Meu Feed

Hoje

Nova PS Plus: vídeo mostra jogos do PS1 usando novos recursos e filtros

Nova PS Plus: vídeo mostra jogos do PS1 usando novos recursos e filtros

Tecmundo A PS Plus vai mudar seu modelo de assinatura e incorporar novos patamares para oferecer uma biblioteca de jogos aos seus assinantes em breve. Usuários da PS Plus Deluxe e Premium poderão jogar clássicos do PS1, e os games virão com alguns novos recursos e filtros, aproveitando a emulação.Leia mais... Veja Mais

Anitta vai 'rastrear' perfis de haters que estão perseguindo fãs

Anitta vai 'rastrear' perfis de haters que estão perseguindo fãs

Tecmundo Ao contrário dos tweets divertidos e sensuais que normalmente publica, a cantora Anitta foi à rede social no sábado (21) para lançar um ultimato aos haters que, segundo ela, estariam perseguindo e ameaçando seus fãs. A artista carioca prometeu “ir atrás” dos IPs para identificar a identidade das pessoas que estão por trás das ameaças.“Estão brincando de ameaçar meus fãs, bonitinhos? Pois eles não andam sozinhos não, que eu já estou atrás do IP de vocês", ameaçou Anitta. Em seguida lembrou que esse tipo de ameaça é crime, e disse que os haters terão que explicar na polícia o motivo de estarem "buscando endereço, conta e documento de quem é meu fã e mandando print no privado para eles terem cuidado".Leia mais... Veja Mais

VINICIUS JR. TÁ ON! TODOS OS GOLS DO MALVADEZA NO TÍTULO ESPANHOL DO REAL MADRID

VINICIUS JR. TÁ ON! TODOS OS GOLS DO MALVADEZA NO TÍTULO ESPANHOL DO REAL MADRID

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #RealMadrid #ViniJr #LaLiga Veja Mais

PARCERIA NEYMAR E MBAPPÉ, MESSI SENDO MESSI E OS 10 GOLAÇOS DO PSG NO FRANCÊS

PARCERIA NEYMAR E MBAPPÉ, MESSI SENDO MESSI E OS 10 GOLAÇOS DO PSG NO FRANCÊS

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #PSG #Neymar #Messi Veja Mais

Comparativo Moto G200 x Edge 20 Pro: duelo dos 'tops barato' da Motorola

canaltech O Motorola Moto G200 é o Motorola Moto G mais veloz que a Motorola vende atualmente, superando, inclusive, o poderoso Motorola Edge 20 Pro em desempenho. Mas será que a potência é a única coisa importante? Qual é o melhor em fotografia, audiovisual, bateria e sistema? Comparativo Moto G200 x Moto G100: qual vale mais a pena? Comparativo Edge 30 Pro x Galaxy S22: qual leva a melhor? Como os dois celulares da Motorola têm praticamente o mesmo preço, decidi colocar os dois lado a lado para destacar suas semelhanças e particularidades, além de responder qual vale a pena em 2022. E, claro, deixarei links de compra confiáveis de cada um para você aproveitar! Construção e design Antes de mais nada, é importante esclarecer dois pontos: primeiro, o Edge 20 Pro é um smartphone premium, enquanto o Moto G200 é uma espécie de intermediário com desempenho de topo de linha; segundo, que ambos podem ser encontrados por preços bem semelhantes. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Ou seja, já deu para perceber que o G200 precisou economizar em alguns departamentos em virtude do maior poder de processamento. Um desses setores é, sem dúvida, a construção, já que ele é feito predominantemente de plástico, com vidro apenas na parte da frontal. G200 precisou economizar no design para trazer o Snapdragon 888+ a um baixo custo (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech) E é claro que, com isso, a pegada é menos premium que a do Edge 20 Pro, que aposta em vidro na tampa traseira e metal na moldura. No entanto, vale mencionar que nenhum dos dois oferece resistência contra água e poeira, nem suporte a carregamento sem fio. No visual, considero o Edge 20 Pro mais “bem acabado”. Mesmo abandonando a estética curva, que gostei muito no primeiro Edge (2020), temos um design muito elegante, com detalhes quadriculados aparecendo quando refletido na luz. Edge 20 Pro tem traseira de vidro e moldura de metal, mas não tem wireless charging (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech) Mas o Moto G200 também oferece uma aparência interessante para os padrões intermediários. As câmeras não ficam em um módulo, mas sim em uma espécie de lombada que segue a curvatura da traseira e dá uma sensação de continuidade. É interessante e pouco comum na indústria. Tela Na tela, também fica claro que a Motorola priorizou desempenho acima de tudo no Moto G200. Ele possui um painel IPS LCD de 6,8 polegadas com resolução Full HD, enquanto o irmão sofisticado vem com um OLED de 6,7 polegadas, mais resolução Full HD. Tela do G200 não é ruim, porém deixa muito a desejar pela categoria (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech) Bom, como você já deve estar careca de saber, o OLED é superior ao LCD em tudo. Os pretos são mais profundos, as cores mais vivas e o brilho, bem mais intenso. Em definição, entretanto, ambos apresentam níveis agradáveis, mesmo com displays relativamente grandes. Inclusive, esse é um ponto para você ficar atento. Estamos falando de smartphones grandalhões, então passe longe deles se você não curte telas avantajadas. O G200 é ainda mais exagerado com suas 6,8 polegadas, fazendo com que ele seja mais esticado que a maioria dos aparelhos. Em extras, temos taxa de atualização de 144 Hz nos dois dispositivos, prometendo animações mais suaves e jogos mais fluidos. Ambos também oferecem suporte ao padrão HDR10, mas o Edge 20 Pro é um pouco superior ao suportar o HDR10+, melhor em filmes e séries. Configurações e desempenho É aqui onde o jogo vira para o Moto G200. Como eu comentei no início dessa pauta, G200 é o Moto G mais veloz já lançado, munindo do chipset Snapdragon 888 Plus. Em que momento imaginaríamos que veríamos um Moto G mais rápido que modelos como S21 Ultra, Galaxy Z Fold 3 e Mi 11 Ultra? E ele é tudo isso mesmo: não há nada disponível na Play Store que o G200 não consiga rodar com extrema fluidez. Meu colega Felipe Junqueira, quem o analisou para o Canaltech, disse não ter percebido nenhum sinal de engasgo ou lentidão, mesmo em tarefas pesadas. O Moto G200 é mais potente que modelos como S21 Ultra (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech) Completam as especificações do smartphone: 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno, combinação mais que suficiente para muito tempo de utilização. O Edge 20 Pro, por outro lado, tem foco em equilíbrio, portanto ele tem peças mais premium, embora o desempenho não seja o melhor de todos. Por dentro, ele roda o Snapdragon 870, aliado a 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno. A plataforma que fica no meio entre o Snapdragon 888 e o Snapdragon 865+. Nos meus testes com o aparelho, também não senti nenhum engasgo ou queda de desempenho em jogos. Aplicativos de redes sociais, mensageiros, streaming e editores também funcionaram perfeitamente por aqui, e provavelmente deve se manter assim por um bom tempo. Mas é aquilo: as chances do Edge 20 Pro mostrar sinais de cansaço mais rapidamente em relação ao G200 são altas, apesar de que isso não deve acontecer tão cedo. Sistema e usabilidade De que adianta ser um dos celulares mais potentes do Brasil se não ganhará mais atualizações? Pois é, o G200, lançado em 2021 com Android 11, parou no atual Android 12, e passará a receber apenas novidades de segurança por mais algum tempo. Ou seja, você que quiser comprar o G200 em 2022, saiba que ele não ganhará o inédito Android 13, previsto para o terceiro trimestre deste ano. É realmente uma pena. O Edge 20 Pro não está muito atrás do irmão Moto G, mas pelo menos terá um fôlego extra. Ele também chegou com o Android 11, recebeu o Android 12 e será atualizado para a próxima geração, segundo a Motorola. O Edge 20 Pro ganhará atualizações até o Android 13 (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech) Resumindo, pensando em longevidade, o Edge 20 Pro, mesmo sendo mais fraco em relação ao G200, é a opção mais ideal para 2022. Com relação à usabilidade, repito o que comentei no tópico acima: ambos rodam perfeitamente todas as tarefas, incluindo a navegação pela interface My UX. Inclusive, por serem de uma categoria acima, eles também possuem suporte ao Ready For, semelhante ao DeX. Câmeras Os dois celulares compartilham da mesma câmera principal de 108 MP com abertura de f/1.9 e foco por detecção de fase (PDAF). Na ultrawide, o Edge 20 Pro tem um sensor de 16 MP, contra 13 MP do G200. Já a terceira lente difere bastante nos dois, já que o topo de linha traz uma telefoto com zoom de 5x, enquanto o irmão tem um sensor para profundidade. A Motorola não se destaca tanto em fotografia quanto as outras marcas, mas os dois celulares produzem boas fotos com a câmera principal de 108 MP. O pós-processamento do G200 puxa mais para o natural, o que pode agradar quem gosta de editar as imagens antes, enquanto o Edge 20 Pro tende para o saturado, me agradando mais. Foto macro do Motorola Moto G200 (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech) Na ultrawide, o G200 decepciona ao adicionar muito contraste às fotos, fazendo com que os detalhes se percam. Para piorar, o alcance dinâmico é ruim, dando aos resultados uma aparência de intermediário barato. É completamente diferente do Edge 20 Pro, que faz fotos com ótimas cores e poucas distorções. Outro destaque do Edge 20 Pro é a câmera periscópica de 8 MP. O zoom óptico de 5x é excelente, ideal para capturar objetos mais longes, mas não recomendo utilizar o alcance máximo de 50x, pois a qualidade piora muito. Foto com zoo mdo Edge 20 Pro (Imagem: Diego Sousa/Canaltech) Vale mencionar que a câmera ultrawide dos dois dispositivos produzem fotos macro, e a qualidade é ótima. Por ter mais resoluções, as imagens têm definição e boas cores. Galeria de fotos do Moto G200 Modo retrato não é ruim, mas apresenta mais falhas do que seria aceitável em um celular poderoso como o Moto G200 (Felipe Junqueira/Canaltech) Nesta foto, o software ficou em dúvida se desfocava a árvore ou não... (Felipe Junqueira/Canaltech) Aqui um modo retrato bem satisfatório, apesar de algumas pequenas falhas (Felipe Junqueira/Canaltech) Câmera principal tem excelente nível de detalhes, mas deixa as cores um pouco apagadas demais (Felipe Junqueira/Canaltech) Nível de detalhes alto da câmera principal (Felipe Junqueira/Canaltech) HDR trabalha bem e respeitou o céu nublado do dia desta foto (Felipe Junqueira/Canaltech) Ultra wide perde alguns detalhes em áreas escuras, mas tem um HDR satisfatório (Felipe Junqueira/Canaltech) Câmera principal consegue respeitar bem os movimentos dos objetos da foto (Felipe Junqueira/Canaltech) Câmera macro consegue captar alto nível de detalhes, mas é um pouco difícil acertar o foco (Felipe Junqueira/Canaltech) Contra a luz, o HDR não faz milagre. Mas a silhueta da árvore ficou bem legal, e dá para ver as flores (Felipe Junqueira/Canaltech) Ultra wide entrega resultados mais escuros que a principal. O que é compreensível, já que sua abertura é menor (Felipe Junqueira/Canaltech) Lente macro não conseguiu focar na arma do boneco, mas dá para ver que o nível de detalhes é bom (Felipe Junqueira/Canaltech) Excelente nível de detalhes da macro com boa iluminação (Felipe Junqueira/Canaltech) Fotos ficam com aparência profissional quando o foco funciona bem na macro (Felipe Junqueira/Canaltech) Com pouca luz, a super grande angular não trabalha tão bem, mas consegue resultados satisfatórios (Felipe Junqueira/Canaltech) Câmera principal consegue manter o foco em um objeto mais próximo de maneira natural, graças à sua abertura (Felipe Junqueira/Canaltech) Câmera macro trabalha satisfatoriamente mesmo em ambientes internos (Felipe Junqueira/Canaltech) Com boa iluminação, câmera frontal consegue entregar bons resultados (Felipe Junqueira/Canaltech) Recorte do modo retrato nas selfies é bom, desde que não seja muito desafiador (Felipe Junqueira/Canaltech) Selfie com luz muito forte em um só ponto pode não dar um bom resultado (Felipe Junqueira/Canaltech) Modo noturno ajuda um pouco nas selfies, mas não faz milagre (Felipe Junqueira/Canaltech) Galaria de fotos do Edge 20 Pro Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Motorola Edge 20 Pro fotos (Diego Sousa/Canaltech) Bateria e carregamento Na bateria, o Edge 20 Pro tem 4.500 mAh, enquanto o Moto G200 possui 5.000 mAh. Os dois devem entregar uma autonomia para dois dias de uso moderado ou um dia de utilização pesada. No nosso teste padrão de Netflix, com os celulares conectados ao Wi-Fi, sem chip de operadora e com brilho configurado em 50%, o Edge 20 Pro consumiu 22% em três horas de reprodução, contra 15% do G200. Isso dá uma estimativa de cerca de 13 e 20 horas, respectivamente. Ou seja, o G200 consegue ficar bem mais tempo longe das tomadas. Com relação ao carregamento, o Edge 20 Pro suporta uma potência de 30 W, contra 33 W do G200. No entanto, a diferença não deve ser tão grande nos dois, com ambos recarregando suas baterias completamente em menos de uma hora de vinte minutos. Comparativo de fichas técnicas Moto G200 Edge 20 Pro Dimensões e peso 168.1 x 75.5 x 8.9 mm, 202 g 163 x 76 x 8 mm. 190 g Construção Plástico Vidro e metal Tela 6,8", IPS LCD, Full HD, 144 Hz 6,7", OLED, Full HD, 144 Hz Chipset Snapdragon 888+ 5G Snapdragon 870 5G RAM 8 GB 12 GB Armazenamento 256 GB 256 GB Câmeras 108 MP + 13 MP + 2 MP + 16 MP 108 MP + 16 MP + 8 MP + 32 MP Bateria 5.000 mAh 4.500 mAh Preço R$ 2.999 R$ 3.499 Moto G200 x Edge 20 Pro: qual é o melhor? No final, fica claro que o Edge 20 Pro possui um conjunto mais equilibrado que o G200. Sua construção é mais robusta, a tela OLED tem melhor qualidade e o conjunto fotográfico é mais competente. Além disso, vale mencionar que ele ainda receberá mais uma atualização do Android. O G200, por outro lado, só tem o poder de processamento como destaque. A tela IPS LCD não condiz com seu preço, assim como a construção plástica e a falta de atualizações do Android. Com tudo isso, acredito que o adicional de R$ 500 do Edge 20 Pro em relação ao G200 acabe sendo justificado. Ele não é o mais veloz, porém supera o irmão em todo o resto. Compre o Edge 20 Pro Confira o preço atual do Moto G200 Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o selo CE que vemos em produtos? Marvel Studios | Calendário com os próximos filmes e séries do MCU As 10 melhores séries terror da Netflix para assistir XG: Butantan identifica nova variante recombinante da covid em São Paulo Física nas aeronaves | Por que aviões não chegam ao espaço? Veja Mais

MALVADEZA DE VINI JR, BENZEMA EM NÍVEL DE MELHOR DO MUNDO E O TOP 10 DO REAL MADRID EM LALIGA

MALVADEZA DE VINI JR, BENZEMA EM NÍVEL DE MELHOR DO MUNDO E O TOP 10 DO REAL MADRID EM LALIGA

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #RealMadrid #ViniJr #Benzema Veja Mais

Johnny Depp deve voltar a ser interrogado pela equipe de Amber Heard nesta segunda-feira (23)

G1 Pop & Arte Ator será chamado como testemunha pela defesa da atriz. Esta é a última semana de audiência na batalha do ex-casal. Johnny Depp e Amber Heard Reuters O ator Johnny Depp deve ser chamado como testemunha pela equipe da atriz Amber Heard. Ele pode ser interrogado ainda nesta segunda-feira (23). As informações são da agência de notícias Reuters. Advogada de Depp, juíza cansada, ex-porteiro sincerão: os personagens que roubaram a cena na treta Amber x Depp Amber Heard x Johnny Depp: 10 fatos chocantes que descobrimos em brigas dos dois nos tribunais Depp está processando a atriz com um pedido de US$ 50 milhões de indenização, dizendo que ela o difamou quando alegou ter sido vítima de abuso doméstico. Heard abriu um outro processo, em que pede US$ 100 milhões, argumentando que Depp a difamou ao chamá-la de mentirosa. O ator já prestou depoimento há duas semanas, mas vai voltar a depor sob juramento a pedido dos advogados de Amber. Ele deve ser a terceira testemunha a falar no tribunal. As alegações finais estão previstas para sexta-feira (27). Ellen Barkin Shawn Thew/Pool via Reuters Na quinta-feira (19), foi apresentado um vídeo da ex-namorada de Depp Ellen Barkin, respondendo às perguntas da advogada de Amber. O registro foi feito em novembro de 2019. Na ocasião, ela afirmou que o ator estava constantemente bebendo e usando drogas, além de ser ciumento e controlador. O casal ficou junto por alguns meses, no início dos anos 90. Amber também foi questionada pelos advogados de Depp no início da última semana. Ela foi perguntada sobre recados amorosos, drogas em festa de casamento e sobre uma faca que ela teria dado de presente ao ator. A atriz e Depp se casaram em fevereiro de 2015 e o divórcio foi finalizado cerca de dois anos depois. O processo refere-se a um artigo de opinião de dezembro de 2018 de Heard que apareceu no "Washington Post". O artigo nunca mencionou Depp pelo nome, mas seu advogado disse aos jurados que estava claro que Heard estava se referindo a ele. Depp, que já foi uma das maiores estrelas de Hollywood, disse que as alegações de Heard lhe custaram "tudo". Um novo filme de "Piratas do Caribe" foi suspenso e Depp foi substituído na franquia de filmes "Animais Fantásticos", um spin-off de "Harry Potter". Os advogados de Heard argumentaram que ela disse a verdade e que sua opinião estava protegida pela liberdade de expressão pela Primeira Emenda da Constituição dos EUA. Menos de dois anos atrás, Depp perdeu um caso de difamação contra o Sun, um tabloide britânico que o rotulou de "espancador de esposas". Um juiz da Suprema Corte de Londres decidiu que ele havia agredido Heard repetidamente. Veja Mais

De 'Ciranha', Ciro diz que 'Lulatman' e 'Bolsoringa' não têm poderes e projetos

O Tempo - Política Estratégia eleitoral de Ciro Gomes com o público nas redes sociais ataca diretamente os pré-candidatos do PT, Lula, e do PL, Bolsonaro - que tentará a reeleição Veja Mais

Garoto de 2 anos pede 31 cheeseburgers após mãe deixar celular desbloqueado

O Tempo - Mundo A criança fez o pedido pelo aplicativo de delivery; a mãe foi surpreendida quando recebeu uma sacola gigante com os sanduíches Veja Mais

Na Ucrânia uma barragem estratégica sob controle russo

em - Internacional O local era um alvo prioritário: a partir das primeiras horas do ataque contra a Ucrânia, no fim de fevereiro, o exército da Rússia tomou o controle de uma barragem e de uma central hidrelétrica crucial para abastecer a anexada península da Crimeia.Três meses depois, as turbinas da unidade, localizada em Nova Kakhovka, na região de Kherson, sul da Ucrânia, funcionam em meio a um intenso barulho.A instalação está intacta, a água flui e acaba no rio Dniepr.A AFP conseguiu entrar no local em 20 de maio, durante uma visita da imprensa organizada pelo ministério russo da Defesa, sob permanente vigilância de soldados com os rostos cobertos e armados com metralhadoras.Várias autoridades russas afirmaram que o país tem como objetivo anexar as regiões ucranianas de Kherson e Zaporizhzhia, o que permitiria estabelecer uma ponte terrestre para ligar o território russo e a Crimeia.E a central, ainda pintada com as cores da Ucrânia, é considerada um "objetivo estratégico" delicado. Fica longe da frente de batalha, ao norte, mas os russos, que ocupam a região, temem "sabotagens"."Houve tentativas (de sabotadores) de trazer cargas explosivas, mas todas foram frustradas", disse Vladimir Leontiev, um combatente pró-Rússia nomeado por Moscou como para comandar a administração civil e militar do distrito de Kakhovka.Leontiev não explicou as acusações e destacou apenas apenas que o rompimento da barragem significaria "um grande infortúnio" e inundações devastadoras.Na barragem é possível observar um grande buraco na barreira de segurança da rodovia, como se um veículo a tivesse atravessado. As autoridades não apresentaram explicações.Construída em 1956, durante o período soviético, a hidrelétrica de Kakhovka permite enviar água ao Canal da Crimeia do Norte, que começa no sul da Ucrânia e atravessa toda a península.Mas após a anexação de 2014, Kiev fechou a torneira. Uma medida que provocou grandes problemas de irrigação e de acesso de água na Crimeia.As novas autoridades pró-Rússia afirmam que o abastecimento de água para a Crimeia através do canal foi retomado e que, atualmente, 1,7 milhão de metros cúbicos são enviados a cada dia para a península."Há muita, muita água que segue para a Crimeia. No momento, não pedimos pagamento, esta é nossa contribuição para compensar as perdas sofridas pelos ucranianos e os russos durante oito anos", afirma Leontiev.Ele informa que todos os funcionários da central permaneceram e trabalham sem interrupção desde 24 de fevereiro. Os civis, depois de uma revista pelos soldados russos, podem utilizar a estrada que passa pela barragem e atravessa o Dniepr.A central continua produzindo energia elétrica que está ligada à rede ucraniana unificada ucraniana e alimenta, ao mesmo tempo, as áreas controladas por Kiev e as que foram conquistadas por Moscou."Não podemos parar a produção de energia e seu envio à rede (ucraniana) unificada", afirma Vladimir Leontiev. "No momento é fisicamente impossível". Veja Mais

