Meu Feed

No mais...

SONHO DE PREMIER LEAGUE, VASCO E MAIS! Paulinho e Diego Carlos no Resenha ESPN

SONHO DE PREMIER LEAGUE, VASCO E MAIS! Paulinho e Diego Carlos no Resenha ESPN

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #ResenhaESPN #Paulinho #DiegoCarlos Veja Mais

PALMEIRAS X ATLÉTICO MINEIRO: QUEM TEM O MELHOR TIME?

PALMEIRAS X ATLÉTICO MINEIRO: QUEM TEM O MELHOR TIME?

Band Sports Julio Gomes montou a seleção das duas equipes. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​ Veja Mais

Kryptonita? Lanternas Verdes poderiam matar Superman de outro jeito

canaltech Jã falamos aqui no Canaltech que o Lanterna Verde consegue criar kryptonita a partir de seu anel de poder; logo, teria condições de derrotar o Superman. Mas em uma HQ de 2019, a DC demonstrou que a Tropa dos Lanternas Verdes poderia ir além ao recriar outra fraqueza do Homem de Aço. Mefisto revela a personagem da Marvel que ele não consegue derrotar Marvel cria seu próprio Doutor Manhattan em HQ dos X-Men Em The Green Lantern nº 4, por Grant Morrison e Liam Sharp, Hal Jordan e seus companheiros da Tropa impediram um ser conhecido como Comedor de Sol de dizimar uma leva de jovens sóis. Jordan percebeu que a criatura foi atraída pelas energias que vinham dos construtos dos Lanternas Verdes. Os aneis geram objetos a partir da força de vontade de seus portadores, mas quanto maior o desejo, é preciso força de vontade coletiva para criá-lo. Por isso os heróis se uniram para criam um sol falso usando com cada parte de energia de seus anéis. Juntos, foram capazes de gerar um corpo celeste que lhes permitiu derrotar o Comedor de Sol e manter o universo seguro. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Cena de The Green Lantern nº 4 com os Lanternas Verdes criando um sol; que Superman acharia disso? (Imagem: Reprodução/DC) Voltando ao Superman, sabemos que o herói enfraquece sob os raios de um sol vermelho, o mesmo de seu planeta natal, Krypton. É o sol amarelo de nosso sistema solar que lhe dá seus grandes poderes, por sua vez. Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Se seguirmos a lógica mostrada no quadrinho escrito por Morrison, podemos supor que os Lanternas Verdes unidos poderiam gerar não apenas kryptonita, mas um sol semelhante que imitasse a radiação solar vermelha. Claro que não é o tipo de confronto que esperamos, pois todos estão do lado do bem, mas é uma possibilidade interessante que poderia ser explorada em alguma história futura. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Parada do Orgulho LGBT+ virtual será transmitida em 16 canais no YouTube

O Tempo - Diversão - Magazine #ParadaAoVivo terá 12 horas de programação e conta com oito apresentações musicais, de Silva a Sandra de Sá Veja Mais

Antes eu xingava e ganhava processo, agora me pagam para isso, diz Jacquin

O Tempo - Diversão - Magazine Chef francês é um dos jurados do MasterChef, reality da Band Veja Mais

Stranger Things | Casos reais bizarros que inspiraram a série da Netflix

canaltech Stranger Things é uma série de ficção, claro, e vemos como experimentos científicos com crianças acabaram resultando na abertura de um portal para o perigoso Mundo Invertido. Mas, como toda boa ficção, elementos da vida real foram inseridos na história, o que deixa a trama ainda mais assustadora. Stranger Things 4 | Novo personagem está conquistando os fãs da série; conheça Stranger Things | Quem interpreta Eleven criança na temporada 4? E é justamente isso o que leva muita gente a se perguntar se Stranger Things foi inspiarada em algum caso ou evento bizarro ou sobrenatural. Pensando justamente nisso, o Canaltech trouxe alguns exemplos de projetos, experimentos e eventos que realmente aconteceram e que inspiraram o roteiro da trama da Netflix. Eleven passa por experimentos perturbadores (Imagem: Divulgação/Netflix) Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 14,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? MKUltra O primeiro projeto que tivemos conhecimento por causa de Stranger Things é o MKUltra. Na série, vemos que a mãe de Eleven (Millie Bobby Brown) passou por experimentos enquanto ainda estava grávida. Neles, Martin Brenner (Matthew Modine) usou LSD e testes de privação sensorial, o que pode ter resultado nos dons psíquicos da filha. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- O projeto MKUltra realmente existiu e foi criado pela CIA em 1953 como um experimento que controlaria mentes. Os oficiais acreditavam que tais técnicas ajudariam os Estados Unidos a vencer a Rússia na Guerra Fria. Os experimentos eram perturbadores, envolvendo descargas elétricas, uso de drogas alucinógenas, entre outras técnicas psiquiátricas torturantes. O objetivo da prática era conseguir interrogar os inimigos e deixá-los debilitados; para isso, os responsáveis usaram como cobaias presidiários e pacientes de hospitais psiquiátricos. Operation Midnight Climax Um dos projetos do MKUltra se chama Operação Midnight Climax, envolvendo a administração de LSD nos pacientes que não sabiam pelo que estavam passando. Os experimentos aconteciam em diversas situações sociais, mas uma das mais graves foi em um hospital psiquiátrico no Canadá, danificando permanentemente a mente de diversos pacientes. Muitas pessoas submetidas aos testes ficaram em estado vegetativo, outros em estado infantil sem saber fazer as coisas básicas do dia a dia, ou ainda com amnésia permanente. Todas essas condições foram consequências de eletrochoques, uso excessivo de drogas alucinógenas e de um processo chamado de "condução psíquica", em que as pessoas eram obrigadas a escutar mensagens negativas por cerca de 20 horas ao dia, dormindo ou acordados. Os experimentos deixaram sequelas graves em diversas pessoas (Imagem: Reprodução/stokkete/Envato) Projeto Mountauk Stranger Things também é inspirada em uma teoria da conspiração sobre o governo dos Estados Unidos: o Projeto Mountauk. Os experimentos teriam acontecido na cidade que leva o nome do projeto, também envolvendo técnicas psiquiátricas perturbadoras. Segundo supostas testemunhas, os pacientes eram submetidos a processos de controle mental e telepatia, abertura de portais para outras dimensões e contato com criaturas que viviam nelas, entre outros detalhes bizarros. Relatos apontam que os pesquisadores tentavam fazer com que os pacientes, principalmente crianças sequestradas, tentassem enxergar, ouvir e sentir pelos corpos de outras. Esses possíveis acontecimentos são semelhantes ao que é visto em Stranger Things, com Eleven e outras crianças raptadas para o laboratório de Hawkins. Há depoimentos sobre invocação de monstros no subconsciente, e também sobre tortura para que as vítimas usassem a mente para abrir um portal. Tudo o que dizem ter acontecido no Projeto Mountauk, por enquanto, ainda é conspiração, já que nenhuma evidência concreta surgiu até então. Ninel Kulagina A história de Eleven é muito parecida com a de uma mulher chamada Ninel Kulagina. Em Stranger Things, a personagem conta com poderes telecinéticos, como a manipulação de objetos com a mente. Durante a Guerra Fria, cientistas alegavam que Kulagina podia fazer isso e mais um pouco. Ninel trabalhava como técnica de rádio na Segunda Guerra Mundial, mas saiu do emprego e se tornou dona de casa quando foi ferida no estômago. Aos 33 anos, ela alegou conseguir movimentar objetos com a mente durante toda a sua vida, principalmente quando estava em estado de irritação. Ela também dizia que, com o tempo, aprendeu a controlar o poder quando se concentrava, mas sentia fortes dores na cabeça e na coluna por causa disso. Ninel foi estudada por dezenas de cientistas soviéticos ao longo de 30 anos, e até existem vídeos mostrando a mulher usando seus poderes. No entanto, a qualidade das gravações não permite afirmar como isso acontecia, pois é claro que se tratava de charlatanismo para assustar os inimigos.   Pânico satânico A temporada 4 de Stranger Things também foi baseada em casos reais, desta vez envolvendo histórias de terror. A história da casa da família Creel é bastante parecida com o que aconteceu em uma casa em Amityville em Long Island, Nova York, que resultou em um livro e diversos filmes. Na casa real, Ronald DeFeo Jr. assassinou seis membros de sua família, basicamente o que Henry Creel faz em Stranger Things. Em Amityville, as pessoas que foram morar na casa depois do crime começaram a relatar acontecimentos paranormais, como lodo saindo da parede, vozes estranhas saindo das paredes, sensação de febre, dor no corpo e mudanças de comportamento. Quem é Vecna, o novo vilão de Stranger Things? Qual sua origem? Outro caso que inspirou o roteiro da temporada 4 da série da Netflix é o Satanic Panic. Antes de os jovens descobrirem o Vecna, a cidade de Hawkins começa a ser assombrada por assassinatos terríveis e os principais acusados são um grupo chamado The Hellfire Club. Porém, esses jovens são inocentes e apenas se reúnem para jogar Dungeons & Dragons. Na vida real, na década de 1980, os norte-americanos estavam incomodados com os jovens se aventurando no game de RPG, entre outras influências da música e cultura pop. Isso resultou em um medo dos pais de verem os jovens envolvidos com "cultos satânicos". A quarta temporada de Stranger Things já pode ser assistida na Netflix em sete episódios; os demais estreiam no dia 1º de julho. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Johnny Depp e Amber Heard: julgamento vai ser 'catastrófico' para vítimas de abuso, opinam ativistas

G1 Pop & Arte Júri decidiu que atriz deve pagar US$ 10 milhões por difamação ao ex-marido. Ela, que o acusou de abuso doméstico, também vai receber US$ 2 milhões. Amber Heard e Johnny Depp durante julgamento Steve Helber/Pool via Reuters O julgamento por difamação nos Estados Unidos entre os atores Johnny Depp e Amber Heard, e a decisão de televisioná-lo, terá um impacto "potencialmente catastrófico" para as vítimas de abuso, afirmam diversas mulheres vinculadas aos temas da violência doméstica e das agressões sexuais. Os membros do júri no julgamento que se estendeu por seis semanas, no qual os dois atores trocaram acusações de violência doméstica, se posicionaram ao lado de Depp. Assim, decidiram que Heard deve pagar US$ 10,35 milhões de dólares por difamá-lo em uma coluna publicada no jornal "Washington Post" em 2018, na qual ela não mencionava o nome do ator, mas o descrevia indiretamente como um representante do "abuso doméstico". Por outro lado, Depp terá que indenizar a atriz em US$ 2 milhões por danos e prejuízos. A advogada de Heard, Elaine Bredehoft, disse na quinta-feira (2) que sua cliente não tinha recursos para pagar a indenização estipulada. A juíza Penney Azcarate decidiu permitir, semanas antes do início do julgamento, a presença de câmeras no tribunal estadual, temendo que, se não o fizesse, muitos repórteres apareceriam para acompanhar o caso. "Não vejo nenhuma boa razão para não permitir" as câmeras, disse Azcarate segundo a revista "Variety", uma decisão que os advogados do astro de "Piratas do Caribe" endossaram, mas que a defesa de Heard tentou impedir em vão. Michele Dauber, professora de direito na Universidade de Stanford e ativista contra as agressões sexuais no ambiente universitário, considerou a decisão da juíza como "a pior" para as vítimas "em décadas", o que revela "uma profunda falta de compreensão por parte da juíza sobre a violência sexual". Heard se viu obrigada a "descrever seu suposto estupro com detalhes gráficos na televisão. Isso comove a consciência e deveria ofender todas as mulheres e vítimas, independentemente de concordar com o veredito ou não", ressaltou. Dauber explicou que o último caso do qual ela se lembra que uma vítima de estupro foi obrigada a testemunhar publicamente ocorreu em 1983. "Não há forma de justificar a decisão da juíza de permitir câmeras neste caso [...] Não existe interesse público neste caso que possa compensar o dano causado", opinou. Por outro lado, argumentou que "todas as vítimas vão pensar duas vezes antes de se apresentar e buscar uma ordem de restrição ou contar a alguém sobre qualquer abuso que estejam experimentando depois disso". "As mulheres podem acabar feridas e inclusive mortas ao não buscar ajuda. Este caso foi um completo desastre", frisou. O julgamento cativou uma audiência mundial que não está acostumada a ver acusações de agressão sexual e as intimidades de um casal nos tribunais e isso, independentemente das opiniões sobre o veredito, é um problema, afirmou Ruth Glenn, presidente da Coalizão Nacional contra a Violência Doméstica. "Acredito que temos ainda uma sociedade que não compreende a dinâmica da violência doméstica", declarou Glenn à agência de notícias France Presse (AFP) em uma entrevista. Esse contexto não foi discutido o suficiente durante o processo em Fairfax, argumentou, ao enfatizar que, para ela e seus colegas, "não havia dúvida" sobre os padrões de abuso que se apresentavam. "É preciso garantir que há pessoas presentes que entendam isso. E, até que não haja, não podemos televisionar isso", disse. 'Misoginia pura' Dauber, que foi alvo de abusos on-line por tuitar sobre o caso, disse também que isso revela a crescente reação contrária à defesa dos direitos das mulheres nos Estados Unidos. A opinião pública se manteve forte ao lado de Depp, com Heard servindo de alvo de inúmeras postagens e memes nas redes, alguns dos quais Dauber descreveu como "misoginia pura". O veredito foi recebido com festa por muitos expoentes da direita política, afirmou Dauber, incluídas mensagens no Twitter de Donald Trump Jr., filho do ex-presidente republicano, e do poderoso Comitê Judicial Republicano da Câmara dos Representantes. Heard foi "metaforicamente alcatroada e emplumada", e o veredito "deixa claro que, por ora, a reação violenta contra os direitos das mulheres está tomando o controle", escreveu. Ademais, citou os temores em torno da possibilidade de a Suprema Corte dos Estados Unidos anular o direito ao aborto. Para muitos, o caso Depp-Heard também lança dúvidas sobre o futuro do "#MeToo", o movimento criado a partir da hashtag de 2017 que encorajava as mulheres a denunciar os homens que haviam abusado delas. "É impossível não ver isso como uma reação violenta ao #MeToo, como se as mulheres tivessem ido longe demais. Está bem, senhoras, ouvimos vocês e prendemos alguns homens. Não sejam tão gananciosas agora", escreveu uma usuária da rede Reddit em uma publicação de blog para o guia de conteúdo na internet Embedded Substack. Por sua vez, Tarana Burke, fundadora do movimento #MeToo, fez no Twitter uma publicação desafiadora que enumerava suas conquistas e pedia a seus seguidores que se concentrassem nos milhões de mulheres que agora falam sem sentir vergonha, ao invés de entrar no fogo cruzado de vitórias e derrotas judiciais. "Este movimento está muito VIVO!", exclamou. Glenn, por outro lado, foi mais filosófica. "Eu diria que, de qualquer maneira, não sei quanta tração nós ganhamos. Assim que devemos usar isso como um lembrete do trabalho que ainda precisamos fazer", disse à AFP. Veja Mais

Por que o iPhone tem um botão físico de silenciar?

canaltech O botão físico de silenciar do iPhone é um dos recursos mais curiosos mantido pela Apple em sua linha de smartphones. Afinal, é mais intuitivo diminuir totalmente o volume ou incluir um botão de software, como no iPad, para desativar o som do sistema. Posso desbloquear um iPhone com iCloud bloqueado? Como ativar a localização no iPhone Sabemos, ainda, o quanto a Apple prioriza o minimalismo em seus aparelhos e sistemas operacionais, visto que outros recursos foram retirados — entrada para fone de ouvido, botão de início — ainda que ainda persistissem como um padrão da indústria. Então, por que, depois de todos esses anos, a empresa ainda continua mantendo o botão físico para silenciar o iPhone? A Apple ainda mantém o botão de silenciar nos iPhones (Imagem: Thiago Furquim/Canaltech) Inspiração no iPod Uma das respostas para essa pergunta pode ser encontrada no primeiro iPod, lançado em 2001. Nesse aparelho havia um botão físico muito semelhante ao do iPhone para “travar” os outros botões e impedir que uma música tivesse sua reprodução prejudicada por toques acidentais no bolso ou mochila, por exemplo. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Durante a produção do primeiro iPhone, lançado em 2007, a Apple se inspirou no botão físico do iPod e implementou no seu smartphone. Como não havia necessidade de um interruptor de funções, já que o botão virtual deslizante de bloqueio já realizava essa função, ela transformou o botão físico em um silenciador. Os primeiros iPods tinham um botão físico para travar o sistema (Imagem: Cartoons Plural/Unsplash) O botão físico no iPhone Em smartphones de gerações anteriores, ainda com teclado físico, a maneira de silenciá-los era, simplesmente, diminuir o volume até o 0. Isso poderia ser um problema em uma geração avançada, pois poderia confundir a intenção de um usuário para colocar o aparelho no modo vibratório ou apenas silenciar o som de vídeos, jogos e outros apps. Logo, a solução mais conveniente para o usuário é mover o botão físico para o modo silencioso, com uma tarja laranja visível, interrompendo todo o som do sistema iOS. No Android, por exemplo, a solução é um botão de software, que se divide entre silenciar apenas aplicações ou silenciar todo o aparelho. Alguns modelos do iPad já não contam com um botão físico para silenciar o sistema, obrigando ao usuário acessar o recurso pela Central de Controle. É bastante provável que o iPhone adote esta característica em algum momento. Por enquanto, o botão físico de silenciar não apenas facilita o processo como é um símbolo semiótico do smartphone da Apple. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Suíça se recusa a mandar armas para a Ucrânia

em - Internacional A Suíça insistiu nesta sexta-feira (3) que não permitirá que material de guerra suíço seja enviado para a Ucrânia por meio de países terceiros, de acordo com sua política histórica de neutralidade.No entanto, o governo decidiu que ainda será possível entregar material de guerra na forma de peças de montagem ou componentes individuais para empresas de armas europeias, mesmo que o material bélico produzido provavelmente seja enviado para a Ucrânia.A Suíça recebeu pedidos da Alemanha e da Dinamarca para enviar material de guerra para a Ucrânia, disse o Executivo suíço em comunicado.De acordo com a Lei de Material de Guerra da Suíça, as solicitações de exportação não podem ser aprovadas se o país receptor estiver em um conflito armado internacional."Uma vez que as exportações de material de guerra da Suíça para a Ucrânia não podem ser autorizadas com base na igualdade de tratamento sob a lei da neutralidade (...), não é possível responder favoravelmente aos pedidos da Alemanha e da Dinamarca para a transferência de material de guerra para a Ucrânia", informou o Conselho Federal.O governo também decidiu nesta sexta-feira sobre dois pedidos de empresas suíças para exportar peças e pacotes de montagem para empresas de defesa nas vizinhas Alemanha e Itália."Existe o risco de que alguns dos componentes sejam incorporados ao material de guerra no exterior que possa então ir para a Ucrânia", disse o governo."As entregas de material de guerra sob a forma de peças de reposição e pacotes de montagem são, em princípio, permitidas, desde que a sua participação no produto final seja inferior" a 50% para países como Itália e Alemanha, lembrou."O Conselho Federal decidiu manter essa prática. As exportações desse tipo são compatíveis com a lei de neutralidade", concluiu.A Suíça deu uma virada inesperada em sua tradicional política de neutralidade nos primeiros dias da invasão da Ucrânia pela Rússia, adotando as sanções econômicas e financeiras da União Europeia contra Moscou. Veja Mais

Casos de covid disparam no Brasil

em - Internacional Os casos de covid-19 se multiplicaram nos últimos dias no Brasil, o que traz temores sobre o impacto de uma quarta onda no país, um dos que mais registraram mortes durante a pandemia.Nesta quinta-feira (2), o Ministério da Saúde registrou 41.273 novos contágios em 24 horas. Duas semanas antes, o número diário estava em 10.415, de acordo com dados oficiais.Diversos especialistas falam do início de uma quarta onda de coronavírus no país, faltando poucos dias para o início do inverno, que afeta especialmente as regiões mais ao sul."Nós tivemos a conjunção de alguns fatores, a retirada das máscaras em locais fechados, o nosso que tem uma maior circulação de vírus respiratórios, a entrada de subvariantes da ômicron [...] e a pouca adesão das doses de reforço" explicam este aumento, analisou Ethel Maciel, epidemiologista e professora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).O número de mortes diárias, no entanto, não disparou e o último registro indica 127 óbitos.Quase 667.000 pessoas morreram de covid no Brasil, onde cerca de 80% da população vacinável já recebeu as duas doses (ou dose única) dos imunizantes contra a covid-19. Já em relação à dose de reforço, pouco mais de 50% da população maior de 12 anos foi inoculada.O governo do presidente Jair Bolsonaro pôs fim, há quase duas semanas, ao estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional causado pela crise sanitária da covid-19, que vigorou durante dois anos por causa da pandemia.Contudo, especialistas criticaram essa medida devido à ameaça que a covid ainda apresenta e pelo eventual surgimento de novas variantes, potencialmente resistentes às vacinas.As duas maiores cidades do país, São Paulo e Rio de Janeiro, suspenderam em março a obrigatoriedade do uso de máscaras em espaços fechados, com algumas exceções, como no transporte público no caso da capital paulista.Contudo, o estado de São Paulo voltou a recomendar o uso de máscaras em espaços fechados após um aumento de 120% nas internações diárias por covid em maio. Veja Mais

VIVA O ESPORTE - 06/06/2022 | AO VIVO | BANDSPORTS

VIVA O ESPORTE - 06/06/2022 | AO VIVO | BANDSPORTS

Band Sports #VivaOEsporte​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​ de segunda a sexta, a partir das 10h15, com Stephano Alba. Aprenda mais sobre saúde, bem-estar e esporte! Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga também nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports​ Twitter: https://twitter.com/bandsports​​​​​​​ Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV​​ Veja Mais

Gangue de ransomware posta notas de resgate no site das empresas atacadas

canaltech Como se um ataque de ransomware, com travamento de dados e paralisação de sistemas, já não fosse ruim o bastante, uma gangue está levando a extorsão a um novo nível, desfigurando os sites das vítimas para exibir notas de resgate. A mudança faz parte do comprometimento das empresas atingidas, aumentando a pressão em prol de pagamento ao forçar uma divulgação ampla sobre o ataque, com reflexos na moral e valor das companhias. Ransomware se torna mais sofisticado e já atingiu metade das empresas do Brasil Ransomware como serviço se torna mais direcionado sob o controle dos criminosos Uma das primeiras vítimas do bando Industrial Spy foi a SATT Sud-Est, companhia francesa focada na cooperação empresarial, pesquisa e tecnologia. A nota de resgate, já retirada do ar, fala no comprometimento de mais de 200 GB de dados e ameaça vazar as informações caso não haja retorno por meio de um link para contato ou e-mail, que estaria em notas deixadas na rede interna junto com os dados travados. Aviso de ransomware, com direito a link para contato, publicado no site oficial de uma empresa francesa atingida pelo ataque do bando Industrial Spy (Imagem: Reprodução/MalwareHunterTeam) O valor do pagamento não é revelado publicamente, como é de praxe. Na nota interna, os bandidos afirmam que tentativas de restauração dos dados implicarão na destruição completa deles, com a recomendação de pagamento para devolução. Além disso, a empresa teria três dias para retornar o contato, caso contrário, os dados, cuja natureza não foi divulgada, seriam liberados na dark web. Até o momento de publicação desta reportagem, não existem indícios de que isso aconteceu. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Apesar da divulgação pública do ataque, a SATT Sud-Est ainda não falou oficialmente sobre o assunto. Enquanto o site oficial da corporação foi atualizado para remoção do alerta sobre ransomware, a organização não veio a público comentar o caso e seus potenciais reflexos nas operações e redes internas. Extorsão pública aumenta a pressão sobre vítimas Leis internacionais, como as presentes na União Europeia, por exemplo, obrigam as empresas que são vítimas de ataques de ransomware a divulgarem detalhes sobre os casos publicamente, bem como contatarem os atingidos. A divulgação pública de uma nota de resgate tira o controle dessa divulgação das mãos das vítimas, aumentando o poder destrutivo de um golpe desse tipo. Isso, também, se deve ao fato de que as perdas envolvendo um ataque de sequestro digital não se limitam apenas ao valor do resgate, se pago. Com os dados travados, as companhias ficam impedidas de atender a clientes e seguir adiante com suas operações, enquanto o impacto também aparece na reputação e percepção de confiabilidade, além dos gastos adicionais e imprevistos com novas medidas de proteção e mitigação. Nota pública sobre ataque também foi publicado pelo grupo LapSUSem ataque ao Ministério da Saúde, mas governo descartou hipótese de ransomware (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech) Ainda que o bando Industrial Spy seja o primeiro a, aparentemente, contar com a divulgação pública de notas como um modo de operação, este não é o primeiro caso do tipo. No Brasil, por exemplo, o grupo LapSUS chegou a falar em roubo de dados em uma desfiguração do site do Ministério da Saúde, no ano passado, ainda que o governo tenha descartado a hipótese de ransomware; na Costa Rica, o grupo Conti também desfigurou o site de ministérios oficiais para exibir notas públicas sobre o comprometimento de informações oficiais. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Perfis falsos da Netflix oferecem 'acesso grátis' e aplicam golpes

Perfis falsos da Netflix oferecem 'acesso grátis' e aplicam golpes

Tecmundo De acordo com um relatório publicado pelo dfndr lab, laboratório especializado em cibersegurança da PSafe, foram encontrados quase 500 perfis falsos usando nomes de plataformas de streaming no Twitter, Facebook, TikTok e Instagram. A rede de contas aplica golpes nas vítimas e, ao todo, já representa cerca de 654 mil seguidores e 2,5 milhões de curtidas.Os perfis falsos se passam por diversos serviços de streaming, como a Netflix, Amazon Prime Video e Disney Plus. Assim, os criminosos oferecem "assinaturas gratuitas" aos usuários e roubam as informações pessoais em um site de cadastro falso, além de também disseminarem malwares.Leia mais... Veja Mais

Daniel Saavedra lança disco em show na Casa Matriz neste sábado (4)

O Tempo - Diversão - Magazine Cantor, compositor e produtor mineiro mostra as canções do álbum autointitulado, que mistura rock, psicodelia, protesto, ironia, ódio e tristeza Veja Mais

Robô 'Optimus' da Tesla deve ser apresentado em 30 de setembro

Robô 'Optimus' da Tesla deve ser apresentado em 30 de setembro

Tecmundo De acordo com de Elon Musk publicado na quinta-feira (2), podemos ver o robô humanoide produzido pela Tesla funcionando ainda esse ano. O CEO da empresa anunciou que o Tesla AI Day (Dia da Inteligência Artificial da empresa) foi adiado de agosto para 30 de setembro, esperando ter o primeiro protótipo funcional do "humano de ferro" para mostrar.O Optimus, como foi apelidado, será responsável por realizar "as tarefas repetitivas e chatas que os humanos detestam fazer".Leia mais... Veja Mais

Como funciona a criptografia do WhatsApp?

