Meu Feed

Últimos dias

Mercedes de 1955 é leiloado por valor recorde

em - Internacional Um Mercedes de 1955, do qual existem apenas dois exemplares, foi leiloado no começo de maio por US$ 143 milhões, quase triplicando o recorde anterior de venda de um carro, anunciou nesta quinta-feira a RM Sotheby's.O Mercedes Coupé 300 SLR Uhlenhaut 1955 foi vendido em 5 de maio, em leilão confidencial no Museu Mercedes-Benz de Stuttgart (Alemanha), numa cooperação entre a filial da Sotheby's para veículos de luxo e a fabricante alemã.O recorde anterior era de uma Ferrari 250 GTO de 1962 vendida pela casa de leilões por mais de 48 milhões de dólares. Além disso, o Mercedes "300 SLR está entre os 10 objetos mais caros já vendidos em leilão", comemorou a RM Sotheby's.De acordo com a classificação feita pela AFP das obras de arte vendidas em leilão nos últimos anos, o recorde absoluto é ostentado pela pintura "Salvator Mundi", de Leonardo da Vinci, arrematada em novembro de 2017 por 450,3 milhões de dólares.Descrito pela RM Sotheby's como "o carro mais bonito do mundo", o veículo, que pertencia à Mercedes-Benz, foi vendido a um colecionador particular. O dinheiro "servirá para lançar um fundo Mercedes-Benz de bolsas de formação e pesquisa para jovens na área de ciências ambientais e descarbonização", informa o comunicado da RM Sotheby's. Veja Mais

Canadá proíbe gigantes chinesas Huawei e ZTE em suas redes 5G

em - Internacional O Canadá anunciou nesta quinta-feira (19) que vai proibir a instalação de redes 5G das gigantes de telecomunicações chinesas Huawei e ZTE, devido a preocupações de segurança nacional.A medida tão esperada segue movimentos semelhantes realizados por Estados Unidos e outros aliados-chaves, e chega após uma disputa diplomática entre Ottawa e Pequim em torno da prisão, em 2018, da diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou.Washington advertiu sobre as implicações de segurança de oferecer acesso à empresa chinesa de infraestruturas-chave de telecomunicações que poderiam ser usadas para espionagem.Por outro lado, tanto a Huawei como Pequim rechaçaram essas alegações e o governo chinês advertiu, ainda, para repercussões ao fornecedor de serviços de telecomunicações.O ministro da Indústria canadense, Francois-Philippe Champagne, e o da Segurança Pública, Marco Mendicino, fizeram o anúncio em uma coletiva de imprensa."Hoje anunciamos nossa intenção de proibir a inclusão de produtos e serviços de Huawei e ZTE nos sistemas de telecomunicações do Canadá", disse Champagne."As empresas de telecomunicações no Canadá não poderão incluir em suas redes produtos ou serviços que coloquem em risco a nossa segurança nacional", acrescentou."Aqueles provedores que já tenham instalado este equipamento estarão obrigados a deixar de utilizá-lo e retirá-lo", assinalou.O Canadá analisou o assunto durante vários anos, atrasando repetidamente uma decisão que era esperada pela primeira vez em 2019.O governo canadense manteve silêncio sobre o tema depois que a China deteve dois canadenses, o diplomata Michael Kovrig e o empresário Michael Spavor, um episódio que observadores consideraram uma represália pela prisão da executiva Meng Wangzhou em dezembro de 2018 a pedido dos Estados Unidos.Os três foram libertados em setembro de 2021 depois que Meng chegou a um acordo com os promotores americanos sobre as acusações de fraude, colocando fim à sua luta pela extradição.Atualmente, a Huawei é provedora de algumas companhias de telecomunicações canadenses com equipamentos 4G.A maioria, senão todas, se abstiveram de usar os serviços da Huawei em suas redes sem fio de quinta geração (5G) ou buscaram outros provedores, enquanto aguardavam a decisão de Ottawa.Mendicino disse que a inovação "representa uma grande oportunidade para a concorrência e o crescimento", mas "também traz riscos".Estados Unidos, Austrália, Reino Unido, Nova Zelândia, Japão e Suécia já tinham bloqueado ou restringido o uso de tecnologia da Huawei em suas redes 5G."Há muitos atores hostis que estão prontos para explorar vulnerabilidades" nas redes de telecomunicações, acrescentou.O governo americano considera a Huawei uma ameaça potencial de segurança devido à trajetória de seu diretor-executivo, Ren Zhengfei, um ex-engenheiro do exército chinês e pai de Meng.As preocupações aumentam em um momento em que a Huawei busca se tornar líder mundial em equipamentos de telecomunicações e uma das principais fabricantes de smartphones, e também a partir de uma lei de 2017 que obriga as empresas chinesas a colaborarem com o governo em temas de segurança nacional. As duas agências nacionais de espionagem de Canadá se dividiam na opinião sobre a Huawei, uma favorecendo o veto das redes 5G, enquanto a outra assegurava que o risco podia ser mitigado.O Serviço de Inteligência e Segurança do Canadá e o de Segurança em Comunicações tiveram a tarefa de avaliar os riscos e os custos para as telecomunicações do país e para os usuários de excluir a Huawei.A companhia chinesa já tinha sido vetada de participar de licitações e contratos oficiais, bem como de fornecer equipamentos-chave de redes como roteadores e centrais telefônicas. Veja Mais

Governo edita decreto que regulamenta mercado de créditos de carbono no Brasil

G1 Economia Segundo governo, foco é exportar créditos a países e empresas que precisam compensar emissões para cumprir compromissos de neutralidade de carbono. O governo federal publicou nesta quinta-feira (19), em edição extraordinária do "Diário Oficial da União" (DOU), um decreto para regulamentar o mercado de crédito de carbono no país. O mercado de crédito de carbono é um sistema de compensações de emissão de carbono ou outros gases de efeito estufa (GEE). Os créditos são gerados pelas empresas que diminuem suas emissões e podem vender esses ativos para empresas e países que não atingiram suas metas de redução destes. Entenda o que é o mercado de carbono Segundo o governo, o foco da regulamentação será a exportação de créditos, especialmente a países e empresas que precisam compensar emissões para cumprir com compromissos de neutralidade de carbono. Entenda o que é o mercado de carbono As regras também instituem o crédito de metano, unidades de estoque de carbono, e o sistema de registro nacional de emissões e reduções de emissões e de transações de créditos. Também será possível registrar a pegada carbono dos produtos, processos e atividades – que é a quantidade total de emissões de gases de efeito estufa que são emitidos de maneira direta ou indireta por produtos ou serviços ao longo do seu ciclo de vida. Com o decreto, também poderão ser comercializados os créditos de carbono de vegetação nativa – que pode ser gerado em 280 milhões de hectares em propriedades rurais, o carbono do solo – fixado durante o processo produtivo, e o carbono azul – presente em áreas marinhas e fluviais. A publicação do decreto foi anunciada pelo ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, na quarta-feira (18) durante congresso sobre o mercado de carbono. O decreto estabelece também os procedimentos para a elaboração dos Planos Setoriais de Mitigação das Mudanças Climáticas e institui o Sistema Nacional de Redução de Emissões de Gases de Efeito Estufa (Sinare). Os Planos Setoriais de Mitigação das Mudanças Climáticas deverão estabelecer metas gradativas de redução de emissões e remoções por sumidouros de gases de efeito estufa. Os planos serão propostos pelos ministérios do Meio Ambiente, da Economia ou por outras pastas setoriais relacionadas. Já o Sinare será uma central única de registro de emissões, remoções, reduções e compensações de gases de efeito estufa e de atos de comércio, de transferências, de transações e de aposentadoria de créditos certificados de redução de emissões. VÍDEOS: notícias sobre política Veja Mais

CEDES - Seminário internacional sobre a retomada econômica no pós-pandemia (parte 2) - 18/05/22

CEDES - Seminário internacional sobre a retomada econômica no pós-pandemia (parte 2) - 18/05/22

Câmana dos Deputados PARTICIPE! Envie sua pergunta para o e_Democracia: https://edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/2681/ Tema: Seminário Retomada Econômica e Geração de Emprego e Renda Pós-Pandemia Local:Auditório Nereu Ramos O Centro de Estudos e Debates Estratégicos realiza hoje seminário sobre a retomada econômica e a geração de emprego e renda no pós-pandemia. O tema está em estudo no Cedes sob relatoria dos deputados Da Vitória (PP-ES) e Francisco Jr. (PSD-GO). A intenção é definir o papel do Estado, da iniciativa privada e das organizações da sociedade civil nas estratégias e políticas de recuperação da economia e de geração de emprego e renda no pós-pandemia. O estudo desenvolve atividades com foco em cinco eixos principais: - contextualização inicial socioeconômica; - análise das políticas brasileiras empreendidas na pandemia à luz das experiências internacionais; - estudo das potencialidades da indústria, dos serviços especializados e da agropecuária no contexto de transformações globais; - exame da estabilidade da taxa de câmbio e das demais variáveis macroeconômicas; - análise da ampliação do crédito para a retomada das atividades econômicas. O presidente e o 1º vice-presidente da Câmara dos Deputados, respectivamente, Arthur Lira (PP-AL) e Marcelo Ramos (PSD-AM), são esperados para a abertura do evento. PROGRAMAÇÃO Abertura Horário: 9:00 às 10:00 - Deputado Arthur Lira - Presidente da Câmara dos Deputados - Deputado Marcelo Ramos - 1º Vice-Presidente da Câmara dos Deputados - Deputado Francisco Jr. - Membro do Centro de Estudos e Debates Estratégicos e Relator do Estudo Retomada Econômica- Câmara dos Deputados - César Moura - Secretário de Estado da Retomada representando Ronaldo Caiado, Governador do Estado de Goiás - Maria Emanuela Alves Pedroso - Secretária de Estado de Economia e Planejamento representando Renato Casagrande, Governador do Estado do Espírito Santo - Deputado André Fufuca - Líder do PP da Câmara dos Deputados - Geraldo Leite - Secretário Executivo do CEDES e Diretor da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados Mesa 1 - Possibilidades de desenvolvimento econômico no pós-pandemia Mediador Deputado Francisco Jr. Horário: 10:00-12:00 Palestrantes - Richard Kozul-Wright - Diretor da Divisão para a globalização e estratégias de desenvolvimento na Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) - Antonio Andreoni - Chefe de Pesquisa na University College London - Carlos Mussi - Diretor da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) no Brasil - Alfredo Saad-Filho - Professor de Economia Política e Desenvolvimento Internacional no King's College London Mesa 2 - Políticas econômicas e investimento na recuperação pós-pandemia Mediadora Deputada Angela Amin Horário: 13:00-15:00 Palestrantes - Luiz de Mello- Diretor de Estudos Políticos do Departamento de Economia da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico - OCDE - Matías Vernengo - Professor de Economia da Universidade de Bucknell, Pensilvânia - Maria de Lourdes Rollemberg Mollo - Professora Titular do Departamento de Economia da Universidade de Brasília Mesa 3 - Desenvolvimento produtivo, retomada, inovação e governança global em um mundo em transformação Mediador Deputado Átila Lira Horário: 15:30-17:30 Palestrantes - Jayati Ghosh - Professora de Economia da Universidade de Massachusetts - Nelson Barbosa - Professor Titular da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas e Universidade de Brasília - André Roncaglia de Carvalho - Professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Mesa de Encerramento Horário: 17:30-18:00 Deputado Da Vitória - Presidente do CEDES e Relator do Estudo Retomada Econômica Deputado Francisco Júnior - Membro do CEDES e Relator do Estudo Retomada Econômica Fonte: Agência Câmara de Notícias Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/65287 Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Em casamento de Lula e Janja, pista lota ao som de Anitta; saiba detalhes

O Tempo - Política 'Vai, Malandra' e 'Show das Poderosas' fizeram sucesso entre os convidados Veja Mais

Bolsonaro ironiza casamento de Lula: 'Quero saber se algum pobre foi convidado'

O Tempo - Política Presidente provocou o adversário petista na live desta quinta-feira (19) ao comentar o casamento dele com a socióloga Rosângela da Silva Veja Mais

EUA estimam que herói de 'Hotel Ruanda' está 'detido injustamente'

em - Internacional O Departamento de Estado dos Estados Unidos classificou formalmente o caso de Paul Rusesabagina, de 67 anos, que inspirou o filme "Hotel Ruanda", entre os de pessoas "detidas injustamente", afirmou nesta quinta-feira (19) um porta-voz.Rusesabagina cumpre atualmente uma pena de 25 anos de prisão por "terrorismo" após um processo qualificado por seu entorno como "simulacro" cheio de irregularidades. A Corte de Apelações de Ruanda confirmou a sentença em abril.O homem que inspirou o filme "Hotel Ruanda" (2004) ao salvar cerca de 1.000 pessoas durante o genocídio da etnia tútsi em 1994, foi declarado culpado em primeira instância em setembro "de ter fundado e pertencido" à Frente de Libertação Nacional (FLN), de oposição ao governo.Após a condenação, Washington temia que o processo contra Rusesabagina não teria sido justo.Esta decisão se apoia "especialmente na ausência de garantias relacionadas a um processo justo", disse o porta-voz, que, no entanto, detalhou que os Estados Unidos não se pronunciavam sobre "sua culpabilidade ou inocência".Como consequência concreta, a diplomacia americana deverá agora solicitar abertamente sua libertação às autoridades de Kigali.Desde 1996, Rusesabagina tinha morrido nos Estados Unidos e na Bélgica antes de ser detido em Kigali em 2020, em circunstâncias pouco claras, ao descer de um avião que ele acreditava que o levaria ao Burundi. Veja Mais

A Voz do Brasil - Plenário aprova regulamentação do ensino domiciliar no Brasil - 18/05/22

A Voz do Brasil - Plenário aprova regulamentação do ensino domiciliar no Brasil - 18/05/22

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Plenário aprova regulamentação do ensino domiciliar no Brasil; ✔️Decisão do TCU sobre venda da Eletrobras repercute entre deputados; ✔️Parlamentares destinam mais de 1 bilhão de reais para estados atingidos por chuvas. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Bolsonaro volta a questionar sistema eleitoral

em - Internacional O presidente Jair Bolsonaro voltou a questionar nesta quinta-feira (19) o sistema eleitoral brasileiro a cinco meses do pleito no qual tentará a reeleição."Quem porventura votar no outro lado, queremos que seja respeitado, e quem votar do lado de cá também. Não podemos enfrentar um sistema eleitoral (sobre o qual) paire a sombra da suspeição", disse Bolsonaro durante um evento sobre o mercado global de carbono no Rio de Janeiro. Bolsonaro, segundo colocado nas pesquisas de intenção de voto atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, há tempos desacredita - sem apresentar provas - a urna eletrônica, usada desde 1996, e que permite saber os resultados na mesma noite da votação. "O voto é a alma da democracia (e por isso) tem que ser contado publicamente e auditado", reiterou nesta quinta-feira (19) o presidente, que no começo do mês disse que seu partido contrataria uma empresa para auditar as eleições de outubro. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) emprega diversos mecanismos de controle e segurança para evitar fraudes e nunca foram comprovadas irregularidades que comprometam os resultados, ao contrário do que alegam Bolsonaro e seus partidários. O chefe do Executivo manteve um confronto constante com o TSE por este tema, que lhe rendeu a abertura de uma investigação no Supremo Tribunal Federal por difundir notícias falsas. Esta semana voltou a elevar o tom e disse que no Brasil "podemos ter umas eleições conturbadas". "Imagine acabarmos as eleições e pairar para um lado ou para o outro as suspeição [sic] que elas não foram limpas? Não queremos isso", afirmou Bolsonaro a um público formado por empresários. Essas e outras frases dele, como que as eleições só podem terminar para ele em "prisão, morte ou vitória" alimentam temores de que o presidente não reconheça uma eventual derrota e tente imitar o ex-presidente americano Donald Trump, ao qual muitos acusam de incitar os protestos que resultaram na invasão do Capitólio em Washington em 2021. O porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, disse recentemente que o Brasil "tem um sólido histórico de eleições livres e justas" e que os Estados Unidos "confiam" nas "instituições democráticas" do país. Veja Mais

Wall Street não consegue frear queda

em - Internacional Wall Street voltou a fechar em queda nesta quinta-feira, em um mercado que continua preocupado com os sinais de desaceleração do crescimento nos Estados Unidos, em meio à inflação e ao aumento dos juros.O Dow Jones cedeu 0,75%, a 31.253,13 pontos, e o Nasdaq, 0,26%, a 11.388,49 pontos. O S&P 500 caiu 0,58%, a 3.900,79 pontos, em um dia de volatilidade."O que mudou nestes últimos dias foi a sombra sobre o crescimento". Uma coisa é que os analistas falem, outra é ouvir as empresas dizendo que têm dificuldade com os preços mais elevados, que não conseguem repassá-los aos consumidores", disse Quincy Krosby, da LPL Financial. Dow Veja Mais

Oito são detidos no Equador por recrutar gente para 'grupos guerrilheiros'

em - Internacional Oito pessoas foram detidas nesta quinta-feira (19) no Equador pelo suposto crime de "tráfico de seres humanos e recrutamento para grupos guerrilheiros", informou a Promotoria.O grupo "fazia abordagens em comunidades" das províncias andinas de Cotopaxi e Chimborazo, bem como na Amazônia equatoriana, "para captar pessoas (de forma irregular) e formá-las militarmente na fronteira colombo-venezuelana", destacou a entidade em sua conta do Twitter.Os detidos tiveram apreendidas armas e munições.Mais cedo, o ministro do Interior, Patricio Carrillo, tinha dito na mesma rede social que essa organização estava ligada ao "tráfico de pessoas com fins de formação paramilitar".Carrillo acrescentou que "a violência é um fenômeno social incompreensivo, sofremos com ele no país".O Equador, que por muitos anos se manteve relativamente a salvo da violência de seus vizinhos, Colômbia e Peru - os dois maiores produtores mundiais de cocaína - vive um aumento da criminalidade vinculada ao narcotráfico.Em 2021, o país confiscou um recorde de 210 toneladas da droga e encerrou o ano com uma taxa de 14 homicídios por 100.000 pessoas, quase o dobro de 2020.A violência também se estende aos centros penitenciários, onde morreram quase 400 detentos em incidentes registrados em pouco mais de um ano.O governo atribui as massacres carcerárias à disputa entre grupos criminosos ligados ao narcotráfico que lutam pelo controle das rotas para o envio de cocaína a Estados Unidos e Europa. Veja Mais

Maior radiotelescópio do mundo busca dobrar sua capacidade de observação até 2030

em - Internacional O ALMA, maior radiotelescópio do mundo, no coração do Atacama, no norte do Chile, busca dobrar sua capacidade de capturar o universo em imagens até 2030 após fechar durante a pandemia de covid-19, diz seu diretor, o astrofísico canadense Sean Dougherty.O objetivo do Grande Conjunto do Atacama (ALMA) é focar suas 66 antenas localizadas a mais de 5.000 metros de altitude na planície de Chajnantor, neste deserto chileno, para obter imagens melhores do que as recentemente publicadas do buraco negro no centro da Via Láctea."Esperamos aumentar a amplitude de banda dos sistemas de telescópios idealmente em quatro, o que significa que poderíamos dobrar nossa capacidade de imagem, e o tipo de imagem que vimos na semana passada seria mais delicado e denso e, portanto, com mais detalhes", afirmou Dougherty.Depois de seis meses fechado durante a pandemia, o ALMA retomou suas atividades para observar o céu e retomar projetos astronômicos desenvolvidos em nível internacional.O radiotelescópio precisa dobrar sua sensibilidade na hora de recriar as imagens captadas por suas 66 antenas (54 com diâmetro de 12 metros e 12 com diâmetro de sete metros), cujos sinais são combinados entre si para atuar como um mega telescópio."ALMA é único por ser um telescópio muito grande e sensível. Podemos mover nossas antenas tão perto quanto dez metros e tão longe quanto 16 km. Isso nos dá a capacidade de olhar para uma ampla gama de resoluções, e isso significa detalhes", diz Dougherty.- Lugar único -Além da capacidade técnica de suas antenas - construídas em conjunto pelo Observatório Europeu Austral (ESO), a Fundação Nacional de Ciência dos Estados Unidos (NSF) e os Institutos Nacionais de Ciências Naturais do Japão (NINS) - o observatório está localizado em um lugar único no mundo."Estar no Chile, no altiplano a 5.000 metros (sobre o nível do mar) nos posiciona por cima da maior parte da água na atmosfera. Soma-se a isso o fato de o deserto do Atacama ser um dos lugares mais secos do mundo. Assim, o ALMA é, de longe, a instalação milimétrica mais destacada do mundo", aponta o diretor do projeto.As antenas brancas se destacam no alto da Cordilheira dos Andes, em meio a uma paisagem de cores laranja e ocre que contrastam com o céu azul limpo, um dos mais claros do mundo para observação astronômica.O deserto do Atacama, o mais seco do mundo segundo especialistas, ajuda com sua aridez a evitar as distorções geradas pela umidade na atmosfera, explica Francisco González, supervisor de manutenção das antenas, que aguardam uma revisão individual excepcional em 2023, dez anos após sua instalação.Para uma maior capacidade de observação, as 66 antenas possuem - sobre os mais de 5.000 metros de altura - quase 200 locais pelos quais se movem em um imenso transportador de 100 toneladas com 28 rodas, em função das necessidades de cada estudo mundial que solicita o uso do ALMA, onde 22 países trabalham em conjunto."Percebemos que estamos deixando um legado para as gerações futuras pelo fato de trabalhar aqui. Eu sou uma das pequenas engrenagens que movimentam todo esse belo maquinário do ALMA", diz o operador do transportador Patricio Saavedra, 45 anos, após realocar uma das grandes antenas. Veja Mais

