Meu Feed

No mais...

Top dos Leitores: as 10 melhores séries de terror

Top dos Leitores: as 10 melhores séries de terror

Tecmundo Lembra do quadro Top dos Leitores, que teve início na semana passada com as 10 séries de super-heróis favoritas de vocês? Pois é, ele voltou!Agora, chegou a vez de deixarmos as coisas um pouco mais assustadoras. No final de semana passado, perguntamos no nosso Instagram (@tec_mundo) quais são as séries de terror que vocês mais gostam em comemoração ao Halloween!Leia mais... Veja Mais

Juiz ordena que a Pensilvânia separe votos recebidos após dia da eleição

Valor Econômico - Finanças Esta ordem está de acordo com a orientação que a secretária de Estado da Pensilvânia já havia emitido O juiz da Suprema Corte dos EUA Samuel Alito ordenou que todos as autoridades dos condados da Pensilvânia separassem as cédulas recebidas após o dia da eleição e disse que, se as cédulas forem contadas, que o sejam separadamente. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Brasileiro de 14 anos é premiado com R$ 134 mil após achar brecha no Instagram

canaltech O mineiro Andrés Alonso Bie Perez, de apenas 14 anos de idade, recebeu a respeitável quantia de US$ 25 mil (cerca de R$ 134 mil na conversão direta) como recompensa após identificar e reportar uma falha de segurança no Instagram. O jovem, que detectou a vulnerabilidade de forma acidental, foi notificado do prêmio no mês de setembro — porém, o fato só passou a repercutir nos últimos dias, após virar assunto na imprensa local. Plataforma brasileira de bug bounty pode pagar até R$ 8 mil a especialistas Como pagar recompensas por identificação de falhas acelera a proteção de empresa Facebook aumenta recompensa para quem encontrar bugs em seus aplicativos Estudante de programação há dois anos, o pesquisador mirim estava trabalhando em um projeto pessoal de aplicativo que se integrava à rede social de fotos para replicar alguns de seus filtros. Após estudar como a plataforma funciona, Andrés acabou detectando um problema de injeção de código: era possível manipular parâmetros para inserir scripts maliciosos e até sequestrar contas alheias. Ele resolveu alertar a equipe do Facebook — responsável pelo app de fotos — e, ao G1, contou que esperava receber no máximo US$ 1 mil pelo seu achado. “Estava de boa e recebi a notificação do Facebook e o valor. Eu não esperava um valor tão alto”, comenta. Vale lembrar que, de acordo com as regras de seu programa de “caça aos bugs” (bug bounty), a empresa de Mark Zuckerberg costuma pagar um valor médio de US$ 1,5 mil por brecha. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.-   Procurado pelo veículo, o Facebook afirmou: “O pesquisador relatou um problema que poderia permitir o envio de um código malicioso por meio de um filtro Spark AR, que poderia ceder acesso à conta do Instagram de uma pessoa por meio do cliente da web da plataforma. Graças ao relatório, corrigimos a falha e não encontramos evidências de abuso”. Talento nacional para inspirar outros jovens Além da programação, Andrés também estudou design gráfico aos 9 anos e possui amplo interesse na área de tecnologia. Em 2019, foi premiado em 7º lugar na Olimpíada Brasileira de Informática (OBI); é importante ressaltar que o jovem já havia participado de outros programas de bug bounty, mas esta foi a primeira vez que ele recebeu um prêmio em dinheiro. “O Alonso é um exemplo para nós que lutamos para que o ensino de Ciência da Computação seja inserido cada vez mais cedo na vida das pessoas. O conhecimento e aprendizado em tecnologia se faz necessário não só para quem, assim como ele, quer um dia trabalhar na área de tecnologia; como também para quem quer atuar em outras profissões como medicina, biologia, segurança e administração, que também dependerão cada vez mais da tecnologia”, afirma Marco Giroto, fundador da SuperGeeks, escola de programação na qual Andrés é matriculado. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Chega de indecisão: Netflix testa programação que imita canais "ao vivo"

canaltech Sabe aqueles dias em que você está tão afoito para relaxar assistindo a alguma coisa na Netflix que fica até difícil escolher o que será reproduzido? Pois bem — a plataforma de streaming está testando um novo recurso que promete facilitar bastante a nossa vida. Chamada de Direct, a funcionalidade simula uma TV ao vivo: basta apertar o play para usufruir de uma programação fixa composta por séries e filmes selecionados. Os lançamentos da Netflix em novembro de 2020 Netflix assina com Manu Gavassi para série original Stranger Things | Tempo extra na pandemia ajudou a produção a melhorar roteiros É importante ressaltar que o Direct não leva em conta os algoritmos de conteúdo sugerido para o seu gosto pessoal. A programação é 100% curada pela própria Netflix, que leva em consideração quais produções estão fazendo mais sucesso em sua região para montar uma playlist de longa-metragens e capítulos que, juntos, criem uma experiência agradável para “quase” qualquer espectador. Imagem: Reprodução/AndroidPolice Ademais, a programação do Direct é listada para os próximos cinco dias, então você saberá exatamente o que estará “passando” no aplicativo caso sintonize a plataforma amanhã depois do expediente, por exemplo. Claro, a opção não interfere em nenhum aspecto do funcionamento tradicional do aplicativo — continua sendo possível assistir às mesmas séries e filmes que compõem a programação de forma independente. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Vale destacar que a indecisão na hora da escolha das atrações da Netflix é algo tão comum entre os assinantes que já tem até nome: "choice paralysis", o "congelamento" dos usuários perante à incapacidade de selecionar algo — e isso foi relacionado a um processo já existente, chamado de "analysis paralysis", em que uma pessoa ou grupo se vê em uma situação de análise ou reflexão excessiva. Assine Amazon Kindle Unlimited por apenas R$ 19,90/mês e tenha acesso a mais de 1 milhão de livros digitais! Por enquanto, a novidade está sendo testada com exclusividade na França, que, segundo a Netflix, é um país com um forte costume de apreciar canais de TV convencionais. A ideia é que o formato esteja disponível para toda a base francesa do serviço até o mês de dezembro. E, se tudo der certo, é bem provável que o modelo seja replicado para outras regiões ao redor do globo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Telescópio Hubble estudará a diversidade das estrelas, desde jovens a antigas

canaltech As estrelas são peças importantes para a construção das galáxias. Assim, para entender melhor as estrelas e sua evolução, o instituto Space Telescope Science Institute (STScI) lançou o programa ULLYSES (UV Legacy Library of Young Stars as Essential Standards), uma iniciativa ambiciosa que irá trabalhar com o telescópio espacial Hubble para produzir uma biblioteca da espectrografia das estrelas do universo local. Telescópio espacial Hubble tira mais uma foto incrível de Saturno Hubble 30 anos | 10 das maiores descobertas feitas com este telescópio espacial Hubble tira nova foto de Júpiter e revela mudanças em suas faixas coloridas Com três anos de duração, o ULLYSES dedicará cerca de mil órbitas do Hubble para produzir o material, e vai trabalhar com mais de 300 estrelas. A luz ultravioleta delas está sendo utilizada para a biblioteca, que terá o “modelo” do espectro de estrelas jovens além das estrelas já maduras em galáxias anãs próximas. Como o Hubble fica acima da atmosfera da Terra e, portanto, livre da filtragem da radiação ultravioleta, este é o observatório ideal para observar a energia ultravioleta liberada pelas estrelas mais jovens e trazer informações e descobertas em meio aos seus 30 anos de história.   As estrelas maduras também afetam os ambientes em seus arredores devido ao fluxo de gás quente gerado. Bem mais massivas e com baixa abundância de elementos pesados — características semelhante à composição inicial das primeiras galáxias —, estudá-las no programa é uma forma de entender como esses fluxos podem ter influenciado a evolução do início das galáxias há bilhões de anos. Para Julia Roman-Duval, líder do programa, um dos principais objetivos do ULLYSES é a formação de uma amostra completa de referência, que será usada para criar bibliotecas espectrais que capturem a diversidade das estrelas e assegurem o legado do conjunto de dados para um dos vários tópicos da astrofísica. “O ULYSSES deverá deixar um impacto duradouro nas futuras pesquisas de astrônomos em todo o mundo”, diz. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Agora, o STScI está publicando o primeiro conjunto das observações do ULLYSES para a comunidade astronômica, e os primeiros alvos são estrelas azuis, quentes e massivas, de galáxias anãs próximas. As equipes do instituto vão gerar conjuntos de dados públicos e devem fornecer o suporte técnico necessário para garantir que os dados estimularão e darão suporte a pesquisas. No fim, o programa ULLYSES está desenvolvendo um grande legado com uma base de dados que será usado por décadas. Além disso, o arquivo também complementa partes da história da formação das estrelas que logo serão obtidas por observações infravermelhas pelo telescópio espacial James Webb, cujo lançamento deverá ocorrer no ano que vem. Juntos, Hubble e Webb deverão fornecer uma visão completa das estrelas, bem como da história de sua formação no universo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Eleições em BH: Agenda dos candidatos a prefeito neste sábado (07)

O Tempo - Política 15 candidatos estão na disputa pela prefeitura de Belo Horizonte Veja Mais

Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol

canaltech Entre os asteroides considerados potencialmente perigosos para a Terra, está o Apophis, que passará perto do nosso planeta em 2068. As chances de um impacto são muito baixas, mas astrônomos garantem que é preciso ficar de olho na rocha espacial, pois, sob certas circunstâncias, o Sol pode aquecê-lo de modo que o desvie de sua rota relativamente segura para nós. Simulação mostra como a NASA vai tentar desviar a trajetória de um asteroide 10 curiosidades sobre o asteroide Bennu Encontraram o "irmão" perdido da Lua posicionado atrás de Marte Esse aquecimento pode acontecer de forma desigual no asteroide, fazendo com que ele irradie energia térmica de forma assimétrica, ou seja, desigual em cada um de seus lados. Isso pode fazer com que ele ganhe um impulso em uma determinada direção — este efeito recebe o nome de aceleração de Yarkovsky. Até agora, a órbita do Apophis foi analisada e os astrônomos concluíram que ele não deve colidir com a Terra, mas eles não haviam considerado a aceleração de Yarkovsky ao calcular a ameaça que o asteroide pode representar em 2068. Bem, o problema é que um novo estudo mostra que o Apophis está se afastando de sua órbita prevista anteriormente em cerca de 170 metros por ano. O motivo: a aceleração de Yarkovsky. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Imagem do Apophis capturada pelo Herschel Space Observatory, da ESA, durante a aproximação com a Terra em 5 a 6 de janeiro de 2013. Esta imagem mostra o asteroide em três comprimentos de onda (Imagem: Reprodução/ESA/Herschel/PACS/MACH-11/MPE/B.Altieri/C. Kiss) De acordo com o autor principal do estudo, David Tholen, "o calor que um asteroide irradia dá um pequeno empurrão; o hemisfério mais quente [do asteroide] estaria empurrando um pouco mais do que o hemisfério mais frio, e isso faz com que ele se afaste para longe do que a órbita puramente gravitacional poderia prever". Isso significa que ainda é preciso monitorar o Apophis com cautela. Antes de 2068, este mesmo asteroide fará uma aproximação ainda bastante segura com a Terra, em 2029, permitindo que nossos telescópios façam observações e coletem dados a partir de uma visão mais detalhada da superfície e do formato da rocha. Assim, será possível analisar como serão os efeitos que a aceleração Yarkovsky causa no Apophis, e talvez prever as possíveis trajetórias que ele ganhará nos próximos anos. Deste modo, se houver qualquer ameaça de impacto na próxima passagem, os astrônomos saberão com bastante antecedência e poderão criar estratégias para resolver o problema. Já existem muitas propostas de como desviar asteroides em rota de colisão com nosso planeta, incluindo o projeto DART, da NASA — que vai chocar uma nave com o asteroide binário Didymos na tentativa de desviar a órbita do objeto menor. Mas, por enquanto, não há motivo para pânico, já que ainda não foi detectado um risco real de colisão do Apophis com o nosso planeta. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Samsung traz ao Brasil os Galaxy M51 e M21s com suas baterias monstruosas Veja Mais

The Mandalorian 2x2: Baby Yoda e Mando em busca dos mandalorianos (RECAP)

The Mandalorian 2x2: Baby Yoda e Mando em busca dos mandalorianos (RECAP)

Tecmundo O público que acompanha The Mandalorian criticou o episódio de estreia da 2ª temporada da série ao enfatizar que a Criança, popularmente conhecido como Baby Yoda, pouco apareceu no capítulo.Agora, os fãs da pequena criatura não poderão reclamar, já que o 2º capítulo da temporada trouxe muito mais do personagem em um episódio recheado de monstros do universo Star Wars.Leia mais... Veja Mais

