Meu Feed

No mais...

Ransomware segue como a maior ameaça digital no mês de maio

canaltech Um novo ransomware (malware usado por criminosos para sequestrar dados) foi o destaque das principais vulnerabilidades de maio. A conclusão é da ISH Tecnologia, especialista nos segmentos de cibersegurança, infraestrutura crítica e nuvens blindadas. O que é ransomware e como se livrar dele Vulnerabilidade com mais de dez anos de idade é finalmente corrigida no Linux Ransomware: brasileiros pagam resgate, mas poucos conseguem reaver arquivos O DarkSide Ransomware Group é responsável por ataques que, nos últimos nove meses, somaram cerca de US$ 90 milhões em Bitcoins. Foram eles que invadiram os sistemas do maior oleoduto dos EUA em maio. Em abril, aqui no Brasil, o Grupo Moura foi vítima do mesmo ransomware. Imagem: Reprodução/Elements/twenty20photos Não existe medida 100% eficaz contra o ataque. Mesmo assim, treinamento da equipe, varredura dos sistemas com antivírus e antimalware, backup frequente e uso de autenticação multifator para acesso remoto às redes da empresa são ações importantes para diminuir as chances de prejuízos. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Outras falhas Além do ransonware, foram identificadas outras ameaças por erros de acesso. Essas falhas podem fazer que intrusos entrem no sistema e roubem informações confidenciais. Uma delas é no software de gerenciamento de servidores vSphere Client. O sistema apresenta falha na validação de entrada de um plugin habilitado por padrão. A vulnerabilidade pode permitir a execução de comandos com acesso irrestrito. A atualização está neste link, na coluna Fixed Version da tabela Response Matrix. Outro programa suscetível é o software de atualização de BIOS da Dell, que está exposto desde 2009. A falha foi descoberta por Kasif Dekel, pesquisador da Sentinel Labs, e pode permitir o acesso de intrusos, que contornam os mecanismos de defesa. A correção está neste arquivo. O IBM QRadar User Behavior Analytics, serviço de monitoramento e detecção de ameaças da IBM, detectou a possibilidade de invasores terem acesso a informações confidenciais, bem como poderem alterar a funcionalidade a partir de uma mudança na interface do site. Para evitar isso, é preciso entrar aqui, aqui e aqui. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Esta espécie foi ressuscitada e pôde se reproduzir após 24 mil anos congelada Mochila-helicóptero pode substituir jetpack tradicional em voo solo Este subnetuno tem temperaturas amenas e orbita sua estrela a cada 24 dias Cinema via streaming? Conheça o Cining, novidade que chega ao Brasil em junho Presidente da Microsoft diz que IA sem controle nos levará a "futuro orwelliano" Veja Mais

Governo brasileiro anuncia US$ 2 bilhões em investimentos para inclusão digital

canaltech O Ministério das Comunicações (MCom) anunciou nesta quinta-feira (10) que garantiu junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) US$ 1 bilhão adicionais para investir na inclusão digital da Região Norte do Brasil. Com o acordo, o governo federal terá um total de US$ 2 bilhões disponíveis para investir na área, sendo que metade do valor vai ser destinado à Região Amazônica. Anatel aprova venda de fibra óptica da Telefônica para criação da rede FiBrasil 5G ainda depende de leilão, mas Brasil já trabalha em projeto de tecnologia 6G Governo quer levar fibra óptica a mais 1,5 mil cidades até 2025 “Pedi uma linha de crédito, um incentivo, ao presidente [do BID] para que possamos levar internet, o mais rápido possível, às pessoas que mais necessitam”, afirmou o Ministro das Comunicações, Fábio Faria, à Agência Brasil. Ele se reuniu na última quarta-feira (9) com o presidente do BID, Mauricio Claver-Carone, para discutir novos investimentos no Brasil. Reunião no BID para discutirmos investimentos no ????????. Solicitei incentivos para anteciparmos o prazo para levar internet à quem ainda não tem acesso. O BID anunciou o envio de 2 bilhões de dólares: 1bi para ampliar a conectividade e mais 1bi exclusivamente p/ a região Amazônica. pic.twitter.com/hGtKGxVL8f -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- — Fábio Faria ???????????????????????? (@fabiofaria) June 9, 2021 Junto à comitiva oficial do Governo Federal, Faria está nos Estados Unidos acompanhado por integrantes do Tribunal de Contas da União (TCU). Além de procurar por investidores, o ministro também aproveita a viagem ao país para conhecer modelos de uso seguro da tecnologia 5G e promover oportunidades do setor de telecomunicações brasileiro. Os investimentos anunciados fazem parte dos planos do Ministério das Comunicações de ampliar a estrutura de internet do Brasil e acelerar a transformação digital. Em janeiro deste ano, o governo anunciou a meta de trazer redes de fibra ótica para 1,5 mil cidades até 2025, com capacidade mínima de 10 Gbps do início ao fim de trecho para cada município. O governo também aposta na tecnologia 5G como um diferencial, e deve realizar em meados de julho o leilão para as operadoras interessadas em trabalhar com a tecnologia. O investimento em tecnologias de conexão mais rápidas e confiáveis deve transformar áreas que vão da indústria à medicina, aumentando a produtividade e as possibilidades oferecidas a diversos setores da economia. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Esta espécie foi ressuscitada e pôde se reproduzir após 24 mil anos congelada Mochila-helicóptero pode substituir jetpack tradicional em voo solo Este subnetuno tem temperaturas amenas e orbita sua estrela a cada 24 dias Cinema via streaming? Conheça o Cining, novidade que chega ao Brasil em junho Presidente da Microsoft diz que IA sem controle nos levará a "futuro orwelliano" Veja Mais

Tribunal de Justiça confirma Bruno Cypriano na presidência do Ipremb

O Tempo - Política Para desembargadora, não é ilegal o procurador ocupar função na autarquia Veja Mais

Sandman: confira detalhes importantes do sneak peek

Sandman: confira detalhes importantes do sneak peek

Tecmundo A Netflix divulgou um pouquinho de como está sendo a produção da série baseada nos livros mais famosos do Neil Gaiman, The Sandman, e foi um deleite para os fãs, cheio detalhes importantes para a história. Veja o vídeo:Leia mais... Veja Mais

Campanha valoriza o jornalista

Valor Econômico - Finanças Desde que a pandemia começou, a informação tornou-se uma das armas mais valiosas no combate à covid-19. A Globo lançou hoje uma campanha para valorizar a atuação de quem está na linha de frente desse trabalho: o jornalista profissional. Sob o tema “Jornalismo é assim: feito por gente de verdade”, a iniciativa tem o objetivo de mostrar que a busca pela notícia é feita por pessoas que também são pais, mães e filhos. E que, para cumprir sua missão, vivem dramas pessoais no confronto diário com a covid-19. Parceria entre TV Globo, GloboNews, G1, “O Globo”, “Extra”, CBN e Valor, a campanha traz áudios reais trocados por jornalistas com seus familiares durante a pandemia, sob um enfoque documental, com o objetivo de diminuir a distância entre o âmbito profissional e o pessoal. Os filmes irão ao ar nos intervalos da programação da TV Globo e dos canais por assinatura, com ações nas mídias sociais. Também estão previstas peças para jornais impressos e rádio. “Há muitos profissionais que não puderam parar suas atividades mesmo diante do risco da covid-19. No caso dos jornalistas, são eles que, desde o início da pandemia, têm feito a ponte da população com as informações necessárias para o combate à doença. No dia a dia, a cada descoberta, a cada novo dado, a cada perda, a cada vacinado, a cada cura”, diz Manuel Falcão, diretor de marca e comunicação da Globo. “Quando ligamos a TV, abrimos o jornal, ouvimos o rádio, a maioria de nós não se dá conta de que, para recebermos as informações, existe o imenso trabalho de um batalhão que, na vida pessoal, está travando a mesma guerra que todos nós.” Com o avanço da pandemia, que já levou à morte quase 480 mil brasileiros, mais pessoas passaram a procurar as fontes tradicionais de notícias, mantidas por organizações jornalísticas, para saber como se proteger e evitar as “fake news”, que acharam terreno fértil nas redes sociais. Em junho do ano passado, quando o governo federal passou a restringir o acesso aos dados oficiais sobre a evolução da covid-19, diversos veículos de imprensa se juntaram em um consórcio, numa iniciativa inédita, para divulgar informações seguras sobre a doença. A Globo, que participa do consórcio, ampliou o espaço dedicado ao jornalismo ao vivo, na TV Globo e no canal GloboNews. A nova campanha é parte de um esforço iniciado no ano passado, sob a assinatura “Uma ponte segura entre fatos e pessoas”. Na primeira fase, a ênfase foi reforçar o compromisso da equipe jornalística da Globo, cujo trabalho não parou em respeito à necessidade de o público se informar frente à pandemia. A segunda etapa dá prosseguimento ao tema, sob um registro mais pessoal. “Essa campanha surgiu para, a partir de um olhar íntimo dos nossos jornalistas, homenagearmos todos os outros, essenciais para nos oferecer uma conexão segura com a informação”, diz Falcão. Veja Mais

PGR é contra pedido de afastamento e prisão de Ricardo Salles

O Tempo - Política O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, deu a questão por encerrada sob o argumento de que o ministro já entregou o celular às autoridades Veja Mais

Senado aprova projeto que cria 'passaporte da vacina'

O Tempo - Política Documento poderá ser cobrado para autorizar a entrada de pessoas em espaços públicos e privados, como transporte coletivo, hotéis e parques Veja Mais

TIL, da MSC, planeja expansão no Brasil e avalia leilões de companhias docas

Valor Econômico - Finanças Apesar da intenção em investir no Brasil, presidente global da companhia também manifesta preocupação com “ruídos regulatórios” no setor de logística, como a permissão para cobrar taxas nos terminais A Terminal Investment Limited (TIL), do grupo MSC, planeja expandir suas atividades no Brasil, afirmou o presidente global da companhia, Ammar Kanaan, que está no Brasil e conversou com jornalistas por videoconferência. A empresa opera atualmente três terminais portuários no país — em Santos (a BTP, em sociedade com a Maersk), Navegantes (SC) e no Rio. A ideia é ampliar os ativos, que podem ser tanto concessões, terminais privados ou até mesmo investimentos em companhias docas. “Estamos buscando oportunidades ao longo da costa. Estudaremos o que aparecer”, diz Kanaan. O presidente vê com bons olhos a desestatização das autoridades portuárias, que está sendo conduzida pelo governo — entre as companhias na lista da privatização estão as estatais do Espírito Santo, Santos (SP), Itajaí (SC) e Bahia. Ele também afirma que o grupo irá estudar participar dos leilões. “Definitivamente vamos olhar muito seriamente. Não vimos os detalhes, mas ficaria muito surpreso se não participarmos. Vamos monitorar, vamos quando as oportunidades surgirem”, afirmou. Apesar da intenção declarada em investir no Brasil, Kanaan também manifesta preocupação com o que chamou de “ruídos regulatórios” no setor de logística. O executivo se reuniu hoje com os ministros Paulo Guedes, da Economia, e Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, para manifestar seus receios. Entre as preocupações, ele cita “a permissão para cobrar taxas nos terminais”. Os grandes terminais de contêineres travam há anos uma disputa com terminais retroportuários pelo direito de cobrar a taxa de segregação e entrega de contêineres (a chamada THC2). Recentemente, os grandes grupos tiverem um revés, com uma decisão preventiva do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que suspendeu a cobrança dessa taxa no porto de Itajaí (SC). O imbróglio, que se arrasta há anos, é visto no setor como uma forte insegurança jurídica para os operadores portuários. Outro “ruído” citado pelo presidente são as recentes críticas à verticalização na cadeia logística de contêineres, já que as grandes empresas globais de navegação (como a MSC) cada vez mais investem em logística “porta a porta” e passam a investir em todas as etapas do processo, como terminais portuários e transporte terrestre. Esses questionamentos têm sido feito em todo diversas partes do mundo e, no Brasil, começaram a crescer na indústria no início deste ano, diante do aumento dos fretes marítimos provocados pela pandemia. Para o executivo, trata-se de uma tendência global que não reduz a concorrência, porque há competição entre as empresas do setor, e que reflete a demanda da própria indústria, que prefere uma logística “de porta a porta”. “Não entendo porque agora a verticalização se tornou uma questão. Não vejo relação entre concentração de mercado e verticalização”, disse. Questionado sobre a indefinição sobre o futuro do regime fiscal do setor, o Reporto, que desonere investimentos, Kanaan afirma que “este não será o ‘driver’ do nosso investimento”, e sim a regulação. Veja Mais

Sex and the City: mais personagens retornarão ao revival da série

Sex and the City: mais personagens retornarão ao revival da série

Tecmundo And Just Like That…, revival da série Sex and the City no HBO Max, contará com o retorno de mais antigos personagens. De acordo com o TV Line, David Eigenberg (Steve Brady), Evan Handler (Harry Goldenblatt), Mario Cantone (Anthony Marentino) e Willie Garson (Stanford Blatch) estarão no elenco da nova atração do serviço de streaming.“Toda a equipe de And Just Like That... estão emocionados por poder continuar as histórias desses amados personagens de Sex and the City com os atores que os tornaram tão adoráveis”, disse ao veículo Michael Patrick King, showrunner da produção.Leia mais... Veja Mais