Painel Eletrônico - Câmara pode votar limitação de alíquotas de tributos sobre energia e combustível

Painel Eletrônico - Câmara pode votar limitação de alíquotas de tributos sobre energia e combustível

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição do Painel Eletrônico entrevista com o deputado federal Lafayette de Andrada (Republicanos/MG). Ele fala sobre o Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/22 que considera, para fins de tributação, os combustíveis, a energia elétrica, as comunicações e o transporte coletivo como itens essenciais e indispensáveis, não podendo ser tratados como supérfluos. ‪‪Veja ainda a entrevista com o deputado federal Dagoberto Nogueira (PSDB-MS), autor do PL 29/22, que inclui a vacinação contra a Covid-19 no Programa Nacional de Imunizações (PNI). O tema tem o maior número de interações nos canais de participação popular da Câmara dos Deputados. Apresentação - Marcio Achilles Sardi Edição - Marcello Larcher e Ana Raquel Macedo Trabalhos Técnicos - Bebiano Nunes e Antônio Marcos Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #PainelEletrônico #RádioCâmara Veja Mais

Comissão vota regulamentação da educação física, que envolve filiação a conselho

O Tempo - Política A grande polêmica é se os professores de educação física devem ser filiados ao Confef e aos respectivos conselhos regionais (Crefs) para que possam exercer a profissão Veja Mais

Privatização da Petrobras? Veja o que aconteceu com ex-estatais pelo mundo

G1 Economia Rússia, Argentina, Reino Unido e outros países já seguiram o caminho da desestatização. Entenda qual foi o desfecho Fachada do prédio da Petrobras, no Centro do Rio Adriano Ishibashi/Framephoto/Estadão Conteúdo A proposta de privatização da Petrobras, anunciada pelo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, na última semana, reacendeu discussões sobre o impacto de medidas de desestatização na eficácia produtiva de empresas e no controle dos preços dos combustíveis. Enquanto membros do governo de Jair Bolsonaro (PL) e defensores da redução da presença do Estado nas relações econômicas do país comemoraram o anúncio, representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP-CUT) afirmaram que o presidente verá "a maior greve da história da categoria" caso avance na intenção. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou que a privatização da estatal não está em seu "radar" neste momento — a proposta precisa ser aprovada pelo Congresso antes que o presidente possa assinar o decreto para incluir a Petrobras no Plano Nacional de Desestatização (PND). Novo ministro entrega a Guedes pedido de estudo sobre privatização da Petrobras Pacheco diz que privatização da Petrobras 'não está no radar' neste momento Petrobras em números: evolução do lucro, produção, dividendos, nº de funcionários e valor de mercado Carlos Alberto Sardenberg comenta os estudos para privatizar a Petrobras e o Orçamento Secreto Iniciativas de privatizações geram debates acalorados não só no Brasil, mas em diversos outros países que já colocaram ou cogitaram colocar medidas semelhantes em prática. Não são incomuns casos de petrolíferas que decidiram seguir o caminho da capitalização como forma de obter mais recurso — como fez a própria Petrobras em 2010 — ou de governos que desinvestiram em determinados setores para ampliar a concorrência. Mas quando se trata de grandes estatais produtoras de petróleo se tornando majoritariamente privadas, não há uma gama gigantesca de exemplos, de acordo com especialistas consultados pela BBC News Brasil. A reportagem consultou estudiosos do mercado de gás e petróleo e da área de privatizações para identificar alguns dos mais notáveis casos e entender o que aconteceu com essas empresas. Eles apontam que não há um único caminho a ser seguido por petrolíferas estatais no momento da privatização — mas que casos de sucesso costumam acontecer quando há ambiente regulatório forte e estável para atrair investimentos. Especialistas dizem, ainda, que a gestão privada costuma aumentar a eficiência operacional, mas argumentam que nem sempre a desestatização é a melhor escolha — a depender do momento político e econômico do país. E quando se fala no assunto, os grandes exemplos citados são o da Rússia, que colocou em prática um grande projeto de privatizações após o fim da União Soviética (URSS); da YPF na Argentina, que voltou a ser estatizada após mudanças no governo; e da multinacional BP, no Reino Unido. Há ainda casos de petroleiras privatizadas no Canadá, França, Itália e Espanha, entre outros. Entenda: Rússia e a formação da oligarquia Após o colapso da URSS em 1991, o governo da Rússia — sob o comando do presidente Boris Yeltsin — colocou em prática um amplo projeto de privatizações. O esforço foi iniciado em outubro de 1991 e concluído em julho de 1994, quando dois terços da indústria russa já era de propriedade privada. A desestatização do setor de gás e petróleo foi regulamentada por um decreto presidencial em 1992. Petroleiras e refinarias foram agrupadas, transformando-se em empresas de capital aberto. A Lukoil, considerada a maior companhia russa não-estatal do setor de petróleo, foi formada em 1991 quando três estatais sediadas na Sibéria se fundiram. Em 1993, ela foi privatizada e transformada em uma empresa de capital aberto. A Gazprom retornou ao controle do governo no início dos anos 2000 Getty Images via BBC A Gazprom também se tornou privada nesse contexto. A empresa, porém, retornou ao controle do governo no início dos anos 2000, e em 2021 foi responsável por 68% da produção de gás russa. Especialistas afirmam, porém, que o modelo de privatização adotado pela Rússia ajudou a criar um poderoso grupo de magnatas, os oligarcas russos, e a aprofundar a desigualdade no país. O economista Marshall Goldman, especialista em economia da URSS, afirma em seu livro "The Piratization of Russia: Russian Reform Goes Awry" que o movimento de desestatização russo apenas transformou o monopólio do Estado em um monopólio privado. "Mas o monopólio privado não funciona de maneira muito diferente", disse o autor em sua obra. O governo utilizou um sistema de privatização por meio de vouchers, previamente implementado na Checoslováquia. Sob esse modelo, o governo distribuiu vouchers entre a população, que poderiam ser usados para comprar ações das cerca de 15.000 empresas que estavam sendo desestatizadas. Empresários bem relacionados, porém, adquiriram enormes blocos desses vouchers e garantiram grandes participação ou controle das companhias. O movimento criou uma oligarquia russa que ainda está intimamente ligada a uma grande parcela da riqueza nacional. Eles controlam importante parte de setores como o de energia, mineração, mídia e transporte do país e possuem conexões no governo central. Segundo Sérgio Lazzarini, professor do Insper e estudioso das privatizações, após o fracasso na Rússia, o sistema de vouchers deixou de ser considerado. "Esse modelo é bastante controverso e se provou que não funciona bem". "A passagem de ativos aconteceu também de uma forma não transparente na Rússia, o que contribuiu ainda mais para a concentração de renda dos oligarcas", afirmou o especialista à BBC News Brasil. Quando chegou ao governo em 1999, Vladimir Putin começou a controlar os oligarcas. Aqueles que seguiram alinhados politicamente com o atual presidente tornaram-se ainda mais bem-sucedidos. Mas alguns dos oligarcas originais que se recusaram a seguir essa linha foram forçados a fugir do país. Talvez o oligarca mais conhecido fora da Rússia seja o empresário Roman Abramovich, proprietário do Chelsea Football Club. Com um patrimônio estimado em US$ 14,3 bilhões (R$ 73 bilhões), ele fez sua fortuna vendendo ativos após a queda da União Soviética. Em março deste ano, uma investigação da BBC revelou novas evidências sobre como Abramovich lucrou bilhões de dólares de forma indevida ao fazer negócios com o Estado russo na área do petróleo. O russo teria comprado a estatal de petróleo Sibneft do governo russo em 1995, pela qual pagou cerca de US$ 250 milhões (R$ 1,2 trilhão). Contudo, ele revendeu a empresa ao Estado, em 2005, por US$ 13 bilhões (R$ 65 bilhões). Abramovich e outros oligarcas russos foram sancionados pela União Europeia, Reino Unido e Estados Unidos após a invasão à Ucrânia. O magnata do futebol decidiu então se afastar de algumas de suas funções e vender o Chelsea. O Instituto Ucraniano para o Futuro (UIF), uma organização independente com sede em Kiev, culpa a ampla influência dos oligarcas na sociedade, na indústria e na política ucranianas pela falta de desenvolvimento do país. Reino Unido e BP A multinacional britânica de capital aberto BP foi privatizada em fases, entre 1979 e 1987. A desestatização aconteceu durante a onda de privatizações implementada pela ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher. BP foi privatizada em fases, entre 1979 e 1987 Getty Images via BBC Durante o governo da Dama de Ferro (1979-1990), muitas companhias e serviços que haviam sido estatizados no mandato do ex-primeiro-ministro Clement Attlee entre 1945 e 1951 foram transformados em empresas privadas: indústrias, siderúrgicas, ferroviárias, aeroviárias, aeroportos e companhias de gás, eletricidade, telecomunicações e água. Em 1979, o governo de Thatcher vendeu pouco mais de 5% de suas ações da BP e reduziu sua participação na empresa para 46%, tornando-se minoritário pela primeira vez desde que a petroleira foi incorporada pela Inglaterra em 1909. A participação estatal foi sendo reduzida ainda mais nos anos seguintes e, em 1987, a privatização foi concluída quando o governo vendeu suas últimas ações. Inicialmente chamada de Anglo-Persian Oil Company Limited e depois de British Petroleum, a petroleira se fundiu com a americana Amoco em 1998 e adquiriu a também americana ARCO e a escocesa Burmah Castrol em 2000, tornando-se oficialmente BP plc em 2001. No livro "The Org: The Underlying Logic of the Office", o economista Raymond Fisman e o historiador Tim Sullivan descrevem como nas primeiras décadas após a privatização, a BP se tornou um exemplo no setor energético de como uma estatal pouco lucrativa poderia ser transformada em um negócio frutífero com a privatização. O comando da empresa foi todo substituído por funcionários empenhados em cortar custos e reduzir riscos e alguns empreendimentos que antes faziam parte da companhia — como os dedicados à produção de alimento e mineração de urânio, por exemplo — foram vendidos. "A BP passou de perdas de quase US$ 1 bilhão [cerca de R$ 5 bilhões na cotação atual] em 1992 para lucros de quase US$ 5 bilhões [R$ 25 bilhões] até o final de 1997. A folha de pagamento foi reduzida para 53.000 [funcionários], bem abaixo das 129.000 pessoas que a BP empregava antes", escreveram Fisman e Sullivan. Em 2005, uma refinaria da BP no Texas explodiu, matando 15 e ferindo cerca de 170 pessoas. Em 2006, um vazamento em um oleoduto da BP derramou centenas de milhares de galões de petróleo em uma baía no Alasca. E em 2010, a plataforma Deepwater Horizon, de propriedade da empresa suíça Transocean e operada pela BP no Golfo do México, explodiu e afundou, matando 11 funcionários. Durante os meses seguintes, quase 5 milhões de barris de petróleo foram despejados no oceano, no que é considerado o maior vazamento acidental de petróleo da história. Cinco Estados (Flórida, Alabama, Mississippi, Louisiana e Texas) foram atingidos pela mancha de óleo, que encobriu aves marinhas, danificou praias e provocou enormes perdas para as indústrias de pesca e turismo. O acidente de 2010, em especial, prejudicou a imagem da empresa, que teve sua avaliação rebaixada por agências de risco após o desastre. A BP foi alvo de múltiplos processos judiciais, vários deles movidos pelo governo americano, tanto por violações criminais quanto por violações a regulações civis. Em um acordo considerado o maior do tipo na história americana, a BP concordou em pagar cerca de US$ 20 bilhões (aproximadamente R$ 100 bilhões) ao governo federal e aos cinco Estados afetados pela catástrofe ambiental. No ano passado, os lucros da petroleira atingiram seu maior nível em oito anos, impulsionados pelo aumento dos preços do gás e do petróleo no mercado internacional. Após um ano de perdas em 2020, a BP fechou 2021 com ganho de US$ 12,85 bilhões (R$ 64 bilhões). Os lucros continuaram a crescer no primeiro trimestre de 2022, alcançando um patamar de US$ 6,2 bilhões (R$ 31 bilhões) — mais do que o dobro dos US$ 2,6 bilhões (R$ 13 bilhões) que a empresa lucrou no mesmo período do ano passado. O balanço provocou um movimento pela imposição de uma taxação especial, destinada a coletar parte do que é chamado de "lucro inesperado". A ideia por trás desse tipo de imposto é taxar empresas que se beneficiaram de uma situação pela qual não são responsáveis, como é o caso da alta dos preços de gás e petróleo. Segundo fontes ouvidas pela BBC, o Tesouro britânico está estudando a possibilidade de adotar tal imposto para o setor energético do país. A BP, porém, rejeita a ideia e afirmou que novas taxas poderiam significar menos investimentos em projetos de energia renovável. Argentina e o caso YPF A estatal e maior produtora de petróleo da Argentina, Yacimientos Petrolíferos Fiscales (YPF), foi privatizada em 1999, mas reestatizada em 2012, durante o governo de Cristina Kirchner. A YPF foi criada em 1922 como a primeira petroleira estatal integrada verticalmente em todo o mundo. Durante o período inicial da ditadura militar, que se estendeu de 1976 a 1983, houve um recuo na política de nacionalização no país. O governo abriu ao setor privado a possibilidade de concessões e permitiu contratos da YPF com terceiros. Essas medidas foram parcialmente anuladas em 1974 e posteriormente reorganizadas em 1985 pelo governo de Raúl Alfonsín. Mas a privatização só foi concretizada no fim do governo de Carlos Menem, em 1999. O primeiro passo desse processo foi a transformação da YPF de uma empresa estatal para uma de sociedade anônima com capital aberto. A desestatização foi concluída quando o Estado argentino vendeu 14,99% de suas ações à empresa espanhola Repsol. No fim de 2011, a Repsol já controlava 57% do capital da YPF. A ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner em foto de 20 de agosto de 2015 Juan Mabromata/AFP Em abril de 2012, porém, a presidente Cristina Kirchner apresentou um projeto de lei ao Congresso que declara "de utilidade pública e sujeito à expropriação" 51% do capital da YPF. O texto foi aprovado com ampla maioria no Congresso e a repatriação efetivada. O governo culpava a YPF pela queda na produção petrolífera, o que teria obrigado a Argentina a gastar muito com a importação de combustível, num momento em que o país sofria uma escassez de dólares devido a uma fuga de capitais. Economistas que também apoiaram a medida afirmaram ainda que, desde que a Repsol assumiu o controle da YPF, houve fuga sistemática de divisas sem reinvestimento para a exploração, tornando o modelo insustentável. Uma pesquisa realizada na época do anúncio da reestatização pelo jornal portenho La Nación mostrou que seis em cada dez argentinos apoiavam a medida. A YPF, por sua vez, afirmava que as próprias políticas econômicas intervencionistas do governo deram origem à crise energética no país. Fora do país, a medida gerou grande desconforto com o governo da Espanha e outras potências. A decisão foi duramente criticada pela União Europeia, FMI e pelos centros econômicos mundiais. A nacionalização desencadeou ainda uma intensa batalha jurídica entre o governo e a Repsol, que terminou em um acordo de US$ 5 bilhões (R$ 25 bilhões) de indenização pela expropriação das ações. "A reestatização da YPF aconteceu sem nenhum amparo regulatório institucional", diz Sérgio Lazzarini, do Insper. "Ao mesmo tempo, é preciso um ambiente institucional e legal relativamente estável para que os investimentos privados prosperem, algo que faltou na Argentina após a privatização da petroleira". Antes de ser estatizada, a empresa tinha um valor de mercado de cerca de US$ 16 bilhões (R$ 80 bilhões). No momento do anúncio da expropriação, a empresa já havia perdido quase metade de seu valor, passando a US$ 8 bilhões (R$ 40 bilhões). Dez anos depois, as ações da YPF valem 75% menos, segundo análise feita pelo jornal argentino El Clarín. O valor de mercado da companhia está hoje em torno de US$ 3,4 bilhões (R$ 17 bilhões). As ações da YPF estão sendo negociadas a cerca de US$ 5 (R$ 25) desde a invasão russa na Ucrânia. Em 2012, elas chegavam a US$ 41 (R$ 204), segundo o Clarín. Novo ministro de Minas e Energia pede a Guedes estudos para privatização da Petrobras Afinal, existe uma receita para o sucesso? Segundo os especialistas consultados pela BBC, não há um único caminho a ser seguido por petrolíferas estatais no momento da privatização. Da mesma forma, nem sempre a desestatização é a melhor escolha, a depender do momento político e econômico do país, de acordo com Sérgio Lazzarini. "Às vezes pode ser indicado apenas melhorar a governança, blindar a empresa de interferência governamental, atrair mais investimentos e implementar estratégias para desinvestir setores estratégicos e ampliar a concorrência", diz o professor do Insper. "Mas experiência em geral, não só no setor do petróleo, mostra que a gestão privada, de fato, aumenta a eficiência operacional". Lazzarini lançou em março deste ano o livro "The Right Privatization - Why Private Firms in Public Initiatives Need Capable Governments" (A Privatização Certa - Porque Empresas Privadas em Iniciativas Públicas Precisam de Governos Capazes, em tradução livre). Na obra, o especialista destaca justamente a importância de um governo bem-organizado e preparado no processo de privatização de estatais de diversos setores. "E o que são governos capazes? Governos que levam o tema da privatização para o debate público adequadamente e criam um ambiente regulatório adequado para tratar do problema", diz. Ainda segundo Lazzarini, os casos de sucesso costumam acontecer quando há um ambiente regulatório forte e institucional estável que consiga atrair investimentos, além de competição no setor. "Os preços só começam a cair quando há mais atores e mais competição", diz. Patrick Heller, diretor Executivo do Natural Resource Governance Institute e pesquisador do Centro de Direito, Energia e Meio Ambiente da Universidade da Califórnia em Berkeley, lista ainda outros fatores que considera essenciais para uma boa transição. "O primeiro deles é fazer uma boa avaliação dos preços das ações antes da privatização. Definir um bom mecanismo para encontrar um valor inicial de referência e a partir daí seguir com as negociações", diz. "Fazer isso sempre foi complexo, mas está ainda mais difícil neste momento, diante das incertezas reais em torno do futuro da indústria de petróleo e gás no mundo e da necessidade de se investir em energia limpa". Heller lembra ainda da importância da transparência em qualquer processo de privatização. "Todas as etapas precisam ser transparentes, seja no momento da avaliação dos ativos, da definição dos modelos de privatização ou de estabelecer os requisitos para que as partes tenham acesso aos recursos desestatizados", afirma. "Por fim, há um terceiro ponto importante e que se conecta ao anterior, que é a construção de um processo justo e objetivo", diz. Segundo Heller, o princípio deve ser obedecido independentemente do modelo de privatização escolhido. "É preciso se certificar de que as ações não sejam entregues a pessoas politicamente conectadas ou que um grupo específico de investidores seja privilegiado". Segundo os especialistas, os casos de fracasso na história acontecem justamente quando esses princípios não são respeitados. "Pode haver falhas em três estágios da privatização: no desenho do modelo, na implementação e na fase pós-privatização", diz Sérgio Lazzarini. Para o professor do Insper, quando há falha no modelo, por vezes troca-se o monopólio estatal por um privado, como aconteceu na Rússia. "Na implementação é preciso estar atento para falhas no momento de identificar compradores e licitar a venda. Já no pós os problemas estão na não regulamentação do setor ou definição dos padrões de qualidade e quantidade dos investimentos", complementa Lazzarini. Os estudiosos afirmam ainda que associar diretamente a queda dos preços dos combustíveis a um sucesso na privatização nem sempre é o melhor caminho, já que o preço no setor é ditado internacionalmente e muito influenciado por fatores externos. "Em geral, empresas privadas do setor de gás e petróleo tendem a ser mais eficientes quando se trata de gerenciar recursos e custos de produção", diz Patrick Heller. "Mas o petróleo é uma commodity global e, portanto, o que mais influencia os preços que chegam até os consumidores não é a eficiência de uma empresa de extração em particular, mas sim o mercado global de energia". Veja Mais

Imposto de Renda 2022: companheiro(a) que mora junto pode ser dependente?

