Meu Feed

No mais...

COMENTARISTAS ANALISAM SITUAÇÃO DO GRÊMIO NO BRASILEIRÃO| DEPOIS DO JOGO

COMENTARISTAS ANALISAM SITUAÇÃO DO GRÊMIO NO BRASILEIRÃO| DEPOIS DO JOGO

Band Sports Faltando sete jogos para o término do campeonato, Imortal ocupa a penúltima colocação. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​​ Veja Mais

Moraes proíbe Daniel Silveira de dar entrevistas e o ameaça de nova prisão

O Tempo - Política Recentemente, o deputado federal conversou com à rádio Jovem Pan, onde negou retirar o que disse no vídeo que motivou sua prisão Veja Mais

Argentina renova Congresso em eleições que podem alterar mapa político

em - Internacional As principais redes de televisão da Argentina apontam que as eleições legislativas ocorridas neste domingo, 14 repetiram a tendência das primárias de setembro, em que a coligação Juntos pela Mudança derrotou a aliança peronista Frente de Todos. O resultado preliminar foi apontado por pesquisas de boca de urna. A legislação argentina proíbe a publicação de números porcentuais antes da divulgação dos resultados oficiais. Nas eleições deste domingo, foram eleitos 127 deputados nacionais em todo o país, o que representa metade das cadeiras da Câmara dos Deputados, e 24 senadores nacionais em oito províncias, o equivalente a um terço da Câmara Alta. Fonte: Associated Press. Veja Mais

Como saber quem visitou seu perfil do Instagram

canaltech Sempre teve curiosidade para saber quem visitou seu perfil do Instagram? Embora não haja uma função nativa para isso, é possível descobrir; confira como! . Veja Mais

5 aplicativos para limpar a memória do celular

canaltech Precisa liberar espaço no seu celular? No lugar de procurar manualmente por fotos e arquivos pesados, vale a pena utilizar aplicativos de limpeza: essas ferramentas organizam todos os arquivos do seu dispositivo e informam quais são os mais pesados ou duplicados. Alguns apps ainda otimizam tarefas em seu celular e ajudam a liberar memória RAM, encontrar apps pouco utilizados e outros recursos adicionais. 7 melhores aplicativos para editar fotos no celular 6 aplicativos que podem deixar seu celular lento É importante ressaltar que, apesar de serem ferramentas úteis para remover arquivos indesejados, esses apps podem consumir muitos recursos do seu aparelho por causa da execução em segundo plano. Nesse caso, vale a pena utilizá-los apenas para limpezas pontuais, de forma que a performance do aparelho não seja tão afetada. Confira opções para Android e iOS! 1. Google Files Compatibilidade: Android Preço: gratuito O Files é uma opção desenvolvida pelo próprio Google para o Android e uma ótima alternativa para quem não quer procurar por apps de terceiros. Além de funcionar como um gerenciador dos arquivos do seu celular, possui sugestões personalizadas para liberar a memória do aparelho. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Aplicativo do Google é alternativa para remover arquivos (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) Na aba de sugestões, é possível encontrar arquivos pesados, duplicados, memes e fotos salvas em backup. Em cada caso, o app oferece um atalho rápido para remover esses arquivos e ampliar o espaço. Caso se arrependa de alguma decisão, o Files disponibiliza uma lixeira para recuperar os conteúdos em até 30 dias antes de deletá-los permanentemente. 10 aplicativos do Google para ter no celular O Google Files ainda se destaca por outros recursos adicionais. O app permite criar pastas seguras para proteger o acesso a arquivos por senha e disponibiliza uma ferramenta para enviar e receber arquivos rapidamente com outros celulares. 2. CCleaner Compatibilidade: Android Preço: gratuito com opção de compras no app Muito conhecido pela versão para computadores, o CCleaner também marca presença no segmento dos app de limpeza para Android. O aplicativo móvel reúne algumas das principais funções encontradas no PC ou macOS, como a localização de arquivos e otimização da memória RAM. CCleaner tem versão para celulares Android (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) No Android, o CCleaner pode ser utilizado para localizar arquivos pesados, dividi-los entre categorias, encontrar conteúdos duplicados e descobrir quais aplicativos são pouco utilizados. O app também disponibiliza uma tela com dicas personalizadas com opções de limpeza rápida, capturas de tela e a separação de apps por tempo de uso diário ou consumo da bateria. A versão Pro do aplicativo remove anúncios e inclui recursos de limpeza profunda e automática, com mais opções para remover o cache e outros arquivos do seu aparelho. O serviço é disponibilizado por R$ 16 por ano ou R$ 4 por mês. 3. KeepClean Compatibilidade: Android Preço: gratuito com opção de compras no app O KeepClean é uma opção completa e versátil para limpar o seu Android. O aplicativo possui diferentes funcionalidades para liberar o espaço, otimizar a memória RAM, economizar bateria e até mesmo melhorar a performance do seu aparelho enquanto joga. App chama a atenção pela quantidade de recursos (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O app disponibiliza atalhos de limpeza rápida para realizar varreduras no seu dispositivo. A cada processo, exibe quais sugestões de arquivos pesados ou pouco utilizados, que podem ser removidos para liberar espaço na memória física do aparelho. Além disso, disponibiliza uma barra de ferramentas na tela de notificações, com acesso rápido a funções para otimizar a memória RAM e remover arquivos. A navegação pelo KeepClean, no entanto, conta com exibição frequente de anúncios. Para removê-los e acessar recursos exclusivos de limpeza, cofre de arquivos e recuperação de fotos e vídeos, é necessário assinar a versão VIP do app. O serviço é disponibilizado por R$ 6,99 por mês, R$ 9,49 por três meses ou R$ 22,99 por ano. 4. File Manager by Xiaomi Compatibilidade: Android Preço: gratuito Aplicativo nativo da MIUI, interface dos celulares Xiaomi, o File Managertambém pode ser instalado em qualquer outro modelo com Android. O app organiza todos os arquivos do seu dispositivo entre categorias, além de informar quais foram as fotos e vídeos mais recentes de suas pastas. App da Xiaomi tem função para liberar espaço (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) No app, há o destaque para categorias de APKs e arquivos no formato ZIP, além de fotos, vídeos, músicas e outros documentos. Para liberar espaço de armazenamento, basta acessar a aba de limpeza e solicitar uma verificação rápida. Em seguida, o File Manager lista alguns arquivos que podem ser excluídos do seu aparelho e exibe quais ocupam maior espaço. O File Manager também disponibiliza algumas funções adicionais, como a possibilidade de acesso remoto. Além disso, nos dispositivos da Xiaomi, é possível criar pastas ocultas para proteger arquivos e transferir documentos rapidamente entre celulares. 5. Smart Cleaner - Clean Storage Compatibilidade: iOS Preço: gratuito Os aplicativos de limpeza do iOS são voltados para liberar espaço do armazenamento e não oferecem opções para otimizar a performance do aparelho. Uma das principais opções para gerenciar os arquivos do seu iPhone é o Smart Cleaner, que também conta com recursos para navegação privada e pastas para ocultar arquivos. Remova arquivos no iOS (Imagem: André Magalhães/Captura de tela) O Smart Cleaner oferece acesso rápido às suas pastas de fotos e vídeos para que escolha quais arquivos devem ser removidos. Além disso, disponibiliza um botão para fazer uma limpeza rápida e identificar capturas de tela, arquivos pesados ou conteúdos duplicados. Nas outras abas do app, é possível acessar um navegador privado e criar pastas ocultas para fotos, vídeos e contatos, protegidas por senha. O app também conta com widgets para a tela inicial que informam o nível da bateria e a capacidade atual de armazenamento do seu iPhone. Para navegar sem anúncios e acessar os recursos de forma ilimitada, é necessário adquirir uma assinatura do app, com planos a R$ 24,90 por semana ou R$ 99,90 por ano. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Qual a diferença entre mar e oceano? Os 10 filmes mais assistidos da semana (13/11/2021) O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Xiaomi 12 Ultra: conceito mostra novo visual com módulo de câmera atualizado Veja Mais

Novo movimento anticorrupção surpreende nas eleições legislativas na Bulgária

em - Internacional Um novo movimento anticorrupção disputava voto a voto com os conservadores as eleições legislativas na Bulgária deste domingo (14), as terceiras do ano, de acordo com as pesquisas de boca de urna.O partido centrista, "Continuemos a mudança", liderado por dois ex-empresários formados em Harvard, teria 23% dos votos, em comparação com 25% do partido conservador Gerb do ex-primeiro-ministro Boiko Borisov.Kiril Petkov e Asen Vasilev, 41 e 44 anos e com pouca experiência política, sacudiram a corrida eleitoral ao lançar este movimento em setembro com o objetivo de "erradicar a corrupção"."A Bulgária tem um novo caminho", comemorou neste domingo à noite Petkov em declarações à imprensa.Estas eleições, as terceiras legislativas do ano, decorrem no meio da recuperação da pandemia de covid-19, no país menos vacinado da União Europeia.Muitos eleitores disseram estar cansados do fracasso das duas primeiras votações, em abril e julho de 2021, que não permitiram a formação de uma coalizão."Espero que ao fim da eleição tenhamos um novo governo para ter uma vida melhor", declarou à AFP Stanka Lenkova, uma aposentada de 73 anos que votou em um subúrbio de Sófia, a capital.Outros eleitores foram menos otimistas. "Todos nós deveríamos ir votar, mas temo que seja em vão", disse Milena Stoyanova, uma aposentada de 62 anos.A participação foi baixa e às 16h00 (11h00 de Brasília) foi inferior a 26%, de acordo com a Comissão Eleitoral, o nível mais baixo nas eleições deste ano."Espero que os líderes políticos tenham aprendido a lição e que isso os leve a negociar", disse à AFP Antony Todorov, professor da Nova Universidade da Bulgária.A formação do Executivo é "de importância vital", afirmou Kiril Petkov, que brevemente atuou como ministro da Economia no governo interino, após votar.- Coalizão "instável" -"Não podemos não ter um governo", disse Boriana Dimitrova, diretora do instituto de pesquisas Alpha Research, que destacou a prioridade para a gestão da crise de saúde.O governo provisório parece impotente diante do agravamento da situação.Há várias semanas, os hospitais estão saturados e quase 200 pessoas morrem a cada dia em média vítimas do coronavírus no país, onde menos de 25% dos 6,9 milhões de habitantes estão totalmente vacinados. A taxa de mortalidade por covid-19 é uma das mais elevadas do mundo, em um contexto de sistema de saúde defasado. Três pacientes morreram na madrugada de domingo no incêndio de um hospital no sudeste do país.Em relação à nova formação, "Continuemos a mudança", existe uma sede "de mudança", avaliou Dimitrova. "Os cidadãos estão, portanto, inclinados a votar nos partidos da mudança que eles consideram capazes de formar um governo".Petkov e Vasilev "são muito entusiasmados, mas têm pouca experiência", relativizou Dimitrova, que prevê uma coalizão "instável" pelas divergências de opinião entre os partidos que defendem a mudança.Segundo os especialistas, eles certamente precisarão se aliar com os socialistas do PSB (com 14% dos votos), cuja imagem segue manchada pela desastrosa passagem pelo poder nos anos 1990.As duas novas figuras da política búlgara, porém, se dizem "muito abertas ao diálogo" para a criação de uma coalizão."Esquerda, centro ou direita, pouco importa", garantiu Petkov. "Se pudermos frear a corrupção e redistribuir o dinheiro para o bem-estar dos contribuintes, então podemos negociar com muitos partidos".Paralelamente às legislativas, o país mais pobre da União Europeia também escolhe neste domingo o presidente.Rumen Radev, candidato à reeleição, recebeu 49% dos votos no primeiro turno, contra 25% de seu principal adversário, o reitor da Universidade de Sófia, Anastas Gerdjikov.Em 2020, Radev se posicionou ao lado dos manifestantes anti-Borisov. Uma vitória dele pode favorecer uma coalizão contra o ex-primeiro-ministro. Veja Mais

Casal morre em queda de avião após compartilhar vídeo de sobrevoo a ilha

 Casal morre em queda de avião após compartilhar vídeo de sobrevoo a ilha

em - Internacional Um casal morreu, nesse sábado (13/11), em uma queda de avião após compartilhar vídeo sobrevoando o local do acidente. O acidente aéreo ocorreu na Ilha Beaver, no estado de Michigan, nos Estados Unidos, e o casal foi identificado como Kate Leese, de 35 anos, e Adam Kendall, de 37. As informações foram divulgadas no jornal O Globo neste domingo. Segundo a reportagem, o casal planejava abrir uma vinícola na região e sobrevoaram o local da tragédia apenas três dias antes da queda do avião. Em uma postagem num perfil do Instagram, eles compartilharam um vídeo mostrando um sobrevoo na ilha. "Vando (de novo)! Para levar o cachorro mais velho de volta à sua terceira consulta no veterinário. Cruzando todos os dedos das mãos e dos pés para boas notícias", escreveram na legenda.O piloto e o corretor de imóveis Mike Perdue são as outras vítimas. Os dois cães a bordo também morreram. A filha de Perdue, de 11 anos, sobreviveu. Ela está internada em estado grave. Veja Mais

Após passagem por COP 26, Zema cumpre agenda em Abu Dhabi

O Tempo - Política Comitiva do governo mineiro se reuniu com representantes da Câmara de Comércio e Indústria de Abu Dhabi neste domingo Veja Mais

Governo Bolsonaro orienta ministérios a pagar verba política de 2020

O Tempo - Política Um parlamentar infiel, por exemplo, pode ser punido com o atraso no desembolso de uma emenda Veja Mais

Após COP26, cientistas cobram ações rápidas contra catástrofe ambiental

 Após COP26, cientistas cobram ações rápidas contra catástrofe ambiental

em - Internacional Após o acordo alcançado por quase 200 países no sábado em Glasgow, agora o mundo deve atuar de maneira mais rápida possível para reduzir as emissões de gases do efeito estufa e afastar o cenário de aquecimento global "catastrófico", advertem cientistas e e políticos.Depois de duas semanas de negociações e que precisaram de um prazo extra, quase todas as nações do planeta concordaram com um compromisso para acelerar a luta contra o aumento da temperatura. Mas, embora cada décimo de grau centígrado adicional tenha consequências importantes, as decisões do "Pacto de Glasgow" não resultarão em um aquecimento limitado a 1,5°C na comparação com a era pré-industrial, a meta mais ambiciosa do Acordo de Paris, que estabeleceu em 2015 as bases para a ação climática."A catástrofe climática continua batendo em nossas portas", advertiu o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres. "Mantivemos + 1,5°C ao nosso alcance (...) mas o pulso está fraco", declarou o presidente da COP26, o britânico Alok Sharma."As emissões mundiais devem diminuir, de forma imediata, rapidamente, com total urgência", pois continuam aumentando, implorou Joeri Rogelj, do Imperial College de Londres, antes de destacar que "ciência nunca esteve tão presente nas decisões de uma COP".Fechar as centrais de carvãoGlasgow, berço da revolução industrial alimentada por carvão, será para sempre a cidade onde pela primeira vez no mais elevado nível, após 26 conferências, as palavras "combustíveis fósseis" e "carvão", que designam as principais causas do aquecimento global, foram condenadas em um documento."Isto acontece muito tarde, mas realmente é bem-vindo", afirmou Chris Littlecott, especialista em transição energética do grupo de especialistas E3G. "Em 2021 vimos o fechamento da torneira para o financiamento do carvão, a COP26 inaugurou um novo capítulo, o de acelerar o fechamento das centrais elétricas a carvão que ainda existem".Incluir as palavras carvão e petróleo foi algo complicado. Índia e China conseguiram no último momento atenuar ainda mais a frase da resolução, que cita a "redução" e não "saída" do carvão, o que levou Alok Sharma, com lágrimas nos olhos, a pedir desculpas ao mundo. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, declarou neste domingo que sua "alegria" pelos avanços alcançados estava "manchada de decepção".A mudança da China aconteceu depois que o país anunciou na quarta-feira um acordo surpreendente com os Estados Unidos, o segundo maior emissor de gases do efeito estufa, atrás apenas do gigante asiático. O presidente americano Joe Biden, que no início da COP criticou o colega chinês, Xi Jinping, por sua ausência em Glasgow, terá uma videoconferência com este na segunda-feira.Neste domingo, Sharma declarou à BBC que China e Índia terão que apresentar "explicações" por esta decisão."Sofrimentos indescritíveis""Pequim deve, no futuro próximo, cumprir com as promessas do acordo climático de Glasgow e fixar uma data para acabar com o uso de carvão em seu território", de acordo com Byford Tsang, da E3G. "A maneira como os países estabelecerão uma nova cooperação para alcançar ações mais rápidas nos próximos 12 meses será o verdadeiro teste de aprovação de Glasgow", resume a E3G, que também recorda outras promessas da COP26 a respeito da redução das emissões de metano - poderoso gás de efeito estufa -, do desmatamento ou financiamento das energias fósseis. "Incentivo aqueles que têm responsabilidades políticas e econômicas a atuar de maneira imediata, com coragem e com visão de futuro", afirmou o papa Francisco neste domingo após a tradicional oração do Angelus, em uma referência à COP26.Para mais vídeo explicativos como este, acesse nossa página"Se todos os países, em particular aqueles que são grandes emissores, se limitarem às políticas de pequenos passos e 'business as usual', condenarão as atuais e futuras gerações a viver em um mundo de sofrimentos e danos indescritíveis", adverte a UCS (Union of Concerned Scientists).Os sofrimentos já afetam os países mais pobres, que são os menos responsáveis pelo aquecimento global mas que estão na linha de frente em termos de impacto, e que batalharam em Glasgow para obter financiamento específico para tentar reparar suas "perdas e danos". Estas nações finalmente cederam, de maneira relutante, e aceitaram prosseguir com o diálogo para que não perder os avanços obtidos na luta contra o aquecimento global. "Sempre soubemos que Glasgow não era a linha de chegada", afirmou o enviado americano para o Clima, John Kerry. Doze meses "separam" Escócia e Egito, onde acontecerá a 27ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre o Clima (COP27). Veja Mais

Militares reforçam segurança em torno de prisão do Equador após rebelião com 68 mortes

em - Internacional Militares equatorianos, armados com fuzis e escopetas, aumentaram neste domingo (14) o seu efetivo no perímetro externo da penitenciária de Guayaquil, em apoio às forças policiais, após a rebelião que deixou 68 presos mortos e mais de 20 feridos, conforme constatou a AFP no local.Na penitenciária de Guayas 1, que tem 8.500 detentos e uma superlotação de 60%, presos de outros blocos atacaram com armas de fogo e explosivos, na madrugada de sexta para sábado, o pavilhão 2, deixando ao menos 68 mortos e 28 feridos, segundo as autoridades.No sábado, a violência se estendeu para outros blocos, mas sem que houvesse registro de novas vítimas. O porta-voz da Presidência do Equador, Carlos Jijón, encerrou o dia informando que a situação estava "controlada em toda a Penitenciária" com a intervenção de 900 policiais.Em setembro, a mesma prisão foi cenário de um dos piores massacres carcerários da América Latina, com 119 detentos mortos.Desde então, a violência não cessou no complexo penitenciário devido a uma guerra entre facções rivais vinculadas aos cartéis internacionais do narcotráfico, que disputam o poder dentro e fora das prisões, e que já deixou mais de 200 mortos até agora. Os militares foram mobilizados para apoiar a polícia no controle do sistema penitenciário do país, após a declaração do estado de emergência.Contudo, eles não têm autorização para entrar nas penitenciárias, depois que o Tribunal Constitucional limitou o estado de exceção ordenado pelo presidente conservador Guillermo Lasso para tentar restabelecer a ordem nas prisões do país.Além de Guayas 1, a presença militar foi ampliada para outras penitenciárias do país, com base no estado de emergência.As Forças Armadas "intensificam as operações de segurança complementares no entorno do Centro de Reabilitação Social Masculino do cantão de Machala, com o objetivo de manter a ordem e o controle do centro carcerário, garantindo a segurança da população", escreveu neste domingo no Twitter o Comando Conjunto da instituição.Twitter Veja Mais

"EU APOSTO EM UMA VITÓRIA DA RED BULL COM MAX VERSTAPPEN"| SUPER MOTOR

Band Sports Celso Miranda destacou o favoritismo da equipe de Milton Keynes. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​​ Veja Mais

Filho do ditador líbio Khadafi apresenta candidatura à presidência

em - Internacional Saif al-Islam, filho do falecido ditador líbio Muamar Khadafi, apresentou neste domingo (14) sua candidatura oficial às eleições presidenciais previstas para dezembro, anunciou um funcionário da Comissão Eleitoral, ao mesmo tempo em que é procurador pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) por "crimes contra a humanidade". Saif al Islam, de 49 anos e que estava em paradeiro desconhecido, compareceu ao escritório da Comissão Eleitoral em Sabha (sul), um dos três centros autorizados ao lado de Trípoli (oeste) e Benghazi (leste).Vestido com uma túnica e um turbante de cor marrom, ele assinou os documentos ao lado de seu advogado. "Ele apresentou os documentos de sua candidatura no escritório da Alta Comissão Eleitoral (HNEC) em Sabha, completando assim todas as condições legais exigidas pela Lei nº 1 sobre a eleição do chefe de Estado, aprovada pelo Parlamento", afirmou a comissão em um comunicado.Saif al-Islam também recebeu o título eleitoral.As eleições presidenciais, as primeiras do país, estão previstas para 24 de dezembro e as parlamentares para janeiro.No fim de julho, o filho de Kadhafi afirmou em uma entrevista ao jornal New York Times que não descartava retornar à vida política de seu país. As eleições serão o ponto máximo de um difícil processo político patrocinado pelas Nações Unidas e devem encerrar uma década de caos, desde a queda do regime de Muammar Khadafi, assassinado em 2011 em uma revolta popular.Também devem representar o ponto final dos combates entre dois grupos rivais que tentam controlar o país, um do oeste e outro da região leste.Em junho de 2011, o TPI emitiu uma ordem de detenção contra Saif al Islam "por crimes contra a humanidade" cometidos durante a repressão da revolta na Líbia. Ele foi detido no mesmo ano por um grupo armado em Zenten, oeste do país. Foi condenado à morte quatro anos depois pelas autoridades judiciais de Trípoli. Mas o grupo se negou a entregá-lo até 2017.O grupo, no entanto, nunca confirmou sua libertação e seu rastro foi perdido. O TPI anunciou que Saif al-Islam havia sido localizado em Zenten no fim de 2019."A situação de Saif al Islam Khadafi no TPI não mudou. De acordo com a notificação publicada em 2011, ele continua sendo procurado", afirmou Fadi Abdallah, porta-voz do tribunal, ao canal Al-Ahrar.Para a comunidade internacional, a celebração das eleições é essencial para um processo de paz no país, que tem as maiores reservas de petróleo da África.Mas as eleições permanecem incertas, com um aumento das tensões entre os grupos rivais. Após a confirmação da candidatura de Saif al Isla permanecem as dúvidas sobre os nomes do marechal Khalifa Haftar, homem forte da região leste da Líbia, e do primeiro-ministro Abdelhamid Dbeibah, que liderou o governo de transição. Veja Mais

Embarcação com mais de 60 migrantes resgatada nas Ilhas Canárias

em - Internacional Uma pequena embarcação com 62 migrantes, entre os quais havia sete mortos, foi resgatada no sábado ao sul da ilha de Gran Canária, na Espanha, enquanto outro migrante morreu assim que chegou em terra, informaram neste domingo (14) os serviços de emergência.Os ocupantes da embarcação, que ficou à deriva por pelo menos uma semana, são oriundos do norte da África, da região do Magrebe.Durante o resgate, três deles foram levados em um helicóptero a um hospital da ilha para receber atendimento de urgência. Ao chegarem ao porto de Arguineguín, em Gran Canária, vários ocupantes da embarcação foram conduzidos para centros de saúde para receber tratamento, informou o serviço de emergência do arquipélago espanhol situado no Oceano Atlântico, perto da costa noroeste da África. A embarcação foi avistada por um veleiro francês por volta das 18h00 locais (15h00 no horário de Brasília), a cerca de 38 milhas náuticas do sul da ilha, informou à AFP a Sociedade de Salvamento e Segurança Marítima (Sasemar) da Espanha, que enviou um navio de resgate ao local. Ainda não se sabe de onde e quando exatamente a embarcação dos migrantes havia zarpado.Ao chegar no local, a Sasemar constatou a presença de sete corpos entre os ocupantes de pequena embarcação e recorreu à ajuda de um helicóptero para transportar os três migrantes que precisavam de assistência urgente. Na mesma noite, outro barco com 36 migrantes foi localizado oito milhas ao sul de Gran Canária, com todos os ocupantes em bom estado. Neste grupo, havia uma mulher e uma criança, segundo o serviço de emergência das Ilhas Canárias.Esses dramas migratórios são recorrentes nas costas espanholas, que os imigrantes tentam alcançar, apesar dos perigos, a partir do Marrocos ou da Argélia, principalmente.No total, 32.713 imigrantes chegaram por mar à Espanha entre janeiro e outubro deste ano, 24,2% a mais que no mesmo período de 2020, de acordo com os números do Ministério do Interior.Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), 2021 já é o ano mais mortal na rota migratória até a Espanha, com pelos menos 1.025 óbitos.A rota até as Ilhas Canárias é particularmente perigosa. Ao menos 785 personas morreram tentando alcanças as praias do arquipélago entre janeiro e agosto deste ano, segundo a OIM. Veja Mais

Áustria decreta lockdown nacional para não vacinados contra a COVID-19

 Áustria decreta lockdown nacional para não vacinados contra a COVID-19

em - Internacional O governo da Áustria decretou, neste domingo, 14, um lockdown nacional para pessoas não vacinadas que valerá a partir da meia-noite da próxima segunda, 15, para retardar a rápida propagação do coronavírus no País. Em um primeiro momento, as medidas mais rígidas valerão por dez dias. O bloqueio afeta cerca de 2 milhões de pessoas no País que tem 8,9 milhões de habitantes."A situação é grave. A quarta onda (da pandemia) nos atinge completamente. Isso se deve à variante delta (do vírus), mas também é devido ao baixo índice de vacinação", afirma o chanceler Alexander Schallenberg, em comunicado à imprensa em Viena, capital do País.A mudança proíbe que indivíduos não vacinados ou não curadas com mais de 12 anos de idade deixem suas casas, exceto para atividades básicas, como trabalhar, fazer compras no mercado, dar um passeio ou se vacinar.A polícia foi acionada para checar as pessoas que estarão fora de casa para ter certeza de que estão vacinadas, afirmou Schallenberg. O lockdown não se aplica a crianças com menos de 12 anos porque ainda não podem ser vacinadas oficialmente. As multas vão de 500 euros para pessoas que descumprirem as medidas até 3.600 euros para estabelecimentos.As autoridades estão preocupadas que as equipes dos hospitais não sejam mais capazes de lidar com o crescente fluxo de pacientes com covid-19. "É nosso trabalho como governo da Áustria proteger o povo. Portanto, decidimos que a partir de segunda-feira haverá um bloqueio para os não vacinados", disse Schallenberg.A Áustria tem uma das taxas de vacinação mais baixas da Europa Ocidental: apenas cerca de 65% da população total está totalmente vacinada. Nas últimas semanas, o país enfrentou uma crescente preocupante de infecções. Foram 11.552 novos casos no domingo; há uma semana, ocorreram 8.554 novas infecções."O percentual de vacinação é vergonhosamente baixo e sem aumentá-lo não conseguiremos sair desse círculo vicioso (da pandemia)", acrescentou o chanceler.A taxa de infecção em sete dias é de 775,5 novos casos por 100 mil habitantes. A título de comparação, a Alemanha, país vizinho, que tem taxa de 289 por 100 mil habitantes, também já soou o alarme sobre os números crescentes. (Com agências internacionais) Veja Mais

