Meu Feed

Últimos dias

Óscar Romero incorpora MARADONA e faz pintura de falta com a 10 do Boca Juniors #Shorts

Óscar Romero  incorpora MARADONA e faz pintura de falta com a 10 do Boca Juniors #Shorts

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #BocaJuniors #CampeonatoArgentino #OscarRomero Veja Mais

Lula declara patrimônio de R$ 7,4 milhões, menor do que em 2018

O Tempo - Política Ao TSE, petista declarou plano de previdência como maior bem; Alckmin também teve redução de patrimônio em quatro anos Veja Mais

Como publicar uma ilha no Fortnite

canaltech O Modo Criativo é um repositório de mapas criados pela própria comunidade de Fortnite. O próprio jogo oferece ferramentas para você desenvolver suas ideias e, depois, compartilhá-las com o mundo inteiro. Fortnite | Mapa criativo feito por brasileiros faz sucesso Fortnite: 10 mapas "diferentões" do modo criativo Você pode criar mapas à vontade, mas, para compartilhá-los com a comunidade, é preciso seguir alguns passos. A seguir, saiba o que é preciso para publicar a sua própria ilha no Modo Criativo de Fortnite. Como participar do Apoie-um-Criador Para publicar sua ilha no Fortnite, é preciso estar cadastrado no programa Apoie-um-Criador (Foto: Divulgação/Epic Games) Para publicar a sua ilha no Fortnite, é obrigatório participar do programa Apoie-um-Criador. É através deste programa, também, que você pode obter uma porcentagem das compras feitas na loja com seu código. Para se inscrever, você precisa cumprir os seguintes requisitos: -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Ter pelo menos 13 anos de idade (ou 14, se morar na Coreia do Sul); Aceitar o Contrato de Criador; Cumprir as Diretrizes de Conteúdo; Conseguir receber pagamentos no HyperWallet, plataforma do PayPal utilizada pela Epic Games. Para influenciadores e criadores de conteúdo, a Epic Games exige que você tenha pelo menos mil seguidores em uma rede social. No nosso caso, de criadores de ilhas para o Modo Criativo, isso não é considerado. Está de acordo com todas as exigências? Siga os seguintes passos: Acesse o site oficial do programa Apoie-um-Criador; Aperte em “Inscrever-se agora” (um botão azul); Preencha todos os campos e, depois, clique em “Enviar”. A verificação pode durar alguns dias ou até semanas. Você deve receber uma confirmação no seu e-mail. Como publicar sua ilha Antes de publicar sua ilha, você precisa alterar o nome, a descrição, as tags e a imagem de divulgação (Foto: Divulgação/Epic Games) Está cadastrado no Apoie-um-Criador e com sua ilha pronta? Agora, podemos começar o processo de publicá-la para toda a comunidade. Siga estes passos: Abra o menu; No menu à direita, selecione “Minha Ilha”; Selecione a aba ‘Descrição”, no canto superior; Preencha os campos “Nome do jogo” e “Descrição”, nas partes um a três. Essas descrições aparecem na tela de carregamento do jogo; Clique em “Editar tags”; Selecione uma das tags disponíveis e clique em OK; Escolha uma foto para a sua ilha; Após editar a descrição da Ilha, clique em “Aplicar”; Selecione a aba “Ferramentas”, no campo superior da tela”; Clique em “Publicar”; O título e a descrição da sua Ilha irão aparecer na tela para revisão. Se estiver tudo pronto, clique novamente em “Publicar”. Se você chegar a uma tela parecida com esta, significa que está no caminho certo! (Foto: Divulgação/Epic Games) Pronto! Deve aparecer na tela o código da sua ilha. É com este número que você poderá compartilhar a sua criação com outros jogadores. No entanto, a Epic Games também vai analisar sua ilha antes de ativar a cópia jogável por questões de segurança. Fortnite é um jogo online gratuito e está disponível nos consoles PlayStation, Xbox, Switch e PC, além de celulares Android e iOS (via Xbox Cloud Gaming). Compre aqui o Xbox Series S e entre para a nova geração com o modelo mais compacto da Microsoft Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Como saber se estou com febre se não tenho termômetro? Startups participam de maior competição do Brasil e podem ir para fora do país As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

Autoridades "recuperam" primeiro corpo em incêndio em tanque...

em - Internacional Autoridades "recuperam" primeiro corpo em incêndio em tanques de combustível em Cuba Veja Mais