G1 Economia Condição é que o casal viva junto há mais de cinco anos ou que tenha filho; prazo para entrega da declaração é até 31 de maio. Imposto de Renda 2022 Arte g1 O(a) companheiro(a) pode ser incluído(a) como dependente na declaração de Imposto de Renda, mas a condição é que o casal viva junto há mais de cinco anos ou que tenha filho (nesse caso não importa há quantos anos estão vivendo juntos). A regra vale para também para união homoafetiva. SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2022 Caso o companheiro entre como dependente, os dependentes dele também podem ser incluídos, mas somente se a declaração for conjunta, ou seja, nela são declarados os rendimentos do casal. Nesse caso, os rendimentos dos dependentes também devem ser informados na declaração. Além dos filhos e enteados, podem ser incluídos pais, avós e sogros do companheiro dependente, por exemplo – nesse segundo caso, eles devem ter recebido rendimentos, tributáveis ou não, de até R$ 22.847,76 em 2021 (veja lista abaixo). Contudo, se os companheiros apresentarem declarações em separado, cada um deve colocar seus dependentes em sua própria declaração. Veja como escolher entre a declaração conjunta ou separada Saiba quem pode ser incluído como dependente na declaração Imposto de Renda 2022 em vídeos; ASSISTA Quem pode ser dependente na declaração O contribuinte pode incluir em sua declaração pessoas que mantiveram relação de dependência no ano-calendário de 2021, mesmo que por menos de 12 meses. A vantagem é que é possível deduzir até R$ 2.275,08 da renda tributável por dependente. Veja quem pode ser declarado como dependente, segundo a Receita Federal: companheiro(a) com quem o contribuinte tenha filho ou viva há mais de 5 anos, ou cônjuge; filho(a) ou enteado(a) de até 21 anos de idade; filho(a) ou enteado(a) com deficiência, de qualquer idade, quando a sua remuneração não exceder as deduções autorizadas por lei; filho(a) ou enteado(a), se ainda estiverem cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, até 24 anos de idade; irmão(ã), neto(a) ou bisneto(a), sem arrimo dos pais, de quem o contribuinte detenha a guarda judicial, até 21 anos, ou em qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho; irmão(ã), neto(a) ou bisneto(a), sem arrimo dos pais, com idade de 21 anos até 24 anos, se ainda estiver cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, desde que o contribuinte tenha detido sua guarda judicial até os 21 anos; irmão(ã), neto(a) ou bisneto(a) com deficiência, sem arrimo dos pais, do(a) qual o contribuinte detém a guarda judicial, em qualquer idade, quando a sua remuneração não exceder as deduções autorizadas por lei; pais, avós e bisavós que, em 2021, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, de até R$ 22.847,76; sogros e sogras que, em 2021, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, de até R$ 22.847,76; menor pobre até 21 anos que o contribuinte crie e eduque e de quem detenha a guarda judicial; pessoa absolutamente incapaz, da qual o contribuinte seja tutor ou curador. Como incluir os dependentes Dependentes só podem ser declarados no modelo completo do Imposto de Renda. Para incluí-lo, basta o contribuinte preencher a ficha “Dependentes” na declaração. Nesta aba, é preciso informar dados como nome, CPF e data de nascimento. Todos aqueles que forem declarados como dependentes precisam ter CPF, mesmo os que nasceram em 2021. A inscrição no CPF pode ser feita pelo site da Polícia Federal. Veja Mais

Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos inicia visita à China

em - Internacional A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, iniciou nesta segunda-feira (23) uma visita de seis dias à China, durante a qual viajará a Xinjiang, onde Pequim é acusado de perseguir a minoria uigur.Bachelet "chegou e está em uma reunião", declarou à AFP Ravina Shamdasani, porta-voz da Alta Comissária. Esta é a primeira vez em quase duas décadas que uma autoridade dos direitos humanos da ONU visita o país asiático.A China é acusada de prender um milhão de uigures e outras minorias muçulmanas em acampamentos da região de Xinjiang (noroeste), o que os que Estados Unidos e outros países qualificam como "genocídio".Pequim rejeita o termo, que considera a "mentira do século", e alega alega que suas políticas permitiram combater o extremismo e melhorar a vida na região.Desde 2018, as autoridades da ONU estavam em negociações com o governo chinês para assegurar um "acesso ilimitado e relevante" a Xinjiang, antes do anúncio da viagem em março.Ativistas, no entanto, temem que Bachelet tenha uma visita controlada que evite os temas cruciais.A viagem de seis dias inclui visitas às cidades de Urumqi e Kashgar em Xinjiang, assim como à localidade de Cantão (sul).De acordo com seu gabinete, Bachelet se reunirá com "várias autoridades" do governo chinês, além de representantes de "organizações da sociedade civil, empresariais e acadêmicos". E também discursará para estudantes da Universidade de Cantão".Mas a esperança de uma uma investigação profunda sobre os abusos dos direitos humanos foi frustrada pela preocupação dos ativistas de que o Partido Comunista da China usará a visita para acobertar supostas atrocidades.Com centenas de milhares de detidos e várias mesquitas fechadas ou destruídas, as autoridades de Xinjiang parecem ter modificado o foco nos últimos anos o desenvolvimento econômico, segundo acadêmicos e uigures que moram fora da China."Agora não há muita evidência visível de repressão", afirmou Peter Irwin, do Projeto de Direitos Humanos Uigures.Grupos de direitos humanos alertaram que a vigilância estatal e o medo de represálias impedirão que os uigures da região conversem de maneira livrem com a equipe da ONU."Temos o receio de que a visita seja manipulada pelo governo chinês para acobertar os graves abusos em Xinjiang", disse Maya Wang, pesquisadora sobre a China da organização Human Rights Watch.Muitos ativistas questionaram o fato de a ex-presidente chilena, que foi torturada durante a ditadura de Augusto Pinochet, não ter se pronunciado de maneira mais firme sobre Xinjiang.O governo dos Estados Unidos expressou na sexta-feira preocupação com o "contínuo silêncio (de Bachelet) diante da evidência indiscutível de atrocidades em Xinjiang".Sua recusa a criticar pode refletir a grande influência de Pequim na ONU, segundo Irwin.Centenas de uigures no exterior pediram nas últimas semanas a Bachelet que visite seus parentes detidos.A imprensa estatal ativou a máquina de propaganda. A agência de notícias Xinhua elogiou nesa segunda-feira os "progressos notáveis" do país em termos de direitos humanos.Em um artigo, a agência nega qualquer trabalho forçado e alega que as pessoas de Xinjiang escolhem livremente partir para outras regiões da China em busca de oportunidades de trabalho e melhores salários. Veja Mais

VIVA O ESPORTE - 23/05/2022 | AO VIVO | BANDSPORTS

VIVA O ESPORTE - 23/05/2022 | AO VIVO | BANDSPORTS

Band Sports #VivaOEsporte​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​ de segunda a sexta, a partir das 10h15, com Stephano Alba. Aprenda mais sobre saúde, bem-estar e esporte! Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​​ Veja Mais

Por que Jove de 'Pantanal' representa a geração Z com identidade fluida e autorreflexão?

G1 Pop & Arte Comportamento do personagem retrata situações e modismos desta geração, dizem especialistas ouvidos pelo g1. Vídeo mostra a diferença dos Joves da 1ª versão da novela e da atual. Jove X Geração Z Na novela "Pantanal", Jove, interpretado por Jesuíta Barbosa, é um cara de 20 e poucos anos, criado na cidade. Ele passou por cursos de direito, administração, comunicação e estava se dedicando à fotografia. Teve um relacionamento de idas e vindas com Nayara e um lance com Guta, antes de conhecer Juma. Ele se manteve fiel ao veganismo, mesmo com a insistência do pai, e não vê problema em assumir a busca pela identidade via terapia. "Essa geração está naquela coisa de criar essa identidade fluida. Ela é muito direcionada em criar o próprio caminho. Pode até seguir os já formatados, mas desde que faça sentido para a pessoa", diz Ligia Barros, da empresa WGSN, que faz consultoria de tendências. "E nessa busca pela identidade, eles se questionam o tempo inteiro, se gostam ou não, e o que é a verdade para eles." O g1 conversou com ela e outros especialistas para entender como Jove representa a geração Z, principalmente em quatro temas. TRABALHO: O que faz Jove? AMOR: Como Jove se relaciona? IDEAIS: O que motiva Jove? RENDA: Jove se preocupa com dinheiro? No vídeo acima e na tabela abaixo, você pode ver as diferenças entre o Jove de agora e o personagem da versão original de "Pantanal", em 1990. 1 - O que faz Jove? Jove (Jesuíta Barbosa) Reprodução/Globoplay Assim que Jove aparece adulto na trama, ele não parece muito interessado nos estudos ou trabalho. Isso ficou evidente em um diálogo entre a avó, Marina, e a tia, Irma. Marina acusava o rapaz de ser vagabundo, por ter por mais de uma faculdade, sem terminar nenhuma. "Essa geração está naquela coisa de criar essa identidade fluida. Ela é muito direcionada em criar o próprio caminho. Pode até seguir os já formatados, mas desde que faça sentido para ele", diz Ligia. Os especialistas fazem uma observação: o personagem é um rapaz com uma situação financeira confortável, o que dá mais chances a ele de explorar possibilidades. No entanto, alguns comportamentos são comuns à geração, como a busca profissional. "Eles se questionam se fazer faculdade faz sentido, ou se pode ser feito depois. Com isso, podem ampliar as possibilidades de trabalho", afirma Lígia. "Sair da escola e ir para uma faculdade pode restringir o leque de profissões." 2 - Como Jove se relaciona? Jove e Guta Reprodução/Globoplay De uma maneira geral, os relacionamentos da Geração Z estão mais práticos e menos românticos, segundo os especialistas. "Menos românticos no sentido de encontrar o amor da vida e colocar a expectativa do relacionamento no outro, coisa que acontecia antes", explica Lígia. Ela conta ainda que existe uma parcela da turma que tem interesse em casar e constituir família. "Mas mesmo quem quer isso tem uma percepção de relação mais fluida. Não é para sempre, para a vida inteira. A vida inteira é muito tempo." Até conhecer Juma, Jove teve relacionamentos curtos e desapegados. Para o professor da Universidade Federal de Minas Gerais, Cláudio Paixão, especialista em psicologia social, com o mundo virtual, há muitas ofertas e pouco esforço para conseguir a intimidade. "Eles lidam muito pouco com a frustração. Já no primeiro desentendimento terminam, e relacionamentos precisam de comprometimento", diz Paixão. Lígia também cita a grande oferta, o que pode influenciar nesses relacionamentos mais práticos. "Eles estão acostumados com o dinamismo, e é difícil superar essas barreiras e aprofundar, o que é muito estranho, porque ao mesmo tempo eles buscam conexão." A sexualidade não é um tabu para eles ou algo que se preocupem, como Jove, que não se importou quando levantaram a possibilidade de ele ser gay. "É natural, é a fluidez. O cara gosta dessa pessoa, sente o interesse por homem ou mulher ou não-binários. O jovem pode estar em uma relação heterossexual e depois, não. Tudo é possível e menos rígido." 3 - O que motiva Jove? Jove recusa carne em 'Pantanal' Reprodução/Globoplay Uma coisa importante de saber é que não dá para obrigar a geração Z (e o Jove atual) a fazer aquilo que não quer. Eles vão ser os primeiros a levantar para lutar contra as injustiças. "Existe um sentimento de que não há mais espaço para compactuar com injustiça", diz Luli Radfahrer, professor de comunicação da Escola de Comunicação e Artes, da USP. "Isso pode ser visto em personalidades como a Greta Thunberg." No caso de Jove, uma de suas bandeiras é o veganismo, ainda que isso trave uma briga com seu pai, dono de fazendas de boi. Lígia completa e explica que os valores e a ética dessa geração são mais fortes: "Eles cresceram com esse discurso. Muitos são filhos de millennials, que já eram engajados. Aprenderam desde cedo, e estão cansados de ver que ninguém faz nada." 4 - Jove se preocupa com dinheiro? Na primeira versão da novela, em 1990, Jove está no barco, falando sozinho. Pensa em Guta, nos questionamentos que fizeram sobre sua sexualidade. Mas fica feliz ao lembrar que está sentado na grana e não vê a hora de contar para a avó que não vão precisar se preocupar com isso. Com o Jove de 2022, a cena vai para um caminho diferente. Em vez da Guta, da sexualidade e das questões financeiras, ele reflete sobre a sua relação com o pai. E esta é uma das características desta geração: o dinheiro faz parte da vida, mas não é tudo. Jove na primeira versão da novela Reprodução/YouTube "O dinheiro é um intermediário, e não o centro da vida. É ter o suficiente para viver bem", diz Radfahrer. Vale lembrar que as questões financeiras podem mudar de acordo com a classe social do jovem. No entanto, em geral, não existe o sentimento de ter grana acumulada para dar status e poder. "É uma característica diferente dos millennials: a geração Z quer ganhar e guardar dinheiro porque não quer ser igual a geração anterior que era guiada pelo propósito e agora não tem como pagar as contas", diz Lígia. Exemplo disso, foi a explosão de influenciadores financeiros, que ensinam como economizar e guardar a grana. De acordo com a especialista, a turma vivenciou crises, como a de 2008 e 2014, mas se questiona se precisa fazer fortuna para viver bem. "Não tem o luxo. É muito mais 'o que o dinheiro pode me proporcionar', e não é poder ou status." Olhar para dentro Jove Reprodução/Globoplay Na mesma cena, enquanto Jove de 1990 aborda questões mais superficiais, como mulher e dinheiro, em 2022, o personagem reflete sobre seu comportamento em relação ao pai: reconhece ter sido orgulhoso e tenta entender por que age daquela forma agressiva. O Jove de 2022 sente-se à vontade em falar sobre sua busca de identidade e gosta de fazer terapia. "Nesta busca da verdade deles, da identidade, eles fazem autorreflexão, se questionam o tempo todo sobre o que podem construir, sempre olhando para dentro de si: 'O que faz sentido para mim?'" Veja Mais

Região de Ribeirão Preto tem 299 vagas de emprego abertas nesta semana; saiba como se candidatar

G1 Economia Oportunidades são em Ribeirão Preto, Jaboticabal, Sertãozinho, Barretos, Bebedouro e Guariba. Cargos são para cozinheira, auxiliar de escritório, vendedor, entre outros. Carteira de trabalho José Fernando Ogura/AEN As cidades de Ribeirão Preto (SP), Jaboticabal (SP), Sertãozinho (SP), Barretos (SP), Bebedouro (SP) e Guariba (SP) estão com 299 vagas de emprego abertas nesta segunda-feira (23). (Veja abaixo como se candidatar) Entre as oportunidades estão cargos como cozinheira, motorista, auxiliar de escritório, vendedor, barista, garçom, cabelereiro, nutricionista, entre outros. O trabalhador interessado pode fazer o cadastro on-line no site do Sistema Nacional de Emprego (Sine) para consultar as vagas e participar dos processos. Em caso de atendimento presencial nos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs), o candidato deve apresentar carteira de trabalho, RG, CPF ou CNH, comprovante de endereço atualizado e número do PIS. Ribeirão Preto - 51 vagas O PAT fica na Avenida Francisco Junqueira, 2625, Jardim Macedo. O atendimento acontece de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h. Mais informações sobre vagas e agendamento podem ser obtidas pelo telefone (16) 3625-7381. Eletrotécnico na fabricação (2 vagas) Técnico eletrônico Técnico mecânico Técnico em segurança no trabalho Vendedor pracista Representante comercial autônomo Auxiliar de escritório Almoxarife Operador de caixa Cozinheiro geral Garçom Atendente de lanchonete Auxiliar nos serviços de alimentação Faxineiro ( 3 vagas) Cabeleireiro Manicure Maquiador Cuidador de idosos Vendedor de comercio varejista ( 3 vagas) Promotor de vendas Repositor de mercadorias ( 2 vagas) Atendente de lojas e mercados Vendedor em domicilio Mestre Eletricista de instalações Pintor de obras Montador de estruturas metálicas Soldador ( 2 vagas) Serralheiro Motorista de caminhão ( 3 vagas) Motorista operacional de guincho ( 2 vagas) Ajudante de motorista ( 2 vagas) Alimentador de linha de produção ( 2 vagas) Mecânico de manutenção de motores diesel ( 3 vagas) Mecânico de manutenção de automóveis Mecânico de veículos automotores a diesel Eletricista de manutenção eletroeletrônica Guariba - 4 vagas Os interessados devem se cadastrar pelo site do Sine Fácil. De acordo com a última divulgação do Sine, a cidade tem as seguintes vagas: Técnico mecânico Técnico em segurança no trabalho Mecânico de manutenção de máquinas Mecânico de manutenção de automóveis Jaboticabal - 17 vagas O PAT fica no prédio da Prefeitura de Jaboticabal. O endereço é Esplanada do Lago Carlos Rodrigues Serra, 160, Vila Serra. O atendimento é feito de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 12h e das 13h às 16h. Gerente comercial Nutricionista Representante comercial autônomo Supervisor administrativo Auxiliar de escritório Operador de telemarketing receptivo Vendedor em domicílio (4 vagas) Motorista de furgão ou veículo similar Supervisor da manutenção e reparação de veículos Mecânico de manutenção de automóveis Funileiro de veículos Lavador de peças Sertãozinho - 88 vagas O PAT Sertãozinho fica na Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O endereço é Rua Voluntário Otto Gomes Martins, 1.380, Centro. O atendimento acontece de segunda-feira a sexta-feira, das 8h30 às 11h e das 13h às 16h. Informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3942-3714. Tecnólogo em automação industrial Farmacêutico (2 vagas) Secretária(o) executiva(o) Técnico de manutenção eletrônica Desenhista técnico Desenhista projetista mecânico (3 vagas) Tecnólogo em logística de transporte Assistente de vendas Vendedor pracista Supervisor de compras Representante comercial autônomo Auxiliar de escritório (2 vagas) Assistente administrativo (2 vagas) Auxiliar de contabilidade Almoxarife (3 vagas) Operador de caixa Atendente de lanchonete Barista Auxiliar de manutenção predial Faxineira Cuidador de idosos Agente funerário Lavador de veículos Vendedor de comercio varejista (5 vagas) Promotor de vendas Operador de colheitadeira Operador de máquinas de beneficiamento Tratorista agrícola Pedreiro Carpinteiro Eletricista de instalações (5 vagas) Servente de obras Operador de máquinas operatrizes Operador de máquinas-ferramenta convencionais (2 vagas) Pintor de estruturas metálicas (2 vagas) Instalador de tubulações (2 vagas) Soldador (5 vagas) Caldeireiro (5 vagas) Serralheiro Operador de máquina de dobrar chapas Montador de máquinas Montador de moveis e artefatos de madeira Guincheiro Motorista de ônibus urbano (2 vagas) Embalador Alimentador de linha de produção (7 vagas Mecânico de manutenção de automóveis (5 vagas) Mecânico de manutenção de empilhadeiras Eletricista de instalações (2 vagas) Funileiro de veículos Barretos - 82 vagas O PAT Barretos funciona no Poupatempo, no setor de Serviços Municipais. É necessário agendamento prévio que pode ser feito presencialmente ou pelo site. O endereço é Via Conselheiro Antonio Prado, 1400, Pedro Cavalini, ao lado do North Shopping. O atendimento é de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 17h, e sábado, das 9h às 13h. Auxiliar de sinalização viária Analista contábil (2 vagas) Analista financeiro Analista de compras Analista de RH Assistente contábil Assistente financeiro (2 vagas) Atendente de balcão Atendente de farmácia (2 vagas) Auxiliar de chapeiro (a) Auxiliar de cozinha (2 vagas) Auxiliar de desenhista Auxiliar de escritório (2 vagas) Auxiliar de estoque Auxiliar de mecânico Auxiliar de produção Balconista Borracheiro Camareira de hotel Campeiro Comprador Consultor técnico de vendas Coordenador de lanchonete Cortador de roupas Costureiro(a) (3 vagas) Copeiro Cozinheiro(a) (2 vagas) Eletricista Eletricista automotivo Engenheiro civil Engenheiro de produção Fisioterapeuta Garçom/garçonete (3 vagas) Jardineiro Lavador de veículos Mecânico industrial Monitor social Mecânico de manutenção de máquinas em geral Motorista entregador Motorista de caminhão (4 vagas) Motorista de caminhão basculante Motorista de ônibus Operador de balança Operador de produção Operador de torno CNC Operador de silkscreen Pizzaiolo Pedreiro Repositor Recepcionista de hotel (2 vagas) Serralheiro de ferro Serralheiro Servente de obras (2 vagas) Serviços gerais (3 vagas) Soldador Supervisor de manutenção Terapeuta ocupacional Técnico de enfermagem Técnico de informática (3 vagas) Técnico supervisor Tratorista Vendedor externo (2 vagas) Bebedouro - 57 vagas O PAT fica na Avenida Hércules Pereira Hortal, 1367. O atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 16h. Ajudante de motorista Ajudante de pátio Analista de logística de transportes Assistente administrativo Atendente de balcão de café Atendente de mesa Auxiliar administrativo Auxiliar de armazenamento Auxiliar de codificador de dados Auxiliar de cozinha Auxiliar de limpeza Auxiliar de linha de produção (2 vagas) Auxiliar de supervisão Auxiliar técnico na manutenção Auxiliar de vidraceiro Caldeireiro instalador Carpinteiro Carregador e descarregador Consultor de vendas Costureiro em geral Cozinheira de restaurante (2 vagas) Cozinheira geral Eletricista Empregada doméstica (2 vagas) Encanador industrial Faxineira Farmacêutico (a) Funileiro de automóveis Garçom Marceneiro Mecânico de autos em geral Mecânico de eletricista de automotores Mecânico de manutenção de máquinas agrícolas Mecânico de manutenção de máquinas em geral Mecânico de manutenção de roçadeiras, motosserras e similares Mecânico de motor a diesel Mecânico industrial Mecânico montador Motorista carreteiro Oficial de serviços gerais Operador de caixa Operador de cobrança Operador de retroescavadeira Operador de telemarketing (2 vagas) Operador financeiro Pedreiro (4 vagas) Pintor (2 vagas) Promotora de vendas Representante comercial Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão Preto e Franca VÍDEOS: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região Veja Mais