Filho do ditador líbio Khadafi anuncia candidatura à presidência

em - Internacional Saif al-Islam, filho do falecido ditador líbio Muamar Khadafi, apresentou neste domingo (14) sua candidatura oficial às eleições presidenciais previstas para dezembro, anunciou um funcionário da Comissão Eleitoral. "O candidato Saif al-Islam Muamar Khadafi apresentou sua candidatura à presidência do Estado líbio", anunciou a Alta Comissão Eleitoral (HNEC), que organiza as eleições de 24 de dezembro e as parlamentares de janeiro."Ele apresentou os documentos de sua candidatura no escritório da HNEC em Sabha (sul), completando assim todas as condições legais exigidas pela Lei nº 1 sobre a eleição do chefe de Estado, aprovada pelo Parlamento", afirma um comunicado.Saif al-Islam, de 49 anos, também recebeu o título eleitoral da cidade de Sabha, segundo a Comissão Eleitoral.As eleições serão o ponto máximo de um difícil processo político patrocinado pelas Nações Unidas e devem encerrar uma década de caos desde a queda do regime de Muammar Khadafi, assassinado em 2011 em uma revolta popular.Também devem representar o ponto final dos combates entre grupos rivais, um do oeste e outro da região leste do país. Veja Mais

Seis manifestantes mortos e diretor da Al-Jazeera detido no Sudão

em - Internacional As forças de segurança do Sudão anunciaram neste domingo (14) a detenção do diretor do escritório do canal Al-Jazeera em Cartum, o que aumenta a pressão sobre a imprensa um dia após a morte de seis manifestantes em uma das jornadas mais violentas desde o golpe militar."As forças de segurança realizaram uma operação na casa de Al-Musalami al-Kabbachi, diretor da Al-Jazeera no Sudão, e ele foi detido", afirmou o canal de televisão com sede no Catar em sua conta no Twitter. Os motivos da detenção não foram divulgados. Centenas de ativistas, opositores e manifestantes contrários ao golpe também foram detidos.O Sudão entrou em um período turbulento em 25 de outubro, quando o general Abdel Fattah al-Burhane, que já comandava o Conselho de Soberania, o principal organismo de poder do Sudão após 30 anos de ditadura, determinou a detenção da maioria dos civis com os quais compartilhava o poder. No mesmo dia, ele também dissolveu todas as instituições do país e declarou estado de emergência. Desde então, a Al-Jazeera cobre as manifestações contra o golpe de Estado, várias delas ao vivo. O canal também entrevistou há menos de uma semana o general Al-Burhane, que só falou com a imprensa duas vezes desde o golpe de Estado.No sábado, militantes pró-democracia convocaram dezenas de milhares de pessoas para protestos contra o golpe em todo o país, apesar da grande mobilização militar e de outros obstáculos, incluindo o bloqueio do serviço de internet.As forças de segurança tentaram impedir as manifestações com uma repressão violeta. O balanço atualizado de um sindicato de médicos contabiliza seis manifestantes mortos em Cartum no sábado, incluindo um adolescente de 15 anos. Desde 25 de outubro, data do golpe, 21 manifestantes morreram e centenas ficaram feridos, de acordo com o sindicato. A polícia negou ter atirado contra os manifestantes e anunciou um balanço de 39 feridos em estado grave entre os agentes.A embaixada dos Estados Unidos em Cartum condenou o "uso excessivo da força" em uma mensagem no Twitter. Em abril de 2019, mais de 250 manifestantes morreram na revolta popular que levou o exército a derrubar o ditador Omar al-Bashir.Apesar da violenta repressão de sábado, as Forças da Liberdade e Mudança (FFC, na sigla em inglês), o bloco civil surgido da revolta que derrubou Bashir, convocaram novas manifestações para a próxima quarta-feira."Nosso caminho para um Estado civil e democrático não termina", afirmou em um comunicado o bloco, que tem alguns de seus líderes detidos desde o golpe.- Promessas de eleições -O general Abdel Fattah al Burhan nomeou na quinta-feira um novo Conselho Soberano, do qual foram excluídos os representantes do bloco que pede a transferência de poder aos civis. Este conselho foi criado após a queda em 2019 do ditador Omar al-Bashir para supervisionar a transição à democracia. Mas em 25 de outubro, Al Burhan dissolveu todas as instituições. Com seu número dois, o general Mohamed Hamdan Daglo, comandante das influentes Forças de Apoio Rápido (RSF), paramilitares acusados de vários abusos, Burhan prometeu organizar "eleições livres e transparentes" no verão de 2023.As promessas não apaziguaram a oposição. "Agora que aconteceu o golpe, os militares querem consolidar seu controle do poder", afirmou Jonas Horner, pesquisador do International Crisis Group. Veja Mais

Vivo Y15A é lançado com o chip Helio P35, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento

tudo celular Novo modelo vem com uma configuração muito semelhante a do recém-lançado Y15s 2021. Veja Mais

Advertências falsas de ciberataques enviadas de um servidor do FBI

em - Internacional Vários e-mails falsos atribuídos ao Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos foram enviados no sábado de um servidor seguro do FBI, confirmou a polícia federal americana.O FBI (Departamento Federal de Investigação) e a Agência de Infraestrutura e Cibersegurança (CISA) confirmaram o incidente após relatos de especialistas da organização europeia Spamhaus."O FBI e a CISA estão a par do incidente desta manhã que envolveu e-mails falsos de uma conta de e-mail @ic.fbi.gov", afirma um comunicado."O equipamento afetado foi desconectado pouco da descoberta do problema", acrescenta a nota, que pede à população para "ter cuidado com os remetentes desconhecidos e denunciar qualquer atividade questionável".O FBI, no entanto, não revelou detalhes sobre a forma como os e-mails foram enviados, se foi alguém que tinha acesso ao servidor ou um hacker.De acordo com a Spamhaus, muitos e-mails foram enviados em duas séries no sábado, a partir de um endereço oficial que é utilizado por muitas agências governamentais.Algumas mensagens, enviadas em nome do grupo responsável por detectar ciberataques do Departamento de Segurança Nacional, afirmavam: "Urgente, seus sistemas estão em risco".Também advertiram que os destinatários eram alvos de um ataque "sofisticado" por parte de um conhecido grupo que pratica extorsão, de acordo com a Spamhaus. Veja Mais

Serviço de e-mail do FBI sofre ataque hacker e envia mensagens falsas sobre segurança cibernética

tudo celular Agência dos EUA confirmou a invasão e afirmou que já abriu uma investigação sobre o ocorrido. Veja Mais

Clima favorável ajuda plantio de soja no Rio Grande do Sul

G1 Economia Na região central do estado, pelo menos 40% da área total já foi semeada. Clima favorável ajuda plantio de soja no Rio Grande do Sul O plantio de soja já começou no Rio Grande do Sul e o clima está ajudando as lavouras. "Esse ano tá uma expectativa melhor que no ano passado. O clima está mais propício. No plantio do ano passado, era muito seco nessa época. Então está boa agora com chuva mais regulares agora", diz o agricultor Vitor Stefanello, de Júlio de Castilhos. Assista a todos os vídeos do Globo Rural Com isso, os agricultores gaúchos conseguiram avançar com o plantio da soja na última semana. Na região central do estado, pelo menos 40% da área total já foi semeada. Mesmo assim, esse plantio está sendo escalonado por causa dos períodos de estiagem que estão previstos mais para frente. Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima. Vídeos: mais assistidos do Globo Rural Veja Mais

Ex-princesa japonesa Mako se muda com o marido para Nova York

em - Internacional A ex-princesa japonesa Mako Komuro viajou neste domingo (14) para os Estados Unidos ao lado do marido, em uma troca dos antigos rituais imperiais pelas luzes de Nova York.Mako e Kei Komuro se casaram em outubro em Tóquio, após anos de boatos da imprensa e críticas na imprensa pelo relacionamento, o que segundo a ex-princesa provocou "tristeza e dor".O casal, ambos de 30 anos, vai morar em Nova York, cidade em que Kei Komuro estudou Direito e trabalha atualmente.Com a proteção de policiais e seguranças, os dois passaram por quase 100 jornalistas e não responderam as perguntas.Mako, sobrinha do imperador Naruhito, perdeu o título real quando se casou com um plebeu devido às leis de sucessão, que permite apenas a presença de homens no trono japonês.Depois de anunciar o noivado em 2017, o casal enfrentou uma série de reportagens da imprensa sobre as supostas dificuldades financeiras da família de Kei.A realeza japonesa sofre muitas exigências e a Agência da Casa Imperial informou que Mako sofreu estresse pós-traumático com a atenção da mídia."Fiquei assustada, sentindo tristeza e dor quando os boatos viraram histórias sem fundamento", disse Mako em uma entrevista coletiva após o casamento.Kei declarou que ficou "muito triste por Mako ter enfrentado dificuldades mentais e físicas"."Eu amo Mako. Temos apenas uma vida e quero passar com a pessoa que amo", afirmou.A polêmica sobre o casal e a mudança para os Estados Unidos gerou comparações com outro casal real, o príncipe britânico Harry e Meghan Markle.A imprensa japonesa informou que os Komuro, que se conheceram na Universidade de Tóquio, já tem uma casa para morar em Nova York.O imperador japonês não tem poder político, mas é uma figura simbolicamente importante.Com poucos homens na realeza, um debate incipiente começou no Japão sobre as mudanças de regras, com algumas pesquisas que mostra um grande apoio popular a permitir que as mulheres assumam o posto de chefe de Estado.Mas qualquer mudança seria lenta diante da forte oposição dos tradicionalistas. Veja Mais

EUA e China trocam advertências sobre Taiwan na véspera da reunião Biden-Xi

em - Internacional O governo dos Estados Unidos advertiu a China a respeito da pressão que exerce sobre Taiwan, informou o Departamento de Estado, no momento em que as duas potências se preparam para uma reunião de cúpula. O secretário de Estado americano, Antony Blinken, conversou com o ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi, e "expressou a preocupação com a contínua pressão militar, diplomática e econômica da República Popular da China contra Taiwan", afirmou o Departamento de Estado em um comunicado. O presidente americano, Joe Biden, e seu colega chinês, Xi Jinping, devem celebrar uma reunião virtual na segunda-feira, horário de Washington.Blinken e Wang conversaram na sexta-feira para discutir os preparativos da reunião. O Departamento de Estado informou que o chefe da diplomacia americana "pediu a Pequim um diálogo significativo para resolver os problemas (...) de maneira pacífica e coerente com os desejo e os interesses do povo de Taiwan". Por sua vez, Wang advertiu para os perigos das ações americanas que poderiam ser vistas como um apoio à "independência de Taiwan"."Qualquer conivência e apoio para as forças de 'independência de Taiwan' prejudica a paz no Estreito de Taiwan e, no final, será contraproducente", disse Wang a Blinken, segundo o governo chinês.As relações entre as duas maiores economias do mundo passam por um momento grave, em parte por Taiwan, uma democracia autônoma reivindicada por Pequim. No mês passado, o exército da China executou um número recorde de incursões na zona de defesa aérea da ilha. Washington expressou de maneira reiterada o apoio a Taiwan contra o que descreveu como agressão chinesa. O Departamento de Estado afirmou que a reunião entre os presidentes na segunda-feira "representa uma oportunidade para que os dois líderes discutam como administrar de maneira responsável a concorrência entre Estados Unidos e a República Popular da China, enquanto trabalham juntos em áreas nas quais os interesses estão alinhados".Os presidentes já conversaram por telefone duas vezes desde que Biden chegou à Casa Branca em janeiro. Ambos se reuniram quando Biden era vice-presidente de Barack Obama e Xi era vice-presidente de Hu Jintao. O chefe de Estado americano tinha a intenção de se encontrar com o colega chinês durante a recente reunião de cúpula do G20 em Roma, mas Xi não viaja para o exterior desde o início da pandemia de covid-19. "Afirmei repetidamente, nos últimos 10 meses, que a relação com a China é uma das mais importantes e também mais complexas que temos", disse Blinken na sexta-feira."Tem elementos diferentes: alguns cooperativos, outros competitivos e outros adversos, e vamos administrar os três ao mesmo tempo", declarou.Biden mantém em grande medida a postura do antecessor, o republicano Donald Trump, sobre Pequim. Os dois governos consideram que uma China em ascensão é o principal desafio do século XXI para os Estados Unidos.Na quinta-feira, Xi advertiu contra o retorno das divisões da época da Guerra Fria durante um discurso em uma conferência empresarial paralela ao encontro do fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC). "As tentativas de traçar linhas ideológicas ou formar pequenos círculos por motivos geopolíticos estão destinados a fracassar", disse o presidente chinês. Veja Mais

Em Dubai, Guedes diz que Brasil busca 'petrodólares' para investimentos no país

G1 Economia Ministro voltou a pregar otimismo com o crescimento da economia, mas admitiu que juros devem continuar subindo, para conter a inflação. Guedes participou, com o presidente Bolsonaro, de uma feira de aviação. Em Dubai, Guedes diz que Brasil busca 'petrodólares' para impulsionar investimentos O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse neste domingo (14), durante viagem oficial a Dubai, que o Brasil busca "petrodólares" para financiar programas de investimentos no país. Guedes falou com a imprensa durante a abertura de uma feira de aviação, a Dubai Airshow. O presidente Jair Bolsonaro também participou do evento. A comitiva do governo brasileiro chegou neste sábado (13) a Dubai, para uma viagem de uma semana pelo Oriente Médio, que inclui também passagens por Abu Dhabi, pelo Bahrein e pelo Catar. O ministro ressaltou o programa de parcerias entre o governo federal e o capital privado e o externo. Na visão de Guedes, esse modelo vai impulsionar os investimentos no país. "Aqui estão os petrodólares. Nós fizemos um grande movimento no final da década de 80, depois do choque do petróleo, para pegar essa reciclagem de recursos. Só que, naquela época, foi com endividamento. Nós fizemos uma expansão da infraestrutura com base em endividamento. Agora nós vamos fazer com participação nos programas de investimento nossos, nas nossas parcerias de investimentos", afirmou o ministro. Questionado sobre o volume de recursos que o governo conseguiria garantir nesta viagem ao Oriente Médio, Guedes afirmou que ainda não tem a projeção, mas que o importante é conseguir o engajamento dos investidores. "O número é difícil. O importante é assegurar a participação deles. Por exemplo, tivemos boas notícias. Vão estar presentes agora, nos leilões de petróleo e de gás natural que nós vamos fazer", informou. Em um momento em que a retomada da economia, após o choque da pandemia de Covid, dá sinais de desaceleração, com inflação em alta, desemprego persistente e queda nas atividades de alguns setores, Guedes voltou a dizer que o Brasil vai surpreender positivamente. Entenda: os efeitos da inflação de dois dígitos na economia e na sua vida Ele citou que investimentos de R$ 700 bilhões já estão garantidos nos programas de parceria do governo. Guedes admitiu, no entanto, que os juros devem continuar subindo, para conter a inflação, como já alertou o Banco Central. "Então nós estamos muito otimistas. Nós achamos que... O crescimento da economia brasileira já está contratado. Os juros vão subir um pouco para combater a inflação, mas o crescimento está contratado. São R$ 700 bilhões já comprometidos, fora o trabalho que vamos continuar fazendo", explicou o ministro. Bolsonaro passeou pela feira de aviação, em Dubai VÍDEOS: veja mais notícias de política Veja Mais

Final de safra da cana-de-açúcar é marcado por queda de produtividade

G1 Economia Se antes a preocupação era com a estiagem, agora, com a volta das chuvas, é com a incidência das pragas. Final de safra da cana-de-açúcar é marcado por queda de produtividade Tv Tem O balanço do fim de safra da cana-de-açúcar não foi bom para muitas plantações do noroeste paulista. As dificuldades com o clima reduziram a produtividade e, se antes a preocupação era com a estiagem, agora, com a volta das chuvas, é com a incidência das pragas. Na comparação dessa safra com a passada, a queda na produção foi de 23% na área da Aplacana, que tem 320 produtores associados na região noroeste do estado. A produtividade também diminuiu de 91 toneladas de cana por hectare para 71 toneladas por hectare. O cenário não foi positivo apenas para esta região. Segundo a União da Indústria da Cana de Açúcar, a previsão de safra no Brasil era em torno de 560 milhões de toneladas, mas não passou de 518 milhões. A falta de chuva na época certa e as geadas castigaram plantações inteiras, o que contribuiu para esta diminuição. (Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em 14/11/2021) Final de safra da cana-de-açúcar é marcado por queda de produtividade Além de lidar com os fatores climáticos, os agricultores também têm as pragas para se preocupar. Uma das mais comuns é a "cigarrinha", um inseto que suga as células da cana. Na fase inicial, ela fica alojada entre as raízes. Para medir a infestação, eles usam armadilhas que soltam um cheiro que atrai os insetos. Dependendo da intensidade, é preciso agir rápido. Outra praga que pode fazer um grande estrago na plantação é a broca, uma espécie de mariposa que perfura a parte mole da planta. O agricultor Juliano Maset tem 160 hectares plantados com cana no município de Monte Aprazível (SP). Desde que as chuvas voltaram, ele sabe que mais cedo ou mais tarde as pragas podem aparecer. Na área dele, a infestação por enquanto é só de cigarrinha, sem grandes estragos causados pela broca. Existem duas maneiras de combater essas pragas: por meio do controle biológico ou químico. Em outra fazenda, localizada em Tanabi (SP), o agricultor Lucas Pavani sabe o que é enfrentar a infestação dessas pragas. Desde que passou por esse problema, nunca mais descuidou da plantação. Em uma cana que já está com três meses, as avaliações que medem a intensidade das pragas são feitas a cada 20 dias. Evitar a cigarrinha e a broca é o mesmo que evitar prejuízos na cultura. Acesse + Tv Tem | Programação | Vídeos | Redes sociais VÍDEOS: veja as reportagens do programa Confira as últimas notícias do Nosso Campo Veja Mais

Egito inicia testes clínicos de sua própria vacina contra covid-19

em - Internacional O ministro da Saúde do Egito, Khaled Abdel Ghaffar, anunciou que o país iniciará testes clínicos de uma vacina de fabricação nacional, contra a covid-19. Ele disse que o imunizante se chamará Covi Vax e que os experimentos começarão com dezenas, depois com centenas e eventualmente com milhares de pessoas. O anúncio foi a primeira indicação de que os pesquisadores passaram da produção da vacina e dos primeiros testes para a aplicação nas pessoas que participarão dos ensaios. A Organização Mundial da Saúde (OMS) já havia reconhecido a vacina egípcia como uma das centenas de fórmulas em todo o mundo que estão em desenvolvimento. O imunizante age incluindo proteínas do vírus original para provocar uma resposta imunológica. Fonte: Associated Press. Veja Mais

Partido anticorrupção surpreende em eleições na Bulgária, aponta pesquisa

em - Internacional Uma pesquisa de opinião conduzida pela Gallup Internacional aponta que o recém-fundado partido anticorrupção está na liderança das eleições parlamentares na Bulgária com 25,8% dos votos, superando a oposição de centro-direita GERB do ex-primeiro-ministro Boyko Borissov em mais de 2%.Fundado há apenas algumas semanas por dois graduados na Universidade de Harvard, Kiril Petkov, 41, e Asen Vasilev, 44, o partido rapidamente ganhou amplo apoio devido às suas ações antissuborno e promessas de trazer transparência, tolerância zero para a corrupção e reformas para setores-chave do membro mais pobre da União Europeia (EU).Depois que a Bulgária realizou eleições gerais inconclusivas em abril e julho, muitos esperavam que essa terceira tentativa de eleger 240 legisladores resultasse em um governo que pudesse tirar o país de suas crises econômicas e de saúde.Cinco outros partidos teriam conseguido entrar no Legislativo, de acordo com a votação. Eles incluem o Partido Socialista com 14,4% de apoio, o partido étnico turco MRF com 10,2%, o partido antielite com 8,1%, o grupo liberal anticorrupção da Bulgária Democrática com 7% e o partido nacionalista Revival com 4,3%.Pode levar dias até que os resultados oficiais finais sejam anunciados. Se eles confirmarem a votação, Petkov, o líder do "We Contin the Change", receberá um mandato para formar um novo governo. Fonte: Associated Press. Veja Mais

Riders Republic é diversão raiz sem se levar a sério e inofensivo

Riders Republic é diversão raiz sem se levar a sério e inofensivo

Tecmundo Jogos de esportes radicais têm um espacinho confortável em nosso saudosismo porque remetem aos bons tempos de Master System, Mega Drive, Super Nintendo, divagando pelas eras 8 bits a 64 bits, quando tínhamos inúmeros jogos nessa pegada, sempre com uma proposta arcade por trás. Ligar e sair jogando sem longas explicações na tela é, definitivamente, coisa do passado.Riders Republic nasceu exatamente com essa premissa: ser um show de atrações em mundo aberto com total liberdade, sem firulas e sem enrolação, oferecendo um colossal parque de diversões ao jogador. Para isso, apresenta um mapa imenso, que permite viajar a qualquer lugar quando você bem entender por meio do transporte disponível – e a parte mais legal reside na mistureba dessa salada de frutas.Leia mais... Veja Mais

Manu Gavassi recebe prêmio de melhor artista brasileira no MTV EMA 2021; Ed Sheeran é o vencedor da noite

G1 Pop & Arte O cantor Ed Sheeran ganhou o prêmio de artista do ano e também o prêmio de melhor música, com Bad Habits. O EMA, a premiação de melhores do ano da MTV da Europa, aconteceu em Budapeste, na Hungria. Manu Gavassi com seu prêmio em foto publicada em rede social, em 14 de novembro de 2021 Reprodução/Instagram @manugavassi A cantora brasileira Manu Gavassi venceu um prêmio do EMA (European Music Award, cerimônia da MTV europeia) neste domingo (14). Ela disputou o prêmio com Anitta, Ludmilla, Pabllo Vittar e Luísa Sonza. Leia também Veja fotos do EMA 2021 MTV EMA indica Ludmilla e Anitta na categoria brasileira; Justin Bieber lidera indicações principais Gavassi escreveu uma mensagem de agradecimento em um dos seus perfis em redes sociais. Ela agradeceu os fãs, que ela chamou de gavassiers. “[O prêmio] me faz acreditar que vale a pena mesmo ser completamente você mesma em tudo, trabalhar do jeito que você acredita, com mensagem, com propósito, com conceito (sempre, risos) e obviamente com amor”, afirmou. O EMA aconteceu em Budapeste, na Hungria. Saweetie, que apresentou e também venceu um dos prêmios do MTV European Music Awards em 14 de novembro de 2021 Attila Kisbenedek/AFP A premiação do MTV European Music Awards 2021 foi apresentado pela rapper americana Saweetie –além de apresentadora, ela também foi vencedora em uma das categorias, a de melhor novidade. Ed Sheeran com um dos seus prêmios no palco do MTV European Music Awards, em Budapeste, em 14 de novembro de 2021 Attila Kisbenedek / AFP O cantor Ed Sheeran ganhou o prêmio de artista do ano e também o prêmio de melhor música, com Bad Habits. O Melhor videoclipe foi de Lil Nas X, com a canção Montero (Call Me By Your Name). O BTS, da Coreia, ganhou o prêmio de melhor pop. A melhor parceria foi a de Doja Cat com participação de SZA, que lançaram a música Kiss Me More. O Måneskin, da Itália, venceu como melhor rock. Yungblud venceu o prêmio de melhor artista alternativo. O prêmio de melhor artista latino foi para o colombiano Maluma. O colombiano Maluma, de rosa, se apresenta no European Music Awards, em 14 de novembro de 2021 Attila Kisbenedek/AFP Nicki Minaj venceu o prêmio de melhor artista de hip hop. Veja a lista de vencedores: Veja a lista de vencedores: Artista do ano: Ed Sheeran Grupo do ano: BTS Música do ano: Ed Sheeran - 'Bad Habits' Clipe do ano: Lil Nas X - 'MONTERO' (Call Me By Your Name) Artista pop do ano: BTS Revelação: Saweetie Artista de rock: Måneskin Artista de rap: Nicki Minaj Artista Alternativo: YUNGBLUD Artista Eletrônico: David Guetta Maiores fãs: BTS Melhor parceria: Doja Cat ft. SZA - 'Kiss Me More' Melhor artista latino: Maluma Clipe por uma causa: Billie Eilish - Your Power Melhor artista de k-pop: BTS Melhor artista brasileiro: Manu Gavassi Veja os vídeos mais assistidos do g1 Veja Mais

Dilsinho evidencia pagode gravado com Péricles, '90 dias', ao completar o álbum 'Garrafas e bocas'

G1 Pop & Arte ♪ Dilsinho lança o single 90 dias na noite de quinta-feira, 18 de novembro. 90 dias é o samba de Bruno Cardoso, Brunno Gabryel e Sérgio Jr. que Dilsinho gravou com Péricles para o álbum Garrafas e bocas. Faixa inédita, 90 dias integra a quarta e última parte do álbum que Dilsinho vem apresentando aos poucos nos aplicativos de música desde agosto. Essa derradeira parte do disco Garrafas e bocas também inclui as músicas Sem cachê e Última postagem. Além de single, o encontro de Dilsinho e Péricles no canto do pagode 90 dias também gerou clipe programado para entrar em rotação ao meio-dia de sexta-feira, 19 de novembro, com o registro audiovisual da gravação ao vivo. Gravado por Dilsinho em bares cariocas, em rota itinerante que levou o cantor para as quatro regiões da cidade do Rio de Janeiro (RJ), o álbum Garrafas e bocas foi formatado com produção musical dividida pelo artista com Michel Fujiwara e Lelê (US3). Veja Mais

Alemanha cogita retorno ao teletrabalho diante de nova onda de covid

em - Internacional A Alemanha estaria se preparando para voltar ao regime de trabalho em home office, segundo um projeto de lei ao qual a AFP teve acesso neste domingo (14), em um contexto de aumento sem precedentes das infecções do novo coronavírus.A reintrodução da medida, que havia sido suprimida em julho, chega no momento em que o país enfrenta a quarta onda do vírus.Desde meados de outubro, as infecções e as mortes dispararam no país europeu, enquanto a campanha de vacinação já imunizou 67% da população.Com 289 casos por 100.000 habitantes, a Alemanha registrou neste domingo uma taxa de incidência recorde desde o início da pandemia, segundo o Instituto Robert Koch (RKI)."A próxima onda vai eclipsar todas as anteriores", disse o responsável regional da Saxônia, a mais afetada em todo o país, em uma entrevista à publicação semanal Bild am Sonntag.Segundo o rascunho do projeto ao qual a AFP teve acesso, as empresas serão obrigadas a oferecer a opção de teletrabalho se não houver uma "razão laboral imperativa" para comparecer ao local de trabalho.Além disso, as pessoas que trabalharão presencialmente deverão comprovar que estão imunizadas ou que testaram negativo para o vírus.O governo alemão também está preparando medidas para limitar o acesso a certos eventos às pessoas que estejam vacinadas ou tenham se recuperado da doença e possam apresentar um teste negativo, segundo informações da imprensa local. Veja Mais

Exército dos EUA considera 'legítimo' ataque que matou civis na Síria

 Exército dos EUA considera 'legítimo' ataque que matou civis na Síria

em - Internacional O Exército dos Estados Unidos invocou a "legítima defesa" para justificar um ataque aéreo de 2019 na Síria, que deixou civis mortos, depois que o jornal New York Times publicou uma investigação que acusa o Pentágono de ter tentado dissimular a morte dos não combatentes.Segundo a reportagem publicada no sábado (13/11), uma força especial americana que operava na Síria, muitas vezes em sigilo total, bombardeou em três ocasiões, em 18 de março de 2019, um grupo de civis perto de Baghouz, o último bastião do grupo Estado Islâmico (EI) na região, matando 70 pessoas, que incluíam mulheres e crianças.O jornal afirma que um procurador militar "classificou o ataque como um possível crime de guerra", mas "o Exército adotou medidas que dissimularam o ataque catastrófico"."Legítima defesa"O Comando Central das Forças Armadas americanas indicou em um comunicado neste domingo (14) que uma investigação militar determinou que foram "ataques em legítima defesa", "proporcionais" e que "medidas apropriadas foram estabelecidas para excluir a presença de civis".A investigação do Pentágono indica que, além de 16 combatentes do EI, pelo menos quatro civis morreram no ataque e outros oito ficaram feridos.A investigação militar não permitiu "determinar com certeza o status [ndr: combatente ou não] de mais de 60 outras vítimas" desses bombardeios, segundo o comunicado.Algumas mulheres e algumas crianças, "seja por doutrinação ou por escolha, decidiram pegar em armas [...] e, por isso, não puderam ser estritamente identificados como civis", concluiu o Comando Conjunto. Veja Mais

