Meu Feed

No mais...

David Fincher revela ter parceria por mais quatro anos com a Netflix

David Fincher revela ter parceria por mais quatro anos com a Netflix

Tecmundo A parceria entre a Netflix e o diretor/produtor David Fincher ganhará novos capítulos. Segundo informações dadas pelo próprio Fincher, ele ainda possui um contrato de quatro anos com a plataforma de streaming para a produção de novas séries e filmes.O trabalho mais recente de Fincher, o filme Mank, está programado para estrear no dia 4 de dezembro na Netflix.Leia mais... Veja Mais

Candidato à prefeitura de Porto Alegre termina debate cantando música do He-Man

O Tempo - Política Nas considerações finais, ele dedica o momento aos filhos dos demais candidatos, nominalmente, a homenagem inesperada Veja Mais

Morte de voluntário foi por combinação de remédios sem ligação com a CoronaVac

canaltech Nesta última segunda-feira (9), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a paralisação dos testes com a vacina CoronaVac depois que um dos voluntários dos experimentos foi encontrado morto em seu apartamento. Não demorou muito para que algumas questões se esclarecessem e fosse constatado que, na verdade, a vítima havia supostamente se suicidado — seu falecimento não tinha nada a ver com o imunizante. Anvisa interrompe testes da CoronaVac no Brasil após evento adverso grave Anvisa autoriza retomada de testes com a CoronaVac 120 mil doses da vacina Coronavac chegam em SP em novembro, segundo Doria O órgão deu sinal verde para que os testes recomeçassem nesta última quarta-feira (11); porém, novas informações a respeito do falecimento do voluntário começam a vir à tona, para tranquilizar um pouco mais aqueles que ainda ficaram com uma pulga atrás da orelha em relação a uma eventual reação mortal da nova vacina. Afinal, a equipe da TV Globo conseguiu acesso ao relatório do Instituto Médico Legal (IML) sobre o corpo. Segundo o documento, o indivíduo — que não pode ter sua identidade revelada por motivos de segredo contratual — passou por um exame toxicológico que apontou a presença de álcool em seu sangue, grandes quantidades de sedativos e um analgésico “mil vezes mais forte do que a morfina”, utilizado exclusivamente para finalidades cirúrgicas. Esses três compostos, juntos, certamente foram mortais para seu coração. Não foram encontrados traços de drogas ilícitas e a investigação ainda apura se o caso foi mesmo de suicídio. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- O resultado do exame do IML bate com o cenário no qual o cidadão foi encontrado já sem vida — atendendo a um chamado anônimo, os policiais encontraram o corpo no banheiro de seu apartamento, caído ao lado de uma seringa e várias ampoulas de remédio. Visto que o caso segue em sigilo, é impossível saber mais detalhes — incluindo como o voluntário conseguiu tantos medicamentos de uso restrito ao setor hospitalar. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

SpaceX leva quatro astronautas à estação espacial (ISS) neste sábado

O Tempo - Mundo O foguete será lançado no sábado às 19h49 locais (21h49 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy, na Flórida Veja Mais

A Voz do Brasil - 12/11/2020

A Voz do Brasil - 12/11/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canaisConfira nesta edição, entre outros assuntos: #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

James Talarico: Político dos EUA viraliza no Brasil por causa de sobrenome

O Tempo - Mundo O deputado do Texas James Talarico viralizou no Twitter após seu nome, que por aqui significa ladrão de mulher, ser descoberto por internautas brasileiros Veja Mais

'Friends': Reunião de elenco é remarcada para março de 2021

G1 Pop & Arte Produção do episódio especial foi adiada por causa da pandemia do novo coronavírus. Elenco de 'Friends' Divulgação A reunião do elenco de Friends, que aconteceria em 2020 e foi adiada por causa da pandemia do novo coronavírus, vai acontecer em março de 2021, segundo Matthew Perry, intérprete do personagem Chandler. "A reunião de Friends está sendo reagendada para o começo de março. Parece que vamos ter um ano cheio. E é assim que eu gosto", escreveu o ator no Twitter nesta quinta-feira (12) . Initial plugin text A agência Reuters informou em maio de 2020 que Robert Greenblatt, diretor da WarnerMedia Entertainment, avaliou que valeria a pena esperar até que o programa em edição única e sem roteiro pudesse ser filmado da maneira tradicional. A reunião, sonhada pelos fãs por anos, seria uma das atrações de lançamento da HBO Max, mas a pandemia do novo coronavírus paralisou as produções em Hollywood antes que o especial pudesse ser gravado. A reunião, sonhada pelos fãs por anos, seria uma das atrações de lançamento da HBO Max, mas a pandemia do novo coronavírus paralisou as produções em Hollywood antes que o especial pudesse ser gravado.  "Estamos esperando para conseguir finalizar esse especial, talvez até o final do verão. Acreditamos que há uma valor em se ter uma audiência barulhenta ao vivo presenciando a reunião desses seis grandes amigos", disse Greenblatt à revista "Variety" em entrevista.  "Nós não queremos fazê-lo de repente em uma chamada virtual, ou em seis quadrados com pessoas gravando de suas cozinhas e quartos", acrescentou Greenblatt.  Veja Mais

Figure de Miles Morales com Gato-Aranha vai te derrubar de fofura

Figure de Miles Morales com Gato-Aranha vai te derrubar de fofura

Tecmundo Spider-Man: Miles Morales está sendo lançado oficialmente hoje (12) e para celebrar esta data tão especial para o amigão da vizinhança, a Hot Toys anunciou uma figure de Miles e seu fiel escudeiro, o Spider-Cat.A figure é de escala 1/6, tem quase 30cm de altura e é articulado, com a possibilidade de customização que inclui itens como um gorro, um cachecol, efeitos de raio e a mochila com o charmoso Spider-Cat dentro. Confira:Leia mais... Veja Mais

Netflix libera imagens do novo filme do criador de Sharkboy e Lavagirl

Netflix libera imagens do novo filme do criador de Sharkboy e Lavagirl

Tecmundo Nesta quinta-feira (12), a Netflix divulgou as primeiras imagens de We Can Be Heroes, novo filme do cineasta Robert Rodriguez, que se passa no mesmo universo do já clássico As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl, lançado em 2005.A produção, protagonizada por Pedro Pascal, Priyanka Chopra Jonas, Christian Slater e Boyd Holbrook, começará sua narrativa a partir do sequestro de diversos super-heróis muito importantes do planeta Terra. Por trás dessa façanha estão invasores alienígenas que querem o domínio do universo.Leia mais... Veja Mais

macOS Big Sur é oficialmente lançado e traz novidades

macOS Big Sur é oficialmente lançado e traz novidades

Tecmundo A Apple lança nesta quinta-feira (12) a mais nova versão de seu sistema operacional para computadores e notebooks proprietários, o macOS Big Sur. Nomeado em homenagem à cadeia de montanhas homônima na Califórnia, ele traz mudanças estéticas em sua interface, reformulações de seus aplicativos e outras novidades. Embora bastante moderna, a nova versão retém a sensação clássica proporcionada pelo macOS. Leia mais... Veja Mais

Eleições 2020: PF faz operação para apurar ação de milícia para candidatas

O Tempo - Política Embora a PF não divulgue os nomes, os irmãos José Guimarães Natalino e Jerônimo Guimarães Filho estão entre os alvos da operação Veja Mais

Ataque hacker não matou paciente em hospital alemão, diz polícia

Ataque hacker não matou paciente em hospital alemão, diz polícia

Tecmundo O departamento policial de Colônia, na Alemanha, negou que um ataque de ransomware que atacou o sistema de um hospital da região tenha sido o responsável direto ou indireto pela morte de um paciente. O caso foi divulgado originalmente em setembro de 2020 e a suspeita era que a falha geral levou a vítima de ferimentos a ser direcionada a outra unidade de atendimento, falecendo no caminho.Segundo as investigações, o atraso "não teve quase relevância com o ocorrido" e a condição médica da paciente era tão grave que a transferência devido ao ciberataque não foi um fator determinante para o falecimento. Leia mais... Veja Mais

Déficit orçamentário dos EUA chega a US$ 284 bilhões em outubro

Valor Econômico - Finanças O déficit orçamentário cresceu 111% em outubro na comparação com o mesmo mês do ano passado O governo federal dos Estados Unidos teve um déficit orçamentário de US$ 284 bilhões em outubro, primeiro mês do novo ano fiscal, valor que é mais do que o dobro do registrado há um ano, disse o Departamento do Tesouro nesta quinta-feira (12). Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Pfizer planeja 1,3 bilhão de vacinas contra Covid em 2021 e 50 milhões neste ano

O Tempo - Mundo "No caso do Brasil, ainda estamos trabalhando fortemente com o governo brasileiro para tentar acelerar a disponibilidade o mais rápido possível", disse presidente da companhia Veja Mais

Ambev amplia projeto de usinas solares de 31 para 48, até o fim do ano

Valor Econômico - Finanças Ao todo serão 51 mil painéis solares, em 21 Estados, que vão abastecer toda a operação de distribuição da companhia A Ambev decidiu expandir o projeto de construção de usinas solares, como parte do compromisso de ter 100% de energia vinda de fontes limpas até 2025 e de reduzir em 25% as emissões de gases de efeito estufa. A companhia acaba de anunciar a construção de 48 usinas solares em 21 Estados. Ao todo serão 51 mil painéis solares, que vão abastecer toda a operação de distribuição da companhia, evitando a emissão de 4,6 mil toneladas de gases de efeito estufa. No ano passado, a companhia havia anunciado a construção de 31 usinas solares, totalizando 50 mil painéis solares e capacidade de geração de 2.600 megawatt hora (MWh) por mês. Com essa produção, a Ambev estimava deixar de emitir 2,9 mil toneladas de gases de efeito estufa por ano. A companhia informou que, no projeto revisado, as usinas terão tamanho menor. Por isso, a companhia terá mais usinas em mais localidades. Mas o investimento total continua sendo de R$ 140 milhões e a capacidade de geração será a mesma. Antes, o projeto contemplava 28 cidades, agora serão 48 municípios, mais próximos dos centros de distribuição da Ambev. As usinas serão instaladas nos 21 Estados onde a Ambev possui operações e o Distrito Federal. A meta é finalizar 100% delas até o fim do ano. A Ambev tem como parceiros no projeto diversos geradores de energia limpa, como Solution, GD Solar e Gera Energia, que vão ajudar na construção dos parques solares. As usinas serão instaladas no modelo de geração distribuída, no qual o consumidor gera sua própria energia, enquanto permanece conectado à rede. Durante dez anos, a Ambev paga aos parceiros pelo uso das usinas e, após esse prazo, torna-se dona das usinas. “Esse é mais um passo muito importante em direção à nossa meta de sustentabilidade. Com a ajuda fundamental de parceiros, mostramos que unindo forças com nosso ecossistema conseguiremos cada vez mais fazer negócios com impacto positivo ao longo prazo para o nosso meio ambiente”, disse, em comunicado, Leonardo Coelho, diretor de sustentabilidade e suprimento da Ambev. Veja Mais

Dólar sobe a R$ 5,47 com temor sobre pacote fiscal nos EUA

Valor Econômico - Finanças Casa Branca deixou a negociação do pacote fiscal nos Estados Unidos nas mãos dos republicanos no Congresso Sem deixar de lado a questão fiscal no Brasil, o mercado de câmbio local refletiu um avanço da aversão ao risco no exterior nesta quinta-feira, em meio a relatos de que a Casa Branca irá deixar as negociações sobre o pacote de estímulos nos EUA com o líder republicano no Congresso, Mitch Mcconnell. No encerramento, a moeda americana foi negociada a R$ 5,4777, alta de 1,14%. No mesmo horário, ela avançava 1,03% frente ao peso mexicano e 0,64% na comparação com o rublo russo e 0,10% ante o rand sul-africano. Em Nova York, os índices acionários também tiveram piora esta tarde. O S&P 500 cedia 1,40% no horário acima. De acordo com a agência Bloomberg, o governo do presidente Donald Trump decidiu deixar ao senador republicano Mitch Mcconnell, um crítico conhecido de um estímulo fiscal mais robusto, as negociações sobre uma nova rodada de ajuda para combater os efeitos da pandemia de covid-19 no país. Mcconnell já se pronunciou reiteradas vezes sobre acreditar que um pacote de US$ 500 bilhões seria suficiente para atender as necessidades dessa crise. Nas últimas semanas, o senador parecia mais propenso a aceitar uma ajuda maior, mas voltou atrás após o sinal da Casa Branca. Já a líder democrata no Congresso, Nancy Pelosi, tem uma cifra bastante diferente, de US$ 2 trilhões. No Brasil, o sinal do exterior encontrava um mercado operando de lado, em meio a sinais desencontrados sobre o rumo da trajetória fiscal no Brasil. Pela manhã, os mercados reagiram positivamente ao noticiário, que trazia sugestões no sentido de colocar na geladeira o Renda Brasil. Segundo o jornal “O Globo”, o governo federal estaria estudando ‘turbinar’ o Bolsa Família, a um custo adicional de R$ 7 bilhões. Separadamente, matéria do jornal “O Estado de S. Paulo” mostrava outra articulação, esta para substituir o do auxílio emergencial por programa de microcrédito. ”Noticiário positivo em torno da questão do fim do auxílio. Notícia do Estadão de que o governo pretende dar microcrédito também indica que o fim do auxílio está virando consenso”, diz a Tullett Prebon em nota. Este alívio, no entanto, acabou anulado por declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, admitindo a possibilidade de extensão do auxílio emergencial em caso de piora no quadro da pandemia da covid-19 no Brasil. “O plano para o auxílio emergencial hoje é remoção gradual. Existe possibilidade de prorrogação? Se houver segunda onda, não é possibilidade, é certeza. mas não é o plano A”, disse Guedes em evento organizado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Daniel Acker/Bloomberg Veja Mais

