Meu Feed

No mais...

HiFi Room | Novo canal da Deezer fornece música em alta definição

canaltech Na segunda-feira (9), a Deezer lançou um canal chamado HiFi Room, que conta com faixas selecionadas a dedo para extrair o som de forma que sua reprodução seja feita com a qualidade FLAC, isto é, sem perda de qualidade do arquivo de som, permitindo maior fidelidade com a música original, como se estivesse ouvindo de dentro dos estúdios de gravação. Como usar o Flow da Deezer para ouvir playlist personalizada e infinita Deezer: 7 dicas para você explorar ao máximo o serviço de streaming Deezer: 6 funções escondidas que você precisa conhecer A Deezer conta que, para fazer a seleção dessas faixas, há uma curadoria realizada por editores da própria empresa que escolhem as melhores músicas para compor as playlists, que incluem desde clássicos dos anos 70 até os hits mais recentes. O canal só é visível na página inicial para assinantes da modalidade e, uma vez que realizado o acesso, o usuário encontrará três seções. O canal conta com 20 playlists musicais que abrangem uma ampla gama de gêneros nacionais e internacionais. São elas: Rock Experience, Classical Experience, Pop Experience, Sertanejo Experience, MPB Experience, Samba Experience, Rock Brasileiro Experience, Rap Experience, Rap Brasileiro Experience, Jazz Experience, Electronic Experience, Soul-Funk Experience, Indie Experience, Metal Experience, R&B Experience, K-Pop Experience, Afro Experience, Blues Experience, Folk Experience e Latin Music Experience. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Algumas das playlists disponíveis no HiFi sob a premissa de uma qualidade mais cristalina (Imagem: Reprodução/Deezer) Para aqueles que desejam ouvir toda a discografia de um artista, a Deezer conta com The Perfect Record Collection, seção que é composta pelos melhores álbuns de cada ano e década, segundo a visão dos editores da empresa em questão. Há também a Resissues, que permite os usuários descobrirem remasterizações. O Deezer HiFi está disponível em muitos dispositivos, desde o seu aplicativo móvel e desktop, até grandes TV e alto-falantes. Rival do Spotify: assine Amazon Music Unlimited para ouvir suas músicas preferidas! Apenas 16,90/mês Vale lembrar que o novo canal será atualizado semanalmente. "Sabemos que verdadeiros audiófilos gostam de mergulhar em suas músicas favoritas. É por isso que reunimos mais de 500 dos melhores álbuns de todos os tempos em HiFi para nossos ouvintes. O objetivo aqui é oferecer para essas pessoas um acesso fácil as canções favoritas na qualidade FLAC, a mais cristalina possível. Além disso, o HiFi não é apenas ótimo para os assinantes, mas favorece também os artistas, uma vez que as taxas de royalties são maiores", conta Alexander Holland, diretor de conteúdo e estratégia da Deezer. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Samsung prepara celular intermediário com armazenamento inédito, diz rumor Todos os planetas do Sistema Solar ficam visíveis à noite nesta semana; observe! O céu (não) é o limite | Asteroide Apophis, meteorito em MG e muito mais! Engenheiro é condenado a 9 anos de prisão por roubar US$ 10 milhões da Microsoft Instagram apresenta problemas de acesso nesta terça-feira (10) Veja Mais

Super Mario Bros: como seria uma sequência do filme de 1993 sobre o game?

Super Mario Bros: como seria uma sequência do filme de 1993 sobre o game?

Tecmundo Quando foi anunciado que teríamos uma versão live-action de Super Mario Bros para os cinemas, os fãs ficaram curiosos sobre como seria feita a adaptação dos jogos para as telonas. No entanto, quando o filme foi lançado em 1993, acabou não sendo bem recebido pela crítica e pelo público.Antes do filme chegar aos cinemas, já haviam conversas para que a produção ganhasse uma continuação, entretanto, devido à recepção negativa, a sequência do filme protagonizado pela dupla Bob Hoskins e John Leguizamo nunca viu a luz do dia.Leia mais... Veja Mais

AS EMOÇÕES DE PHASMOPHOBIA: JOGANDO COM O PSIQUIATRA DANIEL BARROS [+13]

AS EMOÇÕES DE PHASMOPHOBIA: JOGANDO COM O PSIQUIATRA DANIEL BARROS [+13]

 Minutos Psíquicos Hoje eu vou conversar com o psiquiatra Daniel Martins de Barros (https://www.youtube.com/c/DanielMartinsdeBarros/featured) sobre o medo e outas emoções negativas enquanto jogamos o aterrorizante Phasmophobia, um jogo de terror no qual precisamos investigar atividades paranormais. ATENÇÃO: Se você tiver 13 anos ou menos, muita sensibilidade a conteúdos ligados a terror, suspense ou violência, bem como se tiver epilepsia, sugerimos que não assista a live. Agradecimento especial aos nossos apoiadores no YouTube, no Patreon e no APOIA.SE: Uriel Marx Josue Caetano Juliana Pereira Masashi Inoue Gabriel Tamassia Martinez Fernando da Silva Trevisan Cláudio Toma Angelo Thomazini Anderson Santos da Silva Mathias Gheno Azzolini Marco Aurélio Roncatti Ingrid Philigret de Brito Paulo André Batista Araújo Adinael Fernandes da Silva Tatsuo Adachi Ana Carolina Alves Feitosa Kleber Pereira Thaís Canto Renan Fernandes Elisangela de Moura Gonçalves Mônica Almeida Roger Hendryo de Oliveira Simone Souza Raquel Aquino Débora Medeiros Antonio Rosasse William Oliveira ingridpsi Ana Cláudia Tiago Cruz Jose Luis Fernandes Maísa Barbosa Brum Michel Rezende Artur Luft Gacha Trevisani Josi Silva Andre Elton Mayara Silva Rafael Haruin Nanci Cuozzo Luciana Santa Fé Antonio Neto André Timm LUCIANA SANTOS Heloisa Moura Antonia Braz Danilo Oliveira Ana Carolina Zortea Suellen Santos Vanessa Ariane Ribeiro Ana América Oliveira de Arruda rigen doragon Sawabonas Joao Freire Franca Murilo Juliana Belko Ines Cozzo Fernanda Wanderlind Leandra Garcez Sabrina Morais Adriana Araújo Bruno Andrade Nildson Loki Karen Castro Carmen Adell André Luiz Thieme Robson Tulio Furtado Roberta Coeli Neves Moreira Mírian Batista LEONARDO AUGUSTO DE FREITAS Flávio Wilson Campos de Carvalho Núbia Cristina Cardoso Fernanda Wanderlind Luciano Mesquita de Sousa Marcia Solange Braz Sobrinho Telma de Souza Castelan Keila Cristina Grassi Lourenço Rafael Marques dos Santos Marcia Miyuki Noda Livi Fernanda Regina Mistieri LEONARDO AUGUSTO DE FREITAS Gabrielly Freitas de Sena Nanci da Conceição Cuozzo TAGIANE MARINHO LOPES ARAÚJO Sandra Magna Cavalcante Novais Alexandre de Souza Simões Rafael Franco de Oliveira Flavio Roso Gonçalves Manuella Bahls Thiago Medeiros Rêgo ALEX CORREA SALES Cláudia Cristine Couto Fernandes Dowsley Lucas lustosa mauro DANYELLA BA. RICHARD INCENTIVE O MINUTOS PSÍQUICOS :) Torne-se um apoiador nosso no YoutTube, Apoia.se ou Patreon: ● https://www.youtube.com/channel/UCFiEI1kDHlO9UQtxx0wj-XA/join ● https://apoia.se/minutospsiquicos ● http://www.patreon.com/minutospsiquicos REDES SOCIAIS ● Facebook: https://www.facebook.com/minutospsiquicos/ ● Twitter: https://twitter.com/minutopsiquicos ● Instagram: https://www.instagram.com/minutospsiquicos/ CRÉDITOS ● Apresentação e edição: André Rabelo (@oandrerabelo) ● Convidado(a): Daniel Martins de Barros (@danielmbarros) do canal Daniel Martins de Barros (https://www.youtube.com/c/DanielMartinsdeBarros/featured) Livro citado: "O lado bom do lado ruim". #phasmophobia #medo #emoções Veja Mais

A Voz do Brasil - 10/11/2020

A Voz do Brasil - 10/11/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canaisConfira nesta edição, entre outros assuntos: #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

STF determina que Anvisa informe em 48h sobre paralisação de testes da Coronavac

O Tempo - Política Nos bastidores, pedido de informações do ministro Ricardo Lewandowski foi visto como uma demonstração de preocupação com recente suspensão dos testes da Coronavac Veja Mais

Lewandowski dá 48 horas para Anvisa explicar critérios de estudos da CoronaVac

Glogo - Ciência Ministro é relator de ações que contestam atuação do governo e possibilidade de vacinação obrigatória. Pedido de informações leva em conta 'relevante interesse público e coletivo', diz. Morte de voluntário, que causou pausa dos testes da Coronavac, não teve a ver com vacina O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski determinou nesta terça-feira (10) que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) preste esclarecimentos, em até 48 horas, sobre os critérios usados nos estudos e testes sobre a vacina CoronaVac. O despacho do ministro foi enviado horas após a Anvisa anunciar a suspensão dos testes com a vacina por conta de um "evento adverso grave". A agência disse que a decisão foi "técnica", e que recebeu informações "insuficientes" e "incompletas" do Instituto Butantan, que coordena os testes no Brasil. "Determino à ANVISA, com fundamento no art. 6°, § 1°, da Lei 9.882/1999, que, no prazo de 48 (quarenta oito) horas, observado o âmbito de sua autonomia técnica, preste informações complementares àquelas já ofertadas pela Presidência da República e pela Advocacia-Geral da União, acerca dos critérios utilizados para proceder aos estudos e experimentos concernentes à vacina acima referida, bem como sobre o estágio de aprovação desta e demais vacinas contra a Covid-19", diz o pedido. Anvisa diz que decisão de suspender os testes da Coronavac foi 'técnica' e baseada na falta de informações Na decisão, Lewandowski afirma que levou em conta "o relevante interesse público e coletivo discutido nos presentes autos" e o artigo 196 da Constituição Federal, que trata do direito coletivo à saúde. O "evento adverso grave" nos testes da CoronaVac foi a morte de um voluntário, ocorrida no fim de outubro e relatada na semana seguinte. A causa do óbito foi suicídio, segundo informação divulgada pelo UOL e pelo jornal "O Estado de S. Paulo" e confirmada pela TV Globo no início da tarde. CONEP: Comissão não indicou parar teste porque a morte não tinha relação com a vacina ANVISA: Suspensão dos testes foi 'técnica' e baseada na falta de informações VALDO CRUZ: Até aliados consideram que Bolsonaro erra ao politizar vacina BOLSONARO COMEMORA: Presidente celebrou suspensão: 'Mais uma que Bolsonaro ganha' Até a noite desta terça, os estudos clínicos sobre a CoronaVac no Brasil seguiam suspensos pela Anvisa. Segundo a própria agência, isso impede apenas que novos voluntários sejam vacinados, mas os outros procedimentos podem continuar em andamento. A agência reguladora recebeu documentos do comitê internacional independente de segurança da pesquisa, e informou que os dados serão analisados por um grupo interno. O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que todos os dados foram fornecidos à Anvisa e negou relação entre a morte e os testes. ‘Bagunça política e bagunça na comunicação’, diz pesquisadora sobre suspensão da vacina “O efeito adverso grave (...) não tem relação com a vacina. Não podemos dar detalhes a vocês porque isso envolve sigilo. (...) O que eu afirmo a vocês é que esses dados estão todos nas mãos da Anvisa, estão todos fornecidos à Anvisa”, afirmou. Tema no STF O ministro é relator de duas ações que questionam afirmações do presidente Jair Bolsonaro sobre a estratégia de vacinação contra o novo coronavírus no país. No último dia 21, Bolsonaro disse em redes sociais que o Brasil não irá comprar "a vacina da China", em referência à CoronaVac. No dia anterior à postagem, o Ministério da Saúde havia anunciado a compra de 46 milhões de doses do mesmo produto – que ainda está em fase de testes e, por isso, não foi liberado para aplicação no público geral em nenhum lugar do mundo. A CoronaVac é desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac. O governo de São Paulo fechou acordo para a compra de 46 milhões de doses e a produção do imunizante pelo Instituto Butantan, que coordena os testes clínicos no país. Após a suspensão anunciada pela Anvisa, o presidente Jair Bolsonaro comemorou o que considerou uma vitória sobre João Doria, governador de São Paulo. VÍDEOS: novidades sobre a vacina Initial plugin text Veja Mais

