Meu Feed

Últimos dias

BOCA JUNIORS ENFIA 4 NO LANÚS NO REENCONTRO COM A TORCIDA EM LA BOMBONERA | MELHORES MOMENTOS

BOCA JUNIORS ENFIA 4 NO LANÚS NO REENCONTRO COM A TORCIDA EM LA BOMBONERA | MELHORES MOMENTOS

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #BocaJuniors #Lanus #CampeonatoArgentino Veja Mais

4 aplicativos para digitalizar fotos pelo celular

canaltech Você ainda possui fotos reveladas em sua casa? Para não perder esses registros, vale a pena digitalizá-las e salvá-las no seu dispositivo ou em um armazenamento em nuvem. Com a ajuda de aplicativos de gerenciamento de imagens, como o Google Fotos (Android | iOS) ou o Fotos (iOS), é possível inserir informações sobre as datas e as pessoas presentes em cada captura. 10 aplicativos do Google para ter no celular 5 leitores de PDF para celular que você precisa conhecer Existem aplicativos voltados para a digitalização de documentos e imagens. Enquanto o escaneamento de documentos para PDF é uma demanda mais popular, outras ferramentas são adaptadas para o uso com fotografias, com filtros específicos e a opção de criar álbuns. O Canaltech montou uma lista com quatro opções populares no Android e iOS: confira os melhores apps para digitalizar suas fotos e manter suas memórias no celular! 1. PhotoScan Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito Pertencente ao Google, o PhotoScan é um app criado para digitalizar fotografias. A ferramenta utiliza a câmera do seu celular para escanear e aplica ajustes para otimizar a qualidade, com remoção de reflexos e borrões para proporcionar um resultado mais fiel à imagem original. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Aplicativo possui integração com o Google Fotos (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Para escanear, é necessário apontar a câmera para a sua foto e identificar quatro pontos nas extremidades da imagem. Em seguida, toque no obturador e movimente as lentes para acompanhar cada um desses pontos. O app realiza diversas capturas e gera o arquivo final com todos os ajustes. Como escanear fotos antigas e documentos com o PhotoScan O PhotoScan possui integração com o Google Fotos. Portanto, caso possua uma conta Google, é possível enviar as fotos diretamente para a sua galeria, fazer backup e adicionar marcações de pessoas ou lugares. 2. Foto Scanner do Photomyne Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito com opção de compras pelo app O Photomyne é outra opção com foco na digitalização de fotos. Basta apenas escanear a sua imagem e o aplicativo fará o resto: identifica as bordas, aplica correções e faz ajustes do brilho e do equilíbrio das cores. Há, inclusive, a possibilidade de identificar duas fotos de uma só vez. Aplicativo divide suas fotos entre álbuns (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Após digitalizar, o app separa todas as fotos em álbuns. Dessa forma, caso queira escanear todas as fotos de uma determinada ocasião, é possível manter uma organização. A ferramenta também inclui opções adicionais de edição, como uma função para colorir fotos em preto e branco. Caso queira acessar seus conteúdos no computador, é possível abri-los no navegador com QR Code. A versão gratuita do app possui limite para digitalizações. A versão Premium, oferecida por R$ 53,99 ao mês ou R$ 214,99 ao ano, remove qualquer limitação e cria um backup para suas fotos. 3. CamScanner Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito com opção de compras pelo app O CamScanner é uma das opções mais populares para digitalizar documentos e arquivos em PDF. Caso já possua o app instalado para outras funções, saiba que também pode ser utilizado para salvar as suas fotos como imagens na sua galeria em poucas etapas. Aplique filtros para as suas fotos no CamScanner (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O processo para escanear uma imagem é o mesmo de outros documentos: aponte a câmera, tire a foto e ajuste as bordas. Em seguida, o aplicativo exibe o conteúdo digitalizado e oferece a possibilidade de inserir filtros e outras configurações para a qualidade da imagem. Os resultados podem ser exportados para o seu dispositivo ou compartilhados com outros apps. O CamScanner possui uma versão paga, com digitalizações ilimitadas, anúncios removidos e reconhecimento de texto. Para assinar, é necessário pagar R$ 99 por ano. 4. Adobe Scan Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito com opção de compras pelo app A Adobe também possui um app próprio para digitalizar documentos pelo celular. O Scan é uma ferramenta poderosa para identificar textos e gerar arquivos em PDF, além de funcionar como uma alternativa para escanear fotos impressas e editá-las rapidamente. App da Adobe é outra alternativa (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Com o app, é necessário apenas posicionar o documento na câmera e tocar na tela. Em seguida, todo o processo é feito automaticamente. No caso das fotos, é possível acessar uma tela de edição rápida, com ajustes para brilho, contraste e saturação das cores. Apesar de ser focado para PDF, o aplicativo permite exportar conteúdos no formato JPEG. As suas digitalizações são armazenadas na nuvem, com capacidade de 2 GB de armazenamento pela Document Cloud. Com a versão premium do app, oferecida por R$ 56,99 por mês, esse limite é expandido para 20 GB e todas as ferramentas do Adobe Scan são liberadas para uso. Com a ajuda desses aplicativos, você poderá digitalizar fotos em seu celular. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Fóssil bem preservado encontrado na China pode conter DNA de dinossauro O céu não é o limite | Novas fotos de Mercúrio, galáxias em colisão e mais Os 10 Pokémon mais raros da franquia Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Veja Mais

Ator do Teatro Bolshoi de Moscou morre no palco

em - Internacional Um ator do lendário Teatro Bolshoi da Rússia faleceu no palco neste sábado (9) atingido pelo cenário durante uma apresentação de uma ópera, informou a companhia de Moscou.O teatro explicou que o acidente ocorreu durante uma mudança de cenário da peça Sadkó, uma ópera do século XIX do compositor russo Nikolai Rimsky-Korsakov."A apresentação foi interrompida imediatamente e o público foi convidado a se retirar", declarou a assessoria de imprensa do teatro à agência de notícias Interfax.O Comitê de Investigação de Moscou informou em um comunicado que está investigando a morte de um ator de 37 anos, sem revelar sua identidade. O texto indica que a vítima sofreu diversos ferimentos e morreu antes da chegada de uma ambulância.Em 2013, um violinista veterano também morreu no prestigioso teatro depois de cair no fosso da orquestra. Veja Mais

O céu não é o limite | Novas fotos de Mercúrio, galáxias em colisão e mais

canaltech A sonda BepiColombo finalmente chegou a Mercúrio, o planeta mais próximo do Sol, e enviou suas primeiras imagens. As fotos foram tiradas quando a nave passou pelo lado noturno do planeta, mas ainda são imagens impressionantes de uma missão inédita. Além disso, outras imagens do universo encheram nossos olhos durante a semana. Ficamos sabendo também dos próximos passos do programa espacial dos Emirados Árabes Unidos, de testes do motor de um foguete brasileiro, boas notícias vindas direto de Marte e descobertas sobre a Lua feitas com as amostras coletadas pela missão chinesa Chang'e 5. Confiram essas e outras notícias que "bombaram" na última semana! -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Sonda BepiColombo chegou a Mercúrio!  (Imagem: Reprodução/ESA/BepiColombo/MTM) A sonda BepiColombo, que carrega instrumentos científicos da Agência Espacial Europeia (ESA) e da japonesa JAXA, chegou em Mercúrio, após três anos de viagem. Ela fez um sobrevoo no planeta para sua primeira aproximação e, claro, suas primeiras imagens. Embora as fotos sejam em preto e branco, é possível identificar algumas das grandes crateras de impacto conhecidas na superfície do primeiro e menor planeta do Sistema Solar. A nave passava pelo lado noturno do planeta, por isso não havia muita iluminação sobre a superfície, mas as imagens de boa resolução já dão um "gostinho" do que vem por aí. Galáxias em colisão a mais de 100 milhões de anos-luz da Terra (Imagem: Reprodução/NASA/ESA/SDSS) Este é o sistema Arp 91, também conhecido como KPG 468, um objeto bastante visado por quem trabalha com imagens astronômicas por se tratar de duas galáxias em colisão, cada uma em um ângulo diferente. Essa configuração em relação à nossa vista é muito interessante, pois permite observar bem como o material das galáxias se comporta durante o processo de fusão. A nova imagem da Arp 91 é o resultado de uma série de dados combinados, incluindo fotos do Hubble e o Victor M. Blanco, um telescópio de 4 metros localizado no Chile, além do Sloan Digital Sky Survey (SDSS). O objeto pode ser um vislumbre de como nossa própria galáxia, a Via Láctea, deverá se parecer quando estiver em processo de colisão com a vizinha, Andrômeda. Emirados Árabes Unidos enviarão sonda para estudar asteroides em 2028  (Imagem: Reprodução/ispace) Os Emirados Árabes Unidos, que enviaram uma missão a Marte em 2020, anunciaram seu próximo passo no mundo da exploração espacial: uma missão para estudar o principal cinturão de asteroides do Sistema Solar, localizado entre as órbitas de Marte e Júpiter. A missão ainda não tem um nome definido, mas já tem um objetivo claro: acelerar o desenvolvimento de iniciativas locais baseadas no conhecimento da nação. A nova espaçonave será cinco vezes mais complexa do que a Hope Mars e deve ser em 2028, com previsão de chegar em seu destino em 2030. Impactos de rochas espaciais podem explicar as diferenças entre a Terra e Vênus (Imagem: Reprodução/JPL-Caltech/NASA) Como pode dois planetas, como a Terra e Vênus, serem tão parecidos em tamanho e massa, e ao mesmo tempo tão diferentes nas condições climáticas e atmosféricas? Um novo estudo sugere que a "culpa" pode ser de rochas espaciais que teriam atingido ambos os planetas ainda durante a fase de formação. Na verdade, essas rochas seriam protoplanetas do tamanho de Marte que eventualmente colidiam com a Terra e Vênus. Através de simulações, os cientistas descobriram ser possível que metade desses protoplanetas não atingiam a Terra, mas passavam perto o suficiente para diminuir de velocidade. Então, colidiam com Vênus. Em outras palavras, nosso planeta vizinho seria mais hostil à vida porque "apanhou" mais na sua infância. Brasil avança na criação de foguetes próprios   Foi realizado o primeiro teste do motor-foguete S50, um projeto nacional que ajudará no avanço do desenvolvimento de foguetes surborbitais e no lançamento de microssatélites. Durante o teste, o motor ficou preso a um grande bloco de concreto e foi ativado durante aproximadamente 84 segundos. Durante esse tempo, sensores coletaram dados sobre o desempenho do motor, que serão importantes para verificar a pressão, vibração, temperatura do motor, e muitos outros fatores essenciais para o bom funcionamento do foguete. O S50 é o maior motor-foguete já produzido no hemisfério Sul e utiliza propelente sólido, além de adotar o uso de fibra de carbono para o envelope-motor. Ondas na magnetosfera da Terra se comportam de um jeito inesperado   A Terra usa a magnetosfera para se proteger das partículas carregadas dos ventos solares, mas os astrônomos ainda estão começando a entender como exatamente esses processos funcionam. Anteriormente, eles determinaram que as ondas do campo magnético se comportavam como um tambor, quando os ventos solares as atingiam, mas o que ocorre é algo diferente. De acordo com um novo estudo, as ondas superficiais (ou seja, localizadas nas "bordas" do campo magnético) que se formam correm para frente, em direção contrária às partículas carregadas, e depois se movem para trás, entre os polos magnéticos terrestres. Além disso, quando o movimento diminui, as ondas estacionárias persistem por algum tempo, levando a possíveis impactos nos cinturões de radiação e auroras. Equipe russa de filmagem chega à Estação Espacial Internacional The Soyuz MS-19 rocket with three Russian crewmates aboard launched at 4:55am ET today to the station under clear blues skies in Kazakhstan. More... https://t.co/DIpFPGawCs pic.twitter.com/gcbnXzgrHf — International Space Station (@Space_Station) October 5, 2021 A missão Soyuz MS-19 chegou na Estação Espacial Internacional com três tripulantes para o laboratório, entre eles a atriz Yulia Peresild e o diretor Klim Shipenko. Eles estão lá para gravar o filme "O Desafio na estação orbital", enquanto o terceiro passageiro, o cosmonauta veterano Anton Shkaplerov, ficará na estação por seis meses. Pyotr Dubrov e Oleg Novitskiy, cosmonautas que já estavam a bordo da ISS, farão uma pausa em suas atividades para fazer breves participações nas filmagens. O filme contará a história de um cosmonauta russo que sofreu uma parada cardíaca durante um spacewalk e terá que realizar uma cirurgia de emergência antes de voltar à Terra. Tudo isso também será um teste para a agência russa Roscosmos ver se consegue preparar cidadãos comuns para voar em apenas dois ou três meses. Atividade vulcânica na Lua durou por mais tempo do que sabíamos  (Imagem: Reprodução/CNSA/CLEP) Resultados de pesquisas feitas com amostras da missão chinesa Chang’e 5, que trouxe à Terra cerca de 1,7 kg de material da Lua no ano passado, revelaram que essas rochas lunares têm idade de aproximadamente 1,97 bilhão de anos. Além disso, há indícios de que a atividade vulcânica na Lua durou por mais tempo do que se pensava. Se essas informações estiverem corretas, as rochas têm 1 bilhão de anos a menos que as amostras vulcânicas coletadas durante as missões Apollo e Luna, da NASA e União Soviética, respectivamente. Isso significa que havia vulcões ativos na Lua há apenas 2 bilhões de anos, o que não é muito tempo em escala cósmica. Essa descoberta será importante para a compreensão de como a Lua se formou. Cratera marciana Jezero abrigou mesmo um lago no passado distante (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech/ASU/MSSS) Se o cenário que descreve Marte com lagos em um passado antigo era apenas uma hipótese, a confirmação pode ter sido entregue pelo rover Perseverance, que explora a cratera Jezero. É que um novo estudo analisando os dados enviados pelos instrumentos do veículo robótico determinou que Jezero é, de fato, o que restou do leito de um rio que existiu ali. Para chegar a essa conclusão, os cientistas observaram diferentes camadas em escarpas que indicam que água de fluxo lento alimentou o delta, antes de tudo ser alterado por inundações intensas que deixaram na cratera rochas de até 1,5 m de extensão. Para isso, a água teria que fluir de 6 a 30 km/h dentro do lago de 45 km de diâmetro. Resta agora esperar pelas novas análises para saber se, naquela época, a vida conseguiu prosperar nos lagos e rios marcianos. Leia também Starlink: saiba tudo sobre a megaconstelação de satélites de internet da SpaceX Como as fotos do espaço são feitas? Terceira idade no espaço: quem são os idosos que já estiveram fora da Terra? Exoplanetas mortais: conheça 5 mundos que seriam fatais para o ser humano O que é uma superlua? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Fóssil bem preservado encontrado na China pode conter DNA de dinossauro Os 10 Pokémon mais raros da franquia Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Este é o hipercarro mais bonito do mundo, segundo especialistas em design Veja Mais

Kena Bridge of Spirits é uma jornada deliciosamente retrô

Kena Bridge of Spirits é uma jornada deliciosamente retrô

Tecmundo Os leitores mais velhos e nostálgicos devem lembrar com bastante carinho das gerações 32 a 128 bits, quando os jogos de aventura, ação e plataforma 3D eram lotados de personagens carismáticos e coletáveis para pegar em um mapa repleto de áreas diferentonas espalhadas por uma jornada curtinha e agradável de zerar.Apesar de ser um jogo lançado no finzinho de 2021 e de contar com gráficos incríveis e modernos, Kena: Bridge of Spirits parece uma relíquia saída diretamente da biblioteca do Nintendo 64 ou PlayStation 2, e digo isso como o maior elogio possível, já que essas foram algumas das minhas gerações favoritas de consoles!Leia mais... Veja Mais

#AstroMiniBR: Como é ver um foguete do espaço?

#AstroMiniBR: Como é ver um foguete do espaço?

Tecmundo Todo sábado, o TecMundo e o #AstroMiniBR reúnem cinco curiosidades astronômicas relevantes e divertidas produzidas pelos colaboradores do perfil no Twitter para disseminar o conhecimento dessa ciência que é a mais antiga de todas!Nesta semana, vamos mostrar como é ver um foguete do espaço e falar sobre o início dos testes com o maior motor-foguete já fabricado no Brasil!Leia mais... Veja Mais

Quais são as diferenças entre Google Pay, Apple Pay e Samsung Pay

canaltech A tecnologia NFC — Near Field Communication, ou Comunicação de Campo Próximo, em tradução livre — popularizou-se na última década no campo de pagamentos por aproximação, mais precisamente dos cartões de crédito e débito. O que é NFC? Como saber se o celular tem NFC Mas não foram apenas os bancos que pensaram nisso: as empresas de tecnologia do ramo da telefonia também começaram a incluir componentes com a tecnologia NFC em celulares, permitindo assim o pagamento por aproximação de um dispositivo móvel a uma maquininha de cartão, por exemplo. Hoje em dia, são inúmeros os estabelecimentos que possuem compatibilidade com o pagamento via NFC, seja pelo Apple Pay (no iPhone e Apple Watch), pelo Google Pay (em aparelhos Android), ou pelo Samsung Pay (no Galaxy e Galaxy Watch). -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Entenda melhor abaixo as principais diferenças entre os serviços de pagamento digital Google Pay, Apple Pay e Samsung Pay. Google Pay O serviço de pagamento por aproximação do Google consiste em adicionar um cartão de crédito ou débito que seja compatível com o sistema no aplicativo do seu Android, aproximando o smartphone ao leitor da maquininha de cartão quando desejar realizar um pagamento. Google Pay: o que é e como usar o app de pagamentos da Google Como ativar o pagamento por aproximação no Google Pay Os icônicos e famosos gift cards (cartões de presente físicos que adicionam um crédito virtual) vinculados ao Google também podem ser adicionados e utilizados por meio do aplicativo do Google Pay em seu smartphone Android. Pagamento por aproximação do celular via Google Pay. Foto: Clay Banks (Unsplash) Apple Pay Já o sistema de pagamento digital da Apple opera a partir do aplicativo Wallet — ou Carteira, como foi traduzido na atualização do iOS 15. Você pode adicionar o seu cartão de crédito já cadastrado na sua conta do iCloud — contanto que este seja compatível com o sistema, naturalmente — ou algum outro, caso prefira, para contar com o serviço de pagamento por aproximação. O que é Apple Pay e como usar Quais cartões são aceitos no Apple Pay O Apple Pay funciona nos modelos de smartphone da Apple a partir da geração do iPhone 6, além de também poder ser ativado no Apple Watch (modelo Series 1 e gerações posteriores), o que permite que você simplesmente aproxime o seu smartwatch ao leitor da maquininha de cartão para efetuar um pagamento. Pagamento por aproximação do celular via Apple Pay. Foto: Nathan Dumlao (Unsplash) Samsung Pay Diferentemente de seus concorrentes, o Samsung Pay disponibiliza uma série de recursos a mais — além do pagamento por aproximação via NFC em um Samsung Galaxy —, funcionando como uma verdadeira conta digital dentro do aplicativo, onde é possível realizar transferências, enviar boletos, sacar dinheiro, realizar depósitos, e muito mais. Samsung Pay passa a oferecer conta digital com app para todos Conheça 3 funcionalidades do Samsung Pay Além disso, o Samsung Pay também oferece um programa de recompensas, através do qual você pode resgatar prêmios e descontos da Samsung — um serviço de pagamento digital muito mais completo do que os oferecidos por seus concorrentes no meio de pagamento digital via NFC. Assim como acontece na Apple, o sistema também funciona nos smartwatches da empresa, o Galaxy Watch (todas as gerações) e o Gear (Sport, S3 Classic e S3 Frontier). O que é Samsung Pay Mini Para finalizar, a Samsung também oferece o serviço Samsung Pay Mini, uma alternativa para aparelhos mais antigos, que funciona como um sistema de pagamento apenas por leitura de QR Code. Pagamento por aproximação do celular via Samsung Pay. Foto: Samsung (Divulgação) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Fóssil bem preservado encontrado na China pode conter DNA de dinossauro O céu não é o limite | Novas fotos de Mercúrio, galáxias em colisão e mais Os 10 Pokémon mais raros da franquia Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Veja Mais

Polícia resgata 126 migrantes em um contêiner na Guatemala

O Tempo - Mundo Mais de cinquenta migrantes morreram no Panamá este ano enquanto tentavam cruzar a área da selva de Darien, na fronteira com a Colômbia Veja Mais

Aliança de centro-direita derrota primeiro-ministro tcheco nas eleições legislativas

em - Internacional O primeiro-ministro tcheco, o magnata populista Andrej Babis, foi derrotado neste sábado (9) por uma pequena margem nas eleições legislativas por uma aliança de centro-direita, de acordo com resultados praticamente finais que mostraram uma reviravolta insperada da situação.Os primeiros dados divulgados davam Babis como o vencedor com uma vantagem ampla, em sintonia com as pesquisas, mas essa vantagem se evaporou a medida que foram contabilizados os votos nas grandes cidades.Após a apuração de mais de 99,9% dos votos, a aliança de centro-direita Juntos obteve 27,78% dos votos, enquanto o movimento populista ANO, de Babis, aparecia em segundo com 27,14%.A aliança Juntos, formada pelos Cívicos Democratas (direita), TOP09 (centro-direita) e Cristãos Democratas (centro-direita), poderá se aliar com outras forças, como o Partido Pirata e o movimento Prefeitos e Independentes (STAN), para somar os assentos necessários e garantir maioria no Parlamento."Parece que estas duas coalizões democratas conseguirão ter uma maioria parlamentar, o que significa que Babis deve sair", analisou Otto Eibl, do Departamento de Ciências Políticas da Universidade Masaryk, de Brno.Babis, de 67 anos, se viu enfraquecido pelo litígio com a União Europeia, o suposto envolvimento no escândalo dos "Pandora Papers" e a situação sanitária da República Tcheca no início do ano, quando o país liderava a estatística mundial de mortes por infecções de coronavírus por habitante.O empresário dos setores agroalimentar, químico e de mídia é acusado de suposta fraude em subsídios da União Europeia, que o denuncia por seu conflito de interesses como empresário e político.No fim de semana passado, a investigação internacional "Pandora Papers" revelou que, em 2009, ele usou dinheiro de empresas em paraísos fiscais para adquirir algumas propriedades, incluindo um castelo no sul da França.Babis, que votou esta manhã na cidade de Lovosice, pediu "estabilidade nestes tempos instáveis"."Não devemos mudar o governo agora", frisou.- "Uma mudança" -A nomeação do primeiro-ministro é responsabilidade do presidente pró-russo Milos Zeman, em ex-aliado de Babis.Jane Selucka, uma cidadã que votou neste sábado em Zadni Treban, no sudoeste de Praga, queria mudança."Ontem eu vi uma interesse extraordinário no voto, foi surpreendente. As pessoas querem realmente uma mudança que melhore nossas vidas", declarou á AFP.Quinta fortuna tcheca de acordo com a Forbes, Babis chefia um governo minoritário com os social-democratas, tacitamente apoiado pelo Partido Comunista que liderou a ex-Tchecoslováquia entre 1948 e 1989 e do qual o primeiro-ministro fazia parte.Mas os comunistas tiveram o pior desempenho de sua história nas legislativas e não superaram a marca de 5% de votos necessários para entrar no Parlamento, do qual não farão parte pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial.Entre os demais partidos que competem nas eleições, destaque para o movimento de extrema direita anti-muçulmano Liberdade e Democracia Direta (SPD), liderado pelo empresário nascido em Tóquio Tomio Okamura, que obteve quase 10% dos votos.A economia da República Tcheca, de 10,7 milhões de habitantes e membro da União Europeia, está se recuperando após a pandemia, mas o recente aumento nas pensões e salários da administração pública disparou o déficit público.Andrej Babis "colocou uma enorme pressão sobre o orçamento do Estado para distribuir esses benefícios e continua afirmando que não aumentará os impostos", o que é "populismo fiscal", estimou Tomas Lebeda, analista da Universidade Palacky em Olomouc (leste).Em sua campanha, o ANO atacou a imigração em condição clandestina e se comprometeu a proteger os veículos movidos a combustíveis fósseis, ou a matriz energética tradicional tcheca, que é baseada na energia nuclear. Veja Mais

Talibãs alertam EUA em primeira reunião após retirada do Afeganistão

O Tempo - Mundo A reunião foi realizada um dia após um atentado suicida reivindicado pelo Estado Islâmico (EI) no norte do Afeganistão que deixou pelo menos 60 mortos Veja Mais