Anel de Elvis e gravações de Woodstock se destacam em leilão de Hollywood

G1 Pop & Arte Anel de ouro e diamente usado por Elvis Presley deve valer até US$ 500 mil (cerca de R$ 2,7 milhões). Anel de Elvis Presley será leiloado em Los Angeles GWS Auctions/ Reuters Um anel de ouro e diamante usado por Elvis Presley deve ser vendido por mais de 500 mil dólares (cerca de R$ 2,7 milhões) em um leilão de suvenires, realizado em Los Angeles, que vai de guitarras de rock a um conjunto de fitas das gravações originais do festival de Woodstock. O anel de Elvis é descrito como o primeiro de uma série de anéis com as letras TCB (Cuidando Dos Negócios, em inglês) e emblema de raio que o cantor adotou em 1969. "É a quintessência das joias de Elvis", disse Brigitte Kruse, fundadora da casa de leilões GWS Auctions. Serão leiloados mais de 300 itens no dia 28 de novembro. O lote mais caro pode ser uma coleção de fitas originais do festival de Woodstock de 1969 que ficou guardada durante mais de 10 anos no depósito de um produtor e nunca foi posta à venda. As mais de 700 horas de gravações, avaliadas de forma independente em 1,6 milhão de dólares, incluem apresentações de Jimi Hendrix, Janis Joplin, The Who e dúzias de outros artistas que participaram do que é visto como o pilar da cultura hippie. Kruse disse que é difícil estimar por quanto as fitas de Woodstock podem ser vendidas. "Não há nada que se compare", disse. "De vez em quando trombamos com estas peças que são realmente excepcionais e coisas que você nem imaginaria que ainda existem." Veja Mais

WandaVision finalmente ganha uma data oficial de estreia no Disney+

canaltech WandaVision é uma das atrações mais aguardadas do Disney+. Isso porque será a primeira série oficialmente parte integral do Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês), o que indica que ela terá muita relevância na cronologia das tramas compartilhadas; e porque dará a largada para a Fase 4 do Marvel Studios. Depois de sumir do noticiário no primeiro semestre, o título ganhou detalhes nas últimas semanas e, nesta quinta-feira (12), finalmente teve sua estreia anunciada. WandaVision | Tudo o que você não percebeu no 1º trailer da nova série da Marvel WandaVision | Vazamento revela introdução dos X-Men e gancho pra Doutor Estranho Entrevista de atores de WandaVision revela detalhes sobre a série do Disney+ WandaVision, que era aguardada para novembro e, depois, para dezembro, agora foi oficializada para o dia 15 de janeiro de 2021 no Disney+. O comunicado veio por meio de um pequeno teaser na conta do Marvel Studios no Twitter. A prévia só reforçou o que vinha sendo alardeado nos últimos dias, que a série tem forte inspiração nos sitcoms estadunidense ao longo das décadas passadas até a atual. A new era arrives. Marvel Studios’ @WandaVision, an Original Series, is streaming Jan. 15 on #DisneyPlus. pic.twitter.com/aejE6DNR35 -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- — Marvel Studios (@MarvelStudios) November 12, 2020 Atenção para possíveis spoilers abaixo! O enredo deve mostrar como Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen), a Feiticeira Escarlate, assume seu lado “bruxa” enquanto cria realidades alternativas, onde ela pode novamente viver ao lado do Visão (Paul Bettany), que, desde Vingadores: Guerra Infinita, quando tinha morreu nas mãos de Thanos. Esses mundos paralelos seriam representados por programas de TV como I Love Lucy e The Dick Van Dyke Show. Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Escrito por Jac Schaeffer e dirigido por Matt Shakman, WandaVision tem, então, sua estreia confirmada para 15 de janeiro de 2021 no Disney+. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Recurso do PS4 com PS5 vai fazer você desistir de vender seu antigo console Samsung registra novo celular com corpo preenchido por tela; confira o visual Moto E7: renderizações e lista de especificações do baratinho da Motorola Xiaomi lança Mi 10T e 10T Pro no Brasil por até R$ 7 mil Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Veja Mais

Vai bater a Netflix? Disney+ já ostenta 73,7 milhões de assinantes

canaltech Se você ainda tinha dúvidas de que a Disney+, plataforma de streaming da Disney, faria um sucesso estrondoso no mercado, agora temos números concretos para confirmar essa previsão. Em apenas um ano de existência, o serviço já conquistou a marca respeitável de 73,7 milhões de assinantes — um ritmo de crescimento que supera os planos da própria companhia, que almejava ter 90 milhões de usuários únicos até 2024. Disney+ | Vale a pena assinar na promoção de pré-venda? Testamos o Disney+ | O que você deveria saber antes de assinar o serviço Disney+ | Todos os títulos que estarão na plataforma de streaming já na estreia Em comparação, vale lembrar que, em seu último censo oficial, a Netflix afirmou ter 195 milhões de assinantes mensais ativos. Já serviços menores, como o Hulu e o ESPN+, ficaram bem para trás com 36,6 milhões e 10,3 milhões de assinantes, respectivamente. A popularidade do Disney+ supera até mesmo as previsões de analistas de mercado, que acreditavam que ele conseguiria apenas 20 milhões de usuários até o fim de 2020. Precisamos levar em conta, porém, que a estratégia da Disney de firmar parcerias com diversas outras empresas pode ter contribuído para esse número de assinantes. Vale lembrar que a plataforma está sendo oferecida como “pacote” para diversos serviços — a mais recente parceria foi com a Microsoft, que dará um mês grátis de Disney+ para os jogadores que assinarem o Xbox Game Pass Ultimate. Por aqui, é possível também contratar um combo do Globoplay com Disney+ a partir de R$ 37,90. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Embora ainda não esteja disponível no Brasil, o Disney+ foi lançado em novembro de 2019 nos Estados Unidos, Canadá e Países Baixos; ao longo dos meses subsequentes, ela realizou uma expansão cautelosa, lançando o serviço em países específicos para obter feedback dos internautas e aprimorar alguns detalhes. Por aqui, a plataforma desembarca no dia 17 deste mês. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

Itaú anuncia serviço de compartilhamento de carros elétricos com início em 2021

canaltech O Itaú Unibanco anunciou nesta quinta-feira (12) a criação do serviço de compartilhamento de veículos elétricos vec Itaú. Inspirado pelo já conhecido Bike Itaú, essa nova empreitada do grupo financeiro permitirá que usuários desbloqueiem os carros em estações diretamente pelo celular, podendo devolvê-los na mesma ou em outra estação de carregamento. O início dos testes está previsto para o primeiro semestre de 2021 e, depois disso, a expectativa é que o público possa usar o serviço no segundo semestre do ano que vem. Comparativo | Qual o melhor carro compacto do Brasil? Toyota Corolla x Honda Civic: qual o melhor sedã japonês? Comparativo: Qual é a melhor picape do mercado brasileiro? A princípio, o serviço contará com veículos nos modelos Jaguar I-Pace, BMW i3, já testado pelo Canatech, e o JAC iEV40. O Itaú avaliará também novas parcerias ao longo do tempo para ampliar o portefólio de veículos elétricos disponíveis e aumentar o leque de opções para melhorar a experiência dos clientes, como outros modelos elétricos e, talvez, híbridos plug-in. Todos os veículos passarão por rigorosos procedimentos de higienização, sempre respeitando os protocolos de segurança para que os clientes se sintam confortáveis para utilizá-los. Serão disponibilizados também kits dentro dos carros para caso os próprios clientes também queiram reforçar a higienização. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Os veículos disponíveis para os primeiros meses do vec Itaú (Imagem: Divulgação/Itaú) “Estamos colocando nossa expertise financeira a serviço das pessoas, num modelo em que contaremos com parcerias estratégicas com montadoras, locadoras e demais players do segmento. Buscaremos agregar valor por meio de uma experiência inovadora, tecnológica, segura e sustentável, além de estimular o mercado de veículos elétricos no Brasil”, afirma Rodnei Bernardino de Souza, diretor do Itaú Unibanco, em apresentação on-line que foi acompanhada pelo Canaltech. Para o uso dos veículos, será cobrada uma tarifa inicial fixa e um valor por minuto de utilização, com preços ainda em definição, que podem variar de acordo com o carro também, tendo em vista o diferente nível dos veículos. Todos os carros terão internet nativa para aumentar a eficiência nos trajetos dos usuários, bem como os adesivos da ConectCar para liberação automática de cancelas em pedágios e estacionamentos. Segundo o Itaú, todas as pessoas poderão usar o serviço, e não apenas seus clientes. O projeto foi criado em parceria com a Ucorp, responsável pelo desenvolvimento do aplicativo e da plataforma, além da infraestrutura de conectividade e a operação de logística. O banco afirma, ainda, que, inicialmente, o serviço estará disponível somente em São Paulo, com algumas estações de recarga como pontos estratégicos. O aumento da frota e de postos se dará conforme a demanda. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

Crítica | Nasce Uma Rainha traz o que há de mais humano em ser uma drag queen

canaltech Nesta quarta-feira (11), aconteceu a estreia do Nasce Uma Rainha, um reality show original da Netflix apresentado pelas drag queens Gloria Groove e Alexia Twister. Com uma temporada bem curtinha, de seis episódios com cerca de 45 minutos cada, o programa consiste em ajudar pessoas que possuem um sonho em comum: abraçar, de uma vez por todas, a arte drag. Dia do Orgulho LGBT | 20 filmes, séries e documentários para maratonar 10 melhores reality shows imperdíveis para assistir no streaming Crítica | Amor e Anarquia é a série de comédia romântica que precisávamos Já não é segredo para ninguém que essa arte vem conquistando cada vez mais espaço na mídia, mérito inevitavelmente atribuído a RuPaul's Drag Race, o primeiro reality show protagonizado unicamente por drag queens, apresentado pela lendária RuPaul. O programa foi responsável por abrir as portas para essa forma de arte, que passou a ser mais conhecida não apenas nos EUA, mas no mundo inteiro. Com o Brasil, não é diferente. O cenário drag já existia muito antes disso, claro, mas ganhou muito mais visibilidade nos últimos anos, principalmente no que diz respeito ao mundo da música. É aí que entra a cantora Gloria Groove, por exemplo, uma das drag queens mais famosas do Brasil. Atenção: esta crítica contém spoilers de Nasce Uma Rainha -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- É importante ter em mente esse contexto para entender toda a trajetória que possibilitou as drag queens a aparecerem nos filmes, nas televisões e nas plataformas de serviços streaming. E esse novo reality da Netflix se propõe a mostrar essa manifestação artística de maneira muito mais pessoal, envolvendo questões como laços familiares, autoestima e superação. Considerando que a cada episódio o programa foca em desconstruir um parente do participante que ainda guarde certo receio e preconceito voltado à arte drag, pode se mostrar como um conteúdo interessante a um público que ainda não está muito familiarizado com essa arte e almeja entender um pouco mais. Emociona e conscientiza Roteirista Carla dando vida ao drag king Carlão Sensação no terceiro episódio da primeira temporada de Nasce Uma Rainha (Imagem: Divulgação/Netflix) Os pontos principais do reality em questão giram em torno das histórias pessoas apresentadas a cada episódio, todas muito diferentes, mas que partem de um mesmo princípio: aceitação. Mais do que ensinar truques de maquiagem e fornecer belos figurinos (o que, de fato, o programa faz), a atração se dedica a explorar o lado artístico dos participantes e, principalmente, a fazer com que eles manifestem o que há de melhor em sua essência por meio da arte. Acompanhar as conversas entre a Gloria Groove e os parentes dos participantes também é um ponto positivo para o programa, porque é por meio delas que se desperta aquela pequena semente da conscientização, uma vez que a ideia é deixar um pouco mais claro que a drag é, acima de tudo, uma pessoa como qualquer outra, e que essa arte não deve ser temida ou repudiada. Prova disso, por exemplo, é no episódio protagonizado pela roteirista Carla, que dá vida ao drag king Carlão Sensação. Acontece que, nesse episódio, Gloria conversa com o irmão de Carla, que é empresário. Na ocasião, a apresentadora leva o rapaz para conhecer a drag queen Mama Darling, que é executiva na filial brasileira da American Airlines, uma das maiores companhias aéreas do mundo. Deparar-se com uma drag que leva "a mesma" vida que ele desperta um olhar muito mais empático, e é algo que se repete ao longo da temporada, levando o público a se colocar no lugar daqueles artistas. Filmes, Séries, Musicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o que? A fórmula Alexia Twister e Gloria Groove durante cena do primeiro episódio da primeira temporada de Nasce Uma Rainha, intitulado Paola Di Verona (Imagem: Divulgação/Netflix) No entanto, a estrutura dos episódios de Nasce Uma Rainha acaba se mostrando como uma fórmula que é seguida à risca. Logo no segundo episódio, já é possível identificar toda a linha de raciocínio que compõe o desenrolar dos acontecimentos. Chega um momento em que o público já sabe literalmente cada coisa que vai acontecer, então o reality perde todo o efeito surpresa que tentar propor. É compreensível que todo conteúdo precise de uma estrutura para que consiga partir de um lugar para chegar a outro lugar, é claro. No entanto, a atração segue milimetricamente a cronologia, de maneira que a única coisa que se difere de um episódio para outro seja a história pessoal do participante, mas a forma como essa história é contada não muda. Se a fórmula não fosse tão óbvia e os roteiristas permitissem mais fluidez, seria muito mais interessante de acompanhar. Outro ponto é que a premissa do reality – drag queens proporcionando uma espécie de makeover em outras pessoas a fim de realçar a autoestima – já não está nem perto do inédito, considerando outros programas que seguem essa mesma proposta, como Drag U, dos EUA, apresentado por ex-participantes de RuPaul's Drag Race, ou Drag me as a Queen, aqui do Brasil mesmo, que é transmitido no canal de TV por assinatura E! e é apresentado pelas queens Ikaro Kadoshi, Penelopy Jean e Rita Von Hunty. Isso acaba deixando no ar uma sensação de "eu já vi isso antes" que sequer é sutil. Carisma As drag queens Alexia Twister (à esquerda) e Gloria Groove (à direita), as apresentadoras do reality show Nasce Uma Rainha (Imagem: Divulgação/Netflix) Mas esses pontos negativos são superados pelo inegável carisma das apresentadoras. Alexia Twister e Gloria Groove entregam o máximo de espontaneidade que o roteiro permite, e possuem entre si uma química que só poderia existir se elas já tivessem uma amizade anterior ao projeto – algo que, na verdade, é muito provável, uma vez que as duas já têm seu espaço no cenário drag brasileiro e já se apresentaram no mesmo evento, por exemplo. Como madrinhas, as duas também não deixam a desejar. Fica muito clara a conexão que as duas buscam estabelecer com o participante, algo que em determinados momentos inclusive resulta em olhos marejados ou, por que não, até mesmo lágrimas. Menção honrosa para os momentos em que elas trazem à tona pontos da própria história de vida para gerar identificação com o participante, como no primeiro episódio, protagonizado por Paolo. Na ocasião, o participante revela problemas de autoestima por causa da gordofobia enfrentada ao longo de sua vida, e Gloria Groove conta sobre a sua infância, em que passou pela mesma coisa. Em suma, Nasce Uma Rainha carece de fluidez em sua construção, mas tudo é compensado pelas histórias pessoais e principalmente pelo desempenho das apresentadoras. Cada episódio também é encerrado com uma apresentação que coloca à tona o que há de mais especial naquele participante; e o fato de ter acompanhado toda a jornada até chegar naquela apresentação levanta ainda mais a expectativa. O programa tem potencial para uma segunda temporada, e que nasçam mais rainhas com a espontaneidade de Paola, a sensualidade de Juju, o carisma de Carlão, a elegância de Ramona, a originalidade de Indra e a força de Adla. Os seis episódios que constituem a primeira temporada de Nasce Uma Rainha estão disponíveis no catálogo da Netflix. Nasce Uma Rainha estreou em 11 de novembro na Netflix, e consiste em um reality show apresentado pelas drag queens Gloria Groove e Alexia Twister. A cada episódio, as duas ajudam um fã da arte drag a encontrar sua drag persona e colocar à tona, numa apresentação Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