Eleições em BH: PSOL aposta em crescimento da bancada da Câmara Municipal

O Tempo - Política Partido acredita na reeleição das vereadoras Bella Gonçalves e Cida Falabella e também na eleição de mais candidatas da legenda Veja Mais

Marvel’s Avengers vende abaixo do esperado e derruba trimestre da Square Enix

canaltech Marvel’s Avengers pode ter amargado um retorno baixo para a Square Enix. A publicadora perdeu o equivalente a US$ 47 milhões no trimestre com fim em 30 de setembro, período de lançamento do jogo. O que leva a crer que o título não deu o retorno esperado para a companhia. Os dados são de relatório fiscal do semestre publicado pela empresa. Quais as diferenças entre o Xbox Series S e o Xbox Series X? PlayStation 5 ou Xbox Series X e S: qual comprar? Esta conclusão vem de análise dos últimos dois trimestres da companhia. No primeiro deles (de abril a junho), a Square Enix teve bons resultados com o lançamento de Final Fantasy 7 Remake. Contudo, a receita despencou no seguinte, em que teve Avengers como grande nome. No primeiro trimestre, ela fechou sua conta com lucro operacional de US$ 96 milhões. Contudo, no seguinte, foram os US$ 47 milhões em prejuízo. No semestre, ela ainda apresentou saldo positivo, 12,08 milhões de jogos enviados para venda, com receita de US$ 1,63 bilhões. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Análise | Marvel’s Avengers é um jogo que perde a oportunidade de ser grande A Square Enix não abre seus números de venda, mas o analista David Gibson publicou no Twitter que as previsões são de 3 milhões de cópias vendidas. Isso seriam 60% da expectativa da Square Enix. Square Enix - reported Yen6.5bn loss for HD Games driven by Marvel Avengers, would not say how many sold but that volumes were 60% of plan. Implies game cost over $100m to make but only sold 3m or so. Ouch — David Gibson (@gibbogame) November 6, 2020 Marvel’s Avengers foi lançado para a atual geração em 14 de agosto, com foco em multiplayer e mecânicas baseadas em loot. Contudo, chegou carregado de bugs e com problemas de conexão, dificultando a entrada de novos jogadores. A própria Cristal Dynamics (que desenvolveu o título) reconheceu os problemas e adiou o lançamento de Marvel’s Avengers para PlayStation 5 e Xbox Series X por tempo indeterminado. A proposta é entregar mais conteúdo para os atuais jogadores desta geração e garantir um jogo melhor polido para o lançamento para os próximos consoles. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Samsung prepara celular intermediário com armazenamento inédito, diz rumor Fabricante chinesa registra celular com oito câmeras traseiras; veja o visual Androids velhos perderão acesso a quase 30% da internet em 2021 Segunda onda da COVID-19 já começou lá fora; o Brasil está preparado? Parece um cubo de Rubik! Xiaomi anuncia minicomputador que cabe no bolso Veja Mais

Frente do Serviço Público debate reforma administrativa - 10/11/20

Frente do Serviço Público debate reforma administrativa - 10/11/20

Câmana dos Deputados Dois encontros virtuais discutiram a reforma administrativa apresentada pelo governo ao Congresso. De um lado medidas como a restrição da estabilidade no serviço público foram criticadas, mas há parlamentares que consideram a proposta tímida e querem uma reforma mais profunda. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #ReformaAdministrativa #ServiçoPúblico Veja Mais

PGR apura participação de Damares em mobilização contra aborto de menina

O Tempo - Política A exposição da menina atenta contra o Estatuto da Criança e do Adolescente e fez da família da vítima alvo de ameaças e pressão Veja Mais

Plataforma detecta centenas de contas brasileiras no Twitter disseminando desinformação sobre a eleição americana

G1 Economia Criador de sistema que monitora robôs considera 'bizarro' que as contas não tentem disfarçar sua origem, deixando claro que são brasileiras. Contas brasileiras espalham desinformação sobre eleição americana Reprodução/Twitter/Christopher Bouzy Christopher Bouzy, fundador da plataforma Bot Sentinel, que monitora atividade de robôs no Twitter, alertou nesta terça-feira (10) que há mais de mil contas brasileiras tentando espalhar desinformação sobre a eleição americana na rede social. Entre os exemplos que apresentou estão contas que repetidamente publicam a hashtag #BidenWasNotElected ("Biden não foi eleito"), mensagem que tenta corroborar as alegações sem provas de Donald Trump sobre um suposto "roubo" na disputa presidencial para beneficiar o democrata Joe Biden. "Desde a semana passada, acompanhamos as atividades das eleições e, desde o primeiro dia, percebemos que contas brasileiras estavam espalhando desinformação. Mas na semana passada eram aproximadamente 370-400 contas brasileiras no Twitter. Agora são bem mais de 1000 se aproximando de 2000", informou Bouzy à reportagem da GloboNews. O americano nota que muitas das contas ficam repetindo as mesmas mensagens de desinformação. "O curioso e bizarro é que não estão tentando esconder seu país de origem. A maioria dos atores estrangeiros que estão disseminando desinformação tenta se disfarçar como alguém dos Estados Unidos. Mas esses [brasileiros] estão fazendo isso à vista de todos", comentou. "Contas estrangeiras no Twitter que disseminam desinformação sobre as eleições nos EUA não são raras, mas é incomum que haja um número significativo de contas brasileiras no Twitter que tentam semear a discórdia em uma eleição presidencial dos EUA", disse o criador do Bot Sentinel. Veja Mais

Eleições 2020: Expectativa de desistir por Boulos não existe, diz vice de Tatto

O Tempo - Política Movimento para que o PT desista da candidatura voltou a ser repercutido quando Boulos apareceu numericamente à frente de Russomanno (Republicanos) em pesquisa Ibope Veja Mais

Para criar tracks na rua: conheça o menor controlador MIDI portátil do mundo

canaltech Os controladores de MIDI, aqueles que permitem transmitir e gerenciar sons e sequências para outros aparelhos, estão na moda ultimamente — já que os artistas estão a cada dia mais conectados às plataformas de criação digital. Por isso, é fácil encontrar diversos modelos por aí atualmente. Mas não tão pequeno e prático como o Noise Machine. Parece um cubo de Rubik! Xiaomi anuncia minicomputador que cabe no bolso Vai passar o pano? Conheça o robô da Samsung que faz isso por você O diminuto dispositivo diminuto mede cerca de 5,4 x 5,9 x 1 centímetros, tornando-o compacto o suficiente para caber dentro do bolso da calça jeans. E o mais importante: o painel, mesmo tão pequeno, traz recursos tão sofisticados quanto seus “irmãos” maiores, com 12 botões e um controle deslizante para mover em uma faixa de sete oitavas; além de mais um botão programável que você pode usar para controlar a modulação ou qualquer outro parâmetro personalizado.   Você ainda pode conectar até 12 canais MIDI diferentes ao Noise Machine, e as 12 notas podem ser divididas em dois canais separados. Existem também modos de looper e sequenciador. Para se conectar, a novidade traz uma entrada USB-C, que serve como carregador e comunicador com iOS, Android, Windows e Mac. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Segundo os desenvolvedores, é possível utilizá-lo com todas as principais estações de trabalho de áudio digital, incluindo Ableton Live. Além disso, a latência chega em cerca de 7,5 a 10 milissegundos quando você o emparelha com outro dispositivo.   O Noise Machine está cadastrado no financiamento coletivo do Kickstarter e até agora já conseguiu US$ 6,6 mil dos quase US$ 21 necessários para colocá-lo no mercado. Para apoiar, é preciso desembolsar pelo menos US$ 89 (R$ 481,97 na conversão direta) — as cotas de US$ 79 já esgotaram. Caso tudo dê certo, o que tem grandes chances de acontecer, o aparelho deve ser entregue em junho de 2021. Black Friday é no Canaltech Ofertas Está chegando a época com as melhores promoções do ano! A Black Friday 2020 vai acontecer no dia 27 de novembro e promete grandes descontos em várias categorias cobiçadas pelos brasileiros, como smartphones, smart TVs, notebooks, smartwatches, pulseiras inteligentes, monitores e muitos outros eletrônicos. Para ajudá-lo a encontrar os menores preços da internet, o Canaltech Ofertas fará a cobertura em tempo real da Black Friday, e você pode receber os descontos diretamente no seu celular ao entrar em nossos grupos de WhatsApp e Telegram. Não deixe para se preparar em cima da hora, clique no link abaixo e comece a economizar imediatamente! Entre no grupo de WhatsApp e Telegram do Canaltech Ofertas Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Samsung prepara celular intermediário com armazenamento inédito, diz rumor Todos os planetas do Sistema Solar ficam visíveis à noite nesta semana; observe! O céu (não) é o limite | Asteroide Apophis, meteorito em MG e muito mais! Engenheiro é condenado a 9 anos de prisão por roubar US$ 10 milhões da Microsoft Instagram apresenta problemas de acesso nesta terça-feira (10) Veja Mais