Estado argentino é responsabilizado por massacre de indígenas em 1924

em - Internacional A justiça declarou nesta quinta-feira (19) comprovada a responsabilidade do Estado argentino na morte de mais de 400 indígenas em Chaco (nordeste) na década de 1920. A juíza federal Zunilda Niremperger qualificou os fatos como "crimes contra a humanidade no marco do genocídio dos povos indígenas". O massacre ocorreu durante a presidência de Marcelo T. de Alvear (1922-1928).De acordo com a sentença, em 19 de julho de 1924, cerca de cem policiais e alguns civis armados, apoiados por um avião, chegaram à reserva onde viviam mil pessoas dos povos Qom e Mocoit. Alguns trabalhadores estavam em greve devido às condições deploráveis às quais eram submetidos, à escassez de comida, falta de pagamentos e altos impostos. Apesar de trabalharem na região, a livre circulação de muitos era impedida.Os homens armados disparam contra os nativos durante um hora."Entre 400 e 500 membros dos grupos étnicos Qom e Mocoit morreram", afirma o texto. "Os feridos que não conseguiram escapar foram mortos da forma mais cruel possível. Houve mutilações, exposições e enterros em valas comuns", acrescenta.Os sobreviventes precisaram se esconder por anos.A juíza ordenou a publicação da sentença no Diário Oficial e a inclusão do estudo do massacre nos programas escolares e universitários, entre outras "medidas de reparação histórica". Historiadores afirmam que durante a formação da Argentina como nação independente, povos originários foram subjugados até seu extermínio. Um dos episódios mais trágicos é o conhecido como 'A Campanha do Deserto', durante a incorporação da Patagônia ao território nacional, que deixou um saldo de pelo menos 14.000 indígenas mortos entre 1878 e 1885. Veja Mais

Ainda vale a pena investir em empresas de tecnologia?

G1 Economia Queridinhas dos brasileiros até 2021, as ações do setor despencam à medida que a Selic sobe e estão na berlinda da renda variável. Inteligência Financeira Divulgação Para tentar conter a inflação, o Comitê de Política Monetária (Copom) vem aumentando sucessivamente a taxa básica de juros (Selic). Com isso, as empresas de tecnologia listadas na Bolsa estão vendo os aportes minguarem e seus ativos despencarem. Em janeiro de 2022, para se ter ideia, a desvalorização chegou a 10%. Nesse contexto, os papéis que até o ano passado eram certeza de rentabilidade se tornaram dúvida e, em alguns casos, até desaconselhados. Convidamos Rob Correa, analista de investimentos e autor do livro “Guia de Sucesso do Investidor de Longo Prazo” para falar sobre o tema e apontar as perspectivas de curto e médio prazo, . 1. No período de pandemia, um dos setores que mais se valorizaram foi o de tecnologia. O que puxou os ativos dessas empresas para cima? O que vimos durante a pandemia foi uma valorização nunca antes protagonizada pelas empresas de tecnologia, e isso se deve a uma combinação de fatores além dos juros, no caso brasileiro, terem se mantido em um patamar relativamente estável e baixo no período, chegando a 2% em seu ponto mais crítico. Esse contexto foi favorável às empresas recorrerem à contração de crédito. O outro motivo se relaciona a uma demanda exponencial pelas funcionalidades oferecidas por essas companhias, aumentando sua receita e seu nível de exposição aos mercados. Um exemplo é o Zoom [serviço de conferência remota], que teve um crescimento de receita de quase 400% no ápice da crise sanitária, com as suas ações valorizando em proporções galopantes. 2. Por que a contratação de crédito é fundamental para a sobrevivência das techs? Essa dependência ocorre por conta do modelo de negócio das companhias, que têm a essência de sua operação muito ligada ao crédito para financiar seu funcionamento. Como elas possuem um balanço altamente alavancado em razão da necessidade de Capex (despesas de investimento para manter o negócio competitivo), essas empresas, em termos mundiais, possuem uma forte correlação com a taxa básica de juros das economias às quais pertencem. 3. Qual a consequência da elevação da Selic para os ativos dessas empresas? Com uma Selic já precificada a 12,75%, as ações do setor enfrentam dias difíceis. Para se ter ideia, só em janeiro elas sofreram uma queda de 10%, que se acentua a cada pregão. Nesse contexto, o risco a ser pago pelo investidor pessoa física é muito caro. Como consequência, os investidores partem para a renda fixa ou para setores pagadores de dividendos, como o financeiro, empurrando as empresas tech para um poço de desvalorização frente ao mercado. 4. Na sua visão, esse processo de desvalorização vai se acentuar nos próximos meses? Por quê? Acredito que sim, e um agravante para a situação é que, com a fala do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, de que a equipe foi surpreendida pela alta do IPCA fora da projeção, o mercado tende a precificar uma taxa de juros acima de 13% nos próximos meses, elevando a desvalorização dos papéis tech. 5. É possível afirmar que o nível de risco dos papéis das empresas Tech aumentou? Como funciona essa dinâmica? A meu ver, por razões competitivas e econômicas, as ações do segmento aqui no Brasil são uma opção com um risco muito elevado e, por conta disso, devem compor uma pequena parte da carteira do investidor, que é a relacionada aos ativos de risco. Na minha visão, 5% é o máximo de comprometimento para reduzir o potencial de comprometimento do portfólio como um todo em contextos iguais aos que vivemos. 6. É momento de revisar a carteira? Quais são as sugestões para quem investe na renda variável? A minha recomendação para o investidor que deseja reduzir perdas e rebalancear sua carteira é que continue a aportar em várias classes de ativos e geografias, incluindo em sua estratégia uma porção de seu patrimônio investido no exterior. Com uma distribuição de ativos adequada ao seu perfil de e um controle do capital relacionado aos investimentos de risco, o investidor consegue se blindar de crises e estar mais perto de atingir seus objetivos de tranquilidade financeira. 7. Os investimentos no exterior podem incluir aportes para empresas tech? No exterior, essas empresas sofrem a mesma dinâmica com relação às taxas de juros às quais estão submetidas; porém, as vantagens competitivas de empresas do setor, principalmente americanas, tendem a ser maiores. Com o Fed ameaçando subir os juros pelo menos cinco vezes em 2022, é importante saber que as empresas dessa ordem sofrerão impactos negativos. Também é interessante se atentar que elas fazem parte de uma estratégia de crescimento, e normalmente não distribuem dividendos, tão queridos por nós brasileiros. 8. Para você, inteligência financeira é… Construir uma estratégia que dê ao investidor a tranquilidade de poder realizar seus projetos pessoais e proteger o futuro de sua família contra crises, sem ter que abrir mão do que é mais importante na vida: o tempo. Para acompanhar a dinâmica do mercado e entender o sobe e desce das ações, siga a Inteligência Financeira. Lá você encontra análises, entrevistas e a cobertura completa da economia brasileira e internacional. Veja Mais

TERRÍVEL! CONHEÇA AS 7 PENAS DE MORTE MAIS CRUÉIS DA HISTÓRIA

TERRÍVEL! CONHEÇA AS 7 PENAS DE MORTE MAIS CRUÉIS DA HISTÓRIA

Acredite ou Não A humanidade já foi mais cruel do que você imagina. Ao longo dos anos, as punições foram se tornando cada vez mais severas e os métodos de t0rtur4 foram se tornando piores. Acha que tem estomago pra ver? Então... descubra nesse vídeo 7 penas de morte mais cruéis da história! #humanidade #curiosidades #medo ✓ ???????????????????????????? → isabela@einerd.com.br ???? ???????????????????? ???????????????????? ????????????????????: ✓ Inscreva-se em nosso canal → https://goo.gl/8Clpk6 ✓ Acesse nosso site → http://acrediteounao.com ✓ Nossa página no Facebook → https://www.facebook.com/acrediteounatv ✓ Instagram → https://www.instagram.com/acrediteounaotv/ ???? Direção Geral: ✓ Instagram → https://www.instagram.com/marcelrs_/ ???? Produção: ✓ Instagram → https://www.instagram.com/brunojsou/ ???? Narração: ✓ Instagram → https://www.instagram.com/kmlsoueu/ ???? Gerente de Edição: ✓ Instagram → https://www.instagram.com/wilianpl/ O canal é propriedade da Petaxxon Informática LTDA - ME - Todos os direitos reservados. ???? ???????????????????? ???????? ???????????????????????????????????????????? Ac Alphaville - Alameda Araguaia 369 - Caixa Postal: 304 - Cep: 06455-972 ♬ ????????́????????????????????: ✓ Music by Epidemic Sound Veja Mais

Portugal quer taxar criptomoedas

em - Internacional Portugal quer acabar com a brecha legal que impede o governo de cobrar impostos sobre os ativos virtuais e que tornou o país atraente para os investidores em criptomoedas, informou nesta segunda-feira seu ministro das Finanças."O governo quer legislar sobre este tema, não iremos manter essa brecha", declarou Fernando Medina em Lisboa. O governo português pretende apresentar "o mais rapidamente possível" um novo marco legal, que assegure um equilíbrio entre "equidade" fiscal e "competitividade" internacional, acrescentou.Portugal é um dos poucos países da Europa onde as transações em criptomoedas não são taxadas, uma vez que as mesmas não são consideradas divisas nem ativos financeiros, segundo uma decisão da administração fiscal emitida em 2016. Apenas as atividades profissionais remuneradas em criptomoedas são alvo de impostos.Na pendência de novas regras fiscais, os investimentos em criptomoedas continuam a ganhar terreno, sobretudo no setor imobiliário, e a primeira venda de um apartamento pago com bitcoins, sem conversão para euros, ocorreu no começo do mês. Essa transação foi inédita "em Portugal e na Europa", segundo a agência imobiliária Zome, intermediária da venda. Veja Mais

TP-Link anuncia câmera C320WS no Brasil com gravação em 2K e resistência IP66

canaltech Depois de ter apresentado sua nova linha Tapo de câmeras de segurança nesta semana, a TP-Link anunciou que o modelo C320WS será disponibilizado para compra no Brasil. Com resistência contra água e suporte a capturas em alta resolução, o produto é o mais avançado dentre os quatro lançados pela marca. Airpods: casal processa Apple por danos auditivos irreversíveis O que significa o selo CE que vemos em produtos? Câmera tem resistência contra tempestades ou outros eventos climáticos (Imagem: Divulgação/TP-Link) O produto tem um visual discreto e compacto, para colocação direta em paredes ou no teto de diversos tipos de ambientes. Com certificação IP66, a construção do dispositivo é capaz de suportar tempestades e outros eventos climáticos extremos, sem ser danificado. A câmera Tapo C320WS faz gravações em resolução 2K QHD (2.560 x 1.440 pixels) por meio de um sensor de 4 MP. Durante a noite, o produto ainda pode capturar conteúdos em cores, enquanto diversos concorrentes são limitados ao preto e branco — a alta sensibilidade do componente faz com que as imagens fiquem mais claras, mesmo sem fontes de luz intensa. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O armazenamento das imagens é feito por meio de cartão micro SD de até 256 GB, que não acompanha o produto na caixa e precisa ser comprado separadamente. Outra opção é a assinatura do serviço Tapo Care, que guarda os registros de até 30 dias em nuvem. Além da captura, a câmera também pode emitir alertas sonoros para espantar invasores ou outras pessoas mal-intencionadas. Ainda é possível estabelecer uma comunicação direta por meio de microfones e alto-falantes, para instruções em entregas de encomendas, por exemplo. Câmer C320WS faz diferentes tipos de detecção (Imagem: Diviulgação/TP-Link) Outros recursos de segurança incluem detecção de intrusos a partir de uma área determinada, e a câmera também pode identificar quando alguém ultrapassa uma linha virtual ou tenta tampar o campo de visão das lentes. Todas as situações geram um envio de notificação por meio de aplicativo disponível para Android e iOS. Preço e disponibilidade No Brasil, a TP-Link Tapo C320WS será vendida pelo preço sugerido de R$ 499, com previsão de envios a partir do próximo mês de junho. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais

'Demolidor' vai ganhar nova série, diz revista

G1 Pop & Arte Estrela da série, Charlie Cox já tinha se juntado ao Universo Cinematográfico da Marvel em 'Homem-Aranha: Sem volta para casa'. Charlie Cox vive o protagonista da série, Matt Murdock Divulgação A plataforma de vídeos Disney+ está desenvolvendo uma nova série do "Demolidor", segundo o site da revista "Variety". Ela ainda não foi anunciada oficialmente, mas será escrita e produzida por Matt Corman e Chris Ord A publicação não confirma o retorno de Charlie Cox ao papel, mas lembra que ele já se juntou ao Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, em inglês) em "Homem-Aranha: Sem volta para casa" (2021). O ator interpretou o herói nas três temporadas da série produzida pela Netflix. Após deixar o catálogo da plataforma, a produção se entra para o serviço da Disney. Além de Cox, Vincent D'Onofrio, que interpretou o Rei do Crime, também entrou para o MCU com uma participação em "Gavião Arqueiro". Atores de 'Demolidor' discutem expectativas para segunda temporada da série no Netflix Veja Mais

Lente de contato mede a pressão dos olhos e libera remédio para glaucoma

Lente de contato mede a pressão dos olhos e libera remédio para glaucoma

Tecmundo Cientistas chineses da Universidade Sun Yat-sem, em Guagzhou, desenvolveram uma lente de contato que é capaz de medir a pressão intraocular e administrar medicamentos para glaucoma. O dispositivo óptico apresenta um design compacto, é flexível, não utiliza baterias ou fios e disponibiliza remédio conforme a necessidade detectada.De acordo com o estudo, publicado na terça-feira (17) na revista Nature Communications, o módulo sem fio de detecção da pressão intraocular faz a tonometria através de um circuito de transferência de energia ultrassensível que, em seguida, entrega o medicamento na câmara aquosa por um processo de campo elétrico chamado iontoforese.Leia mais... Veja Mais

Comissão do Senado é contrária a uso de reconhecimento facial pela polícia

canaltech Uma comissão de juristas formada pelo Senado brasileiro para discutir a regulamentação da inteligência artificial no país parece unânime na ideia do banimento dos sistemas de reconhecimento facial pela polícia. Em um balanço dos debates que ocorreram desde abril, em Brasília (DF), a ideia foi contrária à utilização da tecnologia, que foi avaliada como reprodutora de racismo estrutural. Biometria facial deve movimentar R$ 53 bilhões em 2022 Crítica | Coded Bias usa didatismo para explicar terror por trás dos algoritmos Ao apresentar as conclusões, a relatora e jurista Laura Schertel Mendes apontou o risco de discriminação algorítmica na utilização de plataformas desse tipo para reconhecer suspeitos e acusados de crime. A ideia é que as plataformas de reconhecimento facial podem reproduzir o racismo embutido na sociedade e não combinam com a proposta de maior abertura e igualdade que acompanha a modernização dos sistemas judiciários. Além disso, ela apontou a preocupação quanto ao mau uso de dados coletados por tais sistemas, principalmente em relação a crianças e operações de mineração de dados. Na visão de Mendes, há a necessidade de estabelecimento de regulações que garantam a segurança e estejam de acordo com a complexidade na utilização de tais tecnologias, levando em conta, também, os riscos envolvidos em sua adoção. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- “Além dos vieses raciais já mencionados, tais [sistemas] oferecem riscos intrínsecos à liberdade e privacidade da população em geral e à própria democracia”, comenta Marcelo Cárgano, advogado da área de direito digital e proteção de dados do escritório Abe Giovanini Advogados. “Basta imaginar o uso indiscriminado por um governo de inclinações autoritárias para perseguir seus opositores e implantar uma plataforma de vigilância em massa.” Comissão do Senado se posicionou contra o uso de reconhecimento facial pelas autoridades, por risco de reprodução de racismo estrutural (Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado) A ideia da comissão, que reunião mais de 160 especialistas em 12 painéis, é criar subsídios para a produção de um projeto de lei substitutivo, que reúna diferentes projetos de lei que tramitam no Senado sobre o tema. São três ao todo, focados na regulamentação e disciplina na utilização de sistemas de inteligência artificial, dos quais as tecnologias de reconhecimento facial também fazem parte. A proposta acompanha preocupação internacional sobre o tema, como aponta Cárgano. Ele lembra que outras consultas públicas desse tipo estão ocorrendo, por exemplo, no Conselho Europeu de Proteção de Dados), que entendeu que o uso do reconhecimento facial tem impactos sobre a liberdade de movimento, reunião e a dignidade humana. “Seu uso em espaços públicos não tem lugar em uma sociedade democrática, com os receios não sendo hipotéticos ou exagerados, mas a partir de exemplos concretos”, completa. Matheus Puppe, sócio da área de TMT, privacidade e proteção de dados do escritório Maneira Advogados, traz uma visão diferente, em prol de uma normatização da programação das inteligências artificiais que possam deixar de lado os parâmetros preconceituosos. “Não podemos ir contra o avanço de novas tecnologias, mas adotar medidas estritas de autorregulação para que os provedores dos serviços não alimentem o sistema com dados pouco equitativos”, afirma. A comissão formada pelo Senado recebe sugestões externas por e-mail ou pessoalmente até o dia 10 de junho. Depois, a ideia é auxiliar a casa na aprovação de um projeto que garanta a liberdade e possua regras claras sobre a utilização da inteligência artificial e sistemas de reconhecimento facial no país. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais

Após perder assinantes, Netflix começa a demitir funcionários

canaltech A Netflix confirmou a demissão de 150 funcionários nesta semana, como reflexo direto da queda no número de assinantes registrada no primeiro trimestre de 2022. A maior parte das dispensas aconteceu em escritórios dos Estados Unidos, com informações da imprensa dos país indicando que os cortes também envolvem executivos e diretores ligados à produção de séries e filmes originais. Assinantes estão sobrecarregados com opções de streaming, mas não querem parar Além da Netflix | 15 serviços de streaming diferentes para você conhecer De acordo com o que foi publicado pelo Deadline, o setor criativo teria sido o mais atingido, principalmente os dedicados a produções independentes. Oficialmente, a Netflix não deu detalhes sobre as demissões, afirmando apenas que elas não foram baseadas em performance individual de funcionários ou produtos, mas sim nas necessidades do negócio diante da perspectiva de queda no total de assinantes. Netflix perdeu assinantes pela 1ª vez em mais de 10 anos; consequência tem sido demissões na empresa (Imagem: Divulgação/Netflix) Ondas de demissões Trata-se de segunda onda de dispensas realizada pela Netflix desde o anúncio dos resultados bem abaixo do esperado, em meados de abril. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- No final do mesmo mês, a empresa também tinha realizado cortes de redatores e editores do Tudum, seu site oficial voltado para os fãs e usado para a divulgação de conteúdo de bastidores e realização de eventos; seria, segundo a companhia, parte de uma reestruturação que também atinge o departamento de marketing. Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! As dispensas eram esperadas, principalmente depois da fala do diretor financeiro da Netflix, Spencer Neumann. Comentando os resultados publicados em abril, ele afirmou que a empresa pisaria no freio e controlaria os gastos, de forma a se manter operando dentro das margens esperadas e garantir o crescimento de longo prazo. Ele apontou que a empresa tem capacidade de continuar funcionando no azul pelos próximos 18 a 24 meses, caso siga como está, mas que a ideia é se antecipar a eventuais mudanças e focar em uma reestruturação dos negócios. Diretor financeiro da Netflix, Spencer Neumann já tinha sinalizado que demissões estavam vindo (Imagem: Reprodução/Linkedin, Spencer Neumann) Fim de recordes Os resultados trouxeram a primeira queda no total de assinantes da Netflix em mais de 10 anos e colocou fim a uma sequência de recordes para a empresa. O serviço fechou março de 2022 com 200 mil pagantes a menos, com a previsão sendo de quedas de até 2 milhões de pessoas para este segundo trimestre, fruto do aumento dos preços de assinaturas nos EUA e Canadá, principalmente, mas também da retomada no período pós-vacina da covid 19. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais

