Meu Feed

Últimos dias

Harry e Meghan associam-se a empresa de investimentos éticos

em - Internacional Meghan Markle e seu marido, o príncipe Harry, associaram-se à empresa Ethic, a qual promove investimentos que respeitam critérios ambientais, sociais e de governança.Além de investir recursos na empresa, o casal se torna um "sócio de impacto", informou a Ethic em seu site nesta terça-feira, sem dar detalhes sobre o papel do casal.O príncipe Harry e Meghan "compartilham diversos valores conosco e, suspeitamos, com muitos de vocês", apontou a empresa. "Ao trabalharmos juntos, esperamos informar, educar e inspirar uma ação generalizada em torno de alguns dos problemas mais importantes e determinantes da nossa era."Em entrevista ao jornal "New York Times", o casal explicou que deseja democratizar a ideia de investir, e de fazê-lo em empresas responsáveis. "No mundo de onde venho, não se fala em investir, certo? Não temos o luxo de poder investir, parece algo tão elegante", ressaltou Meghan. "Meu marido me diz há anos: 'Você não gostaria que existisse um lugar alinhado com nossos valores onde pudéssemos investir nosso dinheiro?'", comentou, explicando que amigos comentaram com o casal sobre a Ethic.THE NEW YORK TIMES COMPANYNETFLIXSpotify Veja Mais

Presidente do Chile decreta militarização em região de conflito com indígenas

O Tempo - Mundo O anúncio foi feito no dia em que, em meio a polêmicas com os povos originários, comemora-se na América Latina a chegada de Cristóvão Colombo em 1492 Veja Mais

"NÓS SOMOS PROCURADOS POR PATROCINADORES DE GRANDES MARCAS"| OLÉÉ S.A.

Band Sports CEO da Stock Car, Fernando Julianelli comentou sobre as empresas que querem associar seus produtos à categoria. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Porto saturado leva navios com mercadoria para o Natal a desviar do Reino Unido

em - Internacional Vários porta-contêineres repletos de mercadoria para o Natal foram redirecionados para outros portos europeus por não conseguirem descarregar em um porto britânico devido aos congestionamentos causados pela pandemia e pelo Brexit."A fim de garantir que a mercadoria esteja amplamente disponível no Reino Unido na Black Friday e no Natal, começamos a redirecionar semanalmente um a cada três de nossos grandes navios que fazem escala em Felixstow", informou nesta terça-feira à AFP um porta-voz da Maersk, maior sociedade de transporte de contêineres do mundo.A saturação das docas de descarga está ligada, segundo ele, à falta de caminhoneiros no país devido ao Brexit e à pandemia, o que provoca sérios problemas de abastecimento em supermercados e postos de gasolina. Para contornar essa situação, alguns navios descarregam sua mercadoria em portos europeus como os de Roterdã e Antuérpia, de onde a transportam em embarcações menores para Felixstowe, explicou.O porta-voz do grupo informou que o congestionamento portuário é generalizado no mundo, mas que esse porto britânico, por onde passa 36% do volume de frete marítimo no Reino Unido, "está entre os três ou quatro portos mais afetados". O motivo, segundo ele, é que "os contêineres vazios não são retirados na velocidade normal, por falta de caminhoneiros".A falta de 100.000 motoristas e o medo de um desabastecimento generalizado no Natal levaram o governo britânico a revisar sua política migratória e conceder 10.500 vistos de trabalho provisórios.A.P. MOELLER-MAERSK Veja Mais

"É UMA JOGADA INTELIGENTE QUANDO ALGUÉM ESTÁ JOGANDO ATRÁS"| ACE BANDSPORTS

Band Sports Andy Murray explicou os motivos que o levaram a sacar por baixo durante uma partida em Indian Wells. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Jogo dos Guardiões da Galáxia ganha trailer de lançamento

canaltech A Square Enix lançou um novo trailer de Marvel's Guardians of the Galaxy nesta terça-feira (12), mostrando mais da dinâmica entre os Guardiões e alguns detalhes antes do lançamento do jogo. Guardiões da Galáxia: vídeo adorável mostra bastidores de Cosmo no jogo Preview Marvel's Guardians of the Galaxy | Caótico até demais Jogo de Guardiões da Galáxia está finalizado e comemora com meme brasileiro   No vídeo podemos ver os personagens enfrentando diversos problemas presentes no jogo, como a Igreja da Verdade Universal aparecendo e causando problemas aos heróis. Além disso, podemos ver um pouco mais da jogabilidade de Peter Quill em conjunto com os outros Guardiões, mostrando a sinergia de combate utilizando seus companheiros de equipe para lutar. Outros personagens do universo dos Guardiões, como Mantis, Cosmo e a Tropa Nova aparecem no trailer. No final, ainda existe uma breve aparição de um possível novo personagem. Apesar da breve aparição, existem duas possibilidades. Adam Warlock, personagem cósmico e considerado um dos seres mais fortes do universo, ou Magus, sua versão maligna. Pela fala do personagem, onde ele parece estar chamando os Guardiões de "rebanho", podemos esperar que seja a segunda versão. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Compre aqui o Xbox Series S e entre para a nova geração com o modelo mais compacto da Microsoft Marvel's Guardians of the Galaxy chega em 26 de outubro para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series S, Xbox Series X e PC. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 animais mais bonitos do mundo Você vai se surpreender com o filme mais assustador de todos os tempos Quem é mais inteligente, o gato ou o cachorro? Imagens de satélite mostram erupção do vulcão Cumbre Vieja ficando mais intensa Qual foi o primeiro carro do mundo? A resposta pode surpreender Veja Mais

Governo britânico pede ao G7 ação mundial frente à crise de abastecimento

em - Internacional O ministro da Fazenda britânico, Rishi Sunak, pedirá ao G7 das Finanças, que se reunirá na quarta-feira em Washington mais coordenação para tornar "mais resilientes" as cadeias de abastecimento mundial, que sofrem perturbações nos últimos meses.Devido ao Brexit, o Reino Unido sofre especialmente destas incidências, com complicações no comércio de bens e de trabalhadores que se traduz, por exemplo, na falta de cerca de 100.000 caminhoneiros.O encarregado do governo britânico, que preside o G7 das Finanças até o fim do ano, também participará da assembleia anual do Fundo Monetário Internacional, do Banco Mundial e da reunião de ministros das Finanças do G20.Nesta última, Sunak pedirá a seus contrapartes incrementar o apoio aos países pobres no que diz respeito à distribuição de vacinas contra a covid-19 e trabalhar na transição para a neutralidade de carbono. Veja Mais

Bolsonaro diz que Alcolumbre tortura André Mendonça ao não marcar sabatina

O Tempo - Política Presidente voltou a afirmar que não mudará nome sem votação no Congresso e evitou tomar partido na briga entre Malafaia e Ciro Nogueira Veja Mais

Como gravar Stories com o fundo desfocado no iPhone

canaltech Como uma novidade escondida na atualização do iOS 15, o iPhone agora permite que você ative o Modo Retrato ao habilitar a câmera dentro de algum outro aplicativo baixado da App Store — como, por exemplo, o Instagram. Conheça 3 aplicativos para legendar Stories no Instagram 5 aplicativos para criar e editar Stories do Instagram Como salvar um Stories seu ou de outra pessoa no Instagram Desta forma, você pode ativar o modo para que o fundo da tela do seu dispositivo fique desfocado ao gravar Stories, Reels, ou fazer uma live pelo app de rede social, o que não era possível até o iOS 14. A novidade, no entanto, funciona apenas em modelos de iPhone que possuam o chip A12 Bionic — ou seja, a geração do iPhone XR, XS e XS Max em diante. Gravação de Stories do Instagram sem estar com o fundo desfocado. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech) Até a versão do sistema anterior, as gravações de vídeo tinham de ser filmadas com o fundo normal — ou seja, sem estar desfocado —, enquanto fotografias precisavam ser tiradas com o Modo Retrato pelo próprio app nativo da câmera do iOS, para então serem importadas e postadas nos Stories da sua conta do Instagram. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Como ver os Stories do Instagram anonimamente Como colocar legendas em vídeos do Stories Aprenda a salvar automaticamente os Stories do Instagram no seu celular Entenda no tutorial abaixo como fazer para gravar Stories do Instagram com o Modo Retrato do iOS ativado, ou seja, com o fundo desfocado em seu iPhone. Como gravar Stories com o fundo desfocado no iPhone Passo 1: no seu iPhone, abra o Instagram e arraste a tela para a esquerda. Nas opções de estilos de gravação do app, escolha e selecione entre "Story", "Reels" ou "Ao Vivo". Escolhe entre "Story", "Reels"ou "Ao Vivo". Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech) Passo 2: acesse a Central de Controle do iOS, arrastando o topo direito da tela do seu dispositivo para baixo. No topo esquerdo da Central de Controle, como uma novidade do iOS 15, você vai encontrar uma aba de efeitos aplicados na câmera. Clique em "Efeitos". Acesse a Central de Controle do iOS e clique na nova aba de "Efeitos. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech) Passo 3: clique para ativar o efeito do Modo Retrato em seu dispositivo. Ative o Modo Retrato em seu dispositivo. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech) Passo 4: você vai notar que a aba de Efeitos da Central de Controle agora vai indicar que o Modo Retrato está sendo aplicado na câmera do seu aparelho para ser usado no Instagram. O efeito do Modo Retrato estará aplicado para ser usado no Instagram. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech) Passo 5: retorne ao Instagram e pronto, o efeito de Modo Retrato estará aplicado na câmera, permitindo que você possa gravar Stories com o fundo da tela desfocado em seu iPhone. Grave Stories com o fundo da tela desfocado. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 animais mais bonitos do mundo Você vai se surpreender com o filme mais assustador de todos os tempos Quem é mais inteligente, o gato ou o cachorro? Imagens de satélite mostram erupção do vulcão Cumbre Vieja ficando mais intensa Qual foi o primeiro carro do mundo? A resposta pode surpreender Veja Mais

Mil mulheres e crianças correm 'risco imediato' em prisões da Líbia (Unicef)

em - Internacional Mil mulheres e crianças correm um "risco imediato" em prisões superlotadas de Trípoli, juntamente com milhares de outros migrantes, alertou nesta terça-feira o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef)."Um total de 751 mulheres e 255 crianças estão entre os milhares de migrantes e solicitantes de asilo detidos nas recentes prisões em massa" ocorridas na capital da Líbia, advertiu o escritório do fundo no país. "A segurança e o bem-estar" dessas mulheres e crianças, incluindo 30 bebês e cinco menores desacompanhados, correm um "risco imediato", acrescentou.Autoridades líbias realizaram no começo do mês uma ampla operação policial, com o argumento oficial de combater o tráfico de drogas, mas que serviu para prender cerca de 5 mil migrantes e refugiados. A Líbia representa um importante ponto de passagem para dezenas de milhares de migrantes que tentam chegar à Europa, a maioria procedente de países da África Saariana.Segundo o Unicef, o número de pessoas presas é "muito superior à capacidade" dos centros de detenção. Veja Mais

Indústria mundial do cimento quer acelerar redução de suas emissões de CO2

em - Internacional Os principais atores mundiais do cimento anunciaram nesta terça-feira (12) a intenção de "acelerar a transição" para uma produção menos poluente, com uma redução adicional de 25% de suas emissões de CO2 até 2030.As empresas do setor se comprometeram a "evitar [emitir] 5 bilhões de toneladas de emissões de CO2 até 2030", o que representa "quase o mesmo que 15 bilhões de voos comerciais entre Paris e Nova York", declarou em um comunicado a Associação Mundial de Produtores de Cimento e Concreto (GCCA).Esta associação reúne os principais atores do setor, entre os quais estão gigantes como a suíça Holcim (antes LafargeHolcim), a mexicana Cemex e a chinesa CNBM, que em conjunto representam 80% da produção mundial, excluindo a China.Os membros da GCCA se comprometeram em 2020 a alcançar o objetivo da neutralidade do carbono até 2050.A cada ano são produzidos 14 bilhões de metros cúbicos de concreto em todo o mundo para construir rodovias, pontes e prédios.CEMEXLAFARGEHOLCIM Veja Mais

BRASIL X ALEMANHA: QUEM VAI MAIS LONGE NA COPA DO MUNDO? ESPN FC debate e projeta

BRASIL X ALEMANHA: QUEM VAI MAIS LONGE NA COPA DO MUNDO? ESPN FC debate e projeta

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #CopaDoMundo #ESPNFCbr #ESPNnoStarPlus Veja Mais

Beatstar: dicas para melhorar a pontuação e garantir diamante

canaltech Beatstar é uma das novas sensações do momento, pelo menos quando o assunto é jogo gratuito para celular. Com sua proposta simples de tocar grandes sucessos da música internacional com o toque dos dedos, a jogabilidade do título evoca na memória a saudosa franquia Guitar Hero. Beatstar é o novo Guitar Hero? Conheça o jogo de ritmo para celular 7 jogos que ocupam muito espaço interno do celular Review Metroid Dread │ Um retorno de braços abertos para o novo Cada faixa finalizada no jogo gera uma pontuação que é classificada de uma a cinco estrelas. Quando o jogador conquista a classificação máxima de estrelas, aparecem as medalhas de prata, ouro e diamante. As melhores pontuações nas músicas garantem novas faixas para o seu repertório, mas não só isso.   Beatstar possui muitas mecânicas sociais, que permitem o jogador competir contra amigos pelos placares mais altos em cada canção. O desafio de conseguir uma boa marca, no entanto, não é tão simples. Para garantir a medalha de diamante, não existem margens para erros. Se você busca a liderança de pontuação, o Canaltech separou uma lista para melhorar seus placares em Beatstar, que está disponível de graça para dispositivos iOS e Android.  -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- 4. Sincronize o áudio no jogo  As maiores pontuações vem com uma maior sequência de notas perfeitas. Por isso, antes de começar a jogatina, sempre é bom certificar que o áudio do celular está corretamente sincronizado com a sequência de notas que aparecem na tela. O áudio dessincronizado pode prejudicar o placar final. Para verificar se tudo está nos conformes, é necessário abrir o menu do jogo e selecionar a opção “Sincronizar Áudio”. É possível atrasar ou adiantar as barras mostradas na tela até que estejam alinhadas com o som executado. Assim você garante que o som e as notas estão em harmonia. Sincronize o áudio do jogo com a opção "Sincronizar Áudio" (Imagem: Reprodução/Space Ape) 3. Acerte todas as notas no “Perfeito+” A medalha de diamante equivale à pontuação perfeita em Beatstar. Ou seja, toda nota importa para alcançar a marca. Para conquistar a classificação, o jogador deve acertar todas as batidas em “Perfeito+” e manter o dedo pressionado até o final em todas as batidas que precisam ser seguradas. Tabela mostra pontuações para cada música no jogo (Imagem: Reprodução/Space Ape) O “Perfeito+” ocorre quando o jogador toca a nota exatamente no momento em que a batida se sobrepõe à zona perfeita na tela. Se você estiver um pouco adiantado ou atrasado, a nota é apenas registrada como perfeita. Mesmo que o multiplicador continue durante uma sequência de batidas perfeitas, sem o “Perfeito+” em todas as notas, a medalha de diamante não será sua. 2. Tente manter o multiplicador  O show só termina em Beatstar quando você deixa de tocar uma nota. Notas mal executadas, muito fora do tempo e distantes da barra de perfeito, são marcadas como “bom”. Entretanto, não se engane. O bom do jogo não é sinônimo de uma boa pontuação. A marca interrompe e reinicia o multiplicador de pontos, que pode prejudicar até mesmo uma pontuação 5 estrelas. Notas Perfeito+ e Perfeito em sequência aumentam multiplicador de pontos (Imagem: Reprodução/Space Ape) O multiplicador é baseado nas sequências. Quando você quebra uma sequência, o multiplicador desce 1 nível por vez. O limite do multiplicador varia de acordo com a dificuldade da música: em canções de nível Extremo, a sequência máxima é x5; em músicas de nível Difícil, a sequência máxima é x4; no nível Normal, a sequência máxima é x3. A sequência máxima é maior para músicas de dificuldade mais alta, uma vez que existem mais batidas. 1. Garanta uma boa variedade de músicas  Se o seu forte não é conseguir pontuação máxima em todas as canções, ainda é possível fazer muitos pontos em faixas diferentes, o que garante uma boa classificação entre amigos no jogo. Jogo conta com imensa lista de músicas, que devem ser desbloqueadas (Imagem: Reprodução/Space Ape) Para acumular canções em Beatstar é necessário ganhar Beatcoins ao jogar. Quanto mais longe você for nas fases da música, mais Beatcoins você recebe. Beatcoins são acumuladas no espaço da caixa de discos. Uma vez preenchida, você pode receber uma nova caixa de discos para abrir e resgatar uma música inédita. Você pode ver quantas Beatcoins ainda precisa em seu saldo no espaço ativo da caixa. Compre o Xbox Series S no Magalu e garanta sua entrada para a nova geração de consoles Também é possível receber novas músicas progredindo na Jornada, uma fonte de recompensas que mostra o avanço do jogador no título, como uma espécie de nível. Entre os prêmios da Jornada estão caixas de músicas. Progresso na Jornada garante prêmios, como músicas, para o jogador (Imagem: Reprodução/Space Ape) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 animais mais bonitos do mundo Você vai se surpreender com o filme mais assustador de todos os tempos Quem é mais inteligente, o gato ou o cachorro? Imagens de satélite mostram erupção do vulcão Cumbre Vieja ficando mais intensa Qual foi o primeiro carro do mundo? A resposta pode surpreender Veja Mais

Rainha Elizabeth II aparece em público com bengala

O Tempo - Mundo Soberana foi vista caminhando nesta terça (12) usando o acessório pela primeira vez em um compromisso público desde 2004, quando foi submetida a uma cirurgia no joelho Veja Mais

Monster Hunter Rise não terá cross-play entre Switch e PC

Monster Hunter Rise não terá cross-play entre Switch e PC

Tecmundo Há algum tempo, surgiu na rede a informação de que a Capcom estava conduzindo uma pesquisa para saber se os fãs gostariam de ver opções de cross-play e cross-save para Monter Hunter Rise no Switch e no PC. Entretanto, surgiu na rede nesta segunda-feira (11) um tweet que joga um balde d’água fria naqueles que aguardavam por essa possibilidade.Leia mais... Veja Mais