Foo Fighters lançam clipe de 'Shame shame' e anunciam live paga no sábado (14)

G1 Pop & Arte Faixa vai fazer parte de 'Medicine at Midnight', próximo álbum da banda. Show será transmitido de Hollywood e ingresso vai custar US$ 15 (cerca de R$ 80). Dave Grohl no clipe de 'Shame shame', dos Foo Fighters Divulgação Os Foo Fighters lançaram nesta terça-feira (10) o clipe de "Shame shame". A música vai estar no disco "Medicine at midnight", décimo disco da banda, previsto para sair em fevereiro de 2021. Junto com o novo vídeo, a banda divulgou detalhes da live que vai fazer no sábado (14), às 22h no horário de Brasília. O show vai acontecer no Roxy, em Hollywood. Os ingressos vão custar US$ 15 (cerca de R$ 80) e o vídeo vai estar disponível por até dois dias depois da apresentação. Dave Grohl, do Foo Fighters, mostra estúdio que projetou em Los Angeles Veja Mais

Hora de Aventura: Obsidian ganha data de lançamento no HBO Max (TRAILER)

Hora de Aventura: Obsidian ganha data de lançamento no HBO Max (TRAILER)

Tecmundo O streaming HBO Max divulgou um trailer para anunciar a data de lançamento do especial Hora de Aventura: Obsidian, que chegará à plataforma no dia 19 de novembro.A série de animação do Cartoon Network, Adventure Time (Hora de Aventura), teve a sua história principal encerrada há mais de dois anos, porém, o HBO Max vem lançando alguns episódios especiais do programa, intitulados Adveture Time: Distant Lands, que dão continuidade às histórias de alguns personagens.Leia mais... Veja Mais

Carrefour Brasil tem alta de 73% no lucro do terceiro trimestre

G1 Economia Entre julho e setembro, empresa reportou lucro líquido ajustado de R$ 757 milhões. O Carrefour Brasil teve lucro líquido ajustado de R$ 757 milhões de julho a setembro, alta de 73,1% ante o mesmo período de 2019, com forte crescimento de vendas e controle de custos, refletindo a resiliência do setor em um período marcado por incertezas ligadas à pandemia de Covid-19. Carrefour Regis Duvignau/Reuters "O Grupo Carrefour Brasil apresentou...crescimento recorde de vendas e rentabilidade impressionante, e esta forte tendência continua desde então", afirmou o presidente do grupo, Noël Prioux, em comunicado sobre o desempenho do terceiro trimestre. Além da bandeira Carrefour, o grupo possui a operação de atacarejo Atacadão. De julho a setembro, o resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) consolidado ajustado cresceu 18,6%, para R$ 1,34 bilhão, enquanto a margem cedeu para 7,7% de 8,2% um ano antes, em razão de provisões excepcionais adicionadas no banco do grupo. Na unidade Atacadão, o Ebitda ajustado atingiu R$ 984 milhões, alta de 51,4% ano a ano, com a margem subindo de 6,9% para 8%. A divisão de Varejo apurou alta de 62,1% no Ebitda ajustado, para R$ 410 milhões, com expansão da margem de 2,2 pontos percentuais, para 8%. No final de outubro, o Carrefour Brasil já havia divulgado crescimento de 29,9% nas vendas brutas, excluindo combustível, no terceiro trimestre ante mesmo período de 2019, para R$ 18,76 bilhões. As vendas mesmas lojas da rede cresceram 26,6%. De acordo com o vice-presidente de finanças do grupo, Sébastien Durchon, não houve um mudança significativa nos resultados da companhia em razão da redução do Auxílio Emergencial do governo até o momento. "A tendência de vendas muito fortes continua", reforçou. Ele evitou fazer previsões para as festas de fim de ano, argumentando que "está muito difícil" prever o comportamento dos clientes neste momento, mas se mostrou otimista para a BlackFriday - "vai ser forte". Após congelar os preços de produtos de sua marca própria no começo da crise desencadeada pelo coronavírus, a rede voltou a reajustar preços a fim de evitar um efeito nas margens com a inflação de alguns produtos, na esteira da depreciação do real. Durchon avaliou, contudo, que não se trata de uma inflação que veio para ficar, mas que é consequência de curto prazo, do choque de oferta com a depreciação do real ante o dólar. Comércio eletrônico No terceiro trimestre, as despesas com vendas, gerais e administrativas somaram R$ 2,1 bilhões, contra R$ 1,9 bilhão um ano antes, afetadas principalmente por despesas com Covid-19. Mas em relação às vendas líquidas caíram de 14,1% para 12,1%, com maior volume de vendas e ganhos de produtividade. Nas operações de comércio eletrônico, conforme já divulgado, as vendas pela métrica GMV cresceram 86,1% ano a ano, incluído o serviço de entrega rápida, apoiadas principalmente no crescimento de 202,4% do e-commerce alimentar, mas também na alta de 69,1% nas vendas online do segmento não alimentar. As vendas do marketplace subiram 61,7% e representaram 21,6% do GMV total. "Nosso ecommerce continua acelerando, mantendo o bom momento e melhorando os resultados, o que aproxima nosso modelo de negócios do break-even. Se incluíssemos os resultados que o comércio eletrônico traz para nossos serviços financeiros, ele já seria positivo", afirmou a companhia. O Banco Carrefour mostrou crescimento de 16% no faturamento do terceiro trimestre na comparação anual, para R$ 9,7 bilhões. O cartão Carrefour apresentou crescimento de 12,1%, enquanto o cartão Atacadão aumentou 29,6%. A carteira de crédito atingiu R$ 12,3 bilhões, acréscimo de 19,8% ano a ano. O Carrefour Brasil afirmou que houve melhora sequencial na qualidade da carteira, com o percentual dos empréstimos vencidos acima de 90 dias caindo para 11,8% de 13,1% no segundo trimestre, mas ainda assim, "considerando o ambiente volátil e incerto" optou em fazer uma provisão adicional de R$ 180 milhões, elevando o total provisionado para R$ 3,8 bilhões. O resultado financeiro líquido ficou negativo em R$121 milhões, ante resultado negativo de R$ 135 milhões um ano antes, com menor volume de descontos de recebíveis no trimestre. Os investimentos no terceiro trimestre somaram R$ 305 milhões, queda de 20,8% ano a ano, reflexo dos efeitos da pandemia de Covid-19. A rede total de lojas do Grupo Carrefour Brasil atingiu 699 pontos de venda ao final de setembro de 2020. Vídeos: Últimas notícias de economia Veja Mais

‘As Five’: protagonistas de ‘Malhação’ encaram a vida adulta em nova série

O Tempo - Diversão - Magazine Se antes as personagens eram adolescentes, agora elas são jovens mulheres que enfrentam vários dilemas; produção estreia nesta quinta-feira (12), no Globoplay Veja Mais

Luís Miranda fala da importância do novo marco legal para o mercado de câmbio - 10/11/20

Luís Miranda fala da importância do novo marco legal para o mercado de câmbio - 10/11/20

Câmana dos Deputados Esta tramitando aqui na Câmara dos Deputados, desde o ano passado, o Projeto de Lei 5387/19, de autoria do Poder Executivo, que tem como objetivo instituir um novo marco legal para o mercado de cambio brasileiro. A ideia é modernizar e simplificar a legislação cambial brasileira, que se baseia em regulamentos antigos, de uma época em que o Brasil enfrentava graves problemas no balanço e pagamentos e as regras dificultavam as exportações e as importações, os investimentos e a livre movimentação de capitais. E para conversar sobre esse assunto, o nosso convidado dessa edição do Programa e o Deputado Luís Miranda ( DEM-DF). Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #MarcoLegal #Cambio Veja Mais

Impressoras podem ser um ótimo presente de Natal em 2020. Descubra por quê!

canaltech O mundo está cada vez mais digital, com a nuvem facilitando o armazenamento de documentos, enquanto o compartilhamento destes materiais também pode ser feito diretamente entre as partes, sem a necessidade de contato próximo ou uso de serviços de entrega. Ainda assim, a questão sobre a necessidade ou não de lidar com documentos físicos ainda se faz presente, principalmente na atual transição dos regimes tradicionais de trabalho para o home office. É aí que entram as impressoras, que podem garantir impressões de boa qualidade com economia, desde que usem cartuchos originais. Por isso, elas são, sim, um bom presente para esse Natal. Mas será mesmo que, na era atual, ainda é necessário ter uma impressora em casa, como antes? Qual o melhor caminho a seguir para um profissional liberal que, trabalhando de casa, pode ter de imprimir recibos e cópias físicas de documentos para envio ou arquivo? Uma multifuncional da HP, por exemplo, pode resolver o problema e ainda melhorar a qualidade de digitalizações para envio por meios digitais. Além disso, para quem tem muitas impressões a fazer, não vale a pena buscar o trabalho de gráficas para pagamento individual. Isso acontece porque a HP oferece opções de impressoras com baixíssimo custo de impressão por página. E para quem imprime em grandes volumes, pode sair mais barato — e conveniente — investir em um equipamento próprio. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- O mesmo também vale para famílias com filhos em idade escolar ou estudantes, que podem sentir a necessidade de impressão de materiais para consulta ou atividades curriculares. Quem já tem uma impressora em casa, por exemplo, também pode optar pela compra de cartuchos originais para preservar o investimento já realizado, com o uso de serviços terceirizados de impressão saindo mais caro, no longo prazo, do que a compra de componentes desse tipo. Qualidade e sustentabilidade Cartuchos e tintas originais HP garantem qualidade na impressão de trabalhos e atividades escolares (Imagem: Divulgação/HP) Impressões domésticas realizadas com Cartuchos Originais da HP, por exemplo, garantem maior controle sobre a qualidade e o nível de economia, já que todo o processo está nas mãos do usuário. As tintas da marca passam por testes rigorosos de qualidade, assegurando o correto funcionamento a cada página, com resultados duradouros e imagens brilhantes que permanecem por gerações. A promessa é de um desempenho excepcional com o uso de Tintas Originais HP, com impressões mais velozes e em maior qualidade, sem os borrões ou marcas de uso de impressões feitas em grandes lotes, como em gráficas, ou opções de economia que levam em conta apenas um menor uso dos cartuchos enquanto desconsideram o resultado final dos documentos. Além disso, a HP também leva em conta a sustentabilidade, possuindo programas de reciclagem de cartuchos que evitam que eles sejam dispensados no lixo comum e gerem danos ao meio-ambiente. A iniciativa HP Planet Partners, por exemplo, está disponível no Brasil, com a possibilidade de entrega dos componentes utilizados até o fim pelos próprios clientes, em lojas autorizadas, ou coleta gratuita de itens em grande quantidade. Segurança A segurança das informações trafegadas entre computadores e impressoras também é garantida pelos cartuchos originais da HP (Imagem: Divulgação/HP) A confiabilidade dos cartuchos originais HP não se limita apenas à qualidade da impressão ou durabilidade dos cartuchos, mas também à proteção das informações em si. Os componentes da marca possuem sistemas que garantem o sigilo dos dados trafegados entre o computador do usuário e a impressora, de forma que eles não possam ser interceptados por terceiros. Um chip integrado presente nos cartuchos da HP, por exemplo, traz a segurança necessária para evitar manipulações, enquanto sistemas de software garantem a proteção do dispositivo e também dos documentos trafegados. O resultado, de acordo com a empresa, é uma confiabilidade maior, que acompanha também a tranquilidade dos usuários ao lidar com materiais sensíveis ou que possuam dados sigilosos. O mesmo, claro, não vale para cartuchos remanufaturados ou paralelos, que não possuem os mesmos dispositivos de proteção e podem gerar problemas ao equipamento e ao próprio utilizador. Estes, também, vão além do consumo de tinta para chegarem à própria segurança das informações que passam do computador à impressora, representando um risco adicional aos clientes de soluções dessa categoria. Onde adquirir cartuchos originais HP? Como citamos anteriormente, é importante ficar atento na hora de procurar cartuchos originais para garantir que não está levando um produto falsificado por engano. No caso da HP, você pode encontrar os produtos da empresa à venda online pelo Magalu. Compre cartuchos originais da HP e proteja sua impressora Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Samsung prepara celular intermediário com armazenamento inédito, diz rumor Fabricante chinesa registra celular com oito câmeras traseiras; veja o visual Androids velhos perderão acesso a quase 30% da internet em 2021 Segunda onda da COVID-19 já começou lá fora; o Brasil está preparado? Parece um cubo de Rubik! Xiaomi anuncia minicomputador que cabe no bolso Veja Mais