Casal ganha 184 milhões de libras em maior prêmio de loteria na Inglaterra

 Casal ganha 184 milhões de libras em maior prêmio de loteria na Inglaterra

em - Internacional Um casal que mora em Gloucestershire, na Inglaterra, ganhou, no último dia 10 de maio, o maior prêmio da história do sorteio da Euromillions, uma das loterias do país. O valor de 184 milhões de libras esterlinas equivale a R$ 1,13 bilhão na cotação desta quinta-feira (19/5).Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (19/5), Joe e Jess Thwaite se pronunciaram sobre o grande prêmio. “Olhei meu e-mail e tinha uma mensagem dizendo que ganhei ”, contou o homem.De acordo com Joe, o valor foi uma grande surpresa, já que ele imaginava o prêmio em proporções mais humildes: “Quando vi o valor, larguei o celular. Depois peguei de novo, olhei de novo o valor e achei que era em milhares”.O sortudo também ressaltou que teve paciência para esperar a mulher acordar e contar a grande novidade. No começo, ela achou que se tratava de uma brincadeira. Porém, ao notar a reação do marido, percebeu que ele estava falando a verdade.O casal explicou que ainda não teve tempo para planejar os próximos passos, mas a expectativa é de se afastar do trabalho e fazer bons investimentos com o novo patrimônio.“Esse prêmio é um grande alívio para toda minha família. Temos lutado com as contas e todas essas coisas por muito tempo”, disse Jess.O EuroMillions é uma loteria que abrange países como França, Reino Unido, Espanha, Portugal, Bélgica, Irlanda, Áustria, Suíça e Luxemburgo. O apostador precisa acertar 7 números para ganhar o prêmio máximo.*Estagiária sob supervisão de Ronayre Nunes Veja Mais

Plenário aprova projeto que permite a educação dos filhos em casa; proposta vai ao Senado - 19/05/22

Plenário aprova projeto que permite a educação dos filhos em casa; proposta vai ao Senado - 19/05/22

Câmana dos Deputados Sessão Deliberativa Extraordinária (semipresencial) - 19/05/2022 Local: Plenário da Câmara dos Deputados Início: 19/05/2022 às 09:01 PROPOSTAS ANALISADAS: REQ 706/2022 - Requer regime de urgência para apreciação do Projeto de Lei nº 543/2022 (Nº Anterior: PLS 315/2018), que “Denomina Engenheiro Manoel dos Passos Barros o viaduto localizado no entroncamento da BR-101 com a BR-262, no Município de Cariacica, Estado do Espírito Santo.” STATUS: Aprovada. MPV 1098/2022 - Dispõe sobre procedimentos de suspensão de concessões ou de outras obrigações na hipótese de descumprimento de obrigações multilaterais por membro da Organização Mundial do Comércio e altera a Lei nº 12.270, de 24 de junho de 2010. STATUS: Aprovada. MPV 1096/2022 - Abre crédito extraordinário, em favor do Ministério do Desenvolvimento Regional, no valor de R$ 550.000.000,00, para o fim que especifica. STATUS: Aprovada. MPV 1087/2021 - Abre crédito extraordinário, em favor do Ministério da Cidadania, no valor de R$ 167.288.600,00, para o fim que especifica, e dá outras providências. STATUS: Aprovada. PL 3179/2012 - A Câmara dos Deputados concluiu a votação do projeto de lei que regulamenta a prática da educação domiciliar no Brasil, prevendo a obrigação do poder público de zelar pelo adequado desenvolvimento da aprendizagem do estudante. A matéria será analisada ainda pelo Senado. STATUS: Aprovada com alterações. ========================================================= Confira a pauta completa: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/65318 ========================================================= Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #OrdemDoDia #SessãoDeVotação Veja Mais

Boeing lança espaçonave Starliner nesta quinta-feira; saiba como assistir

canaltech Depois de muitos adiamentos, ajustes e testes, a Boeing finalmente fará uma nova tentativa de enviar sua espaçonave CST-100 Starliner à Estação Espacial Internacional (ISS) nesta quinta-feira (19). A espaçonave decolará às 19h54 (horário de Brasília) a bordo de um foguete Atlas V, da United Launch Alliance (ULA), partindo do complexo de lançamento 41 (SLC-41) da Estação da Força Aérea dos EUA em Cabo Canaveral, na Flórida. Nasa fornece detalhes sobre a primeira missão tripulada à Marte China revela parte de seu programa de exploração lunar tripulada Se tudo correr como programado, a Starliner deve se acoplar à ISS 24 horas após o lançamento. No total a missão Orbital Flight Test-2 (OFT-2), como é chamada, deve ter duração de cerca de 5 dias, do lançamento ao retorno da cápsula à Terra. Não há tripulação, exceto por um manequim apelidado de Rosie the Rocketter. A transmissão oficial do lançamento, que você poderá acompanhar no vídeo abaixo, começa às 19h (horário de Brasília) no canal da NASA no YouTube. A United Launch Alliance também tem um site do evento, combinando a transmissão da NASA com fotos dos preparativos e comentários de seus especialistas. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/-  vv O sucesso é crucial para que a Boeing possa comprovar que a espaçonave é segura para testes tripulados, e que atenderá aos requisitos da Nasa no Commercial Crew Program (CCP), uma parceria entre a agência e empresas do setor aeroespacial para o desenvolvimento de novos veículos para o transporte de astronautas e carga até a órbita terrestre, quebrando décadas de dependência dos foguetes e cápsulas Soyuz, desenvolvidos e operados pela agência espacial russa (Roscosmos) Boeing vs SpaceX Duas empresas foram selecionadas como parte do CCP: a Boeing com sua CST-100 Starliner e a SpaceX com a Crew Dragon. A SpaceX saiu na frente na corrida, concluindo com sucesso sua primeira missão orbital, chamada Demo-1, em março de 2019. Já a Boeing só fez o primeiro teste da Starliner nove meses depois, em dezembro de 2019, na missão OFT-1. Entretanto, um erro de temporização em um computador de bordo fez com que a espaçonave gastasse combustível demais em uma manobra, impedindo que ela pudesse chegar à ISS dentro da margem de segurança definidas pela NASA. Como isso, a missão foi abortada sem o acoplamento à ISS. Como o principal objetivo não foi cumprido, ela não foi considerada um sucesso, embora a espaçonave tenha demonstrado a capacidade de chegar à órbita terrestre e retornar ao planeta em segurança. Lançamento da CST-100 Starliner na missão OFT-1, em dezembro de 2019. (Imagem: NASA/Joel Kowsky) Desde a OFT-1, a SpaceX certificou a Crew Dragon para voos tripulados (na missão Demo-2), fez quatro voos para a NASA como parte de seu contrato com o CCP (Crew-1 a Crew-4) e duas missões tripuladas "turísticas" ao espaço, uma delas orbital (Inspiration 4) e outra rumo à ISS, onde quatro "turistas" passaram 15 dias (Ax-1).Além disso, a empresa anunciou um programa espacial privado chamado Polaris, patrocinado pelo comandante da Inspiration 4, Jared Isaacman, composto por três voos com objetivos cada vez mais ambiciosos. A primeira missão, Polaris Dawn, deve acontecer até o final deste ano e contar com a primeira caminhada espacial privada da história. Espera-se que o terceiro voo seja a primeira missão tripulada da Starship, espaçonave que a SpaceX espera usar para levar a humanidade de volta à Lua e, eventualmente, a Marte. Ajustes, ajustes e mais ajustes Com o fracasso da primeira tentativa, a Boeing realizou “mais de 80” modificações, ajustes e melhorias na Starliner a pedido da Nasa. Uma segunda tentativa, batizada de OFT-2, foi marcada para 29 de março de 2021. Depois, foi adiantada para 25 de março, e em seguida sofreu vários adiamentos: 2 de abril, meados de abril e “agosto/setembro”, até que o lançamento foi finalmente marcado para 30 de julho de 2021. Infelizmente, um incidente com o módulo russo Nauka, recém-adicionado à ISS, forçou mais um adiamento, desta vez para 3 de agosto. “Problemas técnicos” forçaram mais um adiamento, desta vez para 4 de agosto, quando problemas com os indicadores de algumas válvulas no sistema de combustível forçaram o cancelamento do teste. O que se seguiu foram 8 meses de testes e análises para determinar a causa do problema com as válvulas, que acabou sendo identificada como corrosão causada pela interação do oxidante (que potencializa a queima do combustível) com umidade interna. Após várias tentativas de “destravar” as válvulas, a Boeing acabou optando por enviar a cápsula Starliner que seria originalmente usada na OFT-2 de volta à fábrica, para que possa ser desmontada e estudada a fundo, e usar a cápsula prevista para a primeira missão tripulada, a OFT-3, que ainda não tem data definida. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais

Bia Kicis comenta alterações das regras do Fundo Penitenciário Nacional - 18/05/22

Bia Kicis comenta alterações das regras do Fundo Penitenciário Nacional - 18/05/22

Câmana dos Deputados Definir um percentual mínimo para que a União, Distrito Federal, estados e municípios possam se planejar e melhor gerenciar o sistema prisional brasileiro. Essa é a essência de uma medida provisória que foi analisada e aprovada pelo Plenário da Câmara dos Deputados e que é tema desta edição do Palavra. Acompanhe a entrevista com a relatora da MP que alterou as regras do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), deputada Bia Kicis (PL-DF). Apresentação: William França Direção: Chiaro Trindade Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Bolsonaro se reunirá con Elon Musk em São Paulo (fonte do governo)

em - Internacional O presidente Jair Bolsonaro irá se reunir nesta sexta-feira em São Paulo com o multimilionário Elon Musk, informou uma fonte do governo, que negocia com o empresário um projeto para levar a internet à Floresta Amazônica."Vai ser em São Paulo", disse à AFP uma fonte da presidência. Nenhum detalhe sobre o encontro foi divulgado na agenda oficial.Bolsonaro havia dito mais cedo, em sua transmissão semanal nas redes sociais, que planeja um encontro "reservado" em São Paulo "com uma pessoa muito importante, que é reconhecida no mundo todo e vem para cá oferecer ajuda à nossa Amazônia.CEO da SpaceX e da Tesla, Musk é atualmente a pessoa mais rica do mundo, segundo a revista "Forbes", com uma fortuna estimada em US$ 220 bilhões.O governo brasileiro anunciou em novembro que estava negociando um acordo para que a Space X proporcionasse internet via satélite na Floresta Amazônica e ajudasse a detectar o desmatamento ilegal. Veja Mais

Um terço dos vereadores de Betim mira a ALMG ou o Congresso

O Tempo - Política Cinco atuais representantes do Legislativo municipal confirmaram que pretendem concorrer a uma cadeira na ALMG, e dois buscam uma vaga na Câmara de Deputados Veja Mais

Johnny Depp era ciumento e controlador, diz atriz Ellen Barkin

em - Internacional Johnny Depp era ciumento, controlador e se embebedava com frequência, disse sua ex-namorada, a atriz Ellen Barkin, em um depoimento pré-gravado nesta quinta-feira (19), exibido no julgamento da ação movida pelo ator por difamação contra sua ex-esposa, Amber Heard.Heard, de 36 anos, que em maio de 2016 pediu uma ordem restritiva contra Depp, de 58, alegando violência doméstica antes de pedir o divórcio, escreveu um artigo de opinião para o jornal The Washington Post em dezembro de 2018, no qual descreveu a si própria como uma "figura pública que representa o abuso doméstico", sem mencionar seu ex-marido.O protagonista de "Piratas do Caribe" a processou por US$ 50 milhões em perdas e danos por insinuar que ele é um abusador.A atriz, originária do estado do Texas (sul) e protagonista de "Aquaman", retrucou e o processou por US$ 100 milhões, alegando ter sofrido "violência física e abuso desenfreado" do ex-marido.Nos quatro dias de seu depoimento, Depp negou ter agredido Heard e afirmou que era ela quem frequentemente se mostrava violenta.- "Ciumento, controlador e bêbado" -Barkin, de 68 anos, disse que teve uma breve "relação sexual" com o ator na década de 1990.Ela contou que durante os vários meses em que estiveram juntos, Depp "estava bêbado na maior parte do tempo"."É um homem ciumento, controlador. 'Aonde vai? Com quem vai? O que fez ontem à noite?'", acrescentou."Uma vez ficou muito irritado porque tinha um arranhão nas costas e insistiu em que era porque tive relações sexuais com outra pessoa que não era ele", disse.Barkin relatou, ainda, um incidente durante as filmagens em 1998 de "Medo e loucura em Las Vegas", no qual Depp "jogou uma garrafa de vinho do outro lado do quarto do hotel (...) Não sei por que jogou a garrafa", embora tenha dito que pode ter tido uma discussão com amigos ou com seu assistente.- "Pouco profissional" -Tracey Jacobs, ex-agente de Depp que também deu um testemunho gravado, disse que a fama do ator começou a decair depois de 2010 devido a seu "comportamento pouco profissional".Os advogados de Depp alegam que as acusações de abuso doméstico danificaram a reputação de seu cliente. Mas sua ex-agente garantiu que o ator já havia começado a decair antes disso.Jacobs afirmou que o "comportamento não profissional" de Depp incluía o uso de drogas e álcool, além de "chegar tarde no set consistentemente em praticamente todos os filmes"."As equipes de produção não gostam de esperar horas e horas e horas para a estrela aparecer", explicou. "É uma comunidade pequena e isso deixou as pessoas relutantes em procurá-lo", disse.Ela alegou que Depp estava em tanto "desespero financeiro" em janeiro de 2016 que procurou a agência para pedir 20 milhões de dólares."A proposta não foi formulada como um empréstimo", disse, acrescentando que seus sócios disseram a Depp que a empresa "não era um banco", embora o tenham ajudado a obter um empréstimo através do Bank of America.- "Extremamente preocupado" -Por sua vez, Josh Mandel, ex-empresário de Depp, disse que estava "extremadamente preocupado" com a situação financeira de Depp em 2015.Houve conversas "constantes" com o ator para reduzir seus gastos, mas isso "nunca aconteceu", acrescentou."Com o tempo, se tornou evidente que tinha problemas com o álcool e as drogas" e "isso se traduzia em um comportamento mais errático", detalhou.A certa altura, Depp estava gastando US$ 300.000 por mês em funcionários em tempo integral e outros US$ 100.000 por mês em um médico e enfermeiras para garantir sua sobriedade, indicou.Mandel estimou que Depp ganhou em torno de 600 milhões de dólares durante as décadas que o representou.Indicado três vezes ao Oscar, o ator demitiu Mandel em 2016, que o processou, embora ambos tenham chegado a um acordo em 2018.Depp também demitiu Jacobs em 2016. Questionada sobre o motivo, ela afirmou: "realmente não sei. Tudo o que sei é que rompeu com praticamente todos que estavam na sua vida".Os advogados de Depp convocaram para depor especialistas que declararam que o ator perdeu milhões de dólares devido às acusações de abuso doméstico, incluindo US$ 22,5 milhões pelo sexto filme da franquia "Piratas do Caribe".O ator processou a ex-mulher nos Estados Unidos depois de perder um caso de difamação em Londres, quando atacou o tabloide britânico The Sun por chamá-lo de "espancador de esposas".Heard e Depp se conheceram em 2009 no set de "Diário de um Jornalista Bêbado" e se casaram em fevereiro de 2015. O divórcio foi finalizado dois anos depois.A juíza Penney Azcarate marcou as alegações finais do caso para 27 de maio. Depois delas, o júri irá deliberar. Veja Mais

Países da aliança 'Cinco Olhos' apoiam processos por crimes de guerra na Ucrânia

em - Internacional Os procuradores-gerais de cada um dos países-membros da aliança dos "Cinco Olhos" deram forte apoio nesta quinta-feira (19) aos esforços empreendidos pela Ucrânia para julgar os crimes de guerra ocorridos durante a invasão russa. Os procuradores-gerais de Reino Unido, Estados Unidos, Austrália, Canadá e Nova Zelândia disseram que apoiam por completo a busca de sua colega ucraniana, Iryna Venediktova, para haja prestação de contas dos crimes de guerra cometidos desde que a Rússia invadiu o seu país em 24 de fevereiro. As autoridades ucranianas garantem ter aberto centenas de expedientes sobre crimes supostamente cometidos pelas forças russas. "Apoiamos a busca por justiça por parte da Ucrânia e através de outras investigações internacionais, inclusive no Tribunal Penal Internacional e em outras organizações", indicaram os procuradores em comunicado. "Nos unimos na condenação ao governo russo por seus atos e pedimos que cesse todas as violações do direito internacional, interrompa sua invasão ilegal e coopere nos esforços para obter prestação de contas", acrescentaram. O comunicado vem à tona um dia depois de um soldado russo se declarar culpado de assassinar um homem desarmado de 62 anos com quatro dias de invasão, o primeiro caso levado aos tribunais pela Ucrânia no meio da guerra. Vadim Shishimarin, de 21 anos, pediu clemência em uma audiência realizada nesta quinta-feira, na qual os promotores solicitavam prisão perpétua. "Sei que não poderão me perdoar, mas lhes peço clemência", disse o soldado à corte e à mulher do homem assassinado. "Por meio deste primeiro julgamento, estamos mandando um claro sinal de que cada perpetrador, cada pessoa que ordenou ou ajudou no cometimento de crimes na Ucrânia, não poderá se evadir de suas responsabilidades", disse Venediktova. Nesta quinta-feira começaram os julgamentos de outros dois soldados russos na Ucrânia. Veja Mais

EUA lançam plano para capturar CO2 da atmosfera

em - Internacional Os Estados Unidos revelaram nesta quinta-feira um plano de US$ 3,5 bilhões para projetos de captura de dióxido de carbono diretamente do ar, uma tecnologia de vanguarda, vista como possível solução para as mudanças climáticas.O dinheiro servirá para financiar quatro programas, que incluem projetos de captura de CO2 diretamente do ar e das fábricas, visando ao seu armazenamento, segundo o Departamento de Energia. O fundo faz parte do pacote de infraestrutura de US$ 1,2 trilhão que o presidente Joe Biden promulgou em 2021.Em seu relatório mais recente, a ONU afirma que o mundo precisa capturar e armazenar dióxido de carbono do ar e dos oceanos, independentemente da velocidade com que os países consigam reduzir suas emissões de gases do efeito estufa.Consideradas por muito tempo um esforço marginal ou estratégia industrial para evitar reduzir suas emissões de carbono, as medidas de remoção de CO2 são agora uma necessidade, segundo o painel intergovernamental sobre as mudanças climáticas.O dióxido de carbono capturado do ar é um método recente que desperta grande interesse, embora seu potencial para projetos de larga escala ainda não tenha sido comprovado. Espera-se que os quatro programas do Departamento de Energia sejam capazes de capturar e armazenar até 1 milhão de toneladas de CO2 por ano.O governo anunciou no começo de maio sua intenção de investir 2,25 bilhões de dólares em projetos de armazenamento de CO2, valor também incluído nos gastos com infraestrutura. As gigantes do petróleo americanas ExxonMobil e Chevron, às quais se pediu mais ações para combater as mudanças climáticas, também focaram nessa tecnologia para reduzir seu impacto sobre o meio ambiente.EXXONMOBILCHEVRON Veja Mais

