Meu Feed

No mais...

Onde estão as pérolas no mercado de fornecedores de tecnologia?

canaltech Por Omar Tabach* Normalmente, quando pensamos no mercado de tecnologia no Brasil, imediatamente vem à memória grandes nomes multinacionais, como Microsoft, IBM, Accenture, Capgemini, Atos, AWS e diversas outras. Mas, ao analisar com um pouco mais de atenção, hoje estamos diante de uma realidade muito diferente. Vou lhe mostrar. Como o CRM de vendas ajuda as empresas em tempos de crise? Da zona de conforto da inovação a novas tendências: o que muda para as empresas A pandemia da COVID-19 impulsionou maior urgência do mercado brasileiro para a transformação digital e isso acelerou também novas perspectivas e mudanças de consumo e oferta. Em parceria com a empresa global ISG, a TGT Consult tem acompanhado este avanço nos últimos 3 anos, por meio de levantamentos periódicos. E os dados não mentem: das mais de 700 empresas identificadas, 282 estão em boas condições competitivas e das 107 empresas consideradas líderes - que têm um portefólio de serviços diferenciado e uma posição de mercado expressiva - 42% são empresas genuinamente brasileiras. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Movimentos de consolidação como os que ocorreram nas duas décadas passadas criaram gigantes de serviços e abriram oportunidades de mercado para o surgimento e crescimento de várias empresas especializadas em serviços e produtos específicos de tecnologias. Algumas que valem ser citadas são as com foco em segurança cibernética, analytics, gestão de serviços em cloud, automação de teste e inteligência artificial. Como exemplo, é possível citar o movimento de deslocar a infraestrutura para serviços de nuvem. Se por um lado houve uma diminuição da demanda por provedores Data Centers locais, essa mudança abriu um oceano de oportunidades para gestores de cloud managed services e cloud híbridas. Há pouca ou nenhuma barreira de entrada nesse nicho, e aqueles que oferecem o serviço crescem rapidamente, com soluções de alta qualidade e de forma muito competitiva. Não é exagero dizer que 100% dos nossos clientes de consultoria estão em movimentos de migração para nuvem e vemos cada vez mais a escolha por empresas brasileiras para gerenciamento destes serviços. Apesar de o foco deste artigo não ser as grandes empresas, elas têm um papel importante na valorização do mercado de nicho. Grandes empresas globais aprenderam, talvez com a gigante de software ERP, da SAP, a utilizar um ecossistema de parceiros locais mais fortes, não apenas como forma de consolidar um canal de vendas, mas também para entregar soluções de forma mais eficiente e localizada. Neste movimento podemos citar: AWS, Google, Microsoft, ServiceNow, Salesforce, entre outras. Trata-se de um movimento cíclico, que faz com que as empresas de nicho cresçam tanto em mercado como em capacidade de inovação, e se tornem alvos de aquisição das gigantes multinacionais de TI. As grandes aquisições deram lugar aos compradores em série, não mais no atacado, mas agora no varejo, adquirindo pequenas e médias empresas com um apetite voraz. Não é à toa que, se entrarmos nas páginas de aquisições da Accenture, Atos ou Ernst & Young, por exemplo, veremos uma média de uma aquisição por trimestre. Comparando 2018, quando 15 empresas brasileiras foram citadas entre as líderes e 6 entre as Rising Stars - empresas que têm um “portefólio promissor” e um “alto potencial futuro” - com 2020, quando 42 empresas foram citadas entre as líderes e 16 entre as Rising Stars, constatamos aumento considerável que coloca o mercado tecnológico brasileiro lado a lado com grandes nomes internacionais. Com isso, é possível compreender que a lente deve estar nos detalhes e nos subsegmentos. É lá que estão as pérolas brasileiras que nossos clientes querem como fornecedores e que as grandes empresas vão almejar adquirir. *Omar Tabach é sócio-diretor da TGT Consult, empresa de consultoria que realiza estudos de mercado com a empresa global ISG no Brasil Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Lei do Arizona pode forçar Apple a permitir pagamentos a terceiros na App Store

canaltech Se fosse uma série, a novela a respeito da polêmica prática da Apple de não permitir que os desenvolvedores de softwares para iOS recebam microtransações sem passar pelo gateway da própria App Store já estaria na terceira temporada. E, para abrir a nova “season” com chave de ouro, temos um episódio um tanto especial: um projeto de lei do estado do Arizona (EUA) pode impedir que a companhia continue impondo essa limitação. Com Apple sob investigação, estudo defende a taxa de 30% na App Store Apple rejeita aplicativos com preços muito altos na App Store Agora ficou sério: Spotify, Tinder e outros criam ONG contra comissões da Apple A proposta se trata, na verdade, de uma emenda da Legislação Estadual do Arizona de 2005 e pretende “restringir a habilidade de certas plataformas de distribuição de aplicações digitais de requerer o uso de um sistema específico para pagamentos in-app”. Uma votação será aberta na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos — o primeiro passo no sistema judiciário dos EUA para que um projeto seja sancionado. “A legislação permitiria que os desenvolvedores web aceitem pagamentos por seus aplicativos sem passar pelas lojas de aplicativos da Apple ou do Google, ignorando os impostos sobre aplicativos e reduzindo o custo para os consumidores sem comprometer a segurança ou proteção de dados”, explicam os representantes Regina Cobb e Leo Biasiucci, responsáveis por criar o projeto de emenda. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- “Isso não se aplica apenas aos jogos. Quer músicas no seu telefone? Existe uma taxa de app para isso. Um software para ajudar a gerenciar seu negócio? Existe uma taxa de app para isso”, continuam. “Esse status quo está falindo os cidadãos de Arizona, nos forçando a pagar preços inflacionados. É o fracasso dos empresários, que estão sendo forçados a saltar obstáculos simplesmente para levar produtos aos seus clientes”. A proposta se aplica a qualquer empresa “cujos downloads em Arizona excedam a marca de 1 milhão” e também proíbe qualquer tipo de retaliação contra desenvolvedores que utilizarem seus próprios gateways de pagamentos. Embora o projeto seja específico do Arizona, caso entre em vigor, é bem provável que ele acabe reverberando em outros locais dos EUA e até mesmo no mundo inteiro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Investimento em segurança da informação se torna vantagem competitiva em 2021

canaltech Por Denis Riviello* e Carla Prado Manso** Os ataques cibernéticos passaram a ser alvos de preocupação e entraram de vez no radar da maioria das empresas brasileiras, principalmente após a explosão de casos registrados ao longo de 2020. Como exemplo, uma pesquisa da PwC com mais de 3.200 executivos e profissionais de TI de 44 países, incluindo o Brasil, aponta que 57% das companhias devem aumentar os investimentos em cibersegurança em 2021 em relação ao ano passado. De acordo com análise que realizamos na Compugraf, empresa referência em segurança da informação, os investimentos em proteção estão se tornando um diferencial competitivo no mundo corporativo neste ano. Pessoas: o problema ou a solução para a segurança da informação? O que é e como funciona: Segurança da Informação Desafios da segurança da informação no setor público Além do prejuízo financeiro, as empresas perdem valor competitivo frente aos concorrentes, sem contar a imagem negativa perante ao mercado. Uma companhia que deixa de cumprir a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) perde pontos em todos os sentidos, principalmente ao fechar negócios. Quase ninguém optará por ter relações comerciais com uma empresa não aderente à Lei de Privacidade. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- A consequência desse movimento também é por conta da LGPD, que entrará em vigor oficialmente em agosto e pode resultar em multas às empresas que não tratarem dos dados pessoais dos clientes. O descumprimento dela pode variar de 2% do faturamento bruto a R$ 50 milhões (por infração). Grande parte do empresariado ainda tem a visão de que investimento em segurança da informação é somente essencial para as organizações de grande porte ou relatam que é algo fora da realidade deles. Existem pontos simples que as empresas podem e devem seguir e que são essenciais em qualquer cenário, deixando-as seguras e livres de multas. Elas devem identificar e cuidar de forma crítica de quatro pontos cruciais: pessoas, processos, ferramentas e documentos. Preparação interna Além dos investimentos, outra preocupação é a conscientização da importância da LGPD e de um ambiente de trabalho seguro entre os colaboradores, visto que em muitos casos essa é a porta de entrada para os ataques cibernéticos nas empresas. Nesse caso, é preciso focar como a internet deve ser utilizada em cada setor, o que é permitido ou não. Feito isso, inicia-se o mapeamento de todos os dados que constam no sistema da companhia e também a definição da equipe responsável por cuidar da nova área de cibersegurança. O executivo argumenta ainda que quanto mais dependente do ambiente virtual e da tecnologia é um negócio, mais importante é manter os dados protegidos, uma vez que as empresas passaram a considerar a segurança da informação como um critério primordial para estabelecer novas parcerias comerciais. As organizações que incluem esse investimento como prioridade já estão sentindo impacto positivo nos processos internos, com os clientes e também com os fornecedores. *Denis Riviello é Head de Cibersegurança da Compugraf e especialista de segurança com mais de 20 anos de experiência em concepção e estruturação personalizada de áreas responsáveis por segurança da informação de grandes empresas **Carla Prado Manso é DPO e Advogada responsável pela área jurídica da Compugraf, formada em direito pela Universidade Paulista e advogada certificada pela OneTrust - Privacy Management Professional Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Conselheiro da Petrobras não crê em renúncia coletiva do colegiado

Valor Econômico - Finanças "O mais fácil era todo mundo pedir demissão em protesto, mas eu acho que não será isso que será feito, porque as pessoas são responsáveis", disse Marcelo Mesquita, eleito pelos acionistas minoritários Marcelo Mesquita, membro do conselho de administração da Petrobras, disse que não acredita numa renúncia coletiva do colegiado, em protesto à interferência do presidente Jair Bolsonaro na troca do comando da estatal. "O mais fácil era todo mundo pedir demissão em protesto, mas eu acho que não será isso que será feito, porque as pessoas são responsáveis. As pessoas vão esperar a chegada do general [Joaquim] Silva e Luna [indicado para substituir Roberto Castello Branco na presidência da estatal]. Agora, acho muito difícil resistir ao nome que o presidente indica, mas podemos, sem dúvida, fazer com que ele ande na linha como ele tem que andar", afirmou Mesquita, em entrevista à emissora GloboNews. Questionado sobre a possibilidade de o governo forçar a troca do conselho, caso os membros do colegiado votem contra a União na destituição de Castello Branco e eleição de Silva e Luna, Mesquita disse que o episódio poderá gerar repercussões grandes para o futuro do próprio governo de Bolsonaro. “Aí vamos ter uma confusão danada. Vai escalar a confusão. Tenho a impressão de que o presidente Bolsonaro não quer colocar fogo no barco, quer conduzir o país para a riqueza, para a calma, para o desenvolvimento. Quero crer que ele não quer colocar fogo no sistema econômico, botar fogo no próprio governo dele. Porque a Petrobras é muito grande, pode ser o estopim do fim do governo dele como foram as pedaladas [fiscais] da Dilma [Rousseff]... É o início desse flerte. Quero crer que as coisas vão se acalmar”, afirmou o conselheiro, eleito pelos acionistas minoritários. Veja Mais

Lucro da Assaí cresce 60% no 4° trimestre

Valor Econômico - Finanças Entre janeiro e dezembro, o lucro da atacadista cresceu 25%, para pouco mais de R$ 1 bilhão O Assaí Atacadista registrou lucro líquido de R$ 299 milhões no quarto trimestre do ano passado, o que representa alta de 59,9% em relação ao mesmo período de 2019. Entre janeiro e dezembro, o lucro da companhia cresceu 25%, para pouco mais de R$ 1 bilhão. A receita líquida avançou 33,4% no comparativo anual, para R$ 10,69 bilhões no quarto trimestre, enquanto que no acumulado do ano a receita líquida somou R$ 35,95 bilhões, alta de 29,3%. De acordo com a companhia, os números foram impulsionados “pelo ritmo intenso e assertivo da expansão orgânica”, no patamar de 13%, além da alta de 20% nas vendas nas mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês). A margem bruta da companhia se manteve estável em 17,1% nos trimestres. Já no acumulado de 2020 o indicador recuou 0,1 ponto percentual, para 16,4%. O Assaí afirma que o indicador reflete a maturação das lojas novas e nível de competitividade adequado, “mesmo com forte crescimento no período”. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi de R$ 771 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, 21,8% de alta em relação ao mesmo trimestre de 2019. Alta foi de 26,9% no comparativo anual, para R$ 2,45 bilhões ao final de 2020. A margem Ebitda, porém, recuou 0,7 pontos percentuais entre os trimestres, para 7,2%. Entre janeiro e dezembro o indicador foi de 6,8%, ante 7% em 2019. A geração de caixa operacional foi de R$ 2,1 bilhões no ano passado, impulsionada pelo crescimento de vendas e maturação das lojas novas, de acordo com o Assaí. O nível de alavancagem, medido pela razão entre dívida líquida e Ebitda ajustado, ficou em -1,76 vezes ao final de 2020, enquanto ao fim de 2019 o indicador era de -3,77 vezes. A companhia destaca que suas ações serão negociadas no Novo Mercado da B3 e na bolsa de Nova York, por meio de ADS, a partir de 1º de março. Veja Mais

Reino Unido se prepara para sair do lockdown com queda de 81% nos casos de Covid

O Tempo - Mundo A partir de 8 de março, as escolas devem reabrir no país e, no final do próximo mês, encontros entre amigos e familiares serão permitidos Veja Mais