Dois venezuelanos que haviam chegado da Colômbia são presos com explosivos

em - Internacional Dois venezuelanos foram detidos pela polícia no estado de Táchira, na fronteira com a Colômbia, depois de entrar na Venezuela com explosivos, informou neste sábado (6) o almirante Remigio Ceballos, ministro do Interior e da Justiça."Foram capturados dois cidadãos venezuelanos que trouxeram material explosivo da Colômbia (...). Esses indivíduos pertencem a uma organização terrorista chamada Movimento de Libertação e Resistência", disse Ceballos ao canal estatal VTV.Os homens, identificados pelas autoridades venezuelanas como Jecson Ricardo Cariel García e Jackson Oswaldo Vera, "carregaram explosivo plástico C4, proveniente da Colômbia, para realizar atos terroristas na Venezuela", acrescentou Ceballos por meio do Twitter.Segundo o ministro, o grupo "terrorista" é liderado por "Jean Piero Osorio Ruiz, que se encontra nos Estados Unidos".As prisões ocorrem às vésperas da posse, nesta segunda-feira, do esquerdista Gustavo Petro, que venceu o segundo turno das eleições presidenciais da Colômbia, realizadas em 19 de junho."Estamos em alerta constante, todos os órgãos de inteligência, DGCIM, Sebin, CICPC, polícias estaduais e polícias municipais", declarou Ceballos. "Esse material explosivo iria causar sérios danos", enfatizou.A troca de acusações entre Caracas e Bogotá tem sido uma constante entre os dois países, sem relações desde 2019. O governo do venezuelano Nicolás Maduro acusou várias vezes o governo colombiano de apoiar um complô liderado pelos Estados Unidos para forçar uma mudança de regime na Venezuela.Petro, por sua vez, pretende restabelecer as relações com a Venezuela, rompidas quando o governo de Iván Duque não reconheceu a reeleição de Maduro e apoiou a proclamação do opositor Juan Guaidó como presidente em exercício.Twitter Veja Mais

Incêndio em tanques de petróleo deixa 77 feridos e 17 desaparecidos

O Tempo - Mundo Fogo começou na tarde de sexta-feira, quando um raio atingiu o depósito; hipótese é de que houve falha no sistema de para-raios Veja Mais

Michelle discursa ao lado de Bolsonaro na Marcha para Jesus em Recife

O Tempo - Política Participação da primeira-dama na campanha é vista como trunfo para conquistar votos de mulheres religiosas Veja Mais

Chegada do primeiro cargueiro com grãos ucranianos ao Líbano é adiada

em - Internacional O primeiro envio de grãos ucranianos desde a invasão russa não chegará mais neste domingo (7) à cidade portuária de Trípoli, no Líbano, como previsto inicialmente, disse a embaixada ucraniana em Beirute."A chegada do navio 'Razoni' está adiada", afirmou a embaixada à AFP em uma mensagem enviada neste sábado.Os dados sobre uma possível cerimônia de chegada "serão enviados posteriormente, quando tivermos informação sobre o dia e hora exatos da chegada do navio", acrescentou.Questionada sobre o motivo do adiamento, a embaixada salientou que no momento não tinha mais informações disponíveis.Sob anonimato, um funcionário que acompanhava o carregamento disse que o navio pode nem atracar no Líbano se o dono da carga conseguir vendê-lo em outro lugar. "O navio só irá para o Líbano (...) se um negociante comprar a carga", declarou à AFP.O 'Razoni', com bandeira de Serra Leoa, partiu do porto ucraniano de Odessa na segunda-feira com 26 mil toneladas de milho e fez escala na Turquia no dia seguinte.Uma equipe que incluía inspetores russos e ucranianos autorizou a passagem pelo estreito de Bósforo na quarta-feira, e um porta-voz da embaixada da Ucrânia disse depois que esperava que a embarcação atracasse no porto libanês de Trípoli na manhã de domingo.Esse envio é o primeiro desde a assinatura de um acordo entre Kiev e Moscou, patrocinado pela ONU e com mediação turca, para que a Rússia desbloqueie o embarque de cereais dos portos ucranianos, a fim de aliviar a crise alimentar mundial.O Líbano, que passa por uma das piores crises financeiras e econômicas de sua história, enfrenta uma escassez de pão particularmente aguda.Outros três navios carregados de grãos deixaram a Ucrânia na sexta-feira para a Turquia e os mercados da Irlanda e Reino Unido. Outros 13 aguardam autorização para sair. Veja Mais