Auxílio Brasil: beneficiários com NIS final 4 recebem parcela de maio nesta segunda

G1 Economia Veja também onde obter mais informações sobre o benefício, como saldo e pagamento de parcelas. Parcela de maio do Auxílio Brasil começou a ser paga nesta quarta-feira (18). Marcello Casal Jr/Agência Brasil O grupo de beneficiários do Auxílio Brasil que possui o Número de Inscrição Social (NIS) com final 4 recebe, nesta segunda-feira (23), o pagamento referente a maio. Ao longo da semana, quem possui NIS com finais 5, 6, 7 e 8 também poderá contar com a liberação dos valores nos dias determinados pelo calendário. Na última quarta-feira (18), quando começaram os pagamentos, a parcela do auxílio foi liberada aos beneficiários com NIS final 1. Na quinta-feira, quem tem o NIS final 2 teve a liberação dos recursos. No dia seguinte foi a vez de quem tem o NIS final 3 receber. Os demais grupos receberão suas parcelas até o dia 31 de maio. LEIA TAMBÉM: NIS: o que é e como consultar o número Auxílio Brasil X Bolsa Família: veja comparação Perguntas e respostas sobre o programa TUDO SOBRE O AUXÍLIO BRASIL Ao todo, serão pagos R$ 7,3 bilhões a 18,1 milhões de famílias, segundo o Ministério da Cidadania. O número foi um pouco maior do que o pago em abril, quando 18,06 milhões de famílias foram atendidas pelo programa, totalizando recursos de R$ 7,4 bilhões. Em maio, o tíquete médio pago foi de R$ 409. Veja o número de famílias beneficiadas por região: Nordeste: 8,5 milhões Sudeste: 5,2 milhões Norte: 2,1 milhões Sul: 1,2 milhão Centro-Oeste: 937 mil Confira abaixo o calendário de pagamentos da parcela: O benefício é destinado a famílias em situação de extrema pobreza. Famílias em situação de pobreza também podem receber, desde que tenham, entre seus membros, gestantes ou pessoas com menos de 21 anos. As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas que possuem renda familiar mensal per capita de até R$ 105. As em situação de pobreza têm renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210. No último dia 4, o Senado aprovou medida provisória (MP) que torna permanente o valor mínimo de R$ 400 para o Auxílio Brasil. Câmara aprova valor mínimo de R$ 400 no Auxílio Brasil Quem recebe Há três possibilidades para recebimento do Auxílio Brasil: Se já tinha o Bolsa Família: Auxílio Brasil será pago automaticamente Se está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de reserva Se não está no CadÚnico: é preciso buscar um Cras para registro, sem garantia de receber Clique aqui e veja como se inscrever no CadÚnico Como obter informações Por telefone O beneficiário pode ligar no telefone 121, do Ministério da Cidadania, para saber se tem direito ao Auxílio Brasil e o valor que será pago. Também é possível obter informações sobre o benefício na Central de atendimento da Caixa, pelo telefone 111. Por aplicativos No aplicativo Auxílio Brasil (disponível para download gratuitamente para Android e iOS), é possível fazer o login utilizando a senha do Caixa Tem. Caso não tenha, basta efetuar um cadastro. No aplicativo Caixa Tem poderão ser consultadas informações sobre o benefício, como saldo e pagamento de parcelas. Veja Mais

Twisted Metal: Neve Campbell, final girl de Pânico, deve estrelar série com Anthony Mackie

tudo celular Além da série de TV de The Last of Us na HBO, a gigante nipônica também desenvolve adaptações para Ghost of Tsushima, Uncharted, Twisted Metal e muitas outras. Veja Mais

Acordo entre Google e Apple que define buscador padrão pode estar ameaçado pela lei antitruste

tudo celular Segundo informações, a Apple continuará recebendo bilhões de dólares do Google para priorizar o buscador da empresa nos iPhones e iPads. Veja Mais

Veja como usar FGTS para comprar ações da Eletrobras

G1 Economia Ações da estatal podem render mais que o FGTS, mas não há garantia. Governo obteve aval do TCU nesta quarta para vender Eletrobras e espera colocar papeis no mercado até agosto. FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço Lucas Figueira/G1 Trabalhadores de qualquer setor que tenham recursos no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) poderão utilizar até 50% desse saldo para comprar ações da Eletrobras no processo de privatização da empresa, esperado para acontecer entre junho e até, no máximo, meados de agosto. A compra se dará pelos chamados "fundos mútuos de privatização", dispositivo criado nos anos 2000 e já usado pelo governo na venda de papéis de outras estatais. Em março, a Caixa Econômica Federal publicou procedimentos e regras de utilização dos recursos para os trabalhadores que tenham interesse em participar de qualquer oferta de privatização autorizada no âmbito do Programa Nacional de Desestatização (PND). A desestatização da Eletrobras foi aprovada nesta quarta-feira (18) pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Além da estatal de energia, a equipe econômica também prevê privatizar os Correios neste ano. LEIA TAMBÉM: Privatização da Eletrobras: quais são os próximos passos Consequências: para onde vai o dinheiro e qual será o impacto na conta de luz? O uso do FGTS em privatizações já ocorreu anteriormente em três ocasiões: Petrobras, em 2000; Vale do Rio Doce, 2002; e Petrobras novamente, em 2010. Os fundos mútuos são administrados por instituições financeiras. No processo de desestatização da Eletrobras, foi estabelecido um teto de R$ 6 bilhões para o uso global dos recursos do FGTS na compra de ações na oferta pública. Se as aplicações superarem esse teto, será feito um rateio. Como fazer? De acordo com as regras, a participação do trabalhador nos fundos mútuos de privatização, com recursos do FGTS, poderá ocorrer de forma individual ou por intermédio de Clube de Investimento (CI-FGTS) administrado por instituição autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). "Havendo retenção/bloqueio prévio de parte ou da totalidade do saldo da conta vinculada do trabalhador, o valor disponível para aplicação FMP ficará limitado ao recurso disponível remanescente", explicou a Caixa. Pelas regras, o trabalhador poderá autorizar, por meio do aplicativo do FGTS, a instituição que administra o fundo mútuo de privatização a consultar o saldo e solicitar reserva, e débito, de parte do saldo da sua conta FGTS para privatizações. O aplicativo pode ser baixado nos seguintes links: Celulares Android (clique aqui para baixar) Celulares iOs - Apple (clique aqui para baixar) "Somente após decorridos 12 meses da data da aplicação poderá haver retratação com consequente retorno do investimento ao FGTS", informou a Caixa. Para que isso ocorra, a solicitação será efetuada pelo próprio titular da conta vinculada à administradora do FMP-FGTS ou CI-FGTS. Limite A aplicação em cotas de FMP poderá ser de até 50% do saldo de cada conta vinculada, valendo para operações no âmbito do Programa Nacional de Desestatização e/ou similares estaduais aprovados pelo Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI). Porém, no limite de 50%, serão levados em conta todos os investimentos que o trabalhador tem em FMP-FGTS. Ou seja, se o investidor tem parte de seu FGTS ainda aplicado em ações da Petrobras e da Vale, esse montante deve ser deduzido para saber quanto poderá ser destinado, agora, às ações da Eletrobras. “A limitação de 50% do saldo total da conta vinculada deverá ser observada a cada aplicação, tendo como base o saldo da conta vinculada e consideradas as utilizações anteriores no FMP-FGTS”, diz a Caixa no documento. Para utilização do FGTS na aquisição de moradia própria pronta ou em construção, no pagamento de parte das prestações e na amortização ou liquidação extraordinária de saldo devedor de financiamento do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), o retorno dos valores aplicados em FMP-FGTS poderá ser total ou parcial. As instituições financeiras que administrarem fundos mútuos de privatização, por sua vez, deverão oferecer aos trabalhadores: consulta ao saldo do trabalhador disponível para aplicação em FMP; registro da Solicitação do Trabalhador de Aplicação FMP; registro de Regularização de Operação; informações de Bloqueio de Valores das Contas Vinculada. Rendimento Os fundos de privatização podem ser uma alternativa para o trabalhador que procura melhorar o rendimento de seus recursos. Porém, não há garantia de que isso acontecerá. Por lei, o FGTS tem rendimento de 3% ao ano. Nos últimos anos, porém, os trabalhadores receberam também parte dos lucros do Fundo de Garantia, que resultam dos juros cobrados de empréstimos a projetos de infraestrutura, saneamento e crédito da casa própria. A distribuição melhorou o rendimento dos recursos depositados no fundo. Em 2020, com a distribuição aos trabalhadores do lucro do FGTS, o rendimento foi de 4,52%. Em 2019, considerando o adicional da distribuição de lucros, o rendimento foi de 4,90%. Em 2018, chegou a 6,18%. De acordo com análise da XP, compensou ter investido na diversificação de carteiras com os recursos do FGTS nas operações anteriores (Petrobras e Vale do Rio Doce). "Os investidores que deixaram seus recursos investidos apenas no FGTS tiveram retorno de 136,09% [2002 a 2022]. Para o investidor que colocou recursos em FMP simulado da Vale da Rio Doce, uma das opções que foi oferecida no mercado, teve retorno de 2.235,13%. Para o investidor que colocou recursos no fundo simulado da Petrobras, outra opção oferecida a mercado, teve retorno de 649,36% no mesmo período", informou a corretora. Privatização da Eletrobras A medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras foi sancionada em julho do ano passado pelo presidente Jair Bolsonaro. A expectativa é que a venda do controle acionário pode render R$ 100 bilhões aos cofres públicos. No fim de fevereiro, os acionistas da Eletrobras autorizaram o processo em uma Assembleia Geral Extraordinária. VEJA O QUE SE SABE SOBRE A PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS Com a privatização, o governo deixaria de ser o sócio majoritário da empresa. Hoje, ele detém mais de 60% desses papéis, e o objetivo é ficar com 45%. Entenda como a privatização da Eletrobras impacta na conta de luz O governo pretende transformar a Eletrobras numa "corporation", uma empresa privada sem controlador definido. Modelo semelhante foi adotado na privatização da Embraer. Segundo o governo, a privatização irá recuperar a capacidade de investimentos da empresa em geração e transmissão de energia e pode reduzir a conta de luz. Entidades do setor, no entanto, afirmam que a conta vai ficar mais cara, porque deputados e senadores incluíram no texto medidas que geram custos a serem pagos pelos consumidores. 'Conta de luz pode ficar mais cara por causa da privatização', diz Miriam Leitão sobre Eletrobrás Veja Mais

PS1 no PS5: primeiro jogo é testado e exibe recursos extras da emulação

tudo celular "Oddworld: Abe's Oddysee" foi testado por YouTuber antes do lançamento da nova PS Plus. Veja Mais

Realme C30 tem previsão de lançamento, variantes e cores reveladas

tudo celular O realme C30 deve ser um smartphone básico da marca chinesa e ele será vendido na Índia. Veja Mais

AMD mostra Ryzen 7000 com soquete AM5 e até 31% mais desempenho que Intel Core i9-12900K

tudo celular Nova linha de processadores foi exibida durante a conferência Computex 2022 em Taipei, Taiwan. Veja Mais

Zelensky diz que 87 ucranianos morreram em ataque russo contra base militar

em - Internacional O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou nesta segunda-feira que 87 pessoas morreram em um ataque russo no dia 17 de maio contra uma base militar no norte do país.. "Hoje, sob os escombros em Desna, há 87 vítimas. Oitenta e sete corpos", afirmou Zelensky em uma mensagem por vídeo a Fórum Econômico Mundial de Davos, em referência ao ataque russo contra uma localidade na região de Chernihiv que abriga uma base militar ucraniana.O balanço pode ser um dos mais letais dos bombardeios russos na Ucrânia desde o início da guerra em 24 de fevereiro.O bombardeio aconteceu em uma localidade que abriga um grande centro de treinamento militar e fica 60 km ao norte de Kiev, na região de Chernihiv. Um balanço divulgado pela imprensa local citava oito mortos e 12 feridos.Este foi um ataque incomum nesta região próxima da capital, que foi recuperada há algumas semanas pelos soldados ucranianos após a retirada dos russos da região de Kiev."Estas pessoas não conhecerão o futuro da Ucrânia", acrescentou Zelensky, em referência às vítimas. A Ucrânia "paga caro pela liberdade e a independência neste combate" acrescentou. Veja Mais

Uma luzinha no túnel

O Tempo - Política Disputa entre Doria e Tebet e a crise no PSDB Veja Mais

Golpistas fazem deep fakes de Elon Musk para promover criptomoeda

Golpistas fazem deep fakes de Elon Musk para promover criptomoeda

Tecmundo No último domingo (22), o site Bleeping Computer revelou que golpistas estão usando vídeos com deepfakes de Elon Musk para divulgar uma nova criptomoeda em uma campanha fraudulenta. O site da falsa plataforma de criptomoedas BitVex promete até 30% de retorno em depósitos de ativos.Além de usarem o rosto do CEO da Tesla, a campanha também conseguiu invadir contas no YouTube para hospedar vídeos falsos sobre a plataforma. Em um dos vídeos falsos, Elon Musk diz que investiu US$ 50 milhões e promove a plataforma para outras pessoas investirem no golpe.Leia mais... Veja Mais

Ex-ministra austríaca que dançou com Putin deixa cargo na empresa russa Rosneft

em - Internacional A ex-ministra austríaca das Relações Exteriores Karin Kneissl, que dançou uma valsa com o presidente russo Vladimir Putin em 2018, abandonou o conselho de administração da Rosneft, anunciou nesta segunda-feira a empresa de petróleo russa.Na sexta-feira, o grupo anunciou a saída do ex-chanceler alemão Gerhard Schröder, que havia sido criticado - após a ofensiva russa na Ucrânia - por sua proximidade com Putin, e também a de Matthias Waring, que iniciou sua carreira na cúpula da ex-Alemanha Oriental.Kneissl entrou para o conselho de administração da Rosneft em março de 2021. Segundo a empresa, ela apresentou uma carta de demissão que entrou em vigor na sexta-feira.Ela foi ministra das Relações Exteriores da Áustria, nomeada pelo partido de extrema-direita FPÖ, de dezembro de 2017 a maio de 2019. Kneissl convidou Vladimir Putin para seu casamento, celebrado quando a Áustria tinha a presidência semestral da União Europeia (UE).A imprensa ligada ao Kremlin publicou imagens da noiva dançando com o presidente russo. Em março, a imprensa austríaca informou que Putin, como presente de casamento, presenteou Kneissl com brincos de ouro branco com safiras, avaliado em 50.000 euros.As joias integram as reservas do governo, que as recuperou em fevereiro de 2020, afirmou à AFP a porta-voz do ministério das Relações Exteriores. Veja Mais

'Governo fez sua parte; está todo mundo no azul', diz Guedes sobre redução de impostos

G1 Economia Ministro Paulo Guedes (Economia) Fabiane de Paula/SVM O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ao blog nesta segunda-feira (23) que o governo federal "fez sua parte" ao reduzir tributos dos combustíveis, acrescentando que "está todo mundo no azul". Paulo Guedes, que chega nesta segunda a Davos (Suíça) para participar do Fórum Econômico Mundial, se reuniu nos últimos dias com os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para discutir o projeto que limita o ICMS cobrado sobre combustíveis; conta de luz; telecomunicações; e transportes. O projeto deve ser votado nesta terça (24) pela Câmara e é encabeçado por Lira. O texto é visto como uma ofensiva contra a taxação excessiva dos estados. Em alguns lugares do país, o ICMS sobre combustíveis ultrapassa 30%. Já na conta de luz, a média é 21%. A proposta em discussão na Câmara limita a 17%. Os governadores reclamam das perdas de arrecadação e dizem que essas perdas podem ameaçar a prestação de serviços. Guedes, porém, rebate: "O governo fez sua parte; está todo mundo está no azul." Estudo da Instituição Fiscal Independente (IFI) publicado pelo jornal "O Globo" nesta segunda (23) mostra que os estados têm recorde de recursos em caixa: quase R$ 320 bilhões até o fim do primeiro bimestre deste ano. Tarifas O Ministério da Economia vai detalhar nesta segunda a segunda rodada do que chama de "abertura econômica" por meio de redução de tarifas. Segundo fontes ouvidas pelo blog, enquanto o ministro Paulo Guedes está em Davos, a equipe em Brasília vai fazer o anúncio oficial da complementação da redução em 10% da Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (LETEC) para 85% dos produtos do Mercosul. A medida inclui produtos da cesta básica e para construção civil, como o aço - medida que levou o setor fabricante brasileiro a protestar contra a medida. A área econômica já implementou a redução da tarifa BIT BK para bens de capital e tecnologia de informação e, no ano passado, já havia feito uma redução de 10% na TEC. Veja Mais

Peixes recém descobertos na Amazônia já estão em risco de extinção

Peixes recém descobertos na Amazônia já estão em risco de extinção

Tecmundo Pesquisadores descobriram duas novas espécies de peixes no município de Apuí, interior do estado do Amazonas. Entretanto a atividade exploratória na região chegou antes e já colocou os animais em risco de desaparecerem.O desmatamento e o tráfico de animais exóticos são grandes ameaças à fauna da Amazônia. Os autores do trabalho dizem que pesquisas como essa podem estimular a preservação da floresta.Leia mais... Veja Mais

Kim Jong Un carrega caixão em funeral de importante militar que foi seu mentor

em - Internacional O líder norte-coreano Kim Jong Un compareceu no domingo ao funeral do marechal Hyon Chol Hae, que foi seu mentor, e carregou o caixão sem máscara, alguns dias depois de Pyongyang declarar o surto de covid-19 sob controle. O marechal Hyon é mencionado como uma figura crucial que o preparou para assumir o poder antes da morte de seu pai e antecessor Kim Jong Il em 2011.A agência de notícias norte-coreana divulgou fotos de Kim, sem máscara, carregando o caixão com um grupo de funcionários usando máscaras.O líder norte-coreano declarou a negligência dos funcionários públicos na resposta à covid após o aparecimento dos primeiros casos em maio e afirmou que estava assumindo o controle do surto.No fim de semana, a agência de notícias oficial KCNA afirmou que a epidemia está "sendo controlada de forma estável" e informou que o número de mortos "diminui drasticamente a cada dia".Especialistas questionam os dados oficiais e o registro de casos, tendo em vista que o país tem um dos piores sistemas de saúde do mundo, não tem medicamentos nem meios para realizar testes em massa. Veja Mais

Silveira nega ‘puxada de tapete’ no deputado petista Reginaldo Lopes

O Tempo - Política Partido do ex-presidente Lula desistiu de lançar candidatura do deputado federal ao Senado para viabilizar aliança com o PSD em Minas Veja Mais

Ativistas protestam em Cannes e exibem cartaz com nomes de 129 mulheres assassinadas

G1 Pop & Arte Vítimas morreram na França desde julho de 2021, quando foi celebrado o último festival. Protesto coincide com apresentação de documentário sobre feminicídios no evento. Integrantes de movimento feminista fazem protesto contra a violência doméstica durante festival de Cannes LOIC VENANCE / AFP Um longo cartaz com os nomes de 129 mulheres assassinadas na França desde o último Festival de Cannes foi estendido neste domingo (22) por integrantes do movimento feminista "Les Colleuses", no tapete vermelho da 75ª edição da mostra. A ação coincidiu com a apresentação de um documentário sobre feminicídios, apresentado à tarde. As 129 mulheres morreram na França desde julho de 2021, quando foi celebrado o último festival. Nomes como Angélique, Evelyne, Sofya, Nadia, apareceram escritas em tinta preta num longo e estreito cartaz branco, estendido lentamente na tradicional escadaria do Palácio dos Festivais, e segurado pelas ativistas do coletivo francês. Algumas feministas, vestidas de preto, ergueram o punho no alto da escadaria. A cena foi imortalizada pelo fotógrafo francês Raymond Depardon, cujo filho, Simon, dirigiu com Marie Perennès o documentário "Riposte féministe", que mostra estas ativistas colando cartazes à noite nos muros das cidades francesas para denunciar a violência contra as mulheres. Na sexta (20), uma mulher nua da cintura para cima e com o corpo pintado invadiu o tapete vermelho gritando palavras de ordem feministas antes de ser contida pelos seguranças. Mulher invade tapete vermelho de Cannes e protesta pelo fim da guerra na Ucrânia Veja Mais

