Meu Feed

Últimos dias

Couche-Tard retira oferta de aquisição do Carrefour, dizem fontes

Valor Econômico - Finanças Razão seria a forte oposição do governo francês ao negócio, preocupado com a 'segurança alimentar' A rede de lojas de conveniência e postos de combustíveis canadense Alimentation Couche-Tard retirou sua oferta de compra da varejista francesa Carrefour por 16,2 bilhões de euros (US$ 19,6 bilhões) depois que o plano de aquisição enfrentou forte oposição do governo francês, segundo duas fontes familiarizadas com o assunto disseram à Reuters na sexta-feira. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Crossover entre as séries Batwoman e Superman & Lois é cancelado na The CW

Crossover entre as séries Batwoman e Superman & Lois é cancelado na The CW

Tecmundo Anunciado no ano passado, o crossover entre as séries de super-heróis da DC, Batwoman e Superman & Lois, na The CW, foi cancelado. A justificativa, de acordo com a emissora, está na dificuldade em realizar produções audiovisuais durante o período da pandemia do coronavírus. Leia mais... Veja Mais

O Falcão e o Soldado Invernal | Brinquedo vaza spoiler da série do Disney+

canaltech Estamos na época em que vazamentos de brinquedos muitas vezes confirmam coisas que nem mesmo os informantes mais próximos dos bastidores das gravações de grandes produções não conseguem cravar com exatidão. E isso aconteceu nesta semana, com O Falcão e o Soldado Invernal, série que estreia em março no Disney+, que acabou de lançar WandaVision, o pontapé inicial da Fase 4 e primeira atração exclusiva do serviço de streaming diretamente conectada com o Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês). Crítica | WandaVision começa estranhamente divertida e empolgante Prévia de HQ revela possível data de O Falcão e o Soldado Invernal no Disney+ 7 razões que tornam o Falcão um Capitão América rebelde e polêmico Atenção, o texto a seguir contém spoilers sobre Vingadores: Ultimato e possíveis revelações sobre O Falcão e o Soldado Invernal. Bem, antes de mais nada, vale destacar que, mesmo com o velho Steve Rogers “passando o bastão” do Capitão América para Sam Wilson no final de Vingadores: Ultimato, nem todo mundo vai considerar o Falcão como o sucessor do Sentinela da Liberdade — principalmente o governo dos Estados Unidos. E, assim como aconteceu nos quadrinhos, ele precisará provar que é o mais indicado para o posto. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! Aliás, isso deve ser um dos principais pontos da trama, já que os governantes ianques têm suas próprias preferências, na forma do Agente Americano, e o próprio Soldado Invernal pode ser o novo Capitão América — algo que também já aconteceu nas revistas. Então, essa questão é um dos bem guardados mistérios da série do Disney+. Ou era, já que um brinquedo da Titan Heroes Series, da Hasbro, pode ter estragado a surpresa. A conta do site brasileiro Marvel News no Twitter veiculou uma imagem que mostra a caixa do boneco de Sam Wilson vestido com o exato traje que ele usou nos quadrinhos quando assumiu o posto de Capitão América, em 2014. ???????? O uniforme do novo Capitão América!!Um vazamento da linha de brinquedos de "The Falcon and The Winter Soldier" mostra o novo uniforme do Sam Wilson. pic.twitter.com/KAVkDKdQr7 — Marvel News (@BRMarvelNews) January 15, 2021 Tudo bem que esse brinquedo pode usar uma referência de Sam Wilson em um estado temporário como Capitão América antes da seleção definitiva de quem será o novo Sentinela da Liberdade na série. Mas, dado que a réplica traz o traje final que Wilson usou nos quadrinhos, é bem provável que o item tenha mesmo adiantado essa revelação. Imagem: Reprodução/Marvel Comics Dirigido por Kari Skogland, O Falcão e o Soldado Invernal é estrelado por Anthony Mackie, Sebastian Stan, Emily VanCamp, Wyatt Russell, Noah Mills, Carl Lumbly e Daniel Brühl. A série estreia em 19 de março no Disney+. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Como colocar uma marca d'água em uma imagem no Canva

canaltech Canva (Android | iOS | Web) é uma plataforma que permite editar imagens de forma gratuita. Simples e intuitivo, o editor oferece um vasto acervo com modelos personalizáveis que permitem criar vários tipos de artes em um curto período de tempo. Como criar Stories personalizados com o Canva de forma gratuita Como usar o Canva para criar imagens e vídeos personalizados para redes sociais Como usar o Canva | Como criar imagens e vídeos personalizado para redes sociais Se você precisa inserir uma marca d’água em uma imagem, saiba que este processo é rápido, prático, e pode ser realizado na plataforma através do celular ou do PC. Confira abaixo o passo a passo! Como colocar uma marca d'água em uma imagem no Canva No celular Passo 1: acesse o app Canva em seu celular e faça o login com a sua conta. Em seguida, escolha um dos modelos disponíveis ou clique em “+” no canto inferior. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Abra o app do Canva em seu celular e crie ou selecione um modelo para usar (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: clique em “+” no canto inferior direito para poder adicionar a imagem que você quer inserir a marca d ‘água. Clique no ícone "+" para adicionar uma imagem (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: com a galeria aberta, insira, ajuste a imagem e clique no ícone de “Confirmar” no menu superior. Faça os ajustes nela e clique em "Confirmar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: agora, adicione a imagem que você quer utilizar como marca d’água. Clique novamente em “+”, selecione a imagem, ajuste-a no campo de edição e clique em “Confirmar”. Insira a imagem que você quer utilizar como marca d'água (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: para torná-la transparente, clique no ícone de “Três pontos” e em “Transparência” no menu superior. Ajuste a transparência dela através do controle deslizante no canto inferior. Ajuste a transparência da sua marca d'água (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: ao finalizar as edições, clique na “Seta para baixo” para fazer o download, ou na “Seta para cima” para salvá-la em outras plataformas. Baixe ou compartilhe a imagem final (Captura de tela: Matheus Bigogno) No PC Passo 1: acesse a página do Canva através de um navegador web e efetue o login com a sua conta. Em seguida, escolha um modelo já pronto, ou clique em “Criar um design” e selecione uma das opções disponíveis. Para este exemplo, escolhemos o “Começar com uma imagem”. Abra o Canva através do navegador, crie ou selecione um modelo para usar (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: feito isso, você pode fazer o upload de uma nova imagem para servir como marca d’água. Para fazer isso, acesse a seção “Upload” no menu lateral esquerdo e clique em “Fazer upload”. Acesse a seção "Uploads" e clique em "Fazer upload" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: selecione “Dispositivo” caso queira fazer o upload de uma imagem do seu PC e espere a imagem ser carregada. Selecione o método de upload e carregue a imagem que você quer usar como marca d'água (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: assim que a imagem for carregada, clique nela para que seja adicionada na área de edição e faça os devidos ajustes para deixá-la na posição ideal. Selecione-a para que ela apareça na área de edição (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: clique em “Transparência” no canto superior direito e ajuste o controle deslizante até que a marca d’água fique do jeito que você quer. Clique em "Transparência" e ajuste através do controle deslizante (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: ao finalizar as edições, clique em “Baixar” no canto superior e, no menu exibido em seguida, clique em “Baixar” novamente. Finalizadas as edições, clique em "Baixar" no canto superior (Captura de tela: Matheus Bigogno) Pronto! Agora você pode adicionar uma marca d’água em várias imagens usando o Canva. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Sem vacina, colapso do AM pode se reproduzir em outros Estados, alerta Flávio Dino

Valor Econômico - Finanças Governador responsabilizou o governo federal pelo agravamento da crise sanitária na capital amazonense e disse que o “negacionismo” de Bolsonaro tem gerado situações trágicas Presidente do Consórcio Amazônia Legal, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou nesta sexta-feira que sem a vacinação contra a covid-19, o colapso no sistema de saúde enfrentado pelo Amazonas pode se reproduzir em outros Estados. O Maranhão deve receber na noite de hoje ao menos 23 pacientes transferidos de Manaus. Dino responsabilizou o governo federal pelo agravamento da crise sanitária na capital amazonense e disse que o “negacionismo” do presidente Jair Bolsonaro tem gerado situações trágicas como a enfrentada por Manaus, com hospitais lotados, sem vagas para atendimento nem cilindros de oxigênio para pacientes. “O principal fator [do colapso], sem dúvida, é o que vimos desde o início, a premissa da ‘gripezinha’. A partir daí, todos os absurdos que estão acontecendo são derivações dessa premissa equivocada, criminosa. O país não se prepara adequadamente em nenhum item, desde respiradores, medidas de distanciamento, uso de máscaras e vacinas. Tudo isso vai ficando no improviso”, afirmou Dino ao Valor. Sem condições de dar atendimento às vítimas de covid-19, o Amazonas poderá transferir até 750 pacientes, entre eles bebês prematuros. Hoje, o governo amazonense disse ter conseguido oxigênio para atender os bebês por dois dias, evitando, assim a transferência. A previsão inicial do Maranhão era de receber 23 adultos e 10 bebês prematuros para atendimento no hospital universitário. “O caso de Manaus é um dos mais dramáticos que eu já vi”, afirmou Dino, que tem mantido contato direto com o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC). Um dos fatores que podem ajudar a explicar o aumento do número de casos no Amazonas nas últimas semanas é uma mutação do novo coronavírus, que torna a disseminação da doença ainda mais rápida. “Esse é um problema que deve ser tratado no plano nacional. Alguém acha que essa nova cepa vai ficar concentrada em Manaus? O presidente não pode falar que é problema do Estado e da capital”, disse Dino. “É irresponsável.” O governador do Maranhão disse que se as vacinas da Fiocruz e do Instituto Butantan forem liberadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no domingo, o país poderá evitar a repetição do caso do Amazonas. “Se não tiver a vacina, vamos para um quadro difícil. Esse quadro do amazonas pode se alastrar de novo, se reproduzir. Pode ser precursor, antecipando o que vai ocorrer nos outros Estados. Se tivermos a vacina, melhorará um pouco esse quadro.” Dino afirmou não ter nenhuma previsão do governo federal de quantas doses o Estado receberá para vacinar a população. “Estamos no escuro”, afirmou. Governador Flavio Dino Denio Simoes/Valor Veja Mais

Cenário do Amazonas deve servir de alerta ao país, diz governador do Estado

Valor Econômico - Finanças O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), associa o colapso do sistema de saúde no Estado a uma mutação do novo coronavírus e afirma que o cenário de guerra enfrentado em Manaus pode se reproduzir pelo país. Lima cita também as festas de fim de ano como fator que impulsionou a segunda onda de casos no Estado, que já havia colapsado no início da pandemia, entre abril e maio. O governador, no entanto, não reconhece erros em sua gestão, evita críticas ao governo federal e volta a defender a revogação de um decreto no fim de dezembro, que determinava o endurecimento da quarentena. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

WandaVision: como Visão está vivo na série da Marvel?

WandaVision: como Visão está vivo na série da Marvel?

Tecmundo Atenção, esta matéria pode conter spoilers!Após a estreia da série Wandavision, uma questão ficou na cabeça dos fãs: afinal, como Visão está vivo na série da Marvel? A Feiticeira Escarlate e o super-herói são os personagens centrais do seriado do Disney+. Leia mais... Veja Mais

Índices das bolsas de Nova York fecham em queda na sexta

Valor Econômico - Finanças Os índices acionários de Nova York fecharam em queda, pressionados pelos temores por um dado fraco de vendas no varejo americano em dezembro e pelas preocupações com a possibilidade de um aumento dos impostos nos EUA sob a presidência de Joe Biden. Após ajustes, o Dow Jones fechou em queda de 0,57%, a 30.814,26 pontos, o S&P 500 recuou 0,72%, a 3.768,25 pontos, e o Nasdaq caiu 0,87%, a 12.998,50 pontos. Os três índices já operavam negativos o acumulado da semana, e ampliaram as perdas hoje, com o Dow Jones recuando 0,91% no período, o S&P 500, 1,48% e o Nasdaq, 1,54%. Mais cedo, os dados do Departamento do Comércio dos EUA indicaram que as vendas no varejo caíram 0,7% em dezembro, anotando o terceiro mês consecutivo de quedas e ficando também abaixo da expectativa dos economistas consultados pelo The Wall Street Journal, de queda de 0,1%. O dado alimenta os receios dos investidores com a desaceleração econômica americana, reforçando os receios com os dados do mercado de trabalho americano divulgados ontem, que também indicaram uma deterioração das condições econômicas nos EUA, com um aumento do número de pedidos de seguro-desemprego na semana passada. A piora das condições econômicas aumentam o peso das perspectivas de mais estímulos fiscais nos EUA. Biden revelou na noite de ontem a sua agenda de US$ 1,9 trilhão de dólares, que inclui pagamentos diretos de US$ 1.400 aos americanos mais pobres, que, somados aos US$ 600 que já haviam sido aprovados em dezembro, levariam o total a US$ 2.000. Os estímulos fiscais foram amplamente bem recebidos, mas os investidores reagiram ao plano com cautela, avaliando com a possibilidade de uma escalada tarifária para financiar o ambicioso pacote de estímulos, com a dívida pública tendo disparado a 127% do PIB americano no terceiro trimestre de 2020, de acordo com dados do Federal Reserve. “Biden sugeriu que fechar brechas fiscais pode fazer boa parte do trabalho para reparar as finanças do governo, e impostos corporativos, de renda e ganhos de capital mais elevados são inevitáveis em algum ponto para uma economia que tem uma dívida nacional bem superior a 100% de PIB ”, disse James Knightley, economista-chefe internacional do ING, em nota. O início positivo da temporada de balanços corporativos do quarto trimestre de 2020 - incluindo um recorde de lucros do J.P. Morgan - também não compensou o nervosismo em Nova York, com as ações do setor financeiro recuando mais de 2% após a divulgação dos primeiros balanços dos grandes bancos americanos mais cedo. O J.P. Morgan reportou um salto de 42% nos lucros, a US$ 3,79 por ação, anotando o seu maior lucro trimestral já registrado. Já o Citigroup reportou uma queda de pouco mais de 3% nos lucros por ação no trimestre, a US$ 2,08, mas ainda ficou bem acima da expectativa de consenso, de US$ 1,34, de acordo com a FactSet, enquanto o Wells Fargo reportou uma ligeira alta dos lucros a US$ 0,64 por ação, também superando a expectativa, de US$ 0,59. Apesar do salto nos lucros, a ação do do J.P. Morgan fechou em queda de 1,79%, enquanto a do Citigroup recuou 6,93%, e a do Wells Fargo cedeu 7,80%. As ações do setor financeiro fecharam em queda de 1,80% no S&P 500, mas ainda acumulam ganhos de quase 4,7% no ano. Veja Mais

Embalado por Beatles e Clube da Esquina, Sweet Psychedelics mostra sua cara

O Tempo - Diversão - Magazine Banda internacional, que conta com três mineiros em sua formação, acaba de lançar primeiro disco no mercado Veja Mais

Lewandowski manda governo federal suprir hospitais do Amazonas e dá 48h para plano de ação

Valor Econômico - Finanças O Ministério da Saúde também deverá apresentar, em até 48 horas, um plano sobre as estratégias que estão sendo efetivadas ou articuladas para enfrentar a situação de emergência O ministro Ricardo Lewandowksi, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o governo federal "promova todas as ações ao seu alcance para debelar a seríssima crise sanitária" em Manaus, especialmente no suprimento de oxigênio e outros insumos necessários para conter a pandemia. O Ministério da Saúde também deverá apresentar, em até 48 horas, um plano sobre as estratégias que estão sendo efetivadas ou articuladas para enfrentar a situação de emergência, discriminando ações, projetos e parcerias, bem como os cronogramas e os recursos envolvidos. Esse documento deverá ser atualizado a cada dois dias, "enquanto perdurar a conjuntura excepcional". O requerimento foi feito pelo PCdoB e pelo PT em Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) que tramita no Supremo. Os partidos apontam omissão do governo federal no combate à crise - e citam fala do presidente Jair Bolsonaro segundo a qual a situação em Manaus poderia ter sido evitada com medicamentos do chamado "tratamento precoce", que não tem eficácia comprovada para covid-19. "O direito social à saúde se coloca acima da autoridade de governantes episódicos, pois configura um dever constitucionalmente cometido ao Estado, entidade político-jurídica que representa o povo", aponta Lewandowski, na decisão. Vídeo: Brasil sob o caos da covid-19 e a disputa na Câmara Brasil sob o caos da covid-19 e a disputa na Câmara O ministro voltou a lembrar que o compartilhamento de competências entre o governo federal, os Estados e os municípios em questões de saúde pública "não exime a União de planejar e promover a defesa permanente contra as calamidades públicas", coordenando as ações de vigilância epidemiológica e sanitária. Na decisão, Lewandowski afirma que não cabe ao STF impor a implementação de políticas públicas, mas que o Poder Judiciário também não pode se omitir "quando órgãos estatais vierem a comprometer a eficácia e a integridade dos direitos individuais e coletivos". "Neste momento de arrebatador sofrimento coletivo, em meio a uma pandemia que vitimou centenas de milhões de pessoas ao redor do mundo, que não é dado aos agentes públicos tergiversar sobre as medidas cabíveis para debelá-la, as quais devem guiar-se pelos parâmetros expressos na Constituição e na legislação em vigor, sob pena de responsabilidade", escreveu. Por outro lado, "tendo em conta o princípio da autocontenção", o ministro não atendeu aos requerimentos dos partidos para que o governo instalasse hospitais de campanha, decretasse lockdown, empregasse a Força Nacional ou convocasse médicos de fora do Estado do Amazonas, por meio do programa Mais Médicos. Veja Mais