Como baixar e jogar Bowling Crew no celular

canaltech Bowling Crew é um game desenvolvido pela Wargaming Group que está disponível para dispositivos Android e iOS e oferece partidas rápidas de boliche para os jogadores. Além disso, o game também permite que você conecte a sua conta do Facebook e jogue partidas online com seus amigos. Among Us: confira as tarefas visuais e em qual mapa elas estão 8 melhores jogos multiplayer para Android e iOS Como baixar e jogar Scribble Rider Com comandos simples e belíssimos cenários, o game pode ser uma opção bastante interessante para passar o tempo. Confira abaixo como baixar e jogar! Como baixar e jogar Bowling Crew Passo 1: acesse a página do Bowling Crew na Google Play Store e clique em “Instalar” ou na App Store e clique em “Obter” para efetuar o download do game. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Acesse a Google Play Store ou a App Store e baixe o Bowling Crew (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: ao iniciar o jogo, inicie o tutorial para aprender os comandos básicos do game. Ajuste o ângulo, pressione o dedo sobre a bola, arraste para baixo e, para arremessá-la, arraste para cima. Jogue o tutorial para aprender os comandos do game (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: não se esqueça de abrir as maletas que você recebe para conseguir conteúdos como fichas e novas skins de bola. Não se esqueça de abrir maletas e coletar recompensas (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: em seguida, clique em “Jogar” para iniciar as partidas online e não se esqueça, você deve ter fichas suficientes para isso. À medida que você vai vencendo as partidas, vai ganhando notoriedade e abrindo novos cenários. Acessando o Lobby, clique em "Jogar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: jogue uma partida online para testar as mecânicas aprendidas do game. Jogue uma partida online para que você possa testar as mecânicas do game (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: ao terminá-la, volte ao Lobby para jogar mais vezes e abrir mais baús. No fim da partida, volte para o Lobby (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 7: acessando a aba da “Loja” no menu inferior, você pode comprar mais maletas, skins e muito mais. Acesse a aba "Loja" para ver as possibilidades de compra dentro do game (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 8: na aba “Arsenal” você desbloquear novas bolas e subir o nível delas. Na aba "Arsenal", você pode desbloquear novas bolas e subir o nível delas (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 9: na aba “Equipe”, você pode conectar a conta do game com a do Facebook e jogar online com seus amigos. Na aba equipe, você pode contectar a sua conta do Facebook e jogar com seus amigos (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 10: na aba “Liga”, você pode ver a sua colocação no ranking mundial. À medida que você vai jogando partidas e ganhando, pode subir de categoria nas ligas. Na aba "Liga", você pode visualizar a sua colocação na liga atual (Captura de tela: Matheus Bigogno) Pronto! Agora você pode baixar a jogar Bowling Crew. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

Mercados cinzas vendem testes negativos de COVID-19

Mercados cinzas vendem testes negativos de COVID-19

Tecmundo Na última semana, a polícia francesa prendeu sete pessoas vendendo certificados com resultados negativos de COVID-19 no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, de acordo com a Associated Press. A notícia motivou as autoridades a emitirem um aviso sobre o tipo de conduta. Um risco de saúde pública, os certificados custavam entre U$ 180 e $ 360 (cerca de R$ 980 e R$ 1960, respectivamente, em câmbio direto). Ainda não foi confirmado se a natureza das operações se trata de uma máfia ou de pequena escala. Europa atualmente enfrenta segunda onda de infecções pelo coronavírus. (Fonte: Pexels)Leia mais... Veja Mais

Messenger e Instagram ganham chat que se autodestrói inspirado no Snapchat

canaltech Você ainda se lembra do Snapchat? A rede social teve seus dias de glória, mas acabou sendo canibalizada por outras plataformas emergentes que “se inspiraram profundamente” em seus principais recursos, gerando assim uma imigração em massa de seus usuários para a concorrência. O Facebook, por exemplo, é constantemente acusado de copiar funcionalidades do Snapchat, e, adivinhe: a companhia acaba de repetir esse feito. Instagram agora avisa quando alguém faz print de fotos e vídeos - mas calma! CEO do Snapchat explica por que rejeitou oferta de compra pelo Facebook Projeto Voldemort | Snapchat acusa Facebook e Instagram por concorrência desleal A empresa de Mark Zuckerberg anunciou, nesta quinta-feira (12). o Vanish Mode, funcionalidade que será disponibilizada tanto no Instagram (para mensagens diretas) quanto no Messenger. O nome já diz tudo — trata-se de um tipo especial de chat no qual tudo o que é enviado desaparece imediatamente depois que os destinatários leem e saem da conversa. Isso inclui textos, fotos, vídeos e stickers/emojis. Imagem: Divulgação/Facebook Para ativar o Vanish Mode, é necessário revelar um menu “puxando” a interface do chat para cima e selecionando tal opção — para confirmar que o recurso está funcionando, o painel muda para um esquema de cores mais escuro. Vale observar que ainda é possível bloquear usuários e reportar conteúdo impróprio dentro de chats Vanish; nesses casos, o conteúdo será “segurado” por mais uma hora até que a equipe da rede social possa verificar se a denúncia é real. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Por enquanto, o Vanish Mode está sendo distribuído aos poucos no Messenger apenas para internautas dos Estados Unidos, México, Peru e Bangadlesh; já no Instagram, a ferramenta vai chegar primeiro ao Canadá, Argentina, Chile, Peru e “alguns outros países”. Infelizmente, por enquanto, não há previsão para que a novidade chegue ao Brasil — o jeito é continuar esperando. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

Justiça decide que governo dos EUA não pode proibir TikTok

O Tempo - Mundo Departamento de Comércio informou que a proibição não entrará em vigor "na pendência de novos desenvolvimentos legais" Veja Mais

Bebê morre após mãe bater o carro enquanto bebia uísque e olhava o celular

O Tempo - Mundo Um outro filho dela, de cinco anos, também estava no carro, mas sobreviveu, conforme reportado pela polícia local Veja Mais

Série sobre origem de Napoleão Bonaparte está em desenvolvimento

Série sobre origem de Napoleão Bonaparte está em desenvolvimento

Tecmundo A produtora Timberman-Beverly Productions, em parceria com o cineasta Tod Williams, está produzindo uma série dramática focada na figura história de Napoleão Bonaparte. O projeto, que possui grande potencial comercial, deverá ser lançado em plataformas de streaming. Segundo informações divulgadas até o momento, a ABC Signature é uma das maiores interessadas na série e já está realizando algumas negociações com a Timberman-Beverly. A produção pretende explorar a trajetória de Napoleão a partir de suas relações familiares, contando muito de sua vida privada.Leia mais... Veja Mais

PlayStation 5 é lançado em alguns países para concorrer com novo Xbox

G1 Pop & Arte Lançamento é na Austrália, Nova Zelândia, Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Canadá e México. Resto do mundo, incluindo Europa e Brasil, recebem novo console em 19 de novembro. DualSense é o controle do PlayStation 5 Divulgação/Sony A batalha entre Sony e Microsoft entrou nesta quinta-feira (12) na fase decisiva com o lançamento pela empresa japonesa do PlayStation 5, dois dias após o lançamento do novo console da rival, o Xbox Series X, em uma nova disputa entra as gigantes de tecnologia pelo mercado dos jogos eletrônicos. Ao contrário da Microsoft, que apostou por um único lançamento global, a Sony optou por vender seu novo console em duas etapas: Austrália, Nova Zelândia, Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Canadá e México receberão o produto primeiro, a partir desta quinta-feira, enquanto o resto do mundo, incluindo a Europa e Brasil, terá que esperar até 19 de novembro. PS5: Sony revela primeiras imagens do PlayStation 5; ASSISTA Devido à pandemia, as vendas serão realizadas exclusivamente pela internet. A Sony alertou que nenhuma loja poderá vender o PlayStation 5 fisicamente nos dias de lançamento. Em uma loja de Sydney (Austrália), apenas poucos clientes que conseguiram reservar com antecedência o produto compareceram às lojas para retirar o console nesta quinta-feira. A demanda pelo console se anuncia alta devido ao estilo de vida mais caseiro imposto pela pandemia. Os exemplares disponíveis para pedidos antecipados foram esgotados em tempo recorde e os analistas preveem que o público em geral terá dificuldade para conseguir um PlayStation 5 antes de 2021. Assim como o concorrente, o PlayStation 5 estará disponível em duas versões: uma "premium", que a Sony vende por 499 dólares, o mesmo preço do Xbox Series X, e uma "edição digital" com a mesma potência, mas sem leitor de disco, que custará 399 dólares, 100 dólares mais caro que o Xbox Series S. As versões digitais, que só permitem utilizar jogos baixados, são uma mina de ouro para as duas fabricantes porque permitem compensar as reduzidas margens nas vendas de consoles. As empresas conseguem, assim, controlar os preços dos jogos, eliminando os custos de fabricação e distribuição, ao mesmo tempo que impedem as revendas no mercado de segunda mão. Os consoles das duas gigantes têm características globalmente equivalentes. A Sony espera fazer a diferença com jogos muito aguardados como "Spider-Man: Miles Morales", "Ratchet & Clank: Rift Apart" ou "Horizon: Forbidden West". Mas alguns deles só devem ser lançados dentro de alguns meses. Estes jogos são desenvolvidos por estúdios comprados pela Sony, uma forma que a empresa encontrou para assegurar o desenvolvimento de títulos exclusivos para seu console e garantir o lucro nas vendas. A empresa japonesa possui 14 estúdios. A Sony, que representa um terço das vendas totais do mercado de videogames, espera alcançar com a 9ª geração de seu console o mesmo sucesso atingido pelo PlayStation 4, lançado em 2013 e que vendeu o dobro de exemplares em relação ao concorrente direto, o Xbox One da Microsoft. Nos últimos anos, a Sony deixou de lado o mercado japonês, onde o mercado dos jogos para consoles registrou queda considerável e está dominado pela Nintendo. A Sony vendeu apenas 8% dos PS4 no país. A empresa concentrou a estratégia no mercado americano, único território em que a Microsoft não fica para trás. Em 2016 transferiu as operações do PlayStation de Tóquio para a Califórnia e unificou o processo de tomada de decisões e produção, dirigidos por suas equipes americanas. De acordo com analistas, a empresa japonesa superará novamente a rival americana em número de consoles vendidos. Contudo, a longo prazo, a Microsoft poderá fazer frente em receita graças à estratégia centrada na venda de jogos por mensalidade e streaming. Veja Mais

Com eleição adiada após apagão, Macapá lida com 'humilhação' e protestos diários

O Tempo - Política TSE adiou pleito na capital do Amapá; líder nas pesquisas, irmão do presidente do Senado perdeu terreno em último levantamento Veja Mais

Vacina contra o câncer de mama mais agressivo tem sucesso em teste com camundongos, aponta pesquisa