Bispo incluiu discurso de campanha em casamento de Lula

O Tempo - Política Dom Angélico repetiu que o país precisa de amor e não de armas e exaltou trajetória do ex-presidente desde os tempos do movimento sindical Veja Mais

Dólar cai pelo 3° pregão seguido e chega a R$ 4,80

G1 Economia Na sexta-feira (20), a moeda norte-americana fechou a R$ 4,8729, acumulando queda de 3,64% na semana. Cédulas de dólar e real nas mãos de uma pessoa Sergio Moraes/Reuters O dólar caía pela terceira sessão consecutiva frente ao real nesta segunda-feira (23), negociado abaixo de R$ 4,85 Às 10h21, a moeda norte-americana era vendida a R$ 4,8086, em queda de 1,32%. Veja mais cotações. Na sexta-feira, o dólar fechou em queda de 0,89%, a R$ 4,8729. Com o resultado, acumulou queda de 3,64% na semana. Na parcial do mês, acumula recuo de 1,41%. No ano, tem desvalorização de 12,59% frente ao real. s LEIA TAMBÉM: Comercial x turismo: qual a diferença e por que o turismo é mais caro? O que faz o dólar subir ou cair em relação ao real? Qual o melhor momento para comprar? Dinheiro ou cartão? Qual a melhor forma de levar dólares em viagens? Entenda o que faz o dólar subir ou descer O que está mexendo com os mercados? Nos mercados, permanecem preocupações de que a alta da inflação e o aperto dos juros possam provocar uma desaceleração da economia global. As bolsas da Europa e os preços do petróleo eram negociados em alta nesta segunda-feira. Na China, os contratos de minério de ferro de referência na China subiram cerca de 7%, depois que a Índia aumentou as tarifas de exportação de algumas commodities para conter as crescentes pressões inflacionárias. Na China, as bolsas fecharam em baixa depois de Pequim informar 99 novos casos de Covid-19 - maior contagem diária na capital durante o surto atual. A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, disse nesta segunda que o BCE provavelmente tirará sua taxa de depósito do território negativo atual até o final de setembro e poderá aumentá-la ainda mais se prever que a inflação vai se estabilizar em 2%. Por aqui, o Banco Central não irá divulgar o habitual relatório semanal Focus com as projeções do mercado financeiro para a economia devido à greve dos servidores. Na agenda da semana, destaque para a divulgação da prévia da inflação de maio nesta terça-feira e para a expectativa de votação do na Câmara dos Deputados de projeto que limita a 17% a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é um tributo estadual, sobre combustíveis, energia, telecomunicações e transportes coletivos. Ministério da Economia anuncia bloqueio de R$ 8,2 bilhões no orçamento Veja Mais

Irã garante que assassinato de coronel da Guarda Revolucionária será 'vingado'

em - Internacional O Irã garantiu, nesta segunda-feira (23), que o assassinato de um oficial da Guarda Revolucionária, o exército ideológico do país, será "vingado", um dia após a morte a tiros do militar em Teerã em um ataque sem precedentes desde novembro de 2020.O coronel Sayyad Khodai foi morto a tiros no domingo por dois motoristas no leste de Teerã, segundo fontes oficiais. "Não tenho dúvidas de que o sangue deste mártir será vingado", disse o presidente iraniano, Ebrahim Raisi, à televisão estatal antes de viajar para Omã para se encontrar com o sultão Haitham bin Tariq.O funeral que estava marcado para hoje foi adiado e será realizado na terça-feira às 8h00 (00h30 no horário de Brasília) na Praça Imam Hussein, no centro de Teerã, anunciou a Guarda Revolucionária em comunicado. O militar é a figura mais importante cujo assassinato é anunciado por Teerã desde a morte do físico nuclear Mohsen Fakhrizadeh em novembro de 2020, em um ataque atribuído a Israel. A Guarda Revolucionária chamou Khodai de "defensor do santuário" e denunciou a morte como um "ato terrorista".O termo "defensor do santuário" designa qualquer pessoa que trabalhe em nome da República Islâmica na Síria e no Iraque, países que abrigam locais de culto xiita."Não há dúvida de que a mão da arrogância mundial pode ser vista por trás desse crime", acrescentou Raisi, em uma expressão que faz alusão aos Estados Unidos e seus aliados.Raisi indicou que aqueles que perderam o campo de batalha "diante dos defensores do santuário expressam seu desespero dessa maneira".O coronel foi atingido por cinco tiros na tarde de domingo, quando voltava para casa, segundo a agência oficial Irna, que publicou fotos do homem coberto de sangue no banco do motorista de um veículo com vidros quebrados.A agência Tasnim, por sua vez, indicou que a esposa de Khodai foi a primeira pessoa a descobrir o corpo.O coronel Khodai é a figura mais importante a ser morta em solo iraniano desde que Fakhrizadeh foi assassinado em novembro de 2020 perto da capital.O cientista nuclear foi apresentado como vice-ministro da Defesa e diretor da Organização de Pesquisa e Inovação em Defesa (Sepand), que contribuiu para a "defesa antiatômica" do país.A morte de Khodai acontece em um momento em que o Irã negocia há mais de um ano com as potências mundiais para reviver o acordo internacional de 2015 para limitar seu programa nuclear, depois da retirada unilateral dos Estados Unidos em 2018 do pacto.As negociações estão paralisadas há dois meses. Um dos obstáculos ao acordo é a exigência do Irã de que os Estados Unidos retirem a Guarda Revolucionária da lista americana de "organizações terroristas estrangeiras". Veja Mais

YouTube remove 70.000 vídeos sobre a guerra na Ucrânia

YouTube remove 70.000 vídeos sobre a guerra na Ucrânia

Tecmundo O YouTube divulgou neste domingo (22) que, desde o início da invasão da Ucrânia pela Rússia no dia 24 de fevereiro, a plataforma já derrubou mais de 70 mil vídeos e suspendeu cerca de 9 mil canais relacionados ao conflito. Em entrevista ao The Guardian, a empresa do Google informou que o principal motivo das suspensões foi a violação da política de "grandes eventos violentos".Entre os canais suspensos durante a “varredura” está o do jornalista russo Vladimir Solovyov, que tem fortes ligações com o Kremlin e Vladimir Putin. Canais associados aos ministérios da Defesa e Relações Exteriores russos também foram temporariamente suspensos de publicar vídeos, por descrever a guerra como “missão de libertação da Ucrânia”.Leia mais... Veja Mais

Incêndio em balsa deixa sete mortos e 22 feridos nas Filipinas

O Tempo - Mundo Mais de 120 pessoas foram resgatadas; algumas pularam no mar e subiram em botes infláveis quando perceberam as chamas Veja Mais

Mundo passa de 100 milhões de refugiados pela primeira vez

O Tempo - Mundo O número inclui quem deixou seus países por causa da violência ou de algum tipo de perseguição, pessoas em busca de asilo em outros lugares e gente deslocada à força dentro do próprio país Veja Mais

Zelensky pede em Davos fim do comércio com a Rússia o máximo de sanções contra Moscou

em - Internacional O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pediu nesta segunda-feira (23) em um discurso por videoconferência na abertura do Fórum Econômico de Davos o fim de todo o comércio com a Rússia e a imposição do "máximo" de sanções ao país."Acredito que ainda não existem tais sanções (máximas) contra a Rússia, e deveria haver", disse Zelensky, antes de fazer um novo apelo por "todas as armas que estamos pedindo", em um discurso no fórum que reúne na Suíça as elites econômica e política. Veja Mais

Senador Alexandre Silveira é o entrevistado do Café com Política desta segunda

O Tempo - Política Parlamentar do PSD vai falar sobre os bastidores da aliança PSD-PT em Minas e as especulações de que ele seria nome forte para assumir como líder do governo Bolsonaro no Senado Veja Mais

Disputa interna no PT para vaga de vice de Kalil tem ‘fogo amigo’

O Tempo - Política Uma corrente do partido está fazendo de tudo para minar um dos nomes colocados, o do deputado estadual André Quintão Veja Mais

Veja as vagas de emprego disponíveis em Petrolina, Araripina e Salgueiro nesta segunda-feira (23)

G1 Economia Os interessados nas oportunidades podem entrar em contato com a Seteq através da internet. Carteira de trabalho José Fernando Ogura/AEN Foram divulgadas as vagas de emprego disponíveis nesta segunda-feira (23) em Petrolina, Araripina e Salgueiro no Sertão de Pernambuco. As oportunidades são disponibilizadas pela Agência do Trabalho de Pernambuco e atualizadas no g1 Petrolina. Os interessados nas oportunidades podem entrar em contato com a Seteq através da internet. O atendimento na Agência do Trabalho, em Salgueiro, ocorre apenas com agendamento prévio, feito tanto pelo site da secretaria, quanto pelo Portal Cidadão. Petrolina Contato: (87) 3866 - 6540 Vagas disponíveis Araripina Contato: (87) 3873 - 8381 Vagas Disponíveis Salgueiro Contato: (87) 3871-8467 Vagas Disponíveis Vídeos: mais assistidos do Sertão de PE Veja Mais

Sucesso! Doutor Estranho 2 ultrapassa US$ 800 milhões em bilheteria

tudo celular Doutor Estranho 2 ultrapassou US$ 800 milhões após liderar bilheterias por três semanas seguidas. Veja Mais

AMD anuncia APUs Ryzen 6000 'Mendocino' para notebooks intermediários

tudo celular Novidade chega até o final de 2022. Veja Mais

Monitor mini-LED de 27 polegadas da Apple é adiado para outubro

tudo celular Tela era prevista para chegar em junho. Veja Mais

Xiaomi abre reservas para a Mi Band 7 e vendas iniciarão amanhã

tudo celular A Xiaomi abriu reservas para a Mi Band 7 e vendas iniciarão amanhã. Veja Mais

Lançamento iminente: POCO C40 passa por diversas certificações e deve estrear em breve

tudo celular O POCO C40 recebeu nova certificação e pode ser anunciado em breve. Veja Mais

Filmes mais pirateados e bilheterias da semana [23/05/2022]

tudo celular "Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo", cercado de hype, foi o mais baixado no período. Veja Mais

Varíola de macacos: quase 100 casos já foram confirmados pela OMS

Varíola de macacos: quase 100 casos já foram confirmados pela OMS

Tecmundo No último sábado (21), a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que já foram confirmados 92 casos de varíola dos macacos em diferentes países desde que o vírus começou a se espalhar, além de 28 casos suspeitos. Inclusive, recentemente, um brasileiro foi o primeiro registrado com a doença na Alemanha, após realizar diversas viagens pela Europa.Segundo as informações, a OMS identificou casos em 12 países não endêmicos, ou seja, onde a espécie do vírus é encontrada fora de sua área — é esperado que novos casos sejam registrados durante as próximas semanas. Por enquanto, nenhuma morte foi associada ao novo problema de saúde.Leia mais... Veja Mais

‘Paulo Guedes saiu de Chicago e desceu direto para a Faria Lima’, diz Silveira

O Tempo - Política Para senador, política econômica do ministro de Bolsonaro faz “mal ao Brasil” Veja Mais

Zelensky pede em Davos fim do comércio com a Rússia e mais armas

em - Internacional O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pediu nesta segunda-feira (23) em um discurso por videoconferência na abertura do Fórum Econômico de Davos o fim de todo o comércio com a Rússia e a imposição do "máximo" de sanções ao país, além de ter solicitado mais armas.Três meses depois da invasão russa da Ucrânia, a guerra e suas consequência para a economia mundial concentram nesta segunda as atenções do fórum, que após dois anos de pandemia volta a reunir as elites econômicas e políticas mundiais na cidade suíça."Acredito que ainda não existem tais sanções (máximas) contra a Rússia, e deveria haver", disse Zelensky para um salão lotado no fórum.Os países ocidentais impõem sanções econômicas à Rússia. Mas, enquanto os Estados Unidos e o Reino Unido renunciaram à importação do petróleo, a União Europeia ainda não conseguiu alcançar um acordo sobre a questão, em razão da dependência de alguns de seus membros do petróleo e gás russos."Deveria haver um embargo ao petróleo russo, todos os bancos russos deveriam ser bloqueados, sem exceções, o setor de tecnologia russo deveria ser abandonado. Não deveria haver nenhum tipo de comércio com a Rússia", comentou o presidente ucraniano.Uma importante deleção ucraniana, que inclui membros do governo e do Parlamento, está na Suíça para expressar as reivindicações de seu país na guerra desde a invasão russa, em 24 de fevereiro."A Ucrânia precisa de todas as armas que pedimos, não apenas das que foram fornecidas", disse, antes de completar que se o país tivesse recebido o equipamento em fevereiro "o resultado teria sido dezenas de milhares de vidas salvas", declarou o presidente Zelensky.A esse respeito, Anastasia Radina, legisladora ucraniana, disse à AFP que seu país precisa de armas "estilo Otan", como tanques, sistemas de defesa aérea e caças."Passamos por três meses de guerra, dezenas de milhares de vidas perdidas e ainda estamos discutindo se precisamos de caças. Francamente, é ultrajante", assegurou.As sanções ocidentais contra Moscou por causa da guerra levaram o WEF, o órgão que organiza o fórum, a excluir todos os participantes russos, que durante anos foram onipresentes. Para substituir simbolicamente a Russia House (Casa da Rússia) - um local concorrido que concentrava toda a atividade do país -, vários funcionários ucranianos inauguraram nesta segunda-feira a Russia War Crimes House ("Casa dos Crimes de Guerra da Rússia").O local reúne uma exposição fotográfica das atrocidades atribuídas às forças russas, iniciativa do governo ucraniano e de um mecenas do país, Victor Pinchuk.A guerra afeta a economia mundial e suas consequências estão sendo sentidas em todo o planeta, principalmente no aumento dos preços da energia e dos alimentos.Em relatório publicado nesta segunda-feira para coincidir com a abertura do fórum, a ONG Oxfam prevê que 263 milhões de pessoas cairão na pobreza extrema este ano, ou seja, um milhão a cada 33 horas."Durante a pandemia, um novo bilionário nasceu a cada 30 horas e agora em 2022 a cada 33 horas um milhão de pessoas cai na pobreza extrema", denunciou Gabriela Bucher, diretora executiva da Oxfam, que pede a taxação "urgente" dos ricos.Assim como a Oxfam, muitas ONGs tentam usar o encontro para apelar à consciência de líderes empresariais, estados e governos. Veja Mais

Quase 7 em cada 10 MEIs tinham emprego antes de abrir o próprio negócio

G1 Economia 67% dos microempreendedores tinham emprego em 2022 - em 2019, eram 63% - aumento de 4 pontos percentuais com a pandemia Pesquisa aponta que 67% dos microempreendedores tinham emprego antes de abrir negócio Levantamento divulgado pelo Sebrae mostra que 67% dos microempreendedores tinham emprego com e sem carteira assinada antes de se formalizarem como MEIs em 2022 - em 2019, eram 63%, aumento de 4 pontos percentuais com a pandemia. De acordo com o Sebrae, isso indica o aumento do empreendedorismo por necessidade nos últimos três anos, uma saída encontrada para ter renda e resolver os problemas financeiros. Veja abaixo as atividades que os empreendedores tinham antes de se tornarem MEIs em 2022: 51% tinham emprego com carteira assinada 16% tinham emprego sem carteira assinada 15% eram empreendedores informais sem CNPJ 5% eram donas (os) de casa 4% eram estudantes 3% eram servidores públicos 2% eram desempregados O levantamento mostra que houve uma queda na proporção de microempreendedores individuais que já atuavam como empresários na informalidade. Em 2019, os empreendedores informais representavam 21% dos MEIs e, em 2022, essa participação caiu para 15%. Brasil perde 2,8 milhões de trabalhadores com carteira em 8 anos; informalidade e conta própria crescem Renda em queda e vida no aperto: os 'corres' de quem não ganha nem 1 salário mínimo Proporção de desempregados há mais de 2 anos é a maior em uma década Pedidos de demissão batem recorde em março e são 1 de cada 3 desligamentos O presidente do Sebrae, Carlos Melles, afirma que uma das explicações para a queda é o fato de que houve um grande número de formalizações desde o início da pandemia. Segundo dados do Ministério da Economia, foram criados 2,6 milhões de MEIs em 2020 e, em 2021, foram mais 3,1 milhões. Neste ano, já foram registrados mais de 646 mil novos MEI. Atualmente há cerca de 14 milhões de MEIs no país. “A existência desse modelo de empreendedorismo, que implica em menos burocracia e uma tributação menor, permitiu que milhares de pessoas que perderam seus empregos na pandemia pudessem atuar fora da informalidade”, avalia. Melles lembra que o MEI tem acesso a diversos benefícios como aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, além de pensão por morte e auxílio-reclusão. Veja Mais

Ibovespa abre a semana operando em alta

G1 Economia Na sexta-feira, o principal índice de ações da bolsa fechou em alta de 1,39%, a 108.488 pontos. O Ibovespa, principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, opera em alta nesta segunda-feira (23), acompanhando o dia positivo nos mercados externos. Às 10h06, o Ibovespa subia 0,66%, a 109.206 pontos. Veja mais cotações. Na sexta-feira, a bolsa fechou em alta de 1,39%, a 108.488 pontos, acumulando alta de 1,46% na semana. Com o resultado, passou a acumular alta de 0,57% no mês, e alta de 3,50% no ano. LEIA TAMBÉM: Entenda as consequências da alta da Selic, a taxa básica de juros Onde investir com a Selic a 12,75%? Veja o que muda na renda fixa e como fica a poupança o O que está mexendo com os mercados? Nos mercados, permanecem preocupações de que a alta da inflação e o aperto dos juros possam provocar uma desaceleração da economia global. As bolsas da Europa e os preços do petróleo eram negociados em alta nesta segunda-feira. Na China, os contratos de minério de ferro de referência na China subiram cerca de 7%, depois que a Índia aumentou as tarifas de exportação de algumas commodities para conter as crescentes pressões inflacionárias. Na China, as bolsas fecharam em baixa depois de Pequim informar 99 novos casos de Covid-19 - maior contagem diária na capital durante o surto atual. A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, disse nesta segunda que o BCE provavelmente tirará sua taxa de depósito do território negativo atual até o final de setembro e poderá aumentá-la ainda mais se prever que a inflação vai se estabilizar em 2%. Por aqui, o Banco Central não irá divulgar o habitual relatório semanal Focus com as projeções do mercado financeiro para a economia devido à continuidade da greve dos servidores. Na agenda da semana, destaque para a divulgação da prévia da inflação de maio nesta terça-feira e para a expectativa de votação do na Câmara dos Deputados de projeto que limita a 17% a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é um tributo estadual, sobre combustíveis, energia, telecomunicações e transportes coletivos. Veja Mais

Pfizer anuncia que vacina anticovid para menores de 5 anos é eficaz em três doses

em - Internacional A vacina da Pfizer-BioNTech contra a covid-19 é segura e eficaz para as crianças de entre seis meses e cinco anos quando administrada em três doses, anunciou o laboratório farmacêutico em um comunicado divulgado nesta segunda-feira (23). O anúncio acontece no momento em que a Agência de Medicamentos e Alimentos (FDA) dos Estados Unidos tem várias reuniões programadas para analisar a autorização da vacina contra a covid para a faixa etária de 6 meses a 5 anos, que ainda não pode tomar o imunizante na maioria dos países.A Pfizer-BioNTech fez um ensaio clínico no qual administrou três doses de três microgramas e registrou que a vacina provoca uma forte resposta imune. Os efeitos colaterais, segundo a empresa, foram similares entre os que receberam a vacina e o placebo. A eficácia da vacina foi de 80,3%, segundo uma estimativa preliminar. "Estamos satisfeitos que nossa formulação para as crianças mais novas, que selecionamos cuidadosamente para ser um décimo da dose para adultos, foi bem tolerada e produziu uma forte resposta imunológica", afirmou o CEO da Pfizer, Albert Bourla, em um comunicado."Esperamos concluir em breve nossas apresentações aos reguladores em todo o mundo, com a esperança de disponibilizar esta vacina para crianças mais novas o mais rápido possível, submetida às autorizações regulatórias", acrescentou.Os especialistas da FDA programaram três reuniões em junho para decidir se autorizam as vacinas contra a covid da Pfizer para menores de cinco anos e da Moderna para menores de seis anos - esta última administrada em duas doses de 25 microgramas.A princípio, a agência pretendia avaliar a vacina da Pfizer administrada em duas doses em fevereiro, mas os dados mostraram que não provocava uma resposta imunológica suficientemente forte nas crianças de dois a quatro anos. O FDA solicitou então os dados de uma terceira dose. - Efeitos colaterais leves -De acordo com os novos dados, 1.678 crianças receberam a terceira dose pelo menos dois meses depois da segunda, no momento em que a variante ômicron era predominante. Uma análise de um subconjunto de participantes revelou que os níveis de anticorpos eram semelhantes aos observados em jovens de 16 a 25 anos que receberam duas doses. Não foram identificados novos eventos adversos e a maioria dos efeitos colaterais foi leve ou moderado."De acordo com o comunicado para a imprensa da Pfizer, as três doses de sua vacina contra a covid parecem ser muito seguras e altamente eficazes para prevenir não apenas casos graves da doença, a hospitalização e a morte por covid, mas também a covid sintomática em uma época na qual a ômicron era a variante dominante", declarou à AFP Celine Gounder, editora chefe de saúde pública da Kaiser Health News. "Porém, sabemos que a proteção contra a infecção por SARS-CoV-2 e a doença sintomática mais leve diminuem com o tempo", acrescentou Gounder, especialista em doenças infecciosas e epidemiologista. "A Pfizer informa os dados de acompanhamento apenas até sete dias depois da terceira dcose da vacina. É muio cedo para dizer como funcionariam as três doses após vários meses ou um ano". "Gostaria que a vacina de duas doses tivesse funcionado para a Pfizer-BioNTech. Não funcionou. Mas a série de três doses parece ter dado a estas crianças tão pequenas a proteção que queremos que tenham", declarou à AFP Jeremy Faust, do Departamento de Medicina de Emergência do Hospital Brigham and Women's, em Boston.Os casos graves de covid são raros entre crianças com menos de cinco anos. Estados Unidos registraram 477 mortes nesta faixa etária, 0,1% de todas as vítimas fatais. Veja Mais