O que causa caspa nos cabelos?

canaltech Você já ouviu falar de dermatite seborreica? Talvez esteja mais familiarizado com o nome popular que se usa para essa condição: caspa. Trata-se de uma coceira e descamação da pele, que só ocorre no couro cabeludo. Mas o que causa caspa nos cabelos? O Canaltech te explica, com detalhes. Por que temos mais cabelo na cabeça do que pelos no corpo? Proteína presente no próprio organismo pode ser a cura da calvície Muitos fatores podem contribuir para o desenvolvimento da caspa, portanto, identificar a causa exata da coceira e descamação do couro cabeludo pode ser difícil. As causas mais prováveis envolvem secreções de suas glândulas sebáceas ou a colonização fúngica na superfície da sua pele. Não lavar os cabelos o suficiente pode fazer com que as células da pele se acumulem e criem flocos e coceira. Mas aqui vai um alerta: lavar e secar demais o couro cabeludo também pode trazer consequências negativas. A caspa está relacionada com uma levedura chamada Malassezia, que agrava o couro cabeludo e causa o crescimento excessivo de células da pele. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Diferentes produtos de cuidados pessoais podem causar dermatite de contato, o que deixa o couro cabeludo vermelho e coçando. Outros fatores incluem a excessiva exposição à luz solar ou a exposição a poeira ou sujeira. Vale observar que algumas pessoas podem estar mais predispostas à caspa do que outras por razões desconhecidas. No entanto, sabe-se que os homens desenvolvem caspa com mais frequência do que as mulheres. A caspa nos cabelos pode ter diversas causas (Imagem: Tim Mossholder/Unsplash) Sintomas e tratamentos da caspa Os sintomas da caspa nos cabelos incluem oleosidade na pele e no couro cabeludo, escamas brancas que descamam ou até escamas amareladas que são oleosas e ardem; coceira, que pode piorar caso a área seja infectada pelo ato de “cutucar” a pele; leve vermelhidão na área e possível perda de cabelo. Agora que você sabe o que causa caspa nos cabelos, vale entender a melhor maneira de se livrar da doença: usar shampoo anticaspa e tratamentos para o couro cabeludo, além de algumas soluções caseiras que podem ajudar, como bicarbonato de sódio, vinagre de maçã ou óleo de coco. De qualquer forma, não deixe de consultar um dermatologista. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá Por que a ciência recomenda registrar nossos sonhos em um diário NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Substituto do Onix? Chevrolet prepara lançamento de novo carro compacto As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

Bolsonaro e Michelle vêm a BH para participar de culto evangélico neste domingo

O Tempo - Política Visita foi confirmada pelo senador Carlos Viana. Essa será a quarta vez que o presidente vem a Minas Veja Mais

Cármen Lúcia dá 5 dias para Bolsonaro explicar mudança de local de desfile

O Tempo - Política Ministra do STF quer saber por qual razão presidente quer trocar local tradicional, no centro do Rio, pela praia da Copacabana Veja Mais

Oposição quer convocar Augusto Heleno para explicar ameaças no 7 de Setembro

O Tempo - Política Bancada do PSOL quer que ministro fale sobre suspeitas sobre ataque simulado relatadas pela revista 'Veja' Veja Mais

Os 10 filmes mais assistidos da semana (06/08/2022)