Glogo - Ciência Pesquisadores dos EUA apontam que técnica usada em cobaias destruiu células tumorais e ainda criou memória imunológica, que forneceu proteção contra o ressurgimento do tumor. Pesquisa mostra que nova vacina contra o câncer de mama tem sucesso em testes Pesquisadores dos Estados Unidos afirmam ter obtido sucesso nos estágios iniciais de desenvolvimento de uma vacina contra um tipo específico de câncer de mama. O estudo está na fase de testes em cobaias, mas os cientistas dizem que a técnica foi capaz de destruir as células cancerosas e também de criar memória imunológica, que forneceu proteção contra o ressurgimento do tumor. Publicada na revista científica "Nature Communications", a pesquisa foi conduzida pelo Instituto Wyss, da Universidade de Harvard (EUA), em parceria com o Instituto do Câncer Dana-Farber. O estudo teve como alvo o câncer de mama triplo negativo, que representa 15% dos casos de câncer de mama no mundo, é mais frequente entre mulheres jovens e é considerado o mais agressivo. Vacina do tamanho de uma aspirina é colocada perto do local do tumor Reprodução / Universidade de Harvard As chamadas "vacinas" contra o câncer estão em desenvolvimento ao menos desde 2009. O termo é usado ainda que elas sejam aplicadas em situações na qual a doença já está instalada, lembrando também a ação de um medicamento. A principal estratégia dessas vacinas consiste em pegar moléculas das células cancerosas e usar nelas substâncias que permitam que o corpo as reconheça e as destrua. O procedimento tenta driblar o principal mecanismo de ação do câncer, que é justamente impedir que o corpo identifique o crescimento desordenado das células do próprio paciente como uma ameaça. No caso da vacina desenvolvida por Harvard, os pesquisadores buscaram fazer com que o medicamento tivesse a efetividade da quimioterapia (tratamento que utiliza medicamentos para destruir as células doentes) e a eficácia de longo prazo da imunoterapia (que auxilia o próprio sistema imunológico do paciente a identificar e combater o câncer). Dupla ação Os cientistas implantaram uma matriz de medicamentos do tamanho do comprimido de aspirina sob a pele dos camundongos. Nas cobaias, a vacina foi colocada perto de um dos linfonodos, que são pequenos órgãos do sistema linfático que atuam na defesa do organismo. Justamente por causa da dupla estratégia (quimioterapia e imunoterapia), a matriz com a vacina levou em seus componentes dois tipos principais de droga: uma delas é capaz de incentivar o crescimento e a reunião das células dendríticas, tipo de célula do sistema imune responsável por iniciar a defesa do corpo contra uma ameaça. além de reunir essas células de defesa, a vacina transportou uma droga usada na quimioterapia, que conseguiu agir no local e matar células cancerosas. A "explosão" dos tumores liberou material que as células dendríticas reconheceram e passaram a identificar como uma ameaça ao corpo, levando a uma ação de defesa de longo prazo. Avanço entre as vacinas Os pesquisadores afirmam que a técnica tem vantagens em relação aos outros estudos com vacinas contra o câncer porque as pesquisas anteriores dependiam, primeiro, que os desenvolvedores já tivessem acesso ao tipo de molécula presente no tumor, os chamados "antígenos específicos". De acordo com os cientistas, atualmente a "biblioteca" com os antígenos ligados a cada tipo de câncer é pequena. “A capacidade desta vacina de induzir respostas imunes potentes sem exigir a identificação de antígenos específicos do paciente é uma grande vantagem, assim como a capacidade da administração de quimioterapia local de contornar os efeitos colaterais graves da quimioterapia, o único tratamento atualmente disponível para a doença”, disse Robert P. Pinkas, um dos autores do estudo e líder da plataforma de Immuno-Materials no Instituto Wyss. Os camundongos também foram submetidos a testes nos quais os tumores primários foram removidos – depois, os animais foram imunizados. Segundo o comunicado, todos os que foram submetidos ao procedimento sobreviveram, sem metástase. Câncer de mama triplo-negativo Inicialmente, a pesquisa está voltada apenas para o câncer de mama triplo-negativo. "Esse tipo de câncer não estimula respostas fortes do sistema imunológico, e as imunoterapias existentes não conseguiram tratá-lo", explica o coautor do artigo, Hua Wang. A equipe continua explorando a combinação de quimioterapia com vacinas contra o câncer e espera melhorar sua eficácia antitumoral para outros tumores de difícil tratamento. Os pesquisadores esperam que mais estudos permitam que a vacina avance para testes pré-clínicos e, futuramente, possa ser testada em pacientes humanos. Estudo mostra que casos de câncer de colo do útero caem em populações vacinadas contra HPV Outras vacinas Outros pesquisadores já usaram métodos parecidos para criar uma vacina contra o câncer. O Instituto do Câncer Dana-Farber, que participa do estudo de Harvard, já realiza testes clínicos (com humanos) no tratamento do câncer de pele melanoma. No Brasil, cientistas desenvolveram uma vacina contra o câncer de pele e obtiveram bons resultados nos testes realizados com camundongos. "A vacina consiste em modificar células tumorais para que produzam imunomoduladores. Esses imunomoduladores estimulam as células de defesa do organismo a identificar e eliminar o câncer", disse o pesquisador Marcio Chaim Bajgelman, que coordena o estudo no Laboratório Nacional de Biociências, no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Nos EUA, pesquisadores usaram célula-tronco para atacar tumores de mama, pulmão e de pele em cobaias. As células-tronco foram utilizadas para ensinar o sistema imunológico a lutar contra o tumor. O teste foi feito em camundongos. Um outro estudo – feito no Reino Unido, Canadá e Alemanha – testou uma vacina para tratar o câncer no cérebro. A tecnologia usou as células do sistema imunológico do próprio corpo para atacar o câncer. A pesquisa inicial envolveu 311 pacientes. VÍDEOS: Mais vistos do G1 nos últimos 7 dias Veja Mais

Maju Coutinho vai apresentar cerimônia de premiação Jabuti

O Tempo - Diversão - Magazine Cerimônia será virtual e ,além de revelar os melhores livros do ano, vai homenagear a escritora mineira Adélia Prado Veja Mais

Uso de armas pela Guarda Municipal é aprovado por 61% em BH, aponta Datafolha

O Tempo - Política Maioria dos entrevistados é a favor que Anel Rodoviário seja administrado pela prefeitura Veja Mais

Eleições em BH: Nilmário quer ampliar parcerias entre a Prefeitura e a UFMG

O Tempo - Política O petista, nesta quinta-feira (12), se reuniu com a reitora da universidade, Sandra Goulart, e aproveitou para defender o ensino superior público do país Veja Mais

Astrônomos podem ter testemunhado o nascimento de um magnetar pela primeira vez

canaltech Algumas estrelas do universo terminam suas vidas na forma de magnetares, um dos objetos mais energéticos do cosmos. Seus campos magnéticos são um quatrilhão de vezes mais poderosos que os da Terra e sua atrações gravitacionais chegam a um bilhão de vezes a do nosso planeta. Mas os astrônomos ainda não têm muita certeza sobre como esses titãs raros se formam. Mas pode ser que os cientistas tenham visto o nascimento de um deles há seis meses. Distância até um magnetar na Via Láctea é medida pela primeira vez Novas evidências relacionam as misteriosas rajadas rápidas de rádio a magnetares Cientistas podem ter encontrado o "elo perdido" das pulsares Em 22 de maio de 2020, o telescópio orbital Swift, da NASA, detectou um flash de raios gama — a forma de luz de mais alta energia — e enviou um alerta para astrônomos na Terra. A rajada de raios gama (GRB) foi catalogada como GRB200522A, dada a data. O flash durou menos de um segundo, indicando que poderia ter sido o resultado da colisão entre duas estrelas de nêutrons. Um evento como este poderia resultar em um buraco negro. Não foi a primeira detecção do tipo para o telescópio Swift, mas foi algo peculiar. Observações apontaram que o GRB200522A aconteceu em uma galáxia pequena, e que a luz levou 5,5 bilhões de anos para chegar à Terra. Isso seria mais de um terço do trajeto para atravessar todo o universo observável. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Imagens do GRB 200522A mostram que ele desaparece rapidamente em apenas alguns dias. A marcação lilás mostra a posição medida usando o Hubble e o círculo azul é do Telescópio Swift (Imagem: Reprodução/Fong) Os astrônomos foram então surpreendidos ao medir o brilho no infravermelho. Acontece que, em uma colisão de estrelas de nêutrons, a explosão resultante expele uma grande quantidade de material extremamente quente e denso em altíssima velocidade. O processo de fusão cria elementos como ouro, platina, entre outros, e libera ainda mais energia, fazendo com que o material se aqueça e brilhe ainda mais. Essa energia é chamada de kilonova — mais poderosa do que uma nova, mas menos do que uma supernova. No caso do GRB200522A, o brilho no infravermelho foi 10 vezes o que normalmente é visto de um kilonova. Bem, isso foi estranho, mas não parou por aí. Os raios X e a emissão de rádio diminuíram de uma maneira inesperada, ao contrário do que normalmente acontece em uma explosão curta de raios gama. As observações não batiam com os modelos, então aquele não era um evento comum. O fato do brilho residual ser muito mais poderoso do que um kilonova normal é inquietante caso você espere por um buraco negro se formando a partir da colisão das estrelas de nêutrons. Afinal, buracos negros não deixariam isso acontecer. Mas e quanto a um magnetar? Bem, não há meios de comprovar o que realmente resultou dessa colisão, mas os cientistas cogitam seriamente que se trata de um magnetar, e montaram um modelo do que teria acontecido durante o evento. Algo mais ou menos como ilustra o vídeo abaixo, só que levou alguns bilhões de anos para isso acontecer.   Um magnetar é uma estrela de nêutrons maciça com um magnetismo absurdamente poderoso. À medida que gira rapidamente, seu campo magnético deve ter transferido energia para o material ao seu redor — material este proveniente da explosão que as duas estrelas causaram ao colidirem entre si — fazendo com que o brilho tivesse muito mais intensidade do que se um buraco negro tivesse se formado. Mais 5 bilhões de anos tiveram que se passar até que a luz desse evento chegasse até as lentes do telescópio Swift. Se o GRB200522A realmente foi o flash do nascimento de um magnetar, será o primeiro a ter sido testemunhado pelos astrônomos. Isso seria um impressionante avanço para a compreensão desses objetos raros. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Recurso do PS4 com PS5 vai fazer você desistir de vender seu antigo console Samsung registra novo celular com corpo preenchido por tela; confira o visual Moto E7: renderizações e lista de especificações do baratinho da Motorola Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Veja Mais

CNA aponta que 15 das 22 principais atividades agropecuárias do país têm margens positivas em 2020

Valor Econômico - Finanças No caso da soja, carro-chefe do agronegócio nacional, média foi de R$ 1.347,00 por hectare Levantamento da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) apurou os custos de produção de 22 atividades agropecuárias em todo o país e apontou que 15 delas terão lucratividade média positiva em 2020 — entre elas o arroz, alvo de polêmica pelos preços históricos nas gôndolas dos supermercados durante a pandemia. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Eleições em BH: João Vítor participa de caminhada na região de Venda Nova

O Tempo - Política Assim como tem acontecido ao longo desta semana, o candidato conversou com os comerciantes da região e apresentou suas propostas para recuperar o setor Veja Mais

Vacina de Oxford custará US$ 3,16 por dose aos cofres públicos, diz Fiocruz

Valor Econômico - Finanças Órgão prevê a imunização de 100 milhões de brasileiros no primeiro ano da vacinação A vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela universidade de Oxford e farmacêutica AstraZeneca, a ser produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), custará US$ 3,16 por dose aos cofres públicos. A informação é do vice-presidente de produção e inovação em saúde da Fiocruz, Marco Krieger. Ele participou de simpósio sobre os esforços contra a covid-19 organizado pela Academia Nacional de Medicina. Krieger afirmou que o preço da vacina de Oxford é três vezes mais baixo que o dos imunizantes mais baratos em desenvolvimento e até dez vezes menor que o de produtos resultantes de operações totalmente privadas. Uma das razões para isso, disse ele, é o fato da universidade de Oxford ter aberto mão de royalties, além da capacidade de fabricação já instalada nas plantas da Fiocruz – que deverão ser expandidas para atender a demanda. vacina; seringa; coronavírus; saúde Pixabay O vice-presidente da Fiocruz disse que a fundação terá produzido 100,4 milhões de vacinas no 1º semestre de 2021 e 210,4 milhões ao longo de todo o ano que vem. Pelos trâmites de aprovação, vacinação e eficácia, porém, o órgão prevê a imunização de 100 milhões de brasileiros no primeiro ano de vacinação. Ele informou ainda que a Fiocruz tem um orçamento de R$ 2 bilhões para a fabricação das primeiras 100 milhões de doses, boa parte vinda de doações da sociedade civil e empresas. Citando levantamento da revista científica Nature, Krieger disse que o Brasil é o 12º país melhor preparado para suprir sua população com vacinas e que a Fiocruz já iniciou conversas para "participar de um esforço global" com o objetivo de suprir outros países sem capacidade de produção. Veja Mais

Com apoio da tecnologia, e-commerce dá salto de 5 anos em poucos meses na pandemia

Valor Econômico - Finanças Inovações como cloud e inteligência artificial permitiram que comércio digital ganhasse escalabilidade inédita sem explosão nos custos Desde março deste ano, 7,3 milhões de brasileiros fizeram a primeira compra on-line de suas vidas, segundo uma estimativa produzida em conjunto por Ebit e Nielsen. É o equivalente às populações de Brasília, Salvador e Porto Alegre, somadas. Na medida em que novos participantes aderiram, e os antigos aumentaram o consumo a distância, mais de 135 mil lojas entraram para o comércio eletrônico, sendo quase metade de pequenas e médias empresas, levando o setor a crescer 56,8% no faturamento e 65,7% no número de pedidos entre janeiro e agosto, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Em níveis globais, uma pesquisa da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad) com 3700 consumidores de nove países confirmou essas tendências: as compras on-line cresceram em quase todos os setores, especialmente eletrônicos, utensílios domésticos, medicamentos, educação, cosméticos e cuidados pessoais. O setor vinha crescendo de forma consistente, mas em 2020 alcançou níveis anteriormente previstos para atingir apenas em cinco anos. Mas o comércio on-line não apenas cresceu: ele precisou se reinventar. Diante do aumento do número de usuários, e de concorrentes, as oportunidades se somaram a novos desafios. LEIA TAMBÉM: Mais infiel depois da pandemia, consumidor exige atendimento multicanal unificado Para dar conta da nova demanda e se diferenciar no mercado, as empresas precisaram adotar uma série de tecnologias que permitiram aumentar a capacidade de atendimento, mantendo a qualidade na entrega e na relação com o consumidor. CUSTO E ESCALABILIDADE De acordo com o estudo Top 10 Trends in Digital Commerce, da consultoria Gartner, entre as tecnologias fundamentais para impulsionar o e-commerce está o armazenamento em nuvem. Com os serviços em cloud, o usuário evita um problema: o uso de apenas parte do processamento e da memória dos computadores das empresas. Utilizar a nuvem permite reduzir custos, otimizar o uso da capacidade de processamento e permitir que o setor de TI se concentre em projetos estratégicos. Com a vantagem de ganhar escalabilidade rapidamente, de forma automática, para períodos de maior demanda – como a Black Friday e o Natal. Outras ferramentas essenciais são as tecnologias de segurança digital, a aplicação de inteligência artificial para gerir melhor o volume crescente de informações gerada pelos consumidores e o uso de chatbot para dialogar com os consumidores de forma ágil e clara. “As organizações agora focam em iniciativas estratégicas que vão garantir vantagens competitivas no futuro, como prover uma experiência unificada através de toda a jornada do consumidor e estabelecer um relacionamento baseado em confiança no longo prazo”, aponta o relatório da Gartner. MAIOR ALIADA Adriano Pires, diretor de Vendas da Embratel, lembra que a tecnologia é uma aliada fundamental para um momento em que o mundo virtual está “muito mais abarrotado de clientes e de fornecedores”. Entre as ferramentas que a Embratel disponibiliza para esse momento está a solução Cloud Interconnect, projetada para garantir a disponibilidade do site durante os períodos de pico. O Bot Pronto, por sua vez, agiliza o atendimento, entregando respostas para as questões mais simples, como prazo de entrega, formas de pagamento e descontos. Para conferir se a loja on-line está pronta para os períodos de pico, a Embratel disponibiliza também um portfólio de soluções de e-commerce, para ajuda o empreendedor a personalizar o negócio e aumentar as vendas digitais, garantindo a estabilidade da conexão e a segurança contra ataques. A empresa ainda disponibiliza serviços de inteligência artificial e de computação em nuvem. Por fim, a empresa também oferece serviços de segurança contra fraudes e ataques, especialmente importantes durante os meses do fim do ano, quando um ataque DDoS pode deixar o e-commerce parado em momentos cruciais. Tudo isso para garantir o sucesso das companhias nesse novo cenário, em que as vendas on-line se tornam essenciais. Para saber mais sobre os principais desafios para a Black Friday 2020, e também soluções e estratégias capazes de garantir o sucesso em eventos de pico, clique aqui. Veja Mais

