte de Ginsburg foi anunciada pela Suprema Corte pouco antes das 19h30 em Washington, depois que Trump começou a falar no comício. O presidente fez comentários por quase 90 minutos, sem saber de seu falecimento, até mesmo dizendo, em um ponto, "o próximo presidente terá uma, duas, três ou quatro" nomeações para a Suprema Corte. quando ainda estava no palco. Juíza Ruth Bader Ginsburg AP Photo/J. Scott Applewhite, File Veja Mais

Keanu Reeves confirma que Matrix 4 seguirá cronologia da franquia

Keanu Reeves confirma que Matrix 4 seguirá cronologia da franquia

Tecmundo O ator Keanu Reeves confirmou em uma entrevista para a BBC que a história de Matrix 4 se passará após a trama vista na trilogia original, afastando assim a possibilidade especulada por alguns fãs de o novo filme ser um prelúdio do filme lançado em 1999.Reeves participou de um bate-papo no programa The One Show da BBC ao lado do seu colega Alex Winter. Os dois atores foram convidados para a divulgação do novo filme Bill & Ted: Encare a Música.Leia mais... Veja Mais

'Não acho que é decisão da mulher', diz secretária de Damares sobre o aborto

O Tempo - Política Angela Vidal Gandra da Silva Martins, secretária nacional da Família no ministério comandado por Damares Alves, concedeu entrevista exclusiva a O TEMPO Veja Mais

Safra supera Lemann na lista dos mais ricos da Forbes; veja ranking

Valor Econômico - Finanças Entre as mulheres, a empresária Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza, assumiu o posto de brasileira mais rica A revista Forbes Brasil publicou a sua mais recente edição, deste ano, da lista dos bilionários brasileiros com uma surpresa. Jorge Paulo Lemann, que liderava o ranking desde 2013, perdeu o posto para Joseph Safra. O terceiro brasileiro mais rico é Eduardo Saverin, que ajudou Mark Zuckerberg a fundar o Facebook. Ele aparece nesta posição pela primeira vez, graças à valorização das ações da rede social, que fizeram sua fortuna aumentar 61% em relação a 2019. Entre as mulheres, a empresária Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza, assumiu o posto de brasileira mais rica, que era de Miriam Voigt, da Weg. O patrimônio da fundadora do Magalu cresceu 181% no último ano, fazendo Luiza Helena subir 16 posições no ranking, alcançando o oitavo lugar no ranking geral. Ao todo, a Forbes Brasil listou 238 bilionários brasileiros, que somam fortuna de R 1,6 trilhão. Conheça a lista dos 10 brasileiros mais ricos, de acordo com a revista: Joseph Safra: R$ 119,08 bilhões Jorge Paulo Lemann: R$ 91 bilhões Eduardo Saverin: R$ 68,12 bilhões Marcel Herrmann Telles: R$ 54,08 bilhões Carlos Alberto Sicupira: R$ 42,64 bilhões Alexandre Behring: R$ 34,32 bilhões André Esteves: R$ 24,96 bilhões Luiza Trajano: R$ 24 bilhões Ilson Mateus: R$ 20 bilhões Luciano Hang: R$ 18,72 bilhões Veja Mais

Deloitte terá de pagar multa recorde na Europa por 'grave delito' na auditoria da Autonomy

Valor Econômico - Finanças Punição é de 15 milhões de libras esterlinas (US$ 19,42 milhões) mais custas legais de 5,6 milhões de libras esterlinas (US$ 7,25 milhões) A Deloitte recebeu ordem de pagar uma multa recorde de 15 milhões de libras esterlinas (US$ 19,42 milhões), mais custas legais de 5,6 milhões de libras esterlinas (US$ 7,25 milhões), por ter cometido grave delito ao auditar a Autonomy, um ex-grupo de tecnologia do índice FTSE 100 que esteve no centro de um dos maiores escândalos contábeis do Reino Unido. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Índices de NY fecham em queda e têm terceira semana no vermelho

