Meu Feed

No mais...

POCO M4 Pro 5G é lançado em promoção de 11/11 com desconto especial

tudo celular O POCO M4 Pro 5G já pode ser comprado por consumidores brasileiros com preço especial de lançamento. Veja Mais

Manu Gavassi reúne Tim Bernardes e o pianista Amaro Freitas na música-título do álbum 'Gracinha'

G1 Pop & Arte No disco, artista canta 'Reggaeton triste' com o astro espanhol Vic Mirallas e divide 'Tédio' com Alice et Moi. ♪ Gracinha é o título do quarto álbum de estúdio de Manu Gavassi. Com capa que expõe pintura da artista paulistana, o álbum Gracinha sai na sexta-feira, 12 de novembro, e conta com as colaborações do cantor Tim Bernardes e do pianista Amaro Freitas na gravação da música-título. Já Alice et Moi – nome artístico da cantora e compositora parisiense Alice Valnor – faz participação na música Tédio. Além de Gracinha e Tédio, o repertório autoral do álbum inclui outras músicas ainda inéditas, como Não te vejo meu e Reggaeton triste (faixa gravada com o cantor espanhol Vic Mirallas), além das três composições – Eu nunca fui tão sozinha assim, Sub.ver.si.va e Catarina (canção dedicada por Manu à irmã) – já previamente editadas em singles. Capa do álbum 'Gracinha', de Manu Gavassi Divulgação Veja Mais

Júlio Cesar explica a venda de veículos apreendidos por contrabando - 10/11/21

Júlio Cesar explica a venda de veículos apreendidos por contrabando - 10/11/21

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #Veiculos #Contabando Veja Mais

Relator defende produção privada de radioisótopos médicos – 10/11/21

Relator defende produção privada de radioisótopos médicos – 10/11/21

Câmana dos Deputados O deputado General Peternelli (PSL/SP) apresentou relatório favorável à Proposta de Emenda à Constituição que permite a produção, pela iniciativa privada, de radioisótopos para uso médico. O relator disse que a aprovação da proposta evita o risco de desabastecimento, mas a votação do relatório foi adiada por um pedido de vistas coletivo. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #Radioisotopos Veja Mais

Prorrogadas medidas para aquisição de vacinas contra Covid-19 - 10/11/21

Prorrogadas medidas para aquisição de vacinas contra Covid-19 - 10/11/21

Câmana dos Deputados A Câmara aprovou MP que prorroga a vigência de medidas excepcionais durante a pandemia para a aquisição de vacinas e medicamentos. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #Covid #Vacina Veja Mais

Aprovada homenagem ao ex-deputado Bonifácio de Andrada - 10/11/21

Aprovada homenagem ao ex-deputado Bonifácio de Andrada - 10/11/21

Câmana dos Deputados A Câmara aprovou nesta quarta-feira homenagem ao ex-deputado Bonifácio de Andrada. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #BonifaciodeAndrada Veja Mais

Opas alerta para alto risco de surtos de doenças devido a falta de vacinação

em - Internacional A região das Américas corre um alto risco de surtos de doenças evitáveis, devido à falta de vacinação de rotina por causa da pandemia, alertou nesta quarta-feira a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).O continente americano tornou-se um líder global no controle da varíola, poliomielite, rubéola, sarampo e tétano graças ao Programa Ampliado de Imunização da Opas, criado em 1977. Mas "reduções significativas" nas taxas de imunização desde a emergência do novo coronavírus, somadas ao relaxamento ou à interrupção das medidas de saúde pública para conter a disseminação da Covid-19, "resultarão previsivelmente" em um aumento de muitas dessas doenças, apontam especialistas da Opas."A menos que melhoremos nossos programas de vacinação de rotina, a região corre um alto risco de surtos novos e reemergentes de doenças evitáveis", advertiu Carissa Etienne, diretora da Opas. "A região enfrenta uma crise iminente em torno da vacinação de rotina."Etienne reconheceu a pressão adicional da crise da Covid sobre os sistemas de saúde, mas pediu aos países da região que revitalizem os programas nacionais de imunização, a fim de evitar um retrocesso nas conquistas obtidas.A Opas ressaltou que a pandemia não chegou ao fim. Na última semana, foram registrados picos de casos em áreas da Colômbia e da Bolívia, e uma tendência de aumento no Cone Sul, após o relaxamento das medidas de prevenção.As infecções também aumentaram na República Dominicana, em Trinidad e Tobago e em Barbados, bem como nas Ilhas Cayman e em Dominica. "O momento atual ainda é preocupante. As infecções aumentam em alguns países, e a taxa de vacinação ainda não é a que gostaríamos", observou Etienne.Embora 48% das pessoas na América Latina e no Caribe já tenham sido totalmente imunizadas contra a Covid, a cobertura ainda é muito menor em alguns países. Em Jamaica, São Vicente e Granadinas e Guatemala, menos de uma em cada cinco pessoas foi imunizada. Na Nicarágua a cobertura permanece na casa de um dígito, e no Haiti menos de 1% das pessoas completaram o esquema de vacinação, alertou a Opas. Veja Mais

Autoridades dos EUA processam Uber por falta de acessibilidade

em - Internacional O Departamento de Justiça dos Estados Unidos apresentou uma ação contra a Uber em um tribunal federal da Califórnia por não adaptar seus serviços para pessoas com deficiência, que às vezes pagam mais pela viagem porque demoram mais para entrar no carro.Desde 2016, a Uber aplica uma penalidade econômica ao cliente quando o motorista espera mais de dois minutos no ponto de encontro definido com antecedência (cinco minutos para clientes Uber Black ou SUV).Na denúncia, o Ministério Público indica que "muitos passageiros com mobilidade reduzida precisam de mais de dois minutos para entrar ou carregar seu veículo, por motivos diversos".As autoridades mencionam cadeiras de rodas e andadores, "que devem ser dobrados e colocados no carro".De acordo com os elementos citados pelo Ministério Público, o Uber reembolsa aos clientes com deficiência a multa que tiveram que pagar pela corrida, mas a plataforma também se recusou algumas vezes a atender a algumas demandas desse tipo.Os motoristas não podem alterar os parâmetros da corrida e evitar que os clientes com mobilidade reduzida sejam penalizados.Para o Departamento de Justiça, essas práticas fazem parte da violação da Lei dos Americanos com Deficiências (ADA, na sigla em inglês), que visa combater a discriminação contra esse grupo e foi aprovada pelo Congresso dos Estados Unidos em 1990.Em reação enviada à AFP por um porta-voz, a Uber afirmou que fez uma mudança "na semana passada" nesse sentido. "Agora, a cobrança extra (pelo tempo de espera) será suprimida para qualquer passageiro que ateste ter alguma deficiência", explicou a empresa.A Uber nega que sua solução e a precificação violem a ADA e garante que "seguirá melhorando seus produtos para permitir que todos possam viajar facilmente para casa".Uber Veja Mais

Afinal, quão grande é o Universo?

Afinal, quão grande é o Universo?

Tecmundo O Universo tal qual o conhecemos começou em algum momento há cerca de 13,8 bilhões de anos no evento conhecido como Big Bang. Nos seus primeiros instantes, o Universo estava repleto de partículas de matéria, antimatéria, radiação e existia em um estado extremamente quente e denso, mas que se expandia e resfriava.Desde esse estágio inicial, o Cosmos continua se expandindo, esfriando e evoluindo de acordo com as leis da física. À medida em que isso ocorreu, uma série de eventos importantes o conduziram às estruturas que observamos e habitamos hoje: um planeta ordinário localizado em um braço externo de uma galáxia comum nos arredores de um superaglomerado local.Leia mais... Veja Mais

Xi Jinping adverte que tensões na Ásia-Pacífico lembram a 'Guerra Fria'

em - Internacional O presidente da China, Xi Jinping, advertiu nesta quinta-feira (11, noite de quarta-feira no horário de Brasília) sobre o perigo de retornar às tensões da Guerra Fria na região da Ásia-Pacífico, e pediu maior cooperação na recuperação pós-pandemia e nas questões climáticas.Em meio à crescente tensão com os Estados Unidos sobre Taiwan, compensada, em parte, pelo acordo-surpresa entre Pequim e Washington sobre o clima, Xi declarou que todos os países da região devem trabalhar juntos nos desafios comuns."A região da Ásia-Pacífico não pode nem deve recair na confrontação e na divisão da época da Guerra Fria", disse o líder chinês, durante uma conferência empresarial virtual realizada à margem da cúpula do bloco de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec).Xi pediu um esforço conjunto para fechar a "lacuna de imunização", fazendo com que as vacinas contra a covid-19 sejam mais acessíveis aos países em desenvolvimento."Devemos traduzir o consenso de que as vacinas são um bem público mundial em ações concretas para garantir sua distribuição justa e equitativa", afirmou o chefe de Estado chinês na reunião celebrada na Nova Zelândia.Xi assinalou que a região deve garantir que os países em desenvolvimento possam ter acesso e custear as vacinas contra a covid-19. Na quarta-feira, a China explicou que havia chegado a um acordo com os Estados Unidos na COP26 em Glasgow, na Escócia, sobre a mudança climática, uma área-chave em que o governo Biden vê potencial para a cooperação com o gigante asiático."Todos nós podemos entrar em um caminho de desenvolvimento verde e sustentável, com baixa emissão de carbono", afirmou Xi, mas sem mencionar diretamente o acordo com os Estados Unidos. Veja Mais

Street Fighter II: dubladores BR do anime não conheciam golpes e lutadores

Street Fighter II: dubladores BR do anime não conheciam golpes e lutadores

Tecmundo Quem viveu nos anos 90 certamente deve se lembrar da animação de Street Fighter II, que por aqui ficou bastante conhecida por preencher as grades matinais aos finais de semana no SBT. Na época, Street Fighter ainda não era tão popular entre o público mais velho, o que acabou dificultando um pouco o trabalho da equipe de dublagem nacional.Em seu livro Versão Brasileira, Nelson Machado (a eterna voz de Kiko, do seriado Chaves) revelou que trabalhou como diretor de dublagem do projeto e o time como um todo teve bastante dificuldade pelo fato de terem recebido um produto que estava totalmente em japonês – e o pior, do qual muitos envolvidos sequer sabiam os nomes dos personagens ou de seus golpes.Leia mais... Veja Mais

Pagamento do Auxílio Brasil em dezembro depende do Senado, diz João Roma

O Tempo - Política Ministro da Cidadania cobra celeridade na tramitação da PEC dos Precatórios, no Senado, para viabilizar R$ 400 em dezembro Veja Mais

Veja quais foram os games mais baixados no PS4 e PS5 em outubro

Veja quais foram os games mais baixados no PS4 e PS5 em outubro

Tecmundo Em uma mensagem publicada no blog oficial do PlayStation, a equipe de mídias digitais da Sony revelou quais foram os títulos mais baixados na PlayStation Store em outubro, com destaque para FIFA 22.O game de futebol foi o mais baixado tanto na edição de PlayStation 5 quanto para PlayStation 4, superando rivais como Far Cry 6 e Alan Wake Remastered. Já entre os títulos gratuitos, temos como destaque a presença de eFootball 2022 no topo da lista, enquanto Beat Saber liderou no PlayStation VR.Leia mais... Veja Mais

Comissão aprova incentivos fiscais na área de informática - 10/11/21

Comissão aprova incentivos fiscais na área de informática - 10/11/21

Câmana dos Deputados A Comissão especial que discute a Proposta de Emenda à Constituição que mantém incentivos fiscais na área de informática e comunicação aprovou, nesta quarta-feira, o relatório do deputado Vitor Lippi (PSDB/SP). A proposta segue agora para análise do Plenário da Câmara dos Deputados Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados # IncentivosFicais #Informatica Veja Mais

"O GABRIEL PEREIRA MERECIA IR PARA O BANCO", DIZ MARÍLIA RUIZ| BOLA ROLANDO

Band Sports Comentarista analisou a provável escalação do Corinthians para o jogo contra o Atlético Mineiro. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​​ Veja Mais

Fabricante de carros elétricos faz estreia arrasadora na Bolsa de Nova York

em - Internacional A companhia de carros SUV, pick-ups e caminhonetes elétricas Rivian estreou nesta quarta-feira (10) em Wall Street, onde alcançou rapidamente uma capitalização de mais de 100 bilhões de dólares.Esse valor supera o de tradicionais fabricantes automotivos, como Ford (US$ 78 bilhões) e General Motors (US$ 86 bilhões), apesar de a Rivian ter acabado de lançar seus primeiros veículos.O preço inicial de cotação das ações da Rivian foi estabelecido na noite de terça-feira em 78 dólares por unidade, superando assim o intervalo de entre 57 e 62 dólares que havia sido estimado há cerca de dez dias. Diante da forte demanda pelos papéis da companhia, esta elevou na terça-feira a quantidade de ativos que seriam emitidos.Contudo, isso não bastou para saciar a sede do mercado e a cotação se valorizou em mais de 50% no início das negociações em Wall Street. Cerca de três horas depois, a ação valia 108,79 dólares, o que representava uma capitalização de 108 bilhões de dólares.A empresa foi fundada em 2009 por Robert Sacaringe, um aficionado por carros que quis terminar seus estudos para se concentrar em meios de transporte menos poluentes.Aos 38 anos, pensava inicialmente no desenvolvimento de um modelo de carro esportivo, mas, em 2012, fez uma mudança em seus planos ao considerar que veículos maiores teriam maior impacto no meio ambiente.Sacaringe também conseguiu convencer grandes empresas a acompanhá-lo em seus planos. Entre essas companhias está a própria Ford, que deve ficar com 13% das ações da Rivian após sua estreia na bolsa.A Rivian também conseguiu uma parceria com a Amazon, que encomendou 100 mil caminhonetes para 2030 e deverá adquirir em torno de 19% das ações da empresa após a transação. TESLA MOTORSFORD MOTORGENERAL MOTORSAMAZON.COM Veja Mais

Ney Matogrosso ilumina 'Sete luas', música do segundo disco da cantora mineira Laura Jannuzzi

G1 Pop & Arte César Lacerda e Clara Castro também participam do álbum 'Sede da manhã'. ♪ Poucos artistas são tão generosos quanto Ney Matogrosso no que diz respeito à aceitação de convites para gravar músicas de cantores ainda em busca de maior visibilidade no universo pop brasileiro. Nome recorrente nos créditos de dezenas de discos alheios, Ney também figura no segundo álbum da cantora e compositora mineira Laura Jannuzzi, Sede da manhã. O cantor ilumina Sete luas, parceria de Jannuzzi com Juliana Stanzani que abre Sede da manhã, disco situado na tênue fronteira entre álbum e EP por ter somente sete músicas. Com lançamento programado para 19 de novembro, o disco Sede da manhã sucede Ondes (2016), primeiro álbum de Laura Jannuzzi, artista nascida em Palmas (MG) – cidade do interior de Minas Gerais – e residente em Juiz de Fora (MG) desde 2004. Gravado com produção musical e arranjos de Raul Misturada, o álbum Sede da manhã também traz as vozes de César Lacerda e Clara Castro. Conterrâneo da artista mineira, Lacerda pôs voz na música-título Sede da manhã, parceria de Laura Jannuzzi com Pablo Quaresma. Já Clara Castro é a convidada e parceria de Jannuzzi na canção Junto só. Capa do álbum 'Sede da manhã', de Laura Jannuzzi Thiago Britto / Divulgação Essencialmente autoral e composto por parcerias de Laura Jannuzzi com Dudu Costa (Vulcão e cometa), Nêga Lucas (Temporal) e a já mencionada Juliana Stanzani (Dundun e Sete luas, a música gravada com Ney e escolhida para ser a faixa promocional e ganhar clipe que entra em rotação no dia do lançamento do disco), o repertório do álbum Sede da manhã inclui regravação de Hoje (1969), uma das músicas mais conhecidas do cantor e compositor uruguaio Taiguara (1945 – 1996), guerrilheiro da canção que lutou pela liberdade no Brasil dos anos 1960 e 1970. “Consigo enxergar nesse disco Sede da manhã minha referência na música mineira, na música de Milton Nascimento, músicas que nos transportam para dentro de nós”, situa Laura Jannuzzi. Veja Mais