Preços da energia devem cair no começo de 2022, diz economista-chefe do FMI

em - Internacional Os preços da energia, que dispararam nos últimos dias, podem permanecer altos nos próximos meses, mas começarão a baixar no início de 2022, disse nesta terça-feira (12) Gita Gopinath, economista-chefe do Fundo Monetário Internacional, em entrevista com a AFP.Embora os preços da energia "vão permanecer elevados" nos próximos meses, "esperamos que voltem a baixar no fim do primeiro trimestre do ano que vem e no segundo trimestre", acrescentou. "Uma vez que passemos pelos meses de inverno (no hemisfério norte), estaremos melhor", disse Gopinath. Os preços mundiais do petróleo dispararam na segunda-feira e alcançaram máximos históricos devido à forte demanda e à escassez de abastecimento, provocando a queda das principais bolsas de valores. O petróleo West Texas Intermediate para entrega em novembro foi cotado acima dos 80 dólares o barril pela primeira vez desde outubro de 2014, enquanto o petróleo Brent de Londres atingiu um máximo em três anos, a 84,59 dólares. O WTI subiu nesta terça, enquanto o Brent recuou ligeiramente. Este aumento dos preços da energia alimentou os temores de que a inflação possa crescer ainda mais e dificultar a recuperação econômica mundial da recessão provocada pela pandemia. Gopinath alertou que o clima vai influenciar, pois um inverno muito severo poderia provocar interrupções de energia de maior alcance e apagões, "que terão um efeito muito maior no mundo". Veja Mais

Cuba proíbe manifestação opositora em 15 de novembro

em - Internacional Cuba proibiu nesta terça-feira (12) una passeata da oposição prevista para 15 de novembro, classificando a mesma de provocação, e afirmou que seus organizadores têm vínculos com Washington para promover uma mudança de regime na ilha, segundo uma nota oficial."Os organizadores e seus posicionamentos públicos, assim como os vínculos de alguns com organizações subversivas e agências financiadas pelo governo americano, têm a intenção manifesta de promover uma mudança do sistema político em Cuba", assinala a carta de resposta ao pedido para realizar a marcha, publicada no site oficial Cubadebate.A manifestação anunciada em Havana, "cujo esquema organizacional é concebido simultaneamente para outros territórios do país, constitui uma provocação e é parte da estratégia de mudança de regime" para Cuba, acrescentaram as autoridades na resposta, que destaca o caráter constitucional e "irrevogável" do sistema socialista cubano.A mesma resposta foi emitida tanto em Havana como nas outras seis províncias (Holguín, Cienfuegos, Pinar del Río, Las Tunas, Santa Clara e Guantánamo) onde foram feitas solicitações de autorização para uma manifestação "contra a violência" e pela "mudança".Em Havana, o dramaturgo Yunior García, organizador da manifestação na capital e líder do grupo Archipiélago, lamentou as acusações sobre financiamento dos Estados Unidos. "Sempre, qualquer coisa que o cubano faça, vão dizer que são os mandos de alguém em Washington, como se nós cubanos não pensássemos, não tivéssemos cérebro", afirmou. "Qualquer cubano sensato quer mudanças para o bem, qualquer cubano sensato quer que em Cuba haja mais democracia, que haja mais progresso, que haja mais liberdade, em todos os sentidos", acrescentou.Saily González, organizadora da manifestação na província de Santa Clara (centro), disse que a acusação de financiamento de parte dos Estados Unidos "logicamente que é mentira, não há e nunca vai haver provas", disse, denunciando ameaças e cortes de internet a vários ativistas."É importante que se saiba que em Cuba o govenro não permite que sua sociedade civil se manifeste", acrescentou Saily em um vídeo difundido no Facebook.O governo cubano, que nega a existência de presos políticos em Cuba, considera ilegal a oposição, que acusa de ser financiada por Washington.O porta-voz do Departamento de Estado americano, Ned Price, criticou a proibição da passeata e pediu ao governo cubano que respeite os direitos fundamentais. "É a liberdade de expressão, é a liberdade de se reunir pacificamente que o governo cubano negou ao seu povo", disse Price em Washington."Pedimos ao governo de Havana que respeite as liberdades e os direitos fundamentais do povo cubano". Ele negou que as demandas tenham a ver com Washington, e afirmou que as mesmas se devem a "desejos insatisfeitos do povo cubano de liberdade, dignidade e prosperidade".Inicialmente, Archipiélago havia convocado a marcha para 20 de novembro, mas, na última sexta-feira (8), anunciou o adiantamento da marcha cívica para o dia 15, depois que o governo decidiu decretar a primeira data como "Dia Nacional da Defesa"."Não podíamos ser irresponsáveis, nós não queremos violência, não queremos que os cubanos se enfrentem e não podíamos lançar os manifestantes para o embate com um Exército nas ruas, que poderia reagir de forma violenta", indicou García. O "mais sensato era antecipar a marcha" para o dia 15, quando está prevista a reabertura de Cuba para o turismo internacional. Os visitantes poderão andar pelas ruas e os cubanos podem, então, exercer os seus direitos, acrescentou.Preguntado sobre qual seria o próximo passo, depois da proibição das autoridades, García assinalou que haverá uma consulta com os integrantes do Archipiélago para decidir o que fazer.Nos dias 11 e 12 de julho deste ano, Cuba foi sacudida por uma onda de protestos inéditos em dezenas de cidades da ilha, que terminou com o saldo de um morto, dezenas de feridos e centenas de detidos. Veja Mais

EUA e China buscam o tom certo enquanto cresce tensão sobre Taiwan

em - Internacional Enquanto cresce a tensão sobre Taiwan, China e Estados Unidos tentam fixar limites e o crucial é encontrar o nível adequado de pressão entre as duas potências nucleares.Entre a montanha de disputas entre as maiores economias do mundo, Taiwan é vista com frequência como a única que pode levar a um conflito, enquanto Pequim considera este território alinhado a Washington como uma província rebelde que quer recuperar.Uma quantidade recorde de aviões chineses entrou este mês na zona de defesa aérea de Taiwan. O ministro da Defesa da ilha advertiu que Pequim poderia lançar uma invasão em larga escala em 2025.Enquanto isso, aliados dos Estados Unidos aceleram os passos com o Japão em seu apoio pleno ao governo de Taipé, inclusive sua aposta em se integrar a um pacto comercial regional. E a Austrália entrou na aliança tripartite AUKUS com os Estados Unidos e a Grã-Bretanha, considerada uma resposta ao crescente poderio chinês.Oriana Skylar Mastro, acadêmica da Universidade de Stanford e membro do instituto American Enterprise, disse que os voos chineses não significam que esteja em preparação uma invasão a curto prazo, mas que existe a intenção de mandar uma mensagem."É para dizer a Taiwan que ninguém pode ajudá-los", disse. "A AUKUS ou as declarações japonesas sobre Taiwan não vão mudar seu cálculo estratégico", acrescentou.Os Estados Unidos deixaram de reconhecer oficialmente Taiwan por causa da China em 1979, mas o Congresso exigiu que Washington fornecesse armas à ilha para sua autodefesa.O risco de um erro de cálculo foi advertido recentemente pelo principal general americano, Mark Milley, que disse perante o Congresso ter falado com seu contraparte chinês para esclarecer que o ex-presidente Donald Trump não tinha intenções de atacar nos turbulentos dias finais do seu mandato.- Quais riscos assumir? -Jake Sullivan, assessor de segurança nacional do presidente Joe Biden, debateu a questão de Taiwan na semana passada, em Zurique, com um alto diplomata chinês, Yang Jiechi.Perguntado em seguida pela BBC se os Estados Unidos estão preparados para empreender ações militares em defesa de Taiwan, respondeu: "Deixe-me dizer-lhe isto: vamos tomar ações agora para tentar evitar que isto ocorra".Entre estas ações está o treinamento de tropas taiwanesas pelas forças especiais americanas, disse à AFP um funcionário do Departamento de Defensa.Mas até agora o governo Biden mantém em suspenso uma proposta de permitir que a embaixada de fato de Taiwan se chame Escritório de Representação de Taiwan, afastando-se, assim, de décadas de um discurso diplomático delicado.Mastro sustenta que isto poderia ter pouco efeito e, inclusive, ser contraproducente, enquanto muitos em Pequim estão convencidos, embora Washington negue, que os Estados Unidos apoiam plenamente a independência de Taiwan."Acho que vale a pena correr riscos pela venda de armas, por exemplo. Isso ajuda Taiwan a resistir um pouco mais", disse."Coisas como as mudanças de nome são pensadas para mostrar que os Estados Unidos querem lutar, mas, afinal, só aumenta a determinação da China", acrescentou.Kuo Yujen, analista político da Universidade Nacional de Taiwan Sun Yat-sen, disse que os esforços americanos iniciados por Trump apontam a mostrar a Pequim que sua firmeza crescente "seria contraproducente para o propósito da China e a estabilidade no estreito de Taiwan".- Calibrar as mensagens -O presidente chinês, Xi Jinping, atiçou o nacionalismo perante os que dizem em Pequim ver o declínio dos Estados Unidos. Mas vários especialistas observam que Xi está calibrando a mensagem sobre Taiwan.Em discurso proferido no sábado por ocasião do 110º aniversário da revolução que levou à fundação da República da China - nome formal de Taiwan -, Xi disse que a "reunificação nacional em forma pacífica significa servir melhor à nação em seu conjunto; incluindo nossos irmãos em Taiwan".Craig Singleton, da Fundação para a Defensa da Democracia, disse que Xi foi "incomumente pragmático e comedido" e que Washington deveria tomar nota disso."Faz pouco sentido continuar alimentando o desejo de Taiwan de sistemas de armamentos grandes e caros que, certamente, poderiam ser destruídos pelo exército em poucas horas durante um conflito", disse Singleton. Veja Mais

15 melhores filmes de fantasia da Netflix para assistir em 2021

15 melhores filmes de fantasia da Netflix para assistir em 2021

Tecmundo Os filmes de fantasia têm características únicas que cativam os espectadores de diferentes faixas etárias. Capazes de despertar a curiosidade do público por conta de todos os elementos que estão em cena, essas produções mostram como a nossa realidade pode ser modificada com  uma boa dose de magia e aventura.Pensando nisso, destacamos alguns dos melhores filmes de fantasia para assistir na Netflix ainda em 2021. Confira!Leia mais... Veja Mais

Influenciadora digital americana Gabby Petito morreu por estrangulamento

em - Internacional Gabby Petito, a influenciadora digital americana que desapareceu quando viajava com o namorado, morreu por estrangulamento, segundo a necropsia, informaram autoridades nesta terça-feira (12)."A causa da morte é estrangulamento, portanto, homicídio", disse o médico Brent Blue, durante entrevista coletiva em Wyoming, onde foi encontrado o corpo da jovem de 22 anos.O doutor Blue informou que o corpo de Petito deve ter ficado exposto de três a quatro semanas. A jovem fazia uma viagem de estrada com o namorado, Brian Laundrie, até que sua família reportou seu desaparecimento em 11 de setembro.Laundrie voltou a viagem sozinho para a casa de sua família na Flórida. O FBI emitiu ordem de prisão contra ele, mas o jovem de 23 anos deixou a casa dos pais e está desaparecido.O doutor Blue se recusou a apontar suspeitos, destacando que a necropsia só determina a causa da morte.O desaparecimento de Petito comoveu os Estados Unidos. A influenciadora, com mais de um milhão de seguidores no Instagram, postou imagens idílicas da viagem em sua conta, algumas delas ao lado de Laundrie. O casal chegou a ser interceptado por policiais rodoviários durante uma discussão. Veja Mais

Google Home receberá recurso de controle remoto no Android e iOS

Google Home receberá recurso de controle remoto no Android e iOS

Tecmundo Há cerca de um mês, a Google liberou a nova funcionalidade 'Android TV Remote' para o aplicativo do Google TV. Em breve, o recurso também estará disponível em centenas de smartphones com os sistemas Android e iOS por meio do Google Home, permitindo que TVs sejam controladas por meio do dispositivo móvel.De acordo com informações reveladas ao portal Engadget, os usuários da Google TV, e de televisões com o sistema Android TV, poderão usar praticamente qualquer celular como um controle remoto via aplicativo Google Home. Leia mais... Veja Mais

QUAL JOGADOR DO PALMEIRAS SERIA TITULAR NO FLAMENGO OU NO ATLÉTICO-MG? ESPN F90 debate

QUAL JOGADOR DO PALMEIRAS SERIA TITULAR NO FLAMENGO OU NO ATLÉTICO-MG? ESPN F90 debate

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #F90BR #Palmeiras #ESPNnoStarPlus Veja Mais

BRUNO HENRIQUE OU ARRASCAETA: QUEM FAZ MAIS FALTA PARA O FLAMENGO? ESPN F90 debate

BRUNO HENRIQUE OU ARRASCAETA: QUEM FAZ MAIS FALTA PARA O FLAMENGO? ESPN F90 debate

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #F90BR #Flamengo #ESPNnoStarPlus Veja Mais

Vinte e cinco corpos são encontrados em valas comuns na Líbia

em - Internacional Vinte e cinco corpos não identificados foram encontrados na localidade de Tarhuna, oeste da Líbia, onde no ano passado foram encontradas várias valas comuns, anunciou nesta terça-feira (12) a autoridade líbia encarregada dos desaparecidos."Descobriram cinco valas comuns", nas quais foram encontrados 25 corpos, informou o organismo em um comunicado.O anúncio ocorreu uma semana depois da descoberta de dez cadáveres na mesma localidade agrícola, onde 200 corpos foram exumados no ano passado em valas comuns.Uma missão de investigação da ONU chegou à conclusão em 4 de outubro de que na Líbia foram cometidos desde 2016 "crimes de guerra" e "crimes contra a humanidade".A existência de valas comuns em Tarhuna já tinha sido anunciada no ano passado depois que as forças do marechal Jalifa Haftar, que controlam o leste do país, deixaram a cidade.As ações violentas na localidade começaram em 2015, quando a milícia local Al Kani impôs um regime de terror e eliminou metodicamente seus opositores.A Líbia se tornou praticamente um Estado falido após a intervenção militar de 2011 que levou à queda do regime de Muamar Kadhafi, o que mergulhou o país em uma guerra civil.Os diferentes bandos confrontados assinaram em novembro de 2020 um cessar-fogo e em março nomearam um governo transitório que deve dirigir o país até a realização de eleições presidenciais e legislativas, previstas para o fim de dezembro e de janeiro, respectivamente. Veja Mais

Acidente de ônibus no Nepal mata 28 pessoas e fere mais de 10

 Acidente de ônibus no Nepal mata 28 pessoas e fere mais de 10

em - Internacional Ao menos 28 pessoas morreram e mais de uma dezena ficaram feridas nesta terça-feira (12) depois que um ônibus lotado de passageiros saiu da pista em uma região montanhosa do noroeste do Nepal, segundo as autoridades.O acidente, ocorrido na remota região de Mugu, ocorreu quando um dos pneus dianteiros do ônibus furou, explicou à AFP o funcionário do distrito, Rom Bahadur Mahat.O ônibus fazia o trajeto entre o distrito meridional de Banke e a região de Mugu e acredita-se que transportasse ao menos 45 pessoas, muitas das quais viajavam para celebrar o festival hindu do Dashain."Morreram no acidente 28 pessoas, estamos tentando identificar os corpos. Os feridos estão sendo atendidos nos hospitais", acrescentou Mahat.Acidentes rodoviários mortais são relativamente frequentes no Nepal devido ao mau estado das rodovias, à manutenção ruim dos veículos e à direção perigosa.Mais de 2.500 pessoas morreram em quase 13.000 acidentes de trânsito no Nepal em 2019, segundo dados do governo. Veja Mais

Irmão de ex-presidente da Argélia é condenado a dois anos de prisão

em - Internacional O irmão mais novo do ex-presidente da Argélia Abdelaziz Bouteflika foi condenado nesta terça-feira a dois anos de prisão por "obstrução do bom desempenho da Justiça", informou a agência de notícias oficial APS.A promotoria havia pedido sete anos contra Said Bouteflika, que era acusado juntamente com outros ex-dirigentes de "incitação à falsificação de documentos oficiais", "abuso de funções", "obstrução da Justiça", "incitação à parcialidade da Justiça" e "desacato" .Além de Said Bouteflika, foram condenados o ex-ministro da Justiça Tayeb Louh (seis anos), o chefe da patronal Ali Hadad (dois anos) e o ex-inspetor-geral do Ministério da Justiça Tayeb Belhashemi (dois anos).O irmão e influente conselheiro do ex-presidente falecido em setembro havia sido condenado em 2019 a 15 anos de prisão por um tribunal militar, por "conspiração contra o Exército", que solicitava a saída de seu irmão do poder para resolver a crise gerada pelo movimento de protesto Hirak. Em janeiro de 2021, no entanto, um tribunal de apelações militar o absolveu, embora, ao estar sob investigação por tráfico de influência, ele tenha permanecido preso.Bouteflika, 63, já cumpriu a sentença de dois anos imposta hoje, mas permanecerá na prisão enquanto aguarda a resolução de outros processos contra ele.Desde a renúncia de Abdelaziz Bouteflika, em abril de 2019, pressionado pelos protestos e pelo Exército, a Justiça argelina já prendeu e condenou várias autoridades políticas que fizeram parte de seu mandato. Veja Mais