Valor Econômico - Finanças Investidores estão receosos sobre o suporte fiscal e monetário à economia americana Os índices acionários de Nova York fecharam em queda, anulando os ganhos acumulados da semana e anotando a terceira queda semanal consecutiva, com os investidores receosos sobre o suporte fiscal e monetário à economia americana. Após ajustes, o Nasdaq fechou a sessão em queda de 1,07%, a 10.793,28 pontos, acumulando perdas de 0,56% na semana, enquanto o S&P 500 recuou 1,12% hoje, a 3.319,47 pontos, fechando a semana com perdas de 0,64%. O Dow Jones acentuou as perdas no fim da sessão e terminou de apagar os ganhos semanais, encerrando o período em leve queda de 0,03%. No dia, o índice de blue chips recuou 0,88%, a 27.657,42 pontos. As perdas em Wall Street hoje foram amplas, com todos os onze setores do S&P 500 fechando em terreno negativo. O setor de tecnologia, que liderou as perdas nas últimas duas semanas, ficou em segundo plano nos últimos dias. As ações do setor recuaram 1,66% na sessão e 1,04% na semana e, em contraste com que vinha acontecendo durante o sell-off até a semana passada, não lideraram as perdas. As ações do setor de consumo discricionário tiveram as maiores perdas da semana, recuando 2,33% no período, e cederam 1,44% hoje. Na sessão, o setor imobiliário liderou as perdas, com queda de 1,96%. O relativo pessimismo hoje reflete a preocupação dos investidores com a capacidade das autoridades americanas de fornecer suporte à economia, tanto pelo lado da política monetária (por meio do Federal Reserve, o BC americano), quanto pelo lado fiscal. Do lado do Fed, a autoridade monetária americana sinalizou com bastante clareza que não pretende elevar os juros dos níveis atuais próximos de zero até pelo menos o fim de 2023. A sinalização levantou receios de que o Fed efetivamente perdeu o uso de uma de suas ferramentas de política monetária mais poderosas, diminuindo a sua capacidade de dar suporte à economia. Do lado fiscal, relatos indicam que legisladores democratas e republicanos permanecem em um desacordo sobre um novo pacote de estímulos, apesar do pedido do presidente dos EUA, Donald Trump para que um acordo seja fechado em breve. O impasse alimenta temores de que, sem um auxílio-desemprego federal desde o fim de julho, o consumo nos EUA comece a sofrer, ameaçando a recuperação econômica americana. Estes temores foram alimentados pelo dado americano de vendas no varejo divulgado na quarta-feira, que apontou uma desaceleração das vendas em agosto. Analistas apontam a expiração de parte dos benefícios federais a desempregados como um dos motivos para a perda de ritmo na atividade no comércio varejista. Hoje, o índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan subiu a 78,9 pontos em setembro, de 74,1 em agosto. Embora a leitura tenha superado a expectativa dos analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de alta a 75,4 pontos, o número segue persistentemente baixo, com números abaixo dos 100 pontos indicando que mais pessoas estão pessimistas do que otimistas com as perspectivas econômicas. Kearney Ferguson/NYSE Veja Mais

Petrobras tem voto contrário de relator em ação no STF contra venda de refinarias, diz agência

Valor Econômico - Finanças Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Moro é convocado a depor em inquérito que investiga atos antidemocráticos

Valor Econômico - Finanças Depoimento foi solicitado pela PF, assim como nos casos do Eduardo e Carlos Bolsonaro O ex-ministro Sergio Moro foi intimado a depor, como testemunha, no âmbito do inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e investiga a realização e o patrocínio de atos antidemocráticos. O depoimento deverá ocorrer em 2 de outubro, às 13h, na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba. Manifestação a favor do presidente Jair Bolsonaro, em Brasília Jorge William/Agência O Globo Segundo a defesa do ex-juiz da Lava-Jato, ele foi convocado porque, na época dos fatos, era o titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública. O depoimento foi solicitado pela PF, assim como aconteceu nos casos do Eduardo e Carlos Bolsonaro, filhos do presidente Jair Bolsonaro. Vídeo: A encrenca do depoimento de Bolsonaro A encrenca do depoimento de Bolsonaro Veja Mais

Séries da DC Universe vão fazer parte do catálogo da HBO Max

Séries da DC Universe vão fazer parte do catálogo da HBO Max

Tecmundo Com a mudança do serviço de streaming da DC Universe, as séries originais da plataforma vão fazer parte da HBO Max. A confirmação foi anunciada nesta sexta-feira (18), com a criação do DC Universe Infinite, que vai disponibilizar diversas histórias em quadrinhos de forma digital a partir de 21 de janeiro de 2021. (Reprodução)Leia mais... Veja Mais

Mod coloca Cloud de Final Fantasy VII em Mortal Shell

Mod coloca Cloud de Final Fantasy VII em Mortal Shell

Tecmundo Não é apenas no ótimo Final Fantasy 7 Remake que podemos curtir o herói Cloud em grandes aventuras na atual geração! Graças ao poder dos mods, o protagonista mais "tsundere" da Square Enix também pode ser controlado no soulslike Mortal Shell!Feita por Beyonders no Nexus Mods, essa nova versão do jogo permite levar Cloud Strife do começo ao fim da campanha principal através de uma adaptação da Medieval Marine Shell presente no jogo original, com direito a Buster Sword e tudo! Confira pelo vídeo a seguir como ficou o mod do Cloud:Leia mais... Veja Mais