UE e Belarus abordam crise migratória na véspera de reunião sobre sanções

em - Internacional O titular de política da União Europeia (UE) e o ministro de Relações Exteriores de Belarus se reuniram neste domingo (14), pela primeira vez, para tratar da crise migratória, um dia antes da reunião do bloco europeu para ampliar as sanções contra Minsk.O alto representante da UE para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, Josep Borrell, assinalou que falou por telefone com o ministro bielorrusso Vladimir Makei sobre "a situação humanitária precária" na fronteira entre Belarus e Polônia, que representa o limite oriental da UE. "A situação atual é inaceitável e tem que acabar. As pessoas não devem ser utilizadas como armas", afirmou Borrell em um tuíte. De acordo com a declaração bielorrussa sobre a conversa, Makei insistiu que as sanções contra Minsk são "inúteis" e "contraproducentes".Milhares de migrantes procedentes do Oriente Médio acampam na fronteira entre a UE e Belarus, o que provocou o agravamento das relações entre o bloco e os Estados Unidos, de um lado, e Belarus e sua aliada Rússia, do outro. Os países ocidentais acusam o regime do presidente bielorrusso Alexander Lukashenko de organizar deliberadamente a crise, estimulando os migrantes a seguir para este país e depois transportá-los até a fronteira com a Polônia.Belarus nega essa acusação e culpa o Ocidente. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, também rejeita qualquer relação com o caso e pede que Bruxelas dialogue diretamente com Minsk. - Migrantes detidos -Neste domingo (14), a Polônia informou que havia detido dezenas de migrantes procedentes de Belarus, e alertou sobre a possibilidade de uma tentativa maciça de cruzar a fronteira.A polícia assinalou no Twitter que 50 migrantes flanquearam no sábado a fronteira protegida pelas forças da UE e da OTAN, próxima do povoado de Starzyna.Todos foram detidos logo em seguida, segundo os guardas fronteiriços.De acordo com organizações humanitárias, pelo menos 10 migrantes morreram até o momento. As ONGs alertam que a situação está se transformando em uma crise humanitária na medida em que as temperaturas caem abaixo de 0 °C, e pedem uma desescalada. A organização polonesa Medycy na Granicy (Médicos na Fronteira), anunciou neste domingo que estava suspendendo as suas operações depois que cinco veículos utilizados por suas equipes foram danificados por desconhecidos.A associação já tinha sido alvo de situações similares na semana passada quando alguém furou os pneus de sua ambulância, enquanto os profissionais de saúde estavam com os migrantes no interior da floresta.No maior acampamento, perto da cidade bielorrussa de Bruzgi, as autoridades calculam a presença de 2.000 migrantes e refugiados, incluindo mulheres grávidas e crianças. As autoridades de Belarus fornecem ajuda, incluindo barracas e aquecedores, gesto que antecipa uma presença quase permanente na fronteira.A Polônia se nega a permitir que os migrantes entrem em seu território e acusa Belarus de impedir o retorno dessas pessoas a seus países de origem. O ministro do Interior, Mariusz Kaminski, informou no sábado que os migrantes ouviram um boato de que a Polônia permitiria a passagem na segunda-feira e que ônibus seriam enviados da Alemanha para o transporte. O governo polonês enviou mensagens de texto a todos os telefones celulares estrangeiros ao longo da fronteira para denunciar "uma absoluta mentira sem sentido. A Polônia continuará protegendo sua fronteira"."Aqueles que divulgam esses boatos querem estimular os migrantes a atacar a fronteira, o que pode provocar incidentes perigosos", adverte o texto.- 'Lukashenko se equivoca' -Os ministros das Relações Exteriores da UE se reunirão na segunda-feira para ampliar as sanções contra Belarus, após as medidas impostas pela repressão aos opositores do regime de Lukashenko, que governa o país há quase 30 anos.Borrell afirmou que serão adotadas sanções contra "todos aqueles envolvidos no tráfico ilegal de migrantes a Belarus, incluindo companhias aéreas, agências de viagens e funcionários governamentais"."Lukashenko se equivoca, acredita que, adotando represálias, nós vamos dar o braço a torcer e que as sanções seriam eliminadas. Acontece justamente o contrário", disse Borrell à publicação francesa Journal du Dimanche.De acordo com o primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, entre as medidas previstas está o "fechamento total da fronteira para cortar as vantagens econômicas do regime".Em uma entrevista à agência PAP, Morawiecki também afirmou que "toda a comunidade [europeia] deve contribuir" para a construção de um muro na fronteira entre Polônia e Belarus.Por pressão da diplomacia dos países europeus, a Turquia proibiu que iraquianos, sírios e iemenitas viajem para Belarus. E a companhia aérea síria Cham Wings cancelou os voos para Minsk. Veja Mais

Almério se une a Céu para disparar o 'flit paralisante' de Cazuza no álbum 'Tudo é amor'

G1 Pop & Arte Artista reapresenta 'Companhia', música pouco conhecida do 'Exagerado', no disco produzido por Pupillo e agendado para 25 de novembro. ♪ Previsto originalmente para ter sido lançado em maio deste ano de 2021, o álbum em que Almério canta somente músicas de Cazuza (4 de abril de 1958 – 7 de julho de 1990), Tudo é amor, será efetivamente lançado em 25 de novembro. Além da já conhecida participação de Ney Matogrosso na gravação do rock-samba Brasil (George Israel, Nilo Romero e Cazuza, 1988), previamente apresentada em single em 4 de abril, dia do 63º aniversário de Cazuza, o álbum Tudo é amor traz a voz de Céu. A cantora faz dueto com Almério em Eu queria ter uma bomba (Cazuza, 1985), composição cuja letra inclui versos como “Eu queria ter uma bomba / Um flit paralisante qualquer / Pra poder te negar bem no último instante / Meu mundo que você não vê”. Música gravada com a voz de Cazuza para o terceiro álbum do Barão Vermelho, Maior abandonado (1984), mas excluída da seleção final do LP, Eu queria ter uma bomba foi lançada somente em 1985, de forma avulsa, em single incluído e difundido na trilha sonora da novela A gata comeu (TV Globo), estreada em abril daquele ano, quando Cazuza ainda era o vocalista da banda (o cantor somente sairia do Barão Vermelho em julho de 1985). Batizado com o nome de parceria de Cazuza com Laura Finnochiaro, apresentada em 1988 na voz de Ney Matogrosso, o álbum Tudo é amor foi gravado por Almério com produção musical e arranjos de Pupillo, sob direção artística de Marcus Preto. Foi Marcus Preto, a propósito, quem garimpou a maior raridade do repertório do disco, Companhia (Roberto Frejat, Cazuza e Ezequiel Neves, 1987), música gravada somente por Zizi Possi no álbum Amor & música (1987), sem repercussão, e até então então esquecida, sem ter sequer um registro fonográfico de Cazuza. No álbum Tudo é amor, Companhia integra repertório que inclui Cobaias de Deus (Angela Ro Ro e Cazuza, 1989), Quando eu estiver cantando (João Rebouças e Cazuza, 1989) e Perto do fogo (Rita Lee e Cazuza, 1989) – todas três apresentadas por Cazuza no último álbum do artista, Burguesia (1989). O álbum Tudo é amor foi formatado com os toques dos músicos André Lima (pianos, teclados e sintetizadores), Fabio Sá (baixo acústico e elétrico), Juliano Holanda (guitarras e violões) – produtor musical do último álbum solo de estúdio de Almério, Desempena (2017) – e Pupillo Oliveira (bateria). Veja Mais

Bolsonaro lança dúvidas sobre sua filiação ao Partido Liberal

em - Internacional O presidente Jair Bolsonaro deixou em suspenso, neste domingo (14), sua filiação ao Partido Liberal (PL), que é comandado pelo ex-deputado federal Valdemar da Costa Neto, para disputar as eleições em 2022."Quer saber a data da criança se eu nem casei ainda? Que data vai nascer a criança? Tem muita coisa a conversar com o Valdemar", disse Bolsonaro, ao se referir ao ex-deputado e presidente do Partido Liberal, condenado em 2012 por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no julgamento do mensalão. Bolsonaro fez esses comentários a jornalistas brasileiros durante uma feira de aviação Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, onde o presidente se encontra em visita oficial desde a última sexta. Na quarta-feira passada (10), o PL havia anunciado que a filiação de Bolsonaro estava marcada para 22 de novembro. Contudo, em uma nota divulgada hoje, o partido assinalou que a data havia sido adiada após "intensa troca de mensagens na madrugada de domingo". "Eu acho difícil essa data de 22. Tenho conversado com ele, e estamos em comum acordo que podemos atrasar um pouco esse casamento para que ele não comece sendo muito igual aos outros. Não queremos isso", acrescentou Bolsonaro durante a entrevista em Dubai. O chefe de Estado brasileiro está sem partido há dois anos, desde que rompeu com o Partido Social Liberal (PSL), pelo qual foi eleito em 2018. O PL é parte do chamado "Centrão", um grupo informal de partidos considerados mais fisiológicos, que negociam apoio em troca de cargos e verbas importantes. Bolsonaro vive o nível mais baixo de aprovação desde o início de seu mandato, com apenas 22% de avaliações positivas, de acordo com as últimas pesquisas, e aparece como perdedor em uma eventual disputa eleitoral contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em seu giro pela região do Golfo Pérsico, o presidente tenta atrair investimentos dos fundos soberanos de países que importam grandes quantidades de produtos agrícolas brasileiros. Depois dos Emirados, Bolsonaro visitará o Bahrein, na terça-feira (16), e o Catar, no dia seguinte. Veja Mais

Na Índia, forte poluição escurece capital e leva ao fechamento de escolas

em - Internacional Com o céu escurecido por uma nuvem de fumaça cinza, dificuldades respiratórias da população e monumentos desaparecendo por detrás da névoa, o governo indiano ordenou o fechamento de escolas por uma semana e a paralisação de obras de construção por quatro dias a partir desta segunda-feira (15), devido à situação crítica da qualidade do ar, classificada neste domingo como "muito ruim" pela principal agência de monitoramento ambiental da Índia, chamada Safar. Os funcionários públicos vão trabalhar de casa durante uma semana. O céu da capital indiana está coberto neste domingo por uma espessa fumaça cinza e em muitos locais os níveis de poluição atingiram seis vezes além do limite de segurança.Imagens de satélite da agência americana Nasa também mostraram a maior parte das planícies do norte da Índia cobertas por uma névoa espessa. Entre as muitas cidades indianas que enfrentam o problema, Nova Délhi está no topo da lista todos os anos. A crise se agrava especialmente no inverno, quando as queimadas de resíduos agrícolas nos estados vizinhos coincide com temperaturas mais baixas, que geram uma fumaça tóxica. Essa fumaça chega a Nova Délhi, onde causa poluição em uma cidade de mais de 20 milhões de habitantes e agrava uma crise de saúde pré-existente.A autoridade eleita de mais alto escalão da cidade, Arvind Kejriwal, disse que um bloqueio total da cidade provavelmente seria declarado, mas a decisão seria tomada após consulta ao governo federal. Os problemas com poluição não se limitam a Nova Délhi. Em outras áreas urbanas da Índia, a má qualidade do ar tem sido associada às emissões de indústrias sem tecnologia de controle de poluição e do carvão, que ajuda a produzir a maior parte da eletricidade do país. Na cúpula do Clima em Glasgow, a Índia pediu no sábado (13) uma mudança de última hora para chegar a um acordo final nas negociações climáticas cruciais. O país pediu para que se usasse o termo "redução" ao invés do "abandono" da energia movida a carvão. Fonte: Associated Press. Veja Mais

Opositor cubano desafia governo com marcha solitária

em - Internacional Com uma rosa branca nas mãos, o opositor cubano Yunior García pretende sair neste domingo (14) para marchar de forma solitária por Havana, em um desafio à ameaça oficial de ser detido, um dia antes de uma manifestação opositora proibida pelas autoridades.Agentes da Segurança do Estado "me disseram que não vão permitir que eu marche, inclusive já me informaram para qual prisão vão me levar", explicou na sexta-feira (12) à AFP o dramaturgo de 39 anos."Não há nada que me proíba de fazer a marcha no domingo, absolutamente nada, por isso não vou me esconder", afirmou o artista e ativista na entrada de seu pequeno apartamento em um populoso bairro de Havana.Yunior também manifestou preocupação com a possibilidade de episódios de violência na manifestação convocada para segunda-feira na capital cubana e em outras seis províncias. Assim, decidiu marchar sozinho neste domingo por uma das principais ruas de Havana.O grupo de reflexão política 'Archipiélago', criado por Yunior no Facebook e que conta com mais de 30 mil membros, dentro e fora de Cuba, mantém a convocação para o protesto de segunda-feira.Em um pronunciamento exibido na televisão na sexta-feira, o presidente Miguel Díaz-Canel disse que seus correligionários estão preparados "para defender a revolução" e "enfrentar qualquer ação de ingerência contra o nosso país", em referência aos Estados Unidos."Estamos tranquilos, seguros, mas atentos e alertas", assegurou o governante. - 'Fato gravíssimo' -As autoridades cubanas retiraram no sábado as credenciais dos seis integrantes da equipe da agência de notícias espanhola EFE, invocando "a normatividade sobre a imprensa estrangeira". "Nos telefonaram urgentemente e pediram que entregássemos as credenciais", disse no sábado Atahualpa Amerise, chefe de redação da EFE em Cuba, que conta com três redatores, dois fotógrafos e um videomaker.No entanto, na manhã deste domingo, Amerise escreveu no Twitter que as credenciais foram devolvidas para uma redatora e ao cinegrafista após "negociações" com as autoridades. Em Madri, a ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF) condenou o ocorrido e pediu ao governo espanhol que intercedesse para a devolução das credenciais."O governo de Miguel Díaz-Canel não quer evidências dos movimentos em favor da mudança que estão surgindo em Cuba", disse em um comunicado Edith Rodríguez, vice-presidente da RSF na Espanha, que considerou a retirada das credenciais "um fato gravíssimo que deve ser reparado o mais rápido possível". O 'Archipiélago' denunciou na noite de sábado que pelo menos seis coordenadores do grupo foram detidos pelas autoridades, e que o dissidente Guillermo Fariñas permanece sob custódia desde a sexta-feira na província de Santa Clara, no centro da ilha. Veja Mais

POCO M3 Pro vs realme 8 5G: qual celular chinês com rede veloz é melhor? | Comparativo

tudo celular Na hora de ficarem lado a lado, qual deles se sobressai e leva este Comparativo? Vamos descobrir a resposta aqui no TudoCelular. Veja Mais

Após acordo na COP26, mundo deve adotar ações rápidas para evitar catástrofe

em - Internacional Após o acordo alcançado por quase 200 países no sábado em Glasgow, agora o mundo deve atuar de maneira mais rápida possível para reduzir as emissões de gases do efeito estufa e afastar o cenário de aquecimento global "catastrófico", advertem cientistas e e políticos.Depois de duas semanas de negociações e que precisaram de um prazo extra, quase todas as nações do planeta concordaram com um compromisso para acelerar a luta contra o aumento da temperatura. Mas, embora cada décimo de grau centígrado adicional tenha consequências importantes, as decisões do "Pacto de Glasgow" não resultarão em um aquecimento limitado a 1,5°C na comparação com a era pré-industrial, a meta mais ambiciosa do Acordo de Paris, que estabeleceu em 2015 as bases para a ação climática."A catástrofe climática continua batendo em nossas portas", advertiu o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres. "Mantivemos + 1,5°C ao nosso alcance (...) mas o pulso está fraco", declarou o presidente da COP26, o britânico Alok Sharma."As emissões mundiais devem diminuir, de forma imediata, rapidamente, com total urgência", pois continuam aumentando, implorou Joeri Rogelj, do Imperial College de Londres, antes de destacar que "ciência nunca esteve tão presente nas decisões de uma COP".- Fechar as centrais de carvão -Glasgow, berço da revolução industrial alimentada por carvão, será para sempre a cidade onde pela primeira vez no mais elevado nível, após 26 conferências, as palavras "combustíveis fósseis" e "carvão", que designam as principais causas do aquecimento global, foram condenadas em um documento."Isto acontece muito tarde, mas realmente é bem-vindo", afirmou Chris Littlecott, especialista em transição energética do grupo de especialistas E3G. "Em 2021 vimos o fechamento da torneira para o financiamento do carvão, a COP26 inaugurou um novo capítulo, o de acelerar o fechamento das centrais elétricas a carvão que ainda existem".Incluir as palavras carvão e petróleo foi algo complicado. Índia e China conseguiram no último momento atenuar ainda mais a frase da resolução, que cita a "redução" e não "saída" do carvão, o que levou Alok Sharma, com lágrimas nos olhos, a pedir desculpas ao mundo. A mudança da China aconteceu depois que o país anunciou na quarta-feira um acordo surpreendente com os Estados Unidos, o segundo maior emissor de gases do efeito estufa, atrás apenas do gigante asiático. O presidente americano Joe Biden, que no início da COP criticou o colega chinês, Xi Jinping, por sua ausência em Glasgow, terá uma videoconferência com este na segunda-feira.- "Sofrimentos indescritíveis" -"Pequim deve, no futuro próximo, cumprir com as promessas do acordo climático de Glasgow e fixar uma data para acabar com o uso de carvão em seu território", de acordo com Byford Tsang, da E3G. "A maneira como os países estabelecerão uma nova cooperação para alcançar ações mais rápidas nos próximos 12 meses será o verdadeiro teste de aprovação de Glasgow", resume a E3G, que também recorda outras promessas da COP26 a respeito da redução das emissões de metano - poderoso gás de efeito estufa -, do desmatamento ou financiamento das energias fósseis. "Se todos os países, em particular aqueles que são grandes emissores, se limitarem às políticas de pequenos passos e 'business as usual', condenarão as atuais e futuras gerações a viver em um mundo de sofrimentos e danos indescritíveis", adverte a UCS (Union of Concerned Scientists).Os sofrimentos já afetam os países mais pobres, que são os menos responsáveis pelo aquecimento global mas que estão na linha de frente em termos de impacto, e que batalharam em Glasgow para obter financiamento específico para tentar reparar suas "perdas e danos". Estas nações finalmente cederam, de maneira relutante, e aceitaram prosseguir com o diálogo para que não perder os avanços obtidos na luta contra o aquecimento global. "Sempre soubemos que Glasgow não era a linha de chegada", afirmou o enviado americano para o Clima, John Kerry. Doze meses "separam" Escócia e Egito, onde acontecerá a 27ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre o Clima (COP27). Veja Mais

Rainha Elizabeth II cancela presença em evento oficial por recomendação médica

em - Internacional A rainha Elizabeth II, de 95 anos, cancelou a sua presença em uma das principais cerimônias oficiais do Reino Unido neste domingo, 14, devido a um problema nas costas, segundo informou o Palácio de Buckingham. O culto, conhecido como ‘domingo da lembrança’ (Remembrance Sunday), faz um tributo aos britânicos mortos em guerras e é uma das datas mais importantes do calendário da monarca, cuja presença era altamente esperada após recentemente cancelar uma série de aparições por recomendação médica."A Rainha, que sofreu uma torção nas costas, decidiu nesta manhã, com grande pesar, que não estaria apta a comparecer ao culto deste domingo no Cenotáfio", diz a nota oficial divulgada poucas horas antes do início da cerimônia. "A Sua Majestade está desapontada em perder o evento", continua.Ao longo de 69 anos no trono, a monarca só perdeu o evento no Cenotáfio apenas seis vezes, segundo a agência de notícias Reuters: quatro enquanto viajava ao exterior e duas vezes quando estava grávida.A rainha passou a noite em um hospital de Londres no último mês para a realização de exames médicos. No dia 29 de outubro, o palácio divulgou nota em que dizia que médicos indicaram um repouso de 'pelo menos' duas semanas e que evitasse atividades cansativas. Ela cancelou, por exemplo, a sua participação na última Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (COP-26), encerrada ontem em Glasgow, na Escócia.Na última quinta-feira, o Palácio de Buckingham havia dito que a monarca pretendia assistir à cerimônia no Cenotáfio, um memorial de guerra localizado na região central de Londres, do alto de um sacada, como tem feito ao longo dos últimos anos. A Rainha serviu durante a 2ª Guerra Mundial como motorista e mecânica do exército, e dá grande importância ao 'domingo da lembrança'.Neste domingo, os britânicos tradicionalmente usam broches de papoulas, símbolo da data, e fazem dois minutos de silêncio às 11h em todo o território nacional. Outros membros da realeza britânica e políticos compareceram à cerimônia em Whitehall, rua no centro de Londres, e se juntaram a centenas de militares e veteranos de Guerra ao redor do Cenotáfio. O filho da rainha e primeiro nome na linha de sucessão, príncipe Charles, depositou uma coroa de flores em nome da mãe durante a cerimônia, como tem feito desde 2017. A sua esposa, Camilla, a duquesa de Cambridge, Kate, e a condessa de Wessex, Sophie, assistiram à cerimônia do balcão. O primeiro ministro do Reino Unido, Boris Johnson, também foi ao evento.A Rainha continuou a trabalhar de casa durante o seu período de repouso. Ela tem passado a maior parte de seu tempo no castelo de Windsor, no oeste de Londres, mas já passou um final de semana, neste período de repouso, em Sandringham, uma propriedade da família real no leste da Inglaterra. No último dia 1º, ela foi vista descumprindo as recomendações médicas enquanto dirigia o seu carro nos arredores de Windsor. (Com agências internacionais) Veja Mais

Arquivos do polêmico mini-game Hot Coffee são encontrados na versão definitiva do GTA San Andreas

tudo celular Rockstar games enfrentou processos judiciais relacionados ao caso e teve que pagar mais de US$ 20 milhões em uma ação coletiva em 2009. Veja Mais

Parlamentares pressionam Lira pelo fim do foro privilegiado

O Tempo - Política Mais de 50 mil pessoas em cargos públicos têm direito a julgamento especial; proposta reduz benefício para cinco autoridades Veja Mais

Bulgária, afetada pela covid, comparece às urnas pela terceira vez em um ano

em - Internacional Os búlgaros comparecem neste domingo (14) às urnas para as terceiras eleições legislativas do ano, em um momento de alta da pandemia de covid-19 no país com a menor taxa de vacinação da União Europeia (UE).Após o fracasso das primeiras eleições, em abril e julho de 2021, que não permitiram a formação de uma coalizão, a terceira será a definitiva?"Espero que os líderes políticos tenham aprendido a lição e que negociem", declarou à AFP Antony Todorov, professor da Nova Universidade Búlgara."Não podemos não ter um governo", disse Boriana Dimitrova, diretora do instituto de pesquisas Alpha Research, que destacou a prioridade para a gestão da crise de saúde.O governo provisório parece impotente diante do agravamento da situação.Há várias semanas, os hospitais estão saturados e quase 200 pessoas morrem a cada dia em média vítimas do coronavírus no país, onde menos de 25% dos 6,9 milhões de habitantes estão totalmente vacinados. A taxa de mortalidade por covid-19 é uma das mais elevadas do mundo, em um contexto de sistema de saúde defasado. Três pacientes morreram na madrugada de domingo no incêndio de um hospital no sudeste do país."Há uma sensação de caos", afirma Todorov. A incerteza pesa sobre o crescimento econômico e as previsões para a Bulgária foram reduzidas.O partido conservador Gerb, do ex-primeiro-ministro Boiko Borisov (que ocupou o cargo em três oportunidades) "se aproveita muito bem da situação", comenta o cientista político. A formação espalhou pela capital cartazes eleitorais com frases "contra a desordem".As pesquisas apontam Borisov, de 62 anos, com 24% das intenções de voto, o que significa que dificilmente conseguirá governar sem aliados.Isto abre possibilidades para outros partidos, especialmente para dois novatos na política: Kiril Petkov e Asen Vasilev, dois empresários de 41 e 44 anos, respectivamente, formados em Harvard.Os dois sacudiram a campanha com o lançamento em setembro de um movimento centrista, "Continuemos a Mudança". Eles afirmam que a meta é "erradicar a corrupção endêmica" no país. "Há sede de mudança", opina Dimitrova. "Os cidadãos se inclinam a votar nos partidos de mudança que consideram capazes de formar um governo".As pesquisas apontam que Petkov e Vasilev estão empatados com os socialistas, com 16% dos votos.Os dois afirmam que estão dispostos a negociar uma coalizão com outros partidos para acabar com esta crise política inédita desde o fim do regime comunista."São muito entusiasmados, mas têm pouca experiência", relativizou Dimitrova, que prevê uma coalizão "instável" pelas divergências de opinião entre os partidos que defendem a mudança.Paralelamente às legislativas, o país mais pobre da União Europeia também escolhe neste domingo o presidente.Rumen Radev, candidato à reeleição, é o favorito, mas provavelmente terá que disputar o segundo turno, em 21 de novembro, contra o reitor da Universidade de Sófia, Anastas Gerdjikov.Em 2020, Radev se posicionou ao lado dos manifestantes anti-Borisov. Uma vitória dele pode favorecer uma coalizão contra o ex-primeiro-ministro. Veja Mais

Conheça técnica que reduz emissão de poluentes na criação de gado

G1 Economia Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta reúne diferentes atividades em um mesmo espaço de terra, diversificando renda do produtor e contribuindo para o meio ambiente. Conheça técnica que reduz emissão de poluentes na criação de gado Em uma área de 70 hectares no município de São Carlos, interior de SP, pesquisadores da Embrapa Pecuária Sudeste mantém um experimento que pretende reduzir as emissões de gases poluentes à atmosfera gerados na criação de gado. Assista a todos os vídeos do Globo Rural No local onde antes só ficavam os animais, foram plantados eucaliptos. E, dependendo da época, o solo recebe também outras culturas, como o milho. É o que os cientistas chamam de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, sistema que reúne, no mesmo espaço, diversas atividades. Isso diversifica a renda do produtor e traz ganhos para o meio ambiente. Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima. Vídeos: mais assistidos do Globo Rural Veja Mais