canaltech A lista dos filmes mais assistidos da primeira semana de agosto trouxe algumas novidades. Enquanto Sonic 2: O Filme, Top Gun: Ases Indomáveis e Jurassic World: Domínio se firmam, novamente, como longas com bastante audiência, novos títulos entram no ranking. É o caso de Influencer de Mentira, Vingança e do nacional Eduardo e Mônica. Lançamentos do Star+ em agosto de 2022 10 séries injustiçadas pela crítica para assistir no Amazon Prime Video Já para os fãs de multiverso, opção é o que não falta. Homem Aranha: Sem Volta Para Casa segue na lista, enquanto um dos filmes mais aclamados da atualidade, Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo, assume a liderança. Vale lembrar que ainda não existe uma ferramenta oficial que faça essa medição de audiência de filmes nos serviços de streaming e vídeo sob demanda. Por enquanto, a melhor forma de fazer essa aferição é a partir do JustWatch, uma plataforma que ajuda os usuários a encontrarem o que assistir e também em que streaming o conteúdo está disponível. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Então, com base nesses dados, chegamos a um ranking aproximado de quais foram os filmes mais assistidos da semana no Brasil. Cansado de perder tempo procurando preços baixos? Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções no seu celular! 10. Sonic 2: O Filme   Uma obra para crianças e adultos, Sonic 2: O Filme é um longa que conquistou o público e se manteve no nosso ranking durante várias semanas. A história gira em torno do ouriço azul que se une à raposa Tails para tentar derrotar o Dr. Robotnik (Jim Carrey). Acontece que tal missão não será fácil, uma vez que o vilão está alinhado à Knuckles com o intuito de roubar a esmeralda mística para dominar e destruir o mundo. Sonic 2: O Filme está disponível para compra e locação no Prime Video, Apple TV e Microsoft Store. 9. Influencer de Mentira   O nono lugar da lista fica com o recente lançamento Influencer de Mentira, que conta a história de Danni, uma jovem que não tem boas perspectivas na vida. Desanimada, sem amigos e colecionando decepções amorosas, ela decide criar uma falsa viagem à Paris para chamar atenção. Porém, as coisas acabam saindo do controle e ela terá que lidar com as consequências de seus atos. Escrito e dirigido por Quinn Shephard, a comédia dramática intitulada Not Okay, em inglês, conta com Zoey Deutch, Dylan O'Brien e Embeth Davidtz no elenco. Influencer de Mentira está disponível no Star+. 8. Vingança   Dirigido por Coralie Fargeat, esse filme francês de 2017 conta a história de três homens casados e ricos que todo ano fazem uma caçada no deserto. Acontece que dessa vez, um dos empresário decide levar sua amante e a abandona para morrer no local. Agora, eles terão que lidar com as consequências de uma mulher revoltada que busca vingança. Vingança está disponível na Netflix. 7. Top Gun: Ases Indomáveis   Estrelado por Tom Cruise, esse longa voltou a fazer sucesso depois que sua continuação, Top Gun: Maverick, foi lançada em 2022. O primeiro filme é de 1986 e conta a história de Pete “Maverick” Mitchell, um jovem e destemido piloto do esquadrão de elite da Força Aérea dos Estados Unidos que precisa lidar com lembranças antigas para conseguir voltar a pilotar. Com muitas cenas de ação, o filme mostra Cruise na sua melhor forma. Top Gun: Ases Indomáveis está disponível no Star+ e no Globoplay, e também para compra e locação na Microsoft Store, Claro Video, Google Play, Prime Video e Apple TV. 6. Eduardo e Mônica   Uma semana após chegar no Globoplay, essa comédia romântica inspirada na música homônima de Renato Russo já conquistou o sexto lugar na nossa lista. Ela conta a história de um rapaz e uma moça que tem carcaterísticas completamente diferentes, mas que, por ironia do destino, acabam se apaixonando e, contrariando o que todo mundo pensava, vivem um amor que atravessa os anos. Afinal, "quem um dia irá dizer que não existe razão nas coisas feitas pelo coração?". Dirigido por René Sampaio, os escolhidos para darem vida aos protagonistas foram Gabriel Leone e Alice Braga. Completam o elenco Victor Lamoglia, Bruna Spínola, Fabrício Boliveira, Otávio Augusto e outros. Eduardo e Mônica está disponível