Redmi Note 9 5G tem fotos e especificações revelados em certificação na China

canaltech Versão 5G de um dos maiores sucessos da Xiaomi, o Redmi Note 9 5G teve praticamente todos os dados listados em sua certificação no órgão chinês TENAA. E o registro envolveu não apenas um modelo, como também uma provável versão Note 9 Pro 5G. Redmi Note 9 deve ganhar versão poderosa com tela de 120 Hz ainda este mês Redmi Note 10: o que esperar do sucessor do Redmi Note 9 Xiaomi vai lançar três novos Redmi Note 9 na China, um deles com sensor de 108MP As especificações dos dois aparelhos seguem a fórmula do segmento intermediário, buscando um bom custo-benefício nos componentes. O Redmi Note 9 5G (M2007J22C) conta com um processador MediaTek Dimensity 800U, combinado com opções de memória RAM com 4, 6 ou 8 GB. Já a tela LCD IPS mede 6,53 polegadas e traz resolução FullHD+ (1.080 x 2.400 pixels), com um recorte circular para a câmera de selfie com 13 megapixels. O conjunto fotográfico traseiro é triplo, mas apenas a câmera principal tem a resolução listada, com 48 megapixels. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Câmera tripla na traseira e de selfie em recorte no canto da tela diferenciam o Redmi Note 9 5G... (Imagem: Xiaomi/TENAA) Equipado com o sistema operacional Android 10, o smartphone oferece opções de 64 GB, 128 GB ou 256 GB de espaço para armazenamento, bateria com capacidade de 4.900 mAh e carregador de 22,5 W. Redmi Note 9 Pro 5G Já na versão Pro (M2007J17C), o Note 9 5G troca a CPU MediaTek por um chip Qualcomm Snapdragon 750G — o mesmo usado no Xiaomi Mi 10T Lite — também com modem embutido de última geração. O aparelho é discretamente maior que o modelo regular, traz tela de 6,67 polegadas com a mesma resolução FullHD+ e o mesmo notch circular, desta vez para uma câmera de selfie com 16 megapixels. O display deve trazer uma atualização a 120 Hz, assim como o irmão Mi 10T Lite. ... do Note 9 Pro 5G, com notch central e câmera quádrupla (Imagem: Xiaomi/TENAA) O modelo Pro se diferencia ainda por incluir uma opção com 12 GB de memória RAM, 108 megapixels na câmera principal e uma bateria com capacidade um pouco menor, de 4.720 mAh. Por outro lado, uma outra certificação do aparelho listou a inclusão de um carregador de 33 W. Ainda não há previsão de lançamento para a linha Redmi Note 9 5G, porém a certificação dos dois modelos sugere que a data não está distante. Redmi Note 9 5G: ficha técnica Tela: 6,53 polegadas LCD IPS, resolução de 1.080 x 2.400 pixels; Chipset: MediaTek Dimensity 800U; Memória RAM: 4, 6 ou 8 GB; Armazenamento interno: 64, 128 ou 256 GB; Câmera traseira: tripla, com sensor principal de 48 megapixels; Câmera frontal: 13 megapixels; Dimensões: 161,96 × 77,25 × 9,20 mm; Peso: 200 gramas; Bateria: 4.900 mAh, recarga com fio a 22,5 W; Extras: 5G; Cores disponíveis: azul, branco, cinza, preto, rosa, roxo, verde e vermelho; Sistema operacional: Android 10. Redmi Note 9 Pro 5G: ficha técnica Tela: 6,67 polegadas LCD IPS, resolução de 1.080 x 2.400 pixels; Chipset: Qualcomm Snapdragon 750G; Memória RAM: 6, 8 ou 12 GB; Armazenamento interno: 64, 128 ou 256 GB; Câmera traseira: quádrupla, com sensor principal de 108 megapixels; Câmera frontal: 16 megapixels; Dimensões: 165,4 × 76,8 × 9 mm; Peso: 214,5 gramas; Bateria: 4.720 mAh; Extras: 5G; Cores disponíveis: azul, branco, cinza, preto, rosa, roxo, verde e vermelho; Sistema operacional: Android 10. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Dinamarca entra em lockdown por mutação do novo coronavírus

Dinamarca entra em lockdown por mutação do novo coronavírus

Tecmundo Uma variedade até então desconhecida do novo coronavírus já identificada em 207 fazendas de visons, mamíferos criados para a confecção de casacos de pele, levou a Dinamarca a estabelecer lockdown até o dia 3 de dezembro para conter o avanço da mutação. De acordo com autoridades locais, 12 pessoas foram contaminadas – e o ministro da Saúde Magnus Heunicke afirma que ao menos 783 infecções humanas estão relacionadas a microrganismos desses lugares.Segundo o governo, a eficácia de qualquer vacina em desenvolvimento poderia ser comprometida com a nova cepa. Por isso, bares, restaurantes, transportes públicos e quaisquer esportes em locais fechados serão interrompidas em, ao menos, sete municípios, assim, como reuniões com 10 pessoas ou mais. Além disso, viagens intermunicipais são desencorajadas e testagens em massa foram aconselhadas às regiões afetadas.Leia mais... Veja Mais

Herdeiros de Michael Jackson receberam R$ 11 bilhões desde 2009

O Tempo - Diversão - Magazine A maior parte do valor vem do pagamento de direitos autorais às músicas que estão pulverizadas pelo mundo em todos os catálogos de serviços de streaming Veja Mais

Áurea recebe agentes culturais e se compromete com desburocratização de editais

O Tempo - Política Candidata também propõe aumento dos investimentos no setor, com a destinação de 2% do orçamento municipal para a área Veja Mais

Eleições em BH: Wanderson Rocha quer replicar Feira Hippie nas regionais

O Tempo - Política Candidato do PSTU promete distribuir ações da cultura pela capital e manter carnaval fora da ‘lógica privatista’ Veja Mais

Anvisa autoriza uso de spray nasal com psicoativo para casos de depressão grave

canaltech Em números, cerca de 300 milhões de pessoas devem conviver com a depressão no mundo. No Brasil, esse distúrbio impacta algo entre 10 a 12 milhões de brasileiros. Diante de uma situação grave como essa, pesquisadores e médicos buscam, constantemente, formas para aprimorar este tratamento. Na terça-feira (3), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um spray nasal para casos resistentes da doença. Como estará nossa saúde mental quando a pandemia tiver acabado? Conheça os cinco transtornos mentais mais comuns e os seus sintomas DNA do Brasil | Entenda como o DNA brasileiro pode mudar a medicina de precisão O antidepressivo recém-aprovado para a comercialização é o Spravato, composto por cloridrato de escetamina e produzido pelo laboratório Janssen, da farmacêutica da Johnson & Johnson. Já aprovado nos Estados Unidos, também vale comentar que a escetamina, com ação ultrarrápida no tratamento da depressão, é considerada um psicodélico e um primo distante da cetamina, uma droga disponível desde os anos 1970, muito usada para anestesias. Anvisa autoriza novo tratamento para casos de depressão grave, um droga em formato de spray nasal (Imagem: Reprodução/ Nik Shuliahin/ Unsplash) Mesmo que o spray nasal esteja liberado para a venda, ainda é necessário aguardar a fixação de preço que pode demorar até três meses. Fora do Brasil, como na União Europeia, EUA e Canadá, o preço da dose está em torno de US$ 240 (aproximadamente R$ 1.300), segundo dados da Folha de S. Paulo. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Quando usar o spray contra a depressão grave? Quanto à prescrição médica, o spray inalável é indicado apenas para o uso de adultos com depressão resistente aos tratamentos convencionais — quando outras drogas não geram mais efeitos — e para pessoas com transtorno depressivo maior (TDM), com pensamentos ou atos suicidas. Entre as restrições de uso, esse remédio só poderá ser ministrado em ambientes controlados, ou seja, clínicas e hospitais, de forma supervisionada. Isso porque é possível que haja efeitos adversos. Além disso, esse medicamento pode desencadear outros efeitos adversos, como taquicardia e hipertensão. A recomendação é que o spray seja usado semanalmente nos primeiros meses, seguida de manutenção com doses a cada uma ou duas semanas. Dessa forma, o uso do medicamento é uma terapia continuada que pode custar milhares de reais, caso os valores comercializados no exterior sejam mantidos no Brasil. Mesmo antes da liberação da Anvisa, médicos já prescreviam esse medicamento de forma off-label — quando a prescrição é diferente da registrada na bula — para prevenção de tendência ao suicídio. Nos EUA, a escetamina inalável, em formato de spray, tem o uso regulado desde março de 2019 e foi considerada uma revolução no tratamento de pacientes com depressão resistente. No país, o medicamento também só pode ser administrado sob acompanhamento médico. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Eleições em BH: Nilmário fala em democracia ameaçada, e quer 'o povo no poder'

O Tempo - Política Meta do candidato é dar força ao Orçamento Participativo, cujo programa tem cooperação popular, mas ficou enfraquecido nos últimos anos Veja Mais

Fotógrafo captura momento quando enguia rasga estômago de garça para sobreviver

O Tempo - Mundo No dia em que registrou a cena, ele foi a um refúgio florestal próximo à cidade onde mora para fotografar raposas e, durante a “caçada”, se deparou com a cena raríssima Veja Mais

Eleições nos EUA: Geórgia diz que terá de recontar votos locais

O Tempo - Mundo Recontagem ocorrerá devido à margem estreita entre os candidatos Joe Biden e Donald Trump Veja Mais

Eleições em BH: Áurea diz que ‘não é possível’ ter Carnaval no início do ano

O Tempo - Política Candidata defende que o adiamento das comemorações seja discutido com os blocos e escolas de samba da capital Veja Mais

Mais de 770 mil cartões de crédito vazaram na web em 2020, afirma empresa

canaltech Segundo dados coletados pela Apura, empresa brasileira que atua no ramo de threat intelligence (fornecimento de inteligência de ameaças cibernéticas), é crescente o número de fraudes financeiras registradas ao longo do Brasil e do mundo. A companhia afirma que, desde janeiro de 2020, mais de 770 mil cartões de crédito válidos teriam sido livremente compartilhados entre criminosos cibernéticos, podendo ser utilizados para fins malignos. Essas serão as principais ameaças cibernéticas em 2020, segundo a Kaspersky Tentativa de golpes contra gamers cresceu durante a pandemia, aponta estudo O consumidor mudou: o m-payment e as novas fraudes As estatísticas partem da BTT, solução da Apura que utiliza robôs para vasculhar a web, identificar riscos cibernéticos e organizá-los na forma de relatórios compreensíveis que podem ser utilizados por times de segurança para ajustar sua estratégia de proteção corporativa. Atualmente, a plataforma conta com mais de 300 milhões de eventos registrados, sendo adicionados, em média, 5 milhões de novos registros por dia. Dentro do segmento de fraudes financeiras, o extravio e uso malicioso de cartões de crédito respondem por 58,74% de todos os eventos registrados. Em seguida, temos máquinas de cartão adulteradas (19,29%), cédulas falsas (8,18%), venda de kits para phishing (6,79%), conta laranja (2,85%), boletos falsos (2,82%), URA (0,84%) e fraudes envolvendo agentes internos (0,48%). São números perigosos sobretudo nas vésperas da Black Friday. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Imagem: Reprodução/Ales Nesetril (Unsplash) Quando levamos em conta o ranking geral de ameaças, os malwares continuam levando a medalha de ouro, representando 54% do total; logo após, as campanhas de phishing com 41% do montante. Assusta também a quantia de credenciais vazadas e domínios fraudulentos registrados por criminosos — foram mais de 26 milhões de logins comprometidos e 115 milhões de URLs fraudulentas. Segundo Maurício Paranhos, diretor da Apura, o objetivo da plataforma é “dar aos clientes a visão mais ampla possível do bioma cibercriminoso no Brasil e no mundo, de forma a municiá-los com o máximo de informações, permitindo que tomem decisões com base em informações reais e se prepararem para lidar com as mais diversas ameaças, tais como golpes, fraudes, incidentes, vulnerabilidades, vazamentos e ataques cibernéticos”. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Luz do Sol está alterando a trajetória do asteroide Apophis

Luz do Sol está alterando a trajetória do asteroide Apophis

Tecmundo O asteroide Apophis precisará ser acompanhado de perto pelos astrônomos nos próximos anos, já que a sua órbita tem sido alterada ao longo do tempo, podendo aumentar os riscos de colisão com a Terra. O alerta foi dado em um novo estudo, divulgado em outubro.Segundo o astrônomo da Universidade do Havaí David Tholen, autor principal da pesquisa, a rocha espacial está se afastando da sua órbita prevista anteriormente, em torno de 170 metros a cada ano. A mudança de trajetória tem sido causada pelo efeito Yarkovsky, um tipo de aceleração gerada pelos raios solares, que pode dar um “pequeno empurrão” no corpo celeste.Leia mais... Veja Mais

Lançamentos da Netflix na semana (06/11/2020)