Assessoras fantasmas de Flávio Bolsonaro recebiam ‘mesada’ de R$ 300 a R$ 1,9 mil, diz MP

Valor Econômico - Finanças Em anotação, denunciada comemorou a ampliação de parcela não repassada a Queiroz No depoimento que Luiza Sousa Paes, ex-assessora do senador Flávio Bolsonaro, prestou ao Ministério Público do Rio de Janeiro, ela admitiu que devolvia mais de 90% de seu salário e ficava com apenas R$ 700 todos os meses do esquema ilegal no gabinete do "01" na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). A denúncia contra Flávio e Fabrício Queiroz, obtida pelo jornal "O Globo", expõe outras funcionárias em situações similares, constatadas através de quebras de sigilo bancário e outras diligências. A própria Luiza afirmou aos investigadores que assessoras lotadas com ela também eram “fantasmas”. A partir do cruzamento de dados bancários, a promotoria identificou variações do que foi considerado como uma "mesada" retida por elas antes da devolução dos salários, com valores entre R$ 300 e R$ 1,9 mil. Uma das mulheres denunciadas chegou a fazer uma anotação, encontrada em um extrato apreendido, em comemoração à ampliação da parcela não repassada a Queiroz. As defesas de Flávio e Queiroz negam as práticas irregulares apontadas pelo MP. Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz Reprodução / Instagram De acordo com a denúncia, o dinheiro pago pela Alerj a essas três assessoras, todas indicadas como “fantasmas”, era devolvido a Queiroz através de operações em espécie que, em geral, seguiam a mesma lógica: salários e benefícios depositados eram sacados das contas bancárias e repassados ao assessor de Flávio através de depósitos em dinheiro vivo, sem origem identificada. Em menor escala, Queiroz também recebeu transferências bancárias identificadas de integrantes do gabinete. No depoimento ao MP, Luiza também disse ter conhecido outras pessoas nomeadas no gabinete de Flávio que viviam situação semelhante à dela: nomeadas sem trabalhar. Ela citou a personal trainer Nathália Queiroz, filha do operador financeiro, e Sheila Coelho de Vasconcellos, outra ex-assessora. Veja Mais

Eleições em BH: Kalil agradece população em último dia de propaganda na TV

O Tempo - Política Ele pediu mais tempo para "melhorar ainda mais a cidade" Veja Mais

Lupatech sai de lucro para prejuízo líquido de R$ 22,3 milhões no terceiro trimestre

Valor Econômico - Finanças A Lupatech, fornecedora do setor de petróleo e gás que está em recuperação judicial, informou na noite de quinta-feira que teve prejuízo líquido atribuído aos controladores de R$ 22,3 milhões no terceiro trimestre de 2020, revertendo o lucro líquido de R$ 19,2 milhões obtido no mesmo trimestre de 2019. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Twitter lança mundialmente modelo de publicidade com anúncios em carrossel

canaltech O Twitter é uma das redes sociais mais importantes da atualidade, mas, ainda assim, a companhia se vê com números decrescentes de receita desde o começo deste ano — o que inclusive forçou seu CEO, Jack Dorsey, a pensar em formas alternativas de monetizar a plataforma (como cobrar assinaturas em um plano “premium”). Enquanto esse tipo de atitude mais drástica não vê a luz do dia, o serviço decidiu inaugurar um novo formato de anúncio publicitário: o Carrossel. Twitter registra queda de 27% em publicidade no fim de março com COVID-19 Qual foi o impacto da COVID-19 na publicidade online? Google e Facebook dirão Twitter pago? CEO da rede social flerta com uma versão por assinatura Já disponível pelo Editor de Tweets no Gerenciador de Anúncios (ou pela API de anúncios), o formato Carrossel é o que o nome sugere: um tweet que possui de duas a seis imagens ou vídeos que podem ser deslizados horizontalmente pelo usuário, oferecendo ainda mais conteúdos em uma única publicação. Embora a novidade esteja disponível para todas as interfaces da rede social, ela parece ter sido aprimorada para dispositivos móveis. Imagem: Divulgação/Twitter “Os anúncios em carrossel são projetados para ajudar a impulsionar um melhor desempenho, fornecendo uma experiência mais imersiva e interativa para os consumidores, bem como possibilitar oportunidades futuras em nossos objetivos de performance de aplicativo e site”, explica um porta-voz da companhia, em uma postagem oficial publicada no blog do Twitter. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Segundo a rede social, foi possível observar um aumento de 15% na taxa de cliques para sites e 24% na taxa de cliques para aplicativos utilizando o novo formato de Carrossel. “Estes dados devem mudar ao passo que disponibilizamos o novo formato globalmente e continuamos a investir em produtos de performance, variando entre diferentes regiões, plataformas e setores”, finaliza a companhia. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

Zack Snyder revela como ficou o visual de Ajax e Darkseid em sua Liga da Justiça

canaltech O Snyder Cut da Liga da Justiça, agora oficialmente chamado de Zack Snyder’s Justice League, deve ser uma criatura totalmente diferente daquela Liga da Justiça de Joss Whedon que vimos em 2017. Além do material previamente não aproveitado, o cineasta conseguiu injeção de algo que seria em torno de US$ 70 milhões para terminar o filme — agora uma série em, possivelmente, quatro episódios. Atores do elenco original voltaram para regravar algumas cenas e o longa terá a participação de dois personagens criados por computação gráfica, e que não estavam na projeção inicial: Ajax, o Caçador de Marte; e Darkseid. E, agora, podemos ver melhor como eles ficaram. Zack Snyder responde a críticas sobre "momento Martha" em Batman vs Superman Zack Snyder prefere explodir Liga da Justiça a usar filmagens de Joss Whedon Zack Snyder fala sobre Superman no novo corte de Liga da Justiça Nesta semana, Snyder participou de uma campanha de prevenção ao suicídio para a American Foundation for Suicide Prevention. Para quem não sabe, ele deixou as gravações de Liga da Justiça em 2016 justamente porque sua filha, infelimente, tirou sua própria vida. Assim, essa ação significa muito para ele, e o diretor participou vendendo uma camiseta especial com a imagem do Darkseid de seu Zack Snyder’s Justice League — a venda será revertida para a instituição. Imagem: Reprodução/Ink to the People Como dá para notar, o desenho do Darkseid é muito parecido com sua versão dos quadrinhos, mostrando que Snyder tentou se manter o mais fiel possível ao personagem de papel. Poucas horas depois de tuitar a ação, o diretor participou de uma entrevista à distância ao canal de YouTube The Nerd Queens e, para a surpresa de todos, ele revelou também com ficou o visual de Ajax, o Caçador de Marte. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Imagem: Reprodução/The Nerd Queens (YouTube) Veja que J’onn J’onzz ficou bem parecido com sua versão mais recente, dos Novos 52, com o formato de sua cabeça prolongado, deixando explícito sua origem alienígena. Tanto essa imagem de Ajax quanto a de Darkseid vão de encontro a vazamentos e descrições anteriores. Assine Amazon Kindle Unlimited por apenas R$ 19,90/mês e tenha acesso a mais de 1 milhão de livros digitais! Zack Snyder’s Justice League ainda não tem data de estreia, mas a previsão é de que chegue ao streaming do HBO Max no começo de 2021. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

Netflix adquire primeira série da carreira de Arnold Schwarzenegger

Netflix adquire primeira série da carreira de Arnold Schwarzenegger

Tecmundo A Netflix anunciou a aquisição da primeira série protagonizada por Arnold Schwarzenegger. A produção, que atualmente encontra-se em desenvolvimento pela Skydance Television, foi descrita como uma aventura repleta de espionagem. A série com Schwarzenegger vai apresentar um espião que precisa usar todas as suas habilidades nas mais diversas missões, que aos poucos vão se mostrando serem muito perigosas. Leia mais... Veja Mais

Argentina legaliza cultivo de maconha medicinal: 'acesso seguro e inclusivo'

O Tempo - Mundo A informação foi publicada no Diário Oficial da Argentina, em decreto assinado pelo presidente Alberto Fernández, que regulamenta uma lei de 2017 Veja Mais

Facebook Watch exibirá estreia da versão brasileira do Grammy Latino

canaltech A 21ª edição do Latin Grammy Awards (popularmente conhecido por Grammy Latino), terá, pela primeira vez, uma cerimônia dedicada especialmente para o público brasileiro, com as premiações de categorias da língua portuguesa. E a festa será exibida exclusivamente por meio do Facebook Watch no dia 19 de novembro, às 19 horas (horário de Brasília), diretamente na página Latin Grammys. Grammy 2019 | Confira a lista de vencedores Grammy Awards 2018 | Confira a lista dos principais vencedores Indústria musical pode não se adaptar à crise do coronavírus, diz CEO do Grammy E a participação do Facebook na transmissão oferece opções que normalmente não vemos nesses tipos de evento: é possível assistir juntos em uma Watch Party via Messenger, além das videochamadas e salas de Messenger no iOS, Android e web. Juanes no Grammy Latino de 2020 (Imagem: Reprodução/Latin Grammy) Para isso, basta criar uma chamada com vídeo ou uma sala no Messenger, deslizar para acima para acessar o menu e selecionar “Assistir Juntos”. Na barra de pesquisa, é só escrever "Latin Grammy Brasil Premiere 2020" e selecionar a transmissão. Você pode assistir a vídeos com até oito pessoas em uma videochamada do Messenger e até 50 pessoas em Salas do mensageiro. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Atrações do Latin Grammy Premiere Brasil A primeira edição nacional desse evento será apresentado pela modelo Lais Ribeiro, com shows dos indicados Emicida feat. Marcos Valle e Melim. Durante o evento ao vivo, será possível comentar, interagir e compartilhar com outros fãs sua opiniões sobre a cerimônia, vencedores e apresentações — e, claro, observar as reações de quem estiver assistindo contigo no recurso Assistir Juntos. Ricky Martin no Grammy Latino de 2020 (Imagem: Reprodução/Latin Grammy) Nos últimos três meses, os indicados ao Latin Grammy Premiere mais citados no Facebook por brasileiros entre as categorias principais, são: Elza Soares e Caetano Veloso, ambos indicados nas categorias de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira e Melhor Canção em Língua Portuguesa; e Pabllo Vittar, indicado também na categoria de Melhor Canção em Língua Portuguesa. Amazon Music Unlimited compete com o Spotify ao entregar milhares de músicas sem anúncios e custa apenas R$ 16,90/mês! Assine aqui A lista completa está disponível neste link. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

Internações hospitalares por Covid na França já superam as da primeira onda

O Tempo - Mundo "Nos últimos dias, registramos uma hospitalização a cada 30 segundos e uma admissão à terapia intensiva a cada 3 minutos", disse o primeiro-ministro francês Veja Mais

Câmara terá visita guiada virtual - 12/11/20

Câmara terá visita guiada virtual - 12/11/20

Câmana dos Deputados A continuação da pandemia, a visitação da Câmara, que estava suspensa desde o início deste ano, voltará em breve, em formato virtual. Os funcionários de relações públicas da casa fizeram um planejamento que vai contar com a sua participação, de quem está interessado em conhecer a Câmara por dentro, inclusive obras de arte, de artistas como Marianne Peretti, Athos Bulcão e até o próprio Oscar Niemeyer. Vamos ver como isso vai funcionar. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #Visitação #Zoom #Virtual Veja Mais

Super Bowl terá The Weeknd como atração no show do intervalo

G1 Pop & Arte Show do cantor canadense acontecerá em Tampa, Flórida, no dia 7 de fevereiro. O cantor canadense The Weeknd será a principal atração do show do intervalo do Super Bowl desta temporada da NFL, anunciou a liga de futebol americano nesta quinta-feira (12), um cobiçado palco que certamente terá que lidar com restrições devido à pandemia. A escolha para o show que acontecerá em Tampa, Flórida, no dia 7 de fevereiro, tem a ver com os esforços recentes do esporte para acomodar artistas mais jovens e ecléticos, deixando para trás a reputação de priorizar apresentações de rock clássico. "Todos nós crescemos assistindo às maiores apresentações do mundo no Super Bowl e só era possível sonhar em estar lá", comemorou The Weeknd, 30 anos, em um comunicado. "Estou emocionado, honrado e extasiado por ser a atração deste palco único nesse ano", continuou o cantor, cujo nome verdadeiro é Abel Tesfaye, conhecido por sucessos como "Blinding Lights" e "Starboy", uma colaboração com a banda de música eletrônica francesa Daft Punk. Trata-se da segunda parceria da NFL com a Roc Nation, empresa do magnata do hip hop Jay-Z para produzir o popular show do intervalo do Super Bowl. Em 2019, Jay-Z foi convidado pela NFL para produzir o espetáculo, um dos shows pop mais assistidos do mundo, que a liga afirma ter o intuito de promover a justiça social. Jay-Z fez questão de mover a NFL do protesto para a ação, após as dificuldades encontradas pela liga para que os artistas concordassem em se apresentar no show do intervalo em 2019 devido ao tratamento dado ao ex-quarterback do San Francisco 49ers Colin Kaepernick, cujo protesto de ajoelhar-se contra a injustiça social durante o hino americano antes das partidas criou enorme polêmica e rebuliço social. The Weeknd apoiou publicamente o movimento Black Lives Matter e doou 200.000 dólares para a campanha de defesa legal de Kaepernick depois que George Floyd, um homem negro, foi assassinado sob custódia policial em maio. Ainda não está claro como a pandemia afetará o show de The Weeknd, cujos espetáculos são famosos pelos níveis sofisticados de produção. "Nossa intenção é ter o maior número possível de fãs no Super Bowl com segurança", disse o comissário da NFL, Roger Goodell, sobre o evento. Veja Mais