Galpão cria 'chapéu virtual' para novo projeto, 'Histórias de Confinamento'

O Tempo - Diversão - Magazine Experiência teatral estreia no dia 20 e será totalmente virtual; ingressos são gratuitos e contribuição é voluntária Veja Mais

Kalil destaca obras feitas em centros de saúde na capital mineira: 'Orgulho'

O Tempo - Política Prefeito voltou a chamar a área em BH de "a melhor porcaria do Brasil" Veja Mais

Como ver os preços dos produtos no Wish em reais

canaltech O Wish (Android | iOS | Web) é uma plataforma gratuita para compras online que oferece um vasto catálogo e diversas promoções para seus usuários. Além de permitir envios para o Brasil, a plataforma também aceita pagamento por cartão de crédito e débito, boleto bancário e PayPal. Como preencher o formulário de compras internacionais dos Correios com CPF EBANX Track: como rastrear suas encomendas usando o aplicativo AliExpress: como comprar produtos do Brasil na plataforma Dependendo do idioma do seu celular e da sua conta, os preços da plataforma são exibidos em real, mas, caso esteja em dólar e você queira alterar a moeda, saiba que o processo é rápido e prático. Confira a seguir como ver os preços do Wish em reais! Como ver os preços dos produtos no Wish em reais Passo 1: abra em seu celular o app do Wish e clique no ícone de “Três linhas” no cantos superior esquerdo. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Abra o site do Wish em seu celular e clique no ícone de "Três linhas" no canto superior esquerdo (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: com o menu lateral aberto, role-o até o final e clique em “Configurações”. Com o menu aberto, clique em "Configurações" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: na aba seguinte, selecione o item “Configurações atuais”. Na aba seguinte, selecione o item "Configurações atuais" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: clique sobre a moeda atual exibida no aplicativo para alterá-la. Clique na moeda atual para alterá-la (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: será aberto um menu no canto inferior, então localize e selecione a opção “BRL (R$)”. No menu aberto no canto inferior, selecione a opção "BRL (R$)" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: feito isso, clique em “Alterar moeda” e reinicie o app do Wish para aplicar as mudanças. Em seguida, clique em "Alterar moeda" e reinicie o app (Captura de tela: Matheus Bigogno) Pronto! Agora você pode ver os preços dos produtos no Wish em reais. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Samsung prepara celular intermediário com armazenamento inédito, diz rumor Fabricante chinesa registra celular com oito câmeras traseiras; veja o visual Androids velhos perderão acesso a quase 30% da internet em 2021 IML aponta suicídio como causa da morte de voluntário da CoronaVac; saiba mais Segunda onda da COVID-19 já começou lá fora; o Brasil está preparado? Veja Mais

Preços do petróleo sobem quase 3% com expectativas por vacina

G1 Economia Na segunda-feira, os contratos do petróleo saltaram 8%, registrando os maiores ganhos diários em mais de cinco meses. Os preços do petróleo avançaram quase 3% nesta terça-feira (10), à medida que expectativas de que uma vacina contra a Covid-19 esteja no horizonte compensaram a queda na demanda por combustíveis causada pelos novos lockdowns impostos para contenção do vírus. Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em alta de US$ 1,21, ou 2,9%, a US$ 43,61 por barril, enquanto os futuros do petróleo dos Estados Unidos (WTI) avançaram US$ 1,07 dólar, ou 2,7%, para US$ 41,36 o barril. Ambos os contratos saltaram 8% na segunda-feira, registrando os maiores ganhos diários em mais de cinco meses, após as farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciarem que sua candidata a vacina contra a Covid-19 registrou eficácia de mais de 90% em testes iniciais. Vacina da Pfizer contra o novo coronavírus apresenta eficácia preliminar de 90% O petróleo voltou a subir nesta terça, depois de o diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA, Anthony Fauci, afirmar que doses da vacina estarão disponíveis para pessoas com alta prioridade em dezembro. "Isso sugere que, em algum momento do ano que vem, as pessoas talvez poderão sair de férias, o que significa que veremos uma demanda maior por combustível de aviação", disse Bob Yawger, diretor de Futuros de Energia do Mizuho, celebrando o significado da notícia para o complexo energia. Vídeos: Últimas notícias de economia Veja Mais

João Vítor faz caminhada no Centro e reforça necessidade de revitalizar a região

O Tempo - Política Candidato percorreu algumas das principais ruas e conversou com comerciantes sobre a situação do local Veja Mais

Dólar fecha perto da estabilidade entre otimismo de Guedes e ajuste no exterior

Valor Econômico - Finanças Moeda americana encerrou a R$ 5,3910, em alta de 0,06% O dólar comercial oscilou entre leves altas e baixas durante a maior parte do pregão desta terça-feira, equilibrando, de um lado, o clima de realização de lucros no exterior após o rali motivado pela vitória de Joe Biden nos Estados Unidos e a notícia sobre a vacina e, de outro, o tom otimista do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a retomada do Brasil. No encerramento, a moeda americana foi negociada a R$ 5,3910, em alta de 0,06%. Unsplash Veja Mais

Sequoia Logística avalia novas aquisições

Valor Econômico - Finanças Após concluir a compra da Direcional Transportes e Logística, a Sequoia Logística e Transportes negocia novas aquisições. Uma das empresas está em processo de auditoria legal (‘due diligence’). “Temos algumas empresas em avaliação e uma em processo de auditoria”, afirmou Armando Marchesan Neto, fundador e CEO da Sequoia. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Brasil e Reino Unido discutem ampliação de comércio e investimentos

G1 Economia Representantes dos dois países vão participar da 11ª edição do Comitê Econômico e de Comércio Conjunto entre Brasil e Reino Unido. Comitê vai discutir questões da relação bilateral em comércio e investimentos entre os países. José Claudio Pimentel/G1 Autoridades brasileiras e britânicas realizam, nesta quarta-feira (11), a 11ª edição do Comitê Econômico e de Comércio Conjunto entre Brasil e Reino Unido (Jetco, na sigla em inglês), com objetivo de discutir questões da relação bilateral em comércio e investimentos entre os países. O encontro será realizado por videoconferência, das 11h30 às 13 horas. Após o termino, está prevista a divulgação de um comunicado conjunto com as principais conclusões e medidas acertadas. A delegação brasileira será liderada pelo secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Roberto Fendt, e terá também a participação de representantes dos ministérios das Relações Exteriores e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi). A comitiva britânica será liderada pela secretária de Estado para o Comércio Internacional do Reino Unido, Liz Truss. Na pauta, estão “as perspectivas de longo prazo para o aprofundamento da relação bilateral por meio da negociação de acordos relacionados ao comércio e ao investimento – um deles para evitar os efeitos da dupla tributação sobre as empresas que operam no mercado internacional”, diz o Ministério da Economia. Também devem ser discutidos temas como propriedade intelectual, sustentabilidade e cooperação em fóruns multilaterais. As questões já foram abordadas em mesa redonda com representantes dos setores privados dos dois países, em 3 de novembro. Em nota, Fendt reforça que a inserção internacional da economia brasileira é uma das principais diretrizes estratégicas do governo. “O fortalecimento dos laços comerciais com parceiros tradicionais é um passo significativo nessa direção, e acredito que Brasil e Reino Unido estão especialmente alinhados para fortalecer sua parceria.” Veja Mais

Ferramenta vê divulgação de fake news sobre eleição nos EUA por contas no Brasil

O Tempo - Mundo De acordo com criador 'é atípico que um número significativo de contas brasileiras esteja tentando semear discórdia em uma eleição presidencial americana' Veja Mais

Brasil apoia proposta dos EUA que limita participação da China no 5G, diz Itamaraty