Cachorro chama atenção por usar transporte público diariamente em Istambul

O Tempo - Mundo Um perfil no Instagram foi criado para Boji, em que ele também aparece posando ao lado de passageiros. Veja Mais

Far Cry 2: Ubisoft confirma teoria de fãs sobre vilão do game

Far Cry 2: Ubisoft confirma teoria de fãs sobre vilão do game

Tecmundo Um dos diferenciais da série Far Cry é a história por trás de cada um de seus vilões, algo que sempre chamou a atenção da comunidade. Uma prova disso é que vários fãs cogitaram que The Jackal, o vilão de Far Cry 2, é Jack Carver do título original.A informação em questão foi divulgada em um documentário que aborda todos os vilões da franquia Nele, Clint Hocking, diretor criativo do segundo game da franquia Far Cry, revelou o dado em questão.Leia mais... Veja Mais

Georgieva luta para permanecer à frente do FMI

em - Internacional A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, luta neste sábado (9) para permanecer no cargo, enquanto o Conselho Executivo da instituição analisa evidências de que ela manipulou dados em favor da China quando ocupou um cargo de alto nível no Banco Mundial.Na sexta-feira, o Conselho disse que decidirá "muito em breve" se mantém Georgieva no cargo. O organismo pode se reunir novamente hoje, segundo uma fonte próxima ao caso, que pediu anonimato. O escritório de advocacia WilmerHale denunciou que, durante o mandato de Georgieva como diretora executiva do Banco Mundial, ela foi uma das principais autoridades que pressionou a equipe a alterar dados em benefício da China na edição de 2018 de seu relatório Doing Business.O Conselho informou que fez um "progresso significativo" em sua avaliação do caso, mas concordou em "solicitar esclarecimentos adicionais com vistas a concluir sua consideração sobre o assunto em breve".Georgieva, de 68 anos, tem o apoio da França e de outros países europeus, segundo a fonte anônima.No entanto, os Estados Unidos, membro-chave do FMI, ainda não se manifestaram, de acordo com duas fontes com conhecimento da situação. O tempo pressiona por um pronunciamento, porque na segunda-feira o FMI e o Banco Mundial começam suas reuniões do outono boreal."Uma investigação está em andamento com o conselho do FMI e o Tesouro pediu um relatório completo e justo de todos os fatos", explicou à AFP Alexandra LaManna, porta-voz do Departamento do Tesouro americano."Nossa principal responsabilidade é preservar a integridade das instituições financeiras internacionais", acrescentou.Georgieva, de nacionalidade búlgara e economista de formação, falou com o Conselho do FMI na quarta-feira.Ela nega as conclusões do relatório. Na quinta-feira, enviou seu depoimento de 12 páginas aos 24 membros do conselho, bem como uma carta de seu advogado. "Estou satisfeita por finalmente ter tido a oportunidade de explicar ao Conselho do FMI meu papel no relatório Doing Business e como respeitei a integridade do relatório", disse. "Espero uma resolução rápida da questão", acrescentou. O escritório de advocacia denunciou que Georgieva, junto com seu sócio Simeon Djankov, ex-ministro das Finanças búlgaro que criou o relatório, e Jim Yong Kim, então presidente do banco, pressionaram a equipe a mudar o cálculo da classificação da China para evitar conflitos com Pequim.A iniciativa se deu enquanto a liderança do banco estava envolvida em negociações delicadas com a China para aumentar o capital de empréstimo do banco.De acordo com a investigação, Pequim reclamou do seu 78º lugar na lista de 2017, e o relatório do ano seguinte teria apresentado uma queda ainda maior.Nas semanas anteriores ao lançamento do relatório, no final de outubro de 2017, Kim e Georgieva pediram à equipe para explorar a possibilidade de atualizar a metodologia em relação à China, de acordo com uma investigação da WilmerHale.Após as acusações, o Banco Mundial rejeitou o relatório, que avalia as nações com base em seu clima de investimento, enquanto Georgieva classificou as conclusões da investigação como "erradas" e disse que "não pressionou ninguém a alterar qualquer relatório". Georgieva iniciou sua liderança no FMI em 1º de outubro de 2019, substituindo Christine Lagarde, nomeada presidente do Banco Central Europeu. Veja Mais

Haiti condena as declarações 'racistas' de Trump sobre migrantes

em - Internacional O Haiti denunciou neste sábado (9) as declarações "racistas" do ex-presidente norte-americano Donald Trump, que garantiu que a entrada de migrantes daquele país nos Estados Unidos coloca os americanos em risco diante da pandemia de Aids."O Haiti tem um grande problema com a Aids. Muitas dessas pessoas provavelmente têm Aids, elas vêm para o nosso país e não fazemos nada", disse o ex-presidente à Fox News. "É como um desejo de morte para o nosso país".De acordo com dados do Banco Mundial, a prevalência de HIV no país caribenho tem diminuído continuamente nos últimos 15 anos e agora é estimada em 1,9% da população de 15 a 49 anos.A embaixada haitiana em Washington condenou as "declarações racistas e infundadas sobre os migrantes haitianos, em particular, e a população haitiana em geral, do Sr. Donald J. Trump"."Esses comentários vis tem com objetivo semear ódio e discórdia contra os migrantes", denunciou a embaixada em um comunicado.A chegada, em meados de setembro, de mais de 30 mil migrantes - em sua maioria haitianos - à fronteira entre México e Texas gerou fortes críticas ao governo de Joe Biden por parte do Partido Republicano, que acusou o presidente de ter relaxado as políticas de imigração de Trump.Em menos de três semanas, mais de 7.500 migrantes haitianos, 20% deles crianças, foram expulsos pelos serviços de migração dos Estados Unidos, que fretaram 70 aviões para a capital, Porto Príncipe, e Cap Haitien, a segunda maior cidade do país.A embaixada haitiana em Washington também considerou que "o povo civilizado (...) não deve ficar indiferente a esta enésima difamação do povo haitiano pelo ex-presidente Trump".Em uma reunião privada, em janeiro de 2018, o então chefe de estado dos EUA chamou o Haiti e várias nações africanas de "países de merda". Veja Mais

Veja como afinar um violão usando o Google

Veja como afinar um violão usando o Google

Tecmundo Há alguns anos, um músico com uma guitarra desafinada precisaria comprar um afinador eletrônico ou, pelo menos, ter ótimos ouvidos para resolver o problema. Agora, você pode simplesmente afinar o seu violão com o Google.A companhia liberou um novo recurso que vai satisfazer instrumentistas ao redor do mundo, ainda mais pela facilidade. Trata-se de um afinador que exibe exatamente a nota tocada e indica tons abaixo ou acima, a depender da afinação necessária.Leia mais... Veja Mais

Aeroporto da ilha espanhola de La Palma é reaberto

O Tempo - Mundo Nuvens de cinzas do vulcão Cumbre Vieja obrigaram o aeroporto a interromper suas atividades na manhã de quinta-feira Veja Mais

Charlene de Mônaco é submetida a operação cirúrgica bem-sucedida

O Tempo - Mundo No início de setembro, ela foi hospitalizada com urgência devido a complicações de uma grave infecção de ouvido, nariz e garganta que contraiu em maio Veja Mais

Charlene de Mônaco é submetida a operação cirúrgica bem-sucedida

em - Internacional A princesa Charlene de Mônaco foi submetida a uma cirurgia sob anestesia geral, ligada a uma infecção que contraiu em maio e "tudo correu muito bem", disse uma fonte do palácio do principado à AFP neste sábado (9)."A princesa passou por uma cirurgia na sexta-feira, que correu muito bem. Essa intervenção, com anestesia geral, é a última que precisou ser realizada após uma infecção ORL (otorrinolaringológica). Agora, ficará em observação por 48 horas", informa esta fonte.Charlene está na África do Sul, seu país natal, há vários meses. Em 13 de agosto, ela foi submetida a uma primeira cirurgia - sobre a qual nenhum detalhe foi divulgado. O príncipe Albert e seus filhos foram visitá-la durante sua convalescença.No início de setembro, foi hospitalizada com urgência depois de se sentir mal devido a complicações dessa grave infecção de ouvido, nariz e garganta que contraiu em maio, explicou sua fundação em um comunicado.A princesa foi internada, com um nome falso, em um hospital em Durban depois de desmaiar no hotel onde estava hospedada há meses.A ex-nadadora olímpica Charlene Lynette Wittstock, nascida em 1978, casou-se com o príncipe Albert em 2011. Seus dez anos de casamento não puderam ser celebrados este ano devido à ausência da princesa.ORL - OIL REFINERIES Veja Mais

Colômbia autoriza eutanásia em mulher sem doença terminal; entenda o caso

O Tempo - Mundo 'A morte para mim é um descanso', disse Martha Sepúlveda, de 51 anos, que já não consegue caminhar porque foi diagnosticada com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) Veja Mais

Dois combatentes estrangeiros mortos em ataque israelense contra base aérea síria

em - Internacional Pelo menos dois combatentes estrangeiros foram mortos na sexta-feira à noite em um ataque israelense a uma base aérea no centro da Síria, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) neste sábado.O alvo do ataque foi a base aérea T4 na província de Homs, informou o OSDH, que não especificou a nacionalidade das vítimas. Por sua vez, a agência de notícias oficial síria SANA informou sobre seis feridos na sexta-feira. "O inimigo israelense (...) disparou mísseis por volta das 21h (15h de Brasília) no aeroporto militar T4", anunciou a SANA.O ataque feriu "seis soldados e causou danos materiais", acrescentou. A ofensiva israelense teve como alvo um hangar de drones, segundo Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH, uma organização com sede no Reino Unido com uma vasta rede de fontes na Síria.O Exército israelense, consultado pela AFP, se recusou a comentar a informação.Israel quase nunca confirma seus ataques na vizinha Síria, mas regularmente afirma que não permitirá que este país se torne uma base para as forças do Irã, seu ferrenho inimigo.Desde o início da guerra na Síria em 2011, o Exército israelense realiza ataques regulares em território sírio, principalmente contra forças iranianas, milícias do movimento xiita libanês Hezbollah e tropas do governo sírio. Veja Mais

Como espelhar a tela do iPhone na TV

canaltech O espelhamento da tela do iPhone em uma TV abre inúmeras possibilidades para ver filmes, jogar e muito mais! Saiba como fazer isso. . Veja Mais

Após veto de Bolsonaro, governo de GO anuncia absorvente grátis

O Tempo - Política Em discurso feito nesta sexta-feira (8), o governador Ronaldo Caiado afirmou que a iniciativa é uma forma de reduzir o desequilíbrio social na vida das jovens Veja Mais

Agenda do Plenário - Veja o que pode ser votado esta semana - 10/10/2021

Agenda do Plenário - Veja o que pode ser votado esta semana - 10/10/2021

Câmana dos Deputados Com a semana mais encurtada pelo feriado de Nossa Senhora Aparecida, a Câmara retoma os trabalhos na próxima quarta-feira (13/10) ouvindo o ministro da economia, Paulo Guedes, que foi convocado para dar explicações ao plenário da Casa sobre sua participação em empresa estrangeira sediada em paraíso fiscal. Já na pauta de votações, pode entrar a proposta que regulamenta o conceito de profissional da educação, e a que prorroga por um ano a suspensão temporária das obrigações financeiras dos beneficiários do Fundo de Financiamento Estudantil, o FIES. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

MARIANA BECKER: "A MCLAREN DEVE TER APRENDIDO A LIÇÃO" | SUPERMOTOR

MARIANA BECKER:

Band Sports Repórter falou sobre as expectativas da McLaren para o GP da Turquia. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos sigam também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/​​​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV/​ Veja Mais

Abolhassan Banisadr, primeiro presidente da República Islâmica do Irã, morre aos 88 anos

em - Internacional O primeiro presidente da República Islâmica do Irã, Abolhassan Banisadr, de 88 anos, que vivia refugiado na França desde 1981, morreu neste sábado (9) em um hospital de Paris. "Depois de uma longa doença, Abolhassan Banisadr faleceu neste sábado no hospital" Pitié-Salpêtrière, na capital francesa, anunciou a agência oficial iraniana Irna, citando um amigo próximo do ex-chefe de Estado.Ex-colaborador do fundador da República Islâmica, o aiatolá Khomeini, foi eleito presidente em janeiro de 1980 e destituído 17 meses depois. Banisadr era um moderado: defendia a liberdade, a democracia e um Islã liberal. Aos 17 anos, esse muçulmano praticante começou a servir nas fileiras da Frente Nacional, o movimento nacionalista do Dr. Mohammed Mossadegh, que lutava pela independência do Irã e pela nacionalização do petróleo.Depois de estudar teologia, economia e sociologia, ele se tornou um ferrenho opositor do regime do Xá.Procurado pela polícia, teve que deixar o Irã em 1963 e se estabeleceu em Paris. A partir de 1970, passou a defender a união da oposição iraniana em torno do imã Khomeini, exilado no Iraque. Em outubro de 1978, Khomeini também teve que se exilar na França.- Retorno ao Irã -Banisadr estava a bordo do avião que levou o "guia da Revolução" de volta ao Irã em 1º de fevereiro de 1979. Depois de passar pelo ministério da Economia e ministério das Relações Exteriores, Banisadr tornou-se o primeiro presidente da República do Irã eleito por sufrágio universal em 26 de janeiro de 1980, com 76% dos votos. Em 7 de fevereiro de 1980, o aiatolá Khomeini o nomeou presidente do Conselho Revolucionário.Desde o início de seu mandato, Banisadr enfrentou imensas dificuldades: a questão dos reféns americanos, a guerra contra o Iraque, a situação no Curdistão, a crise econômica e, acima de tudo, a oposição dos clérigos fundamentalistas.Comandante-chefe das Forças Armadas de 19 de fevereiro de 1980 a 10 de junho de 1981, ele reorganizou o Exército iraniano e passou grande parte de seu tempo lidando com a guerra com o Iraque. Mas este teórico de uma "terceira via islâmica", respeitosa do regime democrático, finalmente teve que se curvar ao poder dos mulás.- Exílio -Depois de mais de um ano de conflito com certos membros do alto clero xiita e com o Partido da República Islâmica (maioria no Parlamento), o processo de democratização foi interrompido. Em 21 de junho de 1981, foi destituído pelo Parlamento por "incompetência política".Em 29 de julho, deixou o Irã clandestinamente e retornou ao exílio na França, onde obteve asilo político.Em agosto de 1981, ele fundou o Conselho Nacional de Resistência Iraniana com outro líder exilado, Massoud Rajavi, dos Mujahidin do Povo. Este Conselho federa vários grupos da oposição iraniana, incluindo o Partido Democrático do Curdistão. Banisadr o abandonou em abril de 1984, quando rompeu sua colaboração política com Rajavi.Banisadr vivia desde maio de 1984 em Versalhes, na região de Paris, sob proteção policial. Veja Mais

Zodíaco: serial killer retratado em filme pode ter sido identificado

Zodíaco: serial killer retratado em filme pode ter sido identificado

Tecmundo Ao que tudo indica, o famoso assassino do Zodíaco, retratado no filme de David Fincher de 2007, foi finalmente identificado. Segundo o The Case Breakers, um grupo composto por mais de 40 investigadores, entre jornalistas e oficiais da inteligência militar, Gary Francis Poste, falecido em 2018, teria atuado como serial killer nos anos 1960.Vale destacar que o processo de investigação oficial do assassino foi arquivado em 2008 pelas autoridades envolvidas no caso, sobretudo por falta de provas. Contudo, a equipe do Case Breakers retomou as buscas pela identidade do Zodíaco analisando novas evidências forenses e outras provas já coletadas pela polícia.Leia mais... Veja Mais

EM JOGO SOFRIDO, RIVER PLATE APROVEITA FALHA DE GOLEIRO E VENCE O BANFIELD | MELHORES MOMENTOS

EM JOGO SOFRIDO, RIVER PLATE APROVEITA FALHA DE GOLEIRO E VENCE O BANFIELD | MELHORES MOMENTOS

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #RiverPlate #Banfield #CampeonatoArgentino Veja Mais

Deputado quer investigação sobre troca no comando da PF no DF

O Tempo - Política Delegado Hugo de Barros Correia foi dispensado na sexta. Cargo será ocupado por Victor Carvalho dos Santos Veja Mais

Veja como colocar o link do WhatsApp no Instagram

Veja como colocar o link do WhatsApp no Instagram

Tecmundo O Instagram se tornou uma ferramenta muito importante para manter comércios e contatos profissionais durante o período de isolamento da pandemia de covid-19. Funcionando como uma vitrine virtual, a plataforma permitiu que muitos empreendedores pudessem manter seus negócios, e serviu como uma nova oportunidade para aqueles que perderam seus empregos, durante a crise.É importante que as informações de contato estejam atualizadas e bem dispostas, de forma que seus clientes possam contactar os serviços de maneira rápida. Neste tutorial, o TecMundo vai ensinar como adicionar o botão exclusivo para WhatsApp na página de perfil do Instagram e como gerar o link curto https://wa.me/, confira;Leia mais... Veja Mais

Afinal, existe um soro da verdade?

canaltech Evitar mentiras e ter a certeza absoluta que uma pessoa está falando apenas a verdade é possível? Por muitos anos, pessoas comuns, cientistas, iniciados nos saberes ocultos e até policiais tentaram encontrar uma fórmula "mágica", através da qual a pessoa não conseguisse mentir e revelasse os seus maiores segredos. No entanto, o desejado soro da verdade ainda não foi alcançado, mas isso nunca impediu diversas tentativas históricas de desenvolvê-lo.  Você é mais ansioso de manhã? Estudos podem explicar o porquê! Pesquisadores desenvolvem lubrificante sintético para articulação dos joelhos Histórico! Como um implante cerebral curou a depressão profunda desta mulher O consenso da ciência é que, até hoje, não existe uma droga que possa induzir, de forma consistente, um indivíduo a dizer apenas verdades. Só que inúmeras tentativas do tipo já foram realizadas, principalmente por pessoas dos séculos passados, e chegaram a levantar questões éticas e legais sobre o tópico. Em quais situações o tal soro (ou droga) poderia ser usado? É válido o seu uso para um depoimento no tribunal? A pessoa precisa saber que está sob efeito de tal substância? Soro da verdade é uma fantasia que despertou muita curiosidade em diferentes tipos de pessoas (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements) Para a maioria destas perguntas, nunca se chegou a um consenso. No entanto, isso não impediu experimentos — não autorizados e nem regulados — com o uso de psicoativos desde a Era Romana (entre os anos 27 a.C. e 395 d.C.). -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Tentativas para encontrar um soro da verdade Dos métodos que se têm notícia, a primeira técnica dependia apenas do uso do álcool, em quantidades e concentrações variadas. Por causa dessa fama da bebida alcoólica revelar as maiores verdades, há inclusive a popular frase, em latim, in vino veritas. Em português, a expressão poderia ser traduzida como: No vinho, está a verdade. A raiz da frase, muito provavelmente, está associada as verdades que são ditas sob os efeitos do álcool, sem que a pessoa possa medir ou raciocinar as consequências.  No entanto, o fascínio moderno pelos soros da verdade começou no início do século XX. Naquele momento, a escopolamina — medicamento usado ainda hoje no tratamento de dores, cólicas e espasmos — era adotada como anestésico em partos e, curiosamente, ficou conhecida por apagar todas as memórias de quem a usasse, incluindo as lembranças de dor.  Em 1916, o obstetra norte-americano Robert House pediu, no pós-parto, a um marido uma balança para pesar o recém-nascido. No entanto, o homem não conseguia se lembrar onde estaria o equipamento. Inesperadamente, a mulher —  no momento, totalmente anestesiada após dar à luz — explicou, precisamente, onde estava a balança. Após este caso incomum, o médico ficou fascinado pelo tema e se convenceu de que a droga poderia trabalhar, de alguma forma, na recuperação de memórias.  Embora essa ideia nunca tenha chegado ao consenso para a comunidade médica e científica da época, algumas pessoas tomaram o fato como verdade e chegaram a usar a escopolamina para extrair verdades em depoimentos. Nas décadas seguintes, a lista de supostos soros da verdade cresceu e foram incluídos alguns barbitúricos — outros tipos de sedativos —, como o pentotal sódico e o amital sódico.  Na história, o soro da verdade foi usado para obter inúmeras confissões de supostos crimes (Imagem: Reprodução/Wutzkoh/Envato Elements) Mesmo com resultados questionáveis, essas drogas foram usadas para forçar inúmeras confissões ao longo da história. De forma geral, todos os supostos "soros da verdade" agem de forma que suprimem o sistema nervoso central e colocam os usuários em um estado relaxado e, em altas doses, hipnótico. Nesse ponto, prevalece o entendimento de que é a pessoa tem maior tendência para dizer a verdade do que a mentira. Afinal, mentir envolve elaboração de ideias e de concentração, enquanto a verdade é mais fluída. No entanto, como é possível saber se alguém está mentindo ou não? Este é um desafio que intriga as pessoas e, até o momento, não possui uma resposta absoluta, já que diferentes impulsos podem ser controlados, como o nervosismo. Inclusive, o efeito das atuais drogas ou soros da verdade pode ser o oposto: levar os indivíduos a misturarem memórias com um pouco de fantasia e situações sugestionadas pelos inquisidores. Isso porque o sistema nervoso estará sob o efeito de drogas psicoativas durante o depoimento, sendo muito mais influenciável e, portanto, menos confiável. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Fóssil bem preservado encontrado na China pode conter DNA de dinossauro O céu não é o limite | Novas fotos de Mercúrio, galáxias em colisão e mais Os 10 Pokémon mais raros da franquia Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Veja Mais

Milhares marcham em Roma para protestar contra ‘passaporte de vacina’

O Tempo - Mundo Muitos manifestantes ergueram os punhos cerrados ou agitaram bandeiras italianas e gritaram "Liberdade!" Veja Mais

Subprocuradores lançam manifesto contra alteração no CNMP

O Tempo - Política Proposta vem sendo criticada e é encarada como uma reação da classe política ao trabalho de investigação do MP Veja Mais

Apesar do medo, mulheres tentam resistir em reduto talibã

O Tempo - Mundo Em Kandahar, quase nenhuma mulher foi vista nas ruas desde o retorno ao poder dos fundamentalistas islâmicos Veja Mais

Chanceler austríaco Sebastian Kurz, suspeito de corrupção, renuncia

O Tempo - Mundo "Quero ceder o cargo para evitar o caos", afirmou ele, que propôs que o ministro das Relações Exteriores seja seu sucessor Veja Mais

Chanceler austríaco Sebastian Kurz, suspeito de corrupção, renuncia

em - Internacional O chanceler austríaco Sebastian Kurz anunciou, neste sábado (9), sua renúncia, em meio à crescente pressão sobre seu envolvimento em um escândalo de corrupção.Em comunicado transmitido pela televisão, Kurz disse que "seria irresponsável" deixar o país em meio ao "caos ou bloqueio" por essas denúncias, que chamou de "falsas", e que quis garantir que a Áustria tenha "estabilidade"."Quero ceder o cargo para evitar o caos", afirmou Kurz, que revelou ter proposto ao ministro das Relações Exteriores, Alexander Schallenberg, para que fosse seu sucessor.De acordo com o Ministério Público, entre 2016 e 2018 foram publicados artigos elogiosos e pesquisas favoráveis a Kurz em troca da compra de um espaço publicitário pelo Ministério da Fazenda, na época nas mãos dos conservadores.Na quarta-feira, o Ministério Público anunciou que Kurz e outros nove suspeitos, além de três organizações, estão sendo investigados por diversos crimes relacionados a este caso, após uma série de buscas realizadas pela manhã, em particular na sede do partido conservador, o OVP.Na quinta-feira, os Verdes austríacos, parceiro minoritário da OVP no governo, questionaram a capacidade de Kurz de continuar no cargo de chanceler.Escolhido chanceler pela primeira vez em dezembro de 2017, Kurz perdeu seu primeiro parceiro de coalizão, o partido de extrema direita FPÖ, devido a um escândalo de corrupção em maio de 2019 conhecido como "Ibizagate".Kurz voltou ao poder em janeiro de 2020, com a ajuda dos Verdes. Veja Mais