Oklahoma aprova lei que proíbe aborto desde a fecundação

em - Internacional O Parlamento de Oklahoma aprovou nesta quinta-feira (19) uma lei que proíbe o aborto desde a fecundação, transformando este reduto conservador do sul dos Estados Unidos no estado com as regulações mais restritivas para a interrupção voluntária da gestação.A votação ocorreu em um momento em que o direito ao aborto nos Estados Unidos se vê ameaçado, após o vazamento de um documento da Suprema Corte no qual se mostra disposta a revogar a decisão há 50 anos que garante esse direito.Para entrar em vigor, o texto de Oklahoma agora precisa ser promulgado pelo governador republicano Kevin Stitt.Inspirada em uma lei aprovada pelo Texas em setembro, a nova norma de Oklahoma abre a porta para que os cidadãos apresentem ações contra pessoas suspeitas de ter praticado um aborto.A definição de aborto, segundo o texto, não inclui, no entanto, "o uso, a prescrição, o fornecimento ou a venda de pílulas do dia seguinte ou qualquer outro tipo de anticoncepcional de emergência".A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, qualificou a votação de Oklahoma como "a última de uma série de ataques flagrantes de legisladores contra as mulheres".Também instou os americanos a escolherem líderes que defendam o direito ao aborto "em nível local, estadual e federal". Os Estados Unidos celebram em novembro eleições de meio de mandato."Isto nunca foi mais urgente", tuitou.A organização Planned Parenthood, que defende o direito ao aborto, anunciou que "processará Oklahoma".O governador Stitt anunciou em 3 de maio que tinha assinado uma lei que já proibia o aborto depois de seis semanas de gestação.Embora as consultas revelem que o aborto conta com o apoio da maioria dos americanos, é um tema que provoca muita polarização desde a decisão "Roe v. Wade" de 1973, que garante o direito à interrupção voluntária da gravidez.Se a Suprema Corte sepultar o direito em nível federal, uma decisão que deve anunciar antes do 30 de junho, ficará nas mãos dos 50 estados da União decidir se criminalizam ou não o aborto.Espera-se que 26 estados governados por conservadores, em sua maioria localizados no centro e no sul do país, proíbam a interrupção voluntária da gravidez. Veja Mais

Kalil divulga primeiro vídeo de aliança com Lula; confira

O Tempo - Política Material foi divulgado nas redes sociais na noite desta quinta-feira (19), logo após parceria formal ser confirmada por Reginaldo Lopes (PT) Veja Mais

Estrela de Johnny Depp se apagou por 'comportamento não profissional', diz ex-agente

em - Internacional A carreira e as finanças de Johnny Depp já estavam com problemas antes de sua então esposa, Amber Heard, o acusar de violência doméstica em 2016, conforme apontaram os depoimentos de seu ex-agente e de seu empresário nesta quinta-feira (19).Tracey Jacobs, ex-agente de Depp, disse que o ator "se tornou a maior estrela do mundo" durante as três décadas que o representou em Hollywood.Mas a reputação do protagonista de "Piratas do Caribe" começou a decair depois de 2010 devido à seu "comportamento pouco profissional", afirmou.Esta agente de United Talent Agency (UTA) deu um depoimento gravado no julgamento do processo por difamação que Depp, de 58 anos, apresentou contra sua ex-esposa, de 36.Heard, que pediu uma ordem de restrição contra Depp alegando violência doméstica antes do divórcio, escreveu um artigo de opinião publicado no jornal Washington Post em dezembro de 2018, no qual se descreveu como uma "figura pública que representa o abuso doméstico", sem mencionar o marido.O ator a processou por insinuar que era um abusador e pede 50 milhões de dólares em perdas e danos.A protagonista do filme "Aquaman" contra-processou, pedindo 100 milhões de dólares e alegando que sofreu "violência física e abusos desenfreados".Durante os quatro dias que passou prestando depoimento, Depp negou as agressões físicas e garantiu que a ex-mulher era a parte violenta da relação.Os advogados de Depp alegam que as acusações de abuso doméstico danificaram a reputação de seu cliente. Mas sua ex-agente garantiu que o ator já havia começado a decair antes disso.Jacobs afirmou que o "comportamento não profissional" de Depp incluía o uso de drogas e álcool, além de "chegar tarde no set consistentemente em praticamente todos os filmes"."As equipes de produção não gostam de esperar horas e horas e horas para a estrela aparecer", explicou. "É uma comunidade pequena e isso deixou as pessoas relutantes em procurá-lo", disse.Ela alegou que Depp estava em tanto "desespero financeiro" em janeiro de 2016 que procurou a agência para pedir 20 milhões de dólares."A proposta não foi formulada como um empréstimo", disse, acrescentando que seus sócios disseram a Depp que a empresa "não era um banco", embora o tenham ajudado a obter um empréstimo através do Bank of America.- "Extremamente preocupado" -Por sua vez, Josh Mandel, ex empresário de Depp, foi interrogado sobre as finanças do ator.Respondeu que estava "extremadamente preocupado" pela situação financeira de Depp em 2015.Houve conversas "constantes" com o ator para reduzir seus gastos, mas isso "nunca aconteceu", acrescentou."Com o tempo, se tornou evidente que tinha problemas com o álcool e as drogas" e "isso se traduzia em um comportamento mais errático", detalhou.A certa altura, Depp estava gastando US$ 300.000 por mês em funcionários em tempo integral e outros US$ 100.000 por mês em um médico e enfermeiras para garantir sua sobriedade, indicou.Mandel estimou que Depp ganhou em torno de 600 milhões de dólares durante as décadas que o representou.Indicado três vezes ao Oscar, o ator demitiu Mandel em 2016, que o processou, embora ambos tenham chegado a um acordo em 2018.Depp também demitiu Jacobs em 2016. Questionada sobre o motivo, ela afirmou: "realmente não sei. Tudo o que sei é que rompeu com praticamente todos que estavam na sua vida".Os advogados de Depp convocaram para depor especialistas que declararam que o ator perdeu milhões de dólares devido as acusações de abuso doméstico, incluindo US$ 22,5 milhões pelo sexto filme da franquia "Piratas do Caribe",O ator processou a ex-mulher nos Estados Unidos depois de perder um caso de difamação em Londres, quando atacou o tabloide britânico The Sun por chamá-lo de "marido violento".Heard e Depp se conheceram em 2009 no set de "Diário de um Jornalista Bêbado" e se casaram em fevereiro de 2015. O divórcio foi finalizado dois anos depois.A juíza Penney Azcarate marcou as alegações finais do caso para 27 de maio. Depois delas, o júri irá deliberar. Veja Mais

Petróleo segue volátil mas se recupera

em - Internacional Os preços do petróleo oscilaram ao longo do dia e terminaram em alta, após o recuo do dólar, que torna o petróleo mais barato, em um contexto de oferta sob pressão.O barril do Brent para entrega em julho subiu 2,68%, a 112,04 dólares, em Londres. O WTI para junho teve alta de 2,39%, a US$ 112,21, em Nova York."Houve uma queda significativa do dólar, o que ajudou a elevar os preços", resumiu John Kilduff, da Again Capital.A secretária de Energia dos Estados Unidos, Jennifer Granhom, esclareceu hoje perante uma comissão do Senado que os Estados Unidos não planejam importar petróleo da Venezuela. "Isso liberou pressões para baixo sobre os preços, em um mercado que se mostrou muito otimista com a possibilidade de contar com petróleo venezuelano", indicou o analista da Again Capital.CHEVRON Veja Mais

Governo federal aprova teletrabalho na administração pública

Governo federal aprova teletrabalho na administração pública

Tecmundo O governo federal publicou no Diário Oficial da União (DOU) na quarta-feira (18) o Decreto nº 11.072 que, na prática, introduz a possibilidade de trabalho remoto na administração pública. Assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, a ordem dispõe sobre o recém-instituído Programa de Gestão e Desempenho (PGD).De acordo com o ato administrativo, agentes da administração pública federal direta, autárquica e fundacional que concordarem em realizar suas funções de maneira remota passarão a ter sua frequência comprovada por meio da entrega periódica de demandas. No entanto, seja qual for a modalidade, integral ou remota, o funcionário precisará ter disponibilidade para o atendimento de chamadas telefônicas, inclusive do público externo.Leia mais... Veja Mais

Conflito na Ucrânia poderia ser guerra indireta entre Ocidente e Rússia?

O Tempo - Mundo Enquanto ucranianos lutam nos campos de batalha, diversos países se posicionam contra Moscou sem se expor tanto Veja Mais

Hooked on You: simulador de encontros de Dead By Daylight é anunciado

Hooked on You: simulador de encontros de Dead By Daylight é anunciado

Tecmundo O gênero de simulador de encontros acaba de ficar ainda mais inusitado, graças ao anúncio de Hooked on You: A Dead By Daylight Dating Sim, novo título da desenvolvedora Behaviour Interactive, que criou o famoso multiplayer assimétrico de horror.A novidade foi revelada no perfil oficial do jogo, no Twitter, em uma postagem feita nesta terça-feira 17. O anúncio ainda foi acompanhado de um trailer que não lembra em nada o game original — o que só o torna mais curioso e divertido.Leia mais... Veja Mais

PlayStation Plus: Syphon Filter terá troféus no PS4 e PS5

PlayStation Plus: Syphon Filter terá troféus no PS4 e PS5

Tecmundo O Bend Studios confirmou nesta quinta-feira (19) que os jogos clássicos de Syphon Filter que estarão no PlayStation Plus terão os populares troféus. A franquia deve ter os jogos Syphon Filter, Syphon Filter 2, Syphon Filter: Dark Mirror e Syphon Filter: Logan’s Shadow no PS4 e PS5.Com a confirmação do estúdio responsável recentemente por Days Gone, é possível imaginar que os outros games clássicos de PS1 e PS2 também terão troféus para serem conquistados.Leia mais... Veja Mais

Lorenzetti: onda de frio vira piada na internet; confira os memes

Lorenzetti: onda de frio vira piada na internet; confira os memes

Tecmundo No início desta semana, chegou ao Brasil uma frente fria que fez as temperaturas despencarem. As regiões Sul e Sudeste foram as mais afetadas, com cidades marcando temperaturas entre 0°C e 5°C.As baixas temperaturas, é claro, viraram assunto nas redes sociais. Como de costume, um dos nomes mais citados entre os memes na internet é o chuveiro da marca Lorenzetti, que, segundo os usuários, é um dos mais fiéis amigos do brasileiro nos dias gelados.Leia mais... Veja Mais

ONGs apresentam 62 propostas para política ambiental em 2023

O Tempo - Política Observatório do Clima entregou documento a pré-candidatos à Presidência da República, menos ao presidente Jair Bolsonaro Veja Mais

Reboot de Demolidor no MCU já tem roteirista e produtor, diz site

canaltech A tão esperada série do Demolidor dentro do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês) parece que finalmente vai sair do papel. Embora um anúncio oficial ainda não tenha acontecido, a Variety informa que a produção do reboot já começou. O que esperar do Demolidor no MCU? O Demolidor está ou não dentro do MCU? Parece que nem a Marvel sabe De acordo com a revista estadunidense, fontes ligadas à nova série informam que ela vai ser destinada para o Disney+ e que Matt Corman e Chris Ord devem ficar responsáveis pelo roteiro e pela produção executiva do novo seriado. Os dois já trabalharam juntos nas séries Inimigo Interno e The Brave. O retorno do Homem Sem Medo parece estar cada vez mais perto (Imagem: Divulgação/Netflix) E embora os dois não sejam grandes conhecidos do público, o simples fato de o Marvel Studios dar continuidade às histórias do Homem Sem Medo já é motivo para os fãs comemorarem. Os rumores sobre um reboot de Demolidor surgiram há alguns meses após a série aparecer em uma lista de produções futuras, mas não havia qualquer detalhe oficial sobre isso e tampouco indícios que sustentassem a história para além do boato. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Ao mesmo tempo, o retorno de Matt Murdock como o Demônio de Hell’s Kitchen já era dado como certo por muita gente, principalmente após o ator Charlie Cox aparecer em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa como o advogado Matt Murdock. Além disso, em Gavião Arqueiro, Vincent D’Onofrio voltou a interpretar o Rei do Crime, reforçando a hipótese de que o universo construído na Netflix não seria inteiramente descartado. Será que vamos ter o encontro de Matt Murdock e Jenifer Walters nos tribunais? (Imagem: Divulgação/Marvel Comics) Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! Com a possibilidade de a série realmente sair do papel, aumentam também as chances de veremos esses personagens voltarem em outras histórias. Há quem aposte que Cox aparecerá em algum episódio de Mulher-Hulk: Defensora de Heróis, já que os dois personagens são advogados e faria sentido esse encontro nos tribunais. Além disso, a vindoura série Eco deve desenvolver o gancho deixado no fim de Gavião Arqueiro e talvez explorar mais o passado de Maya Lopez (Alaqua Cox) e sua relação com o próprio Rei do Crime. Levando em conta que o Demolidor vai realmente ganhar uma nova série, trazer seus personagens para esses outros seriados é uma ótima forma de introduzi-los de vez no MCU. E, até lá, seguimos esperando por uma confirmação do Marvel Studios de que o Homem Sem Medo vem aí. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais

Bastille e Corinne Bailey Rae anunciam shows no Brasil em setembro

G1 Pop & Arte Artistas aproveitam vinda ao Brasil para Rock in Rio e fazem shows em São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte. Veja datas e como comprar ingressos. Bastille e Corinne Bailey Rae anunciam shows no Brasil em setembro; artistas também são atrações do Rock in Rio Divulgação Bastille e Corinne Bailey Rae farão shows no Brasil em setembro, antes de tocar no Rock in Rio. Famoso pelo hit "Pompeii" de 2012, o grupo inglês canta em São Paulo, no dia 09 de setembro, na Tokio Marine Hall. A pré-venda começa nesta sexta (20), já o público geral poderá comprar ingressos a partir de terça (24). Os valores vão de R$ 170 (meia cadeira alta) a R$ 580 (inteira no camarote). O show no festival carioca acontece em 10 de setembro, mesmo dia de Coldplay, Camila Cabello e Djavan. LEIA TAMBÉM: Dua Lipa, Justin Bieber, Coldplay também fazem shows fora do festival; veja agenda Corinne Bailey Rae fará quatro shows no Brasil em 2022; um deles no Rock in Rio Divulgação Corinne Bailey Rae, cantora inglesa de hits como "Put Your Records On" e "Like A Star", vai fazer shows em Curitiba, Belo Horizonte e São Paulo antes de ir para o Rio. Na turnê "Sunlight / Sunlight!", ela canta os maiores sucessos da carreira. O último álbum é "The Heart Speaks in Whispers" de 2016. Os ingressos em São Paulo vão de R$ 120 a R$ 450 e já estão à venda (Veja abaixo os valores das outras cidades). A inglesa canta no Rock in Rio no dia inspirado no "Divino Feminino", com Jessie J, Gloria Groove e Duda Beat no palco Sunset. Bastille em São Paulo Data: 9 de setembro (quinta-feira) Local: Tokio Marine Hall - R. Bragança Paulista, 1281 - Várzea de Baixo, São Paulo Ingressos: De R$170,00 (cadeira alta meia entrada) a R$ 580,00 (camarote inteira) Venda de ingressos pelo site oficial a partir de 24 de maio (público geral) Corinne Bailey Rae em Curitiba Data: 1º de setembro (quinta-feira) Local: Teatro Positivo - R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 - Curitiba Ingressos: A partir de R$190,00 no site oficial Corinne Bailey Rae em Belo Horizonte Data: 3 de setembro (sábado) Local: Sesc Palladium - R. Rio de Janeiro, 1046 - Centro, Belo Horizonte Ingressos: A partir de R$ 140 no site oficial Corinne Bailey Rae em São Paulo Data: 5 de setembro (segunda) Local: Teatro Bradesco - Bourbon Shopping - Rua Palestra Itália, 500, São Paulo Ingressos: A partir de R$ 140 no site oficial Veja Mais

Sailor Moon: anime chega à Netflix com dublagem original; veja!

Sailor Moon: anime chega à Netflix com dublagem original; veja!

Tecmundo O clássico anime Sailor Moon S está disponível na Netflix. A gigante do streaming disponibilizou em seu catálogo os 38 episódios com a dublagem original, feita pela BKS.No Instagram, a editora JBC, responsável pela publicação dos mangás de Sailor Moon no Brasil, comemorou a notícia. Confira!Leia mais... Veja Mais

'Alma Viva', um olhar feminino sobre a bruxaria em Portugal

em - Internacional Para seu primeiro longa-metragem, "Alma Viva", apresentado em Cannes, a franco-portuguesa Cristèle Alves Meira tomou duas decisões arriscadas: falar de bruxaria e de mulheres em Portugal e dar o papel principal à sua filha de 11 anos. Ambas as apostas funcionaram, já que o filme foi apresentado na 61ª Semana da Crítica, cujo júri costuma ver centenas de filmes antes de selecionar os que vão concorrer (11 este ano). A particularidade da Semana da Crítica é acompanhar os primeiros filmes. Eles nos permitiram manter a confiança em nós mesmos, porque tem sido difícil", explicou Alves Meira, 39 anos, em entrevista à AFP nesta quinta-feira(19). "Alma Viva" explica a relação especial entre uma avó portuguesa com fama de bruxa e a sua neta, Salomé, que tem poderes especiais, com todas as vantagens e perigos que isso acarreta. A avó morre, presumivelmente de mau-olhado, e Salomé terá que lidar com sua peculiaridade sozinha. - Um episódio traumático -O filme foi inspirado em um episódio que traumatizou Alves Meira aos 20 anos: com a morte da avó, na localidade de Trás-os-Montes, a família brigou pelos custos do funeral e da sepultura. O corpo não foi enterrado por dois anos. A produção começa com imagens fortes: uma menina que dorme com a avó, que a ajuda a se vestir. Nudez, intimidade e aqueles poderes que podem ser transmitidos, mas nem sempre controlados. "Demorei muito para aceitar essa questão. Achei que não tinha legitimidade, porque é fascinante, mas é assustador. Tenho medo de ser julgada", explicou. Mas a jovem cineasta, com apenas dois curtas-metragens no currículo, consegue transmitir segurança. Os adultos gritam e brigam em torno de Salomé, enquanto ela fica calada e só pensa em como vingar a avó. Tal como acontece com muitos primeiros longas-metragens, Alves Meira recorreu a atores não profissionais, na sua maioria residentes na cidade."Atores não profissionais são incríveis, porque alguns têm uma habilidade inata", disse. E foi sua própria filha, Lua, que lhe pediu para desempenhar esse papel. Alves Meira reconhece que o "casting" foi um processo que envolveu "muita responsabilidade". Outro filme em competição na Quinzena dos Realizadores, "El agua", da espanhola Elena López Riera, trata de temas muito semelhantes. Em vez da terra, a questão central é um rio e sua relação com os moradores da cidade que atravessa, especialmente as mulheres. "Há um interesse renovado, em todo caso, por rituais e tradições. Na verdade, estamos desencantados com esse mundo moderno, entramos em relações muito virtuais uns com os outros", diz Alves Meira. Os atores "se divertiram muito" filmando as cenas, inclusive o "mau" vizinho e inimigo da avó de Salomé, diz a diretora de "Alma Viva". Mas "foi possível porque é meu povo. São pessoas que confiam em mim e me viram nascer. Se eu quisesse fazer um filme sobre bruxaria na África, acho que não seria possível, não dessa forma", explica. Quanto às bruxas... "Acredito nas minhas histórias. Preciso acreditar para falar sobre elas", acrescenta. Veja Mais

Nasceu o filho de Rihanna e A$AP Rocky, segundo o TMZ

em - Internacional Nasceu o primeiro filho da superestrela do pop Rihanna com o rapper A$AP Rocky, anunciou nesta quinta-feira (19) o site TMZ.A cantora de sucessos como "Diamonds" e "Umbrella" deu à luz a um menino em 13 de maio, em Los Angeles, segundo esse site especializado na indústria do entretenimento. Representantes do casal não responderam de imediato o pedido de confirmação da AFP.Até o momento, não há mais detalhes sobre o estado de saúde da mãe e do recém nascido. O nome do bebê também não foi divulgado.Rihanna, de 34 anos, e A$AP Rocky, de 33, anunciaram que estavam esperando um filho em janeiro com uma série de fotos tiradas nas ruas cobertas de neve do Harlem, em que a cantora usava um longo casaco rosa parcialmente desabotoado que expunha sua barriga saliente apesar das temperaturas frias de Nova York.Desde então, Rihanna desencadeou um frenesi dos paparazzi, aparecendo em looks de maternidade que mostravam sua crescente barriga.Sinal de que o fim da gravidez estava próximo, no início desde mês Rihanna não compareceu ao MET Gala, em Nova York, um evento que não costuma perder.Nos últimos anos, Robyn Rihanna Fenty, nascida em Barbados, tornou-se bilionária, transformando suas conquistas musicais em renomadas marcas de maquiagem, lingerie e alta moda.Rumores de que ela e A$AP Rocky estavam namorando persistiram por anos antes de o casal confirmar o romance no ano passado.Rihanna é o "amor da minha vida", declarou A$AP Rocky à revista GQ em maio de 2021.No mês passado, A$AP Rocky, cujo de registro é Rakim Mayers, foi detido por sua suposta participação em um tiroteio que aconteceu em novembro de 2021 em Hollywood no qual uma pessoa ficou ferida. Após pagar fiança, o rapper está em liberdade condicional. Veja Mais