Integração Nacional - Homologação de tombamento do encontro dos rios Negro e Solimões – 10/11/2021

Integração Nacional - Homologação de tombamento do encontro dos rios Negro e Solimões – 10/11/2021

Câmana dos Deputados A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara dos Deputados debate a homologação do tombamento do Encontro das Águas dos rios Negro e Solimões. O deputado José Ricardo (PT-AM), que pediu a realização do debate, lembra que o Encontro das Águas foi tombado pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2010. "Os mais de dez quilômetros em que é possível observar as águas escuras e transparentes do rio Negro correndo ao lado das águas turvas e barrentas do rio Solimões, no Amazonas, foram tombados em função da excepcionalidade do fenômeno, considerando seu alto valor paisagístico", explica José Ricardo defendendo a homologação do tombamento. Debatedores Foram convidados para discutir o assunto com os deputados, entre outros: - a coordenadora do Movimento SOS Encontro das Águas, Elisa Wandelli; - o coordenador do Núcleo de Cultura Política da Universidade Federal do Amazonas, Ademir Ramos. Fonte: Agência Câmara de Notícias Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63742 Veja Mais

Bethesda: Fallout 5 está nos planos, mas não é prioridade

Bethesda: Fallout 5 está nos planos, mas não é prioridade

Tecmundo Fallout 5 definitivamente está nos planos da Bethesda, mas os fãs não devem ficar muito animados. Afinal, em entrevista concedida recentemente ao IGN, Todd Howard, diretor da desenvolvedora, afirmou que ainda vai demorar até sua empresa começar a trabalhar na produção do jogo.De acordo com o diretor, a produtora está priorizando o desenvolvimento de Starfield, que tem lançamento marcado para o dia 11 de novembro de 2022. A partir da data, o próximo passo da companhia é focar em The Elder Scrolls 6. Em junho deste ano, ele havia dito que a produção do sexto Elder Scrolls ainda estava em fases iniciais de planejamento.Leia mais... Veja Mais

Macron e Kamala classificam de 'crucial' a cooperação entre França e EUA

em - Internacional O presidente da França, Emmanuel Macron, e a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, destacaram nesta quarta-feira (10) que a cooperação entre os seus países é "crucial" no "início de uma nova era", dois meses depois que explodiu a crise dos submarinos australianos. "Estamos de acordo que estamos no começo de uma nova era e que nossa cooperação é absolutamente crucial", disse o presidente francês ao receber a vice-presidente americana no Palácio do Eliseu.Kamala chegou à capital francesa na terça-feira para uma visita de cinco dias, na qual comparecerá às cerimônias de 11 de novembro pelo armistício da Primeira Guerra Mundial e ao Fórum da Paz de Paris.Em setembro, Estados Unidos e Austrália provocaram uma crise diplomática com Paris ao firmarem uma aliança de defesa no Pacífico com o Reino Unido, conhecida como AUKUS, que resultou no cancelamento de um contrato bilionário para a construção de submarinos franceses para a Marinha australiana.Macron classificou como "frutífera" a reunião que manteve com o presidente americano, Joe Biden, em 29 de outubro, destinada a aliviar as tensões, e disse que a mesma havia "pavimentado o caminho para as próximas semanas, meses e, devo dizer, anos"."Com base na magnífica conversa que o senhor e o presidente Biden tiveram, espero que sigamos trabalhando juntos e renovando o enfoque que sempre tivemos em nossa pareceria", disse Kamala, que também participará de uma conferência sobre a Líbia durante sua estada na França, marcada para a sexta-feira. Veja Mais

NASA adia novo desembarque de astronautas na Lua para 2025

NASA adia novo desembarque de astronautas na Lua para 2025

Tecmundo A NASA anunciou na terça-feira (9) que está adiando em pelo menos um ano o seu prazo originalmente previsto para o retorno de astronautas norte-americanos à superfície lunar. O tão esperado desembarque, estabelecido em uma linha do tempo pelo ex-presidente Donald Trump como 2024, ocorrerá somente no ano seguinte, segundo o ex-senador Bill Nelson, escolhido para comandar a agência aeroespacial americana pelo atual presidente Joe Biden.Ao comunicar oficialmente o atraso da missão, Nelson alegou a princípio problemas orçamentários, pois o Congresso ainda não liberou dinheiro suficiente para o desenvolvimento de um sistema de aterrisagem para o programa lunar Artemis, sem contar uma suplementação de US$ 2,6 bilhões (R$ 14,25 bilhões) necessária no desenvolvimento da cápsula Orion.  Leia mais... Veja Mais

CPI da Covid pede indiciamento de infectologistas e investigação de Kalil

O Tempo - Política Relatório final da CPI foi protocolado na Câmara de BH nesta quarta-feira e será entregue ao Ministério Público para que dê continuidade às investigações Veja Mais

PEC 122/15 - Veda encargo sem previsão orçamento - Discussão e votação de propostas – 10/11/2021

PEC 122/15 - Veda encargo sem previsão orçamento - Discussão e votação de propostas – 10/11/2021

Câmana dos Deputados Comissão Especial destinada a proferir parecer à Proposta de Emenda à Constituição nº 122, de 2015, do Senado Federal, que "acrescenta §§ 6º e 7º ao art. 167 da Constituição Federal, para proibir a imposição e a transferência, por lei, de qualquer encargo financeiro decorrente da prestação de serviço público para a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, bem como para proibir a criação ou o aumento de despesa que não conste da lei orçamentária anual ou do projeto de lei orçamentária anual enviado pelo chefe do Poder Executivo, nos termos que especifica", e apensada. LOCAL: Anexo II, Plenário 08 HORÁRIO: 14h TEMA: "Discussão e Votação de Propostas" I - Deliberação de Requerimentos II - Eleição dos Vice-Presidentes A - Requerimentos: 1 - REQUERIMENTO Nº 5/2021 - do Sr. Silvio Costa Filho - (PEC 122/2015) - que "requer o convite do Sr. Rafael Fonteles, Presidente do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda, Finanças, Receita ou Tributação dos Estados e do Distrito Federal - COMSEFAZ, para comparecer a Audiência Pública na Comissão Especial da PEC 122/2015". Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63917 Veja Mais

Cuba acusa EUA de tentativas de 'desestabilização' com marcha da oposição

em - Internacional O chanceler cubano, Bruno Rodríguez, acusou nesta quarta-feira (10) o governo dos Estados Unidos de promover "condições de desestabilização interna" na ilha, ao incentivar a marcha convocada pelos opositores para 15 de novembro.Em declarações ao corpo diplomático credenciado em seu país, o chanceler disse que Havana não permitirá "de forma alguma que a persistente agressão do governo dos Estados Unidos, suas intensas e constantes tentativas, exacerbadas nos últimos seis, oito meses, de gerar condições de desestabilização interna, de alterar a tranquilidade e a segurança cidadã (...), estraguem a festa ".Na próxima segunda-feira, Cuba reabrirá suas fronteiras ao turismo estrangeiro, os alunos do ensino fundamental voltam às salas de aula e Havana comemora 502 anos de sua fundação.Os organizadores da marcha, na capital e em seis outras províncias, continuam determinados a se manifestar, apesar da proibição das autoridades e do alerta de que haverá consequências caso o protesto seja realizado.O governo acredita que esta iniciativa busca uma mudança de regime e acusa seus líderes de serem financiados e dirigidos por organizações nos Estados Unidos."São 29 declarações do governo dos Estados Unidos e de figuras influentes no Congresso daquela nação, só desde 22 de setembro, quase uma diária, todas voltadas para incentivar, orientar, instigar ações de desestabilização em nosso país", disse Rodríguez aos embaixadores .Na segunda-feira, o porta-voz da Casa Branca, Ned Price, pediu no twitter ao governo cubano que "escute seu povo em uma marcha pacífica para que suas vozes sejam ouvidas".Bruno Rodríguez destacou que essas figuras americanas fazem "exigências" para realizar ações que em Cuba "não são permitidas, nem serão permitidas".Os organizadores, exigindo a libertação de presos políticos, apelam ao artigo 56 da nova Constituição, que reconhece o direito de manifestação. Mas o governo considera que esta iniciativa viola o caráter constitucional e "irrevogável" do sistema socialista cubano. Veja Mais

Quatro astronautas decolam para a ISS com a SpaceX

em - Internacional Três astronautas americanos e um alemão decolaram nesta quarta-feira (10) à noite, dez dias depois do previsto inicialmente, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS), onde deverão ficar por seis meses.Eles vão substituir a tripulação que acabou de deixar a ISS, que incluía dois americanos, um francês e um japonês, que retornou à Terra na noite de segunda para terça-feira.Os quatro astronautas decolaram da Flórida em um foguete SpaceX Falcon 9 às 21h03, horário local (23h03 no horário de Brasília). A cápsula do Dragon deve atracar na estação na quinta-feira às 19h10 (21h10 no horário de Brasília). Os astronautas da Nasa Raja Chari, Kayla Barron e Tom Marshburn, assim como o da Agência Espacial Europeia (ESA) Matthias Maurer, respeitaram uma quarentena há dias no Centro Espacial Kennedy em Cabo Canaveral antes de decolarem.A partida deveria ser no final de outubro, mas a decolagem foi adiada várias vezes, principalmente por condições climáticas e, posteriormente, por "um pequeno problema de saúde" de um dos astronautas, sobre o qual a Nasa não deu mais detalhes. A agência espacial decidiu trazer a tripulação do Crew-2 de volta à Terra antes de lançar o Crew-3. O período de transferência entre as duas tripulações, que normalmente ocorre em gravidade zero por alguns dias, não pôde ser realizado.A missão é chamada de Crew-3, pois é a terceira realizada pela SpaceX em nome da Nasa. No entanto, é a quinta vez que a empresa de Elon Musk lança humanos em órbita. Antes da Crew-1 e da Crew-2, uma missão de teste (Demo-2) enviou dois astronautas à ISS. E em setembro a SpaceX também lançou quatro turistas ao espaço por três dias.- Recepção de turistas -A tripulação do Crew-3 embarcou em uma nova cápsula do Dragon, a "Endurance". Para o americano Tom Marshburn, esta será sua terceira vez no espaço. Ele já voou a bordo de um ônibus espacial em 2009 e, em seguida, de um foguete russo Soyuz em 2012-2013. Os outros três astronautas farão a viagem pela primeira vez. Matthias Maurer será o décimo segundo alemão no espaço. Uma das missões dos astronautas será observar os efeitos da dieta na flora intestinal e no sistema imunológico, cujas defesas costumam ficar enfraquecidas após uma estadia prolongada no espaço.Os quatro vão consumir uma seleção mais ampla de frutas e vegetais liofilizados (abóbora, couve ...) e também de barramundi, um peixe. Eles também realizarão caminhadas espaciais, principalmente para continuar a instalação de novos painéis solares na ISS. E eles receberão duas missões turísticas: uma, no final do ano, de japoneses transportados por uma espaçonave Soyuz, e a outra, em fevereiro de 2022, de passageiros da missão Ax-1, organizada pela empresa Axiom Space em associação com SpaceX. Veja Mais

Von der Leyen: EUA e UE devem apoiar economias em desenvolvimento a zerar emissão

em - Internacional A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmou nesta quarta-feira, 10, que a União Europeia e os Estados Unidos devem apoiar economias em desenvolvimento a alcançar uma economia sem emissão de carbono. Em evento do Atlantic Council, em Washington, a alemã apontou que os EUA e o bloco estão do mesmo lado em uma série de pontos, como controlar temperatura do planeta e ter uma retomada verde.Como exemplo de ação, von der Leyen disse que os países estão ajudando a África do Sul a criar empregos bem pagos ao mesmo tempo em que estão auxiliando na busca por uma economia mais verde. Outro tema que a presidente citou de ação comum foi o digital, pedindo uma Política Transatlântica para o tema. Um dos pontos destacados foi o de que "ambos precisamos de ficar menos dependentes de tecnologia no cenário internacional", incluindo como exemplo uma maior autossuficiência no tema dos chips.Além disso, von der Leyen afirmou que é necessário buscar regras para plataformas digitais, e que Bruxelas e Washington têm visão de como elas "devem funcionar em sociedades abertas". Por fim, a alemã reforçou a vigilância pela democracia, no que foi "especialmente importante neste ano", apontando para "regimes autoritários que tentam nos afetar". Segundo ela, prova disso nos EUA foi a invasão do Capitólio em 6 de janeiro, e na UE, aqueles que "estão questionando princípios básicos da União". Veja Mais

Silvio Costa analisa proibição de novos encargos a municípios sem recursos prévios - 10/11/2021

Silvio Costa analisa proibição de novos encargos a municípios sem recursos prévios - 10/11/2021

Câmana dos Deputados Está em análise na Câmara a proposta de emenda à Constituição que proíbe a criação de novos encargos para os municípios, estados e União sem a contrapartida para seu custeio (PEC 122/15). O texto já aprovado no Senado tem apoio do movimento municipalista e evita que a União crie serviços para prefeitos executarem sem repassar recursos. O relator da proposta, deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), explica nesta edição do Palavra Aberta os detalhes da proposta. Apresentação: Regina Assumpção Direção: Guga Caldas Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Convite a ‘tornar visível’ uma realidade que poucos querem ver

O Tempo - Diversão - Magazine O escritor gaúcho José Falero lança “Mas em que Mundo Tu Vive?”, no qual joga luz em um universo raramente descrito na literatura por quem de fato nele circula Veja Mais

Alec Baldwin é processado por disparos em set de filmagem

em - Internacional Um membro da equipe do filme "Rust" abriu um processo por negligência contra o ator americano Alec Baldwin pelos disparos que levaram à morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins no mês passado, informaram advogados nesta quarta-feira. O processo também cita a armeira Hannah Gutiérrez-Reed, que afirmou através de seus representantes legais que estava sendo "incriminada" pela morte de Halyna.O técnico-chefe de iluminação do filme, Serge Svetnoy, afirma no processo que o incidente "foi causado por atos de negligência e omissões" de Baldwin, protagonista e produtor, e de outros. "Não havia nenhum motivo para colocar uma bala de verdade naquele revólver, ou para que ele estivesse no set de Rust, e a presença de uma bala em um revólver representava uma ameaça letal para todos ao redor", diz a ação, movida em um tribunal de Los Angeles.Svetnoy alega que Baldwin, o vice-diretor do filme, Dave Halls, e Hannah não seguiram as práticas da indústria cinematográfica no manuseio de armas e "permitiram que um revólver carregado com munição real atingisse pessoas". Em comunicado divulgado hoje, os advogados da armeira do filme insistiram em que ela não sabia por que havia munição de verdade no set."Estamos pedindo uma investigação completa de todos os fatos, incluindo as balas reais e quem as colocou ali ", declarou o advogado Jason Bowles. "Estamos convencidos de que foi uma sabotagem. Também acreditamos que a cena foi alterada antes da chegada da polícia."Em entrevista exibida nesta quarta-feira, a promotora distrital do condado de Santa Fé, Mary Carmack-Altwies, descartou a ideia de conspiração. "Não temos nenhuma prova", disse ao ABC News. Veja Mais

"AS RED BULLS LEVAM UMA VANTAGEM MUITO GRANDE EM INTERLAGOS"| BOLA ROLANDO

Band Sports Ricardo Molina projetou a disputa do Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​​ Veja Mais