Melhores jogos Manager para celular

canaltech Já imaginou como seria ter comando total de uma franquia esportiva? Não é preciso pensar mais. Recentemente mostramos alguns títulos focados somente para os fãs de futebol, mas existem várias opções para os fãs de outros esportes. Jogos parecidos com Football Manager para celular 4 jogos de baseball para celular 5 jogos de basquete para Android Confira abaixo a lista preparada pelo Canaltech com os melhores jogos onde encarna o papel de manager e traça o caminho dentro e fora das partidas rumo à glória. Retro Bowl Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito (compras internas opcionais) Tamanho: cerca de 40 MB para ambas as plataformas (versão 1.4) A New Star Games homenageia os jogos de outrora com seu gráfico pixelado e mescla a estética com uma complexa experiência de gerenciamento de time. Como novo ‘manager’ de uma grande franquia do esporte favorito dos norte-americanos, construa seu 'dream team' e leve-o a glória. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O jogo se divide em dois momentos. Fora dos gramados o jogador pode controlar os gastos com infraestrutura, contratar treinadores com nível mais alto para evoluir seus jogadores e participar de 'drafts' para contratar promessas e investir no futuro do elenco. Durante as partidas, controle as jogadas que sua equipe fará. Isso conversa diretamente com o nível dos seus jogadores já que um 'quarterback' de nível baixo não consegue arremessar tão longe. Adapte-se aos pontos fortes e fracos de seu time e caminhe rumo aos 'playoffs'. Controle seu time dentro e fora de campo para levá-lo a glória (Imagem: Rodrigo Folter/Captura de tela) Top Eleven Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito (compras internas opcionais) Tamanho: cerca de 250 MB para Android e 320 MB para iOS (versão 22.2) Como estamos em terras tupiniquins, não poderia faltar na lista um jogo que permite controlar um clube de futebol. A Nordeus permite que o jogador gerencie um clube, desde seu início até fazer parte das grandes ligas e enfrentar os maiores do mundo. Toda a infraestrutura do seu clube precisa ser erguida para melhorar o potencial de sua equipe. Melhore seu estádio para maior comodidade do público e construa instalações médicas e de juniores para manter seu time na dispute e pensar no futuro da equipe. Além da função de gerenciamento, é possível desafiar jogadores de todo o mundo e vá em busca da vitória através de suas estratégias. Comande como seu time se comportará e faça as substituições necessárias para superar seus desafios e ir em busca de maiores. Construa seu time do zero nesse clássico jogo manager de futebol para celular (Imagem: Rodrigo Folter/Captura de tela) F1 Clash Compatiblidade: Android, iOS Preço: gratuito (compras internas opcionais) Tamanho: cerca de 510 MB para Android e 1,4 GB para iOS (versão 14.00) Se o seu negócio é velocidade, F1 Clash permite que assuma o comando de uma escuderia e controle as ações que levarão seus pilotos a vitória. A Hutch Games dá uma visão do macro dentro e fora das pistas para tomar as decisões corretas sempre. O jogo trabalha com caixotes que podem ser obtidos durante as corridas e premiam o jogador com partes de veículos usadas para melhoria. Também é possível ganhar pilotos e escolher quais deles farão parte de sua equipe. F1 Clash se destaca no momento da corrida. Ela acontece sem que o jogador possa pilotar, a única maneira de ajudar seu piloto é através de decisões que envia por rádio através de uma interface intuitiva. Preste atenção no combustível, escolha o pneu ideal para cada situação e saiba quando ir ao pit stop para controlar a corrida e chegar a vitória. Ajude seus pilotos a chegar a vitória nesse jogo sobre gerenciamento de equipe de Fórmula 1 (Imagem: Rodrigo Folter/Captura de tela) Home Run High Compatibilidade: Android, iOS Preço: R$ 15,99 para Android e R$ 27,90 para iOS Tamanho: cerca de 40 MB para Android e 250 MB para iOS (versão 1.2 para Android e 1.27 para iOS) A Kairosoft tira os jogadores do ambiente profissional e os leva ao ambiente colegial onde precisa treinar jovens potenciais a encontrar seu caminho às grandes ligas. Gerencie o tempo necessário do treino, estudo e melhore as instalações para seu elenco. Existem muitas melhorias disponíveis para fazer seu time treinar com conforto. Construa espaços específicos para cada função, assim como centro de recuperação e locais de lazer para que o nível de seus jogadores evolua o mais rápido possível. Não se esqueça de criar uma agenda específica para os estudos, já que isso se torna parte importante da experiência. Selecione os jogadores que melhor desempenham no esporte e na classe, lide com as diferentes personalidades e dificuldades e se torne o melhor treinador possível para eles. Evolua seu time e faça com que eles saibam manejar estudo e esporte para se dar bem nas grandes ligas (Imagem: Rodrigo Folter/Captura de tela) Retro Basketball Coach Compatibilidade: Android, iOS Preço: R$ 13,99 para Android e R$ 4,90 para iOS Tamanho: cerca de 20 MB para Android e 80 MB para iOS (versão 1.0 para Android e 5.0 para iOS) Se quer uma experiência de treinador sem precisar de um celular potente, Retro Basketball Coach pode ser o título que procura. O jogo é da Swipe Studios, especializada em criar experiências de gerenciamento de time, e leva o jogador ao comando de um grande time de basquete em busca de glória. No menu principal é possível ver os próximos jogos e organizar o clube para os diferentes desafios. Veja os melhores jogadores, realize trocas e mantenha a saúde financeira em bom estado para criar uma franquia estabilizada ao longo dos anos. Durante os jogos é necessário tomar cuidado com a fatiga dos jogadores e realizar substituições durante os intervalos para chegar com um time competitivo ao final. Diferentes adversários exigem diferentes jogadores, então observe bem quem enfrentará e tome as melhores decisões. Monte sua equipe ideal e vença o principal campeonato de basquete do mundo (Imagem: Rodrigo Folter/Captura de tela) Leve seus comandados como manager de seu clube, enfrentando todas as dificuldades para conquistar o topo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Brasil não assina pacto para o fim de carros a gasolina em 2040; por quê? Cristal previsto há 50 anos é encontrado em seu local de origem pela 1ª vez O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Como diferenciar caixa de som JBL original e pirata Veja Mais

Curso on-line explica tecnologia pós-colheita em frutas e hortaliças

G1 Economia Aulas gratuitas começam no dia 18 de novembro. Veja como se inscrever. Curso on-line explica tecnologia pós-colheita em frutas e hortaliças Um curso on-line gratuito sobre tecnologia pós-colheita em frutas e hortaliças será lançado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) no dia 18 de novembro. As aulas, que somarão 70 horas, vão abordar temas como colheita, processamento e qualidade dos alimentos. Acesse aqui para se inscrever no curso. Confira mais cartilhas: Saiba como produzir suculentas e outras plantas ornamentais Como cultivar plantas medicinais Veja como combater pragas que atacam as pimenteiras Aprenda a montar um galinheiro de qualidade e fácil Vídeos mais assistidos do Globo Rural Veja Mais

Reta final de prévia tucana tem apoio envergonhado, negociação e pressão

O Tempo - Política Com disputa acirrada entre Dória e Eduardo Leite, tucanos que acompanham o processo não arriscam prever quem vencerá a votação marcada para 21 de novembro Veja Mais

Giro da Saúde: bebê com cauda; o que acontece quando você coça os olhos; e mais

canaltech A semana foi bem agitada no que tange ciência e saúde, com descobertas importantes, relato de caso raro na medicina e até uma ressonância magnética de uma pessoa coçando os olhos em tempo real — e o quanto esse simples ato pode te deixar impactado. Pronto para mais um Giro da Saúde? Raríssimo! Bebê nasce com cauda de 12 cm e uma esfera na ponta Imagem: Aditya Romansa/Unsplash Aqui no Brasil, um caso suprreendeu a comunidade médica no ano passado, mas veio à tona recentemente após a publicação de um estudo que relata o acontecimento. Em Fortaleza (CE), um bebê nasceu prematuro, mas tinha uma outra característica que chamou ainda mais a atenção dos neonatologistas: a criança asceu com uma cauda de 12 centímetros de comprimento e quatro de diâmetro, além de uma esfera na ponta. Especialistas optaram por remover a cauda, já que o procedimento não faria mal algum à saúde do bebê. A operação foi feita uma semana depois da avaliação e, segundo informações da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), o procedimento foi um sucesso. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Um fato curioso: todos nós, durante o desenvolvimento embrionário, ostentamos uma cauda entre a quarta e a sexta semana de gestação. Essa cauda regride espontaneamente de acordo com a evolução do feto na barriga. No caso do bebê de Fortaleza, a cauda (que contava com vasos sanguíneos e nervos) não se retraiu. A esfera na extremidade, no entanto, era composta apenas por tecido epitelial e adiposo, ou seja, gordura envolta por pele. Para ver fotos e entender melhor o caso, é só acessar o artigo completo aqui. CoronaVac é segura para crianças, aponta novo estudo Imagem: Halfpoint/Envato Elements A Sinovac, farmacêutica responsável por desenvolver a CoronaVac, anunciou resultados de um estudo preliminar sobre o uso do imunizante no público pediátrico. Os ensaios clínicos de fase 3 ainda estão sendo conduzidos na África do Sul, Chile, Malásia e Filipinas. Iniciado em outubro, o estudo agora conta com 2.140 voluntários, com idades que variam entre seis meses e 17 anos. Vale ainda ressaltar que é um estudo multicêntrico, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo. "Os primeiros resultados mostraram que a vacina tem um bom perfil de segurança entre participantes saudáveis com três a 17 anos — para os mais novos, a pesquisa continua em andamento", informou o Instituto Butantan, que é parceiro da Sinovac, em comunicado. Isso significa que, com mais voluntários envolvidos, a situação da vacina aqui no Brasil pode mudar: a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) terá uma base mais sólida para avaliar os benefícios e potenciais riscos da CoronaVac no público pediátrico, uma vez que o estudo anterior contava com menos de 600 participantes, motivo pelo qual a agência negou o uso emergencial da vacina em crianças e adolescentes, alegando, na época, que a amostragem ainda era muito pequena. Anvisa aprova novo local de produção de insumos para vacina da AstraZeneca Imagem: Mika Baumeister/Unsplash Boa notícia para nós, brasileiros: na última terça (9), a Anvisa autorizou que um novo local fabrique o insumo farmacêutico ativo biológico (Ifab) da vacina Covishield (AstraZeneca/Oxford). Após uma fábrica argentina receber a Certificação de Boas Práticas de Fabricação (CBPF). Localizada em Buenos Aires, a fábrica MABXIENCE S.A.U., agora, poderá produzir o insumo da vacina contra a covid-19 e exportá-lo para o Brasil. No momento, a Fiocruz depende de importações do material, e, portanto, "a inclusão dessa planta fabril aumentará o leque de opções para o fornecimento do insumo para a vacina após a inclusão desse novo local de fabricação no registro do produto", explica a Anvisa, em nota. Outra possibilidade é a importação de doses de vacina já prontas. Você nunca mais vai querer coçar os olhos após ver este vídeo Imagem: Twenty20photos/Envato Elements Você está sentado em frente ao computador ou usando o smartphone e de repente dá aquela vontade louca de coçar os olhos. Quem nunca, não é mesmo? Coçar os olhos pode até aliviar, mas quem o faz com frequência deve ficar atento: esfregar as pálpebras contra a retina pode gerar sérios danos oculares. E, para tentar mostrar isso com imagens, um oftalmologista francês compartilhou, em vídeo, uma ressonância magnética (MRI) de um paciente saudável esfregando os olhos em tempo real. Olha só o que acontece com as estruturas internas enquanto você esfrega os olhos: *Psst* Hey kid, wanna see an MRI of what happens when you rub your eye? pic.twitter.com/vn07gPmBdZ — T????ny H???? Tran (@TonyHoWasHere) November 9, 2021 As imagens da ressonância mostram que, ao coçar os olhos, a pessoa os empurra e comprime no crânio. Inclusive, ao empurrar os globos oculares, a ressonância mostra o deslocamento de outras estruturas, como o nervo óptico e tecidos adjacentes. O ato repetido inúmeras vezes traz sérias consequências para a saúde da visão, inclusive pode ser uma das causas do ceratocone — degeneração do olho, na qual a córnea — normalmente, redonda e em forma de cúpula (superfície frontal transparente do olho) — se torna cada vez mais fina e protrusa. Encontraram a causa da "doença da urina preta"! Ulrike Leone/ Pixabay A doença de Haff (ou "doença da urina preta") chamou a atenção no Brasil, uma vez que, só em 2021, mais de 40 casos foram detectados por aqui, principalmente nos estados do Amazonas e da Bahia. Em busca de respostas sobre o que causa a doença, a Fiocruz Bahia, a Secretaria Municipal de Saúde de Salvador e outros institutos nacionais de pesquisa investigaram pacientes de dois surtos, identificados entre janeiro de 2016 e janeiro de 2021, na população baiana. Alguns fatores associados foram levados em conta na investigação: presença de biotoxinas e metais em espécimes de peixes consumidos. A urina dos pacientes escurece, fato que é provocado pela rabdomiólise. Ou seja, ocorre uma ruptura do tecido muscular e essa quebra libera, por sua vez, uma proteína tóxica na corrente sanguínea dos pacientes contaminados. Em termos mais científicos, a lesão muscular resulta na elevação dos níveis séricos de creatina fosfoquinase (CPK), o que provoca o escurecimento da urina. No artigo publicado na Lancet Regional Health – Americas, os pesquisadores brasileiros relatam que a teoria mais aceita é que os peixes e crustáceos não produzem as toxinas, mas acumulam no seu corpo compostos produzidos por outros organismos, como microalgas, através da cadeia alimentar. Assim, o animal contaminado causa a doença de Haff naqueles que o ingerem. Vale dizer que a condição também pode ser desencadeada por um medicamento, por um metal pesado, pela ingestão de toxinas ou por uma atividade física extenuante, após convulsões. Mais sobre ciência e saúde: Nootrópicos: remédios da inteligência realmente funcionam? Raio-X mais nítido do mundo revela imagens inéditas de pulmão com covid; veja Estudo diz que gordura vegetal diminui riscos de AVC; gordura animal aumenta Praga asiática é vista pela primeira vez no Brasil Dormir mais cedo ajuda a manter o coração mais saudável, segundo estudo Exercício físico causa artrite? Ciência tem a reposta Homem perde parte do pênis e do escroto após ser mordido por cobra no banheiro Virologistas, imunologistas, epidemiologistas: quais as diferenças? O que fazer com diagnóstico precoce de demência ainda é um desafio para a ciência 5 hábitos contra ansiedade comprovados cientificamente Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Brasil não assina pacto para o fim de carros a gasolina em 2040; por quê? Cristal previsto há 50 anos é encontrado em seu local de origem pela 1ª vez O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Como diferenciar caixa de som JBL original e pirata Veja Mais

Android 12! OnePlus 9 e 9 Pro recebem a segunda versão Open Beta do OxygenOS 12; veja as novidades

tudo celular Outros celulares da fabricante devem receber a versão beta da nova interface em breve; confira o que há de novo. Veja Mais

Minicabras fazem sucesso no mercado de pets

G1 Economia Clientela está bem espalhada pelo Brasil e até em outros países. Minicabras fazem sucesso no mercado de pets Tv Tem O mercado pet foi invadido nos últimos anos por animais que normalmente estariam em outro tipo de mercado. É o caso das cabras. As que são bem pequenas se destacam e costumam atrair muitos interessados. Estes seres pequenininhos podem ser vistos em um sítio de Itatiba (SP), por exemplo. Além deles, também é possível encontrar miniporcos. Eles são criados para o mercado pet e, nesse ramo, tamanho não é documento e, quanto menor, melhor. A propriedade possui duas raças de cabras: a pygmeu africana e a anã nigeriana. Se uma cabra comum pode medir cerca de um 1,20 metro de comprimento e pesar 90 quilos, estas ficam entre 40 e 50 centímetros de comprimento, pesando de 20 a 25 quilos. (Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em 14/11/2021) Minicabras fazem sucesso no mercado de pets O dono da criação, Rolemberg Macedo, diz que no começo não havia interesse comercial e que o sucesso do negócio tem muito a ver com o interesse que as minicabras vêm despertando. Ele possui 380 animais, incluindo as matrizes. Parte dos animais fica em outra propriedade, em Mato Grosso do Sul. Em Itatiba, são aproximadamente 80. Por mês, o número de crias gira em torno de 20 a 25. Elas ficam na propriedade até atingirem a idade adequada para a venda, por volta de 60 dias. O preço das minicabras varia de acordo com o sexo do animal e também da raça. Também são mais valorizados os exemplares com alto padrão genético e a clientela está bem espalhada pelo Brasil e até em outros países. Acesse + Tv Tem | Programação | Vídeos | Redes sociais VÍDEOS: veja as reportagens do programa Confira as últimas notícias do Nosso Campo Veja Mais

As cenas mais polêmicas dos games

canaltech O mundo dos videogames traz histórias fantásticas aos seus jogadores, mas, às vezes, elas furam a bolha da comunidade gamer e geram rebuliço entre demais políticos, ativistas e órgãos reguladores. Isso costuma acontecer por conta do exagero dos estúdios ou até por opiniões pessoais do público, que, em parte, ainda considera videogames "coisa de criança" — o que é mentira. As cenas mais tristes dos games 10 creepypastas do mundo dos games Naruto, Dragon Ball e mais: os melhores jogos de animes Por isso, o Canaltech relembra as oito cenas mais polêmicas dos games. Você acha essas controvérsias justas ou apenas tempestades em copo d'água? Compartilhe conosco através das redes sociais. Aviso: o texto a seguir contém spoilers e vídeos explícitos e não recomendados para menores de idade. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- 8. Beyond: Two Souls O ator Elliot Page é a estrela de Beyond: Two Souls, jogo interativo da Quantic Dream exclusivo para PlayStation, mas quase processou a Sony pelo uso indevido de nudez. Isso porque o artista não autorizou os desenvolvedores do game a reproduzir o seu corpo nu. Mesmo assim, o estúdio recriou o personagem pelado, sem usar o ator como modelo. Há várias cenas em que o personagem de Elliot, Jodie, toma banho — obviamente, sem roupa. O problema é que o modelo nu, embora não seja jogável, está disponível nos códigos do jogo — e é claro que usuários conseguiram desbloqueá-lo através de mods (modificações) no código-fonte. Elliot cogitou processar judicialmente a empresa, mas as discussões não seguiram adiante.   7. Mass Effect 2 O desenvolvimento de Mass Effect 2, lançado em 2010 pela Bioware, foi influenciado por críticas do passado. Uma das personagens, Jack, deveria ser uma personagem pansexual, ou seja, uma pessoa que se interessa por pessoas independentemente do sexo ou identidade de gênero delas. Entretanto, o estúdio se autocensurou por medo de críticas. Em entrevista ao site The Gamer, Brian Kindregan, roteirista de Mass Effect 2, relembrou que o primeiro Mass Effect foi bastante criticado por mostrar cenas de sexo, citando especificamente um debate na emissora estadunidense Fox News. "Havia uma preocupação de que, como aquilo [as cenas de sexo] já tinha chamado atenção, Mass Effect 2 teria que ser um pouco mais cuidadoso". Em uma espécie de “fla-flu”, o canal debateu uma cena de sexo opcional presente no primeiro Mass Effect, de 2007. A apresentadora chegou a afirmar que permitir esse conteúdo seria como abrir uma “caixa de Pandora” para crianças. Destaque para a manchete “Se”Xbox e para a presença de Geoff Keighley, apresentador do The Game Awards, maior premiação de jogos do mundo, que atuou como uma espécie de “defensor” do jogo.   6. Far Cry 6 Far Cry 6, lançamento recente da Ubisoft, chamou a atenção da PETA (Pessoas pela Ética no Tratamento dos Animais, em tradução livre), uma conhecida ONG ativista norte-americana. O motivo: o jogo contém rinhas de galo como minigame.   Embora alguns considerem a rinha de galo uma manifestação cultural, a prática é proibida em vários países, inclusive no Brasil, por colocar os animais em situação de violência, muitas vezes fatal. Para piorar, as pessoas apostam dinheiro nas brigas e chegam a colocar navalhas e outras lâminas nos animais para machucar a pele e ossos do outro galo. Far Cry 6: ONG de proteção animal pede retirada de rinha de galo 5. GTA: San Andreas Caso você tenha comprado Grand Theft Auto: San Andreas por meios… escusos, digamos, pode ter se deparado com uma polêmica cena conhecida como Hot Coffee. Trata-se de um minigame em que o personagem transava com uma personagem — e tudo era exibido explicitamente. O jogador também podia apertar botões para trocar de posição sexual. Essa cena foi excluída do jogo, mas não do código-fonte do disco. Por isso, usuários conseguiram desbloquear o trecho através de mods e jogá-la livremente. Isso foi suficiente para que a Rockstar fosse criticada pelo ESRB (órgão que determina a classificação indicativa dos jogos na América do Norte) e por senadores estadunidenses, além de ser processada judicialmente.   4. GTA 5 Mais uma polêmica de GTA para a lista, mas agora com o jogo mais recente da franquia: Grand Theft Auto V. Desta vez, pela missão "By the Book", em que, no papel de Trevor Philips, o jogador deve torturar um suposto terrorista arrancando seus dentes e o eletrocutando. Quando o coração do homem para, uma injeção de adrenalina o revive. Embora alguns apontem que a Rockstar tenha feito uma sátira contra a política de guerra dos Estados Unidos, a cena foi repudiada por ativistas anti-tortura, professores, políticos e até mesmo jornalistas especializados em games por conta da violência gráfica explícita.   3. Manhunt Achou que não iria ter mais Rockstar na lista? Achou errado! Manhunt, lançado em 2003 para PlayStation 2, é um jogo de terror furtivo, famoso pelas suas cenas de violência e assassinato cruéis. A história acompanha um presidiário obrigado a participar de filmes snuff — que mostram mortes e assassinatos de verdade, sem efeitos especiais — para sobreviver. Era possível utilizar vários outros objetos nas matanças.   Vários veículos de imprensa e políticos criticaram o jogo pela violência gráfica. O game também foi atrelado à morte de um adolescente na Inglaterra em 2004, o qual fora espancado e esfaqueado. Segundo os pais do garoto, o assassino foi inspirado pelo jogo; a polícia descartou a possibilidade. Mesmo assim, isso foi suficiente para que o governo inglês banisse a sequência Manhunt 2 anos depois devido ao foco “em perseguição e matança brutal”. 2. The Last of Us Part II O game da Naughty Dog tomou uma decisão polêmica (e corajosa) de matar seu protagonista logo nas primeiras horas. Joel é brutalmente assassinado por Abby, a filha do médico que iria operar Ellie no primeiro jogo.   Isso não agradou boa parte dos fãs, que alegaram que a Naughty Dog queria agradar à comunidade LGBTQIA+ por deixar Ellie como protagonista. Outro detalhe que irritou muitos foi o design de Abby, uma mulher musculosa. O game também foi alvo de “review bomb” no Metacritic, um dos principais agregadores de notas e críticas. Isso significa que o jogo recebeu uma enxurrada de comentários e avaliações negativas do público, chegando a ficar com a média 3,4, contra 95 da mídia especializada. Atores e desenvolvedores envolvidos na produção também foram ameaçados de morte pelas redes sociais — nem mesmo o diretor do jogo, Neil Druckmann, escapou. You can love or hate the game and share your thoughts about it. Unfortunately too many of the messages I've been getting are vile, hateful, & violent. Here are just a handful of them (feel it's important to expose.) Trigger Warning: transphobic, homophobic, anti-Semitic, etc. pic.twitter.com/uR9vpGgYQa — Neil Druckmann (@Neil_Druckmann) July 5, 2020 "Você pode amar ou odiar o jogo e compartilhar seus pensamentos sobre ele. Infelizmente, muitas das mensagens que recebo são vis, odiosas e violentas. Aqui estão apenas algumas deles (acho que é importante expor). Aviso de gatilho: transfóbico, homofóbico, anti-semita, etc." 1. Call of Duty: Modern Warfare 2 Uma missão da campanha de Call of Duty: Modern Warfare 2, foi mal recebida pelo público na época do lançamento, em 2009. No trecho, chamado “No Russian” (sem russos, em tradução livre), o jogador controla um agente infiltrado em um grupo terrorista, o qual participa de um tiroteio em massa em um aeroporto de Moscou, na Rússia, repleto de civis inocentes. O game não obriga o jogador a atirar nas pessoas; contudo, os seus companheiros fazem isso por você. A missão também é opcional, e os usuários podem simplesmente ignorá-la caso queiram.   O trecho foi removido do jogo na Rússia; já em países como Alemanha e Japão, era exibida a tela de “game over” caso o jogador matasse alguém — ou seja, o nível recomeçava. Contudo, ela permanece intacta na versão remasterizada do game, Call of Duty: Modern Warfare 2 Remastered, lançada em 2020 — porém, desta vez, a Sony decidiu não vender o jogo na Rússia. Compre aqui o Xbox Series S e entre para a nova geração com o modelo mais compacto da Microsoft Com informações de: BBC, Business Insider, CBR, Dot Esports, Eurogamer, GameSpot, Kotaku, Planalto, Polygon, Rolling Stone, The Guardian, UOL, VG247 Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Qual a diferença entre mar e oceano? 5 aplicativos para limpar a memória do celular Os 10 filmes mais assistidos da semana (13/11/2021) O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Veja Mais

Casa Gucci | Data de lançamento, trailers, o que esperar e mais

canaltech Lady Gaga está mais pronta do que nunca para se destacar em mais uma atuação. Depois de ser venerada pela crítica em seu papel no remake de Nasce Uma Estrela, a popstar protagoniza o filme Casa Gucci, que chega aos cinemas brasileiros no final de novembro. Casa Gucci | Novo trailer mostra o 1º encontro de Patrizia com a família Gucci Casa Gucci | Novas fotos mostram Lady Gaga "vestida para matar" Casa Gucci | Um dos filmes mais esperados de 2021 ganha trailer O longa, dirigido por Ridley Scott, é baseado no livro Casa Gucci: Uma História de Glamour, Ganância, Loucura e Morte, de Sara Gay Forden, que acaba de ser relançado no Brasil. Lady Gaga interpreta Patrizia Reggiani, a esposa de Mauricio Gucci, ex-diretor da grife Gucci que foi assassinado a mando da esposa. Imagem: Divulgação/MGM O filme, então, irá retratar a história com base na perspectiva de Patrizia, desde o momento em que ela conhece Maurizio, interpretado por Adam Driver, é apresentada à família e passa a mergulhar nesse universo de poder regado a muito glamour. Mas essa não é um conto de fadas, e a mulher foi acusada de ser a mandante do crime que matou o executivo com um tiro. A motivação seria o fato de Patrizia ter sido "trocada" por outra mulher, Paola Franchi. Condenada a 29 anos de prisão, ela cumpriu apenas 18 e foi solta por ter apresentado bom comportamento. Lady Gaga não teve contato com Patrizia para a criação da personagem, mas diz estar imersa na figura até hoje, meses depois do fim das gravações. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Casa Gucci: Elenco e equipe Além de Lady Gaga como Patrizia Reggiani e Adam Driver como Maurizio Gucci, o elenco de Casa Gucci conta também com Jared Leto como Paolo Gucci, possivelmente a caracterização mais impressionante do filme. Paolo é filho de Aldo Gucci, interpretado pelo grande Al Pacino, que por sua vez é irmão de Maurizio. O papel de Rodolfo Gucci, pai de Maurizio, ficou por conta do britânico Jeremy Irons. Confira todos os nomes confirmados: Lady Gaga (Patrizia Reggiani); Adam Driver (Maurizio Gucci); Al Pacino (Aldo Gucci); Jared leto (Paolo Gucci); Jeremy Irons (Rodolfo Gucci); Salma Hayek (Pina Auriemma); Mãdãlina Ghenea (Sophia Loren); Jack Huston (Domenico De Sole); Camille Cottin (Paola Franchi); Reeve Carney (Tom Ford); Eva Moore (Chalet Guest); Edouard Philipponnat (Walter); Vincent Riotta (Fernando Reggiani); Bianca Nappi (Clerk); Florence Andrews (Jenny Gucci); Youssef Kerkour (Nemir Kirdar); Mehdi Nebbou; Mia McGovern Zaini (Alessandra Gucci). A direção de Casa Gucci ficou por conta de Ridley Scott, conhecido por estar por trás de filmes como Alien, Blade Runner, Perdido em Marte, Gladiador, Hannibal, Thelma & Louise, entre muitos outros. No roteiro estão Becky Johnston e Roberto Bentivegna. Casa Gucci: Trailers O primeiro trailer de Casa Gucci foi divulgado ainda em julho deste ano. Ao som de Heart of Glass, da banda Blondie, vemos uma breve apresentação dos principais personagens, com ênfase na caracterização de Lady Gaga como Patrizia, que esbanja um sotaque italiano.   Já no segundo trailer, revelado em outubro, vemos a apresentação de Patrizia à família Gucci. A personagem aparece deslumbrada com a vida glamourosa da família, que revela seu lado ganancioso e de busca pelo poder.   Casa Gucci: O que esperar Casa Gucci promete trazer uma história impactante de crime real, mas também deve ser mais um filme que destaca a carreira de Lady Gaga como atriz. Assim como Em Nasce Uma Estrela, a artista não poupa comentários sobre a sua imersão na personagem. Recentemente, em entrevista, Gaga disse que a conexão com Patrizia foi tão intensa que, em alguns momentos, foi difícil sair do papel. "Hoje eu escolhi esse anel e ele se parece com o anel de noivado dela. Eu sinto ela dentro de mim o tempo todo e acho que vai demorar anos [pra tirar]. Levei anos para tirar a Ali de Nasce Uma Estrela e acho que será a mesma verdade aqui", disse a cantora. O longa também deve ser um marco na carreira de Jared Leto, que sempre sonhou eu trabalhar com Ridley Scoot. "Eu lembro de ter conhecido Ridley Scott em 2003, e eu cheguei para ele em um festival de cinema e basicamente implorei para trabalhar com ele. E cerca de 18 anos depois ele disse sim", conta o ator, que também é músico. No caso de Adam Driver, esta é a segunda vez que o ator trabalha com Scott. O primeiro filme foi O Último Duelo, que chegou aos cinemas em outubro deste ano. "Ele é muito focado em primeiros impulsos e eu amo isso, e ele é a pessoa mais despretensiosa e hilária para se trabalhar, adoro estar no set com ele", comenta Driver. Casa Gucci: Data de lançamento Casa Gucci já está com data marcada para estrear nos cinemas brasileiros: 25 de novembro. Então, em poucas semanas poderemos conferir a incorporação de Patrizia Gucci no corpo de Lady Gaga, além de prestigiar um grande elenco em uma história curiosa. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Qual a diferença entre mar e oceano? 5 aplicativos para limpar a memória do celular Os 10 filmes mais assistidos da semana (13/11/2021) O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Veja Mais