Como funciona o bot do Twitter que publica vagas de emprego na área de TI

canaltech Visto como o futuro (ou o presente) do atendimento e de outros processos dentro das empresas, os robôs (popularmente conhecidos como bots) já conseguem quebrar alguns galhos e vem ganhando corpo junto aos usuários. Um levantamento recente feito pelo Grupo Sercom / Instituto de pesquisas Qualibest aponta que o chat e o WhatsApp são os canais preferidos pelos consumidores quando eles precisam contatar os serviços de atendimento (SAC) das empresas. O chat é o meio preferido dos consumidores, com 51% das preferências, seguido pelo WhatsApp, com 49%. O e-mail leva a "medalha de bronze", na terceira colocação (47%), com o telefone perdendo cada vez mais força, com 43%, ficando na quarta colocação. Só que, em meio a essa evolução, há um gap: quando questionados se já tiveram uma necessidade solucionada por um robô, 57% dos entrevistados da pesquisa do Grupo Sercom afirmam que não. Já 39% dizem que sim e 5% dizem que nunca foram atendidos por um robô. Além disso, 65% revelam que o bot não entendeu a solicitação e que foi preciso a transferência para um atendente humano, enquanto 35% dizem que o robô entendeu a demanda. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Ou seja, ainda há um longo caminho para que os bots sejam considerados, de fato, eficientes. Mas, felizmente, há exceções, que podemos chamar de "robôs do bem". E um deles atende pelo simpático nome de Vi Uma Vaga. Trata-se de um bot do Twitter, que divulga, diariamente, vagas de emprego na área de Tecnologia e outras relacionadas, como Marketing Digital, UX, Produto, Inteligência Artificial, entre outros. Criado pelo desenvolvedor Vinícius Lourenço, o perfil já conta com mais de 3.800 seguidores no Twitter até a publicação desta matéria. E ele tem planos de expandir o bot com novas funcionalidades. Em uma entrevista para o Canaltech, Lourenço fala como o bot funciona e que novos recursos ele pode trazer no futuro. Vinícius Lourenço, criador do bot "Vi Uma Vaga" (Imagem: Arquivo Pessoal / Linkedin) Confira como foi o papo: Canaltech - De forma geral, como funciona o bot do Eu Vi Uma Vaga? Vinícius Lourenço: O bot funciona com um algoritmo que fica "escutando" a busca da menção"@viumavaga" utilizando os recursos de API que o Twitter fornece. Quando detecta, são executados os comandos programados. Dentre alguns filtros, atualmente é realizado o retuíte da vaga/job marcando quem viu e quem postou. CT - Quantas vagas o bot vem divulgando diariamente? Você já soube de pessoas contratadas a partir de vagas visualizadas no perfil? V.L.: Isto depende: há dias que são 7, 10 e até 20 exibições. Eu colocaria aí uma média de 10 vagas diárias, tanto que depois que as pessoas começaram a conhecer o bot, não me lembro de ter passado um dia sequer sem pelo menos uma vaga. Todo dia há anúncios. Sobre pessoas contratadas: sei de várias que fizeram entrevistas, e uma que foi contratada. Fiquei sabendo disso em janeiro, depois que postei perguntando. As pessoas não falam, mas eu costumo perguntar, tweetando sobre isso. Mas pretendo criar alguma interação que faça com que as pessoas falem, marquem o perfil, ou algo do tipo, para podermos celebrar juntos com esse pessoal. O mérito de quem consegue a vaga é inteiramente da pessoa, mas saber que tive uma pequena participação positiva neste processo e, consequentemente, na vida de alguém, é algo que me deixa muito feliz e realizado. Neste processo fiz amizade com diversos recrutadores e, para alguns, pedi que, se for possível, perguntassem se os candidatos vieram pelo bot. Creio que daqui em diante terei mais informações sobre isso. CT - Você planeja algum tipo de monetização a partir do bot? Ou, dependendo do sucesso dele, há planos de criar algum produto que gere receita nesse setor? V.L.: Ele surgiu de uma ideia de ferramenta que eu já vinha pensando desde 2018, fruto de ver muitas vagas diariamente nas redes sociais e querer juntar isso de maneira fácil. E o bot foi e está sendo um teste que, felizmente, tem se demonstrado bem aceito e bastante utilizado. A proposta também é para deixar em evidência que dá para usar as APIs de redes sociais para fazer muita coisa útil, inclusive desmistificar o termo "bot" só para coisas ruins, ainda mais no Twitter. O bot, atualmente, é um projeto paralelo que tenho tocado no meu tempo livre, existem sim planos de monetizá-lo. Desta maneira consigo dedicar ainda mais tempo e recursos. Pretendo ter uma extensão dele fora do Twitter, sempre visando uma maneira fácil para as pessoas compartilharem as vagas que veem por ai. CT - Como funciona a newsletter do Vi Uma Vaga? V.L.: É a curadoria das vagas da semana, basicamente coleto tudo que foi postado e envio por e-mail aos sábados (Nota da redação: clique aqui para assinar a newsletter) CT - Você planeja - ou há formas - de aperfeiçoar o bot nos próximos meses? Há maneiras de inserir novos recursos nele? V.L.: Sim, há como fazer muita coisa. Basta programar as funcionalidades no script e também ver o que está de acordo com as possibilidades da API do Twitter. Tenho diversas ideias, quero testar aos poucos, como, por exemplo, alguns comandos ao marcar a vaga, tais como palavras-chave da oportunidade, e também um filtro que capture as informações para quando não marcarem com comandos ou não for muito utilizado. CT - Há planos para expandir o uso do bot para divulgar vagas em outras áreas? Ou você prefere ficar mais restrito a TI e setores relacionados? V.L.: Por enquanto, a ideia é ficar no raio da área de TI, justamente por ser uma das áreas que as pessoas usam ativamente as redes sociais para publicação de vagas. Mas penso em fazer um teste, sim, com outras áreas, uma vez que o perfil atrai muitos recrutadores. Sendo assim, poderia informá-los e estimulá-los a usar o bot para outros setores. CT - Você já recebeu algum contato de empresas interessadas em divulgar suas vagas por meio do bot? V.L.: Ainda não. Mas, por enquanto, também não fui atrás. Vou aguardar um pouco para, quem sabe, ter essa iniciativa. Mas, quem quiser entrar em contato, estou aberto para discutir parcerias. CT - Na sua visão, qual a vantagem do uso de bots se compararmos, por exemplo, a redes sociais ou sites de empregos? É possível usar seu bot também em outras redes sociais? V.L.: Dado que boa parte das pessoas gasta um tempo considerável de seu dia-a-dia em redes sociais, é uma boa ter esse tipo de informação por lá, sem ter que sair para ir para outro site, por exemplo. Mas uma coisa não exclui a outra, penso que elas se complementam. Inclusive, tenho a ideia de ter um site por trás di "Vi Uma Vaga", com mais informações e/ou serviços específicos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo

canaltech Se tivéssemos um telescópio capaz de mostrar quaisquer objetos do universo, independentemente de quão distantes eles estão, quantos corpos poderíamos ver? Talvez todo o campo de visão ficaria preenchido e ainda não poderíamos contabilizar todas as coisas que estão lá fora, no cosmos. Até mesmo os mais misteriosos de todos, os buracos negros, se revelariam por toda a parte. Pode parecer exagero, mas uma imagem publicada nesta segunda-feira (22) mostra quase isso. Cadê? Buraco negro com 10 bilhões de massas solares está desaparecido Novas medidas deste buraco negro podem levar astrônomos a repensar sua origem 10 respostas para perguntas que você pode ter sobre buracos negros Embora buracos negros sejam invisíveis — a luz não pode escapar do horizonte de eventos e, portanto, não viaja até nós para revelar o objeto com o qual ela interagiu —, existem algumas formas de detectá-los. Uma delas é através dos sinais de rádio vindos do espaço. É que quando a matéria vizinha se aproxima de um buraco negro, ela forma discos de acreção ao redor do horizonte de eventos. Esses discos giram ao redor da singularidade (o pequeno coração do buraco negro) e fica super aquecido. Assim, essa matéria emite sinais de rádio. Essas emissões podem ser discretas ou incrivelmente intensas. Os astrônomos chamam isso de “fontes de rádio”, ao menos enquanto eles não estiverem certeza de que se trata de um buraco negro, já que existem outros tipos de emissores de rádio. Mas no caso do centro de uma galáxia, quando isso acontece é quase certo que se trata de um buraco negro supermassivo. Esses colossos invisíveis estão presentes na região central de cada galáxia, e quando estão ativos, isto é, consumindo matéria e emitindo radiação, são chamados de quasares. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Pois bem, se existe um buraco negro supermassivo para cada galáxia, são bilhões deles. Muitos são ativos e emitem sinais de rádio extremamente poderosos. Se pudéssemos vê-los no céu noturno, ou melhor, ver seus discos de matéria super aquecida, brilhando nos centros de suas galáxias, quantos seriam? É isso o que o mapa publicado na Astronomy & Astrophysics tenta responder. A imagem foi gerada através de uma rede de radiotelescópios chamada Low-Frequency Array, ou simplesmente LOFAR, espalhadas em vários países da Europa através de 52 matrizes. Cada ponto é um buraco negro supermassivo (Imagem: Reprodução/LOFAR/LOL Survey) A equipe internacional, liderada por Francesco de Gasperin, sinterizou um conjunto tão impressionante quanto inédito desses sinais de rádio emitidos por buracos negros supermassivos. “Este é o resultado de muitos anos de trabalho em dados incrivelmente difíceis”, conta Gasperin. “Tivemos que inventar novos métodos para converter os sinais de rádio em imagens do céu”, disse ele. O resultado é a imagem acima. Para entender melhor o que estamos vendo nessa imagem, a primeira coisa é saber que esses pontos brancos não são estrelas, tampouco galáxias. São buracos negros. Mais impressionante ainda é o fato de que este mapa cobre apenas 2% do céu total! Para produzir este mapa, a equipe precisou combinar os dados de 256 horas de observações do céu do hemisfério norte. Eles também usaram supercomputadores com novos algoritmos que corrigem a distorção que a ionosfera do planeta Terra causa nos sinais de rádio quando eles chegam em nosso planeta. A pesquisa continuará, até que todo o hemisfério norte seja mapeado, e a equipe espera que até lá hajam mais de 600 mil buracos negros supermassivos identificáveis. A imagem abaixo mostra o que já foi mapeado e o que ainda falta. O espaço observado pelos radiotelescópios corresponde apenas aos pontos amarelos. (Imagem: Reprodução/Francesco de Gasperin) No final de 2022, a equipe do LOFAR espera já ter observado as regiões representadas pelos pontos vermelhos e, em algum momento, o levantamento de todo o hemisfério norte estará completo. A pesquisa fornecerá também ajudará a entender melhor como nossa própria atmosfera interfere nos dados obtidos pelos telescópios, o que pode levar a novos avanços na astronomia. Outro benefício é que os dados do LOFAR — que obtém sinais de rádio em frequência ultrabaixa em alta resolução — poderão impactar os modelos físicos para galáxias e núcleos ativos, além de aglomerados de galáxias e outros campos de pesquisa, de acordo com os pesquisadores. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Segredos de engenharia e tecnologia do helicóptero Ingenuity, que está em Marte Veja Mais

A Voz do Brasil - 22/02/21

A Voz do Brasil - 22/02/21

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeputados/ https://www.tiktok.com/@camaradosdeputados? https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

CT News - 22/02/2021 (Netflix lança download automático de conteúdos)

canaltech No CTN de hoje: Netflix lança download automático de conteúdos baseados no gosto do usuário; Apple Car | Maçã teria encomendado sensores de direção autônoma;Companhia aérea da Itapemirim recebe seu 1º avião e começa a operar em março e mais. Ouça ao podcast. Veja Mais

Como aumentar a sua privacidade no Telegram

canaltech O Telegram (Android | iOS | web) é um aplicativo de mensagens instantâneas mais conhecido por ser focado em privacidade e segurança. Além disso, ele possui diversos recursos para que servem de inspiração para o WhatsApp, como o surgimento de stickers, por exemplo. Como usar a versão para a web do Telegram Como baixar e usar o Telegram Telegram: como ativar e usar o recurso de pessoas próximas As mensagens do Telegram são guardadas em nuvens próprias, ao contrário do WhatsApp que para que o usuário salve seu histórico de conversas e arquivos, faz uso do iCloud ou do Google Drive, ou seja, se o usuário não tiver a preocupação em fazer backup de seus arquivos, se apagados, não é possível mais accessá-los. Saiba como aumentar a privacidade e segurança do seu Telegram. Como restringir quem tem acesso ao seu contato do Telegram No Telegram é possível configurar para que o usuário seja apenas encontrado pela sua lista de contatos. Confira abaixo como configurar esta opção: -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Passo 1: abra o menu principal do Telegram e selecione a opção "Configurações"; Selecione as Configurações do app (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 2: em seguida, opte por "Privacidade e Segurança" e toque em "Número de Telefone"; Em Privacidade e Segurança, toque em número de telefone (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 3: dentro de "Número de Telefone" existem três opções que vão garantir, ou não, a máxima privacidade no Telegram, podendo ter acesso a seu telefone todos os usuários do aplicativo, apenas os seus contato ou ainda, ninguém. Selecione a opção desejada. Selecione quem pode ver o seu contato (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Como usar os chats secretos do Telegram Uma das funções mais conhecidas do Telegram são os chats secretos, que possuem criptografia de ponta a ponta, onde é possível permitir excluir mensagens ou arquivos quando quiser, inclusive dados já enviados, programar mensagens para se autodestruírem e avisar quando forem feitas capturas de tela da conversa, além do aplicativo não armazenar absolutamente nada na nuvem. Passo 1: Na tela inicial, clique no ícone para criar uma mensagem; Toque no ícone de criar mensagem (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 2: escolha "Novo Chat Secreto"; Toque na opção para criar chat secreto (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 3: selecione os contatos com quem quer conversar no chat. Adicione os contatos ao seu chat secreto (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Como deslogar sua conta do Telegram de outro dispositivo Muitas pessoas utilizam aplicativos de mensagem tanto no celular, quanto no PC. Acha que esqueceu aberto em algum dispositivo web? Para deslogar é bem simples. Passo 1: comece por abrir o menu principal do Telegram e selecione a opção "Configurações"; Toque em Configurações (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 2: toque em "Privacidade e segurança" e depois em "Sessões Ativas"; Selecione as sessões ativas (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 3: Aqui, e ao escolherem "Sessões Ativas", vão ver a lista de sessões abertas, devendo escolher as que querem fechar. Encerre as sessões ativas em outros dispositivos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Pronto! Agora você já conhece alguns recursos para aumentar sua privacidade dentro do Telegram! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Chevrolet Bolt ganhará update de software para evitar incêndios