G1 Economia Projeto 'Clean Network' quer restringir atuação de empresas chinesas por suposto risco de espionagem; firmas negam. Leilões no Brasil devem ocorrer em 2021; regras cabem à Anatel. O Ministério das Relações Exteriores afirmou nesta terça-feira (10) que o Brasil apoia os princípios de um plano dos Estados Unidos que busca restringir o acesso de empresas chinesas ao mercado mundial da internet móvel de quinta geração (5G). A iniciativa é chamada de "Clean Network" e, segundo o governo brasileiro, conta com a adesão de países da Europa e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), principal aliança militar dos EUA. No Brasil, os leilões das frequências para a implementação do 5G só devem acontecer em 2021. O apoio foi expresso pelo secretário de Negociações Bilaterais e Regionais nas Américas do Itamaraty, embaixador Pedro Costa e Silva, em cerimônia ao lado do Secretário para Crescimento Econômico, Energia e Meio Ambiente do Departamento de Estado dos EUA, Keith Krach. Saiba como o Brasil e o mundo estão se preparando para a chegada do 5G Krach participou de reuniões com autoridades brasileiras nesta semana sobre comércio, investimentos, meio ambiente, cooperação espacial e mineração, segundo o governo. "O Brasil apoia os princípios contidos na proposta do Clean Network feita pelo EUA, inclusive na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), destinados a promover, no contexto do 5G e outras novas tecnologias, um ambiente seguro, transparente e compatível com os valores democráticos e liberdades fundamentais", afirmou o embaixador. Em setembro, o presidente Jair Bolsonaro havia afirmado em uma transmissão em rede social que caberá a ele próprio a decisão sobre a implementação da tecnologia 5G no Brasil. Segundo Bolsonaro, não vai ter "ninguém dando palpite". A definição dos parâmetros do leilão cabe à Anatel – que, segundo a Lei Geral de Telecomunicações, goza de "independência administrativa, ausência de subordinação hierárquica, mandato fixo e estabilidade de seus dirigentes e autonomia financeira". Há, no entanto, debates sobre a tecnologia 5G em temas como segurança nacional, espionagem e privacidade de dados. Nestes casos, o tema caberia à inteligência do governo e à própria Presidência da República. O governo ainda não informou como pretende interferir no assunto. O que diz o 'Clean Network' O site do Departamento de Estado norte-americano (aqui, em inglês) afirma que o "Clean Network" é um programa do governo Donald Trump para proteger ativos norte-americanos – incluindo a privacidade dos cidadãos e os dados sensíveis das empresas – de "invasões agressivas de atores malignos, como o Partido Comunista Chinês". "O Clean Network aborda a antiga ameaça à privacidade dos dados, à segurança, aos direitos humanos e à colaboração baseada em princípios, apresentada por atores malignos e autoritários. O Clean Network se baseia em padrões de confiança digital aceitos internacionalmente", diz o site do governo dos EUA, em livre tradução. Estados Unidos fazem pressão para o Brasil não comprar tecnologia 5G da China O programa, prossegue o site, "representa a execução de uma estratégia duradoura, plurianual e governamental, construída sobre uma coalizão de parceiros confiáveis e baseada na tecnologia de rápida evolução e na economia dos mercados globais". A disputa do 5G O 5G é um sistema muito parecido com o 4G. Precisa de uma antena, de onde saem as ondas eletromagnéticas, como as de rádio, que carregam os dados pelo ar. Mas a nova tecnologia usa frequências de onda muito altas, capazes de carregar mais dados. Além de questões tecnológicas, o debate do 5G envolve disputas ideológicas, econômicas e de segurança nacional. O tema está, ainda, no centro da guerra comercial entre Estados Unidos e China. Revolução 5G: conheça a tecnologia que promete conexões ultra-rápidas de internet Na cerimônia desta terça, Keith Krach destacou que o Brasil é o primeiro país da América Latina a respaldar os princípios da proposta clean network e que isso proporcionará desenvolvimento ao país. Nenhuma das autoridades deu qualquer declaração sobre as eleições norte-americanas, realizadas na última semana e ainda em fase de apuração. O atual presidente Donald Trump e o presidente eleito Joe Biden não foram citados. Os jornalistas que acompanharam o evento não puderam fazer perguntas aos participantes. Outros temas Em nota, o Itamaraty afirmou que nesta terça também foi lançado o Diálogo Trilateral Brasil-Estados Unidos-Japão (Jusbe). Segundo o documento, os três países fizeram um compromisso em assegurar um “ecossistema que seja seguro, confiável e vibrante”. “Bem como em desenvolver uma abordagem comum quanto à utilização de redes 5G transparentes, seguras e baseadas na livre e justa concorrência e no primado do direito, em linha com suas legislações nacionais, prioridades na formulação de políticas e obrigações internacionais”, diz a nota. O Itamaraty também informou o lançamento de um "Diálogo Ambiental Brasil-Estados Unidos", com o objetivo de aprofundamento das relações dos dois países nessa área. “Entre as áreas prioritárias identificadas para maior colaboração, estão o bem-estar de comunidades indígenas; a promoção da bioeconomia; o combate à extração ilegal de madeira e o saneamento básico”, afirmou Costa e Silva na declaração conjunta. Segundo o Itamaraty, o Brasil estuda ainda a possibilidade de cooperar com a agência espacial norte-americana Nasa em um programa, batizado de Artemis, que pretende enviar à Lua, até 2024, uma missão tripulada. O Ministério de Ciência e Tecnologia e a Agência Espacial Brasileira (AEB) analisam, com a Nasa, como poderá ser feita essa colaboração. Veja Mais

Diretor de relações com investidores da PetroRio renuncia

G1 Economia O diretor-presidente e diretor financeiro da companhia, Roberto Bernardes Monteiro, passou a acumular o cargo. Roberto Bernardes Monteiro acumulou cargo de diretor de relações com investidores Divulgação A PetroRio informou que George Kassab renunciou ao cargo de diretor de relações com investidores da companhia por motivos pessoais. O diretor-presidente e diretor financeiro da companhia, Roberto Bernardes Monteiro, passou a acumular o cargo. Além disso, José Gustavo Costa Junior, que atuava na área de relações com investidores desde fevereiro de 2019, assumirá a função de gerente de relações com investidores. Veja Mais

VIROU O JOGO DO ANO? ZINHO COMENTA A RIVALIDADE ENTRE FLAMENGO E SÃO PAULO ANTES DA COPA DO BRASIL

VIROU O JOGO DO ANO? ZINHO COMENTA A RIVALIDADE ENTRE FLAMENGO E SÃO PAULO ANTES DA COPA DO BRASIL

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! https://www.espn.com.br/ Baixe o APP! https://bit.ly/3dhfI3I Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil #Flamengo #SãoPaulo #CopadoBrasil Veja Mais

Mike Pompeo fala em assinar memorando com Brasil para excluir Huawei de 5G

O Tempo - Mundo EUA tem planos de excluir a empresa chinesa da infraestrutura de tecnologia 5G em diversos países; o leilão no Brasil está previsto para o ano que vem Veja Mais

'Quando acaba a saliva tem que ter pólvora', diz Bolsonaro sobre fala de Biden

O Tempo - Mundo Comentário foi feito após ameaça do presidente eleito americano de impor 'consequências econômicas' caso não haja atuação mais firme contra o desmatamento e as queimadas Veja Mais

Bolsonaro diz não entender como prefeitos que fecharam cidades lideram pesquisas

O Tempo - Política As declarações foram transmitidas por um site bolsonarista Veja Mais

Bolsonaro volta a criticar restrições de preservação ambiental da baía de Angra

O Tempo - Política Presidente destacou que o "País está travado" e mencionou ainda suposto interesse dos governos da Bahia e de Goiás em revogar decretos ambientais para incentivar o turismo Veja Mais

Pesquisa indica que Hamilton, um dos fundadores dos EUA, tinha escravos

O Tempo - Mundo Alexander Hamilton é exaltado como abolicionista em um musical de sucesso na Broadway Veja Mais

'Tem que deixar de ser um país de maricas', diz Bolsonaro sobre Covid-19

O Tempo - Política O chefe do Executivo continuou, afirmando que "tudo agora é pandemia" e que "tem que acabar esse negócio" Veja Mais

Instagram apresenta problemas de acesso nesta terça-feira (10)

canaltech O Instagram vem apresentando instabilidade nesta terça-feira (10), com problemas de acesso para vários usuários, especialmente os donos de iPhone, segundo relatos na internet. O problema é global, mas nem todos foram afetados, visto que na redação do Canaltech a maioria consegue logar e até publicar novas postagens normalmente, enquanto outros até abrem o feed, mas veem postagens antigas. De acordo com o site DownDetector, o problema começou antes mesmo do meio-dia, e se estende para depois das 18h (em Brasília). O pico de reclamações foi entre 11h30 e 13h20, mas ainda há muitos registros de usuários que não conseguem acessar a conta, fazer upload ou carregar a linha do tempo. Relatos de problemas no Instagram em nível mais alto que o normal (Imagem: Reprodução/DownDetector) Os países mais afetados neste final de tarde parecem ser Chile, Estados Unidos, Rússia, França, Holanda e Alemanha. Também há problemas no Brasil, mas a maior parte dos usuários aparentemente já consegue acessar a rede social, apesar de ainda haver relatos de gente que “ficou de fora” da linha do tempo — o app abre, mas não carrega nada de novo. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- O Canaltech entrou em contato com a assessoria de imprensa da plataforma para saber se o Instagram está ciente do problema. Eis o posicionamento oficial: Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar o Instagram. Estamos trabalhando para que a plataforma volte ao normal o mais rápido possível. E aí, você teve ou está com problemas para acessar a rede social nesta terça-feira? Conte pra gente nos comentários! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Samsung prepara celular intermediário com armazenamento inédito, diz rumor Fabricante chinesa registra celular com oito câmeras traseiras; veja o visual Androids velhos perderão acesso a quase 30% da internet em 2021 Segunda onda da COVID-19 já começou lá fora; o Brasil está preparado? Parece um cubo de Rubik! Xiaomi anuncia minicomputador que cabe no bolso Veja Mais

Setor siderúrgico vê retomada da demanda na América Latina

G1 Economia Executivos do setor acreditam que o próximo ano será de consolidação da recuperação de 2020. Siderurgia TV Integração/Reprodução O setor siderúrgico da América Latina acredita que o próximo ano deverá ser de consolidação da recuperação de 2020. No Congresso Alacero 2020, foi consenso entre os executivos que a demanda por aço nos países da região apresenta uma retomada em “V”, em alguns mercados, até com mais força, como no Brasil. Neste ano, a expectativa é de queda de 14% no consumo aparente na América Latina e de um recuo de 15% na produção segundo a Alacero, entidade que reúne as siderúrgicas na região. Segundo o presidente da Ternium, Máximo Vedoya, a recuperação latino-americana está melhor do que se imaginava porque se vê um movimento de recomposição de estoques aliado a uma demanda crescente. Pixabay “Para 2021, sou moderadamente otimista. Depois de uma crise tão violenta, vemos recuperação em todos os países, no Brasil de forma mais rápida. Os estoques diminuíram e agora é o momento de recomposição, mas a demanda está crescendo”, disse. “Ainda não saímos da pandemia, há a possibilidade de uma segunda onda, mas já vislumbramos uma vacina.” Para Jefferson de Paula, presidente da ArcelorMittal Aços Longos, existem alguns pontos que não dependem de estímulos dos governos da região. Assim como Vedoya, ele acredita em um ano de recuperação, mas se mantém cauteloso. “Tem que ter cautela para o ano que vem. Existem alguns pontos que não dependem dos países como a segunda onda, a vacina que deve ser aprovada em 2021. A construção civil está voltando e isso pode ajudar a retomada da demanda, principalmente no Brasil”, disse De Paula. O presidente da Gerdau, Gustavo Werneck, é menos cauteloso quando o assunto é a recuperação do mercado em 2021, principalmente o brasileiro. O executivo reafirmou que a estimativa é de um crescimento de 6% a 8% no consumo aparente de aço no Brasil no próximo ano. “No curto, prazo tenho um otimismo muito grande. Há uma recuperação em ‘V’ e vai continuar até o final do primeiro trimestre do ano que vem. Em 2021, há fundamentos na economia para crescer o consumo de 6% a 8% no Brasil”, disse Werneck. No médio prazo, no entanto, ele vê com preocupação essa retomada do setor siderúrgico no Brasil. Segundo o executivo, se por um lado o governo tem estruturado iniciativas para sustentar esse consumo, como o marco saneamento, há dificuldades estruturais no país. “Dificuldades que precisam ser equacionadas. Acredito que o governo ainda tem condição de acelerar as reformas estruturantes para criar a demanda de longo prazo”, afirmou Werneck. Veja Mais