Em entrevista à TV, Bolsonaro diz que Doria é 'moleque'

O Tempo - Política Mais cedo, em entrevista após almoço com Maia em São Paulo, Doria responsabilizou o governo federal pelo cenário de falta de oxigênio em Manaus Veja Mais

BB que abrir 14 novas agências para atendimento ao agro até março

Valor Econômico - Finanças Com expansão da rede, Mato Grosso, São Paulo e Rio Grande do Sul passarão a ter unidades dedicadas O Banco do Brasil planeja abrir 14 novas agências especializadas em agronegócio até março deste ano. Somadas às outras quatro criadas em 2019, em Campo Grande (MS), Goiânia (GO), Campo Mourão (PR) e Uberlândia (MG), o total de unidades dedicadas ao atendimento aos produtores e empresários rurais saltará para 18. Na expansão, Mato Grosso, São Paulo e Rio Grande do Sul passarão a ter agências voltadas ao setor. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

COVID-19 | EUA e Reino Unido batem recorde de mortes diárias mesmo com vacinação

canaltech Mesmo com o início dos programas de vacinação, os Estados Unidos e o Reino Unido acabam de bater recordes no número de mortes pela COVID-19. O país norte-americano segue sendo o mais afetado, registrando o recorde de 4.470 mortes em um dia na última terça-feira (12). Brasil vai à Índia buscar 2 milhões de doses da vacina de Oxford Variante do coronavírus encontrada no Reino Unido já chegou a cerca de 50 países China registra 1ª morte pela COVID-19 em oito meses No Reino Unido, o recorde foi de 1.564 mortes em apenas 24 horas, totalizando mais de três milhões desde o início da pandemia. Até a última quinta-feira (14), 3.234.946 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a doença, e 443.234 receberam a segunda. Imagem: Reprodução/Hakan Nural/Unsplash Nos Estados Unidos, mais de 10 milhões de pessoas já receberam ao menos a primeira dose do imunizante, mas os próximos dias não devem ser nada fáceis por lá, uma vez que a estimativa é que mais 92 mil pessoas sejam vítimas do vírus nas próximas três semanas, segundo informações do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças). Somente em janeiro desde ano, o país registrou mais de 34 mil mortes. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- No Reino Unido, todos os países já aplicaram novas medidas de restrições para conter o vírus, e de acordo com Boris Johnson, primeiro-ministro, a decisão já está apresentando efeitos positivos. No restante da Europa, como em Portugal e Suécia, novas restrições começaram a ver aplicadas, incluindo lockdown, fechamento de comércio não essencial e obrigatoriedade de exames. Variante do coronavírus encontrada no Reino Unido já chegou a cerca de 50 países Na Inglaterra, inclusive, foi encontrada uma nova variante do coronavírus, que preocupa pela maior probabilidade de contágio. De acordo com estudos, essa variante, que foi identificada pela primeira vez em 14 de dezembro, já se espalhou para cerca de 50 países, áreas e territórios. Mesmo com o início da vacinação em todo o mundo, ainda será preciso percorrer um longo caminho até que a pandemia esteja controlada e que ao menos a maioria da população gere anticorpos, processo que seria ainda mais lento caso não houvesse uma imunização. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Commodities: Expectativa de aumento de tarifa de exportação na Rússia puxa alta do trigo em Chicago

Valor Econômico - Finanças Preços de soja e milho fecharam a sexta-feira em baixa As cotações do trigo subiram nesta sexta-feira na bolsa de Chicago, sob a influência de um possível aumento da tarifa de exportação do cereal na Rússia. Os papéis com entrega para março avançaram 0,82% (5,5 centavos de dólar), para US$ 6,755 o bushel, e os lotes para maio, de segunda posição, encerraram a sessão cotados a US$ 6,765, alta de 0,82% (5,5 centavos de dólar). Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

CES 2021 | Intel entra de vez na corrida pelos carros autônomos

canaltech   Os carros autônomos ainda não são uma realidade se considerarmos a produção em massa e a popularização desse que promete ser um divisor de águas no mercado automotivo global. Aqui no Canaltech já tivemos a oportunidade de avaliar inúmeros automóveis que contavam com tecnologias se segurança e condução que, de certo modo, se aproximam de um vislumbre do futuro, mas, entrar em um carro e deixar que ele guie por você ainda vai demorar. CES 2021 | General Motors mostra suas próximas soluções em carros eletrificados Muito além de smartphones: Foxconn produzirá carros para outras montadoras CES 2021 | Elétrico da Mercedes-Benz terá tela OLED de 56" no lugar do painel A Intel, que recentemente adquiriu a Mobileye, aproveitou a CES 2021 para mostrar seus trabalhos em prol do desenvolvimento de tecnologias para carros autônomos. Como todos sabemos, a empresa não é uma montadora de automóveis, mas pode, muito bem, fornecer os recursos necessários para que as fabricantes façam seus próprios carros. Nesta semana, aliás, a empresa fez duas apresentações sob o comando de Amon Shashua, presidente e CEO da Mobileye, que explicou como será a participação da companhia nessa corrida pelo desenvolvimento dos veículos autônomos (VAs) e de como tudo será conduzido. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- O Canaltech acompanhou tudo e trará os detalhes. Agir em três frentes Na última segunda-feira (11), Shashua deu uma rápida pincelada nos assuntos que seriam abordados em sua apresentação mais técnica, que aconteceria na terça-feira (12). O CEO da Mobileye, logo de cara, tratou de posicionar a imprensa e demais espectadores diante dos três pilares que serão seguidos para o desenvolvimento dos carros autônomos: Assistência à direção — Chamado de ADAS (Advance Drive Assistant Systems), que pode ir de uma simples câmera frontal até 360º, com a configuração de várias câmeras com funções muito avançadas; Coleta de dados por crowdsourcing — com base na tecnologia REM de mapeamento, será feita uma alimentação dos dados para a criação dos mapas nos sistemas dos carros; Sistema autônomo full-stack — Com foco em serviços, esse pilar contempla a computação, algoritmos, percepção, política de direção, segurança e hardware. Imagem: Intel Segundo o executivo, essa abordagem resolve o desafio de escala tanto do ponto de vista tecnológico quanto de negócios. Ele explicou, também, que tornar os custos da tecnologia mais acessíveis e alinhados ao mercado para VAs do futuro é fundamental para tornar os planos de expansão global realidade. Assistência completa na direção Na apresentação técnica, Shashua explicou em detalhes como as tecnologias desenvolvidas pela Intel/ Mobileye funcionarão na prática. A primeira delas e que faz parte de um dos três pilares é a ADAS (Advance Drive Assistance Systems), que terá como base o sistema True Redundancy. Imagem: Intel Essa solução da Mobileye começa com uma câmera de baixo custo usada como sensor primário, combinada a um sistema de detecção secundário verdadeiramente redundante, permitindo um desempenho crítico de segurança pelo menos três vezes mais seguro do que os sistemas humanos. Com esse combo, a empresa é capaz de validar esse nível de desempenho em menos tempo e a um custo menor do que os sistemas tradicionais. Construindo os mapas no sistema O mapeamento colaborativo pensado pela Mobileye tem como base a tecnologia REM Mapping. Com esse sistema, a Mobileye já é capaz de mapear o mundo todo de forma automática e a uma taxa diária de aproximadamente oito milhões de quilômetros — até o momento, já foram identificados cerca de um bilhão. O processo de mapeamento se diferencia de outras abordagens na atenção a detalhes semânticos, fundamentais para que a capacidade do VA compreenda e contextualize o ambiente em que se encontra. O processo de mapeamento automatizado da Mobileye usa tecnologia implantada em quase 1 milhão de veículos já equipados com a tecnologia avançada de assistência ao motorista da empresa. Para expandir esse funcionamento, já estão planejados envios de mais carros a cidades específicas, de modo a trabalhar melhor nessas captações. Os veículos estarão disponíveis para condução depois de realizados os treinamentos de segurança adequados. Essa mesma abordagem foi usada em 2020 para implantação dos VAs nas cidades de Munique e Detroit, feita em poucos dias. Imagem: Intel Ainda na apresentação, Shashua explicou que a empresa projeta um futuro com VAs equipados com sistemas de detecção e alcance baseados em ondas de luz e de rádio, aumentando ainda mais o nível de segurança nas estradas. As novidades apresentadas pela Mobileye e pela Intel irão fornecer esses recursos avançados de radar e LiDAR para VAs de forma inovadora, ao mesmo tempo otimizando a parte computacional e os custos das soluções. Essa tecnologia de radar de imagem definida por software da Mobileye dispõe de 2304 canais, faixa dinâmica de 100 dB e nível de lóbulo lateral de 40 dBc que, juntos, permitem que o radar construa um estado de detecção bom o suficiente para a política de condução de apoio à condução autônoma. Imagem: Intel Com processamento de sinal de última geração e totalmente digital, diferentes modos de varredura, detecções brutas aprimoradas e rastreamento multiquadro, o radar de imagem definido por software da Mobileye representa uma mudança de paradigma na arquitetura, permitindo um salto de desempenho significativo. Diante deste cenário, caso tudo corra dentro dos cronogramas esperados, o terceiro pilar também se contempla, o de uso dos carros autônomos como serviço. Apesar de todas as inovações apresentadas, poucas montadoras trabalham, efetivamente, com o desenvolvimento de carros autônomos. A Ford, como dito pela Intel/Mobileye, é uma das interessadas e já participa de testes. Mas é possível quem com o passar dos anos, mais empresas possam se aproximar da tecnologia da Mobileye. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: CANCELADO: Anvisa barra registro de enxaguante bucal contra coronavírus [UPDATE] Governo da Índia diz que Brasil se precipitou ao buscar vacina de Oxford Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Rússia fecha parceria com farmacêutica brasileira para entrega da vacina Sputnik Estupro e pedofilia: o limbo dos sites pornográficos Veja Mais

WhatsApp adia mudanças nos termos de privacidade

WhatsApp adia mudanças nos termos de privacidade

Tecmundo O WhatsApp anunciou nesta sexta-feira (15) que vai adiar em três meses a entrada em vigor da sua nova política de privacidade, cujo ponto mais polêmico é a obrigatoriedade do compartilhamento de dados dos usuários com o Facebook. A atualização nos termos de uso estava prevista para valer a partir do dia 8 de fevereiro.Criticado pelas mudanças e vendo muitos usuários passando a instalar apps rivais como o Signal e o Telegram, conhecidos pelo maior cuidado com a privacidade, o mensageiro informou ter adiado o lançamento da nova política para 15 de maio.Leia mais... Veja Mais

Governo federal pede ao Butantan ‘entrega imediata’ de 6 milhões de doses da CoronaVac

Valor Econômico - Finanças Mais cedo, Doria afirmou que na segunda enviaria 4,5 milhões de doses e que 1.5 milhão ficaria em SP para vacinar o grupo de risco O Ministério da Saúde solicitou ao Instituto Butantan a “entrega imediata” de 6 milhões de doses importadas da vacina CoronaVac, que foram objeto do pedido à Anvisa para liberação de uso emergencial no Brasil. O ofício, com data de hoje e endereçado ao diretor do Butantan, Dimas Covas, afirma que o pedido decorre da necessidade do Ministério da Saúde de fazer o “devido loteamento” e iniciar a distribuição “simultânea e equitativa” dos imunizantes a todos os Estados da Federação. O texto condiciona a distribuição pelo Ministério à autorização da Anvisa, prevista para domingo, dia 17. Na entrevista à imprensa dada hoje no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que cerca de 4,5 milhões de doses serão enviadas na segunda-feira ao governo federal. Indicou que 1,5 milhão de doses restantes deve ficar em São Paulo por corresponder à quantidade proporcional que o Estado precisa para vacinar seus grupos prioritários. Coronavac, vacina chinesa que será produzida pelo Butantan Divulgação/Governo do Estado de São Paulo Veja Mais

Brasil precisa ouvir o grito de socorro do Amazonas, diz Fux

Valor Econômico - Finanças No Estado, devido ao aumento de casos de covid-19, dezenas de pacientes morreram por falta de oxigênio nos hospitais O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, afirmou que o Brasil "precisa ouvir o grito de socorro do Amazonas" em relação à pandemia. No Estado, devido ao aumento de casos de covid-19, dezenas de pacientes morreram por falta de oxigênio nos hospitais. "Em nosso país nenhum compatriota pode morrer por falta de ar. O Amazonas pede socorro e o Brasil tem de ouvir esse grito. A sociedade civil e os poderes constituídos devem se unir para juntos enfrentarem essa emergência", disse o ministro. Em nota, a assessoria do STF afirma que Fux telefonou hoje para o governador do Amazonas, Wilson Lima, "para prestar solidariedade em razão da situação dramática enfrentada no Estado" em razão da pandemia. "Fux informou ao governador que o STF está atento aos acontecimentos e se colocou à disposição para auxílio no âmbito das competências do Judiciário", diz o texto. Mulher, cujo pai está hospitalizado com covid-19, chora fora do Hospital 28 de Agosto, em Manaus Edmar Barro/AP Photos Veja Mais

Dólar fecha acima de R$ 5,30, mas acumula queda na semana

Valor Econômico - Finanças No encerramento dessa sexta-feira, o dólar foi negociado a R$ 5,3078 A montanha russa que é o mercado de câmbio local começou 2021 bastante animada. Após amargar, juntamente com o rand sul-africano, o título de pior performance da primeira semana do ano, o real passou os últimos dias em recuperação firme. Mesmo com a alta de 1,93% hoje, o dólar acumulou queda de 1,92% na semana, a maior entre as 33 divisas mais líquidas do planeta. No encerramento dessa sexta-feira, o dólar foi negociado a R$ 5,3078. Dessa forma, acumula alta de 2,32% no ano. O real deixa, assim, de ser a pior divisa, posto que ficou com o rand - no ano, nessas duas semanas, o dólar registra alta de 3,69% frente à moeda da África do Sul. Na primeira semana do ano, uma combinação de preocupações fiscais e com a covid-19, quadro técnico ruim e confirmação da “onda azul” nos Estados Unidos pesou sobre a moeda brasileira. Agora, um certo refluxo ainda vacilante do trade de “reflação” ajuda o ativo a se recobrar, bem uma posição técnica mais leve dos investidore e também dados que sugerem uma normalização mais rápida da Selic no Brasil. O patamar historicamente baixo dos juros no Brasil é, inclusive, um dos fatores que têm limitado sua performance. Como observa o Bank of America, as piores divisas emergentes do ano têm juros reais baixos ou negativos - além do real e do rand, entram nesta lista o peso chileno e o peso colombiano. Em relatório, os analistas David Hauner e Claudio Irigoyen notam que o início de ano foi mais difícil que o esperado para as moedas emergentes. Ainda assim, “a maioria dos países têm fundamentos sólidos para lidar com altas de juros moderadas nos Estados Unidos, especialmente por razões boas”, dizem, notando que muitos têm balanços de pagamentos equilibrados. Por outro lado, o BofA coloca o Brasil, junto com a África do Sul, como as duas economias em que uma alta substancial dos juros globais pode se traduzir em um desafio fiscal significativo. “Com proporções altas de dívida para o PIB (...), qualquer elevação dos juros reais nos EUA pode colocar pressão desproporcional sobre esses mercados, como curvas mais inclinadas.” De qualquer forma, a sinalização do Federal Reserve - reforçada ontem pelo presidente Jerome Powell - de que ainda está longe o momento da normalização da política monetária deve trazer limites à recuperção do dólar globalmente. “Acreditamos que o dólar permanecerá contido com o crescimento global sincronizado, uma postura mais branda do Fed, e os preços de commodities mais elevados”, diz o Itaú Unibanco em sua atualização do cenário macro global. Ainda assim, alguns analistas não descartam que a moeda americana possa continuar a avançar terreno nas próximas semanas, ainda que esse impulso deva se mostrar de fôlego curto. "A alta expressiva dos rendimentos dos juros, particularmente dos juros reais, deve dar apoio a uma reversão da tendência de fraqueza do dólar no curto prazo", notam analistas do Wells Fargo em relatório. "Tendências históricas, no entanto, sugerem que estamos 'atrasados' para o que parece ser uma desvalorização inexorável da moeda americana." Independentemente dos movimentos da curva de juros nos EUA, o real e outras divisas emergentes podem continuar a se beneficiar do fluxo de investidores estrangeiros, que não se abateu no início do ano. Segundo cálculos do Goldman Sachs, a busca por ações e títulos em moeda local de economias emergentes continua firme. A busca por moedas emergentes também continuou em alta, com destaque para o real e também os pesos peruano e filipino, o baht tailandês e o ringgit malaio. Pixabay Veja Mais