Accenture doará R$ 10 milhões para acelerar a vacinação

Valor Econômico - Finanças A consultoria em gestão e tecnologia Accenture está doando R$ 10 milhões destinados para a compra de equipamentos de refrigeração de vacinas e outros insumos para ajudar na infraestrutura de 40 municípios do país que buscam acelerar a campanha de imunização contra a covid-19. Parceira do movimento Unidos Pela Vacina (UPV), a consultoria comprará os insumos, que também incluem freezers, câmaras frias e caixas térmicas, para acomodarem os imunizantes em municípios espalhados por 5 Estados do país: Pernambuco, Paraíba, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. “Já éramos parceiros do movimento ajudando pró-bono. Mas a Accenture global decidiu fazer as doações às cidades para deixar um legado para saúde”, diz Leonardo Framil, presidente da consultoria no Brasil. O movimento Unidos pela Vacina, criado pela empresária Luiza Trajano, presidente do conselho de administração da Magazine Luiza e líder do Grupo Mulheres do Brasil, tem recebido doações de diversas companhias que decidiram amadrinhar municípios com dificuldades de infraestrutura e de logística para acelerar a vacinação. A rede Raia Drogasil (RD), por exemplo, doou, em abril, R$ 5 milhões para ajudar cerca de 100 municípios. Gigantes, como a Natura e a empresa de saneamento BRK, também decidiram adotar Estados e municípios. A Natura é responsável pela infraestrutura para a vacinação no Estado do Pará e a BRK apoia todo o Estado do Tocantins e cidades em São Paulo, Espírito Santo, Pernambuco, Maranhão, Alagoas e Goiás. Cerca de 300 mil itens já foram doados para diversos municípios, incluindo desde ultrarefrigeradores para acomodar vacinas, infraestrutura para montagens de drive-thrus e computadores, por exemplo. “Temos a premissa de não recebermos dinheiro. As empresas ajudam as cidades comprando insumos que possam auxiliar na vacinação contra a covid-19 e na logística de distribuição dos imunizantes”, disse a executiva Claudia Sender, integrante da frente de comunicação do Unidos Pela Vacina. Sender foi presidente da Latam e hoje atua em diversos conselhos de empresas, como Embraer e Gerdau, além de ONGs. Em sua segunda reunião aberta ao público, que teve início hoje, às 18h, líderes do UPV fizeram um balanço do movimento e anunciaram a criação de formatos para ajudar empresas a fazerem suas doações para infraestrutura das unidades de saúde dos municípios. Desenvolvidos em parceria com a consultoria em gestão Falconi, os módulos sugeridos pelo movimento foram divididos por número de habitantes para auxiliar os doadores. Em cidades com até 12 mil habitantes, o movimento sugere aparelhar a Unidade Básica de Saúde (UBS) de municípios com investimento máximo de até R$ 15 mil. Para cidades entre 12 mil a 40 mil habitantes, a sugestão é de desembolso de até R$ 22 mil, utilizando a estrutura de um ginásio poliesportivo da cidade, por exemplo. No módulo três, para cidades acima de 40 mil habitantes, o investimento seria de até R$ 20 mil, com a organização de drive-thrus, que contam com infraestrutura mais barata que ginásios, por exemplo. O formato apresentado pelo movimento tem o objetivo de facilitar e agilizar a realização de “amadrinhamentos” por empresas. Os pacotes, no entanto, não impedem doações em valores menores ou maiores, de acordo com a disponibilidade de empresas e pessoas físicas que queiram fazer doações às prefeituras. Com o levantamento feito pelo Instituto Locomotiva, 5.569 municípios do país foram mapeados. Deste total, 2 mil já foram amadrinhados pela iniciativa privada, segundo Sender. Outras duas mil cidades necessitam de ajuda, que vai de compras de itens básicos, como bebedouros, a produtos mais complexos, como ultrarefrigeradores. “Temos visto nos últimos meses uma mobilização muito importante da sociedade civil e entendo que podemos deixar um legado muito importante para as UBSs e para o Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse Sender. Vesna Harni/Pixabay Veja Mais

Senado pauta projeto para manter escolas abertas, mas polêmica adia votação

O Tempo - Política Lei poderia proibir greves de professores e comprometer a autonomia de Estados e municípios para determinar medidas de isolamento social Veja Mais

CNTBio adia decisão sobre liberação de trigo transgênico no país

Valor Econômico - Finanças Colegiado pediu mais informações sobre o cereal geneticamente modificado criado pela argentina Bioceres A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) adiou a decisão sobre a liberação comercial da primeira variedade de trigo geneticamente modificado no Brasil para consumo humano e animal. Durante reunião ordinária nesta quinta-feira, o colegiado pediu mais informações e documentos a Tropical Melhoramento & Genética (TMG), que protocolou pedido para importação e comercialização do trigo transgênico criado pela argentina Bioceres. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

American Airlines anuncia investimento na Vertical Aerospace para encomendas de aeronaves ‘carbono zero’

Valor Econômico - Finanças Acordo prevê a pré-encomenda até 250 aeronaves, representando um compromisso potencial de compra de US$ 1 bilhão, e uma opção de pedido adicional de mais 100 aeronaves A American Airlines informou há pouco que vai investir na Vertical Aerospace, fabricante aeroespacial, com sede no Reino Unido, que atua no desenvolvimento de veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOLs). Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Ex-Secom planejou setor de ‘contrainformação’ com blogueiro bolsonarista

Valor Econômico - Finanças Revelação da PF é parte da investigação sobre atos antidemocráticos Mensagens capturadas em celulares do blogueiro Allan do Santos mostram conversas de um grupo de WhatsApp no qual se discutiu a criação de um departamento de “comunicação estratégica e contrainformação” para assessorar o presidente Jair Bolsonaro. O grupo contava com a participação do então secretário Especial de Comunicação Social (Secom), Fábio Wajngarten. O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu retirar nesta quarta-feira o sigilo de mais uma parcela de documentos do inquérito que apura a realização de atos antidemocráticos. Os autos trazem registros feitos pela Polícia Federal de diversas mensagens trocadas entre Wajngarten e o blogueiro, que é dono do canal Terça Livre, que apoia Bolsonaro. Ao ingressar no grupo, chamado “Mídia Pensante – SECOM”, Allan é apresentado por Wajngarten como “expert em comunicação”. A conversa aconteceu em abril de 2019, logo após Wajngarten ser nomeado titular da Secom. Ao ouvir a proposta sobre o novo órgão, que foi feita por um interlocutor chamado “Jorge”, ele diz que vai implementá-la assim que a secretaria estiver “minimamente estruturada”. Segundo ele, até então, os servidores estavam muito “desmotivados” e “sem direcionamento”. Em outra troca de mensagem com Wajngarten, Allan do Santos mira o então ministro da Secretaria de Governo, general Santos Cruz, e sugere: “Coloca o Carlos no lugar dele". A PF chegou a pedir, em junho do ano passado, que fossem autorizados mandados de busca e apreensão na Secom e em endereços ligadas a Wajngarten. O pedido, no entanto, não recebeu o aval da Procuradoria-Geral da República (PGR) e as diligências não foram realizadas. Uma das linhas da investigação é se recursos do governo federal teriam, de alguma forma, auxiliado na divulgação de conteúdos virtuais que atentassem contra o Estado democrático e possibilitaram a monetização de canais na internet que defendiam o fechamento do Congresso e do STF. Procurado, Wajngarten disse que não era alvo do inquérito e que havia se manifestado pelo Twitter. Na rede social, ele afirmou que não houve verba da Secom direcionada para nenhum site ou blog e que sua gestão foi baseada em mídia técnica. “Eventual publicidade recebida por sites foram feitas pela plataforma do Google, que através de algoritmos remunera páginas mais acessadas sem qualquer direcionamento”, escreveu. O Valor não conseguiu contato com Allan dos Santos. Wajngarten Leopoldo Silva/Agência Senado Veja Mais

App para iPhone deixa usuário navegar no clássico iOS 4, de 2010

App para iPhone deixa usuário navegar no clássico iOS 4, de 2010

Tecmundo Você faz parte do grupo de nostálgicos da tecnologia, daquele tipo que sente um "quentinho no coração" quando vê um computador com monitor de tubo ou quando lembra do saudoso MSN? Se a sua resposta foi sim, essa novidade é para você.Um desenvolvedor de apenas 18 anos, que era uma criança quando o sistema operacional foi lançado,  criou um aplicativo que recria toda a interface de um iOS 4, disponível no iPhone 3G, por exemplo. Com o app OldOS, o usuário pode relembrar sua experiência e usar o celular como se estivesse em 2010. Os aplicativos continuam os mesmos, com as notas em formato de post-its, por exemplo.Leia mais... Veja Mais

'G.I. Joe Origens: Snake Eyes' ganha pôsteres e vídeo making of

'G.I. Joe Origens: Snake Eyes' ganha pôsteres e vídeo making of

Tecmundo A Paramount Pictures Brasil divulgou um vídeo dos bastidores de G.I. Joe Origens: Snake Eyes, filme derivado da franquia Comandos em Ação. O elenco e equipe do longa falaram sobre como foi contar a história de um dos personagens com o passado mais misterioso dos quadrinhos e adaptar nos cinemas.O vídeo contém breves depoimentos do ator protagonista Henry Golding, do criador do Ninja Silencioso Larry Hama e outros responsáveis pela produção. No making of, eles comentaram sobre o desafio de buscar no material de origem formas para atualizar a essência desse universo clássico. Confira!Leia mais... Veja Mais

Governo nega haver problema de abastecimento de etanol

Valor Econômico - Finanças Segundo Ministério de Minas e Energia, oferta de etanol combustível está “em plena normalidade em todo o país” O Ministério de Minas e Energia (MME) divulgou nota nesta quinta-feira afirmando que o abastecimento de etanol combustível está “em plena normalidade em todo o país”. A Pasta informou que, após consultar os elos intermediários da cadeia, distribuidores e revendedores, detectou que “não há qualquer registro de falta de produto e, cabe ressaltar, a produção de etanol está em plena safra”. As consultas e reuniões com agentes da produção, distribuição e comercialização de etanol, feitas para monitorar as condições de abastecimento no país, são periódicas, segundo o ministério. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Commodities: Após três quedas seguidas, café sobe em Nova York

Valor Econômico - Finanças Cacau e algodão também avançaram; suco de laranja e açúcar fecharam o dia em baixa Após três pregões seguidos de declínio, os contratos do café arábica que vencem em julho fecharam em alta de 0,95% (150 pontos na bolsa de Nova York nesta quinta-feira, a US$ 1,5870 por libra-peso. O vencimento seguinte, para setembro, subiu 0,94% (150 pontos), para US$ 1,6080 por libra-peso. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Bolsonaro sanciona lei para financiar testes com vacinas nacionais

Valor Econômico - Finanças O projeto abre ainda crédito suplementar para combate a crimes ambientais e infraestrutura para segurança hídrica O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje uma lei permitindo abertura de crédito no Orçamento destinando R$ 415 milhões para testes com vacinas. O projeto abre ainda crédito suplementar para combate a crimes ambientais e infraestrutura para segurança hídrica. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Para PGR, governadores devem falar apenas de verbas federais na CPI

Valor Econômico - Finanças O parecer foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) no âmbito da ação em que os governadores do Distrito Federal e de outros 18 Estados questionam sua convocação pelos parlamentares O procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu que governadores possam ser convocados para a CPI da Covid, desde que os questionamentos estejam exclusivamente relacionados à utilização de recursos federais repassados pelo Ministério da Saúde. O parecer foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) no âmbito da ação em que os governadores do Distrito Federal e de outros 18 Estados questionam sua convocação pelos parlamentares. A relatoria é da ministra Rosa Weber. "Qualquer pessoa que utilize, arrecade, guarde, gerencie ou administre dinheiros, bens e valores públicos da União tem o dever de prestar contas. Os governadores de Estado e os prefeitos não fogem a essa regra", disse Aras. A manifestação da PGR chega ao Supremo um dia depois que a relatora concedeu ao governador do Amazonas, Wilson Lima, o direito de não depor à Comissão. Ele de fato não compareceu, dando como justificativa a onda de violência que tem dominado o Estado. De acordo com o procurador-geral, qualquer repasse de recursos feito pelo governo federal a Estados, municípios ou Distrito Federal está sujeito a fiscalização por parte do Congresso Nacional, sem que isso viole o pacto federativo. Aras afirmou que, assim como o presidente da República não pode ser convocado para CPI no Congresso, os governadores de Estado também não podem prestar depoimento perante as respectivas Assembleias Legislativas. Porém, para explicar o uso de verbas do governo federal no combate à pandemia, o depoimento de governadores à CPI da Covid não seria inconstitucional. Aras observou que a convocação está fundamentada "na necessidade de aprofundar a investigação" sobre supostas irregularidades na aplicação desses recursos. Aras Denio Simoes/Valor Veja Mais

Bonner revela 'surpresa' no JN: vídeo com o dia a dia dos jornalistas

O Tempo - Diversão - Magazine Pouco antes do jornal ele havia feito uma publicação anunciando que faria a revelação na bancada do telejornal Veja Mais

Justiça suspende cobranças para empresa evitar recuperação judicial

Valor Econômico - Finanças Decisão concede período de 60 dias para tentativa de negociação com credores Uma empresa do setor de construção obteve autorização da Justiça para ter suspensas as ações de cobrança enquanto negocia as dívidas com credores. Trata-se da aplicação do chamado “stay period”, um mecanismo típico das recuperações judiciais. Proferida pelo juiz Marcelo Sacramone, da 2 Vara de Falências e Recuperações de São Paulo, a decisão é a primeira da qual se tem notícia no Estado. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Em novo aceno para base, Bolsonaro prepara crédito imobiliário subsidiado para policiais

Valor Econômico - Finanças O principal alvo são os agentes de baixa patente, que, segundo membro do governo, conseguirão financiar imóveis sem a necessidade de pagamento de entrada Em um novo aceno para policiais, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) planeja lançar um programa de financiamento imobiliário subsidiado voltado para agentes de segurança. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Awake: filme da Netflix não agrada a crítica; veja os comentários!