Adriana Esteves diz se orgulhar de 'Renascer' e que aprendeu com críticas

O Tempo - Diversão - Magazine Alvo de muitas críticas por sua atuação na trama de Benedito Ruy Barbosa, a atriz teve depressão e se afastou da TV por dois anos Veja Mais

Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/10/2021)

canaltech O brasleiro estava com tanta saudade do cinema que bastou 007: Sem Tempo para Morrer e Venom: Tempo de Carnificina estrearem para todo mundo entrar no hype e abraçar a expectativa do lançamento. Assim, não chega a ser nenhuma surpresa ver outros filmes ligados a essas franquias se tornarem os mais assistidos da semana nas plataformas de streaming no Brasil. Lançamentos da HBO Max na semana (06/10/2021) Lançamentos do Amazon Prime Video na semana (07/10/2021) É claro que isso não substitui a experiência de ir a uma sala de exibição com o balde de pipoca, mas já serve pelo menos para matar um pouco da vontade e se preparar para esse retorno, que já começa a acontecer em muitos lugares. E enquanto isso, os serviços de streaming seguem apostando alto em suas produções exclusivas. Os filmes que recontam a história de Suzane von Richthofen seguem em alta e a Netflix responde à altura com a estreia de O Culpado, estrelado por Jake Gyllenhaal, para mostrar que é possível fazer um ótimo suspense com um único cenário. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Vale destacar que ainda não existe uma ferramenta oficial que faça essa medição de audiência de filmes nos serviços de streaming e vídeo sob demanda e que a melhor forma de fazer essa aferição é a partir do JustWatch, uma plataforma que ajuda os usuários a encontrarem o que assistir e também em que streaming o conteúdo está disponível. Então, com base nesses dados, chegamos a um ranking aproximado de quais foram os filmes mais assistidos na semana no Brasil. 10. O Menino que Matou Meus Pais   O crime da família Von Richthofen é um dos mais emblemáticos da história recente do Brasil — e O Menino que Matou Meus Pais conta uma das versões dessa história. No caso, o longa segue a narrativa apresentada pela própria Suzane von Richthofen à Justiça, mostrando como os irmãos Christian e Daniel Cravinhos teriam convencido ela a participar da morte dos pais. O mais curioso do filme é que ele se contrapõe à outra versão apresentada em A Menina que Matou os Pais, fazendo com que os dois filmes se complementem. A ideia é que você assista aos dois e tire suas próprias conclusões sobre o caso. O Menino que Matou Meus Pais está disponível no Prime Video. Assine Amazon Prime por R$ 9,90/mês e ganhe frete grátis, catálogo de filmes e séries que compete com a Netflix, livros, músicas e mais! Teste 30 dias grátis! 9. Caminhos da Memória   Histórias de um futuro em que é possível controlar e acessar memórias antigas como se fossem um arquivo de computador não são nada novas — Vingador do Futuro fez isso lá em 1990. Só que Caminhos da Memória usa essa ideia já bastante conhecida para criar um clima detetivesco repleto de mistério. A trama foca em um investigador particular, vivido por Hugh Jackman, que consegue acessar o passado a partir de memórias perdidas de seus clientes. Só que, ao aceitar o caso do desaparecimento de uma mulher, ele acaba caindo em uma enorme conspiração e vai ter que lutar tanto para solucionar o crime quanto para sobreviver. Caminhos da Memória está disponível na HBO Max e para locação e compra no Now, iTunes, Looke, Google Play e Microsoft Store. 8. As The Gods Will Filme japonês segue a mesma lógia de Round 6 de brincadeiras infantis com uma pegada mortal (Imagem: Reprodução/Funimation) O sucesso de Round 6 acabou reverberando também para o cinema — principalmente após as acusações de que a série da Netflix copiou descaradamente a história de As the Gods Will. O filme conta a história de Shun Takahata, um estudante do ensino médio que está cansado do tédio de sua rotina escolar. E é quando ele pede para que aconteça alguma coisa que as coisas saem rapidamente de controle. Assim, o protagonista e seus colegas de classe acabam sendo obrigados a participar de uma série de jogos infantis mortais. São brincadeiras de criança, mas muito mais violentas e que podem custar a vida de seus jogadores. Assim, Shun e seus colegas têm que descobrir o que está acontecendo e lutar para sobreviver a essa maluquice. Round 6 pode se tornar a série mais assistida da história da Netflix As The Gods Will está disponível no Funimation. 7. Culpa  v Nem todo mundo sabe, mas o filme O Culpado que acabou de chegar à Netflix é remake de um longa dinamarquês que segue basicamente a mesma proposta. A história gira em torno de um ex-policial que trabalha no atendimento do serviço de emergência — e é durante um dia comum de trabalho que ele recebe uma ligação de uma mulher vítima de sequestro. Os lançamentos da Netflix em outubro de 2021 A partir disso, ele precisa correr contra o tempo para tentar ajudá-la, mesmo estando limitado à sua cabine de operações. Precisando mover forças de segurança apenas pelo telefone, ele tenta entender o que está acontecendo e como isso se relaciona com a sua própria história. Culpa está disponível no Prime Video, Telecine, Now e FilmeFilme. Ele também pode ser comprado ou alugado no iTunes, Looke e Google Play. 6. 007: Cassino Royale   Se 007: Sem Tempo para Morrer é a despedida de Daniel Craig do papel de James Bond, faz todo o sentido o pessoal aproveitar a estreia para revisitar o primeiro longa do ator na franquia. E Cassino Royale é realmente um marco dentro da série 007 por ter mudado vários elementos dentro de sua estrutura, além de ter fundamentado vários pontos na história do personagem que passaram a ser citados em todos os filmes seguintes. Foi a partir dele que 007 deixou a fórmula episódica que seguia até então e adotou algo mais serializado. Assim, os acontecimentos de um longa passaram a impactar diretamente os demais — o que refletiu na própria evolução de Bond. Assim, vimos o agente ainda em começo de carreira e atuando de forma bem mais intempestiva e brutal. Além disso, a sua missão de capturar o tesoureiro do terrorismo internacional em um jogo de pôker é uma das melhores aventuras da era Craig, trazendo uma boa dose de ação, mas também sendo bem mais contido na hora de criar o jogo de cartas, o que deixa tudo bastante tenso. 007 | Como era o mundo quando Daniel Craig virou James Bond? 007: Cassino Royale está disponível no Telecine e no Now. Ele também pode ser comprado e alugado no Google Play, iTunes e Microsoft Store. 5. A Menina que Matou os Pais   A outra versão do crime da família Von Richthofen, A Menina que Matou os Pais retrata a versão acatada pela polícia que traz Suzane von Richthofen — aqui vivida pela atriz Carla Diaz — como uma das principais responsáveis pelo crime, atuando ativamente no plano que resultou na morte dos próprios pais. Neste caso, vemos uma Suzane bem mais manipuladora e ambiciosa a ponto de convencer o namorado e o cunhado a participarem do assassinato. A Menina que Matou os Pais está disponível no Prime Video. 4. O Espião Inglês   James Bond não é o único espião inglês a aparecer em nossa lista semanal. O outro, no caso, é O Espião Inglês mesmo, o filme protagonizado por Benedict Cumberbatch que reconta a crise dos mísseis em Cuba em plena Guerra Fria e como um empresário comum acabou envolvido nesse impasse diplomático que quase resultou na Terceira Guerra Mundial. Basicamente, é a história de um homem comum sendo obrigado a se tornar espião e fazendo de tudo para não deixar que os russos descubram seu disfarce — tudo isso enquanto ela começa a se afeiçoar a uma suposta inimiga. O Espião Inglês está disponível no Prime Video e para locação e compra no Google Play, iTunes e Looke. Assine o combo Disney+ e Star+ e leve conteúdo em dobro por apenas R$ 45,90 3. O Culpado   A versão da Netflix do filme dinamarquês chegou chamando muito a atenção. Também pudera: O Culpado adapta muito bem a história original e traz uma atuação excelente de Jake Gyllenhaal no papel do ex-policial que trabalha como atendente do serviço de emergência e que precisa ajudar uma mulher vítima de sequestro. Filmado em um único ambiente e conduzindo toda a ação apenas a partir de descrições feitas por telefone, o filme conduz muito bem o espectador pela tensão da situação e traz grandes reviravoltas. Crítica O Culpado │ A culpa que nos sufoca em um suspense de tirar o fôlego O Culpado é uma produção exclusiva da Netflix. 2. Um Lugar Silencioso 2   A sequência do excelente Um Lugar Silencioso foi um dos filmes mais afetados pela pandemia de covid-19 e, por isso, quase ninguém conseguiu assisti-lo no cinema — justamente por isso, a expectativa para a sua estreia no streaming é altíssima. Curiosamente, mesmo isso não tendo acontecido, o interesse por Um Lugar Silencioso 2 segue em alta. A trama aqui dá continuidade aos eventos do primeiro filme, mostrando a família Abbott tendo que sair de seu abrigo e se aventurar por esse mundo pós-apocalíptico em que o menor dos barulhos pode representar a sua morte. O problema é que eles vão descobrir que os tais monstros não são o único problema que vão ter que enfrentar. Um Lugar Silencioso 2 está disponível para compra e locação no Now, iTunes, Google Play e Microsoft Store. Crítica Um Lugar Silencioso: Parte 2 | A sequência é ainda mais intensa 1. Venom   Venom: Tempo de Carnificina chegou ao cinema na quinta-feira (7) e isso fez o pessoal correr para assistir ao primeiro filme, seja para entrar no clima ou mesmo para conhecer o personagem. E o que mais chama a atenção aqui é o quanto Venom se diferencia dos demais filmes de heróis, já que estamos diante muito mais de um anti-herói do que o bom moço que a gente se acostumou a ver nessas histórias. Na história, acompanhamos Eddie Brock (Tom Hardy), um jornalista fracassado que acaba tendo a sua vida mudada quando se depara com um simbionte alienígena que passa a habitar seu corpo. E, ao mesmo tempo em que se transforma em Venom lhe dá poderes incríveis, ele tem que lidar com os impulsos assassinos da criatura. Crítica | Venom vai fazer os espectadores saírem do cinema com vergonha E por mais sombrio que tudo isso possa parecer, Venom traz um nível de humor bem acima da média, principalmente quando passa a retratar a relação de Eddie e do simbionte quase como um romance. O filme mais assistido desta semana no Brasil, Venom está disponível para locação e compra no Now, Google Play, Claro Vídeo, Looke, Microsoft Store e iTunes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Aves assassinas eram criadas como galinhas por nossos antepassados Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (02/10 a 08/10/2021) Fiat Pulse | Novo SUV compacto já aparece sem camuflagem pelas ruas; veja Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Veja Mais

Uber aceita informações de voos para reservas de serviços nos EUA

Uber aceita informações de voos para reservas de serviços nos EUA

Tecmundo O Uber anunciou novas opções para o uso do app em aeroportos, aceitando informações de voos na ferramenta de reservas, possibilitando o pedido de lanches em restaurantes sem filas, o envio de motoristas para suprir demandas de passageiros com base previsões e mais.Os serviços focam em cidades dos Estados Unidos e ainda não há informações sobre a disponibilidade no Brasil. Leia mais... Veja Mais

Apesar do medo, mulheres tentam resistir em reduto talibã no Afeganistão

em - Internacional Em Kandahar, berço do Talibã no Afeganistão, quase nenhuma mulher foi vista nas ruas desde o retorno ao poder dos fundamentalistas islâmicos. Mas Fereshteh, Fauzia e outras colegas tentam superar seus medos para continuar trabalhando ou estudando.Fereshteh e Zohra têm quase a mesma idade, 23 e 24, e o mesmo medo: que um talibã se aproxime de surpresa e jogue ácido em seus rostos. Desde seu retorno ao poder em meados de agosto, o Talibã não atacou fisicamente mulheres que estudam ou trabalham em Kandahar (sul), de acordo com vários depoimentos. E o último ataque com ácido a estudantes da mesma cidade data de mais de doze anos. Mas a memória dos anos 1990, quando o Talibã impedia as mulheres de trabalhar, estudar ou sair sozinhas ou sem burca, basta para que estas abandonassem as longas e poeirentas avenidas comerciais de Kandahar. As poucas mulheres vistas nas ruas são como sombras em burcas, correndo pelas lojas, com sacolas de compras nas mãos. "Antes éramos felizes por vir trabalhar, agora isso nos aflige", diz à AFP Fereshteh Nazari, diretora da escola feminina Sufi Sahib em Kandahar."Na rua, os talibãs não dizem nada, mas dá para ver que eles nos olham de soslaio".Na escola onde trabalha, "a maioria dos pais não manda mais suas filhas com mais de 10 anos para a aula", porque "elas não se sentem mais seguras". Naquele dia, 700 meninas foram para a escola, em comparação com 2.500 que frequentavam antes."Além das compras, que fazemos muito rapidamente, não vamos mais a lugar nenhum, vamos muito rápido para casa", confirma Fauzia, uma estudante de medicina de 20 anos que prefere não revelar seu nome verdadeiro por questões de segurança. Já os homens aproveitam para bater um papo por horas na calçada, em restaurantes ou bares de "shisha".Zohra, uma estudante de matemática que também não quer dar seu nome verdadeiro, decidiu parar de ir às aulas, como várias de suas amigas, após rumores de possíveis ataques de ácido."Para mim, a vida é mais importante do que qualquer outra coisa", diz.Mas outras não podem se dar ao luxo, como Fereshteh e suas colegas professoras, que aguardam seus salários, congelados desde a queda do governo anterior há quase dois meses."Podemos acabar pedindo esmolas no mercado", suspira a jovem diretora, morena de grandes olhos pretos realçados com kohl, que usa um lenço preto bordado com lantejoulas cintilantes nos cabelos. "Não temos mais dinheiro. Meu marido perdeu o emprego e tenho que alimentar nossos dois filhos", explica uma colega de Fereshteh, que prefere não revelar seu nome e que, como muitas mulheres no Afeganistão, diz que está "deprimida" .- "Problema delas" -Fauzia também está com problemas. Órfã, ela é responsável por alimentar seus quatro irmãos com entre 13 e 17 anos. Até agosto, trabalhava em uma rádio local, onde dava voz a comerciais. Mas depois de tomar a cidade, o Talibã "postou mensagens no Facebook dizendo que não queria mais música ou vozes femininas nas rádios", disse uma das autoridades da estação."Paramos e é uma pena, porque as vozes das mulheres funcionam melhor para atrair a atenção do público", acrescenta.Desde então, Fauzia deixou seu currículo por toda a cidade, principalmente para cargos de professora. Mas tudo parece estagnado. "Eles me dizem para esperar", diz.Mas começa a desesperar, porque "o Talibã não diz mais nada".Oficialmente, os fundamentalistas negam querer retornar ao regime extremista dos anos 1990. "Não proibimos nada às mulheres", disse o mulá Noor Ahmad Saeed, um dos líderes talibãs da província de Kandahar."Se não se sentem seguras ou não voltam ao trabalho, é problema delas", afirmou, indiferente. Os talibãs, que vão seguir "as regras do Islã" acima de tudo, "ainda estão estudando" o assunto, acrescentou, sem dar mais detalhes.Fauzia vê a pressão social aumentar, mesmo em sua própria casa. "Meu irmão me diz para cobrir o rosto, para não ver mais meus amigos, para não ir a lugar nenhum, exceto para a escola".No pátio da escola, uma das alunas de Fereshteh, Shahzia, de 12 anos, sente falta do governo anterior, que havia promovido a educação de meninas. "Queremos liberdade", mas na realidade "teremos que fazer o que eles nos dizem, caso contrário, teremos problemas".FACEBOOK Veja Mais

Premiê tcheco Andrej Babis vence legislativas, mas sem maioria

em - Internacional O primeiro-ministro tcheco, o magnata populista Andrej Babis, venceu as eleições legislativas encerradas neste sábado (9), mas sem obter uma maioria. A formação de um novo governo, portanto, pode levar semanas ou meses de negociações.Após 80% dos votos apurados, o partido de Babis, ANO, obteve 28% dos votos, o que equivale a 75 dos 200 assentos no Parlamento, apesar das disputas travadas com a União Europeia e de estar supostamente envolvido no escândalo dos Pandora Papers. Por sua vez, a aliança Juntos, formada pelos Cívicos Democratas (direita), TOP09 (centro-direita) e Cristãos Democratas (centro-direita), obteve 26% dos votos. Outra aliança antissistema, do Partido Pirata e do movimento Prefeitos e Independentes (STAN), alcançou 15%. Essas duas alianças poderiam formar um governo se se unissem, já que juntas têm mais de 50% dos assentos no Parlamento (103 em 200), de acordo com a televisão tcheca. Por sua vez, o Partido Comunista teve o seu pior desempenho - com apenas 3,81% - e, pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, não terá representação parlamentar, pois não superou os 5% necessários.Babis, de 67 anos, é acusado de suposta fraude em subsídios da União Europeia, que o critica por conflito de interesse como empresário e político. No fim de semana passado, a investigação internacional dos "Pandora Papers" revelou que, em 2009, ele usou dinheiro de empresas em paraísos fiscais para adquirir algumas propriedades, incluindo um castelo no sul da França.Babis, que votou esta manhã na cidade de Lovosice, pediu "estabilidade nestes tempos instáveis"."Não devemos mudar o governo agora", frisou. Quinta fortuna tcheca de acordo com a Forbes, Babis chefia um governo minoritário com os social-democratas, tacitamente apoiado pelo Partido Comunista que liderou a ex-Tchecoslováquia entre 1948 e 1989 e do qual o primeiro-ministro fazia parte.Ele enfrenta a oposição de dois grupos, cuja popularidade disparou no início do ano, quando este país da Europa Central liderou as estatísticas mundiais de mortes e infecções por coronavírus por habitante.Por um lado, há uma aliança entre o Partido Pirata - contrário ao poder dominante - e o centrista Prefeitos Independentes. Por outro, a coalizão Juntos, formada pelo Partido Democrático Cívico de Direitas, o TOP09 (centro-direita) e a União Democrática Cristã (centro). Os dois grupos chegaram a ultrapassar o movimento populista ANO nas pesquisas, mas o primeiro-ministro rapidamente partiu para o ataque e fez a balança pender novamente a seu favor, ameaçando um futuro incerto para o país caso seus rivais ganhassem. A economia da República Tcheca, de 10,7 milhões de habitantes e membro da União Europeia, está se recuperando após a pandemia. O recente aumento nas pensões e salários da administração pública disparou o déficit público.Em sua campanha, o ANO atacou a imigração em condição clandestina e se comprometeu a proteger os veículos movidos a combustíveis fósseis, ou a matriz energética tradicional tcheca, que é baseada na energia nuclear.Entre os outros partidos que competem nas eleições, está o movimento de extrema-direita antimuçulmano Liberdade e Democracia Direta (SPD), liderado pelo empresário nascido em Tóquio Tomio Okamura.As pesquisas também apontam para uma hecatombe dos social-democratas e comunistas, que podem até ficar sem representação, se não excederem o mínimo de 5% dos votos necessários para entrar no Parlamento. A nomeação do primeiro-ministro cabe ao presidente pró-russo Milos Zeman, aliado de Babis. De acordo com Josef Mlejnek, analista da Universidade Carlos de Praga, o chefe de Estado "fará o que puder para manter" o partido de Babis no poder. Veja Mais

Famílias enterram seus mortos após atentado contra mesquita xiita no Afeganistão

em - Internacional Um grande cemitério de Kunduz, no norte do Afeganistão, acolheu neste sábado (9) os funerais das vítimas do atentado que o grupo Estado Islâmico (EI) cometeu na véspera contra uma mesquita xiita da cidade e que deixou pelo menos 60 mortos. Um coveiro informou à AFP que 62 sepulturas foram cavadas após o ataque, cujo saldo final pode se aproximar de uma centena de mortos.Um homem-bomba do EI detonou seu colete explosivo na mesquita Sayed Abad, que estava lotada por ocasião da grande oração de sexta-feira. De acordo com o grupo terrorista, o homem-bomba era conhecido como "Mohamed, o uigur", o que implica que fazia parte da minoria muçulmana chinesa, alguns de cujos membros se juntaram ao EI. O Talibã, que agora governa todo o país, prometeu proteger todas as comunidades, mas os xiitas de Kunduz estão traumatizados com o ataque.A comunidade xiita do país (10-20% da população) costuma ser alvo de grupos armados sunitas, que consideram os xiitas "hereges". Um dia após o massacre, os pais de um jovem de 17 anos, Milad Hussein, compareceram ao funeral de seu filho, sem conseguir conter as lágrimas. Seu tio, Zemarai Mubarak Zada, garantiu que seu sobrinho queria ser médico, como ele."Ele era um jovem tranquilo, falava pouco", confidenciou seu tio à AFP. "Ele queria ir para a faculdade, se casar. Estamos arrasados".Após uma oração, os coveiros enterraram o caixão, diante do olhar atento de seus parentes aflitos.Uma cena que se repetiu dezenas de vezes neste cemitério com vista para Kunduz.- "Assustador" -Imagens do ataque mostravam destroços espalhados dentro da mesquita, cujas janelas foram destruídas pela explosão. Em outras fotos, vários homens aparecem carregando um corpo envolto em um lençol ensanguentado para uma ambulância. "Foi muito assustador", enfatizou um professor de Kunduz que mora perto da mesquita."Muitos de nossos vizinhos morreram ou ficaram feridos. Um jovem de 16 anos perdeu a vida e eles não conseguiram encontrar metade de seu corpo", acrescentou.Aminullah, cujo irmão estava na mesquita, contou que quando ouvi a explosão ligou para meu irmão, "mas ele não respondeu"."Fui à mesquita e o vi ferido e desmaiado. Rapidamente o levamos para o hospital da MSF [Médicos Sem Fronteiras]", explicou.Para Michael Kugelman, especialista em Sudeste Asiático do gabinete Woodrow Wilson International Center for Scholars, será difícil para o Talibã consolidar seu poder se não abordar a questão do terrorismo e da crescente crise econômica no país. "Se o Talibã, como é provável, não for capaz de lidar com essas preocupações, terá dificuldade em obter legitimidade interna e poderemos testemunhar o surgimento de uma nova resistência armada", disse à AFP.Enquanto isso, neste sábado, os Estados Unidos participam de seu primeiro encontro face a face com o Talibã desde a retirada de suas tropas, em reunião em Doha.A delegação americana vai pressionar o Talibã para garantir que os terroristas não criem uma base para ataques no país, segundo informou um funcionário do Departamento de Estado.Os novos governantes do Afeganistão também serão pressionados a formar um governo inclusivo e a respeitar os direitos das mulheres e meninas, acrescentou a autoridade, ressaltando que o fato de esta reunião estar sendo realizada não significa que Washington reconheça o governo talibã."Qualquer legitimidade deve ser conquistada por meio das próprias ações do Talibã", disse ele. Os fundamentalistas islâmicos buscam reconhecimento internacional e ajuda estrangeira para prevenir um desastre humanitário e aliviar a crise econômica do Afeganistão. Veja Mais

Milhares de afegãos chegam à fronteira com o Irã

em - Internacional O número de afegãos que tentam entrar no Irã aumentou desde que o Talibã assumiu o poder há dois meses, mas a maioria é rejeitada, às vezes com violência, disseram várias testemunhas.Antes da mudança de regime em 15 de agosto, entre 1.000 e 2.000 pessoas a cada mês passavam para o Irã pelo posto de fronteira de Zaranj, na província de Nimruz, no sudoeste do Afeganistão.Agora, são entre 3.000 e 4.000 pessoas que vão diariamente ao posto de fronteira, disse seu comandante, Mohamed Hashem, explicando que são rejeitados por falta de documentos.Dezenas de milhares de pessoas tentam fugir do Afeganistão, economicamente paralisado desde a mudança de regime e à beira de uma grave crise humanitária, com um terço da população ameaçada de fome, segundo as Nações Unidas. As autoridades iranianas só permitem a entrada de afegãos com autorização de residência ou visto para o Irã, ou em caso de emergência médica. Isso representa entre 500 e 600 entradas diárias, de acordo com o líder do Talibã.As tentativas de entrada ilegal se multiplicaram e, com elas, os primeiros testemunhos de retorno com violência, maus-tratos ou roubo por parte das forças de segurança iranianas. Do lado afegão da fronteira, Hayatulah, de barba grisalha e usando o turbante tradicional, mostrou sua mão ferida envolta em uma bandagem ensanguentada. "Os soldados iranianos pegaram nosso dinheiro e bateram em nossas mãos", disse ele à AFP. Mohamad Nasim, que tentou uma noite escalar o muro que separa os dois países três vezes, foi baleado por guardas da fronteira iraniana. Duas pessoas morreram e uma era amiga dele, contou.Sua tentativa subsequente resultou em uma "prisão" e uma "surra" por soldados iranianos, determinados a dar o exemplo e impedir qualquer entrada clandestina. Nasim tentou se justificar aos soldados iranianos e lhes disse: "Se vocês estivessem na miséria e na fome que vive a nossa nação, também tentariam atravessar para o outro lado".Se a crise humanitária piorar, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) avisou para um influxo repentino de até meio milhão de afegãos aos países vizinhos até o final do ano. Veja Mais