no Globoplay e para alugar no Google Play e na Apple TV. 5. O Homem do Norte   Caindo algumas posições, esse filme ainda se mantém firme no nosso ranking dos mais assistidos desde a sua estreia. Dirigido por Robert Eggers, a história une ação, vingança, morte, e lenda vinking. Ambientado em 914, a trama de O Homem do Norte conta a história do príncipe Amleth (Alexander Skarsgård) que, prestes a atingir a maioridade e ocupar o lugar de rei, descobre que seu pai foi assassinado pelo próprio irmão. Chocado e revoltado, ele promete voltar para se vingar. Vinte anos depois, Amleth está de volta para cumprir o que prometeu e acabar com o tio. O Homem do Norte está disponível na Claro TV+, Google Play e Prime Video. 4. Jurassic World: Domínio   Os dinossauros também fazem sucesso por aqui. Novamente no ranking, o longa lançado em junho de 2022 mostra que, após quatro anos da destruição da Ilha Nublar, os dinossauros e humanos agora convivem lado a lado. Acontece que tal situação nem sempre é pacífica e essa frágil harmonia está prestes a acabar. Agora, os ex-funcionários do parque dos dinossauros, Claire (Bryce Dallas Howard) e Owen (Chris Pratt) tentarão buscar uma solução para tal problema. Para isso, eles contarão com a ajuda dos cientistas experientes em dinossauros, que retornam dos filmes antecessores. Vale lembrar que o filme é o capítulo final de uma trilogia que conta com Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros e Jurassic World: Reino Ameaçado. O elenco traz Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Laura Dern. A direção é de Colin Trevorrow que também divide o roteiro com Michael Crichton. Jurassic World: Domínio está disponível na Claro TV+ e para alugar na Apple TV, no Google Play e no Prime Video. 3. Homem Aranha: Sem Volta Para Casa   Quem é fã do Spider-Man, pode ficar feliz, porque Homem Aranha: Sem Volta Para Casa está novamente na nossa lista, mostrando que o sucesso que fez no cinema está se repetindo nos streamings. Esse longa, assim como o filme dos dinossauros citado acima, também faz parte de uma trilogia composta por Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017) e Homem-Aranha: Longe de Casa (2019), e conta a história de Peter Parker (cuja identidade foi revelada ao mundo) pedindo ajuda ao Doutor Estranho para reverter a exposição causada. Com uma trama intrigante e recheada de cenas de ação, o filme traz vilões e outros Homens-Aranhas do Multiverso, interpretados por Tobey Maguire e Andrew Garfield. Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa está disponível para compra e locação no Google Play, HBO Max, Apple TV, Microsoft Store e Prime Video. 2. Agente Oculto   Baseado na série de livros best-seller de Mark Greaney, esse longa foi lançado neste ano e se tornou a quinta estreia mais bem-sucedida da Netflix. Conhecido também como O Homem Cinzento (The Gray Man, em inglês), o filme de conta a história de um agente da CIA, Court Gentry (Ryan Gosling), que está prestes a ser executado, mas é resgatado do presídio federal por Donald Fitzroy (Billy Bob Thornton), um mafioso que deseja ter Gentry em seu bando. Agora, com a cabeça a prêmio, o protagonista terá que fugir e se esconder para defender sua vida. Agente Oculto está disponível apenas na Netflix. 1. Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo   No primeiro lugar pela segunda semana seguida, o longa que estreou em 2022 conta a história de Evelyn Wang (Michelle Yeoh), uma imigrante chinesa que está à beira do colapso, pois tem que lidar com mais problemas do que conegue aguentar; como o fracasso da sua lavanderia, o casamento falido, o péssimo relacionamento com seu pai e sua filha, e também com a auditora da Receita Federal. Agora, Evelyn terá que explorar realidades paralelas. Dirigido por Daniel Scheinert e Daniel Kwan, o filme ainda está em algumas salas de cinema. No streaming, Tudo em Todo Lugar Ao Mesmo Tempo pode ser alugado no Google Play, no Prime Video e na Apple TV. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Por que a ciência recomenda registrar nossos sonhos em um diário Substituto do Onix? Chevrolet prepara lançamento de novo carro compacto As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