canaltech Quem utiliza o WhatsApp, com certeza, já se deparou com um aviso sobre o uso de criptografia de ponta a ponta, que sempre aparece quando se inicia uma nova conversa com um contato. O alerta se refere a uma das principais características de segurança, utilizando uma chave que protege todas as mensagens, áudios, fotos, documentos e outros dados enviados em uma conversa, de forma que apenas os usuários envolvidos nela tenham acesso — backups também recebem o mesmo tratamento. Afinal, você sabe para que serve a criptografia em aplicativos como o WhatsApp? História da segurança virtual: a evolução da criptografia na defesa digital De acordo com o mensageiro, o recurso faz parte de seu DNA, de forma que nem mesmo a própria plataforma tenha acesso às informações trocadas entre os usuários. É o que chamamos de criptografia assimétrica, na qual há uma troca de chaves de segurança entre quem envia e aquele que vai receber uma mensagem, em um processo que é transparente para os utilizadores. “As mensagens e as chamadas são protegidas com a criptografia de ponta a ponta e ficam somente entre você e os participantes dessa conversa. Nem mesmo o WhatsApp pode ler ou ouvi-las.” -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Disponíveis ao aplicativo, ficam apenas os metadados de uma conversa. Oficialmente, o WhatsApp é capaz de saber apenas quem são os contatos envolvidos em uma conversa e quando a troca de mensagens aconteceu, sem que o conteúdo seja lido pela aplicação. São essas informações, por exemplo, que o mensageiro passa às autoridades quando são requisitadas, enquanto a impossibilidade de visualizar o teor das trocas, em si, também é o que já causou problemas com a justiça, levando até mesmo a ocorrências de banimento do app no Brasil. O que é criptografia? Aviso sobre presença da criptografia de ponta a ponta do WhatsApp é exibida a cada novo início de conversa; recurso é padronizado no aplicativo e não pode ser desativado pelo usuário (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech) Basicamente, a criptografia embaralha os dados de forma que eles só possam ser lidos por alguém com um decodificador, que deve ser o mesmo daquele utilizado para gerar as informações em formato seguro. Sistemas seguros de internet, por exemplo, utilizam protocolos para proteger as comunicações e garantir o sigilo, enquanto criminosos, em ataques de ransomware, também abusam desse tipo de ferramenta para bloquear dados importantes, que só são liberados mediante pagamento e obtenção da chave usada para travamento. Você pode nem saber, mas o WhatsApp possui duas chaves atreladas à sua conta: uma privada e outra pública. Ao enviar uma mensagem, você utiliza a primeira e entra em contato com a segunda de seu contato. O aplicativo, também, acessa as mesmas informações para garantir a própria identidade e a de quem enviou a informação. Quando tudo bate, as informações são liberadas, em um processo que é feito em tempo real pelo WhatsApp durante a comunicação. A criptografia assimétrica também aparece no momento da abertura das conversas em um computador. Como muitos sabem, além do celular, é possível acessar uma versão web do WhatsApp ou baixar um aplicativo para Windows e macOS; tais dispositivos são associados à conta e, também, têm sua identidade verificada de ponta a ponta com uma chave de identidade, que é única para cada perfil e serve para criar a sessão protegida no compartilhamento entre diferentes aparelhos. A criptografia de ponta a ponta também é usada na hora de emitir códigos de segurança, utilizados para ativação do WhatsApp em um novo celular. Neste caso, são usadas combinações únicas, que só funcionam em um determinado período de tempo e são ligadas diretamente às contas de cada usuário. É por isso que é tão importante manter o sigilo de tais números, que não devem ser passados a ninguém, enquanto é impossível que um terceiro ative o mensageiro no próprio dispositivo usando a sequência de outra pessoa. Chave criptográfica do WhatsApp é exclusiva para cada conversa e contato, sendo possível comparar códigos presencialmente ou de forma online; combinações são modificadas caso um dos usuários troque de aparelho ou ative o mensageiro em um novo dispositivo (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech) É também, por motivos de segurança, que o WhatsApp informa aos usuários sempre que uma chave de criptografia foi modificada, com a mensagem abaixo, que você também já deve ter visto. Ela indica uma mudança de aparelho por parte do contato e serve para que os usuários se certifiquem de que, mesmo assim, o papo continua protegido. “Seu código de segurança com [número de telefone] mudou. Toque para saber mais.” O próprio usuário pode checar a chave criptográfica que troca com cada um de seus contatos a cada conversa — o toque na opção cima, por exemplo, leva à tela que exibe tais dados. Para fazer isso a qualquer momento, basta acessar um chat e clicar no nome do usuário, acessando a opção Criptografia. Caso estejam próximos, os utilizadores também podem escanear diretamente os QR Codes um do outro, recebendo a confirmação de que a troca de mensagens é segura. O recurso de segurança também está disponível por padrão em contas empresariais, usadas por lojas, restaurantes e outros estabelecimentos para contato com seus clientes por meio do WhatsApp. Da mesma forma que acontece com usuários comuns, as mensagens são entregues de forma segura e criptografada de ponta a ponta, enquanto medidas de segurança adicionais devem ser usadas por cada empresa caso desejem arquivar os chats de forma direta ou usem outros softwares para gerenciar ou automatizar os contatos. Não é possível desativar a criptografia de ponta a ponta no WhatsApp, já que, como dito, esse é um dos recursos centrais do mensageiro. Da mesma forma, não dá para utilizar outros meios para validar um novo dispositivo em sua conta, como o e-mail, ou ativar mais de um celular em um mesmo perfil; apenas computadores podem ser usados como meios alternativos de acesso à conversa. WhatsApp usa criptografia também em backups Backups criptografados do WhatsApp podem ser ativados a partir do menu de configurações, com o registro de conversas, áudios e arquivos trocados pelos usuários ficando protegido por senha (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech) O mesmo também vale, desde o final do ano passado, para os backups de conversas no iOS e Android. Desde outubro, o WhatsApp possui uma opção que permite travar com senha os históricos de mensagens salvos na nuvem, de forma que os dados disponíveis no Google Drive ou iCloud, da Apple, não possam ser lidos por terceiros sem as devidas credenciais. Assim, ao trocar de aparelho, o usuário precisará usar uma senha para liberar o acesso ao backup. A combinação pode ser mais simples, com um mínimo de seis dígitos e pelo menos uma letra, ou ser obtida a partir da geração de uma chave criptográfica. O conjunto de 64 caracteres é complexo e protege o utilizador contra golpes de força bruta, quando criminosos usam sistemas automatizados para tentar, sucessivamente, combinações básicas até obter a chave correta para acesso. Como ativar a criptografia de ponta a ponta no backup WhatsApp? Para ativar a criptografia de ponta a ponta no backup do WhatsApp salvo na nuvem, realize os seguintes passos: Acesse o menu de Configurações. Na opção Conversas, clique em Backup de conversas e, depois, Backup criptografado de ponta a ponta. Escolha sua opção de senha e complete o processo, lembrando sempre que salvar a chave criptográfica ou lembrar de suas credenciais caso precise acessar o registro posteriormente. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Preços do diesel caem pela segunda semana; gasolina tem terceira queda, diz ANP

G1 Economia Diesel passou a cair depois de chegar ao seu recorde nominal em meados de maio. Gasolina tem menor preço em 2 meses. Bomba de combustível abastece carro em posto de São Paulo. gasolina, preço da gasolina, frentista, álcool, diesel, combustíveis, reajuste, aumento. -HN- Marcelo Brandt/G1 Os preços da gasolina e do diesel recuaram nos postos nesta semana, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta sexta-feira (3). O valor do litro do diesel caiu de R$ 6,918 para R$ 6,882, o que representa uma redução de 0,6%. É a segunda queda seguida. LEIA MAIS Quanto custa a gasolina pelo mundo? Veja ranking ENTENDA: Como são formados os preços da gasolina e do diesel? Álcool é vantajoso em só 4 cidades do país pesquisadas pela ANP; veja como calcular Na semana anterior, o preço do combustível havia atingido um patamar recorde de R$ 6,943, o maior valor nominal desde que a ANP passou a fazer levantamento semanal de preços, em 2004. Nesta semana, o maior valor encontrado pela ANP para o diesel foi de R$ 8,300, enquanto o menor foi R$ 6,190. O preço médio do litro da gasolina passou de R$ 7,252 para R$ 7,218, queda de quase 0,5%. É o menor valor da gasolina desde a primeira semana de abril. O maior valor encontrado foi de R$ 8,490. O menor, R$ 6,180. Por fim, o valor médio do etanol passou de R$ 5,186 o litro para R$ 5,083, queda de 2%. O etanol também tem o menor valor desde abril. No posto mais caro pesquisado pela agência, custava R$ 7,900. No mais barato, R$ 4,070. Disparada dos preços Em 2022, a disparada dos preços dos combustíveis ocorre em meio à forte alta nos preços internacionais do petróleo após a Rússia ter invadido a Ucrânia, impactados pela oferta limitada frente a demanda mundial por energia. Desde 2016, a Petrobras adotou o chamado PPI (Preço de Paridade de Importação), após anos praticando preços controlados, sobretudo no governo Dilma Rousseff. O controle de preços era uma forma de mitigar a inflação, mas causou grandes prejuízos à petroleira. Pela política de preços atual, os preços cobrados nas refinarias se orientam pelas flutuações do preço do barril de petróleo no mercado internacional e do câmbio. Miriam Leitão sobre troca no comando da Petrobras: 'Estelionato eleitoral' Veja Mais

É cada vez mais difícil comparecer a eventos de eSports no Brasil

canaltech O brasileiro é apaixonado por eSports. Seja Dota 2, League of Legends, Rainbow Six Siege, Counter-Strike: Global Offensive, VALORANT, Free Fire, a modalidade que os fãs abraçarem, você pode ter certeza que o público estará presente. Com a chegada do Major no Brasil (mundial de CS:GO) e com o Campeonato Brasileiro de LoL (CBLOL) recebendo a torcida no estúdio, uma situação complicada se mostrou ainda mais evidente. É difícil garantir uma vaga para acompanhar, de perto, os eventos de eSports no país, ainda mais se você não morar na região sudeste. E, mesmo quando você mora em um Estado como Rio de Janeiro ou São Paulo, ainda assim é difícil conseguir comprar um ingresso. Como desinstalar VALORANT VALORANT | "Estamos no caminho certo", diz bzkA, coach da LOUD Com o CBLOL esgotando todos os ingressos da Segunda Etapa da competição e o IEM Rio Major 2022 enfrentando problemas com a quantidade limitada de entradas em relação à demanda, os problemas que enfrentamos como apreciadores dos eSports são cada vez mais latentes. Seja a falta de evento em outros Estados do país ou o despreparo na venda de ingressos, a sensação que dá é que está cada vez mais difícil assistir a eventos de eSports no Brasil. O problema do eixo Rio-São Paulo Não é segredo para ninguém que os principais torneios de eSports do Brasil acontecem, em grande maioria, em São Paulo. CBLOL, LBFF, BR6, VCT, todas as principais competições acontecem na capital de SP. Por isso, fica difícil para os fãs de fora da região comparecerem aos eventos que envolvam eSports em geral. Seja um encontro entre personalidades e fãs ou finais de torneios importantes, é raro ver os eventos acontecendo fora do sudeste brasileiro. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.-   A recente final do Wild Tour, campeonato brasileiro de Wild Rift, foi em Belo Horizonte, em Minas Gerais. O CBLOL ainda não definiu onde será o retorno da final presencial para a segunda etapa. Em 2020, a Riot Games surpreendeu ao realizar a final entre paiN Gaming e INTZ de forma presencial, no alto de um edifício em São Paulo. Em 2021, ainda devido às restrições da COVID-19, a final aconteceu no Rio de Janeiro, no Pão de Açúcar.   Na primeira etapa de 2017, o CBLOL foi até Recife, capital de Pernambuco, durante a primeira etapa. Na segunda, retornou ao sudeste para lotar o Mineirinho. A final do Brasileirão Rainbow Six em 2021, também aconteceu em São Paulo. A problemática DreamHack de CS:GO foi no Rio de Janeiro, que também serviu de palco para o Free Fire World Series e a final da LBFF em 2019.   O Intel Extreme Masters Major 2022 acontecerá no Rio de Janeiro, na Jeunesse Arena. Apesar dos apelos da comunidade para um local que tenha maior capacidade de comportar o público de Counter-Strike, a ESL parece que não mudará de local. Os 18 mil ingressos para assistir o Major no país esgotaram mais rápido do que água no deserto. Num misto de tentar solucionar o “problema”, já que muitos fãs não conseguiram garantir uma entrada para o evento, algumas pessoas levantaram a ideia do torneio ser no Allianz Park, em São Paulo. O perfil oficial do estádio até brincou com a situação em suas redes sociais. Hey, @ESL & @CSGO let's have a little chat later today? ???????????? pic.twitter.com/oayc2z5b9l — Allianz Parque (@AllianzParque) May 25, 2022 Mais uma vez, se o local do Major realmente fosse alterado (algo que não acontecerá), continuaria no eixo Rio-São Paulo. Com o IEM Major acontecendo no Rio de Janeiro, esta será a quarta vez que a cidade recebe um evento desse porte, fortalecendo a presença dos campeonatos no eixo Rio-São Paulo, o que não é nada positivo para o restante dos espectadores, ainda mais quando levamos em consideração o tamanho gigantesco do nosso país. Fãs de eSports de outras regiões não têm acesso “fácil” a grandes eventos em seus Estados. De um lado, oportunidades não faltam para comparecer a eventos presenciais, pelo menos para quem mora no sudeste ou possui condições financeiras de bancar uma viagem para outro Estado, além do ingresso; do outro lado, temos uma grande parcela do público excluído dos campeonatos. Compre aqui o Xbox Series S e entre para a nova geração com o modelo mais compacto da Microsoft A “negligência” com o norte e o nordeste Quando o CBLOL anunciou as vendas para a final da primeira etapa em 2017, os ingressos esgotaram em uma hora e as 18 mil pessoas assistiram a Red Canids vencer a Keyd Stars para garantir a vaga no MSI, em que as fases de grupo aconteceriam no Rio de Janeiro. Desde então, uma das ligas mais antigas de eSports em território brasileiro não sedia eventos no norte e no nordeste. Não existe falta de público para comparecer a esse tipo de ocasião.   Uma das principais agentes do VALORANT, Raze, é baiana. Há duas animações oficiais do jogo que mostram a personagem andando pela Bahia. No LoL, Neeko é baseada na Amazônia, com a dubladora da campeã, tanto em inglês quanto em português, sendo Flora Paulita, uma profissional brasileira. No CS:GO, a skin “Primeiro Tenente” é baseada no exército brasileiro. Em R6, Caveira e Capitão são operadores inspirados no BOPE. No Free Fire, temos Alok e Anitta como personagens jogáveis. O Brasil está presente em boa parte desses jogos, mas a celebração desses grandes eventos permanece limitada ao eixo Rio-São Paulo. Normalizamos o sistema de vendas, ajustando o número de ingressos por CPF para quatro, conforme informado anteriormente. Acesse para adquirir suas entradas para qualquer data da Fase de Pontos agora mesmo!????https://t.co/7pHIQiVPeL pic.twitter.com/gGsq5X1VcQ — CBLOL (@CBLOL) May 23, 2022 O CBLOL, uma das principais competições de eSports do país, passa a ter torcida no estúdio na segunda etapa da competição em 2022. Porém, os ingressos para a fase já estão vendidos e esgotados. Ou seja, sem chances para alguém que não seja de São Paulo ou da região sudeste, de se programar com calma para assistir a uma rodada do torneio. O Intel Extreme Masters Major Rio 2022, também não fica atrás dessa. O local onde fica a Jeunesse Arena, a Barra da Tijuca, é bem afastado do grande centro, o que dificulta, e muito, a chegada para eventos, até mesmo de quem é da cidade. Mesmo assim, fãs de Counter-Strike vão preencher os 18 mil lugares disponíveis. Não é a primeira vez que a Jeneusse recebe eventos desse porte, tendo sido o palco da final da LBFF e do Free Fire World Series em 2019, além do Mid Season Invitational em 2017. Uma parte do Brasil, tão apaixonada quanto a região sudeste por eSports, acaba sofrendo com a falta de grandes eventos acontecendo em seus respectivos Estados. Alguns ainda conseguem viajar para outras partes do país para prestigiar estas ocasiões, inflando ainda mais os números e a dificuldade de conseguir ingressos das competições. Com oportunidades escassas e únicas para assistir presencialmente, a disputa real acontece entre os fãs para garantir as poucas vagas. A falta de estrutura para a compra de ingressos A falta de eventos em outras regiões do país e locais com espaços pequenos para o tamanho do público dessas competições são só alguns dos obstáculos. Um dos principais e o maior de todos é a falta de estrutura e de planejamento para as vendas virtuais dos ingressos. Durante a liberação de ingressos para o Major no Brasil, essa falha recorrente foi destaque e bem criticada.   Antes do anúncio do IEM Major Rio 22, a partida da Imperial eSports contra a Cloud9 no PGL Major Antuérpia teve o pico de 710 mil espectadores na transmissão do streamer Gaules. Com um público tão vasto assim, era óbvio que o site responsável pela venda dos ingressos deveria estar preparado para uma multidão de fãs apaixonados entrando para garantir o seu ingresso. Porém, os servidores instáveis geraram erros, longos tempos de espera, filas intermináveis e ingressos esgotados “do nada”. Todo dia eu tô de boa e aí entro numa bad profunda por não ter conseguido ingresso pro major pic.twitter.com/Q88uoFN2bt — Ana Vilela (@anavilela) May 28, 2022 Tudo isso mostra que, por mais que o Brasil venha se mostrando uma potência em visualizações, engajamento e em público, as organizações ainda possuem incertezas da capacidade do brasileiro em lotar um espaço com menos de 20 mil lugares, mesmo quando estamos falando de um evento de escala internacional. Para um público que tem mais que o dobro disso durante as transmissões de eSports, fica claro que a magnitude do esporte eletrônico no Brasil ainda não é totalmente compreendida. Normalizamos o sistema de vendas, ajustando o número de ingressos por CPF para quatro, conforme informado anteriormente. Acesse para adquirir suas entradas para qualquer data da Fase de Pontos agora mesmo!????https://t.co/7pHIQiVPeL pic.twitter.com/gGsq5X1VcQ — CBLOL (@CBLOL) May 23, 2022 A falta de planejamento também corrobora bastante. O CBLOL disponibilizou todos os ingressos da segunda etapa de 2022 no mesmo dia, para serem comprados bem antes do calendário de jogos ser anunciado ou até mesmo informações sobre a fase eliminatória. Para um fã da paiN Gaming fora de São Paulo ou do sudeste, fica difícil comprar uma entrada para um dia aleatório sem saber qual o dia que seu time preferido irá jogar. Mesmo que vá para sentir o clima da Arena CBLOL, não seria a mesma coisa. E mesmo quem conseguiu comprar ingressos para o CBLOL, enfrentou problemas com dias trocados, mudanças no sistema de venda, entre outros erros. Gostaria de saber qual será a postura de vcs conforme esse bug de trocar as datas dos ingressos no final da compra! Pura sacanagem isso! — shape de mewtwo (@gigigibers) May 23, 2022 Tudo isso sem entrar no fator deslocamento para outros Estados ou o próprio preço dos ingressos. A entrada para o CBLOL é consideravelmente acessível, custando R$ 60 no valor cheio. No caso do Major, os preços variavam de R$ 89 e R$ 1.999, o que é bem fora da realidade do brasileiro. O ingresso para os quatro dias de evento, na parte superior da Jeunesse Arena, custava R$ 319. Colocando em perspectiva, o pacote de quatro dias, de frente para os jogadores, custa R$ 499. Em um país onde o salário mínimo é de R$ 1.212, a conta fica difícil de fechar. Os eventos no Brasil precisam ser pensados com muito mais cuidado. Com um público tão vasto em um país gigante, não há como negligenciar torcedores de outros Estados o tempo todo e muito menos continuar com uma estrutura despreparada na hora de comprar os ingressos. Não só por conta da situação inconveniente, visto que a dificuldade não ocorrente somente com campeonatos de eSports, mas pensando no carinho que o público tem com os torneios. O fã brasileiro de eSports merece bem mais do que uma arena que não comporta a real magnitude do seu público. Os fãs apaixonados de outros Estados querem ver seu time jogando de perto sem precisar se deslocar milhares de quilômetros para isso. E, no mínimo, conseguir assistir a um campeonato sem passar pela dor de cabeça de ficar horas na fila virtual para comprar um ingresso para, no fim das contas, nem conseguir sentir o gostinho de colocar o ticket no carrinho. Com informações de: Sportv, ge, Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

ROLAND GARROS: RUUD CONSEGUE GRANDE VIRADA CONTRA CILIC E VAI ENCARAR NADAL NA GRANDE FINAL

ROLAND GARROS: RUUD CONSEGUE GRANDE VIRADA CONTRA CILIC E VAI ENCARAR NADAL NA GRANDE FINAL

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #melhoresmomentos #ruud #rolandgarros Veja Mais

Benzema HUMILHA defesa da Dinamarca e anota golaço absurdo para a França na Nations League #Shorts

Benzema HUMILHA defesa da Dinamarca e anota golaço absurdo para a França na Nations League #Shorts

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #Benzema #França #NationsLeague Veja Mais

Covid: por que algumas pessoas são extremamente resistentes e não se infectaram?

canaltech Desde o começo da pandemia, um seleto grupo de pessoas tem resistido contra a infecção do coronavírus SARS-CoV-2 e, até agora, não adoeceu. Entre os fatores, estão as medidas de proteção, como as máscaras, o distanciamento social e as vacinas. No entanto, a ciência também estuda características genéticas que podem tornar os indivíduos extremamente resistentes. Vacina da covid: 46 milhões de pessoas não tomaram a dose de reforço no Brasil Covid em SP: comitê de saúde volta a recomendar máscaras em locais fechados Entender o que faz algumas pessoas se tornarem superimunes pode ser um marco para o nosso entendimento sobre o vírus da covid-19. Afinal, este conhecimento pode levar ao desenvolvimento de novas medicações ou ainda ao aperfeiçoamento das vacinas já existentes. Em tese, pode salvar centenas de milhares de vidas. A ciência investiga o porquê de algumas pessoas terem alta resistência contra a covid-19 (Imgem: Vladimirzotov/Envato Elements) No momento, a ciência avalia o impacto de diferentes fatores, como as células Natural Killer (NK), o tipo sanguíneo, variações nos receptores e ainda a quantidade de hormônios no sangue. A seguir, confira o que já foi descoberto sobre a maior resistência contra a covid-19: -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Forte respostas imunológica Publicado na revista científica Frontiers in Immunology, um estudo brasileiro analisou amostras de sangue de casais, em que apenas um paceiro contraiu a covid-19. A descoberta da pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) foi que as pessoas mais resistentes têm uma concentração maior de genes que contribuem para a ativação de um tipo determinado de glóbulo branco (leucócitos), as células Natural Killer. Em outras palavras, a resposta imunológica, na linha de frente, é mais potente e forte nesses indivíduos. Com isso, o vírus da covid nem sempre consegue se instalar no organismo da pessoa, mesmo que ela entre em contato através de seu parceiro. Aqui, vale observar que as NK são parte do sistema imune inato, ou seja, não dependem de experiência anterior para atacar agentes infecciosos, como o coronavírus SARS-CoV-2. O curioso é que, em crianças, essas células são naturalmente mais concentradas e isso ajuda a explicar o porquê da maioria dos casos não evoluir para formas graves. Tipo sanguíneo Tipo sanguíneo pode implicar em maior risco para a infecção do vírus da covid-19 (Imagem: iLexx/Envato Elements) Outro fator que parece conferir proteção extra contra a covid-19 é o tipo sanguíneo da pessoa infectada, segundo levantamento feito em parceria com o Hemocentro com o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (HCRP), da USP. A equipe de pesquisadores descobriu que pessoas com o tipo sanguíneo A são as mais prováveis a desenvolver formas graves da covid-19. Este risco é 2,5 vezes maior quando comparado com pessoas que são tipo O. Alteração no receptor ACE2 Alguns indivíduos também têm mutações naturais em suas células que impedem ou dificultam a entrada do vírus da covid-19. Para entender como isso é possível, é necessário explicar que o agente infeccioso usa a proteína S (Spike) para chegar até o receptor ACE2 — a sigla pode ser traduzida por Enzima Conversora de Angiotensina 2 —, expresso pela maioria das células humanas. O contato e o encaixe entre o ACE2 e a proteína S permite a infecção das células saudáveis. No entanto, indivíduos "sortudos" apresentam tipos raros de ACE2 e, com isso, a proteína S não consegue encaixar tão bem, o que limita o sucesso da infecção. Por mais estranho que possa parecer, o mecanismo atípico já é conhecido para a ciência em algumas doenças. Este é o caso de quem tem um polimorfismo genético raro para a proteína CCR5 e, dessa forma, é imune à infecção pelo HIV. O poder do estrogênio Pode parecer curioso, mas mulheres tendem a desenvolver menos casos graves da covid-19 que os homens. Inclusive, a situação se repete em outras infecções virais, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS). Para uma equipe de pesquisadores da Suécia e da Finlândia, a resposta pode estar na concentração do hormônio estrogênio. Publicado na revista científica British Medical Journal (BMJ), o estudo descobriu que mulheres — após a menopausa e que não fazem reposição hormonal — têm maior risco de desenvolver formas graves da infecção que aqueles que realizavam a reposição. Para ser mais preciso, o risco de morte foi 53% menor entre as mulheres que realizavam reposição. Apesar dos dois anos de pandemia e das muitas descobertas — como as já listadas —, os motivos que provocam a resistência natural ao coronavírus ainda são, em partes, misteriosos. É provável que o tema ainda seja alvo de inúmeros estudos pelos próximos anos até que se chegue a consensos médicos e científicos. Com informações: O Globo Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Tiago Leifert diz que Lula não dá, Bolsonaro foi muito mal e que votaria em Huck

O Tempo - Diversão - Magazine Jornalista que comandou o BBB duvidou de pesquisas eleitorais e diz que escolheria o apresentador, 'um gênio' Veja Mais