França e Boulos evitam confronto direto e miram Covas em debate

Valor Econômico - Finanças Os candidatos à Prefeitura de São Paulo Márcio França (PSB) e Guilherme Boulos (Psol) pouparam um ao outro durante debate promovido nesta manhã pelo jornal “O Estado de S.Paulo” e pela Faap. Os dois, que disputam uma vaga no segundo turno, miraram no prefeito Bruno Covas (PSDB), que lidera a disputa e cresceu seis ponto em uma semana, segundo pesquisa Ibope divulgada ontem. Esse movimento gerou um temor nas campanhas de que Covas possa vencer já no primeiro turno. Celso Russomanno (Republicanos), que está em queda há três semanas mas ainda tem chances de ir ao segundo turno, acabou sendo deixado de lado por França e Boulos e usou como estratégia o ataque contra todos. Usou frases desconexas e chegou a bater boca com Arthur do Val (Patriota), que tem 5% de intenção de voto. Na oportunidade de interação que tiveram, França e Boulos tiveram de responder sobre a controladoria-geral do município e optaram por criticar João Doria (PSDB), ex-prefeito e atual governador, do qual Covas foi vice. “Doria tem uma capacidade incrível de produzir fake news, ao dizer que houve irregularidade quando fui governador”, disse França. “João Doria destruiu a controladoria do município. Todo mundo sabe o quanto de esquemas que tem em São Paulo”, completou Boulos. França em seguida perguntou a Covas porque ele “escondia” o padrinho político Doria. “Está bem claro para o eleitor de que grupo político faço parte. Não foi cegonha que me trouxe, foi um tucano. Não tenho nada a esconder. Estranho seria se governador parasse seus afazeres para fazer campanha para mim. O candidato sou eu”, respondeu o prefeito. França replicou que “Doria é um container para arrastar”. “Se mete em tudo, demite secretário”, disse o candidato do PSB. Boulos confrontou Covas sobre o combate à pandemia na cidade, a terceira em mortes por covid-19 no mundo. O prefeito disse que todas as pessoas que buscaram a rede pública foram atendidas e que os médicos não tiveram que escolher entre pacientes para usar respiradores. “Ninguém ficou sem atendimento. O pior da crise já passou”, disse Covas. Boulos retrucou: “Quem escuta você falando nem parece que São Paulo foi a terceira mais cidade do mundo em mortes de covid-19.” Enquanto isso, Russomanno estava flagrantemente abatido e formulou respostas pouco consistentes, com frases truncadas, como a que usou para provocar o candidato do Psol, dizendo que ele é "homem em pele de Boulos" e “invasor de casas”. Russomanno insistiu, em quase todas as respostas, em falar de vale-creche e auxílio paulistano. O candidato do Republicanos, apadrinhado pelo presidente Jair Bolsonaro, não citou Bolsonaro. Boulos disse que “o desespero” havia batido em Russomanno, depois de pesquisa Ibope ter mostrado ontem que o deputado caiu oito pontos percentuais em uma semana. O momento em que essa sensação de desespero ficou mais evidente foi quando Russomanno se descontrolou com Arthur do Val. O candidato do Patriota, conhecido como “Mamãe Falei”, questionou Russomanno sobre os gastos de R$ 4 mil reais do gabinete do deputado federal com telefonia. “Você tem que se enxergar. Você não é nada, você não tem bandeira, você vem fazer proselitismo”, reagiu Russomanno. O candidato de Bolsonaro também criticou a gestão de Bruno Covas, o governador João Doria e o PSDB, e a gestão de Fernando Haddad, do PT. Uma das críticas mais duras a Bruno Covas (PSDB) foi feita por Arthur do Val (Patriota), que acusou o tucano de "viver do sobrenome", numa referência ao avô do prefeito, o ex-governador Mário Covas. "A gente tem alguém na prefeitura que vive do sobrenome, e não sabe o que é a vida real quando ele fala de uma maneira calma e sensata, realmente dá até vontade de votar nele", disse Do Val. O candidato do Patriota mencionou que em março de 2019, quando a cidade de São Paulo vivia um drama com enchentes, Covas viajou de férias com amigos para a Europa. A sucessão de licenças do prefeito, logo que assumiu o cargo, é um alvo de críticas ao tucano. Covas, na campanha, tentou se mostrar como um prefeito totalmente comprometido com a gestão, tanto que "se mudou para a prefeitura" na pior fase da pandemia de covid-19. 10/11/2020 12:55:59 Veja Mais

10 séries que abordam a política dos Estados Unidos

canaltech Nos primeiros dias de novembro, o assunto mais comentado no mundo, nas redes sociais, foram as eleições presidenciais norte-americanas, principalmente em relação ao sistema de votação usado nos Estados Unidos, que é bem diferente do processo que estamos acostumados no Brasil. Com isso, muitas pessoas começaram a buscar mais informações sobre a política do país e como os governos funcionam por lá. Stranger Things | Tempo extra na pandemia ajudou a produção a melhorar roteiros Atriz de Breaking Bad nunca assistiu a um episódio específico da série Crítica | Utopia dá vida às conspirações de HQ com violência gratuita e pandemia Inclusive, a temática "política dos Estados Unidos" já foi bastante usada em muitas produções para o cinema e para a televisão, seja contando histórias reais ou baseada em fatos, ou ainda em pura ficção e também em forma de comédia. Diversos deles estão disponíveis para você assistir nas plataformas de streaming, compra ou aluguel, em formatos de filmes ou séries. E, se você quer se aprofundar mais no tema, o Canaltech fez uma seleção com 10 desses títulos para você assistir e conhecer mais sobre a política do país, ou apenas para curtir como uma forma de entretenimento. Veja quais são: 10. Deadwood Deadwood é uma série que se passa lá no final de 1800, mais precisamente em 1876, na cidade que dá nome à série e que fica na Dakota do Sul. A trama de velho-oeste acontece depois da Guerra Civil norte-americana, quando o local se torna sem lei e um antro de crime e corrupção, com foco na vida de Wild Bill Hickok (Keith Carradine) e Seth Bullock (Timothy Olyphant), que estão politicamente em lados opostos. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Imagem: Divulgação/HBO Deadwood conta com três temporadas disponíveis no Globoplay. 9. Mrs. America Neste ano de 2020, estreou a série Mrs. America, com Cate Blanchett como protagonista ao lado de Uzo Aduba, mais conhecida pelo seu papel em Orange is the New Black. A trama se passa na década de 1970 e conta a história da ativista e advogada conservadora Phyllis Schlafly, que aposta em ideais que vão contra o feminismo. Então, a produção traz um grande embate de visões políticas diferentes sobre direitos iguais que acabam mudando o cenário dos Estados Unidos. Imagem: Divulgação/FX Mrs. America chegou no Now. 8. John Adams A série John Adams também se passa em um período bem antigo, em 1770 na cidade de Boston, nos Estados Unidos. Na trama, John Adams (Paul Giamatti), um dos fundadores dos EUA, aceita ser o advogado de defesa dos britânicos após o confronto conhecido como O Massacre de Boston, entre norte-americanos colonos e o Serviço Britânico. Imagem: Divulgação/HBO A série John Adams pode ser assistida no HBO GO. 7. The Americans Em The Americans, série de drama, suspense e espionagem que se passa na década de 1980, acompanhamos a vida de Elizabeth Jennings (Keri Russell) e Phillip (Matthew Rhys), um casal que até parece ser uma família comum com filhos em um subúrbio de Washington. No entanto, eles são agentes da inteligência russa, a KGB, que estão vivendo nos Estados Unidos para espionar o governo. Imagem: Divulgação/DreamWorks The Americans está disponível no Amazon Prime Video. 6. Homeland Homeland conta a história de Carrie Mathison (Claire Danes), uma agente da CIA que passou vários anos de sua vida profissional vivendo no Afeganistão. Sua vida muda quando ocorre o desaparecimento de dois soldados dos Estados Unidos no Iraque, com um deles sendo resgatado pelo exército. Porém, mesmo que ele seja tratado como herói, Claire tenta provar a todo custo que, na verdade, ele se envolveu com o outro lado da guerra e se tornou uma ameaça ao seu país de origem. Imagem: Divulgação/Fox 21 Homeland pode ser assistida no Amazon Prime Video, Globoplay, Fox e Now. Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? 5. The Good Wife The Good Wife, série que foi ao ar pela primeira vez em 2009, acompanha a vida de Alicia (Julianna Marguiles), que passa por uma experiência traumática de ser humilhada em público pelo seu marido e procurador Peter Florrick (Chris Noth), envolvido em um escândalo não só política, como sexual. Com a prisão do homem, ela decide mudar de vida e também se envolve na política e advocacia. Imagem: Divulgação/CBS A série The Good Wife está disponível em sete temporadas no Amazon Prime Video e no Now. 4. Parks and Recreation Agora, um pouco de comédia. Em Parks and Recreation, você vai conhecer a vida de Leslie Knope (Amy Poehler), que trabalha no departamento de Parques e Recreação da pacata cidade de Pawnee, no estado do Indiana. A série mostra o cotidiano do escritório, com um personagem mais esquisito que o outro, enquanto Leslie sonha em um dia se tornar a primeira presidente mulher dos Estados Unidos. Imagem: Divulgação/Deedle-Dee Productions Parks and Recreation pode ser assistida em sete temporadas no Globoplay e Amazon Prime Video. 3. Scandal Scandal, série de Shonda Rhimes, mais conhecida por também ser criadora de Grey's Anatomy, conta a história de Olivia Pope (Kerry Washington), ex-diretora de comunicação da Casa Branca que decide abrir a sua própria empresa de gerenciamento de crise para tentar salvar a reputação de pessoas importantes dos Estados Unidos. Até mesmo o presidente já precisou dos trabalhos de Pope, que é bastante renomada no trabalho que faz. Imagem: Divulgação/ABC Você pode assistir sete temporadas de Scandal no Globoplay. 2. The Good Fight The Good Fight é uma série derivada de The Good Wife, um famoso spin-off. A série começa a partir dos momentos finais da trama antecessora, quando a jovem advogada Maia Rindell (Rose Leslie) é vítima de um golpe econômico envolvendo sua mentora, Diane Lockhart (Christine Baranski). Então, juntas, elas decidem ingressar em uma das empresas do ramo mais promissoras de Chicago. A trama trata de questões políticas como a eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos em 2016. Imagem: Divulgação/CBS The Good Fight conta com quatro temporadas no Amazon Prime Video. 1. Veep Para fechar a lista, uma das séries políticas mais populares dos Estados Unidos, que já foi bastante premiada também: Veep. A produção estreou ainda em 2012 contando a história de Selina Meyer (Julia Louis-Dreyfus), senadora que acaba se tornando a vice-presidente dos Estados Unidos. Com um dos cargos mais poderosos do país, ela acaba descobrindo que o trabalho não é bem como ela imaginava, dando início a diversos jogos de poder que são tratados com muita comédia. Imagem: Divulgação/HBO A série Veep conta com sete temporadas no HBO GO. Filmes, Séries, Musicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Samsung prepara celular intermediário com armazenamento inédito, diz rumor Fabricante chinesa registra celular com oito câmeras traseiras; veja o visual Androids velhos perderão acesso a quase 30% da internet em 2021 IML aponta suicídio como causa da morte de voluntário da CoronaVac; saiba mais Segunda onda da COVID-19 já começou lá fora; o Brasil está preparado? Veja Mais