Congresso americano aumenta até dezembro teto da dívida

em - Internacional O Congresso americano concordou nesta terça-feira em aumentar o teto da dívida até o fim do ano, o que dá um respiro à maior economia do mundo, antes de uma nova batalha política para evitar um default.Com o apoio apenas dos democratas (219 votos a 206, todos republicanos), a Câmara dos Representantes aprovou a medida que aumenta o limite do endividamento americano em cerca de 480 bilhões de dólares. A entrada em vigor desse dispositivo permitirá ao país honrar seus vencimentos até o começo de dezembro.O texto, aprovado no Senado na semana passada, será rapidamente encaminhado a Joe Biden, que irá promulgá-lo imediatamente, informou a Casa Branca."Trata-se da nossa economia e da economia mundial, mas também é sobre a nossa Constituição, a qual diz que o crédito e a confiança nos Estados Unidos não devem ser colocados em dúvida", assinalou a presidente da câmara, Nancy Pelosi, antes da votação."Não podemos tolerar que a política partidária torne nossa economia refém e não podemos permitir que a rotina de pagar nossas contas se transforme em um espetáculo político que corrói a confiança (nos Estados Unidos) a cada dois anos ou a cada dois meses", declarou a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, na semana passada.- FMI defende mudança -Para o FMI, que realiza suas reuniões anuais com o Banco Mundial esta semana, os Estados Unidos devem encontrar "uma solução de longo prazo" na gestão de sua dívida, que inclua a eliminação do teto da dívida, segundo a economista-chefe do Fundo, Gita Gopinath."Isso poderia ser feito substituindo o teto da dívida por algum tipo de objetivo fiscal de médio prazo (...), ou aumentando automaticamente o teto da dívida", explicou Gopinath em entrevista coletiva nesta terça-feira por ocasião da divulgação das projeções econômicas globais do Fundo Monetário Internacional. "Essas constantes repetições (de conflitos no Congresso) certamente não são úteis" para o bom funcionamento da economia, comentou, destacando que gera incertezas, principalmente nos mercados.- 'Manobra arriscada' -Os republicanos se recusam a aprovar medidas de longo prazo para aumentar a dívida máxima, porque acreditam que seria um cheque em branco para Joe Biden financiar seus planos faraônicos de investimento em infraestrutura e reformas sociais.Nenhuma dessas iniciativas foi aprovada no Congresso. O novo endividamento permitirá o pagamento de contas correntes, incluindo obrigações contraídas durante a presidência de Donald Trump, encerrada no ano passado. O líder dos republicanos no Senado, Mitch McConnell, insta os democratas a alcançarem sozinhos uma solução duradoura até dezembro, por meio de um complexo mecanismo de votação que permitiria aumentar o limite de emissão da dívida americana sem votos da oposição. A situação considera o procedimento "muito arriscado". O texto aprovado nesta terça-feira adia para o fim de novembro uma batalha parlamentar que se anuncia dura para as finanças dos Estados Unidos. A grande probabilidade de o país retomar o problema em dezembro não tranquiliza os mercados. O dia 3 de dezembro "é um prazo curto" e a "incerteza continuará a mais longo prazo", disse na semana passada a secretária do Tesouro, Janet Yellen, à CNN. Veja Mais

iPhone X ganha porta USB Tipo-C em modificação feita por estudante

canaltech A Apple oficializou o primeiro iPhone com o seu famoso conector de 30 pinos, usado em iPods até então. Com a chegada do iPhone 5, a gigante de Cupertino abandonou essa conexão pelo Lightning, padrão proprietário menor e mais eficiente que o seu antecessor. Mais recentemente, a maioria dos fabricantes do mundo passaram a usar o USB Tipo-C nos celulares, enquanto a Apple permanece no Lightning. Apple pode ser obrigada a lançar iPhones com USB-C na Europa Europa propõe que todos os celulares usem conector USB-C, até mesmo iPhones iPhone 14 com painel traseiro plano e entrada USB-C ganha conceito em vídeo Agora, um mestrando em engenharia robótica chamado Ken Pillonel modificou um iPhone X, modelo oficializado em 2017, para trocar a conexão Lightning pelo USB Tipo-C, conforme mostrado em um vídeo que ele publicou em seu canal do YouTube. O vídeo de título "World's First USB-C iPhone" exibe o dispositivo em funcionamento com uma porta USB Tipo-C.   No vídeo, Pillonel diz que mesmo com a troca, o smartphone pode ser carregador normalmente, e a transferência de dados também funciona. Aqui, ele mostra que o MacBook consegue identificar o iPhone X corretamente, e usa um mesmo cabo para carregar tanto seu Mac quanto seu iPhone, confirmando o êxito no processo. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Primeiro, ele teve que fazer toda a eletrônica funcionar, e depois fez um processo de engenharia reversa do conector Apple C94. Com isso, ele foi capaz de criar sua própria placa com uma porta USB Tipo-C fêmea, que substituiu a original do smartphone. Ele revela que um vídeo completo mostrando todo o processo deve ser publicado em breve. Vale dizer que a União Europeia quer padronizar os conectores dos dispositivos eletrônicos até 2023, com o objetivo de reduzir o lixo eletrônico. Assim, é possível que a Apple seja obrigada a lançar um iPhone com USB Tipo-C no futuro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 animais mais bonitos do mundo Você vai se surpreender com o filme mais assustador de todos os tempos Quem é mais inteligente, o gato ou o cachorro? Imagens de satélite mostram erupção do vulcão Cumbre Vieja ficando mais intensa Qual foi o primeiro carro do mundo? A resposta pode surpreender Veja Mais

Novo golpe virtual exige resgate para a não divulgação pública de dados roubados

canaltech Os crimes virtuais continuam em alta, com a identificação constante de novos agentes maliciosos usados em golpes. Uma das ameaças mais recentes a serem identificadas é feita pelo grupo SnapMC, que realiza as extorsões típicas de ataques de sequestro virtual (ransomware) porém, com uma diferença importante: sem a encriptação dos dados.  Empresas devem investir 83% a mais em segurança digital em 2022, indica pesquisa Avast e ITS Rio disponibilizam 50 vagas para curso online de segurança digital Brecha expõe 1,7 bilhão de registros de plataforma brasileira de e-commerce Os ataques ransomware normalmente envolvem a infecção de um computador com um malware que encripta todos os arquivos presentes no sistema, impossibilitando que eles sejam acessados. Os documentos só são liberados após o pagamento do resgate para os criminosos responsáveis pelo golpe.  Porém, já há algum tempo, os criminosos virtuais começaram a notar que uma outra forma de obter lucros nesses ataques, e que pode ser até mesmo mais efetiva, é ameaçar a realização do vazamento dos dados roubados. Na lógica dos golpistas, enquanto a criptografia dos arquivos pode ser resolvida com backup constantes, a divulgação pública de dados sensíveis de uma empresa é algo mais complicado de ser contornado.  -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- A exfiltração de informações, ou seja, envio não autorizado de dados para terceiros, é o método principal de ataque do SnapMC. Segundo pesquisadores do NCC Group, o processo de golpe deste novo grupo de crimes digitais é extremamente rápida, com eles entrando no sistema, roubando dados e enviando e-mails de extorsão em menos de 30 minutos.  Segundo a pesquisa do NCC Group, o SnapMC usa o scanner de vulnerabilidades Acunetix para achar falhas nos servidores de rede e VPN do alvo, e então usa essas falhas para invadir e realizar o roubo dos dados.  Os pesquisadores afirmam que as vulnerabilidades mais usadas pelo grupo são as que possibilitam a execução de código remoto e mudanças e injeção de informações em bancos de dados SQL. Porém, ao mesmo tempo, a maioria dessas falhas identificadas no estudo já foram corrigidas, com o SnapMC procurando como alvo máquinas que não estão atualizadas com as últimas versões do sistema e de seus softwares.  Pagar o resgate é arriscado Em ataques de exfiltração de dados, o pagamento é arriscado, já que a posse dos arquivos está totalmente com o criminosos, e cumprir as demandas pode o incentivar a tentar fazer mais chantagens, com aquela vítima ou mesmo outros alvos.  E, mesmo com o pagamento da taxa exigida, ainda existe a possibilidade do criminoso ter feito uma cópia dos arquivos e os disponibilizar para venda em fóruns de comercialização de dados, para aumentar ainda mais o rendimento do ataque. A firma especialista em negociação durante ataques ransomware, Coveware, em comunicado para o site BleepingComputer, recomenda fortemente que vítimas não paguem as exigências nesses tipos de ataques, e cita como exemplo golpes do tipo onde a taxa foi paga, mas os golpistas não apresentaram provas sobre a exclusão dos arquivos ou que, algum tempo depois, vazaram os dados.  Se quiser se proteger do SnapMC, por hora, a melhor opção é manter todos os seus programas e sistemas atualizados, já que, como visto acima, eles atacam vulnerabilidades que, na maioria das vezes, já estão corrigidas em versões atuais de softwares.  Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 animais mais bonitos do mundo Você vai se surpreender com o filme mais assustador de todos os tempos Quem é mais inteligente, o gato ou o cachorro? Imagens de satélite mostram erupção do vulcão Cumbre Vieja ficando mais intensa Qual foi o primeiro carro do mundo? A resposta pode surpreender Veja Mais

COMENTARISTAS ANALISAM VITÓRIA DE DANIIL MEDVEDEV EM INDIAN WELLS| ACE BANDSPORTS

COMENTARISTAS ANALISAM VITÓRIA DE DANIIL MEDVEDEV EM INDIAN WELLS| ACE BANDSPORTS

Band Sports Tenista russo confirmou o favoritismo e venceu Krajinovic por 2 sets a 0. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

"A RADUCANU AINDA VAI SE ENCONTRAR", DIZ LUÍSA STEFANI| ACE BANDSPORTS

Band Sports Tenista comentou sobre a derrota da britânica na estreia do Indian Wells. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

BEN SIMMONS DE VOLTA AOS SIXERS: QUANDO ESTOURA A BOMBA? | Na Quadra de Casa! Ep. 89

BEN SIMMONS DE VOLTA AOS SIXERS: QUANDO ESTOURA A BOMBA? | Na Quadra de Casa! Ep. 89

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #NBA #Sixers #BenSimmons Veja Mais

LUÍSA STEFANI FALA SOBRE RECUPERAÇÃO: "ESTOU LEVANDO UM DIA DE CADA VEZ"| ACE BANDSPORTS

LUÍSA STEFANI FALA SOBRE RECUPERAÇÃO:

Band Sports Tenista brasileira comentou sobre os próximos passos para retornar as quadras no ano que vem. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Brian Goldner, diretor da Hasbro, morre após tirar licença de saúde

em - Internacional A fabricante de brinquedos Hasbro anunciou nesta terça-feira (12) que seu diretor, Brian Goldner, morreu aos 58 anos, dois dias depois de ter tirado uma licença médica.Após ingressar na empresa no ano 2000, Goldner chegou a ser diretor-geral em 2008 e presidente do conselho de administração em 2015."Desde que entrou para a sociedade, há mais de duas décadas, Brian era o coração e a alma da Hasbro", comentou Rich Stoddart, temporariamente no comando da empresa após o afastamento de Goldner."Como líder carismático e apaixonado pela brincadeira e a diversão, o trabalho de Brian levou alegria e risadas para as crianças e as famílias do mundo inteiro", destacou em um comunicado.Sob a batuta de Goldner, o grupo continuou produzindo grandes clássicos, como a massinha Play-Doh, os bonecos Meu Pequeno Pônei e GI Joe, e o jogo Monopólio, mas também se expandiu para o setor da produção audiovisual, com os desenhos animados Peppa Pigs e PJ Masks.Goldner, que era casado e pai de uma filha, informou no ano passado que fazia desde 2014 um tratamento contra um câncer. No domingo, a Hasbro anunciou que ele se afastaria temporariamente do cargo de diretor-geral por motivo de saúde.Hasbro Veja Mais

Londres busca acalmar tensão e apresenta nova versão do protocolo norte-irlandês

em - Internacional O secretário de Estado britânico para o Brexit, David Frost, apresentou nesta terça-feira em Lisboa uma versão modificada do protocolo norte-irlandês pós-Brexit, com menos controles alfandegários e uma arbitragem internacional, na véspera de uma nova proposta da UE.O texto, que regula o comércio dessa província britânica com o restante do Reino Unido após a saída do país do mercado único europeu, "não pode perdurar em sua forma atual", afirmou o dirigente britânico, que citou "uma situação muito grave" na Irlanda do Norte.O novo protocolo permitiria "a circulação quase livre de mercadorias entre a Irlanda do Norte (que ainda faz parte do mercado único europeu, para evitar uma fronteira com a Irlanda) e o restante do Reino Unido", explicou Frost, que considerou o protocolo atual "muito rígido".Essa versão, proposta por Londres, também incorpora um tribunal de arbitragem internacional para resolver disputas comerciais, em vez do Tribunal de Justiça da União Europeia.O ponto mais difícil da longa e complicada negociação do Brexit foi como evitar o restabelecimento de uma fronteira entre a Irlanda do Norte e a vizinha República da Irlanda, membro da UE. Para tal, Londres e Bruxelas concordaram com o denominado "protocolo norte-irlandês", em vigor desde 1° de janeiro, que impõe, em vez disso, controles aduaneiros entre aquela região e o restante do Reino Unido. Autoridades britânicas, no entanto, não gostaram do resultado final, e insistem há meses para que o protocolo seja alterado, até que a Comissão Europeia concordou em fazer uma nova proposta. "Aguardamos as propostas que serão apresentadas amanhã" pela Comissão, declarou Frost. Veja Mais

UE arrecada EUR 12 bilhões na maior emissão de bônus verdes

em - Internacional A União Europeia (UE) anunciou nesta terça-feira (12) ter arrecadado cerca de 12 bilhões de euros na maior emissão de bônus verdes já registrada - e os recursos serão usados em investimentos ecológicos e sustentáveis, segundo um comunicado."Esta representa a maior emissão de bônus verdes do mundo até hoje", afirmou a Comissão Europeia, acrescentando que a demanda por estes títulos com 15 anos de prazo tinha superado os 135 bilhões de euros.Segundo a Comissão, o bloco "se tornará o maior emissor de bônus verdes do mundo, proporcionando um impulso significativo aos mercados financeiros sustentáveis e financiando uma recuperação mais ecológica da UE da pandemia".O Comissário Europeu para o Orçamento, Johannes Hahn, disse a jornalistas que a operação "marca a maior carteira de pedidos de bônus verdes da história nos mercados de capital globais, e o maior bônus verde já emitido, não na Europa, mas no mundo".A UE tem um plano de emitir até 250 bilhões de euros em bônus verdes até 2026.Por isso, a Comissão apontou que a colocação dos títulos nesta terça-feira "representa um começo promissor" para o programa europeu deste tipo de bônus.Este programa deve cobrir aproximadamente um terço do gigantesco plano de recuperação pós-pandemia adotado pela UE no ano passado e que depende da emissão conjunta da dívida dos países do bloco.Johann Plé, da consultoria AXA Investment Managers, apontou que a oferta da UE "atraiu esta manhã (terça-feira) uma demanda enorme"."Isso sustenta nossa visão de que a emissão total destes bônus verdes em 2021 será o dobro da registrada em 2020", afirmou.Os planos para que a UE elabore sua própria lista de fontes de energia consideradas ecológicas - e, portanto, aptas para um financiamento sustentável -, conhecida como a "taxonomia do investimento", estão bloqueados atualmente.A Alemanha, por sua vez, resiste aos apelos para que a energia seja considerada um investimento ambientalmente adequado, o que reflete sua postura antinuclear.Mas dez países-membros da UE - inclusive a França, que funciona em grande medida com esta fonte de energia - apoiaram no domingo, em uma declaração, a opção pela energia nuclear, destacando que tem um papel importante a desempenhar na luta contra o aquecimento global. Veja Mais

EUA e Rússia mantêm discussões 'úteis', mas sem resultados, diz diplomata

em - Internacional A Rússia considerou "úteis" as conversas celebradas nesta terça-feira (12), em Moscou, entre altos funcionários russos e americanos, embora não tenham concretizado nenhum avanço."Nossas posições não são conciliáveis. Os americanos não escutam nossa lógica, nossas demandas. Mas a conversa, no entanto, foi útil", disse o vice-chanceler, Serguei Riabkov, citado pela agência de notícias russa Ria Novosti. Riabkov se reuniu com a número três da diplomacia americana, Victoria Nuland, a quem a Rússia permitiu a entrada em Moscou por três dias para conversar com funcionários russos, apesar de ter seu nome incluído em uma lista de pessoas não autorizadas e ingressar no país.Em troca, Washington concedeu visto a um alto diplomata russo, encarregado dos diálogos de desarmamento, Konstantin Vorontsov.A chancelaria russa disse ter advertido Nuland que "as ações hostis antirrussas não ficariam sem resposta", embora tenha negado que Moscou "busque uma nova escalada".A representante americana foi informada que se Washington não mudasse de atitude com a Rússia, haveria uma "nova degradação das relações", segundo um comunicado.Um dos principais temas debatidos nesta terça foi o dos vistos e o trabalho consular, bruscamente interrompido após várias ondas de deportações cruzadas de diplomatas, destacou Riabkov.O assunto foi apresentado "muito francamente" a Victoria Nuland, mas a situação "não melhorou", acrescentou.Nuland, por sua vez, disse que o tema principal das discussões seria a instauração de relações "estáveis e previsíveis" entre os dois países."Estou feliz de estar de novo na Rússia para me ocupar das nossas relações bilaterais", declarou nesta terça, depois de se reunir com Riabkov."As conversas foram úteis", disse em Washington o porta-voz da diplomacia americana, Ned Price.Ele também afirmou que a posição americana em relação ao pessoal diplomática se mantinha "firme"."Queremos paridade em relação aos efetivos" das missões diplomáticas respectivas. "E também queremos paridade sobre o tema dos vistos", acrescentou.Moscou e Washington têm diferenças em vários temas, como crises internacionais, casos de ingerência eleitoral, ciberataques, espionagem, etc.Mas as duas potências estão tentando reativar o diálogo em assuntos considerados de interesse comum.No fim de setembro, conversara em Genebra sobre paridade estratégica e controle de armamentos. Veja Mais

Especialistas dos EUA desaconselham ingestão preventiva de aspirina a maiores de 60 anos

em - Internacional A ingestão diária de aspirina para reduzir o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral não deve mais ser recomendada nos Estados Unidos a pessoas de 60 anos ou mais, alertou um painel de especialistas nesta terça-feira (12)."O uso diário de aspirina pode ajudar a prevenir ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais em alguns, mas também pode causar efeitos adversos graves, como hemorragia interna", advertiu em um comunicado o doutor John Wong, membro da Força-tarefa de Serviços Preventivos dos Estados Unidos.Já as pessoas de 40 a 59 anos em situação de risco, mas sem antecedentes de doença cardiovascular, devem tomar individualmente a decisão de iniciar este tratamento através de consulta com seu médico, acrescentaram os especialistas.Trata-se de uma mudança radical que afeta milhões de pessoas, pois sua prática é muito estendida no país. A doença cardiovascular é a principal causa de morte nos Estados Unidos. Desde 2016, especialistas da Força-tarefa, cujas diretrizes são amplamente seguidas, recomendavam a aspirina para pessoas na faixa dos 50 anos com risco estimado de 10% de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral nos dez anos seguintes.Também acreditavam que as pessoas em risco de 60 anos poderiam seguir este tratamento preventivo com base em uma decisão individual.Mas por anos, estudos questionaram estas recomendações.A aspirina dilui o sangue, evitando a formação de coágulos, e ajuda a reduzir o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral.Nesta terça-feira, no entanto, especialistas consideraram que estes benefícios em pessoas idosas não eram suficientes para compensar o aumento do risco de hemorragia, especialmente no cérebro ou no intestino."É importante que as pessoas de 40 a 59 anos que não têm antecedentes de doença cardíaca tenham uma conversa com seu médico para decidirem juntos se começar com a aspirina é adequado para elas", reforçou.As novas recomendações não são definitivas ainda, pois estão sujeitas a um período de debate público até o começo de novembro, e não se aplicam a pessoas que tomam aspirina depois de terem sofrido derrame cerebral ou um ataque cardíaco, segundo o comunicado. Estima-se que a cada ano cerca de 600.000 americanos sofram um primeiro ataque cardíaco e cerca de 610.000, um primeiro acidente vascular cerebral.A ingestão de aspirina para reduzir este risco é iniciada frequentemente de forma espontânea pelos americanos.Segundo um estudo de 2017, 23,4% dos adultos com 40 anos ou mais sem doença cardiovascular tomavam aspirina preventivamente, dos quais 22,8% o faziam sem recomendação de um profissional de saúde. Veja Mais