PARCELADO EM 10X | Apple Watch Series 7 está mais barato nesta promoção

canaltech O Apple Watch Series 7 é o relógio mais atual e potente da Apple, trazendo todas as inovaçõese funcionalidades  que a empresa foi desenvolvendo ao longo dos últimos anos em seus relógios inteligentes Ela está com um bom preço aproveitando a oferta atual do Carrefour, onde você pode parcelar a compra em até 10 vezes sem juros. Compre o Apple Watch Series 7 por R$ 3.049,90 em 10x sem juros Sobre o Apple Watch Series 7   Depois de várias gerações sem fazer alterações no formato do aparelho, a Apple trouxe algumas mudanças para o Apple Watch Series 7. O dispositivo agora está um pouco maior, com opções de 41 mm e 45 mm. No entanto, ele manteve a compatibilidade total com as pulseiras das gerações passadas, boa notícia para quem vem de um modelo antigo. A tela maior melhora a usabilidade, principalmente para quem costuma ler e responder notificações do celular usando o relógio. Como esperado, a integração com o ecossistema da Apple continua sendo um ponto forte. Para quem usa um iPhone como celular principal, não há opção melhor de relógio inteligente. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Além disso, ele conta com todas as principais funcionalidades que se pode esperar de um smartwatch completo: o acompanhamento de passos e calorias gastas durante o dia, monitoramento de exercícios, notificações do celular aparecendo diretamente no relógio, funções de despertador e timer e reprodutor de músicas no Spotify, Deezer ou no Apple Music. Além disso, ele vem com NFC para a realização de pagamentos por aproximação através do Apple Pay. Compre o Apple Watch Series 7 por R$ 3.049,90 em 10x sem juros Aproveite o parcelamento sem juros do Carrefour O Apple Watch Series 7 está valendo a pena aproveitando a promoção atual do Carrefour, onde ele pode ser comprado por um preço mais baixo e parcelado em até 10 vezes sem juros. Além de estar bem mais barato do que o praticado pelo site oficial da Apple, então vale a pena para quem pretende parcelar a compra. Compre o Apple Watch Series 7 por R$ 3.049,90 em 10x sem juros IMPORTANTE: alterações de preço podem acontecer a qualquer momento e não estão sob controle do Canaltech. O valor total pode mudar de acordo com sua localidade, considerando frete e possíveis impostos. Se você fizer uma compra, o Canaltech talvez receba uma comissão pela venda. Entre no Canaltech Ofertas e faça seu dinheiro render mais Com os preços no Brasil cada vez mais caros, a única saída para economizar dinheiro é ficando de olho nas promoções das lojas brasileiras e internacionais. O problema é que a grande quantidade de marcas e condições de pagamento torna quase impossível acompanhar todas as ofertas que aparecem diariamente no país. Para facilitar a sua vida, o time do Canaltech Ofertas pesquisa incessantemente todas as pechinchas da internet e reúne os melhores preços em um único lugar: no seu smartphone. Chega de perder tempo e dinheiro, entre nos nossos grupos de ofertas e comece a economizar em um piscar de olhos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Embaixada dos EUA aponta violações de liberdade religiosa em Cuba

em - Internacional A embaixada dos Estados Unidos em Havana criticou nesta sexta-feira (3) o governo de Cuba, acusando-o de ter cometido violações à liberdade religiosa, a três dias do início da Cúpula das Américas em Los Angeles, encontro ao qual os representantes da ilha não foram convidados.Em uma ampla publicação no Twitter, a representação diplomática criticou o governo comunista caribenho por atos repressivos relacionados à liberdade religiosa, enquanto em outra mensagem anterior, em um tom menos áspero, lembrou que a administração do democrata Joe Biden levantou recentemente restrições impostas em 2020 a Cuba pelo governo anterior do republicano Donald Trump (2017-2021).As denúncias contra o governo cubano, incluídas no relatório do Departamento de Estado dos Estados Unidos sobre Liberdade Religiosa 2021 - publicado na quinta-feira - estão relacionadas com a prisão de religiosos durante as manifestações de 11 de julho de 2021, as quais deixaram um morto, dezenas de feridos e centenas de detidos."As forças do Estado cometeram atos de violência, detiveram e maltraram líderes religiosos de diversas comunidades religiosas que participavam de manifestações pacíficas em todo o país", destacou a embaixada.De acordo com esse relatório, o secretário de Estado, Antony Blinken, voltou a incluir Cuba na Lista de Vigilância Especial "por ter cometido ou tolerado graves violações da liberdade religiosa". A legação diplomática deu como exemplo os casos do padre José Castor Álvarez, que teria sido agredido pelas forças de segurança "quando oferecia ajuda a uma pessoa ferida em um protesto em Camagüey", no leste da ilha, em 11 de julho, assim como do pastor Lorenzo Rosales, "condenado a 10 anos de prisão por participar de uma manifestação" nesse mesmo dia. A publicação dos tuítes ocorre em meio à relutância de Washington em convidar, em sua condição de país anfitrião, Cuba, Venezuela e Nicarágua para a próxima Cúpula das Américas, que acontecerá de 6 a 10 de junho em Los Angeles, Califórnia. Veja Mais

PT recorre de decisão que derrubou cassação de bolsonarista

O Tempo - Política Ministro Nunes Marques devolveu o mandato do deputado Valdevan Noventa, cassado por abuso de poder e compra de votos Veja Mais

Como baixar thumbnails no YouTube

canaltech Gostou da capa de um vídeo? É possível baixar thumbnails no YouTube rapidamente para sua galeria. Em muitos casos, os vídeos da plataforma possuem uma capa específica e que não é encontrada em outras redes sociais do mesmo canal. Nesse cenário, vale a pena fazer o download da imagem. Como enviar vídeos para o YouTube Como ganhar inscritos no YouTube É importante ressaltar que a thumbnail também pode estar protegida por direitos autorais, portanto o uso deve ser moderado. Para baixar, é possível utilizar a própria busca de imagens do Google ou ferramentas específicas para essa função. Veja, a seguir, como baixar thumbnails no YouTube. Como baixar thumbnails no YouTube pelo Google Imagens Primeiramente, abra o vídeo no YouTube e copie o título completo; Copie o título do vídeo em que deseja baixar thumbnail (Captura de tela: André Magalhães) Em seguida, digite esse título na busca e selecione a aba de imagens. Procure pela thumbnail vinculada ao domínio “youtube.com”, clique com o botão direito e selecione “Salvar imagem como”. Encontre a capa do vídeo na busca de imagens do Google (Captura de tela: André Magalhães) Como baixar thumbnails no YouTube com sites de terceiros Em algumas situações, a busca de imagens do Google não é suficiente: o título do vídeo pode ser muito vago, com diversas capas diferentes, por exemplo. Além disso, o tamanho disponibilizado na busca é padronizado com as dimensões 1280x720 pixels. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Caso queira um tamanho diferente e uma busca mais direta da capa, é recomendável utilizar sites que fazem o download de thumbnail. Existem diversas opções do segmento, como o YouTube-Thumbnail-Grabber. Para usá-lo, acesse https://youtube-thumbnail-grabber.com/ e cole o link do vídeo em que deseja obter a capa. Em seguida, clique em “Get Thumbnail Images”. O site disponibilizará a mesma imagem de capa em diferentes formatos e tamanhos, com um atalho para fazer o download de cada versão. Confira como baixar thumbanils no YouTube com a ajuda de sites (Captura de tela: André Magalhães) Pronto! Agora, você sabe como baixar thumbnails no YouTube. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Amazon encerra operações da loja de livros virtuais do Kindle na China

canaltech A Amazon anunciou nesta quinta-feira (2) que encerrará as operações da sua loja de e-books, Kindle, na China no próximo ano. A notícia vem após a saída de diversas big techs ocidentais como Airbnb, Yahoo e LinkedIn nos últimos meses, em meio a um aumento no controle das autoridades chinesas sobre as questões de privacidade. Boatos dizem que o Kindle vai sair da China, mas Amazon nega China pressionou a Amazon a excluir as avaliações do livro de Xi Jinping O anúncio foi feito no perfil oficial da Amazon na rede social chinesa Weibo, onde a empresa informou que o seu serviço de livros digitais será encerrado em 30 de junho de 2023. A big tech não deu mais detalhes sobre o motivo da sua decisão. "Hoje anunciamos o ajuste dos negócios relacionados ao Kindle na China, mas o compromisso de desenvolvimento de longo prazo da Amazon na China não mudará. Como uma empresa global, não importa em que país ou região estejamos, continuaremos a avaliar o layout do negócio local”, disse um porta-voz da Amazon, em um comunicado à imprensa. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Em 2011, o fundador da JD.com, Liu Qiang Dong, disse em uma entrevista que o Kindle não conseguiria ter sucesso na China. Porém, a Amazon conseguiu vender milhões de seus livros digitais no país asiático, que se tornou seu primeiro mercado em 2016. Embora o Kindle tenha sido um sucesso na China, a Amazon encerrou as operações da sua plataforma de comércio digital no país em 2019, devido à forte concorrência, que na época já contava com empresas como Alibaba e JD.com. Além disso, desde que o Kindle entrou na China em 2013, ele opera de uma forma diferenciada com um número bastante reduzido de títulos estrangeiros disponíveis, visto que tudo que chega ao país é sujeito à aprovação das autoridades. “Se você olhar para as listas de best-sellers em 90% do mundo, os e-books são equivalentes às versões digitalizadas dos livros tradicionais. Na China, no entanto, livros publicados tradicionalmente, conteúdos de vídeo de formato mais longo, para TV e filmes, não são muito interessantes porque a maioria deles vem de editoras estatais ou de produtoras de conteúdo que são limitadas nos tópicos que podem cobrir ”, segundo um especialista da indústria de e-books da China, que não quis ser identificado. O motivo do encerramento das operações do Kindle não foi informado (Imagem: Reprodução/felipepelaquim/Unsplash) Kindle já apresentava sinais da sua saída A Amazon começou a dar sinais de que os negócios envolvendo o Kindle já estavam desacelerando na China desde o ano passado com a retirada da sua loja oficial do Tmall, do Alibaba, em outubro. Além disso, em janeiro deste ano, o Kindle também ficou sem estoque em diversos marketplaces chineses, levando alguns usuários a questionarem se o serviço de livros digitais estava prestes a sair do país. Em seu comunidado oficial, a Amazon disse que está ajustando o foco estratégico de suas operações e que suas outras linhas de negócios na China continuariam. Atualmente, a Amazon ainda presta alguns serviços na China que incluem negócios como comércio eletrônico transfronteiriço, publicidade, logística global, tecnologia de nuvem, hardware e serviços inteligentes. A Amazon disse que ainda conta com mais de 10.000 funcionários e tem escritórios em 12 cidades chinesas, incluindo Pequim, Xangai, Hangzhou e Shenzhen. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

JOHNNY DEPP x AMBER HEARD - PSICÓLOGO REAGE A DRA. CURRY REFUTANDO A DRA. HUGHES

JOHNNY DEPP x AMBER HEARD -  PSICÓLOGO REAGE A DRA. CURRY REFUTANDO A DRA. HUGHES

 Minutos Psíquicos O julgamento envolvendo o ator Johnny Depp e a atriz Amber Heard finalmente chegou ao fim e hoje vou reagir ao depoimento da Dra. Shannon Curry no qual ela refutou muito do que a Dra. Don Hughes havia defendido no seu próprio depoimento. LINK DO VÍDEO USADO NO VÍDEO DE HOJE COM O DEPOIMENTO DA DRA. SHANNON CURRY: https://youtu.be/2Mlx30M8kM4 COMPRE O MEU LIVRO "SER HUMANO: MANUAL DO USUÁRIO": https://amzn.to/3F7oQXs Agradecimento especial aos nossos apoiadores no YouTube, no Patreon e no APOIA.SE: https://docs.google.com/document/d/1aVC9dSu9hT75C9oJYebF0Dwqrp7ST5a09Ny_XQi_xuU/edit?usp=sharing AJUDE O MINUTOS PSÍQUICOS A ATINGIR MAIS PESSOAS :) Torne-se um apoiador nosso no YouTube, Apoia.se ou Patreon: ● https://www.youtube.com/channel/UCFiEI1kDHlO9UQtxx0wj-XA/join ● https://apoia.se/minutospsiquicos ● http://www.patreon.com/minutospsiquicos SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS! ● Facebook: https://www.facebook.com/minutospsiquicos/ ● Twitter: https://twitter.com/minutopsiquicos ● Instagram: https://www.instagram.com/minutospsiquicos/ CRÉDITOS ● Apresentação e edição: André Rabelo (@oandrerabelo) ● Música: Sloppy Clav - Godmode #johnnydepp #amberheard Veja Mais

TikTok lança série de comédia exclusiva em serviço de assinatura

TikTok lança série de comédia exclusiva em serviço de assinatura

Tecmundo De acordo com informações do site Hollywood Reporter, o TikTok lançou a série Finding Jericho na rede social, com oito episódios de 30 minutos. A produção está sendo desenvolvida em parceria com a empresa Pearpop e seu criador, Jericho Mencke, e será transmitida exclusivamente no TikTok Live.Na série, Mencke entrevistará celebridades da internet, como Griffin Johnson, Sloane Veronico e Wasil Daoud, contudo, levará o clima da produção em um tom cômico. Segundo a Pearpop, o seriado se inspirou em alguns clássicos da comédia, como Borat, The Eric Andre Show e Nathan For You.Leia mais... Veja Mais

Petro enfrenta 'guerra suja' na eleição colombiana, diz presidente do México

em - Internacional Gustavo Petro, candidato à presidência pela oposição na Colombia, enfrenta uma "guerra suja das mais indignas e covardes", declarou nesta sexta-feira (3) o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador.O presidente mexicano enviou uma saudação a Petro, um ex-guerrilheiro e senador, durante sua coletiva matinal, na qual comentou a eleição colombiana."Envio um abraço ao Petro daqui. E sabem por que o abraço? Porque ele está enfrentando uma guerra suja das mais indignas e covardes, tudo o que já vimos e sofremos no México", afirmou López Obrador.O presidente mexicano lembrou da campanha de 2006, quando perdeu as eleições presidenciais após ser alvo, segundo ele, dos empresários e do partido no poder, que prevaleceu naquelas eleições."'Petro, um perigo para a Colômbia, comunista, guerrilheiro, a Colômbia será como a Venezuela', etc.", disse López Obrador, enumrando as críticas à esquerda colombiana lançadas por "conservadores sem ética".O Ministério das Relações Exteriores da Colômbia condenou as declarações do presidente mexicano classificando-as de "interferência desfavorável nos assuntos internos" do país."Com o mesmo respeito que professamos pelas instituições e pelo presidente do México, pedimos que respeitem a autonomia do povo colombiano para escolher seu próximo presidente sem interferências que tentem influenciar os eleitores", afirmou a chancelaria em um tuíte.Petro, que venceu o primeiro turno com 40% dos votos no último domingo, enfrentará o excêntrico milionário Rodolfo Hernández, que obteve 28% dos votos. As pesquisas apontam para um empate técnico entre os dois candidatos antes do segundo turno, marcado para 19 de junho."Por isso, coragem e é preciso ter muita fé no povo, confiança no povo, na inteligência do povo, não há nada mais do que isso", acrescentou López Obrador em sua mensagem ao ex-guerrilheiro. Veja Mais

Tempestades deixam dois mortos e um desaparecido em Cuba

em - Internacional Fortes chuvas causadas pelos resquícios do furacão Agatha atingiam nesta sexta-feira várias províncias e a capital de Cuba e deixaram dois mortos, um desaparecido, uma pessoa ferida e milhares de moradores sem eletricidade, informaram autoridades. "Chuvas fortes e intensas e tempestades elétricas afetaram as regiões ocidental e central de Cuba, com acumulados superiores a 200 milímetros, e continuarão no restante do dia e amanhã, sábado", previu o Instituto de Meteorologia de Cuba (Insmet).Tratam-se dos restos de Agatha, que atingiu a costa do Pacífico no sul do México e que, ao sair para o Atlântico, converteu-se no "possível ciclone tropical Uno", segundo o Centro de Furacões de Miami.Zonas da capital cubana sofreram fortes inundações, como Havana Velha e Havana Central. "Lamenta-se a morte de duas pessoas na província de Havana e uma pessoa desaparecida em Pinar del Río", divulgou a agência Cubana de Noticias. A imprensa estatal divulgou imagens de socorristas retirando pessoas em canoas de Havana Central.Em reunião presidida pelo primeiro-ministro cubano, Manuel Cruz, para avaliar os danos e coordenar as ações, divulgou-se que foram registrados 40 deslizamentos e que 398 habitantes foram evacuados, enquanto 1.836 decidiram buscar abrigos. Um total de 7% das pessoas na província de Havana são afetadas por danos ao serviço elétrico, ou 50.000 usuários.Segundo o Centro de Furacões, o Uno tem ventos máximos de e se desloca a uma velocidade de 7 devendo atingir a parte central da península da Flórida neste sábado. Veja Mais

Carreira sanguinária de foragido perigoso gera comoção no Texas

em - Internacional Os moradores do Texas respiravam aliviados nesta sexta-feira (3) depois que um foragido, suspeito de matar cinco pessoas após fugir do presídio onde cumpria a prisão perpétua por homicídio, foi morto pela polícia em uma história digna de uma série de televisão.Gonzalo Artemio López, de 46 anos, fugiu de forma espetacular em 12 de maio de uma prisão no condado de León, entre Dallas e Houston, e desde então era alvo de uma perseguição maciça, a maior na história recente deste estado do sul dos Estados Unidos.A morte destas cinco pessoas inocentes - um adulto e quatro menores - é uma "tragédia absoluta", disse Jason Clark, porta-voz do Departamento de Justiça Penal do Texas (TDCJ, na sigla em inglês)."Mas respiramos aliviados de que López não possa mais fazer mal a ninguém", acrescentou, durante uma coletiva de imprensa improvisada.Condenado em 2006 à prisão perpétua por um bárbaro assassinato com uma picareta e um sequestro, López provocava pavor.Fisicamente, teria sido o vilão perfeito de uma série da Netflix: a cabeça raspada, o rosto quadrado, o peitoral pronunciado, tatuado assim como seus bíceps, e as costas largas. Em suma: um perfil de matador, que se tornava ainda mais perigoso por seus vínculos conhecidos com a máfia mexicana e gangues ativas na prisão.- Fuga cinematográfica -As condições de sua fuga ilustram sua determinação implacável.Naquele dia, López seria transferido de sua prisão em Gatesville para outra no Texas, em Huntsville, para una consulta médica. Seria uma viagem de cerca de 260 km, realizada em um ônibus do presídio guardado por agentes armados.Seu prontuário exigia vigilância especial e que fosse colocado em uma jaula metálica, com pés e mãos acorrentados.As autoridades não conseguiram explicar como ele conseguiu embarcar com uma faca de cozinha escondida, e depois se livrar dos grilhões. Além disso, López cortou a dobradiça metálica de sua jaula, conseguindo chegar à cabine do motorista e obrigando-o a parar o ônibus.Segundo informações, seguiu-se então uma briga entre o detento e o motorista do lado de fora do veículo. López esfaqueou o agente na mão e no peito. Outro agente armado, posicionado na parte de trás do ônibus, desceu para tentar neutralizar o detido.Mas López conseguiu voltar a subir na cabine do motorista e assumir o volante, deixando para trás os dois guardas. Eles abriram fogo, furando um pneu traseiro do veículo, que tinha ficado difícil de manobrar. De fato, a um quilômetro dali, López saiu da estrada e deixou o ônibus e seus ocupantes, entrando em uma floresta.- Cães, cavalos e helicópteros -Desde o começo, a caçada mobilizou recursos impressionantes e todas as forças policiais disponíveis, apoiadas por cães, cavalos e helicópteros. O cenário: uma região montanhosa que inclui planícies, florestas e rios.Em imagens dignas de um western de John Ford, dezenas de agentes armados, com chapéus de caubói e a cavalo apareciam fazendo um pente fino no terreno acidentado. Mas os dias passavam, sem resultado. A recompensa oferecida por qualquer informações que permitisse a captura de López foi inclusive reavaliada até os 50.000 dólares. O fugitivo estava, como era de se esperar, na parta superior da lista das pessoas mais procuradas no Texas, um estado cuja taxa de prisões supera com folga a de todas as democracias do planeta.Finalmente, depois de três semanas infrutíferas,a polícia foi contatada por uma pessoa preocupada porque seus familiares não atendiam seus telefonemas. Em sua casa, a polícia encontrou cinco corpos. Ao notar a falta do carro da família, uma caminhonete Chevrolet Silverado, deram o alerta.Foi ao volante desta Chevrolet que López viu o fim de sua carreira: a caminhonete foi reportada em Jourdanton, ao sul de San Antonio, perseguida e finalmente parada por uma grade solta na calçada.López, que levava um fuzil de assalto e uma pistola, abriu fogo contra os policiais, mas não acertou. Eles reagiram, matando-o na hora.Foi "o final de um calvário", resumiu Clark, encarregado de informar os americanos sobre esta captura.NETFLIX Veja Mais

As competências esperadas para os profissionais de tecnologia do futuro

As competências esperadas para os profissionais de tecnologia do futuro

Tecmundo O escritor americano William Gibson disse que "O futuro já está aqui, só não está igualmente distribuído". As empresas e projetos mais avançados nos dão uma ideia do que é inovar. Ao olhar o que essas empresas percebem é que o futuro será composto de soluções cada vez mais complexas e distribuídas, com foco em agilizar os processos, gerar recursos e criar produtos.Para os profissionais do setor de tecnologia isso quer dizer que deverão incorporar e desenvolver tecnologias que permitam lidar com essa complexidade. Tecnologias como Big Data, Inteligência Artificial, Machine Learning, DevOps e computação em nuvem, entre outras. Essas tecnologias dão hoje o suporte para gerar a transformação digital para as empresas. Leia mais... Veja Mais

Câmara dos Deputados da Bolívia aprova lei para indenizar vítimas das ditaduras

em - Internacional A Câmara dos Deputados da Bolívia aprovou uma lei para a compensação financeira de mais de 1.700 vítimas das ditaduras militares das décadas de 1960, 1970 e 1980 e fixou um orçamento de cerca de 14,3 milhões de dólares, informou uma parlamentar nesta sexta-feira (3)."Levamos em consideração que há pessoas que pedem indenização por danos há mais de 10 anos e ela não foi paga", disse à imprensa Betty Yañíquez, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, instância que promove a medida.A reparação econômica para as vítimas das ditaduras começou com uma lei em 2004, mas não havia uma segurança para garantir a origem dos recursos econômicos.A lei agora deve ser ratificada pelo Senado e depois será enviada ao poder Executivo para sua promulgação. O oficialismo controla as duas câmaras legislativas.A lei atribui ao Ministério da Economia e Finanças 99,9 milhões de bolivianos, cerca de 14,3 milhões de dólares, do Tesouro Geral da Nação (TGN), para um pagamento excepcional a um total de 1.714 beneficiários.Ainda não foi divulgado quanto cada pessoa receberá.Segundo apontou a comissão parlamentar, a Bolívia é o último país do continente a adotar uma lei de reparação das vítimas das ditaduras. O país andino fez parte do Plano Condor, uma operação de coordenação repressiva arquitetada nos anos 1970 por regimes militares sul-americanos com apoio dos Estados Unidos. Veja Mais

CEO do "Google russo" Yandex abandona cargo após novas sanções da União Europeia

canaltech A Yandex, serviço russo de buscas na internet, divulgou nessa sexta-feira que o CEO Arkady Volozh entregou o cargo e também deixou o conselho de diretores da organização. A saída do executivo da posição ocorre após seu nome ter sido incluso na lista de sanções da União Europeia para entidades e indivíduos russos. Rússia "ameaça" Elon Musk após nova entrega de terminais Starlink à Ucrânia TVs e serviços russos são invadidos e exibem mensagens contra guerra na Ucrânia Volozh foi incluso na lista de sanções da União Europeia por acusações do bloco de que ele estaria ajudando a investida russa na Ucrânia, seja de forma material ou financeira. O executivo afirma que a decisão dos países foi equivocada, mas para evitar problemas para a Yandex, que não está na enumeração de bloqueios, preferiu deixar o cargo. Em comunicado oficial sobre a saída de Volozh, obtido pela Reuters, a Yandex afirma que não acredita que a situação afetará suas operações, posição financeira ou relacionamentos com seus parceiros de negócio — embora pouco após a notícia, as ações da organização listadas na bolsa de Moscou tenham caído 6%, sendo negociadas por cerca de US$ 23,4 (R$ 111,84, na conversão atual) no começo da tarde de sexta (3). -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- União Europeia segue aplicando sanções na Rússia The Council adopted today the 6th package: - cutting import of Russian oil into the EU, de-swifting key banks & curtailing a massive source of revenue for Russia- sanctioning disinformation actors spreading propaganda & those responsible for war crimes. https://t.co/1MYRtKO87u — Josep Borrell Fontelles (@JosepBorrellF) June 3, 2022 Volozh foi adicionado a lista de sanções contra indivíduos da Rússia nessa sexta-feira (3), junto de outros habitantes da Rússia que já estavam sofrendo bloqueios por parte dos EUA, mas não da União Europeia — agora deixando às duas enumerações políticas semelhantes, segundo a Reuters. Além disso, ainda nas sanções dessa sexta, a União Europeia também definiu que irá paralisar a aquisição de petróleo russo vindo do mar (dois terços do conteúdo exportado pelo país) em até 6 meses, e dois meses após essa situação banirá a compra de qualquer produto refinado pela nação — um impacto significante para o orçamento do território governado por Vladimir Putin, que em 2021 obteve cerca de US$ 51 bilhões (R$ 243,7 bilhões) só em óleo bruto exportado para o bloco econômico. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Os 10 SUVs mais vendidos do Brasil em maio de 2022

canaltech Maio chegou ao fim e já temos a lista dos 10 SUVs mais vendidos do Brasil no mês. Segundo dados oficiais da Fenabrave, o Chevrolet Tracker, que fechou abril como o quarto mais vendido, encerrou maio como líder do segmento, deixando Fiat Pulse, Volkswagen T-Cross e Jeep Compass para trás. Os 10 carros mais vendidos do Brasil em maio de 2022 Qual é o melhor SUV compacto do Brasil? O modelo da General Motors emplacou 6.564 unidades em maio, quase 50% a mais do que os números registrados em abril, período em que o Tracker teve 4.410 unidades vendidas. O segundo colocado entre os 10 SUVs mais vendidos no Brasil em maio de 2022 também melhorou consideravelmente seus números em relação ao período anterior. Estamos falando do Hyundai Creta, que ficou na quinta posição em abril, com 4.255 emplacamentos, e fechou maio com 6.411 novas unidades vendidas. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Chevrolet Tracker liderou entre os SUVs mais vendidos no Brasil em maio (Imagem: Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Tracker: qual versão vale a pena comprar? Fechando o pódio dos SUVs mais vendidos de maio aparece o T-Cross. O modelo da Volkswagen manteve a terceira posição, com 6.406 emplacamentos. O desempenho foi superior ao de abril, quando também ficou no terceiro posto, mas com 4.570 unidades vendidas no mês. T-Cross mantém liderança geral de 2022 Se em abril e maio o Volkswagen T-Cross fechou o ranking de vendas em terceiro lugar entre os SUVs, no acumulado de 2022 ele firme na liderança, com 26.563 emplacamentos no total. O segundo lugar é do Jeep Compass, que em maio ficou apenas em oitavo. No geral, o modelo já vendeu 24.925 unidades no ano. Volkswagen T-Cross ficou em terceiro entre os 10 SUVs mais vendidos de maio, e lidera em 2022 (Imagem: Divulgação/Volkswagen) Fechando o pódio de SUVs mais vendidos do Brasil em 2022 está o Hyundai Creta, vice-líder entre os 10 com mais emplacamentos de maio. O modelo sul-coreano chegou a 23.332 unidades vendidas e ultrapassou o Chevrolet Tracker, o Jeep Renegade e o Fiat Pulse, que aparecem respectivamente na quarta, quinta e sexta posições entre os SUVs mais vendidos do ano no país. 10 SUVs mais vendidos do Brasil em maio de 2022 Jeep Commander: 1.405 Toyota Corolla Cross: 3.905 Volkswagen Nivus: 4.087 Nissan Kicks: 4.892 Fiat Pulse: 4.950 Jeep Renegade: 5.849 Jeep Compass: 5.924 Volkswagen T-Cross: 6.406 Hyundai Creta: 6.411 Chevrolet Tracker: 6.564 Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Embaixador da Ucrânia na Turquia acusa Rússia de exportar 'trigo roubado'

em - Internacional O embaixador da Ucrânia em Ancara acusou a Rússia nesta sexta-feira de roubar e exportar cereais ucranianos para a Turquia."A Rússia rouba os cereais da Ucrânia sem nenhum pudor e os exporta da Crimeia para o exterior, inclusive para a Turquia", denunciou Vasyl Bodnar no Twitter. "Pedimos ajuda à Turquia para resolver o problema."O representante de Kiev na Turquia analisou os prejuízos sofridos por seu país e os danos causados pelo Exército russo, 100 dias após a invasão à Ucrânia pelas tropas de Moscou.Pouco antes da guerra, a Ucrânia estava a caminho de se tornar o terceiro maior exportador mundial de trigo e era responsável por metade do comércio mundial de sementes de girassol e óleo.A Turquia é aliada da Ucrânia, à qual fornece drones de combate, mas tenta manter uma posição neutra em relação à Rússia, da qual depende para se abastecer de energia e grãos. Ancara se ofereceu como mediadora para garantir corredores marítimos que permitiriam a exportação de cereais ucranianos.A Ucrânia costumava exportar mensalmente 12% do trigo, 15% do milho e 50% do óleo de girassol do mundo. O conflito, que interrompeu as exportações devido ao bloqueio da Rússia aos portos ucranianos e à presença de minas no Mar Negro, provocou um aumento dos preços nos mercados agrícolas.A ONU teme "um furacão de fome", principalmente nos países africanos, que importavam mais da metade do seu trigo da Rússia ou da Ucrânia. Veja Mais