OMS alerta para alta de sarampo, que matou 50% mais em 2019 que em quatro anos

O Tempo - Mundo Doença progrediu em todas as regiões, e grandes epidemias foram registradas na República Democrática do Congo, Madagascar, Ucrânia, Ilhas Samoa e Brasil Veja Mais

Justiça dá 72 horas para Bolsonaro explicar liberação de pesca em Noronha

O Tempo - Política A decisão se baseia em uma ação popular movida pelo presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado, senador Fabiano Contarato Veja Mais

Eleições 2020: PSL de SP é entrave para volta de Bolsonaro ao partido

O Tempo - Política Ao avaliar um retorno à sigla, o presidente leva em conta a necessidade de ter São Paulo como trincheira política para a reeleição Veja Mais

Menino pede que não confinem Papai Noel, e político responde: 'Ele usa máscara'

O Tempo - Mundo Primeiro-ministro tranquilizou crianças e disse que Papai Noel tem uma autorização de viagem internacional Veja Mais

Deathloop recebe novo trailer e data de lançamento para PC e PS5

Deathloop recebe novo trailer e data de lançamento para PC e PS5

Tecmundo Após a listagem na PS Store da Nova Zelândia, a Bethesda finalmente confirmou a data de lançamento de Deathloop, que será no dia 21 de maio de 2021 para PC e PS5. O game havia sido adiado em agosto por problemas com a pandemia de Coronavírus.Tanto Ghostwire: Toyko quanto Deathloop são propriedades da Bethesda, publisher recém-adquirida pela Microsoft. Todavia, ambos os títulos terão exclusividade temporária de um ano no PS5. Confira o novo trailer com a data de lançamento:Leia mais... Veja Mais

Vacina da Pfizer pode chegar em março ao Brasil; logística é desafiadora

canaltech Na corrida por uma vacina segura e eficaz contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Brasil poderá contar com uma terceira opção, caso todos os estudos clínicos sejam concluídos com sucesso. Além da vacina de Oxford e da CoronaVac, o imunizante da Pfizer contra a COVID-19 deve estar disponível para o uso no país até março de 2021, segundo o presidente da farmacêutica, Carlos Murillo. Estas são as vacinas da COVID-19 na reta final de testes; saiba tudo sobre elas! COVID-19 | Vacina da Pfizer tem 90% de eficácia em primeiros voluntários Vacinas contra a COVID-19 podem alterar nosso DNA? Durante evento virtual nesta quinta-feira (12), na Academia Nacional de Medicina, Murillo informou que a farmacêutica já estaria em negociações avançadas com o governo brasileiro para a eventual distribuição da vacina no país. Entretanto, uma série de desafios ainda precisa ser superada, como a produção de milhões de doses e sua distribuição. Isso porque o imunizante precisa ser armazenado em uma temperatura de -70 °C.  Caso comprovadas eficácia e segurança, vacina da Pfizer contra o coronavírus deve chegar no Brasil em março (Imagem: Reprodução/McKinsey/ Rawpixel) Primeiras doses devem ir para os EUA Antes de qualquer vacinação contra a COVID-19, o imunizante precisará obter uma licença de uso com as agências sanitárias de cada país. Nesse sentido, a farmacêutica norte-americana espera obter com a Food and Drug Administration (FDA), nos Estados Unidos, uma autorização emergencial de uso neste ano mesmo, já que planeja produzir (e distribuir) 50 milhões de doses até o final de 2020. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Segundo apurou o The New York Times, metade desse primeiro lote das vacinas deve ser destinada para os EUA. Como cada pessoa precisará de duas doses do imunizante, é possível que 12,5 milhões de norte-americanos sejam vacinados contra a COVID-19. Somente depois, outras encomendas do imunizante deverão ser feitas, como a do Brasil. Por aqui, a fórmula terá que ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Transporte da vacina da Pfizer contra a COVID-19 Superadas as etapas burocráticas, será preciso contornar o desafio de transportar esta vacina, desenvolvida em parceria com a empresa de biotecnologia alemã BioNTech, que depende de temperaturas muito baixas para se manter funcional. Para se ter uma noção, a temperatura necessária de armazenamento é similar à do Polo Sul em um dia de inverno — e nenhuma das outras candidatas têm essa especificidade. Agora, para produzir essas vacinas em tempo recorde, a farmacêutica conta com uma instalação em Kalamazoo, em Michigan, e outra em Puurs, na Bélgica. Pensando na distribuição dos EUA, a maioria das doses deve sair de Michigan. Lá, as vacinas produzidas serão colocadas em frascos, com cinco doses por frasco. Em seguida, esses recipientes irão para as bandejas (195 frascos por bandeja). Por fim, as bandejas irão para caixas, que funcionam como refrigeradores e usam gelo seco, e cada caixa comporta até cinco bandejas. Até o final de novembro, a farmacêutica espera ter 100 mil dessas caixas refrigeradas cheias. Vacina da Pfizer contra a COVID-19 será transportada com gelo seco e deve chegar ao Brasil em março (Imagem: Reprodução/ Cottonbro/Pexels) Aproximadamente, cada caixa deve conter entre mil e cinco mil doses da vacina contra a COVID-19. Para manter a segurança desse produto tão valioso, elas serão equipadas com sensores de temperatura e um GPS. Dessa forma, será possível monitorar os locais e as temperaturas das caixas enquanto são transportadas para hospitais e clínicas, por exemplo.  Gelo seco deve viabilizar o transporte da vacina Essas temperaturas tão baixas podem representar um desafio extra para o transporte em países tropicais como o Brasil. Segundo Murillo, a farmacêutica desenvolveu uma alternativa para essa questão. Será usada uma embalagem especial, com gelo seco, que será capaz de manter o imunizante na temperatura necessária por até 15 dias. Após o descongelamento, a vacina ainda se manterá estável por mais cinco dias em refrigeradores comuns. "Ou seja, do momento em que o produto chega ao país até ser aplicado, seriam 20 dias", explicou. "Não é simples, não resolve toda a logística, mas muda muito o esquema de pensar em ter um freezer de baixas temperaturas em cada centro de vacinação", defendeu Murillo. Em outras palavras, a iniciativa faz da vacina, de fato, mais uma opção viável para o Brasil.  Quanto aos valores do imunizante, por enquanto, a farmacêutica ainda não abre os preços que cobrará por cada dose. Independente disso, a empresa deve praticar três valores no mercado: um para os EUA e para a Europa; outro para países em desenvolvimento, como o Brasil; e um terceiro para países mais pobres. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Recurso do PS4 com PS5 vai fazer você desistir de vender seu antigo console Samsung registra novo celular com corpo preenchido por tela; confira o visual Moto E7: renderizações e lista de especificações do baratinho da Motorola Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Veja Mais

Câmara retoma sessões na terça; governo e Maia divergem sobre prioridades

Valor Econômico - Finanças Presidente da Casa quer incluir na lista de votações a reforma tributária e a PEC Emergencial A Câmara dos Deputados retoma as sessões na próxima terça-feira com a promessa de que os partidos da base governista não tentarão mais impedir as votações por causa da briga pelo comando da Comissão Mista de Orçamento (CMO). Apesar disso, a oposição continuará em obstrução para que seja votada a medida provisória (MP) que cortou o auxílio emergencial. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Ubisoft se desculpa por retração de minorias em AC Valhalla e Watch Dogs: Legion

canaltech A Ubisoft pediu desculpas e vai lançar atualizações para seus dois títulos mais recentes Assassin’s Creed Valhalla e Watch Dogs: Legion, por motivos diferentes, mas que envolem questões de minorias. Análise | Assassin’s Creed Valhalla traz melhorias e fica acima da média Análise | Watch Dogs: Legion traz variação e revolta sem rosto nem evolução No caso de Assassin’s Creed Valhalla, o problema está na descrição da personagem Eorforwine, com uma linguagem capacitista. Ela é apresentada no códice do game como uma pessoa que sofreu uma “queimadura horrível na infância”. Com isso, ainda pelo texto, “Eorforwine assusta qualquer pessoa que vê seu rosto desfigurado”. I didn't include this in my #AssassinsCreedValhalla impressions piece but it's equally important to address. This is a character description in the game. It's absolutely unacceptable to talk about facial differences this way. Writers for games and otherwise need to do better. pic.twitter.com/jOLpPzD6Oe -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- — Courtney Craven (@CyclopediaBrain) November 9, 2020 A crítica veio de Courtney Craven, ativista de acessibilidade, cuja namorada também foi vítima de queimaduras e sofre de baixa auto-estima com cicatrizes no corpo. “É absolutamente inaceitável que se fale de diferenças faciais desta forma”, ela criticou. Em resposta, a Ubisoft pediu desculpas e disse que vai modificar a descrição. “Muito obrigado por nos chamar atenção para isso. Pedimos desculpas pelo reforço não intencional capacitista com essa linguagem. Vamos remover o texto em uma próxima atualização”, prometeu a companhia em publicação no Twitter. Thank you so much for pointing this out - we apologize for unintentionally reinforcing ableism through this language. We will remove this language in an upcoming update. — Assassin's Creed (@assassinscreed) November 9, 2020 Transfobia Outro caso de deslize aconteceu em Watch Dogs: Legion. A Ubisoft prometeu retirar dois podcasts narrados pela jornalista britânica Helen Lewis. Ela está envolvida em polêmica por publicar algumas colunas de opiniões sobre gênero com conteúdo transfóbico. Em 2017, ela escreveu para o The Times um artigo em que dizia que “um homem não poderia apenas dizer que se tornou uma mulher”. A crítica dela é sobre a possibilidade de definição de uma pessoa sobre seu próprio gênero: “Agora, é uma questão de essência interna, de alma, se você preferir. Ser uma mulher ou homem está totalmente em sua cabeça”, pontuou com ironia. Com isso, Lewis ficou marcada como transexclusiva. A jornalista, então, relatou que estaria sofrendo perseguição por conta de suas opiniões. Diante do histórico da jornalista, a Ubisoft disse que vai retirar os dois podcast fictícios que ela narra dentro do jogo. A jornalista apenas emprestou sua voz para o material, sendo que todo roteiro foi escrito pelos desenvolvedores. Em Watch Dogs: Legion, ela comanda um programa chamado BucaanEar, que critica o levante fascista dentro da narrativa do game.   Em resposta, a Ubisoft disse que as opiniões dela não refletem aos pensamentos da empresa nem do jogo. “O time de desenvolvimento trabalhou com uma produtora externa para selecionar os perfis para narradores destes podcasts e não estávamos cientes da questão controversa na época da seleção e gravação. Mesmo que os podcasters dentro do jogo sigam um roteiro pré-aprovado e não estejam falando em seu próprio nome ou dando duas opiniões, entendemos que esta colaboração por si só pode ser vista como ofensiva e sentimos profundamente por qualquer dor que tenhamos causado”, completa a nota da empresa. Os dois podcasts também serão retirados do jogo em atualização futura, também sem data para que isso aconteça. “Vamos também reforçar nossa verificação de perfis com parceiros no futuro”, adicionou a empresa. Watch Dogs: Legion foi lançado em 29 de outubro e Assassin’s Creed Valhalla em 10 de novembro, ambos para PlayStation 4, Xbox One, PC, Google Stadia e com versões para PlayStation 5 e Xbox Series S|X. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Recurso do PS4 com PS5 vai fazer você desistir de vender seu antigo console Samsung registra novo celular com corpo preenchido por tela; confira o visual Moto E7: renderizações e lista de especificações do baratinho da Motorola Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Veja Mais

'Apps de Minecraft' enganam milhões de usuários na loja do Android

'Apps de Minecraft' enganam milhões de usuários na loja do Android

Tecmundo A empresa de segurança digital Avast encontrou diversos aplicativos para Android que se fingiam de serviços e utilitários para jogos, mas na verdade eram tentativas de aplicar um golpe no usuário.Os apps são conhecidos como "fleeceware" e, inicialmente, oferecem alguma vantagem muito tentadora por um período gratuito de testes, como moedas sem custo ou itens especiais de um jogo. Desse modo, quem vai atrás de novas skins, papéis de parede ou modificações para o jogo acaba até concordando com a cobrança, mas acaba tendo que pagar um valor muito mais alto do que o esperado.Leia mais... Veja Mais

Trump proíbe americanos de investir em empresas ligadas ao Exército chinês

Valor Econômico - Finanças Decreto do presidente dos EUA impede que empresas e cidadãos americanos possuam ações de 31 empresas, que inclui grandes estatais aeroespaciais e de construção civil O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta quinta-feira (12) uma ordem executiva proibindo que americanos invistam em empresas chinesas que, segundo a Casa Branca, estão ligadas ao Exército do país. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Ouro fecha em alta, em dia de aversão a risco em NY

Valor Econômico - Finanças O contrato da commodity para dezembro fechou em alta de 0,62%, a US$ 1.873,30 por onça-troy, na Bolsa de Mercadorias de Nova York Os contratos futuros do ouro fecharam em alta nesta quinta-feira (12), impulsionados pela desvalorização do dólar, em um dia de aversão a risco em Nova York. O contrato do ouro para dezembro fechou em alta de 0,62%, a US$ 1.873,30 por onça-troy na Bolsa de Mercadorias de Nova York. O índice dólar DXY, que normalmente tem correlação negativa com o metal precioso, recua 0,09%, a 92,956 pontos. A commodity foi negociada lateralmente nas últimas duas sessões, e não se recuperou de suas perdas acentuadas desde o início da semana, quando o otimismo em torno do desenvolvimento de uma vacina para a covid-19 derrubou o preço do ativo de proteção. As esperanças reforçadas de uma vacina ajudaram a impulsionar os rendimentos dos títulos do Tesouro americano e o dólar, uma combinação que é “totalmente ruim para os preços do ouro”, disse Stephen Innes, estrategista de mercado da Axi. “Ainda gosto de ouro, mas gosto muito mais perto de US$ 1.800 a onça”, diz o executivo. Veja Mais