Soldados robôs podem estar na ativa na próxima década

Soldados robôs podem estar na ativa na próxima década

Tecmundo Robôs militares estão longe daqueles retratados pela ficção científica, mas seu desenvolvimento acelerado talvez faça com que os exércitos estejam bem mais próximos disso – essa pareceu ser a esperança do general britânico Sir Nick Carter: segundo ele, as forças armadas do país poderiam, na próxima década, incluir um grande número de máquinas autônomas ou controladas remotamente.“Suspeito que poderíamos ter um exército de 120 mil soldados, dos quais 30 mil podem ser robôs, quem sabe?”, disse ele à Sky News, enfatizando, porém, que nenhuma meta específica já tenha sido estabelecida.Leia mais... Veja Mais

Samsung: One UI 3.0 deve chegar para diversos celulares e tablets

Samsung: One UI 3.0 deve chegar para diversos celulares e tablets

Tecmundo O insider da Samsung Anthony '@TheGalox_', apresentou uma lista contendo todos os possíveis aparelhos da marca que receberão a nova interface One UI 3.0. Entre eles, é possível notar a presença de modelos de entrada e outros aparelhos mais antigos, bem como os mais recentes topos de linha e um tablet. A One UI 3.0 promete um sistema mais estável acompanhado de correções estéticas.Leia mais... Veja Mais

Anvisa agiu de forma correta, mas precisa liberar vacina logo, dizem ex-diretores da agência

Glogo - Ciência Gonzalo Vecina Neto e William Dib dizem que decisão de paralisar testes foi "correta", mas cobram que agência libere volta dos testes o mais breve possível. Fala de Bolsonaro foi desrespeitosa, afirmam. No Brasil, os estudos da CoronaVac são realizados em conjunto pela Sinovac e o Instituto Butantan Amanda Perobelli/Reuters A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) agiu de forma correta ao determinar a interrupção dos testes clínicos da vacina CoronaVac após a morte de um participante dos estudos. Agora, porém, a autarquia precisa liberar rapidamente o retorno dos estudos com o imunizante desenvolvido pela farmacêutica chinesa Sinovac. A opinião é consenso entre dois ex-presidentes da Anvisa consultados pela BBC News Brasil: os médicos Gonzalo Vecina e William Dib. Os testes com a vacina CoronaVac foram interrompidos nesta segunda-feira (9), depois da comunicação de que um dos participantes dos testes clínicos foi encontrado morto em São Paulo, no fim de outubro. O voluntário, no entanto, teria cometido suicídio, de acordo com um boletim de ocorrência da Polícia Civil paulista. A morte, portanto, não teria qualquer relação com a vacina. Ouvidos separadamente pela BBC News Brasil, os dois ex-presidentes da Anvisa disseram que a agência precisa liberar logo a volta dos estudos — especialmente se já há laudos de médicos legistas confirmando que a morte do voluntário de 32 anos se deu por suicídio. No Brasil, os estudos da CoronaVac são realizados em conjunto pela Sinovac e o Instituto Butantan, um centro de pesquisas ligado ao governo do Estado de São Paulo. William Dib é médico pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e presidiu a Anvisa em 2018 e 2019. Já Gonzalo Vecina Neto é hoje professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP). Presidiu a Anvisa à época da fundação da agência reguladora, de 1999 a 2003. Os dois também criticaram a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o caso. Nesta terça-feira (10), o mandatário comemorou a interrupção dos testes clínicos da CoronaVac. Bolsonaro foi "desrespeitoso" e "politizou" o caso, na opinião dos médicos. "Morte, invalidez, anomalia. Esta é a vacina que o [governador de São Paulo, João] Doria queria obrigar a todos os paulistanos tomá-la. O presidente disse que a vacina jamais poderia ser obrigatória. Mais uma que Jair Bolsonaro ganha", disse o presidente, respondendo a um apoiador que lhe perguntou sobre o assunto no Facebook. Nesta terça-feira (10), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, deu prazo de 48 horas para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) explicar em qual estágio dos testes está o imunizante desenvolvido pela Sinovac e o Instituto Butantan. Dib: Comemoração de Bolsonaro mostra politização do processo 'A prova da politização é a comemoração do presidente, né?', disse William Dib à BBC News Brasil ABR "A Anvisa, os servidores da Anvisa, não tenho dúvidas de que estão fazendo seu trabalho de forma técnica. E a decisão está bem justificada. O que ela não pode é ficar se delongando para tomar, ou não, a decisão de retorno da pesquisa", disse William Dib à BBC News Brasil. "A prova da politização é a comemoração do presidente, né? O presidente, ao comemorar uma morte e um atraso no processo, mostra que a questão (em torno da vacina) está politizada faz tempo", disse ele. "A justificativa de que teve um problema no sistema de informática não é uma coisa que dá para ser contestada. Não dá para a gente falar que teve ou não teve", disse Dib. Na tarde desta terça, dirigentes da Anvisa disseram que um ataque hacker na semana passada impediu a agência de tomar conhecimento sobre sobre a morte do voluntário antes — mais cedo, o Instituto Butantan disse ter comunicado a agência sobre a morte no dia 6 de novembro. O voluntário foi encontrado morto no fim de outubro. "Agora, isso não quer dizer que (a interrupção) vá atrasar em meses (o desenvolvimento da vacina). Vai atrasar em um ou dois dias. Agora, tem que tomar a decisão (de retomar os estudos) o mais rápido possível. Até para mostrar que não há esse processo de politização quando se trata coisas técnicas, coisas científicas. A ciência tem que estar acima de ideologias partidárias, de vontades políticas", disse Dib. "Nós estamos falando de vidas no planeta Terra, não é só no Brasil. Quando se suspende a questão aqui no Brasil, o mundo fica em alerta em relação a essa pesquisa", disse ele. Vecina: teste deveria ser retomado o mais rápido possível 'Vacina não tem nenhum componente que leve à depressão. Então, dificilmente se suicidou por causa da vacina', aponta Vecina Reprodução/Youtube/Ministério da Saúde "A pesquisa de uma vacina é muito complexa, porque vacina é um remédio que a gente dá para quem não está doente. Vacina a gente dá para quem está são. Então vacina não pode ter risco algum", disse o médico Gonzalo Vecina Neto. "E aí morre um sujeito (o voluntário). A primeira providência é parar tudo. Porque morreu alguém que tomou a vacina. (A princípio) eu não sei do que ele morreu. 'Ah, ele se matou'. Vamos ver. Precisamos saber se ele morreu com o tóxico que estava ao lado dele, no chão. Tem que tomar este cuidado." "Se eu estivesse na Anvisa, provavelmente faria isto também. Para tudo. Até quando? Até o Instituto Médico-Legal (IML) me comunicar do que ele morreu e eu ter a certeza de que ele faleceu não em decorrência da vacina, e sim porque se suicidou", opinou Vecina à BBC News Brasil. "Vacina não tem nenhum componente que leve à depressão. Então, dificilmente se suicidou por causa da vacina." "Espero que, assim que o Butantan receba a documentação do IML, mande essa documentação lá para Brasília e a Anvisa e o Comitê Externo aprovem a continuidade da vacina", disse Gonzalo Vecina Neto em entrevista à BBC News Brasil. "Agora, tem que andar rápido para liberar a continuidade da pesquisa", disse ele. Questionado sobre qual seria o prazo razoável para retomar o teste clínico, Vecina foi enfático. "Amanhã (quarta, 11)", disse. "Está bem explicado que o voluntário não morreu por causa da vacina. Agora, falta receber as informações completas do Butantan para liberar a continuidade da pesquisa", disse ele, que é professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP). "No meio disso, nós temos uma pressa para ter vacina. E temos um presidente desrespeitoso com a mortalidade que já tivemos (provocada pela Covid-19), desrespeitoso com o sujeito que se ofereceu para fazer parte dessa pesquisa, que faleceu; desrespeitoso com uma instituição como o Instituto Butantan, que tem mais de 100 anos existência", criticou ele. Morte de voluntário, que causou pausa dos testes da Coronavac, não teve a ver com vacina Vídeos: novidades sobre vacinas contra a Covid-19 Initial plugin text Veja Mais

Taxa estimada de transmissão do novo coronavírus no Brasil é a menor desde abril

Glogo - Ciência Índice que mede o ritmo de contágio (Rt) passou de 1,01, em 3 de novembro, para 0,68. Monitoramento é feito pelo Imperial College de Londres, no Reino Unido. Testes gratuitos para a Covid-19 no Raposo Shopping, na Zona Oeste de São Paulo Aloísio Maurício/Fotoarena via Estadão Conteúdo A taxa estimada de transmissão do novo coronavírus (Sars-CoV-2) atingiu o menor valor desde abril: 0,68. Na prática, isso significa que cada cem pessoas infectadas transmitem para outras 68. O monitoramento é feito pelo Imperial College de Londres, no Reino Unido. Há uma semana, no dia 3 de novembro, a taxa estava em 1,01. Na data, o índice estava por cinco semanas abaixo de 1, mas, nesta terça-feira (10), atingiu o menor valor em mais de 6 meses. Os dados levam em conta a média das estimativas de mortes na comparação das duas semanas. SEGUNDA ONDA: Mundo bateu 9 vezes recordes de casos diários de Covid em outubro, indicam dados da OMS VACINA BRASILEIRA: Butantan, Fiocruz, USP, UFMG e UFPR têm 11 projetos na fase inicial de estudos Simbolizado por Rt, o "ritmo de contágio" é um número que traduz o potencial de propagação de um vírus: quando ele é superior a 1, cada infectado transmite a doença para mais de uma pessoa e a doença avança. Queda nos testes Um levantamento feito pelo G1 com dados do Ministério da Saúde apontou uma queda nos testes no país entre agosto e setembro; especialistas apontaram que isso pode indicar uma piora na capacidade em achar casos da doença (o que influencia a estimativa do Rt). Em agosto, a taxa de transmissão do novo coronavírus no país caiu pela primeira vez para valores abaixo de 1. O Brasil tem mais de 162 mil mortes desde o início da pandemia. O número é o segundo maior do mundo, atrás apenas do valor dos Estados Unidos. O total de casos de Covid-19 no Brasil já passa de 5,7 milhões. VÍDEOS: novidades sobre as vacinas contra a Covid-19 Veja Mais