Comandante da FAB oferece base para operações da SpaceX, de Elon Musk

O Tempo - Política Baptista Junior ressaltou que o Centro Espacial de Alcântara, no Maranhão, está pronto para receber veículos lançadores de empresas comerciais, como a SpaceX, do bilionário sul-africano Veja Mais

Restaurantes do McDonald's começam a ser desmontados na Rússia; veja imagens

G1 Economia Rede norte-americana, cuja chegada em Moscou foi um dos marcos do fim da URSS, anunciou na semana passada retirada total de suas operações em território russo. Lanchonetes foram vendidas a empresário local, que trocará o nome da rede. Loja do McDonalds é desmontada nos arredores de Moscou, na Rússia Um dos maiores símbolos do capitalismo dos Estados Unidos começou a ser retirado da Rússia nesta segunda-feira (23). Depois de três décadas no país, o McDonald´s, a rede de fast food norte-americana que conquistou os consumidores russos, iniciou o processo de desmontagem de seus restaurantes russos. Na semana passada, a rede anunciou a retirada total de suas operações na Rússia, em represália pela invasão do país à Ucrânia, em 24 de fevereiro. Arco com o logotipo do McDonald´s é retirado de um dos restaurantes da cadeia nos arredores de Moscou, em 23 de maio de 2022 Lev Sergeev/ Reuters Nesta manhã, arcos com o logotipo do McDonald´s foram retirados de restaurantes do grupo em Khimki, nos arredores de Moscou. Em março, dias após o início da guerra, o McDonald's anunciou o fechamento temporário de seus 850 restaurantes na Rússia e a suspensão de todas as suas operações no país, seguindo o passo de várias multinacionais que decidiram se distanciar de Moscou após a invasão russa da Ucrânia. Homem senta ao lado de arco do logotipo e placa com o nome do McDonald´s serem desmontados em restaurante da rede nos arredores de Moscou Lev Sergeev/ Reuters Na semana passada, no entanto, o grupo anunciou o encerramento definitivo de suas operações no país, marcando o fim de uma trajetória de três décadas do restaurante no país. Na época, a chegada do McDonald´s foi um dos marcos do fim da União Soviética. A primeira loja da rede foi inaugurada também na capital russa, por onde o grupo deu início ao processo de desmontagem. A rede, que empregava 62 mil funcionários na Rússia, chegou ao país logo após a queda do muro de Berlim e foi um dos maiores símbolos do alívio das tensões da guerra fria entre os Estados Unidos e a União Soviética, que entraria em colapso em 1991. Loja do McDonald´s em São Petersburgo, em imagem de março de 2022 Anton Vaganov/Reuters Leia também: As empresas que deixaram a Rússia depois do início da guerra Após 3 décadas, McDonald's anuncia saída total da Rússia Veja Mais

Guarda costeira da Grécia impede entrada de quase 600 migrantes

em - Internacional A Guarda Costeira da Grécia impediu nesta segunda-feira (23) a entrada de quase 600 migrantes que tentavam atravessar o Mar Egeu a partir da Turquia, na maior tentativa no decorrer do ano. Um porta-voz da Guarda Costeira grega informou que cinco barcos e quatro botes infláveis deixaram a costa turca na manhã de segunda-feira com a intenção de chegar à Grécia."Os navios de patrulha gregos conseguiram localizar rapidamente as embarcações alertar a Guarda Costeira turca", afirmou o porta-voz à AFP. Ele acrescentou que todas as embarcações retornaram ou foram interceptadas. "Todo o incidente aconteceu do lado turco", completou. Veja Mais

Zelensky pede em Davos fim do comércio com a Rússia e pede mais armas

em - Internacional O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pediu nesta segunda-feira (23) em um discurso por videoconferência na abertura do Fórum Econômico de Davos o fim de todo o comércio com a Rússia e a imposição do "máximo" de sanções ao país, além de ter solicitado mais armas.Três meses depois da invasão russa da Ucrânia, a guerra e suas consequência para a economia mundial concentram nesta segunda as atenções do fórum, que após dois anos de pandemia volta a reunir as elites econômicas e políticas mundiais na cidade suíça."Acredito que ainda não existem tais sanções (máximas) contra a Rússia, e deveria haver", disse Zelensky para um salão lotado no fórum.Os países ocidentais impõem sanções econômicas à Rússia. Mas, enquanto os Estados Unidos e o Reino Unido renunciaram à importação do petróleo, a União Europeia ainda não conseguiu alcançar um acordo sobre a questão, em razão da dependência de alguns de seus membros do petróleo e gás russos."Deveria haver um embargo ao petróleo russo, todos os bancos russos deveriam ser bloqueados, sem exceções, o setor de tecnologia russo deveria ser abandonado. Não deveria haver nenhum tipo de comércio com a Rússia", comentou o presidente ucraniano.Uma importante deleção ucraniana, que inclui membros do governo e do Parlamento, está na Suíça para expressar as reivindicações de seu país na guerra desde a invasão russa, em 24 de fevereiro."A Ucrânia precisa de todas as armas que pedimos, não apenas das que foram fornecidas", disse, antes de completar que se o país tivesse recebido o equipamento em fevereiro "o resultado teria sido dezenas de milhares de vidas salvas", declarou o presidente Zelensky.A esse respeito, Anastasia Radina, legisladora ucraniana, disse à AFP que seu país precisa de armas "estilo Otan", como tanques, sistemas de defesa aérea e caças."Passamos por três meses de guerra, dezenas de milhares de vidas perdidas e ainda estamos discutindo se precisamos de caças. Francamente, é ultrajante", assegurou.As sanções ocidentais contra Moscou por causa da guerra levaram o WEF, o órgão que organiza o fórum, a excluir todos os participantes russos, que durante anos foram onipresentes. Para substituir simbolicamente a Russia House (Casa da Rússia) - um local concorrido que concentrava toda a atividade do país -, vários funcionários ucranianos inauguraram nesta segunda-feira a Russia War Crimes House ("Casa dos Crimes de Guerra da Rússia").O local reúne uma exposição fotográfica das atrocidades atribuídas às forças russas, iniciativa do governo ucraniano e de um mecenas do país, Victor Pinchuk.A guerra afeta a economia mundial e suas consequências estão sendo sentidas em todo o planeta, principalmente no aumento dos preços da energia e dos alimentos.Em relatório publicado nesta segunda-feira para coincidir com a abertura do fórum, a ONG Oxfam prevê que 263 milhões de pessoas cairão na pobreza extrema este ano, ou seja, um milhão a cada 33 horas."Durante a pandemia, um novo bilionário nasceu a cada 30 horas e agora em 2022 a cada 33 horas um milhão de pessoas cai na pobreza extrema", denunciou Gabriela Bucher, diretora executiva da Oxfam, que pede a taxação "urgente" dos ricos.Assim como a Oxfam, muitas ONGs tentam usar o encontro para apelar à consciência de líderes empresariais, estados e governos. Veja Mais

Mulher sofre fraude de R$ 195 mil no cartão após perder Apple Watch

Mulher sofre fraude de R$ 195 mil no cartão após perder Apple Watch

Tecmundo Depois de perder seu Apple Watch em uma atração do Disney World no mês passado, uma visitante passou a receber cobranças de cartões de crédito que chegam a US$ 40 mil (R$ 195 mil). O caso foi parar no gabinete do xerife do condado de Orange, nos EUA, segundo publicado pelo jornal do parque WDW News Today no sábado (21).De acordo com o relatório de ocorrência policial visto pela publicação, a visitante participava de um passeio lento na atração "Os Mares com Nemo & Amigos", no Epcot Center, quando seu Apple Watch se soltou do pulso em um ponto mais elevado do brinquedo. Como o piso era de grade, o dispositivo da edição Hermès passou direto, caindo para o fundo do “mar”.Leia mais... Veja Mais

AMD revela processadores Ryzen 7000: até 5,5 GHz, Zen4 e RDNA2

AMD revela processadores Ryzen 7000: até 5,5 GHz, Zen4 e RDNA2

Tecmundo A AMD anunciou nesta madrugada (23) os aguardados processadores da família Ryzen 7000, codinome Raphael. Durante sua conferência na Computex 2022, a empresa trouxe mais detalhes sobre a linha de CPUs e confirmou que os modelos alcançarão frequências de até 5,5 GHz em games.Com formato quadrado (45x45 mm), os chips Ryzen 7000 são baseados na nova arquitetura Zen4 e feitos em processo de 5 nanômetros da TSMC. Após cerca de 5 anos, a AMD também vai deixar o padrão AM4 para trás e adotar o novo soquete AM5 LGA1718 com as novas CPUs.Leia mais... Veja Mais

Juan Carlos I visita Madri e reencontra filho após quase dois anos

em - Internacional Juan Carlos I visitava nesta segunda-feira (23) em Madri o atual rei, seu filho Felipe VI, para um dia em família que encerrará uma primeira e controversa visita a Espanha depois de quase dois anos no exterior, perseguido por suspeitas de corrupção.O rei emérito chegou ao Palácio da Zarzuela por volta das 10h00 (5h00 de Brasília), confirmou a AFP, procedente de Sanxenxo (noroeste), onde chegou quinta-feira para passar o fim de semana assistindo a uma competição de vela, seu esporte favorito.Desde que partiu para os Emirados Árabes Unidos em agosto de 2020, suspeito de lavagem de dinheiro e corrupção, Juan Carlos I não via pessoalmente sua esposa Sofía, de quem já estava distanciado, nem seu filho, que desde então tenta se distanciar do pai. As investigações foram arquivadas, entre outros motivos, pela imunidade conferida do anterior chefe de Estado e porque os possíveis crimes haviam prescrito, o que agravou a polêmica sobre seu retorno."Acho que nestes dias de visita, o rei Juan Carlos perdeu uma oportunidade de se explicar e pedir desculpas", lamentou nesta segunda-feira a porta-voz do governo de esquerda, Isabel Rodríguez, em declarações à rádio pública RNE. Felipe VI nunca visitou seu pai no exílio e, oficialmente, nunca falou com ele ao telefone até a semana passada, quando concordaram com esta visita que terminará com o retorno do rei emérito a Abu Dhabi hoje em um em jato particular.Juan Carlos I já tem marcada sua próxima viagem: será em meados de junho, novamente para Sanxenxo, onde se hospeda na casa de seu amigo e parceiro de vela da equipe "Bribón", Pedro Campos.O retorno à Espanha é uma questão espinhosa. O jornal El País noticiou que foi precedida por três meses de negociações entre Felipe VI, o governo e Juan Carlos I, com um mediador cuja identidade não foi divulgada.O governo teria se oposto ao monarca dormir no palácio da Zarzuela no seu retorno, por ser a residência oficial do chefe de Estado. Em Sanxenxo, Juan Carlos fez algumas breves declarações, que não passaram despercebidas. "Explicações de quê?", respondeu secamente no domingo, quando perguntado se conversaria com o filho sobre os assuntos pelos quais foi investigado."O que vou dizer a ele? O que você diria ao seu filho?", lançou a uma jornalista que lhe perguntou sobre o que conversaria com Felipe VI.Em 2014, Juan Carlos abdicou em favor de seu filho e justificou seu exílio em Abu Dhabi pela necessidade de "facilitar" o trabalho do novo monarca. Em março de 2020, Felipe VI renunciou à herança de seu pai e retirou seu salário anual de quase 200.000 euros. Mais recentemente, no final de abril, iniciou uma operação de "transparência" com o governo Sánchez na Casa Real, que agora deve auditar suas contas, tornar públicos seus contratos e fazer um inventário dos presentes recebidos. Veja Mais

Zelensky pede em Davos fim do comércio com a Rússia e pde mais armas

em - Internacional O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pediu nesta segunda-feira (23) em um discurso por videoconferência na abertura do Fórum Econômico de Davos o fim de todo o comércio com a Rússia e a imposição do "máximo" de sanções ao país, além de ter solicitado mais armas."Acredito que ainda não existem tais sanções (máximas) contra a Rússia, e deveria haver", disse Zelensky para um salão lotado no fórum, que a cada ano reúne na Suíça as elites econômica e política do planeta."Deveria haver um embargo ao petróleo russo, todos os bancos russos deveriam ser bloqueados, sem exceções, o setor de tecnologia russo deveria ser abandonado. Não deveria haver nenhum tipo de comércio com a Rússia", disse.Ao mesmo tempo, o presidente da Ucrânia, país invadido pela Rússia em 24 de fevereiro, voltou a pedir mais armas."A Ucrânia precisa de todas as armas que pedimos, não apenas das que foram fornecidas", disse, antes de completar que se o país tivesse recebido o equipamento em fevereiro "o resultado teria sido dezenas de milhares de vidas salvas".A guerra na Ucrânia é destaque na edição 2022 do Fórum de Davos, que começou nesta segunda-feira na pequena estação de esqui suíça após dois anos de suspensão devido à pandemia. O evento conta com a presença de representantes do governo e do Parlamento de Kiev. Veja Mais

Atrasou a prestação da casa própria? Veja dicas para evitar problemas com o financiamento

G1 Economia Entre brasileiros com dívidas, 8,3% estão pagando o financiamento da casa própria, diz levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Com a taxa de desemprego do Brasil entre as maiores do mundo e a renda em queda, os brasileiros estão cada vez mais endividados – e inadimplentes, mostra levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Entre as principais dívidas dos brasileiros, está o financiamento da casa própria: 8,6% dos endividados dizem estar pagando parcelas. Mas muitos não estão conseguindo nem isso – e correm o risco de ter o imóvel tomado pelo banco. O g1 conversou com o Serasa e com a CNC para dar dicas aos mutuários em dificuldades. Veja abaixo: Perdi a data de pagamento. O que devo fazer? Como cada financiamento imobiliário possui suas regras, o ideal é que o devedor procure a instituição financiadora para verificar o prazo e as condições de pagamento estabelecidas em contrato para quitar a pendência. É possível deixar de pagar algumas prestações? Sim. É possível pedir uma carência nas prestações à instituição financeira. Esses valores não pagos serão depois incorporados ao saldo devedor, diz Daniele Akamine advogada especialista em financiamento imobiliário. Mas cuidado: as prestações seguintes vão subir de valor. LEIA MAIS Alta dos juros faz 3 milhões de famílias perderem acesso ao financiamento imobiliário Imóvel na planta: disparada dos juros eleva custo do financiamento e assusta mutuários na entrega das chaves Crédito imobiliário com recursos da poupança cai 19,7% em março, diz Abecip Vale a pena fazer a portabilidade da dívida? A portabilidade da dívida é a troca do financiamento de um banco para outro. A troca só é vantajosa para o cliente após uma análise dos juros de uma instituição para outra. “A taxa de juros está um pouco mais alta do que um ano atrás, então vai depender muito da situação que o cliente tinha para fazer a portabilidade”, diz Akamine. O que pode acontecer com quem não paga? Além da diminuição do score de crédito, negativação e dificuldade no acesso ao crédito, no caso do imóvel outras consequências podem ser aplicadas. Ao ultrapassar o período de pagamento estabelecido em contrato, por exemplo, o credor poderá encaminhar uma notificação ao devedor. Após um prazo determinado em contrato, a instituição financeira também pode aplicar medidas mais severas, como tomar o imóvel. Veja Mais

Sessão da Tarde (23/5): Veja o filme que a Globo vai exibir hoje

O Tempo - Diversão - Magazine Coincidências do Amor vai ao ar, às 15h30, logo após O Cravo e a Rosa. Veja Mais

FGTS: veja quem poderá fazer o saque extraordinário de até R$ 1.000 a partir desta semana

G1 Economia 6,8 milhões de trabalhadores terão os recursos liberados para saque nesta semana. Confira como fazer a consulta e se você tem direito a tirar até R$ 1 mil da conta do FGTS, além das datas para receber o dinheiro. Nascidos em agosto e setembro poderão realizar o saque extraordinário no valor de até R$ 1 mil do FGTS. Marcello Casal Jr./Agência Brasil Trabalhadores nascidos em agosto e setembro poderão, a partir desta semana, realizar o saque extraordinário no valor de até R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com o calendário dividido por mês de nascimento divulgado pelo governo federal, cerca de 3,4 milhões de trabalhadores nascidos em agosto terão o dinheiro liberado na quarta-feira (25). Já os valores de outros 3,4 milhões de pessoas que nasceram em setembro serão liberados no sábado (28). Nas estimativas da Caixa Econômica Federal, nestas etapas serão R$ 5 bilhões disponibilizados pelo governo federal, de um total de R$ 30 bilhões direcionados ao saque extraordinário. Os trabalhadores nascidos entre janeiro e julho já tiveram os recursos liberados em datas anteriores. A retirada dos valores será possível até o dia 15 de dezembro. LEIA MAIS: Veja tira dúvidas sobre os saques de até R$ 1 mil do FGTS Governo anuncia antecipação do 13º de aposentados do INSS e saque de R$ 1 mil do FGTS FGTS: quem tem direito, quando pode sacar, qual o rendimento? Entenda É possível consultar quem tem direito ao saque - além de valores e datas para receber o dinheiro - pelo site da Caixa, pelo aplicativo FGTS e nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF). Ao todo, 42 milhões de trabalhadores estão aptos ao saque extraordinário do FGTS. O saldo disponível pode ser consultado, mas a retirada e a movimentação do valor segue o calendário estabelecido pela Caixa. Na consulta pelo site do FGTS, é possível saber: se o trabalhador tem direito ao Saque Extraordinário do FGTS; consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital. Já pelo aplicativo FGTS e nas agências da Caixa, é possível: consultar o valor a ser creditado; consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital; informar que não quer receber o crédito do valor; solicitar o retorno do valor creditado para a conta FGTS; alteração cadastral para criação de Conta Poupança Social Digital. Saiba como serão feitos os saques de FGTS liberados pelo governo Calendário De acordo com a Caixa, cerca de R$ 30 bilhões serão liberados para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores com direito ao saque. A liberação vai até 15 de junho, de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Confira, abaixo, o calendário, dividido por mês de nascimento: Qualquer pessoa que tiver conta vinculada do FGTS, ativa ou inativa, pode sacar. Leia mais aqui Se o titular possuir mais de uma conta do FGTS, o saque é feito na seguinte ordem: primeiro, as contas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela conta que tiver o menor saldo; em seguida, as demais contas vinculadas, com início pela conta que tiver o menor saldo. Não estarão disponíveis para saque os valores que estiverem bloqueados na conta do FGTS, como garantia de operações de crédito de antecipação do saque-aniversário, por exemplo. Como pedir o saque? Não é preciso solicitar. O dinheiro vai ser disponibilizado automaticamente na conta do trabalhador no Caixa Tem. Leia mais aqui Se o beneficiário não tiver uma conta no Caixa Tem, a Caixa Econômica Federal vai abrir uma conta em nome do trabalhador automaticamente. No entanto, em caso de dados incompletos que não permitam a abertura da conta digital, o trabalhador terá de pedir a liberação dos recursos. Todo o processo para pedir o saque será informatizado. O trabalhador não precisará ir à agência da Caixa, bastando entrar no aplicativo FGTS, disponível para smartphones e tablets, e inserindo os dados pedidos. O aplicativo pode ser baixado pelo celular: Clique aqui para baixar o app para celulares Android Clique aqui para baixar o app para celulares iOS (Apple) Clique aqui para ver como fazer o login e usar o aplicativo Após o crédito dos valores na conta poupança social digital, já será possível pagar boletos e contas ou utilizar o cartão de débito virtual e QR code para fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos, por meio do aplicativo. O valor também pode ser transferido para outras contas bancárias da Caixa ou de outro banco. É possível ainda realizar transações por meio do Pix, além de efetuar saque nos terminais de autoatendimento da Caixa e nas casas lotéricas. Sou obrigado a sacar? Não. O saque é facultativo ao trabalhador. Se ele não tiver interesse, pode indicar que não deseja receber o saque extraordinário do FGTS, para que sua conta do FGTS não seja debitada. Nesse caso, ele deverá acessar o aplicativo FGTS ou se dirigir a uma das agências do banco para informar que não quer receber o crédito. Após a realização do crédito na Conta Poupança Social Digital, o trabalhador pode, ainda assim, optar por desfazer o crédito automático, por meio dos mesmos canais, até o dia 10 de novembro. Caso o crédito dos valores tenha sido feito na Poupança Social Digital do trabalhador e essa conta não seja movimentada até 15 de dezembro, os recursos serão retornados à conta do FGTS, devidamente corrigidos. Veja Mais