Commodities: Café despenca em NY com previsão de chuvas no Brasil

Valor Econômico - Finanças Algodão também caiu, enquanto cacau, açúcar e suco de laranja subiram As cotações do café despencaram em Nova York nesta sexta-feira, pressionadas pelas previsões de chuvas em Minas Gerais e também pela valorização do dólar ante o real. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Distância até um magnetar na Via Láctea é medida pela primeira vez

canaltech Em um novo estudo, uma equipe de astrônomos utilizou o observatório Very Long Baseline Array (VLBA) e conseguiu realizar as primeiras medidas geométricas da distância do magnetar XTE J1810-197, localizado na Via Láctea. Estes dados serão utilizados para determinar se, afinal, os magnetares realmente são as fontes das rajadas rápidas de rádio (FRBs). O maior radiotelescópio do mundo, FAST está prestes a ser inaugurado na China Detectadas misteriosas rajadas rápidas de rádio que se repetem a cada 16 dias Novo sinal repetitivo de rádio é detectado vindo do espaço e intriga cientistas Os magnetares são um tipo de estrela de nêutron e têm campo magnético fortíssimo, que pode ser um trilhão de vezes mais forte do que o campo magnético da Terra. Além disso, eles também podem emitir raios X e gama, e é possível que sejam os responsáveis pelas FRBs. A equipe analisou o magnetar em períodos regulares durante 2019 e 2020. Assim, eles conseguiram observá-lo em lados opostos na órbita da Terra durante seu trajeto em torno do Sol e notaram que havia uma pequena mudança no efeito paralaxe, ou seja, a posição que o objeto aparenta ter em relação a outros no fundo, que estão mais distantes. Por meio da paralaxe, é possível calcular a distância direta do objeto. Conceito artístico da observação do objeto de lados opostos da órbita da Terra (Imagem: Reprodução/Sophia Dagnello, NRAO/AUI/NSF/National Radio Astronomy Observatory) Hao Ding, estudante da Universidade de Tecnologia, da Austrália, explica que esta é a primeira medida do paralaxe de um magnetar, e mostra que ele está entre os magnetares mais próximos conhecidos — a 1.800 anos-luz. “É um alvo importante para estudos futuros", diz. Acontece que o magnetar XTE J1810-197 foi o primeiro dos seis conhecidos que já sabemos que está emitindo pulsos de ondas de rádio. Ele ficou ativo de 2003 a 2008, e simplesmente encerrou suas atividades durante dez anos. Então, em dezembro de 2019, o magnetar voltou a emitir ondas de rádio. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Já as rajadas rápidas de rádio foram descobertas em 2007, e são emissões de energia altíssima que não duram mais que poucos milissegundos. Entretanto, a origem delas ainda é um mistério. “Ter uma distância precisa deste magnetar significa que podemos calcular a força dos pulsos de rádio vindos dele. Se ele emitir alguma coisa como uma FRB, vamos descobrir a força do pulso”, disse Adam Deller, membro da Universidade. Ele explica que as FRBs têm força variada, e agora querem saber se o pulso emitido pelos magnetares se aproxima ou passa da força das rajadas de rádio conhecidas. Para responder essa questão, será preciso conseguir mais distância aos magnetares para que seja possível expandir a amostra e conseguir mais dados — e o VLBA será essencial para essa tarefa. Por fim, os pesquisadores também querem descobrir qual é o mecanismo que produz as explosões rápidas de rádio.  Os resultados do estudo foram publicados na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema Bill Gates aposta em vacina específica contra COVID-19; saiba qual e o porquê iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Lançamentos da Netflix na semana (18/09/2020) Ratched | O que você precisa saber antes de maratonar a série Veja Mais

Commodities: Demanda chinesa continua a impulsionar preços da soja em Chicago

Valor Econômico - Finanças Cotações do milho e do trigo também voltaram a subir As cotações da soja voltaram a subir na bolsa de Chicago nesta sexta-feira, mais uma vez impulsionadas pelo aumento da demanda chinesa pelo grão americano. Com a nova alta, os contratos de segunda posição de entrega alcançaram o maior patamar de desde 3 de maio de 2018, segundo cálculos do Valor Data. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Novo programa de trainee da Magalu aceitará apenas candidatos negros