Recuperação do emprego pode levar mais de uma década, indicam Cepal e OIT

O Tempo - Mundo Na América Latina, mulheres e jovens têm sido os mais afetados pela pandemia no mercado de trabalho, aponta levantamento Veja Mais

'Entre pólvora, maricas e o risco à hiperinflação': Maia rebate Bolsonaro

O Tempo - Política Presidente da Câmara usou o Twitter para criticar falas de Bolsonaro e reafirmar compromisso com vacina contra a Covid-19 Veja Mais

Orquestra Afrosinfônica lança segundo álbum, 'Orin', com capa assinada por Vik Muniz

G1 Pop & Arte ♪ Seis anos após a edição do primeiro álbum, Branco, apresentado em novembro de 2014, a Orquestra Afrosinfônica lança o segundo álbum. Orin – A língua dos anjos chega ao mercado fonográfico em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, com capa assinada pelo artista plástico paulistano Vik Muniz. A arte da capa foi criada por Vik com técnica de intervenção sobre registro fotográfico de ensaio realizado pela orquestra na Casa da Ponte Maestro Ubiratan Marques, ONG situada no Largo do Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador (BA), cidade onde a big-band foi fundada em 2009. Criação do músico e arranjador soteropolitano Ubiratan Marques, a Orquestra Afrosinfônica harmoniza os sons da ancestralidade afro-brasileira com a linguagem orquestral da música de concerto, derrubando as já tênues fronteiras entre a música popular e a música dita erudita. Para Vik Muniz, a arte da capa do álbum Orin reflete a experiência de Ubiratan Marques na condução e criação da Orquestra Afrosinfônica. “Toda música orquestral tem essa qualidade de mosaico, de relação entre uma complexidade de fragmentos e a harmonia de um todo. No caso da Orquestra Afrosinfônica e particularmente no caso do álbum Orin, este aspecto de mosaico transcende as fronteiras formais da música e se desenrola nas experiências pessoais, nas vozes, nos estilos, nos tempos, nas línguas e nas culturas. Ubiratan Marques evoca a ambição poética de harmonizar a rica cacofonia das experiências em uma linguagem divina”, conceitua Muniz. O álbum Orin – A língua dos anjos estreita as relações da orquestra com a banda conterrânea BaianaSystem. O disco ganha edição através do selo Máquina de Louco, da BaianaSystem, cujo terceiro álbum, O futuro não demora (2019), tem o toque da Orquestra Afrosinfônica na música Água (Antonio Carlos, Jocafi, Ubiratan Marques e Russo Passapusso), arranjada por Ubiratan Marques. Veja Mais

Discord começa a testar compartilhamento de tela no Android

Discord começa a testar compartilhamento de tela no Android

Tecmundo O aplicativo Discord começou a testar o compartilhamento de tela no Android. A função já havia aparecido nos códigos do app em setembro, mas agora está oficialmente disponível para participantes do beta da plataforma na versão 48.2.Alguns vídeos da ferramenta em ação já começaram a aparecer na internet. A opção de transmissão de tela aparece na barra inferior do aplicativo, entre os botões de câmera e microfone.Leia mais... Veja Mais

ABEL BRAGA CONSEGUIRÁ MANTER O INTERNACIONAL NA LIDERANÇA? | Expediente Futebol

ABEL BRAGA CONSEGUIRÁ MANTER O INTERNACIONAL NA LIDERANÇA? | Expediente Futebol

Fox Sports Brasil Retornando ao Beira-Rio após seis anos, Abel chega com o Inter no topo da liderança do Campeonato Brasileiro. Será que o técnico, que já ganhou Libertadores e Mundial com o Colorado, terá sucesso nessa nova passagem? Diz aí, torcedor? Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! https://www.espn.com.br/ ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Internacional #Libertadores #Brasileirão Veja Mais

Câmara apresenta projeto de telecinagem – 10/11/20

Câmara apresenta projeto de telecinagem – 10/11/20

Câmana dos Deputados A Câmara dos Deputados está recuperando um acervo filmado em película de 16 milímetros por meio da telecinagem. A ideia é recuperar um vasto arquivo da década de 70 do século passado que passará a ficar disponível para o público em meio digital. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #Telecinagem Veja Mais

TSE faz recomendações sanitárias para votação em aldeias indígenas

O Tempo - Política Medidas são para minimizar o risco de disseminação da covid-19 Veja Mais

Mulher de 51 anos dá à luz à neta após 'emprestar útero' para a filha

O Tempo - Mundo Julie Loving, a avó, concordou com a jornada depois que Brenna Lockwood e o marido dela, Aaron Lockwood, sofrerem com problemas de infertilidade e dificuldade em manterem uma gestação normal Veja Mais

Biden diz que transição continua mesmo após Trump bloquear recursos

Valor Econômico - Finanças Biden disse que é “constrangedor” ver Trump e parte dos republicanos, entre eles o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, não reconhecerem sua vitória nas eleições O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta terça-feira que, apesar da insistência de Donald Trump em não admitir a derrota nas eleições presidenciais, não há nada que possa interromper os trabalhos de sua equipe de transição. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Petróleo fecha em alta, impulsionado por expectativa sobre vacina da Pfizer

Valor Econômico - Finanças Os contratos futuros do WTI para dezembro subiram 2,65%, a US$ 41,36 o barril, e os do Brent para entrega em janeiro avançaram 2,85% e terminaram o dia aos US$ 43,61 o barril Os preços do petróleo estenderam os ganhos robustos da sessão anterior e terminaram a terça-feira (10) em alta. Segundo analistas, o otimismo dos investidores é justificado pelas notícias positivas relacionadas ao desenvolvimento da vacina da Pfizer e da BioNTech, que teve resultados melhores do que o esperado em estudos. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Prêmio Multishow: Jota Quest e Skank gravam participação direto de Inhotim

O Tempo - Diversão - Magazine Edição 2020 acontece nesta quarta (11) e terá formato inédito com palcos no Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Ceará e Minas Veja Mais

Eleições em BH: Áurea defende integração da PBH com a região metropolitana

O Tempo - Política Ela acredita que assim a gestão dos serviços públicos será mais eficiente para toda a população que vive na capital e nos municípios do entorno Veja Mais

Safra brasileira de grãos 2020/21 deve atingir 268,9 milhões de toneladas, diz Conab

G1 Economia Soja e milho são destaques do levantamento. Produção de arroz e feijão deve cair. Brasil exportou US$ 7 bilhões a mais em soja para a China em 2018. No primeiro semestre deste ano, houve queda em comparação com o ano passado, mas produtores esperam aumentar as vendas com o acirramento da guerra comercial Enrique Marcarian/Reuters A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou nesta terça-feira (10) um novo levantamento para a safra de grãos que se iniciou neste segundo semestre e que termina na primeira metade de 2021. A previsão é de mais uma produção recorde no país, chegando a 268,9 milhões de toneladas. Preço de itens da salada do brasileiro dispara e alta deve permanecer Um dos destaques é soja, principal item de exportação do país, que nunca esteve tão valorizado e disputado no mercado. E o Brasil deve continuar sendo o maior produtor mundial do grão, com estimativa de colher 135 milhões de toneladas. O milho é outro destaque do levantamento divulgado pela Conab. A colheita das três safras do cereal deve alcançar 104,9 milhões de toneladas. Arroz e feijão No caso do feijão, há uma previsão de colher mais de 3,1 milhões de toneladas (-3,7%), enquanto a safra de arroz pode chegar a 10,96 milhões de toneladas (-2%). Veja vídeos sobre a alta no preço dos alimentos: Veja Mais

Pane Elétrica | Trailer mostra nova coletânea de curtas que estreia no Disney+

canaltech   Quem adora as animações da Disney, geralmente também acompanha os belíssimos curtas que são lançados nos cinemas com as animações ou conhece alguma das coletâneas que o estúdio lançava em mídias físicas. Com o Disney+, os curtas também serão um atrativo da plataforma de streaming, que acabou de lançar o trailer (acima) de Pane Elétrica. Testamos o Disney+ | O que você deveria saber antes de assinar o serviço Disney Pixar anuncia Luca, nova animação ambientada na Riviera Italiana Na descrição do vídeo, a página oficial Disney Plus Brasil chamou a atenção para o mundo mágico que habita seus curtas, às vezes esquecidos pelo público mais desavisado: De um bebê elefante perdido a uma gota de chuva recém-formada, descubra novos personagens e mundos em Pane Elétrica, 14 novos curtas da Walt Disney Animation Studios. Disponível em 17 de novembro. Só no #DisneyPlus. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? A data de estreia coincide com a chegada da plataforma ao Brasil, onde já foi iniciada a oferta de pré-venda do plano anual. O trailer não revela muito sobre o conteúdo dos curtas, o que faz muito sentido se pensarmos que, por se tratarem de histórias curtas, mostrar demais pode ser spoiler. Por outro lado, o trailer de Pane Elétrica nos mostra que todos os curtas têm algo da estética Disney em comum, mas usam diferentes técnicas de animação e têm trabalhos um pouco mais autorais que os seus longas, o que demonstra que são trabalhos com um pouco mais de liberdade criativa. Originalmente intitulado Short Circuit, Pane Elétrica diz respeito aos curtas "experimentais" da Disney, todos eles produzidos por diretores estreantes, o que é uma tendência das plataformas de streaming desde que a Netflix se aventurou em produções originais. O perfil não-oficial Almanaque Disney reuniu em uma thread os materiais de divulgação e sinopses de cada um dos 14 curtas: A Disney Animation lançou hoje, no Disney Plus, o Short Circuit, uma coleção de 14 curtas de animação inéditos dirigidos por diretores estreantes e com diferentes estilos de animação.Nessa thread, você encontra as sinopses oficiais e imagens de cada um desses curtas! Segue aí: pic.twitter.com/w0y6gziJft — Almanaque Disney (@almanaquedisney) January 25, 2020 Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Samsung prepara celular intermediário com armazenamento inédito, diz rumor Fabricante chinesa registra celular com oito câmeras traseiras; veja o visual Androids velhos perderão acesso a quase 30% da internet em 2021 IML aponta suicídio como causa da morte de voluntário da CoronaVac; saiba mais Segunda onda da COVID-19 já começou lá fora; o Brasil está preparado? Veja Mais