Chevrolet Bolt ganhará update de software para evitar incêndios

Tecmundo Em busca de soluções para os incêndios provocados pela bateria do elétrico Bolt, a Chevrolet anunciou na última quinta-feira (18) que vai realizar um recall do modelo em abril, com o objetivo de atualizar o software para uma versão capaz de identificar o problema antes dele ocorrer.Conforme a montadora, uma equipe de engenheiros fez “progressos substanciais” na identificação da causa dos incêndios na bateria do carro elétrico e definiu soluções potenciais para a falha. No entanto, a companhia não revelou qual seria o causador do problema.Leia mais... Veja Mais

Veja o que pode ser votado pelo Plenário essa semana - 22/02/21

Veja o que pode ser votado pelo Plenário  essa semana - 22/02/21

Câmana dos Deputados Na pauta do Plenário dessa semana estão uma medida provisória que facilita a compra de vacinas contra a Covid-19, um projeto que propõe ações emergenciais para o setor de eventos e outro que estabelece penas para juiz, advogado, promotor ou qualquer autoridade que desrespeitar testemunha, vítima ou réu durante um processo judicial. Estas são apenas algumas das matérias previstas. Confira na agenda do Plenário. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeputados/ https://www.tiktok.com/@camaradosdeputados? https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #Plenário Veja Mais

Justiça confirma 251 anos de prisão para ex-diretor da Assembleia do Paraná

O Tempo - Política Bibinho, responde pelos crimes de organização criminosa, desvio e lavagem de dinheiro; esquema resultou em um desvio de mais de R$ 216 milhões Veja Mais

The Walking Dead: episódio focado em Negan o mostrará antes do apocalipse

The Walking Dead: episódio focado em Negan o mostrará antes do apocalipse

Tecmundo The Walking Dead está voltando! E a showrunner da série, Angela Kang, contou um pouco mais sobre o último episódio extra da 10ª temporada, “Here’s Negan” (em tradução livre, “Aqui está Negan”), o primeiro a contar um pouco mais da origem do personagem.Negan (Jeffrey Dean Morgan) embarca em uma jornada com Carol (Melissa McBride) para tentar aliviar um pouco as tensões entre ele e Megan (Lauren Cohan). Durante o percurso, o personagem irá refletir sobre o passado e futuro, com flashbacks de sua vida antes do apocalipse até se tornar o líder dos Salvadores. Leia mais... Veja Mais

Presidente do Uruguai diz que vai se imunizar com a 'vacina que houver'

O Tempo - Mundo Luis Lacalle Pou, se pronunciou nesta segunda-feira (22) sobre a imunização contra a Covid-19 em seu país Veja Mais

Gaslit: nova série do Starz terá Julia Roberts e Sean Penn no elenco

Gaslit: nova série do Starz terá Julia Roberts e Sean Penn no elenco

Tecmundo O Starz anunciou nesta segunda-feira (22) o lançamento da série Gaslit, protagonizada por Julia Roberts e Sean Penn. Dirigida por Matt Ross, o seriado começa a ser produzido ainda neste primeiro semestre pela UCP, divisão da Universal Studio Group. Até o momento, a série ainda não tem data de lançamento.A série antológica acompanha Martha Mitchell, personagem interpretada por Julia Roberts. A socialite vive no Arkansas e é esposa de John Mitchell (Sean Penn), o Procurador Geral do presidente Nixon.Leia mais... Veja Mais

Decreto de Bolsonaro obriga postos a mostrar composição dos preços dos combustíveis

Valor Econômico - Finanças O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta segunda-feira um decreto que obriga os postos de combustíveis a informar a composição do preço final do produto ao consumidor. A medida, que será publicada no Diário Oficial de terça, ocorre no dia em que as ações da Petrobras desabaram 21,51% na Bovespa por conta da intervenção de Bolsonaro no comando da companhia. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Empresa de serviços integrados GPS Participações protocola pedido de IPO na CVM

Valor Econômico - Finanças A GPS Participações e Empreendimentos protocolou pedido de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários. A empresa, que opera desde 1965 é líder e maior player nacional do setor de prestação de serviços integrados, que incluem soluções de facilities, segurança, logística indoor, serviços de engenharia e manutenção industrial a mais de 2.700 clientes em 21 estados. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Cogna: Somos Sistemas pagará R$ 580 milhões por aquisição da Editora Eleva

Valor Econômico - Finanças O valor da aquisição será pago em parcelas ao longo de cinco anos atualizadas pela variação do CDI A Cogna informou na noite desta segunda-feira (22) que a Somos Sistemas de Ensino, que faz parte do conglomerado da ex-Kroton, pagará R$ 580 milhões pela aquisição da totalidade de ações da Editora Eleva, que terá direitos e ativos relacionados aos sistemas de ensino de educação básica comercializados. O contrato de compra e venda foi assinado hoje pelas empresas De acordo com a Cogna o valor corresponde a um múltiplo de lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) de 16,6 vezes em relação ao ano de 2020, “que estará sujeito a ajustes de acordo com a receita a ser apurada pela Editora Eleva em 2021 e 2022”. O valor da aquisição será pago em parcelas ao longo de cinco anos atualizadas pela variação do CDI. A conclusão da transação está sujeita à aprovação prévia do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) A Eleva planeja uma abertura de capital nos próximos meses e quer apresentar uma companhia mais robusta e a Vasta, controlada da Somos, vem sendo cobrada pelo mercado para realizar uma aquisição relevante na área de educação básica, após seu IPO. Veja Mais

Megavazamento: tire suas dúvidas e saiba como proteger seus dados

G1 Economia Programa com especialistas mostrou o que se sabe sobre a exposição de dados e como se prevenir de golpes na internet. Megavazamento: tire suas dúvidas e saiba como proteger seus dados Programa com especialistas mostrou o que se sabe sobre a exposição de dados e como se prevenir de golpes na internet. Mais de 223 milhões de números de CPFs, além de outros dados, foram expostos.. O que se sabe e o que ainda falta saber sobre o vazamento de informações.. Como checar se seus dados foram usados para abrir conta ou pedir empréstimo.. Saiba como evitar o saque indevido do FGTS.. Altieres Rohr, especialista em segurança digital, e Danilo Doneda, advogado, foram os entrevistados. Veja Mais

Brasileira Dayane Mello se declara bissexual ao vivo no 'Big Brother' italiano

G1 Pop & Arte Modelo brasileira é finalista do 'Grande Fratello VIP', que está na última semana. Ela disse que se apaixonou por outra participante, Rosalinda, e por outra mulher antes. Dayane Mello no 'Grande Fratello VIP' Reprodução/Instagram/dayanemelloreal Dayane Mello, brasileira que participa da versão italiana do "Big Brother" com famosos, o "Grande Fratello VIP", se declarou bissexual e disse que estava apaixonada por uma colega do reality, Rosalinda, nesta segunda-feira (22). Ela disse que "amor é sempre amor" e contou que já havia se apaixonado por outra mulher antes do programa, mas que a relação não aconteceu pois elas tiveram medo. A modelo brasileira virou finalista após uma votação com o público para escolher quem iria direto à final. Ela concorria com outros três colegas de reality show. O programa está em sua última seman. Initial plugin text "Quero dedicar esta final à minha filha e a você, Alfonso", afirmou a modelo ao apresentador do programa, Alfonso Signorini. Dayane conquistou o apoio da torcida brasileira após ser alvo de comentários misóginos e xenofóbicos. "São mensagem de gente do Brasil, de Portugal, da Argentina, do mundo todo. Pessoas que se identificaram com o que passamos, que viveram a mesma situação'", disse ao G1 o irmão dela, Juliano Mello. Ao longo da edição, ela foi indicada a 11 paredões. Veja Mais

Spotify testa novo visual para a aba “Sua Biblioteca”; veja o que muda

canaltech Líder no segmento de plataformas de streaming de áudio, o Spotify anunciou uma série de novidades durante o evento Stream On realizado nesta segunda-feira (22) — uma delas foi a confirmação de que teremos o tão aguardado Spotify HiFi até o fim deste ano. Porém, ao que tudo indica, a companhia também está trabalhando em outros aperfeiçoamentos para o seu aplicativo sem necessariamente espalhá-los para conhecimento público. Alta fidelidade! Spotify HiFi chega no fim de 2021 Spotify prepara reprodução de arquivos de música armazenados no celular Spotify, Rdio e Deezer: conheça os três serviços de música no Brasil O pessoal do Android Police percebeu que alguns usuários do serviço estão recebendo uma versão redesenhada do menu “Sua Biblioteca”, que agrupa listas de reprodução, podcasts seguidos e músicas e álbuns curtidos. O novo visual é um tanto radical e mistura todos esses conteúdos em uma só lista, ordenando-os de acordo com a ordem na qual foram reproduzidos por último (não importando se é uma playlist ou um disco, por exemplo). Imagem: Reprodução/Android Police E para encontrar algo em específico? Bom, você pode usar o campo de pesquisa ou os filtros disponibilizados na forma de tags para exibir apenas o tipo de material que deseja buscar. Aliás, o botão para criar uma nova lista de reprodução foi realocado para o canto superior direito da tela, assumindo o símbolo “+” — até então, ele tinha um destaque bem maior, ficando no topo de sua biblioteca. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- É difícil dizer se tal interface é apenas um teste aleatório que está sendo efetuado com alguns internautas ou se trata-se de fato de uma atualização que chegará, aos poucos, para todo mundo. De qualquer forma, o redesign surgiu na compilação v8.6.2.774 do aplicativo para Android, então vale a pena chegar se o seu app está devidamente atualizado para descobrir se você não tirou a sorte grande. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Barack Obama e Bruce Springsteen formam parceria em novo podcast

G1 Pop & Arte Eles vão discutir desde a paternidade e o casamento até questões de raça e a atual situação do país. O presidente dos EUA, Barack Obama, homenageia o cantor Bruce Springsteen Saul Loeb / AFP Photo O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama e o cantor Bruce Springsteen estrearam um novo podcast nesta segunda-feira (22) no qual discutem tópicos diversos desde a paternidade e o casamento até questões de raça e a atual situação do país.  A série de oito episódios, chamada "Renegades: Born in the U.S.A." está disponível exclusivamente no serviço de streaming do Spotify. Os dois primeiros episódios foram lançados na segunda-feira.  Na introdução ao episódio um, Obama diz que ele, sua família e amigos estavam discutindo as divisões nos Estados Unidos e como "encontramos nosso caminho até uma história americana mais unificadora". Um de seus amigos, diz Obama, "por um acaso é o Sr. Bruce Springsteen".  "Aparentemente, eu e Bruce não temos muita coisa em comum", acrescenta Obama. "Mas ao longo dos anos, o que descobrimos é que temos uma sensibilidade em comum. Sobre o trabalho, sobre a família, sobre a América. De nossos jeitos, Bruce e eu estivemos em jornadas paralelas tentando entender este país que nos deu tanto".  O podcast foi lançado enquanto o Spotify anunciou sua entrada em 85 novos mercados nos próximos dias, tornando o serviço disponível para mais de 1 bilhão de pessoas em todo mundo.  O Spotify oferece mais de 2,2 milhões de podcasts junto de sua biblioteca de música, incluindo um programa apresentado pela ex-primeira dama norte-americana Michelle Obama. Semana Pop explica temas do entretenimento Veja Mais

Dia do Consumidor: 7 dicas para uma compra consciente

Dia do Consumidor: 7 dicas para uma compra consciente

Tecmundo A compra consciente é um modelo que vai na contramão do consumismo e, como o nome já sugere, procura incentivar a reflexão do consumidor para torná-lo consciente de seus gastos. É a partir dessa lógica que as pessoas se tornam mais responsáveis financeiramente, por meio da análise de suas necessidades de consumo e controle do orçamento. Em um cenário no qual o consumismo impera, as pessoas costumam comprar muitos itens e a verdade é que nem todos são realmente necessários. Nesse sentido, a compra consciente incentiva o consumidor a, antes de tirar o cartão do bolso, avaliar gastos e necessidades. Assim, torna-se possível eliminar despesas sem prejuízos à qualidade de vida.Leia mais... Veja Mais