Awake: filme da Netflix não agrada a crítica; veja os comentários!

Tecmundo Na última quarta-feira (09), o suspense de ficção científica Awake (em tradução livre, Acordado) estreou na Netflix.No longa, Gina Rodriguez (Jane The Virgin) é Jill, uma ex-militar que tenta proteger a sua família quando o caos se instala no mundo e os humanos não conseguem mais dormir. A filha da protagonista, Matilda (Ariana Greenblatt), é uma das poucas pessoas que ainda conseguem pegar no sono, o que chama atenção de indivíduos suspeitos.Leia mais... Veja Mais

Em vídeo, Queiroga confirma que Saúde fará ‘estudo’ sobre uso de máscaras para atender Bolsonaro

Valor Econômico - Finanças Presidente da República disse nesta quinta-feira que a Pasta iria emitir parecer para desobrigar o uso do protetor para quem foi vacinado ou já contraiu o vírus Após o presidente Jair Bolsonaro declarar que o Ministério da Saúde iria emitir parecer para desobrigar o uso de máscara para quem foi vacinado ou já contraiu o vírus, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que a pasta fará um estudo sobre o uso da máscara no país para atender a demanda do presidente. “Recebi do presidente Bolsonaro hoje uma solicitação para fazer um estudo a cerca do uso das máscaras. O presidente está muito satisfeito com o ritmo da campanha vacinação do Brasil”, afirmou o ministro, citando a chegada de novas doses e distribuição de mais de 100 milhões de doses de vacinas. As declarações fazem parte de vídeo divulgado pela assessoria de imprensa do Ministério da Saúde. Leia mais: Bolsonaro quer desobrigar uso de máscara para quem foi vacinado ou contraiu covid Segundo Queiroga, o presidente acompanha o cenário internacional vê que em outros países em que a campanha de vacinação já avançou o uso das máscaras está sendo flexibilizado. “O presidente me pediu que fizesse um estudo para avaliar a situação aqui no Brasil e vamos atender essa demanda do presidente Bolsonaro, que está sempre preocupado com pesquisas em relação a Covid”, frisou destacando que por conta dessa preocupação são feitos pesquisas na área das vacinas, transferência de tecnologia da Astrazeneca para a Fiocruz para trazer um cenário mais favorável para a população brasileira. Segundo Queiroga, o presidente acompanha o cenário internacional vê que em outros países em que a campanha de vacinação já avançou o uso das máscaras está sendo flexibilizado PABLO JACOB/Agência O Globo Em evento realizado no Palácio do Planalto, nesta tarde, Bolsonaro disse o Ministério da Saúde iria emitir parecer para desobrigar o uso de máscara para quem foi vacinado ou já contraiu o vírus. Contrariando recomendações de especialistas em saúde, o presidente afirmou que a máscara somente tem utilidade “para quem está infectado”. Em Live, agora à noite, o presidente amenizou um pouco o discurso e disse que ministério faria um estudo sobre o assunto. A afirmação do presidente ocorreu no momento em que o país se aproxima da marca de 500 mil mortes por Covid-19. E ignora o consenso científico de quem pessoas já vacinadas podem contrair o vírus, desenvolver formas mais leves da doença e infectar quem ainda não foi imunizado. “Acabei de conversar com o Queiroga, ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estão vacinados ou já foram contaminados. Para tirar este símbolo que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado”, afirmou o presidente, durante evento no Palácio do Planalto. Veja Mais

Senado aprova criação de certificado para imunizados

Valor Econômico - Finanças O titular do CSS será liberado para entrar, circular ou utilizar qualquer espaço público ou privado, desde que respeitadas as medidas sanitárias profiláticas cabíveis O Senado aprovou nesta quinta-feira, por unanimidade, projeto que cria o Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS). A plataforma digital, que ainda precisa de aval da Câmara dos Deputados e da sanção do presidente Jair Bolsonaro, será operada pela União, em coordenação com os Estados e municípios. O titular do CSS será liberado para entrar, circular ou utilizar qualquer espaço público ou privado, desde que respeitadas as medidas sanitárias profiláticas cabíveis. Pela proposta, será divulgado na entrada do local, de forma ostensiva, a seguinte informação: “O ingresso neste local está condicionado à apresentação do Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS)”. O projeto é inspirado em proposta da Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia (UE), que acolheu o Digital Green Certificate no âmbito da UE, com o objetivo de unificar as regras já adotadas por diversos países-membros, para conciliar o combate à pandemia com o direito à livre circulação dos cidadãos. O certificado tem como premissa o fato de que as pessoas imunizadas e aquelas que testam negativo para a covid-19 representam risco não elevado à propagação do vírus, desde que respeitadas as medidas profiláticas de distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos. O CSS terá sua validade fixada com base nos seguintes certificados: Certificado Nacional de Vacinação; Certificado Internacional de Vacinação – CIV; Certificado Nacional de Testagem – CNT; e Certificado Internacional de Testagem – CIT. O CSS deverá ter sua validade baseada em quaisquer testes, certificados de vacinação ou similares, que serão ainda definidos pela autoridade competente como necessários para entrada de brasileiros ou estrangeiros no Brasil. Caso seja estabelecida, pelas autoridades competentes, a necessidade de apresentação do Certificado Internacional de Vacinação e/ou Testagem para entrada no Brasil, os Postos Consulares no exterior poderão intermediar a emissão do CSS cuja validade se baseie nesses certificados. A ausência do CSS válido sujeitará essas pessoas às medidas previstas na legislação sanitária, como quarentena e outras compatíveis. Marco Ugarte/AP Veja Mais

Moraes manda Daniel Silveira pagar R$ 100 mil por violações em tornozeleira

O Tempo - Política Em menos de dois meses, foram registradas 30 violações ao equipamento, incluindo descargas, rompimento da cinta e ausência na área delimitada Veja Mais

Queiroga diz que parecer para desobrigar uso de máscaras está em estudo

O Tempo - Política "Não será publicado nos próximos dias”, garantiu o Ministro da Saúde Veja Mais

Crises do clima e da biodiversidade só serão resolvidas se a ação for conjunta, dizem pesquisadores

Valor Econômico - Finanças Duas das grandes emergências ambientais globais, do clima e da biodiversidade, são motivadas pelas atividades humanas e se retroalimentam. Pela primeira vez, um relatório de cientistas de clima e biodiversidade diz claramente que nenhuma das duas crises será resolvida se não for equacionada conjuntamente. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Cenas Curtas Pretas inaugura programação do projeto Solo Negro

O Tempo - Diversão - Magazine Este é o quarto ano da mostra que, em 2021, realizará três edições com programação online gratuita Veja Mais

Elden Ring ganha mais detalhes; upgrade grátis para PS5 e Xbox Series

Elden Ring ganha mais detalhes; upgrade grátis para PS5 e Xbox Series

Tecmundo Elden Ring finalmente ganhou data de lançamento e um trailer de balançar as pernas durante o Summer Games Festival. Mas achou que parou por aí? Achou errado! O game recebeu mais detalhes, além de uma ótima notícia: o upgrade para nova geração (Xbox Series e PS5) será gratuito.Leia mais... Veja Mais

Moraes autoriza inquérito contra Silveira por tornozeleira e fixa fiança de R$ 100 mil

Valor Econômico - Finanças Moraes deu prazo de 48h para pagamento da fiança e ainda alertou para a possibilidade de decretação de nova prisão preventiva O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de um novo inquérito contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) por violar o uso da tornozeleira eletrônica referente a outro processo no qual é réu. A fiança estipulada é de R$ 100 mil, a ser paga em até 48 horas. Moraes, no entanto, alertou para a possibilidade de decretação de nova prisão preventiva - como defende a Procuradoria-Geral da República (PGR) - caso o parlamentar descumpra eventuais futuras intimações judiciais. O ministro disse que a fiança é prevista no Código de Processo Penal (CPP) como medida alternativa à prisão para certas infrações, como é o caso do descumprimento dos termos do monitoramento eletrônico. Silveira é réu por atacar ministros da Corte, incitar violência e defender atos inconstitucionais, como o fechamento do STF e a decretação de um novo Ato Institucional 5 (AI-5), o decreto mais rigoroso da ditadura militar. De março, quando passou a cumprir prisão domiciliar, até agora, o deputado violou o uso de tornozeleira em mais de 30 ocasiões - por exemplo, rompendo a cinta que prende o aparelho à perna ou deixando-o sem bateria por mais de 24 horas. Diante disso, segundo Moraes, ficou evidente a "necessidade de recrudescimento das medidas aplicadas" ao parlamentar, que será investigado pelo crime de "desobediência a decisão judicial sobre perda ou suspensão do direito", previsto no Código Penal. O ministro oficiou a Caixa Econômica Federal a abrir uma conta na qual a fiança será depositada, determinou que Silveira preste depoimento à polícia e pediu para ser informado diariamente sobre o cumprimento das medidas restritivas. Daniel Silveira Reprodução/TV Globo Veja Mais

Summer Game Fest 2021: veja tudo o que rolou no evento

Summer Game Fest 2021: veja tudo o que rolou no evento

Tecmundo O Summer Game Fest, que rolou nesta quinta-feira (10), deu o pontapé inicial do período gamer mais movimentado do ano. O evento contou com revelações, trailers, conteúdos de jogos e muito mais.O destaque maior foi o 1º trailer de gameplay e o anúncio da data de Elden Ring, um dos games mais esperados dos últimos tempos. Além disso, Metal Slug, Tales of Arise, Tiny Tina’s Wonderlands e Salt and Sacrifice foram outras boas novidades.Leia mais... Veja Mais

Stranger Things | Podcast oficial vai contar histórias do passado de Robin

canaltech Enquanto a aguardada quarta temporada de Stranger Things não chega à Netflix, a plataforma de streaming continua apostando em conteúdos que enriquecem seu universo. Em parceria com a Atypical Artists, a empresa está produzindo uma série de podcasts que vão contar mais sobre o passado de Robin Buckley, personagem que ganhou destaque na terceira temporada. Atriz de Anne with an E entra para o elenco de Stranger Things Stranger Things 4 ganha novo teaser com Eleven presa em laboratório Stranger Things terá novos derivados e coleções de luxo nos quadrinhos Rebel Robin: Surviving Hawkings (Robin Rebelde: Sobrevivendo a Hawkings, em uma tradução livre) vai ter seus episódios divulgados nas principais plataformas do gênero e terá um total de seis episódios publicados semanalmente. A produção vai servir de material complementar tanto à série quanto ao livro Stranger Things: Rebel Robin, escrito por A.R. Capetta e publicado pela Random House, que chega às lojas no dia 29 de junho — mesma data de estreia do podcast.   Com roteiro e direção de Lauren Shippen (The Bright Sessions), a série prelúdio tem participações confirmadas de Maya Hawke (que interpreta Robin) e Sean Maher (Firefly). O ator deve interpretar o personagem conhecido como Sr. Hauser, professor com o qual Robin se encontra regularmente para discutir temas como filosofia, amizade, independência e os filmes de Tom Cruise lançados em 1983. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- “Uma história de amadurecimento sobre as dificuldades de ser diferente em uma cidade pequena, Surviving Hawkings explora como aprender a ser você mesmo é realmente a coisa mais corajosa que podemos fazer, porque isso traz o monstro mais assustador de todos: o julgamento de outras pessoas”, descreve a sinopse oficial. Amazon Music Unlimited compete com o Spotify ao entregar milhares de músicas sem anúncios e custa apenas R$ 16,90/mês! Assine aqui Ainda sem data de lançamento confirmada, a quarta temporada de Stranger Things anunciou recentemente a adição de Amybeth McNulty a seu elenco. Conhecida por protagonizar Anne with an E, a atriz vai interpretar Vickie, conhecida como uma “nerd legal e falente” que vai chamar a atenção dos protagonistas. A previsão é que os novos episódios façam sua estreia na plataforma de streaming somente em algum momento de 2022. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Esta espécie foi ressuscitada e pôde se reproduzir após 24 mil anos congelada Mochila-helicóptero pode substituir jetpack tradicional em voo solo Este subnetuno tem temperaturas amenas e orbita sua estrela a cada 24 dias Cinema via streaming? Conheça o Cining, novidade que chega ao Brasil em junho Presidente da Microsoft diz que IA sem controle nos levará a "futuro orwelliano" Veja Mais

