Meu Feed

Últimos dias

Restos do foguete chinês cairá na Terra nas próximas horas

O Tempo - Mundo Seguimento Espacial (EU SST, na sigla inglesa) apontou que o horário deve ser por volta das 23h32 de Brasília, neste sábado (8) Veja Mais

Atriz Eva Wilma é diagnosticada com câncer no ovário

O Tempo - Diversão - Magazine Ela está internada no Hospital Albert Einstein para o tratamento de problemas cardíacos e renais desde o dia 15 de abril, Veja Mais

Morre Tawny Kitaen, atriz e musa dos clipes do Whitesnake, aos 59 anos

O Tempo - Diversão - Magazine A atriz ruiva também apareceu em videoclipes de rock durante o auge da MTV e estrelou ao lado de Tom Hanks na comédia Bachelor Party, de 1984 Veja Mais

Brasil registra 2.091 novas mortes por Covid; total de óbitos vai a 421.484

Glogo - Ciência País contabiliza 421.484 mortes e 15.150.628 casos, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa com informações das secretarias de Saúde. Brasil registra 2.091 novas mortes por Covid e passa de 421 mil óbitos O Brasil registrou 2.091 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando neste sábado (8) 421.484 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 2.131. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -15%, indicando tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes do vírus. Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h deste sábado. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Essa é a menor média móvel de mortes registrada desde 18 de março, quando ela estava em 2.096 -- e em plena ascensão naquele momento. Apenas um estado apresenta tendência de alta nas mortes: Roraima. O país completa agora 53 dias seguidos com a média móvel de óbitos acima dos 2 mil mortos por dia. Já são 108 dias no Brasil com a média móvel de mortes acima da marca de mil. Veja a sequência da última semana na média móvel: Domingo (2): 2.407 Segunda (3): 2.375 Terça (4): 2.361 Quarta (5): 2.329 Quinta (6): 2.251 Sexta (7): 2.158 Sábado (8): 2.091 Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 15.150.628 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 63.268 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 60.734 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de +7% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade também nos diagnósticos. Sem queda significativa tanto em casos quanto em mortes, o país começa a observar a formação de um platô perigoso nas duas curvas, com os números permanecendo ainda muito altos. Mortes e casos de coronavírus no Brasil e nos estados Mortes e casos por cidade Veja como está a vacinação no seu estado Brasil, 8 de maio Total de mortes: 421.484 Registro de mortes em 24 horas: 2.091 Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 2.131 (variação em 14 dias: -15%) Total de casos confirmados: 15.150.628 Registro de casos confirmados em 24 horas: 63.268 Média de novos casos nos últimos 7 dias: 60.734 por dia (variação em 14 dias: +7%) Estados Em alta (apenas 1 estado): RR Em estabilidade (12 estados): BA, CE, MA, MG, PB, PR, PE, PI, RJ, SP, SE e TO Em queda (13 estados e o DF): AC, AL, AP, AM, DF, ES, GO, MT, MS, PA, RN, RS, RO e SC Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia). Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados. Vacinação Balanço da vacinação contra Covid-19 deste sábado (8) aponta que 35.235.949 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 16,64% da população brasileira. A segunda dose já foi aplicada em 17.715.680 pessoas (8,37% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 52.951.629 doses foram aplicadas em todo o país. Veja a variação das mortes por estado Estado com a média de mortes em alta Arte G1 Estados com a média de mortes em estabilidade Arte G1 Estados com a média de mortes em queda Arte G1 Sul PR: +1% RS: -19% SC: -18% Sudeste ES: -34% MG: -15% RJ: +9% SP: -15% Centro-Oeste DF: -27% GO: -42% MS: -28% MT: -24% Norte AC: -18% AM: -40% AP: -23% PA: -38% RO: -43% RR: +22% TO: +1% Nordeste AL: -17% BA: -14% CE: -1% MA: -8% PB: -2% PE: -15% PI: -4% RN: -30% SE: +8% Brasil Sul Sudeste Centro-Oeste Norte Nordeste Consórcio de veículos de imprensa Os dados sobre casos e mortes de coronavírus no Brasil foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal (saiba mais). Veja vídeos de novidades sobre vacinas contra a Covid-19: Veja Mais

As milhares de vagas de emprego sem candidatos nos EUA

G1 Economia Economia americana continua a se recuperar após a chegada da pandemia, mas cada vez mais empresas reclamam que não conseguem encontrar pessoal. Especialistas ainda tentam entender as razões. Economia dos Estados Unidos continua a se recuperar após a chegada da pandemia, mas cada vez mais empresas reclamam que não conseguem encontrar pessoal. O que está acontecendo? GETTY IMAGES via BBC Um McDonald's em Tampa, no Estado americano da Flórida, oferece US$ 50 (R$ 262) a quem aparecer para uma entrevista de emprego. Enquanto isso, a Delta Airlines teve que cancelar uma centena de voos por falta de pessoal. As vagas de emprego aumentam em muitas partes dos Estados Unidos, mas algo estranho está acontecendo. Após o início da pandemia da Covid-19 e as restrições impostas por ela elevarem o desemprego a níveis recordes, agora que a situação melhorou e a vacinação está avançando, muitas empresas se deparam com um problema inesperado: não conseguem encontrar candidatos para preencher as vagas. De acordo com a Federação Nacional de Empresas Independentes dos Estados Unidos, 40% dos empregadores questionados em fevereiro disseram não ter encontrado trabalhadores para preencher novos empregos. Bill Dunkelberg, economista-chefe da entidade, disse que "encontrar trabalhadores qualificados se tornou uma questão crítica para as pequenas empresas em todo o país". Carlos Gazitua, presidente da rede de restaurantes Sergio's, na Flórida, é um dos que sofrem com o problema. "No momento, todos os meus funcionários estão trabalhando seis ou sete dias por semana porque não temos funcionários", diz ele à BBC News Mundo, o serviço de notícias em espanhol da BBC. "As coisas chegaram a um ponto em que, quando chega uma candidatura, os gerentes pulam de alegria, mas, na prática, os candidatos não aparecem para a entrevista." Carlos Gazitua conta que teve que fechar alguns restaurantes por falta de pessoal BBC Ele diz que precisa contratar 80 funcionários e que a escassez de pessoal o obrigou a fechar alguns de seus restaurantes ou deixá-los apenas para entrega em domicílio. "Paramos de ganhar 20% ou 25% do que poderíamos ganhar porque há uma demanda que não podemos atender." O que está acontecendo Os motivos dessa escassez ainda estão sendo estudados. "Há definitivamente um 'paradoxo do trabalho'", disse à agência Bloomberg o economista sênior do Bank of America Corp, Joe Song. É difícil quantificar, diz ele, "mas é claramente um desafio que está pesando contra uma recuperação (econômica) mais veloz." Segundo a Bloomberg, entre os motivos possíveis para isso estão desde preocupações dos trabalhadores com sua saúde em meio à pandemia - e à incapacidade de trabalhar de casa em muitas das vagas em aberto - até a possibilidade de alguns americanos estarem se aposentando mais cedo. Além disso, com a crise da Covid-19, o governo do presidente Joe Biden ampliou a ajuda aos desempregados e os que se qualificarem têm direito a receber US$ 300 por semana, além dos benefícios já vigentes em cada Estado. Bill Dunkelberg acredita que "o aumento do seguro-desemprego está mantendo alguns trabalhadores fora do mercado de trabalho" - opinião que está longe de ser um consenso. Katharine G. Abraham, professora de economia da Universidade de Maryland e ex-funcionária do Departamento de Trabalho dos Estados Unidos entre 1993 e 2001, discorda. Ela acredita que o auxílio "desempenhou um papel menor, porque todos sabem que não durará para sempre." "As pessoas não vão recusar um emprego agora e correr o risco de não encontrar outro mais tarde", afirma. No curto prazo, é possível que trabalhadores que ganhavam menos de US$ 32 mil por ano se saiam melhor recebendo o benefício do governo, segundo economistas do Bank of America ouvidos pela Bloomberg. "Mas economistas e formuladores de políticas ainda estão incertos quanto a o que está causando esse abismo no mercado de trabalho e o quanto ele vai durar", prossegue a agência. "As contratações continuam robustas por enquanto, indicando que essas disparidades laborais não são necessariamente um problema. A preocupação é se a escassez de funcionários vai persistir - particularmente nas indústrias de lazer e hospitalidade - e o quanto vai durar. Isso poderia levar a uma redução na demanda e possivelmente levar a um aumento de preços." Restaurantes estão tendo problemas para encontrar funcionários GETTY IMAGES via BBC Saru Jayaraman, fundadora da One Fair Wage (Um Salário Justo, em tradução livre), organização que reivindica melhores salários para os trabalhadores com baixa remuneração, garante que há anos alerta o setor que haveria uma escassez de profissionais se seus salários não fossem aumentados. "É ridículo dizer que o problema é o auxílio do governo. No ano passado, falamos com 240 mil trabalhadores que não puderam recebê-lo porque em muitos estados foram informados que seus salários entre US$ 2 e US$ 4 por hora eram muito baixos para acessar o benefício", explica Jayaraman à BBC News Mundo. Ela é uma das vozes que defendem o aumento do salário mínimo nos Estados Unidos, medida que Biden incluiu em seu novo pacote de estímulo à economia que tenta aprovar no Congresso. A meta de Biden é atingir um salário mínimo federal de US$ 15 a hora até 2025, e vários Estados já estão revisando para cima os que estão em vigor em seu território. O problema da falta de pessoal repercute negativamente na vida de todos os trabalhadores, com ou sem emprego. Mary Miranda continua trabalhando. A gerente de uma loja de roupas em Sunrise, Flórida, lamenta que, quando o negócio conseguiu reabrir as portas após restrições da pandemia, muitos dos funcionários não quiseram voltar ao trabalho. "Aqueles de nós que ficam agora têm de fazer todas as tarefas, também as mais físicas. Estou sempre cansada e ultimamente comecei a sentir dores no pulso." Carissa Shade é uma das que estão fora do mercado de trabalho. Moradora de Fletcher, no Estado da Carolina do Norte, ela perdeu o emprego em março por causa das restrições da pandemia. "Desde então, tudo tem sido um pesadelo", diz. Em junho, tais medidas foram suspensas, mas ela teve que pedir licença médica para dar à luz e, quando quis voltar, descobriu que a empresa não queria recontratá-la. Desde então, sua família se sustenta com o salário do seu marido e alguma ajuda governamental para alimentar seus quatro filhos. Aos 18 anos, ela começou a trabalhar como garçonete e não é a primeira vez que se sente vulnerável devido à sua condição de mulher. "Nesse setor, você depende de gorjetas e muitas vezes tive que aprender a lidar com situações de arrogância ou assédio de clientes". Carissa Shade está farta de empregos mal remunerados e não aceita nenhum que pague menos do que custa ter alguém para cuidar de seus filhos Arquivo pessoal "Se me oferecessem um trabalho decente, aceitaria, mas no último me pagaram menos de US$ 4 a hora. Não vou trabalhar por menos do que custa pagar a alguém para cuidar dos meus filhos enquanto eu estiver fora", diz. A economia não é o único fator que faz com que Carissa Shade prefira não se reintegrar ao mercado de trabalho. "Nesse setor, você está sempre exposto a muitos vírus", diz ela, aludindo a um medo que pode ser compartilhado por muitos daqueles que atualmente recusam empregos que envolvam o contato com o público. Algumas dessas vagas em aberto estão nas fábricas americanas, segundo a agência Reuters. No início de abril, o empresário Matt Arnold se queixou de que estava longe de preencher os 125 postos de trabalho de sua fábrica de veículos do tipo trailer no Estado de Indiana. "Nunca tinha visto isso assim tão ruim", disse Arnold sobre a dificuldade de contratação, que o tem forçado a ampliar o tempo necessário para entregar seus produtos aos consumidores. Muitas pessoas que perderam seus empregos agora recebem seguro-desemprego e outros tipos de assistência governamental Getty Images via BBC Quanto tempo vai durar essa situação A economista Abraham é "cética" em relação às reclamações dos empregadores que afirmam não conseguir encontrar empregados. "Vimos em recessões anteriores em que, quando as coisas começam a melhorar, sempre há um período em que as empresas dizem que têm dificuldade em contratar", diz ela. "Eles provavelmente terão que concordar em aumentar os salários ou contratar trabalhadores com um perfil diferente do que eles gostariam." Proprietários de restaurantes na turística Miami Beach reclamam que não conseguem preencher vagas Getty Images via BBC Gazitua diz que já está fazendo isso. Ele conta que está pagando US$ 19 por hora aos lavadores de pratos que consegue contratar para as cozinhas de seus restaurantes. Antes da pandemia, quem estava nessa função não costumava receber mais de US$ 12. Mas muitos empresários argumentam que, se a ajuda governamental não for moderada ou eliminada, não haverá solução para o problema. "O governo tem que encorajar as pessoas a voltar ao trabalho", afirma Gazitua, que acredita que "o problema não é apenas uma questão de dinheiro, mas também se as pessoas querem ou não servir a sua comunidade". Ele reconhece que os meses difíceis da pandemia alteraram a escala de prioridades. "Depois dessa época, muitas pessoas, especialmente os jovens, perceberam que preferem um trabalho que lhes permita ter tempo para ficar com a família do que um em que ganhem muito dinheiro, mas exija muitas horas". "Já existem restaurantes que usam robôs em vez de garçons e estou pensando nisso." Com reportagem de Guillermo D. Olmo, da BBC News Mundo Veja Mais

Governo quer vender imóveis na praia e criar 'Cancúns' em Angra e Florianópolis

Valor Econômico - Finanças Justificativa é promover o turismo por meio da atração de investimentos privados, com geração de emprego e renda O governo Jair Bolsonaro planeja privatizar ou conceder áreas públicas em praias do país para estimular o investimento de grupos hoteleiros e o recebimento de cruzeiros internacionais. Internamente, fala-se que é possível construir no litoral brasileiro diferentes ‘Cancúns’ - referência ao destino mexicano famoso pelos resorts. Leia também: Turismo brasileiro depende da vacinação para sair da crise O projeto prevê o lançamento de uma fase piloto voltada a Angra dos Reis (RJ), Maragogi (AL), Cairu (BA) e região de Florianópolis (SC). O objetivo é privatizar imóveis à beira-mar para a construção de hotéis e resorts e também conceder à iniciativa privada ativos inalienáveis - como faixas de areia, áreas de ilhas e espelhos-d'água - para a construção de estruturas como píeres e marinas. No município baiano de Cairu, está nos planos até mesmo a concessão do forte do Morro de São Paulo - construção de 1630 protegida pelo Patrimônio Histórico Nacional. O programa vem sendo chamado inicialmente de Praias do Brasil e seria liderado pelo Ministério da Economia em parceria com as pastas do Turismo, Meio Ambiente e Infraestrutura. Na pasta liderada pelo ministro Paulo Guedes, o tema está a cargo da Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados e da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (Seppi). O envolvimento de diferentes pastas é visto como necessário para criar segurança jurídica aos investidores. O Meio Ambiente, por exemplo, seria responsável pelo diálogo com as esferas estadual e municipal para liberar entraves no setor. O Ministério da Infraestrutura ficaria a cargo de alinhar o projeto à legislação existente no setor logístico. Apesar de estar em fase inicial, o cronograma previsto atualmente prevê avanço ainda neste ano. O lançamento de editais públicos de chamamento para estudos está previsto para até o mês que vem. Até dezembro, estão previstos a assinatura de acordos de cooperação técnica, a conclusão dos estudos, a publicação de normativos para o andamento do projeto e o lançamento dos editais para as quatro regiões analisadas. As licitações para venda ou concessão de áreas em Angra, Maragogi, Cairu e região de Florianópolis estão previstas para o primeiro semestre de 2022. A justificativa do projeto é promover o turismo no litoral brasileiro por meio da atração de investimentos privados, com geração de emprego e renda. Os membros do governo querem aproveitar também o interesse dos investidores com o ESG (sigla em inglês para ambiente, social e governança) a fim de atrair recursos, apresentando a eles o projeto com um mote sustentável. Elimar Nascimento, cofundador do Laboratório de Estudos de Turismo Sustentável da UnB (Universidade de Brasília), afirma que são bem-vindas iniciativas de atração de investimento ao setor. Por outro lado, ele tem uma série de ressalvas à ideia de construir as chamadas novas Cancúns e diz acreditar que a proposta não seria tão eficaz para atrair turistas. "Você desembarca do avião e entra em um resort. É um turismo glamourizado e artificial, com hotéis internacionais todos iguais. São coisas conhecidas e padronizadas, sem contato com novas culturas, sem experiências diferenciadas. Fica perto da piscina, do mar, é um lugar de rico. Não muito mais que isso", afirma Nascimento. Ainda na visão de Elimar Nascimento, grandes complexos hoteleiros à beira-mar já existem em outros lugares - como na região do Caribe, nos EUA e na própria Europa -, e, portanto, oferecer o mesmo tipo de experiência em um lugar mais distante para esse público, como o Brasil, pode não atrair tantos turistas como se pensa. Segundo ele, há uma tendência no turismo internacional nos últimos anos de busca por opções mais sustentáveis e com imersões mais profundas em culturas locais. "A tendência não são essas coisas padronizadas, mas um turismo que procura dar a experiência do contato com a cultura, com a terra", diz. Ele cita como bom exemplo a estratégia usada nas últimas décadas pelo Peru, que escolheu cerca de dez locais no país - como a capital, Lima, e Cusco (próximo a Machu Picchu)- para investir na infraestrutura e atrair turistas. Segundo Nascimento, a chave é fornecer a infraestrutura adequada e integrada ao ecossistema local. A vontade de construir uma Cancún em Angra já foi expressa pelo presidente Jair Bolsonaro em mais de uma ocasião. Essa é uma das frentes em que o governo tenta avançar com a privatização de imóveis. O governo já disse haver potencial próximo a R$ 1 trilhão em receitas com as vendas, mas o plano ainda não decolou. Também está sendo planejada a reunião dos imóveis da União em um fundo ou uma empresa que teria potencial até de abrir seu capital em Bolsa de Valores. Investidores poderiam comprar cotas do fundo, em vez de somente terem possibilidade de comprar os imóveis em si. Wendell Adriel/Unsplash Veja Mais

Radiação contra o coronavírus: testamos a luminária de raios UV-C da Philips

canaltech Desde o início da pandemia da COVID-19, em março do ano passado, todo e qualquer cuidado para evitar a contaminação e a propagação do coronavírus é muito bem-vindo. Além do distanciamento e isolamento social, higienização das mãos e vacinação, claro, uma nova solução promete neutralizar o SARS-CoV-2. No fim do ano passado, a Philips lançou uma luminária de mesa sob a linha Signify que promete inativar o vírus graças à radiação ultravioleta (UV-C). Nova luminária de mesa Philips com radiação UV-C elimina o coronavírus Como a luz ultravioleta pode barrar novos casos da COVID-19? Raios UV entram na batalha para desinfectar aviões na Suíça A Philips já é uma marca de renome no mercado, sendo detentora da Signify, que também já atua no setor da iluminação há mais de 35 anos, com a reputação por si só já trazendo boas expectativas para o produto. Com o lançamento da luminária de mesa, a desinfecção pela radiação UV-C se torna mais acessível, uma vez que o produto foi projetado exclusivamente para funcionar em residências. O Canaltech teve em mãos a luminária residencial da Signify, testou e vai contar um pouco mais sobre o produto e como usá-lo, ainda que não seja possível provar que a promessa do produto foi cumprida. Por isso, acreditamos que é importante entender quais são os efeitos da radiação UV-C contra o coronavírus e outros vírus em geral para então cogitar a aquisição do produto. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Foto: Natalie Rosa/Canaltech O que é a radiação UVC? Antes de conhecermos o produto, também é interessante entendermos do que se trata a iluminação UVC. UV vem de raios ultra-violeta, que são divididos em três tipos: UVA, UVB e UVC. Enquanto os raios UVA têm um comprimento de onda maior, eles podem penetrar na camada média da pele, os raios UVB tem um comprimento de onda considerado curto, atingindo apenas a camada externa da pele, o que é chamada de epiderme. Os raios UVA e UVB são transmitidos pela atmosfera, e grande parte dos raios UVB acaba sendo absorvida pela camada de ozônio da Terra. Então, a radiação que temos contato possui uma concentração maior de UVA do que UVB. Ambas as radiações podem ser nocivas à pele quando em contato por muito tempo, o que ressalta a importância do uso de protetores solares. Já a radiação UVC não atinge a superfície da Terra, portanto não existe nenhum produto para proteção contra ela. Nenhum habitante do planeta tem contato com a luz UVC de forma natural, uma vez que ela é bloqueada pela camada de ozônio, e a única forma de tê-la é através de fontes artificiais. O uso dos raios UVC contra vírus e bactérias acontece há mais de um século. No caso das bactérias, elas são mortas por serem organismos vivos, e no caso dos vírus, por não serem, propriamente, organismos vivos, eles são apenas inativados. A radiação funciona interagindo com o RNA e DNA das moléculas de vírus e bactérias, transformando-as em não-infecciosas, em um processo que acontece em nível microscópico. Riscos Em contato com a pele, a radiação UVC pode provocar queimaduras não só na pele, como nos olhos, o que é chamado de fotoqueratite. Por isso, ao usar qualquer produto que tenha essa iluminação artificial, ele precisa ser ligado longe do contato humano e de animais, e também não se pode olhar diretamente para a luz. Os danos provocados na pele e nos olhos costumam desaparecer depois de algumas semanas sem nenhuma consequência a longo prazo conhecida até então, mas os ferimentos são bastante dolorosos. Por ter profundidade de penetração na pele muito baixa, riscos de câncer de pele e doenças oculares, como a catarata, são baixos. Raios UV-C contra a COVID-19 Os raios UV-C já são conhecidos por terem a função de desinfetar o ar, água e superfícies não porosas, e por décadas vem sendo usados no combate à disseminação de bactérias perigosas, como a da tuberculose. Em testes feitos em laboratório, a radiação foi capaz de destruir o revestimento interno da proteína do SARS-CoV-2, o vírus que provoca a COVID-19, o que consequentemente o inativa. Assim como qualquer solução para a saúde, a radiação UV-C também pode contar com seus problemas. A primeira questão é que os raios apenas são eficazes quando entram em contato direto com o vírus. Com isso, a inativação do vírus em algumas superfícies pode não ser tão eficaz, como, por exemplo, na terra ou em objetos com poeira, justificando a recomendação de uso em superfícies não-porosas. Outra questão a ser avaliada é que as luminárias UV-C que são vendidas para uso residencial contam com uma baixa dose de radiação, fazendo com que seja necessário mais tempo de exposição. Além disso, é importante ressaltar mais uma vez que a radiação é perigosa quando em contato direto com humanos e animais, que podem sofrer de queimaduras graves na pele e nos olhos. De acordo com um estudo recente publicado na revista científica Scientific Reports, o uso dos raios UV-C pode reduzir o vírus da mesma forma em que os respiradores N95 nos protegem, fornecendo ainda uma redução a mais de 80% nos níveis de vírus que são transportados pelo ar. Foto: Natalie Rosa/Canaltech A luminária da Philips A Philips trouxe a luminária da Signify ao Brasil com o objetivo de corresponder à alta demanda pela desinfecção do ar, superfícies e objetos, uma vez que o país vem sofrendo com a rápida propagação da COVID-19. De acordo com a companhia, em testes realizados e validados pela Universidade de Boston, nos Estados Unidos, as fontes de luz UV-C da marca conseguiram inativar 99% do vírus SARS-CoV-2 em uma exposição de apenas seis segundos. A Signify conta com outros produtos da linha de desinfecção, mas o que vamos falar aqui é sobre a luminária de mesa. Medindo menos de 25 centímetros de altura, ela pode ser posicionada, quando inativa, em mesas de escritório, mesas de centro, entre outros móveis, sem ocupar muito espaço. Conta com um fio longo para alcançar a tomada necessária em cada ambiente e ainda possui três botões. Pelo fato de que a luminária não pode ser ligada com pessoas ou animais no mesmo ambiente, ela conta com uma tecnologia de detecção com um sensor que consegue identificar a presença de quem estiver a menos de cinco metros de distância do local. Quando isso acontecer, a luz é desligada automaticamente para evitar danos à saúde. Por essa razão, o produto também funciona no modo de programação, ou seja, você seleciona o tempo em que ela irá funcionar em um botão temporizador. A luminária conta com a opção de funcionamento de 15, 30 e 45 minutos, cada tempo para um ambiente diferente. A Philips recomenda 15 minutos para a desinfecção de banheiros e cozinhas, 30 minutos para quartos e 45 minutos para a sala de estar. Foto: Natalie Rosa/Canaltech Então, na hora de usar, a pessoa irá seguir os seguintes passos: Posicionar a luminária no local onde acontecerá essa espécie de varredura, plugar na tomada e apertar o botão de ligar, na esquerda, o mantendo pressionado por três segundos para o desbloqueio; Na sequência, pressionar o botão de temporizador para chegar no tempo em que a luminária ficará funcionando, 15, 30 ou 45 minutos; Pressionar o botão de ligar e desligar, deixar o local e fechar a porta. O processo de desinfecção irá começar em 30 segundos ou assim que o sensor não detectar a presença de humanos e animais na sala; Assim que o trabalho for concluído, o dispositivo volta ao modo de bloqueio para finalizar o processo. É preciso retirar a luminária da tomada assim que a desinfecção acabar. A luminária não é leve, mas conta com um peso suficiente para que permaneça firme nos locais em que será armazenada ou posicionada para funcionar. Possui um revestimento de quatro "colunas", que protegem as duas lâmpadas de raios UV-C, que parecem ser bem delicadas. Junto aos botões do tempo, o produto conta com uma saída de áudio para que uma espécie de assistente virtual descreva que a luminária está sendo ligada e que será preciso sair da sala, quarto, cozinha ou qualquer ambiente em que ela esteja sendo usada, alertando para os riscos. Veja ela em ação: Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Natalie (@anatalierosa) Preço e onde comprar A luminária de mesa Philips para desinfecção por iluminação UV-C pode ser encontrada no site oficial da Philips e também em outras lojas do e-commerce, por um valor aproximado de R$ 1.099,99. Conclusão  Devido ao processo de inativação do coronavírus ser microscópico, não conseguimos testar, obviamente, se a desinfeção foi feita corretamente. No entanto, pela tecnologia ser usada há tanto tempo para essa finalidade e testes recentes comprovarem uma boa taxa de desativação do SARS-CoV-2, o produto já conta com o seu mérito de eficácia. A luminária da Signify, no entanto, não se encaixa como uma opção essencial de prevenção da COVID-19, principalmente pelo alto valor. Além disso, é um produto perigoso, ainda que seja programado para um uso seguro. Por questões de segurança, não tentamos entrar no local no momento da desinfecção para testar o sensor de movimento, visto que diversas tecnologias podem contar com as suas falhas momentâneas. Então, ainda que este tipo de produto venha de uma empresa séria e de qualidade, é preciso estar atento às instruções e estar ciente que qualquer deslize de precaução pode trazer consequências. Vale lembrar a quem adquirir a luminária que apenas o seu uso não é o suficiente para combater a COVID-19, sendo preciso também continuar com as medidas de distanciamento social e optar pela vacinação quando chegar na sua vez. Com informações de: FDA, Health Europa, IES, Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O céu (não) é o limite | Pedaço de foguete cairá na Terra, morre Michael Collins MIUI 12.5 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021) Moto G60 vs Galaxy A72: qual intermediário potente tem mais vantagens? Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Veja Mais