canaltech Outubro efetivamente ficou para trás e a chegada de novembro traz consigo a promessa de muitas novidades para os assinantes da Netflix. Nesta primeira semana do mês, o serviço de streaming mais popular do mundo já mostra quais são suas intenções para os próximos 30 dias: rechear bastante o catálogo com produções de Natal para todos termos o que assistir quando as festividades de fim de ano chegarem. Nessa primeira leva de novidades, temos alguns bons exemplos de séries e filmes novos com a temática. É o caso, por exemplo, de Missão Presente de Natal, uma comédia que acompanha Erica Miller, uma assistente parlamentar que, para conseguir a tão desejada promoção, desiste de visitar a família no Natal e viaja para o Pacífico para cumprir a missão dada por sua chefe: acabar com uma das tradições de uma base aérea, que todo an o lança presente e suprimentos para ilhas remotas vizinhas. Ela só não esperava a resistência do piloto Capitão Andrew Jantz, que fará de tudo para convencê-la do contrário.   Mas as novidades da Netflix vão muito além das tramas natalinas. O drama japonês Laço Materno surge como uma excelente pedida para quem quer fugir um pouco da fórmula hollywoodiana e aprecia histórias pesadas e desconfortantes. Baseada em acontecimentos reais, a história segue a vida de Akiko, uma mãe solo que preenche as lacunas da vida com relacionamentos casuais e pouco duradouros, além de usar e manipular Shuhei para sempre conseguir o que quer. Nessa dinânica tóxica, ela acaba descobrindo que o menino cometeu um crime terrível. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.-   Para quem é fã de ficção científica e curte um clássico contemporâneo, estreou no catálogo da Netflix a trilogia de Matrix. Obrigatórios na coleção de todo fã do gênero, os filmes foram classificados pelo nosso editor Douglas Ciriaco como "um primor", mesmo mais de 20 anos após seu lançamento original.Também não é para menos: a trilogia criada pelas irmãs Wachowski revolucionou não só a narrativa de ficção científica, mas também o jeito de fazer cinema. A história de Neo, o escolhido, transborda ficção científica, filosofia existencialista e conflitos morais. É uma viagem grande, mas das boas. Os lançamentos da Netflix em novembro de 2020 Os lançamentos do Amazon Prime Video em novembro de 2020 Os lançamentos do Globoplay em novembro de 2020 Já demos três indicações de filmes que valem a pena assistir nesta semana, então agora vamos falar das séries. Talvez a mais intrigante deste começo de novembro, Quem Matou María Marta? investiga um dos crimes mais curiosos e misteriosos já cometidos na Argentina. María Marta foi encontrada morta na banheira de casa e o relatório policial indicou que o motivo havia sido um "acidente doméstico fatal". O problema é que, depois, o resultado da autópsia revelou a real causa mortis: cinco tiros na cabeça. Como ninguém percebeu isso? Quem estava por trás do assassinato de María? Se você assistiu à Cenas de um Homicídio, eis mais um caso para cair de cabeça. Leia também: Crítica | Cenas de um Homicídio: Uma Família Vizinha relata assassinatos cruéis Amor e Anarquia mal estreou na Netflix e já caiu nas graças dos assinantes, figurando no ranking de séries mais assistidas da semana. Com uma trama romântica, a produção sueca segue a vida de Sofie, uma consultora casada e mãe de dois filhos que é contratada para modernizar uma editora antiga. Lá, ela conhece Max, um jovem técnico de TI com quem inicia um inesperado jogo de sedução. No começo, os desafios que um impõe ao outro parecem inocentes, mas logo eles se tornam mais ousados, assim como suas consequências.   Para fechar a rodada de indicações do que assistir na Netflix, a plataforma de streaming estreou sua primeira série original egípicia: Paranormal. Ambientada nos anos 1960, a produção foge dos clichês para contar a história de Refaat Ismail, um professor cético que acaba tendo suas convicções abaladas por atividades paranormais inexplicáveis. Com o auxílio da colega de trabalho Maggie, ele decide mergulhar no mundo da paranormalidade para proteger as pessoas que ama dos terríveis perigos que as rondam.   Essas foram apenas algumas indicações que o Canaltech separou para você aproveitar esses últimos instantes de outubro assistindo o que há de mais interessante na Netflix. Mas tem muito mais coisa legal no catálogo do serviço de streaming, e a gente listou tudo para você logo a seguir. Dê uma olhada, veja o que mais lhe chama atenção, clique e dê o play. Boa diversão! Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? 31/10 Apostando Alto (5 episódios, 1 novo) ARASHI’s Diary - Voyage (17 episódios, 2 novos) 01/11 Lego Jurassic World: A Exposição Secreta: 1ª Temporada Lego Jurassic World: A Lenda da Ilha Nublar: 1ª Temporada LEGO: Aventuras na Cidade: 1ª Temporada The Good Detective: 1ª Temporada A casa das coelhinhas ABCD 2 Anjos da noite - A rebelião As aventuras de Sharkboy e Lavagirl As Branquelas Barfi! Bebês geniais El patrón, radiografía de un crimen Espanglês Hitch – Conselheiro Amoroso Kai Po Che! Lancelot, o primeiro cavaleiro Lanterna Verde Lista de Desejos de Natal Matrix Matrix Reloaded Matrix Revolutions Natal Sob Medida No One Killed Jessica O Aviador O Natal de Heidi Os Smurfs 2 Roman J. Israel S.W.A.T. – Comando Especial Tá Chovendo Hambúrguer Tiro e queda Um Natal de Descobertas Uma Pousada de Presente Zohan – O Agente Bom de Corte 44 Gatos (52 episódios, 26 novos) Barbie Dreamhouse Adventures: Roberts Arrasando! (26 episódios, 13 novos) Voice (28 episódios, 12 novos)   02/11 A Casa Caiu: Um Cassino na Vizinhança Apostando Alto (6 episódios, 1 novo) Entendeu ou precisa desenhar? (20 episódios, 10 novos) The Devil Punisher (2 episódios, 1 novo) 03/11 Felix Lobrecht: Hype Laço Materno O Começo da Vida 04/11 Amor e Anarquia: 1ª Temporada A Escolha Melodia de Esperança (9 episódios, 1 novo) Private Life (9 episódios, 1 novo) 05/11 Paranormal: 1ª Temporada Quem Matou María Marta?: 1ª Temporada Bob Esponja: O Incrível Resgate Cidade Pássaro Miss India Missão Presente de Natal   06/11 Country para Sempre: 1ª Temporada The Late Bloomer A Lição de Moremi Vingança Feminina Fora de catálogo Os filmes, séries e/ou episódios a seguir saíram do catálogo da Netflix nessa semana. Zumbo's Just Desserts (12 episódios removidos) Bakugan - Guerreiros da Batalha (1 episódio removido) Peles em Guerra (19 episódios removidos) Talking Tom and Friends (26 episódios removidos) A Russell Peters Christmas Agonia e Glória Almacenados As Loucas Aventuras de James West Chop Shop Comer Rezar Amar Como Eu Era Antes de Você Como Você Sabe Cujo Dia de treinamento Dominação Fuga de Los Angeles Gandhi Golden Time Harry Potter e a Câmara Secreta Harry Potter e a Ordem da Fênix Harry Potter e as Relíquias da Morte Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 Jackie Chan - O Jovem Tigre Ladrões Mais ou Menos Grávida Max Steel (52 episódios removidos) Minha Vida Momento Crítico Mulheres Assassinas com Piers Morgan (5 episódios removidos) O Atirador 4 O pequeno Stuart Little O Trem de Hitler - A Besta de Aço O Turista O vizinho Os Muppets conquistam Nova York Robin Hood: A Rebelião The Rolling Stones: Crossfire Hurricane Turma da Mônica - CineGibi (3 episódios removidos) Undercover Grandpa Até o Último Homem Attack on Titan Attack on titan: Fim do Mundo Death Note Death Note II - O Último Nome Death Note: Iluminando um Novo Mundo Lowriders - A Arte nos Carros Qué pena tu serie (12 episódios removidos) Williams Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos

canaltech O ator Johnny Depp está oficialmente fora do elenco do próximo filme de Animais Fantásticos e Onde Habitam — derivado da série Harry Potter na qual o estadunidense personificava o personagem Gellert Grindelwald. A confirmação é oriunda do próprio Depp, que usou seu perfil no Instagram para alertar seus fãs a respeito de sua ausência no terceiro capítulo da franquia (até então, previsto para estrear nos cinemas em novembro de 2021). Animais Fantásticos 3 terá história passada no Brasil Animais Fantásticos 3 retoma filmagens após imprevistos e paralisação Crítica | Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald é um dragão adormecido “Gostaria de informar que fui convidado pela Warner Bros a renunciar ao meu papel como Grindelwald em Animais Fantásticos e Onde Habitam, e eu respeitei e concordei com esse pedido”, escreveu Depp. A notícia vem dias após uma sentença desfavorável a um processo aberto por Depp contra sua ex-esposa, que, em 2018, escreveu um artigo para o jornal The Washington Post alegando ter sofrido violência doméstica do ator. Por meio de um porta-voz, a Warner Bros confirmou a demissão. “Johnny Depp partirá da franquia Animais Fantásticos e Onde Habitam. Agradecemos a Johnny por seu trabalho nos filmes até agora. Animais Fantásticos e Onde Habitam 3 está atualmente em produção e o papel de Gellert Grindelwald será reformulado." O filme deve estrear nos cinemas de todo o mundo no verão estadunidense de 2022 (entre junho e setembro), adiantou o estúdio. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Vale observar que o afastamento, tal como as recentes polêmicas envolvendo as alegações de violência doméstica, possivelmente terão efeitos ainda mais graves para a carreira de Depp. Segundo o site We Got This Covered, a Disney também estaria descontente com o ator e já teria desistido de convidá-lo para futuros lançamentos da franquia Piratas do Caribe, apesar de longas — e infrutíferas — negociações com o artista. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Samsung traz ao Brasil os Galaxy M51 e M21s com suas baterias monstruosas Veja Mais

COVID-19 | Anvisa emite nota sobre uso de ozônio contra o coronavírus

canaltech Desde o início da pandemia da COVID-19, uma série de tratamentos e técnicas foram apresentados para, supostamente, combater o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Quase um ano depois, pesquisadores já conseguem distinguir o que tem efeitos práticos contra esse agente infeccioso (ou não). Nesse cenário, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma nota técnica sobre a ineficácia do uso do ozônio contra esse vírus. Entenda o que é ozonioterapia e para que serve? Para tratar coronavírus, prefeito sugere aplicação de ozônio por via anal Elmo | Capacete para tratamento da COVID-19 tem eficácia comprovada; confira "Com o advento da pandemia causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), muitos equipamentos e dispositivos têm alegado eficiência na desinfecção de superfícies, e até de pessoas, sem comprovação científica adequada", ressalta a agência, em nota. Entre essas soluções, estaria também o uso de ozônio. Anvisa conclui que uso de ozônio não tem efeito contra a COVID-19 (Imagem: Reprodução/ Fernando Zhiminaicela/ Pixabay) De acordo com o documento emitido pela agência, "não foram apresentadas à Anvisa evidências científicas sobre a eficácia desinfetante do ozônio contra o Sars-CoV-2". Em outras palavras, o uso da técnica não é eficaz contra o vírus da COVID-19. A afirmação da agência foi feita, a partir de uma revisão de dados de estudos nacionais e internacionais disponíveis. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Quando o uso de ozônio é válido? Embora o ozônio tenha ação desinfetante na água de consumo humano e seja utilizado com esta finalidade, principalmente na Europa, a Anvisa afirma que "O ozônio é um gás que pode ser usado como desinfetante. No entanto, para que seja eficaz na destruição de bactérias nocivas [ou outros agentes infecciosos], ele deve estar presente em uma concentração acima dos níveis considerados seguros para os seres humanos". Diante dessas condições, a agência ressalta que o uso do ozônio tem potencial para causar danos agudos e crônicos em humanos, caracterizados por lesões na pele, nas vias respiratórias e nos olhos, e por reações alérgicas.  De acordo com os marcos legais e regulatórios vigentes, equipamentos ou estruturas que utilizam ozônio para desinfecção de ambientes públicos e de superfícies em geral não estão sujeitos à regularização junto à Anvisa. Só que ensaios de comprovação de eficácia e segurança da substância produzida por esses equipamentos devem ser realizados e mantidos pelas empresas, para eventual fiscalização. Também é preciso ter autorização para estudos clínicos, visando tratamentos da COVID-19, em humanos. No entanto, a Anvisa ressalta que essas informações poderão ser alteradas a qualquer momento, considerando possíveis atualizações sobre o assunto, desde que haja novas evidências e estudos clínicos comprovando a eficácia do tratamento.   Para ler na íntegra a nota técnica 108/2020, emitida pela Anvisa, clique aqui. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Justiça rejeita denúncia do MP contra líder do MBL por tráfico de influência

O Tempo - Política A denúncia afirma que Alessander Mônaco Ferreira, coligado ao MBL, segundo o Ministério Público, fechou contrato milionário com a Fipe sem licitação Veja Mais

PF vê rastros na Europa de ciberataque e STJ diz que cópia de acervo está salva

O Tempo - Política O resgate das informações foi possível porque um dos backups mantidos pelo STJ não sofreu avarias Veja Mais

Windows 10 agora permite usar vários apps do Android simultaneamente no PC

canaltech Anunciada em agosto no evento Samsung Unpacked, durante o lançamento do smartphone Galaxy Note 20, a opção de abrir diversos aplicativos do celular simultaneamente no Windows 10 começou a ser disponibilizada recentemente. A confirmação veio por meio de Analy Otero Diaz, gerente da Microsoft. Contudo, pelo menos por enquanto, a ferramenta foi habilitada apenas aos participantes do programa Windows Insider com aparelhos específicos da Samsung. Como acessar os apps do seu celular Android no Windows 10 App permite que usuários Android façam e recebam ligações em PCs com Windows 10 Aplicativo “Seu Telefone” começa a rodar apps de Android dentro do Windows Originalmente, o aplicativo Seu Telefone permitia espelhar a tela do celular em computadores com o sistema Windows 10. Em agosto, a Microsoft liberou uma atualização que exibia a tela do smartphone em uma janela separada, listando os ícones dos apps instalados na interface principal do programa, permitindo fixa-los no Menu Iniciar. #WindowsInsiders the ability to run multiple android apps simultaneously on your PC is now rolling out to selected devices. So excited for you to try it and hear your feedback #YourPhone @MSYourPhone pic.twitter.com/VLLzSeuRKI -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- — Romi Koifman (@MsRomik) November 6, 2020 A novidade é que agora é possível abrir simultaneamente diferentes apps do celular no Windows 10. A Microsoft demonstrou o recurso com o WhatsApp, Instagram e um jogo; todos rodando a partir do smartphone Android, mas ocupando telas separadas no computador. A ferramenta aproveita ainda outros recursos disponíveis no Seu Telefone, incluindo a opção de arrastar e soltar arquivos entre os celular e o PC.   A lista completa de aparelhos compatíveis com o app Seu Telefone pode ser consultada nesta página. Porém, a opção de multitarefa pode não estar disponível para todos os modelos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Kassio será relator de ação no STF que questiona foro de Flávio em 'rachadinha'

O Tempo - Política Rede Sustentabilidade questiona trecho da Constituição do Rio de Janeiro que foi usado pelo TJ-RJ para retirar a apuração da 1ª instância e remetê-la ao Órgão Especial da corte fluminense Veja Mais