Loki: série da Marvel enfatiza importância do roubo do Tesseract

Loki: série da Marvel enfatiza importância do roubo do Tesseract

Tecmundo ATENÇÃO, SPOILERS À FRENTE!Além de apresentar ao público o que teria acontecido ao Deus da Trapaça depois do roubo do Tesseract em Vingadores: Ultimato, o primeiro episódio da série Loki, do Disney+, também foi capaz de trazer uma nova perspectiva sobre o tempo. Leia mais... Veja Mais

Aplicações de alto risco geram rombo de R$ 91,5 milhões

O Tempo - Política Perícia contatou que Ipremb aplicou recursos em dez anos em pelo menos nove fundos investigados pela Polícia Federal Veja Mais

Lula defende aliança ampla e acena ao PSB em primeiro dia de viagem ao Rio

Valor Econômico - Finanças O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu a formação de uma aliança ampla para disputar as eleições presidenciais de 2022 e, nesse sentido, fez acenos ao PSB em discurso na noite dessa quinta-feira. No primeiro dia da sua viagem de quatro dias ao Rio de Janeiro, Lula se reuniu por três horas com cerca de 40 políticos, entre correligionários locais e lideranças de outros partidos de esquerda em um hotel na Orla de Copacabana, Zona Sul do Rio. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Jurassic World 3: nova imagem revela dinossauro com penas

Jurassic World 3: nova imagem revela dinossauro com penas

Tecmundo Jurassic World: Domínio ganhou uma nova imagem que revela a presença de um dinossauro com penas no último filme da trilogia iniciada em 2015. O diretor Colin Trevorrow compartilhou em seu Twitter um vislumbre do novo tipo de criatura — um pequeno animal emplumado, com uma paisagem no fundo repleta de árvores e colinas, o que sugere que ele ainda não teve contato com a civilização.Desde o início da franquia nos cinemas, há um debate levantado por fãs e críticos sobre a existência dessa espécie de dinossauro no mundo fictício. Isso porque na primeira trilogia Jurassic Park foi apresentado um argumento de que os antigos indivíduos foram criados a partir de uma mistura com DNA de fósseis de dinossauros com o material genético de rãs, o que poderia ter sido responsável pela remoção desse tipo de característica.Leia mais... Veja Mais

Senado aprova projeto com regras para transformação de clubes de futebol em empresas

G1 Economia Texto cria a figura da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), com instrumentos para capitalização e financiamento próprio das equipes. Pela proposta, que vai à Câmara, mudança é facultativa. O Senado aprovou nesta quinta-feira (10) um projeto que prevê regras para a transformação de clubes de futebol em empresas. A proposta, chamada de marco legal do clube-empresa, segue para análise da Câmara dos Deputados. Apresentado pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), o texto foi aprovado na versão proposta pelo relator, senador Carlos Portinho (PL-RJ). Atualmente, os clubes de futebol são associações civis sem fins lucrativos. A proposta permite que as equipes se constituam em Sociedade Anônima do Futebol (SAF) e prevê estímulos para a transformação, de forma facultativa. "Por ser facultativa, [a transformação] tem que ser sedutora ao clube para estimular a constituição da SAF, como também ao investidor para ser atraído, trazendo riquezas para o país", afirma o relator. Com a transformação, as equipes terão instrumentos para capitalização de recursos e para o financiamento próprio, como: emissão de títulos de dívida (debêntures-fut); atração de fundos de investimento; lançamento de ações em bolsa de valores. O formato Sociedade Anônima do Futebol possui, segundo o relator, instrumentos de controle, governança, compliance, fiscalização por órgãos internos e externos, pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), diferentemente de outros modelos empresariais. Para defensores da proposta, a mudança para clube-empresa pode ser uma alternativa para times de futebol que acumulam dívidas milionárias. No relatório, Carlos Portinho lista os clubes com maior endividamento tributário: Botafogo (RJ): débito de cerca de R$ 425 milhões; Corinthians (SP): débito de R$ 417 milhões; Atlético (MG): débito de R$ 292 milhões. Outras seis equipes estão com dívidas tributárias acima da casa dos R$ 200 milhões: Cruzeiro (MG), Flamengo (RJ), Vasco (RJ), Fluminense (RJ), Internacional (RS) e Santos (SP). Ainda segundo o relator, outros times, como Athletico (PR), Ceará (CE), Fortaleza (CE) e Palmeiras (SP) têm dívidas tributárias consideradas "baixas". Segundo a proposta, a Sociedade Anônima do Futebol cuidará somente do futebol masculino e feminino. Isso exclui a possibilidade de outros esportes, como o vôlei, migrarem para a SAF e também impede que entidades, federações e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se transformem em SAF. Nome, escudo e sede Pelo texto, alterações no nome, no escudo, no hino, nas cores, no local da sede do time só serão efetuadas com a concordância do clube, detentor das chamadas ações da classe A, que deu origem à Sociedade Anônima do Futebol. O projeto prevê, ainda, a transferência obrigatória à SAF dos direitos e deveres decorrentes de relações com o clube, inclusive os direitos de participação em competições, contratos de trabalho e de uso de imagem. A proposta diz também que a transferência de direitos e patrimônio do clube para a SAF "independe de autorização ou consentimento de credores ou partes interessadas". Se instalações como estádio e centro de treinamento não forem transferidas, o clube e a empresa deverão firmar contrato com as condições para uso desses espaços. Ainda conforme o projeto, enquanto as ações ordinárias de classe A, aquelas do clube que originou a SAF, corresponderem a pelo menos 10% do total, o voto do titular das ações de classe A será condição necessária para a empresa decidir, entre outras questões, sobre: alienação, oneração, cessão, conferência, doação ou disposição de qualquer bem imobiliário ou de direito de propriedade intelectual conferido pelo Clube ou Pessoa Jurídica Original para formação do capital social; qualquer ato de reorganização societária ou empresarial, como fusão, cisão, incorporação de ações, incorporação de outra sociedade; dissolução, liquidação e extinção. Dívidas O projeto dá prazo de 6 anos, prorrogáveis por mais 4 anos, para o clube quitar suas dívidas cível e trabalhista e dá alternativas aos times para pagamento dos débitos: pagamento direto das dívidas pelo clube; recuperação judicial (negociação coletiva); consórcio de credores. A proposta também prevê mecanismo de transferência mensal de um percentual de receitas destinado ao pagamento de dívidas de natureza civil e trabalhistas. O texto também prevê os chamados "instrumentos de aceleração" para pagamento dessas dívidas: deságio: permite ao titular do crédito negociar a redução da dívida com o devedor, para recebimento dos valores; cessão do crédito a terceiro: permite ao titular do crédito, não concordando com o deságio oferecido pelo devedor, buscar no mercado condições melhores; conversão da dívida em ações da SAF: permite a conversão de toda ou parte da dívida em ações do clube-empresa; emissão de títulos de mercado revertendo para o pagamento da dívida. Regime tributário O texto também estabelece um regime tributário especial para o clube-empresa, chamado de Tributação Específica do Futebol, da seguinte forma: Nos primeiros cinco anos, contados a partir da constituição da SAF, alíquota de 5% das receitas mensais recebidas, excluindo nesse período a tributação sobre a cessão de direitos de atletas (popularmente chamada de venda de jogadores); A partir do sexto ano da constituição da SAF, alíquota de 4% sobre todas as receitas mensais, inclusive sobre a venda de atletas. Para o relator, a proposta poderá devolver aos clubes de futebol "protagonismo" nos negócios, atualmente desempenhado por empresários. "O projeto permite acreditar que, com a constituição da SAF, os clubes retomarão o seu lugar nos negócios do futebol. Tomamos como exemplo recentemente a venda dos direitos desportivos do atleta Vinicius Junior ao Real Madrid, jovem expoente e revelação do Flamengo, cujo negócio alcançou 40 Milhões de Euros. Para um investidor, ou clube estrangeiro, possivelmente seria melhor o investimento desse valor na SAF, diluindo os riscos do seu investimento e tendo uma cesta de atletas em formação para dela se beneficiar como acionista", declarou. Veja Mais

Senado aprova projeto que incentiva clubes de futebol a se tornarem empresas

Valor Econômico - Finanças Medida prevê permissões como emissão de debêntures, subscrição de ações e até abertura de capital em bolsa, com acompanhamento e regulação da CVM O Senado aprovou hoje projeto que incentiva a transformação dos clubes de futebol brasileiro em empresas. Designados hoje como associações civis sem fins lucrativos, estes poderão alterar o modelo, migrando para uma nova estrutura societária, a Sociedade Anônima do Futebol (SAF), permitindo a emissão de debêntures, fundos de investimentos, subscrição de ações e até abertura de capital em bolsa, com acompanhamento e regulação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Aos que aderirem à mudança, será proposto um sistema para quitar dívidas trabalhistas a partir do recolhimento de uma porcentagem das receitas dos clubes. Em vez de se submeter ao regime geral das SAs, os clubes-empresa serão inseridos em um Regime de Tributação Específico do Futebol (TEF). Haverá um recolhimento mensal, em documento único de arrecadação, de tributos como o Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ); da Contribuição para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/PASEP); da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL); da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS), entre outros. A alíquota do recolhimento unificado durante o período de transição, de cinco anos, será de 5%, incidindo sobre premiações recebidas pelo clube e programas de sócio-torcedor, mas não sobre receitas referentes à venda de jogadores. Após esse período, a alíquota será reduzida para 4 %, mas passará também a incidir sobre a venda de atletas. Para o relator, senador Carlos Portinho (PL-RJ), que trabalhou prestando serviços jurídicos a vários clubes, a mudança será benéfica tanto aos times, pela possibilidade de quitar suas dívidas, quanto à União, que melhorará sua capacidade de arrecadação. “Dados de 2018 provenientes do relatório elaborado pela consultoria Ernst & Young (EY), a pedido da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ressaltam o impacto do futebol na economia brasileira. Naquele ano, a cadeia produtiva da modalidade foi responsável por 0,72% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, gerou aproximadamente 156 mil empregos e movimentou somente 52,9 bilhões de reais. Há, no país, mais de 7 mil os clubes registrados, que reúnem 360 mil atletas atuantes em cerca de 250 competições. O futebol gerou naquele ano R$ 761 milhões em arrecadação”, apontou. “À exceção de poucos clubes, a situação financeira das entidades de prática futebolística é notória pela sua oscilação e precariedade. Devido às suas características, a indústria futebolística foi um dos setores mundialmente mais afetados pela pandemia”, pontuou o relator. O projeto prevê a proibição de acionista com qualquer grau de controle ou participação societária em outra sociedade anônima de futebol; a existência obrigatória do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal com regras claras de composição que evitem conflitos de interesses; e exigência apenas de publicação eletrônica para aqueles clubes que faturarem até 78 milhões de reais por ano, na linha do mesmo recorte dado ao Marco Legal das Startups. Haverá ainda possibilidade de conversão de dívida em participação acionária no clube-empresa. Veja Mais

Marcelo Lopes Lourenço é eleito diretor comercial da BB Seguridade

Valor Econômico - Finanças Funcionário de carreira do Banco do Brasil há 20 anos, Lourenço tem desempenhado funções relacionadas à distribuição de produtos para o varejo em boa parte desse período A BB Seguridade comunicou há pouco que o seu Conselho de Administração elegeu Marcelo Lopes Lourenço para ocupar o cargo de diretor comercial, de marketing e clientes para o mandato 2021-2023. Funcionário de carreira do Banco do Brasil há 20 anos, Lourenço tem desempenhado funções relacionadas à distribuição de produtos para o varejo em boa parte desse período, informa o comunicado ao mercado. Antes, atuou como Gerente Executivo na Diretoria de Gestão da Cultura e de Pessoas, Gerente Executivo na Diretoria de Distribuição de Varejo e Governo e como Gerente de Negócios na Superintendência Estadual de Goiás. Aos 40 anos, Lourenço é graduado em Direito pela Universidade Salgado de Oliveira, tem MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria pela FGV; MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC; MBA em Negócios Imobiliários pela PUC Rio e curso de extensão pela Columbia Business School em Alinhamento Estratégico e Transformação Cultural. Veja Mais