ProtonMail ganha função para desfazer o envio de emails

ProtonMail ganha função para desfazer o envio de emails

Tecmundo Enviou um email para o destinatário errado, esqueceu o anexo ou se arrependeu de mandá-lo? Quem usa o ProtonMail agora pode cancelar o envio da mensagem, acionando a função lançada em versão beta no último mês de dezembro e que já está disponível para todos desde a última quarta-feira (13).O recurso, que funciona de maneira semelhante ao encontrado no Gmail e no Outlook para web, permite desfazer o envio de email logo após clicar em “Enviar”. Mas o usuário precisa ser rápido, pois o tempo para cancelar a mensagem enviada é curto, chegando a no máximo 20 segundos depois da ação inicial.Leia mais... Veja Mais

Bolsonaro quer 'tirar primeira foto' com a vacina, diz Doria à rádio Super; veja

O Tempo - Política Durante a conversa, o tucano revelou, emocionado, tempos difíceis que passou quando ele e a família retornaram ao Brasil após o exílio determinado ao pai dele pela Ditadura Militar Veja Mais

Homem é preso após atingir helicóptero da policia com drone

Homem é preso após atingir helicóptero da policia com drone

Tecmundo Nesta quinta-feira (14), um curioso caso ganhou um novo episódio na Califórnia, nos Estados Unidos, após um homem se declarar culpado por acidentalmente atingir um helicóptero da polícia enquanto 'bisbilhotava' uma cena de crime próxima à sua residência, em Hollywood. O caso se desenrola desde novembro do último ano, quando Andrew Hernandez foi acusado por 'operar de maneira imprudente uma aeronave não tripulada'. Na ocasião, ele tentava obter mais detalhes da dita cena de crime com a câmera equipada em seu drone, quando o equipamento colidiu com um helicóptero da polícia, danificando sua fuselagem e causando um pouso emergencial. Felizmente, não houve feridos no acidente. Leia mais... Veja Mais

Adoção massiva do Signal causa instabilidade no app nesta sexta-feira (15)

canaltech Se você acompanha diariamente as notícias do Canaltech, já sabe que, ao longo da última semana, o Signal — aplicativo de código aberto e com foco em privacidade — se tornou um fenômeno instantâneo depois que o WhatsApp anunciou mudanças drásticas em seu termo de uso. A adoção dessa alternativa (projetada por uma empresa sem fins lucrativos) só aumentou depois que o software recebeu um endosso do empresário Elon Musk. Novas regras de privacidade do WhatsApp geram onda de cadastros no rival Signal Reforço dado por Elon Musk faz Signal virar o app mais baixado da App Store Com popularidade a mil, Signal vai contratar mais pessoas e otimizar recursos Pois bem. Após figurar no topo do ranking de apps mais baixados da App Store, no iOS, o Signal enfrentou fortes instabilidades nesta sexta-feira (15) justamente por conta do altíssimo volume de novos cadastros que ele está recebendo. No Down Detector, plataforma que registra ocorrências de instabilidade, foi identificado um pico de mais de 2,1 mil reclamações por volta das 13h. Imagem: Captura de Tela/Canaltech Segundo os internautas, o app simplesmente exibe a mensagem "Disconnected”, relatando a impossibilidade de se comunicar com os servidores. Em seu perfil oficial no Twitter, a equipe do Signal confirmou os problemas e garantiu que seus engenheiros estão “trabalhando duro” para resolver a questão o mais rápido possível; até o momento em que esta notícia foi escrita (às 20h20 desta sexta-feira), porém, a instabilidade permanecia. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Signal is experiencing technical difficulties. We are working hard to restore service as quickly as possible. — Signal (@signalapp) January 15, 2021 “Adicionamos novos servidores e capacidade extra em um ritmo recorde todos os dias desta semana sem parar, mas, hoje, ultrapassamos até mesmo nossas projeções mais otimistas. Milhões e milhões de novos usuários estão enviando uma mensagem de que a privacidade é importante. Nós apreciamos a sua paciência”, afirma a companhia. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Kalil oferece vagas de UTI a bebês de Manaus e dispara: 'Que país é esse?'

O Tempo - Política Prefeitura de Belo Horizonte fez parceria com a Santa Casa para ajudar saúde da capital amazonense Veja Mais

Doria reúne só um terço da bancada do PSDB em almoço de apoio a Baleia Rossi

Valor Econômico - Finanças O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), ofereceu hoje um almoço em apoio à candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à Presidência da Câmara. A ideia era demonstrar que os deputados do PSDB estão com Baleia. Porém, nem a convocação do governador nem a decisão do presidente nacional do partido, Bruno Araújo, e do líder tucano na Câmara de endossar a candidatura do emedebista foram suficientes para dar quórum ao evento promovido em salão do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo, na capital paulista. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Camex volta a zerar imposto de importação de respiradores e tanques de oxigênio

Valor Econômico - Finanças O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira que a Secretaria-Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex) zerou o imposto de importação de respiradores e tanques de oxigênio. Ele usou sua conta pessoal no Facebook para fazer o anúncio. "A Camex se reuniu em caráter emergencial e reduziu para zero o imposto de importação de diversos itens como: respiradores automáticos, monitores de sinais vitais, sensores e tanques de O2", afirmou o presidente. "As medidas passam a valer a partir de amanhã, 16 de janeiro. Sempre que possível, reduziremos impostos para facilitar o acesso de insumos e bens necessários à população para o combate à covid-19." Depois o Ministério da Economia confirmou que a decisão foi tomada em reunião extraordinária e foi zerada a alíquota do Imposto de Importação sobre 258 itens. Também foi suspenso o direito antidumping que incidia sobre tubos de plástico para coleta de sangue a vácuo. Ambas as medidas passam a vigorar no sábado, quando forem publicadas em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), e valem até 30 de junho. A medida ocorre em meio à propagação de cenas de caos na Saúde em Manaus, onde pacientes com o coronavírus têm morrido de asfixia por causa da falta de oxigênio. Em março de 2020, a alíquota do imposto de importação foi zerada para esses e outros produtos hospitalares. Mas em 24 de dezembro a Camex restaurou o imposto de parte da lista, inclusive dos tanques de oxigênio. O fim da isenção para esse e outros itens passou a valer em 1º de janeiro. Assim, a importação de cilindros de ferro voltou a ser taxada em 14% e os de alumínio, em 16%. (Com Mariana Ribeiro) Veja Mais

CT News - 15/01/2021 (Caneta S Pen será levada a outros modelos da linha Galaxy)

canaltech No CTN de hoje: Samsung confirma que levará caneta S Pen a outros celulares Galaxy; Google Assistente ganha modo de pesquisa anônima ideal para convidados; Windows 10X terá recurso inutilizará computadores roubados e mais. Ouça ao podcast. Veja Mais

Amazon abre tecnologia da Alexa para montadoras de carros e outras empresas

canaltech A Amazon anunciou nesta sexta-feira (15) que dará a empresas terceiras a possibilidade de acessar a inteligência artificial central que sustenta a Alexa, a assistente de voz da marca. E as montadoras de automóveis serão as primeiras a usarem a tecnologia de Inteligência Artificial da gigante do e-commerce. O objetivo é desenvolver assistentes digitais personalizados para seus carros. TIM e Fiat Chrysler transformarão os carros da marca em smartphones sobre rodas Alexa pode ser usada para cuidar de idosos e parentes a distância 250 comandos de voz para usar com a Alexa que você precisa conhecer As montadoras - e também outras empresas - acessarão o chamado Alexa Custom Assistant para ter mais controle sobre a experiência do software. Com o código em mãos, as empresas poderão criar suas próprias palavras de ativação e interação para o assistente, além de desenvolver recursos customizados. A Amazon também informou que esses assistentes personalizados coexistirão com a Alexa. Ou seja, a companhia de Jeff Bezos também terá seu software integrado nos futuros carros. "O Alexa Custom Assistant reduz o custo e a complexidade da construção de assistentes inteligentes em automóveis, eletrônicos de consumo, aplicativos móveis, propriedades inteligentes e videogames", afirmou a Amazon no blog oficial da Alexa. "Construir um assistente inteligente é complexo, demorado e caro. Além disso, a taxa de inovação e mudança está acelerando e os assistentes estão sempre melhorando e ficando mais inteligentes, exigindo investimentos contínuos substanciais. O Alexa Custom Assistant aborda esse desafio, permitindo que as empresas aproveitem a tecnologia de primeira classe da Alexa para criar seu próprio assistente inteligente sem o investimento, longos ciclos de desenvolvimento e recursos para construí-lo do zero e manter ao longo do tempo". -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- O que a Alexa Custom Assistant oferece? A Amazon explica que o Alexa Custom Assistant baseia-se no aprimoramento constante da compreensão da linguagem falada, roteamento de intenções e orquestração de respostas para fornecer uma interface / interação natural, inteligente e conversacional. Além disso, as empresas terão acesso às chamadas wake words personalizadas, que são criadas usando o mesmo processo de última geração utilizado para desenvolver a wake word da Alexa e implantadas por meio do mecanismo de alta precisão Alexa da marca.   Além disso, para criar respostas de voz naturais, cada marca pode escolher a sua própria voz, que será exclusiva. A Amazon afirma que disponibilizará especialistas em ciências da voz que trabalham na Alexa. Eles guiarão as outras companhias ao longo do processo de gravação e do desenvolvimento desta voz customiza. Para isso, usarão algoritmos avançados de aprendizado de máquina para criar a biblioteca de áudio. Por fim, os desenvolvedores podem aproveitar os recursos pré-construídos da Alexa, como pesquisa local, clima, cronômetros e alarmes, para acelerar ainda mais o tempo de lançamento no mercado. Outra característica do Alexa Custom Assistant é que ele permite que o assistente da marca terceira e a Alexa cooperem para atender ao pedido do cliente. Esse recurso é habilitado por Inteligência Artificial para garantir que cada solicitação seja encaminhada ao assistente que seja mais capaz de fornecer a experiência mais relevante e agradável. Por exemplo, se um cliente pede a Alexa para abrir a janela de um carro ou pergunta como solucionar um problema de dispositivo, a solicitação será encaminhada para o assistente da marca. Se um cliente pedir ao assistente da marca para tocar um audiolivro, a solicitação será encaminhada para Alexa. E assim por diante. Além disso, a presença da Alexa ao lado do assistente desenvolvido pela marca terceira também fornece aos clientes, acesso a dezenas de milhares de habilidades e integrações, como casa inteligente, entretenimento, curiosidades, jogos, compras, pedido de alimentos e bebidas, serviços de mobilidade e muitos outros. Na questão da sensibilidade das informações, a Amazon garante que gerencia os dados e aplica as mesmas políticas de privacidade e segurança em vigor para Alexa. Fiat Chrysler será a primeira a usar a Alexa Custom Assistant A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou também nessa sexta-feira que será a primeira montadora a implementar a Alexa Custom Assistant. A solução será integrada diretamente no espaço da Alexa, dentro do sistema Uconnect da FCA e pode ser adaptada para a personalidade de cada marca do grupo. A FCA afirma que aproveitará a capacidade de ter duas assistentes de voz no veículo, para que elas cooperem simultaneamente para atender às solicitações do cliente. Isso permite que a assistente inteligente da FCA atue como especialista do produto com recursos e capacidades específicos para o veículo, enquanto a Alexa ajuda o consumidor com o clima, controle da casa, música, entre outras necessidades diárias.   "Nossos clientes esperam se conectar facilmente com seus estilos de vida digitais onde quer que estejam e hoje respondemos com planos para oferecer novas experiências inteligentes construídas na tecnologia de IA de voz de classe mundial da Alexa", disse Mark Stewart, presidente da FCA para a América do Norte. "Esperamos expandir a parceria com a Amazon e a integração da Alexa Custom Assistant em nosso sistema, o Uconnect, à medida que continuamos em nosso caminho para colocar as necessidades e expectativas do usuário no centro de tudo o que fazemos." A FCA afirma ainda que já iniciou o processo de planejamento para a integração da Alexa Custom Assistant em seus futuros modelos. A exemplo de Apple e Google que já estão nessa área há mais tempo, a Amazon fechou alguns acordos com fabricantes de automóveis, mais recentemente com a Lamborghini e a startup de veículos elétricos Rivian, anunciados nessa semana, durante a CES 2021. Eles terão integrações diretas com a Alexa e a plataforma Echo Auto, também da Amazon, pode ser acessada através de um aplicativo móvel ou por um dongle que o usuário conecta ao carro. Por fim, a Amazon diz que o Alexa Custom Assistant está disponível a partir desta sexta-feira em qualquer país onde a Alexa já atue: EUA, Canadá, Reino Unido, Áustria, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Espanha, Japão, Índia, Austrália, Nova Zelândia, México e Brasil. Outras nações serão adicionadas posteriormente. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Alexa ganhará versão personalizada para automóveis

Alexa ganhará versão personalizada para automóveis

Tecmundo A Amazon apresentou, nesta sexta-feira (15), uma nova solução tecnológica que permitirá às fabricantes de automóveis desenvolver assistentes de voz personalizadas com as suas marcas, usando a inteligência artificial da Alexa.Intitulada Alexa Custom Assistant, a ferramenta oferece às montadoras a possibilidade de utilizar todo o potencial tecnológico da assistente virtual para criar recursos e alertas exclusivos para uso nos carros, conforme as necessidades dos clientes dessas empresas.Leia mais... Veja Mais

Ex-The Voice, Filipe Toca lança single 'Jack Johnson'

G1 Pop & Arte Cantor potiguar apresenta novo trabalho autoral em todas as plataformas digitais. Filipe Toca lança single "Jack Johnson" Brunno Martins Participante da última edição do programa The Voice Brasil, da Rede Globo, o potiguar Filipe Toca lançou nesta sexta-feira (15) o single "Jack Johnson". O novo trabalho autoral está disponível em todas as plataformas digitais. A composição traz o clima leve e "good vibes", com um toque de reflexão característico das letras de Toca. O clipe de "Jack Johnson" também está disponível no canal do cantor no YouTube. A gravação aconteceu no início de 2020, no bairro da Ribeira, em Natal, e nas praias de Pirangi e Jenipabu (veja abaixo). A produção, que tem o clima descontraído do verão, foi viabilizado através do edital de Fomento à Cultura Potiguar 2019, do governo do Rio Grande do Norte e da Fundação José Augusto. f Veja Mais

Chefe da The CW fala do futuro das séries da DC na emissora

Chefe da The CW fala do futuro das séries da DC na emissora

Tecmundo Em entrevista recente ao The Hollywood Reporter, Mark Pedowitz, chefe da emissora The CW, falou sobre o futuro das séries da DC no canal após o cancelamento da série Arqueiro Verde e as Canários, spin-off de Arrow. Durante a conversa, Pedowitz admitiu que os problemas que afetaram o projeto estão ligados a um planejamento mal administrado. “Não conseguimos desenvolver um modelo semelhante ao que ocorreu com Stargirl”, revelou. Leia mais... Veja Mais

Biden recorrerá a lei de defesa para que empresas ajudem a acelerar vacinação

Valor Econômico - Finanças Lei de 1950 já foi usada por Trump para forçar empresas a produzirem respiradores O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta sexta-feira um novo plano de vacinação contra a covid-19 e revelou que invocará uma lei da época da Guerra da Coreia para garantir que empresas ajudem na produção de itens essenciais para a imunização, como seringas e equipamentos de proteção médica. Biden repetiu a promessa de aplicar cem milhões de doses da vacina nos cem primeiros dias de seu governo e disse que trabalhará com os Estados para que um grupo maior de pessoas seja vacinado mais rapidamente, especificamente os maiores de 65 anos e profissionais de linha de frente de combate ao vírus. A tática de invocar ao Defense Production Act, de 1950, já foi usada por Donald Trump para forçar que empresas ajudassem na produção de respiradores usados em casos graves da covid-19. O democrata disse que sua equipe está identificando as empresas que podem auxiliar o governo a atender ao aumento da demanda por alguns produtos por causa da campanha de vacinação em massa contra a covid-19. Joe Biden Susan Walsh/AP “Vamos usar toda a força do governo federal para aumentar o fornecimento das vacinas”, explicou Biden em um pronunciamento. “Usaremos a Lei de Produção de Defesa para trabalhar com a indústria privada para acelerar a fabricação de materiais necessários para fornecer e administrar a vacina, de seringas a equipamentos de proteção.” Parte das medidas incluídas no plano já havia sido anunciada por Biden e sua equipe. O democrata irá, por exemplo, trabalhar com os Estados para que doses de vacinas que estavam sendo guardadas para uma segunda aplicação, como recomendado pelos laboratórios, sejam imediatamente liberadas para o público. “Como deixamos claro no início deste mês, a política do governo Trump de reter quase metade do estoque não fazia sentido”, disse Biden, garantindo, porém, que a aplicação da segunda dose não será adiada. “Meu governo liberará a grande maioria das vacinas quando elas estiverem disponíveis, para que mais pessoas possam ser vacinadas rapidamente.” Outra etapa do plano consiste em ampliar os locais de vacinação. O democrata quer usar centros comunitários, ginásios esportivos, farmácias e outros estabelecimentos para distribuir as doses dos imunizantes mais rapidamente. Clínicas móveis também serão montadas para levar as vacinas a locais com índices mais altos de transmissão e de difícil acesso. Para que esses locais de vacinação adicionais funcionem a todo vapor, Biden anunciou que também usará a Guarda Nacional, funcionários da Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema), profissionais de saúde aposentados e médicos das Forças Armadas para ajudar na campanha. Além disso, Biden voltou a pedir apoio do Congresso e a aprovação do pacote de estímulos à economia, de US$ 1,9 trilhão, apresentado por ele ontem. Se aprovado, parte do dinheiro – cerca de US$ 20 bilhões – será usada exatamente para bancar o plano de vacinação nacional anunciado hoje. Veja Mais