Stranger Things: Stephen King revela o que achou de referência à Carrie

Stranger Things: Stephen King revela o que achou de referência à Carrie

Tecmundo A 4ª temporada de Stranger Things está sendo considerada a mais sombria até o momento e trouxe com ela uma série de referências ao gênero de terror. Entre elas, está o bullying sofrido por Eleven (Millie Bobby Brown) na escola, que culmina com um banho de milk-shake na pista de patinação - lembrando outro banho indesejado da ficção.Sim, estamos falando do famigerado banho de Carrie White, em Carrie, A Estranha, durante seu baile de formatura - uma obra prima de Stephen King, um dos autores de terror de maior sucesso de todos os tempos. Assim como em Stranger Things, o texto retrata o quanto adolescentes podem ser cruéis.Leia mais... Veja Mais

'Ainda falta muito', lamentam parentes de vítimas de feminicídio na Argentina

em - Internacional "Quiseram nos enterrar, mas não sabiam que éramos sementes", diz uma faixa pendurada em frente ao Congresso argentino, em um dia de manifestação contra os feminicídios e a violência de gênero, sete anos após a primeira passeata sob o lema "Nem Uma a Menos".Na praça dos dois Congressos, cerca de 150 pares de sapatos, sandálias e botas pintados de lilás - cor da luta feminista - evocam as mulheres assassinadas, em muitos casos ainda à espera de justiça. "Os sapatos vazios representam o vazio que deixaram em nossas vidas", explicou à AFP Marcela Morera, 52, uma das fundadoras da organização Famílias Atravessadas pelo Feminicídio.O movimento Nem Uma a Menos nasceu em 3 de junho de 2015, quando dezenas de milhares de mulheres foram às ruas exigir justiça pelo feminicídio da adolescente Chiara Páez, que estava grávida e foi assassinada por seu namorado, condenado a 21 anos de prisão.- 'Estão nos Matando' -Neste ano, renovou-se o pedido de justiça, bem como de cumprimento de leis de proteção das vítimas e de formação de funcionários em perspectiva de gênero, cuja aplicação ainda apresenta deficiências, segundo as vítimas. Foram cometidos em 2021 na Argentina 251 feminicídios, o que representa um a cada 34 horas ou dois a cada três dias, segundo o registro nacional realizado pelo Gabinete da Mulher da Suprema Corte de Justiça. Um total de 81% dos casos ocorreram em contextos de violência doméstica e 62% foram cometidos pelo companheiro ou ex-companheiro, segundo o relatório. O número de vítimas mostra uma queda de 13% em relação a 2020, quando foram registrados 287 casos, e foi o menor desde o início do registro, em 2015. Essa redução "reflete o impacto das políticas públicas em matéria de gênero e diversidade", tuitou o presidente Alberto Fernández, que recebeu nesta sexta-feira um grupo de familiares de vítimas de feminicídios.Desde 2015, quando começou a contagem, foram registrados cerca de 2.000 feminicídios.- 'Incêndio' -Muitas famílias de vítimas enfrentam dificuldade para fazerem valer seus direitos e, sobretudo, o dos filhos dessas mulheres, que, às vezes, ficam nas mãos do agressor ou não recebem o auxílio adequado, disse à AFP Eva Domínguez, 58, que precisou recorrer à Comissão Interamericana de Direitos Humanos pelo feminicídio de sua cunhada, Vanesa Celma, ocorrido em Santa Fé em 2010.O assassino continua livre. "A causa foi classificada como incêndio, como se ela fosse uma mesa, uma coisa", lembrou Eva, afirmando que os policiais e promotores mandaram limpar a cena do crime, que nunca foi investigado.Apenas seis anos depois, conseguiu mudar a classificação para "investigação da morte", mas, antes de arquivar o caso, "a promotora me disse que Vanesa morreu por amor", denunciou. Veja Mais

Vibra Open Air | A imersão e intensidade do maior cinema a céu aberto do mundo

canaltech O Vibra Open Air, o maior cinema a céu aberto do mundo, voltou a São Paulo após dois anos. A tela de 325 metros quadrados, tamanho equivalente a uma quadra de tênis, ocupa o Jockey Club, na capital paulista, entre os dias 25 de maio e 12 de junho. Além da imensa tela de cinema, o espaço oferece uma programação para envolver o espectador, desde um espetáculo de luzes no início da sessão até a escolha dos filmes e a realização de shows musicais ao término dos créditos. 5 filmes com muita tecnologia que foram sucesso de bilheteria Como comprar ingresso de cinema pela internet À convite do Telecine, o Canaltech visitou o Open Air na última quarta-feira (1°) para uma sessão dupla de filmes da franquia Pânico. Mais do que uma ida ao cinema convencional, a noite foi uma experiência completa, digna do que sempre vi dentro das telas, diretamente nos filmes. A sensação tem uma justificativa: não me recordo de ter assistido à algo com tanta intensidade. Tela do tamanho de uma quadra de tênis é apresentada com show de luzes (Foto: Canaltech/Lucas Arraz) Todo o espaço do Vibra Open Air é feito para criar uma experiência que envolve o espectador. Fazer quem está sentado em uma das cadeiras a céu aberto, parte do espetáculo. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Para essa edição especial, o Vibra Open Air 2022 organizou os filmes em categorias: Noite Telecine, Clássicos, Pipoca, Família e Sessão Dupla, em que dois filmes correlatos são exibidos em sequência, pelo preço de um único ingresso. Além dos filmes, o evento reúne shows musicais, oficinas, ativações, entre outras atrações no Jockey Club. Apresentações instrumentais e de luzes fazem a abertura, enquanto o encerramento fica por conta da música após as sessões nacionais. Ainda passam pelo palco do Vibra Open Air os artistas Rael, Drik Barbosa e Bivolt na exibição de Minha Mãe é uma Peça e Fernando Rosa com Jesuton no dia destinado a Alive. Como é assistir a um filme no Open Air? A supertela do Vibra Open Air foi importada da Suíça e une-se a um potente sistema de som com 28 caixas Dolby Digital Surround para criar uma sessão de cinema marcante. Mesmo a céu aberto e com as luzes dos prédios da Avenida das Nações Unidas ao fundo, a qualidade da imagem e do som não são prejudicadas pela inexistência de um “escurinho de cinema” de uma sala padrão. Muito pelo contrário, o belo cenário urbano da cidade de São Paulo ajuda a criar uma atmosfera única ao espaço, formando um espetáculo aos olhos. Os sons da cidade existem, com a passagem de aviões e carros pelas vias públicas, mas não chegam a atrapalhar. Cidade de São Paulo é cartão postal para sessão de cinema (Foto: Canaltech/Lucas Arraz) Enquanto a tela não perde definição, o esquema de som montado para o Vibra Open Air faz o verdadeiro show acontecer. Quase a maioria esmagadora das caixas de som estão fora do campo de visão do espectador, criando um estado de imersão único. A sessão dupla de Pânico que assistimos ganhou notas de terror extra, com o deslocamento da experiência para o exterior de uma sala convencional e o som que explodia de diferentes ângulos do espaço e migrava para o silêncio ambiente da cidade. Há duas opções de assentos para acompanhar a sessão. Na parte superior, uma arquibancada de poltronas para quem busca assistir ao filme com mais atenção, com o olho direto na tela. As poltronas têm espaço suficiente para os pés, mas são coladas umas com as outras e possuem um encosto para as costas bastante curto, criando um pouco de desconforto. Não é o tipo de assento aconselhável para passar horas trabalhando, mas foi aceitável para o período de duração de dois filmes. Clientes do programa de fidelidade dos Postos Petrobras, Premmia, podem resgatar ingressos e acessarem as fileiras exclusivas para clientes na arquibancada. Quem busca mais conforto e não se incomoda de acompanhar a sessão mais próximo da tela, pode escolher algum dos assentos inferiores. As fileiras na parte de baixo da arquibancada são compostas por espreguiçadeiras, posicionadas de forma que o espectador fique reclinado e naturalmente com o campo de visão para a tela, sem precisar erguer muito a cabeça para acompanhar a ação. Os lugares no Vibra Open Air não são marcados. Por essa razão, é recomendável separar um tempo antes da sessão para escolher o seu lugar e deixar algum objeto ou amigo marcando o assento. Experiência de cinema premium Como descrevemos até aqui, o filme é apenas um dos trechos de toda a experiência de uma noite no Vibra Open Air. A estrutura é pensada e se relaciona para criar uma noite completa para o espectador. Existe uma preocupação na montagem do espaço para fazer o convidado sentir que está ganhando um atendimento personalizado, diferente do cinema convencional. Antes da sessão de Pânico, um ator circulou pelo cinema vestindo a tradicional fantasia do Ghostface, tirando fotos e assustando os mais desavisados que chegavam. É ideal dirigir-se ao Jockey Club antes do começo da sessão para participar das ativações publicitárias no local. As marcas que patrocinam a temporada do Open Air, como Telecine e Lenovo, oferecem postos temáticos com opções de brindes para quem chegar cedo. Já a recepção do espaço é formada por letreiros enormes e áreas instagramáveis, com iluminação digna de cinema. Logo na entrada, a equipe do Open Air revista os espectadores e mochilas, além de oferecer um voucher de pipoca como brinde. Espaço tem muitas luzes e áreas instagramáveis (Foto: Canaltech/Lucas Arraz) É possível retirar a pipoca em um dos balcões com enorme agilidade e temperá-la como quiser. O quitute tão clássico do cinema vem sem sal, cabendo ao espectador dirigir-se a uma das estações e salgar a pipoca com algumas opções diferentes de tempero, que vão de sal convencional a sal saborizado com bacon. Existem ainda outras opções pagas de refeição em pequenos restaurantes e bombonieres montados no espaço, além de um bar com vinhos, refrigerantes e água. Os valores vão de R$ 7 para uma garrafa de água até R$ 30 para uma dose de Whisky 12 anos. Um charmoso espaço gastronômico com mesas e cadeiras de madeira é disponibilizado para conversar, comer e beber antes da sessão. Como chegar ao Vibra Open Air? O acesso e a saída do Vibra Open Air é feito pelo Portão 1 do Jockey Club. O local privilegia quem vai de carro e escolhe estacionar por lá mesmo. Do contrário, o espectador precisa caminhar um pouco do portão de acesso até a estrada do cinema. Na saída, o local não é muito movimentado e, durante a experiência da reportagem do Canaltech, precisamos esperar alguns momentos até localizar um carro em aplicativo de transporte privado para voltar para casa. A estação de metrô mais próxima é a Cidade Jardim, a 10 minutos de caminhada. Acesso até entrada do cinema (Foto: Canaltech/Lucas Arraz) Quanto custa o Vibra Open Air? As vendas para o Vibra Open Air online estão abertas, com ingressos a partir de R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira). Os ingressos também estarão disponíveis para trocas por pontos do Premmia, programa de fidelidade dos Postos Petrobras no site do programa. O Open Air está no vigésimo ano, o primeiro patrocinado pela Vibra, gigante do setor de energia que adquiriu o naming rights como parte de uma forte empreitada de investimentos em cultura. Idealizado e realizado pela D+3 Produções, de Renato Byington, a maior das telas exibirá, em 2022, 23 filmes dos mais diferentes gêneros, para todos os gostos e idades, e ainda recebe shows únicos e oficinas. Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Plenário virtual da Câmara completa 2 anos - 03/06/22

Plenário virtual da Câmara completa 2 anos - 03/06/22

Câmana dos Deputados Há dois anos em funcionamento, o sistema de votação remota da Câmara foi desenvolvido em apenas duas semanas para dar continuidade ao trabalho dos deputados durante a pandemia. A aprovação de projetos no chamado Plenário Virtual só cresceu de lá para cá. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #PlenarioVirtual Veja Mais

Creperia erótica do Rio na mira das autoridades

em - Internacional Neusa faz fila em uma badalada loja de crepes no Rio de Janeiro para comprar uma sobremesa de chocolate em forma de... pênis.Desde que abriu suas portas em Ipanema em maio, a "La Putaria" atraiu a cada dia mais clientes curiosos em provar suas delícias temáticas. No entanto, também causou rejeição de alguns vizinhos que recorreram às autoridades. Esta semana, o órgão de Defesa do Consumidor do Ministério de Justiça determinou que seja suspensa em todo o país a venda a menores de "produtos que reproduzam ou sugiram o formato de genitálias humanas partes do corpo humano com conotação sexual, erótica ou pornográfica". Além disso, proibiu a exibição dos produtos nas vitrines e determinou a retirada de letreiros com palavras ou desenhos de mesmo teor. "Isso me surpreende", disse à AFP a brasileira Juliana Lopes, sócia da "La Putaria", que conta que há franquias em Lisboa e Belo Horizonte. "O que me incomoda na decisão do Ministério não é a proibição de menores, eu concordo. Eu não tenho problema nenhum quanto a isso. O que me entristeceu foi a medida da retirada do nome", acrescentou. Na quinta-feira, o letreiro estava coberto por tecidos, constatou a AFP. Dentro da loja, os clientes se divertiam e postavam fotos nas redes sociais, enquanto escolhiam o formato e sabor de seus lanches: um pênis ou uma vulva. "Eu não concordo (...) é um comércio normal e é uma brincadeira que a gente participa e é superlegal", afirmou Neusa, uma idosa.O Ministério da Justiça determinou as restrições após um pedido da Associação de Moradores e Amigos de Ipanema (AMAI-Ipanema) e da Câmara do Comércio da cidade do Rio para "regulamentar" a atividade.A medida também se dirige a outros estabelecimentos com a mesma temática como a Ki Putaria, em Salvador, a Assanhadxs Erotic Food, em São Paulo e La Pirokita, em Maringá (Paraná). Veja Mais

Como impulsionar e promover vídeos no YouTube

canaltech Saber como impulsionar e promover vídeos no YouTube é etapa importante na vida de qualquer criador de conteúdo da plataforma. Ao fazer isso aumenta o número de pessoas que entram em contato com seu conteúdo máximo possível, no que estiver ao seu alcance. Como criar um canal no YouTube: guia Prático 5 melhores editores de vídeo profissionais Por mais importante que seja, pode ser meio nebuloso saber como impulsionar vídeos no YouTube, mas existem algumas estratégias acessíveis e podem ajudar o processo, confira a matéria abaixo. Divulgue em redes sociais, fóruns, sites e crie newsletter O primeiro passo para um marketing digital de seus vídeos de sucesso é a divulgação, através do boca a boca com pessoas próximas, mas principalmente em outros, como redes sociais, fóruns e, se tiver, sites. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Busque estudar seu público-alvo e entender onde costumam se reunir, virtualmente, para divulgar seu conteúdo e levá-los ao seu vídeo. Também é importante mantê-los a par de lançamentos, portanto, a criação de uma newsletter pode ser um caminho interessante. Compartilhar o conteúdo nas redes sociais é uma boa estratégia para impulsionar e promover vídeos (Imagem: Rodrigo Folter/Canaltech) Produza vídeos com frequência Consistência é a palava que define qualquer estratégia, portanto, mantenha um fluxo de postagens em seu canal, além de consistentemente divulgar seus vídeos redes sociais. Isso ajuda as pessoas a retornarem ao seu canal, já que encontrarão sempre novidades, e aumenta a chance delas compartilharem com conhecidos. Interaja com a comunidade É muito comum, ao final de um vídeo, pedir para os usuários a comentar, curtir, compartilhar e aquele discurso que já devem ter escutado. Essa é uma estratégia que ajuda muito a promover os seus vídeos e fazer com que o YouTube o recomende para mais pessoas. Outro ponto importante, e que ajuda a impulsionar os vídeos, é manter contato com sua comunidade. Responder comentários no YouTube ou em redes sociais mostra dedicação por parte do criador de conteúdo e aumenta as chances de retorno, já que encurta a distância entre você e seu público. Interações de comunidade é uma das formas mais importantes de impulsionar seu vídeo no YouTube (Rodrigo Folter/Canaltech) É um trabalho constante, e muitas vezes cansativo, mas que no fim do dia se mostra bastante importante na hora de manter seus vídeos em alta. Ative a incorporação de vídeo Na hora de promover vídeos, todo clique conta. Ao ativar a incorporação, você permite que outros sites possam replicar seu conteúdo e isso gera impulso natural dos seus vídeos. Realizar essa ação é simples e muito importante, confira: Na primeira etapa de publicação, na seção "Detalhes", desça a barra de rolamento e clique em "Mostrar mais"; Desça até encontrar a seção "Licença"; Certifique-se que o quadro de seleção "Permitir incorporação do vídeo" está assinalado. Permitir incorporação do vídeo é importante para impulsionar e promover seu conteúdo (Captura de tela: Rodrigo Folter) Utilize palavras-chave Durante o processo de postagem de seu vídeo, é possível escolher palavras-chave para levar seu vídeo ao maior número de pessoas possível, no entanto, é preciso cuidado. Estude seu público e defina temas para não encher de palavras-chave desnecessariamente. Além disso, fuja do óbvio na hora de escolher as palavras. Tente ser o mais natural possível e o mais próximo do seu conteúdo, evite usar o que está na moda para ter mais visualizações. Use o Google Ads Uma maneira de fazer com que seu vídeo apareça mais pelo YouTube é utilizar o Google Ads e fazer com que seu vídeo seja promovido pelo YouTube. Para isso, é importante entender como funciona a plataforma e também é importante pensar em: Segmentar o público-alvo; Interesses; Definir onde seu anúncio será exibido; Definir os tópicos dos seus textos; Palavras-chave bem definidas; Escolher os dispositivos onde seu conteúdo irá aparecer. É importante também entender como funciona o pagamento da plataforma e o que tem que fazer antes de começar a usar o Google Ads. Faça parcerias Outra estratégia que pode ajudar a impulsionar seus vídeos é fazer parceria com outros criadores de conteúdo. Busque conhecer outras pessoas que produzem na plataforma, interaja com elas e forme parcerias, aumentando juntos as chances de fazer seus vídeos atingirem mais pessoas. Fazer parcerias com outros criadores de conteúdo ajuda a impulsionar vídeos no YouTube (Imagem: Rodrigo Folter/Canaltech) Vale ressaltar que: quanto mais parecido seus conteúdos forem, se falarem do mesmo assunto, por exemplo, a chance de ser uma parceria de sucesso e o ganho pela promoção dos vídeos for mútuo, valerá muito mais a pena. Assim, estudar outros criadores de conteúdo é importante. Ative legendas e closed captions Por último, mas não menos importante, para aumentar a acessibilidade em seus vídeos, é necessário ativar legendas e closed captions. Isso facilita que o público internacional possa curtir seu conteúdo, assim como pessoas com perda auditiva. Para isso, basta: Acessar o YouTube Studio; No menu do lado esquerdo da tela, clique em "Legendas"; Acesse o vídeo que quer editar e em seguida, clique em "Adicionar idioma"; Escolha o idioma desejado e abaixo, de "Título e descrição" e "Legenda", clique em "Adicionar". Ativar legendas no YouTube Studio aumenta o público que pode assistir seus vídeos (Captura de tela: Rodrigo Folter) Essas são as principais estratégias de impulsionar e promover seus vídeos no YouTube, aumentando seu público e difundido seu conteúdo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Juçara Marçal lança EP com quatro faixas inéditas que sobraram do álbum 'Delta Estácio blues'

G1 Pop & Arte ♪ Anunciado por Juçara Marçal desde a edição do álbum Delta Estácio blues (2021) em 30 de setembro, o EP com quatro faixas inéditas – não inseridas no disco – tem lançamento programado para 16 de junho. Um choro, Odumbiodé, Criei um pé de ipê e Não reparem são as quatro músicas do EP, cuja capa expõe Juçara Marçal em foto de Aline Belfort, da mesma sessão que gerou a imagem estampada na capa do álbum Delta Estácio blues. Um choro é composição de autoria de Jadsa, cuja guitarra é ouvida na faixa. O repertório do EP inclui música inédita de Alzira E e parcerias também inéditas de Juçara com Clima e com Kiko Dinucci. Guilherme Held toca guitarra na faixa Não reparem. Paula Santos toca flauta em Odumbiodé. Capa do 'EPDEB', disco de Juçara Marçal Aline Belfort Veja Mais

Nível de CO2 no ar é 50% maior do que da era pré-industrial, diz agência dos EUA

em - Internacional A concentração de CO2 na atmosfera atingiu em maio um nível 50% superior ao da era pré-industrial, e que não era visto na Terra há cerca de 4 milhões de anos, alertou uma agência norte-americana nesta sexta-feira (3).O aquecimento global causado pelo homem; mais especificamente pela produção de eletricidade com energias fósseis, transportes, produção de cimento ou desmatamento; é responsável por esse fenômeno, destacou o Escritório Nacional de Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA).O mês de maio é geralmente aquele com as maiores taxas de dióxido de carbono a cada ano.Em maio de 2022, foi ultrapassado o limite de 420 partes por milhão (ppm), unidade de medida utilizada para quantificar a poluição do ar. Em maio de 2021 essa taxa era de 419 ppm e 417 ppm em 2020.Essas medições são estabelecidas pelo observatório Mauna Loa, no Havaí, idealmente localizado na altura de um vulcão, o que lhe permite não ser influenciado pela poluição local.Antes da revolução industrial, o nível de CO2 constantemente pairava em torno de 280 ppm durante os cerca de 6.000 anos de civilização humana que a precederam, de acordo com o NOAA.O nível alcançado hoje "é comparável" ao que era "entre 4,1 e 4,5 milhões de anos atrás, quando os níveis de CO2 estavam próximos ou (eram) acima de 400 ppm", completou a agência em comunicado.O nível do mar na época era de 5 a 25 metros mais alto, o suficiente para que muitas das grandes cidades de hoje ficassem submersas. E vastas florestas ocupavam regiões do Ártico, segundo estudos.O CO2 é um gás de efeito estufa que retém o calor, fazendo com que o planeta aqueça lentamente. Persiste na atmosfera e no oceano por milhares de anos.Este aquecimento já está tendo consequências dramáticas, lembrou o NOAA, incluindo a multiplicação de ondas de calor, secas, incêndios ou inundações."O dióxido de carbono está em níveis que nossa espécie nunca conheceu no passado, e não é algo novo", disse Pieter Tans, cientista do NOAA, segundo o comunicado. "Sabemos disso há meio século e não fizemos nada significativo (sobre isso). O que é preciso para acordarmos?" Veja Mais

Rede de perfis falsos promete streaming de graça para aplicar golpes

canaltech Uma grande campanha fraudulenta usa o nome dos principais serviços de streaming para aplicar golpes e roubar dados dos usuários. A promessa de assinaturas grátis em plataformas como Netflix, Amazon Prime e Disney+ é a isca para que as vítimas caiam nas garras de uma rede com quase 500 perfis em diferentes redes sociais, que divulgam links de falsos cadastros com pedido de dados pessoais. Como detectar mensagens falsas de serviços de streaming Cibercriminosos aproveitam adesão em massa ao streaming para aplicar golpes A campanha maliciosa foi descoberta pelo dfndr lab, laboratório de cibersegurança da PSafe, e já arrebanha mais de 654 mil seguidores e 2,5 milhões de curtidas no Facebook, Twitter, Instagram e TikTok. O modo de operação, entretanto, é sempre o mesmo, com a promessa de códigos de acesso gratuito às plataformas de streaming após um cadastro com nome, CPF, endereço, telefone e dados de cartão de crédito. O caso da Netflix é um dos mais flagrantes, com os golpistas chegando a oferecer até mesmo os pacotes Premium, mais caros e com resolução 4K para os filmes e séries, gratuitamente e com todos os seus recursos. No Brasil, as assinaturas do serviço custam de R$ 25,90 a R$ 55,90 ao mês, enquanto no caso da campanha, os valores exibidos na tela aparecem em euros. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Rede de perfis falsos em nome de serviços de streaming arrebanham seguidores nas redes sociais, enquanto prometem acesso gratuito até mesmo aos maiores pacotes das plataformas (Imagem: Reprodução/Psafe) Desnecessário dizer que a oferta, claro, nunca é cumprida, enquanto diferentes tipos de fraude podem ser aplicados com os dados obtidos pelos bandidos. “Os criminosos podem se passar pela vítima em um aplicativo de mensagens pedindo dinheiro ou acessar redes sociais, dando golpes nos contatos”, explica Emilio Simoni, executivo-chefe de segurança da PSafe. De acordo com ele, a empresa de cibersegurança usa sistemas de inteligência de ameaças e detecção para localizar e bloquear um perfil falso por hora nas redes sociais, na média dos dados obtidos entre janeiro e abril de 2022. É uma amostra que os ataques de phishing, velhos conhecidos de quem acessa redes sociais, seguem mais fortes do que nunca e, segundo Simoni, se tornam cada vez mais atrativos na medida em que investem em ofertas mirabolantes e golpes direcionados. Como evitar cair em golpes envolvendo streaming? Desconfiar de ofertas mirabolantes é o melhor caminho para não ser vítima de fraudes desse tipo. A Netflix, por exemplo, não oferece meses de degustação para novos usuários, enquanto ofertas de distribuição de códigos para acesso gratuito seriam amplamente divulgadas em perfis oficiais; desconfie caso não encontre nada sobre a suposta promoção em sites e perfis confiáveis. Prestar atenção na conta seguida, aliás, é outro bom caminho. Procure selos de verificação nas diferentes redes sociais e preste atenção no caráter das postagens, número de seguidores e na comunicação feita pela plataforma, evitando seguir ou engajar com perfis que não sejam legítimos. Por fim, vale a pena manter o sistema operacional atualizado no computador e no celular, além de usar sistemas de segurança. Links maliciosos comuns e campanhas conhecidas costumam ser detectadas por tais plataformas, com o dispositivo exibindo alertas em caso de problemas e ajudando a manter os usuários protegidos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

WhatsApp vai exigir mais um código de SMS para reforçar proteção de contas

canaltech O WhatsApp planeja adicionar um sistema aprimorado de segurança para dificultar o acesso indevido de terceiros à sua conta. Trata-se de uma evolução da já existente "autenticação de dois fatores", que exige a inserção de um código SMS enviado para o celular para permitir o login no mensageiro. WhatsApp agora envia arquivos de mais 2 GB e amplia testes com enquetes WhatsApp permitirá recuperar mensagens excluídas, mas há um porém Neste caso visualizado, um segundo código de autenticação seria enviado para o número de telefone. Você precisaria inserir o primeiro, esperar um pouco e colocar o segundo para ter o pleno acesso à conta do WhatsApp. A outra mensagem será enviada ao proprietário do celular para alertá-lo sobre a tentativa de login. Se você tentar entrar em uma conta do WhatsApp, precisará adicionar dois códigos em vez de um (Imagem: Reprodução/WABetaInfo) Um print de tela, capturada pelo site especializado WABetaInfo, mostra uma mensagem de erro ao tentar fazer login de uma conta já associada a um aparelho. Qualquer tentativa de entrar na sua conta em outro dispositivo exigiria essa verificação adicional de confirmação, logo, se você identificar uma tentativa, basta não enviar o segundo código para ninguém para o login ser cancelado. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Hoje, muita gente é vítima de golpes porque recebe o código de seis dígitos no celular e repassa para terceiros, enganados por uma conta falsa, roubada ou apenas por ingenuidade. Com esse código, um criminoso pode acessar sua conta, ver seus contatos e chats recentes para então fazer um belo estrago na sua imagem — e no bolso de quem enviar dinheiro. Autenticação dupla A mudança pode chegar para testadores beta do WhatsApp no Android e no iOS em breve, contudo ainda não há uma data para isso ocorrer. A medida adiciona uma bem-vinda camada de segurança para evitar o roubo de contas, crime tão comum no Brasil. Recentemente, o app trouxe várias opções para personalizar as configurações de privacidade e restringir a visualização de certas informações, como sua foto de perfil ou quando esteve online pela última vez. Outra mudança foi a chegada da extensão oficial Code Verifiy para verificar a integridade da sua versão do WhatsApp Web, e assim impedir o uso das credenciais em um site falso. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