Vestido de jogador, Luciano Hang anuncia que Havan vai patrocinar Copa América

Valor Econômico - Finanças Após Mastercard, Ambev e Diageo (dona das marcas Johnnie Walker, Tanqueray e Sminorff) retirarem seus apoios da Copa América, a Havan, rede de lojas do empresário Luciano Hang, anunciou que vai patrocinar a transmissão do evento. Leia mais: Seguindo Mastercard e Ambev, Diageo retira patrocínio da Copa América Leia mais: Após 'análise criteriosa', Mastercard decide não ativar patrocínio na Copa América deste ano no Brasil Leia mais: Ambev confirma que não participará como patrocinadora da Copa América Em vídeo publicado nas suas redes sociais, o empresário — vestido de jogador de futebol — comemora a confirmação do evento no Brasil e diz que a Havan será uma das patrocinadoras. Luciano Hang afirma que Havan vai patrocinar a Copa América Reprodução/YouTube A Copa América foi transferida para o Brasil após a recusa de Argentina e Colômbia em sediarem o evento, por causa da pandemia. Veja Mais

Gradiente e Apple não chegam a acordo sobre marca “iphone”

Valor Econômico - Finanças Litígio segue em andamento no Supremo Tribunal Federal A IGB Eletrônica, dona da marca Gradiente, e a empresa americana Apple não conseguiram chegar a um acordo, no Supremo Tribunal Federal (STF), para a mediação de litígio sobre a exclusividade do uso da marca “iphone” no Brasil. Esse é o primeiro caso submetido ao Centro de Mediação e Conciliação da Corte. Sem acordo, o litígio segue para análise do relator, ministro Dias Toffoli. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Pedro Parente critica baixa autonomia na gestão da crise hídrica

Valor Econômico - Finanças Ex-ministro relembrou seu período à frente do grupo que administrou a crise de energia de 2001 O presidente da Petrobras no governo Michel Temer e ministro da Casa Civil no governo Fernando Henrique Cardoso, Pedro Parente, criticou a baixa autonomia dos ministros e integrantes do governo do presidente Jair Bolsonaro para enfrentar a crise hídrica. Durante participação no podcast do Instituto de Estudos de Política Econômica/Casa das Garças, Parente relembrou seu período à frente do grupo que administrou a crise de energia de 2001. “A confiança do presidente em mim e no meu trabalho foi fundamental para a gestão da crise de energia. É impossível fazer um trabalho desses com o atual presidente da República porque ele não delega nada para ninguém. Ele se usa dos ministros e das pessoas enquanto lhe convém e, quando não lhe convém mais, ele se desfaz imediatamente. Pior do que isso, dois dias depois de convidar alguém para ser ministro já desautoriza em público, coisa que para mim não funcionaria de maneira nenhuma”, disse. A preocupação com o cenário para o fornecimento de energia elétrica voltou aos holofotes recentemente, dado o baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas atualmente. O período chuvoso que se encerrou em março deste ano foi marcado pelo pior histórico de afluência do Sistema Interligado Nacional (SIN) desde o início da série histórica. No podcast, Parente lembrou que, além da autonomia, o diálogo aberto com a sociedade e a transparência sobre o tema foi um dos pontos cruciais para que a população aderisse ao racionamento voluntário de energia em 2001, e evitasse cortes compulsórios. Ele também citou a criação de uma câmara de gestão de crise com representantes de diferentes órgãos e ministérios, além de um representante dos Estados, como crucial para o sucesso no enfrentamento do problema. “Eu trouxe a visão de que se precisaria de uma coordenação central desse tema, que não era só um tema do Ministério de Minas e Energia. A gente pode fazer uma ligação direta do que aconteceu e ainda acontece no Brasil por causa da [pandemia de] covid, ou seja, esse não é um tema só do Ministério da Saúde, é muito mais amplo”, afirmou. Parente, que é sócio fundador da gestora EB Capital, destacou que a autonomia também foi crucial em seu período à frente da Petrobras. O executivo ocupou a presidência da petroleira entre junho de 2016 e junho de 2018, com o objetivo de reduzir o endividamento da companhia e auxiliar na recuperação após os impactos da Operação Lava Jato. “Expliquei que não ter poderia ter interferência política, que tinha que ter autonomia na gestão da empresa, portanto, a política de preços é assunto da empresa. Foi na mesma linha de autonomia e autoridade”, explicou Parente sobre os requisitos para aceitar o pedido do então presidente Temer para presidir a estatal. O executivo deixou o cargo durante a greve dos caminhoneiros. Pedro Parente Claudio Belli/Valor Veja Mais

Sami Foguel deixa Alliar e vai para Porto Seguro; Fernando Terni retorna

Valor Econômico - Finanças A Alliar, rede de medicina diagnóstica, informou que Sami Foguel renunciou ao cargo de presidente. O executivo vai liderar a área de saúde da Porto Seguro. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

BRF anuncia investimento de R$ 70 milhões para construir centro de distribuição no ES

G1 Economia Anúncio se segue a investimentos de R$ 764 milhões divulgados na véspera para ampliar instalações em Santa Catarina e Mato Grosso Sul. Frigorífico da BRF em Concórdia, SC Reprodução/NSC TV A companhia de alimentos BRF construirá um novo centro de distribuição na região da Grande Vitória (ES), com investimentos estimados em R$ 70 milhões, informou a empresa, em nota divulgada nesta quinta-feira (10). O anúncio se segue a investimentos de R$ 764 milhões divulgados na véspera para ampliar instalações em Santa Catarina e Mato Grosso Sul. Segundo a BRF, o novo centro de distribuição capixaba ocupará área de 13 mil metros quadrados e será o mais "sustentável" da companhia, contando com painéis solares com capacidade para gerar até 1,5 megawatts de energia. Além da geração solar, a BRF também promete o reaproveitamento de água, inovações na geração de frio e uma frota com zero emissão de gás carbônico para a nova instalação capixaba. "A BRF tem um espaço para crescimento das operações no Espírito Santo e este investimento mostra nosso compromisso em gerar riquezas e seguir nosso plano Visão 2030", disse o CEO da BRF, Lorival Luz, em referência à estratégia de sustentabilidade da companhia. A BRF já possui um centro de distribuição no Espírito Santo, localizado em Viana, que movimenta um volume médio mensal de mais de 2.700 toneladas, destacou a empresa, que não detalhou a capacidade da nova unidade ou o cronograma para as operações. Veja Mais

A Voz do Brasil - Instalada comissão especial que irá apreciar Reforma Administrativa - 10/06/21

A Voz do Brasil - Instalada comissão especial que irá apreciar Reforma Administrativa - 10/06/21

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Instalada comissão especial que irá apreciar proposta de Reforma Administrativa ; ✔️Deputados pedem alterações em legislação tributária brasileira; ✔️Plenário aprova medida provisória que prorroga uso de crédito por eventos cancelados. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeputados/ https://www.tiktok.com/@camaradosdeputados? https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #AVozdoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

Hackers roubam código-fonte da empresa de games Electronic Arts

Valor Econômico - Finanças Companhia informa que a perda não foi extensa e não deve afetar os games ou os negócios; grupo assume ataque em fórum de crimes cibernéticos XSS A gigante dos games Electronic Arts, que está por trás das franquias Battlefield, Sims e Madden NFL, é a mais recente vítima de um ataque cibernético, com hackers roubando seu código-fonte e outras ferramentas internas. A perda não foi extensa e não deve afetar os games ou os negócios, informou a empresa. “Estamos investigando um recente incidente de intrusão em nossa rede, onde uma quantidade limitada de código-fonte de jogos e ferramentas relacionadas foram roubados”, destaca a empresa com sede em Redwood City, Califórnia, por e-mail. “Nenhum dado do jogador foi acessado e não temos razão para acreditar que haja qualquer risco para a privacidade do jogador.” A Electronics Arts não forneceu outros detalhes do ataque, mas os hackers atendidos pelo nome de Kickass no fórum de crimes cibernéticos XSS assumiram o crédito por roubar os dados da empresa. Dados O grupo hacker anunciou os dados roubados em uma sala de bate-papo trancada no XSS no início desta semana, alegando ter o kit de desenvolvimento de software original para o console Xbox, da Microsoft, junto com as chaves para crackear FIFA 21, FIFA 22 e o motor de criação de jogos FrostBite. Ao todo, os hackers estão tentando vender cerca de 780 gigabytes de dados de jogos, de acordo com o post. “Você tem plena capacidade de explorar todos os serviços da EA”, afirmam os hackers em sua postagem, cuja captura de tela foi compartilhada com a Bloomberg News por uma pessoa com acesso à sala de bate-papo secreta. Investigação criminal A Electronic Arts reforçou a segurança desde o incidente e está “trabalhando ativamente com policiais e outros especialistas como parte desta investigação criminal em andamento”, disse a empresa. O Motherboard relatou anteriormente sobre o incidente, que fez com que as ações da Electronic Arts caíssem 2,4% na quinta-feira. A ação recuperou a maior parte dessas perdas e pouco mudou no fechamento. “As violações são tão comuns neste ponto - provavelmente é apenas um pequeno olho roxo para eles”, disse Doug Clinton, sócio-gerente da Loup Ventures. “Sempre há a chance de haver mais nessa história, mas provavelmente isso será esquecido em algumas semanas.” Também não está claro se alguém pode fazer uso do material roubado. “Parece uma fonte boa para os jogos e o motor, não para os dados do usuário”, disse David Cole, proprietário da empresa de pesquisa da indústria de videogames DFC Intelligence. “A questão, nesse caso, é o que os hackers farão com isso? Eles podem tentar vendê-lo, mas alguém vai comprar ou usar? ” Muitas vezes, quando os dados vazam, “ninguém pode realmente fazer nada com eles”, disse ele. Resgate Ontem, foi revelado que a JBS USA Holdings pagou um resgate de US$ 11 milhões a cibercriminosos que na semana passada interromperam temporariamente as fábricas que processavam cerca de um quinto do suprimento de carne do país. Segundo o presidente-executivo da empresa, o pagamento do resgate, em bitcoin, foi feito para proteger as processadoras de carne da JBS de maiores interrupções e para limitar o impacto potencial sobre restaurantes, mercearias e fazendeiros que dependem da JBS, disse Andre Nogueira, presidente-executivo da divisão americana da empresa brasileira de carnes JBS SA. Na semana passada, o FBI atribuiu o ataque à JBS ao REvil, uma gangue criminosa de ransomware. A Electronics Arts não forneceu outros detalhes do ataque, mas os hackers atendidos pelo nome de Kickass no fórum de crimes cibernéticos XSS assumiram o crédito por roubar dados da empresa. Veja Mais

Surpresa na inflação leva governo a novo recálculo da dívida

Valor Econômico - Finanças Apesar de não divulgada oficialmente, o número para o principal indicador de solvência do país já está ao redor de 84% do PIB A surpresa da inflação em maio, colocando o IPCA em 8%, está levando a equipe econômica a novamente revisitar suas estimativas para a dívida pública. Apesar de não divulgada oficialmente, o número para o principal indicador de solvência do país já está ao redor de 84% do PIB, segundo apurou o Valor. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

SpaceX negocia com companhias aéreas para levar WiFi para aviões

SpaceX negocia com companhias aéreas para levar WiFi para aviões

Tecmundo A empresa de exploração espacial SpaceX está em conversas iniciais com companhias aéreas para fornecer um serviço de internet para aviões. A plataforma seria possível pela constelação de satélites Starlink."Nós temos o nosso próprio projeto de aviação em desenvolvimento. Nós já fizemos algumas demonstração até agora e estamos buscando finalizar o produto para ser colocado em aeronaves em um futuro muito próximo", afirmou o vice-presidente de vendas comerciais e da divisão Starlink, Jonathan Hofeller, durante a apresentação de um painel.Leia mais... Veja Mais

Havan lança site de RI, mas ainda não fala em IPO

Valor Econômico - Finanças O grupo varejista Havan colocou no ar um site de relações com investidores. A companhia diz que está “se preparando para dar sequência como companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM)” — no dia 12 de maio, ela fez o pedido de registro à autarquia. Até o momento, no entanto, a empresa não fala na realização de uma oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês). Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Série sobre o hip hop em SP, idealizada por OSGEMEOS, estreia nesta quinta

O Tempo - Diversão - Magazine A cada episódio, Gustavo e Otávio recebem convidados que fazem parte do movimento para relembrar a trajetória de cada um e contá-la às novas gerações Veja Mais

Total de mortes por covid-19 no Brasil passa de 482 mil

Valor Econômico - Finanças O Brasil ultrapassou a marca de 482 mil mortes pela covid-19, segundo levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde. Nas últimas 24 horas, foram registrados 2.344 óbitos. Com isso, o total atinge 482.135. A média móvel de novas mortes no Brasil na última semana foi de 1.764 por dia, uma queda de 2% em relação aos dados registrados em 14 dias. São agora 31 dias com a média de mortes abaixo da marca de 2 mil. Os casos confirmados somam 17.215.159, sendo 89.802 diagnósticos contabilizados nas últimas 24 horas, de acordo com o balanço fechado às 20h. A média de novos casos nos últimos sete dias é de 59.151 por dia, uma queda de 1% em relação aos casos registrados em 14 dias. Os dados divulgados pelo consórcio de imprensa foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar de forma colaborativa desde o dia 8 de junho para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal. Ministério da Saúde Mais 2.504 pessoas morreram de covid-19 nas últimas 24 horas, segundo os dados do do Ministério da Saúde. O número eleva o total de óbitos provocados pelo novo coronavírus para 482.019. Os casos confirmados de covid-19 somam 17.210.969, sendo 88.092 diagnósticos contabilizados nas últimas 24 horas. O balanço fechado às 17h30 aponta 15.670.754 pacientes recuperados da doença e 1.058.196 sob acompanhamento. São Paulo é o Estado com mais mortes (116.693) e casos confirmados (3.405.481) de covid-19. Minas Gerais é o segundo Estado com mais casos (1.657.147) e o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos (52.371). Atendimento a pacientes de covid-19 no hospital Evandro Freire, no Rio de Janeiro Andre Coelho/Bloomberg Veja Mais