Single com Wesley Safadão é isca de Jonas Esticado para manter o público fisgado

G1 Pop & Arte ♪ Cantor associado ao universo do forró, Jonas Esticado – nome artístico do cearense Jonas Mikael Costa Xavier – foi um dos campeões de audiência de 2020 com a música Investe em mim (Bruno Caliman, Dill Meireles e Wesley Santos, 2019). Embora lançado no ano retrasado, o single Investe em mim estourou ao longo do ano passado. Para se manter o público fisgado em 2021, Jonas Esticado aposta em dueto com o conterrâneo Wesley Safadão em single apropriadamente intitulado Isca e lançado nesta sexta-feira, 15 de janeiro, em edição da gravadora Som Livre. Isca é composição de autoria de Lucas Barros que chega ao disco em gravação feita com produção musical de Luka Bass e Yuri Paredão. Na discografia de Jonas Esticado, o single Isca sucede Ele não tem (2020), single lançado pelo cantor no ano passado com a participação de Gusttavo Lima. Veja Mais

NOTEBOOK BARATO | Dell Inspiron com i3 e SSD com cashback no Submarino

canaltech *IMPORTANTE: fique atento à data de publicação desta matéria, pois todos os preços e promoções estão sujeitos à disponibilidade de estoque e duração da oferta, que tem tempo limitado. Alterações de preço podem ocorrer a qualquer momento, sem prévio aviso do varejista. O preço ou valor total do produto poderá ser alterado de acordo com a localidade considerando frete e possíveis impostos interestaduais. Os produtos exibidos aqui foram selecionados pela nossa equipe de ofertas. Logo, se você comprar algo, o Canaltech talvez receba alguma comissão de venda. Uma boa opção de notebook barato para atividades mais básicas, esse modelo do Dell Inspiron 15 3000 tem processador Intel Core i3 de 8.ª geração, 4 GB de memória RAM e se destaca por contar com armazenamento SSD, o que aumenta bastante a velocidade do computador ao iniciar, abrir novos programas e realizar outras atividades do dia a dia. Ele está valendo a pena aproveitando o cashback do Submarino nesta oferta. Como aproveitar a promoção Para aproveitar esse preço, a compra deve ser feita através do aplicativo Ame, disponível na Play Store e na App Store. É só baixar, fazer o cadastro e completar a transação usando o aplicativo para receber parte do dinheiro de volta na sua conta Ame em até 30 dias. Esse valor pode ser usado posteriormente para novas compras em qualquer loja que aceite pagamento pelo aplicativo ou até mesmo para pagar boletos usando o saldo em conta. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Se o preço do produto for maior que o seu saldo Ame, é só complementar o valor restante com o cartão de crédito cadastrado. E se você não gastar o que recebeu de cashback, o saldo Ame permanece ali na sua carteira até que você deseje gastá-lo, já que o valor não expira nunca e os cashbacks são cumulativos. Então você pode deixar o dinheiro ali acumulando à vontade para fazer compras sem pagar nada! Compre o Dell Inspiron 15 3000 por R$ 2.839 e receba R$ 283,90 de volta com Ame Sobre o Dell Inspiron 15 3000 Dell Inspiron 15 3000 está com cashback no Submarino pagando com Ame (Imagem: Divulgação/Dell) Modelo interessante para quem procura um notebook básico, com configurações que deem conta das atividades diárias, essa versão do Dell Inspiron 3583 tem processador Intel Core i3 de 8.ª geração e 4 GB de memória RAM. É a quantidade mínima recomendada para você ter uma boa experiência ao navegar na internet, assistir vídeos e séries, participar de reuniões online, editar documentos e outras atividades do tipo. Um dos seus diferenciais é o armazenamento SSD de 128 GB, algo que ainda não é muito comum em modelos nessa faixa de preço. É uma quantidade ideal para quem não guarda muitos arquivos localmente e costuma guardar seus dados na nuvem, usando serviços como o Google Drive ou o OneDrive da Microsoft, que já vem integrado ao sistema operacional Windows 10 do notebook. A tela do Dell Inspiron 15 3000 tem 15,6 polegadas, resolução HD e tecnologia antirreflexo, o que faz dele uma boa opção para quem costuma utilizar o computador em ambientes mais iluminados. Receba dinheiro de volta na hora da compra Opção de notebook interessante para quem precisa de um uso mais básico e gostaria de aproveitar a alta velocidade do armazenamento SSD, algo que realmente faz a diferença no dia a dia, o Dell Inspiron 15 3000 sai por um bom preço aproveitando o cashback do Submarino. Para aproveitar essa promoção, é só baixar o aplicativo Ame e acessar a oferta através do link abaixo: Compre o Dell Inspiron 15 3000 por R$ 2.839 e receba R$ 283,90 de volta com Ame *O Canaltech Ofertas tem como objetivo informar seus leitores e publicar as melhores ofertas encontradas no varejo brasileiro. Entretanto, não nos responsabilizamos por alterações posteriores nos preços informados, uma vez que as ofertas aqui apresentadas podem ter diferentes períodos de vigência. Recomendamos aos nossos leitores que sigam nossas publicações e participem do nosso grupo de descontos no WhatsApp para receber as melhores indicações de ofertas assim que elas forem publicadas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Empresas doam oxigênio para a rede de saúde de Manaus

Valor Econômico - Finanças Empresas da região e de outros locais do país se mobilizam para ajudar o Estado em meio a uma crise gravíssima no sistema de saúde Indústrias com unidades em Manaus e em outras regiões do país estão doando cilindros de oxigênio para a rede de saúde do Amazonas em meio ao caos vivido no Estado. A falta do insumo pode ainda interromper a produção de alguns setores, como de condicionadores de ar, segundo o Centro da Indústria do Estado do Amazonas (CIEM). Ainda assim, as empresas repassaram o estoque que tinham e ressaltam o momento de demonstrar solidariedade. Conforme explica Wilson Périco, presidente do CIEM, a situação crítica de falta de oxigênio nos hospitais da capital amazonense, que teve início na semana passada, levou as empresas a doarem 43 mil metros cúbicos de oxigênio aos hospitais entre segunda e terça-feira. “Essas indústrias também aceitaram não receber novas remessas até que o abastecimento dos hospitais seja normalizado”, disse Périco ao Valor. O oxigênio é usado em processos de soldagem e em testes de produtos. O nitrogênio, usado na pressurização dos aparelhos de ar-condicionado, também estará em falta nas fábricas já que as duas usinas produtoras, White Martins e Carbox, estão 100% dedicadas à produção de oxigênio em Manaus. As empresas LG, Panasonic, Whirlpool e Electrolux fabricam aparelhos de ar-condicionado na região. Périco comenta que a LG já interrompeu a produção e outras podem parar nos próximos dias. “Se a questão não se adequar nos próximos dias, o que está no sistema das empresas vai ser consumido e a atividade deixará de ser realizada”, informa. Périco informa que não há previsão de paralisação geral de fábricas da região. Algumas empresas, como a Honda, ajustaram os turnos de trabalho por conta das restrições de circulação entre 19h e 6h, determinadas pelo governo amazonense na quinta-feira. "Importante é salvar vidas", diz Fieam O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Carlos da Silva, confirmou a interrupção na LG, mas afirmou que não houve paralisação total de fábricas no Polo Industrial de Manaus pela falta de oxigênio. O dirigente reforçou que as empresas do Amazonas já doaram todo o seu estoque de oxigênio para ajudar a suprir a rede hospitalar. “A situação é muito trágica, mas o importante é salvar vidas”, destacou. Segundo Silva, as empresas que fornecem o produto no Estado não conseguem atender o aumento da demanda provocada pelo crescimento no número de internados com covid-19. Ele acredita na viabilidade de planos para que cada hospital possa produzir seu próprio oxigênio. “A importação dos Estados Unidos seria uma solução, pois estamos a apenas quatro horas de voo. Mas é preciso ter cautela por se tratar de um produto perigoso”, disse. Segundo Silva, o Polo Industrial de Manaus emprega quase 100 mil pessoas, o que, diz, significa que praticamente metade da população de Manaus depende da atividade industrial da região. Motocicletas As dez fábricas de motocicletas e quatro de bicicletas instaladas na Zona Franca de Manaus reduziram o ritmo de trabalho para adequar-se ao Decreto 43.282/21, do governo do Estado do Amazonas, que estabelece novas medidas de restrição para combater a pandemia, incluindo a proibição de circulação de pessoas entre 19h e 6h. Mas a doação de cilindros de oxigênio para a rede hospitalar não comprometerá a produção, segundo Paulo Takeuchi, diretor-executivo da Associação Brasileira das Fabricantes de Motocicletas e Bicicletas (Abraciclo). Segundo ele, nessa indústria, o oxigênio é mais usado no processo de soldas específicas de serviços de reparos. Mas a linha de produção não depende do produto. Os processos podem ser realizados com outros tipos de gases. “Achamos que qualquer serviço de manutenção pode esperar enquanto nos dedicamos a essa causa humanitária”, destacou. A Abraciclo também se juntou a um plano de ajuda de empresas para a doação de máscaras usadas em respiradores. Segundo Takeuchi, as fábricas do setor têm seguido rígidos protocolos de segurança e reforçaram as ações preventivas com os funcionários na véspera das festas de fim de ano. Os fabricantes de motos e bicicletas de Manaus empregas em torno de 14 mil trabalhadores. Por conta do aumento no volume de entregas e demanda pelos que preferem transporte individual, em razão da pandemia, a indústria de motocicletas e bicicletas estavam operando praticamente a plena capacidade. Há filas de espera pelos produtos no mercado. “A ideia era recuperar rapidamente os dois meses em que passamos parados no início da pandemia”, destaca Takeuchi. Mas, com as novas medidas restritivas, as empresas terão que mudar a rotina. Muitas vão optar, segundo o executivo, por esquemas de rodízio entre os funcionários. Linha branca As fabricantes de eletrodomésticos Electrolux e Whirlpool (dona das marcas Brastemp e Consul) comentaram as doações dos estoques de oxigênio para o governo estadual do Amazonas. “Com o aumento de casos na semana de 11/01, a companhia doou 3 mil m³ de oxigênio para o Governo do Estado, além de 160 mil máscaras cirúrgicas para a Secretária de Saúde do Amazonas. A Whirlpool estuda ainda a compra de oxigênio de outros estados para doação, em parceria com a Eletros”, informou a dona da Brastemp em nota enviada pela assessoria de imprensa. A companhia não informou, porém, se irá suspender a produção parcial ou integralmente de sua unidade fabril. Até a publicação desta nota, a Electrolux também não havia informado se suspenderá atividades. A companhia, porém, informou que disponibilizou todo seu estoque de oxigênio, de cerca de 600 m³, para a rede estadual de saúde. A entrega foi realizada ontem, quinta-feira. Bebidas A Ambev informou que vai enviar 500 cilindros com oxigênio para o Estado do Amazonas. A expectativa é que os cilindros cheguem na manhã deste sábado (16) em Manaus. Após o uso, os cilindros ficarão como doação para o Estado reutilizar. A cervejaria, com um dos seus fornecedores de oxigênio, a Fluxos Distribuidora, que fica interior de SP, deve transportar os cilindros ainda na manhã do sábado até o aeroporto de Guarulhos, de onde os cilindros serão enviados para o aeroporto de Manaus. Segundo a companhia, o modelo MD de cilindro de oxigênio, que será o doado, é um dos mais indicados para esse tipo de situação, já que é de fácil manuseio e transporte, garantindo agilidade no atendimento. A doação também conta com o apoio da fabricante de embalagens Ball. Aéreas A Latam Cargo Brasil irá transportar pra Manaus ventiladores pulmonares Inspire, desenvolvidos pela Escola Politécnica da USP. O envio será feito em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e o Governo do Estado de São Paulo. Os equipamentos, de tecnologia nacional, serão enviados para cinco hospitais da capital amazonense. Novos voos partirão para o Estado na próxima semana. A previsão é de que todos os ventiladores pulmonares cheguem a Manaus até terça-feira. Na quinta-feira (14), a Latam Cargo realizou o terceiro voo em parceria com o governo do Amazonas, a pedido do Ministério da Saúde, por meio da VTCLOG, que fez o transporte de 500 cilindros de oxigênio para apoio à saúde pública. Durante a pandemia, a Latam já transportou 240 milhões de máscaras em 45 voos especiais vindos da China ao Brasil para o combate à covid-19 no país. Além disso, o Centro de Manutenção da Latam em São Carlos (SP) adaptou uma parte de sua operação para produção de máscaras, focadas em proteger seus funcionários de áreas operacionais e em abastecer hospitais. No total, mais 45 mil máscaras reutilizáveis de tecido e protetores faciais foram confeccionados para uso dos colaboradores da empresa (17 mil funcionários beneficiados), assim como outros 900 protetores faciais para doação às instituições de saúde. Em setembro de 2020, também foram confeccionadas, em parceria com a Braskem e Fitesa, 55 mil máscaras cirúrgicas, para doação a cinco hospitais da região. Higiene e beleza No setor de higiene e beleza, a Procter & Gamble (P&G) se uniu à Latam para articular a chegada de respiradores de baixo custo da Poli-USP para hospitais no Amazonas. “Estamos com múltiplas frentes de trabalho para ajudar toda comunidade manauara. Doamos mais de 1.000 máscaras N-95 para o Hospital 28 de Julho e Hospital Nilton Lins, estão a caminho meio milhão de máscaras descartáveis para a população vulnerável”, acrescentou a companhia. A multinacional disse que também avalia maneiras de ajudar no fornecimento de oxigênio para bebês prematuros. O governo estadual pediu ajuda para 60 bebês que corriam o risco de ficar sem oxigênio. Já a Natura & Co América Latina — que reúne as marcas Natura, Avon, The Body Shop e Aesop — informou que está, inicialmente, doando R$ 100 mil para a compra de insumos hospitalares para o atendimento à população do Estado do Amazonas. A operação logística da doação será realizada por meio de parceiros que atuam na região, como a Cruz Vermelha. Veja Mais

Maia: É responsabilidade do governo federal, sim, organizar a vacinação e coordenar o SUS

Valor Econômico - Finanças O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje que é sim responsabilidade do presidente da República, Jair Bolsonaro, combater a pandemia, por meio da coordenação federal do Sistema Único de Saúde e de um plano nacional de vacinação contra a covid-19. As afirmações foram feitas em entrevista ao programa Brasil Urgente, da Band. Bolsonaro disse hoje que “fez a sua parte” em relação à pandemia, que tirou a vida de mais de 207 mil brasileiros, está fora de controle e em alta no país. O presidente repetiu ainda a informação falsa de que o Supremo Tribunal Federal o impediu de agir para conter a pandemia. Na realidade, a decisão proferida no ano passado pelo Supremo determina que governadores e prefeitos têm autonomia para fazer seus planos de combate ao coronavírus, com medidas como o fechamento do comércio. Segundo o STF o governo federal também pode adotar medidas de abrangência nacional. Essas medidas, porém, não poderiam interferir em ações locais, como quarentenas determinadas por prefeituras ou governos estaduais. Maia se contrapôs ao presidente, que é contra o isolamento social e demais medidas de prevenção. “O STF não tirou a atribuição de Bolsonaro da coordenação federal do combate à pandemia”, afirmou o presidente da Câmara. “É responsabilidade do governo federal, sim, organizar a vacinação e fazer a coordenação nacional no SUS.” Na opinião de Maia, o governo Bolsonaro “não tem projeto nem planejamento”. O parlamentar disse ainda que há, no entorno do presidente, pessoas que tratam a vacina contra a covid-19 com “descaso” e isso faz com que a imunização ainda não tenha começado no Brasil. Veja Mais

WhatsApp adia atualização de privacidade após reação negativa de usuários

Valor Econômico - Finanças Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Ministério da Saúde confirma reinfecção por nova variante brasileira do coronavírus

Glogo - Ciência Japão detecta nova variante de coronavírus em viajantes vindos do Brasil O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira (15) um caso de reinfecção pela nova variante do coronavírus no Brasil. O caso foi notificado na quarta-feira (13) pelo estado do Amazonas. O caso é de uma mulher que foi diagnosticada com a Covid-19 pela primeira vez em 24 de março de 2020. Nove meses depois, em 30 de dezembro, ela recebeu o segundo diagnóstico para a doença por meio de um teste RT-PCR, que identifica o material genético do vírus. A análise em laboratório mais recente mostrou um "padrão de mutações, compatível com a variante do vírus SARS-CoV-2, identificada recentemente pelo Ministério da Saúde do Japão, mas de origem no Amazonas", informou o Ministério. No Brasil, foram notificados até o momento, dois casos de reinfecção por nova variante do SARS-CoV-2, um no estado da Bahia com a mutação identificado originalmente na África do Sul que segue em investigação, e outro já confirmado no estado do Amazonas com variante Amazônica identificada inicialmente no Japão. Os casos são monitorados pelas equipes do Ministério da Saúde e da Opas/OMS. Veja Mais