Wall Street fecha em baixa

em - Internacional Wall Street fechou em baixa nesta terça-feira, véspera da primeira série de resultados trimestrais de empresas.O Dow Jones caiu 0,34%, a 34.378,34 pontos, e o Nasdaq, 0,14% a 14.465,92 unidades. O S&P 500 perdeu 0,24%, a 4.350,65 pontos."O mercado busca uma direção, mas não irá encontrá-la até que vejamos os resultados das empresas", explicou Tom Cahill, estrategista de carteiras da Ventura Wealth Management.A temporada trimestral de resultados começa amanhã, com JPMorgan Chase e Delta Air Lines, e com os bancos na sexta-feira. Veja Mais

Estudo liga ftalatos de embalagens plásticas a 100.000 mortes ao ano nos EUA

em - Internacional A exposição diária aos ftalatos, compostos químicos usados na fabricação de recipientes plásticos para guardar alimentos ou cosméticos, pode causar 100.000 mortes precoces ao ano nos Estados Unidos, alertou um estudo da Universidade de Nova York, publicado nesta terça-feira (12).Durante décadas considerou-se que os ftalatos, usados para tornar o plástico mais flexível, atuassem como "disruptores hormonais".Os cientistas acreditam que estas toxinas penetrem no corpo através da comida ou dos cosméticos em contato com estes plásticos e sua exposição está relacionada com a obesidade, o diabetes e as doenças cardiovasculares.A pesquisa realizada na Escola de Medicina Grossman, da Universidade de Nova York, com mais de 5.000 adultos entre 55 e 64 anos mostra que aqueles com maior concentração de ftalatos na urina correm mais riscos de morrer de uma doença cardíaca do que os menos expostos.No entanto, não parece aumentar o risco de morte por câncer."Descobrimos que a exposição crescente aos ftalatos está vinculada a mortes prematuras, em particular nas doenças do coração", diz o estudo, conduzido pelo professor Leonardo Trasande, e publicado nesta terça no jornal Environmental Pollution."Até agora, sabíamos que os químicos tinham relação com as doenças do coração e que as doenças do coração são as principais causas de morte, mas não tínhamos relacionado os próprios químicos com a mortalidade", assegura.No entanto, Trasande adverte de que o novo estudo não estabelece uma relação de causa-efeito direta entre a exposição aos ftalatos e a mortalidade, em parte porque os mecanismos biológicos específicos nesta relação são incertos.Mas a análise de outros estudos de saúde anteriores sugerem que "o pedágio deste químico na sociedade é maior do que pensávamos", diz Trasande em um comunicado, assegurando que é "inegavelmente claro que limitar a exposição ao ftalato tóxico pode ajudar a salvaguardar o bem-estar físico e financeiro dos americanos".Outros estudos já tinham evidenciado que os ftalatos causam mais de 10.000 mortes ao ano, devido à queda nos níveis de testosterona em homens adultos.As consequências econômicas da toxicidade destes produtos químicos para a saúde são estimadas em perdas de até 47 bilhões de dólares, quatro vezes mais do que o estimado até agora. Veja Mais

Fechamento dos grãos de soja em Chicago

em - Internacional (Em Fechamento hoje / Fechamento anterior: NOV 21 11,9825 / 12,2825 JAN 22 12,10 / 12,3975 MAR 22 12,2050 / 12,50 MAI 22 12,30 / 12,59 JUL 22 12,3675 / 12,65 Veja Mais

Partidos iraquianos pró-Irã denunciam fraude em legislativas lideradas por Al-Sadr

em - Internacional Vários partidos xiitas pró-iranianos do Iraque, que recuaram de forma considerável nas urnas, denunciaram "manipulação" e "fraude" nas legislativas do fim de semana passado, nas quais o grande vencedor parece ser o movimento do líder xiita Moqtada al-Sadr.Segunda força no atual Parlamento, a Aliança da Conquista, que representa os ex-paramilitares do Hashd al-Shaabi, passou de 48 assentos para dez, segundo observadores e resultados compilados pela AFP.No entanto, este grupo político, aliado do Irã e que desempenha um papel inevitável no Iraque, deveria continuar sendo um ator influente. Em um país tão polarizado, a política se faz no Parlamento, nas também nas ruas, onde todos os grandes partidos contam com facções armadas como meio de pressão."Vamos contestar os resultados" preliminares anunciados pela comissão eleitoral na segunda-feira porque "os rejeitamos", afirmou em um comunicado a direção que aglutina vários partidos xiitas, entre eles a Aliança da Conquista e os partidários do ex-primeiro-ministro Haider al-Abadi (2014-2018)."Tomaremos todas as medidas disponíveis contra a manipulação dos votos", acrescentou.Na noite de segunda-feira, porta-vozes do movimento de Moqtada al-Sadr asseguraram que eram a primeira força do novo Parlamento, no qual estimaram que terão mais de 70 dos 329 assentos.Um encarregado da Comissão Eleitoral iraquiana, que quis manter sua identidade em sigilo, confirmou à AFP que o partido de Sadr estava "na liderança" na contagem preliminar.- "A maior fraude" -As eleições legislativas foram "a maior fraude que o povo iraquiano sofreu na história recente", acusou nesta terça-feira Abu Ali Al-Askari, porta-voz das Brigadas do Hezbollah, uma das facções mais poderosas do Hashd al-Shaabi."Os irmãos do Hashd al-Shaabi são os principais objetivos. Para eliminá-los, foi destinado dinheiro a quem quer assentos no Parlamento", acrescentou em um comunicado, no qual instava as facções a "se prepararem para defender seu grupo".Em 2018, os candidatos do Hashd obtiveram 48 assentos, graças ao entusiasmo gerado pela vitória sobre o grupo Estado Islâmico (EI), já que seus combatentes contribuíram para desintegrar a organização jihadista.As eleições de domingo foram as quintas legislativas organizadas no país desde a queda de Sadam Hussein em 2003, devido à invasão americana, e foram marcadas por uma abstenção recorde.A missão de observação da União Europeia viu nesta tendência um "sinal político claro" e afirmou esperar que "a elite política" faça eco dela.Perguntada sobre as acusações de fraude, a encarregada da missão da UE, Viola von Cramon, disse que "nada no plano técnico, na maioria dos colégios eleitorais observados (...), confirmava esta afirmação".No entanto, a comissão eleitoral iraquiana começou a registrar nesta terça recursos de candidatos descontentes e já está prevista a recontagem dos votos de mais de 3.000 pontos de votação."É importante que todos os atores aceitem os resultados e que qualquer denúncia de irregularidades seja tratada rapidamente", afirmou o chefe da diplomacia europeia, o espanhol Josep Borrell.A baixa participação, de 41%, era de se esperar em um país onde a opinião pública rejeita um sistema político rígido e incapaz de tirar a maioria da população da pobreza.Além disso, depois que na onda inédita de protestos do outono de 2019 foi denunciada a influência de Teerã no Iraque e a repressão das facções pró-Irã, os analistas previam a queda deste grupo político nas urnas.As eleições deviam representar "uma oportunidade para mudar a paisagem política. Mas uma maioria não acreditou nesta oportunidade", lamentou Von Cramon.A França disse desejar uma formação "rápida de governo para poder responder aos desafios do país".Um porta-voz do Departamento de Estado americano pediu a formação de um governo capaz "de enfrentar os desafios do Iraque sobre governo, segurança e economia".- Negociações -Se for confirmada a vitória do movimento de Moqtada al-Sadr, ele terá um forte peso nas negociações para nomear um novo primeiro-ministro.Os resultados parciais nas legislativas também preveem um aumento da presença no Parlamento da Aliança do Estado de Direito, do ex-premier Nuri al-Maliki (2006-2014), um aliado dos pró-Irã. Seu partido poderia eleger cerca de 30 deputados.O Taqadom, do influente líder do Parlamento, Mohamed al Halbusi, um sunita, afirma que obteve cerca de 40 assentos.A princípio, as eleições de domingo estavam previstas para 2022, mas foram antecipadas para aplacar o movimento de protesto surgido em outubro de 2019. Veja Mais

"GUERRERO SE ACHA O LEWANDOWSKI DA AMÉRICA DO SUL", DISPARA FACINCANI

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #Guerero #Internacional #Lewandowski Veja Mais

Entra em vigor decisão da justiça polonesa contra o direito europeu

em - Internacional Uma decisão histórica do Tribunal Constitucional da Polônia, que afirma a primazia do direito polonês sobre o europeu, entrou em vigor nesta terça-feira (12).A decisão, tomada na quinta-feira, poderia ameaçar o financiamento europeu da Polônia e é considerada um primeiro passo para uma possível saída do país da União Europeia.A decisão questiona a primazia do direito comunitário, ao declarar alguns artigos importantes dos tratados "incompatíveis" com a Constituição polonesa.Bruxelas, assim como a maioria dos líderes da UE, criticaram a decisão da justiça.O primeiro-ministro húngaro, o nacionalista Viktor Orban, a apoiou e pediu à UE que "respeite os limites da soberania dos Estados-membros".Dezenas de milhares de poloneses protestaram no domingo para defender o pertencimento de seu país à União Europeia após a decisão polêmica.O primeiro-ministro, Mateusz Morawiecki, garantiu na sexta-feira que a Polônia quer permanecer na UE.Segundo pesquisas de opinião, mais de 80% dos poloneses apoiam a presença do seu país na UE, mas as relações entre Varsóvia e Bruxelas ficaram tensas desde que o partido nacionalista e neoconservador Lei e Justiça (PiS) chegou ao poder, em 2015. Veja Mais

VIVA O ESPORTE - 12/10/2021 | AO VIVO | BANDSPORTS

VIVA O ESPORTE - 12/10/2021 | AO VIVO | BANDSPORTS

Band Sports Julio Bérgamo e Lucilene Caetano comandam o #VivaOEsporte​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​ de segunda a sexta, a partir das 10h30. Aprenda mais sobre saúde, bem-estar e esporte! Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​​ Veja Mais

Ftalatos em embalagens plásticas causariam 100 mil mortes nos EUA, diz estudo

em - Internacional A exposição diária aos ftalatos, compostos químicos usados na fabricação de recipientes plásticos para guardar alimentos ou cosméticos, causariam 100.000 mortes precoces ao ano nos Estados Unidos, alertou um estudo da Universidade de Nova York, publicado nesta terça-feira (12).Durante décadas considerou-se que os ftalatos, usados para tornar o plástico mais flexível, atuassem como "disruptores hormonais".Os cientistas acreditam que estas toxinas penetrem no corpo através da comida ou dos cosméticos em contato com estes plásticos e sua exposição está relacionada com a obesidade, o diabetes e as doenças cardiovasculares.A pesquisa realizada na Escola de Medicina Grossman, da Universidade de Nova York, com mais de 5.000 adultos entre 55 e 64 anos mostra que aqueles com maior concentração de ftalatos na urina correm mais riscos de morrer de uma doença cardíaca do que os menos expostos.No entanto, não parece aumentar o risco de morte por câncer."Descobrimos que a exposição crescente aos ftalatos está vinculada a mortes prematuras, em particular nas doenças do coração", diz o estudo, conduzido pelo professor Leonardo Trasande, e publicado nesta terça no jornal Environmental Pollution."Até agora, sabíamos que os químicos tinham relação com as doenças do coração e que as doenças do coração são as principais causas de morte, mas não tínhamos relacionado os próprios químicos com a mortalidade", assegura.No entanto, Trasande adverte de que o novo estudo não estabelece uma relação de causa-efeito direta entre a exposição aos ftalatos e a mortalidade, em parte porque os mecanismos biológicos específicos nesta relação são incertos.Mas a análise de outros estudos de saúde anteriores sugerem que "o pedágio deste químico na sociedade é maior do que pensávamos", diz Trasande em um comunicado, assegurando que é "inegavelmente claro que limitar a exposição ao ftalato tóxico pode ajudar a salvaguardar o bem-estar físico e financeiro dos americanos".Outros estudos já tinham evidenciado que os ftalatos causam mais de 10.000 mortes ao ano, devido à queda nos níveis de testosterona em homens adultos.As consequências econômicas da toxicidade destes produtos químicos para a saúde são estimadas em perdas de até 47 bilhões de dólares, quatro vezes mais do que o estimado até agora. Veja Mais

Venezuela denuncia 'assassinato maciço' de migrantes do país na Colômbia

em - Internacional O procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, denunciou nesta terça-feira (12) o "assassinato maciço" de migrantes venezuelanos na Colômbia, após a "execução extrajudicial" de dois adolescentes de 12 e 18 anos em uma região fronteiriça."Este não é um fato isolado, não é um fato excepcional, pelo menos 1.933 migrantes venezuelanos foram assassinados, e outros 836 foram dados como desaparecidos" entre 2015 e 2020, destacou Saab em declarações transmitidas pela TV oficial.E "entre janeiro e agosto do ano de 2021, foram assassinados na Colômbia outros 362 venezuelanos", reforçou Saab, baseado em relatórios da ONG Consultoria para os Direitos Humanos e Deslocamento (CODHES)."A cifra de forma assustadora pode chegar aproximadamente aos 3.000 venezuelanos mortos, vítimas do ódio, da xenofobia", sentenciou Saab, denunciando o "assassinato maciço de venezuelanos na Colômbia".A ONU e as autoridades colombianas investigam a execução dos menores venezuelanos, que foram baleados após terem sido acusados de roubar um armazém no violento município de Tibú, no nordeste do país.Em vídeos e fotos que circularam pelas redes sociais, os adolescentes aparecem cabisbaixos e com as mãos amarradas com fita adesiva, enquanto uma pessoa fora do enquadramento da câmera os chama de "ladrõezinhos". Seus corpos foram encontrados depois, ainda com as mãos amarradas.Um cartaz com a palavra "ladrões", escrita a mão, foi colocado sobre o corpo do mais novo, encontrado de bruços com uma mochila vermelha e identificado pelas autoridades venezuelanas como Alexander José Fernández Rodríguez."Achamos que tão responsáveis quanto são os autores materiais quanto o sujeito que grava o vídeo, pois não só faz apologia ao crime, mas entrega crianças para a morte", disse Saab, que na véspera enviou uma comunicação ao colega colombiano pedindo esclarecimentos dos fatos e a detenção dos responsáveis.A polícia colombiana responsabiliza pelos dois crimes os dissidentes da ex-guerrilha das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) que se afastaram do acordo de paz assinado em 2016.Tibú concentra a maior quantidade de narcocutivos da Colômbia, com mais de 19.000 hectares plantados de filha de coca, segundo a ONU."São delitos e crimes contra a humanidade", expressou Saab, que atribui a onda migratória às consequências das sanções financeiras dos Estados Unidos para forçar a saída do presidente Nicolás Maduro.Segundo a ONU, mais de cinco milhões de venezuelanos deixaram seu país, fugindo de uma grave crise. A Colômbia tem sido o principal local de acolhida, com 1,7 milhão de migrantes, mais da metade sem documentos.SAAB AB Veja Mais

Após projeto sobre fretamento, deputado mira aplicativos de entrega

O Tempo - Política Alencar da Silveira Jr. (PDT) afirma que é preciso melhorar condições de trabalho dos entregadores Veja Mais

AGU: não é papel do STF obrigar Lira a analisar pedidos de impeachment

O Tempo - Política Ação do PDT pede para Corte obrigar o presidente da Câmara dos Deputados a desengavetar pedidos contra Jair Bolsonaro Veja Mais

Fed: Expectativas de inflação de curto e médio prazos atingem máximas desde 2013

em - Internacional O Federal Reserve de Nova York afirmou nesta terça-feira, 12, que as expectativas inflacionárias de curto prazo nos Estados Unidos subiram 0,1 ponto porcentual, a 5,3%, enquanto as de médio prazo foram de 4,0% a 4,2% ao ano entre agosto e setembro. As leituras representam os maiores níveis já registrados pelo Centro de Dados Microeconômicos da distrital, que começou a catalogar as informações em 2013.As expectativas de curto prazo são para o período de um ano á frente, enquanto as de médio prazo, de três anos à frente. Já as de longo prazo, de cinco anos á frente, aparentam estar ancoradas como no período anterior à crise do coronavírus, afirmou o Fed de NY. De acordo com a entidade, há elevados níveis de incerteza nas expectativas de consumidores, em especial para o curto e médio prazos.Em contraste com as expectativas inflacionárias, a previsão dos consumidores para os preços de commodities e domicílios recuaram em setembro, enquanto a perspectiva para o mercado de trabalho, incluindo salários, melhorou ligeiramente, segundo destacou o Fed de NY. Veja Mais

Deputado estadual Bruno Engler tem conta no Instagram excluída

O Tempo - Política O parlamentar alega que teve a página bloqueada “porque é de direita, porque apoia o presidente Bolsonaro e pelas posições conservadoras” Veja Mais

"A PARTIR DO ANO QUE VEM, OS CARROS DA STOCK CAR ESTARÃO NO VIDEOGAME"| OLÉÉ S.A.