GP DA ESPANHA - PROFESSIONAL FORMULA ONE e-SPORTS RXP - SÉRIE ESPECIAL - ETAPA 06

GP DA ESPANHA - PROFESSIONAL FORMULA ONE e-SPORTS RXP - SÉRIE ESPECIAL - ETAPA 06

Band Sports Nesta domingo, às 20h30, você acompanha a sexta etapa do campeonato de F1 e-sports. Assista ao vivo! Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também na redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports/​​​​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV/​​​ Veja Mais

'Lua Cheia de Amor' estreia no Globoplay: relembre versão de 1990 da novela, estrelada por Marília Pêra

G1 Pop & Arte Remake de obra de 1977, ambas baseadas em peça de Pedro Bloch, conta história de ambulante batalhadora. A segunda versão de "Lua Cheia de amor", de 1990, estreia nesta segunda-feira (23) no Globoplay. Regravação de adaptação de 1977 da peça "Dona Xepa", de Pedro Bloch, a novela tem Marília Pera como uma ambulante batalhadora que sonha em dar vida melhor aos filhos. Para quem quer conhecer melhor a história, o g1 relembra alguns dos principais momentos, além de curiosidades dos bastidores, com dados do Memória Globo. Na novela, Pêra vivia Genuína Miranda, uma mulher batalhadora, sem instrução, que trabalha como ambulante para sustentar a família. Dona Genu, como é conhecida, faz qualquer sacrifício pelos filhos Rodrigo (Roberto Bataglin) e Mercedes (Isabela Garcia). Lua Cheia de Amor (1990): Abertura Apesar da dedicação da mãe, eles sentem vergonha por ela ser uma mulher pobre e simples. Genu não abandona o sonho de reencontrar o marido Diego (Francisco Cuoco), desaparecido há 15 anos, e luta para poder comprar de volta a loja que o marido perdeu no jogo. Rodrigo sonha em ser diretor de cinema. Namorado de Flávia (Renata Laviola), ele termina o namoro com a moça ao conhecer Rutinha (Sylvia Bandeira). Sua irmã Mercedes é ambiciosa e apaixonada por Augusto (Maurício Mattar), filho do milionário Conrado (Cláudio Cavalcanti) e da socialite Laís Souto Maia (Susana Vieira). Francisco Cuoco e Marília Pera em 'Lua Cheia de Amor' Nelson Di Rago/Globo Curiosidades "Lua Cheia de Amor" marcou o retorno da atriz Marília Pêra, afastada das novelas desde "Brega & Chique" (1987). A atriz substituiu Joana Fomm, que fora escalada para viver Genu mas acabou integrando o elenco da novela "Vamp" (1991); Carol Machado deixou a trama antes do final por ter sido convidada por Antonio Calmon para atuar em "Vamp", novela exibida em seguida, no mesmo horário; Norma Blum fez uma participação na trama como amante de Diego (Francisco Cuoco); Reginaldo Faria fez uma participação especial na novela. Pela primeira vez contracenou com seu filho, Marcelo Faria, que interpretava o personagem Hugo; Algumas cenas da novela foram gravadas em Madri, na Espanha; "Lua Cheia de Amor" foi a primeira coprodução da TV Globo (com participação majoritária) com emissoras estrangeiras, no caso a Radio Televisión Española (RTVE) e a Radiotelevisione Svizzera Italiana (RSI), antiga Televisione Svizzera di Lingua Italiana. Além do apoio às gravações em Madri, a RTVE transmitiu a novela na Espanha, com o título "Dime Luna", dois meses após o início da exibição no Brasil, tempo necessário para a dublagem dos diálogos; A novela também foi exibida em outros países, como Bolívia, Chile, Grécia, Guatemala, Indonésia, Moçambique, Nicarágua, Paraguai, Portugal, República Dominicana, Rússia, Turquia e Uruguai. Veja Mais

Fãs estão cancelando a Disney após o filme do Tico e Teco; entenda o caso

tudo celular Na última sexta (23), chegou ao catálogo da Disney Plus o filme Tico e Teco Defensores da Lei, que como o nome diz, é focado nos icônicos esquilinhos vivendo novas aventuras anos depois de sua... Veja Mais

E o Surface Duo 2? Bill Gates diz que usa um Galaxy Z Fold 3 ao invés do dobrável da Microsoft

tudo celular Entenda agora por que o ex-chefe da Microsoft utiliza um celular da Samsung ao invés do dobrável da empresa de Redmond. Veja Mais

CH&X 50 anos: quanto você sabe sobre a carreira de Chitãozinho e Xororó? Faça o quiz e descubra

G1 Pop & Arte A partir desta segunda, o g1 coloca no ar a série de reportagens 'Nascidos pra cantar', sobre as cinco décadas de carreira da dupla, reconhecida por mudar a história da música sertaneja. Para começar, desafiamos você a responder 10 perguntas sobre eles. Tarja série Chitãozinho e Xororó Edison Garcia/EPTV Ch&X 50 anos: você conhece tudo sobre a carreira da dupla? A primeira capa de disco, em 1970, mostrava dois garotos, recém batizados por um radialista de Chitãozinho e Xororó, se arriscando pela primeira vez como cantores sem saber ainda o que estaria pela frente. E veio muita coisa pela frente. Veio o primeiro "Galopeeeeeira", dificuldades, uma fileira de hits, aclamação popular, dezenas de parcerias históricas e a construção de um legado que os colocou como responsáveis por ter aberto o caminho para a música sertaneja invadir o espaço urbano e fazer o estilo, que começou tímido, escondido na zona rural, se tornar o mais ouvido do Brasil. Para chegar ao patamar de ser reconhecida dentro do mercado do sertanejo como a mais influente dupla do segmento, por todas as transformações que comandaram, Chitãozinho e Xororó tiveram de escrever muitas páginas dentro da música brasileira. Para ser mais preciso, 52 páginas. Os artistas completaram 50 anos de carreira em 2020 e só puderam colocar em prática as comemorações em 2022 por conta da pandemia de Covid-19. A partir desta segunda-feira (23), o g1 coloca no ar a série de reportagens "Nascidos para cantar", em homenagens aos 50 anos de carreira de Chitãozinho e Xororó, que moram em Campinas (SP) desde a década de 1980. São dez conteúdos especiais até sábado (28), entre eles uma entrevista exclusiva com os cantores, dividida em partes que serão exibidas ao longo da semana. Para começar, preparamos um quiz para saber se você sabe mesmo tudo sobre os "Meninos do Brasil". Serão dez perguntas sobre a carreira deles. Para deixar os fãs ainda mais curiosos, os próprios Chitãozinho e Xororó resolveram fazer o convite para a participação [assista ao vídeo acima]. E tem mais: ao final do quiz, você vai encontrar um recado especial da dupla comentando seu desempenho - bom ou ruim. Vamos começar? Chitãozinho & Xororó na capa do primeiro álbum, de 1970 Reprodução / Capa de disco Quanto você sabe sobre a carreira de Chitãozinho e Xororó? Veja Mais

TC Ensina: como ativar o modo escuro no WhatsApp no Android, iPhone e Web

tudo celular Aprenda com o TC Ensina de hoje como ativar o modo escuro no WhatsApp no Android, no iOS e no WhatsApp Web! Veja Mais

Honor 70 e 70 Pro vazamento revela câmera Sony IMX800 após linha ganhar data de lançamento

tudo celular Novos modelos devem competir nos segmentos de celulares intermediários "premium" e tops de linha. Veja Mais

Huawei Nova 10 pode ser lançado com case que habilita 5G e Snapdragon 7 Gen 1

tudo celular A Huawei está preparando os últimos detalhes para o lançamento da linha Nova 10. Veja Mais

Pfizer diz que vacina anticovid para menores de 5 anos é eficaz em três doses

O Tempo - Mundo Nos testes, os efeitos colaterais foram similares entre os que receberam a imunização e o placebo; a eficácia foi de 80,3% Veja Mais

Branca de Neve: filme live-action ganha primeiras imagens; veja!

Branca de Neve: filme live-action ganha primeiras imagens; veja!

Tecmundo Imagens vazadas das gravações do filme Branca de Neve revelaram Rachel Zegler (Amor, Sublime Amor) caracterizada como a princesa da Disney. A mais nova adaptação live-action das animações do estúdio, dirigida por Marc Webb (O Espetacular Homem-Aranha), parece adotar um tom mais fiel dos desenhos ao seguir o visual original da personagem, com seu vestido nas cores azul, amarelo e vermelho, assim como a clássica gola branca.Baseado no conto de fantasia dos Irmãos Grimm, a vindoura versão deve apresentar uma nova leitura da obra considerada a maior animação de todos os tempos. O título, previsto para chegar aos cinemas em 2023, conta ainda com Gal Gadot (Mulher-Maravilha) no papel da Rainha Má, porém, promete uma abordagem diferente no que se refere aos Sete Anões — após críticas feitas pelo ator Peter Dinklage (Game of Thrones).Leia mais... Veja Mais

Justiça ucraniana condena soldado russo à prisão perpétua por crimes de guerra

em - Internacional Um tribunal de Kiev condenou nesta segunda-feira (23) um soldado russo considerado culpado de crimes de guerra à prisão perpétua, no primeiro veredicto do tipo desde o início da invasão russa da Ucrânia, cujo presidente pediu em Davos o fim de todo o comércio com a Rússia.Enquanto os bombardeios russos se concentravam no leste da Ucrânia, todos os olhos estavam voltados para Kiev nesta segunda, onde foi realizado o primeiro julgamento de um soldado russo por crimes de guerra na Ucrânia.Vadim Shishimarin, de 21 anos, admitiu ter matado um civil de 62 anos que empurrava sua bicicleta enquanto falava ao telefone."O tribunal considerou (Vadim) Shishimarin culpado e o sentenciou à prisão perpétua", declarou o juiz Sergiy Agafonov.Em audiência na semana passada, Shishimarin declarou que lamentava o ocorrido e pediu "perdão" à viúva da vítima, justificando suas ações pelas "ordens" recebidas. Mas os promotores disseram que ele disparou entre três e quatro balas com a intenção de matar o civil.O tribunal também o considerou culpado de assassinato premeditado. "O assassinato foi cometido com intenção direta", disse o juiz. O advogado de Shishimarin, Viktor Ovsyannikov, afirmou que vai recorrer do veredicto. Espera-se que esta sentença histórica seja seguida por outras, já que a Ucrânia abriu milhares de casos de crimes de guerra desde a invasão por Moscou.- Cessar o comércio com a Rússia -Enquanto o veredicto era lido, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pediu no primeiro dia do Fórum Econômico Mundial em Davos o fim de qualquer tipo de comércio com a Rússia e as sanções "máximas" possíveis."As sanções deveriam ser assim, deveriam ser máximas (...) E acho que ainda não existem tais sanções contra a Rússia", afirmou Zelensky em um discurso por videoconferência diante de uma sala cheia que se levantou para aplaudi-lo. Os países ocidentais impõem sanções econômicas à Rússia. Mas enquanto os Estados Unidos e o Reino Unido pararam de importar petróleo, a União Europeia ainda não chegou a um acordo sobre o assunto devido à dependência de alguns de seus membros do petróleo e gás russos. "Deveria haver um embargo ao petróleo russo, todos os bancos russos deveriam ser bloqueados, sem exceção, o setor de tecnologia russo deveria ser abandonado. Não deveria haver comércio com a Rússia", assegurou o presidente.Zelensky também pediu mais armas para seu país. "A Ucrânia precisa de todas as armas que pedimos, não apenas das que foram fornecidas", declarou, considerando que, se as tivesse obtido em fevereiro, "o resultado teria sido dezenas de milhares de vidas salvas".Vários líderes ucranianos estão presentes em Davos, incluindo o ministro das Relações Exteriores, Dmitro Kuleba, e o prefeito de Kiev, Vitali Klitschko. - "Táticas de terra arrasada" -Após fracassar em seu objetivo inicial de capturar Kiev, as forças de Moscou estão agora focadas em garantir e expandir seus ganhos militares na região do Donbass e na costa sul da Ucrânia. Na cidade de Severodonetsk, foco de confrontos recentes, o governador regional Sergei Gaidai acusou as forças russas de "usar táticas de terra arrasada, destruindo deliberadamente" a cidade. Gaidai denunciou que a Rússia está reposicionando tropas da região de Kharkiv (norte), tropas que participaram do cerco de Mariupol (sudeste), milícias separatistas pró-Rússia e até tropas recém-mobilizadas da Sibéria para se concentrar nas regiões de Donetsk e Lugansk. O mesmo acontece em termos de armas. "Tudo está concentrado aqui", acrescentou o governador, incluindo os sistemas antiaéreos e antimísseis S-300 e S-400, semelhantes aos americanos Patriot.Severodonetsk, um ponto crucial na batalha pelo Donbass, está sob fogo de Moscou "24 horas por dia", denunciou Gaidai. O exército ucraniano anunciou no Facebook no domingo um balanço de pelo menos sete civis mortos e oito feridos no bombardeio de 45 comunidades na região de Donetsk. O destino de Severodonetsk se assemelha ao de Mariupol, com uma paisagem apocalíptica após várias semanas de cerco.De acordo com o MP ucraniano, o país abriu mais de 12 mil investigações por crimes de guerra desde 24 de fevereiro, quando começou a invasão russa.O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em viagem pela Ásia, disse em Tóquio nesta segunda-feira que a Rússia "tem que pagar um preço de longo prazo" por sua "barbárie na Ucrânia" em termos de sanções impostas a Moscou."Não se trata apenas da Ucrânia", afirmou Biden. "Se as sanções não forem mantidas em muitos aspectos, que sinal enviaríamos à China sobre o custo de uma tentativa de tomar Taiwan à força?", perguntou.A Rússia anunciou nesta segunda-feira que recebeu o plano de paz proposto pela Itália e o está estudando. Os dois lados em conflito iniciaram negociações depois que Moscou falhou em sua tentativa de tomar Kiev, mas as negociações falharam apesar de várias reuniões na Turquia.Meta Veja Mais

Ryzen 7000: AMD anuncia soquete AM5 e chipsets X670E, X670 e B650

Ryzen 7000: AMD anuncia soquete AM5 e chipsets X670E, X670 e B650

Tecmundo Durante sua conferência na Computex 2022, a AMD revelou o soquete AM5, que chega na nova geração de processadores Ryzen 7000, além de três chipsets inéditos para placas-mãe. A novidade também traz compatibilidade com módulos de memória RAM DDR5 e o padrão PCIe 5.0.Desde 2017, a empresa comandada por Lisa Su adotava o famoso soquete AM4, mas agora finalmente teremos reformulações. O soquete AM5 é levemente maior, possuindo 45 x 45 mm, 5 mm a mais do que seu antecessor. Por conta disso não será possível utilizar processadores Ryzen 5000 em placas-mãe AM5 e nem CPUs Ryzen 7000 em motherboards AM4.Leia mais... Veja Mais

Alexandre Silveira garante que ‘não’ cogitou ser líder de governo no Senado

O Tempo - Política Parlamentar chegou a ser convidado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para representar o governo na Casa em meio às negociações da aliança Lula-Kalil em Minas Veja Mais

500 maiores empresas dos EUA tiveram lucro recorde de US$ 1,84 trilhão em 2021, diz revista

G1 Economia Walmart se mantém em primeiro, seguida de Amazon, Apple, CVS Health e UnitedHealth. A revista “Fortune” divulgou nesta segunda-feira (23) sua tradicional lista das 500 maiores empresas nos Estados Unidos. A 68ª edição do ranking não apresentou mudanças no topo, mas mostrou um ano de 2021 muito positivo para as companhias mesmo com todo o cenário de inflação, crise nas cadeias logísticas e a persistência da pandemia. Fachada da Walmart em Encinitas, nos EUA, em imagem de arquivo Mike Blake/Reuters/File Photo O lucro combinado das companhias foi de US$ 1,84 trilhão, novo recorde, superando os US$ 1,22 trilhão de 2019. As margens de lucro também foram recorde, alcançando 11,4% no ano passado, ante topo anterior de 8,9% em 2013. O lucro por funcionário foi de US$ 61.821, também recorde, superando US$ 41.884 em 2019. Em faturamento, as 500 maiores fizeram, juntas, US$ 16,1 trilhão –valor também recorde, segundo a publicação. As cinco maiores empresas da lista permaneceram inalteradas na comparação anual. Walmart se mantém em primeiro, seguida de Amazon, Apple, CVS Health e UnitedHealth. A ExxonMobil subiu quatro posições, ao sexto lugar, sustentada pela alta no petróleo. Berkshire Hathaway, Alphabet, McKesson e AmerisourceBergen completam o Top 10. Veja as 10 primeiras do ranking em faturamento (valores em US$ milhões): Walmart: US$ 572,75 Amazon: US$ 469,82 Apple: US$ 365,82 CVS Health: US$ 292,11 UnitedHealth Group: US$ 287,6 Exxon Mobil: US$ 285,64 Berkshire Hathaway: US$ 276,09 Alphabet: US$ 257,64 McKesson: US$ 238,23 AmerisourceBergen: US$ 213,99 Outras empresas do setor de petróleo também aparecem entre as cem maiores empresas, disparando ante a última lista, impulsionadas pela commodity. A Chevron é a 16ª maior empresa dos EUA, 11 posições a mais do que em 2021. A Marathon Petroleum subiu 13 posições, a 19ª colocação. A ConocoPhillips disparou 79 posições, a 77ª maior empresa. A Tesla, montadora de veículos elétricos do empresário Elon Musk, subiu 35 posições na Fortune 500, para a 65ª posição. A Meta, controladora do Facebook, subiu sete posições, para 27º, enquanto a Pfizer, sustentada pelas vendas das vacinas contra covid-19, subiu 34 posições, a 43ª. As companhias aéreas também viram uma grande recuperação na lista, com a Delta Air Lines subindo 65 casas, a 113ª posição, enquanto a American Airlines recuperou 60 posições no ranking, a 114ª. United Airlines subiu 54 posições, para a 146ª colocação. A Southwest Airlines subiu 102 posições, para o 234º lugar. Veja Mais

No mercado de Bucha, viver 'para não enlouquecer'

em - Internacional A maioria das barracas não reabriu e é fácil cruzar com olhos marejados nos corredores, mas o renascimento do mercado de Bucha traz um sopro de vida a esta cidade mártir ucraniana.Atrás de uma pilha de ovos, Natalia Morgoun, de 69 anos, lembra vividamente do "frio" que reinava neste subúrbio de Kiev no início de março, quando as tropas russas chegaram. Também recorda o "silêncio" quando as armas silenciaram, porque a grande maioria de seus habitantes havia fugido."Graças a Deus, as coisas estão gradualmente voltando ao normal", diz a comerciante, que pela primeira vez desde o início da guerra, deixa correr lágrimas pelo rosto enrugado. "Sabe, eu nasci na Rússia, mas tenho vergonha de dizer isso".Apesar das negações de Moscou, Bucha é o símbolo dos crimes de guerra atribuídos à Rússia. A Ucrânia anunciou que havia descoberto centenas de corpos de civis ucranianos no local após a retirada dos soldados russos em 31 de março.Vestida de vermelho e rosa, as cores de seu açougue, Valeria Bilyk, de 21 anos, não quer "pensar nisso" e se concentra na reabertura, que aconteceu na última quinta-feira, do pequeno mercado coberto onde trabalha com seu esposo."Cada dia é melhor, vemos que as pessoas voltam com seus filhos, seus cachorros", diz. "Se não olhar para as ruínas, pode pensar que estamos bem".Embora os escombros e veículos queimados tenham sido removidos, é difícil ignorar os prédios destruídos ao redor do mercado, buracos de bala em algumas janelas e sinais de saques.A maioria dos comerciantes não voltou e a clientela ainda é escassa. "Há mais gatos do que clientes", diz um transeunte.- Stefania -Ainda assim, o negócio de Nadia Grebenyk, de 63 anos, que vende sementes e flores, está indo bem."É primavera, todo mundo quer plantar seu jardim da vitória", diz.Ganhar algum dinheiro extra é o motivo pelo qual Sergei, de 42 anos, decidiu abrir uma barraca neste mercado. Engenheiro no aeroporto, está desempregado desde o início da guerra e espera complementar o salário de sua esposa, Maryna, professora de inglês em uma escola do bairro.O casal se lançou em um nicho original: decoração de festas de aniversário. "Mesmo quando os tempos são difíceis, as crianças precisam rir", explicam enquanto colocam chapéus pontudos e faixas coloridas em sua pequena barraca.Mas nos corredores também há conversas difíceis. Segundo o casal, as pessoas constantemente falam sobre as tragédias que ocorreram durante a ocupação russa.Ele conta sobre o padrinho de sua irmã, que foi torturado, e mostra as fotos do cadáver em seu celular. Também fala sobre uma mãe assassinada, antes de mudar de assunto. "Você tem que passar para outra coisa, para a rotina, para o trabalho, para o esquecimento..."Dmitro Iefremov, que veio comprar um filtro de água em uma pequena loja de ferragens, não tem intenção de esquecer "todo o mal que os katsaps fizeram" (nome pejorativo usado pelos ucranianos para se referir aos russos). "Vamos lembrar disso até a décima geração e os faremos pagar!" Mas concorda que "a vida não pode acabar aqui".Olena Khokhlova, de 34 anos, espera seu segundo filho. Com um pequeno saco de legumes na mão, diz que mora na rua Yablunska, onde foram encontrados os corpos de muitos civis, e que viu "horrores" antes de fugir em 10 de março. "Foi chocante, mas temos que aceitar a nossa realidade, nos adaptar e viver. Porque se não, vamos enlouquecer".Ele vai nomear sua filha, que nascerá em agosto, "Stefania", em homenagem à música do grupo Kalush Orchestra que deu à Ucrânia a vitória no Festival Eurovision da Canção. Veja Mais