Telegram para Windows 10 ganha novos recursos e fica ainda mais seguro

canaltech Depois que o WhatsApp decepcionou muita gente ao anunciar mudanças drásticas em suas políticas de privacidade, milhões de internautas resolveram procurar uma alternativa mais segura para se comunicar. Muitos escolheram o Signal, enquanto outros preferiram o Telegram. Este segundo serviço, se aproveitando do momento, está se aprimorando mais a cada dia, oferecendo novos recursos para sobreviver nesse mercado altamente competitivo. Como usar a versão para a web do Telegram Telegram é acionado judicialmente por “facilitar pirataria” de filmes e músicas Como reduzir o uso de dados em ligações no Telegram Em sua última atualização, o Telegram para Windows 10 — cliente oficial do mensageiro para o sistema operacional da Microsoft — ganhou algumas funcionalidades que o tornam ainda mais atraente para quem se preocupa com segurança cibernética. A partir de agora, o software lhe permite apagar um grupo (e todas as mensagens trocadas lá) de forma definitiva com uns cliques do mouse. Seu histórico de ligações também pode ser deletado. Visto que o Telegram não armazena mensagens em qualquer servidor, o conteúdo do chat grupal é excluído permanentemente — na teoria, seria impossível recuperar esse material até mesmo sob uma ordem judicial. Claro, se tal recurso pode ser útil para proteger a privacidade do cidadão comum, ele também pode ser utilizado para apagar provas criminosas — mas aí já entraríamos em outra discussão sobre o uso dessas ferramentas. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- E essa não é a única novidade da nova compilação. Visto que o Telegram liberou as chamadas de áudio em grupo recentemente, a build também inaugura a possibilidade de você ajustar o volume do microfone de cada usuário de uma ligação — para aqueles casos em que alguém estiver falando alto demais e atrapalhando a conversa como um todo. A edição mais recente do Telegram para Windows 10 já pode ser baixada pela Windows Store. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Brasil tem 247,2 mil mortos por Covid; média móvel é de 1.055 óbitos por dia

Glogo - Ciência País contabilizou 10.197.531 casos e 247.276 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. Já são 33 dias com a média móvel acima da marca de 1 mil mortes por dia. Brasil registra 716 mortes por Covid em 24 horas O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta segunda-feira (22). O país registrou 716 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 247.276 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.055. Já são 33 dias com essa média acima da marca de 1 mil. A variação foi de +2% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nos óbitos pela doença. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 10.197.531 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 30.231 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 47.374 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de +5% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade também nos diagnósticos. Doze estados estão com alta nas mortes: RS, SC, GO, AC, PA, RO, RR, BA, CE, PB, PE e RN. Mortes e casos de coronavírus no Brasil e nos estados Brasil, 22 de fevereiro Total de mortes: 247.276 Registro de mortes em 24 horas: 716 Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 1.055 (variação em 14 dias: +2%) Total de casos confirmados: 10.197.531 Registro de casos confirmados em 24 horas: 30.231 Média de novos casos nos últimos 7 dias: 47.374 por dia (variação em 14 dias: +5%) Estados Subindo (12 estados): RS, SC, GO, AC, PA, RO, RR, BA, CE, PB, PE e RN Em estabilidade (10 estados e o Distrito Federal): PR, ES, MG, RJ, SP, DF, MT, AP, AL, MA e PI Em queda (4 estados): MS, AM, TO e SE Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia). Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados. Vacinação Balanço da vacinação contra Covid-19 desta segunda-feira (22) aponta que 5.982.640 de pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 2,83% da população brasileira. A segunda dose já foi aplicada em 1.269.005 pessoas (0,60% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 7.251.645 doses foram aplicadas em todo o país. Variação de mortes por estados Estados com mortes em alta Editoria de Arte/G1 Estados com mortes em estabilidade Editoria de Arte/G1 Estados com mortes em queda Editoria de Arte/G1 Sul PR: -4% RS: +28% SC: +31% Sudeste ES: +3% MG: -2% RJ: -6% SP: -6% Centro-Oeste DF: +1% GO: +37% MS: -29% MT: -5% Norte AC: +54% AM: -39% AP: -5% PA: +61% RO: +71% RR: +25% TO: -28% Nordeste AL: +14% BA: +65% CE: +21% MA: +13% PB: +39% PE: +17% PI: -5% RN: +31% SE: -31% Brasil Sul Sudeste Centro-Oeste Norte Nordeste Consórcio de veículos de imprensa Os dados sobre casos e mortes de coronavírus no Brasil foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal (saiba mais). Veja vídeos sobre a vacinação contra a Covid no Brasil: Veja Mais

EUA supera o meio milhão de mortos pela Covid, enquanto vacinação acelera

O Tempo - Mundo Diante do marco sombrio, o presidente Joe Biden ordenará que as bandeiras dos prédios do governo federal sejam hasteadas a meio mastro Veja Mais

Juiz federal de MG dá 72 horas para presidente Bolsonaro explicar mudanças na Petrobras

G1 Economia Presidente indicou general da reserva para assumir a estatal depois de demonstrar irritação com a alta dos preços dos combustíveis. A Advocacia-Geral da União (AGU) disse que 'não comenta processos em tramitação judicial'. O juiz da 7ª Vara da Justiça Federal da 1ª Região, em Belo Horizonte, André Prado de Vasconcelos, determinou que o presidente Jair Bolsonaro, a União e a Petrobras expliquem, no prazo de 72 horas, a indicação do general Joaquim Silva e Luna para presidente da estatal. Troca de comando na Petrobras: veja perguntas e respostas Bolsonaro fez o anúncio na sexta-feira (19). O general é o atual diretor da Itaipu Binacional. Se confirmado, Silva e Luna substituirá o atual chefe da estatal, Roberto Castello Branco, indicado pelo presidente após as eleições de 2018. A determinação do juiz federal foi motivada por um pedido de liminar feito pelos advogados Daniel Perrelli Lança e Gabriel Senra para impedir a saída do atual presidente e a posse do general. "Houve um desrespeito à lei das estatais, atropelando a decisão que é do conselho da empresa. Tanto no mérito quanto na forma há irregularidades nesta indicação. O general não cumpre os requisitos determinados pela lei", disse Lança. O advogado disse ainda que o presidente está nitidamente constrangendo o Conselho de Administração, interferindo na estatal por interesses político-ideológicos. Segundo a lei das estatais, a lei 13.303/2016, os membros do Conselho de Administração e os indicados para os cargos de diretor, inclusive presidente, diretor-geral e diretor-presidente, devem ter dez anos de experiência na área de atuação da empresa, além de ter formação acadêmica compatível com o cargo para o qual foi indicado. Segundo a ação, o general não possui estes requisitos. Na decisão, o juiz Vasconcelos diz que “conforme amplamente divulgado pelos veículos de comunicação, a aprovação do indicado para a Presidência da Petrobras depende de deliberação do respectivo Conselho de Administração, ainda não ocorrida”. Juiz federal determina que Bolsonaro explique indicação para presidência da Petrobras TRF 1ª Região/Reprodução Ele ainda ressalta que a determinação é “para fins de análise do pedido de liminar, sem prejuízo de futura citação e consequente abertura de prazo para contestação”. Há a expectativa que a liminar seja analisada ainda esta semana. A Advocacia-Geral da União (AGU) disse que "não comenta processos em tramitação judicial". Indicação Silva e Luna deverá se tornar o primeiro militar a assumir o comando da Petrobras desde 1989, quando o oficial da Marinha Orlando Galvão Filho deixou o cargo. A estatal foi comandada por militares durante a maior parte do período ditatorial e chegou a ser capitaneada entre 1969 e 1973 pelo general Ernesto Geisel, que viria a se tornar presidente da República nos cinco anos seguintes. O anúncio aconteceu após Jair Bolsonaro fazer críticas à gestão da Petrobras e às sucessivas altas no preço dos combustíveis. O presidente afirmou que o último reajuste de preço da Petrobras foi “fora da curva”. Ele se referia ao quarto aumento do ano, de 10% na gasolina e 15% no diesel. Castello Branco foi uma indicação do ministro da Economia, Paulo Guedes, ao presidente Bolsonaro. O ministro, no entanto, não se manifestou sobre a troca no comando da estatal até o momento. Veja Mais

Batwoman 2x5: Ryan busca um quadro com um mapa escondido (Recap)

Batwoman 2x5: Ryan busca um quadro com um mapa escondido (Recap)

Tecmundo A 2ª temporada de Batwoman introduziu o primeiro personagem não binário da série. Mais do que isso, o episódio 2x5 seguiu a revelação de quem é Angelique, feita no episódio anterior, de forma igualmente surpreendente ao revelar que Ocean tem o quadro de Napier que todos estavam procurando. Confira o recap completo a seguir!Leia mais... Veja Mais

Justiça manda Estado pagar R$ 2 mi à família de Aécio por aeródromo de Cláudio

O Tempo - Política Valor total pago pela desapropriação chega a quase R$ 3,5 milhões com correções monetárias Veja Mais

It Takes Two ganha lindo trailer de jogabilidade; confira

It Takes Two ganha lindo trailer de jogabilidade; confira

Tecmundo A Eletronic Arts divulgou, nesta segunda-feira (22), um trailer de jogabilidade de It Takes Two, novo game da Hazelight, desenvolvedora de A Way Out. O vídeo possui lindas imagens dos cenários, dos personagens e das mecânicas. O jogo de ação e aventura cooperativo mistura elementos de plataforma a uma narrativa “inovadora e inesperada”, de acordo com a EA. A história focará em Cody e May, um casal que, após decidir se divorciar, é misteriosamente transformado em bonecos.Leia mais... Veja Mais

Perseverance: assista ao primeiro vídeo do robô da NASA que pousou em Marte

O Tempo - Mundo Nas imagens, é possível enxergar a “manobra dos sete minutos de terror”, que ocorre quando a velocidade do veículo espacial cai drasticamente Veja Mais

Apple rejeita aplicativos com preços muito altos na App Store

canaltech A Apple tem um monte de regras para liberar um aplicativo na App Store, e nem todas são conhecidas de todo o público. Um exemplo é um e-mail enviado de recusa de publicação enviado recentemente aos desenvolvedores de um app, que compartilharam a carta de rejeição com o site 9To5Mac. iOS 15: o que esperar da próxima versão do sistema da Apple? iOS 14.5 vai oferecer mais atalhos para ações rápidas; confira as novidades No texto, a Apple explica que os preços da aplicação e também das compras dentro do aplicativo não podem ter valor excessivo. Na avaliação da empresa, alguma coisa estava com preço muito alto para as vantagens que entregava caso alguém topasse pagar. A companhia alega que a “App Store deve ser uma loja confiável e segura para comprar produtos digitais” e os apps “não devem trair essa confiança tentando explorar ou enganar os usuários”. “Infelizmente, os preços selecionados para o seu aplicativo ou compras dentro do app não refletem o valor ou recursos e conteúdo oferecido ao usuário”, justificou a Apple. “Cobrar valores irracionalmente altos por conteúdo ou serviços com valor limitado é explorar o consumidor e é inapropriado para a App Store”, completou, com uma lista do que foi considerado muito caro. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Ou seja, o processo de avaliação vai além de analisar se os códigos do app não escondem algum malware e se o app realmente atende a todos os exigentes critérios de publicação na App Store, como até os ítens vendidos dentro do app e o preço cobrado por ele são verificados. No caso em questão, os desenvolvedores responderam ao e-mail explicando o motivo do valor cobrado e o app acabou aceito sem redução no valor da compra, sendo que a rejeição foi considerada um engano. Não foi informado qual app enfrentou o problema. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Instituto Butantan anuncia app para monitorar covid-19 nas cidades

Instituto Butantan anuncia app para monitorar covid-19 nas cidades

Tecmundo O Instituto Butantan anunciou, nesta semana, o lançamento de um aplicativo para monitorar o contágio e os casos de covid-19 nas cidades brasileiras. A primeira cidade cujo mapeamento está sendo realizado é Araraquara, município do interior paulista que está em lockdown por causa da ocupação de 100% dos leitos voltados para casos da doença respiratória. O software se chama Global Health Monitor (GHM) e foi lançado em parceria com uma startup homônima ao app. O programa para celulares identifica, mapeia e isola (de maneira anônima) os casos positivos de SARS-CoV-2 (coronavírus).Leia mais... Veja Mais

Caixa amplia para R$ 12 bi recursos para crédito rural no primeiro semestre

Valor Econômico - Finanças Ao todo, serão R$ 8 bilhões para o custeio antecipado da safra 2021/22 e outros R$ 4 bilhões para fortalecer as linhas de investimentos A Caixa Econômica ampliou de R$ 6,5 bilhões para R$ 12 bilhões os recursos disponíveis aos produtores para financiamentos de crédito rural no primeiro semestre de 2021. São R$ 8 bilhões programados para o custeio antecipado da safra 2021/22 e outros R$ 4 bilhões para fortalecer as linhas de investimentos com a demanda aquecida no setor desde o ano passado. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Cogna e Eleva confirmam transação de compra e venda de ativos