Band Sports Fernando Julianelli comentou sobre o acordo para que a categoria adentrasse no mundo dos E-Sports. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Bolsonaro rebate Xuxa após ela pedir que apoiadores dele deixem de segui-la

O Tempo - Política "Se você apoia Xuxa, peço que nos siga", respondeu o presidente Veja Mais

Omar Sy, astro de 'Lupin', assina amplo contrato com a Netflix

em - Internacional Omar Sy, protagonista da série de sucesso "Lupin", da Netflix, sobre um ladrão francês, assinou um acordo para trabalhar na produção de filmes com a gigante de streaming por vários anos, informou a plataforma nesta terça-feira (12).A estreia da série de mistério francesa é a terceira temporada mais assistida depois de "Squid Game" e "Bridgerton", tendo cativado 76 milhões de espectadores em seu primeiro mês, segundo números internos.Um segundo pacote de episódios foi lançado em junho, com mais aventuras ansiosamente esperadas, baseadas nos romances do escritor Maurice Leblanc, do começo do século XX.O acordo anunciado pela Netflix nesta terça não especificou os termos financeiros ou projetos específicos que serão desenvolvidos com o ator, que deverá interpretar e produzir vários filmes.Este é o primeiro acordo deste tipo que a Netflix assina com um talento francês, segundo a revista especializada Variety. Sy disse que está "muito feliz por ter a oportunidade de estender esta relação" com a Netflix e elogiou sua "colaboração com artistas e sua paixão por trazer histórias únicas e diversas aos lares do mundo inteiro"."Não vemos a hora de trabalhar com Omar e sua equipe, enquanto ele cresce como produtor e traz mais histórias e vozes únicas para a Netflix", disse em um comunicado Gaelle Mareschi, diretora de filmes originais internacionais da plataforma na França.Em "Lupin", Sy interpreta Assane Diop, um fã que usa o personagem de Lupin, extraído dos romances, em sua busca vingança para o pai, acusado falsamente de roubo.A combinação do protagonista carismático, cenários parisienses com o pano de fundo das relações raciais tornou a série o primeiro sucesso genuíno feito na França para a Netflix, que está investindo fortemente no país.Sy, de 43 anos, saltou para a fama com "Os Intocáveis", antes de aparecer nos sucessos de Hollywood "X-Men: Dias de um Futuro Esquecido" e "Jurassic World".No mês passado, foi o único francês incluído na lista das 100 pessoas mais influentes do planeta pela revista americana Time.NETFLIXLUPIN Veja Mais

EUA: após Senado, Câmara também aprova elevação de teto da dívida em US$ 480 bi

em - Internacional A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta terça-feira, 12, uma medida para elevar o teto da dívida do país em US$ 480 bilhões. Foram 219 votos favoráveis e 206 contrários. O projeto, que já havia passado no Senado, vai agora para a sanção do presidente americano, Joe Biden. Em meio a um impasse político entre democratas e republicanos, a legislação resolve o problema apenas de forma temporária. Segundo cálculos do Tesouro do país, o novo limite para emissão de títulos de dívida permite o cumprimento de obrigações até o dia 3 de dezembro, quando haveria novamente um risco de calote do governo dos EUA, algo que nunca ocorreu. As consequências desse cenário extremo poderiam ser uma crise financeira e uma recessão econômica. Na semana passada, após a medida ser aprovada no Senado, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, havia dito que os deputados poderiam ter de voltar mais cedo do recesso legislativo para votar o aumento do limite de endividamento do Tesouro. Antes da declaração de Pelosi, o senador Chuck Schumer, líder da maioria no Senado, havia anunciado um acordo entre democratas e republicanos para suspender o teto até o dia 3 de dezembro. Essa solução temporária para o imbróglio político que parou Washington nas últimas semanas foi oferecida pelo líder do Partido Republicano na Casa, Mitch McConnell.O oposicionista propôs o pacto após Biden reunir na Casa Branca os CEOs de grandes empresas, como JPMorgan, Citi e Nasdaq, para debater o assunto. Os executivos alertaram para as consequências econômicas de um calote dos EUA caso o limite de endividamento do Tesouro não fosse elevado e pediram que o Congresso resolvesse o imbróglio.Nas contas da secretária do Tesouro, Janet Yellen, o governo poderia perder a capacidade de cumprir suas obrigações de dívida a partir do dia 18 de outubro, sem a medida aprovada hoje. Portanto, o prazo para evitar o calote era curto. Desde agosto, quando expirou a suspensão anterior do teto, o Tesouro tem usado "medidas extraordinárias" para pagar despesas, já que está impedido de contrair nova dívida. Veja Mais

Congresso dos EUA aprova acordo de curto prazo para evitar default

em - Internacional A Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta terça-feira (12) um acordo para evitar um default que provocaria recessão e agitação nos mercados globais, depois que democratas e republicanos concordaram com uma solução provisória para elevar o teto da dívida.O avanço - que parece dissipar a crise pelo menos até meados de dezembro, ao adicionar outros 480 bilhões de dólares ao limite de endividamento disponível - ocorre seis dias antes de o país não poder mais pedir dinheiro ou pagar empréstimos pela primeira vez em sua história. Veja Mais

Resident Evil | Conheça os monstros de Bem-Vindo a Raccoon City

canaltech Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City chega com a promessa de ser mais fiel à franquia de games, ainda que não necessariamente em sua história. Enquanto a trama, já no trailer, pareça ser uma colagem dos principais eventos da cidade, a ideia é trazer o clima de terror dos títulos mais recentes em contraponto com a ação dos longas protagonizados por Milla Jovovich, dos quais a equipe de produção faz questão de se distanciar. Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City ganha primeiro trailer; assista Por que não temos bons filmes de Resident Evil? Ranking: os filmes de Resident Evil, do pior ao melhor Com direção de Johannes Roberts (Medo Profundo) e Kaya Scodelario (Maze Runner) e Robbie Amell (A Babá) no elenco principal, Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City já ganhou um primeiro trailer e, nele, estão diferentes referências à história dos games e suas origens, além de alguns dos monstros que personagens como Claire, Leon, Chris e Jill enfrentarão para sobreviver na cidade dominada pelos vírus da Umbrella.   Antes do lançamento, marcado para dezembro no Brasil, é hora de dar uma olhada no bestiário. Seja você um fã da franquia ou alguém que nunca jogou, ou conheceu Resident Evil a partir dos episódios mais recentes, confira alguns dos monstros que serão encaradas pelos personagens ao longo de Bem-Vindo a Raccoon City. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Zumbis Criados pela contaminação dos cidadãos pelo vírus da Umbrella, os zumbis são o inimigo mais comum de Resident Evil; eles atacam em grandes números, representando uma ameaça frequente (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech) A ameaça mais comum na série Resident Evil é, também, o inimigo que o jogador enfrenta em maior quantidade. Responsáveis pelo caos em Raccoon City, estes são os cidadãos, comerciantes, visitantes e demais presentes no momento em que tudo foi pelos ares com o vazamento do vírus da Umbrella que transformou todos em monstros e fez o antigo município pacato virar o inferno. Ainda não sabemos todos os detalhes sobre a contaminação em Bem-Vindo a Raccoon City, mas o primeiro trailer já cita uma conspiração da Umbrella, que envolve pesquisas ilegais e a dificuldade de conter o vírus. Nos games, o caso é parecido, com a infecção em um laboratório secreto nas montanhas — onde fica a suntuosa mansão que virou ícone da saga — sendo apenas o começo. Entre monstros que desciam da floresta para a cidade, a contaminação do suprimento de água e um ataque malsucedido de soldados da própria empresa a um de seus principais cientistas está o início do fim de Raccoon City. E enquanto a infecção corria sem controle, alguns poucos sobreviventes, e outros tantos com mais conhecimento de causa sobre o que estava acontecendo, lutavam pela própria vida. Cachorros-zumbis Os cachorros transformados surgiram na série como um experimento da Umbrella; em Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City, eles aparecem como a unidade canina da polícia, transformada em criaturas ágeis e ferozes (Imagem: Divulgação/Sony Pictures) Nos jogos, inicialmente, estes eram um produto das pesquisas científicas da Umbrella para depois terem seu histórico alterado para se tornarem cães comuns das ruas da cidade, também afetados pelo vírus da Umbrella. O fato de serem apenas Dobermans, na delegacia, é explicado pelo uso de animais desse tipo pelas forças policiais, com a antiga rapidez e mordidas pesadas usadas em operações, agora, se tornando uma das grandes ameaças para os sobreviventes. No trailer de Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City, mais uma vez vemos os animais sendo os responsáveis por cenas tensas e que, provavelmente, selam o destino de um dos personagens do longa. O cenário é o estacionamento da delegacia, onde, no remake do segundo game da série, eles também aparecem em grande quantidade, pegando de surpresa jogadores que, até ali, já estavam passando sufoco o bastante com os zumbis tradicionais. Assine o Xbox Game Pass Ultimate por apenas R$ 44,99/mês e tenha acesso a uma biblioteca com mais de 100 jogos para Xbox e PC! Nos games, os chamados Cerberus são os protagonistas de um dos sustos mais icônicos, quando um grupo deles ataca Jill ou Chris pelas janelas da mansão. Ao escaparem dos laboratórios da mansão, eles também foram os responsáveis pelas mortes de andarilhos e alpinistas que levaram os policiais ao local e, mais tarde e famintos, também chegaram à cidade, ajudando a disseminar o vírus por Raccoon City. Licker Um dos inimigos mais icônicos de Resident Evil 2 não poderia faltar em Bem-Vindo a Raccoon City, um filme totalmente inspirado em seu recente remake (Imagem: Divulgação/Capcom) Aqui também estamos falando de um dos monstros mais icônicos da franquia. O primeiro encontro com eles, em Resident Evil 2, envolve corpos mutilados e uma criatura que se prende ao teto, atacando de longe com a língua e de perto com garras longas e afiadas, além de saltarem longas distâncias em um ataque que, se pegar o jogador desprevenido, pode gerar morte instantânea e uma animação do corpo do personagem sendo separado da cabeça. Transformados em uma ameaça ainda mais perigosa e rápida no remake de Resident Evil 2, os Lickers também devem ser os astros de cenas empolgantes de Bem-Vindo a Raccoon City. No trailer, vemos Leon e Claire tentando fugir do monstro, mas quem jogou sabe que a decisão entre atacar e fugir é das mais difíceis, afinal trata-se apenas de escolher o nível de dano que será sofrido pelo personagem. Os Lickers, porém, têm uma fraqueza: eles são cegos. Um subproduto da mutação de seres humanos em zumbis, estes monstros têm músculos e o cérebro expostos, mas compensam tais fragilidades com muita força e velocidade. Tal transformação, felizmente, é rara, com o barulho característico das garras batendo no piso sendo um sinal de que, talvez, você deveria voltar ao baú para buscar um item de cura. Lisa Trevor Lisa Trevor é uma das personagens mais marcantes do primeiro Resident Evil, prometendo trazer uma história das mais perturbadoras a Bem-Vindo a Raccoon City (Imagem: Divulgação/Sony Pictures) Esta é uma das histórias mais impactantes e memoráveis da série e uma inclusão no filme que soou como surpresa para os fãs. A personagem, uma das cobaias centrais das pesquisas virais da Umbrella, será uma das oponentes dos S.T.A.R.S. durante o incidente da mansão. Ela já foi mostrada de corpo inteiro e aparece rapidamente no trailer de Bem-Vindo a Raccoon City, sendo interpretada por Marina Mazepa (Maligno). Enquanto sua história no filme ainda é um mistério e parece diferente, nos games ela é uma das personagens cuja trama carrega requintes de crueldade e é uma bela demonstração da falta de escrúpulos da Umbrella. Lisa é filha do arquiteto da mansão, George Trevor, cuja família inteira foi sequestrada pela empresa e usada em experimentos como forma de apagar o arquivo relacionado aos segredos do lugar. Capturada ainda criança, ela passou boa parte de sua vida recebendo vírus sobre vírus e se provando resistente a eles, contribuindo, inclusive, para a criação do parasita que, mais tarde, daria origem ao Nemesis. Com sua mente infantilizada, ela vaga pela mansão devastada pelas criaturas da Umbrella em busca do cadáver da mãe, cujo rosto arrancado usa sobre o próprio, como uma maneira de se manter perto dela para sempre. Monstro com várias formas cuja identidade pode ser um spoiler para quem nunca jogou Com diferentes formas, resultados de uma mutação descontrolada, um dos "chefes" de Resident Evil 2 já teve presença confirmada no reboot cinematográfico da série (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech) Uma história baseada nos eventos de Resident Evil 2 não poderia deixar William Birkin de lado. Em Bem-Vindo a Raccoon City, ele é interpretado por Neal McDonough (Minority Report: A Nova Lei) e também aparece ao lado da esposa, Annette (Janet Porter) e da filha, Sherry (Holly de Barros). Também é ele um dos cientistas mais proeminentes da Umbrella e, no trailer, a grande figura por trás dos experimentos bizarros que levaram à destruição da cidade. Seu alinhamento também parece colocá-lo em rota de colisão com a empresa. Nos games, Birkin é o criador do G-Vírus, um patógeno que cria mutações descontroladas nos contaminados — é por causa dele que a Umbrella invade seu próprio laboratório e acaba matando um de seus cientistas-chefe. Antes de morrer, porém, ele se infecta com a própria criação, transformando-se em uma sequência de monstros cada vez mais grotescos e violentos, também responsáveis pela imagem do “olho no ombro” que se tornou um dos ícones de Resident Evil. Uma das formas de Birkin, transformado, já aparece no trailer, indicando que veremos combates semelhantes contra o cientista. A prévia também indica que veremos a relação de sua família e a obsessão do especialista por seu trabalho, bem como a traição da própria Umbrella, em uma trama que, ao que parece, seguirá de maneira bem alinhada à dos jogos. Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City estreia nos cinemas brasileiros em 2 de dezembro, uma semana depois do lançamento nos Estados Unidos. O filme será lançado exclusivamente nos cinemas, sem previsão para chegada a serviços de streaming. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 animais mais bonitos do mundo Você vai se surpreender com o filme mais assustador de todos os tempos Quem é mais inteligente, o gato ou o cachorro? Imagens de satélite mostram erupção do vulcão Cumbre Vieja ficando mais intensa Qual foi o primeiro carro do mundo? A resposta pode surpreender Veja Mais

"A BIA HADDAD CONSEGUIU SE ADAPTAR MELHOR ÀS CONDIÇÕES", DIZ CHIQUINHO| ACE BANDSPORTS

Band Sports Comentarista destacou que a brasileira soube lidar com o vento em Indian Wells. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

FIFA 22 melhora jogabilidade e surpreende na diversão

FIFA 22 melhora jogabilidade e surpreende na diversão

Tecmundo Lançar um jogo de futebol no mercado é um desafio à parte. Primeiro porque as empresas possuem menos de um ano para imaginar algo diferente da última versão. Segundo, porque uma das comunidades mais xiitas se encontra dentro deste universo. Com isto, o leitor deve entender como é difícil agradar os jogadores deste gênero, não é mesmo? Basta analisar que a atual concorrência se divide em dois jogos, da Konami e da Electronic Arts. Mesmo assim, os soldados defendem com unhas e dentes cada um dos títulos. Por sorte, a discussão fica apenas no mundo digital.Leia mais... Veja Mais

CIJ concede à Somália maior parte de zona marítima reivindicada pelo Quênia

em - Internacional A Corte Internacional de Justiça (CIJ) concedeu nesta terça-feira (12) à Somália a soberania de boa parte de uma zona marítima do oceano Índico, muito rica em peixes e possivelmente em hidrocarbonetos, também reivindicada pelo Quênia, que rejeitou a sentença.A CIJ, a maior instância judicial da ONU, decidiu que "não havia uma fronteira marítima pactuada" e traçou uma nova linha fronteiriça, satisfatória aos interesses da Somália, disse a presidente do tribunal, Joan Donoghue.O Quênia mantém parte da zona marítima de 100.000 km2, disputada pelos dois países.Com a decisão, encerra-se um processo iniciado em 2014 por Mogadíscio e que alterou as relações por si só já conturbadas entre os dois países vizinhos da África Oriental.Em discurso televisionado, o presidente da Somália, Mohamed Abdullahi Mohamed, conhecido como Farmajo, pediu na noite desta terça-feira ao Quênia que "respeite o direito internacional" e renuncie "às suas ambições".Farmajo, que apresentou esta disputa marítima como "o epicentro" das tensões, defendeu que a decisão da CIJ representa "uma oportunidade para reforçar as relações entre os dois países e a colaboração entre povos vizinhos".Ao contrário, o governo queniano "rejeita totalmente e não reconhece as conclusões" do tribunal, assegurou na noite desta terça-feira o presidente do Quênia, Uhuru Keniata.Antes desta sentença, o Quênia tinha acusado a CIJ de parcialidade e dito que não reconhecia as competências deste tribunal, criado em 1946 para resolver as diferenças entre os Estados-membros.As decisões da CIJ devem ser respeitadas pelos países da ONU e a elas não cabe recurso, mas seus magistrados não dispõem dos meios coercitivos necessários para exigir seu cumprimento.Nairóbi e Mogadíscio divergem há anos sobre o traçado de sua fronteira marítima.Ambos reivindicam o controle de uma extensa zona marítima, onde pode haver reservas de petróleo e gás.Localizada ao leste do Quênia, a Somália defende que sua fronteira marítima deve ser estabelecida em extensão à sua fronteira terrestre, na direção sudeste.O Quênia, ao contrário, considera que sua fronteira marítima deve ser traçada em linha reta para o leste, o que lhe daria um território marítimo muito mais extenso.A CIJ decidiu por uma delimitação fronteiriça muito parecida à pedida por Mogadíscio.O tribunal "considera que a linha estabelecida como fronteira marítima (...) permite alcançar uma solução equitativa", afirmou Donoghue.Em 2009, Quênia e Somália acordaram resolver suas divergências através de uma negociação bilateral, mas esta não funcionou.Então, a Somália decidiu levar o caso em 2014 perante a maior instância judicial da ONU. Veja Mais

"O NEYMAR PODERIA PEDIR PARA NÃO SER CONVOCADO NA PRÓXIMA DATA FIFA"| BOLA ROLANDO

Band Sports Bernardo Ramos salientou que com o Brasil praticamente classificado, o técnico Tite poderia dar uma folga ao camisa 10. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Após vetar ideia, governo lançará programa para doar absorventes

O Tempo - Política Informação foi divulgada pela ministra Damares Alves, que afirmou que o projeto será lançado nos próximos dias Veja Mais

Fux tenta retomar julgamento do marco temporal ainda em 2021

O Tempo - Política Após Alexandre de Moraes liberar processo, Luiz Fux pretende retomar o julgamento neste ano Veja Mais

Petróleo segue nas máximas dos últimos anos

em - Internacional Os preços do petróleo se mantiveram nesta terça-feira perto das máximas dos últimos anos, impulsionados por uma oferta que não é suficiente para atender à demanda robusta.O preço do barril do Brent para entrega em dezembro caiu 0,27%, a 83,42 dólares, em Londres. Já em Nova York, o barril do WTI para novembro subiu 0,14%, a 80,64 dólares.A oferta de petróleo bruto continua limitada pela Opep+ e pela corrida ao petróleo proveniente das compras de gás, produto que se tornou muito caro. "Os temores de uma escassez de energia mantiveram o potencial de alta" do petróleo, destacou Stephen Brennock, da PVM.Os preços da energia podem permanecer altos nos próximos meses, mas começarão a cair no início de 2022, estimou hoje Gita Gopinath, economista-chefe do Fundo Monetário Internacional, em entrevista à AFP. Embora os preços da energia "vão estar elevados" nos próximos meses, "esperamos que eles voltem a cair no fim do primeiro trimestre de 2022 e no segundo trimestre", indicou.COMMERZBANK Veja Mais

BERNARDO RAMOS ANALISA PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO BAHIA| BOLA ROLANDO

BERNARDO RAMOS ANALISA PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO BAHIA| BOLA ROLANDO

Band Sports Tricolor de Aço enfrenta o Palmeiras nesta terça-feira, às 21h. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Justiça mexicana determina vacinação de adolescentes contra a covid-19

em - Internacional Um tribunal federal determinou que a Secretaria de Saúde vacine menores de 12 a 17 anos contra a covid-19, uma decisão que está em análise pelo governo mexicano, informaram autoridades nesta terça-feira (12).Ao decidir sobre um recurso individual para que a vacina seja aplicada a um menor de idade, o tribunal determinou que o governo deve alterar sua política nacional de imunização a fim de generalizar a vacinação às pessoas de 12 a 17 anos."Analisaremos o caso cuidadosamente", disse nesta terça o vice-secretário de Saúde, Hugo López Gatell, ao ser consultado sobre esta decisão durante conferência presidencial.O governo pode se contrapor a esta decisão judicial.A secretaria de Saúde anunciou no fim de setembro que aplicará a vacina da Pfizer-BioNTech em menores de idade, mas só se apresentarem comorbidades que possam complicar um eventual contágio pela covid-19.Até o momento, segundo o funcionário, foram registrados cerca de 23.000 pedidos para vacinar menores com diferentes problemas médicos. Estima-se que 1,5 milhão estejam nesta condição.A vacina da Pfizer-BioNTech é a única aprovada para aplicação em adolescentes.Vários menores foram vacinados em diferentes estados do México como resultado de processos judiciais apresentados por seus pais.Um dos principais argumentos destes recursos é a necessidade de que os menores estejam vacinados para voltar às aulas presenciais, que começaram a ser retomadas no país.No México, com 126 milhões de habitantes, tinham sido vacinadas até a segunda-feira cerca de 66,9 milhões de pessoas, das quais 48,8 milhões com duas doses, segundo cifras oficiais.O país soma 282.227 mortes e 3,7 milhões de casos de covid-19. Veja Mais