Premiê tcheco Andrej Babis é favorito em legislativas encerradas hoje

em - Internacional Os tchecos votaram neste sábado (9), pelo segundo dia consecutivo, em eleições legislativas em que o primeiro-ministro cessante, o magnata populista Andrej Babis, é o grande favorito, apesar das suas disputas com a União Europeia e envolvimento no escândalo Pandora Papers.Não houve pesquisa de boca de urna após a votação e os primeiros resultados oficiais serão divulgados ainda esta noite.Babis tenta uma segunda vitória consecutiva para o seu partido populista, ANO, apesar de uma gestão polêmica da pandemia de covid-19 e suas complicações com a justiça.O magnata de 67 anos é acusado de suposta fraude em subsídios da União Europeia, que o critica por conflito de interesse como empresário e político. No fim de semana passado, a investigação internacional dos "Pandora Papers" revelou que, em 2009, ele usou dinheiro de empresas em paraísos fiscais para adquirir algumas propriedades, incluindo um castelo no sul da França.Mesmo assim, Babis, que denuncia uma campanha de difamação, ainda aparece como favorito nas pesquisas com 30% de apoio.Babis, que votou esta manhã na cidade de Lovosice, pediu "estabilidade nestes tempos instáveis"."Não devemos mudar o governo agora", frisou. Jana Selucka, que votou hoje em Zadni Treban, a sudoeste de Praga, quer mudança. "Ontem vi um interesse extraordinário na votação, foi surpreendente. As pessoas realmente querem uma mudança que melhore nossas vidas", comentou à AFP.Quinta fortuna tcheca de acordo com a Forbes, Babis chefia um governo minoritário com os social-democratas, tacitamente apoiado pelo Partido Comunista que liderou a ex-Tchecoslováquia entre 1948 e 1989 e do qual o primeiro-ministro fazia parte.Ele enfrenta a oposição de dois grupos, cuja popularidade disparou no início do ano, quando este país da Europa Central liderou as estatísticas mundiais de mortes e infecções por coronavírus por habitante.Por um lado, há uma aliança entre o Partido Pirata - contrário ao poder dominante - e o centrista Prefeitos Independentes. Por outro, a coalizão Juntos, formada pelo Partido Democrático Cívico de Direitas, o TOP09 (centro-direita) e a União Democrática Cristã (centro). Os dois grupos chegaram a ultrapassar o movimento populista ANO nas pesquisas, mas o primeiro-ministro rapidamente partiu para o ataque e fez a balança pender novamente a seu favor, ameaçando um futuro incerto para o país caso seus rivais ganhassem. A economia da República Tcheca, de 10,7 milhões de habitantes e membro da União Europeia, está se recuperando após a pandemia. O recente aumento nas pensões e salários da administração pública disparou o déficit público.Em sua campanha, o ANO atacou a imigração em condição clandestina e se comprometeu a proteger os veículos movidos a combustíveis fósseis, ou a matriz energética tradicional tcheca, que é baseada na energia nuclear.Entre os outros partidos que competem nas eleições, está o movimento de extrema-direita antimuçulmano Liberdade e Democracia Direta (SPD), liderado pelo empresário nascido em Tóquio Tomio Okamura.As pesquisas também apontam para uma hecatombe dos social-democratas e comunistas, que podem até ficar sem representação, se não excederem o mínimo de 5% dos votos necessários para entrar no Parlamento. A nomeação do primeiro-ministro cabe ao presidente pró-russo Milos Zeman, aliado de Babis. De acordo com Josef Mlejnek, analista da Universidade Carlos de Praga, o chefe de Estado "fará o que puder para manter" o partido de Babis no poder. Veja Mais

Jogos de namoro online com avatar

Jogos de namoro online com avatar

Tecmundo Jogos com avatar são bem populares, e um gênero que conta com muitos adeptos é o de namoro online, que permite criar um avatar, um personagem 3D, e interagir com pessoas de diversos lugares do planeta. Jogos de namoro online podem ser um passatempo interessante, mas é preciso ter em mente que a maioria desses games é para maiores idade. (Fonte: Ourworld/Reprodução)Leia mais... Veja Mais

Mais de 100 mortos ou desaparecidos em naufrágio na RDC

em - Internacional O naufrágio de uma embarcação no rio Congo, no início da semana passada, deixou mais de cem mortos ou desaparecidos na República Democrática do Congo, em mais um acidente do tipo nos lagos e rios do imenso país da África Central.O desastre ocorreu na noite de segunda para terça-feira, por volta das 23h30, em Mongala, uma província florestal do noroeste da RDC, informou à AFP Nestor Magbado, porta-voz adjunto do governador provincial.Ocorreu perto da aldeia de Engengele, a 24 km da capital provincial de Bumba. Os corpos de 38 homens, 13 mulheres e 10 crianças foram recuperados, informou a mesma fonte na manhã deste sábado, estimando em cerca de 60 o número de desaparecidos. Existem 39 sobreviventes, acrescentou. Na ausência de controle de passageiros, o número de desaparecidos é uma estimativa baseada no número aproximado de pessoas que a embarcação em questão poderia conter. Não se tratava de um barco propriamente dito, mas de nove canoas motorizadas ligadas entre si, que partiram de uma aldeia rio acima e se dirigiam para Mumba, segundo Magbado."A sobrecarga agravada pelo mau tempo, com fortes rajadas de vento" naquela noite pode explicar o naufrágio, disse.Estavam a bordo "alunos que regressavam a Bumba, comerciantes, mães comerciantes, todo o tipo de pessoa", detalhou o porta-voz.Os proprietários das embarcações estão foragidos "e os serviços competentes estão mobilizados para encontrá-los", acrescentou.A informação sobre a extensão do acidente só foi informada alguns dias depois pela mídia congolesa e confirmada à AFP esta manhã pelas autoridades provinciais.Segundo Magbado, a província informou a Kinshasa do naufrágio logo após o evento, "mas tínhamos ressalvas sobre o balanço", explicou.Os naufrágios são comuns na RDC, frequentemente com grande número de vítimas e perdas materiais. As embarcações costumam estar superlotadas e os passageiros não usam coletes salva-vidas.O país, que possui uma superfície de 2,3 milhões de km2, tem muito poucas estradas transitáveis e as viagens são frequentemente feitas no rio Congo e seus afluentes, bem como nos lagos do leste, Kivu e Tanganica em particular. Neste sábado, as buscas continuavam no Congo para recuperar outros corpos, liderados em particular pelo serviço provincial de ações humanitárias e Cruz Vermelha, "estamos lutando com os meios disponíveis", disse Magbado.A esperança de encontrar outros sobreviventes "está diminuindo a cada dia", lamentou. Um luto provincial de três dias será observado a partir de segunda-feira. Veja Mais

Round 6: 10 teorias malucas de fãs sobre a série

Round 6: 10 teorias malucas de fãs sobre a série

Tecmundo A série Round 6, que aborda jogos infantis coreanos com uma temática adulta e que é cheia de questões morais, vem conquistando e intrigando fãs ao redor do mundo. Exclusivo da Netflix, o seriado original da Coreia do Sul tem levantado uma série de teorias entre seus espectadores.Além do arco principal, em que um apostador inveterado se vê confinado com outras 455 pessoas em um jogo mortal, vemos vários assuntos delicados sendo abordados de forma leve a brutal: problemas com a paternidade e com a imigração, culpa, velhice, abuso de poder, vício em jogos, corrupção policial, relacionamentos tóxicos, o valor de cada um e até mesmo tráfico de órgãos — e uma crítica severa ao capitalismo.Leia mais... Veja Mais

'Meninas' 15 anos depois: o que aconteceu com adolescentes grávidas que protagonizaram documentário

G1 Pop & Arte Filme lançado em 2006 é exibido em escolas de todo o país para conscientizar sobre a gestação na adolescência. BBC News Brasil conta o que aconteceu com as protagonistas da produção. Evelin, Edilene, Joice e Luana: histórias de adolescentes grávidas foram contadas em documentário Gisela Camara/ Montagem BBC News Brasil Evelin tinha 13 anos quando engravidou do namorado de 22. Pouco após o nascimento da filha, ele foi assassinado. Luana, que engravidou aos 14, dizia que tinha planejado a gestação. Ela e o namorado, de 16, estavam juntos havia cerca de um ano quando descobriram que seriam pais. Edilene, 14, soube que seria mãe pouco após terminar o relacionamento com o então namorado, de 21 anos. Na mesma época, ele também engravidou Joice, 15. As histórias dessas adolescentes grávidas, moradoras de regiões periféricas do Rio de Janeiro, são contadas no documentário Meninas, dirigido por Sandra Werneck e Gisela Camara. As jovens foram acompanhadas pela produção por cerca de um ano. Filmado em 2005, após ser aprovado em um edital da Petrobras, o documentário foi lançado no ano seguinte. Na época, chegou a ser exibido no Festival de Berlim, na Alemanha. No Brasil, foi adotado em escolas brasileiras como parte de campanhas de prevenção da gravidez na adolescência. Sandra Werneck diz à BBC News Brasil que decidiu fazer o documentário pois queria responder a uma pergunta: por que uma menina abre mão da adolescência para ter um filho? A diretora diz que não há uma resposta exata para o questionamento, mas comenta que descobriu que ter um filho pode ser sinônimo de status na periferia. "Eu acho que elas não têm consciência (sobre o que é ser mãe). Mas muitas passam a vida cuidando dos irmãos mais novos e têm uma vontade de ter uma coisa delas, porque a vida inteira não tiveram nada", diz Sandra. "Para essas garotas, ter um filho representa que passarão a ser vistas como meninas mais velhas", acrescenta. 'Era tranquilo falar sobre tudo na câmera', diz, Evelin, que resolveu participar do documentário após ouvir um anúncio na rádio buscando personagens Gisela Camara (via BBC) Do ano em que a obra foi lançada aos dias atuais, a gravidez na adolescência continua como um problema no país. Nos últimos 20 anos, o Brasil registrou queda de 37,2% no número de adolescentes grávidas, segundo estudo da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). O levantamento foi feito com base em dados de nascidos vivos (NV) de mães de 10 a 19 anos, entre 2000 e 2019. Mesmo com a redução nos números, pesquisadores ressaltam que esse cenário continua preocupante. Um dos argumentos é que a taxa de gestação entre adolescentes está muito acima de países considerados bons exemplos nessa área. 'Escolhi esperar': por que só campanha de abstinência sexual não evita gravidez na adolescência De acordo com o estudo, o Brasil possuía uma taxa de mães adolescentes (de 15 a 19 anos) de 48 a cada mil nascimentos em 2019. Nos Estados Unidos, a taxa era de 20 a cada mil, e em países europeus havia uma média de oito a cada mil, segundo o Banco Mundial. A gestação na adolescência afeta o presente e o futuro dessas jovens, porque costuma prejudicar os estudos e a busca por emprego. Os impactos de ser mãe na adolescência foram sentidos pelas protagonistas do Meninas, na época das gravações e também nos anos seguintes. Até hoje, o documentário é visto por muitos jovens. É possível observar a dimensão da obra por meio do YouTube. Na plataforma de vídeos, a produção foi compartilhada por diferentes contas — em uma delas, contabiliza mais de 2,4 milhões de visualizações, enquanto em outra tem mais de 790 mil. 15 anos depois do lançamento do Meninas, a BBC News Brasil foi atrás das histórias das protagonistas do documentário para mostrar os rumos que seguiram. Grávida aos 13 anos 'Eu procuro criar meus filhos de modo diferente de como eu fui criada, eu tinha muita liberdade naquela época', diz Evelin Gisela Camara (via BBC) Uma das histórias mais marcantes no documentário é a de Evelin Rodrigues. A jovem de 13 anos foi a mãe mais nova entre as meninas. Poucos meses após dar à luz, ela se tornou viúva. Ela relata que, apesar de ter sido alertada pela mãe sobre a possibilidade de engravidar depois de "ficar mocinha", não obedecia ao conselho de tomar anticoncepcional. "Tinha medo de engordar ou passar mal", conta à BBC News Brasil. Quando ela descobriu a gravidez, a mãe e a avó chegaram a sugerir um aborto. "Mas eu não quis tirar", relata a jovem, que afirma que tinha medo do procedimento. "Eu vi amigas abortarem, vi meninas que morreram no processo, eu não queria tirar de jeito nenhum." No documentário, Evelin contou sobre um episódio no qual ela, quando já estava grávida, apanhou do pai da filha na frente dos amigos por ter saído de casa sozinha. "Minha mãe falava que 'mulher de bandido apanha', e eu não acreditava", disse a adolescente de 13 anos à câmera. Nove anos mais velho, o pai do filho dela era membro de uma organização do tráfico de drogas na Rocinha. Atualmente, ela reconhece que tinha uma relação conturbada com o rapaz. "Ele era um cara ciumento e possessivo, queria me manter presa dentro de casa e dizia que eu era só dele", lembra. "Quando eu saía, ele queria me agredir", conta. O pai da criança morreu em um conflito com a polícia, dois meses após o nascimento da filha. Evelin teve ajuda da mãe para criar a filha. "Ela (mãe) disse que a 'responsa' era minha, mas sempre me ajudou", diz. Ela trabalhou como manicure no fim da adolescência e aos 18 anos conseguiu um emprego como vendedora. Durante quase uma década, Evelin trabalhou em lojas, e hoje investe na carreira como influenciadora digital. Ela acumula 64 mil seguidores no Instagram, sendo a grande maioria composta por pessoas que a acompanharam no documentário e querem saber como está a vida dela atualmente. Estudo da USP mostra que gravidez na adolescência reduz salário de mulheres em até 30% Nas redes, ela fala com frequência sobre o documentário. Em seu canal no YouTube, onde acumula 48 mil inscritos, os vídeos mais assistidos são relacionados ao Meninas. Entre eles há uma homenagem a Edilene, após a morte dela, e um passeio para mostrar como está atualmente a casa em que Evelin morava na época do documentário. Evelin se mudou da Rocinha após conhecer o atual marido, pai de seus outros dois filhos. A residência em que ela morava na época do documentário atualmente é ocupada por seu irmão. Mãe de três filhos, Evelyn saiu da Rocinha com o marido e investe em carreira de influencer Arquivo pessoal/via BBC Ela considera que a mudança de casa foi uma forma de evitar que a filha, hoje com 16 anos, repetisse a história da gravidez na adolescência. "Sei que isso não define nada, porque se ela quiser seguir o mesmo caminho, vai seguir. Mas eu quis tentar ter uma vida mais tranquila", afirma. "Eu tive menos escolha. Parece que tem um ímã, você acaba se envolvendo porque aquela é a realidade em que você vive, mas eu quis um outro futuro pros meus filhos", diz. Hoje, aos 30 anos, Evelin diz que cria os filhos de forma diferente de como foi criada. "Eu tinha muita liberdade", diz. Em meio às regras que criou para os filhos, uma das mais importantes para ela é a transparência sobre assuntos considerados espinhosos. "Desde quando ela (a primogênita) quis começar a namorar, eu já fui bem clara sobre ter relação (sexual). Quando ela quis saber do pai, eu também falei. Ela assistiu ao documentário, perguntou se o pai me batia, eu contei que sim, batia e era ciumento", conta Evelin. Ela diz ter orientado a filha a "se cuidar antes de se envolver" com alguém. 'Eu realmente quis engravidar' Luana quis engravidar durante a adolescência. 'Eu falava que queria ter um (filho) só pra mim', disse no documentário Gisela Camara (via BBC) No início da adolescência, enquanto cuidava da irmã caçula, Luana Santos decidiu que logo se tornaria mãe. "Eu falava que queria ter um (filho) só pra mim por ter cuidado dela", disse no documentário, enquanto estava grávida. Luana explicou, na produção, que sabia os métodos para evitar uma gravidez, como por meio do uso de anticoncepcional ou de preservativo. Porém, em determinado momento quis se tornar mãe e abandonou as formas de prevenção. Hoje, Luana diz que acreditava que a gestação faria com que ela passasse a ser vista como uma pessoa madura. "Eu realmente quis engravidar. Eu tinha muitos atritos com a minha mãe e achava que as pessoas entenderiam que eu era adulta se eu também virasse mãe", afirma à BBC News Brasil. A então adolescente morava junto com a mãe e as quatro irmãs na comunidade Morro dos Macacos, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O pai das garotas era traficante e morreu durante uma guerra de facções, quando as filhas ainda eram crianças. Quando soube da gravidez da primogênita, a mãe de Luana ficou triste. "Ela me rejeitou a gravidez inteira. Fiz o pré-natal sozinha, junto com o pai da minha filha. A minha mãe só aceitou a minha gestação quando precisou me acompanhar em um exame, por eu ser adolescente, e ouviu o coração da neta pela primeira vez", diz Luana. Durante a gestação, a mãe de Luana exigiu que a filha continuasse estudando. "Parei quando a minha filha nasceu e voltei dois meses depois, levando ela para a escola", diz. Pouco depois, Luana parou de estudar. Atualmente, ela está concluindo o ensino médio e planeja cursar administração. Hoje, Luana entende a postura da mãe. "Ela não aceitava que eu me tornasse mãe tão jovem. Agora, eu falo para a minha filha, que tem 16 anos, que não precisa ultrapassar etapas da vida. Ela pode viver cada fase", diz. "A minha filha namora há dois anos, mas a minha relação com ela é diferente da que eu tinha com a minha mãe. A gente conversa muito e sou muito parceira. Sou a primeira a saber e sempre digo para ela que não há ninguém melhor do que eu para ajudá-la", comenta Luana. Dois anos depois do nascimento da primeira filha, Luana se separou do então namorado e iniciou um novo relacionamento. Logo engravidou novamente. Nessa época, ela saiu da casa da mãe para viver com o então marido. Luana ficou por quatro anos com o pai do segundo filho e se separou. Depois, teve um novo relacionamento e teve o caçula. Atualmente, ela mora sozinha com os três filhos (de 16, 14 e nove anos) na comunidade Morro dos Macacos e tem uma microempresa de salgados para festas. Luana tem três filhos e trabalha como microempresária. 'Eu falo para a minha filha, que tem 16 anos, que não precisa ultrapassar etapas da vida', diz Arquivo pessoal via BBC Na adolescência, ela sonhava em ser atriz e fazia aulas de teatro. Mas desistiu da atuação desde a primeira gravidez. "Depois que fui mãe, abandonei, porque tive um filho atrás do outro", comenta. Atualmente, os filhos mais velhos dela fazem aulas de teatro. "Falei pra eles: se vocês conseguirem e for realmente isso que querem, seguem nessa área porque é lindo. Eles cresceram assistindo teatros, porque eu seguia páginas para conseguir ingressos de graça para a gente assistir peças", diz. Nas redes sociais, Luana costuma ser lembrada com frequência sobre o documentário. Hoje com 31 anos, ela considera que a produção a acompanhará para sempre. "Na época das gravações, tudo era muito bom pra mim. Toda vez que a equipe ia em casa para filmar era uma festa, sempre levavam presentes como fraldas descartáveis. Eu gostava muito disso", diz Luana. "Hoje as pessoas me enchem de perguntas sobre o documentário no Instagram, o pessoal me marca em publicações sobre os filmes e eu sempre tento falar sobre esse assunto", comenta ela, que tem 16 mil seguidores, conquistados em razão do Meninas. O câncer do colo do útero Edilene engravidou pela primeira vez aos 14 anos Gisele Camara (via BBC) Quando conheceu o namorado, Edilene Ferreira gostava de brincar de boneca e conversar com as amigas na região em que morava em Engenheiro Pedreira, em Japeri, na Baixada Fluminense. No documentário, ela conta que o rapaz, na época com 21 anos, foi o primeiro parceiro com quem teve relação sexual. O namoro durou cerca de seis meses, eles se separaram e pouco depois a garota descobriu que estava grávida. "Vou ficar aqui só até ganhar (o filho), porque ele tem outra mulher grávida", explicou Edilene, no documentário, ao comentar sobre o fato de ter se mudado para a casa do rapaz. Quando o bebê nasceu, a adolescente voltou para a casa da mãe, Maria José Ferreira, que na época estava grávida do quinto filho — ela engravidou do então marido pouco depois da filha. Após se tornar mãe, Edilene não voltou para o pai do primogênito e teve outros dois filhos — hoje eles têm 16, 13 e oito anos. Nos últimos anos, ela estava casada com o pai do caçula. No ano passado, Edilene sentiu dores constantes nas pernas e teve sangramentos, segundo a mãe dela. Quando procurou ajuda médica, passou por exames e foi diagnosticada com câncer do colo do útero. Ela precisou ser internada e o quadro de saúde piorou rapidamente. O tumor foi descoberto em um estágio muito avançado. "Disseram que não tinha mais como tratar", conta a mãe de Edilene. O câncer do colo do útero, na parte inferior do órgão (entre o corpo do útero e a vagina), é um dos mais frequentes entre as mulheres no país. Na imensa maioria dos casos, é causado por infecção persistente pelo Papilomavírus Humano (HPV) — que pode ser prevenido com vacina — , que caso não tratada pode progredir e evoluir lentamente para o câncer. HPV: por que vacinação de adolescentes contra vírus de transmissão sexual que causa câncer não avança no Brasil O HPV pode causar alterações graves que exigem tratamento. "O mais importante quando a mulher tem diagnóstico de HPV é o acompanhamento, porque caso ela apresente alguma alteração grave é possível fazer o tratamento e a retirada das lesões para não ocorrer a evolução para o câncer", explica a ginecologista e obstetra Laís Yamakami. No caso de Edilene, segundo a mãe dela, o câncer surgiu de maneira inesperada. "Foi tudo muito rápido, ela era totalmente saudável", afirma Maria à BBC News Brasil. Ela diz que a filha não tinha doenças e afirma não saber o motivo do surgimento do tumor. Edilene morreu aos 30 anos, em decorrência de câncer do colo do útero Arquivo pessoal (via BBC) Edilene morreu em junho do ano passado, aos 30 anos, cerca de um mês e meio após descobrir o câncer. "Foi uma tristeza muito grande. Ela era muito amiga. Era uma filha e uma amiga", emociona-se a mãe. Nas redes sociais, muitas pessoas que assistiram ao documentário lamentaram a morte dela. "Tão triste saber que ela se foi, mas ela sempre será lembrada", escreveu uma mulher em um perfil no Instagram sobre o documentário. "Tão nova e cheia de vida. Que Deus console o coração dos familiares, amigos e fãs", comentou outra, no mesmo perfil. O filho caçula de Edilene mora com o pai. Os dois mais velhos moram com a avó materna, em uma casa em Engenheiro Pedreira com outras cinco pessoas: dois tios e três primos. A principal renda da casa, diz Maria, vem das faxinas que ela faz duas vezes por semana e do valor que tem recebido do auxílio emergencial durante a pandemia de Covid-19. Além disso, ela afirma que recebe R$ 200 mensais do pai do segundo filho de Edilene. O fim do sonho de entrar para a Marinha 'Hoje em dia é mais fácil você ir num posto de saúde, pegar um preservativo. Na minha época as coisas não eram tão conversadas quanto hoje', diz Joice Vantoen Pereira Jr (via BBC) Em meio à história de Edilene surgiu Joice Delfino Rosa, a garota que engravidou do mesmo rapaz. "Eu sonhava em terminar meus estudos e me alistar para a Marinha. Mas agora não vai mais ser possível", desabafou a jovem, na época com 15 anos, em sua primeira cena no documentário. Ao longo do filme, Joice aparece em poucos momentos. "Eu dei graças a Deus que não apareci muito na época, porque eu tenho vergonha", relata à BBC News Brasil. Primeiro, a produção chegou à história de Edilene. Quando descobriram que o namorado da jovem havia engravidado outra garota também, a direção foi atrás de Joice para conhecer sua história. "A gente resolveu que a gente ia namorar em casa, mas aí depois aconteceu isso tudo: eu fiquei grávida e a outra menina (Edilene) também ficou grávida. Aí terminamos tudo e eu tento esquecer ele", explicou Joice no documentário. Ela, assim como Edilene, também morava em Engenheiro Pedreira. Joice diz à BBC News Brasil que não ficou preocupada quando descobriu a gravidez. "Mas fiquei muito sentida, porque na época eu gostava dele (o pai de sua filha)", conta. Ela comenta que seu maior medo era a reação dos pais, mas diz que eles a apoiaram quando souberam. Além disso, afirma ter recebido apoio do pai da criança e da mãe dele. Aos 32 anos, Joice atualmente está desempregada. Ela não voltou a estudar após a gravidez e teve várias ocupações: já foi auxiliar de serviços em hospital, copeira, faxineira e recentemente trabalhou como manicure e como vendedora de salgados. Depois do nascimento da primeira filha, Joice iniciou um novo relacionamento, se casou e teve outras duas filhas com o então marido, com quem ficou durante 10 anos. A experiência de se tornar mãe na adolescência é usada por Joice para conversar abertamente com as filhas — hoje com 16, 14 e 11 anos — sobre sexualidade. "Eu explico como é, para elas poderem enxergar a vida com outros olhos, não acharem que a vida é feita de flores", diz. "O povo, às vezes, me chama de maluca porque não tenho 'rodeio' com elas", conta. Hoje, Joice ressalta a importância de manter um diálogo transparente com suas filhas sobre sexualidade e cuidados: 'Rasgo o verbo mesmo' Arquivo pessoal (via BBC) Uma das preocupações dela como mãe é sobre a homofobia — a filha mais velha de Joice é lésbica. "A gente tem que sentar e conversar, porque o mundo aí fora hoje é puro preconceito. Então, tento passar o máximo de experiência", relata. Na casa da família, o documentário é motivo de brincadeira. "Elas (as filhas) assistem com frequência, ficam zoando e rindo da cara da gente", conta Joice. "Minha filha até tem um vídeo numa rede social dublando uma fala do pai dela no filme". "Pra mim, foi uma experiência totalmente nova, me olhar nos telões lá do cinema. Uma vergonha que só, mas foi positivo", afirma Joice, ao relembrar a estreia do documentário. "Foi uma boa experiência, a gente pôde alertar muitos com a nossa história, muitas meninas aprenderam muito com a gente e isso é muito gratificante pra mim." O atual cenário da gravidez na adolescência no Brasil As histórias das Meninas mostram também a realidade de muitas jovens brasileiras depois que seus filhos nascem: grande parte da responsabilidade, ou toda, fica com a mãe e seus familiares próximos. Isso costuma afetar duramente o futuro dessas adolescentes. "Uma menina pobre grávida vai estudar menos, ela vai pro mercado informal, vai ganhar significativamente menos... Como ela vai sair desse ciclo de pobreza?", questiona a pesquisadora Ana Lúcia Kassouf, docente sênior do Departamento de Economia, Administração e Sociologia (LES) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP. As mais afetadas pela gravidez na adolescência são as meninas pretas e pardas, que correspondem a sete em cada 10 mães adolescentes, segundo levantamento da Esalq com base em números da Pesquisa Nacional de Saúde de 2013 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento feito pela Esalq aponta que mães adolescentes ganham em média 30% menos (em comparação às que não têm filhos) quando chegam ao mercado de trabalho — esse número é maior nas regiões Norte e Nordeste, áreas em que chega a 34%, segundo a pesquisa. Os salários menores para essas garotas são explicados pela redução da escolaridade. Segundo o levantamento da Esalq, elas têm 12% menos chances (em comparação às que não são mães) de entrar no mercado formal. "Sabemos que há uma grande correlação entre pobreza e gravidez na adolescência", diz Ana Lúcia. Em relação às medidas de prevenção da gravidez, especialistas são unânimes em afirmar que apenas campanhas de abstinência não são eficazes. "Não defendemos a atividade sexual precoce, mas se essa atividade existe, temos que proteger essas meninas da gravidez com contracepção eficaz", diz a ginecologista Denise Monteiro, secretária da Comissão Nacional Especializada em Ginecologia Infanto Puberal da Febrasgo, responsável pelo estudo que avaliou os dados sobre gravidez na adolescência nos últimos 20 anos. Educação sexual ainda é tabu no Brasil e adolescentes sofrem com a falta de informação Após palestra de educação sexual na escola, criança revela abuso e homem é condenado a prisão "Tem que ter educação mostrando os contraceptivos, ensinar como escolher os mais adequados, mostrar onde buscar… Não permitir que ela tenha a possibilidade de engravidar nessa idade", reforça Ana Lúcia. O Ministério da Saúde afirma que o acesso à educação e aos serviços de saúde foram fundamentais para o declínio da gestação na adolescência nos últimos anos. Entre as políticas de uma estratégia nacional, segundo a pasta, estão "métodos contraceptivos, com destaque aos que protegem por mais tempo". Educação sexual para jovens: O que as escolas devem ensinar? "Atualmente, o SUS (Sistema Único de Saúde) oferta os preservativos masculino e feminino, a pílula combinada, o anticoncepcional injetável mensal e trimestral, o dispositivo intrauterino (DIU) de cobre, o diafragma, a anticoncepção de emergência (pílula do dia seguinte), a minipílula e o implante subdérmico", detalha a pasta. Gravidez com DIU? Entenda por que foto de bebê com dispositivo na mão não deve abalar eficácia do método Ainda segundo o ministério, existem "estratégias de planejamento familiar e reprodutivo, elaboradas no âmbito do Projeto Terapêutico Singular- PTS, com atendimento individual ou coletivo, de acordo com as expectativas, valores e necessidades das pessoas". De acordo com o Ministério da Saúde, em 2019 foram registradas 987.362 consultas de pré-natal para adolescentes no SUS. No ano seguinte foram 879.632 registros — dados preliminares. Não há nenhum recorte socioeconômico sobre esses números, informa a pasta. Enquanto o Ministério da Saúde ressalta o declínio nos números de gestações na adolescência, pesquisadoras destacam que essa redução está longe de representar que o problema está solucionado. Elas mencionam que é fundamental que haja cada vez mais políticas públicas sobre o tema, principalmente entre as mais novas. Uma preocupação grande é sobre as meninas de 10 a 14 anos. Nessa faixa etária, a diminuição nos índices nas duas últimas décadas foi menos expressiva: correspondeu a 26%, enquanto a queda para o grupo de 15 a 19 anos é de 40,7%. "O número de estupros de vulneráveis é muito alto, e sabemos que a realidade é muito maior que os números que são notificados. Então a gente tem que agir nesse público (de 10 a 14 anos) que a gente já detectou que é o problema", explica a ginecologista Denise Monteiro. As pesquisadoras alertam que além de orientação sexual para evitar gestações indesejadas, as políticas sociais e educativas precisam conscientizar essas adolescentes sobre os impactos de uma gestação nessa fase da vida. "Ela (a adolescente grávida) não tem a ciência de que possivelmente vai ficar sozinha, sem renda, com uma criança, parar de estudar…", aponta Ana Lúcia. "Uma pessoa de 11 anos achar que ela tem vontade de ser mãe, por exemplo, mostra que essa menina não tem outras perspectivas. Uma menina com perspectiva de futuro, de profissionalização, não vai querer engravidar cedo", afirma Denise. Para Luana Santos, é fundamental conversar com as adolescentes sobre como a vida de uma jovem muda após se tornar mãe. "Esse tema não pode ser colocado como um tabu e precisa ser falado, sim. Quanto mais falar, melhor", avalia. Ela admite que não pensava muito nisso quando engravidou aos 14. Luana na época em que engravidou pela primeira vez. Hoje, ela dá palestras para conscientizar adolescentes Gisela Camara (via BBC) Desde que o documentário ganhou repercussão, Luana passou a dar palestras para conscientizar sobre os problemas de uma gestação na adolescência. Ela sempre costuma frisar que a sua história exibida na produção não é um exemplo a ser seguido. Veja VÍDEOS sobre ciência e saúde: Veja Mais