Valor Econômico - Finanças A Cogna, maior grupo de educação privada, e o Eleva Educação, grupo carioca que tem entre seus acionistas o empresário Jorge Paulo Lemann, confirmaram, na noite desta segunda-feira (22), o acordo de compra e venda de ativos. A notícia foi antecipada no domingo (21) pelo Valor. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Google deve centralizar Chat, Meet e Gmail em uma só interface e em app

canaltech O Google faz ótimos produtos e é difícil discordar disso. Porém, também não podemos negar que a companhia fez uma grande bagunça em relação às suas plataformas de produtividade. Primeiro veio o Talk, depois o Hangouts, depois o Meet e finalmente o Chat — cada um com o objetivo de substituir ou complementar o outro. Agora, segundo o 9to5Google, a empresa pretende centralizar tudo em uma só interface e aplicativo. Google Chat ganha novo recurso para se tornar, de fato, o sucessor do Hangouts Como usar o Google Meet para fazer videoconferências no celular Google Chat será gratuito em 2021 para encarar o Slack e matar de vez o Hangouts Trata-se apenas de um rumor, mas, de acordo com as informações citadas pelo veículo, a ideia do Gigante das Buscas é mesclar elementos do Gmail, Chat e Meet em um mesmo local. O Chat ganharia destaque, com os Tópicos ocupando a parte central da tela e um painel à esquerda com atalhos para as conversas e salas de bate-papo que estão em andamento. Usando um botão na diagonal superior esquerda, você minimiza uma conversa. Suposta nova interface do Google Chat (Imagem: Reprodução/9to5Google) Logo abaixo do painel da esquerda, temos os botões para criar uma nova reunião no Meet ou participar de uma conferência existente. Os chats minimizados tornam muito mais fáceis o ato de conversar com várias pessoas simultaneamente, além de poder acessar seu Gmail para acompanhar tudo o que entra e sai da sua caixa de correios eletrônica. Com isso, torna-se desnecessário manter mais de uma aba aberta em seu navegador. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Novamente, vale lembrar que estamos falando apenas de rumores — o Google não emitiu nenhum comunicado a respeito de tais mudanças. Também é importante ressaltar que, por enquanto, o Chat só está disponível para usuários corporativos do Workspace; para usuários finais, a plataforma só pode ser usada se você receber um convite para uma sala em específico. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Segredos de engenharia e tecnologia do helicóptero Ingenuity, que está em Marte

canaltech Em 18 de fevereiro, o rover Perseverance pousou com sucesso na cratera Jezero, em Marte. Em sua “barriga”, há o pequeno helicóptero Ingenuity, que está equipado com rotores de fibra de carbono de 1,2 m de extensão e pesa cerca de 1,8 kg. Se tudo correr bem, o Ingenuity irá se tornar o primeiro helicóptero a voar em Marte — na verdade, em qualquer outro planeta além da Terra. Mars 2020: saiba mais sobre a missão da NASA que buscará bioassinaturas em Marte Helicóptero Ingenuity mostra bom estado em Marte e começa a carregar as baterias Tudo o que você precisa saber sobre o helicóptero Ingenuity, que irá para Marte A construção do Ingenuity começou há seis anos, e os engenheiros do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL), da NASA, tiveram que enfrentar o desafio de construir uma aeronave leve, mas que fosse poderosa o suficiente para voar pela atmosfera de Marte, que tem apenas 1% da densidade de atmosfera terrestre. O Ingenuity é, na verdade, uma demonstração de tecnologia, ou seja, um teste com o objetivo de verificar uma nova forma de voar no Planeta Vermelho. A ideia não é realizar estudos científicos como o Perseverance vai fazer para buscar possíveis sinais de formas de vida antiga em Marte, mas sim mostrar ser possível voar por lá e coletar dados necessários para futuras gerações de aeronaves com rotores. Por enquanto, o helicóptero ainda está preso ao Perseverance para se manter protegido, e deverá ficar assim de 30 a 60 dias. Depois, ele terá um mês marciano — ou seja, 31 dias terrestres — para entrar em ação. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Saiba mais sobre as tecnologias por trás do Ingenuity: Tecnologias comerciais O Ingenuity tem tamanho aproximado de uma caixa de lenços (Imagem: Reprodução/Jet Propulsion Laboratory) Como é uma demonstração de tecnologia, o JPL aceita correr um pouco mais de riscos. Apesar de ter alguns componentes mais resistentes a impactos e aos efeitos da radiação em Marte, a maior parte da tecnologia do Ingenuity é de nível comercial — o processador que o equipa, por exemplo, é um Snapdragon 801 da Qualcomm, o mesmo que é usado em alguns celulares. Isso traz algumas vantagens: por ser moderno, é até mais poderoso que os processadores do próprio rover. Além disso, o processador permitiu resolver o problema do peso: como os rotores precisam de potência, uma bateria grande para alimentá-los iria deixar o helicóptero pesado demais. Por isso, a solução foi utilizar processadores com grande eficiência energética. Navegar é preciso  Detalhe do altímetro e câmera de navegação do helicóptero (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech) O Ingenuity está equipado com um altímetro a laser para mensurar altitudes, uma câmera VGA e um IMU, dispositivo que mede a força específica de um corpo, sua taxa angular e, às vezes, a orientação. Para navegar em Marte, as formações observadas serão comparadas quadro a quadro para que a equipe possa rastrear a posição relativa do Ingenuity e, assim, definir a direção e velocidade dele, o que permite a navegação: "tudo é feito por estimativas de posição, ao contrário de memorizar formações ou criar um mapa", diz Tim Canham, líder de operações do Ingenuity. O helicóptero conta também com um inclinômetro, que vai estabelecer a inclinação do solo na decolagem, junto de uma câmera que tira fotos coloridas para fazer alguns registros quando os voos acontecerem. Para garantir que vai se manter na trajetória, o helicóptero vai usar dados dos processadores. O Ingenuity voa de forma autônoma? Engenheiros modificando o modelo de voo do Ingenuity(Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech) Sim e não. Na verdade, a equipe produz uma série de comandos, que depois é carregada na forma de um arquivo ao helicóptero para a execução: "quando queremos que o helicóptero voe, dizemos para ir, enquanto o software de guia assume e executa a decolagem, o deslocamento e o pouso", explica ele. Assim, os voos são planejados de forma bem específica, de modo que o helicóptero não tem autonomia completa, apesar de ser considerado autônomo de certa maneira. É que, quando estiver voando, o Ingenuity vai tentar se manter na trajetória desejada aí sim de forma autônoma. Como serão os voos?   O Ingenuity vai ter uma janela de 30 dias para realizar sua missão, cujo objetivo principal é realizar um primeiro voo. Somente se tudo correr bem é que a equipe espera realizar manobras um pouco mais ousadas em outras tentativas de voos, como voar em círculos ou ir um pouco mais longe. Contudo, depois que se passarem os 30 dias da janela, o Perseverance vai seguir em sua missão primária; ou seja, a equipe vai ter que realizar os procedimentos neste período. O software e o sistema escolhidos Pela primeira vez, a equipe utiliza o sistema Linux por lá. A estrutura de software utilizada é a mesma que foi desenvolvida para instrumentos e satélites, e foi disponibilizada como open-source há alguns anos. Assim, tanto o sistema operacional quanto a estrutura do software de voo são open-source, e podem ser adquiridos sem custos por quem quiser usá-las em seus inventos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Petrobras sobe 2,52% no pós-mercado de Nova York

Valor Econômico - Finanças Papéis mostraram uma pequena recuperação após a perda de 21% no pregão regular Os recibos de ação (ADRs) da Petrobras subiam, por volta das 21h19 desta segunda-feira (22), 2,52% no pós-mercado da Bolsa de Nova York, mostrando uma pequena recuperação após a perda de 21% no pregão regular. Os papéis são negociados a US$ 8,11. O mercado reagiu à decisão do governo de Jair Bolsonaro de substituir o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, pelo general Joaquim Silva e Luna. Com a mudança, bancos como o Credit Suisse passaram a recomendar a venda dos papéis. Na B3, as ações preferenciais da Petrobras encerraram o dia em queda de 21,51%, a R$ 21,45. Já a ação ordinária recuou 20,48%, aos R$ 21,55. Reprodução Veja Mais

Petrobras diz que ligou para MME, mas que não conseguiu confirmação sobre troca de comando

Valor Econômico - Finanças A maneira como a troca da presidência foi informada ao mercado é um dos pontos que devem ser analisados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) A administração da Petrobras disse nesta segunda-feira (22) que, na última sexta-feira (19), mediante às declarações do presidente Jair Bolsonaro e à oscilação de seus papéis, ligou para o Ministério de Minas e Energia (MME) para perguntar se a União teria conhecimento de alguma informação que pudesse constituir um fato relevante, mas que não obteve “qualquer confirmação”. A companhia afirma que às 19h06 recebeu ofício do MME solicitando as providências para a substituição e a eleição de membro do conselho de administração e diretor-presidente e que, diante disso, divulgou imediatamente fato relevante. As informações constam em resposta enviada à B3, após questionamentos sobre a oscilação na sexta-feira e nos pregões anteriores. CVM A maneira como a troca da presidência foi informada ao mercado é um dos pontos que devem ser analisados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A autarquia abriu um processo administrativo no sábado (20) que envolve a análise de “notícias, fatos relevantes e comunicados”, mas em seu site não há mais informações sobre o processo. Veja Mais

SORMANI E ZÉ ELIAS FAZEM DEBATE QUENTE SOBRE SAMPAOLI, DINIZ E FUTEBOL BRASILEIRO | Futebol Na Veia

SORMANI E ZÉ ELIAS FAZEM DEBATE QUENTE SOBRE SAMPAOLI, DINIZ E FUTEBOL BRASILEIRO | Futebol Na Veia

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse o ESPN.com.br e inscreva-se no nosso canal! https://www.espn.com.br/ ➡ Facebook: https://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: https://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: https://instagram.com/foxsportsbrasil ➡ Facebook: https://www.facebook.com/espnbrasil ➡ Twitter: https://twitter.com/ESPNBrasil ➡ Instagram: https://www.instagram.com/espnbrasil Vamos JuntosNaTorcida! #Sormani #ZeElias #Futebol Veja Mais

Jão anuncia o lançamento da música inédita 'Coringa'

G1 Pop & Arte ♪ O quarto álbum de Jão já desponta no horizonte. Na noite desta segunda-feira, 22 de fevereiro, o cantor e compositor paulista anunciou – através de vídeo postado nas redes sociais do artista – o lançamento de música inédita, Coringa, programada para as 21h de quarta-feira, 24 de fevereiro. O single Coringa é a primeira amostra do terceiro álbum de estúdio de Jão – o primeiro no gênero deste Anti-herói (2019). Na discografia de Jão, o single Coringa sucede o álbum ao vivo Turnê Anti-herói (2020), lançado no ano passado. No mercado fonográfico desde 2017, ano em que lançou singles posteriormente agrupados no EP Primeiro acústico (2018), Jão foi projetado há três anos com a edição do álbum Lobos (2018). Veja Mais

Israel vacina quase metade da população e ensaia reabertura

canaltech A questão da economia no meio dessa pandemia continua sendo delicada, mas um dos países que mais se preparam no momento para uma reabertura é Israel. Isso porque quase metade da população israelense está vacinada. Com isso, no último domingo (21), o governo chegou a afirmar que o início do retorno à rotina é possível. Coronavírus | Israel enfrenta nova onda de casos após reabertura Israel anuncia remédio que pode ajudar a curar COVID em até cinco dias Laboratório de Israel isola anticorpos para o novo coronavírus. O que muda? Em março, devido à pandemia, as atividades em Israel foram pausadas. Meses depois, o país simplesmente reabriu os estabelecimentos, dando um reinício às atividades. No entanto, esse retorno à normalidade teve curta duração. A população chegou a fazer manifestações contra a falta de estratégia econômica para lidar com a crise causada pela pandemia. Em contrapartida, agora a situação parece mudar por lá — e para melhor. Até o comunicado do governo, o comércio estava aberto, mas o acesso a locais de lazer como academias, hotéis e cinemas foi limitado apenas a pessoas que receberam as duas doses da vacina há mais de uma semana ou se recuperaram da doença com imunidade presumida. A identificação dessas pessoas se dá pelo status "Passe Verde", exibido em um aplicativo do Ministério da Saúde local. Já as igrejas foram obrigadas a reduzir pela metade suas lotações. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Quanto à educação, os alunos do ensino médio devem voltar no mês que vem, depois de quase um ano de aprendizado remoto. Por enquanto, a população israelense ainda deve usar máscaras e manter o distanciamento social. Essa "quase reabertura" integra um plano do governo para abrir a economia no próximo mês. O governo de Israel administrou pelo menos uma dose da vacina da Pfizer em mais de 46% de sua população de 9 milhões (Imagem: Torstensimon/Pixabay) Primeiramente, o país imunizou idosos acima de 60 anos. A campanha de vacinação propriamente dita teve início há pouco mais de duas semanas, voltada para todas as pessoas com mais de 16 anos. Segundo o Ministério da Saúde, Israel administrou pelo menos uma dose da vacina da Pfizer em mais de 46% de sua população de 9 milhões, enquanto o risco de pegar COVID-19 caiu 95,8% entre as pessoas que receberam as duas doses. A pasta ainda menciona uma redução de 98,9% na mortalidade entre as pessoas que receberam as duas doses da vacina da Pfizer, na comparação com duas semanas atrás. Além da redução da mortalidade, ocorreu também uma redução de 98,2% no número de casos graves da COVID-19 e de 98,9% na quantidade de pacientes hospitalizados com sintomas da doença. O país registrou mais de 740 mil casos e 5,5 mil mortes pela infecção, com direito a três lockdowns. A promessa do governo é que não haverá um quarto, embora Nachman Ash, médico responsável pela resposta à pandemia do país, tenha afirmado que o quarto lockdown ainda é uma possibilidde, uma vez que metade da população ainda não está imune". Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Redmi Note 9T: igualmente diferente com 5G nativo [Análise/Review]

canaltech O Redmi Note 9T não difere tanto da proposta da linha, que é oferecer um bom conjunto intermediário com preço competitivo no mercado internacional. Mas não trata-se apenas de mais uma iteração da já grande família de modelos com Redmi Note 9 Assista ao vídeo. Veja Mais

Como evitar os principais golpes envolvendo a vacina contra COVID-19?