Guarda costeira da Itália resgata 550 refugiados em mar agitado

em - Internacional A guarda costeira italiana resgatou 550 refugiados neste domingo, 14, na região de Roccella Jonica, na Calábria. A maioria das pessoas são jovens e crianças provenientes do Egito. Os migrantes estavam em dois barcos, sendo que o primeiro foi encontrado na noite de sábado e o segundo foi avistado na madrugada de domingo. Eles estavam no mar agitado do Sul da Itália.Embora a maioria dos refugiados busque chegar à Itália da Líbia e da Tunísia, as autoridades observaram que um número crescente de barcos contrabandistas que se dirigem para a costa europeia estão seguindo uma rota que começa na Turquia e termina no extremo sul da península italiana.Os refugiados que navegam do Norte da África são geralmente levados para Lampedusa, uma pequena ilha italiana, ou para portos na Sicília. Mas aqueles que deixaram a Turquia são transferidos para a Calábria ou para a Apúlia, no "calcanhar" da bota italiana. Neste ano, 57,883 mil imigrantes chegaram à Itália por via marítima. Fonte: Associated Press. Veja Mais

Votação é encerrada em eleições parlamentares cruciais para o governo Fernández na Argentina

em - Internacional Os argentinos compareceram às urnas neste domingo (14) para eleições parlamentares de meio de mandato que são cruciais para o governo peronista de centro-esquerda de Alberto Fernández, ameaçado pelo revés das primárias de setembro e que tenta salvar a governabilidade para os próximos dois anos de mandato."Terminamos um dia eleitoral muito bom. Tudo correu normalmente. Pelos primeiros dados da Câmara Nacional Eleitoral, temos um percentual de comparecimento entre 71 e 72%. Havia mais gente do que nas primárias de setembro", declarou o Ministro do Interior, Wado de Pedro, pouco depois do encerramento dos centros de votação às 18h00 locais (Mesmo horário de Brasília).De Pedro confirmou que os primeiros resultados da votação serão informados a partir das 21h00. Pesquisas de boca de urna estão proibidas.Depois do revés sofrido pelo governo nas primárias de setembro, os olhos estão voltados para a populosa periferia de Buenos Aires, com quase 40% da lista eleitoral e bastião histórico do partido governista peronista. A capital e outras grandes cidades estão nas mãos da oposição.A votação renovará 127 das 257 cadeiras da Câmara dos Deputados, na qual a governante Frente de Todos tem a primeira minoria.A disputa mais arriscada para o governo está no Senado, presidido pela influente vice-presidente Cristina Kirchner, onde serão renovadas 24 das 72 cadeiras. Na Câmara Alta, o governo de Fernández coloca em jogo seus 41 senadores, contra 25 da coalizão de centro-direita Juntos do ex-presidente Mauricio Macri (2015-19), a principal da oposição.- O dia seguinte -Consideradas uma espécie de grande pesquisa em todo o país, as primárias de setembro resultaram em um duro golpe para a governista Frente de Todos (FDT), que recebeu 33% dos votos a nível nacional, contra 37% da coalizão Juntos."Amanhã é segunda-feira e a Argentina continua e temos que seguir trabalhando para construir o país que queremos", disse o presidente depois de votar, acompanhado pela primeira-dama Fabiola Yañez, que está grávida.Fernández busca assegurar a governabilidade para os próximos dois anos de mandato, enquanto todos os candidatos já pensam na disputa à presidência de 2023.Macri, principal referência da oposição, adiantou que "esses próximos dois anos serão difíceis" e, em um tom de vencedor, garantiu que sua coalizão "atuará com muita responsabilidade, ajudando para que a transição seja a mais ordenada possível".- "Medo" -"Amanhã será 'O' dia. Tenho medo pela economia, o salário não é suficiente. Vença quem vencer, o país demorará muito para se recuperar. Estou muito descrente de tudo", declarou à AFP Oscar Navarro, vendedor de pastéis de 50 anos, sem revelar em quem votou."É claro que votei no presidente. Tenho muito medo do que pode acontecer na eleição", disse por sua vez Marta Gramiño, uma mulher de 45 anos que se aproximou para filmar Fernández pela janela de um bar no bairro de Boedo, onde o presidente parou para tomar um café.Atraída também pelo barulho das câmeras, Liliana Márquez, 62, funcionária de um hospital, disse que espera que a oposição prevaleça. "Nunca confiei nesses governos peronistas. Votei no macrismo porque não consigo encontrar uma alternativa"", criticou.- FMI e inflação -Nas últimas semanas, o governo anunciou medidas econômicas e um controle de preços, em uma tentativa de combater a inflação galopante, que acumula 41,8% entre janeiro e outubro, uma das mais elevadas do mundo.Fernández também endureceu o discurso a respeito do Fundo Monetário Internacional (FMI), com o qual a Argentina tenta obter um acordo para substituir o crédito stand-by de 2018 de 44 bilhões de dólares."Também estamos tendo que resolver a dívida que nos deixaram com o FMI, claro que temos que resolver. Mas não vou resolver em cinco minutos porque quem resolve esse problema em cinco minutos é porque concordou com o Fundo em tudo o que pede", afirmou Fernández no encerramento da campanha.Se não conseguir o novo acordo, a Argentina - que tem 40% de sua população na pobreza - terá que pagar US$ 19 bilhões ao FMI em 2022 e o mesmo valor em 2023.As eleições acontecem no momento em que o país está emergindo da última recessão que começou em 2018 e se aprofundou com uma queda de 9,9% do PIB em 2020 devido à pandemia de covid-19.A queda do número de contágios de covid-19 nas últimas semanas e o avanço do programa de vacinação - com mais de 60% da população com esquema vacinal completo e outros 20% com a primeira dose - possibilitam a retoma das atividades e uma recuperação.Mas o crescimento de quase 9% do PIB previsto para este ano apenas leva a situação de volta ao início do governo Fernández, quando a Argentina já acumulava dois anos de recessão. Veja Mais

Quem é o 'Bolsonaro chileno', que tenta ser 'menos bolsonarista' para ganhar votos

 Quem é o 'Bolsonaro chileno', que tenta ser 'menos bolsonarista' para ganhar votos

em - Internacional Quando o então candidato Jair Bolsonaro fazia campanha pelo segundo turno da eleição presidencial do Brasil, em 2018, o político chileno José Antonio Kast fez questão de visitá-lo e de ser filmado a seu lado, no Rio de Janeiro. Candidato ao Palácio presidencial La Moneda, Kast passou, então, a ser chamado por analistas e na imprensa estrangeira como o "Bolsonaro chileno". A poucos dias do primeiro turno da eleição, que será em 21 de novembro, Kast, presidenciável pela segunda vez, aparece entre os favoritos à sucessão do presidente Sebastián Piñera, de acordo com pesquisas de opinião.Mas agora, na reta final da disputa, quando tenta conquistar mais eleitores, ele busca, publicamente, não se parecer tanto com Bolsonaro, como notaram observadores e políticos chilenos e estrangeiros ouvidos pela BBC News Brasil.Ex-deputado federal por quatro mandatos seguidos, pai de nove filhos, Kast, de 55 anos, é definido como ultraconservador e com motivos para se identificar com o presidente brasileiro - mas não só com ele - e que tem conseguido canalizar o apoio de setores da sociedade chilena. A afinidade com Bolsonaro inclui a defesa da maior presença da polícia e das Forças Armadas nas ações governamentais, agenda contra as liberdades individuais e a favor da liberdade econômica. Entre as bandeiras do político chileno estão "lei e ordem", ações "duras" contra o crime, que o Chile saia da Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas e elimine o Instituto Nacional de Direitos Humanos, organização pública criada em 2010 para monitorar essa área no país. "Claramente, as Nações Unidas estão integradas por países que não acreditam na democracia, que violam permanentemente os direitos humanos (...) como Nicarágua, Venezuela, Coreia do Norte", disse durante um debate presidencial. 'Não ao casamento gay'Advogado e católico, Kast, da Frente Social Cristã, é contra o casamento entre as pessoas do mesmo sexo e o aborto em qualquer circunstância e planeja transformar o atual Ministério da Mulher e da Igualdade de Gênero em Ministério da Família. Suas propostas levaram o portal de notícias El Mostrador, de Santiago, a publicar, no fim de outubro, uma reportagem intitulada: "O preocupante desaparecimento das mulheres como pessoas de direito no programa presidencial de Kast".Em entrevista à BBC News Brasil, o senador Manuel José Ossandón, da governista Renovación Nacional, disse que esta é uma das promessas de campanha que dificilmente será colocada em prática, caso Kast chegue a ser eleito, já que "institucionalmente" seria difícil que a pasta fosse eliminada. Ossandón e diplomatas estrangeiros também ressaltam que a promessa de ações "duras" com a "militarização" de regiões do país também teria dificuldades de sair do papel. "Por questões institucionais e porque os carabineros, polícia militarizada, e os militares não querem, não mostram essa inclinação", disse uma fonte. Para o sociólogo chileno Manuel Antonio Garretón, caso seja eleito, com o programa de governo que apresentou, o presidenciável teria "problemas de legitimidade".Kast costuma criticar o que define como "direita light" e, numa conversa com diplomatas europeus, disse que sua identificação política é maior com os atuais líderes da Polônia e da Hungria - bastiões do populismo de direita na Europa -, como relatou um dos presentes no encontro à BBC News Brasil. A Hungria é liderada pelo premiê Viktor Orban, conhecido por sua retórica anti-imigração, acusado de erodir o sistema democrático do país e sob constante atrito com a União Europeia. Na pandemia, ampliou seus poderes por decreto e, em julho, o Parlamento húngaro aprovou uma lei vetando que expressões de homossexualidade sejam apresentadas a menores de idade - o que gerou críticas do Parlamento Europeu.O líder polonês, Andrzej Duda, também ultraconservador, é igualmente contrário aos LGBTQIAP+, e, em sua agremiação política, foi dito que a homossexualidade chegou do exterior ao país. 'Nostalgia do pinochetismo'Há apenas poucos meses, Kast era quase o lanterninha na disputa presidencial. País com cerca de 19 milhões de habitantes, o Chile vive um momento histórico, na visão de estudiosos. A série de manifestações, realizadas antes da pandemia, levaram o presidente Sebastián Piñera a convocar um plebiscito que levou à formação da Assembleia encarregada de redigir a primeira Constituição em tempos democráticos. A atual, em vigor, data de 1980, da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990). "Se ele (Pinochet) estivesse vivo, votaria em mim", disse Kast na campanha presidencial de 2017, de acordo com reportagem da época do El País.Nas manifestações, as bandeiras incluíam pedidos como liberdades individuais, questões de gênero e inclusão social. Como Kast passou a aparecer à frente nas pesquisas de opinião neste contexto?Nos últimos dias, pesquisas de opinião colocam Kast à frente. A sondagem do instituto Cadem, por exemplo, aponta que Kast teria 25% das intenções de voto no primeiro turno. O candidato da esquerda Gabriel Boric, do Apruebo Dignidad, teria 19%, e o governista Sebastián Sichel, do Chile Podemos, 8%. O professor de Ciências Políticas Guillermo Holzmann, das Universidades de Valparaiso e de Talca, entende que pelo menos três fatores justificam o fenômeno atual, apesar de ele não acreditar na possibilidade de que Kast seja eleito presidente."Kast representa uma demanda de segurança e ordem compartilhada por parte da sociedade chilena diante do aumento da insegurança pública. Ele também simboliza a visão deja vú do pinochetismo, além do vazio deixado pelo governo (atual)", disse Holzmann. O analista lembra que Kast recebeu cerca de 7% dos votos na eleição presidencial de 2017 e, no passado, foi um dos poucos (junto com apenas cerca de 20% dos eleitores) a serem contrários ao plebiscito sobre a realização de uma nova Constituição, convocado por Piñera. "As pesquisas mostram que Kast está à frente, mas, na nossa análise, ele chegou a um teto, similar aos 20% que foram contra o plebiscito e hoje seria difícil que seja eleito", disse Holzmann. Menos bolsonarista, pero no muchoPara tentar ampliar sua margem de votos, o candidato passou a mostrar um discurso "menos bolsonarista", como observaram analistas, políticos e altas fontes chilenas. "Ele começou a se afastar da imagem de Bolsonaro ao ver como o presidente brasileiro agiu diante da pandemia", disse o senador Ossandón.Em um debate presidencial, em setembro, o candidato governista Sichel lembrou a Kast que ele esteve com Bolsonaro no Rio, quando até lhe presenteou com uma camiseta de futebol. Foi quando Sichel lembrou diante das câmeras de televisão: "Bolsonaro disse coisas que para mim são impressionantes. Por exemplo que os homossexuais são homossexuais por consumo de drogas e que seria incapaz de amar um filho homossexual. Você continua defendendo Bolsonaro?". O candidato ultraconservador respondeu, então: "Não compartilho tudo o que ele diz. Mas Bolsonaro fez coisas importantes como tirar a delinquência, a corrupção do Brasil e estas coisas, sim, compartilho (com ele)".No debate, o presidenciável governista ainda insistiu se Kast não se arrependia, depois das declarações do presidente brasileiro, de ter levado a camiseta para ele. "Não, não me arrependo, de jeito nenhum", respondeu. Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal! Veja Mais

Melhores extensões para usar no Google Meet

canaltech O Google Meet (Android | iOS | Web) é um dos aplicativos de videochamadas que mais tem bombado desde 2020, quando o mundo se isolou por conta da pandemia de covid-19. O que muita gente talvez não saiba é que o programa é compatível com extensões que aumentam ainda mais a produtividade no uso do serviço. 5 ótimas dicas para usar e dominar o Google Meet Google Meet: 5 dicas para organizar e transmitir aulas online Como usar modo de economia de dados do Google Meet A seguir, o Canaltech preparou uma lista com 8 extensões bem úteis para você usar no Google Meet. Todas elas funcionam apenas na versão web da plataforma e para navegadores baseados no Chromium, o que inclui Google Chrome, Microsoft Edge, Opera e Brave. 8 extensões úteis para usar no Google Meet Google Meet Enhancement Suite Muitos recursos que tornaram a extensão conhecida já existem nativamente no Meet. Porém, o plug-in ainda tem um gerenciamento de recursos mais intuitivo e completo (Imagem: Divulgação/Meet Enhancement Suite) Considerada por muitos como uma das melhores extensões para quem quer extrair o máximo do Google Meet, o plug-in Google Meet Enhancement Suite traz dezenas de recursos adicionais que tornam a plataforma mais sofisticada e próxima do Zoom. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Entre as principais funções está uma opção que silencia o microfone automaticamente e o ativa com apenas um botão, e o recurso de ingressar em chamadas com apenas um clique, sem precisar passar pela tela de espera ou aguardar a aprovação do anfitrião da videoconferência. A extensão ainda conta com uma modalidade Pro, que é paga e libera mais recursos. Dualless O Dualless pode ajudar quem precisa usar o Meet com tela dividida, mas não tem um segundo monitor (Imagem: Divulgação/Ben Lau) Com a extensão Dualless, você pode dividir a janela do navegador em duas partes separadas. Uma vez divididas, as páginas podem ser enquadradas nas proporções (aspect ratio) de 3:7, 5:5 e 7:3. O que é aspect ratio? A principal proposta desta extensão é beneficiar a visualização de dois conteúdos distintos, um deles sendo o Google Meet. É ideal para quem deseja ter funcionalidades de múltiplos monitores, mas que não tem uma segunda tela, de fato. Meetric Faça anotações no Google Meet sem abrir um segundo programa com a ajuda da extensão Meetric (Imagem: Divulgação/Meetric) Meetric é uma extensão voltada inicialmente para o Google Calendário, mas os usuários (e a própria desenvolvedora da ferramenta) viram que o plug-in poderia ser usado no Google Meet. E o que ela faz? Adiciona um bloco de anotações na lateral direita do navegador. A ideia é que você use esse editor de texto sem precisar abrir um novo programa e, consequentemente, minimizar ou diminuir o tamanho da janela da videochamadas. Se outras pessoas também tiverem o Meetric instalado, a mesma janela de conteúdo pode ser editada em conjunto. Google Meet Push-to-Talk Evite situações constrangedoras e use a extensão Push-To-Talk para silenciar automaticamente o som do microfone antes e durante chamadas do Google Meet (Imagem: Divulgação/Zoomcorder) Silenciar o próprio microfone no Google Meet é uma tarefa relativamente simples. Porém, algumas pessoas podem se esquecer de manter o áudio desligado, criando situações um tanto constrangedoras. Pensando nisso, a dica é usar a extensão Google Meet Push-To-Talk, que muta o aplicativo por padrão e só ativa o som ao manter a barra de espaço pressionada. Attendance for Google Meet Com funções específicas para professores, o Attendance ajuda na hora de fazer a chamada de alunos presentes em uma chamada do Google Meet (Imagem: Divulgação/Tyler Lin) Voltada para professores, o Attendance funciona como uma lista de chamada virtual que registra a presença de todos os alunos durante uma videoconferência. A marcação é feita de forma automática, e basta que o estudante entre na chamada para já ser registrado na lista. Como gerar um link para reunião no Google Meet Como colocar foto no perfil do Google Meet O status é atualizado em tempo real, o que significa que, se o aluno ficar ausente ou sair do link, o professor é avisado imediatamente. O anfitrião ainda pode criar mais de uma lista de chamada, além de exportar todas as listas para o Google Apresentações (Sheets) ou Drive, ou como um arquivo de planilha do Excel. Link to Text Fragment Esta extensão é útil para o compartilhamento de trechos de textos no formato de links (Imagem: Divulgação/Google LLC) Desenvolvida pelo Google, a extensão Link to Text Fragment permite que você crie links personalizados a partir de trechos de textos. Dessa forma, você pode enviar para outras pessoas somente o que achar importante, evitando que os participantes de uma chamada percam o foco no que você estiver falando ou apresentando. Para usar a extensão, selecione o trecho que você quer enviar como um link e clique com o botão direito do mouse sobre a seleção. Depois, escolha “Copy Link to Selected Text” para que a extensão gere um link compartilhável. Quando as outras pessoas abrirem aquele link, elas serão direcionadas a uma página contendo apenas o trecho do texto selecionado por você. RPG Meet Dice Multiplayer A extensão RPG Meet Dice Multiplayer traz alguns dados pré-configurados para os principais jogos de RPG de mesa (Imagem: Divulgação/RPG Meet) Você tem um grupo de amigos que jogam RPG de mesa à distância? Então a extensão RPG Meet Dice Multiplayer é uma ótima pedida, dispensando que cada jogador tenha um tabuleiro físico próprio em suas casas. Como mutar o Google Meet no seu PC Como personalizar o fundo de videochamadas no Google Meet O utilitário inclui uma pequena janela no lado direito da chamada do Google Meet que reúne dados de várias faces, além de permitir a inclusão dos itens presentes no jogo de tabuleiro. Já existem pré-definições prontas para serem usadas, mas também é possível definir esses elementos manualmente. Há ainda a possibilidade de adicionar um avatar personalizado com a foto do seu personagem e um tocador de música universal que reproduz a mesma canção para todos os participantes da chamada. Snap Camera O Snap Camera substitui a interface da sua webcam e adiciona filtros e efeitos divertidos (Imagem: Divulgação/Snapchat) Nossa última sugestão não é uma extensão para Google Chrome ou Meet, mas pode ser usada no aplicativo de chamadas do Google. Trata-se do Snap Camera, um programa para Windows e Mac desenvolvido pelo Snapchat, com dezenas de filtros divertidos para você usar enquanto participa de uma videoconferência. O Snap Camera é “conectado” ao Google Meet nas configurações de webcam. Por lá, é só alterar a sua câmera tradicional pela opção “Snap Camera”. Mas importante: primeiro, abra o utilitário do Snapchat e selecione o filtro desejado, uma vez que não é possível fazer essa alteração quando já tiver ingressado em uma chamada. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Qual a diferença entre mar e oceano? 5 aplicativos para limpar a memória do celular Os 10 filmes mais assistidos da semana (13/11/2021) O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Veja Mais

Novo movimento anticorrupção disputa com conservadores eleições legislativas na Bulgária

em - Internacional Um novo movimento anticorrupção disputava voto a voto com os conservadores as eleições legislativas na Bulgária deste domingo (14), a terceira do asquisas de boca de urna.O partido centrista, "Continuamos a mudança", liderado por dois ex-empresários formados em Harvard, teria 23% dos votos, em comparação com 25% do partido conservador Gerb do ex-primeiro-ministro Boiko Borisov.Kiril Petkov e Asen Vasilev, 41 e 44 anos e com pouca experiência política, sacudiram a corrida eleitoral ao lançar este movimento em setembro com o objetivo de "erradicar a corrupção".Estas eleições, as terceiras legislativas do ano, decorrem no meio da recuperação da pandemia de covid-19, no país menos vacinado da União Europeia.Muitos eleitores disseram estar cansados do fracasso das duas primeiras votações, em abril e julho de 2021, que não permitiram a formação de uma coalizão."Espero que ao fim da eleição tenhamos um novo governo para ter uma vida melhor", declarou à AFP Stanka Lenkova, uma aposentada de 73 anos que votou em um subúrbio de Sófia, a capital.Outros eleitores foram menos otimistas. "Todos nós deveríamos ir votar, mas temo que seja em vão", disse Milena Stoyanova, uma aposentada de 62 anos.A participação foi baixa e às 16h00 (11h00 de Brasília) foi inferior a 26%, de acordo com a Comissão Eleitoral, o nível mais baixo nas eleições deste ano."Espero que os líderes políticos tenham aprendido a lição e que isso os leve a negociar", disse à AFP Antony Todorov, professor da Nova Universidade da Bulgária.A formação do Executivo é "de importância vital", afirmou Kiril Petkov, que brevemente atuou como ministro da Economia no governo interino, após votar.- Coalizão "instável" -"Não podemos não ter um governo", disse Boriana Dimitrova, diretora do instituto de pesquisas Alpha Research, que destacou a prioridade para a gestão da crise de saúde.O governo provisório parece impotente diante do agravamento da situação.Há várias semanas, os hospitais estão saturados e quase 200 pessoas morrem a cada dia em média vítimas do coronavírus no país, onde menos de 25% dos 6,9 milhões de habitantes estão totalmente vacinados. A taxa de mortalidade por covid-19 é uma das mais elevadas do mundo, em um contexto de sistema de saúde defasado. Três pacientes morreram na madrugada de domingo no incêndio de um hospital no sudeste do país."Há uma sensação de caos", afirma Todorov. A incerteza pesa sobre o crescimento econômico e as previsões para a Bulgária foram reduzidas.O partido conservador Gerb, do ex-primeiro-ministro Borisov (que ocupou o cargo em três oportunidades) "se aproveita muito bem da situação", comenta o cientista político. A formação espalhou pela capital cartazes eleitorais com frases "contra a desordem".Em relação à nova formação, "Continuemos a mudança", existe uma sede "de mudança", avaliou Dimitrova. "Os cidadãos estão, portanto, inclinados a votar nos partidos da mudança que eles consideram capazes de formar um governo".Petkov e Vasilev "são muito entusiasmados, mas têm pouca experiência", relativizou Dimitrova, que prevê uma coalizão "instável" pelas divergências de opinião entre os partidos que defendem a mudança.Paralelamente às legislativas, o país mais pobre da União Europeia também escolhe neste domingo o presidente.Rumen Radev, candidato à reeleição, recebeu 49% dos votos no primeiro turno, contra 25% de seu principal adversário, o reitor da Universidade de Sófia, Anastas Gerdjikov.Em 2020, Radev se posicionou ao lado dos manifestantes anti-Borisov. Uma vitória dele pode favorecer uma coalizão contra o ex-primeiro-ministro. Veja Mais

Picrew: veja como fazer sua versão de personagem de anime

Picrew: veja como fazer sua versão de personagem de anime

Tecmundo Se você sempre quis saber como criar sua versão de personagem de anime no Picrew, chegou a hora! Neste tutorial, você saberá como criar um avatar personalizado no site de maneira rápida e simples!Nos últimos anos, a tecnologia forneceu diversos produtos interessantes para os fãs de anime. É o caso, inclusive, do site Picrew, que possibilita a criação de avatares personalizados, pensando sempre em como você ficaria se fosse um personagem de anime. De forma gratuita, não é necessário realizar qualquer tipo de download em seu smartphone ou computador, tendo em vista que o acesso se dá por meio de navegadores. Leia mais... Veja Mais

Rainha Elizabeth II não comparece a uma cerimônia oficial por motivos de saúde

em - Internacional "Com grande pesar", a rainha Elizabeth II, de 95 anos, não compareceu a um evento oficial em Londres neste domingo devido a uma dor nas costas, o que reacendeu a preocupação britânica com sua saúde."A rainha, que sofreu uma torção nas costas, decidiu esta manhã com grande pesar que não poderá comparecer ao culto do domingo de Recordação no Cenotáfio",informou um comunicado do palácio."Sua Majestade está desapontada por perder a cerimônia religiosa", completou a nota do palácio.O Palácio de Buckingham havia informado na quinta-feira que a monarca tinha a intenção de participar na cerimônia, uma homenagem às vítimas da guerra, depois de cancelar participações em diversos eventos nas últimas semanas por recomendação dos médicos.Esta seria sua primeira aparição pública desde sua breve hospitalização no mês passado, mas seus médicos não consideraram razoável que ele viajasse de carro ou ficasse de pé durante a cerimônia."É muito triste para a rainha porque é o único evento do ano que realmente gosta de comparecer", afirmou a especialista em monarquia Penny Junor. "A opinião pública ficará muito triste e preocupada ao saber do novo contratempo, mas está claro que tem que se aconselhar e se recuperar", acrescentou Junor.A rainha só perdeu a cerimônia, que tem a presença do primeiro-ministro Boris Johnson e de vários políticos, em outras seis ocasiões durante seu longo reinado, porque estava em viagem ao exterior ou porque estava grávida de seus dois filhos mais novos.Seu filho e herdeiro do trono, o príncipe Charles, que completa 73 anos neste domingo, depositará uma coroa de flores em nome de sua mãe no Cenotáfio, um monumento de guerra no centro de Londres, como tem feito desde 2017.E foi justamente a partir desta data que Elizabeth II começou a confiar algumas de suas funções a outros membros da Família Real.Charles esteve acompanhado do filho mais velho, William. Outros membros da família real também estavam presentes.- "Está bem" -O estado de saúde da rainha preocupa os britânicos, mas o primeiro-ministro Boris Johnson tentou acalmar a população."Gostaria de tranquilizar a todos, vi a rainha em nossa audiência na semana passada em Windsor e ela está muito bem", afirmou Johnson, respondendo a uma pergunta de um jornalista em uma entrevista coletiva na COP26 neste domingo.Durante uma visita ao bairro londrino de Brixton na quinta-feira, o príncipe Charles respondeu de maneira breve a uma pergunta sobre a saúde da mãe: "Está bem", disse.Em 20 de outubro, Elizabeth II aceitou de maneira relutante o conselho de seus médicos para descansar por alguns dias. No dia anterior, ela participou em uma recepção no Castelo de Windsor com o primeiro-ministro Boris Johnson e o empresário americano Bill Gates.Elizabethh II passou a noite seguinte no hospital, sua primeira internação desde 2013, para passar por exames sobre os quais não foram divulgados detalhes. As informações publicadas pela imprensa aumentaram as dúvidas sobre sua saúde, assim como as críticas sobre a falta de transparência do Palácio de Buckingham.Os médicos aconselharam a rainha a prolongar o repouso e cancelar a participação em vários atos públicos. Por este motivo, Elizabeth II não compareceu à COP26, a conferência mundial sobre o clima que aconteceu em Glasgow. Os príncipes Charles e William representaram a família real. Ela também cancelou uma viagem de dois dias à Irlanda do Norte.A rainha, cujo marido, o príncipe Philip, morreu em abril aos 99 anos, foi vista recentemente caminhando com uma bengala, o que não acontecia desde 2004. Mas também foi vista ao volante de seu Jaguar, nas terras do castelo de Windsor, a 40 quilômetros de Londres, seu principal local de residência no momento. A imagem tranquilizou os britânicos.Elizabeth II sucedeu o pai, o rei George VI, em 1952 e no próximo ano completará 70 anos no trono. Veja Mais