Castillo coloca à venda avião presidencial do Peru

em - Internacional O presidente do Peru, Pedro Castillo, anunciou nesta quarta-feira (10) que ordenou vender o avião presidencial como medida de austeridade e destinará o dinheiro para a saúde e a educação, dois setores muito atingidos pela pandemia."Anuncio que venderemos o avião presidencial, recursos que serão utilizados na saúde e na educação de meninos e meninas", disse o governante em Ayacucho, no centro-sul do Peru, ao entregar um relatório público sobre os primeiros 100 dias de governo.Além disso, Castillo anunciou que ordenará "que nenhum funcionário faça viagens aéreas na primeira classe" para acabar com os "privilégios de muitos funcionários públicos".O avião presidencial é um Boeing 737-528 operado pela Força Aérea de Peru, com capacidade para 70 passageiros. Esta não é a primeira vez que um presidente peruano tenta vender este avião: em 2007, Alan García fracassou em duas ocasiões quando realizou licitações públicas nas quais não houve ofertas.A razão teria sido o alto preço pedido pela aeronave, que chegava a 18,5 milhões de dólares. Assim como Castillo, García tinha dito que destinaria o dinheiro da venda para a saúde pública.O avião presidencial peruano foi comprado por 27,6 milhões de dólares em 1995, durante o governo de Alberto Fujimori. A celebração dos 100 dias de governo também serviu para que Castillo anunciasse um aumento no salário mínimo de 930 para 1.000 sóis (de 232 para 250 dólares) a partir de 1º de dezembro.O presidente também anunciou que os estudantes retornarão às aulas presenciais em março, coincidindo com o início do ano letivo de 2022.As aulas presenciais foram suspensas no Peru por causa da pandemia em março de 2020. Desde então, as aulas são virtuais e, em uma minoria, em escolas semipresenciais. Veja Mais

CORINTHIANS MASSACRA O DEP. CAPIATÁ E ESTÁ NAS QUARTAS DA LIBERTADORES FEMININA | MELHORES MOMENTOS

CORINTHIANS MASSACRA O DEP. CAPIATÁ E ESTÁ NAS QUARTAS DA LIBERTADORES FEMININA | MELHORES MOMENTOS

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! https://bit.ly/3Bgc4nb E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #Corinthians #LibertadoresFeminina #MelhoresMomentos Veja Mais

Chrome para desktop pode ganhar função de print da versão móvel

Chrome para desktop pode ganhar função de print da versão móvel

Tecmundo A versão do Google Chrome para desktop deve ganhar, em breve, uma ferramenta de captura de tela bastante semelhante à função encontrada no app do navegador. A novidade, atualmente em teste no Beta do browser, foi descoberta pelo site Techdows nessa terça-feira (9).Segundo a publicação, a funcionalidade em desenvolvimento surge como uma alternativa às funções de print nativas do Windows e do Mac. Além de realizar a captura de tela desejada, ela permite editar a imagem no próprio navegador e facilita o seu compartilhamento com outros usuários.Leia mais... Veja Mais

Foo Fighters vai estrelar filme de terror inspirado em novo disco

O Tempo - Diversão - Magazine 'Studio 666' já foi gravado e deve estrear nos EUA em fevereiro do ano que vem Veja Mais

Assembleia geral da OEA começa com Nicarágua no centro das atenções

em - Internacional A Organização dos Estados Americanos (OEA) inicia, nesta quarta-feira (10), sua assembleia geral, num contexto turbulento após a vitória de Daniel Ortega nas eleições da Nicarágua sem adversários de peso.A situação política na Nicarágua deve ser objeto de "uma avaliação coletiva" durante o conclave, afirmou o secretário-geral da OEA, Luis Almagro, em coletiva de imprensa um dia depois de classificar as eleições como "ilegítimas" e pedir medidas diante da "clara violação da Carta Democrática".O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, promulgou uma lei que permite novas sanções contra o governo Ortega, que Washington considera uma "ditadura" e sobre o qual deseja aplicar todo o peso da lei."Regime autocrático", "fraude anunciada" e "pantomima" foram alguns dos termos usados pela comunidade internacional para descrever as eleições de domingo, nas quais Ortega enfrentou cinco candidatos direitistas desconhecidos, acusados de colaborar com o governo para validar o processo.Em diálogo nesta quarta-feira com as delegações de observadores permanentes da OEA, a Espanha insistiu que "junto com o resto da União Europeia não reconhece os resultados das eleições"."Carecem de garantias e legitimidade a partir do momento em que a oposição está presa, ilegalizada e impedida de participar", disse Juan Fernández Trigo, secretário de Estado para a Ibero-América, que também pediu a libertação dos presos.Desde junho, as autoridades nicaraguenses baniram três partidos e prenderam 39 ativistas sociais, políticos, empresários e jornalistas - além dos 120 opositores detidos desde os protestos de 2018 exigindo a renúncia de Ortega e que resultaram em centenas de mortes.- Manágua se defende -O embaixador da Nicarágua junto à OEA, Arturo Mcfields Yescas, respondeu às críticas: "votou-se de maneira livre, livre de pressões, livre de chantagens, livre de ingerências e livre de sanções".Ele pediu à OEA que olhasse para o futuro, não "para o passado com posicionamentos neocolonialistas e intervencionistas", ao mesmo tempo em que exigiu que "não se intrometam em questões de soberania".Há poucas exceções dentro da comunidade internacional que apoiam Manágua, com destaque para Rússia, Cuba, Bolívia e Venezuela.Diante da crise da Nicarágua, a OEA pode adotar a suspensão do país centro-americano da organização.Em junho, Almagro declarou-se favorável à ativação dos mecanismos de aplicação do artigo 21 da Carta Democrática Interamericana. De acordo com este artigo, um Estado-membro pode ser suspenso se quebrar a ordem democrática e a diplomacia não tiver conseguido resolver o problema.Nesse caso, o país deve continuar cumprindo com suas obrigações de direitos humanos e a OEA continuará trabalhando para restaurar a democracia no Estado suspenso.- Situação da Venezuela -Também veio à tona a situação na Venezuela, sob o governo de Nicolás Maduro desde 2013 e atolada em uma crise política, econômica e social que, segundo a ONU, levou à emigração de mais de 5 milhões de pessoas.Se a democracia em um país vacila, toda a região sofre, disse a vice-ministra de Assuntos Multilaterais da Colômbia, María Carmelina Londoño."A experiência do colapso da ordem democrática na Venezuela demonstra bem isso", portanto, "não podemos enfraquecer na denúncia desses desvios, atropelos e desaforos da ditadura de Maduro", declarou.A OEA, formada por 35 países - embora Cuba não seja um membro ativo e a própria Venezuela seja representada por um delegado do opositor Juan Guaidó, reconhecido como presidente em exercício por mais de 50 países -, considera que o governo Maduro é um "regime ilegítimo" desde sua reeleição em 2018.- Acesso às vacinas -A assembleia geral, que vai até sexta-feira, ocorre de forma virtual devido à pandemia de covid-19.Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), 48% da população da América Latina e o Caribe está completamente vacinada contra o coronavírus, mas ainda existem desigualdades regionais na imunização."É preciso lançar um plano internacional de acesso equitativo às vacinas e à vacinação", insistiu Almagro.Sob o lema "Por uma América renovada", a OEA também abordará a reativação econômica "para atacar as causas estruturais da emigração", afirmou Pedro Brolo, ministro das Relações Exteriores da Guatemala, país anfitrião da assembleia.Uma assembleia geral "crítica em tempos difíceis", definiu Almagro, na qual também serão discutidas a pobreza extrema e as mudanças climáticas. Veja Mais

Capital do México entra no Guinness como cidade 'mais conectada' do mundo

em - Internacional A Cidade do México foi reconhecida nesta quarta-feira (10) pela organização Guinness como a "cidade mais conectada do mundo" por ter o maior número de pontos de acesso sem fio (wi-fi) públicos gratuitos.Carlos Tapia, jurado oficial do Guinness World Records para o México e América Latina, entregou o prêmio à prefeita Claudia Sheinbaum em uma cerimônia realizada aos pés do Anjo da Independência, símbolo turístico da cidade.O Guinness "certifica o governo da Cidade do México pelo maior número de 'hotspots' na mesma rede de wi-fi gratuita, com um número total de 21.500", anunciou Tapia.Depois de receber o reconhecimento, Sheinbaum disse que a vasta rede de pontos de ligação gratuitos visa "criar o direito à Internet para todos", especialmente para aquelas famílias com recursos limitados que não dispõem do serviço em casa.Os pontos de conexão estão distribuídos em boa parte da cidade de 9,2 milhões de habitantes, principalmente no transporte público, embora às vezes a conexão seja difícil porque a rede está saturada.Durante o fechamento de escolas devido à pandemia da covid-19, histórias de alunos que conseguiam acompanhar as aulas online graças a esse serviço gratuito foram disseminadas nas redes sociais.A Cidade do México, uma das cidades mais populosas do mundo que, junto com os municípios dos estados vizinhos, abriga mais de 20 milhões de pessoas, é detentora de vários recordes do Guinness. Veja Mais

Quando é a Black Friday 2021?

Quando é a Black Friday 2021?

Tecmundo Muitas pessoas estão ansiosas para saber quando acontece a Black Friday 2021. Mas estamos aqui para te auxiliar em todos os detalhes relacionados a esse grande evento, que promete oferecer grandes oportunidades a todos os consumidores. Portanto, fique ligado em todas as questões que abordaremos neste texto.Leia mais... Veja Mais

Audiência pública debate a dislexia - 10/11/21

Audiência pública debate a dislexia - 10/11/21

Câmana dos Deputados Audiência conjunta de quatro comissões da Câmara dos Deputados debateu a dislexia, transtorno neurológico que prejudica a capacidade de aprendizagem e pode atingir até 10% da população mundial. Especialistas disseram que a ocorrência do transtorno não tem relação com as condições sociais nem com a qualidade do ensino mas lembraram que esses fatores podem prejudicar o desenvolvimento e a qualidade de vida de quem sofre do problema. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #Dislexia Veja Mais

EUA 'não precisa' de aprovação israelense para reabrir consulado em Jerusalém, diz premiê palestino

em - Internacional Os Estados Unidos "não precisam" de nenhum tipo de autorização de Israel para reabrir seu consulado em Jerusalém para os palestinos, afirmou nesta quarta-feira (10) o primeiro-ministro palestino, Mohammad Shtayyeh.O presidente americano Joe Biden prometeu reabrir o consulado de seu país em Jerusalém, que atendia aos palestinos e foi fechado durante a gestão de Donald Trump. O ex-presidente mudou a embaixada de Tel Aviv para Jerusalém e reconheceu a cidade como a capital de Israel."Tenho certeza de que os Estados Unidos não precisam de nenhum tipo de permissão, porque Jerusalém Oriental é um território ocupado [...] Temos esperança de que [o governo Biden] honre sua promessa", disse Shtayyeh.Os palestinos querem que Jerusalém Oriental, a parte da cidade que Israel ocupa desde 1967, seja a capital de seu futuro Estado, mas, para Israel, Jerusalém é "una e indivisível".Recentemente, Israel se opôs à reabertura do consulado dos EUA e as autoridades sugeriram que Washington o transferisse para Ramallah, cidade onde está sediado o governo palestino, localizada na Cisjordânia, um território que também é ocupado por Israel."Ramallah não é Jerusalém. Ramallah não é a capital da Palestina [...] Para nós, a reabertura do consulado em Jerusalém Oriental tem um grande significado político", declarou Shtayyeh."Queremos que este consulado seja a futura embaixada dos Estados Unidos no Estado da Palestina", acrescentou.O primeiro-ministro palestino também pediu a Washington, o principal apoiador de Israel, que aplique sanções contra produtos das colônias israelenses na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental, onde vivem mais de 675 mil israelenses. Esses assentamentos são ilegais aos olhos do direito internacional.Além disso, Shtayyeh se encontrou nesta quarta com uma delegação do Congresso americano em Ramallah, a quem pediu apoio financeiro."No passado, os Estados Unidos nos ajudaram a aliviar nosso déficit orçamentário [...] e hoje peço aos membros do Congresso que nos ajudem nesse ponto", disse ele. O Banco Mundial espera que o déficit palestino chegue a 1,3 bilhão de dólares este ano. Veja Mais

Música com George Harrison e Ringo Starr é encontrada em sótão no Reino Unido

G1 Pop & Arte 'Radhe Shaam' foi gravada em 1968, em Londres, com vocais do músico indiano Aashish Khan, Harrison na guitarra e Starr na bateria. Suresh Joshi ao lado de John Brahn e Ringo Starr, em 1968, em Liverpool Museu dos Beatles de Liverpool/Divulgação via REUTERS Uma canção inédita com os Beatles George Harrison e Ringo Starr foi revelada no Museu dos Beatles de Liverpool, nesta quarta-feira (10), após ter sido encontrada em um sótão no ano passado. Escrita e produzida pelo jornalista e locutor Suresh Joshi, a canção "Radhe Shaam" foi gravada no Trident Studios de Londres, em 1968, com vocais do músico indiano Aashish Khan, Harrison na guitarra e Starr na bateria. "Ninguém conseguia acreditar que era tão antiga", disse Joshi à Reuters depois de tocar a gravação para uma plateia no museu da cidade natal dos Beatles. "Foi um momento absolutamente maravilhoso e de alívio ao mesmo tempo em que o entreguei da minha maneira humilde." Joshi disse que estava gravando música com Khan para o filme "East Meets West" no Trident Studios quando Harrison entrou e eles começaram a conversar. Os Beatles estavam gravando "Hey Jude" na época. John Lennon, Ringo Starr, Paul McCartney e George Harrison desembarcam no aeroporto John F. Kennedy Airport, em Nova York, EUA, onde são recebidos por multidão de fãs em fevereiro de 1964 AFP Harrison e Starr mais tarde se ofereceram para tocar em sua faixa. Joshi encontrou a gravação no ano passado, guardada entre outros pertences em seu sótão em casa, depois que um amigo, que o visitou durante o confinamento, ficou intrigado com suas histórias do passado. Ele então trabalhou com um produtor para restaurar a fita. "Nós a resgatamos, montamos tudo, levamos quase um mês para trazê-la de volta à sua originalidade... e digitalizamos", disse Joshi, acrescentando que a música seria lançada com todos os rendimentos indo para a caridade. Em um comunicado à imprensa, Joshi descreveu a música de 53 anos como relevante na atualidade. "A música em si gira em torno do conceito de que somos todos um, e que o mundo é nossa ostra -- algo que todos nós percebemos durante esta pandemia", disse ele. Veja Mais

Bella Hadid desabafa sobre depressão: 'Há sempre uma luz no fim do túnel'