Vice-prefeito de Serra Negra é intubado após complicações por Covid-19

O Tempo - Política Antonio Luigi Ítalo Franchi (DEM), 81 anos, está internado desde terça-feira, Hospital Vera Cruz, em Campinas Veja Mais

Como rastrear um iPhone com os serviços da Google

Como rastrear um iPhone com os serviços da Google

Tecmundo Em caso de perda ou roubo do iPhone, é possível localizá-lo através de outro aparelho que tenha o aplicativo Buscar iPhone (ou Find My iPhone, em inglês). A Apple, no entanto, não disponibiliza o app para Android. Esse sistema fechado está sujeito a muitas críticas, mas a boa notícia é que se você não tiver um modelo da Apple dando sopa por aí, é possível localizar seu celular através dos serviços do Google.Vale lembrar que, embora o site iCloud.com seja restrito a iPhones e iPads, é possível acessá-lo através do computador e localizar o aparelho perdido. No entanto, se essa não for uma possibilidade, o recurso Linha do Tempo do Google Maps será muito útil para você. Confira abaixo como utilizar a ferramenta para localizar seu celular: Leia mais... Veja Mais

Renan Calheiros rebate Bolsonaro: 'governo fechou as portas para vacinas'

O Tempo - Política O relator da CPI da Covid faz várias críticas ao presidente da República e diz que ele pode ser responsabilizado pelos erros no combate à pandemia no Brasil Veja Mais

Clube da Luta: por que sua crítica ao consumismo o faz atual?

Clube da Luta: por que sua crítica ao consumismo o faz atual?

Tecmundo Em 1999, o filme Clube da Luta chegava aos cinemas. Mais do que um clássico moderno, o longa se tornou um marco, graças às atuações de Brad Pitt, Edward Norton e Helena Bonham Carter nos papéis principais, e à sua ácida crítica à sociedade capitalista. Com um texto forte sobre “você não é o seu emprego” e “as coisas que você possui acabam se tornando suas donas”, o filme não esconde esse teor, desde o seu começo.Dirigido por David Fincher e baseado no livro homônimo de Chuck Palahniuk, Clube da Luta é um daqueles filmes que contam com diversas camadas, que vão muito além do plot twist revelado no final. O cineasta, que este ano concorreu na categoria de Melhor Direção no Oscar com Mank, soube trabalhar o roteiro, assinado por Jim Uhls (Jumper), na construção de um cenário onde tudo o que — em um primeiro momento — parece superficial, acaba por se revelar como mais profundo. Leia mais... Veja Mais

BBB 21: Thiago Leifert explica o 'fenômeno' Juliette em programa do Bial

O Tempo - Diversão - Magazine Apresentador do BBB atribuiu vitória da paraibana ao jeito espontâneo e aberto ao diálogo Veja Mais

Algar compra de 85,2% a 100% da Vogel Telecom por R$ 600 milhões

Valor Econômico - Finanças Rede adquirida é complementar nos Estados de SP, RJ, MG, PR, SC e RS e permitirá expansão imediata para novas localidades, diz operadora mineira A operadora mineira Algar Telecom firmou contrato para compra de 85,2% a 100% do capital social da Vogel Telecom, por até R$ 600 milhões, conforme fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) neste sábado. A aquisição foi feita pela subsidiária integral Algar Soluções em TIC. A concretização do negócio está sujeita às condições precedentes normais nesse tipo de operação, incluindo as autorizações pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), além do não exercício do direito de preferência pelos atuais acionistas minoritários da controladora da Vogel. Como a aquisição das ações da Vogel pela Algar representa investimento relevante, a operação será submetida aos acionistas da empresa mineira. Deverá ser convocada uma assembleia geral extraordinária para esse fim, em data ainda não definida. A Vogel é uma empresa de telecomunicações dedicada ao mercado de empresas e atacado, que oferece serviços de conectividade de alta capacidade. Tem presença em 150 cidades de 13 Estados mais o Distrito Federal. Algumas dessas localidades representarão novas áreas de atuação para a Algar. A rede de fibra óptica da Vogel tem cerca de 27 mil km e está instalada em cidades e regiões que concentram potencial de consumo em telecomunicações e tecnologia da informação (TI), segundo a Algar. A empresa com sede em Uberlândia afirma no fato relevante que a aquisição está alinhada à sua estratégia de crescimento, que abrange sua expansão geográfica por meio da oferta de soluções integradas de telecomunicações e TI, com foco no segmento B2B (negócios empresariais, na sigla em inglês), micro e pequenas empresas, além de clientes corporativos, que já representam mais de 60% de suas receitas. A rede adquirida é majoritariamente complementar à da Algar nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, informou a companhia de Minas. Acrescentou que as condições dessa infraestrutura permitirão uma expansão imediata para essas novas localidades. A rede da Algar passará a ter 110 mil km de fibra óptica. Com a aquisição, a carteira vai adicionar cerca de 3,4 mil clientes corporativos. A Algar disse acreditar que a transação, após concretizada, adicionará “relevantes sinergias operacionais que, em razão da complementariedade entre as redes, por si só, viabilizam a operação”. Chaitawat Pawapoowadon/Pixabay Veja Mais

Checkpoints imunológicos: como eles agem no tratamento do câncer?

Checkpoints imunológicos: como eles agem no tratamento do câncer?

Tecmundo O sistema imunológico é capaz de reconhecer e eliminar estruturas alteradas (antígenos) de origem interna — como células tumorais — ou de origem externa, como vírus, bactérias e outros microorganismos. Células do sistema imune são capazes de reconhecer esses antígenos e montar uma resposta para eliminá-los. Sabemos que o câncer é consequência de erros que se acumulam na molécula de DNA durante sua replicação, e que chamamos de mutações.Tais mutações podem mudar o código genético das células e trazem vantagens adaptativas às células tumorais, tais como resistência à morte, crescimento acelerado e sem controle. Entretanto, essas mutações também geram proteínas alteradas que serão então reconhecidas como antígenos pelo sistema imune. Por isso mesmo, cientistas têm tentado, desde o do século 20, estimular o sistema imunológico de pacientes com câncer como arma para eliminar as células tumorais.Leia mais... Veja Mais

Aproximação de Kassab com Lula e Maia aumenta chances de Fábio Faria ir para o PP

Valor Econômico - Finanças A aproximação do presidente nacional do PSD com o ex-presidente, incomodou correligionários mais próximos do presidente Jair Bolsonaro, entre eles, o ministro das Comunicações Ainda que o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, sempre defenda que o partido é independente, a aproximação dele com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com quem se reuniu esta semana em Brasília, incomodou correligionários mais próximos do presidente Jair Bolsonaro, entre eles, o ministro das Comunicações, Fábio Faria. Com os movimentos do petista, aumentaram as chances de Faria migrar para o PP, legenda que está cada vez mais alinhada ao Palácio do Planalto. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

BIG Festival 2021 anuncia a lista de vencedores do festival

BIG Festival 2021 anuncia a lista de vencedores do festival

Tecmundo O BIG Festival 2021, maior festival de jogos independentes da América Latina, divulgou ontem (6) os vencedores das 17 categorias do festival. Entre eles, 4 títulos brasileiros levaram prêmios para casa: Retro Machina (Orbit Studio), Vamos Brincar de Cozinhar (Akom Studio), Do Not Disturb (Hollow Harpy) e Gravitational (Electric Monkeys).A votação contou com um júri composto por 53 pessoas de diversos países. Os escolhidos levaram pra casa a estatueta do BIG e, além disso, os vencedores dos prêmios Melhor Jogo, Melhor Jogo: América Latina e Melhor Jogo: Brasil faturaram R$ 5.000, enquanto o Melhor Jogo: Voto Popular embolsou R$ 3.000.Leia mais... Veja Mais

Bolsonaro diz que CPI do Senado é um 'vexame' e volta a defender cloroquina

O Tempo - Política Presidente criticou trabalhos de comissão e defendeu o tratamento precoce contra o coronavírus, mesmo que sem comprovação científica dos resultados efetivos de medicamentos Veja Mais

Como investir no Tesouro Direto pelo app

canaltech Atualmente muitas pessoas têm pesquisado como investir no Tesouro Direto, considerado um dos mais seguros do mercado por especialistas em finanças pessoais. Na transação você pode comprar e vender títulos públicos do Governo Federal. Mas você sabia que é possível começar a comprar títulos do Tesouro pelo celular? Conheça os 10 melhores bancos digitais e o que eles oferecem Imposto de Renda 2021: tutorial completo para preencher sua declaração Como emitir o informe de rendimentos da Caixa No aplicativo gratuito, é possível simular aplicações e ver quais títulos mais combinam com os seus objetivos. Além disso, para pessoas que tem pouca intimidade com o Tesouro Direto, já explicações e demonstrativos financeiros para saber qual é o investimento que mais se adapta a você. Confira abaixo como consultar as aplicações para investir no app. Como investir no Tesouro Direto pelo celular Passo 1: baixe o app do Tesouro Direto (Android | iOS) e, se desejar obter mais informações sobre o Tesouro direto, clique no botão “Conheça o Tesouro Direto”. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Acesse o aplicativo do Tesouro Direto (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 2: se estiver em dúvidas e não conhecer profundamente os títulos disponíveis, toque em “Não sei qual título escolher”. Conheça mais sobre as opções de títulos disponíveis (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 3: será aberto o simulador. Com base nos seus objetivos serão apresentadas as propostas de título. Defina qual o seu sonho (se comprar uma casa, automóvel, aposentadoria, estudos, férias, reserva de emergência e outro), quanto tempo o dinheiro ficará rendendo (necessidades eventuais, três e nove anos, 10 anos ou mais) e, por último, se você deseja saber quanto vai ganhar ou preservar poder de compra. Toque em “Ver Resultado”. Define suas metas para escolher o título que mais combina com você (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 4: aparecerão os títulos sugeridos. Escolha o que mais te interessa e clique em “Simular” para inserir os valores que deseja aplicar. Simule para conhecer os rendimentos do título (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 5: coloque o valor inicial do título e quanto pretende investir mensalmente e clique no botão “Calcular”. Coloque os valores para verificar os rendimentos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 6: o app exibirá um gráfico mostrando a rentabilidade líquida em porcentagem do título em relação a outros fundos. Clique em “Detalhes”. Será apresentado um gráfico com o rendimento do título escolhido em relação aos demais (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 7: será exibido os rendimentos dos títulos nas diversas categorias de fundos, mas em detalhes e em reais. No aplicativo também é possível ver os possíveis valores do rendimento (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 8: se concordar em prosseguir, retorne e clique em “Investir”. Vá em Investi para prosseguir (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 9: será aberto o carrinho, digite o valor a ser investido e a partir de qual data iniciará e clique em avançar. Defina os valores do título (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 10: será solicitado o login. Caso não possua, toque em “Ainda não é cadastrado”. Faça o login (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 11: será aberta uma nova tela, clique em “Escolha Aqui”. Caso não tiver login, acesse o site do Tesouro Direto por meio do app (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Passo 12: role a tela e veja a lista de bancos e corretoras cadastrados para ver taxas e juros e escolher a sua favorita. Após entrar em contato com a instituição que optar, ela gerará um cadastro para utilização do app do Tesouro Direto. Escolha a instituição de sua preferência e faça os seus investimentos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela) Pronto! Agora você já sabe como analisar e investir o seu dinheiro de acordo com o seu objetivo no Tesouro Direto. Este artigo não é um publieditorial. Tem caráter unicamente informativo e não isenta o leitor quanto ao dever de tomar conhecimento e compreender a integralidade dos termos de uso do serviço mencionado na matéria jornalística aqui publicada. O Canaltech não se responsabiliza pelas condições e alterações de uso dispostas por empresas, plataformas ou agentes externos, sendo certo que a utilização de serviços de terceiros por parte dos nossos leitores ocorre exclusivamente por sua conta e risco. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Pesquisadores do Ceará desenvolvem vacina contra COVID-19; entenda como funciona Primeiro navio autônomo do mundo está pronto para zarpar Usuários do Reddit comem carne podre para ficar chapados; especialistas alertam Veja Mais

Frida Kahlo na versão contos de fada para o Youtube

O Tempo - Diversão - Magazine Cyntilante mostra adaptação da vida da artista mexicana neste domingo, a partir das 16h, dentro do programa Diversão em Cena Veja Mais

Destroços de foguete chinês podem cair ainda neste sábado sobre a Terra; risco de danos é mínimo, segundo especialistas

Glogo - Ciência Probabilidade de impacto numa área habitada é 'ínfima, menos de um em um milhão, sem dúvida', tranquiliza Nicolas Bobrinsky, chefe do departamento de Engenharia e Inovação da Agência Espacial Europeia (ESA). Foguete Longa Marcha 5B decolando do Centro de Lançamentos de Wenchang, na China, em 29 de abril STR/AFP Um risco de estragos "baixo" ou mesmo "ínfimo", mas não zero: um foguete chinês deve retornar, sem controle, à atmosfera terrestre neste final de semana. China e muitos especialistas consideram, porém, a hipótese de danos na Terra mínima. O país asiático colocou em órbita o primeiro módulo de sua estação espacial em 29 de abril, graças a um foguete Longa Marcha 5B – o mais poderoso e imponente lançador chinês. É a primeira parte deste foguete, atualmente em órbita, que deve retornar à Terra. O objeto está perdendo altitude gradualmente e seu ponto de queda ainda é desconhecido. A China tem sido muito discreta sobre o assunto e não publicou nenhuma previsão sobre o horário que o lançador entrará na atmosfera terrestre, ou onde deveria se desintegrar total ou parcialmente. Para a agência espacial russa Roscosmos, a entrada pode acontecer neste sábado às 23h30 pelo fuso GMT (20h30 no horário de Brasília), no sul da Indonésia. O Departamento de Defesa dos Estados Unidos estima que será às 23h GMT (20h de Brasília), com uma margem de erro de nove horas. VÍDEO: Destroços de foguete chinês devem cair no mar dos EUA em 8 de maio Veja perguntas e respostas sobre o caso Após um longo silêncio constrangedor das autoridades espaciais e diplomáticas chinesas, Pequim finalmente se manifestou na sexta-feira. "A maioria dos componentes (do foguete) vai queimar na reentrada na atmosfera", assegurou Wang Wenbin, porta-voz do ministério de Relações Exteriores da China. "A probabilidade de causar danos às atividades aéreas ou (a pessoas, edifícios e atividades) em solo é extremamente baixa", disse ele. Imprensa discreta A imprensa chinesa pouco falou sobre o evento, contentando-se em repetir neste sábado as declarações feitas na véspera pelo porta-voz da diplomacia. Se partes do foguete permanecerem intactas após o retorno na atmosfera, há uma boa chance de que caiam no mar, uma vez que 70% do planeta é água. "Esperamos que caiam em um lugar onde não prejudiquem ninguém", declarou na sexta Mike Howard, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. O secretário de Defesa americano, Lloyd Austin, garantiu esta semana que seu país não tem intenção de destruir o foguete. Ele deu a entender, porém, que seu lançamento não foi planejado com os devidos cuidados pela China. O risco de destroços do lançador atingirem uma área habitada existe, mas é improvável, de acordo com vários especialistas entrevistados pela AFP. "Dado o tamanho do objeto, inevitavelmente restarão pedaços grandes", antecipa Florent Delefie, astrônomo do Observatório Paris-PSL. Mas a probabilidade de impacto numa área habitada é "ínfima, menos de um em um milhão, sem dúvida", tranquiliza Nicolas Bobrinsky, chefe do departamento de Engenharia e Inovação da Agência Espacial Europeia (ESA). "Não há necessidade de se preocupar muito", observa Jonathan McDowell, astrônomo do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, nos Estados Unidos, e especialista em detritos espaciais. "Mas o fato de uma tonelada de fragmentos metálicos atingir a Terra a centenas de quilômetros por hora não é uma boa prática, e a China deveria revisar suas missões para evitar isso." Avanço espacial chinês Em 2020, destroços de outro foguete, o Longa Marcha, caíram em vilarejos na Costa do Marfim, causando danos, mas sem feridos. Em abril de 2018, o laboratório espacial chinês Tiangong-1 se desintegrou ao entrar na atmosfera, dois anos depois de parar de funcionar. A China vem investindo bilhões de dólares em seu programa espacial há várias décadas. O país asiático enviou seu primeiro astronauta ao espaço em 2003. No início de 2019, pousou um robô no lado oculto da Lua. No ano passado, trouxe amostras da Lua e finalizou o Beidou, seu sistema de navegação por satélite (concorrente do GPS americano). Pequim planeja pousar um robô em Marte nas próximas semanas e também anunciou sua intenção de construir uma base lunar com a Rússia. Veja Mais

Game of Thrones: veja ranking das temporadas da série da HBO

Game of Thrones: veja ranking das temporadas da série da HBO

Tecmundo Inegavelmente a série da HBO Game of Thrones foi um grande sucesso na TV, tendo quebrado vários recordes de audiência e popularidade. O programa, que foi baseado na obra literária de George R. R. Martin, conquistou um grande número de fãs ao redor do mundo, que torceram para que seu personagem favorito pudesse se sentar no desejado Trono de Ferro e comandar todos os reinos de Westeros. No entanto, o final da série foi decepcionante para boa parte dos espectadores, que não curtiram o rumo que o show da HBO teve.Essa decepção se refletiu nas notas das avaliações feitas pelos fãs nos principais sites de críticas, como o Rotten Tomatoes e Metacritic, com a temporada final tendo a pior avaliação dentre todas as oito.Leia mais... Veja Mais

Foguete chinês que deve cair na Terra é visto no céu de SC; VÍDEO

Glogo - Ciência Segundo integrantes da Bramon, objeto foi visto em Monte Castelo na noite de sexta e também em outros estados neste sábado. Astrônomo amador fez sequência de imagens para mostrar trajeto do objeto no céu catarinense Jocimar Justino/Arquivo pessoal O foguete chinês, sem controle que deve cair na Terra neste final de semana, foi visto no céu catarinense. A câmera de monitoramento de uma estação em Monte Castelo, no Norte do estado, registrou o objeto passando pouco após as 18h30 de sexta-feira (7). Objeto que pode ser foguete chinês é visto no céu de SC Segundo Marcelo Zurita, diretor técnico da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), o foguete foi observado entre quinta (6) e este sábado (8) também no Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais, além de Santa Catarina. "A gente tem certeza que é o foguete. Primeiro que já era para passar pela posição e horário que passou e dá para ver nas imagens uma variação de brilho. Essa variação de brilho vem sendo observada e é partir dela que ficou claro que estava fora de controle. Quando está girando é porque não está estável em órbita", explica. O registro foi feito pela estação do astrônomo amador Jocimar Justino, que também integra a Bramon, e mora em Monte Castelo. "Devido a altitude que o objeto passou, naquela posição ainda estava recebendo a luz direta do sol. O que vemos é o sol refletido nele, é como se estivesse um espelho girando", detalha. Segundo Zurita, a imagem feita em Santa Catarina é uma das melhores observadas até o momento. "A gente viu diversos registros pelo país e este do Jocimar é um dos melhores que pega boa parte da trajetória e bem clara", detalhou o especialista. Ele diz que com a aproximação da Terra, o foguete deve ser visto cada vez mais brilhante. Destroços de foguete chinês podem cair ainda neste sábado sobre a Terra; risco de danos é mínimo, segundo especialistas Veja perguntas e respostas sobre o caso O país asiático colocou em órbita o primeiro módulo de sua estação espacial em 29 de abril. É a primeira parte deste foguete, atualmente em órbita, que deve retornar à Terra. O objeto está perdendo altitude gradualmente e seu ponto exato de queda ainda é desconhecido. A China e muitos especialistas consideram, porém, a hipótese de danos na Terra mínima - veja no vídeo abaixo. VÍDEO: Destroços de foguete chinês devem cair no mar dos EUA em 8 de maio A estação em Monte Castelo registra sempre há alguma movimentação no céu, como ocorreu em abril com duas quedas de meteoros. VEJA TAMBÉM: Vídeo mostra carro capotando após bater em outro veículo SC chega a 14 mil mortes por Covid; governo aposta em fiscalização para controlar doença Família morre em incêndio a residência no Oeste; crianças estão entre as vítimas Mulher intubada com Covid após dar à luz trigêmeos fala sobre ser mãe de 6: 'Amor dobrou', diz VÍDEOS mais assistidos da NSC TV no G1 SC Veja ouras notícias do estado no G1 SC Veja Mais

Grávida, Thaeme prepara música ao novo bebê e não planeja mais filhos

O Tempo - Diversão - Magazine Thaeme conta que precisa de injeções de anticoagulante diariamente para manter a gestação segura e evitar trombose Veja Mais

Ex-BBB Gil volta a Pernambuco e manda recado a fãs: 'eu acredito em vocês'

O Tempo - Diversão - Magazine Gil foi o quarto colocado do BBB 21, e sempre falou com orgulho de Paulista, onde mora, e de Jaboatão dos Guararapes (PE), onde nasceu Veja Mais

Ex-BBB Gil ganha homenagem em Paulista e dança o 'tchaki tchaki': tô só gratidão

O Tempo - Diversão - Magazine "Viva a ciência e viva a educação', disse o economista durante a condecoração Veja Mais

Show de Barões da Pisadinha abre a final da Copa Nordeste, em Fortaleza

O Tempo - Diversão - Magazine Apresentação antecedeu o jogo entre Ceará e Bahia Veja Mais

CPI da Covid-19: Planalto escala AGU para orientar Pazuello em depoimento

O Tempo - Política Esta é a primeira vez que a AGU desloca uma equipe para orientar o depoimento de um ex-ministro Veja Mais