Os 10 animais mais fortes do mundo

canaltech Independente do peso e altura de cada um, animais de diferentes espécies podem contar com uma força extraordinária de causar inveja aos humanos. Entre essas criaturas estão os animais grandes, como ursos, tigres e elefantes, que são capazes de carregar centenas de quilos de uma só vez, além de insetos bem menores, como formigas e besouros, que de delicado têm apenas o tamanho. Os 10 animais com a maior expectativa de vida do mundo 7 animais tão fascinantes que inspiraram a criação de robôs Comédia, bicho! Estas são as fotos de animais mais hilárias de 2021 Se você ficou curioso para descobrir a força que os animais podem ter, confira abaixo a lista com os 10 bichos mais fortes da natureza e quais são as características e os tornam tão poderosos assim. 10. Urso-pardo Imagem: Reprodução/Wirestock/Freepik Não se deixe enganar pela fofura do urso-pardo, animal que pode chegar a até três metros de altura e pesar entre 400 e 700 quilos. Como se não bastasse serem tão grandes e assustadores, eles são capazes de levantar mais de 500 quilos de uma só vez. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- 9. Anaconda/sucuri Imagem: Reprodução/Denis Doukhan/Pixabay  É claro que a cobra mais assustadora do mundo também é extremamente forte, não é mesmo? A anaconda, que é mais conhecida por aqui como sucuri, é capaz de apertar a sua presa jogando toda a pressão do seu corpo de 250 quilos nela, sufocando-a até a morte. 8. Elefante Imagem: Reprodução/Wirestock/Freepik Assim como os ursos, os elefantes também são fofos na mesma proporção em que são fortes. Um elefante, que é considerado o maior mamífero do mundo e o animal terrestre mais forte que existe, pode chegar a mais de seis mil quilos e carregar nada menos que nove mil quilos, o peso de 130 humanos adultos. 7. Boi-almiscarado Imagem: Reprodução/David Mark/Pixabay  Talvez você não conheça o boi almiscarado, visto que ele é bem diferente do boi que conhecemos. Mas esse animal, que pode chegar a até 410 quilos na vida adulta, tem força suficiente para carregar mais que o dobro do seu peso: 900 quilos. 6. Tigre Imagem: Reprodução/montypeter Já sabemos que o tigre é um dos felinos mais poderosos do mundo e que apenas a sua pata pode ser maior que um gato doméstico. E a sua força não fica para trás, pois ele é capaz de carregar cerca de 500 quilos, o dobro do seu peso corporal.  5. Águia Imagem: Reprodução/Wirestock/Freepik Estamos chegando a animais um pouco menores, mas que são, ainda assim, bastante fortes, e o primeiro deles é a águia, que também é o pássaro mais forte do mundo. Ela é capaz de carregar quatro vezes mais que o seu peso durante um voo, que pode chegar a até seis quilos quando atinge a vida adulta. 4. Gorila Imagem: Reprodução/Wirestock/Freepik Gorilas são amedrontadores, e devemos teme-los com razão. Esses animais são capazes de levantar, aproximadamente, dois mil quilos, o peso aproximado de 30 humanos e 10 vezes mais do que o seu peso, que pode chegar a 200 quilos. 3. Formiga-cortadeira Imagem: Reprodução/Signe Allerslev  Os três primeiros lugares da lista estão com os insetos, e a terceira colocação fica com a formiga-cortadeira. Mesmo pesando cerca de 500 miligramas apenas, essas formigas têm a potência de carregar em suas mandíbulas objetos, folhas e alimentos 50 vezes maiores do que o seu peso. 2. Besouro-rinoceronte Imagem: Reprodução/Daniel Wanke/Pixabay O besouro-rinoceronte, que pesa apenas 100 gramas, consegue carregar um peso 850 vezes maior que ele próprio. A fim de comparação, se nós, humanos, tivéssemos a força dele, conseguiríamos levantar quase 60 mil quilos. Toda essa força coloca o besouro-rinoceronte na segunda posição da lista. 1. Escaravelho sagrado Imagem: Reprodução/Wirestock/Freepik E a primeira colocação também fica com um besouro: o escaravelho sagrado. Este inseto não é só o mais forte do mundo, como também é a criatura mais forte em comparação com o peso do seu corpo. Assim como o besouro-rinoceronte, o escaravelho sagrado, que pesa menos de 100 gramas, é capaz de erguer qualquer coisa que seja 1.141 vezes o seu próprio peso corporal, sendo o equivalente a um ser humano levantar seis ônibus de dois andares cheios de pessoas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Aves assassinas eram criadas como galinhas por nossos antepassados Fiat Pulse | Novo SUV compacto já aparece sem camuflagem pelas ruas; veja Este é o hipercarro mais bonito do mundo, segundo especialistas em design Veja Mais

Presidente chinês promete 'reunificação' pacífica com Taiwan

em - Internacional O presidente chinês, Xi Jinping, prometeu neste sábado (9) uma "reunificação" inevitável com Taiwan por meios "pacíficos", enquanto a ilha relatou nos últimos dias um número recorde de incursões de aviões militares de Pequim.O chefe de Estado chinês falou por ocasião das comemorações do 110º aniversário da Revolução de 1911, que derrubou a última dinastia chinesa.O evento, que é celebrado hoje na China Comunista, também será recordado no domingo (10) em Taiwan, onde Sun Yat-sen, o primeiro e efêmero presidente chinês, é considerado o pai da nação.A ilha de Taiwan, que goza de um sistema democrático, é governada por um poder independente de Pequim desde a vitória dos comunistas sobre o continente em 1949. A China considera este território como uma de suas províncias. E ameaça usar a força no caso de uma proclamação formal de independência da ilha."Alcançar a reunificação da pátria por meios pacíficos é do interesse geral da nação chinesa, incluindo dos compatriotas de Taiwan", declarou Xi Jinping no enorme Palácio do Povo em Pequim, com um retrato de Sun Yat-sen ao fundo.Apesar de sua rivalidade política e histórica, Pequim e Taipé derivam sua legitimidade da Revolução de 1911."A reunificação de nosso país pode e será alcançada", garantiu Xi Jinping, alertando contra qualquer interferência estrangeira. "A questão de Taiwan é um assunto puramente interno da China", insistiu, enquanto Washington admitiu na sexta-feira (8) que treinava em segredo o Exército taiwanês há meses.Um contingente de cerca de 20 membros das operações especiais e forças convencionais americanas vem conduzindo o treinamento há menos de um ano, segundo informou à AFP um funcionário do Pentágono, sob anonimato.Os Estados Unidos fornecem armas a Taiwan, incluindo mísseis de defesa e caças, em meio à ameaça de Pequim de retomar o controle da ilha à força e reintegrá-la à China. Os americanos também têm um compromisso ambíguo de defender Taiwan, que Pequim considera uma província rebelde."Ninguém deve subestimar a forte determinação (...) do povo chinês em defender a soberania nacional e a integridade territorial", advertiu Xi neste sábado.A comemoração da Revolução é um dos poucos eventos que unem a China e Taiwan. A líder da ilha, Tsai Ing-wen, inimiga dos comunistas por suas tendências separatistas, também deve fazer um discurso no domingo por conta do aniversário."Aqueles que traem a pátria e dividem o país nunca terminam bem", ameaçou Xi Jinping a respeito dos separatistas taiwaneses.As comemorações dos acontecimentos de 1911 ocorrem em meio a tensões no Estreito de Taiwan, após a maior incursão nos últimos dias por aviões militares chineses na zona de identificação de defesa aérea da ilha. Veja Mais

Facebook adia lançamentos devido a problemas de reputação

Facebook adia lançamentos devido a problemas de reputação

Tecmundo Segundo o The Wall Street Journal, o Facebook está adiando lançamentos de produtos e recursos para realizar “análises de reputação”, enquanto lida com denúncias de ex-funcionários internos, vazamento de dados e processos no Congresso dos Estados Unidos.A empresa, que enfrenta um período de muita atenção por parte do público e das autoridades, anunciou que irá pausar o desenvolvimento do Instagram Youth — plataforma projetada para crianças com menos de 13 anos. Em setembro, uma reportagem do The Wall Street Journal  divulgou pesquisas internas do Facebook comprovando que o Instagram fazia mal para a saúde mental de garotas adolescentes. Leia mais... Veja Mais

Carol Solberg critica Bolsonaro por veto à distribuição de absorventes

O Tempo - Política A jogadora voltou a se manifestar contra o governo do presidente Jair Bolsonaro Veja Mais

Prefeitura diz que irá multar Bolsonaro por passeio sem máscara

O Tempo - Política Presidente não usou máscara de proteção contra a Covid-19 durante passeio pelo município neste sábado Veja Mais

Londres pede à UE 'grandes mudanças' nos protocolos na Irlanda do Norte

em - Internacional O governo britânico exigiu "grandes mudanças" no protocolo de disposições alfandegárias na Irlanda do Norte após o Brexit, dias antes da União Europeia (UE) responder a uma proposta de Londres sobre o assunto.O secretário de Estado britânico do Brexit, David Frost, deve fazer um discurso em Lisboa na terça-feira pedindo à UE que mostre "ambição e vontade" nesta questão, de acordo com um comunicado transmitido por Downing Street na noite deste sábado (9).O protocolo foi concebido para evitar um regresso da fronteira na ilha da Irlanda que colocaria em risco a frágil paz, mas resultou na introdução de controles sobre as mercadorias que chegam à Irlanda do Norte (região do Reino Unido) oriundos da ilha da Grã-Bretanha.Unionistas irlandeses e conservadores britânicos afirmam que este sistema causa problemas de abastecimento e criou uma fronteira marítima dentro do Reino Unido.A indignação com este protocolo incentivou os violentos confrontos que ocorreram na Irlanda do Norte na primavera e alimentou o espectro de três décadas de conflito na província, onde 3.500 pessoas morreram até os acordos de paz de 1998.O governo de Boris Johnson exigiu de Bruxelas uma profunda renegociação deste dispositivo e a UE deve oferecer sua resposta às propostas britânicas nesta quarta-feira.Frost "se comprometerá a examinar cuidadosamente" e "tão positivamente quanto possível" esta resposta, bem como a iniciar "negociações intensivas muito em breve".No entanto, o secretário do Brexit avisou que não aceitará "negociações intermináveis" e que, nesse caso, não hesitará em suspender o protocolo da Irlanda do Norte ativando um artigo que lhes permite desconsiderar algumas cláusulas do acordo em caso de "graves dificuldades econômicas e sociais ou ambientais".A imprensa britânica afirma que a União Europeia prepara uma proposta para acabar com a chamada "guerra das salsichas" que prevê isenções para dar continuidade ao envio de carne refrigerada da Grã-Bretanha para a Irlanda do Norte para produtos ligados à "identidade nacional".Em seu comunicado, Downing Street alerta que qualquer solução "deve ir além da questão das salsichas". Veja Mais

Por onde anda o elenco de Seinfeld?

canaltech Seinfeld é uma das sitcoms mais cultuadas de todos os tempos e agora está disponível na íntegra e com exclusividade no catálogo da Netflix. Com um total de nove temporadas, a série de comédia da década de 1990 segue a premissa de acompanhar a vida cotidiana de quatro amigos em Nova York: Jerry Seinfeld, George Constanza, Elaine Benes e Cosmo Kramer. 7 motivos para assistir Seinfeld na Netflix As 10 melhores séries de comédia originais da Netflix Fãs de Seinfeld não estão felizes com a versão que foi ao ar na Netflix Sabe-se que a série foi inspirada na vida de Jerry Seinfeld e sua carreira como comediante. Descrita popularmente (e de forma muito frequente) como "uma série sobre nada", Seinfeld ganha o expectador pela simplicidade nas ocasiões rotineiras e no talento artístico e humorístico de seu elenco para transformar tais situações em cenas memoráveis. No entanto, você já se perguntou como e por onde está o elenco de Seinfeld atualmente? O Canaltech revela pra você onde estão nossos personagens favoritos desde a finale da série. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! Jerry Seinfeld (Imagens: NBC e Netflix) O protagonista, criador e roteirista de Seinfeld é muito ativo no gênero da comédia para televisão. Levando a carreira no ramo do stand-up desde sempre, Jerry fez alguns trabalhos para o cinema interpretando a si mesmo, mas também participou do elenco de voz original da animação Bee Movie para a Dreamworks, vivendo a abelha Barry Benson. Para a televisão, o ator e humorista fez diversos trabalhos em participações especiais, como na série 30 Rock e Mad About You. Na Netflix, Jerry Seinfeld possui diversos especiais, mas vale destacar a série Comedians in Cars Getting Coffee, em que a cada episódio ele convida uma celebridade diferente para tomar um café e simplesmente bater papo. A atração já tem seis temporadas. Jason Alexander (Imagens: NBC e YouTube) Conhecido por viver George Costanza em Seinfeld, Jason Alexander possui uma longa carreira tanto na televisão quanto no cinema. Sua filmografia inclui títulos de sucesso, mas sobretudo com participações especiais em Young Sheldon, Os Simpsons, The Marvelous Mrs. Maisel, Todo Mundo Odeia o Chris, Mad About You, Friends entre outras produções. O ator também participou de um dos clipes da banda Nickelback, interpretando um barista numa cafeteria para a música Trying not to Love You, ao lado de Brooke Burns, atriz de Baywatch. Em 2020, o ator fez parte do elenco dos filmes As Pílulas do Meu Amor, ao lado de Jaime Camil e Sandra Echeverría; e Faith Based, ao lado de Christoph Sanders e Luke Barnett. Alexander atualmente está no elenco de voz do documentário The Gettysburg Address, ainda sem uma data de estreia. Julia Louis-Dreyfus (Imagens: NBC e Marvel Studios) A eterna Elaine Benes também possui uma carreira e tanto na televisão. Ícone da comédia, Julia Louis-Dreyfus fez sucesso na sitcom Veep, que acompanha Selina Meyer, vice-presidente dos Estados Unidos em sua jornada de reeleição em meio a sua oscilante popularidade. A série durou ao todo sete temporadas e premiou a atriz diversas vezes por sua atuação. Além disso, a comediante chegou a fazer participações especiais nas séries 30 Rock, Arrested Development, Curb Your Enthusiasm e apresentou o programa Saturday Night Live três vezes. Dreyfus também está no Universo Cinematográfico Marvel, fazendo participações em Falcão e o Soldado Invernal e Viúva Negra como Valentina Allegra de Fontaine. Para a Disney, a atriz também fez parte do elenco de voz original da animação Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica. Michael Richards (Imagens: NBC e Synapse) Depois de Seinfeld, Michael Richards dedicou-se à carreira do stand-up, onde ficou por diversos anos nos palcos até anunciar sua aposentadoria em 2007. Assim como o resto do elenco, ele fez uma participação especial na série Curb Your Enthusiasm, de Larry David, mas também chegou a aparecer em Mad About You, Kirstie, David Copperfield e na série de Jerry Seinfeld, Comedians in Cars Getting Coffee. Nos cinemas, Richards foi voz original de Bud Ditchwater em Bee Movie, e após isso ficou anos sem aparecer em frente às câmeras, estrelando apenas um curta-metragem entre o lançamento da animação e 2019, no filme Na Balada do Amor, para a Netflix. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Fóssil bem preservado encontrado na China pode conter DNA de dinossauro O céu não é o limite | Novas fotos de Mercúrio, galáxias em colisão e mais Os 10 Pokémon mais raros da franquia Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Veja Mais

Coalizão de centro-direita pode tirar premiê conservador

O Tempo - Mundo Com 99,9% dos votos apurados, o cenário aponta para uma possível saída de Andrej Babis Veja Mais

Aposentados temem calote no pagamento dos precatórios em 2022

O Tempo - Política Isso porque PEC no Congresso Nacional não garante o pagamento de todas as dívidas, além de prever o parcelamento em até dez vezes dos créditos Veja Mais

Quais são os videogames mais vendidos do mundo?