Presidente palestino anuncia eleições em maio e julho, as primeiras desde 2005

O Tempo - Mundo Uma terceira votação, para eleger o Conselho Nacional Palestino, será realizada em 31 de agosto Veja Mais

Governo aprovou 23 programas de demissão voluntária em estatais desde 2019

G1 Economia De acordo com o Ministério da Economia, foram desligados 12,3 mil profissionais. Dados do ano passado, no entanto, ainda não foram fechados. Bancários protestam em Natal e Parnamirim contra reestruturação do Banco do Brasil Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi Desde 2019, início do governo Bolsonaro, 23 programas de demissão voluntária (PDVs) foram aprovados em estatais de diversos segmentos, como Banco do Brasil, Caixa, Correios e Petrobras. De acordo com a Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, do Ministério da Economia, foram desligados 12,3 mil profissionais. Os dados de 2020, no entanto, ainda não foram fechados. O enxugamento no quadro de funcionários em estatais é confirmado pelo "Panorama das Estatais" do Ministério da Economia: em 2020, as estatais reuniram um efetivo de 472.234 funcionários, contra 476.643, em 2019, e 496.142, em 2018. Realizaram PDVs: Basa (2 vezes); Banco do Brasil (2); BNDES (1); BNB (1); BBTS (1); Caixa (2); Casa da Moeda (1); Correios (2); Dataprev (2); CDRJ (1); Codesp (1); Eletrobras (1); Embrapa (1); Finep (1); Infraero (1); Serpro (2); Valec (1). Banco do Brasil abriu dois programas de demissão voluntária Na segunda feira (11), BB anunciou a abertura de dois PDVs com a previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários. Foi anunciado ainda o fechamento de 361 unidades— 112 agências, 7 escritórios e 242 postos de atendimento — no primeiro semestre deste ano. Desgaste da gestão Brandão Com a decisão, as relações entre o presidente do banco, André Brandão, e Jair Bolsonaro ficaram ainda mais estremecidas — uma vez que o presidente não estava satisfeito com a gestão de Brandão. Bolsonaro está irritado com o anúncio de fechamento de agências do Banco do Brasil, que faz parte de um projeto de planejamento de reestruturação do banco, mas o presidente teme o desgaste político da medida em véspera de ano eleitoral. Por isso, nos bastidores do governo, há uma pressão para a troca de Brandão. Enxugar o número de funcionários em estatais, no entanto, não é caso isolado de bancos, tampouco do Banco do Brasil. Em julho do ano passado, a Petrobras anunciou que deve reduzir em torno de R$ 4 bilhões por ano com a saída de mais de 10 mil profissionais em PDVs até 2025 — o equivalente a 22% da força de trabalho. Video: Últimas notícias de Economia Veja Mais

Como criar enquetes no Twitter

canaltech Uma das formas de interação no Twitter (Android | iOS | Web) é a criação de enquetes. Com a opção de voto anônimo, é possível saber a opinião de seus seguidores sobre determinado assunto, além de funcionar como uma alternativa para marcas e criadores de conteúdo na hora de conhecer o próprio público-alvo. Twitter fora do ar? O que fazer quando o serviço está instável Como ativar a autenticação em duas etapas nas redes sociais 12 funções pouco conhecidas do Twitter que você precisa conhecer As enquetes podem ser configuradas com até quatro alternativas diferentes, com duração entre cinco minutos a sete dias. No término do prazo estipulado, uma notificação é enviada ao perfil para conferir os resultados. Veja como criar uma votação pelo celular ou computador! Twitter: como criar enquetes No celular Passo 1: abra o aplicativo do Twitter e selecione o ícone de criação de nova postagem; -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Crie um novo tweet (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 2: na caixa de publicação, selecione o ícone de enquete, representado por três barras em tamanhos diferentes; Toque no ícone para criar enquetes (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 3: insira uma descrição e preencha as alternativas da votação; Customize sua enquete (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 4: use o botão de "+" para adicionar novas alternativas. Se quiser configurar o tempo, toque em "Duração da enquete" e faça o ajuste. Por fim, selecione "Tweetar"; Faça mudanças na duração e nas opções (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 5: com o tweet publicado, os resultados serão alterados automaticamente conforme os votos. Acompanhe a sua enquete (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) No computador Passo 1: abra o Twitter e clique em "Tweetar"; Crie um tweet pelo computador (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 2: na caixa de publicação, selecione o ícone de enquete; Abra uma enquete (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 3: preencha com as informações da enquete, incluindo o conteúdo das opções de voto; Caption Passo 4: use o "+" para inserir outras opções e configure o tempo de duração da enquete. Configure e publique (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Seguindo esses passos, sua enquete será publicada no perfil. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: CANCELADO: Anvisa barra registro de enxaguante bucal contra coronavírus [UPDATE] Governo da Índia diz que Brasil se precipitou ao buscar vacina de Oxford Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Rússia fecha parceria com farmacêutica brasileira para entrega da vacina Sputnik Estupro e pedofilia: o limbo dos sites pornográficos Veja Mais

Mortal Kombat | Reboot live-action ganha imagens oficiais — e são demais

canaltech O esperado reboot de Mortal Kombat, novo filme de uma das franquias mais famosas de jogos de luta finalmente ganhou imagens oficiais de algumas cenas da película, que deve chegar aos cinemas — se não houver adiamento por conta da pandemia de COVID-19 — em abril deste ano. Quais os 5 melhores jogos de Mortal Kombat? O Rambo chegou! Mortal Kombat 11 Ultimate é lançado oficialmente Análise | Mortal Kombat 11 é o game definitivo da franquia Postadas pelo pessoal do Entertainment Weekly, essas fotos revelam que o filme terá mesmo um tom mais sangrento, tal qual acontece no jogo. Personagens icônicos já deram as caras, como Scorpion, ainda na pele de Hanzo Hasashi, que será interpretado por Logan Hiroyuki Sanada (Hora do Rush 3); Sub-Zero será o ninja Bi-Han, interpretado por Joe Taslim (Velozes e Furiosos 6). Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Aparecem, também, Kano, que será estrelado por Josh Lawson (House of Lies); Sonya Blade, interpretada por Jessica McNamee (Sirens); e Jax Briggs, vivido por Mehcad Brooks (Super Girl). -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Vejam as imagens na galeria abaixo: NEW LINE CINEMA/WARNER BROS. PICTURES NEW LINE CINEMA/WARNER BROS. PICTURES NEW LINE CINEMA/WARNER BROS. PICTURES NEW LINE CINEMA/WARNER BROS. PICTURES NEW LINE CINEMA/WARNER BROS. PICTURES Além dos cinemas, Mortal Kombat estará disponível no HBO Max, serviço de streaming da Warner, possivelmente na mesma data, com estreia híbrida no dia 16 de abril. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus

canaltech Nos últimos dias, pesquisadores estão alertando para uma nova variante do coronavírus SARS-CoV-2, descoberta na capital do Amazonas, Manaus, que, segundo estudo da Universidade de São Paulo (USP), tem mais potencial de transmissão e reinfecção. Nesta semana, o Ministério da Saúde brasileiro já notificou outros países sobre a cepa do vírus da COVID-19 com mutações, denominada de B.1.1.28. Falta de oxigênio: entenda a situação dos pacientes da COVID-19 no Amazonas COVID | Hospital Albert Einstein bate recorde de internações; saiba como está SP Jornais da Índia questionam prazo de envio da vacina de Oxford para o BR Este é o protocolo padrão da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a identificação de novas cepas do coronavírus, como a de Manaus. No aviso brasileiro, os 196 países signatários do Regulamento Sanitário Internacional (RSI) foram notificados sobre a descoberta. "Seu objetivo [do RSI] é ajudar a comunidade internacional a prevenir e responder a graves riscos de saúde pública que têm o potencial de atravessar fronteiras e ameaçar pessoas em todo o mundo", declarou o ministério, em nota. I’ve taken the urgent decision to BAN ARRIVALS from ARGENTINA, BRAZIL, BOLIVIA, CAPE VERDE, CHILE, COLOMBIA, ECUADOR, FRENCH GUIANA, GUYANA, PANAMA, PARAGUAY, PERU, SURINAME, URUGUAY AND VENEZUELA – from TOMORROW, 15 JAN at 4AM following evidence of a new variant in Brazil. 1/3 -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- — Rt Hon Grant Shapps MP (@grantshapps) January 14, 2021 Inclusive, essa descoberta é motivo de preocupação internacional. A partir desta sexta-feira (15), o Reino Unido proibiu a entrada de pessoas vindas do Brasil e de outros 14 países para impedir a transmissão da nova variante do coronavírus. A decisão foi comentada pelo secretário de Transportes britânico, Grant Shapps, nas redes sociais. Nova variante do coronavírus de Manus acende alerta de pesquisadores (Imagem: Reprodução/ Daniel Roberts/ Pixabay) Além dos problemas internacionais causados pela variante, o estado do Amazonas enfrenta o colapso do sistema de saúde em decorrência da segunda onda da COVID-19. Na quinta-feira (14), hospitais não tinham mais estoque de oxigênio para o tratamento de pacientes internados com a COVID-19. A situação não tem, necessariamente, ligação com a mutação. Variante do coronavírus em Manaus é mais perigosa?  A nova linhagem foi identificada, em dezembro do ano passado, após quatro viajantes contaminados desembarcarem em aeroporto no Japão, vindos de Manaus. Após análises nacionais, pesquisadores da USP apontam que a variante carrega uma série de mutações genéticas com potencial de aumentar tanto a transmissão quanto a reinfecção pela COVID-19. Segundo preprint — artigo ainda não revisado por outros pesquisadores — publicado no site Virological.Org, os pesquisadores também verificaram que essa cepa estava presente em 42% dos pacientes contaminados com o coronavírus e testados na capital amazonense. “A nova linhagem, denominada P.1, foi identificada em 13 das 31 das amostras positivas para o teste de RT-PCR coletadas entre 15 e 23 de dezembro de 2020, ou seja, em 42% dos pacientes testados”, explica Ingra Morales Claro, pesquisadora do IMT e da FMUSP, uma das autoras do artigo. Pesquisa da USP aponta que nova variante do coronavírus pode aumentar chances de reinfecção (Imagem: Reprodução/ Fernando Zhiminaicela/ Pixabay) Por si só, mutações em vírus são frequentes e não são, necessariamente, perigosas. "Sabemos que o SARS-CoV-2 tem uma média de duas a três mutações por mês. Portanto, desde o primeiro caso identificado em Wuhan, na China, no final de 2019, o genoma do vírus apresenta-se diferente após quase um ano dessa identificação”, comenta a pesquisadora para o Jornal da USP. No entanto, “a nova linhagem, descendente da linhagem B.1.1.28, contém uma composição única de mutações definidoras de linhagem, incluindo várias mutações de importância biológica conhecida, como E484K, K417T e N501Y”, explica a autora do artigo. Vale lembrar que a última mutação citada (N501Y) também foi identificada nas novas variantes do Reino Unido e da África do Sul. Ambas já foram definidas com maior potencial de infecção. Também existe uma hipótese de que essa variante de Manaus possa aumentar as chances de reinfecção, já que a capital do Amazonas foi severamente afetada pela primeira onda da COVID-19 e a situação volta a se agravar neste segundo momento. “É essencial investigar rapidamente se há um aumento na taxa de reinfecção em pessoas previamente expostas”, aponta Claro. Nesse cenário, o Ministério da Saúde confirmou, nesta sexta-feira (15), um caso de reinfecção pela nova variante do coronavírus no estado do Amazonas. Identificado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o caso de reinfecção é de uma mulher, de 29 anos, que até o momento apresenta sintomas leves da COVID-19. Quanto ao estudo da USP sobre a mutação, ele foi resultado de um estudo feito por pesquisadores do Centro Brasil-Reino Unido de Descoberta, Diagnóstico, Genômica e Epidemiologia de Arbovírus (grupo Cadde), que conta com a participação do Instituto de Medicina Tropical (IMT) e da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). Para conferir o artigo completo sobre a análise, publicado no site Virological.Org, clique aqui. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro COVID-19 | EUA e Reino Unido batem recorde de mortes diárias mesmo com vacinação Veja Mais

MacBooks de 2021 trarão MagSafe de volta, diz especialista em produtos da Apple

canaltech A Apple pode trazer novo design para os MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas em 2021. Ao menos é o que acredita Ming-Chi Kuo, conhecido especialista em Apple que tem bom histórico em antecipar tendências da companhia. Apple estaria trabalhando em câmara de vapor para resfriar novos iPhones Apple patenteia capas de iPhone que recarregam os AirPods Primeiro, é preciso lembrar que Kuo é apenas um analista, sendo que seus palpites não devem ser considerados como informações oficiais. Em nota para investidores, ele aponta que o caminho da Apple será de modificar os designs dos MacBooks Pro para um modelo menos arredondado, como acontece nos iPhone 12 e iPad Pro 2018. Isso facilitaria a identificação de que os dispositivos fazem parte de uma mesma geração de produtos. Outro palpite de Kuo é de que a Apple deva recuperar o conector MagSafe, usado como padrão para alimentação de energia nos aparelhos até 2017. O motivo disso seria que a Apple está revivendo a marca, ao colocar o MagSafe no iPhone 12. Ainda, o analista aponta que a companhia deva abandonar o Touch Bar em OLED, aproveitando o espaço para botões físicos. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Vale destacar que o mercado espera grandes mudanças no visual dos MacBooks Pro de 2021, pois a Apple está trabalhando em novos modelos com seu chip M1, feitos em arquitetura ARM, em detrimento de processadores Intel. No mês passado, Kuo já tinha apontado que a empresa poderia estrear duas versões com os seus chips proprietários. Na época, ele apontava apenas que as novidades devam utilizar tela em Mini-LED, que oferece melhorias em contraste, brilho e alcance dinâmico HDR. Por enquanto, a Apple não comentou ou confirmou nada do que Kuo projeta para os próximos meses. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Britânico joga fora bitcoin e agora quer pagar para escavar lixão

Britânico joga fora bitcoin e agora quer pagar para escavar lixão

Tecmundo James Howells, um engenheiro de TI do Reino Unido, jogou fora por engano um HD com cerca de US$ 270 milhões em Bitcoin. Agora, ele trava uma briga com a prefeitura de Newport para poder escavar o aterro sanitário em busca do antigo disco rígido.O futuro milionário até ofereceu 25% do valor como uma recompensa para o governo local – cerca de US$ 75 milhões. O valor seria doado para um fundo de assistência para covid-19 do município do País de Gales.Leia mais... Veja Mais

Saúde solicita entrega de todas as doses da CoronaVac; SP deve recorrer ao STF

canaltech Na corrida para iniciar a imunização dos brasileiros contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), nesta sexta-feira (15), o Ministério da Saúde solicitou a entrega, de forma imediata, de todas as seis milhões de doses da vacina CoronaVac. A solicitação foi feita através de ofício encaminhado para Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan. Desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e pelo Instituto Butantan, em São Paulo, a fórmula foi alvo, até o momento, de campanhas de desinformação devido à sua origem. Governo da Índia diz que Brasil se precipitou ao buscar vacina de Oxford Falta de oxigênio: entenda a situação dos pacientes da COVID-19 no Amazonas COVID | Hospital Albert Einstein bate recorde de internações; saiba como está SP Na solicitação, o diretor do Departamento de Logística em Saúde, Roberto Ferreira Dias, afirmou ser necessária a disponibilização imediata das seis milhões de doses — importadas da China — e que estão sendo analisadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a autorização de uso emergencial no Brasil. Ministério da Saúde solicita entrega imediata de todas as doses da vacina CoronaVac (Imagem: Reprodução/ Thirdman/ Pexels) "Ressaltamos a urgência na imediata entrega do quantitativo contratado e acima mencionado, tendo em vista que este Ministério precisa fazer o devido loteamento para iniciar a logística de distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa, conforme cronograma previsto no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a COVID-19", afirma um trecho do documento. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Vacina de Oxford ou CoronaVac? Nacionalmente, o início das vacinações contra a COVID-19 está marcado para a próxima quarta-feira (20), segundo informou o Ministério da Saúde. No entanto, nesta sexta-feira (15), uma das principais apostas do governo, a vacina de Oxford contra o coronavírus, não deve chegar a tempo. Para isso, duas milhões de doses deveriam ser importadas da Índia, mas o governo indiano afirmou que não deve atender, por enquanto, a demanda brasileira. Dessa forma, a outra opção para o início da vacinação será a vacina CoronVac, que já chegou ao país. No entanto, não estava nos planos do governo de São Paulo entregar todas as doses para o governo federal. Responsável pelos acordos comerciais com a vacina, o governo de SP deve recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal), segundo apurou o UOL. Nos últimos dias, o estado já recorreu à justiça no caso das seringas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Ford responde por 3,5 mil processos trabalhistas