canaltech A rede varejista Magazine Luiza abriu nesta sexta-feira (18) inscrições para seu programa de trainee 2021. Só que a edição deste ano tem um formato inédito: ela aceitará apenas candidatos negros. O objetivo do Magalu com ação é trazer mais diversidade racial para os cargos de liderança da companhia, recrutando universitários e recém-formados de todo Brasil, no início da vida profissional. Magalu oferece mais de 100 vagas para setor de tecnologia em home office Magalu compra AiQFome, startup especializada em entrega de refeições Magalu compra startup de tecnologia para ponto de vendas No anúncio de abertura da nova edição do programa de trainee, a Magalu afirmou que duas das causas mais importantes para a rede são a igualdade de oportunidades e a inclusão. Por enxergar a equidade racial e de gênero como uma ponte para ambientes empresariais mais bem-sucedidos e para um país mais igualitário, a companhia desenvolveu o primeiro programa de trainee exclusivo para negros do Brasil. De acordo com a empresa, serão aceitos candidatos formados entre dezembro de 2017 e dezembro de 2020, em qualquer curso superior. O conhecimento em língua inglesa e experiência profissional anterior não fazem parte dos pré-requisitos para a seleção. Candidatos de todo o Brasil podem participar, desde que tenham disponibilidade para se mudar para São Paulo. Caso o selecionado seja de fora da cidade, ele receberá um auxílio mudança. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Como será o processo seletivo O processo seletivo será dividido em seis etapas. Ele começará com testes online e, em seguida, os candidatos passarão pela etapa que consiste na gravação de um vídeo de apresentação profissional e por entrevistas com o departamento de recursos humanos. Aqueles que seguirem no processo, serão entrevistados por diretores de área e, depois, pela Diretoria Executiva. Os finalistas participarão de uma conversa com Frederico Trajano, CEO da empresa. Fred Trajano: finalistas do proceso de trainee participarão de uma conversa com o CEO da Magalu (Foto: divulgação) Salário + benefícios A Magalu também divulgou qual será o salário, além dos benefícios. A remuneração mensal será de R$ 6.600,00, além de um bônus de contratação no valor de um salário. Entre os benefícios, os selecionados terão: PLR Vale-refeição (VR) ou Vale-alimentação (VA) Vale-Transporte (VT) Plano médico e odontológico Gympass Univers Desconto em produtos Home Office híbrido Frutas no Escritório Liberdade pra se vestir como quiser Previdência Privada Bolsa inglês, além de uma grade de desenvolvimento exclusiva para aceleração de carreira do trainee com Job Rotation e de sessões Mentoria Diversidade e inclusão Atualmente, o Magalu tem em seu quadro de funcionários 53% de pretos e pardos. Mas apenas 16% deles ocupam cargos de liderança. O alerta despertado por essa baixa participação fez com que a empresa decidisse atuar, oferecendo oportunidades para quem ainda está começando a carreira. "O Magazine Luiza acredita que uma empresa diversa é uma empresa melhor e mais competitiva", diz Patrícia Pugas, diretora executiva de Gestão de Pessoas. "Queremos desenvolver talentos negros, atuar contra o racismo estrutural e ajudar a combater desigualdade brasileira." Atual escritório da Magalu: empresa quer aumentar número de lideranças negras e pardas em seus quadros (Foto: divulgação) O programa de trainees 2021 foi desenvolvido em parceria com as consultorias "Indique Uma Preta" e "Goldenberg, Instituto Identidades do Brasil (ID_BR)", além da faculdade "Zumbi dos Palmares" e o "Comitê de Igualdade Racial do Mulheres do Brasil" - todas as entidades citadas são dedicadas ao combate ao racismo e à inclusão. Esses parceiros ajudaram a equipe do Magalu a fazer ajustes finos no processo, para que ele não tivesse barreiras para a seleção e desenvolvimento profissional. As inscrições podem ser realizadas pelo site de Carreiras da Magalu. Como dito no começo dessa notícia, elas já estão abertas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Apple libera o iOS 14: essas são as novidades do novo sistema iPhone 12 tem preço vazado e deve encarecer mesmo sem carregador na caixa Bill Gates aposta em vacina específica contra COVID-19; saiba qual e o porquê Lançamentos da Netflix na semana (18/09/2020) Ratched | O que você precisa saber antes de maratonar a série Veja Mais

Esforços voluntários não conseguem frear problema do plástico

Valor Econômico - Finanças A quantidade de lixo plástico que entra no abastecimento global de água a cada ano deve dobrar para 53 milhões de toneladas até 2030 Empresas que geram grande parte das 23 milhões de toneladas de plástico que chegam aos oceanos e rios a cada ano não têm conseguido estancar o fluxo de lixo e, em alguns casos, têm maquiado seus esforços, segundo apontam dois novos estudos. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Eleições em BH: Áurea Carolina apostará em debates virtuais e ações presenciais

O Tempo - Política Essas são algumas das estratégias pensadas pela candidata para o início da campanha eleitoral, que oficialmente começa no dia 27 de setembro Veja Mais