Glogo - Ciência Segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), 11,5 milhões de brasileiros (ou 5,8% da população do país) já tiveram pelo menos um episódio de depressão. É a maior taxa do continente latino-americano. Bella Hadid publicou diversas fotos chorando ao tratar de problemas de saúde mental Reprodução/Instagram/BellaHadid A modelo americana Bella Hadid, 25, veio a público falar sobre a "montanha-russa" que tem sido sua saúde mental, com "crises e burnouts", em meio a um quadro de depressão e ansiedade. Em sua conta no Instagram, onde é seguida por 47 milhões de usuários, ela lembrou a quem estiver sofrendo também que "você não está sozinho". Ela escreveu em resposta a um vídeo da atriz e cantora americana Willow Smith sobre insegurança e ansiedade. Segundo Hadid, o material a fez se sentir "menos sozinha". A modelo compartilhou um trecho desse ao lado de uma série de fotos dela própria chorando. "Rede social não é a realidade. Para quem estiver sofrendo, se lembre disso. Algumas vezes tudo que você precisa ouvir é que não está sozinho", escreveu. "Eu já tive crises e burnouts (síndrome de esgotamento) o suficiente para saber disso: se você trabalha duro o bastante em si mesma, gastando tempo sozinha para entender seus traumas, gatilhos, alegras e rotinas, você sempre será capaz de entender ou aprender mais sobre sua própria dor e como lidar com ela". Essa não é a primeira vez que Hadid fala sobre essas doenças, que enfrenta desde a adolescência. Bella Hadid posa no tapete vermelho do Festival de Cannes Reuters/Johanna Geron Em 2019, por exemplo, a modelo disse no Dia Mundial da Saúde Mental que esse quadro de ansiedade ou depressão "era uma batalha que a maioria de nós já lidou no passado ou está lidando atualmente". Segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), 11,5 milhões de brasileiros (ou 5,8% da população do país) já tiveram pelo menos um episódio de depressão. É a maior taxa do continente latino-americano. Em seu post, Hadid também compartilhou alguns conselhos com seguidores que podem enfrentar problemas de saúde mental, que podem ser tratados por profissionais especializados como psiquiatras e psicólogos. "Eu quero que você saiba que há sempre uma luz no fim do túnel, e a montanha-russa sempre vai parar completamente em algum momento", disse. "Há sempre espaço para começar de novo, mas para mim sempre foi bom saber que mesmo que ocorra por alguns dias, semanas ou meses, vai melhorar, até certo ponto, mesmo por um momento." Impacto das redes sociais Bella Hadid tem feito críticas a redes sociais e ressaltado que as pessoas com problemas de saúde mental não estão sozinhas Reprodução/Instagram/Bella Hadid Em janeiro deste ano, Hadid afirmou ter se afastado das redes sociais para tentar melhorar sua saúde mental. E ela não é a única. A cantora e compositora americana Lana Del Rey fechou suas contas em setembro, e o músico inglês Ed Sheeran praticamente não usa essas plataformas desde 2015. A empresa que é dona do Instagram, Meta (ex-Facebook), tem sido alvo de críticas crescentes, incluindo uma ex-funcionária que afirmou que a plataforma voltada a fotos e vídeos "era mais perigosa que as outras formas de rede social". Frances Haugen, que denunciou a empresa, afirmou no mês passado que o Instagram tem "inquestionavelmente piorado o ódio (na internet)". Segundo ela, a plataforma se trata de "comparações sociais e sobre corpos, sobre estilos de vida e tudo isso acaba sendo muito pior entre os jovens". Uma pesquisa do instituto de pesquisa Pew, dos Estados Unidos, mostrou que quatro em cada dez americanos já foram alvo de algum tipo de abuso ou agressão na internet. Entre os mais jovens, os ataques virtuais são ainda mais comuns: seis em cada dez pessoas com menos de 30 anos disseram ter passado por isso. Em alguns casos, o ódio pode desencadear uma crise de depressão e outros transtornos mentais. É importante dizer que a ciência ainda não consegue cravar qual é a exata relação entre as redes sociais e a saúde mental. As irmãs Gigi Hadid e Bella Hadid posa no tapete vermelho do VMA 2019 nesta segunda (26) Evan Agostini/Invision/AP Há estudos que apontam que há uma correlação entre o uso de redes sociais e ter depressão, por exemplo. Mas, como qualquer bom cientista vai dizer, correlação não é o mesmo que causa. Pesquisas também indicam que pessoas deprimidas tendem a se refugiar nas redes sociais. E, aí, o que veio primeiro: o ovo ou a galinha? Outro ponto importante: a depressão e outros transtornos mentais têm uma série de causas combinadas, que passam pela genética, o ambiente social e o histórico de vida de uma pessoa. Tipos de depressão Existem classes diferentes de depressão. A depressão que impacta a maioria dos pacientes é a unipolar, também conhecida como transtorno depressivo maior. A causa mais comum é de cunho genético, mas também pode ser provocada por perdas, estresse e até problemas neurológicos. O diagnóstico depende da avaliação do histórico de doenças psiquiátricas da família, e ainda não há exames clínicos, como os de sangue ou ressonância magnética, capazes de identificar o transtorno. LEIA MAIS: Entenda diferenças entre burnout, estresse e depressão Outro tipo é a depressão bipolar, considerada a mais difícil de ser identificada. Um estudo publicado na revista Brasileira de Psiquiatria mostrou que, em média, leva-se oito anos para diagnosticar um paciente com depressão bipolar. O transtorno bipolar do tipo 1 é a forma mais clássica e é caracterizado pela euforia (mania e hipomania). Já o do tipo 2, que é a depressão bipolar, o paciente apresenta quadros de tristeza e hipomania — estado mais leve de euforia, otimismo e, às vezes, agressividade. Uma pessoa deprimida costuma perder o interesse pelas suas atividades cotidianas. Fica triste e desanimada por mais do que alguns dias. Pode ter problemas para dormir ou perder o apetite. Nos casos mais graves, chega a pensar em suicídio. Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda no Centro de Valorização da Vida e o Centro de Atenção Psicossocial (CAP) da sua cidade. O CVV (https://www.cvv.org.br/) funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil. Veja Mais

'A Profissional' é filme de escapismo com roteiro que coleciona clichês

O Tempo - Diversão - Magazine Enredo do longa mostra assassina profissional que busca vingança após a morte de seu mentor e segundo pai Veja Mais

Desembargador aceita pedido de Adalclever e suspende CPI da Máquina Pública

O Tempo - Política Decisão tomada na tarde desta quarta-feira reverte uma outra que havia sido tomada na terça-feira. Funcionamento da CPI do Uso da Máquina Pública fica suspenso Veja Mais

Constituição e Justiça e de Cidadania - Criação do Dia Nacional do Pastor - 10/11/2021

Constituição e Justiça e de Cidadania - Criação do Dia Nacional do Pastor - 10/11/2021

Câmana dos Deputados Participe! Faça sua pergunta pelo portal e-Democracia: https://edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/2473 A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania realiza nesta quarta-feira (10) debate sobre a criação do Dia Nacional do Pastor, a ser celebrado anualmente no segundo domingo do mês de junho. O debate foi sugerido pelo deputado João Campos (Republicanos-GO). Foram convidados: -  o presidente da Catedral das Assembleias de Deus Ministério Madureira em Brasília, Pastor João Adair Ferreira; -  o presidente do Conselho de Pastores Evangelicos do Distrito Federal (Copev-DF), Pastor Josimar Francisco Da Silva; -  o presidente da Sara Nossa Terra, Bispo Robson Lemos Rodovalho; e - o  presidente da Associação Pró-Evangélicos do Brasil e Exterior ( Apebe), Pastor Elias Castro Castilho. Fonte: Agência Câmara de Notícias Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/64011 Veja Mais

Steam Deck é adiado por 2 meses por causa de escassez de materiais

Steam Deck é adiado por 2 meses por causa de escassez de materiais

Tecmundo A Valve anunciou, nesta quarta-feira (10), que o Steam Deck foi adiado por 2 meses e começará a ser enviado para os compradores somente a partir de fevereiro de 2022. O console estava previsto para ser lançado em dezembro deste ano.Em um texto em seu site oficial, a desenvolvedora explicou que o adiamento ocorre por uma questão de mercado. “Lamentamos isso profundamente — fizemos o nosso melhor para contornar os problemas com a cadeia global de suprimentos, mas devido à escassez de materiais, os componentes necessários não chegarão às nossas fábricas a tempo das datas de lançamento iniciais”, diz trecho do texto.Leia mais... Veja Mais

Esse canguru produz dois leites diferentes ao mesmo tempo! #shorts

Esse canguru produz dois leites diferentes ao mesmo tempo! #shorts

 Minuto da Terra Existe uma espécie de canguru que consegue produzir dois tipos diferentes de leite materno ao mesmo tempo, um em cada teta: um leite é rico em açúcares, para o recém-nascido ainda na bolsa, e o outro é rico em gordura e proteína, para o filhote em fase de crescimento. #shorts Vídeo completo: Você sabia que o leite é sangue filtrado? https://www.youtube.com/watch?v=OTQRCvbAIAY Veja Mais

'Let's Go Brandon', um insulto codificado contra Biden

em - Internacional Uma frase hostil se espalhou pelos Estados Unidos em menos de seis semanas e pode ser vista em bonés ou cartazes em estádios, chegando até mesmo ao Congresso em Washington: "Let's Go Brandon", que como já sabem a maioria dos americanos, significa, na verdade, "Fuck You Biden".A velocidade com que essa frase se espalhou em um país ultrapolarizado ilustra a deterioração do debate político após a era Donald Trump. E também reflete o declínio na popularidade de Joe Biden, seu sucessor na Casa Branca.De onde vêm essas três palavras? Tudo começou com uma simples entrevista na televisão em 2 de outubro com o piloto de corrida Brandon Brown. Depois de vencer uma competição no circuito da Nascar, o jovem de 28 anos respondia às perguntas de uma repórter quando a multidão começou a entoar um canto.Levantando a voz para cobrir o barulho das arquibancadas, a entrevistadora disse "Como podem ouvir nos gritos da multidão: Vamos lá, Brandon! (Let's go Brandon!)". Quando claramente era possível ouvir as pessoas gritando "Foda-se Joe Biden! (Fuck Joe Biden!)".- Viral -O erro da repórter, combinado com a alegria de Brandon, foi o suficiente para viralizar a cena. Assim, o bordão "Let's Go Brandon" se tornou uma forma fácil e adocicada de insultar Biden, sem usar um palavrão.Nas últimas semanas, até mesmo líderes políticos republicanos adotaram a frase, atraindo críticas do campo democrata. Entre eles, o governador trumpista da Flórida, Ron DeSantis, que alguns veem como candidato à Casa Branca em 2024. Em um discurso em West Palm Beach, onde Trump vive em seu luxuoso clube Mar-A-Lago, ele se referiu ao "governo Brandon".DeSantis abriu então o caminho para outros republicanos, que fizeram o bordão ultrapassar os círculos de extrema direita e se espalhar, assumindo, de certa forma, um ar de aceitabilidade.- Bonés e camisetas -O legislador Jeff Duncan, da Carolina do Sul, causou polêmica ao usar na Câmara dos Representantes uma máscara com "Let's Go Brandon" estampado. O governador do Texas, Greg Abbott, por sua vez, tuitou a frase, e o senador Ted Cruz, outro peso pesado republicano, posou com um banner com o slogan.Entre os apoiadores do Trump, as camisetas de "Let's Go Brandon" estão disponíveis em todos os tamanhos e cores, inclusive com a bandeira americana ao fundo.No final de um voo de Houston para Albuquerque, um piloto da Southwest Airlines repetiu as palavras durante uma mensagem à cabine. Chamando a conduta de "inaceitável", a companhia aérea posteriormente lançou uma investigação interna.As autoridades esportivas, especialmente as universitárias, têm visto o fenômeno com preocupação. O bordão é usado por multidões em muitos estádios e outros locais de competição nos Estados Unidos, em especial no circuito da Nascar, conhecido por atrair um público predominantemente branco e da classe trabalhadora.Na sexta-feira, o chefe da Nascar, Steve Phelps, alertou que sua organização não toleraria mais ver seu logotipo associado ao insulto.E no sábado à noite, o slogan voltou a ganhar grande notoriedade quando apareceu no canal do YouTube do Saturday Night Live, o conhecido programa americano de sátira política.Do lado dos apoiadores do presidente Biden, a reação tomou um rumo irônico, com a hashtag #ThankYouBrandon ("Obrigado, Brandon").SOUTHWEST AIRLINES Veja Mais

Moraes suspende Roberto Jefferson da presidência do PTB

O Tempo - Política Ministro determinou que o ex-deputado seja suspenso da função de presidente por 180 dias, inicialmente. Veja Mais

Países ricos e pobres terão acesso simultâneo à pílula anticovid-19, garante laboratório

em - Internacional A gigante farmacêutica americana Merck Sharp and Dohme (MSD) se comprometeu a evitar as armadilhas da distribuição de vacinas e disse que sua nova pílula contra a covid-19 estará disponível em países ricos e pobres ao mesmo tempo.Paul Schaper, diretor de estratégia global da empresa, declarou à AFP que a MSD começou a desenvolver sua política de acesso em julho de 2020, muito antes dos primeiros resultados da eficácia do medicamento.Na semana passada, o Reino Unido se tornou o primeiro país a permitir esse tratamento antiviral, que diminui a capacidade do vírus de se replicar se ingerido nos primeiros dias após o aparecimento dos sintomas da doença.Sua administração requer apenas um copo d'água."Começamos a desenvolver nossa cadeia de suprimentos desde o início", disse Paul Schaper. A MSD planeja fabricar as doses necessárias para 10 milhões de tratamentos antes do final do ano. O preço de venda dependerá da capacidade de pagamento dos países, conforme quadro definido pelo Banco Mundial.O laboratório tem acordos com oito parceiros produtores de genéricos na Índia e assinou um acordo de licença voluntária com o Medicines Patent Pool (MPP), que é apoiado pelas Nações Unidas, para facilitar o acesso ao tratamento em 105 países de baixa e média renda."No primeiro e segundo trimestres de 2022, teremos um número significativo de produtos disponíveis em países de baixa e média renda", disse Schaper."Há uma chance muito boa de um acesso mais equitativo a esta droga do que o que vimos na resposta contra a covid até agora", acrescentou. A Pfizer também está desenvolvendo uma pílula contra a covid e anunciou primeiros resultados muito positivos na semana passada.PFIZERMERCK & CO Veja Mais

Supergirl: tudo sobre o final da série da DC (recap)

Supergirl: tudo sobre o final da série da DC (recap)

Tecmundo Supergirl, uma das séries da DC no Arrowverse, foi finalizada recentemente em sua 6ª temporada. O último episódio foi repleto de muita ação, claro, mas não podia faltar aquela parte emocional que nos deixa felizes por ter acompanhado toda a trajetória da heroína.O series finale durou duas horas, com a exibição dos dois últimos episódios, e conseguiu chocar os fãs ao trazer de volta um personagem muito querido. A seguir, confira o recap de tudo que aconteceu no final de Supergirl.Leia mais... Veja Mais

Criadores de Scorn se irritam com fãs, depois se desculpam

Criadores de Scorn se irritam com fãs, depois se desculpam

Tecmundo Scorn conta a história de muitos títulos independentes ambiciosos. O jogo começou com uma campanha de sucesso no Kickstarter, depois emplacou um importante contrato de produção com a Microsoft. Com isso, agora seus apoiadores se sentem meio deixados de lado. Após muita pressão nos desenvolvedores, a equipe acabou oferecendo uma atualização não muito amigável, que foi prontamente criticada e até gerou um pedido de desculpas.A principal crítica dos fãs e apoiadores do projeto inspirado pelas artes de H.R. Giger era a falta de atualizações sobre o andamento do jogo, que ficou um ano sem postar novidades no Kickstarter. O "silêncio" foi rompido, no entanto, por um post confirmando que o game será adiado e criticando muito a pressão dos potenciais jogadores. Leia mais... Veja Mais

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais anuncia as novidades para 2022

O Tempo - Diversão - Magazine Com a expectativa do fim da pandemia do novo coronavírus, o maestro Fabio Mechetti prevê um ano repleto de homenagens, como ao centenário da Semana de 22 Veja Mais

Biden promete atacar inflação

em - Internacional O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, reconheceu nesta quarta-feira que os americanos pagam caro pelos produtos do dia a dia, e prometeu "atacar de frente" a tendência inflacionária, que elevou os preços ao consumidor em outubro à máxima em 30 anos.O aumento de preços de 6,2% em 12 meses registrado em outubro superou os 5,4% em setembro e é a alta mais forte desde o final de novembro de 1990, indicou o Departamento do Trabalho ao anunciar os dados. Em outubro, o aumento de preços foi de 0,9% contra 0,4% em setembro, ultrapassando os 0,6% esperados pelos analistas."Os relatórios econômicos de hoje mostram que o desemprego continua caindo, mas os preços ao consumidor permanecem muito altos", disse Biden em Baltimore, em discurso transmitido pela TV. "Tudo, desde o galão de gasolina até o pão, está custando mais. Embora os salários estejam aumentando, temos desafios e precisamos enfrentá-los."Os preços cresceram ao longo deste ano, à medida que as vacinas contra a covid-19 permitiram que a economia dos EUA se recuperasse da recessão do ano passado, dando aos opositores de Biden um argumento contra os projetos de lei de gastos vitais para o seu governo.O fechamento de fábricas por conta da pandemia, o congestionamento dos portos devido às dificuldades dos caminhoneiros e a alta demanda por produtos importados aumentaram consideravelmente os custos de venda de alimentos, móveis, automóveis e combustível, entre uma miríade de produtos.Esses custos foram em parte repassados aos consumidores, semeando preocupação e descontentamento, o que por sua vez fez cair a confiança em Biden para 43%, de acordo com o site de pesquisas FiveThirtyEight.Tanto o governo Biden quanto o Federal Reserve (Fed, banco central) insistem há meses em que a alta dos preços é temporária. Essa opinião é compartilhada por muitos economistas, e alguns apontam que a pressão sobre os preços pode se estender até o final de 2022."A ameaça de uma inflação recorde para o povo americano não é 'transitória' e, pelo contrário, está piorando", declarou o senador democrata Joe Manchin. "Do supermercado ao posto de gasolina, os americanos sabem que a inflação é real e (Washington) DC não podem mais ignorar a dor econômica que os americanos sentem todos os dias", acrescentou.Membros republicanos do Comitê de Comércio e Energia da Câmara dos Representantes disseram que os Estados Unidos enfrentam uma "Bidenflação". "Gastar bilhões a mais em impostos e gastos só vai piorar a crise que os americanos enfrentam", tuitaram.A elevação de preços de outubro foi generalizada em todos os setores, e é particularmente acentuada para os de energia, habitação, alimentação e automotivo, segundo o Departamento do Trabalho.Biden viajou hoje a Baltimore para promover os benefícios da lei de infraestrutura, no momento em que tem baixos índices de aprovação, levantando temores de que o Partido Democrata perca sua frágil maioria no Congresso nas eleições de meio de mandato do próximo ano. Veja Mais