Se a CPI da Covid provar, Bolsonaro 'será responsabilizado sim', diz Renan

Valor Econômico - Finanças Relator diz que CPI é oportunidade para governo mostrar que fez certo, mas diz que há percepção da sociedade de que, se tivesse sido certo, não teria “transformado o Brasil em cemitério do mundo” O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), disse neste sábado esperar que o presidente Jair Bolsonaro não tenha responsabilidade sobre o agravamento da pandemia no país, que já matou mais de 400 mil pessoas. Por outro lado, destacou que, se isso for provado, ele vai ser responsabilizado. A declaração foi dada em entrevista ao Grupo Prerrogativas, que reúne advogados. Primeiro, o senador citou algumas declarações de Bolsonaro que ele chamou de “absurdos”. “O que deve ser levado em conta é a maneira como o governo minimizou a pandemia, como o governo entendia que ela não era letal, não causa mortes, como o governo minimizou o papel da vacina, que é o único instrumento que pode resolver o problema, e como o governo fechou as portas para os produtores de vacinas. Não foi só para a Pfizer. Por quê? Porque o presidente disse várias vezes que não acreditava na vacina, muito menos na chinesa, que quem tomasse ia virar jacaré e afinar a voz”, disse Renan. Em seguida, o senador concluiu: “Não dá para comparar, por tudo isso, a circunstância do Brasil com a de nenhum outro país. Em nenhum outro lugar, o chefe de Estado ou de governo falou publicamente esses absurdos para os seus governados, para a sua população. Então não dá. Só tivemos isso no Brasil. Eu espero que o presidente da República não tenha responsabilidade com o agravamento do morticínio no Brasil. Espero que a CPI não chegue a tanto. Mas se a CPI chegar, não tenho nenhuma dúvida que ele será responsabilizado sim.” Renan ainda disse: “Ainda não temos como responsabilizar o presidente da República nem ninguém. Estamos começando os trabalhos. O nosso objetivo é fazer uma revisão nas políticas equivocadas para salvar vidas, e investigar o que aconteceu.” Segundo o senador, “há a percepção da sociedade de que, se o governo tivesse feito certo, e o governo tem na CPI uma oportunidade para mostrar que fez certo, certamente também não teríamos tido que conviver com esse morticínio todo, transformado o Brasil em cemitério do mundo”. O senador ainda defendeu a convocação do ministro da Justiça, Anderson Torres, que, em entrevista à revista "Veja", disse que vai requisitar à Polícia Federal (PF) informações sobre desvios de recursos federais enviados a estados e municípios. Por outro lado, disse ser contra convocar os filhos do presidente, até para não dar motivo para dizer que a CPI é uma iniciativa para atingir pessoalmente Bolsonaro. Mas não deixou de criticar pai e filhos pelos ataques que desferem, muitas vezes sem provas, à China, país que fornece vacinas e outros insumos de saúde ao Brasil. Esta semana, por exemplo, o presidente insinuou que o coronavírus foi produzido pela China como parte de uma guerra química. “Precisamos pôr termo a essa irresponsabilidade”, disse o relator da CPI. Renan voltou a elogiar os depoimentos dados à CPI pelos ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, que reafirmaram discordar da forma como Bolsonaro conduziu o enfrentamento à pandemia. Quanto ao depoimento do atual ministro, Marcelo Queiroga, o relator da CPI disse que ele adotou uma estratégia de não falar a verdade. “Tivemos um depoimento do atual ministro que não foi esclarecedor porque visivelmente ele defendeu uma estratégia de não responder as perguntas objetivamente e, consequentemente, não falar a verdade. Mas ainda reconheceu a existência do grupo paralelo [de assessoramento ao presidente], o constrangimento em algumas oportunidades de ser desautorizado pelo discurso negacionista do presidente da República”, disse o senador. Durante a sessão da CPI, Queiroga foi questionado várias vezes sobre declarações de Bolsonaro. A resposta padrão foi a de que ele não poderia fazer juízo de valor sobre falas do presidente. Também houve perguntas sobre falhas do Ministério da Saúde antes de sua chegada ao cargo. Nesse caso, a resposta padrão foi a de que não poderia falar sobre gestões anteriores. Questionado sobre o que pode ocorrer com o ex-ministro Eduardo Pazuello, o senador lembrou que os investigados podem deixar de comparecer à sessão da CPI. Mas também afirmou que Pazuello vai ser ouvido como testemunha, sem citar medidas concretas para obrigá-lo a ir. Renan destacou, por exemplo, que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a possibilidade de fazer condução coercitiva. Pazuello falaria à CPI na última quarta-feira, mas alegou ter mantido contato com pessoas com Covid-19 para pedir um depoimento remoto, o que foi negado. A comissão remarcou a audiência dele para o dia 19 de maio. “Queremos que ele compareça. Ele será interrogado como os outros foram”, disse o relator da CPI. Renan ainda elogiou a gestão do filho, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), no enfrentamento à pandemia. O governo Bolsonaro quer focar as investigações na forma como estados e municípios gastaram recursos federais. O próprio presidente, inclusive, já sugeriu uma investigação contra Renan Filho. Neste sábado, o relator da CPI voltou a dizer que, em caso de apuração sobre a gestão de seu filho, isso ficará a cargo de outro integrante da comissão. O senador Renan Calheiros: Se a CPI da Covid provar, Bolsonaro 'será responsabilizado sim' Marcos Oliveira/Marcos Oliveira/Agência Senado Veja Mais

Análise Lenovo Legion Duel | As especificações robustas compensam o preço?

canaltech O Lenovo Legion Duel é a primeira geração de celular gamer da empresa, entregando configurações robustas em um design diferenciado para agradar aos fãs de jogatina que querem ter um equipamento premium em mãos. Trazendo 5G, se tornou pioneiro no país com esta conexão na categoria, oferecendo a oportunidade dos jogadores receberem uma experiência em multiplayer ainda melhor. Mas, a demora para chegar ao Brasil, o preço alto e a chegada da segunda geração podem ser pontos levados em consideração no momento da aquisição dele, já que existe um concorrente semelhante e mais barato. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- No entanto, será que vale a pena investir na primeira geração do celular gamer Legion Duel aqui no Brasil? Ele oferece reais diferenciais para isso? Confira a minha opinião nesta análise completa do aparelho! Prós Tela de 144 Hz Temperatura equilibrada Aplicativo para controle e otimização do celular Opção de overclock em jogos Som de boa qualidade Contras Chegada tardia ao Brasil Preço acima do principal concorrente Mecanismo pop-up da câmera frontal pode atrapalhar em certos momentos Falta de atualizações   Design e Construção Para quem não conhece a Lenovo, ou não tem ciência sobre os modelos mais recentes da marca, ao olhar para o Legion Duel fica notório que ele foi desenvolvido para dar aquele visual típico dos notebooks da marca, mas também faz referência aos aparelhos Armor, fabricados pela Ulefone, que trazem esse “design bruto”. Entretanto, é evidente que a carcaça dele está inspirada nos dispositivos Black Shark, subsidiária Xiaomi, tanto pelo formato das bordas, quanto pelos desenhos diferenciados aplicados na parte traseira para dar um “aspecto gamer”. O corpo dele é todo construído em alumínio, contando ainda com uma cobertura de vidro na parte traseira, onde está aplicada a popular logo da Legion, com luzes de LED RGB que ajudam a iluminar o símbolo. Em conjunto com o desenho, também estão na parte central da traseira o flash, a gaveta pop-up da câmera frontal e as duas lentes adicionais. E por falar na parte fotográfica, esta é a maior falha presente no smartphone, algo que pode ser sentindo com clareza no uso diário. Isso porque é inevitável colocar os dedos nelas enquanto se está jogando, e isso pode ser um empecilho para capturas rápidas, pois é uma necessidade máxima fazer a limpeza antes de qualquer foto, um processo mais chato do que o normal por estarem bem na área de toque constante. Além disso, o fato do botão que o liga estar no compartimento pop-up da câmera de selfies, pode incomodar quem é mais preocupado com a resistência desse setor da carcaça, mas é importante deixar claro que, ao clicar na tecla, a lente frontal é retraída automaticamente e a tela desligada. O fato dele não ser unibody, como outros equipamentos premium, pode ser uma outra dor de cabeça para os mais atrapalhados, pois é muito fácil entrarem partículas de poeira ou migalhas inevitáveis, sendo necessário limpar com algum equipamento ultrafino para que não tenha o risco de algo se acumular internamente e afetar o funcionamento a longo prazo. Comparando com outros celulares, ele é bem grosso e pesado devido aos componentes internos aplicados nele, sendo um pouco incômodo no uso contínuo, principalmente com um a mão só. Na lateral esquerda, está localizado o botão para controle de volume, sendo bem rápido de ser acessado. Porém, por ser um aparelho diretamente desenvolvido para o público gamer, ele também traz dois sensores, que podem ser usados como gatilhos em diversos tipos de jogos. Como a memória interna não é expansível, a gaveta de chips, que também está embaixo, é utilizada só para inserção dos cartões SIM 1 e 2. Tanto na base quanto no topo, estão os alto-falantes estéreos, responsáveis pela poderosa sonorização. Celular gamer vermelho com caixa sobre a mesa (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho com caixa sobre a mesa (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho vista traseira sobre a mesa (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho vista traseira sobre a mesa (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho com camera pop-up (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho detalhes em close (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho com alto falantes (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho detalhes em close (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho carregador em close (Ivo/Canaltech) Celular gamer vermelho carregadores em close (Ivo/Canaltech) Conexões Se diferenciando dos modelos comuns, e se equiparando com outros da categoria, ele possui duas entradas USB-C, sendo uma na lateral esquerda e outra na parte de baixo, na posição padrão. Este formato é usado pela Lenovo como uma alternativa para quem está focado em comprar o celular para uso em gameplays profissionais, onde a queda na capacidade da bateria ao longo da jogatina vai exigir o carregamento. Sendo assim, uma das entradas pode ser usada para plugar o carregador, enquanto a outra mantém os fones de ouvido conectados ao jogo. Como ele não possui conexão 3,5 mm, é necessário o adaptador incluso na embalagem para usar headphones com esse tipo de plugue, ou procurar um modelo com USB-C. Mas, é importante destacar, que as duas entradas podem ser utilizadas para o carregamento do smartphone, dando alternativas interessantes para diferentes formatos de uso, vai depender do posicionamento dele na hora de ativar a recarga. Mesmo que os fones de ouvido com fio sejam a alternativa mais utilizada pelo público gamer, o Legion Duel oferece tecnologia de Bluetooth 5.0, permitindo o uso de opções wireless com bom tempo de resposta, e a versatilidade de utilizar outros equipamentos sem fio na mesma conexão. Para deixar os games melhores, principalmente aqueles onde o ping baixo faz toda a diferença, o Wi-Fi ax (Wifi 6), se torna um adicional importante. Além disso, para execução de vídeos em resoluções mais altas, ele entrega uma boa compatibilidade, executando sem travamentos. Em conjunto com esta configuração, a presença da rede 5G mostra que o aparelho já está preparado para a chegada oficial desta nova tecnologia, permitindo uma experiência ainda melhor em games multiplayer. Levando em conta que ele não tem um método de pagamento próprio, como algumas fabricantes, a Lenovo adicionou no gamer premium a opção NFC, que pode ser utilizada em conjunto com o Google Pay para pagamentos via aproximação, algo que está com a popularidade em ascensão. Tela A tela AMOLED de 6,65 polegadas do Lenovo Legion Duel poderia ser um pouco melhor, pois o tamanho desse display em resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels deixa a visibilidade de uma maneira que faz o usuário mais exigente sentir falta de um adicional. Se a empresa adicionasse um visor em resolução 2K, seria um acréscimo bem interessante para ser complementar a taxa de atualização de 144 Hz. Outro ponto que poderia ser ainda melhor é o aproveitamento frontal, que é aquém do esperado em um aparelho que não traz entalhe, que comprometeria mais o espaço. Desta forma, deixar um espaço vazio inútil nas partes superior e inferior faz a experiência de uso não ser tão positiva quanto o esperado, já que este formato com mais bordas é um retrocesso. Em soma a este ponto negativo, essa característica o afasta um pouco do aspecto atual dos flagships, ficando atrás até de alguns intermediários, onde as empresas têm focado em deixar o display maior sem que isso afete o tamanho do corpo em si. Tela de 144 Hz do Legion Duel (Imagem: Ivo/Canaltech) Visualmente, ele entrega bons resultados, mesmo sentindo a falta de mais resolução ao entrar em jogos, onde amplificar a qualidade gráfica faz os personagens ficarem diferentes do esperado para a configuração. Para aqueles que não se agradarem da coloração configurada na tela, existe a opção de definir a saturação em três opções: Intensidade, Naturais e Padrão, onde a alternativa escolhida é a que melhor se encaixa no seu gosto pessoal. A fluidez proporcionada pelos 144 Hz é o principal diferencial, se fazendo útil quando a velocidade maior é exigida dentro de games FPS, onde os movimentos rápidos fazem toda a diferença na hora de executar adversários. Um grande destaque dessa frequência está no fato dela ser adaptável, e o ajuste pode ser feito para que uma configuração menos exigente seja usada continuamente, onde não há tanta exigência de Hertz, mas migrando automaticamente para 144 Hz quando um jogo é aberto. Configuração e Desempenho O Lenovo Legion Duel já saiu de fábrica com o sistema operacional Android 10, que traz personalizações da interface ZUI 12. Com isso, algumas modificações são feitas no layout e na navegabilidade, alterando ícones para dar um aspecto mais relacionado com jogos, incluindo planos de fundo estáticos e animados exclusivos, e muitas outras novidades. Embora seja algo que não sirva de ponto de alerta para muitos usuários, acredito que é importante mostrar uma situação tensa em relação ao sistema do Legion Duel, que é a falta de atualização do pacote de segurança, que não recebe updates desde janeiro deste ano no modelo brasileiro. Apesar de ser algo considerado irrelevante por alguns, seria importante a Lenovo estar mais atenta a isso, pois aumenta o risco de vulnerabilidade do Android a certos problemas, que poderiam ser corrigidos quando a empresa der mais atenção a este processo. Nele é possível encontrar recursos específicos para o público gamer, que fazem toda diferença no uso do smartphone para jogatinas. O maior exemplo é o Legion Realm, que traz dados sobre a potência do processador, placa de vídeo, temperatura, taxa de atualização da tela e áudio. Interface do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Interface do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Interface do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Interface do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Interface do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Interface do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Interface do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Interface do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Legion Realm (Jucyber/Canaltech) Benchmark do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Benchmark do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Benchmark do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Benchmark do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Benchmark do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Benchmark do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Benchmark do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Benchmark do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Em conjunto com estar informações, dentro do app existe a possibilidade de adicionar os jogos instalados nele, fazer ajustes para adaptar os gatilhos ao tipo de pressão desejada, melhorar a performance da internet, gravar gameplays, publicar lives no YouTube com facecam, entre outras opções. Assim como grande parte dos celulares focados no público gamer que foram lançados em 2020, o Legion Duel também possui a plataforma Snapdragon 865 Plus, uma variação do chip desenvolvido pela Qualcomm com foco em topos de linha, mas com o acrescimento de um pouco mais de potência. Com toda essa exploração de velocidade, o resfriamento piramidal consegue deixar a temperatura do aparelho bem equilibrada, mantendo o celular em até 40°C, quando o modo Rampage, semelhante ao overclock em computadores, é ativado. Mas, no uso normal, ele se mantém a uma média de 32°C ou menos, mostrando a competência dos coolers internos. LOL no Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) PUBG no Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Free Fire no Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Asphalt 9 no Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Em complemento, a versão vendida no Brasil traz 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento interno, sendo mais do que suficiente para garantir uma usabilidade muito melhor a longo prazo para quem estiver disposto a comprar. No dia a dia, é notório que a folga de RAM e ROM deixam a navegação muito melhor, e se torna uma boa referência de potência aos gamers acostumados com PCS que trazem configurações semelhantes. Então, travamentos não serão sentidos, mesmo em situações em que o uso explora mais do hardware. Segurança Em segurança, o Legion Duel não traz muitas opções de biometria, sendo a principal o leitor de digitais sob o display. É um diferencial importante, principalmente por dar mais um elemento tecnológico ao display, que já possui diversas implementações. No uso prático, ele se mostrou rápido, mas confesso que esperava uma velocidade maior, já que é notória a lentidão ao compará-lo com outros celulares topo de linha, mostrando que a leitura é feita com rapidez, mas é equivalente a alguns intermediários. Embora não esteja diretamente relacionado com o funcionamento, o sistema oferece quatro opções de animações que podem ser exibidas no local onde está o leitor de digitais sob o display, como uma indicação de onde colocar o dedo. Câmera O Lenovo Legion Duel traz um conjunto duplo de câmeras na traseira, com configurações focadas em dar qualidade e amplitude em determinados ângulos. Já no compartimento pop-up, está presente a lente responsável pelas selfies, dando versatilidade para quem for tirar fotos ou usar para filmar reações em gameplays. Câmera Principal Para a câmera principal, a Lenovo adicionou uma lente de 64 megapixels, disponibilizando abertura f/1.8, sendo uma opção, em teoria, ideal para quem é gamer, mas gosta de fazer capturas no tempo livre. Infelizmente as empresas que fabricam celulares focados em jogos ainda não entenderam que jogar não é tudo que o usuário quer no aparelho, pois seria importante dar uma qualidade equivalente com a resolução, o que não aconteceu no Legion Duel. O formato wide ajuda a amplificar o campo de visão nas imagens, mas não se torna um ponto positivo que apague a nitidez baixa, mesmo em locais bem iluminados. Porém, a fidelização de cores é algo que merece elogio, pois ajuda aqueles usuários mais despojados que gostam de editar as fotos, fazendo o processo dar menos trabalho. Câmera Principal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera Principal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera Principal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera ultrawide A câmera secundária de 16 MP, com abertura f/2.2, traz o formato de captura ultrawide, e entrega resultados OK. É notória a identificação de objetos, uma boa saturação das cores, mas ainda falta nitidez no resultado. São perceptíveis as partes onde a imagem fica mais “embonecada”, como se houvesse algum processo de embelezamento desnecessário na foto, dando um resultado muito abaixo do que esta resolução poderia entregar. Câmera Ultrawide do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera Ultrawide do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera Ultrawide do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera Ultrawide do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera Ultrawide do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera Ultrawide do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo retrato O modo retrato não é o mais preciso da categoria, contornando com muita dificuldade elementos simples, mostrando que algumas otimizações poderiam ser feitas pela Lenovo para que as fotos ficassem melhores. Mesmo assim, em coloração, ele é bem equilibrado, mostrando que o software consegue fazer uso da Inteligência Artificial para gerar colorações próximas do que é visto a olho nu. Modo retrato do Lenovo Legion Duel (v) Modo retrato do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo macro No momento em que fotos são feitas através do modo macro, o celular gamer se mostra muito competente, mesmo fazendo esse processo sem o auxílio de uma lente, mostrando detalhes importantes do objeto. Dos recursos focados em fotografia, este é o que mais se destaca, já que mostra muita eficiência sem que isso afete a construção do aparelho com uma lente a mais, que poderia ajudar a amplificar esse atributo, mas nesse caso não se fez tão necessária. Modo macro do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo macro do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo macro do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo noturno Fica claro que o modo noturno via software se mostra uma grande incógnita, pois, em algumas situações é preciso ficar olhando os detalhes para perceber que ele foi aplicado. Por exemplo, em locais onde existem pontos de luz, como postes, dá para perceber que este recurso deixa a iluminação mais equilibrada. Quando são locais mais arborizados, não há tanta diferença, iluminando mais, mas sem dar a visibilidade esperada, além de mostrar com maior clareza construções ao redor, mas nada que se aproxime de outros smartphones com configurações semelhantes. Modo noturno do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo noturno do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo noturno do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo noturno do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo noturno do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo noturno do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Modo noturno do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera Frontal A câmera frontal de 20 MP e abertura f/2.2 tem uma alta resolução só em números, porque na prática não é bem assim, pois a foto que obteve algo mais próximo do esperado para esta configuração quando o recurso de HDR estava ativado. Todavia, seria preciso editar um pouco a iluminação do rosto e ajustar a saturação para retirar a aparência mais flat. Em contraluz as fotos ficam com muito pixel, como se o software tentasse compensar sem alcançar esse propósito de fato. Em selfies, o modo retrato é bem superficial para um topo de linha, não conseguindo detectar fios de maneira inteligente e contornando-os quase de forma padronizada para o formato da cabeça, deixando de fora qualquer elemento que esteja fora desse limite de rastreamento. Quando as imagens são feitas em contraluz, o fundo fica extremamente estourado, em alguns momentos totalmente branco, algo que demandaria muito trabalho para tentar corrigir em edições, e, ainda assim, perderia muita nitidez. Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Câmera frontal do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Vídeo A gravação de vídeos com o Legion Duel traz como opção de maior qualidade o 4K a 30 fps na câmera traseira. Ele consegue entregar bons resultados, mas poderia ser ainda melhor, principalmente por ser um flagship. Em ambientes externos, é possível perceber que falta nitidez, e, ao ser obrigado a focar em objetos, traz uma oscilação na entrada de luz que é bem complicada. Sobre a estabilização, não há reclamações, sendo muito eficaz para filmagens. Levando em conta que ele vem com modo manual, isso poderia ser um diferencial realmente relevante se a Lenovo tivesse adicionado outras opções de controle, como as existentes na interface do ROG Phone 3 de maneira detalhada. Um recurso que chama a atenção é o modo “Duo”, dando a oportunidade de filmar com as duas câmeras traseiras ao mesmo tempo, capturando diferentes ângulos, ou usando a câmera frontal e alternando entre as de trás para criar um vídeo diferenciado. Para selfies, a resolução cai pela metade, tendo como alternativa máxima o 1080p a 30 fps, entregando resultados semelhantes às fotos, se mostrando uma opção melhor para uso como facecam do que em vlogs, porque estoura muito o fundo e isso pode prejudicar a experiência. Sistema de Som O áudio do Legion Duel conta com dois alto-falantes estéreos que entregam um bom som, algo relevante para dar ainda mais imersão nas jogatinas, já que cada saída fica em uma extremidade do dispositivo. Apesar deste ponto positivo, quando está no máximo, é possível detectar algumas distorções que podem incomodar aos mais exigentes, pois em jogos de tiro gera um ruído que pode confundir com movimentos de adversários, em alguns momentos. Além disso, por não vir com fones de ouvido na caixa, a Lenovo obriga o usuário a encontrar uma boa opção de acessório que permita o real aproveitamento desse hardware de áudio. Alto-falante do Legion Duel (Imagem: Ivo/Canaltech) Bateria e Carregamento O fato do Lenovo Legion Duel ser classificado como celular gamer não pode servir de parâmetro para considera-lo uma alternativa com baixa autonomia, já que o chipset e recursos adicionados são capazes de influenciar na duração da bateria dele. Isso porque a marca conseguiu dar um bom equilíbrio energético com os 5.000 mAh de capacidade, onde foi possível se obter uma alta duração no uso normal, e até em alguns jogos que exploraram menos a carga dele. Um ponto que é importante destacar está relacionado com a taxa de atualização de 144 Hz, que no modo adaptável influenciou positivamente nessa administração energética, já que a redução para frequências menores era feita quando não havia a necessidade de usá-la. Entretanto, inclusive em jogos onde ela ficava o tempo inteiro no máximo, os resultados mostraram que os gamers não ficarão decepcionados se escolherem investir neste modelo com foco em desempenho e bateria. Em destaque, a Lenovo disponibiliza o carregador de 45 W na embalagem, garantindo que a tecnologia fast charging vai ser bem explorada, e isso mostrou resultados muito positivos. Para recarregar por completo, o celular precisou de apenas 1 hora e 10 minutos, onde os 25 minutos iniciais foram necessários para que a capacidade chegasse em 50%. Mesmo com toda essa potência, a marca ainda possui a opção de carregador com 90 W, que faz o Legion Duel chegar em 100% com apenas 30 minutos. Mas, infelizmente, essa alternativa só pode ser adquirida por quem comprar a versão com 512 GB de armazenamento, que não é comercializada no Brasil. Testes práticos Estes testes têm como foco mostrar uma base do que se pode esperar do aparelho, o padrão dos testes se baseia em três tipos de uso mais comuns: jogos, streamings, onde foram testados os mais populares, sendo gastos 1 hora em cada game e visualização de vídeos, e o formato usual, que mescla redes sociais e outras opções de navegação. A simulação tem como fonte o uso prático de grande parte das pessoas, com o brilho da tela foi ajustado para 50%, focando em passar uma experiência de uso dentro do formato rotineiro. Porém, para o terceiro, foi necessário recarregar o smartphone até a bateria chegar em 100% para posteriormente zerar e dar uma estimativa do tempo necessário para tal. Sendo assim, as informações citadas disponibilizaram os seguintes resultados: Teste número 1 - Jogos Asphalt 9: o consumo foi de 21% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 5 horas. Call of Duty Mobile: o consumo foi de 18% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 5 horas e 30 minutos. Free Fire: o consumo foi de 14% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 7 horas. PUBG: o consumo foi de 18% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 5 horas e 30 minutos. League of Legends: Wild Rift: o consumo foi de 18% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 5 horas e 30 minutos. Crash On The Run: o consumo foi de 8% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 12 horas. Teste número 2 - Streamings de vídeo variados Netflix: a reprodução de série gera o consumo de 9% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 11 horas. Disney Plus: a reprodução de série gera o consumo de 12% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 8 horas. Amazon Prime Video: a reprodução de série gera o consumo de 8% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 12 horas. YouTube: a reprodução de série gera o consumo de 7% de bateria, com uma estimativa total de uso de aproximadamente 14 horas. Teste número 3 – Navegação geral Usando de maneira normal, navegando entre apps de rede social na conexão WiFi e jogando, o resultado prático mostrou um registro de 1 dia e 11 horas de bateria. Mas, é importante deixar claro que o tempo de tela ligada, no caso, foi de 4 horas e 37 minutos, um período que mostra uma autonomia abaixo do esperado por este ponto de vista, mas, na experiência de uso, esse prazo foi bem maior. Autonomia do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Autonomia do Lenovo Legion Duel (Jucyber/Canaltech) Concorrentes Diretos No Brasil, atualmente o Legion Duel só possui como concorrente direto o ROG Phone 3, que chegou com quatro meses de antecedência e já possui uma popularidade maior no mercado por ter sido o único com foco em games por duas gerações. Em adicional a isso, a ASUS ainda traz alguns aprimoramentos que o fazem superior ao modelo da Lenovo, como tecnologia sonora mais avançada e opção de filmagem em qualidade 8K, permitindo uma exploração maior de diferentes possibilidades de captura. Além disso, a bateria com maior capacidade faz a autonomia do ROG Phone 3 entregar mais horas de jogatina e ainda ter a possibilidade de adquirir acessórios adicionais para tornar a experiência ainda mais diferenciada, e isso também serve de parâmetro para a decisão dos usuários que estão em busca de um celular gamer. E, como se não bastassem as diferenças citadas, o preço deles ainda serve de barreira para que o Legion Duel se torne o aparelho mais popular do nicho, tendo uma diferença de R$ 500 atualmente, mas que era ainda maior quando foram lançados no Brasil, onde o da ASUS chegou por R$ 5.849, enquanto o da Lenovo custava R$ 7.200. Desta forma, fica nítido que nem os recursos implementados pela fabricante fazem ele ganhar do principal concorrente, sendo necessário ficar o tempo todo de olho nas ofertas para ver se ele vai conseguir se tornar um custo-benefício melhor do que o ROG Phone 3. Ficha técnica Tela: 6,65 polegadas, Full HD+, AMOLED, 144 Hz de atualização, 240 Hz de sense; Chipset: Qualcomm Snapdragon 865+; Memória RAM: 12 GB; Armazenamento interno: 256 GB; Câmera traseira: 64 MP (principal) + 16 MP (ultrawide + macro); Câmera frontal: 20 MP pop-up; Dimensões: 169,2 x 78,5 x 9,9 mm; Peso: 239 g; Bateria: 5.000 mAh com recarga de até 45 W; Extras: alto-falante estéreo, BT 5.0, 5G, 2 portas USB-C, botões ultrassônicos, motores de vibração, movimento 3D, efeitos de iluminação personalizáveis; Cores disponíveis: vermelho e azul; Sistema operacional: Android 10. Conclusão O fato da marca já ter um nome forte com outros equipamentos focados em jogos, fez o Lenovo Legion Duel ser uma boa aposta para o mercado de celulares gamer, trazendo um hardware robusto para confrontar grandes concorrentes, que já estavam consolidados. Ele conta com uma configuração robusta, um sistema diferenciado de carregamento e resfriamento, trazendo grandes pontos positivos na temperatura dele, principalmente nos momentos que foi colocado sob estresse. Mas, as câmeras se mostram abaixo do esperado em um smartphone com o preço dele, indicando um “calcanhar de Aquiles” da categoria, que ainda não conseguiu ajustar a parte fotográfica para proporcionar um dispositivo completo. Ainda que levemos em conta os diferenciais que fazem dele uma boa alternativa por um ponto de vista, o fato de já ter uma segunda geração, alinhado com a demora para chegar ao Brasil e o preço alto, que não caiu muito alguns meses após o lançamento, não permitem que sele seja uma boa opção neste momento. Além disso, a falta de atualizações se torna um grande ponto negativo para a segurança do sistema, dando ao público a impressão de uma falta de interesse da empresa em dar sobrevida ao software do aparelho. Obviamente que esses pontos são levados em consideração por estarem surgindo boas novidades este ano, e o público-alvo precisar estar sempre com celulares que apresentem o melhor hardware possível para dar vantagens em competições. Sendo assim, atualmente é melhor comprar o ROG Phone 3, que está mais barato e entrega especificações parecidas, ou guardar o dinheiro e esperar a chegada da segunda geração no país, algo que ainda não possui uma previsão de acontecer. E aí, mesmo assim você se interessou pelo Lenovo Legion Duel? Então clique aqui para o adquirir com o com o melhor preço do momento! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O céu (não) é o limite | Pedaço de foguete cairá na Terra, morre Michael Collins MIUI 12.5 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021) Moto G60 vs Galaxy A72: qual intermediário potente tem mais vantagens? Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Veja Mais