Bactérias poderão minerar metais no espaço

Bactérias poderão minerar metais no espaço

Tecmundo Se as gigantescas estruturas para escavar o solo extraterrestre são ainda cenários de ficção científica, a mineração espacial já é realidade em pequenas estruturas do tamanho de caixas de fósforos, a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) – e os mineiros não são, obviamente, seres humanos mas sim, bactérias.Os 18 protótipos para a chamada biomineração subiram ao espaço em julho do ano passado. O projeto RioRock, de astrobiólogos da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, teve como objetivo revelar como a baixa gravidade afeta a capacidade natural das bactérias de extrair materiais úteis das rochas.Leia mais... Veja Mais

Mills Estruturas sai de prejuízo para lucro de R$ 1,18 milhão no terceiro trimestre

Valor Econômico - Finanças A Mills Estruturas e Serviços de Engenharia informou na noite de quinta-feira que teve lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 1,18 milhão no terceiro trimestre de 2020, depois de ter registrado prejuízo líquido de R$ 19,4 milhões no mesmo trimestre de 2019. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Vacina contra câncer de mama é 100% eficaz em camundongos

Vacina contra câncer de mama é 100% eficaz em camundongos

Tecmundo O câncer de mama é o mais letal e comum entre os que atingem mulheres do mundo: a cada ano, dois milhões de mulheres (e 200 mil homens) desenvolvem a doença, matando pelo menos 25% de suas vítimas. Pesquisadores do Instituto Wyss de Engenharia Biologicamente Inspirada, ligada à Universidade de Harvard, anunciaram agora ter conseguido 100% de eficácia em testes in vivo de uma vacina para um dos tipos mais agressivos de câncer de mama.O chamado triplo-negativo (15% de todos os casos de câncer de mama identificados) deve nome à ausência de três receptores hormonais. Eles são difíceis de tratar e, para os mais agressivos, não existem tratamentos específicos.Leia mais... Veja Mais

Missão da Anvisa inspecionará laboratórios de vacinas contra Covid-19 na China

O Tempo - Mundo Entre 30 de novembro e 11 de dezembro, representantes da agência reguladora vão avaliar as condições dos laboratórios da Sinovac e da Wuxi Biologics Veja Mais

Rede Limpa: ação dos EUA contra 5G da Huawei forma "guerra fria tecnológica"

canaltech A embaixada da China no Brasil atacou com força uma iniciativa do governo dos EUA que atinge diretamente as soluções 5G oferecidas pela Huawei e que leva o nome de Rede Limpa. O Brasil, inclusive, pode aderir ao memorando do programa. Com isso, a fabricante chinesa pode ser banida - ou ter a sua atuação limitada - da quinta geração da internet móvel no país. Se a Huawei fosse banida, o que aconteceria com o 5G no Brasil? Em nota, o governo chinês afirma que o subsecretário de crescimento econômico, energia e meio ambiente do Departamento de Estado dos EUA, Keith Krach, "fez acusações mal-intencionadas sobre a segurança da tecnologia 5G da China e espalhou mentiras políticas contra a China e empresas chinesas. São alegações que desrespeitam os fatos básicos. O seu objetivo real é caluniar a China e tentar implantar distúrbios na parceria sino-brasileira. Manifestamos veemente objeção a tal comportamento". Ainda no comunicado, as autoridades do país asiático afirmam que: -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- "A chamada 'rede limpa' pregada pelos Estados Unidos é discriminatória, excludente e política. É de fato uma 'rede suja', e sinônimo de abuso do pretexto da segurança nacional por parte dos EUA para promover guerra fria tecnológica e bullying digital. Durante muito tempo, os EUA conduziram, em grande escala e de forma organizada e indiscriminada, atividades de vigilância e espionagem cibernéticas contra governos, empresas e indivíduos estrangeiros, além de líderes de organismos internacionais. Ações que constituem graves violações da privacidade e da segurança de terceiros e representam uma verdadeira ameaça à segurança dos dados das redes globais" A China afirma ainda que propôs a Iniciativa Global sobre Segurança de Dados e que sempre busca promover uma cooperação de governança global sobre cibersegurança, seguindo o princípio de consultas extensivas, contribuições conjuntas e benefícios compartilhados. "Não há nenhuma legislação na China que exija as empresas a colaborar com a espionagem cibernética. Como a maior fornecedora de equipamentos de telecomunicação no mundo e líder em 5G, a Huawei tem mantido um excelente histórico de segurança e está disposta a assinar com qualquer país um acordo de 'anti-backdoor'. Os ataques que um pequeno número de políticos americanos fizeram contra a China são infundados e caluniosos. Seu objetivo não é, de forma alguma, salvaguardar a segurança nacional ou a dos dados de outros países, mas cercear as empresas chinesas de alta tecnologia, coagir outras nações a sacrificar seus próprios interesses, servir ao "America First" e manter seu monopólio tecnológico." O que é a Rede Limpa? De forma resumida, trata-se de uma iniciativa global dos EUA cujo objetivo é banir a tecnologia chinesa das redes de telecomunicações, principalmente a 5G. Isso porque o governo de Donald Trump acusa empresas como Huawei e ZTE de usarem seus equipamentos, presentes na infraestrutura das redes, para realizar espionagem para o governo da China. No entanto, o mandatário norte-americano nunca apresentou qualquer prova de que isso seja, de fato, feito. EUA acena com crédito para operadoras brasileiras que não usarem Huawei no 5G Ainda que o Brasil não tenha decidido se liberará a Huawei para participar, o presidente Jair Bolsonaro teria aderido ao memorando da Rede Limpa, que seria assinado em "um futuro próximo", segundo o subsecretário Krach, que está no Brasil. No entanto, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou na última terça-feira (10) que a decisão de proibir a participação da Huawei no 5G ainda não foi tomada e que outros membros do governo diretamente envolvidos na implementação da rede seriam consultados. No entanto, Guedes declarou que também vem escutando os alertas emitidos por EUA e Reino Unido sobre supostos riscos à segurança nacional. Operadoras que fariam parte da iniciativa "Rede Limpa" (Imagem: Depto. de Estado dos EUA) Entre os países que teriam aderido ao programa Rede Limpa, estão Reino Unido, República Tcheca, Polônia, Suécia, Estônia, Romênia, Dinamarca, Grécia e Letônia. Segundo um documento da ação, "muitos países estão optando por permitir apenas fornecedores confiáveis ​​em suas redes 5G". Esse mesmo documento indica ainda que diversas operadoras globais que também estão se tornando "Telecos Limpas". Entre elas, são citadas a Orange na França, Jio na Índia, Telstra na Austrália, SK e KT na Coréia do Sul, NTT no Japão e O2 no Reino Unido. Todas estariam rejeitando fazer negócios com "ferramentas do Estado de vigilância do Partido Comunista Chinês, como a Huawei". Por fim, as três grandes empresas de telecomunicações do Canadá teriam decidido fazer parcerias com a Ericsson, Nokia e Samsung, "porque a opinião pública foi totalmente contra permitir que a Huawei construísse as redes 5G do Canadá". Operadoras brasileiras se esquivam Com ampla participação dos equipamentos da Huawei em suas redes - cerca de 40% de sua infraestrutura - as operadoras nacionais, como Vivo, Claro, TIM e Oi não se mostram interessadas em banir a fabricante chinesa. Primeiro, porque seria necessário realizar investimentos gigantescos na substituição de equipamentos e softwares das redes, o que seria inviável para elas. Outro motivo é que a Huawei oferece linhas de financiamento generosas e de longo prazo para a compra de seus equipamentos por parte das operadoras: "Elas [as operadoras] sabem que o crédito, que o dinheiro chinês é o mais barato do mundo. Há taxas subsidiadas pelo Banco de Desenvolvimento da China (CDB), que oferece linhas de crédito muito mais baratas", afirmou um fonte do setor ao Canaltech. "Nos EUA e Europa, essas linhas são muito mais caras, coisa de 5%, 6% mais caras ao ano. Nesses países, o público financiando o privado no setor de telecom é inviável. Não é como acontece na China. Por uma questão até cultural, eles não têm pressa de ver o retorno do seu investimento, eles pensam décadas a frente. Os chineses preferem apostar muito mais em um relacionamento de longo prazo", completa. Para tentar atrair as operadoras, o governo dos EUA está usando agências oficiais para oferecer linhas de crédito para as operadoras brasileiras que comprarem equipamentos para sua infraestrutura 5G de outras marcas que não sejam as da fabricante chinesa. O objetivo do governo Trump é fazer com que Vivo, Claro e TIM adquiram tais equipamentos de fornecedores como Ericsson e Nokia. O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo: operadoras brasileiras se esquivam em participar da iniciativa do governo Trump de banir a Huawei do 5G (Imagem: Depto. de Estado dos EUA) Para as operadoras, no entanto, os financiamentos oferecidos pelo governo dos EUA para a compra de equipamentos 5G não apresentam grandes vantagens. Primeiro, porque boa parte da infraestrutura delas hoje, no Brasil, conta com componentes da Huawei - Nokia e Ericsson também. O segundo ponto é que realizar toda essa troca por equipamentos de outras marcas custaria muito mais do que as agências oficiais norte-americanas teriam disponível em suas linhas de crédito. Paulo Guedes defende disputa aberta entre Huawei, Ericsson e Nokia pelo 5G Além disso, as condições de financiamento a serem oferecidas por essas agências não seriam das mais interessantes, principalmente em comparação ao que é oferecido pela Huawei. Para completar o cenário, além de já estarem acostumadas em manusear equipamentos da marca chinesa, as operadoras do setor consideram os componentes da mesma mais eficientes e com preços mais competitivos. Por fim, na semana passada, as operadoras brasileiras foram convidadas pelo governo dos EUA para discutir o 5G no país, durante a visita do subsecretário Keith Krach. Elas declinaram do convite. Com informações da Folha de São Paulo e Departamento de Estado dos EUA Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Curiosity tira nova selfie em Marte, agora em área que homenageia paleontóloga HMD lança celulares básicos Nokia 6300 e 8000, ambos com 4G e sistema KaiOS Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Video compara Devil May Cry 5 rodando no Xbox Series X e PlayStation 5, assista Veja Mais

CHORAR FAZ BEM?

CHORAR FAZ BEM?

 Minutos Psíquicos Como chorar pode afetar a sua mente? Talvez a resposta para essa pergunta pareça óbvia, mas quando olhamos um fenômeno da natureza bem de perto, percebemos que o seu funcionamento pode ser bem mais complexo do que aparentava inicialmente. Agradecimento especial aos nossos apoiadores no YouTube, no Patreon e no APOIA.SE: Uriel Marx Josue Caetano Juliana Pereira Masashi Inoue Gabriel Tamassia Martinez Fernando da Silva Trevisan Cláudio Toma Angelo Thomazini Anderson Santos da Silva Mathias Gheno Azzolini Marco Aurélio Roncatti Ingrid Philigret de Brito Paulo André Batista Araújo Adinael Fernandes da Silva Tatsuo Adachi Ana Carolina Alves Feitosa Kleber Pereira Thaís Canto Renan Fernandes Elisangela de Moura Gonçalves Mônica Almeida Roger Hendryo de Oliveira Simone Souza Raquel Aquino Débora Medeiros Antonio Rosasse William Oliveira ingridpsi Ana Cláudia Tiago Cruz Jose Luis Fernandes Maísa Barbosa Brum Michel Rezende Artur Luft Gacha Trevisani Josi Silva Andre Elton Mayara Silva Rafael Haruin Nanci Cuozzo Luciana Santa Fé Antonio Neto André Timm LUCIANA SANTOS Heloisa Moura Antonia Braz Danilo Oliveira Ana Carolina Zortea Suellen Santos Vanessa Ariane Ribeiro Ana América Oliveira de Arruda rigen doragon Sawabonas Joao Freire Franca Murilo Juliana Belko Ines Cozzo Fernanda Wanderlind Leandra Garcez Sabrina Morais Adriana Araújo Bruno Andrade Nildson Loki Karen Castro Carmen Adell André Luiz Thieme Robson Tulio Furtado Roberta Coeli Neves Moreira Mírian Batista LEONARDO AUGUSTO DE FREITAS Flávio Wilson Campos de Carvalho Núbia Cristina Cardoso Fernanda Wanderlind Luciano Mesquita de Sousa Marcia Solange Braz Sobrinho Telma de Souza Castelan Keila Cristina Grassi Lourenço Rafael Marques dos Santos Marcia Miyuki Noda Livi Fernanda Regina Mistieri LEONARDO AUGUSTO DE FREITAS Gabrielly Freitas de Sena Nanci da Conceição Cuozzo TAGIANE MARINHO LOPES ARAÚJO Sandra Magna Cavalcante Novais Alexandre de Souza Simões Rafael Franco de Oliveira Flavio Roso Gonçalves Manuella Bahls Thiago Medeiros Rêgo ALEX CORREA SALES Cláudia Cristine Couto Fernandes Dowsley Lucas lustosa mauro DANYELLA BA. RICHARD INCENTIVE O MINUTOS PSÍQUICOS :) Torne-se um apoiador nosso no YoutTube, Apoia.se ou Patreon: ● https://www.youtube.com/channel/UCFiEI1kDHlO9UQtxx0wj-XA/join ● https://apoia.se/minutospsiquicos ● http://www.patreon.com/minutospsiquicos REDES SOCIAIS ● Facebook: https://www.facebook.com/minutospsiquicos/ ● Twitter: https://twitter.com/minutopsiquicos ● Instagram: https://www.instagram.com/minutospsiquicos/ CRÉDITOS ● Pesquisa, roteiro, apresentação e narração: André Rabelo (@oandrerabelo) ● Ilustração e edição: Pedro Tavares (Xicão) (@pedroxicao) ● Música: Silly Just To Cry - Trout Recording Tears In The Rain - Lyle Workman REFERÊNCIAS E INDICAÇÕES https://journals.sagepub.com/doi/10.1111/j.1467-8721.2008.00614.x?icid=int.sj-abstract.similar-articles.2 https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fpsyg.2014.00502/full https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0092656611000778 https://bpspsychub.onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/bjso.12162 https://link.springer.com/article/10.1007/s11031-015-9507-9?ncid=txtlnkusaolp00000603 https://link.springer.com/article/10.1007/s11031-019-09771-z https://link.springer.com/article/10.1007/s12110-018-9312-8 https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/02699931.2018.1488243 https://psycnet.apa.org/record/2019-36930-001 https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fpsyg.2019.02288/full https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/1754073915586226 https://psycnet.apa.org/record/2017-40639-007 https://www.bbc.com/future/article/20190814-benefits-of-crying-is-it-good-or-bad-for-you https://www.youtube.com/watch?v=QGdHJSIr1Z0 https://link.springer.com/article/10.1007/s10286-018-0526-y https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0021755716000462 https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fneur.2019.00260/full https://psycnet.apa.org/record/2020-66680-001 https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0165178118310242 https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/1754073917706766 https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=Vu50DgAAQBAJ&oi=fnd&pg=PA217&dq=crying&ots=bN2jZeV18V&sig=fqQG4-cECo1S2OXh6AWAEtUKwQI#v=onepage&q=crying&f=false https://journals.sagepub.com/doi/10.1037/1089-2680.4.4.354?icid=int.sj-abstract.similar-articles.1 https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fpsyt.2019.01026/full https://psycnet.apa.org/record/1999-10261-002 https://psycnet.apa.org/record/2002-13494-002 https://www.psychologytoday.com/us/blog/ulterior-motives/200909/you-cant-punch-your-way-out-anger #choro #emoções #tristeza Veja Mais