Adolescente que tirar melhor foto se vacinando comerá pamonha com prefeito

O Tempo - Política O "concurso" inusitado foi lançado por Luis Eduardo Falcão, prefeito do município do Alto Paranaíba, nas redes sociais Veja Mais

Aprenda a adicionar música no status do WhatsApp

Aprenda a adicionar música no status do WhatsApp

Tecmundo O Instagram e o Facebook têm uma ferramenta nativa para colocar músicas em seus stories, já o WhatsApp não, mesmo assim, é possível adicionar músicas em seus status, embora não seja tão simples quanto nas outras plataformas.Atualmente o app permite apenas a inserção das populares figurinhas, emojis, frases ou desenhos no conteúdo que será compartilhado. No entanto, para quem quiser compartilhar músicas, é possível recorrer a alguns simples truques nos celulares Android e iOS.Leia mais... Veja Mais

EUA alerta Rússia sobre outro possível 'erro grave' na Ucrânia

em - Internacional Os Estados Unidos alertaram a Rússia nesta quarta-feira (10) para que não cometa outro "erro grave" com a Ucrânia, ao tentar esclarecer os movimentos de tropas de Moscou perto da fronteira dos dois países.Dando as boas-vindas ao ministro das Relações Exteriores da Ucrânia a Washington, o secretário de Estado, Antony Blinken, disse que os Estados Unidos estão "preocupados com relatos de atividades incomuns na Rússia perto da Ucrânia"."Não temos certeza sobre as intenções de Moscou, mas conhecemos seu manual", advertiu Blinken em uma entrevista coletiva conjunta."Nossa preocupação é que a Rússia possa cometer o grave erro de tentar repetir o que fez em 2014, quando acumulou tropas ao longo da fronteira, cruzou o território soberano da Ucrânia e o fez alegando falsamente uma provocação", acrescentou."Nosso compromisso com a soberania da Ucrânia, sua independência e integridade territorial é férreo, e a comunidade internacional estará ciente de qualquer esforço russo para recorrer a suas táticas anteriores", antecipou Blinken.A Ucrânia está travada em uma guerra mortal com separatistas pró-Moscou no leste desde 2014, quando a Rússia tomou a península da Crimeia.A Rússia agiu depois que protestos em massa levaram à destituição do presidente ucraniano, que havia suspendido os esforços para se aproximar da União Europeia.Em março, a Rússia também deslocou 100.000 soldados para a fronteira com a Ucrânia. Logo retirou suas forças, mas tanto a Ucrânia quanto os Estados Unidos alegaram na época que a retirada era parcial.- Buscando clareza -O ministro das Relações Exteriores, Dmytro Kuleba, afirmou que a Ucrânia está tentando trabalhar com os Estados Unidos para intensificar suas defesas e "não pretende atacar ninguém"."A melhor maneira de deter uma Rússia agressiva é deixar claro para o Kremlin que a Ucrânia é forte, mas também que tem aliados fortes que não a deixarão em paz diante da crescente agressividade de Moscou", advertiu Kuleba."A agressão russa contra a Ucrânia acabará no dia em que o lugar da Ucrânia como parte do Ocidente for institucionalizado e indubitável", afirmou.O porta-voz do Pentágono, John Kirby, descreveu a ação da Rússia como "incomum em seu tamanho e escopo"."Pedimos que a Rússia seja clara sobre suas intenções e cumpra os acordos de Minsk", solicitou, referindo-se aos compromissos de tentar parar os combates dentro da Ucrânia.Os comentários foram feitos após uma visita incomum a Moscou na semana passada do diretor da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos, William Burns, que se encontrou com o presidente russo, Vladimir Putin.A CNN informou que o presidente Joe Biden enviou Burns, um ex-embaixador dos Estados Unidos em Moscou, para esclarecer a questão do aumento de tropas russas diretamente com o Kremlin. Veja Mais

Joias que pertenceram à família imperial russa são vendidas em leilão

em - Internacional Joias que pertenceram à grã-duquesa Maria Pavlovna, tia do czar Nicolau II, e foram transportadas para fora da Rússia na época da Revolução de 1917 foram vendidas nesta quarta-feira em um leilão em Genebra por US$ 885.000, anunciou a casa Sotheby's.As joias, incluindo um broche de safira e diamante e brincos, foram vendidas por um valor muito superior ao preço inicial, calculado entre US$ 300.000 e US$ 500.000. A casa de leilões destacou que é raro que joias com tal passado sejam oferecidas em leilão, e que essas peças raras geraram um grande interesse entre colecionadores de todo o mundo.A duquesa "entregou suas joias a alguém de sua confiança, o diplomata inglês Albert Henry Stopford (1860-1939), que se encarregou de colocá-las a salvo em Londres", contou à AFP Olivier Wagner, especialista da Sotheby's. "Após um périplo incrível por todos os países escandinavos, Stopford chegou de barco a Londres, onde guardou as joias no cofre de um banco."A duquesa foi um dos últimos membros da família Romanov a deixar seu país, em 1919. Apenas em 1920 ela se reencontrou em Londres com sua coleção de joias, destacou o especialista. A princesa Elena, filha da duquesa, herdou as joias, que permaneceram na família até 2009, quando foram leiloadas em Genebra e adquiridas por uma família da nobreza europeia por US$ 500 mil.Os compradores "estão dispostos a pagar, por sua origem e história, muito mais do que o objeto vale", explicou Wagner. Veja Mais

Dexter: New Blood - veja quem é quem no elenco da série

Dexter: New Blood - veja quem é quem no elenco da série

Tecmundo Lançada no último domingo (7), Dexter: New Blood consiste em uma nova série focada no icônico serial killer titular. Interpretado por Michael C. Hall, desta vez, o personagem está em Iron Lake, uma cidadezinha interiorana do estado de Nova York. Sob uma nova identidade, ele tenta reconstruir sua vida longe das tentações que a violência lhe causa.Se você é fã da série original e está bastante interessado na nova produção, não deixe de conferir esse texto com alguns detalhes importantes sobre os principais personagens de Dexter: New Blood.Leia mais... Veja Mais

PL anuncia filiação de Bolsonaro para disputar reeleição

em - Internacional O presidente Jair Bolsonaro irá se filiar ao Partido Liberal (PL), com o qual disputará a reeleição em 2022, anunciou a sigla nesta quarta-feira.Bolsonaro "assinará a ficha de filiação ao Partido Liberal na manhã do próximo dia 22", informou o partido, em nota divulgada após uma reunião entre seu líder e o presidente.Bolsonaro, 66, não fez um anúncio oficial, mas disse mais cedo que a negociação estava "99,9%" adiantada e que dependia dessa "última reunião" com o presidente nacional do partido.O PL é o nono partido ao qual Bolsonaro adere desde que iniciou sua trajetória, há mais de três décadas, um fenômeno comum na política brasileira. Ele estava sem partido há dois anos, desde que rompeu com o Partido Social Liberal (PSL), com o qual venceu as eleições presidenciais de 2018.Para analistas, a nova filiação sela a aliança do presidente com o "centrão", cuja forte representação na Câmara dos Deputados lhe garante a governabilidade até o fim de seu mandato.O PL, que tem 43 deputados e 4 senadores (de 81), "é a cara do centrão. O mais importante para eles hoje é estar próximo do poder. Salvo algo muito grave, ele tem uma blindagem maior", explicou à AFP o cientista político André César, da consultoria Hold. Veja Mais

Londres pede 'calma' à UE diante de possível conflito comercial por Irlanda do Norte

em - Internacional O governo do Reino Unido pediu nesta quarta-feira (10) que a União Europeia (UE) "mantenha a calma e o senso de proporcionalidade" frente à crescente ameaça de um conflito comercial devido às discordâncias em torno dos acordos posteriores ao Brexit sobre a Irlanda do Norte.Londres quer uma renegociação profunda do protocolo norte-irlandês estabelecido no Brexit, que mantém esta província britânica 'de facto' no mercado comum europeu.Bruxelas, no entanto, é contra, propondo somente alguns ajustes, e as conversas feitas nas últimas semanas permanecem estagnadas.Ao não se considerar satisfeita, Londres ameaçou recorrer ao artigo 16 do protocolo, que lhe permite suspender de forma unilateral certas disposições. Em represália, os europeus mencionaram a possibilidade de suspender o tratado de livre comercio que vigora desde o início deste ano, o que tornou possível evitar, no último minuto, um "não acordo", que seria potencialmente muito doloroso do ponto de vista financeiro."Sugiro, de maneira cortês, a nossos amigos europeus que mantenham a calma e o senso de proporcionalidade", declarou o secretário de Estado para o Brexit, David Frost, no plenário da Câmara dos Lordes."Nós apenas somos suscetíveis de agir de maneira arriscada para todos se a UE reagir de forma desproporcional e decidir agravar os problemas na Irlanda do Norte, ao invés de tentar reduzi-los", continuou.Além disso, Frost garantiu que as negociações ainda não haviam chegado a um ponto sem volta. "Não vou abandonar este processo até que fique claro que já não é possível fazer mais nada", indicou, advertindo que, se este fosse o caso, "as medidas de salvaguarda previstas no artículo 16 seriam nossa única opção" possível.Diante do aumento do risco de que haja um conflito comercial, a Irlanda, em primeira linha, indicou ontem que trabalhará sobre medidas de emergência, "removendo a poeira" do plano preparado no ano passado em caso de "não acordo". Em telefonemas realizados nesta quarta com representantes de distintos partidos da Irlanda do Norte, o primeiro-ministro da República da Irlanda, Michael Martin, ressaltou "o compromisso da UE para resolver os problemas reais de aplicação do protocolo" e destacou a necessidade de dar às conversas entre Bruxelas e Londres "todas as possibilidades de êxito", informou o seu gabinete em comunicado.O protocolo que vigora desde o início de 2021 mantém a província britânica na união aduaneira e no mercado comum europeu, para evitar estabelecer uma fronteira física na ilha da Irlanda, que poderia fragilizar o acordo de paz de 1998.As novas medidas, no entanto, trouxeram problemas de abastecimento na Irlanda do Norte e provocaram a ira dos unionistas, fervorosos pela permanência no Reino Unido, revivendo assim as tensões comunitárias. Londres exige, em particular, que o Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) não seja o responsável por resolver as disputas comerciais e quer estabelecer "um mecanismo de arbitragem" para isso, uma mudança considerada inaceitável para os europeus. Veja Mais

Anker: novos carregadores prometem 100% de carga em 20 minutos

Anker: novos carregadores prometem 100% de carga em 20 minutos

Tecmundo Em um futuro próximo, carregar a bateria do celular será uma tarefa muito rápida. É o que acredita Steven Yang, CEO da marca de acessórios Anker, que concedeu uma longa entrevista ao The Verge nesta semana. O executivo aproveitou o espaço para falar da nova geração de carregadores com tecnologia de nitreto de gálio (GaN).Os novos modelos poderão reduzir a duração do carregamento para apenas 20 minutos, segundo o especialista. Isso significa o tempo de carga com o dispositivo completamente descarregado até atingir 100%.Leia mais... Veja Mais

Fiscalização Financeira e Controle - Programas de microcréditos do Banco do Nordeste - 10/11/2021

Fiscalização Financeira e Controle - Programas de microcréditos do Banco do Nordeste - 10/11/2021

Câmana dos Deputados Tema: Debater sobre os programas de microcréditos do Banco do Nordeste Local: Anexo II, Plenário 11 Informações: (REQ 241/2021 CFFC, do deputado Hildo Rocha ) 1) BRENO SOARES DE AZEVEDO Coordenador-Geral de Fundos de Desenvolvimento e Financiamento da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE) 2) ALISON RAMOS SANTOS E SILVA Superintendente do Banco do Nordeste do Brasil - BNB e MANOEL BARBOSA DE SOUSA NETO Gerente do Banco do Nordeste do Brasil - BNB 3) STÉLIO GAMA LYRA JÚNIOR Diretor-Presidente do Instituto Nordeste Cidadania (INEC) Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63866 Veja Mais

Deputado quer processar empresas que fizeram campanha contra ele

O Tempo - Política Alencar da Silveira Júnior diz ter sido alvo de campanha de calúnia e difamação por conta de seu projeto de regulamentação do fretamento Veja Mais

GT - Problemas Psicológicos Jovens Brasileiros - Prevenção do suicídio e automutilalçao - 10/11/21

GT - Problemas Psicológicos Jovens Brasileiros - Prevenção do suicídio e automutilalçao - 10/11/21

Câmana dos Deputados Grupo de Trabalho (GTJOVENS) destinado ao estudo sobre o aumento de suicídio, automutilação e problemas psicológicos entre os jovens brasileiros - Reunião de Audiência Pública e Deliberação de Requerimentos apresentados até as 16h da véspera da Reunião. I - Audiência Pública com a presença dos seguintes Convidados: - Antônio Geraldo da Silvia, Presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria; - Jessica Prudente, Dra Professora da Unisc Santa Cruz do sul e representante do Conselho Federal de Psicologia; Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63886 Veja Mais

Lira: Aprovação dos Precatórios foi demonstração de responsabilidade fiscal

O Tempo - Política Parte desta abertura orçamentária será destinada ao pagamento do programa Auxílio Brasil, que substitui o Bolsa Família, e eleva o pagamento de R$ 189 para R$ 400 Veja Mais

Direitos Humanos e Minorias - Observatório RPU - Direitos dos Migrantes - 10/11/2021

Direitos Humanos e Minorias - Observatório RPU - Direitos dos Migrantes -  10/11/2021

Câmana dos Deputados Participe! Faça sua pergunta pelo portal e-Democracia: https://edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/2449 A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados realiza audiência pública para discutir os direitos dos migrantes. O debate faz parte da série de discussões sobre os temas objeto das recomendações recebidas pelo Brasil no âmbito da Revisão Periódica Universal (RPU) da ONU. A audiência levará em conta as seguintes recomendações das Nações Unidas, entre outras: - aderir à Convenção Internacional sobre os Direitos dos Trabalhadores Migrantes e suas Famílias; - ratificar a Convenção 87 (liberdade sindical) da Organização Internacional do Trabalho (OIT); - implementar a Lei de Migração, aprovada em 2017, e suas perspectivas de direitos humanos acerca da questão migratória. O deputado Carlos Veras (PT-PE), um dos autores do pedido de realização da audiência, lembra que o Observatório "dá efetividade ao estabelecido na Constituição da República, que confere às Comissões Permanentes a competência de acompanhar as políticas públicas nacionais". Debatedores Foram convidados para a audiência, entre outros, a integrante da assessoria especial do chefe da Missão da Organização Internacional para Migrações (OIM), Socorro Tabosa; o diretor da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Martin Hahn; e o representante no Brasil do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Jose Egas. Fonte: Agência Câmara de Notícias Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63894 Veja Mais