GOLAÇO + assistência de DEYVERSON! Alavés 2 x 2 Levante por LaLiga | Melhores momentos

GOLAÇO + assistência de DEYVERSON! Alavés 2 x 2 Levante por LaLiga | Melhores momentos

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse o ESPN.com.br e inscreva-se no nosso canal! https://www.espn.com.br/ ➡ Facebook: https://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: https://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: https://instagram.com/foxsportsbrasil ➡ Facebook: https://www.facebook.com/espnbrasil ➡ Twitter: https://twitter.com/ESPNBrasil ➡ Instagram: https://www.instagram.com/espnbrasil Vamos Juntos Na Torcida! #LaLiga #Alavés #Levante Veja Mais

MIUI 12.5 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização

canaltech A MIUI 12.5 foi anunciada no início do ano, mas começou a ter mais presença nos celulares da Xiaomi e suas subsidiárias depois da sua apresentação exclusiva em fevereiro. A atualização de meio ciclo está em fase estável, mas ainda está em testes nos dispositivos compatíveis. MIUI 12.5 global tem data de lançamento confirmada pela Xiaomi MIUI 12.5 chega oficialmente para 7 celulares Xiaomi; veja quais são MIUI 12 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização Nesse processo, vários celulares foram incluídos na lista do programa de testes e, mesmo que alguns não estejam nesse grupo, ainda têm update garantido para a mais recente modificação do Android 11 da Xiaomi. Confira a lista de aparelhos que estão na fila para receber a MIUI 12.5. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Celulares da Xiaomi com a MIUI 12.5 Mi 11 Mi 11 Lite Mi 11 Lite 5G Mi 11 Ultra Mi 10 Mi 10 Pro Mi 10T Mi 10T Pro Mi 10 Ultra Mi 10 Youth Mi Note 10 Mi Note 10 Pro Mi Note 10 Lite Mi 9 Mi 9 SE Mi 9T Mi 9 Explorer Mi 9 Pro 5G Mi CC9 Mi CC9 Pro Mi CC9e Celulares da Redmi com a MIUI 12.5 Redmi K40 Redmi K40 Pro Redmi K40 Pro+ Redmi K30 Pro Redmi K30 5G Redmi K30 Racing Redmi K30i 5G Redmi K30 Redmi K20 Pro Redmi K20 Redmi K10X 5G Redmi K10X Pro Redmi Note 10 Redmi Note 10 Pro Redmi Note 10S Redmi Note 9 Redmi Note 9 Pro Redmi Note 9S Redmi Note 9T Redmi Note 8 Redmi Note 8 Pro Redmi Note 7 Redmi Note 7 Pro Redmi 9 Redmi 9A Redmi 8 Redmi 8A Celulares da Poco com a MIUI 12.5 Poco F3 Poco X3 Pro Poco X3 NFC Poco F2 Pro Poco X2 Poco M3 Poco M2 Poco M2 Pro Poco C3 Vale o lembrete: embora estejam com a atualização planejada, essa não é a confirmação de que ela chegará para o aparelho. Os Redmi 6 e 6A, por exemplo, foram excluídos da lista de compatibilidade com a MIUI 12 sem aviso prévio devido a “problemas de desempenho”. Quais as principais novidades da MIUI 12.5? Mesmo que seja uma atualização de meio ciclo e ainda construída sobre o mesmo Android 11, o pacote introduz boas novidades que vão além da correção de bugs e melhorias em performance. App de notas ganhou suporte para desenhos e mapas mentais (Imagem: Reprodução/XDA Developers) Dentre elas, está a MIUI+, ferramenta parecida com a Seu Telefone, do Windows 10; novos sons de notificação; recursos inéditos do app de notas e os Super Wallpapers. O pacote também inclui aperfeiçoamentos em segurança e privacidade, o que o torna indispensável para deixar dados e informações protegidas. Para nenhum dos aparelhos listados há datas específicas para o lançamento da MIUI 12.5. A compilação pode ser distribuída a qualquer momento, mas é esperado que a Xiaomi priorize os aparelhos mais recentes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Pesquisadores do Ceará desenvolvem vacina contra COVID-19; entenda como funciona Primeiro navio autônomo do mundo está pronto para zarpar Usuários do Reddit comem carne podre para ficar chapados; especialistas alertam Veja Mais

Conheça a vacina da empresa alemã CureVac contra COVID-19

canaltech A corrida das vacinas já mostrou avanços em relação à situação em 2020, e enquanto algumas empresas já negociam seus imunizantes com determinados países, outras ainda estão desenvolvendo suas fórmulas. É o caso da CureVac, uma pequena empresa alemã que deve anunciar em breve os resultados do último estágio de seu ensaio clínico.  COVID: GSK e CureVac querem criar vacina que funcione contra todas as variantes Europa passa a analisar CoronaVac; o que isso significa para o Brasil? Vacinas contra a COVID-19 podem alterar nosso DNA? A vacina da CureVac utiliza uma molécula genética chamada RNA, que ajuda a transformar o DNA em proteínas que fazem o trabalho de nossas células. Mas, diferente de outras vacinas de RNA, como as da Moderna e da Pfizer-BioNTech, que precisam ser mantidas em freezer, a vacina da CureVac pode ser armazenada em geladeira comum. Isso pode facilitar muito o transporte. A equipe por trás do desenvolvimento da vacina conseguiu fazer ajustes nas moléculas de RNA para que as células produzam mais proteínas. Na prática, quanto mais potente o RNA, menor a dose necessária nas vacinas. O grupo também conseguiu colocar as moléculas de RNA em bolhas de gordura para protegê-las da destruição em sua jornada até as células. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- A vacina da Curevac pode mudar a situação atual da vacinação contra a COVID-19 (Imagem: Diana Polekhina/Unsplash) O governo alemão investiu 300 milhões de euros (cerca de R$ 1,9 bilhão) na pesquisa dessa vacina. Depois que os primeiros estudos de segurança geraram dados promissores, a empresa deu início ao teste final, com a participação de 40 mil voluntários na Europa e na América Latina. No entanto, as variantes são o verdadeiro desafio dessa vacina, considerando a possibilidade de redução da eficácia. A ideia é que a vacina possa atender a demanda de bilhões de pessoas em países de baixa e média renda que ainda não receberam imunizantes. Em outras palavras, a CureVac pode mudar a situação atual da vacinação contra a COVID-19. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Pesquisadores do Ceará desenvolvem vacina contra COVID-19; entenda como funciona Primeiro navio autônomo do mundo está pronto para zarpar Usuários do Reddit comem carne podre para ficar chapados; especialistas alertam Veja Mais

Morre German Lorca, último representante do Cine Foto Clube Bandeirante, aos 98

O Tempo - Diversão - Magazine Lorca fez história com imagens ultrageométricas, em preto e branco, da São Paulo que se industrializava ao longo dos anos 50 e 60 Veja Mais

Os 10 melhores filmes de animação para assistir na Netflix

canaltech Filmes de animação, quando destinados ao público infantil, são facilmente considerados uma rede de escapismo eficaz para dias difíceis ou momentos em que a mente precisa urgentemente de um descanso. Com humor fácil, conteúdo leve e direção de arte elaborada, as animações para família têm apenas um único objetivo, que geralmente é bem cumprido: entreter. No entanto, há quem acredite que filmes de animação são produzidos única e exclusivamente para crianças, o que não é o caso. A animação pode ser desmembrada em diversas técnicas, do 2D ao 3D (também conhecido como CGI), vetorial, gráfica, stop-motion e, é claro, tradicional. Além disso, um filme de animação, seja em curta ou longa-metragem, pode abordar diferentes gêneros, seja romance, comédia, aventura, ação e até mesmo drama. O universo da animação é amplo e há muito o que se explorar nele; pensando nisso, o Canaltech selecionou alguns filmes de animação que estão presentes em um streaming muito popular e atual: a Netflix. O que chega à Netflix em abril de 2021 5 filmes vencedores do Oscar para assistir na Netflix Justamente para sair do eixo de estúdios mais populares de animação, a lista abaixo apresenta 10 filmes que permitirão ao assinante conhecer as mais variadas técnicas e enredos que um filme do gênero pode oferecer. É só escolher o seu, separar a pipoca, dar play e se divertir! -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Assine Amazon Prime por R$ 9,90/mês e ganhe frete grátis, catálogo de filmes e séries que compete com a Netflix, livros, músicas e mais! Teste 30 dias grátis 10. Os Irmãos Willoughby   Os Irmãos Willoughby é o responsável por dar início à lista de indicações. O filme animado é do diretor e roteirista Kris Pearn, de Tá Chovendo Hambúrguer 2. A história acompanha Tim, Jane e os irmãos gêmeos, quatro crianças que se sentem abandonadas pelos pais com temperamentos e atitudes egoístas. Para se livrar deles, os irmãos bolam um plano para passarem mais tempo sozinhos e agora precisam se adaptar seus valores à moda antiga ao mundo contemporâneo para criar um novo sentido para a família que tinham. 9. Shaun, o Carneiro, o Filme: A Fazenda Contra-Ataca   Dando continuidade às aventuras de Shaun, o Carneiro, A Fazenda Contra-Ataca apresenta o querido personagem da Aardman Animation em uma nova história cheia de surpresas e ficção-científica. Quando uma criatura estranha e de outro planeta pousa sua nave na Terra, Shaun deve fazer de tudo para ajudar o novo amigo a voltar para casa enquanto, ao mesmo tempo, o protege de uma perigosa e vilanesca organização de detecção de alienígenas que quer capturá-lo. Indicado ao Oscar 2021, Shaun, o Carneiro, o Filme utiliza animação em stop-motion e entretém sem um diálogo sequer. Crítica | Shaun o Carneiro: A Fazenda Contra-Ataca mescla stop motion com sci-fi 8. A Noiva Cadáver   Victor Van Dort é um inseguro e nervoso jovem que está acompanhando seu casamento arranjado com Victoria Everglot (Emily Watson), uma doce e bonita moça, conhecida da família. Ansioso com a cerimônia, ele vai sozinho à floresta para ensaiar seus votos, mas acaba sendo capturado por Emily (Helena Bonham Carter), uma noiva que foi assassinada brutalmente após fugir com seu amado noivo. Convencida de que acabou de ser pedida em casamento por Victor, Emily o leva para o mundo dos mortos, mas agora ele precisa arranjar uma maneira de escapar a tempo e evitar que Victoria se case com o malvado Lorde Barkis (Richard E. Grant). 7. A Caminho da Lua   O indicado e representante da Netflix no Oscar 2021, A Caminho da Lua acompanha a jovem e apaixonada pela ciência, Fei Fei, que constrói uma nave espacial e parte para a lua determinada a comprovar a existência de uma deusa lendária. Chegando lá, ela acaba assumindo uma missão e descobre uma região habitada por criaturas fantásticas, que a ajudarão a completar sua aventura e retornar à Terra sã e salva. Crítica | A Caminho da Lua é uma libertação emocional 6. Klaus   O natalino Klaus acompanha Jesper (Jason Schwartzman), o pior aluno da academia dos carteiros. Ele mora em uma ilha gelada acima do Círculo Ártico, onde cartas não têm vez entre os vizinhos brigados, que mal se falam. Jesper está para desistir quando encontra uma aliada, a professora Alva (Rashida Jones), e conhece Klaus (J.K. Simmons), um misterioso carpinteiro que tem aparência similar a de Papai Noel e que vive sozinho em uma casa cheia de brinquedos feitos à mão. Esta amizade improvável traz o riso de volta à pequena Smeerensburg, criando um legado de vizinhos generosos, contos mágicos e meias cuidadosamente penduradas sob a chaminé. Klaus é uma animação dirigida por Sergio Pablos, de Meu Malvado Favorito. Os melhores filmes de Natal para assistir na Netflix 5. Como Treinar o Seu Dragão   Em Berk, lutar e matar dragões é praticamente um meio de vida. No entanto, o jovem Soluço (Jay Baruchel) está longe de cumprir a tradição da ilha e de sua família: com opiniões e pensamentos a frente de seu tempo, suas atitudes e senso de humor incomum o tornam um adolescente desajustado, mesmo que seu pai, Stoico (Gerard Butler) seja um grande guerreiro e líder do clã. Jogado em um treinamento de combate a dragões, Soluço está determinado a provar que é um valente viking, mas tudo muda quando ele encontra mais rara espécie de dragão machucado e se vê impedido de o matar: um Fúria da Noite. 4. O Expresso Polar   Mais um filme de Natal está presente nesta lista e também na Netflix: na véspera do feriado mais querido das crianças, um garoto (Josh Hutcherson) está acordado, mas, diferente de outras pessoas da sua idade, ele não acredita mais no Papai Noel. Portanto, ele está de mente aberta e esperando um sinal que prove que essa figura natalina de fato exista. De repente, ao ouvir um grande barulho do lado de fora de sua casa, o garoto encontra um gigante trem que está seguindo viagem para o Polo Norte, cujo condutor (Tom Hanks) o convida para embarcar nessa jornada mágica. 3. A Viagem de Chihiro   A Viagem de Chihiro foi o segundo filme na história do Oscar a ganhar a estatueta de Melhor Filme de Animação, em 2003. A produção dos Estúdios Ghibli acompanha Chihiro (Daveigh Chase, Rumi Hiiragi) e seus pais estão se mudando para uma cidade diferente da que moraram a vida toda. Durante a viagem para a nova casa, o pai decide pegar um atalho, mas coisas estranhas começam a acontecer no novo caminho: a família se depara com uma mesa repleta de comida, embora ninguém esteja por perto. A jovem desconfia, mas não consegue impedir seus pais de comer o banquete, é então que eles se transformam em porcos e agora cabe a Chihiro salvá-los. Crítica | A Viagem de Chihiro é uma jornada de autorreflexão 2. A Ganha-Pão   A Ganha-Pão foi indicado ao Oscar 2018 na categoria de Melhor Filme de Animação, além de ser dos mesmos estúdios do indicado desse ano, Wolfwalkers. O longa é ambientado num Afeganistão sob o controle do Talibã, em 2001, e acompanha Parvana (Saara Chaudry) uma garotinha de apenas 11 anos que se disfarça de menino para sustentar sua família quando o pai é capturado. Agora atendendo pelo nome de Aatish, ela precisa fazer de tudo para não ter seu disfarce descoberto ao mesmo tempo que tenta o impossível para manter sua família em segurança. Os melhores filmes de drama para assistir na Netflix 1. Se Algo Acontecer... Te Amo   Vencedor do Oscar 2021 na categoria de Melhor Curta-Metragem Animado, Se Algo Acontecer... Te Amo promete emocionar os espectadores em 12 minutos sem diálogos e sem cores, apenas retratando sua história por meio de símbolos. O filme promete levar o espectador aos ápices emocionais em pouco tempo, acompanhando a história de um casal de adultos que acabou de lidar com uma perda absolutamente forte e dolorosa. Agora, juntos, eles terão que quebrar barreiras e reencontrar o amor após uma tragédia. Crítica | Se Algo Acontecer... Te Amo é obra-prima que converte dor em esperança Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Pesquisadores do Ceará desenvolvem vacina contra COVID-19; entenda como funciona Primeiro navio autônomo do mundo está pronto para zarpar Usuários do Reddit comem carne podre para ficar chapados; especialistas alertam Veja Mais