Foco do Windows 11 está na qualidade, diz gerente da Microsoft

Foco do Windows 11 está na qualidade, diz gerente da Microsoft

Tecmundo O Windows 11 tem sido muito bem recebido pela comunidade e a equipe está totalmente focada em entregar um produto com a melhor qualidade possível. Ao menos essa é a posição do vice-presidente e gerente de produto da Microsoft, Panos Panay, que detalhou a recepção do público ao sistema operacional durante uma conversa na COMPUTEX 2022.Durante o evento, que acontece em Taiwan e reúne várias fabricantes de hardware e plataformas digitais, ele citou que a adoção ao Windows 11 está acelerada e que a plataforma ganhou novos significados em um período de trabalho e estudo híbridos.Leia mais... Veja Mais

Alexandre Silveira disse que vai dividir palanque com Lula em Minas

O Tempo - Política Com aliança consolidada após impasse, senador do PSD disse que será “coerente” com a chapa formada com os petistas Veja Mais

Novo ministro francês é acusado de estupros

em - Internacional A pressão aumentou nesta segunda-feira (23) na França sobre Damien Abad, recém-nomeado ministro pelo presidente Emmanuel Macron, depois que duas mulheres o acusaram no fim de semana de tê-las estuprado, fatos que o político nega. "Se eu fosse primeiro-ministro, diria a Damien Abad: 'Não tenho motivos para pensar que as mulheres mentem (...) à espera de uma decisão judicial, quero que você não esteja no governo'", comentou à rádio France Inter o líder do Partido Socialista (PS), Olivier Faure.O site de notícias Mediapart publicou no sábado uma investigação em que duas mulheres acusam o político de 42 anos de tê-las estuprado em 2010 e 2011. A Promotoria de Paris arquivou em 2012 e 2017 duas denúncias de uma das denunciantes.O escândalo acontece quando Macron tenta dar impulso ao seu novo mandato após reeleição em 24 de abril, com a primeira reunião de seu novo governo nesta segunda-feira, e com o objetivo de alcançar uma maioria absoluta nas eleições legislativas de junho.As acusações contra Abad também colocam em questão o envolvimento do presidente centrista na luta contra a violência sexista, especialmente quando em 2020 ele nomeou Gérald Darmanin como ministro do Interior, apesar de o mesmo enfrentar uma denúncia de estupro."O governo está com as mulheres que, após um ataque ou assédio, têm a grande coragem de se manifestar", mas cabe à justiça "estabelecer a verdade", reagiu a porta-voz do governo, Olivia Grégoire, expressando o ponto de vista de Macron.O Observatório da Violência Sexual e Sexista na Política, criado em novembro por ativistas, afirma ter alertado o partido no poder e a antiga formação do ministro (Os Republicanos, à direita) antes de sua nomeação."Nosso objetivo era que ele não fosse ministro", comentou Mathilde Viot, cofundadora do Observatório, ao jornal Libération, para quem "ele não poderá realizar tranquilamente" seu trabalho no ministério da Solidariedade, Autonomia e Pessoas com Deficiência. Embora o Observatório indique ter alertado o partido de Macron em 16 de maio, seu delegado geral, Stanislas Guerini, assegurou que viu o e-mail um dia após a nomeação.A primeira acusação de estupro remonta a 2010. Segundo o Mediapart, o político teria proposto uma taça de champanhe num bar de Paris à suposta vítima, que tem atualmente 41 anos e que assegura que foi "drogada". "E depois, 'apagão' total, até a manhã seguinte", testemunha a mulher, que diz ter acordado ao lado dele "num quarto de hotel perto do bar", em "profundo estado de choque e desgosto".A outra mulher o acusa de tê-la estuprado no início de 2011. Abad, que conheceu dois anos antes, teve uma relação sexual com ela uma noite, primeiro consensual e depois forçada, marcada "pela falta de respeito, exigência e insistência". Ela foi a uma delegacia em 2012 e o denunciou por "estupro" em 2017.As denúncias foram arquivadas: a primeira por inação da denunciante, que não deu continuidade ao processo, e a segunda por não dar todas as informações do crime, disse a Promotoria de Paris."Rejeito veementemente as acusações, que se referem a atos ou gestos que são simplesmente impossíveis para mim por causa da minha deficiência", disse Abad à AFP, que sofre de artrogripose, uma doença rara que bloqueia suas articulações e reduz sua mobilidade. Veja Mais

Itália presta homenagem ao juiz Falcone, assassinado há 30 anos pela máfia

em - Internacional A Itália prestou homenagem nesta segunda-feira (23) ao juiz Giovanni Falcone, assassinado pela máfia siciliana há 30 anos e que teve a coragem enaltecida pelo primeiro-ministro, Mario Draghi, e o presidente da República, Sergio Mattarella."A máfia o temia porque demonstrou que a organização não era invencível e que o Estado era capaz de derrotá-la com a força da lei", afirmou em uma cerimônia oficial o presidente Mattarella, que teve o irmão assassinado pela máfia na Sicília."Graças à coragem, ao profissionalismo e à determinação de Falcone, a Itália agora é um país mais livre e mais justo", escreveu Draghi em um comunicado."Falcone e seus colegas da unidade antimáfia de Palermo não apenas deram golpes decisivos na máfia, como também conseguiram semear os valores da antimáfia na sociedade, nas novas gerações, nas instituições republicanas", acrescentou. Em 23 de maio de 1992, às 17H58, uma forte explosão destruiu um trecho da estrada até o aeroporto de Palermo. A explosão foi tão potente que foi registrada pelo Instituto Nacional de Geofísica, que monitora a atividade do vulcão Etna. O ataque matou o juiz antimáfia Giovanni Falcone, sua esposa e três membros de sua escolta. Uma carga de 500 quilos de TNT e nitrato de amônia foi colocada em uma tubulação de água que passava por baixo da rodovia ligando o aeroporto ao centro da capital siciliana.No quilômetro 4, perto do desvio em direção à localidade de Capaci, o ataque provocou uma cratera de um metro de profundidade, com uma pilha de escombros e pedaços de corpos. A bomba pulverizou o carro que estava à frente e o lançou a centenas de metro. Os três policiais a bordo morreram.No outro automóvel, um Fiat Croma branco blindado, o juiz Falcone, que dirigia, e sua esposa Francesca Morvillo, sofreram ferimentos fatais. O motorista do magistrado, Giuseppe Costanza, que estava sentado no banco traseiro, sobreviveu, assim como os três agentes que viajavam no terceiro carro do comboio. No local do atentado, agora existe o "Jardim da Memória", com oliveiras que produzem azeite para ser usado nas igrejas sicilianas para as unções de batismos e crismas.- Herói nacional -A ministra do Interior, Luciana Lamorgese, depositou uma coroa de flores no local nesta segunda-feira.A imprensa italiana recorda os momentos dramáticos, assim como o atentado 57 dias depois contra outro juiz antimáfia, Paolo Borsellini, amigo de Falcone. Os dois prepararam o primeiro "maxi-processo" contra a organização criminosa, que levou em 1987 à condenação de centenas de mafiosos. Os dois inspiraram uma nova geração de magistrados, que década após década arriscam suas vidas para continuar a batalha iniciada por estes dois juízes emblemáticos.Para o 30° aniversário de sua morte, o Instituto Poligráfico dello Stato criou uma nova moeda de dois euros, com as faces dos magistrados, que circulará em todos os países da União Europeia.Conferências, espetáculos, documentários, manifestações, especiais de rádio e televisão estão programados ao longo do dia em várias cidades da Itália para recordar os assassinatos brutais."Um de nós", afirma a manchete do jornal La Stampa, com uma fotografia de Falcone, considerado um herói nacional.Mais de mil folhas brancas ou pintadas por estudantes de todo o país foram colocadas no Foro Itálico Umberto I de Palermo. Durante a tarde acontecerá uma apresentação diante da "Árvore de Falcone", localizada diante da residência da mãe do juiz, para recordar o horário da explosão. Veja Mais

Biden promete defesa militar de Taiwan em caso de invasão da China

em - Internacional O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, comprometeu-se, nesta segunda-feira (23), com a defesa militar de Taiwan se a China tentar tomar pela força o controle da ilha autônoma, ao mesmo tempo que advertiu que Pequim "flerta com o perigo".Biden fez as declarações em Tóquio, durante uma visita oficial ao Japão, onde se reuniu com o primeiro-ministro Fumio Kishida. No fim de semana, ele visitou a Coreia do Sul.O governo americano considera Japão e Coreia do Sul eixos da ofensiva dos Estados Unidos contra a crescente força comercial e militar da China, assim como parceiros na aliança ocidental para isolar a Rússia após a invasão da Ucrânia.Em uma entrevista coletiva conjunta, Biden e Kishida adotaram um tom firme a respeito da China e defenderam a "visão comum de (uma região) Indo-Pacífico livre e aberta". Também concordaram na necessidade de vigiar a atividade naval chinesa em uma região na qual Pequim tem grandes ambições.Ao ser questionado se Washington atuaria militarmente contra Pequim em caso de tentativa chinesa de tomar o controle de Taiwan pela força, o presidente americano respondeu: "É o compromisso que assumimos"."Concordamos com a política de uma só China, aderimos a ela (...) mas a ideia de que Taiwan pode ser tomada à força não é apropriada, deslocaria toda a região e seria outra ação semelhante a da Ucrânia", disse Biden. A China está "flertando com o perigo", acrescentou Biden, em referência ao número crescente de manobras chinesas, com exercícios navais e obras de construção na região.A China considera Taiwan uma província rebelde que deve ser reintegrada ao país, inclusive pela força, se necessário.Pouco depois, a China respondeu rapidamente que está disposta a defender seus interesses nacionais em Taiwan."Ninguém deveria subestimar a firme determinação, a firme vontade e capacidade do povo chinês de defender a soberania nacional e a integridade territorial", disse o porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Wang Wenbin."A questão de Taiwan é um tema puramente interno da China", acrescentou.- Rússia "deve pagar o preço" - Biden também atacou o governo russo, que "tem que pagar um preço a longo prazo por sua barbárie na Ucrânia", em referência às sanções impostas por Washington e seus aliados."Não se trata apenas da Ucrânia", declarou Biden. "Se as sanções não forem mantidas em muitos aspectos, que sinal enviaríamos à China sobre o custo de uma tentativa de tomar Taiwan pela força?", perguntou.Na terça-feira, Biden tentará reforçar a liderança americana na região Ásia-Pacífico em uma reunião de cúpula com os chefes de Governo da Austrália, Índia e Japão, o grupo conhecido como "Quad".A Índia, no entanto, se recusou a condenar até o momento de maneira aberta a guerra na Ucrânia, ou a reduzir os negócios com a Rússia. Biden terá uma reunião com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.A viagem de Biden pela Ásia é marcada pelo temor de que a Coreia do Norte teste um míssil com capacidade nuclear ou até mesmo uma bomba, o que não aconteceu durante a visita a Seul.Mas a ameaça persiste, de acordo com o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan."Se a Coreia do Norte agir, estaremos preparados para responder. Se a Coreia do Norte não agir, terá a oportunidade, como já afiramos, de comparecer à mesa lo de negociações", declarou.Pyongyang rejeitou até o momento os pedidos americanos de diálogo, segundo fontes da Casa Branca, ignorando inclusive as ofertas de ajuda para combater um surto repentino de covid-19.- Nova iniciativa comercial -Ao mesmo tempo, o presidente americano anunciou nesta segunda-feira em Tóquio o lançamento de uma nova iniciativa econômica para a região Ásia-Pacífico, que inicialmente terá 13 países-membros, incluindo a Índia e Japão, mas sem a China.Biden apresentou oficialmente o Marco Econômico Indo-Pacífico para a Prosperidade (IPEF, na sigla em inglês). "Acredito que juntos vamos vencer a concorrência do século XXI", disse Biden durante o lançamento, ao lado de Kishida e de Narendra Modi - os demais países participaram virtualmente.Ao contrário dos blocos comerciais tradicionais, não há planos para o IPEF negociar tarifas ou para a abertura dos mercado.Os 13 países membros buscam a integração em quatro áreas cruciais: economia digital, cadeias de abastecimento, energias verdes e combate à corrupção.A lista inicial de membros inclui Estados Unidos, Austrália, Brunei, Índia, Indonésia, Japão, Malásia, Nova Zelândia, Filipinas, Singapura, Coreia do Sul, Tailândia e Vietnã."É um compromisso para trabalhar com nossos amigos próximos e sócios na região, diante de desafios para garantir a competitividade econômica no século XXI", acrescentou o presidente americano.O governo dos Estados Unidos não tem grande interesse em retornar a um acordo comercial vinculante com a Ásia depois que o ex-presidente Donald Trump se retirou, em 2017, do Tratado de Parceria Transpacífica.Biden encerrou o dia com um jantar com Kishida e a esposa do primeiro-ministro no jardim de um restaurante exclusivo de Tóquio. Veja Mais

Crise econômica: como o novo mercado de baixa se compara a 2008?

Crise econômica: como o novo mercado de baixa se compara a 2008?

Tecmundo Na véspera de um mercado de baixa, a Bolsa de Nova York encarou mais um dia de tensão na última sexta-feira (20), quando o Índice Dow Jones chegou a desvalorizar quase 2,51% e totalizou uma queda de 17% desde seu último topo histórico. Importante, o marcador financeiro representa as trinta mais valiosas empresas da indústria norte-americana, sendo utilizado para avaliar o desempenho e a saúde do mercado geral há pelo menos 126 anos.Embora tenha terminado a sessão de negociação "no verde", um resultado 0,03% melhor que o dia anterior, o cenário não está otimista para o Índice Dow Jones — e o restante da economia internacional. Para alguns especialistas, somente uma queda superior a 20% abaixo do último topo histórico pode indicar um mercado de baixa, porém, outros já se antecipam e sugerem que o temido contexto já se iniciou.Leia mais... Veja Mais

Guitarra azul de Kurt Cobain é vendida por R$ 22 milhões em leilão

G1 Pop & Arte Venda era estimada em US$ 800 mil dólares, cerca de R$ 3,8 milhões, mas chegou a US$ 4,5 milhões. Objetos de Kurt Cobain expostos em museu de Seattle Reuters/Anthony Bolante A icônica guitarra azul usada por Kurt Cobain no videoclipe da música "Smells Like Teen Spirit", do Nirvana, nos anos 1990, foi vendida por US$ 4,5 milhões, aproximadamente R$ 22 milhões na cotação atual. O preço estimado era de US$ 800 mil dólares, cerca de R$ 3,8 milhões. Com "Smells Like Teen Spirit" acumulando mais de 1,4 bilhão de visualizações no YouTube, a Fender azul de 1969 é sem dúvida uma das mais famosas do rock, disse Martin Nolan, diretor executivo da Julien's Auctions. "Esta é uma das guitarras mais icônicas a chegar ao leilão, esta é a guitarra azul Mustang Fender, uma das guitarras favoritas de Kurt Cobain", afirmou Nolan, ao lado de uma exposição de objetos de Kurt Cobain em Beverly Hills. "A guitarra vem com seu case original e, também, a cinta da guitarra, então isso é muito importante para os colecionadores quando vão ao leilão conhecer a originalidade", completou o diretor, observando que a guitarra ficou com a família desde a morte de Cobain em 1994. A guitarra de Cobain foi a estrela do leilão "Ícones da Musica" da casa de leilões, que aconteceu em Nova York e online, entre os dias 20 e 22 de maio. Nolan disse que a casa de leilões estimou uma faixa de preço para a guitarra de US$ 600 mil e US$ 800 mil dólares, mas ressaltou que "essa é uma estimativa de leilão muito conservadora". A casa de leilões informou que uma parte dos lucros vai para uma instituição de caridade de saúde mental. Veja Mais

Primeiro soldado russo julgado na Ucrânia por crimes de guerra é condenado à prisão perpétua

em - Internacional Um tribunal de Kiev condenou nesta segunda-feira (23) à prisão perpétua um soldado russo de 21 anos considerado culpado de crimes de guerra, no primeiro veredicto do tipo na Ucrânia desde o início da invasão ordenada por Moscou em 24 de fevereiro."O tribunal decidiu que (Vadim) Shishimarin é culpado e o condenou à prisão perpétua", anunciou o juiz Sergiy Agafonov. Shishimarin, um sargento russo, admitiu durante o julgamento que matou um civil de 62 anos nos primeiros dias da ofensiva russa no nordeste da Ucrânia. Veja Mais

Primeiro soldado russo julgado na Ucrânia por crimes de guer...

em - Internacional Primeiro soldado russo julgado na Ucrânia por crimes de guerra é condenado à prisão perpétua Veja Mais

Província chinesa impõe teste anticovid a cada 48 horas para 99 milhões de habitantes

em - Internacional A província chinesa de Henan, uma das mais populosas do país, vai impor aos 99 milhões habitantes um teste para covid a cada 48 horas, depois de registrar o aumento dos contágios.A China mantém uma estratégia 'covid zero' que inclui quarentenas, confinamentos e testes em larga escala, sem adotar a flexibilização das restrições como outros países. A política é eficaz do ponto de vista sanitário e, segundo os números oficiais, a China registrou um número muito menor de mortes que outras nações, mas representa uma duro golpe para a economia. O confinamento imposto na cidade de Xangai no início de abril e as restrições e fechamentos de estabelecimentos comerciais em Pequim provocaram perturbações nas cadeias de abastecimento. Para evitar um cenário similar, Henan decidiu aplicar testes em larga escala, com a esperança de detectar casos positivos e isolá-los o mais rápido possível. A província da região central do país, 400 km ao sul de Pequim, conseguiu permanecer à margem do último foco de contágios, mas registrou dezenas de novos casos nos últimos dias. Os moradores que não se submeterem aos testes perderão o passe verde que permite o acesso aos transportes e locais públicos. Veja Mais

Câmara é Notícia - 23/05/2022

Câmara é Notícia - 23/05/2022

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros destaques: Apresentação – Tércia Guimarães Edição – Marcello Larcher e Ana Raquel Macedo Trabalhos Técnicos – Bebiano Nunes Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #CâmaraéNotícia #RádioCâmara Veja Mais

As pegadinhas com smartphones das quais você deve fugir

canaltech Neste programa, Pedro Cipoli faz uma lista de coisas que você pode não saber que são importantes na hora de comprar um smartphone Ouça ao podcast. Veja Mais

Missão: Impossível - Acerto de Contas ganha seu primeiro trailer eletrizante; assista

tudo celular A Paramount Pictures liberou esta semana a primeira prévia de Missão: Impossível - Acerto de Contas Parte 1, que virá para encerrar a franquia como conhecemos. Veja Mais

Corsair anuncia seu primeiro notebook gamer com tela de 240 Hz, AMD Ryzen 6000 e GPU Radeon

tudo celular Portátil conta com interface sensível ao toque com botões customizáveis similares à Touch Bar do MacBook Pro. Veja Mais

Marco Mazzola ajuda a contar a história da música brasileira em novo livro

O Tempo - Diversão - Magazine Um dos produtores musicais mais consagrados do país, Mazzola está lançando sua autobiografia atualizada com novos passagens de uma carreira cinquentenária Veja Mais

TECNO Pova 3 aparece em imagens reais e será lançado ainda esta semana, diz rumor

tudo celular Novo intermediário terá carregamento de 33 watts para sua bateria massiva de 7.000 mAh. Veja Mais

Lenovo Xiaoxin Pad 2022 é lançado na China com Snapdragon 680, até 6 GB de RAM e mais

tudo celular O dispositivo faz parte da segunda geração da Lenovo nessa categoria de aparelhos. Veja Mais

CBMM

O Tempo - Política Eduardo Ribeiro, presidente da mineradora que explora o nióbio de Araxá, manifestou-se recentemente sobre o discutido contrato firmado com a Camig Veja Mais