Biden define como 'prioridade' reverter tendência inflacionária dos EUA

em - Internacional O presidente Joe Biden disse nesta quarta-feira (10) que será "uma prioridade" reverter a tendência inflacionária que em outubro elevou os preços ao consumidor ao máximo em 30 anos nos Estados Unidos."A inflação prejudica o bolso dos americanos e reverter essa tendência é uma prioridade para mim", afirmou Biden depois que dados do governo revelaram que os preços subiram consideravelmente, chegando a 6,2% nos últimos 12 meses até outubro.Os preços cresceram ao longo deste ano, à medida que as vacinas contra a covid-19 permitiram que a economia dos EUA se recuperasse da recessão do ano passado, dando aos opositores de Biden um argumento contra os projetos de lei de gastos vitais para o seu governo.O fechamento de fábricas por conta da pandemia, o congestionamento dos portos devido às dificuldades dos caminhoneiros e a alta demanda por produtos importados aumentaram consideravelmente os custos de venda de alimentos, móveis, automóveis e combustível, entre uma miríade de produtos.Esses custos foram em parte repassados aos consumidores, semeando preocupação e descontentamento, o que por sua vez fez cair a confiança em Biden para 43%, de acordo com o site de pesquisas FiveThirtyEight.O aumento de preços de 6,2% em 12 meses registrado em outubro superou os 5,4% em setembro e é a alta mais forte desde o final de novembro de 1990, indicou o Departamento do Trabalho ao anunciar os dados.Em outubro, o aumento de preços foi de 0,9% contra 0,4% em setembro, ultrapassando os 0,6% esperados pelos analistas.Tanto o governo Biden quanto a Reserva Federal (Fed, o banco central) vêm alegando há meses que a alta dos preços é "temporária". Essa opinião é compartilhada por muitos economistas e alguns até apontam que a pressão sobre os preços pode se estender até o final de 2022."A ameaça de uma inflação recorde para o povo americano não é 'transitória' e, pelo contrário, está piorando", declarou o senador democrata Joe Manchin."Do supermercado ao posto de gasolina, os americanos sabem que a inflação é real e (Washington) DC não podem mais ignorar a dor econômica que os americanos sentem todos os dias", acrescentou.Membros republicanos do Comitê de Comércio e Energia da Câmara dos Representantes disseram que os Estados Unidos enfrentam uma "Bidenflação"."Gastar bilhões a mais em impostos e gastos só vai piorar a crise que os americanos enfrentam", tuitaram.A elevação de preços de outubro foi generalizada em todos os setores, e é particularmente acentuada para os de energia, habitação, alimentação e automotivo, segundo o Departamento do Trabalho.Biden viaja para Baltimore nesta quarta-feira para promover os benefícios da lei de infraestrutura, em um momento em que tem baixos índices de aprovação, levantando temores de que o Partido Democrata perca sua frágil maioria no Congresso nas eleições de meio de mandato do próximo ano. Veja Mais

Líder do governo será o relator da PEC dos Precatórios no Senado

O Tempo - Política Fernando Bezerra espera que a proposta seja aprovada pelos senadores até o início de dezembro Veja Mais

'A democracia é mais forte do que a barbárie', diz Hollande em julgamento por atentados

em - Internacional O ex-presidente francês François Hollande depôs nesta quarta-feira como testemunha no julgamento dos ataques de novembro de 2015 em Paris, negando que a França tenha se tornado um alvo devido à intervenção militar na Síria e garantindo que "a democracia é mais forte do que a barbárie".Hollande, presidente de 2012 a 2017, enfrentou perguntas sobre como um comando jihadista conseguiu fugir do controle policial enquanto preparava os ataques.O então presidente assistia ao amistoso de futebol entre França e Alemanha na noite de 13 de novembro de 2015, no Stade de France, quando o primeiro terrorista acionou seu colete, fazendo com que os agentes de segurança o retirassem do local, enquanto ocorriam outras duas explosões.Mais tarde, homens armados abriram fogo contra cafés e restaurantes em uma área badalada da capital francesa e invadiram a casa de shows Bataclan, matando indiscriminadamente e fazendo reféns.Hollande foi rapidamente à TV para falar sobre o "horror" que ainda acontecia, que, no fim da noite, deixou 130 mortos e posteriormente. Posteriormente, decretou estado de emergência."Esse grupo nos atingiu não por causa de nossas ações no exterior, mas por causa do nosso modo de vida", afirmou Hollande, acrescentando: "A democracia sempre será mais forte do que a barbárie".O processo é o maior da história judicial moderna francesa e os 20 réus podem ser condenados à prisão perpétua. Seis suspeitos são julgados à revelia. Veja Mais

EUA promulgam lei que permite novas sanções contra Nicarágua

em - Internacional O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, promulgou nesta quarta-feira uma lei que permite novas sanções contra o governo da Nicarágua, que Washington considera uma ditadura, e contra o qual aplicará todo o peso jurídico e diplomático disponível.Biden sancionou a "Lei de Fortalecimento da Adesão da Nicarágua às Condições para a Reforma Eleitoral de 2021", mais conhecida como Lei Renacer, sigla em inglês, "que impõe sanções ao governo do presidente da Nicarágua, Daniel Ortega", informou a Casa Branca, destacando que a mesma permite "restringir empréstimos bancários multilaterais e combater a corrupção do regime".O Executivo agradeceu "a liderança" dos congressistas que promoveram a iniciativa, aprovada na semana passada, com amplo apoio bipartidário.Ortega, no poder desde 2007, conquistou o quarto mandato consecutivo no último domingo, em um processo eleitoral envolvendo opositores presos, partidos não legalizados e dezenas de milhares de exilados.- Aumento da pressão -A Lei Renacer apresenta um arsenal de medidas para aumentar a pressão sobre Manágua. Requer o aumento, em coordenação com o Canadá, a União Europeia e os países da América Latina e do Caribe, das sanções seletivas dos Estados Unidos a pessoas envolvidas em abusos de direitos humanos e obstrução de eleições livres. Também amplia a supervisão dos empréstimos das instituições financeiras internacionais a Manágua e pede que se revise a participação da Nicarágua no acordo de livre-comércio entre Estados Unidos, América Central e República Dominicana.A lei também inclui a Nicarágua na lista de países centro-americanos sujeitos a restrições de visto por corrupção e exige mais informações de inteligência sobre as atividades do governo russo naquele país centro-americano, incluindo relatórios sobre as vendas militares de Moscou a Manágua.Os Estados Unidos impuseram sanções econômicas à vice-presidente da Nicarágua, Rosario Murillo, mulher de Ortega, e a três filhos do casal nos últimos anos, bem como a titulares do Banco Central, da Polícia e do Exército, e cancelaram vistos de uma centena de funcionários nicaraguenses por corrupção e abuso dos direitos humanos. Veja Mais

Cresce preocupação por futuro de opositores presos na Nicarágua

em - Internacional A afirmação do presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, de que os opositores presos são "apátridas" a serviço dos Estados Unidos disparou os alarmes sobre o futuro incerto dos detidos: o exílio ou seu uso como "moeda de troca".Durante um ato oficial no qual comemorou sua reeleição, Ortega, que está há 14 anos no poder e assumirá outro mandato de cinco anos, chamou na segunda-feira (8) os opositores presos de "filhos da p*** dos imperialistas ianques"."Eles deveriam ser levados aos Estados Unidos, não são nicaraguenses, deixaram de sê-lo. Não têm pátria", afirmou Ortega, que foi reeleito no domingo com 76% dos votos.Desde junho, em plena campanha eleitoral, 39 opositores foram detidos, entre eles sete candidatos presidenciais, acusados de conspiração, traição à pátria, minar a soberania e crimes de lavagem de dinheiro, com base em leis aprovadas em dezembro de 2020 pela maioria governista no Congresso.A esse grupo se somam outras 120 pessoas presas por participação nos protestos contra o governo em 2018, cuja repressão deixou pelo menos 328 mortos e mais de 100.000 exilados, segundo a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH).Ortega, que completa 76 anos nesta quinta-feira, acusa os opositores de "criminosos" e "terroristas", que se organizaram com a ajuda dos Estados Unidos para dar um golpe de Estado com os protestos de 2018 e que, segundo ele, tentaram conspirar novamente para impedir as eleições.Para a presidente do Centro Nicaraguense de Direitos Humanos (CENIDH), Vilma Núñez, a eventual expulsão dos opositores do país e a retirada da nacionalidade é uma "violação de direitos".Os familiares dos opositores presos, por sua vez, denunciaram que seus parentes estão isolados, sem banho de sol, alimentação adequada, com perda de peso extrema e em uma situação jurídica incerta.Além disso, cinco associações de familiares advertiram que os insultos de Ortega aos detidos representam um "risco" à segurança dos mesmos."Nos preocupa que estes novos insultos sejam interpretados de maneira implícita como uma 'ordem de execução' para que policiais e agentes penitenciários se sintam legitimados a cometer atos de vingança política contra os detidos", alertaram os familiares, em um comunicado emitido na terça-feira (9).Em declarações à AFP por telefone, a presidente da CIDH, Antonia Urrejola, considerou "preocupante" que, após as eleições, Ortega ostente um discurso "estigmatizante" contra os detidos."Trata-se da criminalização das vozes dissidentes, sem garantias mínimas do devido processo legal e em condiciones carcerárias que não cumprem os padrões mínimos de direitos humanos, chegando a maus tratos e, inclusive, tortura", observou Urrejola. Veja Mais

Sociedade civil pede que PGR apure crimes apontados na CPI da Pandemia

O Tempo - Política A CPI investigou ações e eventuais omissões do governo federal no combate à pandemia de Covid-19 e, ao final, pediu 80 indiciamentos Veja Mais

Mobile Legends Bang Bang (M3) terá campeonato mundial em dezembro

Mobile Legends Bang Bang (M3) terá campeonato mundial em dezembro

Tecmundo Se você gosta do jogo Mobile Legends Bang Bang, anote aí na sua agenda: entre os dias 6 e 19 de dezembro de 2021, o Campeonato Mundial vai acontecer novamente em Singapura reunindo os 16 melhores times do planeta, incluindo os brasileiros RED Canids e Vivo Keyd!Desta vez América do Norte, América Latina, Turquia e Oriente Médio participam da festa, que terá 800 mil dólares em premiação e será realizada presencialmente! Essa é a terceira edição do torneio, e o M3 irá dividir os times em três grupos com quatro chaves diferentes em sorteio. Isso vai ajudar os times de uma mesma região a não caírem no mesmo grupo.Leia mais... Veja Mais

PEC 383/17 - Sistema Único de Assistência Social - Áreas com altos índices de violência - 10/11/2021

PEC 383/17 - Sistema Único de Assistência Social - Áreas com altos índices de violência - 10/11/2021

Câmana dos Deputados Comissão Especial destinada a proferir parecer à Proposta de Emenda à Constituição nº 383-A, de 2017, do Sr. Danilo Cabral e outros, que "altera a Constituição Federal para garantir recursos mínimos para o financiamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)" LOCAL: Anexo II, Plenário 06 HORÁRIO: 14h A - Audiência Pública: Tema: "Os desafios da assistência social em áreas com altos índices de violência". MATHEUS QUINTAL - Secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro - Req 23/21 (confirmado); ÉRIKA RANGEL DE SOUSA SANTOS - Subsecretária de Gestão do SUAS do Estado do Rio de Janeiro - Req 21 e 23/21 (confirmada); ELAINE MEDEIROS FONSECA DA SILVA - Secretária Municipal de Assistência Social de Nova Iguaçu/ RJ - Req 21/21 (confirmada); CRISTIANE LAMARÃO - Secretária Municipal de Assistência Social de Queimados/RJ - Req 21/21 (confirmada); PATRÍCIA GONÇALVES - Subsecretária Municipal de Assistência Social de Seropédica/RJ- Req 21/21 (confirmada); NARA CRISTINA DE LUCENA - Subsecretária Municipal de Assistência Social de Mesquita/RJ - Req 21/21 (confirmada); FLÁVIA GOMES DA SILVA CARNEIRO - Secretária Municipal de Assistência Social de Magé/RJ - Req 21/21 (a confirmar). Requerimento n° 21, do Deputado Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr; Requerimento n° 23, do Deputado Zé Augusto Nalin. Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63897 Veja Mais

O Chamado: jovem fica traumatizada ao assistir filme; entenda o caso!

O Chamado: jovem fica traumatizada ao assistir filme; entenda o caso!

Tecmundo A série de fimes O Chamado foi um dos grandes sucessos de terror dos anos 2000. Com Naomi Watts no elenco, o primeiro longa-metragem foi lançado em 2002 e a fama de assustador só aumentou com o passar dos anos. Um acontecimento especial em 2019, inclusive, trouxe o filme O Chamado de novo para as notícias.Leia mais... Veja Mais

Oito países apresentam projeto de resolução sobre a Nicarágua na OEA

em - Internacional Oito países da Organização de Estados Americanos (OEA) apresentaram um projeto de resolução "sobre a situação na Nicarágua" para ser debatido na assembleia geral on-line, que teve início nesta quarta-feira com a pandemia e o aquecimento global como pano de fundo.O Canadá apresentou o projeto de resolução em seu nome e em nome de Estados Unidos, Canadá, Chile, Costa Rica, Equador, República Dominicana, Uruguai e Antígua e Barbuda, para solicitar ao Conselho Permanente que realize "uma avaliação coletiva imediata, a ser concluída até 30 de novembro, e que tome as medidas apropriadas".O texto passa à comissão geral para ser debatido, e será votado na próxima quinta ou sexta-feira. Para ser aprovado, é necessária a maioria simples dos votos dos Estados-membros, ou seja, 18 de 35.Daniel Ortega venceu as eleições de domingo contra cinco candidatos desconhecidos de direita, acusados de colaborar com o governo, e depois de afastar da disputa oponentes que poderiam ofuscá-lo.O projeto de resolução não implica abertamente a ativação do artigo 21 da Carta Democrática Interamericana, a partir do qual um Estado-membro pode ser suspenso se violar a ordem democrática e a diplomacia não produzir resultados. Mas pode levar à sua ativação com base nas conclusões da "avaliação coletiva". O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, declarou-se em junho favorável à ativação dos mecanismos de aplicação do artigo 21.No texto, os oito países declaram que as eleições "não foram livres, justas ou transparentes, e não têm legitimidade democrática". Eles reiteram o apelo "pela libertação de todos os candidatos e presos políticos", e pelo fim "da prisão e perseguição de veículos de comunicação independentes e membros da sociedade civil".Desde junho, as autoridades nicaraguenses baniram três partidos e prenderam 39 ativistas sociais, políticos, empresários e jornalistas, que se somam aos 120 opositores detidos desde os protestos de 2018, que exigiam a renúncia de Ortega e resultaram em centenas de mortes.Parte da comunidade internacional, sobretudo União Europeia e Estados Unidos, considera que as eleições na Nicarágua foram uma farsa.- Manágua se defende -O embaixador da Nicarágua junto à OEA, Arturo Mcfields Yescas, respondeu às críticas: "Votou-se de maneira livre, livre de pressões, livre de chantagens, livre de ingerências e livre de sanções".O diplomata pediu à OEA que olhe para o futuro, não "para o passado com posicionamentos neocolonialistas e intervencionistas".Há poucas exceções dentro da comunidade internacional que apoiam Manágua, entre elas Rússia, Cuba, Bolívia e Venezuela.- Situação da Venezuela -No diálogo de hoje, também veio à tona a situação na Venezuela, sob o governo de Nicolás Maduro desde 2013 e atolada em uma crise política, econômica e social que, segundo a ONU, levou à emigração de mais de 5 milhões de pessoas.Se a democracia em um país vacila, toda a região sofre, disse a vice-ministra de Assuntos Multilaterais da Colômbia, María Carmelina Londoño. "A experiência do colapso da ordem democrática na Venezuela demonstra bem isso", portanto, "não podemos enfraquecer na denúncia desses desvios, atropelos e desaforos da ditadura de Maduro", declarou.A OEA, formada por 35 países - embora Cuba não seja um membro ativo e a própria Venezuela seja representada por um delegado do opositor Juan Guaidó, reconhecido como presidente em exercício por mais de 50 países -, considera que o governo Maduro é um "regime ilegítimo" desde sua reeleição em 2018.- Acesso às vacinas -A assembleia geral, que vai até sexta-feira, ocorre de forma virtual, devido à pandemia de covid-19. Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), 48% da população da América Latina e o Caribe está completamente vacinada contra o coronavírus, mas ainda existem desigualdades regionais na imunização."É preciso lançar um plano internacional de acesso equitativo às vacinas e à vacinação", insistiu Almagro.Sob o lema "Por uma América renovada", a OEA também abordará a reativação econômica "para atacar as causas estruturais da migração", assim como a preservação do meio ambiente e a erradicação da fome, informou Pedro Brolo, ministro das Relações Exteriores da Guatemala, país anfitrião da assembleia. Veja Mais