PUBG Mobile recebe conteúdo de The Boys

canaltech O jogo PUBG Mobile ganhou um crossover com The Boys, série da Amazon Prime Video. O conteúdo ficará disponível a partir desta sexta-feira (3) até 3 de julho. A ação faz parte de uma campanha para celebrar a terceira temporada da série, que estreou também nesta sexta-feira. Jogos de Stranger Things disponíveis na Netflix The Boys │ Trailer da terceira temporada tem Capitão Pátria completamente louco Os jogadores poderão coletar itens exclusivos, como visuais dos personagens Homelander (Capitão Pátria), Starlight e Soldier Boy, além de skins de armas, mochilas, um paraquedas exclusivo e mais. Já a partir de domingo (5), ficará disponível o evento “Super Spree”, em que os jogadores se juntarão ao anti-herói Billy Butcher para investigar irregularidades dos super-heróis. Assista ao trailer promocional abaixo:   Na história do crossover, uma série de assassinatos toma conta da cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Os corpos mutilados de corretores de Wall Street e seus clientes começam a aparecer pela região. A polícia não tem pistas, e as autoridades da cidade exigem respostas. Você precisará coletar evidências para desbloquear as histórias e, finalmente, revelar qual super-herói está por trás dos crimes. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- O diretor sênior de marketing do jogo, Anthony Crouts, afirmou em comunicado oficial que “nós sempre nos esforçamos para entregar novos conteúdos aos nossos jogadores, e essa colaboração nos dá a incrível oportunidade de integrar elementos em tempo real da nova temporada de The Boys diretamente no PUBG Mobile". Terceira temporada de The Boys já está disponível no streaming (Foto: Divulgação/Amazon Prime Video) PUBG Mobile está disponível de graça para iOS e Android. Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Juliette lança 'Solar', música que homenageia a irmã que morreu

O Tempo - Diversão - Magazine O vídeo do single foi gravado na casa de Rafa Kalimann, no Rio de Janeiro Veja Mais

WhatsApp está trabalhando em verificação dupla para fazer login

WhatsApp está trabalhando em verificação dupla para fazer login

Tecmundo O WhatsApp está trabalhando em uma verificação dupla para as contas do app. Um código secundário adicionaria uma camada extra de segurança antes de qualquer usuário fazer login.Fora a captura de tela abaixo, ainda não há muitas informações sobre essa verificação de duas etapas, como quando ela chegará ao público geral. Ao que tudo indica, quando uma pessoa tentar logar sua conta WhatsApp em outro smartphone, será necessário ter um código de verificação adicional para a confirmação do processo. Ou seja, se a primeira tentativa de login em uma conta do WhatsApp for bem-sucedida, será enviado um aviso para o proprietário e um segundo código de 6 dígitos.Leia mais... Veja Mais

Startup usa mapeamento geográfico para ajudar estratégias de agências bancárias

canaltech O setor bancário no Brasil já vinha encarando mudanças, principalmente em relação ao atendimento presencial comparado ao digital, antes de 2020, mas a pandemia acelerou ainda mais esse processo — com um levantamento realizado pelo Banco Central indicando que nos últimos dois anos, o país perdeu cerca de 2,3 mil agências físicas. A situação, porém, não ocorre somente pelo crescimento das opções virtuais, mas também outros fatores apurados pela Datlo, startup de geomarketing focada em expansão de operações. 5 tendências que melhoram as operações de pequenas e médias empresas Governo de São Paulo empresta R$ 100 milhões sem juros a empresas negativadas Segundo a startup, o fechamento dessas agências ocorre tanto pelo advento digital quanto também a má estruturação de estratégias de localização, que são instaladas em localizações que muitas vezes as tornam irrelevantes, com motivos como a existência de outras unidades bancárias naquela região, que já contam com clientes fidelizados. Para sobreviver nesse contexto, Gustavo Nanni, gerente de serviço ao cliente da Datlo, acredita que as instituições bancárias devem adotar métricas analíticas que indiquem qual o caminho que elas podem tomar para poderem ter um crescimento saudável e próspera — e por isso a importância de apuração geográfica, como a oferecida pela empresa. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Como a ferramenta da Datlo busca ajudar o setor bancário A visualização Outcity da Datlo exibe regiões geográficas dividas em setores como Educação, Alimentação e Agronegócio. (Imagem: Divulgação/Datlo) A Datlo atua apresentando os dados através de duas versões de visualização. A primeira é a Outcity que, dentre suas funcionalidades, permite a visualização de dados públicos sobrepostos a mapas, como: Agronegócio, Automóveis, Educação, Alimentação, Estética, Farmacêutica, Serviços Pet, Serviços Bancários entre outros, como visto acima. A visualização Incity da Datlo permite visualizar o contexto geográfico da região com base em informações operacionais de negócios. (Imagem: Divulgação/Datlo) A segunda é a visualização Incity, que permite o destacamento de cidades, subdividas por bairros de acordo com dados georreferenciados por meio de dos CEP, o painel conta com dados sociodemográficos públicos da população que reside nesse recorte. Nessa visualização, a empresa permite que seus clientes visualizem informações como: Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) referentes a bairros e zonas, rodovias, subcentros, zonas de concentração de fluxo; franquias nos segmentos de alimentação, automotiva, beleza, conveniências, educação, saúde, vestuário, hotéis, shoppings, entre outros e serviços bancários. A visualização sobreposta da Datlo permite que agências bancárias analisem o contexto geográfico de suas operações. (Imagem: Divulgação/Datlo) Através do cruzamento de dados das duas visualizações, como é possível visualizar na imagem, a Datlo permite aos seus clientes que possam ter inteligencia geográfica sobre a posição e competitividade das regiões analisadas, pintando uma imagem mais completa para as estratégias que bancos podem adotar para evitar se tornar mais uma estática de fechamento de agência. “A Datlo tem ajudado organizações bancárias a fazer com que a abertura ou o reposicionamento e até mesmo o próprio fechamento de agências seja feito com uma maior assertividade e de forma estratégica, ajudando as organizações a otimizar o contato com o público desejado. Tudo isso é feito através de uma inteligência e metodologia desenvolvida pela empresa para cruzamento de diversos tipos de dados, sejam eles censitários, demográficos, potencial de consumo, mapas de calor entre outros parâmetros”, afirma Elder Rotta, Gerente de Vendas da startup. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Semana no mercado cripto: fique por dentro do que aconteceu no setor

canaltech A semana foi agitada no mercado cripto. Nesta matéria apresentamos um resumo com as principais notícias que mais influenciaram no preço das criptomoedas. Quais as diferenças entre criptomoedas e tokens? Para diretor da Microsoft, Ethereum pode se tornar "a próxima App Store" Banqueiro alerta sobre supertempestade O mercado reagiu mal à fala do CEO do banco JPMorgan Chase, Jamie Dimon. O executivo mencionou que crise econômica mundial está vindo. A reação do setor foi de queda imediata, com a queda das cotações da criptomoedas. O preço do Bitcoin, principal moeda digital, caiu 8% após as declarações do banqueiro. Clique aqui para ler essa notícia completa. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Rússia deve aceitar Bitcoin em pagamentos internacionais Uma notícia publicada pela Nasdaq relata que um funcionário do alto escalão do banco central russo revelou que a instituição é favorável à utilização do Bitcoin e outras criptomoedas para pagamentos internacionais. O ministro russo das finanças, Denis Manturov, já havia em outra situação comentado sobre o tema. Ele disse que "a questão é, quando isso vai acontecer; e como será regulamentado, agora que o banco central e o governo estão trabalhando ativamente nisso”. Clique aqui para ler essa notícia completa. Em abril deste ano o banco central europeu alertou que criptomoedas estão sendo usadas para evitar sanções impostas a alguns indivíduos russos (Imagem: Reprodução/Envato-stockfilmstudio) Startup promete dar criptomoedas pra quem fizer sexo usando app Para ganhar criptomoedas, o usuário do app SEXN precisa realizar atos sexuais com diferentes tipos de "confirmação", como ativar um temporizador e usar uma pulseira inteligente com sensores, além de comprar tokens não-fungíveis (NFTs) de ilustrações ligadas a relações íntimas, como brinquedos sexuais e reservativos. Clique aqui para ler a notícia completa. Bitcoin é usado por argentinos para fugir da inflação Um estudo realizado em 2021 pela Triple A, Aliança Anticomunista Argentina, aponta que cerca de 3% da população (1,3 milhão de pessoas) já utiliza moedas digitais. Segundo dados do governo argentino, o peso do país caiu 58%, desvalorização que fez a população se interessar cada vez mais pelas criptomoedas. Clique aqui para ler amatéria completa. Banco Central exigirá que corretoras de criptomoedas tenham sede no Brasil O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, comunicou na terça-feira (31) que as corretoras de criptomoedas deverão ter sede local para operar no país. O Projeto de Lei 3.825/2019 trata sobre a regulamentação das criptomoedas e destaca o BC como um agente importante na fiscalização do setor, e impõe diretrizes para a atividade relacionada ao mercado de moedas digitais no Brasil. Para ler o a matéria completa clique aqui. Preço das criptomoedas ainda não se recuperou da forte desvalorização causada pela “morte” da moeda digital Luna. (Imagem: Reprodução/Envato/furmanphoto) Analista do Deutsche Bank acredita que Bitcoin retomará tendência de alta Marion Laboure, analista sênior do Deutsche Bank, declarou em entrevista à emissora norte-americana CNBC que preço do Bitcoin retomará a tendência de alta. Durante a entrevista, ela falou também sobre o atual momento das criptomoedas, que, em sua visão, precisam de mais regulamentação; e comentou suas previsões sobre o futuro do Bitcoin. Para ler a matéria completa clique aqui. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Golpes de "cripto romance” causam prejuízos milionários

canaltech Pessoas em busca de um amor duradouro ou apenas de um encontro rápido, têm sido alvos de golpistas e perderam milhões em criptomoedas. Os cibercriminosos primeiro conquistam a confiança, e em seguida vão se relacionando, até que um dia a vítima sem perceber está enviando dinheiro para alguém que pensa conhecer. Banqueiro alerta sobre supertempestade no mercado cripto e Bitcoin despenca "Robô do PIX" que prometia renda fixa com criptos na verdade é golpe de pirâmide Aplicativos de namoro “online” são utilizados por milhões de pessoas no mundo todo. Há muitas histórias reais de gente que encontrou o amor de suas vidas em apps e sites de relacionamentos. Mas, existem também muitos outros relatos de indivíduos sendo enganados por golpistas, que têm agido com mais frequência, sempre usando perfis falsos. Os golpes de "cripto romance" estão se tornando uma grande preocupação para as autoridades. O FBI divulgou que mais de 4.300 pessoas foram vítimas só no mês de abril. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- FBI relatou que casos de crimes associados a sites de relacionamentos, envolvendo criptomoedas ou não, no ano passado ultrapassaram os R$ 2 bilhões em prejuízos. (Imagem: Reprodução/Envato/LightFieldStudios) Casos de "cripto romance” Relatório da agência San Francisco Examiner divulgou nesta quinta-feira (2) que até mesmo pessoas experientes em tecnologia são vítimas desses crimes. Recentemente, dois moradores norte-americano perderam cerca R$ 12 milhões no golpe. As vítimas foram manipuladas para investir em um site falso de uma corretora famosa do mercado cripto. Elas pensaram estar enviando as criptomoedas para o site oficial, mas, na verdade, estavam enviando moedas digitais para os golpistas. Segundo o grupo Global Scam Organization (GASO - Organização Global Antifraude, na tradução livre), formado por pessoas que foram passadas para trás, todas as semanas recebe cerca de dois ou três novos membros da comunidade. Por isso, desconfie de qualquer proposta. Não acredite em desconhecidos nas redes sociais. A internet tem muitos casos de final feliz, mas às vezes o que achamos ser um conto de fadas, na verdade, pode ser uma história de terror. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

3 fatores de segurança de compras online desconhecidos pelos consumidores

canaltech Com as compras online tendo se tornado parte importante do cenário de consumo atual, muitos dos consumidores temem por sua segurança nesses ambientes — com uma pesquisa recente da empresa de soluções antifraudes Signifyd identificando que 60% dos compradores brasileiros temem golpes em e-commerce e 49% ficam receosos com roubos de dados. Porém, essas porcentagens podem mudar caso a população tenha mais ciência dos processos de segurança adotados pelas lojas em ambientes virtuais. 5 tendências que melhoram as operações de pequenas e médias empresas Os 7 melhores aplicativos de segurança pessoal A Signifyd compartilhou com o Canaltech três medidas de segurança chave adotadas nas operações de e-commerce para garantir a proteção dos consumidores, seja financeira ou de dados, quando eles realizam compras nas plataformas, além de formas que esses processos podem ser otimizados para melhorar a relação entre cliente e estabelecimento. Detalhamos todas elas a seguir, confira: O processo de validação da compra Usuários podem ficar ansiosos com demora de validação de compra, com a Signifyd recomendando a utilização de soluções de IA para mitigar essa questão. (Imagem: Reprodução/John Schnobrich/Unsplash) Segundo a Signifyd, alguns estabelecimentos utilizam análises manuais para validar as transações e, nestes processos, o consumidor é submetido a uma espera que pode chegar a durar 72 horas, o que pode causar desconforto no cliente quer algo mais rápido. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Para mitigar essa questão, a empresa recomenda a avaliação de dados realizada por inteligência artificial em conjunto com soluções de machine learning—- que resultam em um retorno sobre o status da compra, seja para “aprovado” ou "recusado", em tempo real — dando rapidamente uma resposta para o comprador sobre sua aquisição na loja digital. Validação de identidade do consumidor “O processo de validação de identidade do consumidor é muito importante para preservar tanto o consumidor quanto o e-commerce, principalmente evitando perdas financeiras — porém, deve ser rápido, diferente de validações manuais que aumentam o prazo de aprovação. O cruzamento de dados combinado à inteligência artificial e o machine learning permitem identificar de forma muito assertiva e imediata os comportamentos fraudulentos. Por isso é importante que os varejistas incluam essas ferramentas na sua jornada de pagamentos, melhorando a experiência de seus clientes”, explica Gabriel Vecchia, Diretor Comercial Signifyd Brasil. No contexto detalhado por Vecchia, quando questionados sobre as primeiras compras em um site, 72% dos consumidores consultados pela Signifyd consideram importante e seguro que o e-commerce solicite uma validação de autenticidade da identidade — enquanto 21%, sem conhecimento da relevância deste processo, reclamam da situação, embora concordem que ela é importante. Apenas 2% desistem da compra, alegando considerar o processo muito burocrático. Recusa de método de pagamento A recusa de pagamento em compras de e-commerce, sem explicações para clientes, acabam afastando eles da loja. (Imagem: Reprodução/Rawpixel/Envato) De acordo com a pesquisa da Signifyd, 52% dos consumidores já passou pela situação de ter suas compras online negadas mesmo que todas as informações do titular estivessem corretas; 14% afirma que nunca souberam o motivo do status negativo; 12% diz que alguma transação foi identificada como suspeita de fraude; e 4% usou o cartão virtual e tiveram a o negócio negado. Nessas situações, a recomendação é que as empresas saibam como comunicar o progresso da compra para seus clientes, explicitando também a razão da recusa do método de pagamento utilizado pelo consumidor — o que muitas vezes pode estar atrelado a situações como falta de limite no cartão ou dados cadastrados conflitantes com os do pagador da transação. O impacto de adoção de medidas de segurança no e-commerce é positivo As empresas que não apresentam mecanismos e cuidados com seus consumidores acabam perdendo grandes oportunidades de crescimento e relacionamento, como a pesquisa da Signifyd mostra: 64% dos consumidores desistem de uma loja caso terceiros usem seu perfil pessoal para um golpe e a loja não tenha uma iniciativa para evitar; 61% não voltaria a consumir caso seu cartão de crédito fosse usado por terceiros e a loja não tenha mecanismos para evitar; 36% deixa de comprar caso tenha uma transação recusada sem justificativas; e 24% deixa de ser cliente mediante a recusa de compra após aparente aprovação. Com isso, é importante que os e-commerces saibam como comunicar-se com seus clientes sobre as medidas de segurança utilizadas em suas operações, para evitar ao máximo gerar desconforto e possíveis mal-estar nos consumidores — situação que pode levar a ocorrências em que compradores não sintam vontade de voltar a comprar na loja em questão. “A experiência do consumidor na internet é muito importante. Caso os e-commerces demorem para aprovar uma compra, cancelem uma transação sem motivos aparentes ou gerem transtorno para o comprador, podem ter que encarar a desistência da compra por cerca de 50% das pessoas — o famoso ‘abandono de carrinho’. Paralelamente, o comércio não consegue gerar recorrência das compras, há impacto financeiro, além de pôr em cheque a reputação da marca”, explica Vecchia. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Mulher é presa em aeroporto do Panamá usando uma 'narcoperuca'

em - Internacional Uma mulher colombiana foi detida nesta sexta-feira (3) no aeroporto internacional de Tocumen, no Panamá, com embalagens contendo o que parece ser cocaína debaixo de uma peruca, informou a promotora panamenha especializada no combate às drogas, Xiomara Rodríguez.A detida, procedente de um voo da Colômbia com destino a Madri, Espanha, foi abordada por um policial no terminal aéreo, que suspeitou do seu penteado.Após submetê-la a um escâner, os agentes observaram que em meio às tranças entre seu cabelo natural e uma peruca que usava estavam escondidos comprimidos de droga presos em sua cabeça.Segundo Rodríguez, a mulher, sobre quem não foram dados maiores detalhes, levava debaixo da peruca "68 envoltórios pretos cilíndricos com pó branco (dentro)".Esta modalidade de tráfico de drogas é "inédita" no Panamá, acrescentou Rodríguez, em um vídeo publicado na conta do Twitter do Ministério Público do Panamá.Segundo a promotora, a mulher será levada perante um tribunal por suposto tráfico internacional de drogas.A polícia panamenha publicou em sua conta do Twitter uma foto onde dois agentes aparecem segurando uma pessoa, todos de costas, atrás de uma mesa com as embalagens da suposta droga.Entre as modalidades curiosas de tráfico de drogas, em 2021 a polícia panamenha apreendeu, no perímetro de uma prisão, o "narcogato", um felino que levava cocaína, crack e maconha amarradas no pescoço, supostamente para introduzir as drogas no presídio.O Panamá é a entrada na América Central das drogas procedentes da América do Sul, principalmente da Colômbia, o maior produtor mundial de cocaína, para os Estados Unidos, maior consumidor global desta droga.No entanto, autoridades centro-americanas têm advertido para um aumento significativo do tráfico de drogas para a Europa através, principalmente, dos portos caribenhos da região. Veja Mais

5 tendências do mercado de criptomoedas em 2022

canaltech Um relatório chamado “Estado de Cripto”, elaborado pela Andreessen Horowitz, uma empresa de capital de risco, mostra uma visão apurada das criptomoedas sob a ótica de uma das principais instituições envolvida com moedas digitais. O documento aponta o rumo do setor cripto para o ano de 2022. O que é a Web 3.0 e como ela vai revolucionar a internet? Ações de fundo ETF Bitcoin são rejeitadas novamente por órgão regulador dos EUA O relatório aponta cinco principais conclusões sobre o atual cenário das criptomoedas. Para começar sugere que o mercado está no meio de seu quarto ciclo de "inovação de preços". Essa teoria enfatiza que o desenvolvimento e a inovação evolui após a tendência de alta. Para a empresa os avanços do setor serão vistos quando os “dias sombrios” passarem. Essa projeção pontua que o "inverno cripto" seria catalisador de progresso do setor. Em segundo lugar, o relatório explica que a web3.0 será muito melhor para os criadores de conteúdo. No documento é explicado que a internet como conhecemos hoje é controlada por oligopólios. São essas empresas que mais lucram, mas a evolução da rede oferece inovações para faturar. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- As NFTs foram a inovação trazida pea web3.0 que mais movimentaram o setor de criptomoedas nos últimos meses. Vendas de NFT em 2021 chegaram a quase R$ 120 bilhões (Imagem: Reprodução/Envato-peus80) O relatório aponta que em 2021, as vendas em NFTs (tokens não-fungíveis) e plataformas descentralizadas como o mercado de NFTs Open Sea (mercado de NFTs), renderam um total de R$ 18.68 bilhõe, enquanto plataformas como a Meta (antigo Facebook) pagou cerca de R$ 4,5 bilhões aos criadores de conteúdo. O terceiro destaque do relatório da Andreessen Horowitz, foi sobre o impacto que as criptos têm no mundo real. A empresa relata que segundo o Banco Mundial mais de 1,7 bilhão de pessoas não possuem contas bancárias. O destaque da organização vai para o sistema DeFi (finanças descentralizadas) que pode atender essa parte da população mundial. Para quem não é atendido pelo sistema financeiro tradicional e possui celular com acesso à internet, os produtos criptos são uma solução. O quarto destaque vai para o Ethereum. O relatório aponta o sistema como o padrão da indústria para projetos descentralizados. Segundo o documento, a moeda digital é a que mais cresce, sendo a escolha principal dos desenvolvedores. Contudo, deixou um alerta. A capacidade de a paltaforma lidar com o crescimento deve ser a prioridade do projeto. Para finalizar, a empresa de capital de risco destaca que o mercado de criptomoedas está apenas no início. O relatório frisa que em 2005 a internet atingia a marca de 1 bilhão de usuários. Hoje, segundo o documento, a web3.0 possui algo entre sete e 50 milhões de navegadores. Essa comparação coloca o atual momento do setor como o começo da rede mundial de computadores e alimenta a esperança de que a escalada do segmento de moedas digitais possa crescer em uma proporção semelhante. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Vereadores de BH pressionam pela demissão da secretária de Educação

O Tempo - Política Uma moção de repúdio foi assinada por parlamentares depois que Ângela Dalben não compareceu a uma audiência pública na Câmara Veja Mais

Anitta brinca que estátua de cera tem todas as tatuagens, menos aquela 'que está causando'

G1 Pop & Arte Anitta viu pela primeira vez a sua estátua de cera no Madame Tussauds de Nova York, e o Fantástico estava lá. Na conversa com Felipe Santana, ela falou sobre a homenagem, a carreira e também sobre uma tatuagem muito comentada nas redes sociais. Anitta brinca que estátua de cera tem todas as tatuagens, menos aquela 'que está causando' O Fantástico foi até o Madame Tussauds de Nova York para ver a nova estátua de cera de uma brasileira: a cantora Anitta. No bate-papo, ela falou sobre a homenagem, a carreira e também sobre uma tatuagem muito comentada nas redes sociais. Felipe Santana: A gente consegue ver que todas as tatuagens estão representadas aqui, mas tem uma tatuagem que não dá para ver, não é? Anitta: A tatuagem que está causando o Brasil não dá, menino. Veja a entrevista neste domingo (5). Anitta fala sobre molde de estátua de cera no Madame Tussauds: '12 horas nessa posição' “Vocês vão conferir tudo desse dia super feliz”, afirma Anitta. A poderosa também destacou que não foi nada fácil a preparação para a obra. “Doze horas nessa posição, galera. Mereço um prêmio” , brinca. Isso é Fantástico - como a funkeira chegou no topo das paradas globais; ouça agora O repórter Felipe Santana conversa com Anitta no Madame Tussauds de Nova York Globo VÍDEO mostra reação de Anitta ao ver sua estátua de cera: 'Estou muito gostosa', diz Anitta ao ver sua estátua de cera no Madame Tussauds de NY "Ai meu Deus, estou muito gostosa", reagiu a cantora. Nesta terça-feira (31), o museu publicou nas redes sociais um vídeo no qual mostra alguns detalhes da obra em homenagem à poderosa. Em agosto de 2021, Anitta se disse "honrada" e compartilhou imagens da sessão de fotos para fazer o molde da estátua. O Madame Tussauds é um museu de cera com sede em Londres e filiais em várias cidades do mundo com estátuas de cera de pessoas famosas. Relembre o caminho da cantora até conquistar o mundo com 'Envolver' Veja os famosos que fizeram o desafio do hit 'Envolver' Anitta posa ao lado de sua estátua de cera no madame Tussauds em NY Divulgação/Madame Tussauds Veja a entrevista: Anitta: 'Sempre tive vontade de mudar as coisas, de revolucionar, ser a primeira e arriscar', diz a cantora após chegar no top das paradas globais Em março, Anitta chegou ao topo das paradas mundiais com seu novo hit, "Envolver". A carioca que, em 2017, lançou seu primeiro hit voltado ao mercado internacional, conseguiu um feito perseguido há muitos anos por várias artistas com a ajuda dos fãs. Ouça os podcasts do Fantástico ISSO É FANTÁSTICO O podcast Isso É Fantástico está disponível no G1, Globoplay, Deezer, Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts e Amazon Music trazendo grandes reportagens, investigações e histórias fascinantes em podcast com o selo de jornalismo do Fantástico: profundidade, contexto e informação. Siga, curta ou assine o Isso É Fantástico no seu tocador de podcasts favorito. Todo domingo tem um episódio novo. PRAZER, RENATA O podcast 'Prazer, Renata' está disponível no G1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o 'Prazer, Renata' na sua plataforma preferida. Toda segunda-feira tem episódio novo. BICHOS NA ESCUTA O podcast 'Bichos Na Escuta' está disponível no G1, no Globoplay, no Deezer, no Spotify, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, na Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, assine e curta o 'Bichos na Escuta' na sua plataforma preferida. Toda quinta-feira tem episódio novo. Veja Mais

Embaixador da Ucrânia na Turquia acusa Rússia de exportar 'trigo roubado'

O Tempo - Mundo Pouco antes da guerra, a Ucrânia estava a caminho de se tornar o terceiro maior exportador mundial de trigo Veja Mais

Fechamento dos grãos de soja em Chicago

em - Internacional (Em Fechamento hoje / Fechamento anterior: JUL 22 16,9775 / 17,2925 AGO 22 16,3375 / 16,5875 SET 22 15,5975 / 15,8050 NOV 22 15,27 / 15,4175 JAN 23 15,31 / 15,4525 Veja Mais

Humorista Paloma Santos apresenta seu 'desabafo comedy' em BH

O Tempo - Diversão - Magazine Paloma reúne 14 anos de carreira no show '2022: Uma Odisseia nos Palcos', que acontece neste domingo (5) Veja Mais

Biden deseja 'boa sorte' a Musk na Lua diante de seu pessimismo sobre a economia

em - Internacional O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, levou seus desentendimentos com o magnata Elon Musk a um novo nível nesta sexta-feira (3), desejando "boa sorte" na Lua ao fundador da SpaceX, que expressou pessimismo em relação à economia americana.De acordo com uma reportagem da Reuters publicada nesta sexta-feira, Musk disse aos executivos da Tesla que tem um "pressentimento muito ruim" sobre a economia dos EUA.O bilionário, que deixou claro que não é fã de Biden, acrescentou que quer reduzir a força de trabalho da fabricante de veículos elétricos em 10%, informou a Reuters.Biden respondeu ao comentário de Musk divulgado na imprensa apontando para o crescimento entre os rivais de Tesla, enquanto comemorou os indicadores de emprego de maio que os economistas veem como um caminho potencial saudável para a economia pós-pandemia."Deixem-me dizer, enquanto Elon Musk está falando sobre isso, a Ford está aumentando esmagadoramente seu investimento. A antiga corporação Chrysler, Stellantis, também está fazendo investimentos semelhantes em veículos elétricos", afirmou o presidente."Então, você sabe, boa sorte em sua viagem à Lua", declarou Biden sobre Musk, cuja empresa SpaceX foi selecionada pela Nasa para construir o módulo de pouso para uma viagem à Lua.TESLA MOTORSFORD MOTORStellantis Veja Mais