Israel registra confrontos entre fiéis judeus e polícia em local de peregrinação

em - Internacional Uma multidão de fiéis judeus ortodoxos forçou nesta quinta-feira (19) as barreiras instaladas pela polícia israelense em Monte Meron, um ano depois da morte neste local de 45 pessoas durante um tumulto na peregrinação anual que reúne dezenas de milhares de pessoas."Dezenas de extremistas" entraram em um setor do local religioso, "lançando violentamente as barreiras e pondo em risco a vida humana", informou a polícia.Os agentes se retiraram do local quando um grupo de fiéis forçou as barreiras e invadiu um prédio, informou um fotógrafo da AFP, destacando que a polícia voltou em seguida.A peregrinação, que ocorreu por ocasião da festa judaica de Lag Baomer, reúne fiéis ao redor da suposta tumba de Rabbi Shimon Bar Yochai, um talmudista do século II da era cristã, a quem se atribui a redação do Zohar, obra central da mística judaica.Em 30 de abril de 2021, 45 pessoas, entre elas várias crianças, morreram em um tumulto registrado durante a peregrinação, da qual participaram dezenas de milhares de judeus ortodoxos, no Monte Meron, na Alta Galileia, no norte de Israel.Nesta quinta, um fotógrafo da AFP viu vário fiéis detidos e algemados pela polícia.Câmeras e outros equipamentos elétricos foram sabotados no local, acrescentou.A polícia barrou a chegada de novos fiéis ao local, onde a peregrinação deveria continuar até a noite desta quinta-feira. Veja Mais

Câmara aprova MP que autoriza Brasil a retaliar países que descumprirem acordos da OMC

G1 Economia País poderá suspender concessões ou obrigações quando instância da OMC ou relatório confirmarem alegações brasileiras. Texto vai ao Senado. A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (19) uma medida provisória que autoriza o Brasil a retaliar países que descumprirem acordos da Organização Mundial do Comércio (OMC). A matéria agora será analisada pelo Senado. Por se tratar de uma medida provisória, o texto já estava em vigor desde que foi publicado pelo Executivo, no dia 27 de janeiro. No entanto, para se tornar lei em definitivo, precisa ser aprovado até o dia 1º de junho pelo Congresso. De acordo com o texto, a Câmara de Comércio Exterior (Camex) poderá “suspender concessões ou outras obrigações” do Brasil com outros países em dois casos: quando o Brasil for autorizado pelo Órgão de Soluções e Controvérsias da OMC; ou quando um grupo especial da OMC fizer um relatório que confirme, “no todo ou em parte, as alegações apresentadas” pelo Brasil. Nesta segunda hipótese, a MP autoriza a retaliação se o outro país tiver recorrido ao Órgão de Apelação da OMC e este esteja impedido de apreciar o caso. O texto também exige que tenha se passado 60 dias da notificação do Brasil ao outro país sobre a intenção de fazer a suspensão para que ocorra a retaliação. A MP também define que as medidas de suspensão terão “prazo determinado”: serão adotadas somente enquanto perdurar a autorização do Órgão de Solução de Controvérsias da OMC ou enquanto a apelação não puder ser concluída. Justificativa Ao enviar a medida provisória para o Congresso, a Secretaria-Geral da Presidência da República afirmou que a autorização foi motivada pela paralisação do Órgão de Apelação da OMC. O colegiado está parado desde dezembro de 2019 pela impossibilidade de nomeação de novos integrantes. O Planalto alega que, se um país recorrer ao órgão, o pedido será feito “no vazio”. Entenda no vídeo abaixo, de 2019: OMC perde instância máxima de apelação de processos Em seu parecer, o deputado Darci de Matos (PSD-SC) destacou que a disponibilidade de um sistema de soluções de controvérsias (SSC) é “fundamental para o fortalecimento do sistema multilateral de comércio” e “um dos principais eixos da atuação brasileira no sistema OMC”. O parlamentar disse que, diante da importância do SSC, “causa preocupação o atual cenário de paralisia do seu Órgão de Apelação (OA)”. “Desde 2017, desentendimentos entre países sobre o funcionamento do SSC têm levado ao bloqueio da nomeação de novos membros para o Órgão de Apelação”, afirmou. Segundo Matos, a hipótese de suspensão de concessões em retaliação a membro da OMC que "se utilize de apelações como manobra legal para impedir a resolução de um contencioso" é "excepcional" e deixará de ser aplicada quando o Órgão de Apelação voltar a funcionar. Matos apresentou um relatório sem mudanças em relação ao texto encaminhado pelo Executivo. VÍDEOS: notícias sobre política Veja Mais

SpaceX, de Elon Musk, se torna a startup mais valiosa dos EUA

SpaceX, de Elon Musk, se torna a startup mais valiosa dos EUA

Tecmundo Em reportagem publicada na terça-feira (17), a agência Reuters informou que a companhia de transporte espacial SpaceX pode estar perto de se tornar a startup mais valiosa dos Estados Unidos. De acordo com a publicação, a empresa do bilionário Elon Musk, que também fabrica sistemas aeroespaciais, foi avaliada em US$ 125 bilhões (R$ 615 bilhões) em uma venda no mercado secundário.As ações, que estão sendo comercializadas na faixa de US$ 72, sinalizam uma grande elevação desde outubro passado, quando estavam sendo cotadas a US$ 56 em um desdobramento na proporção de 10:1, na qual cada ação ordinária se transforma em dez títulos novos. A operação, que é apenas nominal, não altera o valor de mercado da empresa.Leia mais... Veja Mais

Faleceu Vangelis, autor das trilhas de 'Blade Runner' e 'Carruagens de Fogo'

em - Internacional Vangelis, o compositor grego de trilhas sonoras de filmes como 'Blade Runner' e 'Carruagens de Fogo', faleceu aos 79 anos, informou o primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, nesta quinta-feira (19)."Vangelis Papathanassiou não está mais conosco", tuitou o primeiro-ministro. "O mundo da música perdeu o (artista) internacional Vangelis", acrescentou.Em mais de 50 anos de carreira, o artista conhecido apenas como Vangelis encontrou inspiração na exploração espacial, na natureza, na arquitetura futurista, no Novo Testamento e no movimento estudantil de maio de 1968 na França.Pioneiro da música eletrônica, este gênio autodidata dos teclados sempre gostou de experimentar, passando facilmente do rock psicodélico e do sintetizador à música étnica e ao jazz.Sua trilha sonora para "Carruagens de Fogo" ganhou um Oscar em 1982, quando competiu com a trilha de John Williams para o primeiro filme de Indiana Jones.Este tema, que liderou as listas de sucessos nos Estados Unidos, também teve grande impacto no Reino Unido e foi usado nos Jogos Olímpicos de Londres-2012."Sua maestria e sua inspiração tempestuosa na criação de sons, totalmente originais, criaram um público mundial", disse a ministra da Cultura grega Lina Mendoni, assegurando que Vangelis "foi ecumênico".Suas trilhas sonoras também incluem 'Missing - O Desaparecido', de Costa-Gavras, 'Lua de Fel' de Roman Polanski e 'Alexander' de Oliver Stone. Também compôs músicas para balé e teatro, bem como o tema da Copa do Mundo de futebol em 2002.- Menino prodígio -Evangelos Odysseas Papathanassiou nasceu em 1943 no povoado de Agria, perto de Volos (centro da Grécia). Foi um menino prodígio e deu seu primeiro concerto de piano aos seis anos, sem nunca ter feito aulas."Nunca estudei música", disse ele à revista grega Periodiko em 1988, lamentando a crescente "exploração" imposta pelos estudos de música e os meios de comunicação."Você pode vender um milhão de discos e se sentir fracassado. Ou pode não vender nada e se sentir muito feliz", disse na ocasião.Após estudar pintura na Escola de Artes de Atenas, Vangelis se uniu à banda de rock grega "Forminx" na década de 1960. Seu sucesso foi afetado pela chegada da junta militar em 1967, que restringiu a liberdade de expressão.Tentando chegar ao Reino Unido, ficou bloqueado em Paris durante o movimento estudantil de maio de 1968 e, junto com outros dois exilados gregos, Demis Roussos e Lucas Sideras, formou uma banda de rock progressivo, "Aphrodite's Child". A banda vendeu milhões de álbuns com sucessos como "Rain and Tears", antes de se dissolver em 1972. Ao se mudar para Londres em 1974, Vangelis criou os estúdios Nemo, "um laboratório de som", que produziu a maioria de seus álbuns.- "O sucesso é traiçoeiro" -"O sucesso é doce traiçoeiro", admitiu o compositor à revista The Observer em 2012. "Ao invés de conseguir avançar livremente e fazer realmente o que você quer fazer, fica bloqueado e é obrigado a se repetir", explicou.Em uma entrevista em 2019 aos Los Angeles Times, o músico falou de seu trabalho no filme "Blade Runner", de Ridley Scott. "Quando vi as imagens, percebi que isso era o futuro. Não é um bom futuro, logicamente. Mas é para lá que vamos", assegurou. Vangelis, cujo nome foi usado em 1995 para batizar um planeta, tinha fascínio pelo espaço.Em 1980, colaborou com a música do documentário científico Cosmos, ganhador do prêmio Carl Sagan. Ele também compôs músicas para missões da Nasa (2001 Mars Odyssey e 2011 Juno Jupiter) e um de seus álbuns, indicados ao Grammy, foi inspirado na missão da sonda espacial Rosetta em 2016. Nos últimos anos de sua vida, Vangelis dividiu seu tempo entre Paris, Londres e Atenas, permanecendo sempre discreto sobre sua vida privada. Veja Mais

Série do Demolidor para o Disney Plus já está sendo produzida, afirma site

tudo celular Ao que parece, Charlie Cox voltará novamente à pele do homem sem medo em uma nova temporada para o serviço de streaming. Veja Mais

Secretária de Energia dos EUA descarta importação de petróleo venezuelano

em - Internacional O governo de Joe Biden descartou nesta quinta-feira a importação de petróleo da Venezuela, dois dias após anunciar que irá relaxar sanções ligadas ao embargo ao petróleo bruto venezuelano, em vigor desde 2019."Os Estados Unidos não irão importar petróleo do Irã ou da Venezuela", afirmou a secretária de Energia, Jennifer Granholm, em audiência no Comitê de Serviços Armados do Senado. O senador republicano Rick Scott questionou Jennifer sobre os altos preços da gasolina, que geram um descontentamento crescente nos Estados Unidos, acusando o governo Biden de não permitir a exploração de petróleo em território nacional, mas buscar obter petróleo bruto do Irã ou da Venezuela."Por que alguém iria querer fazer negócios com Maduro, que cometeu genocídio contra seus próprios cidadãos e milhões de pessoas têm que deixar a Venezuela porque ele levou o país à fome?", repreendeu Granholm. Washington anunciou na última terça-feira um leve "alívio das sanções" a Caracas, visando a promover a retomada do diálogo entre Maduro e a oposição, lançado em agosto passado para superar a crise política e econômica na Venezuela.Em março, uma delegação americana viajou a Caracas, depois que Biden proibiu as importações de petróleo russo devido à invasão russa à Ucrânia. Naquele momento, a Casa Branca também negou que planejasse retomar as compras de petróleo bruto venezuelano, vetadas por Washington depois que Maduro assumiu o segundo mandato após eleições questionadas.CHEVRON Veja Mais

Cápsula da Boeing decola rumo à ISS em teste-chave

em - Internacional A gigante aeroespacial americana Boeing lançou nesta quinta-feira (19) sua cápsula Starliner rumo à Estação Espacial Internacional (ISS) em um voo de teste não tripulado-chave, após anos de falhas e falsos começos.A missão Orbital Test Flight 2 (OFT-2) decolou às 22h54 GMT do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, com a nave espacial fixada sobre um foguete Atlas V da United Launch Alliance, segundo a transmissão ao vivo da Nasa.O sucesso da missão é fundamental para resgatar a reputação da Boeing, após um primeiro fracasso em 2019, quando a tentativa de acoplamento à ISS fracassou devido a erros de software, que implicaram queimar muito combustível para chegar ao destino e a possibilidade de destruição da nave durante a sua reentrada."É um grande momento", disse a vice-administradora da Nasa Pam Melroy pouco antes do lançamento. "Quando construímos a estação espacial, estávamos realmente focados em toda a ciência incrível que poderíamos fazer em inovação. Ter agora outra forma de chegar lá simplesmente nos dá mais resiliência."Depois de anos de fracassos e adiamentos, a companhia aeronáutica americana Boeing tentará voltar à concorrência com a SpaceX para servir de "táxi" espacial para a Nasa.- Dia de redenção -Ambas as empresas receberam em 2014 contratos com valores fixos de US$ 4,2 bilhões para a Boeing e US$ 2,6 bilhões para a SpaceX, pouco tempo após o encerramento do programa do ônibus espacial, em uma época na qual os Estados Unidos dependiam dos foguetes russos Soyuz para chegar ao laboratório orbital.A Boeing, com sua história centenária, foi considerada por muitos uma aposta segura frente à praticamente inexperimentada SpaceX. Mas a empresa de Musk enviou recentemente sua quarta tripulação de rotina para a plataforma de pesquisas, enquanto os atrasos no desenvolvimento da Boeing custaram à empresa centenas de milhões de dólares.A Starliner deve se acoplar à ISS cerca de 24 horas após o lançamento e entregar mais de 226 kg de carga, incluindo comida e outros suprimentos, como roupas ou sacos de dormir, para a tripulação.O voo-teste sem tripulação está destinado a determinar se a cápsula será capaz de transportar humanos. Já tinha sido testado, mas sem sucesso, em 2019, quando a nave teve que retornar à Terra antes do tempo, evitando uma catástrofe.Depois, em agosto de 2021, um novo teste teve que ser cancelado pouco antes do lançamento, devido a um problema de válvulas detectado durante as verificações finais.Enquanto isso, a SpaceX já realizou com sucesso os seus próprios testes e começou a transportar astronautas da Nasa em missões regulares.No total, a empresa do bilionário Elon Musk já transportou 18 astronautas com sua própria cápsula, a Dragon, assim como quatro turistas espaciais que pagaram para estar em uma missão.Contudo, a Nasa quer diversificar suas opções para não voltar a correr o risco de ficar sem meios de transporte americanos, como aconteceu depois do encerramento das missões de transportadores espaciais em 2011. Até o surgimento da SpaceX, a agência espacial americana se viu obrigada a pagar por vagas de tripulantes nos foguetes Soyuz da Rússia.O lançamento desta quinta-feira é "um passo crucial" para se obter "dois veículos que transportem tripulações de forma regular", disse na terça-feira Dana Weigel, subdiretora do programa ISS da Nasa, em uma coletiva de imprensa. A dirigente destacou que foi assinado um contrato de preço fixo tanto com SpaceX quanto com a Boeing.- Acoplamento delicado -Durante o teste, uma boneca chamada Rosie será colocada no assento do comandante. Ela está equipada com 15 sensores, destinados a recolher informação sobre os movimentos da estrutura.A aproximação da ISS nesta sexta, por volta das 20h de Brasília, será acompanhada de perto pelos astronautas a bordo da estação. Primeiro, ordenarão que a cápsula se estabilize a cerca de 250 metros de distância, antes de proceder com a delicada manobra de contato e acoplagem. Horas depois, a escotilha da cápsula será aberta.A Starliner deverá permanecer acoplada à ISS durante cinco dias, antes de retornar à Terra para pousar em pleno deserto do estado do Novo México, no oeste de Estados Unidos, na base de White Sands.- Contratempos em sequência -O desenvolvimento do projeto Starliner acabou se transformando em uma longa epopeia cheia de obstáculos.Em 2019, a cápsula não pôde entrar na órbita correta devido a um problema com seu relógio e teve que retornar à Terra depois de dois dias. A Boeing depois detectou que outros problemas de software quase provocaram uma anomalia grave de voo.A Nasa prescreveu uma longa lista de recomendações e modificações para serem realizadas.Depois, em 2021, quando o foguete já estava na plataforma de lançamento para tentar uma nova decolagem, um problema de umidade provocou uma reação química que bloqueou a abertura de certas válvulas na cápsula e o equipamento teve que voltar às oficinas para inspeções durante 10 meses.O problema foi resolvido isolando hermeticamente as novas válvulas, com o objetivo de evitar a entrada de umidade, explicou na terça-feira Mark Nappi, gerente da Boeing. No entanto, para o futuro, outras soluções de prazo mais longo, inclusive uma mudança no projeto, já estão sendo avaliadas pelos especialistas.Muita coisa está em jogo para a companhia, que espera poder realizar um primeiro voo tripulado no fim do ano. Esta segunda missão de teste será fundamental para obter finalmente a aprovação da Nasa.Mas o cronograma exato dependerá do desempenho da cápsula nesta semana, que, ao mesmo tempo, pode recuperar um pouco a imagem da Boeing, bastante prejudicada pelos contratempos em sequência.BOEINGISS Veja Mais

Glee completa 13 anos: confira as maiores polêmicas dos bastidores

Glee completa 13 anos: confira as maiores polêmicas dos bastidores

Tecmundo Há 13 anos, estreava na FOX a primeira temporada de Glee, série que, em pouco tempo, se tornou um fenômeno da televisão. Com mais de 100 episódios e seis temporadas, a produção acompanha um grupo de estudantes do ensino médio que entra para o coral da escola.Ao longo dos anos, a série ficou conhecida por abordar temas sensíveis e importantes da adolescência, como sexualidade, homofobia, autoaceitação, bullying, gravidez precoce, entre outros. Apesar dos assuntos abordados na trama, os bastidores da produção deram o que falar por motivos bem diferentes, incluindo um caso de pedofilia e rivalidade entre os membros do elenco.Leia mais... Veja Mais

Kevin O Chris realiza 'Sonho de garoto' ao lançar DVD gravado em show em Portugal

G1 Pop & Arte Kevin O Chris em arena de Lisboa na gravação do show 'Sonho de garoto' Divulgação ♪ Em 13 de novembro de 2021, Kevin O Chris subiu ao palco armado na Altice Arena, em Lisboa, com referências explícitas no cenário às origens do cantor e compositor nascido e criado em Duque de Caxias (RJ) na Baixada Fluminense. Seis meses depois, o funkeiro lança o registro audiovisual do show intitulado Sonho de garoto. Com 16 faixas, incluindo músicas compostas e gravadas por Kevin com David Carreira (O plano), MC Calvin (Sem você não sou ninguém), MC Roger (Trilogia 150) e Pedro Bernardino (Baila pra mim), o DVD Sonho de garoto será exibido às 20h de sexta-feira, 20 de maio, no canal oficial de Kevin O Chris no YouTube. Após a transmissão do show captado em Portugal, somente ficará disponível o trecho da gravação ao vivo que apresenta a música inédita Segue o plano (Kevin O Chris), eleita para ser o single do álbum que desembarca nos players digitais nesta mesma sexta-feira, 20. O próprio Kevin O Chris orquestrou a produção musical de Sonho de garoto. Capa do DVD 'Sonho de garoto', de Kevin O Chris Divulgação Veja Mais

Encontro com o Autor recebe Ale Santos - 19/05/2022

Encontro com o Autor recebe Ale Santos - 19/05/2022

Câmana dos Deputados O convidado da 40ª edição do Encontro com o Autor é Ale Santos, autor da ficção científica afrofuturista "O último ancestral" (Ed. HarperCollins). Ale Santos é comunicador digital, autor de sci-fi & fantasia afro-americana, podcaster no Infiltrados No Cast e consultor de gamificação pela Savage Fiction. Foi finalista do Prêmio Jabuti 2020 com o livro "Rastros de resistência" e é autor de "Cangoma" – conto afrofuturista inspirado em uma música homônima de Clementina de Jesus –, presente no livro "Todo mundo tem uma primeira vez". Em 2021, lançou "O último ancestral", sua estreia na ficção. O último ancestral Ficção científica de Ale Santos usa elementos do afrofuturismo — movimento cultural, estético e político que cria narrativas de protagonismo negro — numa fantasia urbana eletrizante, trazendo referências da fé, cultura e história africana no Brasil. Localizada na periferia do Distrito de Nagast, num futuro ultratecnológico, fica Obambo, a favela para onde quase toda a população negra foi exilada quando os Cygens — híbridos de homens e máquinas — tomaram o poder, estabelecendo uma forte política de segregação racial e proibindo o uso da magia, a propagação da fé e o culto aos deuses. É lá que mora Eliah, um jovem que busca no esquema de roubo de carros uma vida melhor para si e para sua irmã, Hanna, uma adolescente autodidata em linguagens eletrônicas. Porém, ele vê sua vida mudar completamente ao descobrir que carrega em si o espírito do Último Ancestral, entidade poderosa capaz de salvar os obambos. Agora, com a ajuda de Hanna e outros aliados importantes, Eliah precisa usar seus poderes ancestrais para lutar por seu povo. O que ele não sabe é que uma ameaça ainda maior está à espreita. Em “O último ancestral”, o ativista Ale Santos reinventa o Brasil num futuro distópico e traça um paralelo com a realidade do país com referências às favelas, a religiões diversas e ao Carnaval e questões sociais, como segregação racial a racismo estrutural. O Encontro com o Autor é promovido pelo Centro Cultural e pelo Centro de Documentação e Informação da Câmara dos Deputados e já está em sua 40ª edição. Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/65297 Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeputados/ https://www.tiktok.com/@camaradosdeputados? https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Em recado a Doria, PSDB, MDB e Cidadania emitem nota falando em "união"

O Tempo - Política Trata-se de um recado a João Doria, que já sinalizou que não aceitará ser preterido na chapa de Tebet Veja Mais

Cápsula não tripulada da Boeing é lançada rumo à ISS em voo de testes

em - Internacional A gigante aeroespacial americana Boeing lançou nesta quinta-feira (19) sua cápsula, Starliner, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS) em um voo de testes-chave não tripulado, após anos de falhas e falsos começos.A missão Orbital Test Flight 2 (OFT-2) decolou às 18h54, hora do leste dos EUA (19h54 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, e espera-se que se acople à ISS dentro de 24 horas, segundo a transmissão ao vivo da Nasa.BOEINGISS Veja Mais

The CW divulga programação de séries da Fall Season 2022-2023; veja!