canaltech Em 1972, o mundo conheceu o primeiro console: Magnavox Odyssey. Desenvolvido pelo engenheiro alemão Ralph Baer, o videogame tinha jogos em sua memória, basicamente de simulações de esportes, mas com mecânicas e visuais muito parecidos entre si. O tempo foi passando até a oitava geração, que vivemos desde 2013, em que gráficos ultra realistas, reprodução de sensações e hardwares potentes dominam o mercado. 7 acessórios curiosos da história dos videogames Quais são os maiores mapas dos games? 10 curiosidades sobre a PlayStation Atualmente, em 2021, os videogames mais avançados são o PlayStation 5, da Sony, e os Xbox Series X e Series S, da Microsoft, todos da nova geração. Lançados em novembro de 2020, os poderosos consoles ainda não conseguiram chegar no topo de venda devido a sua escassez no mercado. No entanto, eles já bateram recordes de vendas em suas estreias e quem sabe, daqui alguns anos, se tornem grandes sucessos comerciais. Com tantos videogames diferentes lançados ao longo dos anos, é de se esperar que alguns tenham sido mais populares do que outros. Pensando nisso, o Canaltech separou os 10 videogames mais vendidos no mundo, até setembro de 2021. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- 10. Game Boy Advance O sucessor do Game Boy e do Game Boy Color trouxe uma experiência para os portáteis de cartuchos. Lançado em 2001, o GBA tem uma tela LCD com retroiluminação, um avanço em relação seus antecessores, com jogos em gráficos 2D e de 32 bits; alguns chegavam perto do 3D. O console portátil da Nintendo parou de receber jogos em 2008, mas é impossível lembrar dele sem associá-lo a Pokémon FireRed e LeafGreen, Ruby, Sapphire e Emerald, Super Mario Advance, The Legend of Zelda: A Link to the Past, Metroid Fusion, Dragon Ball Z: The Legacy of Goku e tantos outros clássicos. Unidades vendidas: 81,51 milhões.   9. Xbox 360 Com sua versão padrão chegando em 2005 e o modelo Slim em 2010, o console foi o maior sucesso da Microsoft e marcou de vez a entrada da gigante da tecnologia no mundo dos games. Mesmo com o lançamento do primeiro Xbox, em 2001, foi no 360 que a empresa norte-americana popularizou grandes franquias como Halo, Gears of War, Forza e jogos de Kinect. Unidades vendidas: 85,8 milhões.   Assine já: Xbox Game Pass Ultimate é um pacotão que inclui o Live Gold, biblioteca com mais de 100 jogos de Xbox e PC, além de descontos exclusivos! 8. PlayStation 3 (PS3) O irmão menos bombástico entre os consoles de mesa da Sony, de 2006, foi marcante para as principais franquias da empresa, que ecoaram o sucesso para suas próximas gerações. The Last of Us, God of War 3, Uncharted, Gran Turismo e inFamous são alguns dos títulos de maior sucesso no videogame e também responsáveis por garantir suas desenvolvedoras na PlayStation Studios, o selo de produtoras exclusivas de consoles PlayStation. Unidades vendidas: 87,41 milhões   7. Nintendo Switch O videogame mais recente da Big N, lançado em 2017, conseguiu ser o sucesso que o Wii U não foi, com uma boa proposta de console portátil e também para conectar na TV. O Switch usa os controles Joy-Con de forma parecida com o Wii, incentivando movimentos. Foi neste console também que The Legend of Zelda: Breath of The Wild e Animal Crossing: New Horizons fizeram sua estreia e se tornaram alguns dos principais jogos da história dos games. A versão aprimorada com tela OLED chegou recentemente aos Estados Unidos, Japão e outros países — no Brasil, o modelo chegará somente em 2022. Unidades vendidas: 89,04 milhões   6. Wii Lançado em 2006, o console e seu Wii Remote trouxeram uma proposta completamente nova para o mundo dos games, em que ficar apenas sentado no jogo não era mais uma opção. Com diversos jogos no Wii Sports e do Wii Sports Resort para simular partidas de boliche, tênis, boxe, pesca e tantos outros, muitas televisões se quebraram na hora da empolgação. As mecânicas também são usadas em outros games como Super Mario Galaxy, Mario Kart e The Legend of Zelda: Twilight Princess. Unidades vendidas: 101,64 milhões   5. PlayStation (PS1) A estreia da Sony no mercado de games se deu com o pequeno console cinza, em 1994. O videogame recebeu diversos clássicos como os games da série Final Fantasy, Gran Turismo, Tomb Raider, Tony Hawk's Pro Skater e Crash Bandicoot, muito amados até hoje. O eletrônico ainda reproduz CDs de música e tem uma versão com um monitor LCD para que os jogadores pudessem assistir DVDs. Unidades vendidas: 102,5 milhões   4. PlayStation 4 (PS4) Mais um sucesso da Sony, lançado em 2013, e também a cada em que novas franquias da marca nasceram, tiveram um novo capítulo ou até se despediram. No quarto console, que tem um modelo padrão, um slim e o PS4 Pro com gráficos em 4K e mais poder gráfico, os fãs experimentaram grandes jogos como Last of Us Part II, God of War, Marvel's Spider-Man, Horizon Zero Dawn, Ghost of Tsushima e Death Stranding. Unidades vendidas: 116,44 milhões.   3. Game Boy Depois do Game & Watch, em 1980, a Nintendo popularizou os portáteis em 1989 com seu novo console. O clássico visual cinza com botões vermelhos e tela verde tem jogos amados como Pokémon Red e Blue, Gold e Silver, Tetris, Super Mario Land, Donkey Kong Land e Kirby's Dream Land. Em 1998, o Game Boy Color foi lançado, como uma nova experiência para esses jogos, só que em cores. Unidades vendidas: 118,69 milhões.   2. Nintendo DS Em 2004, poucas coisas eram mais legais no mundo dos games do que um portátil com duas telas e uma canetinha. Muitos jogos aproveitavam o conceito para colocar o game em uma tela e um mapa na outra, entre tantas outras funções. New Super Mario Bros., Mario Kart DS, Pokémon Diamond e Pearl, Black e White, HeartGold e SoulSilver, The Legend of Zelda: Phantom Hourglass e muitos outros eram jogos populares do videogame. Anos depois, em 2011, o console foi aprimorado para sua versão Nintendo 3DS, que simulava projeções fora das telas e experiências ainda mais legais com o pequeno videogame. Entre os maiores sucessos estão Mario Kart 7, Pokémon X e Y, Omega Ruby e Alpha Sapphire e outros remakes especiais. Unidades vendidas: 154,9 milhões (os números de vendas do 3DS também são considerados nas estatísticas).   1. PlayStation 2 (PS2) Se você é fã de videogames, provavelmente já jogou o PS2 e teve muitos jogos na sua coleção. Sem dúvidas, este é um dos consoles mais populares do Brasil e do mundo. O PS2 foi lançado em 2000 e também foi o responsável por apresentar diversos jogos e personagens icônicos, apenas para cravá-los nos corações dos jogadores. God of War, GTA San Andreas e Vice City, Guitar Hero, Resident Evil 4, Need For Speed, Winning Eleven/PES, Metal Gear, Kingdom Hearts e centenas de outros títulos são inesquecíveis graças a popularidade deste videogame e seus cartões de memória de 8MB. Unidades vendidas: 157,68 milhões.   Compre aqui o Xbox Series S e entre para a nova geração com o modelo mais compacto da Microsoft Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Fóssil bem preservado encontrado na China pode conter DNA de dinossauro O céu não é o limite | Novas fotos de Mercúrio, galáxias em colisão e mais Os 10 Pokémon mais raros da franquia Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Veja Mais

Polícia resgata 126 migrantes em um contêiner na Guatemala

em - Internacional A polícia guatemalteca resgatou 126 migrantes neste sábado (9), a maioria haitianos, que foram abandonados dentro de um contêiner no sul do país enquanto tentavam cruzar para o México e chegar aos Estados Unidos, informou a instituição.Os migrantes foram localizados na madrugada após "uma denúncia sobre um trailer abandonado" em uma rodovia entre as cidades do sul de Nueva Concepción e Cocales, o porta-voz da Polícia Nacional Civil (PNC), Jorge Aguilar, disse a jornalistas.No local, foi encontrado um caminhão com um contêiner onde "foram encontrados 126 indocumentados", acrescentou."Ouvimos gritos e batidas dentro do contêiner. Abrimos as portas e encontramos dentro de 126 pessoas sem documentos: 106 do Haiti, 11 do Nepal e nove de Gana", disse.Fotografias divulgadas pela polícia mostraram migrantes saindo da van com mochilas ou sentados na estrada. O grupo foi levado a um abrigo do Instituto de Migração da Guatemala.A região, onde milhares de guatemaltecos, hondurenhos, salvadorenhos e nicaraguenses emigram para os Estados Unidos todos os anos, também enfrenta uma crise migratória devido à passagem de uma onda de milhares de migrantes, principalmente haitianos, em rumo ao país americano em busca de melhores oportunidades, apesar da jornada perigosa e exaustiva.Mais de cinquenta migrantes morreram no Panamá este ano enquanto tentavam cruzar a área da selva de Darien, na fronteira com a Colômbia, informou esta semana um funcionário da promotoria panamenha.Na sexta-feira, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) disse que mais de 7.500 migrantes haitianos foram expulsos em menos de três semanas pelos Estados Unidos, que fretou 70 voos para deportá-los.Uber Veja Mais

Blinken receberá chanceleres de Israel e dos Emirados Árabes Unidos

em - Internacional O chefe da diplomacia americana, Antony Blinken, receberá na quarta-feira seus homólogos israelenses e emirados para tratar, em particular, da continuação do processo de reconhecimento de Israel pelos países árabes, anunciou o Departamento de Estado neste sábado (9).O secretário de Estado dos EUA manterá conversas bilaterais separadas com o ministro das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, e depois com seu homólogo dos Emirados Árabes Unidos, o xeque Abdullah bin Zayed Al Nahyane, antes de uma reunião trilateral, acrescentou a chancelaria.O tema das discussões será "o progresso feito desde a assinatura dos acordos de Abraham no ano passado, as possibilidades futuras de colaboração e questões bilaterais, incluindo segurança e estabilidade regional", afirmou.Em meados de setembro, Blinken já havia realizado um encontro virtual com seus homólogos do estado hebraico, Emirados Árabes Unidos e Marrocos, após o qual encorajou mais países árabes a reconhecer Israel, no primeiro aniversário dos acordos de normalização históricos concluídos sob os auspícios do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.Em 15 de setembro de 2020, os Emirados e Bahrein se tornaram os primeiros países do Golfo a normalizar publicamente suas relações com Israel. Marrocos e Sudão seguiram o exemplo.Depois de sua chegada ao poder, o governo democrata do presidente Joe Biden, apesar de pretender romper com a era Trump, aprovou esses acordos, considerados um dos principais sucessos diplomáticos de seu antecessor republicano. Veja Mais

Casos de coronavírus aumentam em crianças com idade escolar no Reino Unido

O Tempo - Mundo Com o inverno se aproximando, o governo corre para estender a vacinação para crianças nessa faixa etária Veja Mais

Na República Checa, partido do premiê Andrej Babis perde eleições parlamentares

em - Internacional O partido de centro do primeiro-ministro Andrej Babis perdeu por pouco as eleições parlamentares da República Checa neste sábado, 9, um acontecimento surpreendente que pode significar o fim do reinado do bilionário populista no poder. Com os votos de 99,7% das urnas contados, o Escritório de Estatísticas Tcheco disse que o Together, uma coalizão liberal-conservadora de três partidos, obteve 27,7% dos votos, derrotando o partido ANO de Babis, que ganhou 27,2%. Em outro golpe para os populistas do país, outra coalizão liberal de centro-esquerda do Partido Pirate e STAN, um grupo de prefeitos, recebeu 15,5% dos votos e terminou em terceiro, informou o escritório de estatísticas. As duas coalizões têm apoio suficiente para criar um novo governo.A eleição de dois dias para preencher 200 cadeiras na Câmara Baixa do Parlamento da República Checa ocorreu logo depois que o Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos relatou detalhes das negociações financeiras de Babis no exterior no projeto apelidado de "Pandora Papers". Babis negou qualquer irregularidade.Fonte: Associated Press. Veja Mais

Haiti condena as declarações 'racistas' de Trump sobre migrantes

O Tempo - Mundo O ex-presidente norte-americano disse que a entrada de pessoas daquele país coloca os americanos em sob o risco de contrair Aids Veja Mais

Moto G60s vs Redmi Note 10S: Motorola tem intermediário melhor que Xiaomi? | Comparativo

tudo celular Qual deles é a melhor opção ao consumidor neste momento? Veja todos os detalhes no nosso Comparativo. Veja Mais

Turistas aproveitam reabertura a visitações do Palácio da Liberdade, em BH

O Tempo - Diversão - Magazine Depois de 17 meses fechado, sede histórica do Governo do Estado reabriu as portas ao público neste sábado Veja Mais

Vendas de R. Kelly crescem mais de 500% após condenação por crime sexual

O Tempo - Diversão - Magazine Segundo a Rolling Stone americana, as músicas dele tiveram um crescimento de dois dígitos nas transmissões de streaming, de áudio e vídeo Veja Mais

Vencedora do Nobel da Paz critica ambiente de desinformação no Facebook

O Tempo - Mundo À agência Reuters, Maria Ressa, 58, disse que a rede falha em proteger suas plataformas contra a propagação de fake news Veja Mais

Tribunal dos EUA restabelece lei que proíbe a maioria dos abortos no Texas

O Tempo - Mundo Legislação, que proíbe o procedimento assim que for detectado batimento cardíaco do feto, tinha sido suspensa após uma ação do governo Biden Veja Mais

Ministério da Economia remaneja R$ 70,1 bilhões para conseguir pagar salários e aposentadorias

G1 Economia Governo usou arrecadação extra para conseguir pagar despesas obrigatórias. Agora, precisa que Congresso autorize abertura de crédito, mas projeto empacou em comissão. O Ministério da Economia editou uma portaria nesta sexta-feira (8) para remanejar R$ 70,1 bilhões do Orçamento a fim de pagar salários de servidores, aposentadorias, pensões militares e outros benefícios. O dinheiro saiu da arrecadação com tributos, que veio acima do previsto, e do superávit (saldo positivo) resgatado pela União de fundos do governo. Ou seja, para abrir o crédito suplementar destinado a pagar os gastos obrigatórios, a portaria cancelou essas dotações orçamentárias. A norma, publicada em edição extra do “Diário Oficial da União”, é assinada pelo secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal. O remanejamento é necessário para cumprir a chamada regra de ouro. Pela norma, o governo federal é proibido de se endividar para pagar despesas correntes, como salários de servidores e benefícios da Previdência Social. Porém, a equipe econômica avalia que esse remanejamento não será suficiente, e o governo ainda precisa de cerca de R$ 100 bilhões para cobrir todos os gastos obrigatórios em 2021. Quando a regra de ouro é descumprida, o Executivo necessita do aval do Congresso para abrir crédito suplementar e garantir o pagamento das despesas obrigatórias. Segundo apurou a TV Globo, a autorização é considerada “urgente” para 2021. O governo ainda precisa que o Congresso aprove um projeto de lei enviado pela pasta em junho com pedido de autorização para abrir crédito suplementar de R$ 164,05 bilhões. Porém, esse projeto sequer foi apreciado pela Comissão Mista de Orçamento (CMO). Ao apresentar parecer na comissão sobre o projeto no final de agosto, o relator, deputado Hildo Rocha (MDB-MA), ainda reduziu o valor a ser autorizado para R$ 28,5 bilhões – bem abaixo dos R$ 100 bilhões necessários segundo projeção da equipe econômica. Diante do desempenho positivo na arrecadação federal, Rocha avaliou que seria “mais coerente” evitar a emissão de dívida neste ano. Sempre que o governo descumpre a regra de ouro, o Executivo fica “na mão” do Congresso para obter a autorização de crédito suplementar. Com o poder de barganha, uma fonte da equipe econômica avalia que a cada ano os parlamentares aproveitam a situação para pressionar o governo a ceder em questões que geram impasse. Veja Mais

Toffoli diz que pedidos tinham de ser endereçados à PGR e arquiva duas notícias-crime contra Guedes

G1 Economia Um dos pedidos também tinha como alvo o presidente do BC, Roberto Campos Neto. Consórcio de jornalistas revelou que ele e Guedes têm empresas em países considerados paraísos fiscais. O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto (esq.), e o ministro da Economia, Paulo Guedes, em imagem de junho Ueslei Marcelino/Reuters O ministro Dias Toffoli arquivou por razões formais nesta sexta-feira (8) duas notícias-crime apresentadas ao Supremo Tribunal Federal com pedido de abertura de investigação do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, devido à revelação de que ambos mantêm empresas "offshore" em paraísos fiscais. Uma das petições é de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e tem como alvos Guedes e Campos Neto. A outra, da Associação Brasileira de Economistas pela Democracia, diz respeito somente a Guedes. Há outro pedido, do PDT, que ainda não tinha sido analisado pelo ministro até a publicação desta reportagem. Nos casos das duas petições arquivadas, o ministro entendeu que esse tipo de pedido tem de ser endereçado à Procuradoria-Geral da República (PGR) e não ao Supremo. "Em hipóteses como a presente, portanto, em respeito ao sistema acusatório, não há como o Judiciário substituir a atividade ministerial exercendo juízo valorativo sobre fatos alegadamente criminosos, atribuição exclusiva do Parquet [procurador-geral], tampouco cabe ao Judiciário que 'solicite a abertura de investigação' como constou na inicial", argumentou o ministro. Segundo Toffoli, "o requerente pode apresentar a noticia-crime diretamente à Procuradoria-Geral da República, não cabendo ao Judiciário imiscuir-se na atuação daquele órgão ou substituir o cidadão nesse encaminhamento. Consideradas essas premissas, não há qualquer providência a ser adotada na seara judicial". Para os advogados de Guedes e Campos Neto, Ticiano Figueiredo e Pedro Ivo Velloso, o arquivamento "é mais uma demonstração inequívoca de que não há ilegalidade em manter um veículo de investimento no exterior, declarado à Receita e demais órgãos competentes, muito antes de Paulo Guedes e Roberto Campos Neto ingressarem no governo". "Os documentos apresentados pela defesa à PGR demonstram de forma clara que o Ministro se afastou da gestão da empresa e que jamais se beneficiou, de qualquer forma, do cargo que ocupa, seguindo, sempre, as determinações da Comissão de Ética Pública, do Código de Conduta da Alta Administração Federal e da Lei de Conflito de Interesses", escreveram os advogados em nota. Na última quarta-feira (6), por 310 votos a 142, a Câmara dos Deputados aprovou requerimento de convocação de Guedes para que ele dê explicações ao plenário da Casa sobre movimentações financeiras no exterior por meio de uma empresa offshore nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal (vídeo abaixo). Câmara convoca Guedes para dar explicações ao plenário sobre offshore em paraíso fiscal A convocação de Guedes pelo plenário é a terceira aprovada na Câmara desde esta terça-feira (5). As comissões de Trabalho e de Fiscalização e Controle aprovaram requerimentos com a mesma finalidade. Ainda não há data definida para que o ministro e o presidente do BC compareçam à Câmara. A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou convites a Guedes e Campos Neto. A existência de empresas do ministro e do presidente do Banco Central no exterior foi revelada no último fim de semana pela investigação chamada "Pandora Papers", do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. A manutenção de empresas no exterior, mesmo em paraísos fiscais, não é ilegal, desde que declarada à Receita Federal. O questionamento da oposição diz respeito a eventual conflito de interesse no fato de o ministro da Economia eventualmente se beneficiar de políticas do governo ao manter uma empresa no exterior. Nesta sexta, durante transmissão ao vivo na internet, promovida por uma instituição financeira, Guedes afirmou que não cometeu ilegalidade (vídeo abaixo). Paulo Guedes falou hoje pela primeira vez sobre empresa em paraíso fiscal "Sobre 'offshore', elas são legais. Ela foi declarada, não houve movimento cruzando as fronteiras, trazendo dinheiro do exterior ou mandando dinheiro ao exterior. Desde que eu coloquei dinheiro lá, em 2014/2015, eu declarei legalmente", disse o ministro. Offshore é uma palavra que significa, em tradução livre, 'além da costa' – algo que está fora do território de um país. No caso das empresas, trata-se de uma companhia aberta por pessoas ou outras empresas em um país diferente daquele em que se residem. Guedes afirmou ainda que não há conflito de interesse em relação às atividades dele como ministro porque deixou a empresa antes de ingressar no governo. Segundo ele, os recursos depositados no exterior estão sob a responsabilidade de administradores independentes "em jurisdições nas quais minhas ações não tem influência de jeito nenhum". "Eu saí da companhia dias antes de vir aqui [ao governo], eu dei todos os documentos", acrescentou. Veja Mais

5 funções básicas que o Windows 11 não possui ou precisa melhorar

5 funções básicas que o Windows 11 não possui ou precisa melhorar

Tecmundo O Windows 11 estreou na última terça-feira (5) e apresentou ao mundo um visual moderno, detalhado com inúmeras animações e "efeitos de luz" — referindo-se aos efeitos de transparência em toda a interface, como sugere a Microsoft. Neste contexto, apesar do novo sistema operacional "encantar" com suas novidades, parte dos usuários podem encontrar mudanças que os deixarão nostálgicos ou, em casos extremos, com desejo de reverter a atualização.A dualidade desta situação, mais especificamente se referindo a nova linguagem de design do Windows 11, se dá pelo reaproveitamento de alguns recursos presentes em versões anteriores e a deliberada ausência de outros, pelo menos nesta última compilação. Enquanto as repetições não incomodam, já que aparecem como uma "alternativa" as novas funcionalidades, as abstenções fazem falta — mesmo que se apresentem em pequenas mudanças, imperceptíveis no plano geral, mas incômodas no cotidiano.Leia mais... Veja Mais

As principais datas da vida de Abolhassan Banisadr

em - Internacional As principais datas de Abolhassan Banisadr, o primeiro presidente do Irã eleito por sufrágio universal, antes de ser destituído 17 meses depois, que faleceu neste sábado (9), em Paris, aos 88 anos.- 22 de março de 1933: nascimento em Hamadan (oeste do Irã).- 1950: começa a militar nas fileiras da Frente Nacional, o movimento de Mohammed Mossadegh, primeiro-ministro nos anos 1950 e principal arquiteto da nacionalização da Anglo-Iranian Oil Company que mais tarde se tornaria British Petroleum (BP).- 1963: primeiro exílio em Paris.- 1° de fevereiro de 1979: retorna a Teerã com o imã Khomeini, do qual se torna ministro. - 26 de janeiro de 1980: eleito primeiro presidente da República Islâmica do Irã.- 21 de junho de 1981: destituído pelo Parlamento por "incompetência política".- 29 de julho de 1981: deixa o Irã clandestinamente e obtém asilo político na França.- Agosto de 1981: funda o Conselho Nacional de Resistência Iraniano (CNR), com o líder exilado dos Mujahedin do Povo, Massoud Rajavi.- Abril de 1984: deixa o CNR e rompe politicamente com Rajavi.- 9 de outubro de 2021: morte aos 88 anos em Paris. Veja Mais