Valor Econômico - Finanças Nos últimos cinco anos foram movidas 4.928 ações contra a companhia A Ford vai deixar o Brasil, mas manterá, no país, um grande número de processos trabalhistas. Nos últimos cinco anos foram movidas 4.928 ações contra a companhia — a maioria delas, 3.535, ainda está em andamento no Judiciário (sem decisão definitiva ou em fase de execução e liquidação). Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

4 funções do navegador Vivaldi que você precisa conhecer

canaltech Vivaldi (Android | Desktop) é um dos navegadores de internet com os recursos mais completos do mercado. A plataforma é gratuita e foi lançada oficialmente em janeiro de 2015, pela sua desenvolvedora Vivaldi Technologies. Assim como outros navegadores do mercado como, por exemplo, Microsoft Edge, Opera e o Google Chrome, a plataforma foi desenvolvida a base de Chromium, no entanto, a proposta oferecida pelo Vivaldi é uma experiência totalmente única e original. Mozilla Firefox ou Google Chrome: qual navegador é melhor? 4 motivos para você usar o Microsoft Edge como navegador principal Vale a pena usar o navegador gamer Opera GX? Um dos maiores atrativos para os usuários do Vivaldi é a grande gama de funcionalidades oferecidas pela plataforma. O aplicativo oferece diversas opções de personalização, desde recursos mais básicos como uso de guias, mecanismos de pesquisas, barra de ferramentas, comandos de teclado e até mesmo gestos de mouse. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Como usar o Vivaldi para habilitar o modo escuro de qualquer site Como usar o navegador Vivaldi no seu celular Android Segurança: aprenda o que é e como ativar a dupla verificação em sites populares Mas não é só isso, a personalização e configuração do navegador também permite o exercício da criatividade. Você pode personalizar temas, cores e imagens no navegador. Além disso, o Vivaldi oferece recursos como Speed Dial, Marcadores, Notas e até mesmo uma espécie de guia dedicada. Todos esses recursos ao alcance de sua barra lateral. Em nossa matéria, conheça as melhores funções do Vivaldi. 1. Personalização  Uma das principais características do Vivaldi é a liberdade de personalização até mesmo dos mínimos detalhes da plataforma, isso porque o navegador oferece uma extensa capacidade de customização. Durante o momento da configuração inicial, você pode importar favoritos e configurações de outros browsers a base de Chromium, escolher entre 8 temas personalizáveis e determinar a posição das guias (no topo, à direita, na parte inferior, etc.). Muitas configurações de personalização são possíveis no Vivaldi - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) Essas configurações já seriam o suficiente para garantir um nível de personalização a frente de seus concorrentes, mas o Vivaldi ainda vai além. Você pode criar seu próprio tema para o navegador, definir detalhes como a curvatura das bordas e transparência de janela, mudar a posição do painel de guias e endereços, além de criar atalhos de teclado e gestos de mouse. Dessa forma, com todas essas capacidades combinadas o Vivaldi se mostra um navegador com potencial para se encaixar perfeitamente nas necessidades de cada pessoa. 2. Painel Web Outras funcionalidades que são um grande atrativo no Vivaldi são seus recursos inovadores. O navegador, explora algumas tendências diferentes que podem ser muito úteis durante suas pesquisas na internet. Um desses recursos é o chamado é o “Web Panel” (ou "Painel Web"). Localizada na barra lateral do browser, a função permite incluir atalhos para sites que você mais acessa. Você pode utilizar o Painel Web para adicionar atalhos para os sites que você mais utiliza - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) No entanto, a inovação está justamente em como essas janelas são abertas: em vez de simplesmente carregar toda a página, como acontece em outros navegadores, o Vivaldi abre a versão mobile do site adicionado no painel na lateral esquerda da tela. 3. Privacidade e Segurança Vivaldi é um navegador que te protege de rastreadores, bloqueia propagandas indesejáveis e coloca o usuário no controle de recursos nativos de privacidade e segurança. Através das configurações do navegador, é possível habilitar proteção contra malware e phishing, impedir que seu navegador preencha automaticamente formulários e até mesmo aumentar o nível de segurança bloqueando anúncios e rastreadores. Você pode personalizar suas configurações de segurança no Vivaldi - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) 4. Speed Dial, Notas e Marcadores Além das funções já mencionadas, o Vivaldi também aposta em outros recursos que podem ser úteis durante a navegação na internet. Entre essas funções temos o Speed Dial, que apresenta os sites em forma de grade para facilitar o acesso do usuário aos seus conteúdos mais acessados. O Vivaldi também conta com um gerenciador de notas em sua barra lateral. Essa função permite que seus usuários façam anotações diretamente no navegador, o que pode ser muito útil durante pesquisas em geral. Suas notas podem ser sincronizadas entre dispositivos nas configurações do Vivaldi, oferecendo um trabalho mais fluído. Faça anotações com facilidade durante sua navegação na internet - (Captura: Canaltech/Felipe Freitas) A função “Marcadores” da barra lateral também é interessante para gerenciar e organizar os sites que você acessa, assim como a barra de favoritos. Sentiu falta de alguma outra função? Comente logo abaixo sua experiência com o Vivaldi. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Lewandowski dá 48h para governo federal apresentar plano para Manaus

O Tempo - Política Governo Federal terá apresentar plano detalhado sobre estratégias para o enfrentamento da situação de emergência no Amazonas Veja Mais

MC Fioti grava clipe com nova versão de 'Bum bum tam tam' no Instituto Butantan

G1 Pop & Arte Hit que virou 'hino' da CoronaVac vai ganhar nova versão; Fioti deu rolê no instituto e tirou FOTOS com Dimas Covas e a vacina; veja. Dimas Covas e MC Fioti no Instituto Butantan com uma caixa da CoronaVac Divulgação / Instituto Butantan MC Fioti gravou nesta sexta-feira (15) um clipe no Instituto Butantan, em São Paulo, com uma versão do hit "Bum bum tam tam" em homenagem à CoronaVac. O instituto divulgou fotos do funkeiro em uma visita, inclusive ao lado do seu diretor, Dimas Covas, e de uma caixa da vacina. O funk "Bum bum tam tam" virou um "hino" nas redes sociais em homenagem ao Butantan após o anúncio sobre a vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o instituto paulista. A data de lançamento do clipe ainda não foi divulgada. "Hoje, o Instituto Butantan recebeu a visita do Mc Fioti, conhecido pelo hit “Bum bum tam tam”. Com certeza você ouviu esse sucesso lançado em 2017! O hit ganhou uma nova versão, e o cantor gravou um clipe aqui no instituto. O resultado será lançada em breve no Youtube", anunciou o instituto. MC Fioti no Instituto Butantan Divulgação / Butantan Logo após o anúncio sobre a eficácia da vacina na quinta-feira (7), vídeos com o funk exaltando o Butantan viraram meme. Imagens de uma projeção em um prédio que cita a música, o Butantan e o SUS também se espalharam nas redes. MC Fioti faz versão de 'Bum bum tam tam' após música virar 'hino' da Coronavac MC Fioti, autor e cantor de "Bum bum tam tam", a música brasileira mais ouvida na história do YouTube, reproduziu os memes e fez uma breve versão. MC Fioti no Instituto Butantan Divulgação / Instituto Butantan "A vacina envolvente que mexe com a mente / de quem tá presente. A vacina saliente / vai curar muita vida e salvar muita gente. Vem cá vacina, tam / Vem cá vacina tam tam tam". Initial plugin text Initial plugin text Initial plugin text Fioti também disse aos seus mais de dois milhões de seguidores no Instagram que iria lançar essa nova versão e perguntou o que eles acham. Ao G1, ele disse nesta sexta que a ideia de lançar a versão é séria: "Estou estudando com meus empresários como iremos fazer esse remix. Mas vai acontecer sim". Anatomia do 'Bum bum' Veja Mais

Ibovespa volta para 120 mil pontos com cautela externa e fragilidade local

Valor Econômico - Finanças A preocupação com a piora da pandemia no mundo, com efeito claro nos preços de petróleo e nas ações de commodities em mercados globais, é potencializado por aqui pela dificuldade em combater a covid O Ibovespa terminou a última sessão da semana com uma queda intensa, em movimento que foi detonado pelo ambiente de cautela no exterior e agravado pelas fragilidades do cenário brasileiro. A preocupação com a piora da pandemia no mundo, com efeito claro nos preços de petróleo e nas ações de commodities em mercados globais, é potencializado por aqui pela dificuldade em combater a covid-19 e pelos contínuos atritos na política. Após ajustes, o Ibovespa fechou em queda de 2,54%, aos 120.349 pontos, bem perto das mínimas do dia quando tocou 120.185 pontos. O giro financeiro é de R$ 26 bilhões, em linha com o volume robusto nos últimos dias. Na semana, o índice teve queda de 3,78%, mas ainda garante alta de 1,12% em janeiro. As ações do setor de commodities registraram forte queda com destaque para as perdas de Petrobras e Vale, sob intenso giro de negócios. As preocupações com a economia global diante de novas medidas de distanciamento social, inclusive na China, detonam a onda de vendas. O movimento conta ainda com uma correção das ações em Wall Street, enquanto os investidores avaliam o plano fiscal anunciado ontem pelo presidente-eleito dos Estados Unidos, Joe Biden. Vídeo: Bolsas caem após anúncio do pacote de estímulos nos EUA Bolsas caem após anúncio do pacote de estímulos nos EUA As ações ordinárias da Vale caíram 4,35%, com giro de R$ 2,98 bilhões. A pressão também se estendeu para as ações de siderúrgicas — que têm se destacado neste começo do ano em meio a expectativa de retomada da economia global. CSN ON caiu 8,10%, Gerdau PN recuou 5,92% e Usiminas PNA perdeu 4,70%. Sem o apoio lá de fora, as vulnerabilidades do cenário local também vem a tona. As dificuldades de combater a covid-19 no país, inclusive no plano de imunização, pesam nos ativos locais, uma vez que significam o risco de uma retomada mais lenta da atividade e mais pressão sobre a situação fiscal. Hoje, por exemplo, o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o presidente Jair Bolsonaro trocaram farpas publicamente, tendo como pano de fundo a disputa pela sucessão da liderança na Câmara. Ainda no setor de commodities, as ações ordinárias da Petrobras recuaram 3,52%, enquanto as preferenciais perderam 4,52%, com giro de R$ 2,28 bilhão. O movimento vem na esteira da queda de mais 2% dos contratos futuros de petróleo diante das preocupações com lockdown na Europa e na China. Em relatório, os analistas da BlueLine mostram o ambiente delicado no país. “Observamos o fim de um curto período de calmaria política no Brasil, com piora aguda da Covid, dificuldades de organização de um plano de vacinação e recrudescimento das pressões políticas sobre os gastos públicos. Nossa avaliação é a de que a situação global permanece positiva para o ano, mas os ruídos políticos no Brasil podem estar apenas começando.” O setor de bancos também viu queda generalizada: Bradesco ON cedeu 3,69%, Brasdesco PN caiu 2,76% e Itaú Unibanco cedeu 3,77%. Banco do Brasil ON caiu 3,10%, dando sequência a trajetória recente de queda com dúvidas sobre o plano de enxugamento da operação da instituição e risco de interferência política com a ameaça de demissão de seu presidente, André Brandão. Pixabay Veja Mais

Personagem de Keanu Reeves em Cyberpunk 2077 ganha Nendoroid

Personagem de Keanu Reeves em Cyberpunk 2077 ganha Nendoroid

Tecmundo Tem se tornado comum os personagens de jogos populares ganharem Nendoroids, e com Cyberpunk 2077 a coisa não seria diferente. A empresa Good Smile Company, por exemplo, anunciou a venda de um Nendoroid de Johnny Silverhand, o personagem de Keanu Reeves no game.A figura em questão custa US$ 53 (com a cotação do dólar atual, desconsiderando taxas ou impostos, o equivalente a cerca de R$ 279) no site da Good Smile Company, e será lançado oficialmente em setembro. Entretanto, a pré-venda estará disponível até 24 de fevereiro.Leia mais... Veja Mais

Commodities: Demanda por cacau cresce na América do Norte, e preços sobem em Nova York

Valor Econômico - Finanças Cotações do café também avançam, e açúcar, algodão e suco de laranja fecham em baixa Os indicativos de aumento da demanda por cacau na América do Norte impulsionaram as cotações do cacau na bolsa de Nova York nesta sexta-feira. Os lotes com vencimento em março fecharam em alta de 1,08% (US$ 27), para US$ 2.527 a tonelada, e os contratos de segunda posição, para maio, subiram 1,10% (US$ 27), para US$ 2,482 a tonelada. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Half-Life pode ganhar suporte a Ray Tracing em sua engine

Half-Life pode ganhar suporte a Ray Tracing em sua engine

Tecmundo Half-Life, um dos mais icônicos FPS, pode ganhar uma atualização que adiciona o Ray Tracing no game. A descoberta foi feita pelo criador do SteamDB, que achou referências à tecnologia dentro do jogo de cartas Artifact. A revelação abre portas para que outros games da empresa também ganhem o recurso, entre eles Half-Life. Outra possibilidade é que o Ray Tracing seja adicionado ao Source 2, o mais recente motor gráfico da Valve. Com isso, até mesmo outros jogos poderiam receber a tecnologia como DOTA 2 e CS:GO, que é um derivado do Half-Life original. Leia mais... Veja Mais

Stranger Things | Robin explorará descoberta da sexualidade em novo livro

canaltech Robin Buckley chegou na terceira temporada de Stranger Things e acabou ganhando o coração de diversos fãs com poucos episódios. Interpretada pela atriz Maya Thurman Hawke, a personagem foi apresentada como uma funcionária da Scoops Ahoy, a loja de sorvetes do Starcourt Mall, logo tornando-se uma das principais amigas de Steve Harrington, membro da Scoop Troop e principalmente trazendo representatividade à comunidade lésbica na série. Nova HQ de Stranger Things revela como Dustin conheceu Suzie Teoria sugere que Demogorgon é alguém que já conhecemos Ainda não se sabe qual de fato será o arco de Robin na quarta temporada da série, que não possui uma data de estreia definida para chegar à Netflix, mas os fãs poderão conferir um pouco mais de sua história num novo romance publicado pela Get Underlined e escrito por A. R. Capetta. A história promete apresentar mais detalhes da vida da personagem antes de conhecer Steve Harrington. Confira a sinopse oficial do livro: O colégio é um monstro e está devorando tudo o que Robin conhece. Descubra a história da nova personagem favorita dos fãs de Stranger Things, Robin, interpretada por Maya Hawke! -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- É o início do segundo ano e os amigos de Robin já decidiram: desta vez, eles vão se enturmar. Eles se reúnem, não param de falar sobre a faculdade e suas futuras carreiras e estão obcecados em tentar agir "normal". Robin conhece bem esse jogo — ela vem fingindo há anos, esperando que ninguém notasse a sarcástica instrumentista de trompa poliglota com um penteado esquisito no fundo da sala. Mas há um aspecto de sua identidade que ela sabe com certeza que não se encaixa em sua imagem cuidadosamente controlada — algo que ela só agora está percebendo: Robin gosta de garotas. Como exatamente ela deveria ser ela mesma na pequena cidade de Hawkins? Robin está convencida de que a única maneira de experimentar a vida real é fugindo para a Europa no verão — também conhecida como Operação Croissant. Mas ela não tem dinheiro, permissão e ninguém com quem compartilhar a aventura — e vai custar muito mais do que isso para escapar de Hawkins. Polvilhada com referências a seus personagens favoritos de Stranger Things, esta prequela narra a percepção de uma garota de que a única pessoa que ela realmente precisa para ser aceita é ela mesma. Ao que tudo indica, a história explorará muito mais sobre o processo de descoberta e conhecimento de Robin sobre sua própria sexualidade, bem como seu crescimento pessoal em relação a isso. Intitulado Rebel Robin (cuja tradução significa Robin Rebelde), estará disponível para compra a partir do dia 29 de junho. Confira o anúncio oficial, feito por meio da conta da Netflix no twitter: Assine a Disney+ por R$ 27,90 por mês ou R$ 279,90 por ano HEY DINGUS. Rebel Robin - aka Robin Buckley's official backstory - is coming to a bookshelf near you 6/29! @Stranger_Things @GetUnderlined pic.twitter.com/Q2afjpFKBl — NX (@NXOnNetflix) January 13, 2021 Não é a primeira vez que uma história decide expandir a trama para outro tipo de mídia. Em Star Wars, a narrativa dos filmes derivou histórias em quadrinhos e séries animadas, participando de um ecossistema sincronizado e pensado de antemão. Ainda não se sabe se essas obras fora de Stranger Things se comunicarão com os eventos da série em algum momento, dando margem para possíveis spin-offs entre outras produções. Além de Rebel Robin, a série já teve histórias contadas em HQs da Dark Horse Comics, que optaram por explorar as aventuras de Dustin e Suzie durante o Acampamento de Ciências, que o garoto comentou na terceira temporada. Até então, a série conta com dois exemplares já publicados. Maya Hawke é filha de Uma Thurman e Ethan Hawke (Imagem: Divulgação / Netflix) Robin já apareceu em algumas fotos do set da quarta temporada de Stranger Things, e ao que parece, seu círculo de amizades ampliará consideravelmente nos novos episódios. Além de Steve, Dustin e Erica, sua personagem passará a conviver mais com os outros cidadãos de Hawkins. Sabe-se também que ela e Steve Harrington terão um novo emprego após a destruição do Starcourt Mall: a locadora Family Video, cujas imagens já entregaram uma trama ambientada em 1986. Leia mais sobre: Fotos revelam o exato ano em que acontece a 4ª temporada de Stranger Things Novos personagens aparecem em imagens do set de gravação Já foi revelado também que o irmão da atriz e filho das estrelas Uma Thurman e Ethan Hawke, Levon Thurman-Hawke, interpretará um dos novos personagens em Stranger Things. Ao que tudo indica, o novo rosto de Hawkins será um rebelde com um estilo punk rock. Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Criada pelos irmãos Duffer, Stranger Things conta com Winona Ryder, Millie Bobbie Brown, David Harbour, Finn Wolfhard, Gaten Matarazzo, Caleb McLaughlin, Noah Schnapp, Natalia Dyer, Charlie Heaton, Joe Keery, Priah Ferguson, Cary Elwes, Jake Busey e Maya Thurman-Hawke no elenco. As três primeiras temporadas estão disponíveis no catálogo da Netflix. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: CANCELADO: Anvisa barra registro de enxaguante bucal contra coronavírus [UPDATE] Governo da Índia diz que Brasil se precipitou ao buscar vacina de Oxford Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Rússia fecha parceria com farmacêutica brasileira para entrega da vacina Sputnik Estupro e pedofilia: o limbo dos sites pornográficos Veja Mais