Salários a partir de R$ 3 mil: confira vagas de emprego e cursos na área de TI

canaltech O mês de maio começou e, com ele, a demanda das empresas por profissionais do setor de Tecnologia continua a todo vapor. E isso inclui posições para áreas relacionadas, como Marketing Digital, Produto, UX, entre outras. E o Canaltech selecionou as melhores vagas - incluindo posições de estágio - de companhias de todos os portes. E, como bônus, inserimos também cursos de capacitação em TI oferecidos por empresas e escolas especializadas e que podem dar aquele plus que a sua carreira precisa para decolar. Confira quais se encaixam em seu perfil e boa sorte! -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Empregos Youse Plataforma de seguros digital, a Youse está com mais de 15 vagas de emprego abertas. As oportunidades são para São Paulo, mas, devido a pandemia, 100% dos colaboradores continuam trabalhando em home office. São elas: TI Analista De Qualidade (QA) Desenvolvedor (A) Mobile (Ios)/Flutter Desenvolvedor Ruby On Rails Devops Estágio em TI Pessoa Engenheira de Dados Marketing Estágio Em Marketing de Performance Produtos Digitais Product Manager Finance Analista Data Insights Data Scientist Especialista Especialista Atuarial Estágio em Administração/Finanças Estágio em Business Intelligence A empresa oferece um robusto plano de benefícios com vale-refeição, vale-alimentação (com décimo terceiro de VA), plano de saúde e odontológico (sem desconto, e dependentes entram no plano sem custo algum), PLR, seguro de vida, assistência farmacêutica, previdência privada, licença maternidade de 6 meses e paternidade de 30 dias, auxílio-creche/babá para crianças de até 05 anos de idade, reembolso academia, flexibilidade de horário e, durante a pandemia, concede auxílio internet. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Evollo Startup de analytics que utiliza tecnologia na geração de insights estratégicos para interação empresa-cliente, a Evollo abre 13 vagas para profissionais nos níveis Pleno e Sênior nas áreas de Projeto e Analytics, Qualidade e Tecnologia. As posições são para atuar 100% home office. Entre os cargos dispooníveis, estão os de: Analista Sênior - 2 vagas; Consultor Sênior - 2 vagas; Desenvolvedor Back-End Sênior - 1 vaga; Desenvolvedor Back-End Pleno - 1 vaga; Desenvolvedor Front-End Sênior - 1 vaga; Desenvolvedor Front-End Pleno - 1 vaga; Desenvolvedor Full-Stack Sênior - 1 vaga; Designer UI/UX Sênior - 1 vaga; Desenvolvedor DevOps Sênior - 1 vaga; Analista de Suporte de Sistemas Sênior - 1 vaga; Coordenador Sênior - 1 vaga Os interessados podem participar do processo seletivo enviando seus currículos neste e-mail. Ubots Startup gaúcha especializada em chatbots, a Ubots está com cinco vagas abertas, sendo quatro oportunidades em regime CLT, para Chatbots Designer, Customer Success, Desenvolvedor Back-End e Assistente de Suporte N1. Além de uma vaga de estágio para Desenvolvedor de Software. Todas as vagas são no formato home office. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Quicko Startup brasileira de mobilidade urbana, a Quicko está com 14 vagas abertas.Elas são para o setor administrativo e financeiro, operações e tecnologia/produto. Confira abaixo: Analista de Desenvolvimento de Vendas Analista QA Analista Sênior de Política Pública Android Developer ( 3 vagas abertas) BI & Analytics Analyst Jr iOS Developer ( 3 vagas) Regional Manager Salvador Regional Manager SP Sr Product Manager Web Developer Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. MadeiraMadeira Plataforma de produtos para casa. a MadeiraMadeira está com 398 vagas abertas para trabalhar em diferentes cidades do Brasil. Há muitas oportunidades na área de operações e no braço logístico da empresa, a BulkyLog.   Além delas, as principais áreas contratantes são as de Analista Comercial, Analista de Facilities, Analista de Logística, Cientista de Dados, Especialista em Front End, Designer Gráfico, Consultor de Loja, entre outras oportunidades. Há também oportunidades de estágio para as áreas de Pessoas & Cultura, UX, Dados e Procurement. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Invillia A Invillia , multinacional brasileira que apoia empresas que revolucionam seus mercados a partir de ações de inovação, está com mais de 20 vagas abertas para profissionais atuarem de forma 100% remota. Os cargos são variados e vão desde Líder de Entrega (Delivery Leader), Analistas de Testes, pessoa engenheira de DevOps, pessoa desenvolvedora Android, iOS, e Java, nodeJS, PHP, React Native, até Designer UX/UI. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. KingHost Empresa de soluções digitais, a KingHost está buscando profissionais nas seguintes posições para trabalho remoto: Coordenação Financeira e Contábil, Analista de Marketing (Branding e Social Midia), Analista de Compras SR, Analista de Infraestrutura de Hosting - Windows, Analista de Infraestrutura de Hosting - Emails e Coordenação de Marketing JR. Os interessados podem participar do processo seletivo enviando seus currículos neste e-mail. Divibank Fintech que tem como objetivo providenciar capital para PMEs e startups, a Divibank está abrindo 15 vagas e procura por 2 executivos de vendas sênior, 3 pessoas pleno/sênior para o time de marketing, 4 engenheiros de software de todos os níveis (jr./pleno/sênior), 1 especialista sênior de crédito e dados e 5 pessoas para o time de finanças e operações (Finance & Biz Ops). A companhia oferece seguro de saúde e dental, férias flexíveis, oportunidade de ter uma participação na empresa e horário de trabalho flexível. Os interessados podem participar do processo seletivo enviando seus currículos neste e-mail. Lalamove Plataforma online que conecta usuários e empresas a motoristas parceiros com carretos, utilitários, carros e motocicletas próprios, a Lalamove é está com 35 vagas abertas nas áreas de atendimento, vendas, experiência do cliente, marketing, gestão de pessoas e operações. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Contabilizei Escritório de contabilidade especializado na digitalização de processos contábeis, a Contabilizei está com mais de 70 vagas, algumas delas para as cidades de São Paulo e Curitiba, e outras para todo o Brasil, sendo 100% remoto. Os processos seletivos que estão ocorrendo de forma online, com ferramentas que eles já tinham internamente.   As vagas vão desde TI e tecnologia, desenvolvedor web, business analyst, até aprendiz, coordenador de sistemas, de planejamento, contábil, inside sales e gerente de marketing de performance. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Hilab Startup com atuação na área de saúde, a Hilab está com diversas vagas abertas em Curitiba. Entre as áreas disponíveis estão vendas, marketing, produção e tecnologia. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Pipo Saúde Startup de gestão de benefícios, a Pipo Saúde está com 12 vagas abertas. As posições são de Analista People Analytics, Analista de qualidade e treinamento CX, Designer de Produto, Especialista de marketing de Produto, Executivo de Vendas, Growth Hacker, Supervisor de Operações de Benefícios em faturamento, Supervisor de Operações de Benefícios em movimentação e UX Researcher. Além disso, pensando na diversidade existem três vagas de engenheiros de software, uma focada em mulheres, outra focada em pessoas negras e a última focada em pessoas trans. Todas as vagas são home office. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Teladoc Health Empresa especializada em telemedicina, a Teladoc Health está com nove vagas abertas em São Paulo, para Marketing Analyst, Quality Analyst, Customer Success Coordinator, Accountant, Business Intelligence Analyst Senior, Software Analyst Pleno (full stack), Developer Analyst Jr, IT Help Desk e Enfermeira. Os candidatos podem consultar o descritivo completo das vagas e se candidatar pelo LinkedIn da empresa. Fligoo Empresa especializada em soluções de Inteligência Artificial, a Fligoo, sediada no Vale do Silício, chegou há pouco no Brasil e está com vagas abertas para cientistas de dados no país. A startup já tem um framework proprietário de mais de quatro mil algoritmos que ajudam as grandes empresas a utilizar os seus próprios dados para incrementar vendas, reter clientes, e otimizar processos. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Contraktor Plataforma de gestão de contratos e assinatura digital, a Contraktor está com 3 vagas abertas e a contratação varia entre CLT e PJ. As posições disponíveis são: Sales Development Representative, Desenvolvedor Back-end SR e Product Designer. No momento, a empresa está operando em home office e funciona de segunda à sexta-feira. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. NOMAH Startup que oferece gestão de ativos imobiliários, a NOMAH está com duas vagas abertas, sendo elas para as posições de Senior Software Engineer e Analista de Novos Negócios. Para saber mais sobre os requisitos das vagas e se candidatar, acesse o LinkedIn da empresa. Grupo Tapps O Grupo Tapps está com 11 vagas de emprego abertas para a Tapps Games, Tapps Ventures e Venturion, estúdio de experiências imersivas. Para a Tapps Games, as vagas são para desenvolvedores (as) de jogos II e III, Game Producer, Head of Growth, Coordenador (a) de Game Design e Tech Artist III; na Tapps Ventures, a vaga disponível para a Innovation Tech Lead. Já para a Venturion, as oportunidades são para analista de projetos júnior, estagiário (a) de Desenvolvimento Unity, Game Designer I e uma vaga temporária para Game Designer para sistemas e balanceamento. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Squid Empresa especializada em marketing de influência e comunidades, a Squid está com 6 vagas abertas. Os candidatos podem ser de todo o Brasil e as vagas são CLT, com benefícios. O trabalho está completamente remoto por conta da pandemia.   A seleção para as vagas será feita toda online e para os mais diferentes cargos: Analista de Business Intelligence Jr, Marketing Manager, Sales Key Account Manager (segmento de bebidas), Sales Key Account Manager (segmento de bens consumo) e outras duas para o Banco de Talentos Squid. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Apto Marketplace de imóveis novos, o Apto está com 6 vagas em aberto: na equipe de tecnologia, as posições são para Back-End Developer e Front-end Developer; no time de marketing, a vaga é para Growth & SEO Marketing Analyst. Já em Customer, são três posições: Closer (Inside Sales) e B2C Communications & PR Specialist. Também há oportunidade para o cargo de Market Intelligence Specialist. As seis vagas são CLT, com benefícios, e o colaborador pode optar pelo trabalho remoto, semi-presencial (híbrido) ou presencial na sede da empresa, localizada em São Paulo. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. The Bridge Plataforma que conecta profissionais de tecnologia a oportunidades de trabalho em todo mundo, a The Bridge está com 200 vagas em aberto. As oportunidades passam pela curadoria da empresa, que seleciona as melhores vagas e salários e os conecta a talentos digitais. Com mais de 230 mil cadastros em seu banco de dados, e movida à tecnologia, a The Bridge entrega squads qualificados às empresas parceiras e perfis selecionados para os cargos em até 48h, algo inédito no mercado. Os interessados podem se candidatar gratuitamente em oportunidades nacionais e internacionais no site da startup. SysMap Solutions Especializada em Customer Relationship Management (CRM) e integração de sistemas, a SysMap desenvolve soluções de software e oferece serviços especializados de TI. Atualmente ela possui 168 vagas abertas, sendo a maioria analistas de diversas tecnologias, gestão de projetos, engenharia de dados, entre outros. A maioria das oportunidades é em regime de home office, permitindo a candidatura de profissionais de todo Brasil e do mundo. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Blu Fintech especializada no desenvolvimento de soluções de gestão de recebíveis de cartão de crédito, a Blu possui 11 vagas em aberto nas áreas de Marketing de Produto, Tecnologia e Comercial. A contratação é CLT e possui uma série de benefícios, como vale-alimentação e refeição, plano de saúde e odontológico, auxílio internet, entre outros. As oportunidades são no regime home office e aceitam candidaturas de todo o Brasil. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. OmniChat Startup que desenvolve plataforma de chat-commerce, a OmniChat possui mais de 50 oportunidades de empregos abertas. Os cargos são variados, com diversas vagas nas áreas de Tecnologia, Produto e Marketing. O trabalho é remoto e permite a candidatura de qualquer pessoa no Brasil e no mundo. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. AgileProcess Empresa de tecnologia que simplifica os processos logísticos do país, a AgileProcess possui cinco vagas abertas para trabalho remoto, sendo elas, Quality & Assurance Engineer / Enterprise Sales Manager / Mobile Engineer (2) / Process Excellence Coordinator . Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Intelipost Plataforma especializada na gestão de fretes, a Intelipost está com mais de 20 vagas abertas para trabalho remoto e presencial na cidade de São Paulo, nas áreas de Agilist, Customer Experience Analyst, Customer Experience Coordinator; Customer Experience Supervisor, Data Enginner; Enterprise Sales Manager; Product Owner; QA Enginner, Site Reliability Engineer; SMB Account Executive; System Support Intern. Os interessados podem participar do processo seletivo acessando a página de Carreiras da empresa. Anthor Startup cuja plataforma é focada em resolver a inflexibilidade e ineficiência da mão de obra no varejo, a Anthor está com cinco vagas nas áreas Publicidade, Desenvolvimento de produtos, Atendimento ao cliente, Tecnologia, Administração e Vendas.. Entre as posições disponíveis, estão as de Account Manager, Analista de mídias sociais, Customer Success Lead, Executivo(a) de vendas e Product Manager. A empresa oferece salários a partir de salários a partir de R$3 mil, além de benefícios como vale–refeição, vale-transporte e plano de saúde. Os candidatos podem consultar o descritivo completo das vagas e se candidatar pelo LinkedIn da empresa. Estágios & Trainees Empresa da área de biofarmacêutica, a MSD Saúde Animal abre vaga de tecnologia para o Programa de Residência 2021. O programa de Residência Corporativa em Arquitetura de Sistemas, que consiste em desenvolver profissionais da área alinhados com a cultura da empresa, procura graduados em Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Sistemas da Informação e Análise de Sistemas.   Os interessados devem conhecer as diversas linguagens de programação, soluções para app, web, entender a construção de dispositivos eletrônicos e gadgets, cybersecurity, cloud computing, APIS, conceito de plataforma, e terá a oportunidade de trabalhar com inovação aberta. Esses são pré-requisitos porque os selecionados atuarão em áreas de Arquitetura de Sistemas e Inteligência de Dados e Gestão da Inovação, além de participarem de desenvolvimento de projetos nas áreas de inteligência artificial, sistemas embarcados, soluções mobile, big data, IOT, telecomunicações (5G) e robótica. O curso de aperfeiçoamento profissional possui duração de 18 meses e renumeração com bolsas compatíveis com o mercado. Para participar, é necessário ter concluído a universidade entre dezembro de 2016 e dezembro de 2020. As inscrições devem ser realizadas até o dia 14 de maio por meio do portal Companhia de Talentos. Cursos & Bolsas Qintess Empresa especializada em transformação de negócios com o uso da Tecnologia, a Qintess em parceria com a mesttra, especializada no apoio à empresas para criação de oportunidades de inclusão e aceleração, e a Vale do Dendê, organização social criada para fomentar ecossistemas de inovação e diversidade, estão se unindo para acelerar o programa Qintess Novos Mundos, voltado a treinamentos para a formação de talentos em tecnologia com viés de inclusão e diversidade. Além disso, elas anunciam a Academia QADS, para a formação de profissionais e estudantes em ciências de dados, área que carece de profissionais especializados no País. As três parceiras irão trabalhar para ultrapassar a meta de incluir 2 mil jovens no setor de tecnologia e ajudar empresas a formarem seus times de colaboradores em áreas voltadas à inovação. Outro pilar de atuação da plataforma é a Academia de Talentos, que já ofertou 300 horas de aprendizado técnico on-line, com bolsa-auxílio para o desenvolvimento de habilidades técnicas e soft skills. Para se ter uma ideia, 70% destes jovens já estão atuando profissionalmente em projetos. Voltado ao segmento corporativo e com 450 horas de conteúdo, a Qeep Moving se concentra na formação de desenvolvedores de software e foi iniciada com os próprios colaboradores da Qintess, com o objetivo possibilitar a transição na carreira.   A Qintess Novos Mundos tem em sua plataforma, quatro pilares diferentes de atuação. A Academia QADS vai formar 50 profissionais e estudantes com alguma experiência em ciências da computação, por ser uma disciplina mais avançada com 350 horas de curso. Já a Academia Service Desk tem o objetivo de promover inclusão de jovens e pessoas da diversidade no mercado formal. O treinamento já soma mais de 100 horas de conteúdo ofertado. Nele, são ensinadas as atividades de service desk (suporte de TI), uma das portas de entrada para a tecnologia. Hoje, 95% dos alunos seguem adquirindo novos aprendizados na área. Para conhecer mais sobre o programa Qintess Novos Mundos), clique aqui. E para se inscrever nos cursos de capacitação em Ciência de Dados (Academia QADS), clique neste link. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Pesquisadores do Ceará desenvolvem vacina contra COVID-19; entenda como funciona Primeiro navio autônomo do mundo está pronto para zarpar Usuários do Reddit comem carne podre para ficar chapados; especialistas alertam Veja Mais

Saiba como encontrar grupos no Telegram

canaltech Oi, gente! Hoje eu vim dar uma dica bem legal para quem está aprendendo a usar o Telegram. É que ele tem ficado mais popular, né? Muita gente está começando a usar o Telegram como uma alternativa ao WhatsApp e ao Messenger para conversar, afinal, ele é um dos aplicativos de mensagem mais completos. ???? Como convidar pessoas para grupos do Telegram via QR Code Como encaminhar áudio do Telegram para o WhatsApp São muitas funções sendo adicionadas toda a semana no Telegram. Você pode aproveitar para fazer chamadas em grupo, criar canais de chat, agendar chamadas de voz, usar bots (mini aplicativos) e muito mais. 10 bots para Telegram que todos deveriam usar Como descobrir se uma pessoa te bloqueou no Telegram Ah! Só que outra função bem legal e importante do Telegram, é a sua ferramenta de pesquisa. Com ela você pode encontrar pessoas, grupos, bots, canais de voz… então, ela é uma parte essencial para quem usa o mensageiro. Por isso, hoje vou mostrar para vocês como encontrar grupos no Telegram. Dá só uma olhadinha! ???? -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Saiba como encontrar grupos no Telegram Gente, vale lembrar que essa ferramenta de pesquisa está disponível em todas as versões do aplicativo (Android | iOS | Web | Desktop), tá? Passo 1: para procurar por um grupo no Telegram, toque no ícone de "Lupa" lá na página inicial; Passo 2: feito isso, digite o nome do grupo ou assunto relacionado que você deseja procurar. O sistema de busca do Telegram, vai reunir algumas sugestões para você sobre aquele tema e tudo que estiver relacionado com essas palavras; Passo 3: por fim, quando você encontrar seu grupo, é só tocar em "Entrar" para começar a participar daquele chat. Rapidinho, né? Pronto! Agora você sabe como encontrar grupos no Telegram. Gostou dessa dica? Compartilhe com seus amigos que estão aprendendo a usar o aplicativo.???? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Pesquisadores do Ceará desenvolvem vacina contra COVID-19; entenda como funciona Primeiro navio autônomo do mundo está pronto para zarpar Usuários do Reddit comem carne podre para ficar chapados; especialistas alertam Veja Mais

"VERSTAPPEN NÃO ESTAVA ABALADO", DIZ MARIANA BECKER | BANDSPORTS NEWS

Band Sports Jornalista falou sobre o principal concorrente de Lewis Hamilton na temporada. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/​​​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​... Veja Mais

MAM carioca reabre com maior mostra de esculturas de sua história

O Tempo - Diversão - Magazine "Estado Bruto" traz 126 esculturas e objetos do acervo do MAM, de 106 artistas de épocas e países variados Veja Mais

Grey's Anatomy: os 10 maiores obstáculos que Meredith enfrentou

Grey's Anatomy: os 10 maiores obstáculos que Meredith enfrentou

Tecmundo ATENÇÃO, SPOILERS À FRENTE!Meredith Grey (interpretada por Ellen Pompeo) é uma protagonista que tem seu arco dramático muito bem definido em Grey’s Anatomy. Talvez por esse motivo, o público saiba que a sua jornada para lidar com certos bloqueios será cheia de obstáculos difíceis.Leia mais... Veja Mais

Bolsonaro quer mudar Marco Civil da Internet e incluir redes sociais

Bolsonaro quer mudar Marco Civil da Internet e incluir redes sociais

Tecmundo Na última quarta-feira (05), durante a Cerimônia de Abertura da Semana das Comunicações, o presidente Jair Messias Bolsonaro afirmou que, em breve, apresentará um decreto para regulamentar o Marco Civil da Internet, sancionado por Dilma Rousseff em 2014. De acordo com o que sugeriu, haverá interferência no funcionamento de redes sociais.Dentre as promessas de Bolsonaro estão punições a quem não respeitar as medidas, e ele alega que quer assegurar a liberdade de uso de plataformas. Além disso, o político, que recentemente teve um post sinalizado por conter informações falsas, destaca o "papel excepcional" de sites do tipo no Brasil, inclusive em sua eleição.Leia mais... Veja Mais

Sony lança Xperia Pro em mais países com preço ainda mais alto

canaltech A Sony anunciou nesta quinta-feira (6) o lançamento do Xperia Pro em alguns países da Europa. O smartphone premium da companhia é voltado principalmente para voltado produtores de conteúdo, pois pode ser combinado com câmeras profissionais para aprimorar a gravação de vídeos e a captação de áudio. Ele chegou ao mercado oficialmente em janeiro deste ano por salgados US$ 2.500 (mais de R$ 13 mil em conversão direta) e agora está disponível na região europeu por um preço ainda mais alto. Divisão de celulares da Sony registra lucro em 12 meses após 4 anos de quedas Sony Xperia 1 III: engenheiros da linha Alpha detalham câmeras do celular Além dos Estados Unidos, onde está disponível desde o começo do ano, o Xperia Pro está à venda no Reino Unido, Alemanha e alguns mercados da região norte europeia por 2.499 euros (R$ 15,9 mil) ou 2.299 libras (R$ 16,8 mil), dependendo da região. Até o próximo dia 13, quem adquirir o smartphone da Sony nesses lugares levará um kit de lançamento, que inclui um microfone sem fio Sony ECM-W2BT Bluetooth, uma cabeça esférica MH492LCD-BH e uma pinça universal PIXI da Manfrotto. Exclusivamente para profissionais O Xperia Pro não é um smartphone comum, mas esse título não se deve só pelo preço acima de qualquer outro concorrente atualmente: ele traz uma tela OLED 4K de 6,5 polegadas que pode ser usada como um monitor de vídeo, através da entrada micro HDMI. A entrada HDMI aceita conexões com qualquer dispositivo compatível com o formato, permitindo fazer transmissões ao vivo com resolução HD (720p) para o YouTube e outras plataformas de vídeo em tempo real. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- (Imagem: Divulgação/Sony) Para processar todos esses recursos profissionais, o Xperia Pro é equipado com o processador Snapdragon 865, aliado a 12 GB de memória RAM e 512 GB no padrão UFS de alto desempenho. O smartphone ainda pode ser usado como dispositivo de acesso 5G, graças ao modem Snapdragon X55, compatível com as principais frequências da nova geração, incluindo a mmWave — segundo a empresa, as antenas do celular foram reposicionadas para oferecer mais estabilidade de sinal. Com relação ao conjunto fotográfico, o Xperia Pro traz a mesma configuração do Xperia 1 II, com três sensores de 12 MP. A lente principal tem distância focal de 24 mm e conta com pixels de 1,8 µm (micrômetros), a grande angular de 16 mm traz um sensor levemente menor, com pixels de 1,4 µm. Já a teleobjetiva tem distância focal de 70 mm.   Sony Xperia Pro: ficha técnica Tela: OLED 6,5 polegadas, resolução 4K (3.840 por 1.644 pixels) em proporção 21:9; Chipset: Qualcomm Snapdragon 865; Memória RAM: 12 GB; Armazenamento interno: 512 GB UFS; Câmera traseira: tripla — 12, 12, 12 megapixels (principal, grande-angular, teleobjetiva); Câmera frontal: 8 megapixels; Dimensões: 170,2 x 76,2 x 10,2 mm; Peso: 225,1 gramas; Bateria: 4.000 mAh; Extras: resistência à água IP68, entrada micro HDMI, NFC; Cores disponíveis: preto; Sistema operacional: Android 10. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O céu (não) é o limite | Pedaço de foguete cairá na Terra, morre Michael Collins MIUI 12.5 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021) Moto G60 vs Galaxy A72: qual intermediário potente tem mais vantagens? Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Veja Mais

10 filmes baseados em fatos reais para assistir na Netflix

10 filmes baseados em fatos reais para assistir na Netflix

Tecmundo A Netflix possui um extenso catálogo com produções de diversos gêneros. No serviço de streaming, os assinantes podem encontrar uma categoria dedicada a longa-metragens inspirados em histórias reais.A seguir, selecionamos 10 filmes baseados em casos reais para assistir na Netflix. De drama a comédia, há opções para todos os gostos. Confira 10 opções de filmes que são basados em fatos:Leia mais... Veja Mais

Chicago Fire 9x14: Stella descobre o resultado de seu teste (promo)

Chicago Fire 9x14: Stella descobre o resultado de seu teste (promo)

Tecmundo A promo para o episódio 9x14 de Chicago Fire já foi disponibilizada, nesta última quarta-feira (5), pela NBC. Intitulado “What Comes Next” (“O que vem por aí”, em uma tradução livre), o 14º episódio da 9ª temporada da produção será exibido no dia 12 de maio de 2021, próxima quarta-feira, e traz o arco de uma fábrica de rações para animais que se tornou vítima de vários incêndios violentos.Leia mais... Veja Mais

Pandemia ainda deve pesar em balanços de bancos

Valor Econômico - Finanças Resultados do primeiro trimestre não captaram piora recente, que pode se refletir em deterioração nos calotes adiante; ao mesmo tempo, perspectiva de recuperação econômica favorece ações do setor Encerrada a temporada de divulgação de resultados dos grandes bancos, os balanços do primeiro trimestre parecem ainda não evidenciar a piora da pandemia no Brasil, que ganhou força entre março e abril. E a expectativa é que os números do segundo trimestre mostrem uma deterioração nos calotes. Ainda assim, outros fatores começam a entrar no radar dos investidores, como a perspectiva de recuperação da atividade após o momento mais drástico da crise sanitária, o que deixa o cenário para o desempenho das ações do setor financeiro na bolsa ainda mais complexo. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Saints Row: do pior ao melhor, segundo a crítica

Saints Row: do pior ao melhor, segundo a crítica

Tecmundo Depois do sucesso da franquia GTA, muitas empresas tentaram replicar a fórmula, a maioria sem sucesso. A que vamos falar hoje se deu bem por um principal e grande motivo: não se levar a sério.Se você já riu com os absurdos que essa série proporcionou, quero dizer que você tem um humor tão infantil quanto o meu. Vocês pediram, votaram e aqui está o do Pior ao Melhor da franquia Saints Row. Aqui estão nossos critérios, prestem bastante atenção:Leia mais... Veja Mais

Brasil ultrapassa 420 mil mortes por covid-19, mostra consórcio de imprensa

Valor Econômico - Finanças Só neste sábado, país registrou 2.091 óbitos e 63.268 casos da doença, segundo dados das secretarias estaduais de saúde O Brasil registrou 2.091 mortes por covid-19 e 63.268 casos da doença neste sábado, segundo dados das secretarias estaduais de saúde. O país, assim, chega a 421.484 óbitos e a 15.150.628 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia. A média de mortos por dia na última semana, a chamada média móvel, continua elevada: 2.131 óbitos por dia em média. Assim, o país completa 53 dias com média acima de 2.000 mortes por dia e 108 dias acima de 1.000. A média móvel é um instrumento estatístico que busca amenizar variações nos dados, como os que costumam acontecer aos finais de semana e feriados. O dado é calculado pela soma das mortes dos últimos sete dias e pela divisão do resultado por sete. Além disso, os óbitos no Estado de São Paulo em decorrência da doença superaram 100 mil desde o início da pandemia. Os dados do país, coletados até as 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as secretarias de Saúde estaduais Foram atualizadas também as informações repassadas sobre a vacinação contra a covid-19 por 22 estados e o Distrito Federal. Neste sábado, foram registradas 321.318 primeiras doses aplicadas da vacina contra a covid e 137.553 segundas doses. O Brasil tem enfrentado dificuldades nas aplicações de segundas doses. Nesta semana, mais da metade das capitais tinha falta de Coronavac para a segunda dose. Com os dados vacinais deste sábado, 17% da população com mais de 18 anos recebeu a primeira dose da vacina contra a covid e 8% recebeu a segunda. A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Mais cedo, números oficiais do governo federal, divulgados pelo Ministério da Saúde, apontaram 421.316 mortos (com 2.202 novas mortes nas últimas 24 horas) e 15.145.87 casos confirmados (sendo 63.430 nas últimas 24 horas) até este sábado pela doença. Enterro de vítima da covid no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, em Manaus AP Foto/Edmar Barros Veja Mais

Renan Calheiros diz que Pazuello usa Exército como 'biombo' para evitar CPI

O Tempo - Política Calheiros reforçou ainda que, neste momento inicial dos trabalhos da CPI, o ex-ministro irá falar à comissão na condição de testemunha, e não como investigado Veja Mais

Cachorro de Obama, Bo, morre neste sábado: um verdadeiro amigo e companheiro

O Tempo - Mundo Ex-presidente dos EUA publicou mensagens no Twitter lamentando a morte do 'companheiro' da família Veja Mais

Channing Tatum diz que precisa atuar melhor para não depender da nudez

O Tempo - Diversão - Magazine Protagonista do filme Magic Mike, Tatum contou que não se exercitaria tanto se não fossem os seus papéis Veja Mais