canaltech Assuntos do cotidiano, tendências e polêmicas estão entre as principais armas dos criminosos na hora de aplicar golpes. Afinal de contas, ao usarem conteúdos e temas de interesse geral, os bandidos aumentam a possibilidade de eficácia. Como não poderia deixar de ser, as vacinas se tornaram uma isca fácil para o roubo de dados pessoais dos cidadãos ou a velha clonagem do WhatsApp, que ainda faz dezenas de milhares de vítimas no Brasil. Clonagem de WhatsApp: 5 milhões de brasileiros foram vítimas em 2020 Extorsão e ransomwares ainda mais perigosos são tendências de ameaças para 2021 Ataques virtuais via phishing cresceram quase 100% no Brasil, aponta relatório Em 2020, foram cinco milhões de vítimas em todo o país, com essa ainda sendo uma alternativa bastante comum de golpe para 2021. Junto a essa tendência, caminham também os golpes relacionados às campanhas de vacinação contra COVID-19, assim como textos ou links com informações de eficácia, postos de imunização, denúncias ou teorias conspiratórias, todas, sempre, voltadas a induzir ao clique e levar os cidadãos a páginas maliciosas. Os bandidos, inclusive, agiram rápido. A campanha de vacinação contra o novo coronavírus teve seu início, em São Paulo (SP), em 17 de janeiro, e já no dia 22, os especialistas da Kaspersky emitiram alerta sobre golpes envolvendo a imunização. Dezenas de domínios fraudulentos foram criados para hospedar supostos sites de cadastramento para a imunização, mas são voltados, na realidade, para o roubo dos dados inseridos neles. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- As páginas fazem parte de campanhas de phishing, como são chamadas as tentativas de “pescar” os usuários a entregarem informações ou baixarem soluções maliciosas com o uso de notícias, falsas comunicações de bancos e serviços, ou, neste caso, o próprio Ministério da Saúde. O pré-cadastro vem sendo usado por muitas cidades brasileiras como forma de agilizar a imunização e evitar aglomerações, e para os golpistas, também se tornaram um prato cheio para tentativas desse tipo. O @minsaude alerta para um novo golpe em nome do órgão! A ação visa clonar seu número do aplicativo de mensagens e ter acesso aos dados do seu celular. Não caia nessa!O Ministério da Saúde não telefone para marcar vacinação e jamais pede este tipo de confirmação de dados. pic.twitter.com/1Mv4ShhDKj — Ministério da Saúde (@minsaude) January 14, 2021 Em um dos casos mais conhecidos, bandidos entram em contato com as supostas vítimas pelo telefone para realização de um suposto pré-cadastro para vacinação. A partir de listas de números vazadas ou obtidas ilegalmente, os criminosos miram especialmente os idosos, grupo que é o foco da atual etapa do Plano Nacional de Imunização (PNI), mas também, a categoria de cidadãos mais propensos a caírem nesse tipo de artimanha. Após solicitarem algumas informações, o golpista pede um código que é enviado ao celular da vítima. Trata-se, na realidade, dos dígitos de ativação do WhatsApp, que está sendo cadastrado em um outro celular de posse dos criminosos. Após a confirmação, o número passa a ser utilizado para disseminar novas tentativas de fraude ou em pedidos de dinheiro para contatos próximos, enquanto a vítima não nota o problema e tenta desfazer a operação. A prática gerou até mesmo um alerta do próprio Ministério da Saúde, que informou jamais entrar em contato, por telefone, para marcar datas relacionadas à vacinação. Todos os registros e recursos necessários para a imunização estão disponíveis no aplicativo oficial da pasta, o Conecte SUS, que também disponibiliza informações sobre o PNI e a etapa exata em que cada cidadão deverá ser vacinado contra a COVID-19. Downloads maliciosos Outra alternativa comum de golpes envolvendo vacinas não envolve ligações, mas sim, o contato direto por meio do próprio mensageiro ou através de SMSs. O método, entretanto, é semelhante, com o usuário sendo levado a sites fraudulentos voltados ao roubo de dados ou, então, induzidos a entregar informações ao suposto atendente, incluindo, também, o próprio código de ativação do WhatsApp. Um dos domínios fraudulentos identificados em janeiro pela Kaspersky, por exemplo, levava as vítimas a um suposto cadastro voltado ao roubo de credenciais de acesso. Algumas informações pessoais eram solicitadas, mas de maior interesse aos criminosos é o e-mail e a senha das vítimas, cuja combinação é utilizada em diferentes serviços como redes sociais, e-mails e sites bancários, em busca de aberturas que possam levar a novas fraudes. Links enviados por mensagens de texto e apps de comunicação levam usuários a sites falsos que roubam os dados dos usuários; Ministério da Saúde esclarece que não solicita informações com esse intuito (Imagem: Reprodução/Kaspersky) A empresa de segurança também chama a atenção dos usuários corporativos, que podem ser levados a inserir informações de acesso a sistemas internos em sites desse tipo. Novamente, se trata de uma vulnerabilidade valiosa para os criminosos, que com acesso a redes restritas, podem baixar documentos confidenciais, instalar malwares e maximizar os ganhos a partir de extorsões ou sequestros de dados sigilosos das companhias atingidas. Ainda, os links enviados por meio do WhatsApp e outros mensageiros instantâneos podem levar os usuários a falsos aplicativos, que usam o nome do SUS e temas relacionados à vacinação como forma de contaminar os celulares das vítimas. Tais aplicações podem estar disponíveis até mesmo nas lojas oficiais dos sistemas operacionais, como a Google Play Store, e exigem atenção na hora do download, principalmente se o usuário estiver atrás das soluções oficiais. Como se proteger A fala do Ministério da Saúde é o ponto de partida para evitar cair na maioria dos golpes envolvendo as campanhas de vacinação contra COVID-19. O governo deixa claro que não entra em contato com os cidadãos de forma ostensiva para solicitar dados ou marcar datas para aplicação de doses do imunizante, assim como não pede a confirmação dessas informações por telefone ou mensagem de texto. Sendo assim, o ideal é ignorar ligações e qualquer tentativa de contato dessa categoria. O mesmo vale, também, para mensagens que contenham links para cadastros ou pedidos de informação — mesmo que venham de contatos conhecidos ou fontes aparentemente legítimas, tais comunicações são falsas e a recomendação é para que o usuário não clique em links nem faça o download de soluções para o celular ou computador. Da mesma forma, o ideal é não preencher cadastros nem entregar informações pessoais. Cidadãos em busca de orientações oficiais sobre o PNI devem procurar os sites oficiais do governo federal, sempre indicados pela sigla gov.br, ou os aplicativos verificados, que têm “Governo do Brasil” como desenvolvedor tanto na App Store, do iPhone, como na Google Play Store, para o sistema operacional Android. Como identificar o roubo e clonagem do WhatsApp? Como identificar golpes via SMS Como agir após cair em um golpe cibernético? Caso um usuário tenha sido vítima desse tipo de golpe, o ideal é agir rapidamente, providenciando a recuperação de contas do WhatsApp e a troca de senhas que tenham sido entregues em sites fraudulentos, incluindo aquelas repetidas em mais de uma plataforma. Vale a pena ativar sistemas de autenticação em duas etapas nas redes sociais, plataformas de e-mail e demais plataformas sensíveis já que, mesmo de posse das credenciais, um golpista não seja capaz de acessar tais sistemas. Por fim, aos usuários corporativos, a recomendação de troca de senhas também vale. As vítimas devem procurar seus respectivos departamentos de TI para informar sobre o comprometimento de seus dados pessoais, com eventuais bloqueios de acesso e monitoramento da rede para que usos indevidos não aconteçam. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Mulher morre depois de receber transplante de pulmão infectado com Covid-19

O Tempo - Mundo O caso, conforme a faculdade de medicina da Universidade de Michigan, parece ter sido o primeiro de contaminação via transplante de órgãos já registrado. Veja Mais

Rover Perseverance registrou vídeo e sons enquanto pousava em Marte; veja!

canaltech Em 18 de fevereiro, o rover Perseverance pousou com sucesso na cratera Jezero, em Marte (levando também o helicóptero Ingenuity), para iniciar investigações de possíveis sinais de vida presentes por lá. Nisso, os últimos minutos da complexa sequência de entrada, descida e pouso em Marte foram filmados, e revelam também as primeiras gravações de áudio no Planeta Vermelho feitas pelo novo rover. Esses 5 itens estão indo para Marte "de carona" com o rover Perseverance NASA divulga fotos do rover Perseverance enquanto pousava em Marte É fake? Saiba o que é real no vídeo de Marte que viralizou no fim de semana As filmagens foram iniciadas quando o rover estava a 11 km de altitude da superfície de Marte, e registraram o momento da abertura dos paraquedas mais massivos já enviados para outro planeta. Ao fim do vídeo, vemos o rover pousando na cratera. “O Perseverance acabou de começar a operar, e já forneceu algumas das imagens mais icônicas da história da exploração espacial”, disse Steve Jurczyk, administrador interino da NASA. Confira o vídeo dos chamados "sete minutos do terror" durante o pouso: -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.-   Thomas Zurbuchen, administrador associado na agência espacial, comentou que este vídeo nos permite chegar o mais próximo possível de pousar em Marte sem a necessidade de um traje pressurizado — e, de fato: a filmagem, feita de um “lugar vip” das câmeras nos componentes envolvidos, começa a 230 segundos depois de a nave entrar na atmosfera superior do planeta, à velocidade de 20 mil km/h. O vídeo começa com tudo escuro, porque as lentes da câmera estavam cobertas pelo compartimento dos paraquedas. Depois, eles se abrem em menos de 1 segundo. O vídeo também mostra o escudo de calor sendo liberado após proteger o rover durante a entrada pela atmosfera de Marte. Já na câmera de visão frontal, o Perseverance é mostrado balançando delicadamente, como um pêndulo, conforme o estágio descendente abre seus paraquedas. A paisagem do Planeta Vermelho vai entrando lentamente no campo de visão, enquanto o estágio descendente se libera para realizar sua manobra final. A filmagem é finalizada com as rodas do Perseverance tocando a superfície da cratera Jezero, à velocidade de 2,6 km/s. Durante a descida, o microfone incorporado ao rover não pôde coletar dados de valor científico, mas o dispositivo sobreviveu ao procedimento e já coletou sons da cratera Jezero, obtidos no dia 20 de fevereiro. Em cerca de 10 segundos da gravação, é possível escutar uma leve brisa, acompanhada de sons mecânicos do rover operando na superfície. Confira: NASA · Sounds From Mars: Filters Out Rover Self-Noise Dave Gruel, engenheiro líder da câmera EDL no Perseverance, explica que o sistema de câmeras foi colocado na nave não só para a equipe entender a performance na entrada, descida e pouso, mas também para que o público fosse "levado" para o pouso: “sabemos que o público é fascinado pela exploração de Marte, então adicionamos o microfone da EDL Cam ao veículo porque esperamos incrementar a experiência, principalmente para os fãs com deficiência visual, além de engajar e inspirar pessoas em todo o mundo”, finaliza. Depois do pouso, a equipe do Perseverance continua realizando as inspeções iniciais dos sistemas do veículo e de seus arredores. A equipe irá verificar os sete instrumentos que o equipam, além de realizar observações do clima. Um dos principais objetivos da missão do Perseverance é a busca por bioassinaturas e, para isso, o veículo irá caracterizar a geologia do planeta e os mistérios de seu clima no passado. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Rival do Tesla Model S, Mercedes EQE aparece camuflado nas ruas

Rival do Tesla Model S, Mercedes EQE aparece camuflado nas ruas

Tecmundo Novas imagens do modelo Merdedes-Benz EQE foram divulgadas no começo desta semana. Desta vez, o protótipo do carro elétrico camuflado foi flagrado durante testes nas ruas da Alemanha.Os registros, que foram feitos pelo canal walkoARTvideos, mostram o veículo em sua chamativa cor branca com vários detalhes desenhados em preto. Desde meados de outubro de 2020 o automóvel tem sido testado em diversos ambientes.Leia mais... Veja Mais

Tela 'O Grito' tem inscrição feita pelo próprio Munch

O Tempo - Diversão - Magazine 'Só poderia ter sido pintado por um louco' foi escrita a lápis no canto esquerdo da parte superior da tela Veja Mais

Ciberguerra | Hackers de elite da China copiaram arma cibernética dos EUA

canaltech Novas investigações da unidade de pesquisa da Check Point, empresa especializada em segurança da informação, revelam uma manobra bastante irônica: entre 2014 e 2017, hackers de elite patrocinados pelo governo chinês copiaram uma arma cibernética construída por agentes dos EUA, utilizando-a para atacar alvos estadunidenses. Uma das vítimas foi a fabricante de aeronaves Lockheed Martin. Hackers chineses invadem entidades governamentais pelo mundo; Brasil na lista Hackers chineses estão tentando roubar pesquisas sobre a COVID-19 Hackers chineses conseguem contornar autenticação de dois fatores em invasão Segundo os especialistas, tudo começou em 2013, quando o Equation Group — grupo de hackers ligados à Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos — desenvolveu o malware “EpMe” para atacar alvos do Irã, Rússia, Paquistão, Afeganistão e outros países da região. A ferramenta usava uma vulnerabilidade de dia zero (ou seja, desconhecida) presente em várias versões do Windows, do XP ao 8. Em algum momento, hackers estatais chineses do grupo APT31 obtiveram acesso ao código-fonte dessa arma cibernética e a adaptaram para contra atacar os próprios EUA. Tal edição modificada foi batizada pela Check Point como “Jian” e foi identificada no ambiente da Lockheed Martin em 2017 — foi só então que a Microsoft resolveu corrigir a vulnerabilidade que ela explorava (e que ficou registrada como CVE-2017-0005). -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O mais curioso é que, meses antes disso acontecer, o grupo de hacktivistas conhecido como Shadow Brokers revelou a EpMe como um esforço conjunto para trazer luz às operações nefastas da NSA. “Apesar da ‘Jian’ ter sido identificada e analisada pela Microsoft no início de 2017, e mesmo depois de o grupo Shadow Brokers ter exposto a operação do ‘Equation Group’ há quase quatro anos, ainda há muito a aprender ao analisar eventos passados”, explica Yaniv Balmas, chefe de pesquisa da Check Point. Imagem: Reprodução/Ars Technica “Só o fato de um módulo inteiro de exploração, contendo quatro explorações diferentes, ter se mantido sem ser notado por quatro anos no GitHub, isso nos ensina muito sobre a magnitude do vazamento em torno dos códigos do ‘Equation Group’. Tanto o EpMe quanto o Jian possuíam a capacidade de comprometer a máquina infectada e criar usuários com alto nível de privilégio, permitindo o acesso, exclusão e criação de arquivos no computador. “A nossa investigação é, essencialmente, a demonstração de como um grupo APT utiliza os códigos ou as ferramentas de outro grupo para as suas próprias operações, fazendo com que seja mais difícil para os pesquisadores de segurança avaliar precisamente a natureza e atribuição dos ataques. Contudo, acreditamos que a nossa mais recente técnica para rastrear vulnerabilidades expostas possa nos levar a novas conclusões, até agora desconsideradas pelo setor de segurança”, conclui Balmas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Rick and Morty: roteiristas já estariam trabalhando em novas temporadas