Crítica | Fúria Incontrolável mostra o quanto o ser humano é brutal

canaltech   O conceito de um filme diz respeito a como, aparentemente, ele foi pensado para chegar ao público. Fúria Incontrolável é bem claro nesse ponto. Sem arrodeios ou firulas estéticas, a direção de Derrick Borte (de Caminhos de Sangue — filme de 2018) é muito direta, sugerindo que todos os horrores de um dia agitado (eufemismo) podem acontecer em qualquer lugar. Claro que Borte está falando do seu próprio país e, ainda, não se apega somente às ações em si, mas na ira que instiga os atos. Nesse sentido, por mais que o thriller se passe em uma região menos insegura da Louisiana, durante uma hora e meia o que vemos são placas de um estado sem nome, indicando, somente, America’s Heartland (Coração da América em tradução livre). Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Atenção! Esta crítica contém spoilers sobre o filme! -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- O perigo da humanidade O diretor não parece adepto de sutilezas. Aliás, ele monta seu conceito fugindo delas. Desde a abertura, com os créditos iniciais sendo acompanhados pela degradação do sistema social — com engarrafamentos, acidentes, violência urbana, tumultos aliados a todo tipo de desgraça comentadas por uma estação de rádio —, Borte menospreza os pormenores. O foco é o macro. A fúria incontrolável, no caso, talvez seja uma raiva pessoal — o que é válido, mas pode não ser o suficiente. Então, fundamentando as bases do caos que acompanha a vida da personagem de Russell Crowe, existe todo esse aparato de comentário social. Se isso pode trazer alguma força de identificação para o espectador, ao mesmo tempo pode parecer um tanto quanto exagerado, como se Burte estivesse explorando o mal-estar por meio de choques mais baratos do que necessários. Aliás, essa abordagem pode ser problemática ao exponenciar medos de maneira imprudente, com força o suficiente para validar desconfianças quando, talvez, precisemos exercitar o contrário, assim como a empatia. Os lançamentos da Netflix em novembro de 2020 Os lançamentos do Amazon Prime Video em novembro de 2020 Os lançamentos do Globoplay em novembro de 2020 Crowe, inclusive, interpreta alguém que poderia ser qualquer um de nós de acordo com o conceito de Fúria Incontrolável. Sem nome, o Homem é como um agente do caos que foi moldado pelo mundo. Enquanto, inicialmente, suas ações podem até ser sutis, logo ele se revela como uma máquina indestrutível. É, ainda, perigosa e, simultaneamente, denunciante, a abordagem de que o estresse cotidiano possa resultar em uma briga de trânsito tão comprometedora (no mínimo). O Homem: agente do caos. (Imagem: Divulgação/Burek Films) Rachel (Caren Pistorius), afinal, não tem noção de quem é o Homem. Nós, espectadores, podemos ter uma ideia bem completa daquele sujeito, mas ela, em um dia ruim, não imagina como a humanidade — representada pelo cara barbado e antipático — pode estar em um momento muito pior e o quanto ela (a humanidade) pode ser perigosa. Crítica | Utopia dá vida às conspirações de HQ com violência gratuita e pandemia Rachel e seu filho Kyle (Gabriel Bateman). Imagem: Divulgação/Burek Films Em toda a sua vida... Fúria Incontrolável pode não ter culpa alguma de ter uma idealização tão pesada a respeito do ser humano. Burte, a partir do que pensou, conduz as cenas com muita competência, construindo momentos de tensão particularmente eficientes — destaque para aquele em que o Homem persegue Andy (Jimmi Simpson). Apesar disso, o filme pode fomentar uma sensação, de algum modo, desagradável: a de que, por mais que as atitudes extremas do protagonista sejam reprováveis, ele tem justificativa. Assim, ficam amarrados o extremismo dele (do Homem) e tudo que o motivou. É, em síntese, como se precisássemos simpatizar, concordar, com as ações dele. Uso de apps de perseguição e espionagem aumentou 51% durante a pandemia No final das contas, a raiva extrema do Homem em Fúria Incontrolável pode ser vista como um desabafo, um grito de seu diretor através de um conceito extremo. A brutalidade, que, talvez, mostre-se em definitivo apenas no terceiro ato, pode chegar como vilã tarde demais para a absorção daquilo tudo. A gratuidade do último e mais violento embate pode ser tão apavorante quanto desnecessária. Mesmo assim, o filme de Brute parece trazer de volta a onipresença de Crowe que, vez ou outra, talvez lembre o Maximus de Gladiador (de Ridley Scott, 2000). Crowe: onipresente. (Imagem: Divulgação/Burek Films) Fica a experiência de uma produção que aposta na crueza para expor a crueldade. Resta que nós consigamos discernir a metáfora da realidade, o simbolismo hiperbólico do cotidiano comum. Se bem que, nas entrelinhas, podemos constatar que o Homem (o ser humano), enfim, é muito mais brutal e mata muito mais diariamente do que o personagem fictício de Crowe o faria em toda a sua vida. *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Canaltech. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Eleições 2020: Messina suspeitava de relação de Crivella com 'QG da propina'

O Tempo - Política Segundo o ex-secretário da Casa Civil do município, Marcelo Crivella pressionava para priorizar o pagamento de empresas com créditos a receber Veja Mais

Bolsonaro quer voto impresso nas Eleições de 2022

Bolsonaro quer voto impresso nas Eleições de 2022

Tecmundo O presidente Jair Bolsonaro quer mudar o sistema eleitoral do Brasil a partir de 2022, substituindo as urnas eletrônicas utilizadas atualmente pelo voto impresso. Durante a sua live, realizada nessa quinta-feira (5), ele comentou que enviará a proposta de alteração ao Congresso Nacional.Na conversa transmitida pelas redes sociais, o chefe do executivo afirmou que o governo tem estudado as experiências de países nos quais o voto por meio da cédula de papel é utilizado, mas sem mencionar as eleições dos Estados Unidos, que correm o risco de judicialização devido às dúvidas levantadas pelo processo arcaico. De acordo com ele, essa é a melhor maneira de auditar o pleito, “contando votos de verdade”, consistindo em um “sistema confiável”.Leia mais... Veja Mais

The Medium é adiado para o final de janeiro de 2021

The Medium é adiado para o final de janeiro de 2021

Tecmundo A desenvolvedora Blobber Team confirmou, através de nota oficial divulgada à imprensa nesta sexta-feira, dia 6, que The Medium, horror psicológico exclusivo da nova geração, foi adiado por quase 2 meses para a realização de melhorias envolvendo "polimento" do game. O título estava inicialmente previsto para chegar às lojas em 10 de dezembro e agora será lançado apenas em 28 de janeiro de 2021.Leia mais... Veja Mais

Carregador Apple MagSafe Duo custa o mesmo que Androids intermediários

canaltech Além dos preços da linha iPhone 12 no Brasil, a Apple listou o valor de tabela para o segundo carregador MagSafe da marca. O acessório duplo, que permite carregar um iPhone e um Apple Watch, tem preço sugerido de R$ 1.699, equivalente a muitos celulares intermediários no mercado. iPhone 12 chega ao Brasil em 20 de novembro por a partir de R$ 6.999 iPhone 12: por que a Apple inclui fones de ouvido em caixa separada na França? iPhone 12: como funciona o MagSafe, o sistema de recarga sem fio da Apple Apesar de mostrado rapidamente durante o lançamento do iPhone 12, o MagSafe Duo só foi incluído nesta sexta-feira (6) na loja online da fabricante. A Apple já listava o modelo básico, que permite carregar apenas um dispositivo e tem preço sugerido de R$ 499 no Brasil. Assim como no caso do carregador MagSafe básico, o modelo Duo ainda não está disponível para pré-venda, apenas exibindo a frase “em breve” na página de produto. Espera-se que os dois acessórios cheguem às lojas junto com a linha iPhone 12, anunciada para o dia 20 de novembro. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Acessório tem 10% de desconto para pagamento à vista (Imagem: reprodução/Apple) Mais uma coisa Caso o valor de R$ 1.699 pareça alto, o MagSafe Duo tem preço à vista listado com desconto de 10%, saindo por R$ 1.529,10. A loja da Apple permite parcelar o valor original em até 12x. O MagSafe Duo não foi a única novidade na loja da Apple brasileira, que incluiu também o estojo de couro compatível com o sistema MagSafe para a linha iPhone 12. Smartphone se adapta à capa, ativando a tela OLED apenas na parte visível (Imagem: reprodução/Apple) A capinha é um dos acessórios que melhor aproveitam os recursos do novo MagSafe, utilizando não apenas os ímãs, como também o sistema de identificação de acessórios para ativar um modo especial no celular. Ao “vestir” o iPhone 12 com o estojo, o smartphone se ajusta automaticamente para exibir informações apenas na área aberta da capa, economizando energia. O conceito é semelhante ao das capas Clear View, da Samsung. O estojo de couro MagSafe está disponível em quatro opções de cores: azul, castanho, rosa e vermelho. O preço de tabela é o mesmo para as diferentes versões de tamanhos, R$ 1.499 (R$ 1.349,10 à vista). Carregador MagSafe Duo (Divulgação/Apple) Estojo de couro com MagSafe para iPhone 12 (Divulgação/Apple) Carregador MagSafe Duo (Divulgação/Apple) Carregador MagSafe Duo (Divulgação/Apple) Carregador MagSafe Duo (Divulgação/Apple) Carregador MagSafe Duo (Divulgação/Apple) Carregador MagSafe Duo (Divulgação/Apple) Estojo de couro com MagSafe para iPhone 12 (Divulgação/Apple) Estojo de couro com MagSafe para iPhone 12 (Divulgação/Apple) Estojo de couro com MagSafe para iPhone 12 (Divulgação/Apple) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias "Dedos de COVID" podem ser um sinal persistente da doença; saiba identificá-los Samsung traz ao Brasil os Galaxy M51 e M21s com suas baterias monstruosas Veja Mais

Xand Avião reúne Barões da Pisadinha, Dilsinho, Lauana Prado e Léo Santana no EP 'Todos os ritmos'

G1 Pop & Arte ♪ Composição de autoria de Waleria Leão e Blener Maycom, gravada por Xand Avião com a cantora sertaneja Lauana Prado, Surra de cama é a música que abre os trabalhos promocionais de Todos os ritmos, EP lançado nesta sexta-feira, 6 de novembro, pela gravadora Som Livre. No disco, o cantor de forró apresenta quatro músicas do registro audiovisual do show apresentado por Xand em 26 de setembro em evento promovido na área de lazer de hotel situado em Porto de Galinhas (PE), no litoral de Pernambuco. São músicas gravadas com convidados que transitam por ritmos como forró, pagode e sertanejo. Além de Lauana Prado, Xand Avião se junta com Barões da Pisadinha (na música Ela aperta a minha mente), Dilsinho (na composição Vou parar) e Léo Santana (em Forró 150 ). Veja Mais

Republicanos vão à Suprema Corte para separar votos por correio na Pensilvânia

Valor Econômico - Finanças Estado permitiu que votos enviados por correio sejam recebidos até esta sexta-feira O Partido Republicano recorreu à Suprema Corte dos Estados Unidos para pedir que cédulas recebidas pelas autoridades da Pensilvânia após o fechamento das urnas na última terça-feira, data da eleição, sejam separadas na apuração dos votos no Estado. No processo, os representantes do partido dizem que alguns condados não estão separando os votos por correio como deveriam, o que dificultaria o trabalho de identificá-los caso os republicanos vençam outra ação sobre a validade dessas cédulas. Homem deposita sua cédula para as eleições de 2020 nos Estados Unidos em West Chester, Pensilvânia Matt Slocum/AP Photo Antes do recurso desta sexta-feira, os aliados do presidente Donald Trump já tinham recorrido à Suprema Corte da Pensilvânia para que votos postados até o dia da eleição, mas recebidos depois da última terça-feira pelas autoridades estaduais fossem invalidados. Por causa da pandemia de covid-19 e do grande volume de votos por correio, a Pensilvânia decidiu permitir que as cédulas fossem recebidas até esta sexta-feira. Os republicanos, porém, discordam da mudança e acionaram a Justiça para tentar invalidar esses votos. A secretária de Estado da Pensilvânia, Kathy Boockvar, afirmou que poucas cédulas chegaram depois do fechamento das urnas na terça-feira e garantiu que elas estão sendo mantidas separadas das demais. Veja Mais

PF prende traficante espanhol procurado pela Interpol que estava escondido em MG

O Tempo - Mundo O investigado é natural de Valencia, que fica na costa Sudeste da Espanha, e mantinha um laboratório clandestino de refino de cocaína na cidade Veja Mais

Johnny Depp é demitido da franquia Animais Fantásticos pela Warner Bros

O Tempo - Mundo A empresa publicou uma nota informando que o ator “deixará a franquia” e que “o papel de Gellert Grindelwakd (interpretado por Depp no passado) será reformulado"; Depp divulgou uma carta sobre o episódio Veja Mais