TRF-1 nega pedido do governo federal e mantém adiamento do Enem no Amazonas

Valor Econômico - Finanças O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) negou hoje um pedido do governo federal e manteve adiado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Amazonas. A primeira prova seria neste domingo, mas uma decisão judicial suspendeu a aplicação, diante da nova onda de casos de covid-19. A Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu, alegando "dano irreparável" aos 160 mil estudantes amazonenses que se inscreveram no Enem almejando vagas em universidades públicas ou bolsas em instituições privadas de ensino. Contudo, o desembargador Ítalo Mendes não acolheu os argumentos da AGU. Ele manteve decisão de primeira instância que adiou o exame, determinando que o Ministério da Educação (MEC) tome providências junto ao governo do Amazonas para que as novas provas sejam aplicadas em 23 e 24 de fevereiro. Veja Mais

Willy's Wonderland: bizarro terror com Nicolas Cage ganha trailer

Willy's Wonderland: bizarro terror com Nicolas Cage ganha trailer

Tecmundo O filme Willy's Wonderland estrelado por Nicolas Cage ganhou seu primeiro trailer, com destaque para o bizarro gênero de terror da produção, ambientado em um parque de diversões abandonado. O ator interpretará um personagem misterioso e após seu carro quebrar perto do local, o dono do estabelecimento oferecerá um trabalho de zelador em troca do conserto de seu veículo.Com essa premissa, a prévia traz alguns adolescentes que o avisam sobre os perigos do parque, com histórico de um passado sombrio envolvendo sacrifícios humanos. Nesse contexto, enquanto ele faz o serviço de limpeza terá de lutar contra os brinquedos demoníacos assustadores que ganham vida durante a noite, caso queira sobreviver até a manhã seguinte. Confira o vídeo (em inglês e sem legenda):Leia mais... Veja Mais

WhatsApp adia alteração de política de privacidade após 'fuga' de usuários

O Tempo - Mundo A empresa cancelou o prazo de 8 de fevereiro para que os usuários aceitassem as novas normas, que incluem compartilhar informações com Facebook Veja Mais

Governo vai abrir investigação sobre mercado de produção de oxigênio no país

Valor Econômico - Finanças O Ministério da Economia vai abrir investigação sobre a regulação do setor de produção de oxigênio no Brasil. O secretário de Acompanhamento Econômico da pasta, Geanluca Lorenzon, informou em rede social que o processo estava sendo aberto. “Recebemos críticas de que a produção de oxigênio no país é dificultada por regulações excessivas já existentes, inclusive anticoncorrenciais. Abriremos a investigação hoje mesmo. Porém será um longo trabalho. Contamos com a participação de toda a sociedade!”, disse. Ao Valor, ele evitou dar detalhes sobre o que se pretende fazer, apenas disse que passará o fim de semana estudando o tema junto com sua equipe e em consulta com os reguladores para entender onde estaria o “nó regulatório” em torno desse produto. Com o crescimento forte de casos de covid-19 em Manaus, há falta de oxigênio e muitas pessoas estão morrendo por conta da escassez desse suprimento. Até da Venezuela estava se buscando importar o produto e a Honda anunciou que pararia sua fábrica em Manaus e doaria o equipamento para os hospitais. A regulação do oxigênio para uso hospitalar é feita por diversos órgãos, mas principalmente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Receita Federal. Aumento de imposto O governo elevou a tarifa de importação de cilindros usados para armazenamento de gases medicinais no fim do ano passado – poucos dias antes de o sistema de saúde de Manaus entrar em colapso por falta de oxigênio. Em março de 2020, a alíquota do imposto de importação foi zerada para esses produtos e demais itens hospitalares, como parte da estratégia de enfrentamento da covid-19. Porém, em decisão do Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex), do dia 24 de dezembro, o governo acabou com a isenção da cobrança para parte dessa lista de bens usados em hospitais. Assim, a importação de cilindros de ferro voltou a ser taxada em 14% e os de alumínio, em 16%. Na prática, isso torna a entrada dos recipientes de armazenamento de gases medicinais no país mais cara. Também perderam o benefício: sabão medicinal, desinfetante para dispositivos médicos, saco de eliminação de resíduos de risco biológico, cortinas estéreis usadas em salas de cirurgias, torniquete para coleta de sangue, máscaras, luvas, bomba de ar elétrica, gazes, compressas, filtro de ventiladores médicos, partes de aparelhos de monitoramento de sinais vitais, sensores de oxigênio, entre outros produtos. Veja Mais

Camex confirma redução de imposto de importação de insumos médicos

Valor Econômico - Finanças Medida abrange 258 itens, entre eles cilindros para armazenamentos de gases medicinais, monitores de sinais vitais, sensores de oxigênio e insumos médicos usados no combate à pandemia O Ministério da Economia confirmou há pouco que o Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex/Camex) zerou hoje, em reunião extraordinária, o Imposto de Importação sobre 258 itens, entre eles cilindros para armazenamentos de gases medicinais. O anúncio havia sido feito há pouco pelo presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

FT: Bancos revertem mais de US$ 5 bi em provisões de crédito nos EUA

Valor Econômico - Finanças J.P. Morgan Chase, Citigroup e Wells Fargo liberaram um total de mais de US$ 5 bilhões em provisões para cobrir perdas com empréstimos do período da pandemia, em uma indicação de seu otimismo sobre as perspectivas econômicas, mesmo enquanto os EUA ainda cambaleiam por causa da mais recente onda da covid-19. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

EUA: Brasileira desconfia de cliente, liga para polícia e salva criança de abuso

O Tempo - Mundo Criança de 11 anos era torturada pelo padrasto; homem e a mãe da criança agredida foram presos Veja Mais

Ao menos sete Estados registram panelaços contra Bolsonaro

Valor Econômico - Finanças A manifestação foi convocada após as imagens do colapso do sistema de saúde de Manaus Bairros de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília registraram panelaços hoje à noite contra o presidente Jair Bolsonaro, atendendo a convocações divulgadas nas redes sociais durante o dia. A manifestação foi convocada após as imagens do colapso do sistema de saúde de Manaus, onde pessoas pacientes de covid-19 morreram por falta de oxigênio. "Sem oxigênio. Sem vacina. Sem governo", dizia o chamado usado para divulgar o panelaço. Ao longo do dia, artistas e figuras políticas também reforçaram a convocação, como o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) e o apresentador Luciano Huck (sem partido), que aparece como possível candidato à Presidência em 2022. O grupo Vem Pra Rua também divulgou a manifestação, com pedidos de "Fora Bolsonaro". Houve registro de panelas, gritos contra Bolsonaro e de pedidos por vacina na capital paulista em bairros como Pinheiros, Perdizes, Santa Cecília, Moema, Bela Vista, Paraíso, Vila Nova Conceição e Ipiranga. Em Manaus, também se ouviu gritos de "fora Bolsonaro". No Rio, moradores de Humaitá, Copacabana e Botafogo bateram panelas, gesto acompanhado de gritos como "genocida". Em Icaraí, bairro de Niterói, também houve panelaço. Em Brasília, se ouviu manifestações na Asa Sul. No Recife, houve em Boa Viagem e em Porto Alegre, os bairros de Auxiliadora e Rio Branco estão entre os que se ouviu reações. Em Belo Horizonte, moradores protestaram nos bairros Sagrada Família, Fernão Dias e Santo Antônio. Durante o dia, em entrevistas, Bolsonaro afirmou estar fazendo o "possível" para ajudar Manaus, como o envio de oxigênio e médicos. Ele disse ainda que a cobrança deveria recair também sobre as autoridades de Saúde de Manaus e do Estado do Amazonas. Jair Bolsonaro AP Photo/Eraldo Peres Veja Mais

Panelaço contra o governo Jair Bolsonaro ocorre em Belo Horizonte e no Brasil

O Tempo - Política O lema do movimento, que abrangeu desde membros da esquerda, até figuras como Luciano Huck, é “Sem oxigênio, sem vacina, sem governo” Veja Mais

Golpe no Twitter usa rosto de Elon Musk para roubar US$ 587 mil em Bitcoin

canaltech Se precisássemos eleger a figura mais utilizada no mundo do cibercrime para promover golpes, o eleito certamente seria Elon Musk, dono da Tesla e da SpaceX. O rosto e o nome do empresário é constantemente empregado por estelionatários na hora de projetar armadilhas para internautas desatentos — isso provém do simples fato de Musk ser um tanto endinheirado e excêntrico. Canal falso da SpaceX no YouTube promete bitcoins usando nome de Elon Musk Golpe das Bitcoin: várias contas do Twitter são invadidas em poucas horas Golpe conhecido gera prejuízo de US$ 16 milhões em Bitcoins O fato é: como percebido pela equipe do site Bleeping Computer, uma quadrilha está novamente usando a imagem do empreendedor para disseminar mais um golpe para afanar criptomoedas. Desta vez, porém, os criminosos estão efetivamente invadindo contas verificadas (ou seja, que ostentam o famoso “selo azul”), mas que, por qualquer motivo, estão há tempos abandonadas por seus donos originais. Uma vez de posse de tais perfis, os estelionatários respondem a tweets legítimos de Elon Musk, agradecendo-o por supostamente torná-los ricos por meio de uma promoção de doação de Bitcoins. A mensagem acompanha um link para um artigo na plataforma Medium, que promete à vítima uma rápida contrapartida no valor do dobro do valor transferido em criptomoedas para a suposta carteira de Musk. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Imagem: Reprodução/BleepingComputer O valor mínimo seria de 0.05 BTC (equivalente a R$ 9 mil na cotação atual) e o máximo de 20 BTC (ou absurdos R$ 3,8 milhões). Na teoria, basta fazer a transferência para receber o valor dobrado e ficar duas vezes mais rico! Muito bom para ser verdade — e, como qualquer golpe cibernético, não é. Nem o empresário, a Tesla e ou a SpaceX estão doando Bitcoins; a carteira divulgada (que muda de tempos em tempos) não pertence à Musk. Imagem: Reprodução/BleepingComputer Ao Bleeping Computer, analistas da Malware Hunter Team afirmaram que contas verificadas inativas no Twitter viraram um alvo para criminosos desde que a rede social parou de distribuir os selos azuis. “Pelo menos duas ou três [contas] estavam ativas dentro de algumas semanas a alguns dias, das quais as atividades recentes não pareciam ser do proprietário original, mas não pudemos verificar”, afirmam os especialistas. Ao rastrear as transferências recebidas pelas carteiras usadas pelos golpistas, foi possível chegar à conclusão de que, só ao longo desta última semana, eles lucraram nada menos do que US$ 587 mil (R$ 3,1 milhões na conversão direta) em criptomoedas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

A Voz do Brasil - 15/01/2021

A Voz do Brasil - 15/01/2021

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Governo federal veta artigos da lei de pagamentos por serviços ambientais; ✔️Presidente da Câmara cobra retomada dos trabalhos no Congresso ; ✔️Aprovação do Fundeb foi um dos destaques do Plenário no final do ano. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

Prefeito fala em 'esquinas de macumba' e é acusado de intolerância religiosa

O Tempo - Política Cinco entidades civis o denunciaram Washington Reis (MDB) para o MP do Rio de Janeiro após discurso do prefeito reeleito Veja Mais

Funcionários do BB pedem apoio de parlamentares contra medidas de corte de custos

Valor Econômico - Finanças Em paralelo, há negociações para que sejam preservadas as agências de pequenas localidades caso o programa de corte de custos seja mantido Associações de funcionários e aposentados do Banco do Brasil (BB), além de sindicalistas, vão disparar cartas a deputados e senadores nesta sexta-feira pedindo apoio para reverter as medidas de corte de custos anunciadas nesta semana pela instituição financeira. O objetivo é que o documento chegue às mãos de cada parlamentar para aumentar a pressão contra o fechamento de agências e os programas de desligamentos voluntários anunciados no começo desta semana pelo BB. Em paralelo, há negociações para que sejam preservadas as agências de pequenas localidades caso o programa de corte de custos seja mantido. Na carta que será enviada aos parlamentares, as entidades afirmam entender que “o Congresso Nacional, representante da vontade popular, poderá ter um papel decisivo no sentido de impedir que sigam em frente os planos de fechamento de unidades do Banco do Brasil e de extinção de 5 mil vagas no quadro de pessoal da empresa”. O documento é assinado por representantes da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB), da Associação dos Aposentados e Funcionários do Banco do Brasil (AAFBB), da Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil (FAABB) e da Contraf-CUT. “A crise na saúde, com profundos reflexos no desenvolvimento econômico e social do País, desafia os bancos públicos a um outro tipo de atuação de forma que possam contribuir para a sociedade brasileira neste momento especial”, afirmam as associações. “A insensibilidade diante deste momento, a falta de empatia e a ausência de um plano voltado para as reais necessidades do País chocam quando partem de uma empresa pública de 212 anos de serviços prestados à sociedade brasileira.” Conforme o Valor relatou na tarde desta sexta-feira, o presidente do BB, André Brandão, vai permanecer no cargo depois que parte da equipe econômica e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, agiram para reverter a demissão do executivo pelo presidente Jair Bolsonaro. O BB anunciou na segunda-feira um plano de reorganização de sua rede física que envolve 870 pontos de atendimento, além de dois PDVs com os quais espera reduzir 5 mil vagas. Ana Paula Paiva/Valor Veja Mais

Leilão de frequência 5G nos Estados Unidos tem arrecadação recorde de US$ 80,9 bilhões, diz FCC

Valor Econômico - Finanças Foram leiloados 280 megahertz (MHz) de espectro na banda de 3,7 gigahertz (GHz) a 3,98 GHz. Getty Images A Federal Communications Commission (FCC), agência reguladora dos Estados Unidos, anunciou hoje que o leilão de faixa de frequência para banda C, que será usada para serviços móveis de quinta geração (5G), obteve uma arrecadação recorde de US$ 80,9 bilhões em receita bruta. Foram leiloados 280 megahertz (MHz) de espectro na banda de 3,7 gigahertz (GHz) a 3,98 GHz. “Este leilão histórico da FCC já é um sucesso recorde. Os licitantes ganharam todos os 5.684 blocos de espectro que estavam em licitação. E a receita bruta ultrapassou US$ 80,9 bilhões, quebrando o recorde anterior de leilões da FCC de US$ 44,9 bilhões”, informou em nota Ajit Pai, presidente da FCC. O Comissário da FCC, Brendan Carr, afirmou, em nota, que a FCC tomou “decisões difíceis mas necessárias nos últimos anos” para garantir a liderança dos EUA em 5G. “O presidente Pai [Ajit Pai] merece crédito por liberar as ondas de rádio necessárias para alimentar os serviços de internet de alta velocidade”, afirmou o comissário. “O encerramento do leilão da banda C hoje garante ainda mais que a plataforma 5G mais forte do mundo será construída aqui nos EUA, e os resultados deixam claro que tomamos a decisão certa para seguir em frente.” Agora, os vencedores terão oportunidade de participar da licitação para licenças de faixa específica na fase de atribuição das frequências. A agência não revelou o nome das empresas vencedoras. Veja Mais