'WandaVision' tem estreia adiada para janeiro no Disney+

G1 Pop & Arte Série é a primeira criada pela Marvel Studios especificamente para a plataforma de streaming. A série de televisão "WandaVision" da Marvel Studios estreará no serviço de streaming Disney+ no dia 15 de janeiro, e não em dezembro, anunciou a Walt Disney Co nesta quinta-feira. "WandaVision" é uma das séries de grande destaque com que a Disney está contando para atrair mais clientes para o Disney+, plataforma de streaming. Globoplay anuncia parceria com Disney+ A série de seis horas é a primeira criada pela Marvel Studios especificamente para o Disney+. Ela tem Elizabeth Olsen no papel da Feiticeira Escarlate e Paul Bettany como Visão, dois personagens que já apareceram nos cinemas na franquia de grande sucesso "Vingadores". Em agosto, a Disney anunciou que o Disney+, um concorrente da Netflix, já tinha mais de 60 milhões de assinantes. Entre os outros programas futuros do Disney+ estão um especial de fim de ano "Star Wars" Lego e o filme da Pixar "Soul", que será lançado no dia 25 de dezembro. Veja Mais

Medicago e GSK planejam testes das fases 2 e 3 de vacina contra a Covid com 30 mil voluntários pelo mundo

Glogo - Ciência Testes finais de fase 3 da vacina vão começar no final do ano e serão realizados com 30 mil voluntários na América do Norte, América Latina e Europa. Entenda cada fase dos testes para vacinas O laboratório canadense Medicago e o britânico GlaxoSmithKline (GSK) anunciaram nesta quinta-feira (12) o início dos ensaios clínicos de fase 2 e 3 de sua vacina contra a Covid-19, uma das candidatas em desenvolvimento ao redor do mundo. Os testes finais de fase 3 desta vacina à base de plantas vão começar no final do ano e serão realizados com 30 mil voluntários na América do Norte, América Latina e Europa, de acordo com um comunicado conjunto. A árvore 'indígena' que pode ajudar no combate à Covid-19 Restaurantes e academias são os lugares com maior chance de transmissão da Covid, dizem cientistas de Stanford Internações hospitalares por Covid-19 na França superam as da primeira onda Os testes da fase 2 serão realizados em vários locais do Canadá e, se houver aprovação do governo, nos Estados Unidos. Uma corrida global contra o tempo segue a todo vapor para encontrar vacinas contra a pandemia do novo coronavírus, que atingiu dezenas de milhões de pessoas e prejudicou profundamente a economia mundial. Na terça-feira, a Medicago obteve uma resposta imunológica "encorajadora" de "100%" em 180 pessoas saudáveis que participaram de seus estudos clínicos de fase 1. A vice-presidente executiva da empresa para assuntos científicos e médicos, Nathalie Landry, afirmou que esses resultados "justificam totalmente a continuação dos testes clínicos". O diretor médico da GSK, Thomas Breuer, disse que a GSK está "confiante em fornecer uma vacina eficaz com um perfil de segurança aceitável em colaboração com a Medicago". "Esta é a primeira de várias colaborações da GSK na vacina candidata contra a covid-19 para iniciar os ensaios clínicos de fase 2/3 e um passo importante em nossa contribuição na luta global contra a pandemia", declarou. A expectativa é que os estudos confirmem que tanto a fórmula quanto a dosagem, administradas com 21 dias de intervalo, são seguras e acionam uma resposta imunológica do corpo em adultos saudáveis com idades entre 18 e 64 anos e em idosos acima dos 65 anos de idade. Em outubro, o governo canadense prometeu até 173 milhões de dólares canadenses (132 milhões de dólares) para ajudar a desenvolver a vacina e fez um pedido provisório de 76 milhões de doses. VÍDEOS: novidades sobre as vacinas Veja Mais

Biden anuncia equipe de transição da NASA e aposta na diversidade

Biden anuncia equipe de transição da NASA e aposta na diversidade

Tecmundo Como parte de sua estratégia de transição de governo, o recém-eleito presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, definiu uma equipe com oito membros que o auxiliará a analisar os processos da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço norte-americana, a NASA. Não se trata, ainda, de seu time oficial, caracterizado como voluntário, mas a formação sugere o comprometimento do líder com a diversidade étnica e de gênero, algo apontado durante toda a sua campanha.Nos próximos 2 meses, acompanharão o político: Ellen Stofan (geóloga planetária), Waleed Abdalati (chefe do Instituto Cooperativo de Pesquisa em Ciências Ambientais), Jedidah Isler (professora assistente de Astrofísica no Dartmouth College, a primeira negra a obter um Ph.D. em astrofísica da Universidade Yale, em 2014), Bhavya Lal (cientista do Instituto de Política de Ciência e Tecnologia da IDA), Pam Melroy (ex-astronauta da NASA) e Dave Noble (diretor-executivo da American Civil Liberties Union).Leia mais... Veja Mais

Atriz de 'NCIS: New Orleans' diz que rejeição a personagem lésbica foi superada

O Tempo - Diversão - Magazine 'No começo, recebi muitas reações negativas, o público mais conservador não aceitou de primeira', revelou Vanessa Ferlito que interpreta a agente Tammy Gregorio Veja Mais

Eleições em BH: Vice de Áurea defende enfrentamento a 'máfias' na capital

O Tempo - Política Léo Péricles (UP) participou de debate online com outros candidatos de esquerda e falou sobre transporte público, moradia e coleta seletiva Veja Mais

Zambelli quer exame toxicológico obrigatório para candidatos a cargos eletivos

O Tempo - Política Projeto de lei é apresentado após deputada bolsonarista propor procedimento para parlamentares Veja Mais

Vacina contra Covid: canadense Medicago e GSK iniciam testes de fase 2 e 3

O Tempo - Mundo Os testes finais de fase 3 desta vacina à base de plantas vão começar no final do ano e serão realizados com 30 mil voluntários Veja Mais

Luan Santana lança clipe sobre o Pantanal

O Tempo - Diversão - Magazine Vídeo batizado de 'Um grito entre as cinzas' será transmitido nesta quinta no canal National Geographic e em seguida no YouTube Veja Mais

Ryan Murphy divulga mais detalhes do spin-off de American Horror Story

Ryan Murphy divulga mais detalhes do spin-off de American Horror Story

Tecmundo O produtor Ryan Murphy continua divulgando várias novidades para os fãs de American Horror Story. Ontem (11), ele compartilhou um cartaz da 10ª temporada da série antológica de terror, deixando os fãs bem animados para os novos capítulos, que deverão chegar à TV em 2021.Hoje (12), Murphy compartilhou um novo cartaz, mas dessa vez da série spin-off de AHS, intitulada American Horror Stories. A divulgação do pôster veio acompanhada de mais informações sobre a nova produção.Leia mais... Veja Mais

WandaVision: série da Marvel ganha data de estreia no Disney+

WandaVision: série da Marvel ganha data de estreia no Disney+

Tecmundo A série WandaVision definiu finalmente sua data de estreia e ela está marcada para janeiro de 2021 no Disney+. Por meio das redes sociais oficiais da marca Avengers, a Marvel aproveitou para confirmar que sua nova série vai ser disponibilizada no dia 15 de janeiro no streaming da Disney.A produção, protagonizada por Elizabeth Olsen e Paul Bettany, vai trazer uma sátira às sitcoms americanas para contar a história de dois personagens muito importantes dos quadrinhos da Marvel. Leia mais... Veja Mais

Genshin Impact terá dano do ambiente balanceado em atualização

Genshin Impact terá dano do ambiente balanceado em atualização

Tecmundo Genshin Impact recebeu sua primeira grande atualização na última quarta-feira (11), com diversas novidades para os jogadores. Entretanto, uma delas acabou não ficando de acordo com o desejado: a mudança no dano causado pelas Reações Elementais.A produtora miHoYo revelou que tem ciência dessa questão, e está trabalhando em uma correção para esse problema com o intuito de disponibilizá-la o quanto antes.Leia mais... Veja Mais

Números de contaminação diária pela COVID-19 atingem recorde global

canaltech Por mais que o desenvolvimento de vacinas contra a COVID-19 esteja em processos avançados, a pandemia ainda está longe de chegar ao fim. Na última quarta-feira (11), de acordo com informações da Universidade Johns Hopkins, que vem monitorando os números do coronavírus, o mundo chegou em um novo recorde diário de casos e de mortes pela doença. Vídeos mostram por que máscaras com válvula não protegem contra a COVID-19 COVID | Um a cada três médicos defende uso de droga sem comprovação, diz estudo Anvisa autoriza retomada de testes com a CoronaVac Foram registrados 666.955 novos casos de pessoas infectadas pelo SARS-CoV-2 e 12.220 mortes, superando o último recorde que aconteceu na semana passada, com 641.152 casos até o dia 6 de novembro e 11.031 mortes. Até o momento, no total, mais de 52,2 milhões de pessoas foram contaminadas pelo coronavírus desde que a pandemia começou. Imagem: Reprodução/outsideclick/Pixabay Os Estados Unidos estão com o maior número de casos, com 10.421.678 até esta quinta-feira (12), seguidos da Índia, com 8.683.916, e Brasil, com 5.747.660. Os EUA, inclusive, enfrentaram recordes em dois dias seguidos, com 140.290 casos na terça-feira (10) e mais 144.133 na quarta (11). O país norte-americano, sozinho, concentra 20% de todos os casos e mortes em todo o planeta. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Nesta quinta (12), a Itália também bateu recorde de contaminações pela COVID-19 com 37.978 em apenas 24 horas, registrando ainda 636 mortes, sendo ainda o 10º país a atingir um milhão de casos da doença. Além dela, o Reino Unido superou a marca de 50 mil óbitos, acompanhado do Irã e da Espanha que ultrapassaram o registro de 40 mil mortes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Recurso do PS4 com PS5 vai fazer você desistir de vender seu antigo console Samsung registra novo celular com corpo preenchido por tela; confira o visual Moto E7: renderizações e lista de especificações do baratinho da Motorola Hyperloop: primeira viagem com passageiros a bordo é feita com sucesso Moto G9 Power passa na Anatel junto com dois celulares da Realme Veja Mais

Segunda onda da covid no Hemisfério Norte afetará setor aéreo na AL, diz Iata

Valor Econômico - Finanças Entidade estima que os voos intercontinentais só devem se normalizar em 2024 A segunda onda da pandemia de covid-19, que atinge países do Hemisfério Norte, deve afetar a recuperação do setor aéreo na América Latina, no momento em que a região prepara-se para a temporada de verão, a mais agitada em número de voos e demanda de passageiros. “Estados Unidos e Europa têm grande importância como destino internacional para os latino-americanos. Com a segunda onda da pandemia na América do Norte e na Europa a tendência é de piora nas viagens intercontinentais. A recuperação dos voos para essas regiões tende a ser mais lenta do que o previsto”, afirmou Peter Cerdá, vice-presidente para Américas da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata). A Iata estima que os voos intercontinentais só devem se normalizar em 2024. Cerdá considerou que os países da América Latina devem reabrir as fronteiras para voos internacionais dentro da região no curto prazo. De acordo com a entidade, a recuperação do setor aéreo tem sido mais rápida no México e no Brasil. No México, disse Cerdá, o setor já recuperou de 85% a 90% do nível de atividade apresentada antes da pandemia. No Brasil, essa taxa situa-se entre 50% e 60% atualmente. Na Argentina, o governo retomou recentemente os voos domésticos, além de ter reaberto a fronteira para Brasil, Paraguai, Uruguai e Chile. O Uruguai e o Peru também consideram a reabertura de fronteiras. O Chile anunciou que pretende remover restrições a voos internacionais no fim do mês. Atualmente, apenas o aeroporto internacional de Santiago aceita voos internacionais, com exigência obrigatória de apresentação pelos passageiros de teste PCR para covid-19 negativo. Aviões da United Airlines estacionados em aeroporto em Orlando, na Flórida Joe Burbank/Orlando Sentinel via AP Veja Mais

Lucro da dona do WeChat aumenta 89% no terceiro trimestre

Valor Econômico - Finanças A chinesa Tencent reportou lucro líquido de US$ 5,81 bilhões, no período, impulsionado pelo crescimento da receita com jogos e cortes de custos A chinesa Tencent, dona da plataforma WeChat, reportou um lucro líquido de 38,54 bilhões de iuans (US$ 5,81 bilhões) no terceiro trimestre de 2020, uma alta de 89% na comparação anual, impulsionado pelo crescimento da receita com jogos e cortes de custos. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

The Textorcist é o novo game gratuito da Epic Games Store

The Textorcist é o novo game gratuito da Epic Games Store

Tecmundo Nessa semana, a Epic Games Store anunciou qual é o jogo que os jogadores podem adquirir sem pagar nada: The Textorcist. Quem estiver interessado no título deve baixá-lo até a próxima quinta-feira (19) para garantir a gratuidade.Leia mais... Veja Mais