Crescimento de assinantes da Disney+ desacelera

em - Internacional A Disney+ tem 118 milhões de assinantes em todo o mundo, mas a plataforma vê a conquista de novos usuários desacelerar em um momento em que a situação de pandemia deixa de beneficiar os serviços de streaming.A plataforma adicionou dois milhões de assinantes em três meses, embora os investidores esperassem ter a essa altura pelo menos 125 milhões de usuários pagantes.As ações do império do entretenimento caíram mais de 3% nas operações posteriores ao fechamento desta quarta-feira (10), apesar de seu chefe ter previsto uma desaceleração no trimestre anterior.A empresa californiana obteve US$ 18,5 bilhões em receitas no quarto trimestre e US$ 160 milhões em lucros líquidos. Os números estão longe dos de um ano atrás, quando a Disney registrou um prejuízo líquido de mais de US$ 700 milhões.No entanto, o mercado esperava um melhor desempenho, em especial porque os parques temáticos reabriram no verão.Quanto à plataforma de streaming, lançada há dois anos, ela segue distante da Netflix, pioneira no setor, que já ultrapassou os 213 milhões de assinantes."Estamos confiantes de que estamos no caminho certo para cumprir as metas anunciadas no ano passado de entre 230 e 260 milhões de assinantes da Disney+ em todo o mundo até o final do ano fiscal de 2024", afirmou o diretor executivo Bob Chapek, tentando tranquilizar os analistas, durante uma teleconferência.O executivo do grupo está empenhado em acelerar a produção de novas séries e filmes para reacender o interesse do consumidor.Além disso, a plataforma de streaming está se beneficiando da estratégia de sua empresa-mãe de lançar certos filmes simultaneamente nos cinemas e online, a um custo adicional para os assinantes, como foi o caso de "Mulan" e "Viúva Negra".NETFLIXTHE WALT DISNEY COMPANY Veja Mais

Câmara de BH aprova fim da isenção de impostos para empresas de ônibus

O Tempo - Política Outro projeto impede empresas devedoras de participar de licitação para o serviço Veja Mais

Opas alerta para alto risco de surtos de doenças devido a falta de vacinação

O Tempo - Mundo Segundo a organização, a pandemia afetou a vacinação de rotina Veja Mais

EUA anuncia acordo internacional para levar vacinas para zonas de conflito

em - Internacional O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, anunciou nesta quarta-feira (10) um acordo para levar vacinas contra a covid-19 a zonas de conflito em todo o mundo, onde muito poucas pessoas foram imunizadas.Em uma reunião ministerial virtual sobre a pandemia, Blinken disse que os Estados Unidos trabalharam com a Covax, a aliança internacional de vacinas destinada a apoiar as nações em desenvolvimento, para fornecer imunizantes de dose única da Johnson & Johnson em áreas de conflito e com outros problemas humanitários."Esperamos que as pessoas nessas circunstâncias difíceis recebam proteção contra a covid-19 o mais rápido possível", afirmou Blinken. "Conhecemos a urgência desta luta. Sabemos o que temos que fazer para deter a pandemia. Agora, temos que fazer."Gavi, a parceria público-privada que co-lidera a Covax, disse que os Estados Unidos negociaram para suprimir os requisitos de compensação da Johnson & Johnson.Os fabricantes haviam exigido que os governos pagassem quaisquer penalidades legais por incidentes de vacinação, criando obstáculos para as nações pobres e especialmente para grupos de ajuda que operam em zonas de conflito."Saudamos calorosamente o papel do governo dos EUA em ajudar a negociar o acordo entre a J&J e a Covax", comemorou um porta-voz da Gavi em Genebra.O porta-voz pediu a outros fabricantes de vacinas que se juntassem à Johnson & Johnson e à chinesa Sinovac na dispensa dos requisitos de indenização para agências humanitárias.Não foram anunciados à princípio detalhes sobre quantas doses serão distribuídas. Veja Mais

A Voz do Brasil - Plenário da Câmara aprova chamada PEC dos Precatórios em dois turnos - 10/11/2021

A Voz do Brasil - Plenário da Câmara aprova chamada PEC dos Precatórios em dois turnos - 10/11/2021

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Plenário da Câmara aprova chamada PEC dos Precatórios em dois turnos; ✔️Proposta prevê limite para pagamento de dívidas judiciais e espaço para Auxílio Brasil; ✔️Posição do STF sobre emendas de relator do orçamento repercute entre deputados. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeputados/ https://www.tiktok.com/@camaradosdeputados? https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #AVozdoBrasil #RádioCâmara Veja Mais

Piñera afirma que processo de impeachment contra ele é baseado em 'fatos falsos'

em - Internacional O presidente do Chile, Sebastián Piñera, afirmou nesta quarta-feira (10) que o processo político para destituí-lo aprovado na Câmara dos Deputados se baseia em "fatos falsos", e espera que seja rejeitado no Senado na semana que vem.A Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira a abertura de um processo de impeachment contra Piñera por seu suposto envolvimento na polêmica venda da mineradora Dominga no paraíso fiscal das Ilhas Virgens, em operação revelada nos Pandora Papers.Agora será a vez do Senado, que atuará como júri para decidir se destituirá ou não o presidente em sessão na próxima terça-feira."Estamos muito confiantes de que na próxima terça-feira o Senado, atuando como júri e analisando os fatos de forma objetiva, racional e ponderada, rejeitará totalmente essa acusação", declarou o presidente conservador à imprensa em cerimônia pública em Santiago.Piñera, de 71 anos, argumentou que a acusação surge em meio a "um clima hostil da política chilena" e "tem um interesse eleitoral claro e injustificado", a 11 dias da eleição presidencial de 21 de novembro.O presidente questionou ainda que, paralelamente à denúncia no Congresso, o Ministério Público abriu uma investigação criminal para o mesmo caso, o que já tinha feito em 2017."Os fatos foram analisados e investigados em profundidade pelo Ministério Público, por Juízo de Garantia, pelo Tribunal de Justiça e até em recurso de cassação e pela Suprema Corte. Em todas essas instâncias foi decretado que não houve irregularidade, mas também apurado minha total inocência", se defendeu Piñera, que ainda está no cargo, mas está impedido de deixar o país enquanto durar o processo no Senado.Uma investigação da mídia local CIPER e LaBot, incluída nos Pandora Papers, revelou que os filhos do presidente venderam a Dominga em 2010 ao empresário Carlos Alberto Delano - amigo próximo de Piñera - por 152 milhões de dólares. A transação, que foi realizada principalmente nas Ilhas Virgens, ocorreu durante o primeiro governo de Piñera (2010-2014).A operação seria realizada em três parcelas e continha uma cláusula polêmica que condicionava o último pagamento ao "não estabelecimento de área de proteção ambiental sobre a área de atuação da mineradora, conforme reivindicado por grupos ambientalistas". Veja Mais

Justiça pede 4 anos de prisão para um dos líderes do ataque ao Capitólio

em - Internacional A Justiça dos Estados Unidos pediu nesta quarta-feira (10) 51 meses de prisão para um ativista pró-Trump que se tornou um dos símbolos do ataque ao Capitólio de 6 de janeiro, de acordo com documentos judiciais.Jacob Chansley, um autoproclamado "xamã" que aderiu às teorias da conspiração QAnon, foi preso dias após os incidentes na capital americana. Podendo pegar até 20 anos de prisão, ele se declarou culpado de invasão de propriedade e conduta violenta no início de setembro em um tribunal federal em Washington.Seu advogado, citando "seu sincero remorso", seus problemas psicológicos e os 317 dias de detenção, pediu a "compaixão do tribunal" para impor uma sentença "muito mais leve" ao seu cliente.Armado com uma lança, sem camisa e usando um cocar de chifres de búfalo, Chansley, um jovem de 34 anos originário de Phoenix, Arizona, participou da invasão ao lado de centenas de apoiadores de Donald Trump para impedir que os congressitas americanos validassem a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais.Outro invasor, Scott Fairlamb, de Nova Jersey, foi condenado nesta quarta-feira a 41 meses de prisão por seu envolvimento no ataque e agressão a um policial, a sentença mais dura já proferida contra as quase 660 pessoas acusadas. Fairlamb se declarou culpado em agosto.Em um documento divulgado na noite de terça-feira, a promotoria indicou que Jacob Chansley havia, "muito antes dos acontecimentos de 6 de janeiro", incentivado nas redes sociais a "denunciar os políticos, a mídia e o sistema eleitoral corrupto".No dia do ataque, ele "incitou outros manifestantes" e "deixou uma mensagem ameaçadora" contra o vice-presidente Mike Pence, acrescentou.Chansley "aceitou a responsabilidade por sua conduta e concordou em cooperar com as autoridades", mas "esses atos empalidecem em comparação com a falta de respeito que o réu demonstrou pela lei e pela democracia", afirma o documento.Um total de 658 pessoas foram acusadas em vários graus por seu envolvimento no ataque, de acordo com o Programa de Pesquisa de Extremismo da Universidade George Washington.Cinco pessoas foram mortas durante ou logo após o ataque, incluindo um policial e uma manifestante, abatida por um policial dentro do prédio.Além disso, dois policiais cometeram suicídio nos dias e semanas que se seguiram, sem que uma ligação direta com os acontecimentos fosse estabelecida. Veja Mais

Centenas de migrantes resgatados de um barco de pesca na Sicília

em - Internacional Centenas de migrantes foram resgatados de um barco pesqueiro que encalhou, informou a guarda costeira italiana nesta quarta-feira (10), enquanto outros 300 de um navio humanitário tiveram permissão para desembarcar.A guarda costeira disse que o resgate noturno de 396 migrantes foi complicado por "condições críticas, a piora do mar e a pouca profundidade" onde o navio encalhou no porto de Pozzallo, no sudeste da Sicília.As imagens mostraram o barco de pesca encalhado inclinando-se para um lado em meio às ondas enquanto os migrantes passavam para dois rebocadores do porto.Paralelamente, após mais de uma semana no mar, 306 migrantes a bordo do navio de resgate humanitário "Ocean Viking", operado pela SOS Mediterranée, receberam luz verde para desembarcar na Sicília."Alívio indescritível no Ocean Viking", disse a associação no Twitter, após receber a notícia de que o navio poderia atracar no porto de Augusta, na costa leste da ilha.Claire Juchat, da instituição, havia pedido ajuda anteriormente em uma mensagem de vídeo gravada de dentro do navio."Acabamos de passar por uma tempestade com ondas de mais de dois metros, está chovendo, a ponte está molhada, esta noite os resgatados ficaram encharcados, congelaram, temos que desembarcar o mais rápido possível", pedia.O navio resgatou os migrantes em quatro operações distintas. Ele estava procurando um porto para desembarcar desde domingo.Mais de 57.000 migrantes desembarcaram na Itália desde o início do ano, em comparação com cerca de 30.000 no mesmo período do ano passado, de acordo com o Ministério do Interior.VIKING Veja Mais

Irã busca 'bom acordo' nuclear em Viena, diz ministro

em - Internacional O Irã está disposto a chegar a um "bom acordo" sobre o programa nuclear durante as negociações que começarão em 29 de novembro em Viena, afirmou o ministro das Relações Exteriores do país, Hossein Amir-Abdollahian, nesta quarta-feira (10)."Estamos prontos para chegar a um bom acordo na mesa de negociações em Viena", disse o ministro em um tuíte, sem dar mais detalhes sobre o que seria um "bom acordo".Mas o responsável sublinhou que o regresso de todas as partes aos compromissos iniciais do acordo de 2015 "é um princípio importante e essencial".Depois de cinco meses paralisadas, as negociações entre o Irã e as grandes potências têm como objetivo reativar o acordo de 2015 que limita o programa nuclear iraniano em troca de um relaxamento das sanções econômicas contra Teerã.Os Estados Unidos retiraram-se unilateralmente do pacto em 2018 e restabeleceram as sanções contra o Irã, que em resposta retomou suas operações de enriquecimento de urânio acima dos níveis definidos no acordo.Um dos pontos centrais das negociações será como se preparar para o retorno dos Estados Unidos ao pacto.O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, declarou que está pronto para retornar, desde que o Irã volte a respeitar seus compromissos. Veja Mais

Sobre derrubada de veto, Zema disse que respeita a autonomia da Assembleia

O Tempo - Política Deputados rejeitaram o veto parcial do governador à proposição que endurece regras para o transporte fretado em Minas Gerais Veja Mais

Fechamento dos grãos de soja em Chicago

em - Internacional (Em Fechamento hoje / Fechamento anterior: NOV 21 12,0350 / 11,9950 JAN 22 12,1675 / 12,12 MAR 22 12,29 / 12,2375 MAI 22 12,3950 / 12,3450 JUL 22 12,4725 / 12,4225 Veja Mais

China e EUA anunciam acordo para reforçar luta climática

em - Internacional Estados Unidos e China anunciaram nesta quarta-feira um acordo conjunto para reforçar a luta contra as mudanças climáticas na próxima década, uma decisão tomada em meio às negociações na COP26, em Glasgow.O anúncio, inesperado, foi feito logo após o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pedir um "impulso decisivo", após um esboço de princípios que não despertou entusiasmo.O acordo sino-americano assegura que os dois países, que são os principais emissores de gases do efeito estufa (cerca de 40% do mundo), estão dispostos a liderar juntos, apesar de suas divergências profundas em outras áreas."Ambas as partes reconhecem que há uma lacuna entre os esforços atuais e os objetivos do Acordo de Paris, por isso vamos reforçar em conjunto a ação climática", disse o funcionário em entrevista coletiva durante a conferência sobre mudança climática.Pouco depois, o enviado especial dos Estados Unidos, John Kerry, tomou a palavra, saudando um "roteiro" que visa a definir "como iremos limitar o aquecimento e trabalhar juntos". Em particular, o documento menciona uma redução significativa nas emissões de metano, um gás de efeito estufa até 80 vezes mais poderoso que o CO2.Na semana passada, no entanto, a COP26 testemunhou o anúncio de uma aliança de mais de 100 países para cortar essas emissões em 30% até 2030. Os Estados Unidos assinaram a promessa, a China, não. O enviado especial chinês não mencionou em entrevista coletiva nesta quarta-feira que seu governo havia reconsiderado essa posição.- 'Colaboração e solidariedade' -Após o anúncio, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, elogiou o "acordo de hoje entre a China e os Estados Unidos para trabalhar juntos para tomar medidas climáticas mais ambiciosas durante esta década". Ele enfatizou no Twitter que enfrentar a "crise climática requer colaboração e solidariedade internacional".Oficialmente, as negociações da COP26 terminam nesta sexta-feira, mas as conferências climáticas da ONU, onde qualquer decisão deve ser tomada por consenso, costumam se prolongar.A cada anúncio ou aliança de países nos últimos 11 dias de conferência, chegam, pouco depois, críticas de ONGs, e o que é mais preocupante, cálculos de especialistas, que alertam para a catástrofe que se avizinha.No rascunho da conferência divulgado nesta quarta-feira, os países reconhecem que que devem ser revisadas as metas de redução de emissões no fim de 2022, três anos antes do previsto. Por meio de um mecanismo estabelecido em 2015, os países devem revisar suas metas a cada cinco anos, da próxima vez em 2025.Limitar o aquecimento a +1,5°C no fim deste século em relação à era pré-industrial "requer uma ação significativa e eficaz por parte de todas as partes nesta década crítica", aponta o texto.As emissões de gases do efeito estufa desde a Revolução Industrial já provocaram um aumento da temperatura de +1,1 °C e suas caóticas consequências, incluindo secas, inundações e o aumento do nível do mar, devem ser agravadas e provocar o surgimento de milhões de refugiados climáticos, alertam os especialistas.Os compromissos até 2030 com o qual os países chegaram a Glasgow deixavam a Terra no rumo de um aquecimento de +2,7 °C, ou, na melhor das hipóteses, de +2,2 °C, segundo os cálculos.Em uma menção explícita e sem precedentes em conferências climáticas anteriores, o texto também pede aos países que "acelerem a eliminação do carvão e dos subsídios aos combustíveis fósseis", incluídos os hidrocarbonetos."Não menciona o abandono do petróleo e do gás, mas continua sendo um passo adiante, embora haja muito poucas possibilidades de que isso não se mantenha no texto final", considerou Lola Vallejo, diretora do programa climático do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Relações Internacionais (IDDRI) de Paris.Mas para Jennifer Morgan, diretora executiva do Greenpeace International, este rascunho só "é um acordo para que todos cruzem os dedos e esperem o melhor". "É um pedido educado para que os países talvez, possivelmente, façam mais no próximo ano", afirmou. Veja Mais