PGR é contra afastamento e prisão de ministro do Meio Ambiente

Valor Econômico - Finanças Inquérito investiga Ricardo Salles por supostamente facilitar a exportação ilegal de madeira aos Estados Unidos e à Europa A Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou contra um pedido feito ao Supremo Tribunal Federal (STF) para decretar a prisão do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o seu afastamento do cargo. O pedido foi feito por uma advogada no âmbito do inquérito a que Salles responde no Supremo, de relatoria do ministro Alexandre de Moraes, por supostamente facilitar a exportação ilegal de madeira aos Estados Unidos e à Europa. Segundo o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques, a advogada, que não representa oficialmente nenhuma das partes do processo, não tem legitimidade para solicitar a adoção de medidas cautelares no curso de investigação criminal. Jacques afirmou que cabe apenas à própria PGR pedir a prisão ou o afastamento de ministro de Estado, devido ao foro privilegiado que essas autoridades têm perante o Supremo. A petição da advogada se baseava no fato de Salles não ter entregado aos investigadores o seu celular, durante a operação da qual foi alvo, em 19 de maio. A defesa do ministro afirma que o aparelho não foi requerido pela Polícia Federal (PF). Dezenove dias depois da operação, no entanto, Salles entregou seu celular à PF e afirmou ao Supremo que a corporação estava omitindo fatos que lhe seriam favoráveis no processo, induzindo a Corte a erro. O vice-procurador-geral afirmou, em relação aos argumentos da advogada, que "eventuais ilações acerca de resistência a determinação judicial pelo investigado estão superadas pela entrega voluntária de seu telefone celular". Jacques aproveitou para "alfinetar" Moraes e relembrar que ele autorizou a operação da PF em maio sem ouvir previamente a PGR, que já havia se manifestado pelo arquivamento do processo. Nesta semana, o ministro do Meio Ambiente pediu ao ministro o arquivamento do caso e alegou que os supostos crimes atribuídos a ele são "atividades inerentes ao cargo de ministro" às quais a PF quis "revestir com roupagem ilícita". Ele afirma, por exemplo, que a corporação solicitou informações ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sem justificativa. Foi com base nesses dados, que levantaram a suspeita de operações financeiras irregulares, que Moraes autorizou a investigação. Salles também é alvo de outro inquérito no Supremo, este sob relatoria da ministra Cármen Lúcia, no qual é suspeito de tentar prejudicar uma investigação sobre a maior apreensão de madeira ilegal da história. Ricardo Salles Marcelo Camargo/Agência Brasil Veja Mais

Samsung revela menor sensor já feito para câmeras de celular

Samsung revela menor sensor já feito para câmeras de celular

Tecmundo A fabricante sul-coreana Samsung anunciou nesta quinta-feira (10) um novo sensor de imagem que vai integrar futuros conjuntos de câmeras em dispositivos móveis.Trata-se do ISOCELL JN1, que é o primeiro da indústria com um tamanho mínimo recorde de 0,64 µm (micrômetro) e considerado o "sensor mais versátil já lançado" pela companhia. Ele tem capacidade para integrar câmeras de 50 MP de resolução, tanto em câmeras traseiras de smartphone quanto nas frontais.Leia mais... Veja Mais

Como criar e personalizar a cor de pastas do Google Drive

canaltech Separar as pastas por cores é uma interessante forma de organizar os seus arquivos do Google Drive (Android | iOS | Web). A plataforma de armazenamento em nuvem e sincronização permite ajustar a cor do ícone de todas as suas pastas e atalhos, o que ajuda a catalogar entre pastas de trabalho, backup, estudos, entre outras opções. Qual a diferença entre Google Drive e Google One? Como salvar documentos no Google Drive e abrir com o Google Docs Como fazer backup do Google Drive automaticamente Em junho desse ano, o Google anunciou que as pastas compartilhadas também receberam a opção de mudança de cor. Dessa forma, é possível organizar as suas pastas pessoais e outras com acesso dividido entre outros contatos. Confira abaixo o passo a passo para criar uma pasta do Drive e alterar a cor do ícone no celular e no computador. Google Drive: como criar e personalizar a cor de pastas No celular Passo 1: abra o aplicativo do Drive para celulares e toque no ícone de "+" para criar uma nova pasta; -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Selecione o ícone para criar uma pasta ou arquivo (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 2: em seguida, escolha a opção de pasta e insira um nome para criá-la; Opções de criação no Drive (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 3: para mudar a cor, pressione e segure sobre uma pasta. Em seguida, toque no ícone de três pontos, localizado no canto superior direito da tela; Pressione e segure para abrir as opções de gerenciamento da pasta (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 4: entre as opções, selecione "Alterar cor"; Avance para a alteração de cor (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 5: toque em qualquer uma das opções para mudar a cor da sua pasta. Altere a cor da pasta (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) No navegador Passo 1: para criar uma pasta, abra o Google Drive no navegador de seu PC, clique com o botão direito em qualquer espaço da tela e selecione "Nova pasta"; Crie uma nova pasta (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 2: digite o nome da pasta e salve-a em seu perfil; Salve a nova pasta (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 3: para personalizar a cor, clique com o botão direito sobre qualquer pasta. Em seguida, selecione a opção "Alterar cor"; Use o botão direito para acessar as opções (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 4: em seguida, clique em uma das cores disponíveis para salvar a alteração; Mude a cor de uma pasta (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Passo 5: caso possua um atalho para uma pasta, também é possível alterar a cor seguindo os mesmos procedimentos. Mude a cor de atalhos (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Você usa o Drive com frequência? Deixe sua opinião sobre a ferramenta! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Esta espécie foi ressuscitada e pôde se reproduzir após 24 mil anos congelada Mochila-helicóptero pode substituir jetpack tradicional em voo solo Este subnetuno tem temperaturas amenas e orbita sua estrela a cada 24 dias Cinema via streaming? Conheça o Cining, novidade que chega ao Brasil em junho Presidente da Microsoft diz que IA sem controle nos levará a "futuro orwelliano" Veja Mais

Ataques de ransomware começam a focar em corporações bilionárias

canaltech Cada vez mais comuns, operações criminosas envolvendo o uso de ransomware estão se tornando mais complexas e especializadas. Um estudo conduzido pela empresa de segurança Trend Micro mostra que grupos que usam a ferramenta estão voltando sua ação cada vez mais a corporações que possuem receitas superiores a US$ 1 bilhão. Ransomware atinge mais uma operadora de oleodutos e resulta em vazamento 70 GB Fujifilm é vítima de ransomware e paralisa parte de sua rede no Japão EUA endurecem ações e tratam ransomware com mesma prioridade de terrorismo O motivo para isso é simples: dinheiro. Quanto maiores as corporações, mais suscetíveis elas estão a ter problemas resultantes da paralisação de suas atividades — e mais dispostas elas se mostram a pagar as grandes somas exigidas como resgate para voltar a operar sob parâmetros normais. Imagem: Captura de Tela/Canaltech “Os ataques de ransomware modernos são altamente direcionados, adaptáveis e furtivos”, afirma Bob McArdle, diretor de pesquisa de crimes cibernéticos da Trend Micro. “Ao roubar dados e bloquear sistemas importantes, grupos como o Nefilim procuram extorquir organizações globais altamente lucrativas”. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Brechas conhecidas são as mais usadas pelos criminosos Segundo o estudo, as entidades criminosas que atuam no mercado de ransomware já possuem lucro suficiente para explorar vulnerabilidades de dia 0 em alvos de alto perfil. Usando o Nefilim como estudo de caso, a Trend Micro explica que, para se infiltrar em organização, os grupos usam métodos como phishing, exploração de brechas de segurança e até mesmo pagamentos para agentes internos que trabalham nas companhias-alvo. Imagem: Captura de Tela/Canaltech A empresa de segurança também alerta que a maioria dos ataques continua explorando falhas de segurança já conhecidas e que, muitas vezes, já foram corrigidas. Ao The Register, a companhia explicou que as organizações criminosas atuais são tão organizadas e especializadas quanto o mercado de tecnologia de informação, o que explica os motivos pelo qual cada grupo se especializa em tipos bastante específicos de ataques. O maior alerta que a Trend Micro faz é que, na prática, não há nada realmente único na maneira como os grupos criminosos estudados agem. A melhor forma de se proteger deles continua sendo apostar na atualização de sistemas e na implementação de políticas de segurança que garantem que ameaças já contempladas por empresas da área não passem despercebidas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Esta espécie foi ressuscitada e pôde se reproduzir após 24 mil anos congelada Mochila-helicóptero pode substituir jetpack tradicional em voo solo Este subnetuno tem temperaturas amenas e orbita sua estrela a cada 24 dias Cinema via streaming? Conheça o Cining, novidade que chega ao Brasil em junho Presidente da Microsoft diz que IA sem controle nos levará a "futuro orwelliano" Veja Mais