Crítica | Legado Explosivo não tem legado, nem é explosivo

canaltech   Mais uma vez, Liam Neeson salva o seu dia e de quebra ainda protege a sua família. Sem muitas explosões e sem um “passar adiante” que justifique a palavra “legado”, o título original Honest Thief (literalmente, Ladrão Honesto) não apenas é mais fiel à história, como também consegue deixar mais claro para o espectador que o filme não é tão recheado de ação quanto indica o título em português. 10 melhores filmes de ação para assistir online 10 filmes clássicos de ação para assistir online Os 10 melhores filmes de ação para assistir na Netflix Legado Explosivo é um filme curioso. Enquanto o senso comum insiste em dizer que romances têm apelo feminino e os filmes de ação têm o público masculino como maior alvo, os filmes estrelados por Liam Neeson sugerem a união de gêneros tão supostamente díspares. O que temos em mãos, portanto, é um filme de ação que se desenvolve a partir de um romance avassalador. O que poderia ser uma excelente mistura, se tornou apenas mais um filme para contribuir com os memes que surgiram com a franquia Busca Implacável. Imagem: Reprodução/Imagem Filmes Atenção! A partir daqui, a crítica pode conter spoilers. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Roteiro implodido Inicialmente, Legado Explosivo parece ter um roteiro ainda mais fraco quando ficamos nos questionando sobre a péssima ideia que Tom (Neeson) teve de se entregar daquela forma. Um ladrão inteligente, capaz de deixar a polícia o procurando por anos, não foi capaz de prever a corrupção policial. Erro de principiante. Embora com o desenvolvimento da trama passemos a entender o que passou em sua cabeça, suas motivações e desejos, essa ponta solta deixa de existir, mas isso não significa que o filme ficará livre de questionamentos. Não é necessário que um filme siga as regras da realidade em que vivemos, mas é de suma importância que, dentro do seu universo, as ações dos personagens façam sentido. Particularmente, acho bastante frustrante quando nos achamos mais inteligentes e sábios que personagens que deveriam deter certos conhecimentos específicos: se você foi mais sagaz que um personagem que deveria lhe surpreender, provavelmente o roteiro é bastante fraco (ou, se não for o caso, parabéns pela sua sagacidade). Imagem: Reprodução/Imagem Filmes A questão é que, em Legado Explosivo, policiais do FBI e um super-ladrão ex-fuzileiro tomam decisões incrivelmente questionáveis para problemas que poderiam ser resolvidos com um pouquinho de tecnologia. Mesmo o romance, que envolve um sentimento complexo como o amor, é tratado como o desenvolvimento de um casal adolescente que está vivendo as borboletas na barriga pela primeira vez na vida. Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Adoro ver pessoas adultas, de meia-idade ou “maduras”, sobretudo idosas, em romances. O amor e os relacionamentos não acabam depois de uma certa idade. Tratar essas pessoas como adolescentes movidos unicamente pelo amor torna tudo um pouco menos crível, já que essas pessoas têm outras relações (profissionais, familiares…) que não são ausentes como nos mostra Legado Explosivo. Mas… é bom? Como sabemos, um filme pode ser bom e ruim ao mesmo tempo, tudo depende de quem está vendo. Legado Explosivo se enquadra naquela categoria de filmes genéricos de ação dos anos 1980 e 1990, que chamavam a atenção pelo ator e que sempre mostravam um badass mocinho. Nesse sentido, Legado Explosivo tem seu valor enquanto entretenimento raso de ação. Imagem: Reprodução/Imagem Filmes Por outro lado, sabemos que nenhuma dessas produções é barata e que, para assistirmos a estes filmes, precisamos pagar por um ingresso, o que nos permite querer que seja entregue um entretenimento de qualidade. Sem um conteúdo realmente notável para chamar a atenção, tudo o que resta para Legado Explosivo é a adrenalina da ação. Que é praticamente inexistente. Lian Neeson, que assume o personagem aposentado, não entrega nenhuma performance marcante em termos de ação e a direção carece de tensão, além de não empolgar com os momentos de suspense. É notável como as ações são concatenadas com um fim muito específico e somos capazes de prever a morte dos personagens simplesmente porque sabemos que, sem isso, haveria ainda menos para fisgar a atenção dos espectadores. Imagem: Reprodução/Imagem Filmes Liam Neeson têm filmes marcantes de ação em sua carreira, mesmo os piores (que são provavelmente os mais divertidos), mas Legado Explosivo parece ser mais um daqueles títulos que ficarão esquecidos em sua filmografia esperando para que algum fã o encontre e enfim revele seu valor. Enquanto seguimos tentando entender como esse roteiro foi levado adiante enquanto outros tantos não são sequer lidos pelos profissionais da indústria, deixo aqui um elogio à melhor dupla do filme: Sean Meyers (Jeffrey Donovan) é o único personagem com nuances realmente interessantes e não podemos ignorar que parte disso se deve ao fato de ele contracenar com Tazzie, o doguinho. Ah! E se alguém puder me ajudar: por que ele precisou fazer aquela cena toda para se entregar no final? Por um breve momento, quase achei que Tom iria pedir Sean em casamento. *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Canaltech. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Pesquisadores criam peixes-robôs que andam em cardume e monitoram corais

canaltech Para colaborar na proteção do oceano, cientistas da Universidade de Harvard criaram robôs nadadores, inspirados em peixes reais, que farão o monitoramento ambiental de recifes de coral. Batizados de Bluebots, as pequenas máquinas vão andar em bando, como se fossem cardumes de peixes verdadeiros, tendo seus movimentos sincronizados. Coronavírus no esgoto: a vida de focas, baleias e golfinhos também está em risco Emissão de CO2 na atmosfera deve bater recorde em 2021 Como um peixe de aquário pode ajudar na luta contra a COVID-19? De acordo com os pesquisadores, os robôs contam com um sistema de coordenação baseado na visão 3D e na locomoção em 3D para a sua navegação. Cada robô conta com duas câmeras e luzes LED para conseguir identificar e acompanhar os robôs que estão ao seu lado. As câmeras, ironicamente contando com lentes fisheye, detectam as luzes LED dos robôs "vizinhos" e, com a ajuda de um novo algoritmo, calculam o local onde estão e para onde devem seguir, permitindo que cada um consiga agir de forma independente na hora de decidir os próximos movimentos, sejam eles a aproximação ou a dispersão. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Veja os Bluebots em ação:   Florian Berlinger, principal autor do estudo, conta que o cardume de peixes-robôs será útil em áreas que são inacessíveis e perigosas aos humanos. Com o algoritmo treinado, a missão da equipe de cientistas agora é desenvolver estruturas para que os robôs façam o monitoramento e a inspeção de corais e outras estruturas que ficam submersas.  Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que sabemos sobre a nova variante do coronavírus descoberta em Manaus Lançamentos do Disney+ na semana (15/01/2021) Astrônomos observam uma galáxia no fim de sua vida pela primeira vez Galaxy S21 oferecerá o Google Discover como opção nativa na tela inicial Emissões regulares de energia atribuídas a supernova podem ser de buraco negro Veja Mais

Com mais de mil mortes em 24h, óbitos por covid no Brasil passam de 208 mil

Valor Econômico - Finanças O Brasil registrou 1.131 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde. Com isso, o total de óbitos provocados pelo novo coronavírus atinge 208.291. A média móvel de novas mortes no Brasil na última semana foi de 964 por dia, uma elevação de 37% em relação aos dados registrados em 14 dias, apontam os dados coletados pela imprensa. Os casos confirmados somam 8.394.253, sendo 68.138 diagnósticos contabilizados nas últimas 24 horas, de acordo com o balanço fechado às 20h. A média de novos casos nos últimos sete dias é de 54.048 por dia, uma alta de 51% em relação aos casos registrados em 14 dias. Os dados divulgados pelo consórcio de imprensa foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar de forma colaborativa desde o dia 8 de junho para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal. Ministério da Saúde O boletim do Ministério da Saúde desta sexta-feira com os dados sobre a evolução da covid-19 aponta o registro de 1.151 mortes pela doença nas últimas 24 horas. O total de óbitos pela doença subiu para 208.246 no país. O boletim fechado às 18 horas informa ainda que o Brasil registrou 69.198 novos casos de covid-19 no mesmo intervalo. Com isso, o total de diagnósticos confirmados nas estatísticas oficiais sobe para 8.393.492. São Paulo é o Estado com mais mortes (49.600) e casos confirmados (1.605.845) de covid-19. Minas Gerais é o segundo Estado com mais casos (628.966) e o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos (27.591). Veja Mais

Netflix divulga trailer de novo filme interativo com Bear Grylls

Netflix divulga trailer de novo filme interativo com Bear Grylls

Tecmundo A Netflix divulgou o trailer de Você Radical — Safári (Animals on the Loose: A You Vs. Wild Movie, no original), filme interativo de sobrevivência derivado das aventuras de Bear Grylls (dublado por Wendel Bezerra) em lugares hostis no planeta. A produção é resultado de um acordo entre ele e o serviço de streaming, para a elaboração de dois projetos especiais baseados na escolha do público para o desenvolvimento da história.O longa seguirá os moldes da série Você Radical, composta por oito episódios e lançada em 2019. No novo desafio, Grylls investigará uma misteriosa brecha na cerca de um santuário de animais selvagens, na África do Sul. Os espectadores deverão guiá-lo para superar as adversidades ao longo de três missões: resgatar um babuíno; rastrear um leão; e arrumar a cerca antes que mais animais saiam do local.Leia mais... Veja Mais

Senador Eduardo Braga pede que Bolsonaro decrete intervenção federal no Amazonas

Valor Econômico - Finanças “Estamos nos aproximando de cenário pior do que aquele observado em meados de maio” Líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM) enviou um ofício ao presidente Jair Bolsonaro pedindo que ele decrete e execute a intervenção federal no Estado do Amazonas, que enfrenta um cenário caótico no combate à covid-19, com hospitais e postos de saúde superlotados e sem cilindros de oxigênio para atendimento na capital Manaus. “Tal instrumento deve ser utilizado tão somente quando existem situações de tal monta que o aparato institucional existente não tem condições de responder. Nesse sentido, cabe a Vossa Excelência decretar a intervenção, especificando a amplitude, o prazo e as condições de execução e, ainda, nomear o interventor, se for o caso”, apontou Braga. Eduardo Braga Ruy Baron/Valor - 11/8/2015 O Estado é governado por Wilson Lima (PSC), adversário político do senador. “A escolha do interventor deve recair, exclusivamente, em pessoa de confiança de Vossa Excelência, não cabendo ao Congresso Nacional fazer avaliação a respeito do indicado”, continuou o senador na mensagem encaminhada a Bolsonaro. “Estamos nos aproximando de cenário pior do que aquele observado em meados de maio de 2020, em que as notícias alarmantes sobre a saúde pública do Amazonas eram disseminadas em todo o país. Entretanto, ponderamos que o atual quadro requer medidas diferenciadas, para que dessa vez resultados diferentes sejam alcançados”, apontou Braga, que comparou o caso com o descontrole na segurança pública no Rio em 2018. Initial plugin text “Trata-se de situação que exige ação imediata do Governo Federal, guardando semelhança com o quadro de ineficiência do Estado do Rio de Janeiro no combate ao crime e à violência, o que ensejou a intervenção federal naquele Estado”. A situação no Amazonas tem mobilizado parlamentares, com vários defendendo que o Congresso retorne mais cedo do recesso parlamentar (que vai até fevereiro) para votar medidas de auxílio aos Estados por conta da pandemia. Candidata à presidência do Senado, Simone Tebet (MDB-MS) defendeu a medida nas redes sociais nesta sexta-feira. “Começou por Manaus e pode chegar a outras capitais, como aconteceu na primeira onda da covid-19. É preciso o retorno imediato do trabalho presencial do Congresso Nacional”. Initial plugin text Veja Mais

WhatsApp é processado na Índia por sua nova política de privacidade

WhatsApp é processado na Índia por sua nova política de privacidade

Tecmundo Além de manifestações negativas e revoltadas contra suas novas políticas de privacidade em todas as mídias sociais, e até um princípio de êxodo para outros aplicativos, o WhatsApp deverá enfrentar outro desafio, dessa vez nos tribunais da Índia, segundo informações publicadas nesta quinta-feira (14) pela agência britânica Reuters.Na petição inicial de um processo, proposto a um tribunal indiano na quinta-feira (14), são apresentados como argumentos contra os atos unilaterais do mensageiro de propriedade do Facebook: a vigilância do usuário e uma ameaça à segurança nacional da Índia, por sinal, um dos maiores mercados do aplicativo.Leia mais... Veja Mais

Bolsonaro rebate Doria e diz que está impedido pelo STF de agir em Manaus

Valor Econômico - Finanças O presidente Jair Bolsonaro rebateu nesta sexta-feira críticas feitas a ele pelo governador João Doria, que o chamou de facínora e o responsabilizou pelo caos da Saúde em Manaus. Em entrevista ao programa Brasil Urgente, da Band, Bolsonaro também questionou a "moral" que Doria e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teriam para pedir o seu impeachment. "Só Deus me tira daqui, não existe nada de concreto contra mim. Na mão grande não vão me tirar", afirmou. "Qual moral têm João Doria e Rodrigo Maia de falar em impeachment, se eu fui impedido pelo STF de tomar qualquer medida contra o coronavírus?" Por diversas vezes, Bolsonaro repetiu na entrevista a informação falsa de que o Supremo Tribunal Federal o impediu de agir para conter a pandemia. Na realidade, a decisão proferida no ano passado pelo Supremo determina que governadores e prefeitos têm autonomia para fazer seus planos de combate ao coronavírus, com medidas como o fechamento do comércio. O STF, porém, entendeu que o governo federal também pode adotar medidas de abrangência nacional. Essas medidas, porém, não poderiam interferir em ações locais, como quarentenas determinadas por prefeituras ou governos estaduais. Veja Mais

Bloodstained: Ritual of the Night recebe modo clássico

Bloodstained: Ritual of the Night recebe modo clássico

Tecmundo Uma das promessas feitas no lançamento de Bloodstained: Ritual of the Night era a inclusão de um modo retrô. Levou um tempo, mas enfim os que compraram o jogo vão ter a chance de curti-lo numa pegada mais antiga.Como é possível ver no trailer abaixo, toda a ação do game vai lembrar (e muito) os primeiros títulos da série Castlevania, com direito a mostrador de energia contado com barrinhas, indicador de arma auxiliar no centro do display de informações, tempo para completar a fase e muitos outros detalhes.Leia mais... Veja Mais

Whindersson Nunes diz que mobilizou três aviões com ventiladores pulmonares para Manaus

G1 Pop & Arte De acordo com o humorista, o DJ Alok e a dupla Jorge & Mateus 'entraram pesado na doação'. Ele citou dificuldade de transportar cilindros e disse: 'Vamos em busca das possibilidades'. Whindersson é comediante, cantor e youtuber brasileiro. Nascido em Bom Jesus do Piauí Site Whindersson Nunes/Reprodução Whindersson Nunes disse nesta sexta-feira (15) que mobilizou três aviões pulmonares e equipamentos hospitalares para Manaus. "Mobilizando 3 aviões para levar equipamentos hospitalares e 50 aparelhos BIPAP (ventilador pulmonar), já que não podemos transportar cilindros. Indo primeiro aos hospitais pequenos. Vai dar certo. Vamos em busca das possibilidades!", ele escreveu no Twitter. O humorista disse que o DJ Alok e a dupla Jorge & Mateus estão entre os que "entraram pesado nas doações". Mais tarde, ele mostrou equipamentos que estavam sendo doados. "60 concentradores de oxigênio pros hospitais do interior, 10 diretamente para o Instituto da Saúde da Criança no Amazonas", ele escreveu. Initial plugin text O humorista já tinha convocado Gusttavo Lima e outros artistas para uma campanha para viabilizar oxigênio para Manaus. O sistema de saúde amazonense entrou em colapso após as internações por Covid-19 no estado baterem recorde. Sobrecarregados, os hospitais ficaram sem oxigênios para pacientes. Médicos transportando cilindros nos próprios carros para levar ao hospital e familiares tentando comprar o insumo foram algumas das cenas registradas pelo G1 nesta quinta (14). Doentes começaram a ser levados para outros estados. Cemitérios estão lotados e instalaram câmaras frigoríficas. Artistas fazem campanha para doar cilindros de oxigênio a Manaus O humorista explicou que tem um "carinho especial por Manaus porque foi uma das primeiras cidades a me dar moral como artista, nunca me esqueço, me ajudou a ser o artista que sou hoje". "Muitas doações no pix pra materiais hospitalares, e temos um valor de 150 cilindros de 50L", afirmou Whindersson ainda na noite de quinta-feira (14). Initial plugin text O humorista contou que estava com um grupo de amigos no WhatsApp e que, com isso, conseguiu o auxílio de Tirulipa, Tatá Werneck, Simone (dupla de Simaria), Tierry, Marília Mendonça, Wesley Safadão e outros artistas. Ao ver o pedido de Whindersson, o autor Paulo Coelho também se comprometeu em ajudar. Initial plugin text "Ninguém comprou cilindros, os artistas estão se comprometendo publicamente a ajudar com o valor dos cilindros, se mobilizando pra ajudar de alguma forma", explicou o artista. Ele também pediu o auxílio do sertanejo Gusttavo Lima para ajudar na logística para levar os cilindros. Initial plugin text Initial plugin text "Estamos desenhando toda a logística e sábado estará chegando em Manaus 150 cilindros de oxigênio. Estou com todos vocês, manauaras", respondeu o sertanejo, manifestando seu apoio à campanha. Nesta quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que o governo não tinha transporte para mandar os cilindros por conta própria. Whindersson pediu também apoio das autoridades e afirmou que seu empresário já está em contato com a empresa White Martins, principal fornecedora de oxigênio do governo do Amazonas, para tentar viabilizar o andamento da campanha. 5 pontos sobre a Covid-19 no Amazonas Veja Mais