Rick and Morty: roteiristas já estariam trabalhando em novas temporadas

Tecmundo Embora existam notícias de que a 5ª temporada de Rick and Morty esteja com os trabalhos bem encaminhados no Adult Swim, recentemente, os roteiristas da série animada forneceram mais algumas pistas aos fãs. Todas elas acabaram sugerindo a possibilidade de haverem novas temporadas para serem anunciadas em breve.Por meio de sua conta oficial no Twitter, Alex Rubens, um dos escritores responsáveis pelos episódios, questionou se poderia dizer que já havia começado a desenvolver a 7ª temporada de Rick and Morty. O roteirista ainda marcou os perfis de todos os outros envolvidos na empreitada.Leia mais... Veja Mais

Ação nos EUA liga indústria do chocolate a trabalho infantil na África

O Tempo - Mundo Nestlé, Mars e Hershey, além de Cargill, Mondelez, Olam e Barry Callebaut, foram citadas por ligações com o tráfico de crianças Veja Mais

Como mudar o nome no Apex Legends

canaltech Apex Legends é, atualmente, uma das principais referências entre jogos em estilo Battle Royale. Disponível para as plataformas PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X|S e PC, um dos diferenciais do jogo é permitir que os jogadores revivam aliados que já foram abatidos. O que é e como funciona o EA Play Como mudar o idioma do Apex Legends no PC Para jogar o game, é necessário ter conta na EA, que contém diversas informações, como o nick dos jogadores, que são exibidos nas partidas. Caso você queira mudar o seu nome exibido, deve fazer isso diretamente no site da Electronic Arts. Este procedimento é bastante rápido e prático, confira abaixo o passo a passo! O que é Battle Royale? Como desinstalar jogos do Origin e liberar mais espaço no seu HD Como mudar o nome no Apex Legends Passo 1: acesse o site da EA e clique no ícone de “Pessoa” no menu superior. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Abra o site da EA e clique no ícone de "Pessoa" no menu superior (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: no menu aberto em seguida, clique em “Conectar”. No menu aberto em seguida, clique em "Conectar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: insira seu e-mail, senha e clique em "Iniciar sessão” para efetuar o login na sua conta. Insira seu e-mail, senha e clique em "Iniciar a sessão" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: clique no ícone com a sua foto no menu superior e, em seguida, toque em “Configurações da conta”. Clique no ícone com a sua foto de perfil no canto superior e clique em "Configurações da conta" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: na aba seguinte, localize a seção “Informações básicas” e clique em “Editar”. Dentro da seção "Informações básicas", clique em "Editar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: verifique a sua identidade enviando um código para o seu e-mail. Para fazer isso, clique em “Enviar código de segurança”. Verifique a sua identidade enviando um código de segurança para o seu e-mail (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 7: abra o seu e-mail, copie o código, cole-o no local indicado e clique em “Enviar”. Insira o código que você recebeu no local indicado e clique em "Enviar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 8: insira o novo EA ID para alterar o seu nick e clique em “Salvar”. Caso esteja com o Apex Legends abertos, feche-o e abra-o novamente para que a alteração seja exibida. Altere a sua EA ID e clique em "Salvar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Pronto! Agora você pode alterar o nome exibido nas partidas de Apex Legends. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Novavax diz que está pronta para entregar 110 milhões de doses de vacina nos EUA

O Tempo - Mundo A entrega só depende da aprovação para o uso emergencial da vacina por parte da agência reguladora americana Veja Mais

Woody Allen diz que documentário sobre acusações de abuso é 'repleto de falsidades'

G1 Pop & Arte Série da HBO tem entrevistas com Mia Farrow e Dylan Farrow, que repetiram a acusação de que Allen abusou sexualmente da enteada em 1992, quando ela tinha sete anos de idade. Woody Allen em foto no Festival de Cannes de 2016 Valery Hache/AFP Woody Allen e sua esposa Soon-Yi Previn fizeram críticas a um novo documentário da HBO que reexamina uma acusação de décadas atrás de que o cineasta vencedor do Oscar teria molestado sua filha adotiva Dylan Farrow, chamando a série televisiva de "crítica feroz repleta de falsidades".  A HBO estreou o primeiro episódio da série documental de quatro capítulos "Allen v. Farrow" no domingo (21). A série inclui longas entrevistas com a ex-companheira de Allen Mia Farrow e com Dylan Farrow, que repetiram a acusação de que Allen abusou sexualmente de Dylan em 1992, quando ela tinha sete anos de idade.  A série também contém novo material, incluindo entrevistas com pessoas que conheciam a família. Pouco depois da transmissão do primeiro episódio, um porta-voz de Allen e Previn emitiu um comunicado dizendo que os autores do documentário "não têm interesse na verdade".  "Em vez disso, passaram anos colaborando veladamente com os Farrows e seus potencializadores para montar uma crítica feroz repleta de falsidades", diz a nota. "Como é sabido há décadas, essas acusações são categoricamente falsas", acrescenta. Allen, diretor vencedor do Oscar por "Noivo Neurótico, Noiva Nervosa" e outras comédias, já negou repetidamente a acusação de que teria molestado Dylan Farrow. Ele não participou do documentário.  O cineasta de 85 anos há muito defende a tese de que Mia Farrow fabricou a acusação de abuso contra ele e a plantou na mente de Dylan após descobrir que Allen tinha um caso com a filha adotiva da atriz, Previn, que tinha então 22 anos. Semana Pop explica temas do entretenimento: Veja Mais

Liga da Justiça de Snyder libera nova imagem polêmica do Coringa de Leto

canaltech Zack Snyder parece querer mesmo chocar a audiência com sua versão mais sombria do Coringa da Jared Leto. Já havíamos visto algumas prévias em que o Palhaço do Crime parece menos um roqueiro tatuado e mais cruel, e, nesta segunda-feira (22), o diretor mostrou uma imagem polêmica que mostra o personagem vestido como Jesus Cristo. Liga da Justiça de Snyder ganha trailer com DeSaad, Coringa de Leto e Darkseid O que esperar do Snyder Cut da Liga da Justiça? Entenda como a Liga da Justiça de Snyder expõe uma guerra interna na Warner A foto tem a mesma produção do material apresentado anteriormente, também em preto e branco e com uma roupa que parece um traje médico. Desta vez, Leto aparece adornado com uma coroa de espinhos, com os braços estendidos, fazendo claramente uma referência à figura religiosa — vale destacar que o próprio Snyder tocou neste assunto em Homem de Aço, quando o Superman foi abordado como uma analogia à Jesus Cristo. Imagem: Divulgação/HBO Max De acordo com Snyder, a versão do Coringa que veremos em sua Liga da Justiça não será a mesma de Esquadrão Suicida; e sim aquela em que ele aparece em uma Terra dizimada e governada por Darkseid, no pesadelo/profecia vivenciado por Batman. “É o Coringa analisando o Batman sobre quem ele é e o que ele é. Isso é o que eu também senti que os fãs mereciam do Universo DC. Assim, o Coringa de Jared Leto e o Batman de Ben Affleck nunca realmente se encontraram. Não parecia legal para mim que tivéssemos feito todo o caminho dessas encarnações dos dois personagens sem podermos vê-los juntos”, disse, em entrevista recente. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Produtora recomenda ver o longo filme “em partes” Inicialmente, alguns boatos diziam que a WarnerMedia tinha planos de lançar o novo corte de Snyder em uma série de quatro partes, com uma hora em cada episódio no HBO Max. Posteriormente, o próprio diretor confirmou que a atração terá quatro horas de duração, como um filme completo na plataforma de streaming. Contudo, Deborah Snyder, sua esposa e produtora, apareceu no podcast LightCast durante o final de semana e recomendou que os fãs assistam o conteúdo “em partes”, como se fosse um seriado. "Vou te dar uma dica sobre como assisti-lo. Sei que muitos fãs vão querer assistir direto. Mas também tem capítulos. E o que a HBO Max pode fazer é que haverá uma linha do tempo na parte inferior, onde haverá pequenas marcações, porque cada parte tem um título. E é uma espécie de divisão temática”, disse.   Deborah disse que esse tipo de marcação é uma das grandes vantagens do streaming, especialmente quando ela mesma passa horas “maratonando” alguma atração”. “Às vezes, se eu e Zack estamos assistindo a algo e eu adormeço enquanto ele assiste, pergunto ‘onde parei?’. Mas se você quiser voltar e tentar lembrar, eles [as plataformas] facilitam muito para você, pois as pequenas marcações na linha de tempo em cada capítulo ajudam.” Ou seja, essas divisões no filme de Snyder podem ser um bom momento para fazer aquela pausa para ir no banheiro ou até mesmo cochilar para ver o restante depois. Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! Zack Snyder’s Justice League é estrelado por Ben Affleck como Batman, Gal Gadot como Mulher-Maravilha, Henry Cavill como Superman, Amy Adams como Lois Lane, Jason Momoa como Aquaman, Ezra Miller como Flash, Ray Fisher como Ciborgue, Jeremy Irons como Alfred Pennyworth, Diane Lane como Martha Kent, Ray Porter como Darkseid, Ciarán Hinds como Lobo da Estepe, Jesse Eisenberg como Lex Luthor e JK Simmons como Comissário Gordon. O filme chega ao HBO Max dia 18 de março. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

MWC Xangai 2021: pandemia impulsionou transformação digital, diz presidente da Huawei

tudo celular O presidente rotativo da Huawei, Ken Hu, deu novos números sobre a companhia chinesa ao longo dos últimos meses. Veja Mais

Itaúsa tem lucro 6,2% maior no quarto trimestre de 2020

G1 Economia Empresa registrou lucro líquido de R$ 3,66 bilhões no quarto trimestre, alta de 6,2% ante mesma etapa de 2019. Itaúsa Divulgação A Itaúsa teve leve alta do lucro no quarto trimestre, uma vez que o desempenho positivo de empresas industriais mais do que compensou os lucros menores da holding com o Itaú Unibanco, afetado por maiores provisões para calotes devido à crise gerada pela pandemia da Covid-19. A empresa anunciou nesta segunda-feira (22) que teve lucro líquido de R$ 3,66 bilhões no quarto trimestre, alta de 6,2% ante mesma etapa de 2019. O avanço na performance da Duratex no segmentos de materiais para construção civil, ganhos maiores com exportações da fabricante de calçados Alpargatas e apreciação do valor justo de ativos da empresa de gasodutos NTS justificaram a melhora no resultado, explicou a Itaúsa. A companhia, que também anunciou um programa de recompra de até 250 milhões de ações e o pagamento de juros sobre o capital próprio em duas tranches, afirmou ainda que tem um prognóstico para seus investimentos em 2021, uma vez que a crise gerada pela pandemia apresenta oportunidades para novos negócios. Vídeos: Últimos notícias de Economia Veja Mais

'Fraudes românticas' cresceram 31% durante a pandemia

'Fraudes românticas' cresceram 31% durante a pandemia

Tecmundo Durante a pandemia causada pela covid-19, muitas pessoas aderiram ao uso de aplicativos de relacionamento. O aumento de usuários nos sites fez o número das chamadas "fraudes românticas" - quando golpistas fingem ter interesse amoroso para enganar parceiros - crescer.Segundo um relatório da Federal Trade Commission (FTC) dos Estados Unidos, 2020 registrou um crescimento recorde de prejuízos econômicos causados pelo aumento de casos de golpes românticos. Pelo menos 32,8 mil golpes foram relatados no ano passado, quase 31% a mais do que em 2019. As perdas com os golpes alcançaram cerca de US$ 304 milhões, aumento de quase 51% na comparação com o ano anterior.Leia mais... Veja Mais

Mercado financeiro deve se recuperar após reunião do Conselho da Petrobras, dizem economistas