Expecto Patronum! Saga completa de Harry Potter chega à HBO e ao HBO GO

canaltech É fã da saga do bruxinho mais adorado do mundo? Pois então pode comemorar, porque todos os oito filmes da franquia Harry Potter lançados pela Warner Bros ao longo de dez anos estarão disponíveis nos canais HBO e no streaming HBO GO a partir das 7 horas deste sábado (7). Filmes de Harry Potter deixam as plataformas de serviços streaming 20 anos de Harry Potter: como a série mudou a literatura Por que Harry Potter e o Enigma do Príncipe é a pior adaptação de toda a saga? Você vai poder curtir desde Harry Potter e a Pedra Filosofal, de 2001, até Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2, lançado em 2011, acompanhando as aventuras e o crescimento dos garotos e da garota interpretados por Daniel Radcliffe, Rupert Grint e Emma Watson, respectivamente. Vale destacar que não estão listados os derivados Animais Fantásticos e Onde Habitam. Imagem: Reprodução/Warner Bros Para quem ainda nunca viu, é uma ótima oportunidade de mergulhar no mundo de magia e fantasia dos amigos inseparáveis Harry Potter, Ron Weasley e Hermione Granger, que se conhecem ao entrar na escola de bruxos de Hogwarts. Harry precisa da ajuda dos parceiros para cumprir o destino de enfrentar o temido Lord Voldemort. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Assine Amazon Prime por R$ 9,90/mês e ganhe frete grátis, catálogo de filmes e séries que compete com a Netflix, livros, músicas e mais! Teste 30 dias grátis! É a chance de também conferir os trabalhos de quatro excelentes diretores: Chris Columbus, o mexicano Alfonso Cuarón, Mike Newell e David Yates. Fica aí a dica para o final de semana. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Como baixar e jogar Tiles Hop

canaltech Tiles Hop (Android | iOS | Windows) é um jogo musical que envolve ritmo e concentração. No game, o jogador controla uma bola, cujo objetivo é atingir os blocos de acordo com a música reproduzida. Ao atingir o centro de cada bloco, a pontuação é maior. Como baixar e jogar Scribble Rider 8 melhores jogos multiplayer para Android e iOS Among Us: confira as tarefas visuais e em qual mapa elas estão Lembra, de certo modo, jogos como Guitar Hero e Beat Saber, populares entre os consoles. O jogo possui músicas como "Dance Monkey", do grupo Tones and I, "bad guy", de Billie Eilish, e "Believer", do Imagine Dragons. Pelos belíssimos visuais, trilha sonora e jogabilidade simples, é uma opção muito interessante para passar o tempo. Veja como baixar e jogar! Tiles Hop: como baixar e jogar Passo 1: acesse sua loja de apps do celular e procure por Tiles Hop. Encontre o jogo e selecione "Instalar"; -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Instale o jogo em seu celular (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 2: ao abrir o jogo, é possível utilizar a música "Dance Monkey" como tutorial de apresentação. Toque e segure na tela, depois arraste para o lado para reproduzir a música; Arraste para o lado para começar (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 3: deslize sobre a tela para posicionar a bola sobre os blocos. Não é necessário tocar várias vezes na tela, apenas mantê-la pressionada. Estrelas e diamantes aumentam a pontuação; Faça a bola bater nos blocos seguindo a música (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 4: ao terminar uma música, é possível ver o seu desempenho e escolher o próximo desafio. Toque no ícone com uma casa para retornar ao menu, se preferir; Escolha um novo nível ou volte ao menu principal (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 5: no menu, confira a lista completa de músicas e navegue entre os gêneros disponíveis. Use os ícones no topo para configurações e coleta de recompensas; Procure as músicas por categorias (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 6: continue jogando os níveis com base nas músicas. Lembre-se que a bola posicionada no meio do azulejo pode render mais pontos. Jogue com diferentes músicas (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O que achou de Tiles Hop? Deixe seu comentário! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Queer Eye: veja teaser da versão brasileira da série na Netflix

Queer Eye: veja teaser da versão brasileira da série na Netflix

Tecmundo A Netflix anunciou que o reality show Queer Eye vai ter uma versão brasileira. Por meio de um teaser oficial, a plataforma de streaming apresentou o elenco, que ainda contou com os comentários de Antoni Porowski, Jonatan Van Ness, Karamo Brown, Tan France e Bobby Berk.Inclusive, os meninos do Queer Eye original até arriscaram algumas palavras e frases em português — memes, diga-se de passagem. Nesse contexto, vemos pela primeira vez Fred, Guto, Rica, Luca e Yohan, que a partir de 2021 vão comandar os episódios produzidos aqui no Brasil.Leia mais... Veja Mais

DANIEL ALVES NO BOCA JUNIORS? Facincani informa sobre possível negociação pelo jogador do São Paulo

DANIEL ALVES NO BOCA JUNIORS? Facincani informa sobre possível negociação pelo jogador do São Paulo

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! https://www.espn.com.br/ ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Juntos na torcida! #FOXSports #DanielAlves #Boca Veja Mais

Moto G9 Play, dessa vez a Motorola ACERTOU? [Análise/Review]

canaltech Memória atualizada, armazenamento adequado e até mesmo processador de nível mais alto fazem parte dos acertos que tornam o Moto G9 Play uma das melhores apostas da Motorola para quem quer economizar esse ano Assista ao vídeo. Veja Mais

Eleições EUA: Trump diz que Biden não deveria reivindicar vitória erroneamente

O Tempo - Mundo "Joe Biden não deveria declarar a vitória erroneamente. Eu também poderia reivindicá-la. Os processos judiciais acabaram de começar!", tuitou o presidente Veja Mais

Eleição nos EUA: disputa prossegue por causa de 5 estados; acompanhe

O Tempo - Mundo O candidato Joe Biden tem entre 253 e 264 votos - devido à incerteza dos resultados no Arizona -, e o presidente Donald Trump está com 214 Veja Mais

A Voz do Brasil - 06/11/2020

A Voz do Brasil - 06/11/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Rodrigo Maia diz que sucessão na Câmara pode afetar reforma tributária; ✔️Estudantes tomam posse na edição 2020 do Parlamento Jovem; ✔️Especialistas defendem mudanças nos índices de repasses para o Fundeb. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canaisConfira nesta edição, entre outros assuntos: #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

Advogada brasileira participa de contagem de votos nos Estados Unidos

O Tempo - Mundo Ingrid vive nos EUA há 55 anos e atua na área de direito imigratório Veja Mais

Eleições online: por que há tanta resistência e quando teremos no Brasil?

canaltech As eleições presidenciais dos Estados Unidos geraram uma série de memes entre os brasileiros, e não é para menos — para nós, que estamos acostumados com as urnas eletrônicas, ver tanto trabalho sendo despedido com a contagem manual de cédulas impressas é realmente algo impressionante. Óbvio, os estadunidenses garantem que esse método é mais confiável; e especialistas em segurança cibernética já apontaram diversas falhas nas urnas brasileiras. De olho em futuras eleições, TSE quer testes com votação online ainda este ano Blockchain pode revolucionar sistema eleitoral brasileiro Vazamento expõe dados de 186 milhões de eleitores norte-americanos Segurança cibernética, aliás, é o que continua freando muitos países — inclusive o Brasil — de adotar uma tecnologia cuja implementação parece ser um passo evolutivo natural: o voto online, conhecido internacionalmente como i-Voting. Afinal, com a internet se tornando cada vez mais acessível para a população e com o número de dispositivos móveis crescendo sem parar, porque os governos globais ainda têm tanto medo de adotar tal estratégia? Antes de mais nada, vale lembrar que, nos Estados Unidos, apenas dois perfis de cidadão tiveram a chance de votar pela internet — militares (de qualquer estado) servindo em terras estrangeiras e civis (de alguns estados) que estejam em viagem internacional. Cada local possui suas próprias regras, com 20 regiões permitindo o envio de cédulas por email, quatro utilizando um portal web e apenas uma (Virgínia) oferecendo um aplicativo para celular. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Imagem: Reprodução/Clay Banks (Unsplash) Tal aplicativo, porém, já foi alvo de duras críticas de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), que publicaram, em fevereiro deste ano, um relatório demonstrando falhas estruturais que poderiam ser usadas por atores maliciosos para interceptar a transmissão das cédulas virtuais e alterar o voto do usuário. Os responsáveis pelo software comentaram sobre as alegações afirmando que as análises teriam sido feitas em uma compilação antiga. Exemplo notório A Estônia é, atualmente, o único país a contar com um sistema capaz de realizar uma eleição de forma 100% online. Famoso por ter digitalizado grande parte dos serviços públicos, o governo estoniano lançou sua solução em 2005, utilizando-o já em 2007 para seu pleito parlamentar. O acesso à interface é concedido apenas aos cidadãos devidamente dotados do cartão digital de identificação como cidadão estoniano, sendo possível, inclusive, alterar seu voto quantas vezes quiser durante o período eleitoral. É essencial observar, porém, que tudo isso só foi possível graças ao desenvolvimento de um ecossistema inteiro de governança digital. O ID-Card estoniano está longe de ser um simples RG, sendo equipado com um chip carregado de chaves criptográficas 384-bit ECC que podem ser usadas para autenticar o civil em um ambiente digital. Além do voto online, o cartão-certificado também é usado para acessar serviços públicos de saúde e assinatura digital de documentos de fé pública. Imagem: Reprodução/e-Estonia Ademais, grande parte dos sistemas do país foram desenvolvidos do zero por profissionais locais em parceria com grandes nomes como Dell EMC, Ericsson e OpenNode. Há até mesmo um blockchain estoniano — o KSI — usado para garantir a verificação e registro descentralizados de informações críticas. E no resto do mundo? Claro, diversas outras nações — especialmente europeias — tentaram implementar um sistema de voto digital que fosse confiável, mas sem sucesso. A Suíça é um caso notório: em 2019, após anos de desenvolvimento, as plataformas que estavam prontas para uso foram banidas durante cinco anos para garantir que elas estivessem realmente seguras. No Brasil, o Tribunal Superior Eleitoral anunciou recentemente que usará as eleições municipais deste ano para fazer testes de sistemas de votação online. Um chamamento público foi publicado em setembro para convocar empresas interessadas em “expor” suas soluções durante o pleito marcado para o dia 15 de novembro; os testes, porém, serão limitados às cidades de Curitiba (PR), Valparaíso de Goiás (GO) e São Paulo (SP). O objetivo, vale ressaltar, não é substituir integralmente as urnas eletrônicas — até porque a penetração da internet banda larga está longe de atingir 100% da população nacional. Ainda assim, segundo o órgão, tal iniciativa pode resultar em uma economia significativa aos órgãos públicos. “Mesmo que, em um primeiro momento, os eleitores continuem a ter que comparecer às seções eleitorais, para a proteção do sigilo, só a economia de centenas de milhões de reais com a substituição de urnas já representa um grande ganho”, afirmou o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Festival online celebra a arte e a literatura como direitos humanos

O Tempo - Diversão - Magazine Evento vai reunir Lia de Itamaracá, Chico César e Daniel Munduruku, entre outros Veja Mais

Ministério da Justiça bloqueia R$ 130 milhões em criptomoedas

canaltech Nesta sexta-feira (06), Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou que bloqueou cerca de R$ 130 milhões em criptomoedas. Elas estavam alocadas em uma provedora de serviços virtuais, que leva o nome de Exchange e está sediada nos Estados Unidos. Suspeita-se que ela estava envolvida em operações fraudulentas. Ainda de acordo com o ministério, o bloqueio dos ativos foi solicitado pelas autoridades a partir de investigações realizadas pela Polícia Federal (PF) do Rio Grande do Sul, a partir da Operação Egypto, iniciada em maio de 2019. A ação visava uma empresa com sede no município gaúcho de Novo Hamburgo. Segundo dados da investigação feita pela PF, a companhia em questão prometia retornos de 15% aos seus clientes logo no primeiro mês de aplicação de seus recursos, com o dinheiro sendo investido em criptomoedas. No entanto, as autoridades coletaram indícios robustos de que a companhia captava valores desses investidores sem a autorização do Banco Central. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- A pasta afirma que os ativos serão preservados pelas autoridades norte-americanas enquanto os procedimentos judiciais necessários ao seu confisco estiverem em curso no Brasil. Operação Egypto Nas investigações da Operação Egypto, no ano passado, a Polícia Federal, juntamente com a Receita Federal e a Polícia Civil, verificou que em um das contas da empresa de Novo Hamburgo, teriam sido movimentados mais de R$ 700 milhões em criptomoedas, entre agosto de 2018 e fevereiro de 2019. Tudo sem a autorização do Banco Central, como dito anteriormente. Além disso, os sócios da instituição financeira clandestina apresentaram evolução patrimonial de grande vulto, que, em alguns casos, passou de menos de 100 mil para dezenas de milhões de reais em cerca de um ano. Dinheiro aprendido pela PF na 1º fase da Operação Egyto (Foto: Divulgação / Polícia Federal) Além dos crimes de operação de instituição financeira sem autorização legal, gestão fraudulenta, apropriação indébita financeira, lavagem de dinheiro e organização criminosa, o inquérito apura o envolvimento de pessoas que teriam tentado obter informações sigilosas da investigação e que foram identificadas. Na época, foram cumpridos dez mandados de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e em São Paulo. Na região Sul, as buscas foram feitas em Porto Alegre, Novo Hamburgo, Esteio, Estância Velha e Campo Bom. Ao todo, 156 pessoas entre policiais federais (130), servidores da Receita Federal ( 20) e policiais civis (6) atuaram na investigação. Os acusados passaram a responder por gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro, organização criminosa, apropriação indébita financeira, e crimes de operação de instituição financeira sem autorização legal. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Eleições nos EUA: Dados indicam que mudança vai acontecer, diz Guedes

O Tempo - Mundo Ministro da Economia disse nesta sexta-feira que uma vitória do candidato democrata Joe Biden não atrapalhará o crescimento do Brasil Veja Mais