E3 2021: os 10 anúncios mais importantes do Summer Game Fest

canaltech O Summer Game Fest abriu a temporada de anúncios e hype da E3 2021 nesta quinta-feira (10), com quase duas horas de anúncios e 39 games. A empolgação foi nas alturas quanto, contrariando as expectativas menos otimistas, tivemos nosso primeiro olhar sobre Elden Ring, o próximo game da From Software em parceria com o autor de Game of Thrones, George R.R. Martin. E3 2021 | Programação completa com datas e horários das apresentações E3 2021 │ Confira todos os jogos confirmados até agora E3 2021 | 5 anúncios que gostaríamos de ver este ano Foi um final explosivo para uma apresentação de grandes novidades, com um olhar mais profundo sobre a jogabilidade de The Evil Dead: The Game, o retorno de Metal Slug em um formato tático, uma sequência para o game de estratégia Jurassic World Evolution e um spin-off maluco de Borderlands, chamado Wonderlands. E ainda teve Hideo Kojima brincando com o nosso coração ao anunciar uma versão do diretor de Death Stranding. Selecionamos os nossos preferidos entre as dezenas de anúncios do Summer Game Fest Kickoff Live. Confira: -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Elden Ring   Não tem como começar com outro game, senão este. Após anos de expectativas, espera e muitos rumores, a celebrada união de forças da From Software com o autor de Game of Thrones, George R.R. Martin finalmente viu a luz do dia e, o melhor de tudo, deve chegar às mãos dos jogadores em janeiro. O que vimos no primeiro trailer completo de Elden Ring, agora mais próximo de sua forma final, foi um mundo fantástico e sombrio de fantasia medieval. Ainda que pouco sobre a trama e seus elementos tenham sido revelados, sabemos que este é um game de mundo aberto, com fortes inspirações nos RPGs de mesa e, claro, na própria franquia Dark Souls, já que quando se trata do diretor Hidetaka Miyazaki, a maçã nunca cai muito longe da árvore. Elden Ring tem lançamento marcado para 21 de janeiro de 2022 no PC, PS4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X|S. Metal Slug Tactics   O retorno de uma franquia clássica dos arcades dos anos 1990 acontece de forma um bocado peculiar. Seguindo os passos de outras grandes representantes do tiroteio, como Gears of War, Metal Slug também vai ganhar sua versão tática, que está sendo desenvolvida pela Dotemu, que já nos brindou com o recente e maravilhoso revival de Streets of Rage. Em Metal Slug Tactics, o foco está na batalha cautelosa, mas franca. Usando as armas e personagens tradicionais da franquia, os jogadores enfrentarão soldados e resgatarão reféns em cenários tradicionais da série, enfrentando também os tradicionais chefes de fase com cuidado e inteligência. O que não significa, claro, que a cota de explosões e tiros será reduzida. Metal Slug Tactics ainda não tem lançamento marcado e será lançado para PC. Death Stranding: Director’s Cut   Que Hideo Kojima e Geoff Keighley são amigos, isso todo mundo sabe. Essa amizade levou a um dos momentos de teste para cardíaco do Summer Game Fest, quando o criador apareceu rapidamente para falar sobre as influências sociais de seu novo game, como está lidando com a pandemia e, principalmente, fazer um anúncio com direito a caixas de papelão, soldados e furtividade. Mas não era o que todo mundo esperava ou queria. A grande notícia é que Death Stranding vai ganhar uma versão estendida, com foco no PlayStation 5. Tudo o que sabemos é que o título roda no novo console, no que deve significar a adição de melhorias gráficas, mas nada mais foi revelado, apenas uma previsão de que veremos mais sobre o título “em breve”. Também não se falou nada sobre uma edição do título para PC. Evil Dead: The Game   Sangue, tripas e violência são as marcas usuais dos jogos multiplayer 4v1 dos tempos recentes e, com uma das franquias mais clássicas do horror, será assim também. O Summer Game Fest demonstrou como a união de Kelly, Rei Arthur, Cheryl e do glorioso Ash Williams, além de outros personagens, permitirá um combate próximo contra as hordas do mal. Com apresentação do próprio Bruce Campbell, que interpreta o protagonista, a demonstração de Evil Dead: The Game mostrou um pouco do que podemos esperar. Os jogadores controlarão os sobreviventes e terão que localizar artefatos seculares para acabar com a ameaça morta-viva, enquanto outros usuários também estarão do outro lado, no comando dos zumbis e criaturas ameaçadoras que vieram das páginas do Necronomicon. Evil Dead: The Game chega ainda neste ano ao PC, PlayStation 4, PS5, Xbox One, Xbox Series X|S e Nintendo Switch. Tiny Tina’s Wonderlands   Desde antes do início da transmissão, Keighley vinha alardeando um anúncio da desenvolvedora Gearbox. E foi com ele que o apresentador abriu o Summer Game Fest, apresentando uma aventura mística e tresloucada que logo se provou como nada menos do que um spin-off de Borderlands, na forma de Tiny Tina’s Wonderlands. A personagem volta, desta vez no comando de tudo, ao lado de outros personagens consagrados, incluindo o Butt Stallion. Para a acompanhar, um elenco estrelado de atores como Andy Samberg (Brooklyn 99), Wanda Sykes (The Upshaws), Will Arnett (BoJack Horseman) e Ashly Burch (Life is Strange), que interpreta a protagonista. O game chega no começo do ano que vem aos consoles e PC. The Dark Pictures Anthology: House of Ashes   O novo capítulo da antologia de terror da Supermassive Games ao lado da Bandai Namco nos levará ao encontro de um dos demônios mais conhecidos do cinema. Um grupo de soldados, em meio a uma zona de conflito, se vê com um problema nas mãos quando acabam caindo em galerias subterrâneas e se deparando com criaturas de um universo ainda mais inferior. House of Ashes é o terceiro capítulo de uma série de títulos de horror que começaram a ser lançados na geração passada. A The Dark Pictures Anthology é baseada em diferentes gêneros do cinema e literatura do terror, já tendo passado por navios e cidades fantasmas para, agora, chegar aos demônios. Ao nosso lado, estará Ashley Tisdale, em um elenco que conta também com o contador de histórias interpretado por Pip Torrens. The Dark Pictures Anthology: House of Ashes chega em 22 de outubro ao PC, Xbox One e PlayStation 4, além dos consoles de nova geração. Jurassic World Evolution 2   O sonho de John Hammond se tornou realidade uma vez e, agora, vai acontecer de novo. Pela voz de ninguém menos do que Jeff Goldblum, demos nossa primeira olhada em um novo parque, com novos dinossauros e o velho gerenciamento tenso de sempre, com o novo mundo apresentado na franquia de filmes entregando situações diferentes aos jogadores. O simulador Jurassic World Evolution 2 introduz as criaturas marinhas pela primeira vez na franquia, assim como os dinossauros voadores, que completam um elenco de 75 maravilhas violentas. A história traz Goldblum de volta, assim como Bryce Dallas Howard, interpretando seus personagens originais do cinema, enquanto um modo inédito cria cenários baseados na série de filmes para que você possa resolver a situação ou colocar tudo a perder. Jurassic World Evolution 2 chega neste ano ao PC e consoles de antiga e nova gerações. Fall Guys e NieR   É melhor já ir se preparando para coletar coroas. Em mais uma colaboração, a desenvolvedora Mediatonic se uniu à Platinum Games para trazer 2B, de NieR: Automata, ao mundo de Fall Guys. A partir do dia 18 de junho, os jogadores poderão adquirir uma skin da androide 2B no game, com direito ao cabelinho branco e um salto alto que não deve facilitar muito a vida durante as provas. O conteúdo estará disponível nas versões do game para todas as plataformas. Planet of Lana   Visuais belíssimos pintados à mão dão o tom de um dos games mais interessantes mostrados durante o Summer Game Fest. Obra do estúdio Wishfully, em seu game de estreia, essa é uma aventura baseada em puzzles e paisagens, enquanto exploramos um planeta que carrega sua boa dose de segredos. Lana é a personagem principal, que ao lado de Mui, seu companheiro animal, está em busca da irmã. Enquanto desvenda os mistérios desse lugar, entretanto, ela encontrará não só belezas, mas também criaturas ferozes que imporão um desafio tanto quando as misterioras parafernálias que contam a história desse lugar. Assine o Xbox Game Pass Ultimate por apenas R$ 39,99/mês e tenha acesso a uma biblioteca com mais de 100 jogos para Xbox e PC! Planet of Lana chega exclusivamente ao Xbox One, Xbox Series X|S e PC em 2022. Two Point Campus   Depois do hospital, agora é a vez de administrar um campus universitário. O game da desenvolvedora Two Point Studios, criada por veteranos da série Theme Hospital, se volta agora aos estudos com mais um simulador cheio de maluquices e eventos surreais, envolvendo máquinas nervosas, mágicas estudantis e a tradicional casualidade dos tempos da faculdade. A responsabilidade de gerenciar uma instituição de ensino, contratando professores e dando alojamentos aos alunos matriculados se mistura com cursos inusitados como o de cavalaria medieval, gastronomia de tamanho avantajado e tecnologia assassina. As decisões moldam o futuro e podem levar ao sucesso de todos ou a um fracasso geral e retumbante. Two Point Campus chega em 2022 ao PC e consoles. Lista completa de jogos do Summer Game Fest Kickoff Live Tiny Tina’s Wonderlands; Metal Slug Tactics; Death Stranding Director’s Cut; Jurassic World Evolution 2; Lostark; Sable; Call of Duty Warzone: Temporada 4; Among Us; Salt and Sanctuary; Solar Ash; Chivalry 2; Escape from Tarkov; Two Point Campus; Smite com conteúdo de Stranger Things;   The Anacrusis; New World; Rocket League em parceria com Velozes e Furiosos; Vampire: The Masquerade – Blood Hunt; The Dark Pictures Anthology: House of Ashes; Tales of Arise; Sky; Planet of Lana; Overwatch 2; Dark Alliance; Paladins; Monster Hunter Stories 2: Wings of Ruin; Endless Dungeon; Ratchet & Clank: Em Outra Dimensão; Far Cry 6; Fall Guys; Genshin Impact; Back 4 Blood; Tunic; Tribes of Midgard; Evil Dead: The Game; Elden Ring. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Esta espécie foi ressuscitada e pôde se reproduzir após 24 mil anos congelada Mochila-helicóptero pode substituir jetpack tradicional em voo solo Este subnetuno tem temperaturas amenas e orbita sua estrela a cada 24 dias Cinema via streaming? Conheça o Cining, novidade que chega ao Brasil em junho Presidente da Microsoft diz que IA sem controle nos levará a "futuro orwelliano" Veja Mais

Afya investe em tecnologia para apoiar transformação digital da carreira médica

Valor Econômico - Finanças Movimento reforça a vocação do grupo como parceiro da carreira médica, com ecossistema que integra educação e serviços digitais O setor de saúde passou por profundas transformações ao longo do último ano e a Afya soube aproveitar essas mudanças. Desde sua criação, a empresa tem seu compromisso ancorado no trinômio educação, saúde e tecnologia e na proposta arrojada de ser o parceiro do médico ao longo de toda a sua jornada, oferecendo educação de qualidade e serviços digitais que facilitam o dia a dia da prática clínica. “A pandemia acelerou o plano de longo prazo da Afya e o grupo deu passos importantes para criar um ecossistema digital de apoio ao profissional. A decisão é coerente com a nossa missão de ser o parceiro do médico ao longo de toda a sua trajetória”, conta Virgílio Gibbon, CEO da Afya. Segundo Bruno Lagoeiro, médico, fundador da PEBMED e diretor na VP de Inovação e Serviços Digitais da Afya, a Covid-19 criou um ambiente de disrupção para todo o setor de saúde, que se viu pressionado a tomar medidas efetivas e rápidas. “Vimos conselhos de medicina e órgãos regulatórios rapidamente se movimentando e tomando posicionamentos para acelerar aprovações e permitir novas soluções e tecnologias”, comenta Lagoeiro. Até o momento, Afya adquiriu sete healthtechs, consolidando-se como um grupo não somente de educação médica, mas também de tecnologia em saúde. A entrada da Afya em serviços digitais foi em julho de 2020, com a aquisição da PEBMED, plataforma tecnológica de auxílio à tomada de decisões clínicas, e proprietária do Whitebook. Conheça mais sobre o Whitebook A Medphone, que complementa a oferta da PEBMED de suporte à decisão clínica, foi adquirida pela Afya em novembro de 2020 e, em janeiro de 2021, foi concluída a aquisição da iClinic, startup de oferta de prontuário médico eletrônico e de ferramentas de gestão para consultórios e clínicas. Em março de 2021, foi a vez da Medicinae, fintech do segmento de saúde, se juntar à Afya. E em abril chegaram ao grupo a Medical Harbour, especializada em virtualização de imagens de anatomia e radiologia, e a Cliquefarma, site que funciona como comparador de preços de medicamentos e produtos de higiene e beleza. SHOSP, healthtech de gerenciamento de clínicas médicas, entrou para o ecossistema Afya em maio deste ano. Em pouco menos de um ano, o grupo construiu uma plataforma que já atende 220 mil médicos e estudantes número equivalente a mais de 32% do total dos profissionais deste setor no Brasil. Novas práticas, como telemedicina e implementação das prescrições eletrônicas, abriram caminho e possibilitaram consultas e acompanhamentos sem que o paciente precisasse sair de casa. EDUCAÇÃO, TECNOLOGIA E SAÚDE NA PRÁTICA A tecnologia já fazia parte do dia a dia dos alunos dos cursos preparatórios de residência médica da Afya, por meio de sua marca o grupo começa a integrar as ferramentas tecnológicas à graduação de medicina para preparar o médico desde o começo da sua formação. “O educacional é a base de tudo o que temos feito, seja para sustentação do negócio, seja para geração de futuros médicos, que vão se formar entendendo a tecnologia como elemento obrigatório em seu processo de aprendizagem. A longo prazo, as duas vertentes do negócio – de educação e serviços digitais – vão se retroalimentar”, comenta Lagoeiro. Um exemplo de sinergia entre as verticais de serviços digitais e de educação médica é o uso realidade virtual em aulas de anatomia. O Cadáver Virtual, da Medical Harbour, permite aos estudantes explorar remotamente o corpo humano por meio de realidade aumentada com equipamentos de ponta, altíssima resolução de imagens e uma experiência impressionante. Uma aula de anatomia remota completa, que não deixa a desejar em relação ao modelo presencial. Conheça os recursos da Medical Harbour no vídeo abaixo: Initial plugin text Fora das salas de aula, a tecnologia, oferecida por meio dos serviços digitais Afya, vira uma forte aliada do médico para facilitar o dia a dia da prática clínica, com ferramentas de prontuário eletrônico, apoio para a prática da telemedicina, gestão de consultório, agenda online, suporte para tomada de decisões clínicas, prescrição eletrônica e outras facilidades. “Com estas aquisições, construímos um ecossistema digital rico e com grande capilaridade, que nos torna o canal de acesso por toda a cadeia de saúde”, destaca Felipe Lourenço, fundador da iClinic e diretor na VP de Inovação e Serviços Digitais da Afya. TRANSFORMAÇÃO DIGITAL O planejamento para diferenciação em tecnologia do grupo tem dado resultados positivos: há dois anos, em julho de 2019, a Afya fez sua oferta pública inicial (IPO) na Nasdaq. “Optamos pela Nasdaq para nos aproximarmos de empresas com dinâmicas de negócio similares à nossa, focadas em educação, saúde e tecnologia. Estamos agregando tecnologia em todas as etapas da jornada de aprendizagem médica. As referências que vimos fora do Brasil auxiliaram a busca por healthtechs que adicionam valor ao processo de aprendizagem e também aos serviços prestados pelo profissional da área médica”, explica Gibbon. Essa estratégia de atuação, focada na transformação digital da carreira médica, tem atraído atenção do mercado. Em maio, o Softbank investiu mais de R$ 800 milhões na Afya para acelerar o investimento em aquisições, produtos e mais tecnologias. “Isso chancela nossa visão e estratégia, o que queremos e o que está por vir”, conclui Lagoeiro. Para mais informações, acesse o site institucional da Afya - Afya em Português ou o site para investidores - versão em Inglês Nasdaq, Inc. e suas afiliadas não fazem recomendação para comprar ou vender título ou representação sobre a condição financeira de qualquer empresa. Os investidores devem realizar sua própria due diligence antes de investir. © 2021. Nasdaq, Inc. Todos os direitos reservados. nasdaq.com Veja Mais