SP chega a 100 mil mortos por Covid, com vírus espalhado pelo interior

Valor Econômico - Finanças Dados da Secretaria Estadual de Saúde mostram que doença tem se mostrado mais letal fora da Grande São Paulo O estado de São Paulo ultrapassou neste sábado a marca de 100 mil mortos pela Covid-19, uma epidemia que começou concentrada na Grande São Paulo e depois se espalhou para as demais regiões. Segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde, o total de mortes decorrentes do coronavírus desde o início de março do ano passado chegou a 100.649 óbitos. Em oito desses mais de 13 meses de mortes, a doença se mostrou mais letal no interior e no litoral do estado, que aplicou políticas regionalizadas, promoveu a abertura mesmo contra recomendações do centro de contingência para a pandemia do próprio governo e enfrentou dissidência de prefeitos –muitos dos quais desobedeceram as recomendações estaduais, ainda que alguns tenham tomado medidas ainda mais rígidas que as propostas pela gestão Doria. Em abril do ano passado, 16% dos óbitos pela doença aconteceram em cidades fora da região metropolitana da capital. Um ano depois, esse percentual subiu para 53%. Segundo dados do governo de São Paulo, 56% dos mortos pela doença no estado são homens e 71% têm 60 anos ou mais, perfil semelhante ao observado no país. Entre os pacientes internados no território paulista, a taxa de cura é de 68%. O estado concentra 24% das mortes ocorridas no Brasil por causa da Covid. Se fosse um país, em números absolutos São Paulo seria hoje o nono no ranking mundial de óbitos pelo coronavírus, atrás de EUA, Brasil, Índia, México, Reino Unido, Itália, Rússia e França. O interior e o litoral paulista, por sua vez, seriam o 18º. Já a Grande São Paulo, com 39 municípios e 47% da população do estado, reúne ainda mais vítimas, quando considerado todo o período da pandemia, devido sobretudo ao impacto dos meses imediatamente após a chegada do vírus. São cerca de 51% do total de óbitos registrados até o momento. Em países asiáticos, como China e Vietnã, o aumento de casos em alguma localidade levava a uma forte restrição de movimentação de pessoas para outras localidades, o que evitou que a Covid-19 se espalhasse rapidamente. Mas políticas rígidas nesse formato não foram tomadas no Brasil, e o vírus encontra mais condições de circular. O aumento dos casos no interior e litoral paulista pressiona um sistema de saúde com menos recursos físicos e humanos e que, quando lotado, deságua nos hospitais da capital. Embora o estado tenha a menor desigualdade entre capital e interior no país, o número de médicos é consideravelmente menor fora da Grande São Paulo. Segundo o estudo Demografia Médica no Brasil de 2020, a capital tem uma proporção de 5,61 médicos para cada mil habitantes. Nas demais regiões, essa razão cai para 2,31. Também há menos leitos de UTI. Dos cerca de 13 mil reservados para pacientes de Covid nesta semana, cerca de 5.800 (45%) ficam foram da Grande São Paulo. Contudo, nos últimos quatro meses, alguns dos piores de toda a pandemia, houve mais óbitos nas cidades interioranas que na Grande São Paulo. Na maior parte de abril, todas as regiões do interior tiveram mais de 80% de ocupação de UTIs, com a maioria delas ultrapassando os 90%. Na região de Bauru, a lotação das UTIs chegou a 98%, embora novos leitos tenham sido criados. Na quarta (5), segundo o governo do estado, 9 a cada 10 vagas de terapia intensiva estavam preenchidas. A pandemia tem sido um grande ponto de atrito entre a prefeita de Bauru, Suéllen Rosim (Patriota), e o governador João Doria (PSDB). Contrária a medidas severas de restrição ao comércio, ela cobra do governo estadual a ampliação do sistema de saúde do município, que também atende cidades vizinhas. A gestão municipal chegou a editar um decreto que ampliava o leque de atividades consideradas essenciais, flexibilizando medidas impostas pelo governo. A lei, depois suspensa pela Justiça, permitia o funcionamento, por exemplo, de shoppings, bares e salões de beleza. Rosim também participou de uma manifestação, crítica a Doria, que pedia a abertura do comércio na cidade. O governador, por sua vez, disse que a prefeita fazia "vassalagem" ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em vez de adotar medidas para frear a Covid. Entre as 16 regiões fora da Grande São Paulo, a que mais concentra mortes é a de Campinas. Cerca de 10% dos óbitos no estado ocorreram na região. A cidade de Campinas é a terceira em número de mortes, com mais de 3.000 vítimas. Perde apenas para a capital e Guarulhos, as outras duas cidades mais populosas do estado. Covas abertas no cemitério de Vila Formosa, em São Paulo, para receber vítimas da covid-19 Andre Penner/AP Veja Mais

Papa Francisco defende suspensão de patentes das vacinas contra Covid-19

O Tempo - Mundo A medida, defendida por governos de países como Índia e África do Sul e pela ONU, ganhou nesta semana o apoio público do presidente dos EUA Joe Biden Veja Mais

Eva Wilma é diagnosticada com câncer de ovário

G1 Pop & Arte Atriz de 87 anos foi internada no dia 15 de abril para tratar de problemas cardíacos e renais. Novo boletim médico apontou que ela iniciou o tratamento oncológico nesta semana. Eva Wilma posa para foto em São Paulo, em 2016 Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo/Arquivo A atriz Eva Wilma, de 87 anos, foi diagnosticada com câncer de ovário, segundo boletim médico divulgado neste sábado (8). Ela segue internada desde o dia 15 de abril na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, quando deu entrada para tratar de problemas cardíacos e renais. De acordo com as últimas atualizações de sua equipe médica, a artista segue em evolução estável, "em consciência e respirando espontaneamente". O tratamento oncológico começou nesta semana, segundo o documento. No fim de abril, em uma das fotos divulgadas em suas redes sociais, Eva Wilma aparecia ensaiando o texto para gravar o filme "As Aparecidas". O filme "As Aparecidas", de Ivan Feijó, tem Eva Wilma, Norma Blum, Neusa Borges, Karin Rodrigues e Miriam Mehler no elenco. Na história, a personagem de Eva, Otília, se junta às amigas de infância para uma peregrinação para a cidade de Aparecida, em São Paulo. É a segunda vez que a atriz é internada neste ano. Em janeiro, ela ficou 21 dias hospitalizada com pneumonia no Hospital Vila Nova Star, da Rede D'Or, também na Zona Sul da capital paulista. Na ocasião, ela permaneceu nove dias na UTI após apresentar dificuldade respiratória. Eva Wilma estreia espetáculo que celebra os 65 anos de carreira em Salvador João Caldas/ Divulgação Com 66 anos de carreira, a atriz foi a grande homenageada do Prêmio Cesgranrio de Teatro, entregue em janeiro de 2020 no Copacabana Palace, no Rio (veja mais no vídeo abaixo). No discurso de agradecimento, ela falou sobre a importância do trabalho dos atores. “Amo o ator por se emprestar inteiro para expor os aleijões da alma humana com a única finalidade de que o público se compreenda, se fortaleça e caminhe no rumo de um mundo melhor a ser construído pela harmonia e pelo amor”, afirmou Eva. Eva Wilma é homenageada em noite de premiação no Copacabana Palace VÍDEOS: tudo sobre São Paulo e Região Metropolitana Veja Mais

Executivos veem protecionismo em bloqueio saudita a frigoríficos

Valor Econômico - Finanças País impôs barreira a 11 exportadores brasileiros de carne de frango, que ainda não têm informação oficial sobre motivo para suspensão A mais nova restrição da Arábia Saudita contra a carne de frango brasileira abriu uma temporada de rumores entre os exportadores sobre os motivos para justificar o bloqueio de 11 frigoríficos, responsáveis por mais de 60% dos embarques ao país. Alguns exportadores trabalham com a possibilidade de que os sauditas vão alegar que encontraram salmonela em lotes do produto importado do Brasil. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Juiz determina retorno presencial de Etecs e Fatecs apenas na fase amarela do Plano SP

Valor Econômico - Finanças Segundo o Sindicato dos Trabalhadores do Centro Paula Souza (Sinteps), mais de 20 mil servidores e 300 mil alunos são impactados pela decisão O Sindicato dos Trabalhadores do Centro Paula Souza (Sinteps), responsável pelo ensino técnico (Etecs) e faculdades tecnológicas (Fatecs) no Estado de São Paulo, obteve, na noite de sexta-feira (7), liminar (decisão provisória) na primeira instância da Justiça do Trabalho garantindo que o ensino presencial só retornará quando os municípios em que se encontram as respectivas unidades já estiverem na fase amarela do "Plano São Paulo". Atualmente, todas as cidades paulistas estão na chamada "fase de transição", entre a vermelha (mais restrita) e a laranja. Nela, as escolas podem continuar abertas, mas recebendo, no máximo, 35% dos alunos. Helcio Luiz Adorno Junior, juiz titular na 76ª Vara do Trabalho de São Paulo, decidiu que o Centro Paula Souza "deverá abster-se de determinar o retorno dos trabalhadores representados pelo sindicato-autor às atividades presenciais até 28 (vinte e oito) dias após o ingresso do município em que se situar sua unidade de ensino na denominada 'fase amarela do Plano São Paulo'". Segundo o sindicato, mais de 20 mil servidores e 300 mil alunos são impactados pela decisão. O Centro deverá ainda, quando ocorrer o retorno às atividades presenciais, comprovar a entrega aos seus empregados de equipamentos de proteção individual adequados à prevenção do contágio pela covid-19, sob pena de multa diária de R$ 1.000 por unidade de ensino em que se descumprir as determinações. Cabe recurso por parte do Centro Paula Souza. Na decisão, o juiz disse que "o poder diretivo do empregador, em princípio abrangente por responder pelos riscos da atividade empresarial, comporta restrições à luz dos direitos da personalidade do empregado". Ainda que os alunos frequentem as instalações educacionais respeitado o limite de 35% de ocupação, eles não foram vacinados e "infelizmente, podem ser vetores do coronavírus, mesmo que assintomáticos, e colocar em risco a vida dos trabalhadores", argumentou o juiz, lembrando que os funcionários, em sua maioria, também não foram vacinados ainda. O Estado de São Paulo já começou a vacinar trabalhadores da educação acima de 47 anos, mas ainda não apresentou previsões para a continuidade do calendário. Diante do cenário, afirmou o juiz, é necessário que se mantenham, por ora, as atividades a distância. "A qualidade das aulas presenciais é sabidamente maior e a integração entre os alunos no ambiente acadêmico tem incontestáveis efeitos positivos para o aprendizado coletivo e para a vida em comunidade. No entanto, a situação inusitada que se está vivenciando no momento, de elevado risco de contágio pela covid-19, recomenda a adoção de iguais medidas excepcionais para a preservação da vida das pessoas", escreveu Adorno Junior. Veja Mais

Morte de Paulo Gustavo repercute no 'New York Times', 'Guardian' e 'Le Figaro'

O Tempo - Diversão - Magazine "Em uma nação sitiada por uma pandemia que matou mais de 400 mil pessoas, a morte do ator gerou uma rara manifestação generalizada de luto", afirmou o NYT Veja Mais

Ministério da Saúde retira do ar nota que orientava uso da cloroquina

Valor Econômico - Finanças Na sexta-feira (7), a página com as informações de "Manejo clínico e tratamento" no site do Ministério da Saúde saiu do ar O Ministério da Saúde tirou do ar documento que servia como base de orientação para a prescrição de cloroquina a pacientes com covid-19, em meio ao questionamento na CPI da Pandemia, no Senado, sobre o uso do medicamento. As informações são do jornal "O Globo". A Nota Informativa nº 17 foi publicada pelo governo federal em julho do ano passado e regulamentava a cloroquina para "tratamento precoce" de pacientes com covid-19. O medicamento, no entanto, não teve eficácia contra a doença comprovada cientificamente. A nota instituía regras para que médicos no país pudessem prescrever a cloroquina ou a hidroxicloroquina para seus pacientes, estabelecendo as doses autorizadas e em que período da doença prescrever. O documento estabelecia ainda que cabia ao médico decidir se receitaria ou não cloroquina e também exigia que o paciente assinasse um documento concordando com o tratamento. Inicialmente, o Ministério da Saúde impossibilitou o acesso ao documento em seu site. Até 5 de maio, quando o usuário clicava no link para abrir a nota, era redirecionado para a página inicial do site. Na sexta-feira (7), a página com as informações de "Manejo clínico e tratamento" no site do Ministério da Saúde saiu do ar. O site indica que a última atualização ocorreu ás 19h57 de sexta. Segundo "O Globo", em nota, a pasta confirmou que retirou o documento do ar, mas afirmou que isso ocorreu porque ele está passando por uma atualização. "O Ministério da Saúde informa que a nota informativa nº 17/2020-SE/GAB/SE/MS foi retirada do ar para atualização. O documento está em fase final de elaboração e, em seguida, será enviado à Comissão de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) para deliberação", afirmou a pasta. Aílton de Freitas/Agência O Globo Veja Mais

Novo dinossauro "bico de pato" é descoberto em ilha do Japão

canaltech Uma equipe de cientistas internacionais identificou uma nova espécie de dinossauro do tipo "bico de pato", conhecido também como Hadrossauro, em uma ilha no Sul do Japão. Batizado de Yamatosaurus izanagii, o fóssil traz novas evidências sobre a migração da criatura, sugerindo ainda que esses herbívoros migraram da Ásia para a América do Norte e não o contrário. "Dino zumbi" | Brasileiros descobrem dados inéditos sobre doença em dinossauros Ossos gigantes encontrados podem ser do maior dinossauro que já pisou na Terra Fóssil preservado permite que ânus de dinossauro seja estudado pela 1ª vez A descoberta também comprova que essas criaturas gigantes evoluíram a ponto de deixar de andar ereto para andar sobre as quatro patas. Os Hadrossauros, que são conhecidos por terem focinhos largos e achatados, são os mais encontrados por aí. Eles viveram no período Cretáceo Superior, há mais de 65 milhões de anos, e seus fósseis já foram encontrados na América do Norte, África, Ásia e Europa. Com centenas de dentes bem espaçados nas bochechas, os Hadrossauros foram altamente adaptados para mastigar a vegetação para se alimentar. Se os dentes desgastavam e caíam, novos dentes nasciam de forma individual, ou ainda uma nova fileira dentária surgia para substituir a antiga. O Yamatosaurus descoberto no Japão, segundo os paleontólogos, parece ter evoluído para ser capaz de mastigar diferentes tipos de vegetação em comparação com outros Hadrossauros. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Imagem: Reprodução/Southern Methodist University Outra diferença do novo dinossauro é o desenvolvimento dos seus ombros e membros dianteiros, que comprovam a mudança de bípede para quadrúpede. Parte do Yamatosaurus foi encontrada em 2004 em uma camada de sedimento de aproximadamente 72 a 71 milhões de anos atrás, em uma pedreira de cimento na ilha de Awaji. O fóssil contava com a mandíbula inferior preservada, além de dentes, vértebras do pescoço e da cauda, e osso do ombro. O material permaneceu em um museu até ser estudado pelos cientistas. O Yamatosaurus é a segunda nova espécie de Hadrossauro identificada pelos mesmos cientistas no Japão. Em 2019, a dupla encontrou o maior esqueleto de dinossauro do país, também um Hadrossauro, este batizado de Kamuysaurus. Seus fósseis foram encontrados na ilha Hokkaido, no norte do país. "Esses são os primeiros dinossauros descobertos no Japão do final do Período Cretáceo. Até agora, não tínhamos ideia de quais dinossauros viviam no país até o final da era dos dinossauros", conta Yoshitsugu Kobayashi, pesquisador que vem estudando a descoberta. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Pesquisadores do Ceará desenvolvem vacina contra COVID-19; entenda como funciona Primeiro navio autônomo do mundo está pronto para zarpar Usuários do Reddit comem carne podre para ficar chapados; especialistas alertam Veja Mais

Neymar renova com PSG até 2025 e diz estar feliz em Paris

Valor Econômico - Finanças O camisa 10 chegou à equipe na temporada 2017/2018 para ser a principal estrela de um projeto que visa o inédito título da Champions League O jogador Neymar renovou seu contrato com o Paris Saint-Germain. O novo vínculo, anunciado neste sábado (8), estende a permanência do atacante brasileiro no clube parisiense até 2025. O acordo antigo terminaria em junho de 2022. O camisa 10 chegou à equipe na temporada 2017/2018 para ser a principal estrela de um projeto que visa o inédito título da Champions League, algo que esteve próximo no ano passado, quando o time perdeu a final para o Bayern de Munique. Neste ano, a eliminação aconteceu na semifinal, para o Manchester City. Para contratá-lo do Barcelona, o PSG pagou 222 milhões de euros (R$ 814 milhões na época), no que é, até hoje, a maior transação da história do futebol mundial. Foram 114 jogos pelo PSG até o momento, com 89 gols e dez títulos, todos no âmbito nacional: três edições do Campeonato Francês, duas Copas da França, duas da Copa da Liga Francesa, e três Supercopas da França. "É um grande prazer estender a aventura no Paris Saint-Germain. Estou muito feliz em Paris. É um verdadeiro orgulho fazer parte deste grupo, trabalhar com estes jogadores, com este grande treinador e fazer parte da história deste clube. São essas coisas que me fazem acreditar ainda mais neste grande projeto. Aqui cresci como pessoa, como ser humano e também como jogador. Estou muito feliz por estender meu contrato e espero ganhar muitos mais troféus aqui", disse Neymar, ao site oficial da equipe. O time é vice-líder do Francês, com 75 pontos, 4 a menos do que o Lille. Na próxima quarta (12), enfrenta o Montpellier pela semifinal da Copa do França. Observado pelo jogador Phil Foden, Neymar cabeceia, durante partida da sua equipe, o PSG, na semifinal da Champions League, contra o Manchester City Dave Thompson/AP Veja Mais

Novo MacBook Air pode ter cores variantes semelhantes ao iMac

Novo MacBook Air pode ter cores variantes semelhantes ao iMac

Tecmundo Inspirado no recente redesenho do iMac, o próximo MacBook Air pode ter várias opções de cores. A informação foi revelada recentemente pelo leaker Jon Prosser, famoso por trazer notícias em primeira mão sobre os produtos da Apple.Em um vídeo publicado no canal Front Page Tech, Prosser conta que uma fonte “enigmática” viu há pouco tempo um protótipo de um MacBook Air azul. Além disso, ela revelou que o notebook pode trazer o processador M2.Leia mais... Veja Mais

EMOCIONANTE! GOL NO ÚLTIMO MINUTO! Melhores momentos de Athletic Bilbao 2 x 2 Osasuna em LaLiga

EMOCIONANTE! GOL NO ÚLTIMO MINUTO! Melhores momentos de Athletic Bilbao 2 x 2 Osasuna em LaLiga

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse o ESPN.com.br e inscreva-se no nosso canal! https://www.espn.com.br/ ➡ Facebook: https://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: https://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: https://instagram.com/foxsportsbrasil ➡ Facebook: https://www.facebook.com/espnbrasil ➡ Twitter: https://twitter.com/ESPNBrasil ➡ Instagram: https://www.instagram.com/espnbrasil Vamos JuntosNaTorcida! #AthleticBilbao #Osasuna #LaLiga Veja Mais

Como usar o serviço de recall de bateria do iPhone

canaltech Se você começou a notar problemas de desempenho do seu iPhone e desconfia da bateria, não se desespere. Ainda que esteja fora da garantia, falhas de componentes internos do aparelho que abrangem um grande número de usuários podem entrar em um "Programa de Serviço da Apple", ou programa de recall, com serviço de reparo grauito. Como funciona e onde consultar o recall de produtos Apple Como entrar em contato com a Assistência Técnica da Apple Por isso, antes de procurar assistência técnica e gastar uma fortuna para solicitar a troca da bateria, verifique se o modelo do seu iPhone está elegível para o recall da Apple. O serviço é gratuito e está em constante avaliação para descobrir aparelhos afetados em linhas de fabricação defeituosas. Problemas dessa categoria podem surgir no dispositivo mesmo depois de anos depois da compra, portanto, com garantia expirada. Por isso, recomendamos consultar periodicamente a página da empresa da maçã com a lista de programas de reparo e troca para verificar os produtos que ainda estão disponíveis para conserto gratuito. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Abaixo, vamos explicar quais as principais recomendações e como usar o serviço de recall para bateria do iPhone. Como usar o recall para bateria do iPhone Antes de tudo Achou seu iPhone na lista de recall para reparo na bateria? Antes de entrar em contato com a Apple e solicitar o serviço, siga, abaixo, as orientações que vão agilizar seu atendimento e tornar o processo mais simples para você - para prepara o smartphone ao envio por correio ou levá-lo a uma autorizada. 1. Copie o número de série A identificação do seu smartphone Apple é fundamental para que a empresa da maçã certifique-se de que ele está elegível para seu programa de reparo gratuito. Para isso, no iPhone, abra o app Ajustes. Depois, vá em "Geral" > "Sobre" > "Número de Série" e copie o código ao lado. Copie o número de série do seu iPhone - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech) 2. Faça o backup É importante que você guarde as informações do seu iPhone efetuando um backup antes de enviar para o serviço de reparo. Você pode fazê-lo diretamente pelo iCloud, basta abrir os Ajustes, ir em "(seu nome) > "iCloud" > "Backup do iCloud". Toque em "Fazer Backup Agora" e mantenha-se conectado ao WI-FI até o final da tarefa (lembre-se de ter espaço disponível para armazenamento). Realize o backup das informações do iPhone no iCloud - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech) 3. Remova o ID Apple e retire o cartão SIM A Apple recomenda ao usuário remover a autenticação do ID Apple do iPhone e desativar o Buscar. Abra os Ajustes, vá em "(seu nome)" e role a tela até o final. Por fim, toque em "Finalizar Sessão" e siga as instruções na tela. Depois, desligue o aparelho e retire o cartão SIM e armazene-o em local seguro. Se o iPhone não utilizar um cartão físico, ligue para a operadora e solicite a suspensão do sinal. Caption Lembre-se de que esta etapa é fundamental para realização do conserto da bateria no iPhone. Caso você não recorde o login e senha do ID Apple, acesse o site iForgot. 4. Demais requisições para atendimento presencial Se você pretende levar o dispositivo a um Centro de Serviço Autorizado Apple (AASP), é recomendável estar com a nota fiscal em mãos, se possível. Além disso, esteja também com os acessórios que acompanham o iPhone e um documento de identificação pessoal. Agendando o serviço de recall Após passar por todas as etapas anteriores, incluindo a verificação da elegibilidade do seu iPhone pelo número de série, você está apto a solicitar gratuitamente um agendamento de serviço para o iPhone. Nele, você irá receber instruções para enviar o dispositivo pelo correio ou para se deslocar ao local da assistência autorizada mais próxima. Como encontrar Assistência Técnica Autorizada da Apple perto de você Caso ainda precise de ajuda para esses e outros assuntos relacionados ao seu iPhone, entre em contato com o Suporte da Apple. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O céu (não) é o limite | Pedaço de foguete cairá na Terra, morre Michael Collins MIUI 12.5 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021) Moto G60 vs Galaxy A72: qual intermediário potente tem mais vantagens? Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Veja Mais