Zé Neto fratura costelas e cancela shows com Cristiano até 16 de junho

G1 Pop & Arte Cantor sentiu dores fortes nesta sexta-feira, fez exame em hospital, onde constatou as fraturas em três costelas, e vai permanecer em repouso até o dia 16. Zé Neto, da dupla com Cristiano, canta com os fãs no Ribeirão Rodeo Music 2022 em Ribeirão Preto, SP Érico Andrade/g1 O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, fraturou três costelas e cancelou os shows que faria até o dia 16 de junho. Leia o comunicado divulgado pela assessoria da dupla nesta sexta-feira (3): "Após sentir fortes dores, nessa sexta-feira (03), o sertanejo Zé Neto retornou ao Hospital de Base, em São José do Rio Preto/SP, para refazer os exames, onde foi identificado fraturas dos 9º, 10º e 11º arcos costais, conforme boletim emitido pelo hospital. O cantor já iniciou o tratamento e por recomendação médica deverá permanecer em repouso absoluto nos próximos dias . Portanto, a partir de hoje, 03 de junho, até 16 de junho todos os shows da dupla Zé Neto & Cristiano foram cancelados." Zé Neto & Cristiano Divulgação Veja Mais

Nos EUA, várias ONGs se unem na esperança de impedir que Elon Musk compre o Twitter

em - Internacional Várias ONGs de defesa dos direitos fundamentais uniram forças na esperança de impedir que Elon Musk compre o Twitter, temendo que o magnata permita comportamentos tóxicos na plataforma."Se não bloquearmos esta operação, (Elon Musk) dará um megafone aos demagogos e extremistas, que (...) incitam o ódio, a violência e o assédio", disse Nicole Gille, diretora executiva da Accountable Tech, em comunicado nesta sexta-feira.Essa associação, que milita por responsabilizar grandes empresas digitais, junto com uma dezena de outras, busca pressionar autoridades, acionistas e anunciantes.Em particular, o grupo pede aos reguladores que "examinem de perto" o controverso projeto do chefe da Tesla, que já teve vários problemas com o regulador do mercado de ações dos EUA (SEC).A coalizão também espera "mobilizar acionistas", "muito vulneráveis" devido ao "comportamento errático de Elon Musk", argumentam as organizações, lembrando que as ações da Tesla "perderam cerca de um terço do seu valor" desde o início de abril.Entre várias outras reviravoltas, Musk indicou em meados de maio que suspenderia a aquisição do Twitter por 44 bilhões de dólares, enquanto obtinha garantias sobre spams, antes de se retratar algumas horas depois.No final de maio, os acionistas do Twitter entraram com uma ação contra Musk, acusando-o de ter manipulado o mercado para tirar proveito financeiro de sua operação de aquisição.Como resultado disso, a SEC revelou que pediu explicações ao empresário sobre sua aquisição do capital do Twitter no início de abril.As ONGs também esperam conquistar as marcas, sensíveis à moderação de conteúdo, garantindo um ambiente politicamente correto para seus anúncios.Musk disse que quer liberdade de expressão no Twitter, que ele vê como um espaço público crítico para as democracias. Ele associa a atual moderação de conteúdo a uma forma de censura, assim como muitos republicanos.Nesta sexta-feira, o Twitter também anunciou que o prazo para as autoridades de concorrência dos EUA lançarem uma análise aprofundada da operação expirou.TESLA MOTORSTwitter Veja Mais

Jubileu: Rainha Elizabeth II assiste em casa à cerimônia em que foi homenageada

O Tempo - Mundo Famosos e políticos compareceram a um serviço religioso de ação de graças na Catedral de São Paulo, em Londres, nesta sexta-feira Veja Mais

Como é a transmissão do vírus da varíola dos macacos entre humanos

canaltech Em1970, o primeiro caso de varíola dos macacos (monkeypox) foi descoberto na República Democrática do Congo e, desde então, médicos e cientistas acompanham casos de transmissão da doença entre humanos. De forma geral, esse vírus pode ser transmitido pelo contato com as lesões e erupções na pele das pessoas doentes. Quais são os sintomas da varíola dos macacos em humanos? Varíola dos macacos tem cura? Existe tratamento? "Pessoas com varíola são infecciosas enquanto apresentam sintomas (normalmente entre duas e quatro semanas)", explica a Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o período em que o risco de transmissão é maior e o cuidado deve ser redobrado. Contato com as lesões da varíola dos macacos pode transmitir a doença (Imagem: Dr. Noble/CDC) Em maio de 2022, uma onda de surtos atípicos da varíola dos macacos foi identificada em países da Europa e da América do Norte. Em comum, parte significativa dos casos foi associada a homens que fazem sexo com homens (HSH). No entanto, a OMS ressalta: "É importante notar que o risco de varíola não se limita aos homens que fazem sexo com homens. Qualquer pessoa que tenha contato próximo com alguém infeccioso está em risco". -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Como a varíola dos macacos é transmitida entre humanos? De forma geral, a varíola dos macacos é transmitida através do contato físico com pessoas que tenham sintomas da infecção. Para ser mais preciso, as erupções e o pus dessas lesões são altamente infecciosos. Inclusive, roupas de cama, toalhas e objetos contaminados podem transmitir o vírus monkeypox. "Úlceras, lesões ou feridas na boca também podem ser infecciosas, o que significa que o vírus pode se espalhar pela saliva. As pessoas que interagem com alguém que é infeccioso, incluindo profissionais de saúde, membros da família e parceiros sexuais, correm maior risco de infecção", detalha a OMS. Existe transmissão sexual? No momento, não se sabe se a varíola dos macacos pode ser transmitida pelo sêmen ou pelos fluídos vaginais. No entanto, durante o ato sexual, a doença pode, sim, ser passada, já que isso envolve beijos, toques e sexo oral e penetrativo. Além disso, as erupções da doença podem ser encontradas nos genitais e na boca, o que provavelmente contribui para a transmissão durante o contato sexual. "As pessoas que apresentam sintomas devem evitar o contato sexual com outras pessoas e, até sabermos mais, devem continuar usando preservativos após a recuperação", aconselha a OMS. Transmissão pela placenta Entre humanos, também já foram relatados casos de transmissão através da placenta da mãe para o feto. Nesse caso, a criança desenvolve o que chamamos de varíola congênita. Além disso, há risco de transmissão, após o nascimento, por causa do contato próximo. Outras formas do monkeypox ser transmitido Ratos, macacos e outros animais silvestres podem transmitir a varíola dos macacos para humanos (Imagem: Ranjith Jaya/Unsplash) Além da transmissão humana, o vírus da varíola dos macacos pode ser transmitido de animal para humano, afinal esta é uma zoonose. Nesses casos, a transmissão ocorre a partir do contato com animais contaminados, como roedores, macacos, esquilos e outros tipos de animais silvestres. Nesse contexto, a ingestão de carnes mal cozidas ou de outros produtos de origem animal pode ser um possível fator de risco para a doença. O que fazer se estiver com sintomas? Com os casos endêmicos na África e os recentes casos atípicos, a orientação é que pessoas busquem auxílio médico ao detectarem possíveis sinais e sintomas da doença. Após receber as orientações adequadas, "se possível, isole-se e evite contato próximo com outras pessoas", aconselha a OMS. O isolamento busca impedir a cadeia de transmissão do monkeypox. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

MODRIC SAI DO BANCO, E CROÁCIA LEVA 3 A 0 DA ÁUSTRIA EM CASA NA NATIONS LEAGUE | MELHORES MOMENTOS

MODRIC SAI DO BANCO, E CROÁCIA LEVA 3 A 0 DA ÁUSTRIA EM CASA NA NATIONS LEAGUE | MELHORES MOMENTOS

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #Croacia #Austria #NationsLeague Veja Mais

The Callisto Protocol vai usar as funções do DualSense e áudio 3D do PS5

The Callisto Protocol vai usar as funções do DualSense e áudio 3D do PS5

Tecmundo Resident Evil 4 Remake não foi o único jogo de terror de destaque na última State of Play. O evento serviu também para mostrar um novo trailer com a revelação da data de lançamento para The Callisto Protocol. E o game vai aproveitar sua parceria com a Sony para usar algumas funcionalidades interessantes do PS5.As informações vêm de um post no blog oficial do PlayStation, assinado por Glen Schofield, CEO da Striking Distance Studios, a dev por trás de The Callisto Protocol. Schofield fez parte do time que trouxe Dead Space ao mundo, e imaginou seu novo game como uma espécie de "sucessor espiritual" para o título, antes da EA enfim anunciar um remake oficial.Leia mais... Veja Mais

Chefe do Estado-Maior dos EUA viajou à Finlândia para apoiar adesão à Otan

em - Internacional O chefe do Estado-Maior americano, Mark Milley, se reuniu nesta sexta-feira (3) com o presidente finlandês, Sauli Niinistö, em Helsinque para mostrar seu apoio à adesão deste país e da Suécia à Otan, bloqueadas pela Turquia."Está claro que, do ponto de vista militar, se as candidaturas da Finlândia e Suécia forem aprovadas, reforçarão significativamente as capacidades militares da Otan", disse o general Milley aos jornalistas que o acompanharam na viagem.Durante a visita, Milley também se reuniu com o ministro da Defesa, Antti Kaikkonen, e o chefe do Estado-Maior da Finlândia, o general Timo Kivinen.A Finlândia compartilha 1.300 km de fronteira com a Rússia.No sábado, o general viajará à Suécia, que também pediu sua integração à aliança militar liderada pelos Estados Unidos.O exército finlandês conta com 13 mil membros e 900 mil reservistas. Em tempos de guerra, o exército pode somar 280 mil soldados. A Suécia tem um exército de 25 mil soldados e cerca de 30 mil reservistas."Estes dois exércitos já são compatíveis com a Otan", disse Milley. "Todos seus soldados falam muito bem o inglês. Suas táticas, técnicas e procedimentos são basicamente compatíveis com a Otan", acrescentou.As duas candidaturas enfrentam, no entanto, a oposição da Turquia, que acusa ambos os países nórdicos de abrigar "terroristas" do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e seus aliados. Veja Mais

Quem é Vecna, o novo vilão de Stranger Things? Qual sua origem?

canaltech Com o lançamento da temporada 4 de Stranger Things na Netflix, temos um novo vilão assombrando a cidade de Hawkins. Desta vez, fomos apresentados a mais um monstro do Mundo Invertido: Vecna. Stranger Things 4 | Novo personagem está conquistando os fãs da série; conheça Stranger Things | Quem interpreta Eleven criança na temporada 4? Nos novos episódios, vimos quais são as motivações de Vecna para as matanças, quais as consequências disso e também quem é ele. Faltando ainda dois episódios para encerrar a temporada, é hora de conhecer melhor o personagem e entender a sua importância para Stranger Things. Vecna é o novo vilão de Stranger Things (Imagem: Divulgação/Netflix) Atenção: esta matéria conta com spoilers da quarta temporada de Stranger Things! -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Por apenas R$ 14,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Quem é Vecna? O nome Vecna vem do jogo e RPG Dungeons & Dragons, citado na série desde a primeira temporada. No game, Vecna é uma criatura que usa um tipo proibido de mágica para se tornar imortal, e é quase isso que vemos em Stranger Things. Na série, o monstro se torna ainda mais forte a cada humano que mata. A escolha de suas vítimas, no entanto, não é aleatória. Vecna prefere possuir pessoas que passaram por algum evento traumático e estão vulneráveis emocionalmente, e as tortura com memórias dolorosas antes de acabar com suas vidas. Voltando a Dungeons & Dragons, no jogo Vecna nasceu humano séculos atrás, e sua mãe, Mazzell, foi executada por praticar feitiçaria. Então, em busca de vingança, Vecna se tornou um mestre das magias obscuras, chegando a um nível em que nenhum outro mortal havia alcançado. Em Stranger Things, os adolescentes começaram a comparar o monstro do Mundo Invertido com Vecna, tanto pelos seus poderes quanto pela aparência. Tão poderoso quanto o personagem do jogo, o Vecna de Hawkins é mais perigoso que o Demogorgon, mais complexo de se entender e mais difícil de ser combatido. Não é só no RPG que Vecna tem um passado traumático com a família. Na série, descobrimos que o monstro é Henry Creel, agora conhecido como Peter. O personagem, interpretado por Jamie Campbell, foi uma criança que demonstrava comportamentos estranhos. Com isso, sua mãe buscou ajuda profissional para tratar sua "natureza perturbada" e ele não gostou nada disso. Henry começou a usar seus poderes, primeiramente, para matar animais, até acabar matando a própria família. Victor Creel, o pai, foi o único sobrevivente para poder carregar a culpa pelos crimes. O monstro do mundo invertido era muito parecido com uma criatura de Dungeons & Dragons (Imagem: Divulgação/Netflix) Qual a ligação de Vecna com Eleven? A temporada 4 de Stranger Things também revela a origem dos poderes de Eleven, mostrando que Henry, agora Peter, é o paciente 001 dos experimentos do laboratório de Hawkins. Levado à força para lá, Martin Brenner (Matthew Modine) usou o sangue de Henry para criar outras crianças com os mesmos poderes. Para isso, no entanto, precisaria suprimir suas habilidades com a ajuda de um dispositivo implantado em seu pescoço. Ao longo de todos esses anos, Peter esteve no laboratório de Hawkins auxiliando Brenner nos experimentos, quando descobriu que Eleven era tão poderosa quanto ele. Então, nos flashbacks de 1979, vemos que ela foi manipulada por Peter e acabou removendo o dispositivo que controlava seus poderes. Stranger Things | Quem interpreta Eleven criança na temporada 4? Henry, ou Peter, então provoca um massacre no laboratório, matando as crianças e funcionários da instalação, mas é detido por Eleven, que acaba abrindo o portal para o Mundo Invertido e empurrando Henry para lá. Ao cair, Peter é queimado por um raio e se transforma em Vecna, o que é comprovado com a marca 001 no pulso. Eleven era tão poderosa quanto Henry (Imagem: Divulgação/Netflix) O que esperar de Vecna em Stranger Things? Nos dois últimos episódios da quarta temporada de Stranger Things, devemos ver Vecna sendo combatido pelos garotos, mas a sua história não deve acabar por aí. A série pode mostrar qual a relação do Devorador de Mentes e Demogorgon com o monstro, que pode ser o grande líder. Vecna pode retornar na quinta temporada ainda mais poderoso, provavelmente com seus poderes mais perigosos e com aliados, resultando em um confronto brutal até que o portal seja fechado de vez e Hawkins possa viver em paz. A temporada 4 de Stranger Things já está disponível na Netflix; os episódios finais estreiam no dia 1º de julho. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Netflix planeja investir em filmes mais caros e de maior qualidade

canaltech Após perder mais de 200 mil assinantes no primeiro trimestre de 2022, a Netflix está recalculando a rota de suas produções originais. Com o lema "maior, melhor, menos", a empresa pretende fazer menos filmes, porém com maior qualidade. Netflix perde assinantes pela primeira vez em mais de 10 anos Os 15 melhores filmes de drama disponíveis na Netflix De acordo com o The Hollywood Reporter, o streaming quer investir em obras robustas para reter o público e atrair novos assinantes. Ao invés de lançar um novo filme a cada semana, a marca investirá em mais tempo para entregar grandes produções, como a exemplo dos já lançados Não Olhe Para Cima, Alerta Vermelho e O Projeto Adam. O copresidente executivo e diretor de criação da empresa, Ted Sarandos, comentou essa mudança de cenário: -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- "Apenas alguns anos atrás, estávamos lutando para monetizar o mercado em pequenos filmes de arte. Hoje, estamos lançando alguns dos filmes mais populares e assistidos do mundo.” Sarandos ainda reforçou que criações como Agente Oculto e Entre Facas e Segredos 2 (que serão lançadas em 2022) podem ajudar a melhorar o número de assinantes. O primeiro tem direção dos irmãos Anthony e Joe Russo, os mesmos que dirigiram Vingadores: Ultimato, e conta com um orçamento de mais de US$ 200 milhões (aproximadamente R$ 960 milhões). O filme chegará a cinemas selecionados em 15 de julho, e no dia 22 do mesmo mês já estará no catálago da Netflix. Já o segundo filme da franquia Entre Facas e Segredos foi negociado por US$ 469 milhões (mais de R$ 2 bilhões) em março de 2021 e deve chegar ao streaming no final de 2022. Filmes pequenos não vão desaparecer A Netflix está abrindo mão da quantidade para investir na qualidade de suas produções. (Imagem:CardMapr.nl, Unsplash) Apesar de a Netflix querer investir em grandes projetos, nem todos seus produtos seguirão esse roteiro. A mudança pode ser sutil e, por exemplo, ao invés de produzir duas obras por US$ 10 milhões (R$ 48 milhões), fará uma por US$ 20 milhões (R$ 96 milhões). O objetivo é entregar a melhor versão de algo, ao invés de baratear por causa da quantidade. Além disso, ao que tudo indica, os filmes pequenos podem se tornar mais nichados e atender a um tipo específico de público. Essas produções não dependerão de tantos executivos e, por isso, vão custar menos. Perdas além dos assinantes Com a perda dos assinantes, até abril de 2022 as ações da Netflix haviam caído mais de 40% em 2022. Diante dessa situação, a plataforma de streaming tomou algumas medidas de corte de custo, como a demissão de mais de 150 funcionários. Além disso, alguns setores sofreram com redução de gastos, em especial a divisão de filmes voltados para família e a divisão de produções originais indie. Clima de incerteza Ao que tudo indica, este ainda é um momento incerto para a Netflix, que não está dando um direcionamento claro aos seus funcionários sobre as mudanças que virão. Ao The Hollywood Reporter, um produtor da empresa afirmou que, em breve, conversas acontecerão com produtores e diretores sobre o tamanho e gêneros das obras. A única certeza é que o público pode esperar mudanças nos próximos lançamentos do streaming. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Resident Evil 4 Remake: jaqueta do Leon é real e custa US$ 1.500

Resident Evil 4 Remake: jaqueta do Leon é real e custa US$ 1.500

Tecmundo Resident Evil 4 foi lançado originalmente em 2005, renovando a série de muitas maneiras e introduzindo um novo visual para seu protagonista, Leon. Agora, teremos o remake do game e, para recriar a icônica jaqueta do herói com a fidelidade visual que temos hoje em dia, a Capcom recorreu a um produto que existe para copiar.Isso significa que a jaqueta que Leon usa em Resident Evil 4 Remake é real e pode ser comprada - por muito dinheiro. Ela é baseada na Classic B-3 Sheepskin Leather Bomber Jacket, da empresa Schott NYC, e custa US$ 1.495, o que dá mais ou menos R$ 7.180 na cotação atual.Leia mais... Veja Mais

Nova música do Mundo Bita ensina crianças a lidar com a tristeza

O Tempo - Diversão - Magazine 'A Tristeza vai Passar' chegou nesta sexta (3) às plataformas e faz parte do projeto Bita e os Sentimentos Veja Mais

Julgamento Depp-Heard poderia ser 'catastrófico' para vítimas de abuso, opinam ativistas

em - Internacional O julgamento por difamação nos Estados Unidos entre os atores Johnny Depp e Amber Heard, e a decisão de televisioná-lo, terá um impacto "potencialmente catastrófico" para as vítimas de abuso, afirmam diversas mulheres vinculadas aos temas da violência doméstica e das agressões sexuais.Os membros do júri no julgamento que se estendeu por seis semanas, no qual os dois atores trocaram acusações de violência doméstica, se posicionaram ao lado de Depp. Assim, decidiram que Heard deve pagar 10,35 milhões de dólares por difamá-lo em uma coluna publicada no Washington Post de 2018, na qual ela não mencionava o nome do ator, mas o descrevia indiretamente como um representante do "abuso doméstico".Por outro lado, Depp terá que indenizar a atriz em 2 milhões de dólares por danos e prejuízos. A advogada de Heard, Elaine Bredehoft, disse na quinta-feira que sua cliente não tinha recursos para pagar a indenização estipulada.A juíza Penney Azcarate decidiu permitir, semanas antes do início do julgamento, a presença de câmeras no tribunal estadual, temendo que, se não o fizesse, muitos repórteres apareceriam para acompanhar o caso."Não vejo nenhuma boa razão para não permitir" as câmeras, disse Azcarate, segundo o meio Variety, uma decisão que os advogados do astro de "Piratas do Caribe" endossaram, mas que a defesa de Heard tentou impedir em vão.Michele Dauber, professora de direito na Universidade de Stanford e ativista contra as agressões sexuais no ambiente universitário, considerou a decisão da juíza como "a pior" para as vítimas "em décadas", o que revela "uma profunda falta de compreensão por parte da juíza sobre a violência sexual".Heard se viu obrigada a "descrever seu suposto estupro com detalhes gráficos na televisão. Isso comove a consciência e deveria ofender todas as mulheres e vítimas, independentemente de concordar com o veredicto ou não", ressaltou.Dauber explicou que o último caso do qual ela se lembra que uma vítima de estupro foi obrigada a testemunhar publicamente ocorreu em 1983. "Não há forma de justificar a decisão da juíza de permitir câmeras neste caso [...] Não existe interesse público neste caso que possa compensar o dano causado", opinou.Por outro lado, argumentou que "todas as vítimas vão pensar duas vezes antes de se apresentar e buscar uma ordem de restrição ou contar a alguém sobre qualquer abuso que estejam experimentando depois disso"."As mulheres podem acabar feridas e inclusive mortas ao não buscar ajuda. Este caso foi um completo desastre", frisou.O julgamento cativou uma audiência mundial que não está acostumada a ver acusações de agressão sexual e as intimidades de um casal nos tribunais e isso, independentemente das opiniões sobre o veredicto, é um problema, advertiu Ruth Glenn, presidente da Coalizão Nacional contra a Violência Doméstica."Acredito que temos ainda uma sociedade que não compreende a dinâmica da violência doméstica", declarou Glenn à AFP em uma entrevista.Esse contexto não foi discutido o suficiente durante o processo em Fairfax, argumentou, ao enfatizar que, para ela e seus colegas, "não havia dúvida" sobre os padrões de abuso que se apresentavam."É preciso garantir que há pessoas presentes que entendam isso. E, até que não haja, não podemos televisionar isso", disse.- 'Misoginia pura' -Dauber, que foi alvo de abusos on-line por tuitar sobre o caso, disse também que isso revela a crescente reação contrária à defesa dos direitos das mulheres nos Estados Unidos.A opinião pública se manteve forte ao lado de Depp, com Heard servindo de alvo de inúmeras postagens e memes nas redes, alguns dos quais Dauber descreveu como "misoginia pura".O veredicto foi recebido com festa por muitos expoentes da direita política, afirmou Dauber, incluídas mensagens no Twitter de Donald Trump Jr., filho do ex-presidente republicano, e do poderoso Comitê Judicial Republicano da Câmara dos Representantes.Heard foi "metaforicamente alcatroada e emplumada", e o veredicto "deixa claro que, por ora, a reação violenta contra os direitos das mulheres está tomando o controle", escreveu. Ademais, citou os temores em torno da possibilidade de a Suprema Corte dos Estados Unidos anular o direito ao aborto.Para muitos, o caso Depp-Heard também lança dúvidas sobre o futuro do "#MeToo", o movimento criado a partir da hashtag de 2017 que encorajava as mulheres a denunciar os homens que haviam abusado delas."É impossível não ver isso como uma reação violenta ao #MeToo, como se as mulheres tivessem ido longe demais. Está bem, senhoras, ouvimos vocês e prendemos alguns homens. Não sejam tão gananciosas agora", escreveu uma usuária da rede Reddit em uma publicação de blog para o guia de conteúdo na internet Embedded Substack.Por sua vez, Tarana Burke, fundadora do movimento #MeToo, fez no Twitter uma publicação desafiadora que enumerava suas conquistas e pedia a seus seguidores que se concentrassem nos milhões de mulheres que agora falam sem sentir vergonha, ao invés de entrar no fogo cruzado de vitórias e derrotas judiciais. "Este movimento está muito VIVO!", exclamou.Glenn, por outro lado, foi mais filosófica. "Eu diria que, de qualquer maneira, não sei quanta tração nós ganhamos. Assim que devemos usar isso como um lembrete do trabalho que ainda precisamos fazer", disse à AFP. Veja Mais

Returnal e Sackboy podem estar a caminho do PC, sugerem imagens

Returnal e Sackboy podem estar a caminho do PC, sugerem imagens

Tecmundo Returnal e Sackboy: A Big Adventure podem ser os próximos exclusivos da Sony a caminho do PC, através da plataforma Steam. Novas imagens vazadas no Reddit nesta quinta-feira (2), pelo usuário EmpressOfSony, mostram fotos de opções gráficas e de customização de teclado em ambos os jogos, sugerindo que eles estão de fato rodando em um computador.Imagens mostram configurações gráficas de Returnal, sugerindo que lançamento para PC se aproxima.Leia mais... Veja Mais