Os melhores celulares até R$ 1.500 de 2020

canaltech A pandemia do novo coronavírus foi a maior responsável pelo encarecimento dos eletrônicos nos últimos meses e, se você está à procura de um celular com especificações técnicas interessantes e não pode pagar o preço de um topo de linha, a melhor alternativa é olhar para o segmento intermediário. Os melhores celulares até R$ 1.000 Os melhores celulares até R$ 2.000 Os melhores celulares até R$ 2.500 Os melhores celulares até R$ 3.000 Os melhores celulares acima de R$ 3.000 Geralmente, os modelos dessa categoria apresentam uma construção mais modesta na comparação com os mais caros, mas são equipados com câmeras de maior qualidade e recursos de ponta, além, é claro, de desempenho suficiente para a maioria dos jogos e aplicações. Se você não sabe quais são as melhores opções, confira a lista do Canaltech com os melhores celulares até R$ 1.500: -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Alerta: fique atento à data de publicação desta matéria, pois todos os preços estão sujeitos à mudança sem aviso. Os produtos exibidos aqui são selecionados pela nossa equipe, logo, se você comprar algo, o Canaltech talvez receba alguma comissão de venda. LG K62: visual elegante e construção robusta Indicado para quem procura um celular bonito e resistente. Confira as ofertas do LG K62 Celular mais recente da LG no Brasil, o K62 mantém as principais características que fizeram da linha um sucesso, como a construção resistente e o conjunto múltiplo de câmeras. Diferentemente dos modelos mais antigos, o visual recebeu uma atualização bem interessante, possuindo um acabamento metálico e um novo módulo para as câmeras. K62 tem novo visual, mas mantém construção robusta (Foto: Divulgação/LG) O K62 conta com um chip de oito núcleos rodando a 2,3 GHz, trabalhando com 4 GB de RAM e 128 GB de memória interna, conjunto interessante para rodar a maioria dos aplicativos disponível na Play Store, como redes sociais, jogos e serviços de streaming de vídeos. O smartphone da LG conta ainda com uma bateria de 4.000 mAh, que, aliado à tela HD+ de 6,6 polegadas, promete longas horas de reprodução de vídeos sem preocupações. Com relação ao conjunto fotográfico, o K62 ostenta uma câmera de 48 MP com recursos de inteligência artificial para auxiliar em fotos à noite e no famoso modo retrato. Ela é seguida por um sensor ultra grande-angular de 5 MP, uma macro de 2 MP e outra com foco em auxiliar no efeito bokeh. Para selfies, há uma câmera de 13 MP. Outro chamariz do K62— e de outros celulares da LG, em geral — é a sua construção resistente. A LG garante que o smartphone passou por oito testes intensos de resistência, geralmente utilizados por militares, como impacto, choque térmico, vibração e umidade. Na prática, isso significa que tem promessa de ser mais duradouro que outros modelos na mesma faixa de preço no que diz respeito a adversidades externas, embora isso não queira dizer que ele seja indestrutível — é apenas uma garantia de durabilidade extra. Motorola One Fusion: câmera quádrupla e bateria gigante Indicado para quem procura um celular da Motorola com múltiplas câmeras Confira as ofertas do Motorola One Action Assim como LG e Samsung, a Motorola é uma potência no que diz respeito a smartphones intermediários no Brasil. Recentemente, a marca trouxe o G9 Plus para cá, mas um modelo que custa menos e é tão interessante quanto é o One Fusion. Lançado em julho deste ano, o celular conta com o chip Snapdragon 710 da Qualcomm, ligeiramente inferior ao 730, porém muito interessante para a categoria mais básica. O One Fusion é equipado com 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno, além de uma bateria de 5.000 mAh com autonomia de dois dias de uso, segundo a Motorola. Se precisar carregá-lo, o celular traz um adaptador de energia com tecnologia TurboPower na caixa, com suporte à recarga de 10 W. One Fusion tradicional tem tela gigante de 6,5 polegadas e notch em gota (Foto: Divulgação/Motorola) Para reprodução de conteúdos, o One Fusion traz uma tela de 6,5 polegadas e resolução HD+. O notch em formato de gota, não muito atual no mercado atualmente, que abriga uma câmera frontal de 8 MP. Por falar em fotos, o smartphone possui quatro câmeras na traseira, com principal de 48 MP. Ela conta com tecnologia Quad Pixel da própria empresa, que utiliza IA para unir quatro fotos de 12 MP e uma para fornecer até 4x mais sensibilidade de luz em ambientes com baixa luminosidade. As outras câmeras são: ultrawide de 8 MP com ângulo de 118º; macro de 5 MP; e um sensor de profundidade para auxiliar no modo retrato — aquele efeito que “borra” o fundo e destaca o objeto principal. Motorola Moto G8 Power: campeão de bateria Indicado para quem procura um celular com boas configurações e bateria para mais de um dia Confira as ofertas do Motorola Moto G8 Power Mais um smartphone da Motorola na lista, o Moto G8 Power chegou em março deste ano com grande foco em autonomia de bateria — o modelo conta 5.000 mAh, que, aliado ao chipset econônimico Snapdragon 665, promete até dois dias de uso intenso. Além disso, vale lembrar que ele traz na caixa um carregador TurboPower de 15 W de potência, sendo possível recarregar o celular completamente em cerca de 1h30. O processador do G8 Power também garante desempenho satisfatório em jogos e abertura de aplicativos, graças aos 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno. Por falar em games, o smartphone tem algumas funcionalidades bem interessantes para gamers, como o Gametime, que permite ao usuário silenciar notificações e chamadas para ter foco total na jogatina. Moto G8 Power se destaca pela bateria imensa de 5.000 mAh (Foto: Divulgação/Motorola) O G8 Power também oferece uma tela com bordas reduzidas de 6,4 polegadas, resolução HD+ e um furo para acomodar uma câmera frontal. Já na parte de trás, você encontra um conjunto triplo com principal de 16 MP e tecnologia Quad Pixel. Na prática, isso garante 4x mais sensibilidade à iluminação. Xiaomi Redmi Note 9: tela gigante e resistente Indicado para quem procura um celular ver filmes e séries por bastante tempo Confira as ofertas do Xiaomi Redmi Note 9 A linha Redmi Note não poderia ficar de fora na nossa lista. O Redmi Note 9 se destaca por ser o único da nossa lista com tela IPS LCD gigante de 6,5 polegadas com resolução Full HD+ e proteção Gorilla Glass 5 — geralmente presente em topos de linha. A bateria de 5.020 mAh também é a maior entre os modelos listados aqui, com suporte para carregamento rápido de 18 W. Uma boa notícia é que o celular já sai de fábrica com sistema Android 10, ou seja, você terá todos os recursos de personalização da interface MIUI 11 em um celular mais acessível. Redmi Note 9 tenta manter tradição das versões anteriores (Foto: Divulgação/Xiaomi) No departamento de câmeras, o smartphone mais básico também é equipado com quatro sensores na traseira, sendo 48 MP, ultra grande-angular de 8 MP, macro de 2 MP e um sensor de 2 MP para medição de profundidade. Além disso, a câmera frontal tem 13 MP. A versão que escolhemos para essa lista possui 3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno, o mesmo conjunto do K51S, da LG. No entanto, o processador Helio G85 promete ser mais potente e econômico que o P35, presente no rival. Samsung Galaxy A21s: opção com visual premium Indicado para quem procura um celular visual elegante e atual Confira as ofertas do Samsung Galaxy A21s O Galaxy A21s é um smartphone básico da Samsung, mas com um pé no segmento intermediário. Ele traz um processador fabricado pela própria Samsung de oito núcleos com frequência de 2 GHz, rodando com 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno, o que deve resultar em um desempenho decente para a categoria. Um dos principais atrativos do celular é a bateria de 5.000 mAh, que ainda oferece suporte a recarga de 15 W. Quando o assunto é fotografia, o A21s entrega especificações bastante similares ao rival K62, com câmera principal de 48 MP aprimorada com IA, macro de 2 MP e um sensor de profundidade, também de 2 MP. A vantagem, aqui, é a adição de uma câmera de 8 MP ultra grande-angular, que fornece imagens com ângulo de visão de 123 graus. Seguindo a tendência dos celulares em 2020, o A21s conta com furo na tela que abriga uma câmera frontal de 13 MP, além de um módulo de câmeras em formato de peça de dominó, semelhante ao que encontramos nos topos de linha Galaxy S20 e S20+. O display, por sua vez, tem 6,5 com resolução HD+ e painel IPS LCD, conjunto mais que deve ser o suficiente para assistir a filmes e séries com qualidade agradável. Galaxy A21s traz um visual elegante e atual (Foto: Divulgação/Samsung) Se você quiser economizar um pouco, pode levar o Galaxy A11, que está mais em conta, mas traz conjunto de câmeras um levemente inferior. Confira as ofertas do Samsung Galaxy A11 Qual desses aparelhos é o seu favorito? Em qual deles você investiria até R$ 1.500? Conte aí embaixo, nos comentários. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias "Dedos de COVID" podem ser um sinal persistente da doença; saiba identificá-los Samsung traz ao Brasil os Galaxy M51 e M21s com suas baterias monstruosas Veja Mais

Dólar comercial fecha em forte queda, com expectativa de vitória de Biden

Valor Econômico - Finanças A reversão da vantagem do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para Joe Biden em dois Estados americanos nesta sexta-feira, ampliou as expectativas de que o democrata vença a eleição no país e manteve pressionado o dólar no pregão desta sexta-feira. No Brasil, após chegar a operar em alta pela manhã, a moeda americana passou a testar mínimas consecutivas no restante do pregão e encerrou em queda de 2,78%, a R$ 5,3920. Esta é a primeira vez que o dólar fecha abaixo dos R$ 5,40 desde 21 de setembro. Na semana, a moeda americana acumulou queda de 6,03% contra o real, a mais intensa entre as 33 divisas mais líquidas do planeta. Contra a coroa checa, que veio em seguida, o tombo foi de 4,43%. Pixabay Veja Mais

Walker: veja teaser da nova série de Jared Padalecki, de Supernatural

Walker: veja teaser da nova série de Jared Padalecki, de Supernatural

Tecmundo A emissora The CW divulgou o primeiro teaser oficial da série Walker, protagonizada por Jared Padalecki. O ator vai emendar um novo trabalho na emissora semanas depois do encerramento da 15ª temporada de Supernatural, série na qual ele passou quinze temporadas interpretando o mesmo personagem.O vídeo não revela nenhuma imagem relacionada à nova série, mas se concentra em fornecer alguns detalhes para o público por meio da voz de seu protagonista. Leia mais... Veja Mais

Datafolha: Impulsionado por combate à pandemia, Covas é tido como mais preparado

O Tempo - Política Levantamento também traz informações sobre impressões de eleitores em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Recife Veja Mais

Shenmue III chega na Steam em 19 de novembro

Shenmue III chega na Steam em 19 de novembro

Tecmundo Aqueles que aguardavam o lançamento de Shenmue III no Steam já podem adotar na agenda: a partir de 19 de novembro, aqueles que possuem conta na loja da Valve terão a chance de curtir essa jornada.Leia mais... Veja Mais

Eleições em BH: Kalil promete plano sólido e robusto para recuperar economia

O Tempo - Política Ele cogitou conceder incentivos fiscais, mas disse que é preciso estudos antes de anunciar medidas específicas Veja Mais

Partido de Trump vai à Suprema Corte tentar parar apuração na Pensilvânia

O Tempo - Mundo O democrata Joe Biden assumiu a liderança neste estado, o que seria decisivo para ele vencer a eleição Veja Mais

Brasil publica norma facilitando importação de soja e milho transgênicos dos EUA

G1 Economia Norte-americanos são potenciais fornecedores de grãos ao país, que enfrenta uma escassez de soja, principalmente, após fortes exportações para a China e diante de aquecida demanda interna. Espiga de milho transgênico em lavoura de Santa Helena de Goiás (GO). Alf Ribeiro/Estadão Conteúdo/Arquivo O governo brasileiro publicou uma instrução normativa conferindo segurança jurídica para importações de soja e milho transgênicos dos Estados Unidos, em um momento em que o Brasil lida com baixos estoques e preços recordes desses produtos. A instrução normativa, segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura, reconhece a equivalência de eventos geneticamente modificados entre Brasil e EUA. A norma busca eliminar incertezas sobre importações dos EUA, já que o país da América do Norte possui eventos transgênicos ainda não aprovados no Brasil, conforme afirmam especialistas. Os norte-americanos são potenciais fornecedores de grãos ao Brasil, que enfrenta uma escassez de soja, principalmente, após fortes exportações para a China e diante de aquecida demanda interna. Com preços recordes de soja e milho, o governo brasileiro zerou a tarifa de importação desses grãos para países de fora do Mercosul, no mês passado. China busca reduzir dependência da soja brasileira em meio a políticas de Bolsonaro Exportação atípica A norma, publicada na quarta-feira (4) e relatada à Reuters pela assessoria na noite de quinta-feira (5), surge na mesma semana em que os EUA confirmaram uma exportação de 30 mil toneladas de soja ao Brasil. As importações de soja pelo Brasil, contudo, devem ser maiores de parceiros do Mercosul, conforme indicam as projeções neste momento. De janeiro a setembro, as importações de soja pelo Brasil somaram 528 mil toneladas, segundo dados do governo, que apontam o Paraguai como maior fornecedor, com 521 mil toneladas. No ano passado, as compras brasileiras foram de apenas 144 mil toneladas. Na véspera, a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) revisou sua projeção de importação de soja pelo Brasil para 1 milhão de toneladas, ante 850 mil toneladas na estimativa de outubro. O volume de 1 milhão de toneladas, se confirmado, seria a maior importação pelo Brasil desde 2008, pelo menos, segundo dados da Abiove. As importações estão fortes após volumosos embarques pelo Brasil, o maior produtor e exportador de soja. De janeiro a novembro, as exportações do país estão projetadas em 82 milhões de toneladas, versus 69,9 milhões no mesmo intervalo de 2019, com a maior parte das vendas já realizadas, segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). Para novembro, a Anec projeta exportações do Brasil de apenas 688,1 mil toneladas, o menor volume mensal do ano, diante dos baixos estoques. O Brasil deverá passar para a próxima safra com os menores estoques da história, de 319 mil toneladas, segundo a Abiove. A partir de janeiro, quando a colheita começa, espera-se que a oferta se regularize. A Abiove elevou na véspera a estimativa de produção de soja do Brasil em 2021 para 132,6 milhões de toneladas, ante 131,7 milhões na previsão anterior, o que seria um novo recorde. Em 2020, safra também foi histórica, de 126,4 milhões de toneladas, segundo a Abiove, mas a forte demanda chinesa colaborou para reduzir fortemente os estoques. VÍDEOS: tudo sobre o agronegócio Veja Mais

Uso de redes sociais deve aumentar 11% no Brasil até 2025

Uso de redes sociais deve aumentar 11% no Brasil até 2025

Tecmundo Não há dúvidas de que as redes sociais atraem cada vez mais a atenção de diversas pessoas (especialmente durante esse período de pandemia), e um estudo divulgado pelo Cuponation revelou que, no Brasil, o uso desses serviços deve aumentar cerca de 11% até o final de 2025.Esse número leva em conta uma projeção feita entre 2020 e os próximos cinco anos, e ao final desse período será possível ver pouco mais de 157 milhões de pessoas usando Facebook, Instagram, LinkedIn e outros meios de interação virtual.Leia mais... Veja Mais