Antes de cúpula com China, EUA afirma que priorizará evitar invasão de Taiwan

em - Internacional Os Estados Unidos reafirmaram nesta quarta-feira (10) que apoiarão Taiwan na esperança de impedir a China de preparar uma invasão, permanecendo firmes na véspera das negociações há muito aguardadas entre os líderes Joe Biden e Xi Jinping.O secretário de Estado americano, Antony Blinken, disse que os dois presidentes, que não se encontraram pessoalmente desde a posse de Biden em janeiro, realizarão conversas virtuais "em breve". Segundo informações da imprensa, o encontro ocorrerá na próxima semana.As tensões aumentaram entre as duas maiores economias do mundo, especialmente em relação a Taiwan, cujo território a China reivindica como seu. No mês passado, Pequim realizou um número recorde de ataques aéreos perto da ilha."Vamos garantir que Taiwan tenha os meios para se defender", disse Blinken em um evento organizado pelo jornal The New York Times, mas se recusou a ir além da tradicional ambiguidade americana sobre se vai defender militarmente Taiwan de uma invasão.A Lei de Relações com Taiwan, aprovada pelo Congresso em 1979, determina que Washington forneça armas a Taiwan para sua autodefesa.O titular da diplomacia americana acrescentou que fornecer a Taiwan "meios para se defender" equivale a "melhor dissuasão contra qualquer ação muito, muito infeliz que a China possa contemplar". Blinken e o ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, permaneceram firmes sobre a questão em conversas recentes em Roma, à margem da cúpula do G20.Biden esperava se reunir com Xi na cúpula, mas o líder chinês não viajou desde o início da pandemia da covid-19 e, em vez disso, concordou em manter conversas virtuais antes do final do ano.A China disse na quarta-feira que chegou a um entendimento com os Estados Unidos na cúpula de Glasgow sobre mudança climática, uma área-chave na qual o governo Biden vê potencial para cooperação.Xi também expressou um tom conciliatório em uma carta lida pelo embaixador da China nos Estados Unidos, Qin Gang, durante um jantar de gala na noite de terça-feira em Nova York."De acordo com os princípios de respeito mútuo, coexistência pacífica e cooperação, a China está disposta a trabalhar com os Estados Unidos para fortalecer o intercâmbio e a cooperação em todas as questões", escreveu Xi, de acordo com um comunicado da embaixada.Biden tem mantido, em grande parte, o mesmo enfoque duro sobre a China de seu antecessor, Donald Trump, com quem ele concorda que a ascensão do gigante asiático é o principal desafio do século 21.No entanto, o presidente americano, que como vice-presidente de Barack Obama se reuniu várias vezes com Xi, também indicou que assumirá um tom mais diplomático e coordenará sua política para Pequim com os aliados de Washington. Veja Mais

'Quantas pessoas mal-intencionadas têm acesso a essas informações?', diz Atila Iamarino após ter dados alterados ilegalmente no ConecteSUS

G1 Economia O microbiologista teve dados cadastrais modificados por xingamentos na via eletrônica do comprovante nacional de imunização contra Covid-19. Atila Iamarino mostrando seu comprovante de vacinação contra Covid-19, em julho Reprodução/Redes Sociais Após ser vítima de alterações ilegais em dados cadastrados no ConecteSUS, o microbiologista e divulgador científico Atila Iamarino declarou que sua grande preocupação é "saber quem mais tem acesso aos meus dados e das outras pessoas que estão no sistema do SUS. Quantas pessoas má intencionadas têm acesso a essas informações?" Na noite desta terça-feira (9), Atila compartilhou em suas redes sociais uma captura de tela de seu comprovante eletrônico de vacinação contra Covid-19, afirmando que alguns de seus dados, como nome e nacionalidade, teriam sido modificados por xingamentos. Atila Iamarino afirma que seus dados foram alterados em plataforma do Ministério da Saúde Reprodução/Twitter Ao g1, o microbiologista comentou que decidiu conferir seu documento de imunização depois que soube da situação enfrentada pelos youtubers Felipe Castanhari e Nyvi Estephan, no final de outubro. Foi então que percebeu as alterações, mas optou por não divulgar o caso naquele momento, seguindo as orientações de seu advogado. Segundo Cauê Batista, advogado especialista em proteção de dados da Zilveti Advogados, os episódios envolvem o mesmo tipo de desrespeito à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). "Foram alterações ilegais, feitas diretamente no sistema, por uma pessoa que tinha acesso e deveria garantir a segurança dos dados", explicou. LEIA MAIS: Lei Geral de Proteção de Dados: o que muda para os cidadãos? Veja perguntas e respostas Descumprir a Lei Geral de Proteção de Dados pode gerar punições a partir de ago/21 De acordo com a Portaria Nº 1.434, publicada no Diário Oficial da União em maio de 2020, que estabelece a adoção do Conecte SUS para a formação de uma Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), cabe ao Departamento de Informática do Ministério da Saúde "promover a integração e interoperabilidade das informações em saúde" da rede. A Portaria também estabelece que o acesso às informações da RNDS está sujeito à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, que tem como alguns de seus fundamentos o respeito à privacidade, a autodeterminação informativa e a inviolabilidade da intimidade, da honra e da imagem. Publicação de Atila no Twitter sobre alteração ilegal de dados no ConecteSUS Reprodução/Redes Sociais Procurado pelo g1, o Ministério da Saúde afirmou que o responsável pela modificação irregular dos dados de Atila Iamarino já foi identificado e se trata de um operador de saúde, uma pessoa contratada pela Secretaria Municipal de Saúde, não um servidor do MS. Segundo a assessoria de comunicação do ministério, operadores são responsáveis por cadastrar e modificar dados referentes à vacinação no sistema do ConecteSUS. A pasta não soube informar o número de pessoas que possuem esse tipo de acesso ao sistema, mas disse que são mais de 37 mil salas de vacinação no país, o que já possibilita dimensionar o grande número de operadores. O MS disse ainda que não é possível verificar quantos cidadãos tiveram seus dados alterados ilegalmente e que serão apurados somente os casos que forem relatados ao Disque Saúde 136. A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo ainda não respondeu aos questionamentos enviados pelo g1. Casos anteriores Os youtubers Felipe Neto, Felipe Castanhari e Nyvi Estephan relataram, no final de outubro, que também tiveram os dados alterados ilegalmente no sistema do SUS. Enquanto Neto teve seu óbito registrado, os apresentadores Castanhari e Nyvi tiveram os nomes substituídos por termos pejorativos e sexistas nos comprovantes eletrônicos de vacinação contra Covid-19, emitidos pelo Conecte SUS. Youtubers Felipe Neto, Felipe Castanhari e Nyvi Estephan Reprodução Na época, o Ministério da Saúde enviou uma nota ao g1 afirmando que as "alterações indevidas" haviam sido corrigidas e que as credenciais utilizadas para realizar as modificações sido canceladas pelo Departamento de Informática DataSUS. A pasta disse que iria tomar "medidas adequadas para apuração e mitigação do ocorrido". O MS não se manifestou sobre o caso de Felipe Neto. Segundo a equipe de comunicação do youtuber, a situação estava sendo resolvida de forma administrativa, sem nenhum envolvimento do setor jurídico. A solicitação para que o cadastro no SUS fosse reativado já havia sido realizada e estavam no aguardo. Apresentadora e youtuber Nyvi Estephan relembra episódio análogo sofrido por Guilherme Boulos (PSOL) Reprodução/Redes Sociais Em julho, Guilherme Boulos (PSOL), ex-candidato a governador de São Paulo e coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), também afirmou ter sofrido uma alteração ilegal no cadastro do Sistema Único de Saúde. Guilherme Boulos (PSOL) discursa na sacada de casa após derrota na eleição em São Paulo Marcelo Brandt/G1 No episódio, Boulos relatou ao g1 que o nome de seus pais haviam sido trocados por "ofensas e xingamentos grosseiros". O caso foi confirmado pelo Ministério da Saúde, que disse ter ocorrido "uma alteração na base do Cartão Nacional de Saúde realizada por uma pessoa credenciada para utilizar o sistema de cadastro de dados". Na época, a pasta afirmou já ter solicitado o bloqueio da credencial do responsável pela troca dos dados. Ainda no mesmo mês, a deputada federal e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou ter o cadastro no SUS suspenso após ser classificada como morta, em uma alteração nos dados realizada em março de 2019, caso semelhante ao de Felipe Neto. Além da falsa morte, o nome "Bolsonaro" apareceu preenchido no campo "Nome Social/Apelido" da página que informava sobre a suspensão cadastral. Cadastro alterado da deputada Gleisi Hoffmann no Sistema Único de Saúde Reprodução Veja Mais

Sandy diz que já contracenou com ator que tinha 'hálito não muito bom'

O Tempo - Diversão - Magazine Revelação é feita no programa Sandy+Chef, que estreia nesta 5ª Veja Mais

Twitter Blue agora traz notícias sem anúncios e personalização

Twitter Blue agora traz notícias sem anúncios e personalização

Tecmundo Nesta terça-feira (9) o Twitter anunciou a chegada de sua assinatura, o Twitter Blue, nos Estados Unidos e Nova Zelândia. Após ter sido lançado no início do ano no Canadá e Austrália, o recurso chega com novidades e está disponível para iOS, Android e na web por US$ 2,99 e NZ$ 4,99. No Brasil, a assinatura custa R$ 15,90 por mês.A novidade traz a possibilidade de consumir notícias em veículos sem propagandas, função conhecida como Scroll, incentivando o consumo e compartilhamento de notícias na rede. Ainda sobre acesso a artigos, a página “Artigos Populares”, projetada pensando nos usuários do Nuzzel, será atualizada com as pautas mais populares e mais compartilhadas nas últimas 24 horas.Leia mais... Veja Mais

China anuncia acordo com EUA para 'reforçar ação climática'

em - Internacional A China chegou a um acordo com os Estados Unidos para "fortalecer a ação climática", disse o enviado especial chinês para o clima, Xie Zhenhua, na COP26 em Glasgow."Ambas as partes reconhecem que há uma lacuna entre os esforços atuais e os objetivos do Acordo de Paris, por isso vamos reforçar em conjunto a ação climática", disse o funcionário em entrevista coletiva durante a conferência sobre mudança climática.China e Estados Unidos são os dois principais emissores de gases de efeito estufa, responsáveis pelo aquecimento global. Juntos, emitem cerca de 40% do total.Xie explicou que o acordo inclui "planos concretos" ao longo desta década, e que Pequim e Washington estão empenhados em "trabalhar para finalizar o código de regras" do Acordo de Paris de 2015, um dos objetivos das negociações em Glasgow."China e Estados Unidos, as duas superpotências mundiais, têm que assumir a responsabilidade de trabalhar junto com outras partes no combate às mudanças climáticas", acrescentou.Pouco depois, o enviado especial dos Estados Unidos, John Kerry, tomou a pódio, saudando um "roteiro" que visa definir "como vamos limitar o aquecimento e trabalhar juntos".Em particular, o documento menciona uma redução significativa nas emissões de metano, um gás de efeito estufa até 80 vezes mais poderoso que o CO2.Xie garantiu que este novo plano conjunto, uma novidade inesperada em Glasgow, foi executado após 30 reuniões virtuais durante 10 meses.Kerry e Xie expressaram sua esperança de que este acordo impulsione as negociações em Glasgow, onde os quase 200 países que assinaram o Acordo de Paris de 2015 devem concordar em novas metas para combater o aquecimento global.Pouco antes, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, havia pedido à imprensa um "impulso decisivo" para fechar as negociações até sexta-feira, quando termina oficialmente a COP26.Após o anúncio, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, elogiou o "acordo de hoje entre a China e os Estados Unidos para trabalhar juntos para tomar medidas climáticas mais ambiciosas durante esta década"Ele enfatizou no Twitter que enfrentar a "crise climática requer colaboração e solidariedade internacional". Veja Mais

Direitos da Mulher - Discussão e votação de propostas - 10/11/2021

Direitos da Mulher - Discussão e votação de propostas - 10/11/2021

Câmana dos Deputados Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher LOCAL: Anexo II, Plenário 05 HORÁRIO: 14h30min TEMA: "Discussão e Votação de Propostas" A - Requerimentos: 1 - REQUERIMENTO Nº 67/2021 - da Sra. Fernanda Melchionna - que "requer aprovação de Moção de Repúdio ao veto e às declarações do Presidente da República Jair Bolsonaro referentes à Lei que institui o Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual" Retirado de pauta, de ofício, em virtude da ausência da autora, em 28/10/2021. 2 - REQUERIMENTO Nº 68/2021 - da Sra. Carmen Zanotto - que "requeiro o envio de convite a Ilma. Senhorita, Tamara Klink, para comparecer à Comissão dos Direitos da Mulher para explanar sua travessia solitariamente pelo Oceano Atlântico". Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63943 Veja Mais

Após UFC 5, EA reviverá franquia de boxe Fight Night, diz rumor

Após UFC 5, EA reviverá franquia de boxe Fight Night, diz rumor

Tecmundo Informações não oficiais afirmam que a EA aprovou o desenvolvimento de um novo Fight Night para reviver sua clássica franquia de jogos de boxe. Mas, antes, o game ainda vai ter que esperar o lançamento de outro título de porradas, o UFC 5.Estamos ainda na fase dos rumores, mas o pessoal do VGC afirma que viu um e-mail distribuído para os desenvolvedores da EA Canadá confirmando o desenvolvimento de Fight Night e explicando sua "pausa" até o lançamento do próximo UFC.Leia mais... Veja Mais

Orçamento - Discussão e votação das sugestões de emendas da CMO à LOA 2022 – 10/11/2021 16:00

Orçamento - Discussão e votação das sugestões de emendas da CMO à LOA 2022 – 10/11/2021 16:00

Câmana dos Deputados Tema: Discussão e votação das sugestões de emendas da CMO à LOA 2022. Local: Anexo II, Plenário 02 Início: 09/11/2021 às 16h21 Situação: Em Andamento Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63963 Veja Mais

Melhor celular 5G para comprar até R$ 2.500 | Guia do TudoCelular

tudo celular Buscando um celular 5G barato para comprar? Listamos os modelos mais acessíveis que foram analisados pelo TudoCelular. Veja Mais

Servidor de seedbox para torrent é investigado por violação de direitos autorais na Dinamarca

tudo celular O grupo antipirataria Rights Alliance tem pressionado vários participantes no ecossistema dos torrents Veja Mais

Bolsonaro vai se filiar ao PL em evento no dia 22, antecipa assessoria da sigla

O Tempo - Política Presidente, no entanto, ainda não confirmou esse evento de filiação. Ele se reuniu com Valdemar da Costa Neto, presidente da legenda, no Planalto Veja Mais