O céu (não) é o limite | Pedaço de foguete cairá na Terra, morre Michael Collins

canaltech Todo sábado, o Canaltech resume as principais notícias espaciais da última semana, mantendo bem informados todos que não tiveram o tempo que gostariam para acompanhar o noticiário dos últimos dias. Nesta semana, tem uma polêmica enorme no ar: a queda descontrolada do estágio superior de um foguete chinês, que deve acontecer entre a noite deste sábado (8) e a manhã de domingo (9). Mas sem mais spoilers, vamos ao "resumão" da semana logo abaixo! Estágio de foguete caindo na Terra Estágio superior do foguete Long March 5B fotografado pelo Virtual Telescope (Imagem: Reprodução/Gianluca Masi/The Virtual Telescope Project) Após o lançamento do módulo central da próxima estação espacial chinesa, que será montada em órbita, aconteceu um problema: o estágio superior do foguete Long March 5B acabou se mantendo em órbita, saindo do controle. Assim, ele vem sendo gradativamente atraído pela gravidade terrestre, até que caia na superfície. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Muito sensacionalismo vem sendo praticado pela mídia quanto a isso, mas a gente explica a verdade em poucas palavras: apesar de ainda não se ter um cálculo exato de horário e localização da queda, a maior probabilidade é a de que isso aconteça no oceano — possivelmente o oceano Pacífico, segundo informações mais recentes. Isso caso algum detrito do estágio sobreviva à queima da reentrada na atmosfera, pois há chances de o objeto se queimar completamente enquanto cai, inclusive. Mais informações sobre isso você encontra aqui. Morre o astronauta Michael Collins, da Apollo 11   Morreu, aos 90 anos, o astronauta Michael Collins, que entrou para a história com sua participação como piloto do módulo de comando e serviço da missão Apollo 11, em julho de 1969. Enquanto Neil Armstrong e Buzz Aldrin desceram à superfície e se tornaram os primeiros homens a pisarem na Lua, Collins permaneceu em órbita, pilotando o módulo de comando. Por essa razão, ele ganhou o apelido de "astronauta esquecido" — mas de esquecido seu legado não tem nada. Saiba mais sobre o ex-astronauta, clique aqui. Sonda Parker Solar Probe quebra recorde de velocidade e distância (Imagem: Reprodução/NASA) A Parker Solar Probe acaba de reforçar sua fama de nave mais rápida já lançada pela humanidade. É que ela recentemente "tocou" a atmosfera mais externa do Sol, quebrando o próprio recorde de distância e de velocidade. A sonda chegou a apenas 10,4 milhões de km de distância da superfície solar, viajando à velocidade de 532 mil km/h. Para saber mais sobre a missão da Parker, é só clicar aqui. Ingenuity voa pela 5ª vez e pousa lá longe   Nos outros quatro voos realizados pelo helicóptero Ingenuity em Marte, ele subiu, deu uma "dançadinha" no ar e depois voltou à posição original. Agora, neste quinto voo bem sucedido, ele alcançou altitude de 10 metros e acabou fazendo uma viagem só de ida — ou seja, não voltou ao local de origem —, pousando 129 metros mais adiante. Este voo representa, na prática, a transição da nova fase da missão do Ingenuity, que segue demonstrando sua capacidade de voar em outro planeta. Nesta nova fase, o helicóptero vai fazer observações aéreas de regiões inacessíveis por um rover, além de outros testes que, certamente, tornarão as futuras missões exploratórias de Marte muito mais avançadas do que já são. Aqui, você encontra mais informações sobre a nova fase do Ingenuity. NASA quer levar sonda 10 vezes mais longe do que as Voyager Representação das distâncias que a Interestellar Probe irá percorrer (Imagem: Reprodução/Johns Hopkins APL) As sondas Voyager 1 e 2 já atingiram o espaço interestelar, mas a NASA quer ir ainda mais longe. A agência espacial está trabalhando no projeto da sonda Interstellar Probe, capaz de ir além das antecessoras, viajando quase dez vezes mais longe de onde as Voyager estão hoje. A ideia da missão é obter ainda mais conhecimentos sobre os limites da heliosfera e além — lembrando que a heliosfera é a região onde há influência solar. Afinal, as Voyager foram lançadas no final dos anos 1970 e, obviamente, uma sonda lançada para lá hoje em dia carregará instrumentos científicos muito mais modernos e capazes. E o mais legal é que a Interstellar Probe pode ser lançada já no início da década de 2030, levando apenas quinze anos para chegar ao limite da heliosfera. Saiba mais sobre os objetivos da missão; clique aqui. Empresas internacionais fecham acordo para lançamentos em Alcântara (Imagem: Reprodução/Agência Espacial Brasileira) Enfim, conhecemos o nome de quatro empresas que já firmaram acordos para usarem o Centro Espacial de Alcântara, no Maranhão, em lançamentos orbitais. São elas: Hyperion, Orion AST e Virgin Orbit, dos Estados Unidos, além da canadense C6 Launch. Agora, os acordos evoluem para as fases contratuais, até que as empresas sejam autorizadas, enfim, a fazer seus lançamentos na base brasileira. Os primeiros lançamentos podem acontecer entre o fim de 2021 e o início de 2022 e, ao menos inicialmente, o foco das atividades comerciais em Alcântara deve ser o lançamento de nanossatélites. Clicando aqui, você lê mais a respeito. Evidências de fungos em Marte? Formações esféricas apareceram no terreno marciano (à esquerda). A foto da direita mostra a mesma região com uma maior quantidade das mesmas formações, mostrando uma aparente evolução (Imagem: Reprodução/Rhawn Gabriel Joseph) Já aconteceu antes, e está acontecendo de novo: analisando imagens da paisagem marciana, obtidas por sondas orbitais e rovers na superfície, cientistas alegam terem encontrado evidências de formas de vida por lá. A polêmica da vez envolve formações que lembram fungos, e a parte mais curiosa é que uma imagem mostra uma quantidade "x" dessas formações, e outra imagem do mesmo local, mas tirada um tempo depois, mostra uma maior quantidade daquelas formações, sendo que algumas que apareciam pequenas na foto anterior, surgem maiores na foto mais recente. A equipe de cientista por trás do estudo, que levanta a possibilidade de se tratarem de fungos, propõe que essas supostas formas de vida marciana teriam evoluído e se adaptado às baixas temperaturas e à baixa quantidade de oxigênio do planeta, bem como ao alto nível de radiação. Mas colocações como essas exigem muita cautela (e muita análise científica) para se bater qualquer martelo, pois tudo pode ser, mais uma vez, fruto da pareidolia — fenômeno causado por um mecanismo cerebral em que as pessoas reconhecem padrões e os associam a coisas conhecidas, como no caso de enxergarmos nuvens em formato de objetos e animais, por exemplo, ou itens domésticos que parecem ter uma "carinha". O estudo dos cientistas não permite concluir que, de fato, aquelas formações sejam formas de vida, e os próprios autores alertam que semelhanças em morfologia não são provas de existência de vida. Ainda assim, tudo isso será bastante investigado até se descobrir do que se tratam aquelas formações curiosas. Entenda melhor essa história; clique aqui. Leia também: Visite as instalações da nova Estação Espacial Chinesa nesta plataforma virtual Quais planetas já foram explorados por missões espaciais? Estas são as maiores estruturas do universo, mas será que elas existem mesmo? Há 60 anos, Alan Shepard se tornava o primeiro norte-americano a ir ao espaço Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: MIUI 12.5 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021) Moto G60 vs Galaxy A72: qual intermediário potente tem mais vantagens? Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Veja Mais

Os melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online (08/05/2021)

canaltech Distopias, guerra, ação… a lista de melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online desta semana está repleta de adrenalina. Até a comédia escolhida é super tensa e violenta. Além disso, comemoramos o May the 4th esta semana, a data que lembra a frase “Que a Força esteja com você” (“May the Force be with you”, no original em inglês) e na qual se comemora o legado da franquia. Para quem quer ação, temos filme de guerra e uma série de drama que está prometendo um bocado de ação em sua quarta temporada. Mas não só de tiro, porrada e bomba vive nossa empolgação. A lista também traz algumas variações do terror com um trash estrelado por Quentin Tarantino e uma comédia que brinca com o suspense de assassinato. Temos também um bocado de humor sombrio, drama e, para quem quer algo levinho, o lançamento de alguns curtas animados para todas as idades. Ficou curioso para saber que filmes e séries são esses? Então dá uma olhada nas nossas dicas do que assistir online neste final de semana. Para facilitar ainda mais a sua vida, o Canaltech sempre acrescenta trailer e uma pequena descrição de cada produção, além de incluir os links para os serviços em que elas estão disponíveis, assim o seu trabalho é basicamente apenas apertar o play. Veja quais te agradam, prepare a sala, reúna toda a família e divirta-se! -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Os lançamentos da Netflix em maio de 2021 Os lançamentos do Amazon Prime Video em maio de 2021 Os lançamentos do Disney+ em maio de 2021 10. Sincrônico   O diretor, produtor e roteirista Justin Benson repetiu a parceria com o diretor e cinefotógrafo Aaron Moorhead em Sincrônico (Synchronic). A dupla não é muito conhecida por aqui, mas já ganhou alguns fãs com a sci-fi Primavera (2014) e a fantasia O Culto (2017). Em Sincrônico, os realizadores trabalharam com um elenco mais pop formado pela dupla Anthony Mackie (Falcão e o Soldado Invernal) e Jamie Dornan (Cinquenta Tons de Cinza). Sincrônico mistura drama, ficção científica e suspense e, apesar de ser um filme de 2019, ele só chegou por aqui em outubro de 2020 e só agora ganhou mais espaço online. Na trama, a vida de dois paramédicos de Nova Orleans é destruída depois que eles encontram uma série de mortes horríveis ligadas a uma droga projetada para causar efeitos bizarros e sobrenaturais. Sincrônico entrou para o catálogo do NOW e pode ser alugado no Claro Videos, além de estar disponível para aluguel ou compra na Play Store e no iTunes. Leia também: Crítica | Marvel cria um clássico instantâneo com Falcão e o Soldado Invernal Feige e Mackie explicam por que o Falcão é um herói tão diferente no MCU Falcão e o Soldado Invernal e Loki podem ter mais de uma temporada 9. Curtas Disney+   Maio trouxe dois curtas-metragens que são verdadeiras estreias de 2021: 22 Contra a Terra, com a alminha 22 de Soul; e o crossover especial Maggie Simpson em “O Despertar da Soneca”, que traz a adorada bebê de Os Simpsons em uma aventura Star Wars. A plataforma também estreou alguns curtas de 2020, que incluem três novos Sparkshorts: Fitas, Toca e Segredos Mágicos. Foram lançados também curtas spin-off como Era Uma Vez Um Boneco de Neve, com o Olaf de Frozen: Uma Aventura Congelante; Brincando com o Destino, de Os Simpsons; e Aventuras de Betty, de Toy Story. Ainda de Toy Story, surgiram dois novos episódios do excelente Garfinho Pergunta: "O que é Queijo?" e "O Que é Leitura". Como todos estes títulos foram lançados com exclusividade no Disney+, basta clicar no título que desejar para ser redirecionado diretamente para a página do curta. Leia também: Crítica | Soul e a resposta para o sentido da vida Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? 8. Vem Com o Papai   Engana-se quem pensa que Elijah Wood, o Frodo de Senhor dos Anéis, sumiu. Depois do enorme sucesso do seu personagem na adaptação, o ator passou a construir uma interessante carreira em filmes de terror indie bastante divertidos, ainda que não sejam enormes blockbusters. O último longa no qual ele atuou antes de se dedicar um pouco às séries, Vem Com o Papai, é um terrir, ou seja, uma mistura de comédia e terror. Este é o longa de estreia de Ant Timpson, cuja experiência com terror e indie vem dos seus trabalhos de produção em filmes como Turbo Kid, Deathgasm e O ABC da Morte. Na trama de Vem Com o Papai, "Norval (Elijah Wood) não vê o pai (Stephen McHattie) há trinta anos. No entanto, decide visitá-lo após receber uma carta dele. Em uma casa antiga numa zona litorânea, eles tentam estabelecer um novo laço, mas Norval acaba percebendo que o homem guarda uma faceta obscura e perigosa." Vem Com o Papai pode ser assistido pelos assinantes do Telecine e NOW, além de poder ser comprado ou alugado na Play Store, no Looke, na Microsoft Store e no iTunes. Leia também: Crítica | #Alive mira nos zumbis e acerta no público ao criar terror indie k-pop 10 jogos indies essenciais que você precisa ter na coleção Crítica | Wrong Turn revitaliza o slasher e ensina o terror a criar vilões 7. Um Drink no Inferno   Quem adora os filmes de Quentin Tarantino deve ter percebido que o diretor às vezes arrisca na atuação, fazendo participações especiais em seus próprios filmes. O que algumas pessoas não sabem é que ele é um dos astros de Um Drink no Inferno. Neste filme, Tarantino apenas assina o roteiro, enquanto seu amigo Robert Rodriguez (Machete) assume a direção. No elenco, Tarantino interpreta o parceiro do protagonista Seth Gecko, interpretado por George Clooney (Batman e Robin). A trama louca expõe o tipo de filme que está lhe esperando: Clooney e Tarantino interpretam dois criminosos que buscam refúgio em um bar. Até aí, tudo normal. O que eles não sabem é que o local é um ponto de encontro de vampiros. O resultado, claro, é um trash de qualidade. Para completar o elenco, nomes como Harvey Keitel (Cães de Aluguel), Juliette Lewis (Assassinos por Natureza), Tom Savini e Danny Trejo (Machete), além da maravilhosa Salma Hayek como Santanico Pandemonium. Um Drink no Inferno pode ser assistido pelos assinantes do NOW, estando também disponível para aluguel ou compra na Microsoft Store e no iTunes. No Claro Video, o título pode ser apenas alugado. Leia também: Robert Rodriguez está preparando série animada de Um Drink no Inferno 10 filmes dirigidos por Quentin Tarantino para assistir online Os 10 melhores filmes cults para assistir na Netflix 6. 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi   Michael Bay é diretor de filmes como Armageddon, Transformers e Esquadrão 6, o que já indica que 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi deve ser um filme repleto de explosões e muita adrenalina. O elenco do filme de ação, drama e história é liderado por John Krasinski (Um Lugar Silencioso) e conta também com a presença de James Badge Dale (Os Infiltrados), Pablo Schreiber (Arranha-Céu: Coragem Sem Limite), David Denman (Brightburn: Filho das Trevas) e Payman Maadi (A Separação). O roteiro de Chuck Hogan (The Strain: Noite Absoluta) é uma adaptação do livro homônimo de Mitchell Zuckoff, que conta "a história real dos acontecimentos de 11 de setembro de 2012, quando terroristas atacaram o Complexo da Missão Especial do Departamento de Estado dos EUA e o Anexo, base da CIA, em Benghazi, na Líbia", conforme nos indica a sinopse do livro (edição Bertrand Brasil). 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi está nos catálogos do Amazon Prime Video e do Telecine, além de poder ser alugado no Claro Video. O título também está disponível para aluguel e compra na Play Store, na Microsoft Store e no iTunes. Leia também: Os 10 melhores filmes de guerra disponíveis na Netflix 7 melhores filmes de guerra inspirados em histórias reais Crítica | Zona de Combate é uma fantasia em pele de filme de guerra 5. Fargo - Uma Comédia de Erros   Um homem tem uma ideia estúpida e tudo dá errado. Em paralelo, uma investigação se desenvolve. Isso resume (muito) a trama de Fargo, mas é um exercício que serve para dizer que, neste caso, não é exatamente a história que conta. O filme é escrito e dirigido por Joel Coen e Ethan Coen, do excelente Onde os Fracos Não Têm Vez, o que já significa que a tensão é pesada e que a comédia é bastante inteligente. No entanto, não é exagero dizer que o filme não seria tão incrível sem o elenco escolhido. Steve Buscemi e Peter Stormare estão excelentes juntos, mas os grandes destaques são William H. Macy (que praticamente exigiu o papel, de tão perfeito que era para ele) e Frances McDormand, que acabou de ganhar sua segunda e terceira estatuetas do Oscar por seu trabalho de atuação e produção em Nomadland. O primeiro Oscar foi quando? Por sua atuação em Fargo. Fargo - Uma Comédia de Erros pode ser assistido do Telecine. O título também está disponível para compra na iTunes e para aluguel ou compra na Play Store. Leia também: Os melhores filmes de comédia disponíveis na Netflix 5 filmes de chorar de rir para assistir no streaming do Telecine 5x Comédia | Tudo sobre a série que fala de pandemia com seriedade e humor 4. Especial Star Wars   Além do já citado Maggie Simpson em “O Despertar da Soneca”, o Disney+ divulgou outros muitos materiais para os fãs de Star Wars que estavam querendo algo inédito para assistir no Star Wars Day, comemorado em 4 de maio. Entre os destaques do dia, tivemos a estreia de Star Wars: The Bad Batch, uma série animada que acompanha a "história dos clones de elite e experimentais de Bad Batch (apresentados pela primeira vez em A Guerra dos Clones) enquanto eles encontram seus caminhos em uma galáxia que muda rapidamente logo após a Guerra dos Clones". Além disso, o Disney+ também lançou Star Wars Biomas, que mostra lugares icônicos da franquia, como Tatooine, Hoth e Sorgan. Mais séries animadas? Tem também! Chegaram as primeiras temporadas das animações Star Wars: Forças do Destino, Lego Star Wars: All-Stars e Star Wars Blips. Como todas essas estreias aconteceram com exclusividade no Disney+, basta clicar no título que desejar para ser redirecionado diretamente para a página e clicar no play. Leia também: Ranking: todos os filmes de Star Wars, do pior ao melhor Os 10 melhores jogos de Star Wars Star Wars | Disney revela em vídeo sabre de luz realista para abertura de resort 3. Freaky - No Corpo de um Assassino   Os filmes Freaky Friday foram um sucesso ao longo de décadas ao trocar mãe e filha de corpo em Se Eu Fosse Minha Mãe (1976), Tal Mãe, Tal Filha (1995), Sexta-Feira Muito Louca (2003) e Freaky Friday: Sexta-Feira Muito Louca (2018). Sem o "Friday" e sem a troca em família, Freaky - No Corpo de um Assassino renovou o formato em 2020. O filme mistura comédia, terror e suspense ao contar a história de uma colegial e de um serial killer que têm seus corpos trocados. Para piorar, eles têm apenas 24 horas para reverter o processo, caso contrário a troca será permanente. Freaky é dirigido por Christopher Landon (Como Sobreviver a Um Ataque Zumbi), além de contar com Vince Vaughn (Penetras Bons de Bico) e Kathryn Newton (Pokémon - Detetive Pikachu) interpretando a dupla que troca de corpo. Freaky - No Corpo de um Assassino entrou para o catálogo do NOW, pode ser alugado no Claro Video e está disponível para aluguel ou compra na Play Store e no Looke. Leia também: Crítica | Todos os Meus Amigos Estão Mortos mostra a potência do slasher cômico Crítica | O Mapa das Pequenas Coisas Perfeitas conquista pela mensagem fofa Os 5 piores filmes de terror que você precisa assistir 2. Mare of Easttown — Temporada 1   Quem conhece a carreira de Kate Winslet para além de Titanic sabe que sua presença no elenco é motivo suficiente para assistir à obra. Mare of Easttown, série de crime, drama e mistério, também tem o selo de qualidade cinematográfica da HBO, além de ser uma criação de Brad Ingelsby, roteirista de Tudo por Justiça, O Caminho de Volta e Noite Sem Fim. A primeira temporada tem apenas sete episódios, todos dirigidos por Craig Zobel, do polêmico A Caçada. Na trama, "a detetive Mare Sheehan retoma o caso de um desaparecimento não resolvido sob a crescente pressão da comunidade", o que não revela muito sobre os acontecimentos, mas indica que a série tem muita tensão nos aguardando. Mare of Easttown estreou no HBO GO e no NOW. Leia também: As 10 melhores séries de drama e mistério originais da HBO As 10 melhores séries originais da HBO HBO Max tem meta de 100 títulos originais nos próximos dois anos; confira quais 1. The Handmaid's Tale — Temporada 4   The Handmaid's Tale (também conhecido no Brasil como O Conto da Aia) chegou à sua aguardada quarta temporada, que promete mostrar June Osborne (Elisabeth Moss) batendo de frente com a República de Gilead, enfim mostrando os rumos da resistência mais do que merecida nessa trama distópica. A estreia da quarta temporada é ainda mais aguardada devido ao tempo de espera: os novos episódios chegaram dois anos após o lançamento da season finale da terceira temporada. Embora a quarta temporada prometa a revolução que colocará fim ao regime autoritário, uma quinta temporada (que pode não ser a última) já foi anunciada. A quarta temporada de The Handmaid's Tale está sendo lançada no catálogo do NOW e do Paramount+. Leia também: The Handmaid's Tale | O que esperar da 4ª temporada e da revolução de June Crítica | The Handmaid's Tale retorna com guerra entre June e Gilead Critica | Fuja é a nova obra-prima do suspense de Aneesh Chaganty Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O céu (não) é o limite | Pedaço de foguete cairá na Terra, morre Michael Collins MIUI 12.5 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021) Moto G60 vs Galaxy A72: qual intermediário potente tem mais vantagens? Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Veja Mais

Você moraria? Conheça a primeira casa europeia feita totalmente por impressão 3D

canaltech Você moraria em uma residência construída inteiramente por meio de impressão 3D? Pois essa é a realidade de um casal holandês, que agora habita a primeira moradia europeia feita com essa tecnologia.  Novo método de impressão 3D cria objetos até 100 vezes mais rápido 5 previsões para o futuro da impressão 3D Impressão 3D pode ajudar hospitais durante pandemia de COVID-19 A casa que agora serve de lar para Elize Lutz e Harrie Dakkers, de 70 e 67 anos, tem 94 metros quadrados. Para conseguir entrar na construção, é preciso ter acesso a uma espécie de chave digital. A porta, por sua vez, abre com o comando de um botão. Tem como ser mais tech?! Essa é só a primeira de cinco casas nesse mesmo estilo, que estão sendo projetadas pela construtora Saint-Gobain Weber Beamix. Trata-se de um projeto chamado Milestone, uma parceria entre a Universidade de Tecnologia de Eindhoven (Países Baixos) e uma imobiliária chamada Vesteda. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- A casa foi construída com o auxílio de um braço robótico que utiliza um cimento especial. Esse cimento é projetado de acordo com a planta do arquiteto, e o procedimento se dá de maneira semelhante às impressoras 3D que já se tem conhecimento: aplicando camada sobre camada para criar uma parede e aumentar a sua força. Ficou curioso? Veja como é:   O método de impressão 3D tem sido visto na indústria europeia como uma forma de cortar custos e danos ambientais, reduzindo a quantidade de cimento que é usado. Na Holanda, também oferece uma alternativa em um momento em que há escassez de pedreiros qualificados. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O céu (não) é o limite | Pedaço de foguete cairá na Terra, morre Michael Collins MIUI 12.5 | Saiba quais celulares Xiaomi, Redmi e Poco vão receber a atualização Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021) Moto G60 vs Galaxy A72: qual intermediário potente tem mais vantagens? Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Veja Mais

Os 10 melhores filmes dos anos 90 para assistir o quanto antes

Os 10 melhores filmes dos anos 90 para assistir o quanto antes

Tecmundo Pensando quais são os melhores filmes dos anos 90? Nós temos a resposta!A The Criterion Collection é uma das organizações mais queridas entre os cinéfilos. A empresa é especializada em restaurar e distribuir longas clássicos e contemporâneos que são importantes para a história do cinema.Leia mais... Veja Mais

Mariah Carey fala para rapper procurar seus advogados após uso de "Shake It Off"

O Tempo - Diversão - Magazine O clipe atingiu mais de 1,5 milhão de visualizações e ultrapassou a marca de 73,3 mil curtidas em apenas um dia no ar Veja Mais

Tatá diz que dará tempo no Twitter após críticas sobre máscaras em velório

O Tempo - Diversão - Magazine Humorista foi à cerimônia de despedida de Paulo Gustavo com duas máscaras, um escudo de proteção facial (faceshield) e uma roupa que disse ser fácil de tirar Veja Mais

Regra do Ministério da Economia libera 'aumento' para Bolsonaro e Mourão

O Tempo - Política Portaria que permitirá a reservistas e servidores públicos aposentados que exercem também cargos públicos receber acima do teto constitucional, atualmente em R$ 39,2 mil Veja Mais

Eva Wilma é diagnosticada com câncer no ovário e segue internada em SP

O Tempo - Diversão - Magazine Atriz de 87 anos começou o tratamento oncológico nesta semana no Hospital Albert Einstein Veja Mais

Produtores brasileiros poderão usar grão para comprar caminhonete

Valor Econômico - Finanças Montadora Stellantis, nascida da fusão dos grupos Fiat Chrysler e Peugeot Citroën, lançou um programa-piloto de venda das marcas Fiat, Jeep e Ram Produtores rurais brasileiros vão poder comprar suas novas caminhonetes e pagar com os grãos produzidos nas fazendas. A Stellantis, mais nova "supermontadora" de veículos, nascida da fusão do grupo FCA Fiat Chrysler com PSA Peugeot Citroën, lançou um programa-piloto de venda de automóveis das marcas Fiat, Jeep e Ram que permite pagamento fixo e liquidado em soja. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Sobe para 29 o número de mortos na operação do Jacarezinho no Rio

Valor Econômico - Finanças Segundo a Polícia Civil, 26 dos 28 civis mortos tinham registro na ficha criminal O número de mortos na operação policial realizada na Favela do Jacarezinho, zona norte do Rio de Janeiro, subiu para 29, de acordo com o governo do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, 26 dos 28 civis mortos tinham registro na ficha criminal. Além deles, também morreu o policial civil André Frias. Leia mais: PGR pede explicações a governador do Rio sobre mortes em Jacarezinho A Polícia Civil ainda não divulgou a identificação das vítimas do massacre do Jacarezinho. Apenas Omar Pereira da Silva e três alvos de mandados de prisão (Isaac Pinheiro de Oliveira, 22 anos, Romulo Oliveira Lucio, 20, e Richard Gabriel da Silva Ferreira, 23) foram confirmados oficialmente como vítimas da matança. Esta foi a operação mais letal da história do Rio de Janeiro, deixando 29 mortos – além dos 27 civis, dois policiais também morreram. A ação teve como alvos 21 réus sob acusação de associação ao tráfico. A denúncia contra eles tem como base fotos publicadas em redes sociais em que aparecem armados. Apenas três dos mortos eram alvos dos mandados de prisão expedidos pela Justiça. Outros três foram presos, segundo a polícia. Leia mais: Governador do RJ defende ação da polícia no Jacarezinho e diz que reação dos bandidos foi brutal Os registros de ocorrências das 27 mortes de civis na quinta-feira (6), durante a operação na favela do Jacarezinho, mostram que elas ocorreram em 12 pontos distintos da comunidade. Os documentos indicam o envolvimento de 29 policiais nos homicídios sob investigação. Uma das ocorrências que mais chamaram a atenção de defensores públicos e membros de entidades de direitos humanos ocorreu sem a apreensão de qualquer arma. Trata-se de um homem encontrado numa cadeira de plástico num beco da favela. De acordo com o registro de ocorrência deste caso, a vítima, ainda não identificada, foi encontrada por dois policiais após a troca de tiros. O resumo da ocorrência indica que os agentes avistaram "um elemento com ferimentos de arma de fogo sentado em uma cadeira, o qual socorreu para o Hospital Municipal Souza Aguiar". Não há descrição de nenhuma arma apreendida no local. A Defensoria Pública apontou que a retirada do corpo da área do crime impediu a realização de perícia no local para auxiliar nas investigações do caso. No total, foram apreendidos cinco fuzis, 16 pistolas, uma submetralhadora, duas espingardas e seis granadas nessas ocorrências. O montante representa quase a totalidade do armamento apresentado como resultado da operação pela Polícia Civil. Polícia nega irregularidades A polícia nega que tenha ocorrido irregularidades nas mortes provocadas por seus agentes. Afirma que todos atuaram em legítima de defesa. O Ministério Público do Rio de Janeiro afirmou que realiza uma investigação independente para esclarecer as mortes no Jacarezinho. "Desde o conhecimento das primeiras notícias referentes à operação, o MP-RJ vem adotando todas as medidas para verificação das circunstâncias em que ocorreram as mortes. Ainda ontem, o MP-RJ se dirigiu à comunidade do Jacarezinho, por meio de três promotores de Justiça e três estruturas próprias distintas: o Grupo Temático Temporário (GTT) - Operações Policiais (ADPF 635-STF), a Coordenadoria-Geral de Segurança Pública e a Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ)", afirmou a Promotoria, em nota. Veja Mais