Tribunal dos EUA restabelece lei que proíbe a maioria dos abortos no Texas

em - Internacional Um tribunal federal de apelações de Nova Orleans autorizou, na sexta-feira (8), o Texas a restabelecer uma lei polêmica que proíbe a maioria dos abortos no estado americano. Essa lei, que entrou em vigor em 1º de setembro, proíbe o aborto assim que for detectado o batimento cardíaco do feto, por volta das seis semanas de gestação, quando a maioria das mulheres ainda não sabe que está grávida.O Projeto de Lei do Senado 8 (SB8) não oferece exceções para estupro ou incesto.Apelidada de "lei do Texas", foi temporariamente bloqueada pelo juiz federal Robert Pitman na quarta-feira, após uma ação do governo Joe Biden. "Este tribunal não permitirá que esta escandalosa privação de um direito tão importante continue por mais um dia", escreveu o juiz na ocasião.Os abortos após seis semanas foram então retomados nas clínicas estaduais.Mas o procurador-geral do Texas, Ken Paxton, um republicano, apelou da decisão do juiz Pitman ante o tribunal federal de Nova Orleans, um dos mais conservadores do país, que finalmente lhe deu razão."Grandes notícias esta noite", comemorou Paxton assim que a decisão do recurso foi tornada pública. "Vou lutar contra os excessos do governo federal em todos os momentos".A Planned Parenthood, maior organização de serviços de saúde reprodutiva, reagiu imediatamente, dizendo que o restabelecimento da lei do Texas "mais uma vez ignora meio século de precedentes que protegem o direito constitucional ao aborto". Independentemente dessa decisão, espera-se que a lei do Texas acabe na Suprema Corte, onde os conservadores têm uma maioria de 6-3."A Suprema Corte deve intervir e acabar com essa loucura", declarou Nancy Northup, presidente da ONG Center for Reproductive Rights, que defende o direito ao aborto, em um comunicado. "Esta lei cruel atinge duramente aquelas que já sofrem discriminação no acesso aos cuidados de saúde", acrescentou.- Lei polêmica - De acordo com Pitman, a lei do Texas é "flagrantemente inconstitucional" e viola o precedente estabelecido pela Suprema Corte no caso Roe v. Wade, que em 1973 garantiu o direito ao aborto até que o feto seja viável fora do útero; cerca de 22 semanas de gravidez. "Desde que o SB8 entrou em vigor, as mulheres foram ilegalmente impedidas de exercer o controle de suas vidas da forma como são protegidas pela Constituição", disse o magistrado nomeado para o cargo pelo presidente democrata Barack Obama."Se outros tribunais encontrarem uma maneira de contornar essa conclusão, cabe a eles decidir", disse Pitman. Sua ordem foi emitida em resposta a uma ação do Departamento de Justiça que buscou impedir o Texas, o segundo estado mais populoso do país, de aplicar sua lei restritiva. A lei do Texas permite que qualquer pessoa processe os médicos que realizam abortos quando o batimento cardíaco fetal é detectado, bem como quem facilita o procedimento.Os denunciantes podem receber recompensas de US $ 10.000 para iniciar casos que vão a julgamento. Isso levou à denúncia da lei também por incitar as pessoas a agirem como vigilantes. Outros estados governados pelos republicanos aprovaram leis restritivas ao aborto, mas foram derrubadas nos tribunais por violarem o precedente do caso Roe v. Wade. Veja Mais

Qual TABLET para CRIANÇA você deve comprar

canaltech O que tem atrás da Porta 101? O estúdio do Canaltech! É onde gravamos este Podcast com nossa equipe, onde vale TUDO sobre ciência e tecnologia... Ouça ao podcast. Veja Mais

Rosental Alves: 'É reconhecimento ao jornalismo de qualidade que sofre ataques'

em - Internacional Entrevista com Rosental Calmon Alves, diretor do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas da Universidade do Texas.Durante a premiação de Maria Ressa e Dmitri Muratov, o Comitê do Nobel fez questão de destacar que a honraria se estendia a todos os profissionais que lutam pelas liberdades de expressão e informação. Como o jornalismo deve entender e receber essa premiação do Nobel?Este foi claramente um prêmio Nobel da Paz para o jornalismo de qualidade, em um momento em que esse jornalismo e a liberdade de expressão vêm sofrendo tantos ataques, não só nas Filipinas e na Rússia, quanto em outros países ao redor do mundo.A categoria deve receber isso como um sinal de que estamos indo na direção certa, entregando o que é esperado, ou com preocupação pelo fato de o comitê precisar valorizar princípios que estão na base da nossa profissão e da democracia?As duas coisas. Acho que o prêmio é para os dois como representantes de uma vasta comunidade global de jornalistas que, como os premiados, resistem ao autoritarismo, à censura, à tentativa de criação e consolidação de ditaduras e regimes autoritários ao redor do mundo. O prêmio reflete um momento da nossa História em que o jornalismo de qualidade, a liberdade de imprensa e a liberdade de expressão estão sob forte ataque, e no qual é muito importante tanto reconhecer o valor e a valentia dos jornalistas que estão resistindo, como reconhecer essa realidade em que existe uma tentativa antidemocrática de setores que querem substituir a democracia liberal pelo que muitos estudiosos estão chamando de democracia iliberal.Tanto na Rússia quanto nas Filipinas, governos têm seguido caminhos de autoritarismo e a imprensa foi um alvo prioritário. Que relação tem se observado entre o aumento do autoritarismo e a erosão democrática e os ataques ao jornalismo?Há uma ligação direta. Geralmente a escalada para uma ditadura ou para um regime autoritário de fachada democrática - essas democracias iliberais - começa esse processo através de certos alvos estratégicos, entre eles o jornalismo e os jornalistas. Vemos isso em muitos países, até mesmo no nosso Hemisfério, no Brasil e nos Estados Unidos. Nos EUA, tivemos um presidente (Donald Trump) que surpreendentemente dizia que os jornalistas eram inimigos do povo, que incitava seus fanáticos durante comícios. Então há total ligação entre tentar atacar o jornalismo - como os dois jornalistas premiados são atacados pelos governos Putin e Duterte - e criar esse contexto que leva ao autoritarismo ou à consolidação do autoritarismo. Como o senhor mencionou, o fenômeno do ataque à imprensa ocorre em diversos países e uma constante entre eles é o uso de campanhas de desinformação, viabilizadas pelas redes sociais. Qual a gravidade do fenômeno e quais os efeitos nocivos no cotidiano da política e da sociedade?A desinformação virou outro elemento no arsenal da construção da democracia iliberal ou da ditadura. Ao mesmo tempo em que se ataca o jornalismo profissional, de qualidade, você cria um falso jornalismo que tem o objetivo de construir a ditadura onde essa mesma liberdade de expressão e essa liberdade de imprensa acabarão sendo destruídas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Veja Mais

Carros elétricos: saiba calcular o consumo médio

canaltech Calcular o consumo médio de combustível em um carro abastecido com gasolina ou etanol é possível por meio de um método simples, que praticamente todo mundo conhece. Afinal, basta dividir o número de quilômetros percorridos pela quantidade de litros adicionada ao tanque e pronto. Mas como faz para calcular o consumo médio de um carro elétrico? Antes de darmos a resposta, já vamos avisando que é preciso entender uma verdadeira “sopa de letrinhas (e de números)”. Carros elétricos e usados devem ficar mais baratos em São Paulo em 2022 O que falta para os carros elétricos pegarem no Brasil? Você sabia que dá para comprar um carro elétrico de R$ 25 mil no AliExpress? Vamos começar do começo, com o perdão da redundância. Para calcular o consumo médio de carros elétricos, primeiro é preciso saber que ele não é apontado simplesmente dividindo a autonomia total do veículo divulgada pelas montadoras pela capacidade da bateria. Vamos visualizar melhor com um exemplo prático. De acordo com a General Motors, o Chevrolet Bolt tem uma bateria de 66 kWh e autonomia de 416 km. O consumo médio do carro, no entanto, não sai simplesmente da divisão de 416 por 66, que teria como resultado 6,30. Para chegar ao valor exato, é necessário fixar uma distância para referência, e as montadoras adotaram 100 km como padrão. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Dessa forma, o cálculo do consumo médio do Chevrolet Bolt em kWh seria feito por meio da boa e velha regrinha de três: 66 kWh/x = 416 km/100 km. Isso implica que "x" é igual a 6600 / 416, que resulta em 15,8 kWh gastos a cada 100 quilômetros. E isso é melhor ou pior do que o consumo médio de um carro a combustão? Calma, pois é isso que vamos explicar agora. Consumo do elétrico x consumo a combustão Imagem: Ralph Hutter/Unsplash Depois de descobrir que o Chevrolet Bolt, um dos primeiros carros elétricos que entraram à venda no Brasil, tem um consumo médio de 15,8 kWh a cada 100 quilômetros rodados, chegou a hora de comparar o resultado com um carro a combustão. Melhor ainda, vamos ajudar a traduzir isso em números para o bolso do consumidor. Desta vez, no entanto, adicionaremos à fórmula valores genéricos para o combustível (nesse caso, a gasolina) e para o quilowatt/hora de eletricidade. Afinal, tanto o preço do litro do combustível quanto as tarifas utilizadas pelas fornecedoras de energia são diferentes nos vários estados do país. Carros elétricos no Brasil 2021: conheça 5 modelos Para a conta ficar redonda, vamos imaginar que um carro a gasolina rode os mesmos 100 quilômetros que o Chevrolet Bolt e consuma 10 litros de combustível. Isso significa dizer que ele teve uma média de 10 quilômetros percorridos por litro gasto. Na ponta do lápis, supondo que a gasolina custe R$ 5, o gasto do motorista teria sido de R$ 50 para rodar 100 quilômetros. No caso do carro elétrico, estabelecendo o valor de cada kWh em R$ 0,50, o Chevrolet Bolt teria gasto 15,8 kWh em 100 quilômetros, ou 15,8 x 0,50. Em reais, o gasto deste motorista teria sido de R$ 7,90. Isso é seis vezes menos do que o do proprietário do carro abastecido com gasolina teve que desembolsar. Gasto equivalente Imagem: Kelly Sikema/Unsplash Ficou claro como calcular o consumo médio dos carros elétricos e como o gasto, em dinheiro, é bem menor do que nos veículos a combustão, certo? Agora você pode estar se perguntando: “Tudo bem, mas e o gasto equivalente?”. Ou seja: quanto o veículo elétrico gastaria em gasolina para percorrer os 100 quilômetros? Para responder a essa pergunta e encerrar essa matéria, vamos precisar, mais uma vez, da matemática. Então, pegue sua calculadora e vamos lá. Quantos litros de gasolina é possível comprar com R$ 7,85, dinheiro gasto para rodar 100 quilômetros com o carro elétrico, considerando, vamos lembrar, que o litro do combustível esteja custando R$ 5? Basta dividir 7,85 por 5. O resultado final é 1,57. Isso quer dizer que um carro elétrico gastaria o equivalente a 1,57 litros de gasolina para completar um percurso de 100 quilômetros. Guia: o que você precisa saber antes de comprar um carro elétrico Pensa que acabou? Ainda falta uma continha. Ao dividir os 100 quilômetros do percurso por 1,57 (equivalente em litros de gasolina), temos como resultado 63,69. Esse valor final é o chamado gasto km/le, ou quilômetro por litro equivalente. Ufa! Acabou. Achou confuso? Pode até parecer, mas é só pegar o jeito. O que dá para afirmar, com ou sem milhares de contas, é que o consumo do carro elétrico realmente é menor do que o dos movidos a combustão. Boa notícia, já que a tendência das montadoras é investir pesado na eletrificação nos próximos anos. Com informações: Educação Automotiva, Mundo da Elétrica, Chevrolet Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Aves assassinas eram criadas como galinhas por nossos antepassados Fiat Pulse | Novo SUV compacto já aparece sem camuflagem pelas ruas; veja Este é o hipercarro mais bonito do mundo, segundo especialistas em design Veja Mais

Nintendo 64: do pior ao melhor jogo, segundo a crítica

Nintendo 64: do pior ao melhor jogo, segundo a crítica

Tecmundo A história dos videogames é cheia de momentos chaves com tendências seguidas por toda a indústria que geram diversas inovações. No final dos anos 90, a tendência foram jogos em três dimensões.Foi então que a Nintendo decidiu elevar o nível da brincadeira com um console e um jogo específico. Sejam bem-vindos à mais um episódio do Pior ao Melhor de consoles com o Nintendo 64. Aqui estão nossos critérios, prestem bastante atenção:Leia mais... Veja Mais

Ator do Teatro Bolshoi de Moscou morre no palco

O Tempo - Mundo Ele foi atingido durante uma mudança de cenário da peça Sadkó, uma ópera do século XIX do compositor russo Nikolai Rimsky-Korsakov Veja Mais

Deezer lança Flow Moods, que combina músicas com seu humor atual

Deezer lança Flow Moods, que combina músicas com seu humor atual

Tecmundo O serviço de streaming de áudio Deezer lançou na quarta-feira (6) um modo inteligente que irá turbinar o serviço Flow, que é hoje “a sua própria trilha sonora personalizada infinitamente tocando”. Com a nova ferramenta, chamada Flow Moods, será possível ampliar a experiência musical, permitindo que você dê conselhos ao Deezer para que ouvir não apenas o que gosta, mas o que gostaria de ouvir com base no que você está sentindo no momento.Fonte: Gustavo Fring/Pexels/ReproduçãoLeia mais... Veja Mais

STF restringe troca de dados entre órgãos de inteligência

O Tempo - Política "Arapongagem é crime. Praticado pelo Estado é ilícito gravíssimo", disse ministra Cármen Lúcia Veja Mais

Família é surpreendida por Temer após estacionar motorhome

O Tempo - Política Ex-presidente foi até veículo parado em sua rua, conversou com a família e ofereceu lanche a eles Veja Mais

As 10 melhores franquias de terror do cinema

As 10 melhores franquias de terror do cinema

Tecmundo Nos últimos anos, os filmes de terror têm se popularizado ao se reinventarem e apostarem em produções serializadas. Dessa forma, o surgimento iminente de novas sagas deu sequência ao formato franquiado das clássicas produções das décadas de 1980 e 1970, trazendo ainda mais novidades e incorporando grupos de fãs que passaram a conhecer temas pouco explorados e formas alternativas do medo. Confira abaixo as principais franquias de terror da história, de acordo com ranking do site Rotten Tomatoes, e aproveite este mês de Halloween conhecendo mais sobre um dos gêneros mais importantes para o cinema.Leia mais... Veja Mais

Jovens pedem à família real para restaurar os ecossistemas em suas terras

O Tempo - Mundo Junto ao naturalista e apresentador britânico Chris Packham, crianças e adolescentes agitaram bandeiras rosa e verdes Veja Mais

7 aspectos que devem mudar com o open banking em pequenos e médios negócios

canaltech A implantação do open banking no Brasil está na segunda fase. A terceira etapa deve ser iniciada em 29 de outubro. Esse novo conceito vai afetar as empresas de formas distintas. "Hoje, as pequenas e médias empresas têm pouca oferta de produtos e condições pouco atraentes pelo risco atribuído à falta de histórico financeiro e de crédito”, aponta Fernando Radunz, CIO do banco digital BS2, especialista em pequenas e médias empresas (PMEs). Nova etapa do open banking começa nesta segunda-feira (27); veja cronograma PicPay compra a plataforma financeira Guiabolso de olho no open banking 10 dicas para você não cair em golpes ao buscar um empréstimo online Nessa etapa haverá mais informações disponíveis sobre o perfil dessas companhias. “Será possível avaliar necessidades de crédito, taxas pagas em cartões e financiamentos, bem como as condições previstas", diz Radunz. A expectativa, segundo ele, é que as empresas tenham mais opções financeiras e melhores condições, com mais crédito e taxas bancárias menores, por exemplo, o que vai atingir positivamente o dia a dia do negócio. Imagem: Divulgação/Banco Central do Brasil Para participar do open banking, a empresa pode autorizar o compartilhamento de dados no site ou no aplicativo da instituição bancária. É preciso, ainda, mencionar para qual banco as informações podem ser enviadas. Todo o processo é supervisionado pelo Banco Central do Brasil (Bacen) e pela Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD). Empreendedores devem estar atentos a essas novidades. Veja, a seguir, sete aspectos que têm impacto para as PMEs: -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- 1 – Dados cadastrais Inclui a análise de informações gerais, como nome da empresa e endereço, bem como faturamento, bens e direitos. Além disso, também avalia o quadro de representantes legais, como procuradores, sócios e outros. 2 – Contas O histórico das contas da empresa na instituição bancária é compartilhado. Isso inclui a data da criação, seu padrão de tarifa, seu limite de crédito, suas transações e os saldos diários e médios da empresa. 3 – Cartões de crédito O compartilhamento de dados de cartões de crédito inclui limite, transações, faturas e histórico de quitação. A partir dessas informações, é possível analisar o comportamento de pagamento (integral ou rotativo, por exemplo) e saber como a empresa administra o uso do cartão de crédito. Imagem: Reprodução/Pexels/Pixabay 4 – Empréstimos O histórico de empréstimos contratados pelo cliente, bem como as especificações dos contratos (entrada, estrutura de parcelamento, taxas de juros e carência) são avaliados. São considerados, ainda, a adimplência e os níveis de risco com base no relacionamento da empresa com as instituições financeiras. 5 – Financiamentos É nesta etapa que o histórico dos financiamentos solicitados é verificado. Isso inclui garantias, parcelas e responsabilidade nos pagamentos. 6 – Adiantamentos a depositantes Permite conferir se o cliente já teve acesso a adiantamentos a depositantes. É ele que permite que a empresa faça transações sem saldo ou use o limite do cheque especial com o auxílio da instituição bancária. 7 – Direitos creditórios Abrange a análise dos créditos que uma companhia tem para receber. Isso inclui parcelas de cartão de crédito, cheques e outros, e permite identificar a capacidade e a saúde financeira da empresa. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Fóssil bem preservado encontrado na China pode conter DNA de dinossauro O céu não é o limite | Novas fotos de Mercúrio, galáxias em colisão e mais Os 10 Pokémon mais raros da franquia Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Veja Mais

Aprenda a proteger seu Instagram das ameaças mais comuns

canaltech O Instagram completou 11 anos na última quarta-feira (6), e conta com mais de 1,3 milhão de usuários ativos. Porém, com essa popularidade, a rede social também se torna um alvo atrativo para criminosos, com golpes cada vez mais se tornando ocorrências comuns nela. Estes são os cinco principais golpes cometidos no Instagram Dicas essenciais para manter Facebook, Twitter e Instagram seguros Golpe promete verificação no Facebook, Twitter e Instagram para raptar contas Os criminosos virtuais sabem que muitas pessoas e empresas dependem de redes sociais, como o Instagram, como fonte de renda, e também sabem que suas contas nessas plataformas contam com informações lucrativas. Por isso, a Kaspersky considera essencial que as pessoas saibam os principais golpes usados pelos fraudadores, independente de ser uma pessoa comum ou um influenciador. Para Roberto Martínez, analista sênior de segurança da Kaspersky na América Latina, as informações pessoais contidas nos perfis do instagram, como fotos e vídeos, se roubadas, podem trazer impactos bem negativos para muitos usuários ou empresas, e por isso ter consciência dos principais golpes realizados na plataforma é um processo importante para se proteger. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Os principais golpes do Instagram, segundo a Kaspersky, são: Roubo de conta: A partir de um processo de phishing, onde o objetivo é provocar um senso de urgência no usuário, com um e-mail fraudulento que diz que a conta pessoal da vítima foi invadida e que ela deve digitar suas informações no link contido na mensagem, os criminosos obtêm acesso as contas das vítimas, e podem usar elas para espalhar conteúdos maliciosos e spam; Verificação falsa: A marca azul no perfil, que indica que aquela conta é autenticada e realmente pertence a quem ela diz ser, é tida como uma das principais ferramentas de status da rede social, além de fazer com que usuários sejam procurados para ações publicitárias. Os criminosos sabem disso, e enviam mensagens para contas sem o selo oferecendo verificação por uma taxa. Porém, se o pagamento for realizado, nada muda; Bloqueio de conta ou desabilitação de ataques: É o golpe mais recente, no qual as contas das pessoas são bloqueadas para posteriormente se passarem por seus perfis. Essa fraude, que é possível a partir de falsas denúncias sobre supostas violações das regras do Instagram, não é um trabalho isolado ou individual de um único cibercriminoso. Foram descobertos casos que promovem esse tipo de esquema na rede, ou seja, eles se oferecem para bloquear as contas de vítimas em troca de uma quantia em dinheiro e também, há aqueles que se oferecem para desbloqueá-las. É um ataque que, ao contrário dos anteriores, funciona sem qualquer participação da vítima. Como proteger sua conta no Instagram (Imagem: Divulgação/Kaspersky) A Kaspersky preparou uma série de dicas que podem ajudar os usuários a protegerem suas contas do Instagram. Disponibilizamos elas a seguir: Confira se o contato é real: Se você receber um e-mail notificando-o de um problema com sua conta, não clique em nenhum link até verificar a autenticidade dessa notificação. Também cheque sempre a URL da página web na barra de endereços; Só baixe o aplicativo em lugares confiáveis: Google Play no Android ou App Store no iOS são as lojas onde o aplicativo oficial do Instagram está disponível; Nunca insira seus dados de login em serviços ou aplicativos de terceiros; Mantenha a calma: Se sua conta for bloqueada, fique calmo e entre em contato com o suporte da rede social o mais rápido possível, descrevendo em maior número de detalhes possível o que aconteceu e anexando todas as evidências; Use autenticação de dois fatores: Habilite a autenticação de dois fatores neste e em todos os aplicativos que o permitirem; assim, se alguém tentar fazer login na sua conta a partir de um dispositivo diferente, a rede social solicitará um código único que você receberá via SMS; Use antívirus: Use uma solução de segurança confiável, que filtra mensagens suspeitas e bloqueia páginas de phishing. Exemplos são programas da Kaspersky e AVG. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cérebro revela sinais do Alzheimer muito antes da pessoa chegar ao diagnóstico Aves assassinas eram criadas como galinhas por nossos antepassados Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (02/10 a 08/10/2021) Fiat Pulse | Novo SUV compacto já aparece sem camuflagem pelas ruas; veja Por que vulcões adormecidos voltam à atividade? Veja Mais

Talibãs fazem alerta aos EUA em primeira reunião após retirada do Afeganistão

em - Internacional Os talibãs alertaram os Estados Unidos para não "desestabilizar" o novo regime do Afeganistão, no primeiro encontro presencial entre os dois lados, realizado neste sábado (9) em Doha, desde a retirada das forças americanas.A reunião foi realizada um dia após um atentado suicida reivindicado pelo Estado Islâmico (EI) no norte do Afeganistão que deixou pelo menos 60 mortos, o mais devastador desde a saída das tropas americanas, em 30 de agosto."Dissemos claramente que tentar desestabilizar o governo do Afeganistão não é bom para ninguém", declarou o ministro das Relações Exteriores do Talibã, Amir Khan Muttaqi, à agência estatal afegã Bakhar."Um bom relacionamento com o Afeganistão é bom para todos. Nada deve ser feito para enfraquecer o governo atual do Afeganistão, que pode liderar a busca por soluções aos problemas de seu povo", completou, em declarações gravadas e traduzidas pela AFP.Os Estados Unidos não comentaram as declarações do ministro talibã, após o primeiro dos dois dias de reuniões.A delegação americana é chefiada pelo representante especial para a Reconciliação do Afeganistão, Tom West, e por Sarah Charles, principal funcionária humanitária da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID)."Pressionaremos os talibãs para que respeitem os direitos de todos os afegãos, incluindo mulheres e meninas, e para que formem um governo inclusivo com amplo apoio", declarou na sexta-feira um porta-voz do Departamento de Estado ao anunciar a reunião.A volta dos talibãs ao poder em meados de agosto coincidiu com a caótica retirada das tropas americanas, no final do mesmo mês, após vinte anos de ocupação.A reunião em Doha não significa que os Estados Unidos reconheçam o regime talibã no Afeganistão, insistiu o Departamento de Estado.Os fundamentalistas islâmicos buscam reconhecimento internacional e ajuda estrangeira para prevenir um desastre humanitário e aliviar a crise econômica do Afeganistão.- Enterro em Kunduz -Também neste sábado, um grande cemitério de Kunduz, no norte do Afeganistão, acolheu os funerais das vítimas do atentado que o grupo Estado Islâmico (EI) cometeu na véspera contra uma mesquita xiita da cidade e que deixou pelo menos 60 mortos.Um coveiro informou à AFP que 62 sepulturas foram cavadas após o ataque, cujo saldo final pode se aproximar de uma centena de mortos.De acordo com o grupo terrorista, o homem-bomba era conhecido como "Mohamed, o uigur", o que implica que fazia parte da minoria muçulmana chinesa, alguns de cujos membros se juntaram ao EI.O Talibã, que agora governa todo o país, prometeu proteger todas as comunidades, mas os xiitas de Kunduz estão traumatizados com o ataque.A comunidade xiita do país (10-20% da população) costuma ser alvo de grupos armados sunitas, que consideram os xiitas "hereges". Um dia após o massacre, os pais de um jovem de 17 anos, Milad Hussein, compareceram ao funeral de seu filho, sem conseguir conter as lágrimas. Seu tio, Zemarai Mubarak Zada, garantiu que seu sobrinho queria ser médico, como ele."Ele era um jovem tranquilo, falava pouco", confidenciou seu tio à AFP. "Ele queria ir para a faculdade, se casar. Estamos arrasados".Após uma oração, os coveiros enterraram o caixão, diante do olhar atento de seus parentes aflitos.Uma cena que se repetiu dezenas de vezes neste cemitério com vista para Kunduz.- "Assustador" -Imagens do ataque mostravam destroços espalhados dentro da mesquita, cujas janelas foram destruídas pela explosão.Em outras fotos, vários homens aparecem carregando um corpo envolto em um lençol ensanguentado para uma ambulância. "Foi muito assustador", enfatizou um professor de Kunduz que mora perto da mesquita. "Muitos de nossos vizinhos morreram ou ficaram feridos. Um jovem de 16 anos perdeu a vida e eles não conseguiram encontrar metade de seu corpo", acrescentou.Aminullah, cujo irmão estava na mesquita, contou que quando ouvi a explosão ligou para meu irmão, "mas ele não respondeu". "Fui à mesquita e o vi ferido e desmaiado. Rapidamente o levamos para o hospital da MSF [Médicos Sem Fronteiras]", explicou.Para Michael Kugelman, especialista em Sudeste Asiático do gabinete Woodrow Wilson International Center for Scholars, será difícil para o Talibã consolidar seu poder se não abordar a questão do terrorismo e da crescente crise econômica no país. "Se o Talibã, como é provável, não for capaz de lidar com essas preocupações, terá dificuldade em obter legitimidade interna e poderemos testemunhar o surgimento de uma nova resistência armada", disse à AFP. Veja Mais