Bolsonaro ignora Paes e volta a convocar desfile do 7 de Setembro em Copacabana

O Tempo - Política Na Marcha para Jesus, em Recife (PE), presidente voltou a convocar apoiadores para desfile militar em Copacabana, ignorando Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro Veja Mais

Reino Unido diz que Guerra da Ucrânia deve entrar em 'nova fase'

O Tempo - Mundo Segundo relatório de inteligência, desta vez ataques devem se concentrar na porção sul do país Veja Mais

Reguladora da Califórnia acusa Tesla de enganar consumidores

em - Internacional Uma agência reguladora da Califórnia acusou a Tesla de enganar os consumidores sobre seus sistemas de assistência ao motorista e entrou com uma ação que pode impedir a montadora de vender sua produção no estado, informou a imprensa dos Estados Unidos na sexta-feira. O Departamento de Veículos Motorizados (DMV) alegou que a Tesla anunciou suas tecnologias de piloto automático e direção autônoma como mais capazes do que realmente são, informou o Los Angeles Times. A empresa "fez ou divulgou declarações falsas ou enganosas e não baseadas em fatos", diz os autos, apresentados em 28 de julho ao Gabinete de Audiências Administrativas. Os carros da Tesla nunca poderiam "e não podem operar como veículos autônomos", disse o DMV, informou o jornal da Califórnia. A reguladora não respondeu imediatamente ao pedido da AFP para comentar o caso. O site da Tesla descreve seu piloto automático como tendo "capacidade total de direção autônoma". "Tudo o que o motorista terá que fazer é entrar em seu veículo e dizer para onde ir", informa. "Se você não disser nada, o carro vai consultar sua agenda e levá-lo a um destino presumido." Uma decisão a favor da reguladora da Califórnia pode ter sérias consequências para a montadora elétrica, incluindo uma possível revogação das licenças que autorizam a Tesla a fabricar ou vender seus carros no estado, segundo o Times. Mas um porta-voz do DMV disse ao jornal que a agência realmente pretende que a Tesla informe melhor os motoristas sobre seus veículos autônomos e admita as limitações de sua tecnologia. Os veículos da Tesla equipados com software de direção autônoma se envolveram em 273 acidentes nos Estados Unidos, de acordo com um relatório divulgado em junho pela Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário, que está investigando a montadora. Em junho, o proprietário da Tesla, Elon Musk, destacou a importância da condução totalmente autônoma, dizendo que sem ela o valor de sua empresa seria "próximo de zero".TESLA MOTORS Veja Mais

Medo e desespero em Gaza, atacada novamente por Israel

em - Internacional Ruas vazias e cortinas fechadas: Enquanto a Jihad Islâmica e Israel se enfrentam, Gaza se parece com uma cidade fantasma e os moradores do enclave palestino devastado pela guerra sentem como se estivessem revivendo as mesmas cenas repetidamente. Como toda semana, na sexta-feira - dia do descanso semanal - a costa de Gaza, um dos poucos lugares onde se pode respirar ar fresco no enclave bastante povoado, estava lotado de pessoas. Menos de 24 horas depois, esta longa avenida que percorre o Mediterrâneo está deserta. Os cafés estão fechados e os vendedores ambulantes ficaram em casa. Nem uma alma é vista no centro da cidade também. Os únicos moradores que se aventuram fora de suas casas o fazem para avaliar os danos causados pelo bombardeio. "Vivemos em paz e, de repente, na tarde de sexta-feira começaram os bombardeios", disse Mohamed Hamami, 40 anos, "surpreso" com a "agressão" israelense em Gaza, território de 2,3 milhões de habitantes submetido a um estrito bloqueio israelense desde 2007.O Exército israelense diz que está realizando uma operação "preventiva" em Gaza. Ressalta que seu alvo é a Jihad Islâmica, o segundo maior grupo armado do território, depois do Hamas no poder. Quinze combatentes foram mortos, segundo Israel. Segundo as autoridades locais, 12 pessoas morreram e mais de 80 ficaram feridas. Entre as vítimas está Alaa Kaddoum, uma menina de 5 anos, que foi morta em um bombardeio ao bairro residencial onde morava em Gaza com sua família. - "Sozinhos" -"Basta!", exige Hamami. "Vivemos com medo da ocupação (israelense). Todo mês ou todo ano há uma guerra", suspira. Israel e grupos armados em Gaza travaram quatro guerras desde 2007. A última, em maio de 2021, deixou 260 mortos no lado palestino em onze dias, incluindo combatentes, e 14 mortos em Israel, incluindo um soldado, segundo autoridades locais. "Esta última escalada nos lembra episódios de medo, angústia, sensação de estarmos sozinhos", explica Dounia Alamal Ismail, que mora no centro e não dormiu por causa do barulho incessante das explosões. "Espero que essa escalada não se transforme em um grande confronto e que a mediação egípcia restaure a calma", acrescenta.O Egito, um mediador histórico entre Israel e grupos armados em Gaza, tenta intervir no conflito, disseram autoridades egípcias à AFP. Mas os habitantes ainda têm medo. Em Jabalia, no norte de Gaza, Fouad Farajallah observa sua casa. Sua sala de estar está cheia de escombros. "Estava sentado no sofá com minha esposa e filhos quando de repente tudo desmoronou", disse ele à AFP. "Minha esposa quebrou a mão e meu filho foi atingido por estilhaços." Veja Mais

Contrariando Bolsonaro, Eduardo Paes anuncia 7 de Setembro longe de Copacabana

O Tempo - Política Presidente havia afirmado que o desfile militar do Dia da Independência seria na praia de Copacabana, considerado um reduto bolsonarista Veja Mais