10 recursos de acessibilidade do Android para você usar

canaltech A presença de recursos de acessibilidade em celulares e tablets são muito importantes para uma experiência digital inclusiva. Os sistemas operacionais incluem, por padrão, recursos voltados para pessoas com deficiência, com o objetivo de reduzir limites visuais, sonoros e motores para o controle dos aparelhos. 5 aplicativos que podem ajudar deficientes visuais Celulares Android possuem uma área nativa dedicada a funções de acessibilidade. O Google também desenvolveu o Pacote de Acessibilidade do Android (Android), disponível na Play Store com opções ainda mais abrangentes. O Canaltech listou alguns dos principais recursos do sistema operacional para essa questão. Veja abaixo! 1. Transcrição instantânea Realize a transcrição instantânea de conversas (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O aplicativo Transcrição instantânea e notificações sonoras (Android), nativo nos dispositivos, consegue utilizar o microfone do aparelho para capturar qualquer mensagem de voz e transcrevê-la para texto em poucos segundos. Possui suporte para mais de 70 idiomas e ainda disponibiliza uma caixa de respostas para acompanhar as falas. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Os melhores apps para transcrição de áudio 2. Menu de acessibilidade Funções disponíveis no menu de acessibilidade (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Através do Pacote de Acessibilidade do Android, é possível ativar o Menu de acessibilidade dentro do aparelho. Ao deslizar dois dedos para cima, uma nova janela é exibida na tela, com diferentes opções para controlar o smartphone. É possível aumentar e diminuir o volume, abrir o Google Assistente para comandos de voz, realizar captura de tela, entre outras funções. Para ativá-lo, siga o caminho "Configurações" > "Acessibilidade" > "Serviços instalados" > "Menu de acessibilidade". 3. Correção de cores Android oferece modos de correção para tipos de daltonismo (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O Android também oferece uma funcionalidade para realizar correção de cores de acordo com diferentes tipos de daltonismo. São três modos de correção: deuteranomalia (vermelho-verde), protanomalia (vermelho-verde) e tritanomalia (azul-amarelo). Para configurar, siga o caminho "Configurações" > "Acessibilidade" > "Melhorias de visibilidade" > "Correção de cor". 4. Amplificador de som Recurso facilita a audição do som ambiente (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O amplificador de som é um recurso de acessibilidade nativo para aparelhos com a versão 6.0 ou posterior do Android. Quando conectado a um fone de ouvido, a função amplifica o som ambiente, auxiliando para compreender conversas ou um alto-falante, e tornou-se uma opção muito útil para pessoas com deficiência auditiva. Para ativá-lo, vá em "Configurações" > "Acessibilidade" > "Melhorias de audição" > "Amplificar o som ambiente". 5. Notificações de som Ative notificações para sons no Android (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Outro recurso direcionado para pessoas com deficiências auditivas é a possibilidade de exibir notificações de acordo com respectivos sons na casa. Configurando o aparelho, o sistema disponibiliza uma notificação quando a campainha tocar ou um bebê começar a chorar, por exemplo. O recurso está incluso no app Transcrição Instantânea. 6. Ampliar a tela e alterar o tamanho da fonte Aumente o tamanho da fonte (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O tamanho da fonte no Android pode dificultar a leitura da tela para algumas pessoas. Existem duas soluções para essa situação: a primeira envolve estabelecer atalhos para zoom na tela, tocando três vezes para ampliá-la ou deslizando dois dedos para cima. A segunda consiste em alterar a configuração padrão do tamanho da fonte no dispositivo. Para ambas, vá em "Configurações" > "Acessibilidade" > "Melhorias de visibilidade". 7. Suporte para aparelhos auditivos Conecte aparelhos auditivos (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Aparelhos auditivos com conexão Bluetooth podem ser facilmente pareados em aparelhos com Android 10 ou posterior. Para isso, basta seguir o mesmo caminho para conexão de qualquer outro dispositivo nas configurações do Blutetooth. 8. Selecionar para ouvir Selecione um conteúdo da tela e pressione para ouvir (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O recurso, presente no Pacote de Acessibilidade, inclui um pequeno ícone reprodutor na tela. Em seguida, basta selecionar um conteúdo e pressionar o botão de reproduzir para conseguir ouvir uma descrição ou o texto marcado. Para acionar, vá em "Configurações" > "Acessibilidade" > "Serviços instalados" > "Selecionar para ouvir". 9. Fontes e temas de alto contraste Temas em alto contraste envolvem preto e branco (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Para uma melhor visualização da tela, o Android permite configurar as fontes e teclado para alto contraste, fixando a cor do texto como branca ou preta e facilitando a diferenciação. No caso de aparelhos da Samsung, é possível encontrar um tema de alto contraste gratuito na loja virtual do aparelho. O caminho para alteração da fonte é encontrado em "Configurações" > "Acessibilidade" > "Melhorias de visibilidade" > "Fontes de alto contraste". 10. Talkback e teclado em braille Exemplo de teclado em braille para Android (Imagem: Divulgação/Google) O Talkback é um importantíssimo recurso do Pacote de Acessibilidade do Android. Através dele, é realizada a leitura de todas as informações presentes na tela, funcionando como uma importante ferramentas para pessoas com perda total ou parcial da visão. Com o Talkback ativado, é possível selecionar um teclado digital em braille. Siga o caminho "Configurações" > "Acessibilidade" > "Serviços instalados" > "Talkback". Acessibilidade | O que é e para o que serve o TalkBack Você recomenda algum outro recurso do Android voltado para acessibilidade? Comente! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Ministério enfrenta 'incidente' em sistemas que afeta atualização de casos e mortes da Covid-19

Glogo - Ciência Na quinta (5), ministério desligou sistemas de rede e e-mails após descobrir vírus em alguns computadores; nesta sexta, diversas tentativas fizeram com que níveis de segurança fossem aumentados e provocam lentidão nos sistemas usados para fazer o balanço de casos da doença. O Ministério da Saúde enfrenta desde quinta-feira (5) problemas em seus sistemas de informação. Os primeiros relatos do governo admitiam a "existência de vírus em algumas estações de trabalho". Nesta sexta-feira (6), a pasta informou que outros problemas afetaram o balanço de casos e mortes por Covid-19. STJ diz que sistema de informática do tribunal foi alvo de ataque hacker Polícia Federal identificou hacker que invadiu sistema do STJ, diz diretor-geral A reportagem da TV Globo verificou que, nesta sexta, um grupo de invasores conseguiu realizar o que especialistas em segurança chamam de pichação: o acesso indevido a um repositório de arquivos de um site e a inclusão ou desfiguração de alguma página. O acesso a arquivos sigilosos ou roubo de dados não é o objetivo da técnica usada na ação. Página que foi alvo de ações de invasores em base de dados antiga do Ministério da Saúde Reprodução Apesar de nenhum ataque ter concretizado o roubo de dados ou o acesso a informações sigilosas e sensíveis, as tentativas de invasão fizeram com que o ministério aumentasse as camadas de segurança em todos os sistemas. Uma das consequências é a instabilidade e a lentidão, o que compromete o balanço diário de casos e mortes a Covid-19. Em nota divulgada no início da noite, o ministério afirmou que, “nesta sexta-feira (6), identificou incidente em páginas web, o que desconfigurou layouts”. A nota diz ainda que “a questão está sendo tratada pela equipe do DataSUS, e as páginas estão sendo restabelecidas” e garantiu que “não foram afetados os dados nem os servidores da pasta, que estão preservados pelas medidas de segurança adotadas”. A pasta diz estar “revisando todas as camadas de segurança dos sistemas de Informação do SUS, o que pode ocasionar intermitência nos sistemas e na disseminação de informações da saúde durante o fim de semana, com previsão de término até o próximo domingo (08/11)”. De acordo com balanço do Ministério da Saúde, os seguintes estados tiveram problemas para atualizar dados: São Paulo, Santa Catarina, Amazonas, Tocantins e Amapá. De acordo com balanço do Ministério da Saúde, os seguintes estados tiveram problemas para atualizar dados: São Paulo, Santa Catarina, Amazonas, Tocantins e Amapá. Divulgação/Ministério da Saúde Balanço de casos e mortes da Covid-19 Isso ocorre porque o balanço é feito com base em duas fontes: o sistema e-SUS Notifica, onde as prefeituras inserem informações sobre casos leves da doença, conforme eles são confirmados, e o Sivep-Gripe, onde são notificados os casos graves de pessoas hospitalizadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (com confirmação da doença, com a doença descartada ou ainda em investigação). É no Sivep-Gripe também que as autoridades sanitárias são obrigadas a confirmar todas as mortes em decorrência da doença, ainda que a morte não tenha ocorrido em um hospital, o que é o caso da minoria dos óbitos. Governo do DF tira sistemas online do ar após ataque hacker Sem cálculos em São Paulo Por causa do problema, o estado mais afetado do país, São Paulo, deixou de divulgar o balanço diário da epidemia nesta sexta. À TV Globo, a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SES-SP) afirmou, por volta das 12h, que ainda não havia conseguido acessar os dados para calcular os números. Segundo a secretaria, o balanço é extraído dos sistemas federais diariamente por volta da 0h30 da madrugada. “A equipe técnica da pasta segue em contato com o órgão federal para solução dos problemas. Tão logo sejam sanados, a Secretaria fará a extração e a divulgação em todos os meios oficiais como faz rotineiramente. Cabe informar que no dia de ontem [quinta-feira, 5] a extração dos dados ocorreu normalmente”, afirmou o governo paulista. Até as 20h, o balanço ainda não havia sido divulgado. VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias Veja Mais

Eleições nos EUA: Missão da OEA não 'observou nenhuma irregularidade grave'

O Tempo - Mundo Sem citar nomes, missão eleitoral da Organização dos Estados Americanos pediu aos candidatos que evitem "especulações nocivas" Veja Mais

CT News - 06/11/2020 (Veja quanto custarão os iPhone 12 no Brasil)

canaltech No CTN de hoje: iPhone 12 finalmente chega ao Brasil, veja preços; Sistemas do Ministério da Saúde são desfigurados por hackers; App e site do Bradesco apresentam problemas de acesso nesta sexta-feira e mais. Ouça ao podcast. Veja Mais

Descoberta de fóssil mostra que dinossauros podem ter cruzado oceanos a nado

canaltech A descoberta de fósseis de dinossauros com bico de pato, onde hoje é a África, indicam que essas espécies viajaram por centenas de quilômetros entre os oceanos até chegarem lá. A criatura em questão é o Ajnabia odysseus, herbívoro, e seus ossos foram encontrados em uma mina no Marrocos, existindo há 66 milhões de anos, no final do período Cretáceo. Sexo animal: fóssil de genital de dinossauro sugere como eles acasalavam Cérebro alongado de pequeno dinossauro é reconstruído por cientistas Dinossauros pequenos e com asas de morcego voavam pior que uma galinha Em comparação com outros dinossauros com bico de pato, que podiam chegar a até 15 metros de comprimento, o Ajnabia era pequeno, medindo apenas três metros. De acordo com os pesquisadores, o animal evoluiu, inicialmente, na América do Norte, se espalhando posteriormente na América do Sul, Ásia e Europa. Mas como ele foi parar no continente africano? Imagem: Reprodução/University of Bath Nicholas Longrich, conferente sênior do Milner Centre for Evolution da Universidade de Bath e líder do estudo, diz que o fóssil do dinossauro foi encontrado em um local bem improvável, o equivalente a encontrar um canguru na Escócia, e que a África era completamente isolada por água. Então, os cientistas estudaram os dentes e a mandíbula do Ajnabia, determinando que ele pertencia à subfamília Lambeosaurinae, grupo de dinossauros hadrossaurídeos com crista. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Segundo especialistas, os dinossauros com bico de pato poderiam facilmente cruzar centenas de quilômetros em mar aberto para alcançar o continente, graças às suas largas caudas e pernas poderosas. O caminho pode ter sido percorrido a nado, flutuação e subindo pelos escombros. Longrich diz que era impossível caminhar até a África. Imagem: Reprodução/Raul Martin "Esses dinossauros evoluíram muito tempo depois que uma deriva continental dividiu os continentes, e não há evidências de pontes terrestres. A geologia nos diz que a África era isolada por oceanos. Então, a única forma de chegar lá era pela água", explica o cientista. Outros estudos também já mostraram que mamíferos como macacos e roedores, por exemplo, fizeram travessias marítimas longas e traiçoeiras de continente a continente. Essa é a primeira vez, no entanto, que é sugerido que o mesmo aconteceu com os dinossauros. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Johnny Depp é “gentilmente” afastado do elenco da franquia Animais Fantásticos Asteroide Apophis pode se desviar em direção à Terra — e a culpa é do Sol Veja Mais

Barroso diz que retomar voto impresso seria retrocesso: 'urnas são confiáveis'

O Tempo - Política Sem citar a fala de Bolsonaro, o ministro repetiu que a época de fraudes em apurações de votos foi superada no Brasil e reforçou sua posição favorável à adoção do voto distrital misto Veja Mais

Leilão virtual da Oi é confirmado para o dia 14 de dezembro

Leilão virtual da Oi é confirmado para o dia 14 de dezembro

Tecmundo Está marcado para o dia 14 de dezembro o leilão de torres e data centers da Oi, um dos mais concorridos do setor, que ocorrerá virtualmente devido à covid-19. De acordo com a decisão, os participantes, junto com a proposta, deverão informar um e-mail, no qual receberão o link de acesso à audiência – sendo que a entrega dos documentos será comprovada por recibo."Não será conferido acesso presencial das Recuperandas, credores ou participantes, em virtude da pandemia, sendo, contudo, facultativa a participação presencial física do Ministério Público e do Administrador Judicial", definiu o juiz responsável pelo caso.Leia mais... Veja Mais