The CW divulga programação de séries da Fall Season 2022-2023; veja!

Tecmundo Para a Fall Season 2022-2023, a The CW preparou algumas novidades para seu público. Entre elas, estão duas séries spin-offs prequelas focadas em personagens de Supernatural e Walker — ambas, curiosamente, protagonizadas pelo ator Jared Padalecki. Dessa forma, The Winchesters e Walker: Independence irão estrear na grade de programação a partir de setembro deste ano. Enquanto a primeira apresentará as aventuras de John e Mary Winchester, interpretados, respectivamente, por Drake Rodger e Meg Donnelly, os pais de Sam e Dean, a segunda será ambientada no final dos anos 1800, mostrando a busca de Abby Walker (Katherine McNamara) por vingança. Leia mais... Veja Mais

Canadá proibirá Huawei de suas redes 5G, diz governo

em - Internacional O Canadá proibirá a companhia chinesa de telecomunicações Huawei de lançar sua rede 5G no Canadá, disseram ministros do governo nesta quinta-feira (19).A medida tão esperada segue movimentos semelhantes realizados por Estados Unidos e outros aliados-chaves, e chega após uma disputa diplomática entre Ottawa e Pequim em torno da prisão, em 2018, de uma executiva da Huawei em Vancouver, a pedido dos EUA, que já foi resolvida.Washington advertiu sobre as implicações de segurança de oferecer acesso à empresa chinesa de infraestruturas-chave de telecomunicações que poderiam ser usadas para espionagem.Por outro lado, tanto a Huawei como Pequim rechaçaram essas alegações.O ministro da Indústria canadense, Francois-Philippe Champagne, e o da Segurança Pública, Marco Mendicino, fizeram o anúncio em uma coletiva de imprensa."Hoje anunciamos nossa intenção de proibir a inclusão de produtos e serviços de Huawei e ZTE nos sistemas de telecomunicações do Canadá", disse Champagne."As empresas de telecomunicações no Canadá não poderão incluir em suas redes produtos ou serviços que coloquem em risco a nossa segurança nacional", acrescentou."Aqueles provedores que já tenham instalado este equipamento estarão obrigados a deixar de utilizá-lo e retirá-lo", assinalou.O Canadá analisou o assunto durante vários anos, atrasando repetidamente uma decisão que era esperada pela primeira vez em 2019.O governo canadense manteve silêncio sobre o tema depois que a China deteve dois canadenses, o diplomata Michael Kovrig e o empresário Michael Spavor, um episódio que observadores consideraram uma represália pela prisão da executiva Meng Wangzhou em dezembro de 2018 a pedido dos Estados Unidos.Os três foram libertados em setembro de 2021 depois que Meng chegou a um acordo com os promotores americanos sobre as acusações de fraude, colocando fim à sua luta pela extradição.As redes sem fio de quinta geração (5G) oferecem a seus usuários conexões on-line mais rápidas e com maior capacidade de dados.Mendicino disse que a inovação "representa uma grande oportunidade para a concorrência e o crescimento", mas "também traz riscos"."Há muitos atores hostis que estão prontos para explorar vulnerabilidades" nas redes de telecomunicações, acrescentou. Veja Mais

Fechamento dos grãos de soja em Chicago

em - Internacional (Em Fechamento hoje / Fechamento anterior: JUL 22 16,9050 / 16,6275 AGO 22 16,3050 / 16,07 SET 22 15,5875 / 15,39 NOV 22 15,1450 / 14,9950 JAN 23 15,1750 / 15,0250 Veja Mais

PlayStation pode estar trabalhando em launcher próprio para PC

PlayStation pode estar trabalhando em launcher próprio para PC

Tecmundo Já é sabido que a Sony planeja ampliar seus horizontes, ainda mais com a chegada de vários exclusivos do PlayStation para os PCs, como: Horizon Zero Dawn, Days Gone e God of War (2018) — além da própria compra da Bungie, com o intuito de produzir mais jogos multiplataforma.Recentemente, a empresa disponibilizou uma vaga para Diretor de Gerenciamento de Produtos, com foco na experiência de jogos para PC, sugerindo que a empresa possa estar trabalhando em um launcher próprio (como o Steam, Epic e Origin) para a PSN. Confira a descrição da vaga a seguir:Leia mais... Veja Mais

Notebooks HP Omen e Victus ganham novas CPUs Intel e AMD

Notebooks HP Omen e Victus ganham novas CPUs Intel e AMD

Tecmundo A HP anunciou novas atualizações para as linhas de notebooks Omen 16 e Victus 15. Os modelos, que ainda não são vendidos oficialmente no Brasil, agora recebem os novos processadores da AMD e Intel de 12ª geração Alder Lake.O Omen 16 é descrito como um dos notebooks top de linha da marca para 2022, e não é por menos. O modelo pode ser equipado com processadores Intel Core i7-12700H e i9-12900H, ou no lado da AMD, com os Ryzen 7 6800H e Ryzen 9 6900HX.Leia mais... Veja Mais

Conflito na Ucrânia poderia ser guerra indireta entre Ocidente e Rússia

em - Internacional Os ocidentais asseguram que é preciso pôr fim à guerra na Ucrânia, da qual não participam oficialmente, mas a magnitude de sua ajuda a Kiev e suas sanções contra Moscou trazem uma interrogação: seria uma guerra indireta entre o Ocidente e a Rússia? O confronto direto parece descartado por enquanto: ninguém deseja um combate devastador entre potências nucleares. E os ocidentais se esforçam por evitar qualquer ação que os faça passar, aos olhos da Rússia, ao nível de cobeligerantes. Mas analistas consultados pela AFP, de Moscou a Washington, passando por Pequim, coincidem em que a implicação dos americanos e de alguns europeus - em menor medida - os torna atores de primeiro plano. Ivan Klyszcz, estudioso da Universidade de Tartu, na Estônia, fala de diversas percepções. "Os ucranianos combatem apenas por si mesmos, não são os mandatários de ninguém", explica à AFP. Para a Rússia, ao contrário, "é uma guerra por procuração contra o Ocidente: segundo Moscou, os ucranianos são manipulados pelos Estados Unidos e pela Otan", acrescenta. A própria Rússia descreve uma agressão ocidental indireta. "É algo evidente", assegura à AFP Alexandre Kramshijin, do Instituto de Análise Política e Militar em Moscou. "O Ocidente está fazendo esta guerra durar ao máximo com suas remessas de armas" para a Ucrânia, assegura. - "Guerra não declarada" -Nikolai Patrushev, secretário do Conselho de Segurança russo, disse na terça-feira que "a campanha antirrussa dos americanos e de seus satélites mostra de forma convincente que a Ucrânia se tornou o pretexto para travar uma guerra não declarada contra a Rússia". Após ter descartado - inclusive antes do conflito - a hipótese de uma entrada oficial no conflito, os Estados Unidos assumem agora abertamente seu apoio ao presidente ucraniano, Volodimir Zelensky. São públicas suas remessas de armas à Ucrânia, assim como as quantias fornecidas a Kiev. E fontes dos serviços de Inteligência afirmaram a alguns veículos de comunicação ter ajudado Kiev a atacar generais russos e bombardear navios russos no Mar Negro. Após vários reveses (Iraque, Afeganistão, etc), a guerra na Ucrânia permitiu aos serviços de Inteligência dos Estados Unidos mostrar sua eficácia, destaca Pierre Razoux, diretor acadêmico da Fundação Mediterrânea de Estudos Estratégicos (FMES). Além disso, a guerra oferece uma oportunidade à linha-dura de Washington, que quer debilitar o poderio russo. "Há uma diferença entre se assegurar que o Kremlin não possa ganhar e entre se assegurar de que perca a qualquer preço. E os americanos estão em uma lógica de levar os russos a perder a qualquer custo", diz Pierre Razoux. - Otan dividida -Para Ivan Klyszcz, parte da elite americana quer "humilhar a Rússia" e "dar-lhe um soco no meio da cara".Mas a União Europeia é muito mais comedida e está, inclusive, dividida. O presidente francês, Emmanuel Macron, disse recentemente que a paz também será construída com a Rússia e que isso não se fará mediante a "humilhação". O Ocidente não fala em uníssono. "Isso traz interrogações sobre a unidade dos países da Otan uma vez que nos aproximemos de um tipo de final de conflito", destacou Ivan Klyszcz. Os Estados Unidos, ao contrário, parece ter ambições mais radicais. Querem fazer o conflito durar "para extrair benefícios geopolíticos", escreveu recentemente o Global Times em Pequim. E o tabloide nacionalista chinês acusava Washington de "se aproveitar do caos". Colin Clarke, diretor de pesquisas do Soufan Center, um 'think tank' de Nova York, considera que os Estados Unidos estão em efeito neste processo. Os ocidentais entregam a Kiev armas de forma incessante e os ucranianos, "com todo o direito, impressionaram por sua competência, o que reflete a formação e a cooperação que tiveram durante anos" assegura. Mas os Estados Unidos não desencadearam esta guerra, lembra. "No máximo, os países da Otan e os Estados Unidos ajudam um país europeu, aliado, a defender sua integridade territorial", destaca. Veja Mais

Bolsonaro e Alexandre de Moraes se cumprimentam em cerimônia de posse do TST

O Tempo - Política Presidente e ministro do STF protagonizam crise entre os poderes. Na solenidade, o cumprimento dos dois foi aplaudido Veja Mais

Em plena ofensiva russa, Congresso dos EUA aprova ajuda bilionária à Ucrânia

em - Internacional O Congresso americano aprovou nesta quinta-feira (19) um pacote gigantesco de US$ 40 bilhões para ajudar a Ucrânia a enfrentar a ofensiva da Rússia, que conseguiu uma vitória simbólica com a rendição de centenas de combatentes entrincheirados há semanas em uma siderúrgica em Mariupol (leste).O pacote inclui US$ 6 bilhões para ajudar a Ucrânia a adquirir veículos blindados e reforçar seu sistema de defesa antiaérea. A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro e nas últimas semanas concentrou seus ataques no leste e no sul do país.O projeto de lei tem que ser sancionado pelo presidente Joe Biden, que o tinha solicitado depois de ter obtido em meados de março um pacote inicial de US$ 14 bilhões.As potências ocidentais do G7 também discutem o aporte de fundos para apoiar a economia da antiga república soviética, em uma reunião de dois dias iniciada nesta quinta na Alemanha.- "Heróis" -A Rússia anunciou que cerca de 800 ucranianos entrincheirados havia semanas nos túneis do complexo siderúrgico Azovstal na cidade portuária de Mariupol se renderam nas últimas 24 horas, elevando o total a 1.730 desde a segunda-feira.Entre os combatentes que entregaram as armas estão 80 feridos, que foram levados para um hospital em território controlado pela Rússia, informou o ministério da Defesa da Rússia.O ministério divulgou um vídeo que mostra soldados saindo da usina, alguns visivelmente feridos e outros utilizando muletas. De acordo com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, "centenas de prisioneiros de guerra ucranianos" estariam na usina de Mariupol, cidade às margens do Mar de Azov, devastada por bombardeios russos que deixaram, segundo Kiev, ao menos 20.000 mortos.O governo ucraniano não mencionou qualquer rendição. O presidente Volodymyr Zelensky referiu-se na segunda-feira a uma "evacuação", obtida graças à mediação internacional para proteger a vida destes "heróis".Confirmando implicitamente a versão de uma solução negociada, como tinha ocorrido anteriormente sob os auspícios do CICV para evacuar outros civis de Mariupol, a ONU mencionou uma mediação, ao afirmar que deveria servir de base para negociações de paz."Me alegra saber que o fato de que esta cooperação tenha funcionado relativamente bem, em todo caso muito melhor do que em semanas anteriores, é algo sobre o qual podemos construir" um "diálogo para pôr fim a esta guerra", declarou o encarregado da ONU para situações de emergência, Martin Griffiths, em Genebra.A maioria dos militares entrincheirados integravam a unidade de marinheiros do exército ucraniano e do batalhão Azov.Um vice-comandante deste batalhão, Sviatoslav Palamar, informou em um vídeo divulgado na noite desta quinta que ele ainda estava na siderúrgica com o restante do comando, sem revelar os detalhes da "operação" em curso. Apesar da queda de Mariupol, Zelensky afirmou que a invasão russa foi um "fracasso absoluto" e assegurou que seu povo se mantém "forte, inquebrantável, corajoso e livre".Na frente militar, as forças ucranianas estão lentamente perdendo terreno na frente oriental do Donbass, uma área de mineração parcialmente controlada por separatistas pró-Rússia desde 2014.Pelo menos 12 pessoas morreram e 40 ficaram feridas em bombardeios russos na cidade de Severodonetsk, no leste da Ucrânia, sobre a qual as tropas russas estão tentando fechar o cerco, informou o governador regional.- Suécia e Finlândia, a caminho da Otan -A operação militar iniciada por Moscou em 24 de fevereiro empurrou Suécia e Finlândia para uma aproximação da Otan.O principal obstáculo é a Turquia, que acusa os dois países nórdicos de abrigar extremistas separatistas do Curdistão, que estão em conflito há décadas com Ancara.O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, recebeu os chefes de Governo de Suécia e Finlândia e assegurou que os dois países cumprem "todos os requisitos" e contam com "o apoio total e completo dos Estados Unidos" para entrar na Aliança Atlântica.O presidente russo, Vladimir Putin, que justificou em parte a invasão da Ucrânia pela expansão da Otan até as fronteiras de seu país, afirmou que a entrada dos dois países nórdicos "não representa uma ameaça direta".Mas ele destacou que a "expansão da infraestrutura militar a estes territórios vai gerar uma resposta" da Rússia, que compartilha 1.300 quilômetros de fronteira com a Finlândia.- "Peço perdão" -Mais de seis milhões de ucranianos fugiram para o exterior e mais de oito milhões viraram deslocados internos, para fugir das tropas russas que acumulam acusações de crimes de guerra de Kiev e dos países ocidentais.O primeiro soldado russo julgado na Ucrânia por crimes de guerra pediu "perdão" nesta quinta-feira em um tribunal de Kiev ao detalhar como matou um civil no início da invasão russa."Sei que você não poderá me perdoar, mas, mesmo assim, peço perdão", afirmou o sargento russo Vadim Shishimarin, de 21 anos, à esposa do civil de 62 anos que ele admitiu ter matado no nordeste da Ucrânia em 28 de fevereiro.A Promotoria solicitou prisão perpétua para o réu - a pena máxima prevista na Ucrânia.O governo russo afirmou que não tem informações sobre o caso, mas que a maioria das denúncias na Ucrânia são "falsas ou encenações".As acusações também são investigadas pelo Tribunal Penal Internacional, que enviou 42 observadores ao país, e pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU. Veja Mais

Google lança filtros 3D de artistas clássicos como Van Gogh e Fernando Botero

canaltech O Google Arts & Culture, plataforma de artes e cultura do Google, lançou três novas opções de filtros no seu aplicativo. Agora os usuários podem ter experiências interativas nas famosas pinturas de Vincent Van Gogh, Grant Wood e Fernando Botero. Coleção histórica da Unesco chega ao Google Arts & Culture Google deixa você criar seus próprios personagens de mangá com ajuda de IA A novidade foi lançada na última quarta-feira (18) para comemorar o Dia Internacional dos Museus. Para fazer os filtros, a plataforma contou com a ajuda de coleções online de parceiros em Nova York, Bogotá e outros países ao redor do mundo. Entre as criações está o filtro de realidade aumentada modelado em 3D que reproduz o famoso quadro "Noite Estrelada" do holandês Van Gogh, que consiste em um céu noturno com ventos rodopiantes e estrelas em movimento. O filtro que homenageia Van Gogh permite que o usuário seja parte da obra de arte por meio da reprodução dos elementos existentes na pintura do artista holandês, de forma interativa. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Também é possível experimentar o filtro — que utiliza a técnica de espelhamento de rosto — do centro-oeste da América representado no quadro "Gótico Americano", do artista estadunidense Grant Wood. Com isso, o filtro permite que os personagens da obra de Wood se comportem de acordo com os movimentos feitos pelos usuários que podem sorrir, fazer caretas, abrir e fechar os olhos, por exemplo. Google Arts & Culture lança filtros especiais para celebrar o Dia Internacional dos Museus (Captura de Tela: Munique/Google Arts) Já o filtro que homenageia a obra “La primera dama'', de Fernando Botero, não conta com participação interativa do usuário, porém traz vida à personagem do quadro em forma de animação no mesmo estilo da pintura do artista colombiano — reconhecido pelas cores vibrantes e pelas figuras com bastante personalidade. O recurso está disponível no aplicativo do Google Arts & Culture que pode ser baixado na App Store ou na Play Store. Para usar os filtros, basta tocar no ícone da câmera dentro do app. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais

Pentágono adverte que será difícil desalojar Rússia do Donbass

em - Internacional O Pentágono advertiu nesta quinta-feira (19) que, apesar do sucesso das forças ucranianas em Kharkiv (nordeste), o exército russo está consolidando sua posição no Donbass e no sul do país, razão pela qual o conflito pode durar muito tempo.As forças russas continuam enfrentando problemas de coesão, de moral entre os soldados e de logística, disse à imprensa um alto funcionário americano da Defesa, sem confirmar os expurgos no comando militar russo mencionados por Londres.Mas, acrescentou, "vamos ser muito prudentes em nossas previsões"."Estamos absolutamente determinados a fazer tudo para ajudar os ucranianos a se defenderem, inclusive sua formação no uso das capacidades que estamos proporcionando", continuou o alto funcionário, que pediu para ter a identidade preservada."Eles atuam muito bem no campo de batalha, não têm problemas de coesão, nem comando, sua logística e suas provisões são realmente históricas", acrescentou. "Mas os russos continuam dispondo de uma parte importante das capacidades que tinham acumulado desde o outono" nas fronteiras da Ucrânia, destacou."A capacidade de combate não é suficiente para vencer uma guerra: é preciso ter a vontade de lutar, ter um bom comando", ressaltou. Mas apesar de tudo, "continuamos pensando que este conflito vai durar". O exército russo, que agora concentra seus esforços no sul da Ucrânia para construir uma ponte que ligue o território russo à península da Crimeia, anexada em 2014, assumiu o controle do porto de Mariupol, após a rendição dos soldados ucranianos que defendiam a siderúrgica de Azovstal. Veja Mais