Voos para La Palma retornam após suspensão devido às cinzas do vulcão

em - Internacional O aeroporto da ilha canária de La Palma reabriu neste sábado (9), após 48 horas de fechamento devido às cinzas vulcânicas, e as companhias aéreas esperavam retomar seus voos.Nuvens de cinzas do vulcão Cumbre Vieja obrigaram o aeroporto a interromper suas atividades na manhã de quinta-feira, pela segunda vez desde sua erupção em 19 de setembro na ilha das Canárias, no sudeste da Espanha."O #Aeroporto de #LaPalma está de volta à operação", disse a operadora do aeroporto AENA, acrescentando que "o trabalho de limpeza continuou nas áreas que ainda não estão operando".Pouco depois, a companhia aérea canária Binter afirmou que retomou os voos de e para a ilha."A Binter informa que reiniciou sua programação de voos com a ilha de La Palma, dada a melhoria das condições meteorológicas devido ao comportamento recente da nuvem de cinzas", afirmou a empresa em comunicado.A erupção do Cumbre Vieja provocou a retirada de mais de 6.000 pessoas e muitos danos a esta pequena ilha de 85.000 habitantes. Não há vítimas até o momento.Mais de 1.000 imóveis foram destruídos pela lava, que atingiu mais de 480 hectares da ilha.Esta é a terceira erupção de um vulcão em La Palma no último século, depois da do San Juan em 1949 e a de Teneguía em 1971. Ambas deixaram no total três mortos, dois deles por inalação de gases tóxicos, e causaram menos danos que os do Cumbre Vieja, já que naquelas décadas a ilha era menos povoada.- Novos fluxos de lava -Neste sábado, parte do cone do vulcão desabou, o que provocou a emissão de novos fluxos de lava em várias direções, informou o Instituto Geográfico Nacional (IGN)."Parece que parte do cone desabou (....) Isso deu origem a dois fluxos diferentes, um mais ao norte e outro que ocorre no mesmo local onde tivemos nos dias anteriores, mas com um volume mais alto que parece transbordar em algum ponto a lava velha", Stavros Meletlidis, um vulcanologista do IGN, disse à Radio Nacional de España (RNE).O diretor técnico do Covelca (Plano de Emergência Vulcânica das Canárias), Ángel Morcuende, indicou que o transbordamento do fluxo da lava continua seu avanço e ameaça uma zona industrial."Temos um terceiro fluxo mais ao sul, que está aderindo ao fluxo principal e que agora é o que mais nos preocupa", disse ele, acrescentando que há uma "massa significativa de lava".Os especialistas também alertaram para o risco de que o fluxo de lava, agora estendendo-se por 32 hectares no mar, desabe ao atingir os limites externos da plataforma costeira da ilha."Tendo atingido o limite da plataforma costeira, se continuar avançando, sua crosta pode ruir, o que pode causar a liberação abrupta de gases, explosões magmáticas e a geração de ondas", disse María José Blanco, diretora do IGN nas Ilhas Canárias.Na sexta-feira, a Covelca destacou que o novo fluxo de lava "prejudicou principalmente a área agrícola, que já chega a 120 hectares de lavouras, metade delas bananeiras (59,39ha), seguida de vinhas (33ha) e abacate (7,39ha), entre outros".AENA Veja Mais

Nova Delhi entra em alerta por crise iminente na produção de eletricidade

em - Internacional O ministro-chefe de Nova Delhi, Arvind Kejriwal, alertou neste sábado (9) para uma crise iminente na produção de energia elétrica na capital indiana, já que as principais usinas a carvão da cidade só têm superávit por um dia.Vários estados no leste e sul da Índia foram atingidos pela escassez de carvão, forçando os fornecedores públicos a passarem por cortes inesperados de energia.A escassez no país, o segundo maior consumidor mundial de carvão, segue uma ampla falta de energia na China, que levou ao fechamento de fábricas e teve um grande impacto na produção e nos circuitos de abastecimento mundiais."Nova Delhi pode enfrentar uma crise de eletricidade", disse Kejriwal, que lembrou que a megalópole já havia enfrentado dificuldades no fornecimento de energia nos últimos meses.A terceira maior economia do mundo havia iniciado sua recuperação econômica após a pandemia, mas as chuvas de monções inundaram as minas de carvão e afetaram as redes de transporte, causando um aumento no preço do carvão no mercado nacional e internacional.A longa temporada de festivais da Índia, que ainda está em andamento, também aumentou a demanda por eletricidade."Estou acompanhando pessoalmente a situação. Fazemos tudo o que podemos para prevenir" esta crise, disse Kejriwal no Twitter.Ele também pediu ao primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, que resolvesse imediatamente o problema, lembrando-o de que qualquer grande interrupção afetaria os hospitais e a campanha de vacinação contra a covid-19 nesta cidade de 20 milhões de habitantes.No final de setembro, as usinas de carvão da Índia tinham estoques em média de quatro dias, representando as reservas mais baixas em anos.O carvão alimenta cerca de 70% da produção de eletricidade do país e representa 75% dos combustíveis fósseis usados.COAL INDIA Veja Mais

Morre Abolhassan Banisadr, primeiro presidente da República Islâmica do Irã

O Tempo - Mundo Ex-colaborador do fundador da República Islâmica, o aiatolá Khomeini, ele foi eleito presidente em janeiro de 1980 Veja Mais

CoronaVac será aceita pelos Estados Unidos para entrada de estrangeiros

 CoronaVac será aceita pelos Estados Unidos para entrada de estrangeiros

em - Internacional Os Estados Unidos vão aceitar a entrada de visitantes imunizados com vacinas contra a COVID-19 autorizadas pelos órgãos reguladores dos EUA e também aquelas autorizadas para uso emergencial pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A informação foi publicada pela agência de notícias Reuters na noite de ontem (8).Segundo a agência, o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) disse que seis vacinas aprovadas pela FDA, a agência reguladora norte-americana, e listadas para uso emergencial pela OMS atendem aos critérios para que o visitante possa entrar nos EUA.Atualmente, a lista da entidade inclui, para uso emergencial, os imunizantes CoronaVac, Pfizer/BioNTech, AstraZeneca, Janssen, Moderna e Sinopharm.O CDC disse ainda que no início da semana as companhias aéreas foram informadas sobre as novas regras para que pudessem atualizar seus sistemas de informações. O centro também disse que vai divulgar orientações e informações adicionais sobre as novas formas de acompanhamento epidemiológico dos viajantes internacionais. Veja Mais

Jovens britânicos pedem à família real para restaurar os ecossistemas em suas terras

em - Internacional Uma centena de jovens se reuniram neste sábado (9) em frente ao Palácio de Buckingham, em Londres, para entregar uma petição com 100 mil assinaturas para a família real britânica permitir que a natureza recupere seu estado selvagem nas muitas terras da Coroa.Acompanhados do naturalista e apresentador britânico Chris Packham, crianças e adolescentes fizeram uma pequena marcha do Green Park até o Palácio, agitando bandeiras rosa e verdes."A família real tem uma oportunidade incrível, já que possui tantas terras, de dar o exemplo renaturalizando" o ecossistema, disse Noah Macaulay, de 16 anos, cofundador do coral SOS from the kids, que cantou durante o protesto e se apresentará na COP26, que será inaugurada em menos de um mês em Glasgow."Eles poderiam realmente ajudar a natureza e a biodiversidade", acrescentou.O ambientalista veterano Chris Packham, de 60 anos, lamentou "não ter agido de forma rápida e abrangente o suficiente para evitar a crise em que nos encontramos".No que chamou de "a manifestação mais harmoniosa, magnífica e pacífica" que participou em muito tempo, exortou a família real a permitir que a natureza recuperasse seu estado selvagem em suas terras, que, segundo ele, abrangem mais de 300.000 hectares.De acordo com a associação Wild Card, os Windsors possuem 1,4% da área terrestre do Reino Unido.Um porta-voz da Casa Real destacou o compromisso da família real com o meio ambiente, dizendo que "eles estão em constante evolução e procuram novas maneiras de melhorar a biodiversidade, a conservação e o acesso público aos espaços verdes". Veja Mais

Aeroporto da ilha espanhola de La Palma é reaberto

em - Internacional O aeroporto da ilha canária de La Palma reabriu neste sábado (9), após 48 horas de fechamento devido às cinzas vulcânicas, e as companhias aéreas esperavam retomar seus voos.Nuvens de cinzas do vulcão Cumbre Vieja obrigaram o aeroporto a interromper suas atividades na manhã de quinta-feira, pela segunda vez desde sua erupção em 19 de setembro na ilha das Canárias, no sudeste da Espanha."O #Aeroporto de #LaPalma está de volta à operação", disse a operadora do aeroporto AENA, acrescentando que "o trabalho de limpeza continuou nas áreas que ainda não estão operando".A companhia aérea canariana Binter informou que estava analisando as condições e que poderia retomar os voos neste sábado."Esperamos que tudo esteja pronto para operar nas próximas horas", disse uma porta-voz da empresa à AFP.A erupção do Cumbre Vieja provocou a retirada de mais de 6.000 pessoas e muitos danos a esta pequena ilha de 85.000 habitantes. Não há vítimas até o momento.Mais de 1.000 imóveis foram destruídos pela lava, que atingiu mais de 480 hectares da ilha.Neste sábado, parte do cone do vulcão desabou, o que provocou a emissão de novos fluxos de lava em várias direções, informou o Instituto Geográfico Nacional (IGN)."Parece que parte do cone desabou (....) Isso deu origem a dois fluxos diferentes, um mais ao norte e outro que ocorre no mesmo local onde tivemos nos dias anteriores, mas com um volume mais alto que parece transbordar em algum ponto a lava velha", Stavros Meletlidis, um vulcanologista do IGN, disse à Radio Nacional de España (RNE).O novo fluxo de lava está se aproximando de uma área industrial populosa, de acordo com a RNE.AENA Veja Mais

O Culpado: 7 filmes parecidos com o suspense da Netflix

O Culpado: 7 filmes parecidos com o suspense da Netflix

Tecmundo O Culpado, novo filme da Netflix estrelado por Jake Gyllenhaal, tem chamado bastante a atenção do público por ser tenso e prender a atenção do público apenas em um evento específico que vai se desdobrando.Para quem acabou de assistir e ficou querendo mais, não se preocupe! Nós preparamos uma lista com outras obras do cinema que têm abordagem semelhante para você maratonar por um bom tempo. Confira agora!Leia mais... Veja Mais

Perdidos 29 dias no mar, dois homens das Ilhas Salomão sobrevivem com 'oração e coco'

em - Internacional Perdidos no Pacífico, dois habitantes das Ilhas Salomão sobreviveram 29 dias graças a cocos, laranjas e orações, antes de serem resgatados na costa de Papua Nova Guiné, a 400 quilômetros de distância.Os dois homens viajavam entre duas ilhas no imprevisível Mar das Ilhas Salomão quando seu barco de sete metros foi pego por uma tempestade em 3 de setembro.Livae Nanjikana e Junior Qoloni se perderam "sob chuva torrencial, densas nuvens e ventos fortes", disse Nanjikana à televisão Solomon Islands Broadcasting Corporation na sexta-feira.A bateria do GPS acabou e, à medida que a noite se aproximava, eles desligaram o motor de 60 cavalos para economizar combustível.Nos primeiros nove dias, eles se alimentaram com as laranjas que haviam levado para a viagem. Quando ficaram exaustos, Livae Nanjikana explicou que sobreviveram graças à água da chuva, aos cocos "e à nossa fé em Deus porque oramos dia e noite". Recolhendo a água da chuva com uma lona, os dois homens ligaram o motor assim que avistaram um coco no mar e correram para pegá-lo."Depois de vários dias, Deus nos deu a ideia de construir um dispositivo para velejar. Então, construímos uma estrutura em forma de mastro com remos e lonas e posicionamos as velas seguindo a direção do vento", explicou Livae Nanjikana.A vela os levou para a ilha de Nova Bretanha em Papua Nova Guiné, onde viram um pescador de longe. Eles ligaram o motor para se aproximar dele, mas ficaram sem combustível.Os dois homens permanecem em Pomio, na ilha de Nova Bretanha, enquanto são feitos arranjos para transferi-los para as Ilhas Salomão. Veja Mais

Reino Unido e países do Golfo negociam acordo de livre comércio

em - Internacional O Reino Unido e os seis países do Golfo lançaram oficialmente negociações para chegar a um acordo de livre comércio, que permitirá a Londres fortalecer suas relações comerciais com países não europeus após o Brexit, anunciou o Bahrein."É com grande alegria e prazer que anuncio hoje o início oficial das negociações para um acordo de livre comércio entre os países do GCC [Conselho de Cooperação do Golfo] e o Reino Unido", disse Zayed al-Zayani, ministro da Indústria, Comércio e Turismo do Bahrein. O Reino Unido já tem fortes laços econômicos e políticos com os países membros do GCC: Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Catar, Bahrein, Kuwait e Omã. "Não há dúvida de que embarcaremos coletivamente em um novo capítulo, que consolidará nossa cooperação comercial e de investimento de longa data", acrescentou Zayed al-Zayani, cujo país atualmente preside o GCC, em um comunicado. O comércio entre o Reino Unido e os países do Golfo atingiu mais de 30 bilhões de libras (35 bilhões de euros ou 40 bilhões de dólares) em 2020, de acordo com o governo britânico, que afirmou que "um acordo comercial de longo alcance levaria nosso relacionamento ao próximo nível".A ministra do Comércio Internacional do Reino Unido, Anne-Marie Trevelyan, saudou a "enorme oportunidade de liberalizar o comércio com um mercado em crescimento", ao mesmo tempo que fortalece os laços "com uma região vital para nossos interesses estratégicos". Desde que deixou a União Europeia, Londres tem procurado fortalecer seus laços comerciais com seus parceiros tradicionais, como Estados Unidos, Austrália e países do Golfo. Estes últimos estão entre as maiores economias do mundo árabe, começando pela Arábia Saudita, maior exportador mundial de petróleo, mas também Emirados Árabes Unidos e Catar, que têm uma população de alto poder aquisitivo. Veja Mais

EUA quer 'forjar' relação comercial 'responsável' com a China

em - Internacional A representante de Comércio dos Estados Unidos (USTR), Katherine Tai, conversou, na sexta-feira (8) à noite, com o vice-premiê chinês, Liu He, para discutir as práticas comerciais chinesas que Washington considera injustas e para "forjar" uma relação "responsável".Esta foi a segunda reunião entre os principais negociadores comerciais dos dois países depois que as relações bilaterais foram seriamente afetadas pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Katherine Tai e Liu He já haviam tido um primeiro contato em maio.O encontro de sexta foi "uma oportunidade para os Estados Unidos e a China se comprometerem a construir uma relação comercial que seja administrada com responsabilidade, porque afeta não só as populações de nossos países, mas de todo o mundo", destacou um funcionário do USTR sob condição de anonimato. "Os dois lados tiveram trocas pragmáticas, francas e construtivas", disse a agência de notícias oficial chinesa Xinhua.Tai detalhou as preocupações dos Estados Unidos "com relação às políticas e práticas da China que prejudicam os trabalhadores, agricultores e empresas americanas", observou o USTR. O governo Joe Biden afirma que os enormes subsídios estatais da China para empresas nacionais, o roubo de propriedade intelectual e outros fatores criam grande desigualdade no comércio.Essas práticas aumentaram o déficit comercial dos Estados Unidos com a China.Em 2019, um ano antes da pandemia, foi de US $ 344 bilhões apenas em mercadorias, de acordo com dados do Departamento de Comércio americano.Nos primeiros oito meses deste ano, atingiu US $ 218,9 bilhões, segundo dados divulgados terça-feira. - Interesses americanos -Durante o encontro, também foram "avaliados" os avanços da China na implementação do acordo comercial de "Fase 1", assinado em janeiro de 2020 com o governo Trump.Katherine Tai e Liu He "concordaram que ambas as partes se consultariam sobre algumas questões pendentes", segundo um comunicado. Ao contrário de Trump, que lançou artilharia pesada contra Pequim - introduziu tarifas punitivas sobre centenas de bilhões de dólares em produtos chineses - Tai disse no início desta semana que o governo Biden não tinha intenção de "inflamar as tensões comerciais" com o gigante asiático. Observou, porém, que Washington pretende fazer cumprir os compromissos assumidos no acordo assinado com Trump. Na "Fase 1" do tratado bilateral, a China se comprometeu a comprar mais US $ 200 bilhões em produtos americanos em dois anos, incluindo produtos agrícolas, de energia e manufaturados.O objetivo era reduzir o desequilíbrio comercial entre os dois países. Alguns pontos do acordo não foram alcançados em parte devido à pandemia.Em relação aos 370 bilhões de dólares de tarifas, Tai iniciou esta semana um procedimento para excluir alguns produtos. Mais do que um gesto de boa vontade, explicou que se trata de conceder isenções "caso a caso" a empresas americanas que não dispõem de fonte alternativa de abastecimento.Pequim, por sua vez, "negociou o cancelamento do aumento das taxas alfandegárias e sanções adicionais", segundo a Xinhua, sem dar detalhes.As pequenas e médias empresas vêm alertando há meses que essas taxas ameaçam sua sobrevivência. Veja Mais

Maria Ressa dedica Nobel da Paz a 'todos os jornalistas do mundo'

em - Internacional A jornalista filipina Maria Ressa declarou neste sábado (9) que seu prêmio Nobel da Paz é para "todos os jornalistas do mundo" e os exortou a continuar lutando pela liberdade de imprensa. "Isso é realmente para todos os jornalistas do mundo", disse Ressa, em declarações à AFP. A jornalista é uma das vozes mais críticas do presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte."Precisamos de ajuda em muitas frentes. É muito mais difícil e perigoso ser jornalista hoje", afirmou.Ressa, cofundadora do veículo online Rappler, e o jornalista russo Dimitri Muratov, editor-chefe do jornal Novaya Gazeta, receberam o Nobel da Paz na sexta-feira (9) por seus esforços pela "liberdade de expressão".O reconhecimento de Ressa foi visto como um "triunfo" por organizações humanitárias e pela mídia em um país que é considerado um dos mais perigosos do mundo para a prática do jornalismo.Maria Ressa, de 58 anos, ex-jornalista da CNN, tem sido alvo de várias investigações e processos judiciais nos últimos anos e tem sofrido intenso cyberbullying, especialmente desde que Duterte chegou ao poder em 2016.O Rappler publicou artigos críticos ao chefe de Estado, principalmente por sua luta sangrenta e polêmica contra o tráfico de drogas. - Escudo -Ressa confia que o prêmio será uma espécie de escudo protetor para ela e outros jornalistas filipinos, que sofrem ataques físicos e cyberbullying. "Esse 'nós contra eles' não foi criado por jornalistas, foi criado pelas pessoas que estão no poder, que estão comprometidas com uma forma de governar que divide a sociedade", disse, descrevendo o prêmio como uma "dose de adrenalina"."Espero que permita que os jornalistas façam bem o seu trabalho, sem medo", acrescentou.Durante anos, Maria Ressa destacou a violência que acompanha a campanha antidrogas iniciada por Duterte, que segundo organizações de direitos humanos já deixou dezenas de milhares de mortos e que o Tribunal Penal Internacional (TPI) autorizou em setembro a investigar.O Rappler é um dos meios de comunicação que publica imagens hediondas de assassinatos e questiona seu sustento jurídico.Outros veículos pagaram caro por essa política, por exemplo, a rádio ABS-CBN, que perdeu sua licença no ano passado.Mas Ressa acredita que a independência do Rappler permite que se defenda. "Não temos outras empresas para proteger, então é fácil para nós nos defendermos", comentou.A Nobel da Paz é acusada em sete casos diferentes, todos descritos como "ridículos" pela jornalista, determinada a ganhá-los um a um. Ela está atualmente em liberdade sob fiança e aguarda recurso após ser condenada por difamação em junho, em um caso em que corre o risco de sete anos de prisão.Dois casos de difamação online foram rejeitados há alguns meses e Ressa, autora de "How to Stand Up to a Dictator" ("Como enfrentar um ditador", em tradução livre) espera ir à Noruega para receber seu Nobel."O maior desafio sempre foi superar o medo", disse. "Ser destemida não significa não ter medo, mas simplesmente saber como lidar com isso", acrescentou ela."Às vezes eu digo que realmente teria que agradecer ao presidente Duterte porque você sabe quem é até o momento em que tem que lutar por isso", disse Ressa. "E agora eu sei quem eu sou".Ressa afirmou que a campanha eleitoral nas Filipinas, que começou este mês com a inscrição de candidatos para mais de 18 mil cargos, será um momento "crítico" e afirmou que seu país está muito perto de ter "democracia apenas no nome".As eleições vão eleger o sucessor de Duterte, que é proibido pela Constituição de concorrer a um segundo mandato de seis anos. As pesquisas colocam sua filha Sara e o filho do ex-ditador Ferdinand Marcos, que leva o nome do pai, entre os favoritos. Por enquanto, Sara Duterte negou que queira aparecer. Veja Mais

Bar do Bolão, em Santa Tereza, celebra 60 anos de tradição até o fim de noite

O Tempo - Diversão - Magazine Com suas refeições fartas e baratas, além de um horário dilatado, o bar acabou se tornando um marco da cultura e boemia de BH Veja Mais

Positivo lança tablet do Homem-Aranha para crianças

Positivo lança tablet do Homem-Aranha para crianças

Tecmundo Nesta quinta-feira (7), a Positivo anunciou o lançamento de um tablet infantil do Homem-Aranha com capa personalizada da série "Spidey and his Amazing Friends". Resultado de um acordo de licenciamento com a Disney, o "Twist Tab Spidey" já está disponível com preço sugerido de R$ 649.Além de armazenamento interno de 32 GB — expansível para 96 GB — e 1 GB de RAM, o equipamento conta com um processador quad-core de 1,6 GHz. Para fotos, uma câmera frontal de 2 MP é oferecida.Leia mais... Veja Mais

Cinco mortos em desabamento parcial de prédio na Geórgia

em - Internacional Cinco pessoas morreram no desabamento parcial de um prédio na cidade turística de Batumi, Geórgia, informou a polícia neste sábado (9), culpando a reforma de um apartamento. Cinco andares do prédio desabaram na sexta-feira (8), esmagando vários carros estacionados em frente, segundo a polícia, que havia reportado "até 15 pessoas" sob os escombros. "Até o momento, as equipes resgataram dois cidadãos que foram hospitalizados e extraíram cinco corpos dos escombros", disse a polícia em um comunicado esta manhã. Três pessoas foram presas como parte da investigação aberta sobre o acidente, de acordo com a mesma fonte. Trata-se do proprietário de um apartamento no andar térreo e dois trabalhadores responsáveis pela reforma.Os investigadores constataram que os dois homens, guiados pelo proprietário do apartamento, realizavam uma obra "em flagrante violação das normas de segurança que resultou no desmoronamento da entrada do edifício".Todos os três podem pegar de 2 a 10 anos de prisão.Centenas de socorristas foram enviados ao local na sexta-feira. O primeiro-ministro Irakli Garibashvili e o ministro do Interior Vakhtang Gomelaouri também visitaram Batumi. Veja Mais

Chegando em outubro, Redmi Smart TV X 2022 ganha data oficial de lançamento

tudo celular Nova TV da Redmi voltada para o público jovem deve estrear nos próximos dias. Veja mais detalhes no texto. Veja Mais