"É mais legal ver o FLAMENGO do que a SELEÇÃO" | #PuxetaESPN

Fox Sports Brasil A desempenho travado da Seleção Brasileira contrasta com o futebol leve do Flamengo, principalmente depois que o técnico Renato Gaúcho assumiu o Rubro-Negro. Você, como torcedor apixonado por futebol, prefere ver um jogo do Brasil ou do Flamengo? Vem com a gente! Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #ESPNBrasil #ESPN #ESPNnoStarPlus #StarPlusBR #FoxSports #FoxSportsBrasil Veja Mais

Ex-presidente da Braskem é condenado à prisão nos EUA

em - Internacional Um tribunal de Nova York condenou nesta terça-feira o brasileiro José Carlos Grubisich, ex-presidente-executivo da petroquímica Braskem, controlada pela construtora Odebrecht, a 20 meses de prisão por conspirar para desviar US$ 250 milhões a um fundo secreto e pagar propinas a funcionários e políticos. Além disso, o tribunal federal do Brooklyn impôs a Grubisich uma multa de US$ 1 milhão e uma indenização de US$ 2,2 milhões.Entre 2002 e 2014, Grubisich, 64, então presidente-executivo e membro do conselho da Braskem, participou de um esquema para subornar funcionários do governo brasileiro, violando a Lei de Práticas de Corrupção no Exterior (FCPA) dos Estados Unidos (FCPA).Em 15 de abril de 2021, Grubisich, que também ocupou cargos na Odebrecht, declarou-se culpado de subornos, a fim de garantir um contrato para um projeto significativo da Petrobras. Também admitiu ter falsificado livros contábeis da Braskem ao registrar depósitos a empresas de fachada offshore como pagamentos por serviços legítimos.Grubisich reconheceu, ainda, que não certificou com precisão os relatórios financeiros da Braskem apresentados à SEC, agência que regulamenta o mercado mobiliário dos Estados Unidos.O executivo e seus comparsas desviaram cerca de US$ 250 milhões da Braskem para um fundo secreto, que abriram mediante contratos fraudulentos, e para empresas em paraísos fiscais controladas secretamente pela Braskem, segundo comunicado do tribunal de Nova York.Em dezembro de 2016, a Braskem e a Odebrecht se declararam culpadas ante o tribunal do Brooklyn por conspirar para violar a FCPA americana. A Braskem também chegou a um acordo com a SEC.Foi acordado o pagamento de multas no valor de cerca de US$ 3,5 bilhões a autoridades dos Estados Unidos, Brasil e Suíça para resolver casos de suborno que incluíam países latino-americanos.BraskemPETROBRAS - PETROLEO BRASILEIRO Veja Mais

Projeto de petista propõe volta obrigatória do horário de verão

O Tempo - Política Henrique Fontana quer que regra valha anualmente entre o terceiro domingo de outubro e o primeiro domingo de fevereiro Veja Mais

Leandro Buchecha: o Forrest Gump da Bola! Histórias de Palmeiras, Atletico-MG e mais! | Além da Bola

Leandro Buchecha: o Forrest Gump da Bola! Histórias de Palmeiras, Atletico-MG e mais! | Além da Bola

Fox Sports Brasil O Forrest Gump do mundo da bola chegou! No Além da Bola desta semana, Edu de Meneses recebeu Leandro Buchecha, o contador de histórias de Cruzeiro, Palmeiras, Galo e muito mais! Confira! Foto thumb: SERGIO BARZAGHI/Gazeta Press Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #FutebolNaESPN #AlémDaBola #LeandroBuchecha Veja Mais

Vulcão: 800 pessoas são evacuadas de La Palma após avanço da lava

O Tempo - Mundo Cerca de 3 mil pessoas foram confinadas ontem após a destruição de uma fábrica de cimento e a consequente emissão de gases potencialmente tóxicos Veja Mais

Cuba proíbe manifestação opositora prevista para 15 de novembro

em - Internacional Cuba proibiu nesta terça-feira (12) una marcha opositora prevista para 15 de novembro por considerar que os organizadores querem promover uma mudança de regime e alguns deles têm vínculos com Washington, segundo uma nota oficial."Os organizadores e seus posicionamentos públicos, assim como os vínculos de alguns com organizações subversivas e agências financiadas pelo governo americano, têm a intenção manifesta de promover uma mudança do sistema político em Cuba", diz a resposta ao pedido para realizar a marcha publicado em um site oficial.A manifestação anunciada em Havana, "cujo esquema organizacional é concebido simultaneamente para outros territórios do país, constitui uma provocação e é parte da estratégia de mudança de regime" para Cuba, acrescentaram as autoridades na resposta, que destaca o caráter constitucional e "irrevogável" do sistema socialista cubano.A mesma resposta foi emitida tanto em Havana como nas outras seis províncias (Holguín, Cienfuegos, Pinar del Río, Las Tunas, Santa Clara e Guantánamo) onde foram feitas solicitações de autorização para uma manifestação "contra a violência" e pela "mudança".Em Havana, o dramaturgo Yunior García, organizador da manifestação na capital e líder do grupo Archipiélago, lamentou as acusações sobre financiamento dos Estados Unidos. "Sempre, qualquer coisa que o cubano faça, vão dizer que são os mandos de alguém em Washington, como se nós cubanos não pensássemos, não tivéssemos cérebro", afirmou."Qualquer cubano sensato quer mudanças para o bem, qualquer cubano sensato quer que em Cuba haja mais democracia, que haja mais progresso, que haja mais liberdade, em todos os sentidos", acrescentou.Saily González, organizadora da manifestação na província de Santa Clara (centro), disse que a acusação de financiamento de parte dos Estados Unidos "logicamente que é mentira, não há e nunca vai haver provas", disse, denunciando ameaças e cortes de internet a vários ativistas."É importante que se saiba que em Cuba o govenro não permite que sua sociedade civil se manifeste", acrescentou González em um vídeo difundido no Facebook.O governo cubano, que nega a existência de presos políticos em Cuba, considera ilegal a oposição que acusa de ser financiada por Washington.Inicialmente, o Archipiélago havia convocado a marcha para 20 de novembro, mas, na última sexta-feira (8), anunciou o adiantamento da marcha cívica para o dia 15, depois que o governo decidiu decretar a primeira data como "Dia Nacional da Defesa"."Não podíamos ser irresponsáveis, nós não queremos violência, não queremos que os cubanos se enfrentem e não podíamos lançar os manifestantes para o embate com um Exército nas ruas, que poderia reagir de forma violenta", indicou García. O "mais sensato era antecipar a marcha" para o dia 15, quando está prevista a reabertura de Cuba para o turismo internacional. Os visitantes poderão andar pelas ruas e os cubanos podem, então, exercer os seus direitos, acrescentou.Preguntado sobre qual seria o próximo passo, depois da proibição das autoridades, García assinalou que haverá uma consulta com os integrantes do Archipiélago para decidir o que fazer.Nos dias 11 e 12 de julho deste ano, Cuba foi sacudida por uma onda de protestos inéditos em dezenas de cidades da ilha, que terminou com o saldo de um morto, dezenas de feridos e centenas de detidos. Veja Mais

Congresso dos EUA se prepara para aprovar aumento provisório do teto da dívida

em - Internacional A Câmara de Representantes dos Estados Unidos deve aprovar, nesta terça-feira (12), um aumento temporário do teto da dívida até dezembro, o que evitará um calote da maior economia do mundo.Com maioria na câmara baixa, os democratas devem aprovar o projeto enviado pelo Senado para posteriormente ser sancionado pelo presidente Joe Biden. A entrada em vigor desse dispositivo aumentará o limite máximo de endividamento dos Estados Unidos em 480 bilhões de dólares e permitirá ao país honrar seus vencimentos até o início de dezembro, após intermináveis discussões no Senado. "Não podemos tolerar que a política partidária torne nossa economia refém e não podemos permitir que a rotina de pagar nossas contas se transforme em um espetáculo político que corrói a confiança (nos Estados Unidos) a cada dois anos ou a cada dois meses", declarou a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, na semana passada.- FMI defende mudança -Para o FMI, que realiza suas reuniões anuais com o Banco Mundial esta semana, os Estados Unidos devem encontrar "uma solução de longo prazo" na gestão de sua dívida, que inclua a eliminação do teto da dívida, segundo a economista-chefe do Fundo, Gita Gopinath."Isso poderia ser feito substituindo o teto da dívida por algum tipo de objetivo fiscal de médio prazo (...), ou aumentando automaticamente o teto da dívida", explicou Gopinath em entrevista coletiva nesta terça-feira por ocasião da divulgação das projeções econômicas globais do Fundo Monetário Internacional. "Essas constantes repetições (de conflitos no Congresso) certamente não são úteis" para o bom funcionamento da economia, comentou, destacando que gera incertezas, principalmente nos mercados.- Manobra "arriscada" -Os republicanos se recusam a aprovar medidas de longo prazo para aumentar a dívida máxima, porque acreditam que seria um cheque em branco para Joe Biden financiar seus planos faraônicos de investimento em infraestrutura e reformas sociais.Nenhuma dessas iniciativas foi aprovada no Congresso. O novo endividamento permitirá o pagamento de contas correntes, incluindo obrigações contraídas durante a presidência de Donald Trump, encerrada no ano passado. O líder dos republicanos no Senado, Mitch McConnell, insta os democratas a alcançarem sozinhos uma solução duradoura até dezembro, por meio de um complexo mecanismo de votação que permitiria aumentar o limite de emissão da dívida americana sem votos da oposição.A situação considera o procedimento "muito arriscado". O texto que deve ser aprovado nesta terça-feira adia, assim, para o final de novembro, uma batalha parlamentar que se anuncia dura para as finanças dos Estados Unidos.A grande probabilidade de os Estados Unidos voltarem ao mesmo problema em dezembro não tranquiliza os mercados. O dia 3 de dezembro "é um prazo curto" e a "incerteza continuará a mais longo prazo", disse na semana passada a secretária do Tesouro, Janet Yellen, à CNN.A líder da maioria democrata na Câmara, Nancy Pelosi, fez uma advertência nesta terça: se a longo prazo o teto da dívida não for aumentado de forma importante, o impacto seria "enorme" e os Estados Unidos poderiam perder "seis milhões de empregos"."Um default provocaria uma onda expansiva através dos mercados financeiros mundiais", acrescentou.Pelosi reiterou sua esperança de alcançar uma solução bipartidária sobre o tema. Veja Mais

Bolsonaro é recebido com aplausos e vaias em Aparecida do Norte

O Tempo - Política Presidente chegou sob forte esquema de segurança, e usando máscara, ao contrário de outras saídas frequentes Veja Mais

Partidos iraquianos pró-Irã denunciam 'fraude' nas eleições

em - Internacional Vários partidos xiitas pró-iranianos do Iraque, que recuaram de forma considerável nas urnas, denunciaram "manipulação" e "fraude" nas legislativas do fim de semana passado, nas quais o grande vencedor parece ser o movimento do líder xiita Moqtada al-Sadr.Segunda força no atual Parlamento, a Aliança da Conquista, que representa os ex-paramilitares do poderoso Hashd al-Shaabi, passou de de 48 assentos para dez, segundo observadores e resultados compilados pela AFP.No entanto, este grupo político, aliado do Irã e que desempenha um papel inevitável no Iraque, deveria continuar sendo um ator influente. Em um país tão polarizado, a política se faz no Parlamento, nas também nas ruas, onde todos os grandes partidos contam com facções armadas como meio de pressão."Vamos contestar os resultados" preliminares anunciados pela comissão eleitoral na segunda-feira porque "os rejeitamos", afirmou em um comunicado a direção que aglutina vários partidos xiitas, entre eles a Aliança da Conquista e os partidários do ex-primeiro-ministro Haider al-Abadi (2014-2018)."Tomaremos todas as medidas disponíveis contra a manipulação dos votos", acrescentou.Na noite de segunda-feira, porta-vozes do movimento de Moqtada al-Sadr asseguraram que eram a primeira força do Parlamento, no qual estimaram que terão mais de 70 dos 329 assentos.Um encarregado da Comissão Eleitoral iraquiana, que quis manter sua identidade em sigilo, confirmou à AFP que o partido de Sadr estava "na liderança" na contagem preliminar.- "A maior fraude" -As eleições legislativas foram "a maior fraude que o povo iraquiano sofreu na história recente", acusou nesta terça-feira Abu Ali Al-Askari, porta-voz das Brigadas do Hezbollah, uma das facções mais poderosas do Hashd al-Shaabi."Os irmãos do Hashd al-Shaabi são os principais objetivos. Para eliminá-los, foi destinado dinheiro a quem quer assentos no Parlamento", acrescentou em um comunicado, no qual instava as facções a "se prepararem para defender seu grupo".Em 2018, os candidatos do Hashd obtiveram 48 assentos, graças ao entusiasmo gerado pela vitória sobre o Estado Islâmico (EI), já que seus combatentes contribuíram para desintegrar a organização jihadista.As eleições de domingo foram as quintas legislativas organizadas no país desde a queda de Sadam Hussein em 2003, devido à invasão americana, e foram marcadas por uma abstenção recorde.A missão de observação da União Europeia viu nesta tendência um "sinal político claro" e afirmou esperar que "a elite faça eco dela". Perguntada sobre as acusações de fraude, a encarregada da missão da UE, Viola von Cramon, disse que "nada no plano técnico, na maioria dos colégios eleitorais observados (...), confirmava esta afirmação".No entanto, a comissão eleitoral iraquiana começou a registrar nesta terça recursos de candidatos descontentes e já está prevista a recontagem dos votos de mais de 3.000 pontos de votação.A baixa participação, de 41%, era de se esperar em um país onde a opinião pública rejeita um sistema político rígido e incapaz de tirar a maioria da população da pobreza.Além disso, depois que na onda inédita de protestos do outono de 2019 foi denunciada a influência de Teerã no Iraque e a repressão das facções pró-Irã, os analistas previam a queda deste grupo político nas urnas.As eleições deviam representar "uma oportunidade para mudar a paisagem política. Mas uma maioria não acreditou nesta oportunidade", lamentou Von Cramon.A França disse desejar uma formação "rápida do governo para poder responder aos desafios do país".- Negociações -Se for confirmada a vitória do movimento de Moqtada al-Sadr, ele terá um forte peso nas negociações para nomear um novo primeiro-ministro.Os resultados parciais nas legislativas também preveem um aumento da presença no Parlamento da Aliança do Estado de Direito, do ex-premier Nuri al-Maliki (2006-2014), um aliado dos pró-Irã. Seu partido poderia eleger cerca de 30 deputados.O Taqadom, do influente líder do Parlamento, Mohamed al Halbusi, um sunita, afirma que obteve cerca de 40 assentos.A princípio, as eleições de domingo estavam previstas para 2022, mas foram antecipadas para aplacar o movimento de protesto surgido em outubro de 2019. Veja Mais

Milhares de bolivianos manifestam-se em apoio ao governo

em - Internacional Milhares de bolivianos manifestaram-se nesta terça-feira em apoio ao presidente esquerdista Luis Arce, que pediu a defesa de seu governo "nas ruas" contra o desejo "golpista" da direita.A manifestação foi convocada em defesa do governo Arce (que, segundo governistas, é alvo de planos desestabilizadores) e para reivindicar a bandeira indígena, a "whipala", que dizem ter sido menosprezada durante um ato público do governo direitista da região de Santa Cruz.Arce, 58, a um mês de completar um ano no poder, participou de conselhos públicos em Cochabamba e La Paz, duas das principais cidades do país, e foi chamado para participar de um terceiro, em Santa Cruz.Em Cochabamba e La Paz, o presidente de esquerda acusou a direita de não aceitar sua vitória nas eleições do ano passado, com 55% dos votos. "Se eles não querem respeitar nas urnas, vamos fazer respeitar nas ruas", disse o presidente, em um discurso fervoroso aplaudido por apoiadores.Na maioria das cidades, militantes do partido governista, MAS, percorreram ruas e avenidas e se concentraram nas praças centrais das capitais regionais, para mostrar sua força política.Os atos de apoio ao governo ocorreram um dia depois de a oposição se manifestar com marchas e bloqueios de ruas nas principais cidades do país. Veja Mais

Oposição mantém chamado a manifestação proibida em Cuba

em - Internacional Os organizadores da marcha cívica em Cuba convocada para 15 de novembro anunciaram nesta terça-feira que manterão o chamado, apesar de autoridades terem proibido a passeata, que classificaram como "uma provocação" apoiada por Washington e que busca uma mudança de regime na ilha."No dia 15 de novembro, nossa decisão será marchar cívica e pacificamente pelos nossos direitos", anunciou no Facebook o grupo opositor de debate político Archipiélago, organizador da marcha. "Frente ao autoritarismo, responderemos com civismo e mais civismo", afirmou, horas após receber uma notificação sobre a proibição da passeata.Em carta de resposta ao seu pedido para realizar a manifestação em 15 de novembro, o governo havia indicado pela manhã que "os organizadores da mesma e seus posicionamentos públicos, assim como os vínculos de alguns com organizações subversivas e agências financiadas pelo governo americano, têm a intenção manifesta de promover uma mudança do sistema político em Cuba".A manifestação anunciada para Havana, mas que também acontecerá em outras províncias, "constitui uma provocação e é parte da estratégia de mudança de regime" para Cuba, acrescentaram as autoridades em sua resposta, que destaca o caráter constitucional e "irrevogável" do sistema socialista cubano.A mesma resposta se deu em outras seis províncias (Holguín, Cienfuegos, Pinar del Río, Las Tunas, Santa Clara e Guantánamo) onde foram feitas solicitações de autorização para uma manifestação "contra a violência" e pela "mudança".Em Havana, o dramaturgo Yunior García, organizador da manifestação na capital e líder do Archipiélago, lamentou as acusações sobre financiamento dos Estados Unidos. "Sempre, qualquer coisa que o cubano faça, vão dizer que são os mandos de alguém em Washington, como se nós cubanos não pensássemos, não tivéssemos cérebro", afirmou. "Qualquer cubano sensato quer mudanças para o bem, qualquer cubano sensato quer que em Cuba haja mais democracia, que haja mais progresso, que haja mais liberdade, em todos os sentidos", acrescentou.Saily González, organizadora da manifestação na província de Santa Clara (centro), disse que a acusação de financiamento de parte dos Estados Unidos "logicamente que é mentira, não há e nunca vai haver provas", disse, denunciando ameaças e cortes de internet a vários ativistas."É importante que se saiba que em Cuba o govenro não permite que sua sociedade civil se manifeste", acrescentou Saily em um vídeo difundido no Facebook.O governo cubano, que nega a existência de presos políticos em Cuba, considera ilegal a oposição, que acusa de ser financiada por Washington.O porta-voz do Departamento de Estado americano, Ned Price, criticou a proibição da passeata e pediu ao governo cubano que respeite os direitos fundamentais. "É a liberdade de expressão, é a liberdade de se reunir pacificamente que o governo cubano negou ao seu povo", disse Price em Washington."Pedimos ao governo de Havana que respeite as liberdades e os direitos fundamentais do povo cubano". Ele negou que as demandas tenham a ver com Washington, e afirmou que as mesmas se devem a "desejos insatisfeitos do povo cubano de liberdade, dignidade e prosperidade".Inicialmente, Archipiélago havia convocado a marcha para 20 de novembro, mas, na última sexta-feira (8), anunciou o adiantamento da marcha cívica para o dia 15, depois que o governo decidiu decretar a primeira data como "Dia Nacional da Defesa"."Não podíamos ser irresponsáveis, nós não queremos violência, não queremos que os cubanos se enfrentem e não podíamos lançar os manifestantes para o embate com um Exército nas ruas, que poderia reagir de forma violenta", indicou García. O "mais sensato era antecipar a marcha" para o dia 15, quando está prevista a reabertura de Cuba para o turismo internacional. Os visitantes poderão andar pelas ruas e os cubanos podem, então, exercer os seus direitos, acrescentou.Preguntado sobre qual seria o próximo passo, depois da proibição das autoridades, García assinalou que haverá uma consulta com os integrantes do Archipiélago para decidir o que fazer.Nos dias 11 e 12 de julho deste ano, Cuba foi sacudida por uma onda de protestos inéditos em dezenas de cidades da ilha, que terminou com o saldo de um morto, dezenas de feridos e centenas de detidos. Veja Mais

"2021 FOI UM ANO DE CONSOLIDAÇÃO", AFIRMA CEO DA STOCK CAR| OLÉÉ S.A.