DC admite que retorno de Barry Allen estragou a trajetória de Wally West

canaltech Em 1985, a DC publicou Crise nas Infinitas Terras, série considerada por muitos o primeiro mega evento das HQs. Na história, para salvar o multiverso da DC do Anti-Monitor, Barry Allen, o Flash da Era de Prata e versão mais popular do Velocista Escarlate, se sacrifica — iniciando uma fase que durou mais de 20 anos nos quadrinhos em que seu sobrinho, Wally West, assumia o manto do campeão veloz da editora e tentava aprender a ser um herói tão eficaz quanto seu tio. Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Marvel cria seu próprio Doutor Manhattan em HQ dos X-Men Wally West ficou tão famoso quanto Barry Allen, e os 20 anos em que ele foi o detentor do manto são considerados uma grande fase da DC no universo dos velocistas, mostrando um herói inseguro pelo legado mas sempre disposto a tentar o seu melhor — e todo esse desenvolvimento, para muitos fãs, acabou perdendo parte de seu impacto quando o Flash da Era de Prata foi ressuscitado em 2008. Agora, 14 anos após esse retorno, a DC parece confirmar essa situação em Justice League: Road to Dark Crisis #1 Na edição, que mostra as consequências imediatas do evento Death of Justice League, com os principais membros da Liga da Justiça sendo dados como mortos, o Asa Noturna conversa com o filho do Superman, Jonathan Kent, sobre como a comunidade heroica da DC já lidou várias vezes com o falecimento e retorno de seus membros, com o primeiro ajudante do Batman comenta que lembra do quanto Wally West sofreu com a partida de Barry Allen, mas também como às vezes ele tem a impressão que o retorno do segundo velocista impactou mais seu amigo. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Asa Noturna conversa com John Kent sobre morte de super-heróis, citando o Flash. (Imagem: Reprodução/DC Comics) A frase de Asa Noturna pode ser entendida como um comentário sobre a própria DC Comics e o tratamento de ambos os Flash pós-2018. Barry, ao retornar, adotou muitas das características de seu sobrinho, se tornando imaturo e irresponsável — enquanto Wally foi sendo jogado de escanteio e sofrendo alterações vistas por muitos fãs como desrespeito a sua história. Barry está entre os heróis da Liga da Justiça desaparecidos, colocando Wally em uma posição que permite seu retorno ao manto do Flash. A questão é que, nessa história atual, o retorno de todos os personagens supostamente mortos parece estar marcado para ocorrer em breve, e deixar o terceiro Velocista Escarlate temporariamente como o principal só para ele perder o cargo novamente parece algo injusto, principalmente considerando o comentário do Asa Noturna. Assine Amazon Kindle Unlimited por apenas R$ 19,90/mês e tenha acesso a mais de 1 milhão de livros digitais! Como a DC Comics tratará essa questão entre tio e sobrinho, então, acaba se tornando um interessante capítulo que deve ser explorado gradualmente em Dark Crisis, próximo grande evento da editora — mas embora a discussão seja cativante, esperamos que a conclusão, no fim, seja algo que respeite ambos os legados de personagens tão queridos pelos fãs. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Como ativar o som no Zoom

canaltech Se você entrou em uma videochamada e não está conseguindo escutar ou falar, provavelmente quer saber como ativar o som no Zoom. Pois saiba que isso pode ser feito de forma rápida e prática. Confira abaixo mais detalhes! 5 extensões indispensáveis para quem está em Home Office Como usar o quadro branco durante as suas reuniões do Zoom Como ativar o som no Zoom no celular Durante uma reunião no Zoom no celular, toque em “Conectar áudio” na parte inferior esquerda; No menu aberto em seguida, escolha “Dados de rede Wi-Fi ou móvel”; Pode ser que o seu microfone esteja desativado, então toque em “Desativar mudo” para ativá-lo novamente; Caso esteja tudo certo, o som do Zoom será devidamente ativado. Veja como ativar o som no Zoom no celular (Captura de tela: Matheus Bigogno) Como ativar o som no Zoom no PC Ao entrar na reunião no aplicativo do Zoom, uma janela perguntará se você quer se juntar à reunião com o áudio do PC. Clicando nesta opção, fará com que você já acesse a reunião com áudio; Clique em "Junte-se com o áudio do computador" para ativar o som do Zoom (Captura de tela: Matheus Bigogno) Se você acabou fechando essa janela sem querer, basta clicar no item “Conectar áudio” no canto inferior esquerdo e ingresse na chamada com o áudio. Caso queira, pode utilizar a opção de testar o som ou acessar as configurações de áudio; Se você fechou a janela anterior, basta clicar em "Conectar áudio" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Caso tenha selecionado a opção “Testar microfone e alto-falante”, escute alguns efeitos sonoros e fale no microfone para escutar o retorno do áudio. Estando tudo certo, ingresse na reunião com o áudio; Caso queira, teste seu microfone e seu alto-falante (Captura de tela: Matheus Bigogno) Ao optar por acessar as configurações da reunião, verifique opções avançadas de áudio que podem te ajudar a verificar se seu microfone ou alto-falantes estão com problemas. Acessando as configurações de áudio, você pode fazer testes mais avançados envolvendo o som do Zoom (Captura de tela: Matheus Bigogno) Problemas comuns de áudio do Zoom Se você já ativou o som utilizando o método listado acima, mas ainda assim continua tendo problemas, verifique os seguintes itens: Verifique a sua conexão com a internet — caso necessário, reinicie o modem; Confira se o fone ou microfone estão funcionando em outros programas. Caso utilize periféricos conectados via Bluetooth, veja se ele foi desativado sem querer ou por outros motivos; Veja se o problema é no sistema de som do seu dispositivo e não no periférico; Não se esqueça de confirmar se o seu microfone está ativado. Não são raras as vezes que o anfitrião ativou a opção de silenciar todos os participantes de uma reunião; Utilize a versão mais atual do Zoom — veja como atualizá-lo. Pronto! Agora que você já sabe exatamente como ativar o som no Zoom, pode usar a plataforma de reuniões normalmente, gravar reuniões e baixá-las, compartilhar a tela e muito mais! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Influenciador digital: entre glamour e perrengues, profissão pode ganhar lei

canaltech Misto de produtor de vídeo, jornalista e figura publicitária, o influenciador digital desafia rótulos antigos e é um ofício que está por aí há anos, mas ainda carece de regularização no mundo todo. O Brasil já começa a discutir o assunto. Desde maio o Senado analisa o Projeto de Lei 1138/2022, que pretende criar parâmetros para a profissão. Esta, por sinal, apresenta bem menos glamour por trás das câmeras do que imaginamos. 5 dicas para quem deseja começar a carreira de influencer Digital influencers: afinal, o que é ser um influenciador nas redes? Em fevereiro, o Ministério do Trabalho e Previdência deu o primeiro passo ao incluir a profissão de influenciador digital na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). A pasta colocou sob o número 2534-10 o registro desta e outras atividades de nomes e funções semelhantes, como criador de conteúdo digital, gerador de conteúdo digital, influenciador e produtor de conteúdo digital. Por se tratar de uma profissão relativamente nova, no Brasil ainda não existe lei que regulamente o influenciador. Mas Wilson Andrade, advogado especialista em direito tributário, explica em um artigo para o Canaltech que, pela Constituição Federal, qualquer profissão nova pode ser exercida mesmo sem contar com legislações específicas. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- É um debate bem novo e, até o momento, poucos países o encararam de frente. A Austrália foi um dos primeiros a criar uma lei para influenciadores, mas sob uma ótica mais específica. A TGA, entidade reguladora da saúde e bem estar, definiu que um post nas redes sociais que promove o uso ou fornecimento de bens terapêuticos é um anúncio. E portanto está sujeito às diretrizes da lei de publicidade para remédios. Se um influenciador australiano ser pago para falar bem de um medicamento alegando que apenas gostou de usá-lo, por exemplo, pode sofrer penas máximas de cinco anos de prisão ou multas de até 11 milhões de dólares australianos (R$ 38 milhões). Para além da publicidade nociva ou mal disfarçada, um conjunto de leis para influenciadores passa por temas como as condições de trabalho muitas vezes precárias, tributos a pagar, responsabilidade social, remuneração justa e outros aspectos. É por isso que o atual projeto de lei ainda deve passar por muitas modificações para abranger tudo isso. Projeto de lei define influenciador digital como trabalhador que cria, edita e publica conteúdo autoral pela internet (Imagem: Master1305/Freepik) O que diz o projeto de lei para influenciadores? O primeiro projeto de lei sobre o assunto surgiu de 2018 na Câmara dos Deputados, pelo deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), mas foi retirado de tramitação no mesmo ano, a pedido do parlamentar, para "correção de erro material". Já a nova proposta, de autoria do senador Eduardo Gomes (PL-TO), na verdade foi inspirada no texto de 2018. O atual PL 1138/2022 define a profissão como: Trabalhador que cria, edita e publica conteúdo autoral pela internet; Para isso, lança mão de vídeos, fotos, imagens ou textos; É capaz de influenciar opiniões, comportamentos, manifestações e hábitos de consumo de sua audiência; Manifesta-se com objetivo informativo ou opinativo sobre temas que considera relevantes; E claro, que ganha dinheiro com esta atividade. Parece bem amplo, certo? Dá para imaginar blogueiros, streamers, tuiteiros, youtubers, instagrammers e tiktokers sobre este mesmo guarda-chuva. Mas para impedir confusões com outros tipos de comunicadores, faz a ressalva de não incluir na categoria de influenciador digital os profissionais que produzem conteúdo autoral para empresas de jornalismo. Além disso, lista três limites para a profissão: Proíbe a perseguição ou discriminação de pessoas ou grupos por motivos sociais, econômicos, políticos, religiosos, raciais ou étnicos, de gênero etc; Deve proteger o direito à intimidade, à privacidade, à honra e à imagem das pessoas; Também deve respeitar os direitos autoral, intelectual e de imagem. É um momento adequado para discutir o assunto no Brasil. Pelo menos no aspecto econômico, a profissão é uma realidade. De acordo com uma pesquisa do Ibope Inteligência em 2020, 52% dos internautas do país seguem pelo menos um influenciador digital. A maioria dos seguidores é do sexo feminino; a faixa etária da maioria dos seguidores é entre 25 e 34 anos e está na classe B (renda familiar entre 10 e 20 salários mínimos). Advogados trabalhistas ouvidos pelo Canaltech explicam que a aprovação ou não do PL não é um impeditivo para os influenciadores continuarem atuando; talvez só tragam direitos e deveres particulares da categoria. "Com relação às profissões com leis próprias, havendo disposições contraditórias com a legislação geral, prevalecem as regras específicas, aplicando-se lhes todas as demais regras gerais", diz a advogada Maria Helena Autuori. Alguns são até mesmo contatados em regime CLT por empresas por trabalharem em certas áreas das mídias tradicionais, como a rádio e a TV. "Essa versatilidade nas modalidades de relação de trabalho assumidas pelo digital influencer tornam difícil o regramento dessa profissão de forma objetiva, porque cada modalidade de trabalho assumida tem que ser analisada de per si [isoladamente]", diz a especialista em direito trabalhista Andréa Corrêa de Sá. Diogo Goloh, influenciador digital com 8,1 mil inscritos no YouTube, também faz outros trabalhos para viver (Imagem: Acervo pessoal/Diogo Goloh) Como está, o projeto de lei do influenciador digital basta? Para Gisele Truzzi, advogada especialista em direito digital, a definição de influenciador prevista no projeto de lei 1138/2022 aparenta ser suficiente para o momento atual, mas precisa de melhorias. "Poderia definir questões relacionadas àqueles que exercem a atividade de influenciadores sem auferir rendimento", diz. Truzzi também atenta para alguns influenciadores mirins que conseguem firmar contratos importantes. "Havendo incidentes vinculados aos seus conteúdos, os pais/responsáveis poderão ser responsabilizados por isso na esfera cível, e o menor, na esfera criminal, vinculado às medidas socioeducativas impostas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente", defende. Matheus Puppe, outro jurista de direito digital, acha que o PL foi feito em um contexto já defasado, que subentende que todos os influenciadores trabalham sozinhos. "Outras profissões necessariamente passaram a acompanhar o mercado, como social media, analista de métricas e de SEO, copywriters e designers, que editam, publicam e auxiliam todo o processo". De fato, grandes influenciadores como Bianca, Felipe e Luccas Neto, Casemiro, Gaulês e outros já contam com milhões de fãs, uma grande equipe de apoio e notoriamente ganham bem apenas com sua criação de conteúdo. Um grande nome no setor pode ganhar até R$ 18 mil por campanha, segundo reportagem da Folha de S. Paulo. Sandro "Akumoto" Rosa, influenciador digital que atua há três anos e tem 158 mil inscritos no YouTube (Imagem: Acervo pessoal/Sandro Rosa) O outro lado: a solidão do influenciador No entanto, a imensa maioria dos influencers ganha dinheiro por conta própria, trabalhando como empreendedores ou profissionais liberais. Por isso abrem CNPJs quando fazem contratos ou parcerias comerciais com empresas anunciantes. Na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), a atividade pode variar; algumas observadas pela reportagem foram "produtor de vídeos", "provedor de conteúdo" e "agência de publicidade". O rendimento também vem pelas plataformas de publicidade do próprio Google no YouTube, em virtude da alta audiência de seus vídeos. É normalmente um trabalho solitário. Para cortar custos e pagar o mínimo de tributos, muitos atuam como MEIs (microempreendores individuais) e não contratam outros funcionários. Por isso cabe ao influenciador fazer tudo: elaborar roteiros, cuidar da iluminação e cenário, atuar na frente das câmeras, editar o conteúdo e gerenciar o ritmo de trabalho e os próprios ganhos. Glamour à parte, o trabalho ocupa bastante tempo e esforço nos bastidores. Enquanto esta reportagem era produzida, a influenciadora e ex-BBB Bianca Andrade, conhecida como Boca Rosa, mostrou em seu Instagram o roteiro diário que segue para expor sua vida na rede social para obter mais engajamento. Bianca Andrade deixou escapar nos stories o roteiro que ela segue diariamente para postar conteúdos.O que vocês acham disso? pic.twitter.com/xHsc1DB5y6 — Central Reality (@centralreality) June 2, 2022 Dos gastos à saúde, o caminho do influencer é tortuoso A quantidade de influenciadores no Brasil depende da fonte: segundo a multinacional de pesquisas Nielsen, são 500 mil; para a agência SamyRoad, 920 mil. Mesmo no menor número, já existe mais influencer que dentista ou engenheiro no país. Mas o grosso desse pessoal ainda não é um Felipe Neto; eles concorrem entre si e precisam produzir diariamente para ampliar seu público e seu engajamento. As metas são serem convidados para campanhas de marcas ou furarem as bolhas dos algoritmos das redes sociais. No meio do caminho, eles podem até mesmo adoecer. Em 2019, a plataforma CriadoresID ouviu 300 youtubers para saber de suas condições de trabalho. Cerca de 16,9% deles sofriam de ansiedade e 4,3% enfrentavam depressão. Além disso, 28% diziam não realizar atividades físicas e 53,8% dependiam totalmente do YouTube para obter renda. Sem falar dos custos: um criador precisa pagar internet, assinatura de programas de edição, câmeras de qualidade, acessórios de áudio e iluminação e um bom computador — que hoje não sai por menos de R$ 5 mil. Se terceirizar parte do trabalho, como a edição por exemplo, vai ter que remunerar o profissional também. Se os "recebidos" e "publis" não cobrirem tudo isso e fecharem as contas do cotidiano, do mercado à energia elétrica, fica impossível trabalhar. Igor, influenciador digital e streamer que também atua como cantor, tem 89 mil seguidores no YouTube (Imagem: Acervo pessoal/Igor) É possível também obter fontes alternativas de dinheiro. Diogo Goloh, influenciador de jogos há três anos e atualmente com 8,1 mil inscritos no YouTube, trabalha ainda como gerente de canais e roteirista de outros criadores de conteúdo. Segundo ele, seus vídeos e lives rendem cerca de 40% de sua renda anual. "Nunca gostei de depender de só uma coisa", diz. Já Sandro Rosa, conhecido como Akumoto, obtém renda via contrato com a plataforma de lives Twitch, pelo canal do YouTube e trabalhos de propaganda e divulgação por conta da visibilidade como influenciador. "hoje consigo viver exclusivamente do que ganho e tive a sorte de não passar por períodos que faltaram dinheiro, mas sei que sou um ponto fora da curva em relação a influenciadores iniciantes", diz ele, que atua também há três anos e já tem 158 mil inscritos no YouTube e 533,7 mil na Twitch. "Não é só ficar famoso do dia pra noite e começar a ganhar dinheiro. No final das contas é um emprego, onde você precisa comandar uma empresa e ter funcionários para que tudo funcione de forma correta e dentro das leis. O que eu gostaria mesmo é que tivesse educação financeira nas escolas e mais acesso às informações que precisamos pra cuidar dos nossos negócios, seja ele qual for", diz o streamer e cantor Igor, com 89 mil seguidores no YouTube. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Wall Street encerra nova semana em baixa

em - Internacional Wall Street encerrou uma nova semana em queda nesta sexta-feira, apesar de o relatório sobre o emprego nos Estados Unidos mostrar um mercado de trabalho sólido, em meio às preocupações com a inflação e uma possível recessão.O Dow Jones caiu 1,05%, a 32.899,70 pontos; o Nasdaq, 2,47%, a 12.012,73 pontos, e o S&P 500, 1,63%, a 4.108,54 pontos. Ao longo da semana, o Dow Jones e o S&P 500 caíram cerca de 1%, e o Nasdaq, 1,25%."Esse relatório sobre o emprego é muito bom para convencer o mercado de que o Fed fará uma pausa em seus aumentos dos juros depois do aumento de 50 pontos-base previsto para junho e julho", resumiu Patrick O'Hare, do Briefing.com. Dow Veja Mais

Anatel anuncia medidas para combater telemarketing abusivo

canaltech A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou no final da tarde desta sexta-feira (3) que estará tomando medidas mais “enérgicas” no combate ao telemarketing abusivo, determinando um prazo de 30 dias para que as prestadoras de serviços de telecomunicações realizem o bloqueio de chamadas consideradas abusivas — aquelas que são desligadas em menos de três segundos ou que não chegam a ser completadas quando o usuário atende o telefone. Anatel quer obrigar operadoras a bloquearem ligações feitas por robôs Como bloquear ligações de telemarketing A Anatel adotou essa medida cautelar para combater o chamado robocall, método que realiza milhões de ligações robóticas por dia a partir do mesmo número, entregando mensagens pré-gravados ou mesmo comunicações que duram menos de três segundos — as conhecidas chamadas silenciosas relatadas por tantos brasileiros. A medida cautelar de combate a essas práticas será publicada no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira (6), e a agência afirma que ela terá validade de três meses. Sobre a medida cautelar, a Anatel explicou que exigiu das operadoras que ainda em junho, as operadoras apresentem uma relação completa das empresas que fazem uso abusivo dos serviços de telecomunicações — ou seja, que superam as 100 mil chamadas diárias. As organizações citadas na lista como geradoras de atividades abusivas terão um prazo de 15 dias para adequarem suas atividades as normativas da agência, com o objetivo sendo que "cessem a sobrecarga de chamadas aos consumidores sem efetiva comunicação". -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Medida cautelar da Anatel busca impedir abuso das ligações robóticas na rede de telecomunicações. (Imagem: Reprodução/Envato/Prostock-studio) Após esse prazo, as operadoras de telecomunicações deverão realizar o bloqueio da capacidade de chamadas das empresas que não estiverem obedecendo as normativas da Anatel — ou seja, estejam realizam 100 mil chamadas ou mais, com duração de até 3 segundos, em menos de 24 horas. A punição poderá ser retirado caso a organização responsável pela prática considerada abusiva procure a agência e assine um termo de adequação, além de parar de engajar na prática das ligações robóticas. Em caso de não assinatura do termo e também de não adequação quanto as regras estabelecidas pela medida cautelar, a Anatel afirma que as empresas poderão ser multadas em até R$ 50 milhões, com o valor sendo definido pela agência de acordo com o porte da organização e o nível de gravidade da infração. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

A Voz do Brasil - 03/06/2022

A Voz do Brasil - 03/06/2022

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Após receber crítica de Musk, Biden deseja 'boa sorte' ao bilionário na Lua

O Tempo - Mundo O bilionário, que deixou claro que não é fã de Biden, disse que quer reduzir a força de trabalho na Tesla Veja Mais

Quase 40% da população do Brasil não tem dinheiro para comprar comida, diz FGV

O Tempo - Política Percentual de brasileiros que passam fome subiu de 30% em 2019, para 36% em 2021, sendo a pior marca desde 2006 Veja Mais

Suspeitos de assassinato de promotor paraguaio são detidos na Colômbia

em - Internacional Todos os suspeitos do assassinato do promotor paraguaio Marcelo Pecci, morto a tiros em uma praia do Caribe durante sua lua de mel há três semanas, foram detidos e comparecerão ao tribunal, informaram as autoridades colombianas nesta sexta-feira (3).O presidente da Colômbia, Iván Duque, deu a notícia durante sua visita aos Estados Unidos. Seu homólogo do Paraguai, Mario Abdo Benítez, agradeceu no Twitter o apoio dos organismos colombianos.Pecci foi assassinado em 10 de maio na ilha de Baru, perto de Cartagena, durante sua lua de mel com a jornalista Claudia Aguilera, com quem se casou em 30 de abril e esperava um filho.O promotor de 45 anos investigava casos de tráfico e crime organizado. Seu assassinato, cometido por mercenários que dispararam a bordo de jet skis na praia do hotel Decameron, onde o casal estava hospedado, comoveu a sociedade paraguaia."Em uma operação conjunta entre a Polícia Nacional da Colômbia, a Procuradoria-Geral da Nação e autoridades paraguaias, capturamos todos os suspeitos, incluindo da autoria material, do assassinato do promotor Marcelo Pecci, promotor do Paraguai", disse Duque em declaração em vídeo.Da Base Conjunta Andrews, nas redondezas de Washington, o presidente colombiano expressou sua solidariedade à família do promotor e ao povo paraguaio. Também parabenizou a rapidez com que as autoridades agiram "para mostrar ao mundo que ninguém está acima da lei"."Trata-se de uma operação de inteligência, com trabalho minucioso que nos permitiu chegar a essa estrutura criminosa. E esse criminosos serão postos à disposição de um juiz de controle de garantias", afirmou."As provas disponíveis são importantes, robustas", acrescentou, antes de viajar para uma reunião de prefeitos americanos em Reno, Nevada.- Cinco detidos em Medellín -"Agradecemos o compromisso dos organismos do Estado colombiano", tuitou por sua parte o presidente paraguaio."A investigação sobre a trágica morte do promotor Marcelo Pecci, na qual policiais e promotores de ambos os países trabalham de forma cooperativa buscando justiça, avança com a captura dos suspeitos de sua morte", disse Abdo Benítez.O procurador-geral da Colômbia, Francisco Barbosa, informou no Twitter sobre cinco prisões ligadas ao caso de Pecci."Por meio de dois procedimentos de busca e apreensão realizados pelo órgão técnico de investigação da promotoria e da polícia nacional, foram detidas cinco pessoas na cidade de Medellín por sua suposta participação no homicídio do senhor Marcelo Pecci", afirmou em um vídeo.Quatro dos detidos são de nacionalidade colombiana e um é venezuelano, segundo relatos da imprensa colombiana.De Assunção, o ministro do Interior paraguaio, Federico González, disse que os investigadores "estão muito perto de dar o próximo passo", diante da possibilidade de identificar os mandantes do crime.No entanto, evitou se estender sobre o assunto ao se reunir com seu homólogo colombiano, Daniel Palacios, e o chefe da Policia desse país, Jorge Vargas, na abertura de uma reunião de Ministros do Interior e da Segurança do Mercosul.Pecci, especialista em crime organizado, narcotráfico, lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo, havia investigado os grupos criminais de origem brasileira Primeiro Comando Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV), além de lavadores de dinheiro libaneses da Tríplice Fronteira com o Brasil e a Argentina.Também esteve responsável por casos de grande repercussão midiática, como o sequestro e assassinato de Cecilia Cubas, filha do ex-presidente paraguaio Raúl Cubas (1998-1999), em 2005, e o julgamento de 2020 do jogador de futebol brasileiro aposentado Ronaldinho, preso em Assunção por falsificação de passaporte paraguaio. Veja Mais

PALMEIRAS NO TOPO: GALO vai tirar VERDÃO da liderança do BRASILEIRÃO? #PuxetaESPN

PALMEIRAS NO TOPO: GALO vai tirar VERDÃO da liderança do BRASILEIRÃO? #PuxetaESPN

Fox Sports Brasil O Puxeta ESPN chega com mais debate do atual líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras! Será que o alguém tira o VERDÃO do topo? Neste domingo tem jogo contra o Atlético-MG no Allianz Parque. Galão da Massa vai aprontar? Solta o play e veja o debate! Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #ESPNBrasil #ESPN #ESPNnoStarPlus #StarPlusBR Veja Mais

Nos EUA, ONGs se unem na esperança de impedir que Elon Musk compre o Twitter

O Tempo - Mundo "Se não bloquearmos esta operação, ele dará um megafone aos demagogos e extremistas", disse representante de uma entidade Veja Mais

Google pode enfrentar investigação na Coréia do Sul com novas regras de cobrança

canaltech O sistema de cobranças da Google Play Store foi alvo de críticas dos consumidores sul coreanos nesta sexta-feira (03) devido a um aumento nos preços dos aplicativos na plataforma. Muitos usuários também solicitaram que os executivos do Google fossem investigados, incluindo o CEO Sundar Pichai. Coreia do Sul aprova lei que barra taxas de Google e Apple em lojas de apps Google é questionado novamente sobre supostas ações antitruste no Reino Unido Segundo os usuários da Play Store, o aumento de preços se deve à nova política do sistema de cobranças do app, que tem obrigado os desenvolvedores do país a pagarem comissões extremamente altas. A nova regra, que foi implementada no início deste mês, consiste em remover aplicativos com links de pagamento externos que burlam o sistema de cobranças da Play Store — que exige uma comissão de 15% a 30% dos desenvolvedores. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- O movimento vai contra um projeto de lei anunciado no ano passado que proíbe os operadores de lojas de aplicativos de forçar os desenvolvedores a usar os sistemas de pagamento das próprias plataformas, tornando a Coreia do Sul o primeiro país do mundo a introduzir essas restrições nas políticas de cobrança das lojas de apps da Apple e do Google. Mesmo com as regras, o Google deu os primeiros sinais sobre a mudança da política de pagamento em sua plataforma de apps em abril deste ano, ordenando que todos os desenvolvedores de aplicativos usassem o sistema de cobrança da Play Store e removessem links de pagamento externos. “Os desenvolvedores de aplicativos não têm escolha a não ser aceitar a solicitação do Google, que responde por 74,6% da participação no mercado de lojas de aplicativos”, disse um membro do grupo de direitos do consumidor, Cidadãos Unidos pela Soberania do Consumidor. Desde o anúncio do Google em abril, os preços de diversos apps da Play Store, principalmente de histórias em quadrinhos e livros digitais, tiveram aumentos de 15% a 20%. “Os aumentos de preços são inevitáveis, pois temos que implementar o novo esquema de pagamento do aplicativo do Google”, disse um funcionário da maior plataforma de streaming de música da Coreia do Sul, Melon. Novas regras de cobrança aumentam preços de apps na Coréia do Sul (Imagem: Reprodução/Reprodução/CyberNews) Segundo o escritório de Kim Yeung-shik, do Partido do Poder Popular, a nova política de pagamento no aplicativo pode fazer com que os sul-coreanos paguem 230 bilhões de Wons (R$ 879 bilhões) a mais todos os anos. Para agradar os consumidores, os provedores de serviços de conteúdo incentivaram os usuários a fazer pagamentos por meio de seus PCs ou sites móveis fora do sistema de pagamento da Play Store, onde as taxas de serviço permanecem inalteradas e livres da nova política da plataforma. Política de pagamento controversa Embora a Assembleia Nacional da Coreia do Sul tenha aprovado um projeto de lei para impedir que operadores de lojas de aplicativos obrigassem os desenvolvedores a usarem os seus sistemas de pagamento, o Google conseguiu contornar a regra no ano passado, com a disponibilização de opções alternativas de pagamento por meio de seu próprio sistema. O Google estabeleceu que os desenvolvedores de aplicativos poderiam usar o sistema de cobrança da empresa pagando uma comissão de 30% ou opções de pagamento alternativas que cobrariam um valor de 26% sobre as vendas. Porém, a nova política de cobranças anunciada neste mês levou a principal indústria editorial da Coreia do Sul, Korea Publishers Association a apresentar uma queixa e solicitar uma investigação do Google à Comissão de Comunicações da Coreia (KCC) — regulador de telecomunicações do país — acusando a big tech de violar a lei. Os funcionários da KCC também concordaram que a nova política do Google pode estar violando a lei e estão atualmente monitorando a situação para determinar se devem lançar uma investigação oficial. Caso a política do Google seja considerada ilegal, a agência poderá impor sanções, que incluem a aplicação de uma multa. Apesar das críticas crescentes no país, o Google não mudou sua postura sobre a política de pagamento na sua plataforma de aplicativos. A empresa também não comentou sobre o caso. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Lançamentos da Netflix na semana (03/06/2022) Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Animação revela como seria sobrevoar Júpiter a partir da sonda Juno Veja Mais

Anatel vai punir telemarketing que usar robôs para fazer mais de 100 mil chamadas por dia