Google lança coleção de roupas virtuais inspirada no Android 12

Google lança coleção de roupas virtuais inspirada no Android 12

Tecmundo Promovendo o lançamento da nova linha Pixel 6, o Google disponibilizou um curioso brinde para seus usuários. A novidade trata-se da coleção limitada de roupas "Material You Collection", que leva o mesmo nome da linguagem de design adotada no Android 12. A surpresa, porém, fica para um discreto detalhe: as peças são inteiramente virtuais — e nem sequer podem ser compradas.Mais especificamente, a coleção conta com 12 peças virtuais de roupa, que possuem o objetivo de auxiliar os usuários a "expressarem sua individualidade". Funcionando mais como um conceito de arte, os modelos podem ser experimentados por "todo o público" até o dia 23 de novembro, quando a campanha é encerrada. Infelizmente, a novidade também é regional, sendo limitada aos residentes no Reino Unido.Leia mais... Veja Mais

Aprenda a editar PDF online e até mesmo assinar documentos

Aprenda a editar PDF online e até mesmo assinar documentos

Tecmundo Os arquivos PDF foram criados para que qualquer pessoa possa ler um documento sem a necessidade de ter o arquivo no qual ele foi gerado. Além disso, esse mesmo arquivo não pode ser facilmente alterado, como um texto criado no Word, por exemplo. Para isso, é preciso utilizar aplicativos que façam a conversão dele e, posteriormente, permitam que ele seja alterado.Hoje o TecMundo te ensina como editar um PDF pelo PC ou pelo smartphone, além de criar a sua assinatura de forma digital e utilizá-la sempre que necessitar assinar um documento online. Confira:Leia mais... Veja Mais

John Artis, condenado injustamente por assassinato junto a Rubin 'Hurricane' Carter, morre aos 75 anos

G1 Pop & Arte Caso inspirou filme 'O furação' e canção 'Hurricane', de Bob Dylan. Artis era conhecido como 'o homem esquecido'. John Artis (esquerda) e Rubin "Hurricane" Carter durante chegada ao tribunal, em Paterson, Nova Jersei, em maio de 1967 Anthony Camerano/AP/Arquivo John Artis, o homem que foi condenado injustamente junto ao boxeador Rubin "Hurricane" Carter por triplo assassinato, morreu aos 75 anos. Segundo o jornal The Guardian, Artis morreu no dia 7 de novembro após aneurisma de aorta abdominal, em sua casa, em Hampton, Virginia. A informação foi confirmada por Fred Hogan, amigo de longa data de Artis e Carter. Hogan afirmou que Artis era o "homem esquecido" no caso. Ele ainda afirmou que Carter costumava chamar Artis de seu "herói" pois recusou uma oferta de redução de pena, que comprometeria o boxeador. A história da dupla inspirou obras como o filme "O furacão" (1999), com Denzel Washington, e "Hurricane" (1975), uma das canções mais famosas e aclamadas de Bob Dylan. Artis e Carter foram condenados injustamente em 1966 por assassinato em um caso que aconteceu em um bar em Nova Jersey. Na ocasião, testemunhas disseram que as vítimas, que eram brancas, foram mortas por dois negros. Artis e Carter foram sentenciados a prisão perpétua por um júri formado apenas por brancos. Carter teve sua condenação revogada em 1985. Artis teve sua liberdade condicional anunciada quatro anos antes. Os dois se mantiveram grandes amigos até a morte do pugilista em 2014. Segundo o New York Times, Artis aconselhou presidiários no centro de detenção juvenil de Norfolk e trabalhou de forma voluntária em casos de condenação injustas nos EUA e Canadá. Veja os vídeos mais assistidos do g1: Veja Mais

GTA Trilogy: todos os códigos de GTA 3, Vice City e San Andreas

GTA Trilogy: todos os códigos de GTA 3, Vice City e San Andreas

Tecmundo Com o lançamento de Grand Theft Auto: Trilogy – The Definitive Edition no PC, PS4, PS5, Nintendo Switch, Xbox One e Xbox Series S/X, é claro que muitos dos fãs veteranos não gostariam de ficar sem os famosos códigos de trapaça que tornam os games da série ainda mais divertidos e caóticos. Embora alguns dos cheats clássicos de GTA 3, Vice City e San Andreas tenham sido removidos por problemas técnicos, a maioria deles ainda funciona perfeitamente.Leia mais... Veja Mais

Akatsuki: tudo sobre os membros da organização de Naruto

Akatsuki: tudo sobre os membros da organização de Naruto

Tecmundo A organização Akatuski é composta por membros tenebrosos e poderosos. Agora, chegou a hora de você conhecer mais sobre cada um deles!Naruto se consagrou ao longo de suas diversas temporadas como um dos animes mais famosos do mundo inteiro. E a Akatsuki, organização presente na série, apresentou aos fãs os vilões mais marcantes do mundo dos animes, com poderes únicos e histórias profundas.Leia mais... Veja Mais

PL cancela evento de filiação de Bolsonaro no dia 22 de novembro

O Tempo - Política Valdemar Costa Neto contou que decisão foi tomada 'de comum acordo' com o presidente da República após 'intensa troca de mensagens'; nova data ainda é estudada Veja Mais

Galvão Bueno narra partida de videogame dos netos: 'É bom demais ser avô'

G1 Pop & Arte Narrador foi convocado por Octávio e André para narrar a partida em família e compartilhou as imagens nas redes sociais. Galvão Bueno narra partida de videogame dos netos: 'É bom demais ser avô' Galvão Bueno foi escalado para uma partida especial: o jogo de futebol dos netos no videogame. Neste sábado (13), o narrador atendeu ao pedido de "narra, vovô" dos pequenos Octávio e André, de 5 anos. Galvão ainda convidou a neta Milla, de 7 anos, para comentar a partida. As imagens fofas foram compartilhadas por Galvão nas redes sociais. "Quando os netos pedem, a gente narra até videogame! É bom demais ser avô", celebrou. Galvão Bueno narra partida de videogame dos netos: 'É bom demais ser avô' Reprodução/Instagram Galvão Bueno é representado por totem em foto de aniversário dos netos Vídeos: Saiba tudo sobre entretenimento com o Semana Pop: Veja Mais

O Chamado: saiba tudo sobre a série de filmes de terror

O Chamado: saiba tudo sobre a série de filmes de terror

Tecmundo Já se passaram décadas desde que o primeiro filme da franquia O Chamado foi lançado. O clássico do cinema de terror cativou os espectadores em todos os sentidos, sobretudo pela atmosfera sombria abordada na narrativa. Por conta desse sucesso, alguns remakes foram realizados em Hollywood e também na Coreia do Sul. Mas como essa franquia tão aterrorizante batizada de O Chamado surgiu? Veja tudo o que sabemos sobre o universo desses filmes de terror.Leia mais... Veja Mais

Bolsonaro diz que filiação ao PL não deve sair dia 22

O Tempo - Política Presidente disse que ainda tem ‘muita coisa a conversar’ com Valdemar Costa Neto para que seja o ‘casamento perfeito’ Veja Mais

Conferência do Clima da ONU chega ao fim com metas ambiciosas

G1 Economia Foi a primeira vez que os líderes mundiais se encontraram para revisar os compromissos adotados no Acordo de Paris, assinado em 2015. Conferência do Clima da ONU chega ao fim com metas ambiciosas A Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU) chegou ao fim na sexta-feira (12). A COP26 levou o meio ambiente para o centro do debate global. Foi a primeira vez que os líderes mundiais se encontraram para revisar os compromissos adotados no Acordo de Paris, assinado em 2015. Assista a todos os vídeos do Globo Rural Mais de 100 países concordaram em acabar com o desmatamento e em reduzir as emissões de metano em 30% até 2030, entre eles o Brasil. Cerca de 40 países decidiram também abandonar o carvão nos próximos 30 anos. De acordo com especialistas, independentemente do que foi acordado, ainda não vai ser suficiente para limitar o aquecimento do planeta a 1,5 grau. Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima. Vídeos: mais assistidos do Globo Rural Veja Mais

Argentinos votam em eleições parlamentares cruciais para o governo Fernández

em - Internacional Os argentinos comparecem às urnas neste domingo (14) para eleições parlamentares de meio de mandato que são cruciais para o governo peronista de centro-esquerda de Alberto Fernández, ameaçado pelo revés das primárias de setembro e que tenta salvar a governabilidade para os próximos dois anos de mandato.Quase 34,3 milhões de argentinos estão registrados para votar e os resultados oficiais devem ser divulgados a partir das 21H00, três horas após o fechamento das seções eleitorais.Mais uma vez, a chave está no resultado da populosa periferia de Buenos Aires, que tem quase 40% dos eleitores e é um reduto peronista histórico. A capital e outras grandes cidades estão nas mãos da oposição.A votação renovará 127 das 257 cadeiras da Câmara dos Deputados, na qual a governante Frente de Todos tem a primeira minoria.A disputa mais arriscada para o governo está no Senado, presidido pela influente vice-presidente Cristina Kirchner, onde serão renovadas 24 das 72 cadeiras.Depois de vencer a eleição presidencial de 2019 no primeiro turno, Fernández teve um Senado favorável, com maioria de 41 senadores, contra 25 da coalizão de centro-direita Juntos do ex-presidente Mauricio Macri (2015-19), a principal da oposição.Esta maioria está em jogo com a disputa das vagas de senadores em oito províncias.Consideradas uma espécie de grande pesquisa em todo o país, as primárias de setembro resultaram em um duro golpe para a governista Frente de Todos (FDT), que recebeu 33% dos votos a nível nacional, contra 37% da coalizão Juntos.Após a votação e as críticas públicas de Kirchner, Alberto Fernández mudou parte do gabinete e anunciou novas medidas. Mas as pesquisas não apontam grades mudanças nas intenções de voto em relação às primárias.Desta maneira, Fernández se concentra mais no dia depois da eleição e em assegurar a governabilidade para os próximos dois anos de mandato, enquanto todos os candidatos já pensam na disputa à presidência de 2023.Com o cenário em mente, sindicatos e organizações sociais convocaram uma marcha de apoio ao governo para quarta-feira 17 de novembro.Nas últimas semanas, o governo anunciou medidas econômicas e um controle de preços, em uma tentativa de combater a inflação galopante, que acumula 41,8% entre janeiro e outubro, uma das mais elevadas do mundo.Fernández também endureceu o discurso a respeito do Fundo Monetário Internacional (FMI), com o qual a Argentina tenta obter um acordo para substituir o crédito stand-by de 2018 de 44 bilhões de dólares.Se não conseguir o novo acordo, a Argentina terá que pagar US$ 19 bilhões ao FMI em 2022 e o mesmo valor em 2023.- Mais à direita e mais à esquerda -As eleições acontecem no momento em que o país está emergindo da última recessão que começou em 2018 e se aprofundou com uma queda de 9,9% do PIB em 2019.A queda do número de contágios de covid-19 nas últimas semanas e o avanço do programa de vacinação - com mais de 60% da população com esquema vacinal completo e outros 20% com a primeira dose - possibilitam a retoma das atividades e uma recuperação.Mas o crescimento de quase 9% do PIB previsto para este ano apenas leva a situação de volta ao início do governo Fernández, quando a Argentina já acumulava dois anos de recessão.A irritação social permitiu o avanço de Javier Milei, candidato de uma nova extrema-direita, que atrai eleitores na capital argentina com um discurso ultraliberal que critica o Estado e o que chama de "casta" política. "As ideias de Milei são as que eu sempre expressei", disse Macri em uma tentativa de recuperar o eleitorado de direita.Ao mesmo tempo, o kirchnerismo tenta evitar a fuga de votos pela esquerda, depois que uma frente trostkista conseguiu nas primárias os melhores resultados de sua história com mais de 5% dos votos. Veja Mais

Review Fiat Cronos | Sedã compacto tem enorme potencial desperdiçado

canaltech Lançado logo depois do Fiat Argo, no comecinho de 2018, o Fiat Cronos veio para preencher uma lacuna no portfólio da marca italiana que há muitos anos era ocupado pelo Grand Siena, um dos veículos preferidos de taxistas e motoristas de aplicativo. Com design inspirado no irmão hatch — mas com personalidade própria —, o sedã compacto trouxe nível de acabamento, conforto e equipamentos acima da média para seu segmento. Análise | Fiat Argo HGT surpreende e traz tecnologia e refinamento aos compactos Análise | Nova Fiat Strada une modernidade e robustez para seguir na liderança Venda de carros no Brasil tem leve melhora em outubro; conheça os mais vendidos Entretanto, o alto preço e a ausência de um motor turbo, presentes em concorrentes como Volkswagen Virtus, Chevrolet Onix Plus e Hyundai HB20S, fizeram com que o modelo italiano fosse preterido por esses carros, tornando sua vida bem difícil em termos de mercado e afastando muitos compradores. Produzido na Argentina, o Fiat Cronos nunca chegou a ser destaque, apesar de ser um ótimo produto. Nos dias em que passamos com ele, a sensação é de que se trata de um automóvel com enorme potencial desperdiçado, mas que ainda tem espaço para crescimento em vendas e em sua própria qualidade. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Nós testamos a variante Precision, posicionada como opção intermediária e equipada com motor 1.8 eTorq, e vamos te contar em detalhes como foi a experiência com o Fiat Cronos. (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) Prós Espaço interno Porta-malas enorme Bom desempenho Prazer em dirigir Design atraente Contras Consumo elevado Preço alto Ausência de motor turbo Conectividade e segurança O Fiat Cronos Precision, no momento do lançamento do automóvel, era a variante topo de gama da linha e contava com muito mais itens do que a versão avaliada pelo Canaltech. Entretanto, mesmo com esse reposicionamento, não dá para dizer que o sedã compacto da marca italiana é mal equipado — pelo contrário. De série, ele traz equipamentos como controle de estabilidade e tração, central multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, luz de condução diurna, farol de neblina, chave presencial, sensor de estacionamento traseiro, piloto automático, limitador de velocidade e velocímetro digital. (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)Mas, se você estiver disposto a gastar um pouco mais, pode incluir câmera de ré, sensores de chuva e crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, rebatimento automático dos espelhos externos e airbags laterais, além do bando de couro, que faz parte de outro pacote, voltado para a estética. (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)Vale lembrar que todos os itens descritos acima estavam presentes no Fiat Cronos Precision em seu lançamento, o que certamente pode ter afastado potenciais compradores e feito eles escolherem, por exemplo, a variante 1.3 aspirada com o pacote S-Design, que traz praticamente tudo isso — mais os itens estéticos. Conforto e experiência de uso O ponto forte do Fiat Cronos, seja qual for sua versão, é o conforto. Entre todos os sedãs compactos avaliados pelo Canaltech, ele foi o que teve o rodar mais agradável e o isolamento acústico mais competente, muito em função de seu acerto de suspensão e os ótimos materiais de acabamento, que falaremos mais adiante. Mesmo com um motor defasado, o conhecido 1.8 eTorq de 139cv e 19,3 kgf/m, o desempenho também foi muito bom, apesar da oferta de força desse propulsor não ser tão imediata quanto os concorrentes turbinados. Se no Jeep Renegade esse conjunto, que sempre tem o câmbio automático de seis marchas, é sofrível, no sedã ele sobra. (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)A direção elétrica, a exemplo do seu irmão hatch, o Argo, também é extremamente competente, sendo bem calibrada para o uso urbano e rodoviário. Além disso, a posição de dirigir mais elevada pode agradar pessoas que gostam de SUVs, já que. mesmo sendo um carro baixo, o Cronos te deixa com uma boa visibilidade da rua e das laterais. E por ser um sedã, o espaço interno é um ponto forte, mesmo o Cronos tendo o mesmo entre-eixos do Argo, com 2,52m. Isso é explicado por uma artimanha de engenharia da Fiat, que recuou mais os bancos e os deixou mais inclinados e menores, favorecendo a viagem para pessoas com mais de 1,80m, como é o caso deste repórter. O porta-malas também é outro ponto fortíssimo do Cronos, que ostenta impressionantes 525 litros, mais do que os rivais Virtus e Versa, por exemplo. (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)Entretanto, nem tudo são flores. O consumo do Cronos Precision com o motor 1.8 é pouco convidativo. Quando abastecido com etanol, nossas médias não foram superiores a 6 km/l na cidade e 9 km/l na estrada. Além disso, incomodou o fato de um veículo que pede mais de R$ 80 mil ter perdido tantos equipamentos essenciais como os que listamos anteriormente. Os itens de conforto de série presentes no Cronos Precision são os bancos traseiros bipartidos, ar-condicionado digital e automático, aletas para troca de marchas, e os seletores de música e volume posicionados atrás do volante. "O ponto forte do Fiat Cronos é, sem dúvida, o conforto. Seu acerto de suspensão transmite uma ótima sensação ao dirigir" — Felipe Ribeiro Design e acabamento Até a chegada da nova geração do Nissan Versa, era bem fácil dizer qual era o sedã compacto mais bonito e bem acabado do mercado brasileiro. O Fiat Cronos é um acerto da Fiat nesse aspecto, trazendo uma aparência elegante e ótimos materiais no acabamento da cabine. (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)Na versão avaliada pelo Canaltech, as rodas eram de liga leve em 16 polegadas, mas podem ser de 17 com um pacote extra. Além disso, há cromados nos puxadores de porta e a grade frontal é a com nova assinatura da Fiat, em estilo colmeia e com a “italian flag”. +20 $(function() { $('body').append("\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n1 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n2 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n3 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n4 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n5 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n6 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n7 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n8 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n9 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n10 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n11 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n12 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n13 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n14 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n15 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n16 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n17 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n18 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n19 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n20 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n21 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n22 \/ 22\n\n\n\nFiat Cronos Precision\n\n\n\n\n\nIMAGENS\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n"); iniciaGaleria($('#_fa745d')); }); Concorrentes Os concorrentes diretos do Fiat Cronos são o Chevrolet Onix Plus, Hyundai HB20S, Volkswagen Virtus e o Nissan Versa, que custam entre R$ 75 mil e R$ 110 mil, dependendo da versão. Veredicto Depois de dias com o Fiat Cronos Precision, é difícil não chegar à conclusão de que se trata de um excelente veículo, mas que tem um enorme potencial desperdiçado. A ausência de motor turbo e equipamentos de tecnologia mais modernos já o colocam atrás de seus principais rivais, mesmo o sedã italiano sendo extremamente confortável, bonito e bem acabado. A versão 1.8 deve sair de linha em breve e dar lugar a uma equipada com o novo motor 1.0 turbo de 130cv, que estreou recentemente no Fiat Pulse. Quando isso acontecer, teremos uma nova conversa. O Fiat Cronos Precision ainda está em estoque em concessionárias pelo Brasil e pode ser achado por preços entre R$ 85 mil e R$ 90 mil. No Canaltech, o Fiat Cronos Precision foi avaliado graças a uma unidade gentilmente cedida pela Fiat do Brasil. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Brasil não assina pacto para o fim de carros a gasolina em 2040; por quê? Cristal previsto há 50 anos é encontrado em seu local de origem pela 1ª vez O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Como diferenciar caixa de som JBL original e pirata Veja Mais

Al-Jazeera anuncia detenção de seu diretor de redação no Sudão

em - Internacional As forças de segurança sudanesas prenderam neste domingo (14) o diretor de redação do canal Al-Jazeera em Cartum, informou a emissora que tem sede no Catar, um dia depois da morte de seis manifestantes em uma das jornadas mais violentas desde o golpe militar."As forças de segurança realizaram uma operação na casa de Al-Musalami al-Kabbachi, diretor de redação da Al-Jazeera no Sudão, e ele foi detido", afirmou o canal em sua conta no Twitter. O Sudão entrou em um período turbulento em 25 de outubro, quando o general Abdel Fattah al-Burhane, que já comandava o Conselho de Soberania, o principal organismo do Sudão após 30 anos de ditadura, determinou a detenção da maioria dos civis com os quais compartilhava o poder. No mesmo dia, ele também dissolveu todas as instituições do país e declarou estado de emergência. Desde então, a Al-Jazeera cobre as manifestações contra o golpe de Estado, várias delas ao vivo. Veja Mais

Indicação de Bolsonaro ao STF completa quatro meses sem avanços

O Tempo - Política Desde julho, senadores cobram do presidente do CCJ do Senado data de sabatina, mas última resposta de Alcolumbre foi que está 'tudo parado' Veja Mais

Wilbur Smith, escritor sul-africano, morre aos 88 anos

G1 Pop & Arte Romances do autor narram aventuras no continente africano, com histórias muitas vezes inspiradas em sua própria vida. Wilbur Smith durante Festival de Literatura de Dubai, em fevereiro de 2009 HAIDER SHAH / AFP O aclamado romancista sul-africano Wilbur Smith morreu em seu país aos 88 anos, anunciou seu editor neste sábado (13). "O autor de best-sellers mundiais Wilbur Smith faleceu inesperadamente esta tarde em sua casa na Cidade do Cabo, após uma manhã lendo e escrevendo com sua esposa Niso", informou um comunicado publicado no site Wilbur Smith Books. Seus volumosos romances narram aventuras no continente africano, com histórias muitas vezes inspiradas em sua própria vida. Smith ficou conhecido com a publicação em 1964 de seu primeiro romance, "Quando os leões comem", a história de um jovem que cresceu em uma fazenda de gado na África do Sul que teve 15 sequências, nas quais o autor conta a vida de uma família durante mais 200 anos. Ele chegou a publicar 49 romances editados em todo o mundo. "Nas histórias teci peças do início da história da África. Escrevi sobre negros e brancos, escrevi sobre caça e mineração de ouro e farras e mulheres", lembrou em sua biografia publicada em seu site. "Autor incontestável e inimitável de aventuras, os romances de Wilbur Smith conquistaram leitores por mais de meio século, vendendo mais de 140 milhões de cópias em mais de 30 idiomas em todo o mundo", diz o comunicado. "Nos 49 romances que Smith publicou, ele transportou seus leitores para as minas de ouro na África do Sul, pirataria no Oceano Índico, tesouros escondidos em ilhas tropicais, conflitos na Arábia e Cartum e no antigo Egito (...) encontrando diamantes implacáveis e comerciantes de escravos e caçadores nas selvas africanas", acrescenta. Seu escritório tuitou um agradecimento aos "milhões de fãs ao redor do mundo que apreciaram sua escrita incrível e se juntaram a nós em suas aventuras surpreendentes." Vídeos: Personalidades que morreram em 2012: Veja Mais

Inflação da Black Friday: o que está mais caro em 2021 – e o que está mais barato

G1 Economia Levantamento mostra que produtos da lista de itens mais buscados como Smart TV e pneu estão até 30% mais caros na comparação com novembro de 2020. Por outro lado, preços de fone de ouvido, cadeira gamer e celular diminuíram até 48%. Com a inflação acima de 10% no acumulado em 12 meses, muitos dos preços neste mês de Black Friday estão bem mais caros na comparação com o ano passado – mas é possível encontrar também produtos com valores abaixo do que custavam em 2020. É o que mostra levantamento feito pela plataforma Buscapé, com base nos produtos mais buscados pelos consumidores. De acordo com o levantamento, itens como Smart TV e pneu de carro estão até 30% mais caros na comparação com o preço mínimo encontrado em novembro de 2020. Por outro lado, produtos como fone de ouvido, cadeira games e celular são encontrados até 48% mais baratos do que custavam na última Black Friday. Black Friday 2021: veja 10 dicas para aproveitar as compras na web – e evitar furadas Comércio eletrônico projeta participação recorde nas vendas com Black Friday, apesar de crescimento menor em 2021 TUDO SOBRE A BLACK FRIDAY 2021 Inflação na Black Friday 2021 Economia g1 O levantamento considera os itens mais buscados pelos internautas no comércio eletrônico nas principais categorias, incluindo celular, TV, informática, eletrodomésticos, brinquedos, acessórios automotivos, games e tênis. dDa lista de 120 produtos mais buscados em 12 categorias na primeira semana e novembro, 36 estão mais caros neste ano; 33 estão mais baratos; e 6 continuam na mesma faixa de preço. Os outros 45 não têm comparativo porque não figuravam entre os mais buscados em 2020 ou sequer tinham sido lançados. Categorias como celulares e smartphones, notebooks e TV costumam apresentar uma tendência de buscas por produtos mais novos. "De forma geral, quando houve lançamento de novos modelos de algum produto em 2021, os produtos das linhas anteriores tendem a ficar mais baratos nesta Black Friday", explica o Buscapé. Celulares e smartphones seguem como mais buscados Neste começo de novembro, a categoria mais buscada pelos consumidores foi mais uma vez a de celulares. Segundo o Buscapé, apenas 3 modelos dos mais procurados também estiveram entre os mais buscados em 2020 e estão com preços mais baratos do que custavam no ano passado. São eles: iPhone 11 64GB: (R$ 3.827, ou -12%) Moto G G9 (R$ 1.039, ou -13%) Galaxy S20 (R$ 2.098, ou -48%) Geladeira, máquina de lavar e fogão Entre as geladeiras, 5 dos 10 modelos mais buscados em novembro também estiveram entre os procurados no ano passado, com altas entre 7% e 25% no comparativo dos preços mínimos encontrados. Na análise das lavadoras de roupa, 6 dos 10 produtos mais buscados em 2021 também estiveram entre os mais buscados de 2020, com variações de -3% a +18%. Já entre os fogões, os modelos mais buscados estão até 18% mais caros e até 15% mais baratos no comparativo com o ano passado. Ou seja, procurando bem e sabendo o que procurar é possível encontrar boas oportunidades de compras. Cautela nas compras A avaliação do setor, porém, é que o consumidor está mais cauteloso na hora de comprar por conta da inflação nas alturas e queda da renda. O resultado das vendas do varejo nos últimos meses decepcionaram, levando o setor a fechar o 3º trimestre no vermelho, com a redução do poder de compra do consumidor se refletindo na menor demanda por bens duráveis como móveis e equipamentos de escritório e informática. IPCA: Veja 50 itens que mais subiram em 12 meses Vendas do comércio caem pelo 2º mês seguido e setor fecha 3º trimestre no vermelho "Diante de um cenário macroeconômico complexo, marcado por inflação alta e estoques baixos, os grandes varejistas estão elaborando estratégias de preço que incluem um arsenal de recursos como cupons, cashback, frete grátis e até mesmo o livecommerce (venda através de transmissões ao vivo)", destaca a Buscapé. Ranking das categorias mais buscadas Celular e smartphone Fogão TV Geladeira Lavadora de roupas Notebook Tênis Ar-condicionado Pneus para carros Guarda-roupas Cama Forno Micro-ondas Console de videogame Bicicleta Fritadeira elétrica Fone de ouvido e headset Armário e balcão de cozinha Sofá Ventilador e circulador Veja dicas do Procon para aproveitar os descontos da Black Friday, em novembro Veja Mais

Israel aprova vacinação contra covid-19 para crianças entre 5 e 11 anos

em - Internacional O Ministério da Saúde de Israel aprovou neste domingo (14) a aplicação de vacinas contra a covid-19 em crianças com idade entre 5 e 11 anos. A medida segue o que já foi adotado por autoridades sanitárias dos Estados Unidos no início do mês, quando foi autorizada a imunização para a mesma faixa etária.Israel foi um dos primeiros países do mundo a realizar uma ampla campanha de vacinação contra a covid-19 em sua população adulta e adolescentes no início deste ano, e se tornou o primeiro país a realizar uma forte campanha de reforço durante o verão.Especialistas dizem que os esforços agressivos de vacinação de Israel ajudaram a conter a disseminação do coronavírus e a controlar uma onda recente da variante delta. Mas o país viu o coronavírus continuar a se espalhar entre as populações não vacinadas, incluindo crianças.Em nota, o Ministério da Saúde disse que seu diretor-geral, Dr. Nachman Ash, aceitou a recomendação de consultores especialistas para inocular crianças com a vacina da Pfizer/ BioNTech. A maioria dos conselheiros acredita que os benefícios da vacina superam os riscos.O ministério informou que nos próximos dias anunciará uma data para o início da campanha. A imprensa israelense disse que a vacinação de uma dose infantil do imunizante deve começar na próxima semana. Fonte: Associated Press. Veja Mais