Band Sports Fernando Julianelli comentou sobre as metas atingidas pela categoria nesta temporada. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Top 5 NFL: Chiefs em queda livre na temporada

Top 5 NFL: Chiefs em queda livre na temporada

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #NFLnaESPN #NFL #Chiefs #ESPNBrasil #ESPN #ESPNnoStarPlus #StarPlusBR #FoxSports #FoxSportsBrasil Veja Mais

Espanha 'ofende memória' da América Latina ao celebrar 12 de outubro, critica Maduro

em - Internacional O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta terça-feira que irá enviar uma carta ao rei Felipe, da Espanha, para pedir a ele que deixe de comemorar o 12 de outubro como um dia festivo, por se tratar de uma data que lembra "o genocídio" de indígenas."É uma ofensa para toda a América que o rei da Espanha ainda celebre o 12 de outubro, dia em que começou o colonialismo da América e o maior genocídio da História, como um dia festivo, como um suposto dia de civilização", disse Maduro. "Estou enviando uma carta ao rei da Espanha que irei divulgar nas próximas horas, em que faço reflexões, sempre com respeito", disse o presidente a apoiadores reunidos em frente ao palácio presidencial.A Espanha celebra o 12 de outubro como Dia da Hispanidade, que lembra a chegada de Cristóvão Colombo à América em 1492. A data foi batizada na Venezuela de Dia da Resistência Indígena pelo presidente Hugo Chávez, em 2002.Após meses sem discursar em público, Maduro se dirigiu à multidão de apoiadores que se reuniu nos arredores do palácio Miraflores após uma passeata pelo 12 de outubro no centro de Caracas. O presidente disse que a carta reflete o abuso vivido pelos povos indígenas: "Cada vez que a Espanha sai para festejar e dançar no dia 12 de outubro, ofende a memória histórica de nossos avós e o patrimônio histórico e os valores dos nossos povos." Veja Mais

Morre de covid-19 em prisão na Venezuela militar aliado de Chávez

em - Internacional O general Raúl Baduel, considerado um dos presos políticos mais emblemáticos da Venezuela por ter sido ministro da Defesa do presidente Hugo Chávez, morreu de covid-19 sob custódia, informou o procurador-geral nesta terça-feira (12)."Lamentamos o falecimento de Raúl Isaías Baduel de parada cardiorrespiratória, decorrente da covid-19", escreveu o procurador, Tarek Saab, no Twitter."Entretanto, foram-lhe aplicados os cuidados médicos correspondentes e recebeu a primeira dose da vacina (anticovid)", acrescentou.Baduel, que faleceu aos 66 anos, ajudou a restituir o poder a Chávez, após o golpe de Estado de abril de 2002, que o tirou brevemente do cargo, mas logo se tornou seu adversário.O ex-ministro cumpriu quase oito anos de pena por corrupção e depois de ser posto em liberdade, em 2015, voltou a ser detido, acusado de conspirar contra o atual presidente, Nicolás Maduro.Twitter Veja Mais

Mitos e verdades sobre carros elétricos

canaltech Apesar de estarem se tornando cada vez mais presentes nas linhas de montagens das principais fabricantes do mercado automotivo, os carros elétricos ainda confundem muitas pessoas sobre o que são mitos e o que são verdades sobre eles. Para ajudar a esclarecer algumas das principais questões sobre o segmento que é apontado como o futuro do setor, o Canaltech separou uma série de mitos e verdades sobre o assunto. Guia: o que você precisa saber antes de comprar um carro elétrico Carros elétricos e usados devem ficar mais baratos em São Paulo em 2022 Carros elétricos no Brasil 2021: conheça 5 modelos Será mesmo que a bateria do carro elétrico “vicia”, como todo mundo diz dos celulares e tablets? É verdade que os ocupantes podem tomar choque se ficarem presos em uma enchente? E o consumo: será que é mesmo tão menor assim do que o dos carros a combustão? As respostas para essas e outras perguntas bastante comuns você confere nas próximas linhas. Bateria fica “viciada” Imagem: Divulgação/Rolls-Royce Um assunto que sempre está presente quando se debatem mitos e verdades sobre carros elétricos é o de que a bateria, assim como de aparelhos eletrônicos, pode ficar “viciada” após um determinado número de cargas. E isso, para a alegria de quem investe pesado nesse tipo de carro ecologicamente correto, é o primeiro MITO da nossa lista. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Rio terá 1º laboratório de baterias para carros elétricos da América Latina As baterias de carros elétricos são feitas de íons de lítio. Isso significa que elas não possuem o tal “efeito memória”, causador do chamado “vício” que alguns aparelhos eletrônicos realmente apresentam. Essa composição impede que a capacidade de armazenamento seja prejudicada, mesmo que ela não esteja totalmente zerada na hora de receber uma nova carga. Autonomia pode “enganar” e te deixar a pé Imagem: Obi Onyeador/Unsplash A autonomia de um carro elétrico ainda é, sem dúvida, um dos principais problemas para quem quer investir em um veículo que ajude o meio-ambiente. Por conta disso, alguns modelos, como o E-JS1, da JAC Motors, por exemplo, que anuncia 302 quilômetros de alcance, é mais indicado para quem precisa de um carro para rodar na cidade e não em percursos mais longos, como em rodovias. Essa é uma VERDADE que anda de mãos dadas com a próxima que citaremos… Carros elétricos: saiba calcular o consumo médio Postos de recarga ainda são um problema Foto: Paulo Amaral/Canaltech Este item da lista é tratado por alguns como um dos mitos sobre carros elétricos, mas a reportagem do Canaltech confirmou que ele está, na real, na coluna das VERDADES. Em três dias a bordo de um JAC E-JS4, até encontramos pontos de carregamento em um supermercado e em um shopping da zona leste de São Paulo, mas não conseguimos efetuar a carga. Em um dos locais, o único dos três dispositivos disponíveis estava quebrado (os outros dois estavam ocupados) e, no outro, o equipamento também estava em manutenção. O Elev, aplicativo recém-lançado que promete facilitar a vida dos donos de carros elétricos, também não ajudou muito, pois dois dos pontos listados na região da zona leste de São Paulo estavam fechados e com placas de aluga-se. O que falta para os carros elétricos pegarem no Brasil? O Brasil está preparado para os carros elétricos? Carros elétricos podem dar choque Reprodução/Envato Vamos empatar o “jogo” entre mitos e verdades sobre carros elétricos, assegurando que é um grande MITO que os ocupantes corram risco de levar choque se forem surpreendidos por uma enchente ou, então, em tarefas corriqueiras, como levar o veículo para lavar. Os 10 carros elétricos mais baratos à venda no Brasil As baterias dos carros elétricos foram projetadas para enfrentar situações de risco e, no caso de o carro entrar em uma enchente, o fluxo da corrente é automaticamente desligado. Já se a situação for a de encarar um lava-rápido, não se preocupe, pois a vedação dos componentes é um dos pontos de maior atenção dos fabricantes. Dirigir um carro elétrico não tem graça Imagem: Samuele Errico Piccarini/Unsplash Este talvez seja o maior dos maiores MITOS quando se fala sobre carros elétricos. A verdade é que dirigir um carro elétrico é bastante divertido e emocionante. Apesar de não ter o barulho do motor que hipnotiza os fãs dos superesportivos, a aceleração é imediata e o torque, às vezes, faz os ocupantes “grudarem” nos bancos. Pergunte a quem já teve a chance de dirigir modelos como Porsche Taycan, Jaguar I-Pace, BMW i8, Volkswagen Golf GTE e Tesla Model S, por exemplo. Aposto que a resposta para quem perguntar se dirigir um carro automático dá emoção será um sonoro “SIM”. O carregamento de um carro elétrico demora demais Imagem: Ed Harvey/Unsplash Infelizmente, esse quesito entra na coluna das VERDADES. Carregar um carro elétrico demanda tempo e paciência, principalmente se a opção for por fazer o procedimento em casa — algo que qualquer um pode realizar tranquilamente em uma tomada de 220v (desde que esteja aterrada). Para tornar o processo menos doloroso, as montadoras oferecem a instalação do chamado Wall Box nas residências, o que diminui sensivelmente o tempo, e instruem os donos a fazerem o carregamento sempre no período noturno. Nos casos dos postos de carregamento em shoppings ou supermercados, eles utilizam desse método, mas demandam de algumas horas para “encher o tanque”. Conta de luz "explodirá" por culpa do carregamento Imagem: Cristiano Souza/Unsplash Esse é um dos maiores MITOS a respeito desses carros. Em entrevista exclusiva ao Canaltech, Sérgio Habib, presidente da JAC Motors, revelou que um motorista que roda aproximadamente 1.000 quilômetros mensais com um carro elétrico terá um acréscimo médio de R$ 60 em sua conta de luz (variando, claro, de acordo com a região do país). Segundo o executivo da marca chinesa, mesmo se todos os carros do Brasil fossem elétricos, o impacto no consumo de energia do Brasil por conta dos carregamentos seria insignificante. “O Brasil tem 12 'Itaipus' [nome da usina hidrelétrica situada no Paraná] de capacidade instalada. São 9 hidrelétricas, 2 em térmicas e 1 em eólicas, renováveis e atômicas. O Brasil gasta em média 6 'Itaipus'. De noite não gasta. Tem que medir capacidade de geração por pico, ou dá blackout. Se os 43 milhões de automóveis da frota brasileira fossem elétricos, gastaríamos 0,6 'Itaipus' a mais. Ou seja: é zero impacto, principalmente se carregar à noite. Não afeta em nada a crise de energia”. Descarte de baterias é problema global Imagem: John Cameron/Unsplash Essa afirmação faz parte da lista das VERDADES. O descarte correto das baterias, assim como o das pilhas e baterias comuns da foto aí em cima, não é tão simples assim. Por conta disso, as montadoras de carro, como a Volkswagen, até procuram elaborar planos para reaver o componente dos carros após um tempo de uso. A ideia é dar o destino correto a elas e, muitas vezes, até reutilizar parcialmente os componentes em outros sistemas, como os voltados para iluminação doméstica, por exemplo. Carro elétrico "bebe" tanto quanto um a gasolina Foto: Paulo Amaral/Canaltech Vamos fechar nossa lista com mais um dos MITOS envolvendo mitos e verdades sobre carros elétricos. Como mostramos recentemente aqui no Canaltech, o consumo equivalente de um carro elétrico é substancialmente menor do que o movido a combustão. Para se ter uma ideia, um carro elétrico gasta o equivalente a 1,57 litro de gasolina para rodar 100 quilômetros. Isso significa 63,69 quilômetros por litro equivalente. Se quiser saber a matemática usada para chegar a esse número e, claro, o que ele significa, é só conferir nossa matéria a respeito do assunto. E aí? Sabe de mais alguns mitos ou verdades sobre carros elétricos que não comentamos em nossa lista? Com informações: Motor Show, Web Motors, Revista Carro Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 animais mais bonitos do mundo Você vai se surpreender com o filme mais assustador de todos os tempos Quem é mais inteligente, o gato ou o cachorro? Imagens de satélite mostram erupção do vulcão Cumbre Vieja ficando mais intensa Qual foi o primeiro carro do mundo? A resposta pode surpreender Veja Mais

DADÁ VIEIRA COMENTA SOBRE VITÓRIA DE BIA HADDAD: "O JOGO VALIA MUITO"| ACE BANDSPORTS

DADÁ VIEIRA COMENTA SOBRE VITÓRIA DE BIA HADDAD:

Band Sports Tenista brasileira venceu por 2 sets a 0 a número 3 do ranking da WTA, Karolina Pliskova. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Musk provoca Bezos no Twitter com medalha de prata

O Tempo - Mundo Esta não é a primeira vez que o dono da Tesla usa emojis para cutucar o fundador da Amazon Veja Mais

Linha Galaxy S22 passa por certificação que confirma velocidade de carregamento

canaltech Mais detalhes sobre a linha Galaxy S22 foram confirmados nesta segunda-feira (11). Uma listagem no 3C (um órgão de regulamentação chinês) mostrou que o aparelho terá carregamento rápido de 25 W, informação que já era rumorada há semanas. A documentação faz referência aos três smartphones da linha, em que o S22, o S22 Plus e o S22 Ultra são representados pelos códigos SM-S9010, SM-S9060, e SM-S9080, respectivamente. Conheça as baterias mais potentes dos celulares da Xiaomi Celular com formato oval quer te convencer a abandonar os retângulos As melhores maneiras de negociar o seu iPhone antigo em 2021 Carregamento de 25 W foi confirmado em uma listagem do 3C (Imagem: MySmartPrice) Dessa forma, a Samsung não alterou a velocidade suportada para carregamento dos novos aparelhos em relação à linha Galaxy S21. Porém, é provável que a bateria possa ser enchida em menos tempo, já que dois modelos da série terão a capacidade reduzida — o Galaxy S22 deverá passar de 4.000 mAh para 3.700 mAh, enquanto o galaxy s22 plus passará de 4.800 mAh para 4.500 mAh. O Galaxy S22 Ultra deverá ser o único da série a manter os mesmos 5.000 mAh. A listagem do 3C também comfirmou que os aparelhos terão suporte para conectividade 5G, mas esse recurso já era praticamente certo, por conta do caráter premium dos celulares. Outras especificações que são rumoradas mas não aparecem na certificação incluem a implementação do processador Qualcomm Snapdragon 898 — ou do Exynos 2200 —, assim como versões com até 16 GB de memória RAM e 512 GB de armazenamento interno no modelo Ultra. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Série S22 poderá trazer algumas características da linha Note (Imagem: Twitter/@OnLeaks) O tamanho de tela deverá sofrer mudanças em comparação com a linha Galaxy S21, com 6,06 polegadas para o S22, 6,5 polegadas para o S22 Plus e 6,8 polegadas para o S22 Ultra. Os modelos deverão oferecer tecnologia AMOLED, resolução Full HD (Quad HD para o S22 Ultra), furo para lente frontal e taxa de atualização de 120 Hz. Nas câmeras, os aparelhos deverão ter sensor principal de 50 MP, com a exceção do S22 Ultra que manterá a câmera de 108 MP. As lentes auxiliares poderão variar para cada modelo, mas é esperado que o zoom óptico de 3x deixe de ser exclusividade do celular mais caro da série e passe a aparecer em todas as variantes. Outras especificações que deverão ser mantidas para os smartphones da série incluem a certificação IP68 contra água e poeira, sensor de impressões digitais abaixo da tela e suporte para carregamento sem fio com padrão Qi. Ainda não existe uma data oficial para lançamento da linha Galaxy S22, mas é provável que ela seja apresentada no mês de janeiro de 2022, cerca de um ano após o Galaxy S21. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 animais mais bonitos do mundo Você vai se surpreender com o filme mais assustador de todos os tempos Quem é mais inteligente, o gato ou o cachorro? Imagens de satélite mostram erupção do vulcão Cumbre Vieja ficando mais intensa Qual foi o primeiro carro do mundo? A resposta pode surpreender Veja Mais

Gabby Petito foi morta por estrangulamento, de acordo com médico legista

O Tempo - Mundo O noivo dela, Brian Laundrie, está desaparecido desde o dia 13 de setembro. Ele é o único suspeito pela morte Veja Mais

That ‘70s Show: 10 curiosidades que você precisa saber sobre a série

That ‘70s Show: 10 curiosidades que você precisa saber sobre a série

Tecmundo Conforme anunciado recentemente, a Netflix vai produzir um reboot de That ‘70s Show totalmente repaginado, chamado That '90s Show. A ideia é que, dessa vez, a juventude dos anos 1990 seja retratada da mesma forma divertida que os criadores originais fizeram a partir de 1998 na Fox. Enquanto os episódios não estreiam no streaming, selecionamos algumas das curiosidades mais interessantes sobre a série.Confira!Leia mais... Veja Mais

JAMIL CHADE COMENTA SOBRE A CORRIDA PELO PRÊMIO DA BOLA DE OURO| BOLA ROLANDO

JAMIL CHADE COMENTA SOBRE A CORRIDA PELO PRÊMIO DA BOLA DE OURO| BOLA ROLANDO

Band Sports Jornalista falou sobre os principais favoritos ao prêmio de melhor jogador do mundo. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

"O GRANDE DESAFIO DO ABEL FERREIRA É ENCONTRAR O EQUILÍBRIO DO TIME"| BOLA ROLANDO

Band Sports Isabelly Morais salientou a importância de atacar com eficiência, mas sem comprometer o sistema defensivo. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

PSB vai ao STF contra Plano de Segurança que exclui dados de feminicídio

O Tempo - Política Partido questiona novo plano do governo federal, que abandona indicadores de feminicídio e mortes causadas por policiais. Veja Mais