Como jogar Gartic Phone, o game de telefone sem fio

canaltech Acaba de chegar uma novidade que pode ser interessante para os fãs de Gartic (Android | iOS | Web) o famoso jogo de desenho e adivinhação. Gartic Phone (Web) é o mais novo lançamento do estúdio Onrizon. Como jogar Gartic em celulares Android e iPhone 5 melhores jogos e aplicativos de desenho online Como baixar e jogar Scribble Rider Em Gartic Phone, ao começar uma rodada cada jogador deverá escrever uma frase que será desenhada por outro jogador escolhido aleatoriamente. Em seguida, cada participante precisa desenhar o tema que lhe foi sorteado criando assim uma espécie de “Telefone sem fio”. Aplicativo usa realidade aumentada para ensinar você a desenhar melhor Gartic Phone, ainda não possuí sua versão mobile assim como o aplicativo de Gartic que está disponível para dispositivos (Android | iOS). No entanto, é possível criar salas para jogar com seus amigos através de seu site oficial para navegador. Em nossa matéria, confira como jogar Gartic Phone em seu celular.  -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Como jogar Gartic Phone Passo 1: acesse o site oficial do Gartic Phone. Feito isso, será necessário criar uma sala para jogar com seus amigos, escreva como seu nome aparecerá durante a partida e em seguida toque no botão "Criar Sala"; Toque em "Criar Sala" - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Passo 2: ao criar sua sala, você poderá definir algumas configurações para o jogo como tempo, número máximo de jogadores, turnos e até mesmo qual será a interação inicial. Para convidar pessoas, copie o link de acesso de sua sala ao tocar em "Convidar". Quando todos estiverem prontos, você pode começar o jogo tocando em "Iniciar"; Você pode convidar pessoas para sua sala, através do botão "Convidar" - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Passo 3: no começo da rodada, escreva uma frase para iniciar a conversa, quando você terminar de escrever, toque em "Pronto" para enviá-la; Escreva uma frase para ser desenhada por outro jogador - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Passo 4: então você receberá uma frase que foi escrita por um dos outros jogadores e terá que usar suas habilidades de desenho e pintura para ilustrá-la;  Use suas habilidades de desenho - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Passo 5: ao terminar de desenhar, toque no ícone de "Justificado" para enviar seu desenho; Toque no ícone de "Justificado" - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Passo 6: ao final da rodada, é possível visualizar todos os desenhos que foram feitos para cada tema, ao tocar em "Próximo" você poderá ver o tema seguinte. Toque em "Próximo" para ver o álbum seguinte - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Pronto! Agora você sabe como jogar Gartic Phone através de seu celular. Gostou da novidade? Comente logo abaixo.  Reúna seus amigos para se divertir com Gartic Phone - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias "Dedos de COVID" podem ser um sinal persistente da doença; saiba identificá-los Samsung traz ao Brasil os Galaxy M51 e M21s com suas baterias monstruosas Veja Mais

Polícia derruba esquema que vendia falsos resultados negativos de COVID-19

canaltech Na última quinta-feira (5), a polícia prendeu sete pessoas acusadas de vender ilegalmente resultados falsos de COVID-19 com testagens negativas, no aeroporto internacional Charles de Gaulle, em Paris. As autoridades encontraram cerca de 200 certificados negativos falsificados. Basicamente, o embarque de passageiros em voos internacionais. COVID-19: testes de antígenos podem ajudar na retomada da economia; entenda Exame de COVID-19 pode ser feito com sangue seco e custar menos, diz estudo Coronavírus | Mais barato, novo teste da COVID-19 é feito através da saliva Dentre os acusados, constam seis homens e uma mulher, de 29 a 52 anos. Os supostos falsificadores já eram conhecidos no aeroporto Charles de Gaulle por trabalharem clandestinamente embalando bagagens. A acusação em si envolve "falsificação, uso de documentos falsos e cumplicidade em fraude", com direito a risco de condenação a cinco anos de prisão e uma multa de 375 mil euros (o equivalente a R$ 2,4 milhões). O julgamento acontece em março de 2021. A ideia seria se aproveitar da obrigação de alguns viajantes apresentarem um teste negativo de COVID-19 para embarcar. Eles geravam o documento sob o nome de um laboratório existente, tanto de forma impressa, quanto eletrônica.  -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Polícia prende acusados de fornecer diagnósticos negativos de COVID-19 falsos (Imagem: fernando zhiminaicela/Pixabay) As investigações tiveram início em meados de setembro pela polícia de fronteiras, após a descoberta de um falso diagnóstico apresentado por um passageiro que pretendia embarcar para a Etiópia.  As operações fraudulentas eram realizadas majoritariamente em casos de pessoas que viajariam para a África. As autoridades contam que os acusados tinham mais de 200 certificados falsificados em seus telefones celulares, e que as falsificações teriam sido vendidas por até 300 euros (o equivalente a R$ 1.937). Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias "Dedos de COVID" podem ser um sinal persistente da doença; saiba identificá-los Meteorito que caiu em MG veio de Vesta, um dos maiores asteroides conhecidos Veja Mais

Astrônomos encontram novos desafios na busca pela taxa de expansão do universo

canaltech Astrônomos concordam que o universo está em constante expansão, e que quanto mais distantes duas galáxias estão, mais rápido elas se afastam. Mas quando o assunto é a taxa da expansão, o consenso termina, pois diferentes métodos utilizados para o cálculo chegam a diferentes resultados, mesmo que teoricamente todos estejam corretos. Agora, uma equipe sugere que uma dessas técnicas não seriam tão confiáveis assim. Hubble mostra que o universo se expande mais rapidamente do que pensávamos Cientistas criam técnica para calcular expansão do universo com maior precisão Novo estudo sobre expansão do universo pode mudar o que sabemos sobre o cosmos Enquanto uma das abordagens usadas pelos astrônomos é baseada na relação entre distância e velocidade de galáxias próximas, a outra é através do estudo da radiação de fundo do universo antigo. Porém, essas duas abordagens atualmente encontram taxas de expansão diferentes. Ambas deveriam estar corretas, mas cada uma apresenta um número diferente para a taxa de aceleração da expansão. Como essas são as duas formas mais interessantes para medir a expansão, os cientistas tentam descobrir qual oferece o resultado mais preciso. Muitos estudos já foram realizados para tentar descobrir o motivo dessa incoerência, sem nenhum resultado promissor. Contudo, em seu novo trabalho, o grupo formado por pesquisadores do Cosmic Dawn Center afirma que ambos os métodos podem não ser tão confiáveis quanto se pensava. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- A discordância entre as previsões e medições da constante de Hubble sugere falhas nas técnicas de medição ou no modelo atual do universo. Enquanto os dados da radiação cósmica de fundo do universo antigo apontam para uma previsão de 67.4, as medições de velocidade sugerem valores entre 70 e 76 (Imagem: Reprodução/NASA/Goddard Space Flight Center) Eles tiveram como foco um problema nas medições de velocidade, mais precisamente no chamado redshift. Dependendo da velocidade com que um objeto remoto se afasta de nós, o comprimento de onda da luz muda para o vermelho (daí o nome redshift, que significa “desvio para o vermelho”). É assim que os astrônomos medem velocidades, e com essas velocidades eles obtêm a distância. No entanto, quando a equipe do novo estudo examinou as medidas de distância e velocidade de mais de mil supernovas analisadas durante os últimos 25 anos, eles encontraram uma discrepância nos resultados. "Sempre acreditamos que medir as velocidades era bastante simples e preciso, mas, na verdade, estamos lidando com dois tipos de redshifts", disse Albert Sneppen, estudante de mestrado no Niels Bohr Institute. Os dois tipos de redshift mencionados por Sneppen estão ilustrados na imagem abaixo. Em ambos os casos, é usada uma supernova para medir a distância da galáxia. No primeiro exemplo, é usado o primeiro tipo de redshift, que mede a velocidade com que a galáxia se afasta de nós. Esse é o considerado mais confiável meio de fazer medições. O outro tipo de desvio para o vermelho ilustrado na Galaxia 2 mede a velocidade da matéria ejetada da supernova, movendo-se em nossa direção em uma fração da velocidade da luz. (Imagem: Reprodução) Em ambas as observações, o desvio para o vermelho é medido a partir da luminosidade da supernova, mas no segundo tipo os resultados tornam-se mais incertos, pois não sabemos exatamente com que rapidez a explosão ejeta o material em cada caso. Os pesquisadores do novo estudo mostraram que os resultados dessas duas técnicas diferentes resultam em duas taxas de expansão diferentes para o universo. Isso não resolve o problema da incoerência entre as taxas calculadas pelo redshift e pela radiação cósmica de fundo. “Mesmo se usarmos apenas os redshifts mais confiáveis, as medições da supernova não só continuam a discordar da constante de Hubble medida no universo inicial — também sugerem uma discrepância mais geral em relação à composição do universo”, disse Bidisha Sen, uma das autoras do artigo. Para o professor Charles Steinhardt, isso significa que o modelo atual estaria “quebrado de uma forma interessante”. Ele afirma que para resolver os dois problemas (sobre a taxa de expansão do universo e sobre a nova questão relacionada à composição do universo), “seriam necessárias explicações físicas bastante diferentes do que se quiséssemos apenas explicar uma única discrepância na taxa de expansão”. O estudo não oferece uma solução para medir corretamente a constante de Hubble; pelo contrário, traz um novo problema para um dos métodos utilizados nos cálculos que tentam encontrar a taxa de expansão do universo. Longe de ser conclusivo, o novo artigo traz um material a mais, com novos problemas para resolver. O que é ótimo, já que problemas como este são ótimos em abrir caminhos para novas descobertas. Com as conclusões em aberto, fica apenas uma certeza: a de que o debate ainda está longe de chegar ao fim e ficou ainda mais fascinante. A equipe ainda estudará galáxias que hospedam supernovas para obter novos redshifts e ver se as duas técnicas de desvio para o vermelho continuam trazendo resultados diferentes. E certamente os demais cientistas ficarão atentos para os próximos resultados desse estudo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias "Dedos de COVID" podem ser um sinal persistente da doença; saiba identificá-los Meteorito que caiu em MG veio de Vesta, um dos maiores asteroides conhecidos Veja Mais

"FLAMENGO É MUITO MAIS TIME QUE O BENFICA" | Zico - Aqui Com Benja! (Programa Completo)

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! https://www.espn.com.br/ ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Juntos na torcida! #Zico #Flamengo #Futebol Veja Mais

Faculdade de MG vai produzir soro contra COVID-19 usando anticorpos de cavalos

canaltech Em meio à pandemia, inúmeras instituições têm investido suas forças na busca por um aliado na luta contra a COVID-19. Nesta semana, a nova aliada nessa batalha é a Fundação Ezequiel Dias (Funed), que iniciou o processo de imunização de cavalos para a retirada dos anticorpos que serão utilizados no desenvolvimento de um soro contra a doença em questão. O soro será produzido a partir dos anticorpos de cavalos que se tornam imunes pelo vírus inativo SARS-CoV-2. USP encontra genes que podem gerar novo tipo de imunidade à COVID-19 Estudo da USP busca prever se paciente com COVID-19 precisará ser hospitalizado COVID-19: Fiocruz deve produzir vacina da Universidade de Oxford no Brasil A expectativa é que lotes-piloto com 5 mil ampolas para os estudos clínicos sejam finalizados em janeiro de 2021, e a ideia é que o uso do soro seja apenas para ambiente hospitalar, sob prescrição médica. “A redução de casos no estado não significa que as ações do governo cessaram. Pelo contrário. Continuamos mobilizados e trabalhando em projetos de médio prazo, como é o caso da produção do soro que está sendo desenvolvido pela Funed”, anunciou o secretário de estado de Saúde (SES-MG), Carlos Eduardo Amaral. Enquanto isso, o chefe do Laboratório de Biotecnologia e Saúde da Funed e coordenador da pesquisa para o desenvolvimento do soro anti-COVID-19, Sérgio Caldas, acrescenta: “Enquanto não há tratamentos antivirais específicos e vacinas aprovadas, o desenvolvimento do soro deve ser considerado uma opção para o tratamento da infecção”. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Fundação Ezequiel Dias (Funed), de Minas Gerais, vai produzir soro contra a COVID-19 (Imagem:  fernando zhiminaicela / Pixabay) A Funed costuma produzir soros antipeçonhentos, antitoxinas e antiviral em atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS) em Minas Gerais e no Brasil. De acordo com o coordenador da pesquisa, a instituição contém todos os requisitos necessários para a produção do soro. Após a validação e certificação da segurança e eficácia do soro com base nos estudos clínicos feitos, a Funed fará a solicitação do registro junto à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para que a produção de lotes em larga escala sejam iniciadas. Esse estudo relacionado à produção de soro foi aprovado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). Com isso, a Funed recebeu uma verba de R$ 213 mil que estão sendo aplicados nas etapas de imunização e desenvolvimento do soro. Já a produção dos lotes-pilotos será custeada pelo Governo de Minas. O valor do investimento não foi informado. Segundo o presidente em exercício da Funed, Ronei Monteiro, "os recursos orçamentários estaduais serão otimizados ao lançarmos mão de toda a nossa estrutura integrada. Além disso, não será necessário investimento em fábrica, pois vamos usar a mesma estrutura que a Funed já tem para a produção dos demais soros, e todas as fases do projeto estão sendo realizadas na própria Fundação", concluiu. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Falta de vitamina D é novamente relacionada a sintomas graves de COVID-19 Como um "sincericídio" do fundador do Alibaba suspendeu o maior IPO da história Finalmente! WhatsApp lança mensagens temporárias que desaparecem em 7 dias "Dedos de COVID" podem ser um sinal persistente da doença; saiba identificá-los Meteorito que caiu em MG veio de Vesta, um dos maiores asteroides conhecidos Veja Mais

Maia defende teto e descarta novo orçamento de guerra - 06/11/20

Maia defende teto e descarta novo orçamento de guerra - 06/11/20

Câmana dos Deputados Em uma live realizada nesta sexta-feira o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, defendeu o controle de gastos. Ele também comentou a sucessão dele na Câmara dos Deputados e o futuro das reformas. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados Veja Mais