Boeing tenta chegar à estação espacial ISS anos depois da SpaceX

O Tempo - Mundo Este voo-teste sem tripulação está destinado a determinar se a cápsula será capaz de transportar humanos Veja Mais

Projeto que cria selo Pet Friendly avança na Câmara de BH

O Tempo - Política Proposta, de autoria de vários vereadores, quer garantir um certificado oficial a estabelecimentos que aceitem a entrada de animais de estimação Veja Mais

Boeing tenta chegar à estação espacial ISS anos depois da SpaceX

em - Internacional Depois de anos de fracassos e adiamentos, a companhia aeronáutica americana Boeing tentará voltar à concorrência com a SpaceX para servir de "táxi" espacial para a Nasa, com o lançamento nesta quinta-feira (19) de sua cápsula Starliner, em um voo-teste dirigido à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).O lançamento a partir da base de Cabo Cañaveral, na Flórida, está previsto para as 18h54 locais (19h54 em Brasília). A Starliner será propulsada por um foguete Atlas V da United Launch Alliance (ULA), e se acoplará à ISS cerca de 24 horas depois.Este voo-teste sem tripulação está destinado a determinar se a cápsula será capaz de transportar humanos. Já tinha sido testado, mas sem sucesso, em 2019, quando a nave teve que retornar à Terra antes do tempo, evitando uma catástrofe.Depois, em agosto de 2021, um novo teste teve que ser cancelado pouco antes do lançamento, devido a um problema de válvulas detectado durante as verificações finais.Enquanto isso, a SpaceX já realizou com sucesso os seus próprios testes e começou a transportar astronautas da Nasa em missões regulares.No total, a empresa do bilionário Elon Musk já transportou 18 astronautas com sua própria cápsula, a Dragon, assim como quatro turistas espaciais que pagaram para estar em uma missão.Contudo, a Nasa quer diversificar suas opções para não voltar a correr o risco de ficar sem meios de transporte americanos, como aconteceu depois do encerramento das missões de transportadores espaciais em 2011. Até o surgimento da SpaceX, a agência espacial americana se viu obrigada a pagar por vagas de tripulantes nos foguetes Soyuz da Rússia.O lançamento desta quinta-feira é "um passo crucial" para se obter "dois veículos que transportem tripulações de forma regular", disse na terça-feira Dana Weigel, subdiretora do programa ISS da Nasa, em uma coletiva de imprensa. A dirigente destacou que foi assinado um contrato de preço fixo tanto com SpaceX quanto com a Boeing.- Acoplagem delicada -No teste desta quinta, uma boneca chamada Rosie será colocada no assento do comandante. Ela está equipada com 15 sensores, destinados a recolher informação sobre os movimentos da estrutura.A Starliner também transporta cerca de 230 kg de suprimentos para a estação, que orbita a Terra a uma altitude de aproximadamente 400 quilômetros.A aproximação à ISS na sexta, por volta das 20h00 (horário de Brasília), será acompanhada de perto pelos astronautas a bordo da estação. Primeiro, ordenarão que a cápsula se estabilize a cerca de 250 metros de distância, antes de proceder com a delicada manobra de contato e acoplagem. Horas depois, a escotilha da cápsula será aberta.A Starliner deverá permanecer acoplada à ISS durante cinco dias, antes de retornar à Terra para pousar em pleno deserto do estado do Novo México, no oeste de Estados Unidos, na base de White Sands.- Contratempos em sequência -O desenvolvimento do projeto Starliner acabou se transformando em uma longa epopeia cheia de obstáculos.Em 2019, a cápsula não pôde entrar na órbita correta devido a um problema com seu relógio e teve que retornar à Terra depois de dois dias. A Boeing depois detectou que outros problemas de software quase provocaram uma anomalia grave de voo.A Nasa prescreveu uma longa lista de recomendações e modificações para serem realizadas.Depois, em 2021, quando o foguete já estava na plataforma de lançamento para tentar uma nova decolagem, um problema de umidade provocou uma reação química que bloqueou a abertura de certas válvulas na cápsula e o equipamento teve que voltar às oficinas para inspeções durante 10 meses.O problema foi resolvido isolando hermeticamente as novas válvulas, com o objetivo de evitar a entrada de umidade, explicou na terça-feira Mark Nappi, gerente da Boeing. No entanto, para o futuro, outras soluções de prazo mais longo, inclusive uma mudança no projeto, já estão sendo avaliadas pelos especialistas.Muita coisa está em jogo para a companhia, que espera poder realizar um primeiro voo tripulado no fim do ano. Esta segunda missão de teste será fundamental para obter finalmente a aprovação da Nasa.Mas o cronograma exato dependerá do desempenho da cápsula nesta semana, que, ao mesmo tempo, pode recuperar um pouco a imagem da Boeing, bastante prejudicada pelos contratempos em sequência.BOEINGISS Veja Mais

Bolsa de valores de Nova York registra pior fechamento desde 2020

Bolsa de valores de Nova York registra pior fechamento desde 2020

Tecmundo Na última quarta-feira (18), o Índice Dow Jones — representativo das 30 maiores empresas na indústria norte-americana — confirmou o pior fechamento diário desde março de 2020. Tentando recuperar o movimento de alta projetado pelos incentivos econômicos contra os efeitos da recente pandemia, e sua subsequente quarentena, o principal marcador financeiro falhou novamente e registrou uma perda de 3,57%, pior declínio-médio desde junho de 2020.Seguindo a mesma tendência de baixa, o Índice S&P 500 — que acompanha as mais importantes empresas da Bolsa de Nova York — também encarou uma queda de 4,04%, sendo essa a maior desde junho de 2020. Dentre as quinhentas empresas acompanhadas nele, apenas oito se mantiveram em negociações de compra na ocasião, registrando um dia "verde" em comparação.Leia mais... Veja Mais

Moraes multa Silveira pela terceira vez por não usar tornozeleira

O Tempo - Política O valor da penalidade é de R$ 105 mil reais. As multas aplicadas ao deputado já somam R$ 645 mil Veja Mais

Reginaldo Lopes avalia resultados dos 10 anos da Lei de Acesso à Informação (LAI) - 19/05/22

Reginaldo Lopes avalia resultados dos 10 anos da Lei de Acesso à Informação (LAI) - 19/05/22

Câmana dos Deputados A Lei de Acesso à Informação (conhecida como LAI) completa 10 anos de entrada em vigor. Criada com o intuito de permitir a qualquer pessoa obter informações de entidades e órgãos públicos, sem a necessidade de um motivo para a solicitação, a LAI já trouxe muitos avanços para a transparência do serviço público. A Câmara dos Deputados, por exemplo, já ultrapassou 400 mil atendimentos da Lai e emite relatórios periódicos sobre as demandas dos cidadãos, assim como a CGU, a Controladoria da União. Para avaliar os resultados desses dez anos de vigência, o entrevistado desta edição do Palavra Aberta é o autor do projeto que originou a lei, deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) Apresentação: Regina Assumpção Produção: Rosana Ferreira Direção: Guga Caldas Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

STF mantém punição a motorista que recusa bafômetro

O Tempo - Política A decisão foi unânime e deverá ser seguida pelos demais tribunais no Brasil Veja Mais

Governo eleva expectativa de inflação em 2022 de 6,5% para 7,9%

O Tempo - Política Projeção para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) para 2022 em 1,5% Veja Mais

Casamento comunitário em BH une 50 casais

em - Internacional A Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais realizou o sonho de 50 casais, nesta quinta-feira, com a quinta edição de casamento comunitário em Belo Horizonte. A iniciativa é voltada para casais de baixa renda, que não podem arcar com o custo de um casamento privado. Veja Mais

Censo de 2022 estima população argentina em mais de 47 milhões

em - Internacional A população da Argentina é composta de 47.327.407 pessoas, segundo os resultados provisórios do Censo, divulgados nesta quinta-feira (19) pelo instituto nacional de estatísticas (Indec).O Censo anterior, realizado em 2010, registrou uma população de 40,1 milhões de pessoas.O Censo Nacional da População, Lares e Moradias de 2022, realizado na quarta-feira, reportou o seguinte: 47,05%" e 52,83%".Quanto ao gênero, a terceira opção foi "Nenhum dos anteriores: 0,12%". Neste item, pela primeira vez, foi incluída uma pergunta sobre identidade de gênero, com as opções "mulher, mulher trans, travesti, homem, homem trans, masculinidade trans, não binário, outra identidade"."O percentual de completude do Censo digital foi de 50,32%", informou a entidade oficial. O restante foi obtido na operação de campo de mais de 600.000 recenseadores.Os dados ainda estarão em processo de análise e o resultado final será divulgado em alguns meses, esclareceu o Indec.- Novidades -Mudanças nas perguntas sobre a origem étnica e o gênero autopercebido, bem como a pesquisa digital foram as novidades do Censo 2022 realizado na quarta-feira no país, em uma operação de que participaram cerca de 650.000 pessoas em todo o país.O censo, realizado a cada dez anos, e que deveria ter sido feito em 2020, mas foi adiado pela pandemia de covid-19, permitirá conhecer o aumento da população e as condições de moradia dos argentinos."Encerramos a operação, os dados já estão sendo carregados. Foi uma operação muito normal, não tivemos grandes inconvenientes. Estamos muito contentes. Foram 17 milhões de casas, 650.000 recenseadores na rua", disse Marcos Lavagna, diretor do Instituto Nacional de Estatística e Censos (INDEC), passadas as 18h locais de quarta-feira.Os recenseadores percorreram as moradias em todo o país para realizar entrevistas presenciais ou recuperar um código a quel optaram pelo censo digital.Cerca de 23,8 milhões de pessoas, pouco mais de 50% da população, usou o sistema digital, que pela primeira vez foi usado em um censo na Argentina.As pessoas responderam perguntas sobre condições da moradia e acesso a serviços, situação profissional, cobertura de saúde, nível educacional, entre outros pontos.Em relação à origem étnica, perguntou-se se os recenseados têm "descendência de povos indígenas", uma pergunta que já tinha sido incorporada em 2010, mas era restrita a algumas regiões do país.Incluiu, ainda, a possibilidade de informar de qual povo originário é descendente e se fala essa língua, em um país que busca agora reconhecer sua origem indígena e as comunidades dizimadas no passado e muitas vezes negadas.Também perguntou-se se o indivíduo se reconhece como afrodescendente."O censo é a foto exata de quem somos. Não podemos planejar para onde queremos ir como país se não sabemos o que somos, se não podemos nos reconhecer em nossas diversidades culturais, étnicas, socioeconômicas ou sociodemográficas e o censo nos dá essa informação", destacou Lavagna. Veja Mais

James Gray vai a Cannes com Anne Hathaway e reflete EUA de Trump na era Reagan

O Tempo - Diversão - Magazine 'Armageddon Time' ainda traz Anthony Hopkins e Jeremy Strong em história que revisita infância do diretor no Queens Veja Mais

Mulher-Hulk e outros 7 usos duvidosos de CGI em filmes e séries

Mulher-Hulk e outros 7 usos duvidosos de CGI em filmes e séries

Tecmundo Com o lançamento do trailer inicial da nova série da Marvel, Mulher-Hulk, os fãs do mundo inteiro passaram a comentar a péssima utilização da tecnologia CGI para a transformação da personagem na criatura verde.Embora o CGI de Mulher-Hulk seja realmente decepcionante, ao menos no trailer, esse não é o único exemplo de uma má utilização da tecnologia no cinema e nos seriados. Assim, confira outros 7 usos duvidosos dos efeitos especiais em filmes e séries!Leia mais... Veja Mais

Senadores dos EUA buscam 'resguardar' Carta Democrática Interamericana

em - Internacional Senadores dos Estados Unidos apresentaram nesta quinta-feira um projeto de lei para "resguardar" a Carta Democrática Interamericana, documento regional de defesa da institucionalidade aprovado pela OEA e que vigora há duas décadas.A iniciativa é promovida pelo democrata Bob Menendez, presidente do Comitê de Relações Exteriores do Senado, e co-patrocinada por seus correligionários Tim Kaine e Ben Cardin, bem como pelos republicanos Bill Cassidy e Roger Wicker.Às vésperas da IX Reunião de Cúpula das Américas, programada para 6 e 10 de junho em Los Angeles, a legislação propõe uma série de iniciativas para fortalecer a cooperação dos Estados Unidos com a Organização dos Estados Americanos (OEA), que adotou a Carta Democrática Interamericana em setembro de 2001. O objetivo: enfrentar "as ameaças à governança democrática" na região, como a interferência eleitoral, a desinformação, o crime e a corrupção."De Havana a Caracas, de Manágua a San Salvador, este é o momento de reforçar a estratégia diplomática dos Estados Unidos para ajudar a enfrentar os desafios que ameaçam as normas e os princípios da Carta", disse Menendez, crítico dos governos de Cuba, Venezuela, Nicarágua e El Salvador."Este projeto de lei reforça nosso compromisso com a realização de eleições livres e justas e o Estado de Direito nas Américas", ressaltou Bill Cassidy.O texto, que identifica China, Irã e Rússia como "atores malignos" para a democracia na região, apoia a criação de um grupo de trabalho na OEA sobre o impacto da desinformação na governança democrática e nos direitos humanos nas Américas. Também prevê a nomeação de um relator especial para o combate à corrupção na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão consultivo da OEA. Veja Mais

Após fechar aliança com PT, Kalil busca União Brasil e MDB

O Tempo - Política PSD já estabeleceu conversas iniciais com os partidos, que atualmente são mais próximos de Zema Veja Mais

Milton Nascimento: lote extra para show em BH já está a venda

O Tempo - Diversão - Magazine Novas datas para a turnê de despedida do cantor foram anunciadas com shows adicionas marcados no Rio e em SP Veja Mais

Cápsula não tripulada da Boeing é lançada rumo à ISS em voo ...

em - Internacional Cápsula não tripulada da Boeing é lançada rumo à ISS em voo de testes Veja Mais

Bolsonaro quer compreensão das carreiras policiais: '5% é o que pode ser dado'

O Tempo - Política Presidente reforçou que governo não "bateu o martelo" sobre reajuste salarial dos servidores públicos, mas que é triste ter greve de "gente que ganha no teto" Veja Mais

Aliança entre Lula e Kalil em Minas Gerais está confirmada

O Tempo - Política Martelo foi batido após reunião nesta quinta-feira (19) entre o ex-prefeito de Belo Horizonte, o presidente da ALMG, Agostinho Patrus (PSD), e o deputado federal Reginaldo Lopes (PT) Veja Mais

EUA e Rússia se culpam por agravamento da insegurança alimentar

em - Internacional Os Estados Unidos e a Rússia se culparam mutuamente nesta quinta-feira, no Conselho de Segurança da ONU, pelo agravamento da insegurança alimentar no mundo, e Washington pediu a Moscou que permita as exportações de grãos ucranianos bloqueados nos portos do Mar Negro. "Parem de bloquear os portos do Mar Negro! Autorizem a livre circulação dos navios, trens e caminhões que transportam alimentos para fora da Ucrânia", pediu o chefe da diplomacia americana, Antony Blinken, em reunião do Conselho de Segurança convocada pelos Estados Unidos."Parem de ameaçar suspender as exportações de alimentos e fertilizantes para países que criticam a sua guerra de agressão", acrescentou. Segundo Blinken, "o Exército russo literalmente sequestrou o suprimento de alimentos de milhões de ucranianos e milhões de pessoas no mundo".O embaixador russo na ONU, Vassily Nebenzia, refutou categoricamente as acusações ocidentais, que consistem em "culpar a Rússia por todos os problemas do mundo", segundo ele. A crise alimentar mundial existe há tempos e suas causas profundas obedecem a uma "espiral inflacionária" alimentada pelo aumento dos custos dos seguros, fluxos logísticos difíceis e "especulações nos mercados ocidentais", disse o diplomata russo.Os portos ucranianos estão bloqueados pela Ucrânia, pelas minas espalhadas pelo país ao longo da costa do Mar Negro e pela falta de vontade de cooperação de Kiev com os armadores para liberar dezenas de navios estrangeiros, acrescentou Nebenzia. O diplomata russo voltou a denunciar a imposição de sanções ocidentais contra o seu país, assegurando que suas consequências agravam a insegurança alimentar. "As sanções não bloqueiam os portos do Mar Negro, não imobilizam os navios cheios de alimentos nem destroem as estradas e ferrovias ucranianas", afirmou Blinken. "As sanções não impedem a Rússia de exportar alimentos ou fertilizantes, uma vez que excluem deliberadamente os alimentos, fertilizantes e sementes procedentes da Rússia", ressaltou o secretário de Estado, para quem "a decisão de converter os alimentos em arma é apenas de Moscou".Na véspera, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, havia pedido à Rússia para liberar as exportações de grãos ucranianos, e ao Ocidente, que permitisse a entrada de fertilizantes russos nos mercados internacionais. Veja Mais

Ambientalistas apresentam plano para reverter 'legado tóxico' de Bolsonaro

O Tempo - Política Especialistas de 73 organizações que integram o Observatório do Clima formularam propostas para os presidenciáveis, com exceção de Jair Bolsonaro Veja Mais

STF começa julgamento sobre reajuste adicional de servidores em MG

O Tempo - Política Plenário do Supremo inicia, a partir desta sexta (20), apreciação da ação ingressada pelo governo de Minas que busca barrar aumento extra ao funcionalismo Veja Mais

Onze Homens e Um Segredo: Warner trabalha em novo filme com Margot Robbie

Onze Homens e Um Segredo: Warner trabalha em novo filme com Margot Robbie

Tecmundo Segundo o The Hollywood Reporter, a Warner está trabalhando em um novo reboot de Onze Homens e Um Segredo, com Margot Robbie. Embora o projeto ainda não tenha sido oficializado pelo estúdio, fontes do site afirmam que a trama deve se passar na Europa nos anos 1960, servindo como um prequel para a trilogia de Steven Soderberg que contou com George Clooney e Brad Pitt.Além de estrelar o filme, a atriz atuará como produtora da nova versão, que terá a direção de Jay Roach — dupla que voltará a trabalhar junto após O Escândalo (2019), título que rendeu sua indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante daquele ano. O roteiro será escrito por Carrie Solomon (The Good Fight) e a produção está prevista para começar em 2023.Leia mais... Veja Mais

League of Legends: que sorte ver esse cosplay da Miss Fortune!

League of Legends: que sorte ver esse cosplay da Miss Fortune!

Tecmundo League of Legends costuma ser um prato cheio para cosplayers, já que possui uma farta seleção de personagens carismáticos. Hoje a nossa estrela é ninguém menos que a linda Miss Fortune, que ganhou vida através do talento e beleza de Nina Merigold. Confira a seguir!A mesma Nina já tinha brilhado aqui no Voxel quando ostentou um incrível cosplay da Katarina do LOL, mas a sua versão da Miss Fortune talvez seja ainda mais impressionante, como ela mostrou no fórum Reddit:Leia mais... Veja Mais

LIBERTADORES: ATLÉTICO-MG X INDEPENDIENTE DEL VALLE - Confira o Abre o Jogo AO VIVO!

LIBERTADORES: ATLÉTICO-MG X INDEPENDIENTE DEL VALLE - Confira o Abre o Jogo AO VIVO!