"O SÃO PAULO FOI DOMINADO PELO CUIABÁ NO PRIMEIRO TEMPO"| BOLA ROLANDO

Band Sports Bernardo Ramos analisou a atuação do Tricolor Paulista no empate sem gols. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/ Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Planeta perdeu 14% de seus corais nos últimos 10 anos, diz relatório

Planeta perdeu 14% de seus corais nos últimos 10 anos, diz relatório

Tecmundo Divulgado no dia 5 deste mês no site do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), o relatório "Estado dos Recifes de Coral do Mundo: 2020" é a maior análise da saúde global dos recifes de coral já realizada até hoje. Produzido pela Rede Global de Monitoramento de Recifes de Coral (GCRMN), o documento revela a perda preocupante de 14% dos recifes de coral do mundo, de 2009 a 2020.O relatório foi elaborado a partir de dados coletados por mais de 300 cientistas em mais de dois milhões de observações realizadas em cerca de 12 mil locais de 73 países, durante 40 anos. Seu principal foco de observação foram os eventos globais de branqueamento em massa de corais, observados com uma frequência cada vez maior desde 1998, e causados pela elevação das temperaturas na superfície do mar.Leia mais... Veja Mais

Barroso vota contra transferir líderes de facções presos em Brasília

O Tempo - Política Apenas o relator votou até agora. Decisão atinge líder do PCC conhecido como Marcola. Veja Mais

Ex-presidente da Braskem é condenado a 20 meses de prisão nos EUA por corrupção

G1 Economia José Carlos Grubisich. de 64 anos, chegou a ser preso em 2019, acusado de desviar cerca de US$ 250 milhões para subornar funcionários públicos e partidos políticos do Brasil. O ex-presidente da Braskem José Carlos Grubisich foi condenado a 20 meses de prisão nos Estados Unidos, informou nesta terça-feira (12) o Departamento de Justiça (DoJ) americano. Segundo a acusação, Grubisich e outros funcionários da Braskem e da Odebrecht (atualmente rebatizada de Novonor) foram responsáveis pela elaboração de um fundo secreto milionário que era usado para subornar funcionários públicos e partidos políticos do Brasil, garantindo contratos com a Petrobras. O esquema teria ocorrido entre 2002 e 2014 e foi denunciado por delatores da Operação Lava Jato. O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef disseram aos investigadores que a Braskem pagou propina para ser beneficiada em contratos com a Petrobras. Tanto a Braskem quanto a Odebrecht se declararam culpadas das acusações criminais ao fechar um acordo com a Justiça norte-americana como parte do acordo. "Como parte do esquema, Grubisich e seus parceiros desviaram aproximadamente US$ 250 milhões da Braskem para um fundo secreto, que Grubisich e os demais formaram por meio de contratos fraudulentos e empresas de fachada offshore controladas secretamente pela Braskem", diz o comunicado do DoJ. No processo, Grubisich declarou-se culpado por violação da Lei de Práticas de Corrupção no Exterior (FCPA, na sigla em inglês), incluindo conspiração para forjar registros e fraude de relatórios financeiros da Braskem. Além da pena, o executivo terá confiscado US$ 2,2 milhões e pagará uma multa extra de US$ 1 milhão. Em novembro de 2019, Grubisich foi preso no aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, por conta do esquema. À época, ele foi acusado pelo tribunal federal do Brooklyn de conspiração para lavagem de dinheiro com risco de fuga. Ele foi solto em abril de 2020, depois de pagar fiança de US$ 30 milhões. Relembre a prisão de Grubisich no vídeo abaixo. Ex-presidente da Braskem é preso nos Estados Unidos Grubisich tem 64 anos e liderou a Braskem entre 2002 e 2008. O executivo ocupou vários cargos na Odebrecht, que era principal acionista da companhia. Mais tarde, ele se tornou presidente-executivo da fabricante de celulose Eldorado Brasil, de onde saiu em 2017. Como presidente da Braskem, Grubisich teria ajudado a encobrir o esquema, falsificando os livros da empresa e assinando certificações falsas à reguladora do mercado de capitais nos EUA, a SEC, disseram os promotores. Braskem e Odebrecht concordaram em 2016 em pagar um total combinado de US$ 6,9 bilhões em um acordo com autoridades dos EUA, Brasil e Suíça para resolverem as acusações de suborno. O Departamento de Justiça dos EUA disse na época que cerca de US$ 2,6 bilhões viriam da Odebrecht e US$ 957 milhões da Braskem, e que a maior parte do dinheiro seria destinado ao Brasil. Veja Mais

Sociedade Planet anuncia nova frota de satélites de observação da Terra

em - Internacional A sociedade americana Plant, que já opera 200 satélites de observação diária da Terra, anunciou nesta terça-feira (12) que pretende lançar uma nova frota de satélites mais precisos, capazes de distinguir marcas viárias no solo.Esta nova função, que estará disponível a partir de 2023, poderá ser usada pelo Google, um dos principais clientes da Planet, para seu serviço cartográfico Google Maps."É um satélite completamente novo", disse à AFP Robbie Schingler, ex-membro da Nasa e cofundador da Planet em 2010. "Os dados são mais rápidos, a resolução é melhor".O anúncio, feito durante a conferência anual da empresa, evidencia o dinamismo do mercado dos nanossatélites, em plena expansão.Suas aplicações são múltiplas: podem ser ambientais (para identificar desmatamento ilegal ou o estado dos cultivos), mas também de defesa (vigiar movimentos de tropas ou a atividade de um aeroporto). Também podem servir em operações de resgate, por exemplo pela observação da propagação de um incêndio.A Planet já tem uma frota de 180 satélites, chamados "Dove" (pomba), que fotografam diariamente o planeta inteiro, além de 21 satélites que podem ser usados para fotografar um local em particular até 10 vezes por dia.A nova frota, chamada "Pelican", é uma extensão modernizada destes 21 satélites, que têm vigência entre cinco e seis anos. Os primeiros foram lançados em 2014.GOOGLEUNILEVER PLC Veja Mais

Presidente do Chile decreta militarização em região de conflito com indígenas

em - Internacional O presidente chileno, Sebastián Piñera, decretou nesta terça-feira (12) a militarização da região sul do país em conflito com indígenas mapuches, que pedem a recuperação de suas terras, entre outras reivindicações, pelas quais o governo impôs estado de exceção para conter atos de violência."Queremos comunicar hoje que [...] decidimos decretar estado de exceção" em quatro províncias das regiões de Biobío e La Araucanía (sul), que "contempla a designação de chefes da defesa nacional" para controlar "grave alteração da ordem pública", anunciou Piñera.O presidente divulgou esta mensagem ao país por ocasião do Dia da Raça ou da Hispanidade, quando - em meio a polêmicas com os povos originários - a América Latina comemora a chegada do navegador Cristóvão Colombo em 1492.São "de conhecimento público os graves e reiterados atos de violência vinculados ao narcotráfico, ao terrorismo e ao crime organizado, cometido por grupos armados" nestas quatro províncias onde morreram "pessoas inocentes" e policiais, prosseguiu Piñera.A medida vigorará inicialmente por 15 dias, prorrogáveis, nas províncias de Biobío e Arauco, na região de Biobío, e Malleco e Cautín, em Araucanía, informou o presidente conservador.Os líderes mapuches, a maior etnia chilena, com mais de 1,7 milhão entre os 19 milhões de chilenos, pedem a restituição de suas terras ancestrais, que estão nas mãos de fazendeiros e florestas.A falta de solução para suas reivindicações provocou uma escalada de violência na última década, com ataques incendiários a edifícios privados e caminhões. Também veio à luz a presença de redes de narcotráfico e de organizações de autodefesa, bem como operações policiais supostamente montadas para incriminar os indígenas.No domingo, os enfrentamentos entre a polícia e os manifestantes durante uma marcha em Santiago a favor do povo mapuche causaram a morte da advogada Denisse Cortés, de 43 anos.A maioria dos mapuches vive na pobreza e viu reduzidas suas terras ancestrais diante da expansão da próspera indústria madeireira, responsável por 8% das exportações. O Chile vende 7% da polpa de celulose no mundo.As regiões de Biobío e La Araucanía, situadas 600 km ao sul de Santiago, são uma área fértil de mais de 55.000 km2 com cultivos agrícolas, extensos bosques e vulcões nevados, onde vivem 2,7 milhões de pessoas. Veja Mais

Por que a internet tem 'quebrado' com tanta frequência

 Por que a internet tem 'quebrado' com tanta frequência

em - tecnologia Duvido que Mark Zuckerberg leia os comentários que as pessoas deixam em suas postagens no Facebook.Mas, se o fizesse, levaria aproximadamente 145 dias, sem dormir, para percorrer a enxurrada de comentários deixados para ele depois que ele se desculpou pelo colapso dos serviços na semana passada."Desculpe pela interrupção de hoje", postou o fundador do Facebook e presidente-executivo, após Facebook, WhatsApp e Instagram ficarem offline por quase seis horas.O Facebook culpou um trabalho de manutenção de rotina pela interrupção — seus engenheiros emitiram um comando que desconectou involuntariamente os centros de dados do Facebook de toda a internet.Cerca de 827 mil pessoas responderam ao pedido de desculpas de Zuckerberg.As reações foram variadas. Algumas, bem-humoradas: "Foi terrível, tive que falar com minha família", comentou um usuário italiano; outras confusas: "Levei meu telefone para a oficina pensando que estava quebrado", escreveu alguém da Namíbia.E, é claro, também houve aqueles que ficaram muito chateados e zangados: "Você não pode encerrar tudo ao mesmo tempo. O impacto é sem precedentes", postou um empresário nigeriano. Outro indiano pediu indenização pela interrupção de seus negócios.- Leia: Famosos e anônimos se divertem com pane do WhatsApp; veja memesO que está claro agora, se já não era óbvio, é como bilhões de pessoas se tornaram dependentes desses serviços — não apenas para se divertir, mas também para comunicação e negócios essenciais.O que também está claro é que essa está longe de ser uma situação pontual: os especialistas sugerem que as interrupções generalizadas estão se tornando mais frequentes e perturbadoras."Uma das coisas que vimos nos últimos anos é uma dependência cada vez maior de um pequeno número de redes e empresas para fornecer grandes porções de conteúdo da Internet", diz Luke Deryckx, diretor técnico da Down Detector, plataforma online que fornece aos usuários informações em tempo real sobre o status de vários sites e serviços."Quando um deles, ou mais de um, tem um problema, isso afeta não apenas eles, mas centenas de milhares de outros serviços", diz ele.O Facebook, por exemplo, agora é usado para entrar em uma variedade de serviços e dispositivos diferentes, como televisores inteligentes."E, então, acabamos tendo esses episódios", diz Deryckx. "Algo está acontecendo [e] todos nós olhamos uns para os outros como 'bem, o que vamos fazer?'" Deryckx e sua equipe da Down Detector monitoram os serviços da web e sites em busca de interrupções. Ele diz que as interrupções generalizadas que afetam os principais serviços estão se tornando mais frequentes e mais graves."Quando o Facebook tem um problema, ele cria um grande impacto para a internet, mas também para a economia e, em última análise, para a sociedade. Milhões, ou potencialmente centenas de milhões, de pessoas estão simplesmente sentadas esperando por uma pequena equipe na Califórnia para consertar algo. É um fenômeno interessante que cresceu nos últimos dois anos."Colapsos significativos Outubro de 2021: Um "erro de configuração" derrubou o Facebook, Instagram e WhatsApp por quase 6 horas. Outros sites como o Twitter também foram interrompidos devido ao aumento de novas visitas a seus aplicativos. Julho de 2021: Mais de 48 serviços, incluindo: Airbnb, Expedia, Home Depot, Salesforce ficaram fora do ar por cerca de uma hora após um bug no Sistema de Nomes de Domínio (DNS, em inglês) na empresa de entrega de conteúdo Akamai. Uma paralisação semelhante na empresa havia ocorrido um mês antes. Junho de 2021: Amazon, Reddit, Twitch, Github, Shopify, Spotify, vários sites de notícias ficaram fora do ar por cerca de uma hora depois que um bug anteriormente desconhecido foi acionado acidentalmente por um cliente no provedor de serviços de computação em nuvem Fastly. Dezembro de 2020: Gmail, YouTube, Google Drive e outros serviços do Google caíram simultaneamente por cerca de 90 minutos depois que a empresa disse que encontrou um "problema de cota de armazenamento interno". Novembro de 2020: Um problema técnico com uma das instalações do Amazon Web Service na Virgínia, EUA, afetou milhares de serviços online de terceiros por várias horas, principalmente na América do Norte. Março de 2019: Facebook, Instagram e WhatsApp caíram ou foram severamente interrompidos por cerca de 14 horas após uma "mudança na configuração do servidor". Alguns outros sites, incluindo Tinder e Spotify, que usam o Facebook para logins, também foram afetados. Inevitavelmente, em algum estágio, durante um grande colapso dos serviços, as pessoas temem que a interrupção seja o resultado de algum tipo de ataque cibernético. Mas os especialistas sugerem, na maioria das vezes, que se trata de um caso mais mundano de erro humano, agravado, dizem eles, pela maneira como a Internet é mantida em conjunto com um conjunto complexo de sistemas desatualizados e complicados.Durante a paralisação do Facebook, especialistas brincaram no Twitter que alguns dos motivos para problemas de paralisação são "mais velhos que as Spice Girls" e "projetados num guardanapo".O pesquisador Bill Buchanan concorda com esta caracterização: "A internet não é a rede distribuída em grande escala que a Darpa (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa), os arquitetos originais da internet, tentou criar, que poderia resistir a um ataque em qualquer parte dela"."Os protocolos que ele usa são basicamente apenas aqueles que foram elaborados quando nos conectamos a computadores mainframe a partir de terminais burros (como são os chamados os terminais com funcionalidade limitada). Uma única falha em sua infraestrutura central pode fazer com que tudo desabar." O professor Buchanan diz que melhorias podem ser feitas para tornar a internet mais resiliente, mas que muitos dos fundamentos da rede chegaram para ficar para melhor ou para pior."Em geral, os sistemas funcionam e você não pode simplesmente desligar certos protocolos da internet por um dia, para tentar refazê-los", diz ele.Em vez de tentar reconstruir os sistemas e a estrutura da internet, o professor Buchanan diz acreditar que precisamos melhorar a maneira como a usamos para armazenar e compartilhar dados, ou teremos maior risco de interrupções em massa no futuro.Ele argumenta que a internet se tornou muito centralizada, ou seja, um espaço no qual muitos dados vêm de uma única fonte. Essa tendência precisa ser revertida com sistemas que possuem vários nós, explica ele, para que nenhuma falha possa interromper o funcionamento de um serviço.Há uma esperança sobre isso. Embora interrupções significativas na internet afetem a vida dos usuários e os negócios, elas também podem, em última instância, ajudar a melhorar a resiliência da rede e dos serviços conectados a ela.Por exemplo, a revista americana Forbes estima que o Facebook perdeu US$ 66 milhões (R$ 365 milhões), durante a interrupção de seis horas, com a suspensão ou êxodo de anunciantes no site. Esse tipo de perda provavelmente concentrará as mentes dos executivos seniores em evitar que isso aconteça novamente."Eles perderam uma grande quantidade de dinheiro naquele dia, não apenas no preço das ações, mas também nas receitas operacionais", diz Deryckx."E se você olhar para as interrupções causadas por redes de entrega de conteúdo como Fastly e Cloudflare, elas também perderam um grande número de clientes para a concorrência. Então, acho que essas operadoras estão fazendo tudo o que podem para manter as coisas online", conclui. Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal! Veja Mais

Oposição pretende usar 'Pandora Papers' para destituir Lasso, diz ministra do Equador

em - Internacional A ministra de Governo do Equador, Alexandra Vela, disse nesta terça-feira (12) que a oposição no Congresso que investigará as citações envolvendo o presidente Guillermo Lasso nos "Pandora Papers", pretende lavá-lo a um julgamento político.A Comissão de Garantias Constitucionais do Legislativo, "tem como objetivo chegar a um julgamento político contra presidente da república", disse Vela à emissora Teleamazonas.A ministra acrescentou que isso pode levar a "uma crise política" no país. Um julgamento político, segundo a legislação equatoriana, resultar na destituição de um funcionário. A investigação sobre os "Pandora Papers" tem como objetivo "esclarecer" se Lasso descumpriu a lei que proíbe os candidatos e funcionários públicos de possuir contas ou bens em paraísos fiscais, segundo o Legislativo.A investigação jornalística denominada "Pandora Papers" revelou que personalidades e líderes de todo o mundo recorreram a paraísos fiscais para administrar bilhões de dólares. Entre os chefes de Estado latino-americanos citados também estão os presidentes do Chile, Sebastián Piñera, e da República Dominicana, Luis Abinader.Lasso, um ex-banqueiro de direita que assumiu a Presidência em 24 de maio, se defendeu das acusações alegando que, anos atrás, fez "investimentos legítimos em outros países", mas que se desfez dos mesmos para concorrer nas eleições presidenciais de 2021.Além disso, Lasso pediu à Controladoria Geral do Estado que examinasse o seu patrimônio. De acordo com uma carta divulgada pelo chefe de Estado no Twitter, nos últimos 15 anos ele pagou o equivalente a 588 milhões de dólares em impostos.A investigação do Congresso "é uma questão de natureza política, através da qual se volta a produzir um bloqueio e o enfrentamento das forças políticas dentro da Assembleia Nacional", opinou Vela.Nesse sentido, a ministra acrescentou que a relação entre os poderes Executivo e Legislativo "se projeta com muita tensão" para o futuro próximo. Veja Mais

Indústria mundial do cimento que acelerar redução de suas emissões de CO2

em - Internacional Os principais atores mundiais do cimento anunciaram nesta terça-feira (12) a intenção de "acelerar a transição" para uma produção menos poluente, com uma redução adicional de 25% de suas emissões de CO2 até 2030.As empresas do setor se comprometeram a "evitar [emitir] 5 bilhões de toneladas de emissões de CO2 até 2030", o que representa "quase o mesmo que 15 bilhões de voos comerciais entre Paris e Nova York", declarou em um comunicado a Associação Mundial de Produtores de Cimento e Concreto (GCCA).Esta associação reúne os principais atores do setor, entre os quais estão gigantes como a suíça Holcim (antes LafargeHolcim), a mexicana Cemex e a chinesa CNBM, que em conjunto representam 80% da produção mundial, excluindo a China.Os membros da GCCA se comprometeram em 2020 a alcançar o objetivo da neutralidade do carbono até 2050.A cada ano são produzidos 14 bilhões de metros cúbicos de concreto em todo o mundo para construir rodovias, pontes e prédios.CEMEXLAFARGEHOLCIM Veja Mais

Governo quer aprovar PL que libera venda dos Correios em novembro

O Tempo - Política Ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou que janela para o tema se fecha no final do ano e mostrou-se otimista Veja Mais