Samarco protocola plano de recuperação; dívida soma R$ 50 bi

Valor Econômico - Finanças Mineradora vai oferecer para os credores financeiros, grandes fornecedores e para os acionistas Vale e BHP Billiton a opção de converter as dívidas em ações preferenciais, com direito a um dividendo diferenciado A Samarco, em recuperação judicial desde 12 de abril, protocolou na 2ª Vara Empresarial da Comarca de Belo Horizonte o plano de recuperação que precisa ser aprovado pelos credores. De acordo com fontes a par da negociação, a mineradora vai oferecer para os credores financeiros, grandes fornecedores e para os acionistas Vale e BHP Billiton a opção de converter as dívidas em ações preferenciais, com direito a um dividendo diferenciado. Ainda não há uma definição do montante a ser convertido em ações. A Samarco deve discutir o plano com os credores em julho. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Comissão discute recuperação econômica depois da pandemia - 10/06/21

Comissão discute recuperação econômica depois da pandemia - 10/06/21

Câmana dos Deputados A Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara promoveu debate sobre a retomada da economia no país. Representantes do setor produtivo defenderam a aprovação da Reforma Tributária para melhorar a economia brasileira depois da pandemia. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeputados/ https://www.tiktok.com/@camaradosdeputados? https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

MAM de São Paulo anuncia Elizabeth Machado como nova presidente

O Tempo - Diversão - Magazine Ela já havia trabalhado para o MAM, entre 2001 e 2002, quando foi consultora durante o estudo para uma nova sede, que não saiu do papel Veja Mais

Chefe da NASA reclama de lixo espacial: 'perigoso e vergonhoso'

Chefe da NASA reclama de lixo espacial: 'perigoso e vergonhoso'

Tecmundo O astronauta e ex-senador Bill Nelson, que agora assumiu como administrador da NASA, reclamou da atual situação do lixo espacial na atmosfera da Terra. A opinião foi publicada em uma entrevista do executivo para a CNN."É perigoso e vergonhoso para todos, incluindo os Estados Unidos, que permitiram que resíduos espaciais ficassem lá em cima. (...) Então, uma resposta rápida para a sua pergunta: é muito perigoso e nós temos que fazer com que as nações parem de jogar esse lixo", afirmou Nelson.Leia mais... Veja Mais

Bayer lança no Brasil primeira soja transgênica após compra da Monsanto

Valor Econômico - Finanças Tecnologia é a terceira geração da linhagem nascida na empresa americana, que transformou o cultivo da oleaginosa no país Nesta quinta-feira, a Bayer apresentou oficialmente no Brasil a soja Intacta 2 Xtend, a primeira semente transgênica que a multinacional alemã lança no país desde a compra da Monsanto, em 2018. Essa é a terceira geração da “linhagem” nascida na empresa americana, que transformou o cultivo da oleaginosa no país. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Brasil registra mais de 480 mil mortes por Covid-19, com 2.344 em 24h

Glogo - Ciência País contabiliza 482.135 óbitos e 17.215.159 casos, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa com informações das secretarias de Saúde. Média móvel de óbitos está em 1.764 por dia. Brasil passa de 480 mil mortes por Covid O Brasil registrou 2.344 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta quinta-feira (10) 482.135 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.764. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -2% e indica tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes do vírus. É o 23º dia seguido de estabilidade na comparação com duas semanas atrás. Isso significa que o ritmo atual das mortes por Covid tem se assemelhado mais a um platô do que a uma queda ou a um aumento na curva, e isso em patamar bastante elevado. Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h desta quinta. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Veja a sequência da última semana na média móvel: Média de mortes por Covid-19 nos últimos 7 dias Arte/G1 Sexta (4): 1.685 Sábado (5): 1.641 Domingo (6): 1.629 Segunda (7): 1.664 Terça (8): 1.714 Quarta (9): 1.727 Quinta (10): 1.764 São agora 31 dias com a média de mortes abaixo da marca de 2 mil. De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril. Quatro estados aparecem com tendência de alta nas mortes: AM, MT, PE e RN. O estado do Ceará, por meio de nota da Secretaria da Saúde, afirma que o número de óbitos (21.379) atualizado nesta quinta-feira não contém registro de novas mortes em relação ao número do dia anterior e que "a redução excepcional" é justificada pela inconsistência dos sistemas de notificações entre a Secretaria e os municípios cearenses. "Foram realizados também ajustes na contabilização dos óbitos seguindo a classificação realizada pelas equipes de vigilância dos municípios e regiões de saúde do Estado", diz a nota. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 17.215.159 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 89.802 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 59.151 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de -1% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade também nos diagnósticos. Mortes e casos de coronavírus no Brasil e nos estados Mortes e casos por cidade Veja como está a vacinação no seu estado Brasil, 10 de junho Total de mortes: 482.135 Registro de mortes em 24 horas: 2.344 Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 1.764 (variação em 14 dias: -2%) Total de casos confirmados: 17.215.159 Registro de casos confirmados em 24 horas: 89.802 Média de novos casos nos últimos 7 dias: 59.151 por dia (variação em 14 dias: -1%) Estados Em alta (4 estados): AM, MT, PE e RN Em estabilidade (18 estados e o DF): MS, AL, PR, PB, PI, AP, RS, GO, MA, PA, TO, DF, BA, CE, SC, RJ, SP, SE e RR Em queda (4 estados): AC, ES, RO, MG Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia). Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados. Vacinação Balanço da vacinação contra Covid-19 desta quinta (10) aponta que 52.790.945 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 24,93% da população brasileira. A segunda dose já foi aplicada em 23.520.981 pessoas (11,11% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 76.311.926 doses foram aplicadas em todo o país. Veja a variação das mortes por estado Estados com mortes em alta Editoria de Arte/G1 Estados com mortes em estabilidade Editoria de Arte/G1 Estados com mortes em queda Editoria de Arte/G1 Sul PR: +10% RS: +5% SC: -5% Sudeste ES: -18% MG: -22% RJ: -6% SP: -8% Centro-Oeste DF: 0% GO: +5% MS: +14% MT:+ 26% Norte AC: -17% AM: +91% AP: +6% PA: +3% RO: -21% RR: -15% TO: 0% Nordeste AL: +12% BA: -1% CE: -2% MA: +3% PB: +9% PE: +30% PI: -7 % RN: +49% SE: -8% Brasil Sul Sudeste Centro-Oeste Norte Nordeste Consórcio de veículos de imprensa Os dados sobre casos e mortes de coronavírus no Brasil foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal (saiba mais). Veja vídeos de novidades sobre vacinas contra a Covid-19: Veja Mais

CPI da Covid avalia pedir condução coercitiva do empresário Carlos Wizard

Valor Econômico - Finanças O empresário foi convocado a depor na comissão de inquérito, mas até agora não respondeu o ofício enviado pelo Senado Federal A cúpula da CPI da Covid estuda pedir a condução coercitiva de Carlos Wizard. O empresário foi convocado a depor na comissão de inquérito, mas até agora não respondeu o ofício enviado pelo Senado Federal. O testemunho de Wizard está previsto para quinta-feira da semana que vem. Os senadores sabem que ele está fora do país e, por isso, vão esperar até amanhã para que representantes do empresário prestem algum tipo de esclarecimento à CPI. Caso isso não aconteça, os senadores defendem votar um pedido de condução coercitiva. Alguns técnicos do Senado defendem que, por Wizard não ter respondido uma comunicação oficial, o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), poderia determinar a condução de ofício, mas a tendência é que o caso seja discutido no plenário da comissão de inquérito. Wizard se tornou alvo da CPI porque chegou a colaborar com o Ministério da Saúde, em caráter informal, durante um mês. Além disso, ele teria sido um dos articuladores da ideia de alterar a bula da cloroquina por decreto presidencial, como forma de garantir o uso do remédio contra a covid-19. Outra participação foi quando ele fomentou reuniões de um grupo denominado "Conselho Científico Independente", com uma dezena de especialistas que defendiam o tratamento precoce. Autor do requerimento que convocou Carlos Wizard, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) acusa o empresário de se posicionar contrariamente às medidas de isolamento social, "havendo indícios de que tenha mobilizado recursos financeiros para fortalecer a aceitação das medidas que o presidente da República julgava adequadas, mesmo sem qualquer comprovação científica". Wizard foi procurado pelo Valor, mas não respondeu aos questionamentos da reportagem. Carlos Wizard Anna Carolina Negri/Valor Veja Mais

'O governo federal não fechou nenhum botequim', diz Bolsonaro sobre isolamento

O Tempo - Política O presidente disse também que a economia brasileira cresceria 7% ou 8%, em vez dos 4% previstos para 2021, se não houvesse pandemia Veja Mais

Bolsonaro quer desobrigar uso de máscara para quem foi vacinado ou contraiu covid

Valor Econômico - Finanças Em evento no Planalto, presidente contraria consenso científico e diz que Ministério da Saúde finaliza um parecer nesse sentido O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje que o Ministério da Saúde irá emitir parecer para desobrigar o uso de máscara para quem foi vacinado ou já contraiu o vírus. Contrariando especialistas em saúde em todo o mundo, que recomendam o uso de máscaras inclusive por pessoas já imunizadas, o presidente afirmou que a máscara somente tem utilidade “para quem está infectado”. A afirmação ocorre no momento em que o país ser aproxima da marca de 500 mil mortes por covid-19. E ignora o consenso científico de que pessoas já vacinadas podem contrair o vírus, desenvolver formas mais leves da doença e infectar quem ainda não foi imunizado. “Acabei de conversar com o Queiroga, ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estão vacinados ou já foram contaminados. Para tirar este símbolo que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado”, afirmou o presidente, durante evento no Palácio do Planalto. PABLO JACOB/Agência O Globo Procurado, o Ministério da Saúde ainda não havia se pronunciado até a publicação dessa matéria. Na linha do que tem defendido desde o início da pandemia, Bolsonaro criticou medidas de isolamento social, adotadas na maioria dos países desenvolvidos como forma de frear o avanço do vírus, e discursou a favor de medicamentos sem eficácia contra a doença. “A quarentena é para quem está infectado, não é para todo mundo, porque isso destrói empregos”, argumentou. Bolsonaro, que defendeu a imunidade de rebanho e desprezou previsões sobre o patamar de mortes que o Brasil já alcançou, também utilizou o discurso para exaltar a sua gestão da pandemia, citando como referência seu ex-assessor Arthur Weintraub, apontado na CPI da Covid como um dos conselheiros de um gabinete paralelo sobre a crise sanitária. “Não errei uma [ação] sequer”, frisou. Sem apresentar provas, Bolsonaro voltou a citar informações sobre superestimativa de óbitos por covid, que foram desmentidas pelo Tribunal de Contas da União. Leia mais: Em vídeo, Queiroga confirma que Saúde fará ‘estudo’ sobre uso de máscaras para atender Bolsonaro Eleições Peruanas Ao comentar as eleições no Peru, Bolsonaro classificou como “esquisita” a apuração de votos, onde o esquerdista Pedro Castillo tem estreita vantagem sobre sua adversária, a direitista Keiko Fujimori. O pleito realizado no último domingo, com cédulas de papel, ainda não teve resultado final divulgado, mas são remotas as chances de uma reviravolta. “Estamos acompanhando a eleição no Peru, não pode, é uma coisa esquisita, em alguns países da América do Sul a eleição é decidida no photocharger”, afirmou Bolsonaro, fazendo referência ao recurso comumente utilizado em corridas de cavalo para definir o vencedor em disputadas acirradas. “Esquisito, parece que nos computadores têm uma trava”, complementou. Fujimori, que tem a preferência de Bolsonaro, reclamou de fraudes na disputa, mas observadores internacionais que acompanham o pleito relataram não haver indícios de irregularidades. Veja Mais

Sigma Lithium vai investir R$ 1,2 bi em unidade de produção de lítio no Vale do Jequitinhonha

Valor Econômico - Finanças Empresa iniciou neste mês as obras de terraplenagem da planta, na Grota do Cirilo, em Itinga, que vai produzir 220 mil toneladas de concentrado de lítio grau bateria de alta pureza ao ano A Sigma Lithium, que pertence à boutique de investimentos A10, anunciou nesta quinta-feira (10) investimento de R$ 859,4 milhões na divisa entre Araçuaí e Itinga, no Vale do Jequitinhonha, norte de Minas Gerais. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Commodities: Soja cai e milho avança em Chicago após relatório do USDA

Valor Econômico - Finanças Cotações do trigo encerraram a sessão em alta Em dia de publicação do novo relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) sobre oferta e demanda de commodities agrícolas, as cotações de soja e milho seguiram direções opostas na bolsa de Chicago. Os dados sobre a soja sugeriam pressão sobre as cotações, segundo analistas, mas, com as condições climáticas desfavoráveis às lavouras americanas, a oleaginosa fechou a quinta-feira em baixa. Para o milho, o documento ofereceu suporte aos preços. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro. Veja Mais

Zema critica “dependência” criada pelo poder público no Brasil

O Tempo - Política Em visita à mineradora no Vale do Jequitinhonha, o governador falou sobre a importância do investimento em água, energia e desburocratização para desenvolver o Estado Veja Mais