Líder pró-independência se reelege na Escócia, indica apuração

Valor Econômico - Finanças Uma vitória esmagadora é considerada indispensável para as intenções de Nicola de convocar até 2023 –"se a pandemia permitir"– um novo plebiscito sobre a independência escocesa Como já indicavam as pesquisas de intenção de voto, a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, levou seu Partido Nacional Escocês (SNP) a uma nova vitória nas eleições desta quinta-feira (6). Até o começo da tarde deste sábado (8) – horário local –, ainda não se sabia, porém, se o sucesso seria suficiente para garantir sua promessa de realizar um segundo plebiscito sobre independência em relação ao Reino Unido. Com 52 dos assentos do Parlamento escocês já definidos, o SNP havia assegurado 43, contra apenas 9 para os outros partidos somados. Para obter a maioria, ela precisa chegar a 65 assentos (o Parlamento tem 129 cadeiras), algo que só ocorreu uma única vez na história da Casa. Uma vitória esmagadora é considerada indispensável para as intenções de Nicola de convocar até 2023 –"se a pandemia permitir"– um novo plebiscito sobre a independência escocesa, ao qual se opõe o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson. A consulta popular só é possível com autorização do governo do Reino Unido, e Boris já avisou que não pretende concedê-la. Há dois meses, chamou a hipótese de "completamente inadequada, irrelevante e desnecessária". A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, comemora a performance da sua legenda, o Partido Nacional Escocês (SNP), nas eleições parlamentares Jane Barlow/AP Um resultado incontestável, porém, poderia deixar o primeiro-ministro sob pressão. Foi a inédita maioria conquistada pelo SNP em 2011 que forçou o então primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron (também do Partido Conservador, como Boris), a aceitar em 2012 a realização do primeiro plebiscito, que ocorreu em 2014. Não está claro para onde sopram os atuais ventos da opinião pública escocesa em relação à separação da Inglaterra. Na primeira consulta, a maioria dos escoceses votou pela permanência no Reino Unido. Mas uma fatia ainda maior deles queria continuar na União Europeia, e o clima mudou após o plebiscito em que o Brexit passou raspando, em 2016. Escoceses pró-Europa se sentiram traídos, e acirrou-se o sentimento nacionalista de parte da população que vê a Inglaterra favorecida pelo governo central, em detrimento das outras três nações do Reino Unido – Escócia, Gales e Irlanda do Norte. Quando as esperanças de que o Brexit fosse revisto foram sepultadas por uma reeleição de Boris, em 2019, os escoceses pró-independência passaram a ser maioria. A situação perdurou até o mês passado. Nas últimas semanas, as pesquisas indicavam empate técnico: 51% contra; 49% a favor. Efeito da vacinação contra a covid-19 Parte desse resultado, dizem analistas, se deve ao sucesso de Boris Johnson na vacinação. O premiê britânico argumenta que a pandemia provou a importância de Escócia e Inglaterra permanecerem juntas. Outras hipóteses são o medo de fuga de empresas ou da criação de uma fronteira dura com a Inglaterra. Há também barreiras práticas importantes que dificultam a separação, como o alto déficit público escocês, a dificuldade de criar uma moeda independente e a oposição dos militares, já que a Escócia abriga importantes bases da Otan (Aliança Militar do Atlântico Norte). De volta à UE? Além disso, a reintrodução na União Europeia – um dos motivos de maior frustração dos escoceses anticonservadores – não é automática nem unilateral. Dependeria de condições negociadas com o bloco europeu e poderia levar vários anos. São todos problemas de longo prazo, porém. Nos próximos dias, o SNP terá que decidir a melhor estratégia para conseguir arrancar do Reino Unido um novo plebiscito. Desde 2016 ele vinha administrando sozinho o país, em um governo de minoria apoiado pelos Verdes nas principais votações. Uma opção agora seria formar uma coalizão pró-independência – com os próprios Verdes e/ou com o recém-criado Alba, do ex-primeiro-ministro da Escócia Alex Salmond. Os custos políticos de cada um dos aliados variam bastante. Uma pesquisa do Instituto YouGov com apoiadores do SNP, feita uma semana antes da eleição, mostrou que uma coligação com os Verdes deixaria 72% "encantados/satisfeitos", mas 55% afirmaram ficar "desapontados/consternados" se a união fosse com o Alba. Declarações de Salmond consideradas radicais, como a de que plebiscitos podem ser feitos sem autorização britânica, são uma das possíveis causas de reticência da população nas pesquisas sobre independência. Uma consulta ilegal ou uma disputa malsucedida na Suprema Corte seriam um tiro pela culatra para a primeira-ministra escocesa, que precisa respeitar as regras do jogo se quiser ser aceita no futuro como membro da União Europeia. O ex-premiê também atacou o SNP na campanha, descrevendo o Alba como o único partido sério a respeito da separação e chamando o voto em Nicola de "desperdício". Os Verdes, por outro lado, avançaram entre os eleitores mais jovens e já afirmaram estar dispostos a conversar sobre uma coalizão formal, se o SNP adotar suas plataformas. Na última gestão, seu apoio influenciou políticas como merenda escolar gratuita e proibição de que pessoas fossem despejadas durante a pandemia. "Em Londres, os assessores do primeiro-ministro já estão ensaiando suas falas para a guerra de palavras que se seguirá às eleições", afirmou Mujtaba Rahman, diretor-executivo para a Europa da consultoria de análise de risco Eurasia. "Johnson vai ganhar tempo argumentando que a distração de um plebiscito durante a pandemia é imprudente", escreveu em análise no site informativo Politico. O analista também prevê que o governo britânico tente conquistar os eleitores escoceses com investimentos bilionários em rodovias, ferrovias e outros projetos de infraestrutura. Por outro lado, afirma Rahman, "negar repetidamente o plebiscito faz o jogo de Sturgeon, alimentando o nacionalismo e construindo ainda mais apoio para a independência". Entenda a questão da independência Como funciona a eleição para o Parlamento da Escócia? O voto é facultativo. Eleitores registrados, a partir dos 16 anos de idade, têm dois votos: um para parlamentar constituinte, em que vencem os candidatos mais votados, e outro para um representante regional. Há 73 vagas para constituintes e 56 para os eleitos nas oito regiões, o que soma 129 vagas no Parlamento. Quais as atribuições do Parlamento escocês? Os eleitos aprovam leis sobre aspectos da vida na Escócia, como saúde, educação e transporte, e têm alguns poderes sobre benefícios fiscais e sociais. O que a eleição tem a ver com a independência? Se mantiverem a maioria no Parlamento escocês, partidos pró-independência devem impulsionar a campanha por um novo plebiscito sobre o assunto. Mais que a simples vitória, importa o tamanho da vantagem obtida, já que a consulta popular só acontece com autorização do governo do Reino Unido, e o premiê Boris Johnson tem dito que ela só acontecerá "uma vez em cada geração". O que implica não ser independente? O país continua sujeito ao Parlamento Britânico nas áreas de negócios estrangeiros, comércio exterior, defesa, função pública nacional, política econômica e monetária, seguridade social, emprego, regulamentação de energia, a maioria dos aspectos de tributação e alguns aspectos de transporte. O chefe de governo da Escócia é o primeiro-ministro britânico (atualmente, Boris Johnson) e o chefe de Estado é o monarca britânico (atualmente, Elizabeth 2ª). A Escócia elege 59 membros do Parlamento na Câmara dos Comuns e nomeia membros para a Câmara dos Lordes. Os escoceses já não disseram não à independência? Em 2014, 55,3% votaram contra a independência em relação ao Reino Unido e 44,7%, a favor. Uma fatia muito maior de escoceses, porém, opunha-se ao Brexit: em 2016, 62% deles eram contrários a uma saída da União Europeia. Com a vitória do Brexit no conjunto do Reino Unido, o debate sobre a independência recobrou força. Os defensores de uma nova consulta chegaram a 55% no ano passado. Pesquisas mais recentes mostram um empate técnico, com 47% contra e 45% a favor. Encontros e desencontros de Escócia e Inglaterra Século 5 d.C - povos celtas da Irlanda se fixam na costa oeste da Grã-Bretanha, e região passa a ser conhecida como Scotia (terra dos escoceses, em latim). Pesquisas indicam fusão de quatro povos (pictos, escoceses, bretões e anglos) Séculos 2 e 3 a.C - Império Romano constrói barreiras, como a Muralha de Adriano, isolando os escoceses de seus domínios ingleses Séculos 8 a 12 - invasões vikings Séculos 13 a 16 - começam conflitos anglo-escoceses e a Escócia passa a buscar autossuficiência e alianças com a Europa continental 1502 - O rei escocês James 4º faz "tratado de paz perpétua" com Henrique 7º, da Inglaterra 1572 - Rainha Elizabeth 1ª prende na Inglaterra a rainha católica Maria, da Escócia, garantindo estabilidade para o reformista James 6º 1603 - James 6º se torna James 1º da Inglaterra 1652 - Inglaterra impõe à Escócia união parlamentar plena, rompida poucos anos depois; cresce a assimilação política e cultural da Escócia pela Inglaterra 1707 - Escócia se funde com a Inglaterra para integrar o Reino Unido da Grã-Bretanha 1934 - É criado o Partido Nacional Escocês (SNP) 1949 - Pacto Escocês exigindo governo doméstico na Escócia recebe 2 milhões de assinaturas, mas nacionalismo é abafado 1979 - Fracassa tentativa de criar assembleia escocesa com poderes legislativos e executivos limitados 1999 - É eleito o novo Parlamento escocês –o primeiro desde 1707 2007 - SNP conquista maioria dos assentos (47) no Parlamento escocês 2012 - SNP consegue aprovação britânica para votação sobre independência da Escócia 2014 - Em plebiscito, independência escocesa é rejeitada 2016 - Brexit é aprovado pela maioria dos britânicos, com oposição de 62% dos escoceses 2019 - SNP conquista mais 13 assentos no Parlamento britânico, chegando a 48, 7 deles obtidos dos Conservadores; Sturgeon promete convocar novo plebiscito sobre independência se for reeleita no Parlamento da Escócia Fonte: Encyclopedia Britannica Veja Mais

Redmi Note 10 vs Redmi Note 9: escolha vai além de Qualcomm e MediaTek | Comparativo

tudo celular Novo intermediário trouxe muitas mudanças em relação ao antecessor, melhorando especialmente a experiência em consumo de mídia. Mas será que ele vale quem tem o Redmi Note 9 partir para o seu... Veja Mais

Magic The Gathering: card game inspira belas histórias entre mães

Magic The Gathering: card game inspira belas histórias entre mães

Tecmundo Nos últimos anos, Magic: the Gathering vem inspirando não somente a vida de pessoas que querem entrar no e-Sports, nos campeonatos de mesa ou conhecer mais sobre seu universo, mas também de fãs que fortaleceram vínculos pessoais através do card game, resultando em histórias emocionantes que provam que o jogo vai muito além de formar um bom deck.Em 2018, Rita Aisaka (29) despertou o interesse de sua mãe, Kimmy, em Magic, enquanto jogava com amigos e trabalhava como cosplayer. Kimmy, que já havia tido contato com MTG na década de 1990, ficou encantada com a diversão da filha e em ver como ela se sentia feliz jogando, e essa alegria foi o suficiente para trazer as cartas de uma forma fraternal para a vida das duas.Leia mais... Veja Mais

Depoimentos dão fôlego para relatório de Renan, mas aliados minimizam acusações

O Tempo - Política Oposição avalia que depoimentos apontam irregularidades do governo do presidente Bolsonaro, já aliados minimizam falas contra o governo e dizem não haver nada contra o Planalto Veja Mais

Itaú eleva PIB do Brasil em 2021 para 4% e vê IPCA em 5,3%

Valor Econômico - Finanças Para 2022, foi mantida a previsão de crescimento de 1,8% e, para o IPCA, foi mantida a projeção de alta de 3,6%, pouco acima do centro da meta de 3,5% O Itaú Unibanco elevou sua projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2021 de 3,8% para 4%, citando que indicadores recentes sugerem impacto econômico da segunda onda de covid-19 significativamente mais moderado do que o observado na primeira. Para 2022, foi mantida a previsão de crescimento de 1,8%. A estimativa para o PIB do primeiro trimestre deste ano foi reduzida marginalmente de uma alta de 0,5% para 0,4%, ante os três meses anteriores, mas a projeção para o segundo trimestre melhorou de queda de 0,5% para retração de 0,1%. Dados diários de acompanhamento, diz o banco, mostram que o consumo de serviços recuou fortemente em março, mas já se recupera em abril, à medida que diversos Estados relaxam as restrições à mobilidade. "Além disso, a atividade econômica não parece estar sofrendo de forma relevante com a redução dos auxílios emergenciais. Como esperávamos, o crescimento expressivo da economia global e a esperada redução na taxa de poupança das famílias brasileiras atenuam o efeito negativo da redução da renda disponível sobre a demanda", afirma a equipe em relatório. Divulgação | GEPR O Itaú também revisou sua projeção para a taxa de desemprego ao fim de 2021 de 14,3% para 12,7%. A mudança se deve à visão de que o emprego formal e a taxa de participação do mercado de trabalho devem estar se recuperando mais rapidamente do que a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) indica hoje, segundo o banco. "A pesquisa pode estar subestimando a recuperação do mercado de trabalho devido à pandemia, que obrigou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a mudar a forma de coleta, de presencial para telefone", lembram os economistas, ponderando que a nova projeção envolve mais incerteza do que o usual. Segundo o Itaú, há sinais de arrefecimento da segunda onda, em meio ao avanço da vacinação, sobretudo para a população sob maior risco. "No entanto, os sistemas de saúde ainda estão pressionados, e há riscos relacionados ao surgimento de novas variantes, à eficácia das vacinas e à chegada de insumos e imunizantes do exterior", alertam. Para 2022, a projeção de desaceleração do crescimento do PIB foi mantida. "Além do carrego estatístico substancialmente menor no próximo ano, a esperada redução dos estímulos monetários e fiscais – no Brasil e no mundo – é o principal motivo para a desaceleração projetada. As incertezas domésticas políticas e fiscais – através do seu impacto sobre condições financeiras – também contribuem negativamente para o cenário de crescimento no próximo ano", argumentam. Inflação O Itaú revisou sua projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 de 4,7% para 5,3%, "incorporando revisão altista em commodities agrícolas, dado o movimento recente nos mercados com incerteza climática nos próximos meses, e bandeira tarifária vermelha 1 em dezembro (de amarela anteriormente)". Tendo em vista o cenário de chuvas abaixo da média no curto prazo, no entanto, há viés para uma bandeira mais alta no final do ano, diz o relatório. "A adoção de bandeira vermelha 2 em dezembro de 2021 teria impacto adicional de 0,20 p.p. [ponto percentual] no IPCA do ano." O banco revisou os preços em dólar de commodities agrícolas em aproximadamente 15%, o que levou sua estimativa para preços de alimentação no domicílio neste ano a uma elevação perto de 9%, contra 6% anteriormente. "Preços de grãos e cereais registraram alta adicional nas últimas semanas, em contexto de expectativa de chuvas abaixo da média no Brasil e Estados Unidos e forte demanda chinesa (com produção local de grãos ainda estável, mas com alta da demanda/importação para ração)”, explicam. Dado a alta de grãos, o Itaú ajustou ainda a projeção de alta do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) para este ano de 14% para 15,5%. "Seguimos monitorando risco de maior repasse cambial para preços e ambiente de repasse de custos mais pressionado do que no período pré-pandemia, especialmente no setor de bens industriais.” Para os preços livres em 2021, o banco espera alta de 3% em serviços e de cerca de 4% em bens industriais. Para preços administrados, projeta um aumento de aproximadamente 8%. "Esperamos alta de quase 15% na gasolina em 2021, dada a pressão significativa nos quatro primeiros meses do ano." Em relação ao IPCA de 2022, foi mantida a projeção de alta de 3,6%, pouco acima do centro da meta de 3,5%. "A projeção do ano conta com contribuição benigna do hiato (taxa de desemprego ainda acima do neutro)", afirma a equipe. O principal risco, porém, é de desancoragem de expectativas de inflação de famílias e empresas, observam. "Esse risco é particularmente importante levando em conta que a inflação acumulada em 12 meses passará parte relevante de 2021 acima do teto da meta de inflação, com pico em 8% no meio deste ano. Considerando a magnitude do hiato do produto e o tempo necessário para seu fechamento, não vemos, neste momento, risco significativo de inflação de demanda (ainda sem sinal de pressão em salários)." Selic Os economistas do Itaú Unibanco mantiveram inalterado o cenário para a taxa básica de juros, após a decisão desta semana do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. Na visão do banco, a Selic será elevada em 0,75 ponto percentual na reunião de junho e terminará o primeiro semestre do ano em 4,25%. Para o fim do ano, a estimativa do Itaú é de que a Selic fique em 5,50%. “Esse cenário é consistente, a nosso ver, com o quadro de inflação pressionada e riscos ainda elevados”, dizem os economistas. Eles notam, ainda, que o Copom manteve a mensagem de que manterá uma postura parcialmente expansionista ao fim do atual ciclo de elevação da Selic, em um tom acomodatício. O Itaú Unibanco espera, ainda, que a taxa básica permaneça em 5,50% ao menos até o fim de 2022. Com a Selic em níveis mais altos e o avanço nos preços das commodities, a pressão sobre o real será atenuada, avalia o banco, cuja projeção para o câmbio foi mantida em R$ 5,30 por dólar em 2021. “As incertezas domésticas relacionadas à evolução da pandemia e à trajetória discal ainda pressionam a moeda. No entanto, a elevação da taxa básica de juros e o aumento dos preços de commodities já começam a se refletir em fluxos comerciais e financeiros mais favoráveis, abrindo espaço para apreciação da moeda no curto prazo.” Para 2022, o cenário do Itaú é o de que a retirada de estímulos, juros mais elevados e dólar mais forte no mundo pressionem o real e outras divisas de mercados emergentes. Os economistas do banco, assim, mantiveram inalterada a projeção de câmbio a R$ 5,70 por dólar no fim de 2022. Veja Mais

Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (01/05 a 07/05/2021)

canaltech Nesta semana, completaram-se 60 anos da missão Mercury Redstone-3, que enviou o primeiro astronauta norte-americano a uma missão suborbital. A NASA aproveitou a ocasião para relembrar o lançamento da missão histórica, realizada pouco menos de um mês após a primeira viagem humana na órbita terrestre, que foi feita pelo cosmonauta soviético Yuri Gagarin. E se você gosta das missões da era da corrida espacial, também há uma imagem incrível da Apollo 11. Também há imagens das missões atuais, que mal aconteceram e já são parte da história da exploração espacial. O pequeno helicóptero Ingenuity foi a primeira nave construída por seres humanos a voar em outro planeta, e nesta semana ela fotografou seu companheiro de missão, o rover Perseverance. Outros destaques da semana são nebulosas e fenômenos atmosféricos misteriosos. Sábado (01/05) — Perseverance na visão do Ingenuity (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech/Ingenuity) Após realizar dois voos históricos, a equipe do Ingenuity decidiu arriscar um pouco mais, com um percurso mais longo. Durante o procedimento, realizado no dia 25, o pequeno helicóptero decolou mais rápido e, além de percorrer maior distância, obteve algumas imagens. Uma delas flagrou o rover Perseverance. Você pode encontrá-lo bem distante, lá no canto superior esquerdo da foto. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Segredos de engenharia e tecnologia do helicóptero Ingenuity, que está em Marte Domingo (02/05) — Escondidinho de nebulosa (Imagem: Reprodução/John Ebersole) Essas camadas escuras sobre uma parte da Nebulosa Carina são nuvens moleculares tão espessas que impedem a passagem da luz que há por trás. Para se ter uma ideia do quão espessas elas são, a atmosfera da Terra é muito mais densa. Ou seja, é preciso ser muito grande para se tornar tão opaca. Quanto à nebulosa em si, catalogada como NGC 3372 e localizada a 7.500 anos-luz de distância, é composta principalmente de gás hidrogênio, representado na imagem pela cor verde. Também a traços de enxofre e oxigênio, revelados pelas cores vermelho e azul, respectivamente. No total, ela mede mais de 300 anos-luz. O que é a Teoria da Nebulosa Solar e como ela explica o Sistema Solar? Segunda-feira (03/05) — Voltando para casa (Imagem: Reprodução/NASA/Apollo 11/Toby Ord) Essa é uma imagem restaurada do momento em que Neil Armstrong e Buzz Aldrin voavam da Lua para a órbita, onde se encontrariam com o Módulo de Comando e Serviço, no qual Michael Collins aguardava. Os astronautas deixaram a superfície lunar através do módulo de subida, que foi registrado por Collins nessa foto icônica. O que aconteceu com os astronautas da NASA que foram à Lua? Terça-feira (04/05) — Consegue ver a Crew Dragon? (Imagem: Reprodução/Mehmet Ergün) Perto do Sol, a Estação Espacial Internacional (ISS) parece um pequeno inseto. Mesmo nas distâncias relativas, isto é, com a ISS bem mais perto do observador que o Sol, a estação orbital se confunde com as complexas estruturas da cromosfera solar. No canto superior direito, a imagem ampliada mostra onde a nave Crew Dragon está acoplada. Para obter essa imagem, foi necessário combinar três fotos tiradas do mesmo local e quase ao mesmo tempo. Uma delas capturou com superexposição a sutil proeminência vista na parte superior do Sol, enquanto a segunda imagem capturou a textura da cromosfera. Por fim, a terceira imagem fotografou a estação espacial ao cruzar o Sol, o que levou uma fração de segundo para acontecer. Sonda Parker Solar Probe "toca" o Sol e quebra recorde de velocidade e distância Quarta-feira (05/05) — Uma aurora? Não, é um STEVE (Imagem: Reprodução/MaryBeth Kiczenski) STEVEs são fenômenos na atmosfera que geram um belo brilho no céu noturno, mas só recentemente percebeu-se que suas cores e formas são diferentes das auroras. São luzes roxas com algumas formações esverdeadas, o que intriga os pesquisadores. Do que são feitos os STEVEs? Pode ser algo relacionado a derivas de íons subaurorais. Ainda não se sabe muito sobre os STEVEs, mas eles são frequentemente acompanhados por auroras verdes alinhadas em forma de cerca. Aqui, o STEVE foi fotografado em uma combinação de exposições de primeiro e segundo plano, tiradas consecutivamente em Copper Harbor, Michigan, EUA. Fenômeno STEVE se difere ainda mais das auroras do que os cientistas esperavam Quinta-feira (06/05) — NGC 3199 (Imagem: Reprodução/Mike Selby/Roberto Colombari) A NGC 3199 é uma nebulosa na direção da constelação de Carina, a cerca de 12 mil anos-luz de distância, e tem cerca de 75 anos-luz de largura. Perto do centro da formação está uma Wolf-Rayet, um tipo de estrela massiva, quente e de vida curta que gera um vento estelar imenso, que também costuma ser uma fabricante de nebulosas interessantes. Ainda não se sabe exatamente porque a nebulosa tem uma de suas parte mais brilhante que outra, mas uma explicação provável é que o material ao redor da estrela Wolf-Rayet seja mais aglomerado e mais denso perto da borda brilhante. Assim, há mais matéria para ser soprada e acumulada pelos fortes ventos estelares. Cientistas descobrem por que as nebulosas têm formatos tão peculiares e únicos Sexta-feira (07/05) — O segundo humano no espaço (Imagem: Reprodução/NASA) Nesta semana, a NASA celebrou os 60 anos da missão Mercury-Redstone 3, que levou o segundo humano no espaço e o primeiro astronauta norte-americano. O cosmonauta soviético Yuri Gagarin foi o primeiro a deixar nosso planeta em uma nave espacial, mas a NASA conseguiu realizar uma façanha quase semelhante menos de um mês depois. “Quase semelhante” porque Alan Sheppard foi enviado em um voo suborbital, enquanto Gagarin conseguiu conduzir um voo na órbita terrestre. O lançamento foi transmitido ao vivo para o mundo todo pela televisão, no dia 5 de maio de 1961. A missão suborbital durou 15 minutos e atingiu uma altitude de 185 km, aproximadamente. Durante o voo, Shepard testou o compartimento de paraquedas, o sistema de controle de reação (um subsistema das espaçonaves cujo objetivo é o controle de atitude e direção usando pequenos propulsores) e equipamentos de transmissão de rádio. Shepard foi ainda mais longe 10 anos depois, quando foi o comandante da missão Apollo 14. Da Apollo 1 à Apollo 17: o que fez cada missão do programa lunar da NASA? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Lançamentos da Netflix na semana (07/05/2021) Nova droga promove "limpeza" no cérebro e protege do alzheimer; entenda Pesquisadores do Ceará desenvolvem vacina contra COVID-19; entenda como funciona Primeiro navio autônomo do mundo está pronto para zarpar Usuários do Reddit comem carne podre para ficar chapados; especialistas alertam Veja Mais