Nikolas Ferreira e Danilo Gentili trocam ofensas por causa de viagem a Dubai

O Tempo - Política Apresentador chamou vereador de BH de "vagabundo". Nikolas revidou, dizendo que Gentili é "animal" Veja Mais

Em jantar da Fiemg, Bolsonaro é cercado e ovacionado por apoiadores

O Tempo - Política Governador de MG, Romeu Zema, também participou de encontro com presidente e apoiadores Veja Mais

Simplesmente Acontece e mais 5 filmes de romance baseados em livros

Simplesmente Acontece e mais 5 filmes de romance baseados em livros

Tecmundo Simplesmente Acontece (Love, Rosie) conquistou a atenção dos leitores quando foi lançado no início da década de 2000. Cerca de 10 anos depois, sua adaptação para as telas chegou aos cinemas, contando com Sam Claflin e Lily Collins nos papéis principais. Ao representar os personagens da escritora irlandesa Cecelia Ahern, o filme aborda questões bastante interessantes que envolvem o público. A narrativa acompanha a jornada de Alex e Rosie desde a infância, quando são amigos inseparáveis, até a vida adulta. A história se desenvolve de forma gradativa, mostrando todos os conflitos e desafios enfrentados por ambos em diversas fases da vida.Leia mais... Veja Mais

Revogação da PEC da Bengala será analisada pela CCJ da Câmara

O Tempo - Política Com aprovação, Bolsonaro pode indicar mais dois nomes para o Supremo Tribunal Federal em 2022 Veja Mais

Polícia antiterrorista britânica detém três homens após explosão mortal

em - Internacional A polícia antiterrorista britânica anunciou na noite deste domingo (14) que prendeu três homens no âmbito da investigação sobre a explosão de um veículo em frente a um hospital feminino em Liverpool (norte da Inglaterra), na qual uma pessoa morreu.A polícia alegou "que três homens - com idades de 29, 26 e 21 anos - foram detidos na área de Kensington, em Liverpool, e presos sob a lei contra o terrorismo", em uma mensagem no Twitter.A explosão, cujas circunstâncias ainda não são claras, ocorreu pela manhã.A polícia antiterrorista do noroeste da Inglaterra, responsável pela investigação, especificou que "o passageiro do carro - um homem - foi declarado morto no local e ainda não foi formalmente identificado"."O motorista - também homem - ficou ferido (...) e continua hospitalizado em condições estáveis".A polícia local explicou que recebeu um alerta por volta das 11h00 horas locais (8h00 de Brasília) e que interveio rapidamente."Infelizmente, podemos confirmar que uma pessoa morreu e outra foi levada para o hospital, onde está sendo tratada por seus ferimentos, que felizmente não colocam sua vida em risco", disse a polícia em um comunicado.O carro atingido era um táxi, que parou no hospital pouco antes da explosão, disse a polícia, acrescentando que as investigações continuam para apurar o que aconteceu."Estamos mantendo todas as opções em aberto sobre a causa da explosão" e trabalhando em estreita colaboração com a polícia local, afirmou a polícia antiterrorismo.O primeiro-ministro Boris Johnson expressou seu apoio "a todos os afetados pelo terrível incidente em Liverpool"."Quero agradecer aos serviços de emergência por sua rapidez de intervenção e profissionalismo, e à polícia por seu trabalho investigativo contínuo", escreveu Johnson no Twitter.A área foi isolada pelos serviços de segurança e o trânsito foi interrompido próximo ao local da explosão.De acordo com imagens publicadas na mídia local, uma espessa fumaça cinza era visível perto do hospital. Veja Mais

"O LEWIS HAMILTON TINHA O MELHOR CARRO DO GRID", AFIRMA FELIPE MASSA| SUPER MOTOR

Band Sports Ex-piloto comentou sobre a importância do W12 na vitória do heptacampeão mundial no GP de São Paulo. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​​ Veja Mais

Painel solar em forma de girassol copia a natureza para produzir mais energia

canaltech Uma empresa sediada em Boston, nos EUA, desenvolveu um “girassol” fotovoltaico gigante que produz 40% mais energia elétrica do que os painéis solares convencionais. A Smartflower rastreia o movimento do Sol de leste a oeste, garantindo uma captação de luz muito maior durante o dia todo. Cientistas trocam prata por cobre e criam o painel solar mais eficiente do mundo Célula transparente pode transformar janela em painel solar que dura por 30 anos Chegou a hora de considerar a energia solar para a sua casa e negócio O equipamento tem 5 metros de altura, com painéis que abrem em fecham conforme a trajetória do Sol. Sua capacidade de gerar eletricidade é de aproximadamente 5.000 kWh por ano, o que corresponde a demanda de energia de uma casa comum com até quatro moradores. “As empresas de energia renovável agora conseguirão fornecer aos seus clientes um sistema de armazenamento e rastreamento solar de eixo duplo mais inteligente. Com o aumento da demanda, a facilidade de instalação será uma virada de jogo para a indústria”, prevê o CEO da SmartFlower Solar, Jim Gordon. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Armazenamento de energia Além de captar a luz do Sol com maior eficiência, a Smartflower possui um sistema de baterias inteligentes, permitindo que o equipamento fique desligado da rede elétrica normal durante boa parte do seu ciclo de operação. Essas células de energia também funcionam em temperaturas extremas — entre -40 °C e 60 °C.   Entre outras vantagens, as baterias ainda fornecem o dobro de eletricidade reutilizável, carregam 100 vezes mais rápido e possuem um clico de vida útil 50 vezes maior quando comparadas com células convencionais de chumbo-ácido, normalmente usadas no armazenamento de energia solar. “A SmartFlower usa robótica avançada e automação constante para rastrear o Sol de maneira inteligente. Além disso, quando o Sol se põe, o equipamento se dobra e começa um processo automático de autolimpeza para manter a eficiência energética e o pico de utilização solar”, acrescenta Gordon. Inspiração na natureza As Smartflowers foram inspiradas no movimento heliotrópico natural dos girassóis. Assim como ocorre com as plantas de verdade, os painéis fotovoltaicos do equipamento se movem em resposta ao deslocamento do Sol no céu, abrindo com o raiar do dia e fechando quando anoitece. Cada “pétala” da Smartflower possui 12 painéis capazes de captar a energia solar em um ângulo de até 90 graus. Um sistema de rastreamento duplo gira em torno do próprio eixo, ajustando o ângulo de entrada de luz para garantir uma absorção maior independente da posição do Sol e das condições climáticas. Smarflower usada para abastecer veículos elétricos (Imagem: Reprodução/SmartFlower Solar) O processo de instalação do equipamento leva de quatro a cinco horas, dependendo da quantidade de painéis. Cada Smartflower custa US$ 31 mil (quase R$ 168 mil na cotação atual), fora os gastos com manutenção. Por não ser exatamente barato, o sistema é indicado para parques, zoológicos e redes públicas de abastecimento. “Até agora, temos aproximadamente 350 unidades da Smartflower instaladas nos Estados Unidos e mais de 1.800 já fazem parte de sistemas de armazenamento e geração de energia fotovoltaica na Europa. São clientes grandes, que conseguem recuperar o investimento inicial em um ou dois anos”, encerra Jim Gordon. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Os 10 filmes mais assistidos da semana (13/11/2021) O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Quem é o melhor jogador de Free Fire do mundo? Cristal previsto há 50 anos é encontrado em seu local de origem pela 1ª vez Veja Mais

As 10 séries mais assistidas da semana (14/11/2021)

canaltech O feriado já entrou em sua reta final, mas nunca é tarde para iniciar uma nova maratona. E se você está em dúvida sobre o que assistir, a lista de séries mais assistidas da semana pode ajudá-lo a descobrir algo novo para acompanhar — até porque tivemos várias novidades pintando nos streamings no Brasil. Lançamentos da HBO Max na semana (10/11/2021) Lançamentos do Amazon Prime Video na semana (11/11/2021) O grande destaque foi a chegada de Fringe à HBO Max. O seriado é uma espécie de sucessor espiritual de Arquivo X e brinca muito bem com conceitos científicos misturados a fenômenos inexplicáveis vindos de outro mundo. Tudo isso já tinha feito da série um sucesso cult quanto foi exibida na TV por aqui e, agora, os fãs podem conferir a trama com calma via streaming. Outro clássico da era de ouro das séries que retornou fazendo muito barulho foi Dexter. A história do "serial killer do bem" ganhou uma sequência e isso fez os velhos fãs revisitarem as temporadas originais — ou atraiu um público que ainda não tinha conferido essa história. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Além disso, também tivemos a tão esperada chegada de Liga da Justiça ao streaming. A animação do início dos anos 2000 era algo que os fãs dos super-heróis da DC aguardavam para conferir há anos, já que os episódios nunca estiveram disponíveis em nenhuma plataforma e era quase impossível encontrá-los em DVD no mercado. Assim, o anúncio da HBO Max de que todas as temporadas já estão disponíveis fez o pessoal revisitar as aventuras dos heróis mais famosos do mundo. Vale lembrar que ainda não existe uma ferramenta oficial que faça essa medição de audiência de filmes nos serviços de streaming e vídeo sob demanda e que a melhor forma de fazer essa aferição é a partir do JustWatch, uma plataforma que ajuda os usuários a encontrarem o que assistir e em que streaming o conteúdo está disponível. Então, com base nesses dados, chegamos a um ranking aproximado de quais foram as séries mais assistidas na semana no Brasil. 10. Only Murders on the Building   Com personagens extremamente carismáticos, Only Murders in the Building é um dos maiores sucessos do Star+ em sua estreia no Brasil. Estrelado por Selena Gomez, Steve Martin e Martin Short, a comédia conta a história de três desconhecidos que se veem envolvidos em um crime no meio de Nova York. A partir da misteriosa morte de um vizinho, eles precisam encarnar os detetives e descobrir o que aconteceu. O destaque aqui é a química dos atores, que faz com que essa mistura um tanto quanto inusitada de elenco funcione tão bem a ponto de prender o espectador episódio por episódio. Only Murders in the Building é uma série exclusiva do Star+. Crítica Only Murders in the Building | Uma das séries favoritas do ano 10 séries imperdíveis para assistir no Star+ Star+ | 10 filmes e séries originais do serviço de streaming 9. Liga da Justiça   A Liga da Justiça já ganhou diversas adaptações ao longo dos anos, mas nenhuma delas se tornou tão memorável quanto o desenho lançado no início dos anos 2000. Produzida pela dupla Bruce Timm e Paul Dini — que já tinham feito um excelente trabalho com Batman e Superman —, a animação trouxe todo o clima dos quadrinhos para as telas com aventuras bastante variadas e que respeitavam bem a essência de cada um dos seus personagens. E tudo isso sem abrir mão da diversão. A fórmula deu tão certo que, rapidamente, a equipe criativa percebeu que a estrutura que eles criaram não ia dar conta, o que fez com que Liga da Justiça tivesse que ser cancelada, com apenas duas temporadas, para a criação de um desenho que desse continuidade a essa história e abrangesse toda a grandiosidade da DC, como foi Liga da Justiça: Sem Limites. Não à toa, as duas animações já são consideradas clássicas em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde foram reprisadas à exaustão. Assim, quem quiser acompanhar essas primeiras aventuras do supergrupo, pode conferir Liga da Justiça na HBO Max. 8. Doctor Who   Uma das séries mais clássicas de ficção-científica, Doctor Who transita surpreendentemente bem entre a galhofa e o genial. A história do alienígena carismático que viaja pelo espaço-tempo a bordo de uma cabine telefônica policial que é muito maior por dentro do que por fora é uma das produções mais icônicas da TV britânica e ganhou uma nova legião de fãs nas suas temporadas mais recentes. Isso ajudou a dar nova vida ao seriado, que caminha para seu aniversário de 60 anos de criação. Parte do segredo dessa longevidade impressionante é a facilidade com que a história se reinventa, transformando seu protagonista a cada nova temporada e usando a troca de elenco como parte fundamental da trama. Seja um jovem galã, um senhor excêntrico ou mesmo uma corajosa mulher, Doctor Who se mantém como um herói para a gente se apaixonar. Doctor Who está disponível no Globoplay. 7. The Wire   Um dos maiores clássicos da HBO, The Wire traz um retrato bastante realista sobre o mundo das drogas nas ruas de uma cidade grande. Para isso, a série apresenta uma abordagem bastante crua do que acontece na cidade de Baltimore, em que o tráfico não é o único problema a ser enfrentado, mas também a violência originada dela e a própria disputa de poder e a corrupção da polícia. Assim, a trama se desenrola a partir de uma força policial que investiga a atuação de gangues na região e a melhor forma de avançar nisso é mergulhando nesse mundo perigoso — e é aí que conhecemos uma galeria de personagens icônicos e seus destinos trágicos. The Wire está disponível na HBO Max. 6. American Horror Story   Mas não importa o fenômeno que seja, uma coisa segue imutável: o terror ainda é o gênero favorito do brasileiro. Assim, mais uma vez, American Horror Story aparece em nossa lista de séries mais assistidas do Brasil — ainda mais com a décima temporada que acabou de ser concluída. A boa notícia é que, se você nunca assistiu a nenhum episódio do seriado, pode partir para a temporada mais recente sem peso na consciência. Como ela funciona em um formato de antologia, é possível acompanhar qualquer um dos anos de forma isolada e ainda curtir o clima assustador de acordo com o tema que preferir. Assine o combo Star+ com Disney+ por apenas R$ 45,90 mensais e tenha o dobro de conteúdo. Além do Star+, American Horror Story está disponível no Globoplay e no Now. 5. Dexter   A gente se acostumou a ver serial killers psicopatas sendo retratados como vilões no cinema e na TV, mas o que acontece quando esse tipo de personagem se torna o mocinho da história? Dexter brinca com essa ideia de uma forma bastante divertida ao apresentar esse herói fora do comum e que usa seu distúrbio psiquiátrico e a sua sede de sangue para fazer o bem — se é que isso é possível. Assim, ao invés de sair por aí matando a esmo, ele usa suas habilidades para atuar como especialista forense da polícia de Miami, além de sair por aí caçando criminosos para fazer justiça ao seu modo. É basicamente uma história de super-herói, mas sem as roupas coloridas e com um protagonista bastante carismático. Dexter: New Blood | 5 motivos para assistir à nova temporada da série Dexter | Relembre os principais momentos antes de assistir Dexter: New Blood Dexter está disponível no Prime Video, Paramount+, HBO Max e Now. 4. Cowboy Bebop   O clássico anime de 1998 ganhou o interesse do brasileiro graças às novidades sobre a adaptação em live action da Netflix — principalmente a partir da excelente recriação da abertura clássica. Na história original, acompanhamos três caçadores de recompensas — Spike, Jet Black e Faye Valentine — que viajam a bordo da nave Bebop em busca de criminosos em um futuro no qual a humanidade passou a colonizar o espaço após a Terra se tornar inabitável. A partir disso, vamos conhecendo melhor o trio de protagonistas à medida que um novo trabalho se relaciona com o passado de cada um deles. E tudo isso ao som de uma trilha sonora que é incrível até hoje. Cowboy Bebop │ Saiba quem é quem na abertura da nova série da Netflix Cowboy Bebop | Como se preparar para assistir ao live-action da Netflix Cowboy Bebop está disponível na Netflix, Crunchyroll e no Funimation. 3. Game of Thrones   Um dos maiores fenômenos recentes da TV, Game of Thrones é uma daquelas séries que praticamente todo mundo conhece. Baseada nos livros de George R. R. Martin, ela traz um mundo medieval que chama muito mais a atenção pela trama política que se desenrola entre as Casa e o Reino de Westeros do que pelos elementos fantásticos. Embora os dragões e os Caminhantes Brancos tenham sido os grandes chamarizes, foi nas conspirações palacianas e nas reviravoltas que a produção da HBO ganhou todo mundo. A história principal parte da família Stark, uma das mais tradicionais e fiéis ao Trono de Ferro. Contudo, aos poucos, ela vai se abrindo e trazendo novos rostos e apresentando novos protagonistas — e todos eles exageradamente humanos. Sem se apoiar no maniqueísmo barato de bem contra o mal, Game of Thrones mostrou que o grande segredo de um bom roteiro é a área cinza das relações pessoais. Prequela de Game of Thrones terá muito mais dragões que a série original 10 anos de Game of Thrones | Vale a pena rever? Como estão os atores de Game of Thrones 10 anos depois da estreia? As oito temporadas de Game of Thrones estão disponíveis na HBO Max. 2. Dragon Ball Z   Outro fenômeno que é constantemente impulsionado pelo saudosismo. Dragon Ball Z já terminou há quase 30 anos, foi reprisado à exaustão por diversas emissoras no Brasil e, mesmo assim, continua sendo assistido com uma frequência absurda pelo brasileiro. Não importa o tempo que passe, a saga de Goku segue sendo a verdadeira dona dos corações dos otakus tupiniquins. Para quem nunca assistiu ao anime, a história é bastante simples: um grupo de guerreiros ultrapoderosos lutam para proteger a Terra de invasões alienígenas. A cada nova saga, alguma ameaça aparece para tentar dominar ou destruir o mundo e Goku e companhia resolvem tudo na base do soco, chute e poderes especiais. O grande charme está no humor que é construído em torno disso tudo graças a personagens muito carismáticos. Você pode assistir a Dragon Ball Z no Oldflix. Kamehameha! Os 10 episódios mais marcantes de Dragon Ball Z 1. Fringe   De certo modo, Fringe pode ser considerado o sucessor espiritual de Arquivo X. A série de 2008 herdou bem esse clima de divisão governamental que estuda eventos paranormais, mas partiu para um caminho totalmente novo. Ao invés de abordar questões de aliens, ela vai literalmente para outro mundo. Em linhas gerais, é como se a nossa realidade fosse uma entre tantas e que, de alguma forma, é possível entrar em contato com esse algo a mais — mais ou menos como a Marvel está fazendo com o multiverso agora nos cinemas. E é aí que a história se aprofunda e fica realmente interessante, mostrando a agente especial Olivia Dunham (Anna Torv) conhecendo mais desses eventos estranhos e descobrindo que eles sempre estiveram à nossa volta. Fringe possui cinco temporadas e todas estão disponíveis na HBO Max. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Combustível mais caro do mundo | O preço da gasolina em outros países Os 10 filmes mais assistidos da semana (13/11/2021) O céu não é o limite | Eclipse lunar vem aí, tem asteroide por perto e mais! Quem é o melhor jogador de Free Fire do mundo? Cristal previsto há 50 anos é encontrado em seu local de origem pela 1ª vez Veja Mais

Boris Johnson diz que acordo da COP-26 tem um pouco de decepção

 Boris Johnson diz que acordo da COP-26 tem um pouco de decepção

em - Internacional O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, se mostrou satisfeito com a aprovação, no sábado (13/11) pela COP-26, do "Pacto de Glasgow para o clima", que tem como objetivo acelerar o combate contra o aquecimento global, mas admitiu que a alegria está "tingida de decepção". "Minha alegria com o progresso está tingida de decepção", declarou hoje Johnson, em referência "àqueles para os quais a mudança climática já é uma questão de vida ou morte"."Exigiam para esta reunião de cúpula um alto nível de ambição. E embora muitos estivessem dispostos a fazê-lo, não era o caso de todos", completou."Podemos estimular, mas não podemos obrigar nações soberanas a fazer algo que não querem fazer. É decisão delas", completouPara mais vídeos explicativos como este, acesse nosso canalApesar dos comentários, ele disse que está "imensamente orgulhoso" do acordo concluído."Glasgow marcou o início do fim para a energia procedente do carvão. É uma conquista fantástica e apenas uma das muitas da COP", disse Johnson. Veja Mais

Cadastro Único: veja benefícios para quem está inscrito

G1 Economia O CadÚnico é o principal instrumento para a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais como Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica e Benefício de Prestação Continuada (BPC). O governo federal, os estados e os municípios utilizam o Cadastro Único (CadÚnico) para identificar potenciais beneficiários de programas sociais. O principal objetivo de utilizar esse cadastro é integrar esforços de todas as esferas governamentais no enfrentamento da pobreza e contribuir para otimizar a gestão dos programas, além de evitar desperdício de recursos públicos. Além de inserir a população de baixa renda em programas como a Tarifa Social de Energia Elétrica, o Cadastro Único foi um dos critérios usados para o pagamento do Auxílio Emergencial e deverá ser utilizado para a concessão do Auxílio Brasil, que substituirá o Bolsa Família – que também era pago por meio desse cadastro. O CadÚnico é utilizado ainda para análise de renda dos estudantes cotistas para ingresso no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para isenção da taxa de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e em concursos públicos. O cadastramento, no entanto, não significa a inclusão automática em programas sociais, mas é pré-requisito para que a inscrição seja avaliada. A seleção ocorre de acordo com critérios e procedimentos definidos pelos gestores dos programas e pela legislação específica de cada um deles. Veja abaixo os principais programas federais que utilizam o Cadastro Único como pré-requisito para participação de beneficiários: Programa Bolsa Família (extinto) Benefício de Prestação Continuada (BPC) Tarifa Social de Energia Elétrica Programa Casa Verde e Amarela (antigo Minha Casa Minha Vida) Sistema de Seleção Unificada - Sisu/Lei de cotas Isenção de taxas de inscrição em concursos públicos Isenções na taxa de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Plano Progredir - Programa Nacional do Microcrédito Produtivo Orientado Ação de Distribuição de Alimentos (ADA) Carteira do Idoso Concessão de bolsas por entidades com Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social com atuação na área da educação (CEBAS-Educação) Créditos Instalação do Programa Nacional de Reforma Agrária Facultativo de Baixa Renda Identidade Jovem (ID Jovem) Programa Cisternas - Programa Nacional de Apoio à Captação de Água de Chuva e Outras Tecnologias Sociais de Acesso à Água Programa Criança Feliz Programa de Erradicação do Trabalho Infantil Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais Programa Nacional de Crédito Fundiário Programa Nacional de Reforma Agrária Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Telefone Popular - Acesso Individual Classe Especial Programa de Urbanização de Assentamento Precários Programa Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa Projeto Dom Hélder Câmara LEIA TAMBÉM: Auxílio Brasil vai atender brasileiros no Cadastro Único; saiba como se inscrever Quem vai receber o Auxílio Brasil? Qual o valor? Quando começa? Quem pode se inscrever no Cadastro Único Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 550); Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.300); Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo; Pessoas que moram sozinhas - constituem as chamadas famílias unipessoais; Pessoas que vivem em situação de rua — sozinhas ou com a família. Como se inscrever no Cadastro Único Saiba a importância do Cadastro Único e como mantê-lo atualizado A inscrição no Cadastro Único é realizada somente de forma presencial. O cidadão deve verificar onde é feito o procedimento na cidade onde mora. Normalmente, esse atendimento é feito nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou em postos de atendimento do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família das prefeituras. Veja o passo a passo: 1. Procure um CRAS ou posto do Cadastro Único Se a família não está registrada no Cadastro Único, ela deve verificar onde é feito o Cadastro Único na cidade onde ela mora. As prefeituras normalmente fazem cadastramento no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou em um posto de atendimento do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família. É possível verificar os endereços do CRAS de cada município no link https://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/mops/. No CRAS, é possível se informar sobre onde cadastramento é feito, caso o próprio CRAS não faça a entrevista. Existem casos em que é necessário agendar o atendimento por meio de uma central de atendimento. De toda forma, por meio do CRAS, o cidadão saberá quais os passos ele deverá realizar para fazer a sua entrevista. 2. Documentação necessária A pessoa que fará o cadastramento da família deve ter pelo menos 16 anos, ter CPF ou título de eleitor e ser, preferencialmente, mulher. Essa pessoa, para o Cadastro Único, é chamada de responsável familiar. É necessário que ela leve seu CPF ou título de eleitor e também apresente pelo menos um documento dos seguintes documentos para cada pessoa da família: Certidão de Nascimento; Certidão de Casamento; CPF; Carteira de Identidade – RG; Carteira de Trabalho; Título de Eleitor; Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena. Os responsáveis por famílias indígenas ou quilombolas não precisam apresentar o CPF ou título de eleitor caso não tenham, mas devem levar outro documento de identificação entre os listados acima. Pessoas sem documentação ou sem registro civil podem se inscrever no Cadastro Único, mas não poderão ter acesso a programas sociais até que possuam a documentação necessária. 3. Entrevista de cadastramento Ao procurar o atendimento do Cadastro Único, seja no CRAS ou em um posto do Cadastro Único, a etapa mais importante que o responsável familiar deve realizar é a entrevista do Cadastro Único. Um entrevistador social, que é um funcionário da prefeitura, fará perguntas sobre vários aspectos da realidade da família: quem faz parte da família, características do domicílio, despesas, se há pessoas com deficiência na família, grau de escolaridade dos integrantes, características de trabalho e remuneração dos integrantes da família e se a família é indígena ou quilombola. Essa entrevista pode ser registrada em um formulário específico em papel ou no Sistema de Cadastro Único, diretamente no computador. Em qualquer uma dessas situações, o entrevistador deve solicitar a assinatura do Responsável Familiar no formulário preenchido ou impresso e entregar um comprovante de cadastramento. 4. Confirmação do cadastramento: atribuição do NIS Ao inserir os dados da família no Sistema de Cadastro Único pela primeira vez, o sistema fará checagens para verificar se as pessoas da família já possuem um NIS, e se não tiverem, será atribuído um NIS a elas. O NIS é o Número de Identificação Social. Esse processo pode demorar até 48 horas e tem como objetivo garantir que cada pessoa cadastrada é única. Apenas pessoas que têm o NIS atribuído podem participar de programas sociais. 5. Atualização dos dados Quando a família se inscreve no Cadastro Único, ela se compromete a atualizar os dados sempre que há uma mudança nas características da família ou mudança de domicílio ou, no máximo, a cada dois anos. Nesse caso, o próprio cidadão busca espontaneamente um CRAS ou posto do Cadastro Único para atualizar seus dados. Mas o poder público, por meio do governo federal ou municipal também pode convocar as famílias, por meio de cartas, extratos ou telefonemas, a fazer a atualização. Anualmente, o governo federal realiza a ação de revisão cadastral, no qual as famílias com dados desatualizados são chamadas para atualizar seus cadastros. Caso as famílias fiquem mais de 4 anos sem atualizar os dados, seus registros podem ser excluídos do Cadastro Único. A família pode ainda ser convocada a fazer a averiguação cadastral. Nesse processo, os dados dos integrantes da família passam por processos de verificação, em que são comparados com informações de outras bases de dados, como registros de trabalho formal ou de benefícios da previdência social. Caso seja identificada uma inconsistência, as famílias são chamadas para atualizar seus cadastros. Caso não atualizem, pode ter seus dados excluídos do Cadastro Único ao final do processo e perder benefícios sociais. 6. Consulta aos dados do Cadastro Único Para saber se a família está cadastrada ou não e se precisa atualizar o cadastro, uma pessoa da família pode checar a situação do seu registro por meio do aplicativo Meu CadÚnico, que permite que o cidadão cadastrado no Cadastro Único acesse os próprios dados e de sua família e possibilita a impressão de comprovante de cadastramento. Também permite saber se o cadastro da família está desatualizado ou se está incluído em algum processo de averiguação cadastral, o que exige nova atualização. As pessoas podem denunciar casos em que o setor do Cadastro Único não queira fazer o cadastramento, entrando em contato com a Ouvidoria do Ministério da Cidadania, pelo telefone 121. Veja Mais

Google Arts & Culture estreia mostra virtual sobre Brasília

Google Arts & Culture estreia mostra virtual sobre Brasília

Tecmundo O Google Arts & Culture estreou na quinta-feira (11) uma mostra virtual inédita que homenageia a cidade de Brasília, fundada na década de 1960 para se tornar a capital do Brasil. A coleção proporciona um passeio imersivo pelo passado e o presente do município projetado e desenvolvido pelos arquitetos e urbanistas Oscar Niemeyer e Lúcio Costa.Intitulada “Brasília: Um sonho construído”, a exposição online conta com tours virtuais em 360º pelos principais museus da capital, possibilita visualizar cerca de 4 mil imagens históricas e reúne detalhes sobre 200 obras de arte digitalizadas. Recursos educativos para pais e professores também estão disponíveis na plataforma.Leia mais... Veja Mais