G1 Economia Especialistas acreditam que o Ibovespa deve retomar ganhos nos próximos dias, com os investidores procurando novas oportunidades para aportar dinheiro. Maiores tombos diários da Petrobras Economia G1 Com a indicação do general Joaquim Silva e Luna, atual diretor da Itaipu Binacional, como novo presidente da Petrobras na última sexta-feira (19), a estatal perdeu mais de R$ 74 bilhões em valor de mercado apenas nesta segunda (22) e o Ibovespa fechou em queda de 4,87%, a 112.667 pontos. As ações ordinárias (PETR3) derreteram 20,48%, a R$ 21,55, e as preferenciais (PETR4) registraram baixa de 21,51%, a R$ 21,45. Troca de comando na Petrobras: veja perguntas e respostas Petrobras vê analistas cortarem recomendação para ações após Bolsonaro indicar novo presidente Único 'viés' da política da Petrobras é atender aos interesses de 'alguns grupos', diz Bolsonaro Essa instabilidade, contudo, não deve durar muito tempo. Especialistas ouvidos pelo G1 apostam que o Ibovespa deve se recuperar e voltar a subir nos próximos dias, com os investidores procurando novas oportunidades para aportar dinheiro. Troca na Petrobras: 'Não vejo que vá prejudicar demais isso ai', diz Mourão sobre movimentação no mercado No caso específico da Petrobras, o mercado aguarda os resultados da reunião do Conselho de administração agendada para esta terça-feira (23). "Esses 21% de queda [da Petrobras] já precifica o que deve acontecer amanhã na reunião. O que o mercado mais detesta é indefinição, instabilidade. Ele quer que a notícia seja dada logo, não importa qual seja. O ruim é ficar como está", disse Cristiano de Souza Corrêa, coordenador do curso de administração do Ibmec. Na avaliação de Henrique Castro, professor de finanças da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV/EESP), as ações da Petrobras podem sofrer novas quedas, mas não tão grandes como as de sexta (19) e desta segunda (22). "Há outro patamar de preços porque não é mais possível passar aumentos internacionais. O lucro também diminuiu. Além disso, o governo sinalizou que pode haver interferência em outras estatais, como elétricas, e assustou o mercado", explicou Castro. Segundo levantamento da Economatica, com o tombo nas cotações, a Petrobras perdeu em poucas horas nesta segunda-feira quase R$ 75 bilhões em valor de mercado. Na sexta-feira (19), a petroleira já tinha encolhido R$ 28 bilhões. Regis Chinchila, analista da Terra Investimentos, lembrou também que a semana contará com balanços importantes, como o da própria Petrobras, e os de Vale, CSN, Gerdau, Itausa e Vivo, que tendem a mudar o cenário do Ibovespa. "No decorrer da semana, aguardaremos mais detalhes do caso da Petrobras, enquanto o mercado também espera o posicionamento de Paulo Guedes e a definição sobre o pagamento do auxílio emergencial", destacou o estatístico. Vídeos: Mudança na presidência da Petrobras Variação do Ibovespa em 2020 G1 Economia Veja Mais

WandaVision | Quem é Agatha Harkness e quais são seus poderes nas HQs da Marvel?

canaltech Atenção: esta matéria está cheia de spoilers de quadrinhos da Marvel Comics e da série WandaVision! O último episódio de WandaVision, o sete, trouxe uma revelação há muito aguardada pelos fãs. Todo mundo imaginava que a “vizinha barulhenta” de Wanda e Visão, Agnes, seria uma versão da famosa bruxa Agatha Harkness dos quadrinhos. Os rumores de bastidores já adiantavam isso no ano passado e até o desenrolar da trama até aqui apontavam para isso. E eis que, no final do capítulo, a personagem interpretada por Kathryn Hahn revela seu nome completo e admite ser a responsável por manipular a realidade criada com a ajuda da Feiticeira Escarlate. WandaVision | Vazamento responde mistério que fãs esperavam há muito tempo Crítica | WandaVision começa estranhamente divertida e empolgante Embora o “plot twist” não tenha sido assim tão chocante para grande parte do público, alguns elementos envolvendo seus poderes e sua própria participação como aparente “vilã principal” geraram grandes perguntas. Agatha parece ter “dirigido” as criações de Wanda para se tornarem sitcoms durante as décadas. Mas ela também ajudou a criar essa realidade? Ela foi quem “fabricou” um Pietro da versão de Evan Peters? Estaria trabalhando sozinha ou alguém está controlando-a? E por que os gêmeos Billy e Tommy são tão importantes? -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Imagem: Reprodução/Marvel Comics Afinal de contas, quem é exatamente Agatha Harkness? As respostas estão logo abaixo. Quem é Agatha Harkness? Sua primeira aparição aconteceu em Fantastic Four #94, de janeiro de 1970, pelas mãos da lendária dupla Stan Lee e Jack Kirby. Ela foi inicialmente apresentada como babá de Franklin Richards, o filho do casal Reed e Sue do Quarteto Fantástico. Ao longo das histórias, Harkness manifesta alguns poderes ao salvar Franklin, e, aos poucos, vamos sabendo mais sobre seu passado como bruxa; e a respeito de seu filho, Nicholas Scratch — guarde esse nome, será importante mais abaixo. Como Homem de Ferro, Capitão América e Thor reconstruíram a Trindade da Marvel? Saiba como a Marvel está construindo a Fase 4 para chegar a Vingadores 5 Nos quadrinhos, ela aparenta ser bem mais velha do que sua versão na TV. E, na verdade, é, porque há registros de ela ter vivido em uma época anterior ao naufrágio da Atlântida — o que significa milhares de anos no passado do Universo Marvel. Como conseguiu sobreviver por tanto tempo? Aí está a resposta pela qual ela tem motivações consideradas “dúbias” para a classificarmos definitivamente como uma aliada dos heróis: Harkness prolongou sua presença na Terra por meio de feitiçaria primitiva e magias muitas vezes influenciadas pelas trevas. Imagem: Reprodução/Marvel Comics Sua história detalhada mais recente data dos anos 1700, em Salem, Massachusetts, no grupo que sofreu o Julgamento das Bruxas de Salem. O episódio é lembrado por Harkness como um evento histórico que, na verdade, serviu como “seleção natural” dos membros mais fortes de seu clã. Sua motivação gira em torno de manter o legado e criar novas comunidades de bruxas, custe o que custar. No período da Guerra Civil Americana, ela esteve no comando de uma equipe chamada Filhas da Liberdade, que recebeu alto treinamento nas artes mágicas. Harkness continuou bastante ativa em sua missão nas décadas seguintes, e chegou a ser recrutada pelo exército norte-americano para ajudar a vencer os feiticeiros nazistas na Segunda Guerra Mundial. O marido de Harkness, que em WandaVision é citado como um sempre ausente “Ralph”, não tem assim tanta relevância nos quadrinhos quanto seu filho, Nicholas Scracth. Falaremos mais sobre isso abaixo. Já sobre outros parentes, há muito mistério guardado no passado da personagem, que não chegou a ser assim tão explorada pela Marvel, diga-se de passagem. A última maior conexão publicada foi uma estranha ligação com a dinastia mágica francesa conhecida por Clã D’Arqness, que costuma usar suas reuniões para invocar demônios. Imagem: Reprodução/Marvel Comics Sobre seus poderes, as descrições podem ser tão vagas quanto as de Wanda, que pode manipular a realidade a partir das “magias do caos”. Harkness consegue controlar incontáveis números de feitiços a partir dos mais variados tipos de bruxaria. E, ao que parece em WandaVision, Harkness estaria usando outra fonte poderosa juntamente com as energias usadas por Wanda. Como Agatha Harkness conheceu a Feiticeira Escarlate? Bem, como dita anteriormente, ela foi governanta de Franklin e, durante uma aventura do Quarteto Fantástico junto a Wanda e Visão, a trama abordava um grupo de entidade demoníacas, conhecido como Os Sete de Salem — isso aconteceu em Vision & Scarlet Witch Vol.2 #3, de 1985. Os vilões eram comandados por Nicholas Scratch, que conseguiu capturar e queimar Harkness em uma fogueira. Marvel Studios já está espalhando os mutantes pelo seu universo cinematográfico Sua forma astral sobreviveu e, ao ver o potencial mágico de Wanda Maximoff, Harkness usou a divindade do caos conhecida como Chthon para voltar à realidade e se tornar uma mentora para a Feiticeira Escarlate. Para derrotar os Sete de Salem, Wanda absorveu grande parte das energias de sua professora. Imagem: Reprodução/Marvel Comics Posteriormente, Wanda seus novos poderes para criar os filhos William e Thomas, ou Billy e Tommy. Calma que fica ainda mais complicado: no final das contas, ficamos sabendo que ambos só puderam nascer porque a Feiticeira Escarlate usou um fragmento de alma do diabão Mephisto, que canalizou sua magia sombria através de Harkness. A personagem ficou sumida por um bom tempo nos anos 1990 e só retornou em meados de 2000, quando participou da saga Dinastia M, mais uma vez como mentora de Wanda. E, mais recentemente, Harkness foi a narradora da série limitada Visão, de Tom King e Gabriel Walta, que serve como uma das inpirações para WandaVision — não à toa, ela tem um papel semelhante ao “dirigir” os ambientes sitcom vistos na série do Disney+. Agatha Harkness no MCU A versão do Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês) parece estar muito mais conectada ao perfil sombrio de Harkness, que se revela no capítulo sete de WandaVision como uma verdadeira vilã — e não apenas uma antagonista. Harkness seria a responsável por grande parte das mudanças na fictícia Westview e nutre um interesse crescente sobre Billy e Tommy. O comercial que aparece nos tradicionais intervalos da atração abordou a palavra Nexus, que pode ser uma pista sobre o que realmente representa o porão de Harkness e as energias conectadas a um livro. Esse local pode estar conectado aos Nexus de Realidades da Marvel, uma espécie de “hub” para as várias Terras do Multiverso Marvel — as videiras têm um visual bastante semelhante à sua representação nos quadrinhos. Imagem: Reprodução/Marvel Comics Já Nicholas Scratch chegou a ter uma referência no nome do coelho de Wanda, “Mr. Scratchy”. Vale destacar que, nos Estados Unidos, esse é o apelido folclórico para o diabo cristão. Alguns acreditam que Scratch estaria sendo manipulado para mudar de forma, de acordo com os planos de Harkness. Assim, ele poderia ser o “Pietro” que chegou no sexto episódio — embora muita gente também relacione esse Mercúrio com o próprio Mephisto. E o bichinho Scratchy também poderia ser uma versão de Ebony, sua gata preta de estimação que pode ser transformar em uma pantera negra e outras formas. Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! Bem, isso tudo deve ser explicado muito em breve, pois WandaVision está chegando ao fim e os últimos episódios, que vão ao ar nas próximas sextas-feiras, prometem muita ação e respostas, além de conexões com o próprio MCU. Continue acompanhando conosco, que, no final, vamos avaliar como isso tudo foi apresentado e o que pode vir por aí. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Sonda da NASA parece ter flagrado um objeto entrando na atmosfera de Júpiter Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo Crítica | Os Pequenos Vestígios é um filme vencido Italiano vacinado é contaminado pela variante brasileira do coronavírus Naves espaciais podem contaminar Marte? Como evitar que isso aconteça? Veja Mais

Homem morre após equipamento usado em chá de revelação explodir nos EUA

O Tempo - Mundo Conforme reportado pela polícia do Estado de Nova York, o incidente ocorreu pouco depois do meio-dia na cidade de Liberty Veja Mais

Petrobras perdeu R$ 28,2 bilhões na sexta e ações caem quase 20% nesta segunda

O Tempo - Política Para contar o desgaste, o presidente Bolsonaro prepara uma medida provisória para diminuir a participação da União na Eletrobras Veja Mais

Congresso promulga decreto contra racismo - 22/02/21

Congresso promulga decreto contra racismo - 22/02/21

Câmana dos Deputados O Congresso Nacional promulgou a Convenção Interamericana contra o Racismo. Mas para ter o reconhecimento definitivo da adesão do Brasil ao compromisso internacional, o presidente da República precisa ratificar o texto promulgado por meio de decreto. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeputados/ https://www.tiktok.com/@camaradosdeputados? https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #racismo Veja Mais

Embalagens e alimentos têm 'mínima probabilidade de espalhar' coronavírus, diz agência americana

Glogo - Ciência FDA afirma que conclusão é um "consenso científico internacional esmagador" e lembra que vírus se espalha de pessoa a pessoa. Foto de um supermercado no Rio de Janeiro em 20 de maio de 2020 Tânia Rêgo/Agência Brasil A Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos publicou um novo documento informando que é "mínima a probabilidade" de embalagens e alimentos transmitirem o coronavírus. Publicado na quinta-feira (18) no site da FDA e assinado também pelo Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), o documento informa que não há evidência comprovada de que alimentos ou embalagens de alimentos estejam associados ou são uma fonte provável de transmissão do coronavírus. OMS diz que não há evidências de que o coronavírus possa ser transmitido por alimentos "Considerando os mais de 100 milhões de casos da Covid-19, não vimos evidências epidemiológicas de alimentos ou embalagens de alimentos como a fonte de transmissão da SARS-CoV-2 para humanos", explica o documento. A publicação garante que existe um "consenso científico internacional esmagador" de que "os alimentos consumidos e as suas embalagens são altamente improváveis de espalhar o Sars-CoV-2". Os cientistas ainda lembram que a Covid-19 é uma doença respiratória e é transmitida de pessoa para pessoa, não sendo um vírus transmitido por alimentos. Infectologista explica como é feita a transmissão da Covid-19 pelo ar "É particularmente importante observar que a Covid-19 é uma doença respiratória transmitida de pessoa para pessoa, ao contrário dos vírus transmitidos por alimentos ou gastrointestinais, como o norovírus e a hepatite A, que costumam deixar as pessoas doentes por meio de alimentos contaminados", diz a nota. Vídeos: novidades sobre vacinas contra a Covid-19 Veja Mais

NASA divulga primeiro vídeo de Marte capturado pelo Perseverance

NASA divulga primeiro vídeo de Marte capturado pelo Perseverance

Tecmundo A NASA divulgou nesta segunda-feira (22) o primeiro vídeo capturado pelo rover Perseverance em Marte. As cenas trazem a entrada do veículo espacial na atmosfera do Planeta Vermelho e mostram o momento exato em que ele pousou na superfície marciana na última quinta-feira (18).A equipe da missão do centro tecnológico Jet Propulsion Laboratory (JPL) da agência, na Califórnia, conseguiu recuperar 30 gigabytes de dados com base em mais de 23 mil imagens. Elas fazem parte de um conjunto de informações divulgadas na conferência virtual “How to Land on Mars”, iniciada hoje às 16 horas no Brasil.Leia mais... Veja Mais