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #ESPNBrasil #ESPN #ESPNnoStarPlus #StarPlusBR Veja Mais

Cineasta russo em Cannes: 'Estão dispostos a cancelar Tchekhov ou Dostoiévski?'

em - Internacional "Estão dispostos a cancelar Tchekhov, Dostoiévski, Tolstói e outros gênios russos?", questionou o cineasta crítico do regime russo Kirill Serebrennikov,reconhecendo, no entanto, que entende os ucranianos que estão descontentes com a sua presença em Cannes.Sua apresentação ontem de "Tchaikovsky's Wife", na disputa pela Palma de Ouro, despertou críticas de representantes do cinema ucraniano, que pediram para "banir tudo o que é russo"."Primeiramente, devo dizer que entendo por que dizem o que dizem. Entendo que estão em uma situação terrível, que tem gente que perde a vida, a casa. Para eles, é difícil até ouvir o idioma russo. Eu entendo muito bem", comentou o diretor de "A Febre de Petrov" (2021). "Mas banir tudo o que é russo seria um grande erro, e estou feliz que o festival tenha tomado a decisão certa."No fim de março, a organização anunciou que proibiria os cineastas russos próximos do poder, mas que não fecharia as portas para os artistas críticos do regime do presidente Vladimir Putin, que ordenou a invasão à Ucrânia em 24 de fevereiro. Mais tarde, o delegado geral, Thierry Frambux, indicou que a Ucrânia estaria "na mente de todos" durante a mostra, principalmente com vários filmes ucranianos programados.- 'Não é justo' -Serebrennikov, 52, aplaudiu a postura do Festival. "Estão dispostos a cancelar Tchekhov, Dostoievski, Tolstói e outros gênios russos? Não é justo rejeitar as pessoas por causa de sua nacionalidade", pontuou.Conhecido por suas criações iconoclastas, seu apoio à comunidade LGBT+ e sua crítica indireta ao regime de Putin, Serebrennikov se apresentou pela terceira vez em Cannes. Nas ocasiões anteriores, não pôde viajar até a cidade porque a Justiça russa o proibiu de deixar o território devido a um caso de desvio de fundos que, segundo seus defensores, tratou-se de uma manobra política.Sem ser um adversário ou dissidente frontal de Putin, Serebrennikov sempre denunciou a redução das liberdades e as guerras da Rússia fora de suas fronteiras, e participou de manifestações.Denunciado em Cannes por representantes ucranianos que afirmam que "toda a sua carreira foi financiada pelo governo russo", Serebrennikov disse à AFP que seu filme foi financiado "por empresas independentes russas" e "fundos europeus"."Sou questionado sobre o papel de (Roman) Abramovich, dono de um dos fundos que financiaram meu filme", disse Serebrennikov. Mas o oligarca russo "é alguém que ajudou muito os projetos de arte contemporânea, as ONGs, e alguém que esteve nas negociações entre a Ucrânia e a Rússia", observou. Veja Mais

Como pagar a Netflix em atraso

canaltech A Netflix cobra uma assinatura que precisa ser paga mensalmente para continuar usando o serviço. Mas o que fazer quando isso não acontece? E como pagar a Netflix em atraso? Como assinar a Netflix Como pagar a Netflix com cartão de débito Não é uma situação comum, mas pode ser que apareçam problemas no faturamento da sua assinatura, seja por mudança no número do cartão de crédito ou porque o banco não aprovou a cobrança. A seguir, o Canaltech lista essas e outras razões que podem levar a um bloqueio na forma de pagamento e como pagar a Netflix em atraso. Como pagar Netflix atrasada A Netflix não acumula assinaturas atrasadas. Isso significa que, se no dia da renovação a Netflix não identificar o pagamento, seu acesso ao serviço é suspenso imediatamente. Depois, você só conseguirá usar a Netflix quando mudar a forma de pagamento nas configurações da sua conta. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- A assinatura da Netflix é renovada sempre a cada 30 dias. Por exemplo, se você ingressou na plataforma no dia 5, então todas as próximas cobranças virão no dia 5 de todo mês. Logo, o ideal é você ter saldo no seu cartão de crédito ou na conta corrente (débito), ou fazer uma recarga com cartão pré-pago antes da data de renovação. Nas configurações da sua conta, atualize a forma de pagamento para pagar Netflix atrasada (Captura de tela: Caio Carvalho) Como saber que a Netflix está atrasada Você saberá que a Netflix está em atraso quando entrar no site ou aplicativo e se deparar com a mensagem “Sua conta está suspensa por causa de um problema de pagamento”. Isso pode acontecer pelos seguintes motivos: A forma de pagamento não tem saldo suficiente; A forma de pagamento expirou ou não é mais válida; Sua instituição financeira não aprovou a cobrança mensal; As informações de pagamento enviadas para a Netflix não são as mesmas que estão cadastradas no seu banco; O código postal do cartão de crédito não é o mesmo que está cadastrado no banco. Este último vale somente para quem tem conta da Netflix nos Estados Unidos. Netflix: formas de pagamento Atualmente, a Netflix aceita as seguintes formas de pagamento na assinatura: Cartões de crédito: Visa, Mastercard, American Express, Diners, Elo, Hipercard; Cartões de débito: Caixa (Elo, Mastercard e Visa), Bradesco (Elo e Visa), Banco do Brasil (Elo, Visa e Mastercard), Santander (Mastercard e Visa), Itaú (Mastercard e Visa), Nubank (Mastercard), Banco Inter (Mastercard), Banco Next (Visa), Banco PAN (Mastercard e Visa), Banco Original (Mastercard), BRB Banco de Brasília (Mastercard e Visa), C6 Bank (Mastercard), PicPay (Mastercard), Sicoob (Mastercard e Visa), Sicredi (Mastercard e Visa); Cartões virtuais: consulte as opções do seu banco; Cartões pré-pagos: Visa, Mastercard, American Express; Cartões pré-pagos Netflix: vendidos em alguns supermercados e lojas; Pagamentos por parceiros: Claro, Pacote Claro, TIM, Pacote TIM Black Família, Pacote Vivo. Assinantes mais antigos que já tinham a opção de débito em conta ainda podem usar esse método, que por sua vez não está mais disponível para novos usuários. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais

James Gray evoca a Nova York de sua infância em Cannes com 'Armageddon Day'

em - Internacional O cineasta americano James Gray apresentou nesta quinta-feira (19) na mostra competitiva de Cannes "Armageddon Time", filme ambientado na Nova York dos anos 1980 e nas difíceis relações raciais na cidade.O filme é protagonizado por Anne Hathaway, Jeremy Strong ("Succession") e o multipremiado Anthony Hopkins. Conta a história da relação de um menino, Paul (Banks Repeta) e seu avô e com um amigo negro, cujo comportamento turbulento o deixa com um pé fora da escola.Gray ganhou elogios e teve boa bilheteria após três anos com uma odisseia espacial, "Ad Astra", com Brad Pitt. Seu primeiro filme, "Little Odessa", também foi ambientado em sua Nova York natal."Armageddon Day" não tem, no entanto, a mesma ambição de "Little Odessa", nem o dramatismo de "Era uma vez em Nova York" (2013), com Marion Cotillard.Gray apresenta seu filme mais autobiográfico aos 53 anos, em uma família judia na qual continua presente, através do avô, a lembrança da perseguição nazista, mas ao mesmo tempo o medo de relações com pessoas de outras raças.A segurança nas ruas de Nova York se deteriora sob o governo dos democratas, enquanto uma família poderosa e conhecida, os Trump, fica conhecida na escola de Paul.A onda da criminalidade em Nova York, assim como o fantasma do ex-presidente Donald Trump, que segue rondando a política americana, dá um ar de atualidade a "Armaggedon Day", mas com uma música da época (The Clash, Sugarhill Gang). Veja Mais

Pegada de hominini misterioso de 3,66 milhões de anos é encontrada na África

canaltech Cientistas da Ohio University Heritage College of Osteopathic Medicine descobriram provas de que duas espécies de hominini andaram juntas no leste africano há 3,66 milhões de anos. As pegadas ficaram preservadas na lama feita por cinzas vulcânicas, tendo sido encontradas há quase 50 anos, mas foi só agora que o trabalho de bioantropólogos revelou mais sobre elas. Pegadas com mais de 6 milhões de anos podem ser as mais antigas de hominídeos Dente de possível menina denisovana de até 160 mil anos é encontrado no Laos As pegadas foram identificadas nos anos 1970 no sítio arqueológico de Laetoli, na Tanzânia, e são consideradas por muitos como as evidências mais antigas de ancestrais humanos bípedes. Muitas espécies deixaram marcas de suas patas no local, como elefantes, coelhos e antílopes, graças à atividade vulcânica outrora frequente. Os hominini são ancestrais de nós, humanos modernos, e já eram primatas bípedes, como o Australopithecus afarensis (Imagem: DEA Picture Library) Detetives da pré-história No sítio arqueológico G, foram encontradas pegadas atribuídas a pelo menos três espécimes de Australopithecus afarensis, a mesma espécie do fóssil Lucy, em 1978. Uma descoberta mais recente no sítio S inclui pegadas de dois indivíduos da mesma espécie, mas no sítio A, um achado de 1976 mostra pegadas bem distintas das outras, mais largas, que até acreditou-se pertencer a um urso (Agriotherium africanum). -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O mistério seguiu até que os pesquisadores do novo estudo, publicado na revista Nature, decidiram voltar ao sítio A após não conseguirem localizar os moldes das pegadas. Com a ajuda de descrições e mapas antigos, eles foram à Tanzânia em 2019, e compararam as pegadas com as de ursos juvenis de santuários britânicos para determinar que não eram dos grandes mamíferos. As marcas também foram comparadas com as pegadas de chimpanzés, e, apesar de serem largas como a dos primatas, as proporções internas eram mais semelhantes à dos humanos modernos e das outras pegadas de Laetoli. E mais, foi descoberto que o indivíduo que deixou as marcas cruzava as pernas ao andar, como um modelo de passarela, coisa que chimpanzés e nossos ancestrais mais próximos não conseguem fazer devido ao formato da cintura e dos joelhos. Pegada do hominini misterioso do sítio A, no topo, e do A. afarensis do sítio G, abaixo (Imagem: McNutt et al/Nature) Os pesquisadores acreditam que o modo de andar tenha sido produzido por uma criança enquanto brincava, ou alguém escorregando ou caindo — talvez até uma passada única do hominini em questão. Mas, principalmente, as pegadas não se encaixam com as de A. afarensis dos outros sítios de Laetoli, tendo um dedão mais pronunciado, por exemplo. É sabido que outras espécies de hominini andavam pelo leste africano há 3,66 milhões de anos — incluindo os Australopithecus deyiremeda e os Kenyanthropus platyops —, mas cientistas ainda não encontraram pés pertencentes a nenhum espécime destes para ter uma base de comparação. Outra possibilidade ventilada é de que as pegadas sejam de alguma espécie ainda desconhecida. Pela análise sedimentar, conclui-se que uma camada de cinzas vulcânicas cobriu o chão de Laetoli, e foi nessa camada que os animais e hominini andaram. Após deixar as pegadas na lama das cinzas, outra camada vulcânica as enterrou, o que pode ter acontecido entre alguns dias até meses, preservando tudo. Mais estudos são necessários, mas os cientistas estão convencidos de que isso é prova de que dois hominini andaram no mesmo local na mesma época — e não escondem a empolgação com a descoberta. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais

John Aylward, de 'Plantão médico', morre aos 75 anos

G1 Pop & Arte Ator morreu em sua casa nos Estados Unidos e estava há tempos com problemas de saúde. John Aylward morre em cena de 'Plantão médico' Reprodução John Aylward , ator conhecido por trabalhos em séries como "Plantão médico" e "West Wing", morreu aos 75 anos em sua casa, nos Estados Unidos, de acordo com o site Deadline. A causa da morte não foi divulgada, mas, segundo a mulher do ator, Mary Fields, ele tinha problemas de saúde há algum tempo. "Estou chocado. Ele era um ator maravilhoso e um ser humano fenomenal", afirmou o agente de Aylward, Mitchell K. Stubbs. "Ele era um sonho de cliente, um amigo e um sonho de pessoa." Nascido em Seattle, Aylward acumula uma série de trabalhos na televisão ao longo de sua carreira de mais de 40 anos. Entre eles, um dos principais papeis foi o do dr. Donald Anspaugh, um dos chefes da equipe do hospital da série "Plantão médico". Após entrar na terceira temporada, ele apareceu esporadicamente até o fim da 15ª e última temporada. Seu último trabalho foi na série "Briarpatch", onde apareceu entre 2019 e 2020. Veja Mais

Brasil treme com a chegada de uma onda de frio

em - Internacional Os casacos e cachecóis saíram do fundo dos armários no Brasil, que vive uma onda de frio incomum para um mês de maio e que oferece perigos para as milhares de pessoas em situação de rua e também para as lavouras.Com 1,4ºC, Brasília registrou nesta quinta-feira (19) a temperatura mais fria de sua história, embora o inverno só comece oficialmente no final de junho.Na página principal do site do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), um mapa do Brasil mostra toda a metade sul na cor laranja, com a legenda: "Onda de frio (perigo)". Em São Paulo, a maior megalópole da América Latina, o termômetro marcou 6,6 °C na quarta-feira, um recorde para um mês de maio desde 1990, com sensação térmica de -4°C.A queda brusca e incomum da temperatura deve-se à ação do ciclone Yakecan, com uma "trajetória anômala", que arrastou uma corrente de ar da Antártida e "se espalhou pelo interior da América do Sul", explicou à AFP Estael Sias, meteorologista da agência Metsul.Um sem-teto de 66 anos morreu enquanto esperava na fila em um centro de distribuição de alimentos de São Paulo. Segundo informações da imprensa, ele havia passado a noite na rua.A prefeitura de São Paulo anunciou a abertura de 2.000 vagas adicionais em abrigos de emergência, aumentando a capacidade total para pouco mais de 17.000. Mas a capital econômica do país tem cerca de 32.000 pessoas em situação de rua, o dobro do que havia em 2015 e 31% a mais do que há três anos, antes da pandemia de coronavírus.Com uma temperatura mínima em torno de 12°C na quinta-feira no Rio de Janeiro, a cidade ainda está longe de ver uma invasão de pinguins na praia de Copacabana, mas muitos cariocas tiraram seus suéteres grossos do armário, inclusive as parkas.- Atrativo turístico -Em Santa Catarina, que há vários dias registra temperaturas abaixo dos 2°C, a neve fez a festa dos turistas. Segundo a Folha de S. Paulo, a pequena cidade de Urupema, que se autodenomina "a mais fria do Brasil, mas cheia de calor humano", está com mais de 90% de ocupação de seus hotéis.A cidade, de 2.500 habitantes, recebe visitantes que às vezes vêm de longe, na metade da semana, para ver neve pela primeira vez.O Inmet também informou sobre "possíveis consequências da onda de frio na agricultura brasileira", em um país considerado um dos celeiros do planeta.O instituto mencionou, em particular, o risco de geadas que ameaçam as hortas e também as culturas de milho e cana-de-açúcar.Sias garantiu que o ciclone faz parte dos eventos climáticos "severos e mais anômalos" que são "consequência da mudança climática". Veja Mais

Como a música de 'Carruagens de fogo', de Vangelis, virou sinônimo de corridas pelo mundo

G1 Pop & Arte 'Chariots of fire', tema de filme sobre corredores olímpicos ganhou Oscar em 1982 e virou trilha de transmissões e eventos como a São Silvestre. Compositor grego morreu aos 79 anos. Cena do filme 'Carruagens de Fogo', de 1981 Divulgação Era difícil apostar que uma faixa instrumental, que tinha inicialmente só o nome genérico de "Titles", viraria a única música de um artista grego a chegar ao 1º lugar da parada da revista americana "Billboard". Mais improvável ainda é o fato de que "Chariots of fire", tema de Vangelis para o filme "Carruagens de fogo", que levou o Oscar em 1982, seria só o início de uma marca mais durável na cultura popular do mundo: virar sinônimo de competições de corrida. Vangelis morreu aos 79 anos na terça-feira (17). A causa da morte ainda não foi divulgada. "Carruagens de fogo", lançado em 1981, conta a história real de dois atletas que participaram dos Jogos Olímpicos de 1924: um judeu inglês, que teve que superar preconceitos, e um devoto cristão escocês, que corria para honrar a Deus. O filme ganhou quatro Oscars na cerimônia de 1982: melhor filme, melhor roteiro, melhor figurino e melhor música, com a trilha de Vangelis. Músico e compositor grego Vangelis Papathanassiou, conhecido como Vangelis Georges Bendrihem/AFP O tema instrumental eletrônico tinha o nome de "Titles", por tocar durante os títulos dos créditos inicial do filme. Quando ele começou a subir nas paradas, passou a ser identificado como "Chariots of fire", mesmo nome do filme em inglês. Logo nas Olimpíadas seguintes, de 1984, em Los Angeles, a música virou tema da transmissão olímpica da BBC, assim como em 1988, em Seul. Diversas outras emissoras pelo mundo começaram a fazer o mesmo em reportagens e transmissões de eventos esportivos. Os próprios eventos também começaram a usar a música. As Olimpíadas de Atlanta, em 1996, usaram de forma marcante na final masculina da prova dos 100 metros rasos. Ela também foi usada para receber os atletas no Parque Olímpico de Londres, em 2012, e foi alvo de uma piada na cerimônia de abertura, em que o Mr. Bean, personagem de Rowan Atkinson, tentava tocar a música. No Brasil, o evento esportivo que usa o tema de "Carruagem de fogo" de forma mais marcante, na chegada dos corredores, é a Corrida de São Silvestre. Atletas na largada da 96ª Corrida de São Silvestre na Avenida Paulista, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira, 31 de dezembro de 2021. O evento teve que ser cancelada em 2020 por conta da pandemia. WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO Fora da seara esportiva, "Chariots of fire" apreceu em outro momento histórico: na apresentação por Steve Jobs do primeiro Macintosh desenvolvido pela Apple, em 1984. Além de "Carruagens de fogo", Vangelis escreveu a música de vários filmes, como "Missing - o Desaparecido", dirigido pelo seu compatriota Costa-Gravas, e para o thriller futurista de Ridley Scott, "Blade Runner". Veja Mais

The Winchesters: prelúdio de Supernatural ganha trailer; assista!

The Winchesters: prelúdio de Supernatural ganha trailer; assista!

Tecmundo As primeiras imagens de The Winchesters, prelúdio de Supernatural, além de um trailer inédito, foram revelados pela The CW. Nelas, vemos os jovens John Winchester e Mary Campbell, pais dos conhecidos irmãos caçadores da série original, além de outros dois personagens.A nova série mostrará como John e Mary se conheceram e se apaixonaram enquanto caçavam monstros em sua juventude, levando o casal a conhecer vários caçadores e a construir um legado com eles ao redor dos Estados Unidos. A série também irá mostrar John confrontando o passado de seu pai após voltar da Guerra do Vietnã, bem como a busca de Mary por seu pai desaparecido (evento já explorado em Supernatural).Leia mais... Veja Mais

Como desinstalar VALORANT

canaltech VALORANT é um jogo gratuito de tiro, tático e em primeira pessoa da Riot Games bastante popular. No entanto, se você quiser desinstalá-lo do seu computador completamente — inclusive o programa anti-cheat para evitar trapaceiros, o Vanguard —, precisa se atentar a alguns passos. Personagens de VALORANT: todos os agentes do jogo Como jogar GTA: San Andreas online no PC A seguir, o Canaltech ensina você como fazer isso. Quando você desinstala o VALORANT, um programa chamado Riot Vanguard permanece na sua máquina (Foto: Divulgação/Epíc Games) Como desativar o Riot Vanguard Primeiro, vamos desativar o sistema antitrapaças da Riot, o Vanguard. O programa precisa ser fechado para, então, ser removido do computador. Para fazer isso, siga os seguintes passos: -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Na barra de tarefas do seu Windows, abra a bandeja do sistema clicando em uma setinha apontando para cima. Depois, localize o ícone do Vanguard. Parece um escudo vermelho, com um “V” no meio. Em cima desse ícone, aperte com o botão direito do mouse e, em seguida, em “Exit Vanguard” Uma mensagem em inglês aparecerá na tela, dizendo que os jogos que dependem do recurso vão parar de funcionar até você reiniciar o computador. Aperte em “Sim”. Ícone do Riot Vanguard é este em vermelho (Foto: Divulgação/Riot Games) Como desinstalar o VALORANT e o Riot Vanguard Agora, você já pode desinstalar os dois programas do seu computador. Para isso, você pode seguir o procedimento padrão do Windows, fazendo o seguinte: Na barra de tarefas do Windows, utilize o campo de busca e digite “Adicionar ou remover programas”. Em seguida, pressione a tecla Enter. Deve-se abrir uma janela, mostrando uma lista com todos os aplicativos e recursos instalados no PC. Procure por VALORANT e clique em cima do botão "Desinstalar". Uma pequena janela perguntará se você realmente deseja deletar o programa. Aperte em "Desinstalar". Outra janela mostrará o progresso da desinstalação do jogo. Depois, será exibida um aviso de que a desinstalação foi concluída com sucesso. (Captura de tela: Felipe Goldenboy/Canaltech) Na mesma janela que mostra os programas e recursos instalados no computador, você deve procurar por Riot Vanguard. Repita os mesmos passos descritos acima. VALORANT está disponível de graça para computadores. Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Amazon Prime ficará mais caro a partir de amanhã (20) no Brasil WhatsApp Premium é anunciado como versão paga com vantagens para empresas Folhas de grafeno revelam que nosso universo pode ter um "irmão gêmeo" É FALSO que a Terra ficará "muito mais distante" do Sol! Entenda o que é afélio 10 linguagens de programação apoiadas oficialmente pela Microsoft Veja Mais