Dezenas de migrantes detidos na Polônia; UE prepara sanções contra Belarus

em - Internacional Dezenas de migrantes foram detidos imediatamente depois de entrar na Polônia a partir de Belarus, informou neste domingo (14) Varsóvia, que advertiu para fluxos ainda maiores, na véspera de uma reunião da União Europeia (UE) para ampliar as sanções contra Minsk. A polícia informou no Twitter que 50 migrantes ultrapassaram no sábado a fronteira protegida por forças da UE e da Otan, perto da localidade de Starzyna. Todos foram detidos praticamente quando entraram no território.Milhares de migrantes procedentes do Oriente Médio acampam na fronteira entre a UE e Belarus, o que provocou um agravamento das relações entre a primeira e os Estados Unidos de um lado, e Belarus e sua aliada Rússia do outro. Os países ocidentais acusam o regime do presidente bielorrusso Alexander Lukashenko de organizar deliberadamente a crise, estimulando os migrantes a seguir para este país e depois transportá-los até a fronteira com a Polônia.Belarus nega a acusação e culpa o Ocidente."Se alguém acredita que Lukashenko e os bielorrussos recuarão, isto não vai acontecer", afirmou o próprio presidente (na terceira pessoa), em uma entrevista publicada no sábado. De acordo com organizações humanitárias, pelo menos 10 migrantes morreram até o momento. Várias ONGs citam uma crise humanitária com temperaturas abaixo de 0ºC e pedem uma desescalada, além do envio de ajuda aos migrantes.No maior acampamento, perto da cidade bielorrussa de Bruzgi, as autoridades calculam a presença de 2.000 migrantes e refugiados, incluindo mulheres grávidas e crianças. As autoridades de Belarus fornecem ajuda, incluindo barracas e aquecedores, gesto que antecipa uma presença quase permanente na fronteira.- Provocação na fronteira? -A Polônia se nega a permitir que os migrantes entrem em seu território e acusa Belarus de impedir o retorno destas pessoas a sues países de origem. O ministro do Interior, Mariusz Kaminski, informou no sábado que os migrantes ouviram um boato de que a Polônia permitiria a passagem na segunda-feira e que ônibus seriam enviados da Alemanha para o transporte. "Estão preparando uma provocação", afirmou Kaminski. O governo polonês enviou mensagens de texto a todos os telefones celulares estrangeiros ao longo da fronteira para denunciar "uma absoluta mentira sem sentido. A Polônia continuará protegendo sua fronteira"."Aqueles que divulgam estes boatos querem estimular os migrantes a atacar a fronteira, o que pode provocar incidentes perigosos", adverte o texto. Os ministros das Relações Exteriores da UE se reunirão na segunda-feira para ampliar as sanções contra Belarus, após as medidas impostas pela repressão aos opositores do regime de Lukashenko, que governa o país há quase 30 anos.Josep Borrell, chefe da diplomacia europeia, afirmou que serão adotadas sanções contra "todos aqueles envolvidos no tráfico ilegal de migrantes a Belarus, incluindo companhias aéreas, agências de viagens e funcionários governamentais."Lukashenko se equivoca, acredita que adotando represálias nós daríamos o braço a torcer e as sanções seriam eliminadas. Acontece o contrário", disse.O comissário europeu Thierry Breton declarou à rádio France Inter que "os 27 estarão completamente alinhados" sobre o tema. De acordo com o primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, entre as medidas previstas está o "fechamento total da fronteira para cortar as vantagens econômicas do regime".Em uma entrevista à agência PAP, Morawiecki também afirmou que "toda a comunidade (europeia) deve contribuir" para a construção de um muro na fronteira entre Polônia e Belarus.A chanceler britânica, Liz Truss, pediu neste domingo ao presidente russo, Vladimir Putin, uma intervenção contra esta "vergonhosa e orquestrada crise migratória".Por pressão da diplomacia dos países europeus, a Turquia proibiu que iraquianos, sírios e iemenitas viajem para Belarus. E a companhia aérea síria Cham Wings cancelou os voos para Minsk. Veja Mais

Coalizão árabe relata morte de 80 rebeldes em ataques aéreos no Iêmen

em - Internacional A coalizão militar liderada pela Arábia Saudita, que intervém no Iêmen desde 2015, informou neste domingo (14) que matou 80 rebeldes houthis nas últimas 24 horas nas províncias de Marib, Al-Jawf e Al-Bayda. "Dezenove veículos militares foram destruídos e 80 rebeldes foram eliminados nas últimas 24 horas em incursões", informou a coalizão em comunicado difundido pela agência oficial de notícias da Arábia Saudita, a SPA.A coalizão, que apoia o governo iemenita reconhecido internacionalmente, garantiu que tem infligido, quase diariamente, dezenas de baixas aos rebeldes em ataques aéreos. Contudo, esses balanços não podem ser verificados de forma independente e os houthis não costumam informar suas perdas.Neste domingo, outras três pessoas morreram, entre elas dois supostos jihadistas da Al-Qaeda, em um ataque com aviões não tripulados no centro do país, segundo informaram funcionários iemenitas. No total, foram dois ataques, "provavelmente" executados por um drone americano, segundo declarou à AFP um funcionário de segurança sob condição de anonimato. No primeiro ataque ficaram feridos um homem, que "provavelmente pertencia à Al Qaeda, acompanhado de sua esposa". No segundo, "três pessoas, entre elas um civil e dois homens armados, provavelmente integrantes da Al Qaeda", que se deslocavam em um carro que tinha sido enviado para ajudar os dois feridos.Os Estados Unidos executam, há vários anos, ataques com drones contra o braço da Al-Qaeda na península arábica, que está instalado no Iêmen. Veja Mais

Check-up: diabetes já atinge 10% da população adulta no mundo, diz estudo

Check-up: diabetes já atinge 10% da população adulta no mundo, diz estudo

Tecmundo Aos domingos, o TecMundo reúne algumas das principais notícias de saúde da semana em um só lugar. Confira os destaques da última semana abaixo.Neste domingo (14) é celebrado o Dia Mundial do Diabetes, data criada para levar mais informação e conscientização à população sobre a doença que atinge cerca de 10% da população mundial adulta, segundo dados são da Federação Internacional do Diabetes (IDF, na sigla em inglês) lançados no início de novembro.Leia mais... Veja Mais

Áustria anuncia confinamento de não vacinados a partir de segunda-feira

em - Internacional As pessoas não vacinadas ou que se recuperaram recentemente da covid-19 terão que obedecer um confinamento a partir de segunda-feira (15) para conter a propagação do coronavírus, anunciou neste domingo o chanceler da Áustria, Alexander Schallenberg."A situação é grave (...) Não adotamos a medida de maneira leve, mas infelizmente é necessária", disse Alexander Schallenberg em uma entrevista coletiva em Viena.Quase 65% da população recebeu as duas doses da vacina na Áustria, percentual inferior à média europeia, que é de 67%, e longe de países como Espanha (79%) e França (75%). Schallenberg considerou o índice "vergonhosamente baixo" ao anunciar na sexta-feira o plano de confinamento. As pessoas afetadas pela medida não poderão deixar suas casas, exceto para fazer comprar, praticar atividades físicas ou receber atendimento médico. O confinamento será aplicado a todos nesta situação a partir dos 12 anos. Controles não anunciados serão realizados.O governo avaliará os resultados das restrições em um prazo de 10 dias, informou o ministro da Saúde, Wolfgang Mückstein, que pediu aos hesitantes que aceitem a vacina o mais rápido possível. A medida deve ser aprovada pelo Parlamento durante a tarde, o que 'a priori' é uma simples formalidade.No sábado, a Áustria registrou mais de 13.000 novos casos de covid-19 em um país com mais de 9,8 milhões de habitantes, o maior número de contágios desde o início da pandemia. Veja Mais

Rainha Elizabeth II não comparecerá a uma cerimônia oficial por motivos de saúde

em - Internacional A rainha Elizabeth II, de 95 anos, não comparecerá a uma cerimônia oficial prevista para este domingo (14) em Londres devido a seu estado de saúde, anunciou o Palácio de Buckingham, o que provocou novas preocupações dos britânicos."A rainha, que sofreu uma torção nas costas, decidiu esta manhã com grande pesar que não poderá comparecer ao culto do domingo de Recordação no Cenotáfio", afirma um comunicado do palácio."Sua Majestade está desapontada por perder a cerimônia religiosa", completa a nota do palácio.O Palácio de Buckingham havia informado na quinta-feira que a monarca tinha a intenção de participar na cerimônia, uma homenagem às vítimas da guerra. Sua participação estava prevista para acontecer na varanda do Foreign Office de Londres Obrigada nas últimas semanas a repousar por ordens médicas, a rainha cancelou sua presença em vários eventos públicos.Neste domingo, os médicos aconselharam que não era razoável que ela viajasse de carro e ficasse de pé durante a cerimônia.Seu filho e herdeiro do trono, o príncipe Charles, que completa 73 anos neste domingo, depositará uma coroa de flores em nome de sua mãe no Cenotáfio, um monumento de guerra no centro de Londres, como tem feito desde 2017.E foi justamente a partir desta data que Elizabeth II começou a confiar algumas de suas funções a outros membros da Família Real."É muito triste para a rainha porque é o único evento do ano que realmente gosta de comparecer", afirmou a especialista em monarquia Penny Junor. "A opinião pública ficará muito triste e preocupada ao saber do novo contratempo, mas está claro que tem que se aconselhar e se recuperar", acrescentou Junor.A rainha só perdeu a cerimônia, que tem a presença do primeiro-ministro Boris Johnson e de vários políticos, em outras seis ocasiões durante seu longo reinado, porque estava em viagem ao exterior ou porque estava grávida de seus dois filhos mais novos.- "Está bem" -O estado de saúde da rainha preocupa os britânicos. Durante uma visita ao bairro londrino de Brixton na quinta-feira, o príncipe Charles respondeu de maneira breve a uma pergunta sobre a saúde da mãe: "Está bem", disse.Em 20 de outubro, Elizabeth II aceitou de maneira relutante o conselho de seus médicos para descansar por alguns dias. No dia anterior, ela participou em uma recepção no Castelo de Windsor com o primeiro-ministro Boris Johnson e o empresário americano Bill Gates.Elizabethh II passou a noite seguinte no hospital, sua primeira internação desde 2013, para passar por exames sobre os quais não foram divulgados detalhes. As informações publicadas pela imprensa aumentaram as dúvidas sobre sua saúde, assim como as críticas sobre a falta de transparência do Palácio de Buckingham.Os médicos aconselharam a rainha a prolongar o repouso e cancelar a participação em vários atos públicos. Por este motivo, Elizabeth II não compareceu à COP26, a conferência mundial sobre o clima que aconteceu em Glasgow. Os príncipes Charles e William representaram a família real. Ela também cancelou uma viagem de dois dias à Irlanda do Norte.A rainha, cujo marido, o príncipe Philip, morreu em abril aos 99 anos, foi vista recentemente caminhando com uma bengala, o que não acontecia desde 2004. Mas também foi vista ao volante de seu Jaguar, nas terras do castelo de Windsor, a 40 quilômetros de Londres, seu principal local de residência no momento. A imagem tranquilizou os britânicos.Elizabeth II sucedeu o pai, o rei George VI, em 1952 e no próximo ano completará 70 anos no trono. Veja Mais

Quilombos do Vale da Ribeira aplicam técnica centenária no plantio

G1 Economia Comunidades da região têm autorização do estado para cultivar em meio à floresta. Durante a pandemia, produção foi direcionada para pessoas que passam por situação de fome. Quilombos do Vale da Ribeira aplicam técnica centenária no plantio As comunidades quilombolas do Vale da Ribeira, em São Paulo, estão há 300 anos plantando alimentos de forma tradicional. Apesar das dificuldades, os produtores se uniram para doar alimentos para quem passa fome durante a pandemia. Assista a todos os vídeos do Globo Rural Os quilombolas são descendentes de pessoas escravizadas que fugiram para áreas isoladas do país. São pelo menos 88 comunidades na região, onde há uma intensa produção de alimentos, como mandioca, palmito, laranja, inhame, batata doce, maná, abóbora, chuchu e por aí vai. Essa população tem autorização do estado para cultivar em meio à floresta. Seu sistema de produção é a coivara. Ela consiste em limpar uma área, que pode ter, por exemplo, cerca de um hectare; plantar por um ou dois anos e depois seguir para outro espaço enquanto a mata nativa se recupera. Apesar de desmatarem e colocarem fogo na área, o sistema não prejudica o meio ambiente, explica Maurício Bieseke, agrônomo do Instituto Socioambiental (ISA). Isso porque a chama é controlada, feita com base em pesquisa e, por ser em uma área pequena envolta de floresta, há uma rápida recuperação da vegetação. Técnica de 200 anos A banana é o principal produto dos quilombos do Vale do Ribeira e a maioria é cultivada de forma orgânica, ou seja, sem nenhum fertilizante químico ou agrotóxicos. Bieseke aponta que a técnica de plantio também vai para além do orgânico, pois se trata de uma composição ancestral de mais de 300 anos no manejo dos alimentos. Mas, apesar da qualidade, as comunidades não conseguem comercializar a produção devido às dificuldades do transporte, já que são mais isoladas. O quilombo de Bombas, por exemplo, situado no Parque Estadual do Alto Ribeira, possui cerca de 90 moradores. As famílias vivem a 200, 300 metros umas das outras e construíram as casas à margem do rio para aproveitarem a água e criarem pequenos animais. Quilombos do Vale da Ribeira aplicam técnica centenária no plantio - parte 2 Tradição O Vale do Ribeira concentra o maior número de quilombos do estado de São Paulo. Foram os garimpeiros, em busca de ouro, que trouxeram a mão-de-obra escravizada para a região. Quando o metal acabou, sobrou miséria para as comunidades. Hoje, elas buscam uma melhoria de vida com o que produzem na agricultura. Há nove anos foi criada uma cooperativa para coletar, produzir, embalar e vender os alimentos colhidos. Eles têm apoio do ISA, que é uma organização não governamental e sem fins lucrativos. Para a líder do quilombo Inhunguara, Rosana Almeida, a cooperativa proporcionou mudanças de vida, já que hoje plantam não somente para consumo próprio, mas também para comercializar, gerando renda. Até 2020, os principais clientes da cooperativa eram as prefeituras da região e o governo do estado de São Paulo. Os produtos abasteciam creches e escolas. Mas, com a pandemia, o sistema de ensino presencial foi paralisado e a maioria dos contratos de compra de alimentos foram encerrados. Com o fim da maior parte dos contratos, a solução encontrada foi unir duas pontas: a produção e o consumo, mantendo a renda dos quilombolas, e, ao mesmo tempo, ajudando famílias pobres das cidades. SOLIDARIEDADE: conheça 3 iniciativas que incentivam agricultores a doarem parte da produção Do começo da pandemia até agora, foram doadas mais de 220 toneladas de alimentos para moradores de 7 municípios paulistas e duas favelas da capital, a 1010 e a São Remo. São mais de 34.500 pessoas beneficiadas pelo projeto. Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima. VÍDEOS: mais assistidos do Globo Rural Veja Mais

'Rei da Fraude' pega 10 anos de prisão por crimes online

'Rei da Fraude' pega 10 anos de prisão por crimes online

Tecmundo Um cibercriminoso que atuou na Rússia e embolsou mais de US$ 7 milhões em um esquema de anúncios online foi condenado a dez anos de prisão.Aleksandr Zhukov, conhecido como "Rei da Fraude", manteve entre setembro de 2014 e dezembro de 2016 uma quadrilha que criou um golpe envolvendo a venda de espaço publicitário online em sites populares. O crime ficou conhecido como "Methbot".Leia mais... Veja Mais

Disparada dos preços de insumos preocupa produtores brasileiros

G1 Economia Boa parte dos fertilizantes e agrotóxicos, por exemplo, vem de outros países e, com o dólar alto, os importados ficaram mais caros. Disparada dos preços de insumos preocupa produtores brasileiros O aumento do custo dos insumos é a principal preocupação dos produtores brasileiros com esta safra. De janeiro a setembro, por exemplo, os fertilizantes, em geral, dobraram de valor, enquanto o cloreto de potássio subiu 152,6%. Já a ureia avançou 70%, mostram dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Assista a todos os vídeos do Globo Rural Isso acontece porque boa parte dos fertilizantes e agrotóxicos, por exemplo, vem de outros países e, com o dólar alto, os importados ficaram mais caros. Mas não é só isso. "A crise do petróleo, que, de certa forma, é um percursor de muitos desses insumos, desses fertilizantes, a questão logística no mundo, a falta de contêineres mudou rotas de navios, encareceu mais o frete, o próprio preço do diesel para distribuição no Brasil deixou mais caro também esse produto", diz o diretor técnico da CNA, Bruno Lucchi. Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima. Vídeos: mais assistidos do Globo Rural Veja Mais

12.000 músicos venezuelanos tentam bater o recorde de maior orquestra do mundo

em - Internacional Quase 12.000 músicos venezuelanos interpretaram no sábado (13) a Marcha Eslava de Tchaikovsky, em uma tentativa de bater o novo recorde Guinness de "maior orquestra do mundo", um resultado que será conhecido nos próximos dias.No pátio da Academia Militar da Venezuela, em Caracas, reuniram-se músicos de todas as regiões do país, integrantes do Sistema de Orquestras Infantis e Juvenis da Venezuela, um programa estatal fundado em 1975 pelo falecido maestro José Antonio Abreu e que deu acesso à educação musical para milhares de crianças das classes populares."O Sistema", como é conhecido e que serviu de inspiração para vários projetos em dezenas de países, é berço de grandes nomes, como Gustavo Dudamel, diretor musical da Ópera de Paris e da Filarmônica de Los Angeles.A obra de Piotr Ilich Tchaikovsky, composta em 1876 como hino para inspirar os soldados russos e sérvios na guerra com a Turquia, foi a terceira no programa de oito peças do concerto.Andrés David Ascanio, de 34 anos, recebeu a missão de reger a orquestra."Se uma corda partir, não parem. Caso percam a partitura, continuem de memória, mas não parem", pediu o maestro ao final do ensaio, para não colocar o recorde em risco.A Orquestra Sinfônica Simón Bolívar, a mais importante do país, foi a base do grande número de músicos.Durante os 12 minutos de duração da Marcha de Tchaikovsky, 260 auditores da empresa KPMG observaram se cada músico respeitava as regras para o novo recorde, como se não compartilhavam instrumentos e que todos tocassem por pelo menos cinco minutos.A organização Guinness anunciará nos próximos 10 dias se a Venezuela tem a maior orquestra do mundo.O atual recorde, de 2019, foi registrado em São Petersburgo, Rússia, por uma orquestra de 8.097 músicos."O Sistema" já reuniu mais de 10.000 músicos para prestar homenagem ao maestro Abreu quando ele faleceu, em 2018. Na época foi impossível certificar o recorde pelo tempo e a documentação exigida pelo Guinness. Veja Mais

Crise e divisões internas ameaçam Fernández em eleição na Argentina

em - Internacional Os argentinos votam neste domingo, 14, para renovar 127 das 257 cadeiras da Câmara dos Deputados e 24 dos 72 senadores. A crise econômica e as divisões internas do peronismo ameaçam a maioria legislativa do presidente argentino, Alberto Fernández, caso ele repita o desempenho que sua coligação - Frente de Todos - teve nas primárias, em setembro. A situação econômica do país ajuda a explicar o provável fracasso de Fernández nas urnas. A inflação, que ultrapassou os 50% entre janeiro e setembro, provocou uma corrida desesperada dos argentinos para as casas de câmbio, na tentativa de salvar suas economias em peso. Com isso, o dólar vem disparando, deteriorando o poder de compra da população e agravando as contas públicas."As explicações para o fracasso do governo são socioeconômicas", disse Julio Burdman, analista político e diretor do Observatório Eleitoral. A taxa de pobreza supera os 40% e o crescimento do PIB não deve repor as perdas de 2020. Acuado, o governo respondeu com velhas políticas heterodoxas, que fracassaram nos anos 80: o congelamento do preço de 1.245 produtos por 90 dias.A inflação alta tira a confiança no governo. "As coisas aumentam todos os dias. Não há maneira de parar isso, porque o governo não se importa com as pessoas", diz o sapateiro Cristián Pérez, de 80 anos, de Villa Ortuzar, bairro industrial da capital Buenos Aires. Para ele, um dos grandes problemas da Argentina são os impostos, usados, segundo ele, para financiar projetos sociais. "A essa altura da vida, vou morrer aqui", afirma o homem, que preferiu não votar na última eleição presidencial. "Os jovens, no entanto, deveriam todos ir embora da Argentina."Beatriz Ortiz, que trabalha em uma revista e vive em Belgrano, bairro nobre da capital, vai às urnas hoje votar na oposição. "A situação do país é ruim", disse. "A pobreza cresceu muito. Ninguém estava preparado para uma pandemia, mas o governo não demonstrou muito compromisso." A crítica de Beatriz é uma referência a outro calcanhar de Aquiles de Fernández: os escândalos que marcaram sua resposta à covid. O governo até que começou bem, com bastante apoio popular nos primeiros meses de lockdown. Com o tempo, porém, se perdeu. Em fevereiro, o ministro da Saúde, Ginés González García, renunciou após a revelação de que ele teria distribuído doses de vacina para amigos, servidores e secretários de governo que não faziam parte do grupo prioritário de vacinação. Em julho, a primeira-dama, Fabiola Yáñez deu uma festinha de aniversário na sede do governo quando estava em vigor um decreto assinado pelo próprio Fernández proibindo reuniões e a circulação de pessoas. O episódio ajudou a dar fim à lua de mel entre o governo e seu eleitorado. Os reflexos dos tropeços do presidente podem ser vistos em uma pesquisa recente da Universidad de San Andrés, que aponta uma aprovação - total ou parcial - de Fernández de apenas 26% dos eleitores; e uma desaprovação - total ou parcial - de 72%. Aldo Quispe, de 45 anos, um gari da cidade de Florencio Varela, na Grande Buenos Aires, é um exemplo dessa minoria que mantém a fé no peronismo, que segundo ele lhe deu a chance de reformar a casa e comprar um carro zero "graças a Deus".Mas a paciência de Aldo também tem limite e a alta do dólar incomoda. "Com esse aumento recente, a prestação do carro subiu 50% de um mês para o outro. É muito para minha família. Mais os gastos de luz e de água, que também aumentaram. Além da comida e do transporte para vir trabalhar."Outro desafio para Fernández são as divisões internas no peronismo. Mais especificamente, o fogo amigo disparado por sua vice-presidente, Cristina Kirchner. Confirmada em setembro a derrota nas primárias (uma espécie de eleição simulada, já que o voto é obrigatório), ela reclamou publicamente da morosidade do governo e atacou o presidente, em carta postada no Twitter. No texto, Cristina faz referência ao fato de ter feito dele um candidato. "Só te peço que honre aquela decisão", escreveu.Após o puxão de orelha, Fernández trocou seis ministros, além do porta-voz da presidência, abrindo mais espaço para kirchneristas como o novo ministro da Segurança, Aníbal Fernández, homem forte e voz radical em governos anteriores. É improvável, porém, que a manobra mude o resultado das urnas que, segundo analistas, deve repetir a insatisfação demonstrada nas primárias. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Veja Mais

Rainha Eizabeth II não comparecerá a uma cerimônia oficial por motivos de saúde

em - Internacional A rainha Elizabeth II, de 95 anos, não comparecerá a uma cerimônia oficial prevista para este domingo (14) em Londres devido a sei estado de saúde, anunciou o Palácio de Buckingham."A rainha, que sofreu uma torção nas costas, decidiu esta manhã com grande pesar que não poderá comparecer ao culto do domingo de Recordação no Cenotáfio", afirma um comunicado do palácio.O Palácio de Buckingham havia informado na quinta-feira que a monarca tinha a intenção de participar na cerimônia, uma homenagem às vítimas da guerra. "Sua Majestade está desapontada por perder a cerimônia religiosa", completa a nota do palácio. Obrigada nas últimas semanas a repousar por ordens médicas, a rainha cancelou sua presença em vários eventos públicos.Seu filho e herdeiro do trono, o príncipe Charles, que completa 73 anos neste domingo, depositará uma coroa de flores em nome de sua mãe no Cenotáfio, um monumento de guerra no centro de Londres, como tem feito desde 2017.O cancelamento da presença de Elizabeth II pode provocar novas preocupações dos britânicos pela saúde da rainha, que em outubro passou uma noite no hospital depois de ser submetida a exames médicos. Veja Mais

Venda de 'cama de frango' ajuda a aumentar renda em granjas de aves

G1 Economia Esse adubo orgânico, chamado de 'cama de frango', é rico em nutrientes. Muitas granjas têm nesse material uma importante opção de fonte de renda. Venda de 'cama de frango' ajuda a aumentar renda em granjas de aves Tv Tem O esterco de aves é muito usado para aumentar a produtividade de lavouras. Esse adubo orgânico, chamado de "cama de frango", é rico em nutrientes. Muitas granjas têm nesse material uma importante opção de fonte de renda. Em uma propriedade de Itapetininga (SP), é possível ver um capim bem verdinho. A soja bonita vem de barracões da propriedade do avicultor Silvio Ribeiro Santos, dono das plantações e também da granja. Na lavoura, ele usa o esterco de frango. No piquete, só tem o adubo orgânico. Já na soja, ele é usado junto com outros tipos para que, assim, ele economize e consiga uma boa produtividade. Silvio tem dois barracões, que abrigam quase 30 mil aves cada. Na "cama de frango", ele coloca uma espessura de cerca de dez centímetros de serragem de pinus. O mesmo material continua ali durante a produção de seis lotes, o que leva aproximadamente um ano. Depois de tudo isso, o pó de serra, junto com o esterco, vira o adubo poderoso para diferentes plantações, produto que é muito procurado por agricultores da região. No entanto, apesar do interesse que desperta, o que o avicultor não usa nas próprias plantações já tem destino certo todos os anos: uma plantação de laranja, também em Itapetininga, onde a tonelada é vendida por R$ 210. Mesmo usando parte do adubo em sua propriedade, Silvio consegue pagar os gastos e lucrar. Tirando o valor do pó da serra, o lucro é de 80%. No final, o rendimento é maior que o de um lote inteiro. (Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em 14/11/2021) Venda de 'cama de frango' ajuda a aumentar renda em granjas de aves Apesar de lucrativo, o material exige cuidado. Se ficar no barracão por muito tempo, pode causar prejuízo. Além do esterco de frango, o sítio também faz a compostagem com frangos que são encontrados mortos no barracão, ficando em meio a restos de serragem durante aproximadamente 180 dias para, então, o fertilizante ficar pronto. Depois de retirado, os compartimentos são lavados e higienizados para o início de um novo ciclo. Além de trazer mais economia ao produtor rural, o descarte correto dos resíduos ajuda o meio ambiente, assunto que sempre foi a meta de uma granja de codornas localizada em Porangaba (SP). O dono da granja decidiu fazer sozinho todo o processo que vai da fabricação de ração para aves até a preparação dos ovos em conserva. Nos barracões, são 300 mil aves produzindo ovos ao mesmo tempo, o que gera, por mês, 90 toneladas de esterco. Para facilitar o processo e até lucrar com isso, o avicultor Adalberto Monteiro da Silva decidiu modernizar a retirada: instalou as esteiras que recolhem os resíduos dia sim, dia não para que, em seguida, o esterco vá para tubos, que levam até um barracão, onde foi instalada uma máquina que faz a secagem do material a 180°C. Com esse processo, em pouco tempo o adubo fica pronto para ser vendido. Por ali, a tonelada custa cerca de R$ 1 mil. Com toda essa produção, mais do que o lucro, o processo eliminou os riscos de danos ao meio ambiente que a amônia presente no esterco pode causar. Acesse + Tv Tem | Programação | Vídeos | Redes sociais VÍDEOS: veja as reportagens do programa Confira as últimas notícias do Nosso Campo Veja Mais

Governo dos EUA teria interferido em plano da Intel para aumentar a produção de chips na China

tudo celular Membros da administração Biden teriam alegado questões de segurança nacional para convencer a companhia a desistir do negócio. Veja Mais