G1 Economia Serão consideradas abusivas chamadas não completadas ou que caiam em até 3 segundos. Operadoras terão de bloquear linhas de telemarketing abusivo por 15 dias. Anatel anuncia medidas para bloquear o telemarketing abusivo A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou nesta sexta-feira (3) que vai punir as empresas que usarem robôs automáticos para fazer mais de 100 mil chamadas abusivas de telemarketing por dia. Serão consideradas chamadas abusivas aquelas que não chegam a ser completadas quando o consumidor atende o celular ou que sejam desligadas automaticamente em até três segundos. De acordo com a agência, a medida cautelar que formaliza as medidas de combate ao telemarketing abusivo será publicada no "Diário Oficial da União" na próxima segunda-feira (6). A medida terá validade de três meses. Segundo a agência, esse tipo de disparo em massa de chamadas sobrecarga as redes de telecomunicação sem promover efetivamente a comunicação entre pessoas e empresas. Veja, na reportagem abaixo, o desrespeito das empresas de telemarketing a outra regra definida pela Anatel – a obrigação de usar o prefixo 0303 nas chamadas: Empresas de telemarketing não respeitam determinação da Anatel O conselheiro Emmanoel Campelo considerou que a cautelar é uma das medidas mais duras adotadas pela agência até hoje. "Vai ser nesse tom que a Anatel tratará esse problema até que seja resolvido", afirmou. O superintendente-executivo da Anatel, Abraão Balbino e Silva, afirmou que a agência verificou linhas telefônicas usadas para realizar mais de um milhão de chamadas por dia, quantidade que um ser humano não seria capaz de discar em 24 horas. "Essas chamadas geram sobrecarga na rede, custo para as empresas, perturbação para os usuários e não geram benefício algum. [...] São um milhão de pessoas sendo incomodadas por uma linha", afirmou. Operadoras farão bloqueio A partir da terça-feira (7), as empresas que fazem mais de 100 mil chamadas por dia – que não se completam ou são desligadas em até 3 segundos – terão 15 dias para cessar essa prática. Também a partir de terça, as operadoras terão dez dias para enviar à Anatel uma lista das empresas que tenham feito mais de 100 mil chamadas abusivas por dia nos últimos 30 dias. Ao final desse prazo, as operadoras serão obrigadas a bloquear todas as linhas associadas às empresas da lista. Essas empresas serão impedidas de fazer chamadas por quinze dias. O bloqueio vai valer para todas as linhas telefônicas da empresa. "Pode ter um usuário com dez linhas telefônicas e que só comete abuso em uma só. O usuário é passível de bloqueio, então todas as dez linhas serão bloqueadas", afirmou Balbino e Silva. A punição poderá ser revertida caso a empresa que faz o telemarketing considerado abusivo procure a Anatel, assine um termo de adequação e pare de fazer esse tipo de chamada. As operadoras ainda precisarão enviar relatórios quinzenais à Anatel sobre as empresas bloqueadas, quais linhas foram impossibilitadas de fazer chamadas, o volume do tráfego e as datas do bloqueio de chamadas. Segundo a Anatel, as empresas que descumprirem a medida cautelar poderão ser multadas em um valor que pode chegar a R$ 50 milhões. O valor será definido pela agência de acordo com o porte da empresa e a gravidade da infração. De acordo com o conselheiro Emmanoel Campelo, a Anatel definiu a validade de três meses para a medida cautelar por entender que o período será suficiente para a agência reunir dados sobre o telemarketing abusivo e elaborar uma definição mais precisa para a prática. Números sem dono Em até 30 dias contados a partir da terça-feira (7), as operadoras também deverão bloquear chamadas feitas a partir de números "sem dono", que não tenham sido vinculados a uma pessoa física ou a uma pessoa jurídica. Quando a operadora vende uma linha telefônica para uma pessoa ou uma empresa, a Anatel considera esse número de telefone como "atribuído". Os números "não atribuídos" são aqueles que a operadora pode vender para alguém no futuro, mas que por ora não têm um dono específico. De acordo com a agência, algumas empresas usam esse tipo de linha telefônica para fazer o telemarketing abusivo. A Anatel afirma que usar números "não atribuídos" é ilegal e causa problemas no sistema de telecomunicações. Além disso, esses números são comumente usados para cometer fraudes contra os consumidores. Veja Mais

Xenia França pesca pérolas raras de Djavan e Gilberto Gil no álbum 'Em nome da estrela'

G1 Pop & Arte Artista faz parceria com rapper Rico Dalasam e dá voz à música de Luiza Lian entre temas autorais. ♪ Embora pautado pelo samba, o primeiro álbum de Djavan – A voz • O violão • A música de Djavan, lançado em 1976 – apresentou tema afro-jazzístico de arquitetura requintada, Magia. Até então nunca regravada nesses 46 anos, nem mesmo pelo compositor, Magia ganha um segundo registro fonográfico na voz de Xenia França. Magia é a música que encerra o segundo álbum da artista baiana, Em nome da estrela, lançado nesta sexta-feira, 3 de junho. Além desse pouco ouvido tema do cancioneiro de Djavan, a cantora pesca pérola rara do repertório de Gilberto Gil, Futurível (1969). No disco Em nome da estrela, anunciado em 12 de maio com o single autoral Renascer, Xenia França canta música de Luiza Lian (Dádiva), se conecta com o rapper Rico Dalasam – parceiro e convidado da artista na música Já é, também assinada por Lucas Cirillo – e apresenta músicas autorais como Ancestral infinito (Xenia França, Lucas Cirillo, Kauê Caldas, Sara Hoston, Theodoro Nagô, Ricardo Braga e Vitor Arantes), Ânimus x Anima (Xenia França e Lucas Cirillo) – faixa na qual figura Arthur Verocai – e From the heights (parceria com Pipo Pegoraro e Lucas Cirillo). Capa do álbum 'Em nome da estrela', de Xenia França Gleeson Paulino / Divulgação Veja Mais

NATIONS LEAGUE: ANDREAS CORNELIUS ENTRA E COMANDA VIRADA DA DINAMARCA CONTRA A FRANÇA

NATIONS LEAGUE: ANDREAS CORNELIUS ENTRA E COMANDA VIRADA DA DINAMARCA CONTRA A FRANÇA

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #NationsLeague #França #Dinamarca #Cornelius #MelhoresMomentos Veja Mais

Canadá registra 77 casos de varíola do macaco e 'situação preocupante' em Quebec

em - Internacional O Canadá registrou, até sexta-feita (3), 77 casos confirmados de varíola do macaco, quase todos detectados em Quebec, onde as autoridades consideram que a situação é "preocupante".A nação norte-americana confirmou os dois primeiros casos nessa província província francófona em 20 de maio.Uma situação considerada "preocupante", explicou o doutor Howard Njoo, administrador chefe-adjunto da agência federal de saúde pública canadense, durante uma coletiva de imprensa. As autoridades temem, em particular, "que se desenvolvam casos em famílias e que afetem mulheres grávidas ou crianças pequenas", acrescentou.Njoo também esclareceu que essa propagação "não está (limitada) a nenhum grupo ou ambiente em particular" e, portanto, pode afetar "qualquer um, independentemente de sua identidade de gênero ou orientação sexual".Nesse sentido, foram entregues vacinas contra a varíola à província. Podem ser eficazes para proteger os casos de contato porque não existe cura específica para a varíola do macaco, que geralmente se passa sozinha.A varíola do macaco é uma doença leve, mas sua propagação fora das zonas endêmicas, como a África ocidental, preocupa os especialistasDesde o início de pico atual de casos, há quase um mês, a Organização Mundial de Saúde (OMS) foi notificada de 550 casos em 30 países, principalmente europeus, onde a doença não é endêmica e é detectada muito raramenteEssa doença infecciosa é caracterizada pelo surgimento de erupções cutâneas, que podem ser dolorosas, especialmente se estiverem em áreas sensíveis, como as genitais. Veja Mais

NATIONS LEAGUE: BENZEMA FAZ GOLAÇO, MAS FRANÇA LEVA VIRADA DA DINAMARCA | MELHORES MOMENTOS

NATIONS LEAGUE: BENZEMA FAZ GOLAÇO, MAS FRANÇA LEVA VIRADA DA DINAMARCA | MELHORES MOMENTOS

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #França #Dinamarca #NationsLeague #MelhoresMomentos #Benzema #Cornelius Veja Mais

Aumenta a pressão para viagem do presidente francês à Ucrânia

em - Internacional Diante dos chamados para viajar à Ucrânia, o presidente francês, Emmanuel Macron, garantiu nesta sexta-feira (3) que não exclui a possibilidade, mas a pressão para que visite Kiev antes do final de junho, quando termina sua presidência da União Europeia (UE), continua aumentando."Viajei em fevereiro para tentar evitar a guerra. Atualmente, não excluo nada, disse Macron durante uma entrevista à imprensa regional, dois dias depois de indicar que o faria quando chegasse o "momento" em que fosse "útil".No mesmo dia, o ministro ucraniano das Relações Exteriores, Dmytro Kuleba, afirmou na emissora francesa LCI que o presidente seria "bem-vindo" em qualquer momento, mas urgiu que o fizesse "durante a presidência francesa da UE".Antes da invasão russa da Ucrânia em 24 de fevereiro, o dirigente europeu viajou à Kiev em 8 de fevereiro, um dia depois de visitar Moscou em uma tentativa falida de evitar um conflito entre os dois países.Desde então, não voltou à Ucrânia, que se tornou um centro de peregrinação para líderes ocidentais - como os primeiros-ministros do Reino Unido, Boris Johnson, do Canadá, Justin Trudeau, ou o primeiro-ministro do governo espanhol, Pedro Sánchez - para expressar seu apoio a Kiev.Em março e abril, usou a eleição presidencial como justificativa e descartou usar as ruas bombardeadas da capital ucraniana como fundo de campanha. Mas após sua reeleição em 24 de abril, suas reticências levantam questões."Poderia ter feito no dia seguinte à sua eleição. Chegou a hora de que faça", disse seu antecessor no cargo, o socialista François Hollande, na quarta-feira, dois dias após a ministra das Relações Exteriores francesa, Catherine Colonna, viajar para Kiev.- Ausência "estranha" -François Heisbourg,especialista em política internacional e assessor do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos, afirma que os líderes da França, Alemanha e Itália, as três principais economias e potencias da UE, se destacam por sua ausência."Os três que não foram são muito notórios", afirmou à AFP Heisbourg, apontando para suspeitas de que eles podem querer encerrar o conflito rapidamente, embora Macron sempre tenha dito que os termos de qualquer acordo dependem da Ucrânia.O presidente francês já passou horas no telefone com seus homólogos ucraniano, Volodimir Zelensky, e russo, Vladimir Putin, com quem ainda mantém contato, o que parece distanciá-lo de países mais críticos a Moscou, como Estados Unidos ou Reino Unido.O presidente alertou contra "escaladas verbais" e contra uma "humilhação" de Moscou em qualquer solução para o conflito, embora tenha apoiado as sanções europeias e pedido a retirada das tropas russas.Nesta sexta, Macron também garantiu que seu homólogo russo cometeu um "erro histórico e fundamental" com sua ofensiva na Ucrânia e que está "isolado"."Não acredito que a França esteja tentando 'acalmar a Rússia' (...) mas a ausência de uma visita de Macron segue sendo muito estranha", escreveu recentemente no Twitter o ex-embaixador britânico em Paris, Peter Ricketts.Zelensky se mostrou criticou a seu par francês e chegou a sugerir que ele tinha medo de Putin. "Queria obter resultados da mediação entre a Rússia e a Ucrânia, mas não obteve nenhum", disse Zelensky a um canal italiano em meados de maio.- "Não é indiferença" -Emmanuel Macron considera que qualquer crítica a França é injusta, apontando para entregas de armas sofisticadas e reiterando que qualquer conversa com Putin sempre foi feita a pedido e em coordenação com Zelensky."A França não tem nada do que se envergonhar em termos de seu compromisso com a Ucrânia", diz Marie Dumoulin, ex-diplomata francesa e especialista no grupo de pesquisa do Conselho Europeu de Relações Exteriores.Dumoulin, no entanto, expressou surpresa por Macron não ter feito de Kiev seu primeiro destino após sua reeleição. Foi Berlim, que desde 2007 é a primeira visita internacional de um chefe de Estado francês, para se encontrar com a chanceler alemã.A tão esperada viagem pode acontecer no final do mês, antes da cúpula europeia de 23 a 24 de junho em Bruxelas, onde os líderes da UE devem examinar o pedido da Ucrânia para se juntar ao bloco."Não é indiferença ou condescendência", disse um assessor presidencial francês à AFP sobre a decisão de Macron de ficar longe de Kiev por enquanto. "Ele não vai lá apenas para tirar uma foto, mas para algo concreto", acrescentou. Veja Mais

Casos de varíola do macaco superam os 700 no mundo, segundo CDC

em - Internacional Os Centros de Prevenção e Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos disseram nesta sexta-feira (3) que têm conhecimento de mais de 700 casos de varíola do macaco em todo o mundo, 21 deles no próprio país, onde as pesquisas sugerem que já existe transmissão comunitária da doença.Dezesseis dos primeiros 17 casos nos Estados Unidos envolvem pessoas que se identificam como homens que praticam relações sexuais com outros homens, segundo o novo relatório do CDC, e 14 deles estariam relacionados com viagens ao exterior.Contudo, todos os casos nos EUA estão em vias de recuperação ou já foram curados e não há registro de vítimas fatais."Também há alguns casos nos EUA que sabemos que estão vinculados a outros casos conhecidos", afirmou Jennifer McQuiston, vice-diretora da Divisão de Patógenos e Patologia de Alta Consequência dos CDC, aos jornalistas. "Além disso, há pelo menos um caso nos EUA que não está relacionado a viagens e do qual não sabemos como foi adquirida a infecção", acrescentou.A varíola do macaco é uma doença rara relacionada com a varíola humana, mas menos grave que esta. Seus principais sintomas são lesões na pele, febre, calafrios e dores no corpo, entre outros.Geralmente restrita a países da África central e ocidental, a doença tem sido diagnosticada na Europa desde meados de maio, e o número de países afetados vem crescendo desde então.Embora o novo surto possa estar vinculado a festivais voltados para o público gay na Europa, não é uma doença considerada sexualmente transmissível. O principal fator de risco de contágio é o contato pele com pele com alguém que apresente as lesões características da doença.Um indivíduo é considerado contagioso até que todas as feridas estejam curadas e uma nova camada de pele seja formada.Raj Panjabi, diretor-sênior da Divisão de Biodefesa e Segurança Sanitária da Casa Branca, acrescentou que 1.200 vacinas e 100 cursos de tratamentos foram distribuídos aos estados americanos, onde estão sendo oferecidos a contatos próximos de pessoas infectadas.Atualmente, existem duas vacinas autorizadas no país: ACAM2000 e JYNNEOS, que originalmente foram desenvolvidas contra a varíola humana. Apesar de esta doença ter sido erradicada, os Estados Unidos mantêm vacinas contra a mesma em um reserva estratégica para o caso de uso como arma biológica.A JYNNEOS é a mais moderna das duas, com menos efeitos colaterais."Seguimos tendo vacinas disponíveis mais que o suficiente", assinalou aos jornalistas Dawn O'Connell, secretário adjunto para Preparação e Resposta do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA.No fim de maio, os CDC afirmaram que tinham 100 milhões de doses da ACAM200 e mil doses da JYNNEOS disponíveis, mas O'Connell assinalou nesta sexta-feira que esses números mudaram, mas que não poderia divulgar as quantidades exatas por motivos estratégicos.Os CDC também autorizaram dois antivirais usados para o tratamento contra a varíola humana, TPOXX e Cidofovir, para serem reaproveitados para o tratamento da varíola do macaco."Qualquer um pode pegar a varíola do macaco e estamos monitorando cuidadosamente os casos que podem estar sendo transmitidos em qualquer população, inclusive entre aqueles que não se identificam como homens que mantêm relações sexuais com outros homens", afirmou McQuiston. Veja Mais

Galaxy S22 ou S22 Ultra: qual é a diferença nas fotos do dia a dia?

canaltech A série Galaxy S22 tem três dispositivos, dos quais dois se diferenciam somente pelo tamanho de tela e bateria, enquanto o terceiro é bem distinto. Falando em conjunto de câmeras, o Galaxy S22 Ultra tem um kit mais completo. Review Samsung Galaxy S22 | Ainda mais compacto e poderoso Review Galaxy S22 Ultra | O celular mais completo até o momento Mas será que o Galaxy S22 e o Galaxy S22+ ficam muito atrás em qualidade fotográfica, quando pensamos em fotos do dia a dia? Eu peguei o modelo-base e o S22 Ultra para fazer alguns cliques e comparei lado a lado exemplos de diversos cenários e enquadramentos para descobrir. Vamos analisar qual é a diferença nas fotos do dia a dia tiradas com o Galaxy S22 e o Galaxy S22 Ultra. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Como foi feito o teste Assim como fiz no comparativo do iPhone 13 Pro com Galaxy S22 Ultra e Motorola Edge 30 Pro, tirei todas as fotos deste aqui no modo automático. Tentei sempre posicionar os celulares mais ou menos no mesmo lugar para oferecer luz e composição o mais próximas possível.   A ideia era apontar o celular e tirar a foto, mas em alguns casos pode ter sido necessário tocar a tela para garantir que o foco ficasse no objeto certo. Não senti diferença muito grande no foco automático dos dois aparelhos, que foi rápido e preciso na maior parte dos casos. Não foi feita edição em nenhuma foto depois do clique. Todas as imagens à noite foram clicadas com o modo noturno ativado, para analisar possíveis diferenças no ‘Nightography’ de Galaxy S22 e Galaxy S22 Ultra. Câmera principal A diferença no conjunto fotográfico já começa com a principal, que tem sensores diferentes. São 50 MP no Galaxy S22 e 108 MP de resolução máxima no S22 Ultra, mas ambos usam uma tecnologia que une pixels menores para entregar um maior e, com isso, reduzir ruídos. Os resultados são praticamente idênticos quando você fotografa o mesmo cenário sob as mesmas condições de luz. O S22 Ultra, de fato, consegue registrar um pouco mais detalhes finos, com mais texturas. Câmera principal do Galaxy S22, à esquerda, e do S22 Ultra, à direita (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech) Para olhos não treinados, os resultados são iguais. Na tela do celular também não dá para notar muita mudança nas fotos tiradas com os dois celulares da Samsung. Ou seja, ao menos para fotos com boa iluminação com a câmera principal, tanto faz se você tem um Galaxy S22 ou um S22 Ultra em mãos: terá uma fotografia muito boa como resultado final. Câmera ultrawide Na câmera com campo de visão mais aberto, a diferença está no foco, automático no Galaxy S22 Ultra e fixo no S22. Ou seja, você tem algumas possibilidades a mais de compôr o quadro no modelo mais avançado, além de conseguir ajustar o ponto da imagem que terá algum destaque. Isso traz algumas possibilidades no S22 Ultra que ficam ausentes nos outros dois modelos, como o uso desta lente também para fotos macro. Por outro lado, a ultrawide de S22 e S22 Plus tem uma profundidade de campo um pouco mais ampla. Câmera ultrawide do Galaxy S22, à esquerda, e do S22 Ultra, à direita (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech) Ou seja, é difícil tirar uma foto em que o objeto da imagem fica desfocado, ou “embaçado”. Não importa muito a distância entre você e o que é fotografado, a possibilidade de estar dentro da distância focal é bem grande. O mesmo não vale para o S22 Ultra. No fim das contas, você consegue resultados relativamente semelhantes com os dois aparelhos. De novo, olhos não treinados vão olhar para cada imagem e dizer que são a mesma coisa. Câmera zoom Nas fotos aproximadas, é um pouco mais fácil entender que o Galaxy S22 Ultra é superior. Afinal, ele tem não só uma câmera zoom, como duas. Uma delas, com zoom óptico de 3x, é igual à presente no S22, enquanto a outra, com zoom óptico de 10x, é um dos maiores diferenciais do dispositivo. E, se as câmeras são iguais, os resultados também são, certo? Não exatamente. Eu notei uma pequena variação na temperatura das cores entre o Galaxy S22 e o S22 Ultra quando tirei fotos com o zoom no mesmo cenário. O segundo entregou resultados mais “quentes” em alguns casos. Câmera zoom do Galaxy S22, à esquerda, e do S22 Ultra, à direita (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech) Mas, no geral, são fotos muito parecidas, mesmo. Isso se a gente ficar no zoom de 3x, que usa a mesma aproximação óptica de sensores iguais. Se ampliar um pouco mais, especialmente a partir de 10x (que, aliás, é o limite do S22), o S22 Ultra já consegue mais qualidade, na maioria das vezes. Resumindo, se você quer tirar fotos com zoom a partir de 10x, o modelo mais avançado da linha vai ser o melhor. Se ficar limitado a até 5x, acho que a diferença vai ser mínima, quando houver alguma. Fotos noturnas Não vi muita diferença na capacidade do ‘Nightography’ desses dois aparelhos. O algoritmo da Samsung consegue reduzir bem os ruídos e até clarear de leve, sem perder a característica de ambiente com pouca luz na imagem. Em resumo, as pequenas diferenças que eu notei em cada câmera se repetem aqui. A principal tem um pouco mais de definição no S22 Ultra, e a ultrawide tem foco mais difícil de errar no S22. Mas, para olhos pouco treinados, são fotos praticamente idênticas. Modo noturno do Galaxy S22, à esquerda, e do S22 Ultra, à direita (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech) Talvez a maior diferença esteja na selfie. Achei as cores do Galaxy S22 um pouco menos naturais, com mais jeito de foto com pouca luz, mesmo. No S22 Ultra, apesar de também não ter resultado uma imagem muito boa, as cores são mais naturais. Parece mais o cenário que vi com meus próprios olhos. Câmera frontal Lembra aquela história da profundidade de campo que eu mencionei na ultrawide? Pois é, nas selfies também tem uma diferença considerável neste aspecto do Galaxy S22 para o S22 Ultra. Explicando de maneira simples, enquanto o S22 tem um foco mais amplo, o modelo mais avançado faz um desfoque natural de objetos um pouco mais distantes. Isso faz com que os olhos se voltem rapidamente para o rosto fotografado, em vez de se perder um pouco no cenário. Câmera frontal do Galaxy S22, à esquerda, e do S22 Ultra, à direita (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech) E isso não aconteceu com o uso do modo retrato, as fotos foram todas feitas no modo automático dos dois aparelhos. É a profundidade de campo, mesmo, que dá um destaque mais natural ao nosso rosto nas selfies do S22 Ultra. Mas falando em qualidade em si, achei ambos muito bons. O Galaxy S22 também pode ser classificado como um dos melhores celulares da atualidade para selfies, assim como eu já falei do S22 Ultra em outros textos aqui do Canaltech. Galaxy S22 ou S22 Ultra: qual é a diferença nas fotos do dia a dia? Não achei que as câmeras dos dois aparelhos se diferenciam tanto em qualidade fotográfica. Só olhos mais treinados, que parem para analisar cada imagem com mais cuidado, vão notar distinções. Na tela do celular, em fotos publicadas nas redes sociais, tanto faz um ou outro. O que você precisa ter em mente se estiver em dúvida entre um Galaxy S22 ou S22 Plus e um S22 Ultra é que este último tem um conjunto mais completo. E nem falo de resolução de 108 MP na principal, foco automático na ultrawide ou selfie com 40 MP. Conjunto fotográfico do Galaxy S22 não fica muito atrás do modelo mais avançado (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech) Estou falando em macro e zoom ainda maior do que o óptico de 3x. O Galaxy S22 Ultra pode fazer fotos de objetos muito aproximados e registrar detalhes incríveis, e usa a ultrawide para isso. Graças à distância focal variável que sua lente oferece, e que está ausente nos outros dois modelos. Além disso, tem um sensor a mais, que aproxima objetos de maneira óptica em 10x. Com isso, você pode aproveitar zoom híbrido de até 100x no modelo Ultra. Nos outros dois, o máximo é de 10x, que é feito de maneira digital. Mesmo assim, se você me perguntar diretamente qual dos três Galaxy S22 comprar pensando unicamente em câmera, eu digo que tanto faz. Para o dia a dia, eles são basicamente a mesma coisa. Agora, se você quer uma qualidade superior em pequenos detalhes e mais possibilidades de enquadramento e recursos, aí nem precisava deste comparativo. O Galaxy S22 Ultra é a sua opção. Veja preços dos celulares da série Galaxy S22 Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vilã da DC Comics tem poder tão impróprio que inviabiliza adaptação para cinema XIAOMI BARATO | 5 celulares para comprar por menos de R$ 1.500 Novo vídeo com três OVNIs é divulgado pelo Exército dos EUA; assista! Por que Darth Vader é tão mais poderoso do que Obi-Wan Kenobi? Grupo ligado à SpaceX investe no desenvolvimento de um motor de dobra Veja Mais

Agenda do Plenário - Veja o que pode ser votado esta semana – 05/06/22

Agenda do Plenário - Veja o que pode ser votado esta semana – 05/06/22

Câmana dos Deputados O Plenário da Câmara dos Deputados deve votar, esta semana, dois projetos que podem ajudar a baixar o preço da energia elétrica. Confira as perspectivas de votações com o repórter Cid Queiroz. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-t... Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #perspectiva #plenario #Agenda Veja Mais

Beber café pode reduzir o risco de morte prematura, aponta estudo

Beber café pode reduzir o risco de morte prematura, aponta estudo

Tecmundo Se você não sai de casa sem uma boa xícara de café e não dispensa nem mesmo o cafezinho da firma, essa pode ser uma boa notícia. Um novo estudo mostra que os apreciadores da bebida têm menor tendência a morrer prematuramente.Mas, apesar da correlação observada, os pesquisadores ainda não têm certeza se os benefícios realmente são provenientes dessa planta. Ainda faltam evidências para o fenômeno.Leia mais... Veja Mais

Raised by Wolves é cancelada pelo HBO Max após duas temporadas

Raised by Wolves é cancelada pelo HBO Max após duas temporadas

Tecmundo A HBO anunciou nesta sexta-feira (3) o cancelamento da série Raised by Wolves após duas temporadas. O seriado de ficção científica, criado por Aaron Guzikowski, estreou em 2020 e chamou atenção dos assinantes na época.“Embora não estejamos prosseguindo com uma terceira temporada de Raised by Wolves, estamos muito gratos ao elenco e à equipe estelares”, disse o HBO Max em comunicado divulgado na tarde de hoje. O serviço também agradeceu os criadores Aaron Guzikowski, Ridley Scott, David W. Zucker, e a equipe da Scott Free Productions, "por sua bela arte e capacidade única de mergulhar os fãs no mundo de Kepler-22b."Leia mais... Veja Mais

Câmara aprova PL que permite implantação de rede 5G em BH

O Tempo - Política Em primeiro turno, a matéria recebeu 37 votos favoráveis e três votos contra Veja Mais

Macron anuncia que reforma da aposentadoria entrará em vigor na França em 2023

em - Internacional O presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou nesta sexta-feira (3), a poucos dias das eleições legislativas, que sua controversa reforma da aposentadoria entrará em vigor em 2023."A reforma entrará em vigor a partir do verão [boreal] de 2023", disse Macron um uma entrevista com a imprensa regional, na qual descreveu esta medida como "indispensável".Em plena campanha para as eleições legislativas de 12 e 19 de junho, o chefe de Estado projeta assim uma de suas medidas mais impopulares, contra a qual milhares de pessoas se manifestaram em 2020.Na quarta-feira, a porta-voz do governo, Olivia Grégoire, assegurou que a reforma era necessária para "financiar grandes prioridades", como "a questão da autonomia, da dependência".O atraso da idade de aposentadoria, dos 62 para os 65 anos, se anuncia como um dos momentos mais tensos do novo mandato de Macron, que foi reeleito em abril após uma disputa com Marine Le Pen (extrema-direita).Sua segunda tentativa de aprovar essa reforma impopular vem acompanhada da promessa de uma aposentadoria mínima de 1.100 euros mensais e critérios específicos para os trabalhos mais difíceis.Os sindicatos, que já conseguiram uma paralisação dos transportes na França em 2020 com seus chamados à greve, manifestaram sua oposição à reforma, como a esquerda opositora.A frente da esquerda, liderada pelo veterano Jean-Luc Mélenchon, transformou as eleições legislativas em um terceiro turno para impedir que Macron aplique seu programa. Para isso, precisam conquistar a maioria na Assembleia (câmara baixa).Após as legislativas, o presidente francês planeja convocar um "Conselho Nacional de Refundação" para abordar a reforma, além de questões como ecologia e poder aquisitivo.Este Conselho reunirá "forças políticas, econômicas, sociais e associativas, cargos eleitos dos territórios e cidadãos escolhidos por sorteio", assegurou. Veja Mais