Papa Francisco reduz autonomia do Opus Dei

O Tempo - Mundo O Opus Dei havia sido elevado em 1982 pelo papa João Paulo II à categoria de uma parte da Igreja estruturada de modo hierárquico Veja Mais

Erdogan confirma que Turquia pagará gás russo em rublos

em - Internacional O presidente turco Recep Tayyip Erdogan confirmou que o abastecimento de gás russo para Turquia será pago em rublos.Erdogan se reuniu na sexta-feira com o colega russo Vladimir Putin em Sochi, onde os dois governantes concordaram que o fornecimento de gás russo à Turquia será pago "parcialmente em rublos", segundo o vice-primeiro-ministro russo, Alexander Novak. "Um aspecto positivo de nossa visita a Sochi é nosso acordo com Putin sobre o rublo. Se Deus quiser, as transações em rublos proporcionarão benefícios para Turquia e Rússia", afirmou o chefe de Estado turco à imprensa ao retornar da viagem.A Rússia tenta há vários meses impor sua moeda no cenário internacional ante o euro e o dólar, após as restrições provocadas pelas sanções ocidentais adotadas pela guerra na Ucrânia. A Turquia condenou a ofensiva russa, mas optou pela neutralidade no tema sanções e não aderiu às medidas contra Moscou.Pagar o gás russo em rublos permitira à Turquia preservar suas reservas de divisas em dólares. De acordo com economistas, o governo gastou dezenas de milhões de dólares no ano passado para tentar conter o colapso da lira turca, que perdeu quase metade de seu valor em um ano.Em 2021, 25% das importações de petróleo da Turquia e 45% das compras de gás natural foram procedentes da Rússia. Veja Mais

Aliados de Bolsonaro procuram Faria Lima após manifestos pró-democracia

O Tempo - Política Repercussão de manifestos entre empresários moveu interlocutores do presidente Jair Bolsonaro a procurar aproximação com representantes do PIB Veja Mais

Acidente de ônibus mata 12 poloneses no norte da Croácia

em - Internacional Doze poloneses morreram e 30 ficaram feridos em um acidente de ônibus neste sábado no norte da Croácia, informou o ministério croata do Interior.As vítimas são provavelmente peregrinos que viajavam para Medjugorje, área que abriga um santuário católico na Bósnias, afirmou o ministro croata do Interior, Davor Bozinovic.Medjugorje é visitado a cada ano por centenas de milhares de pessoas, muitas delas procedentes da Polônia.Onze pessoas morreram no momento do acidente e outra não resistiu aos ferimentos no hospital, segundo o ministro.Uma funcionária do consulado da Polônia na Croácia, Dagmara Lukovic, confirmou que os passageiros eram cidadãos do país.O acidente aconteceu no fim da madrugada, quando o ônibus saiu da pista, a 60 km ao norte da capital croata, de acordo com a polícia.A Croácia recebe milhões de turistas durante o verão (hemisfério norte) que viajam para a costa do Adriático.Os turistas poloneses são particularmente numerosos: entre janeiro e julho, mais de 580.000 cidadãos da Polônia viajaram para a Croácia. Veja Mais

ÓSCAR ROMERO FAZ PINTURA DE FALTA, E BOCA JUNIORS VENCE O PLATENSE NO CAMPEONATO ARGENTINO

ÓSCAR ROMERO FAZ PINTURA DE FALTA, E BOCA JUNIORS VENCE O PLATENSE NO CAMPEONATO ARGENTINO

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #MelhoresMomentos #BocaJuniors #CampeonatoArgentino Veja Mais

Vera Lúcia é registrada no TSE e declara patrimônio de R$ 8,8 mil

O Tempo - Política Candidata do PSTU à Presidência da República terá a indígena Raquel Tremembé como vice na chapa Veja Mais

Incêndio em tanques de combustível deixa um morto, 121 feridos e 17 desaparecidos em Cuba

em - Internacional Pelo menos uma pessoa morreu, 121 ficaram feridas e 17 estão desaparecidas devido à explosão de dois tanques de combustível na cidade de Matanzas, no oeste de Cuba, onde os bombeiros seguem neste sábado (6) tentando apagar o incêndio.Luis Wong, diretor provincial de Saúde de Matanzas, disse em coletiva de imprensa que "foi recuperado um corpo no local do acidente" e que ele está sendo identificado por especialistas.Acrescentou que dos 121 feridos, quase todos por queimaduras, 85 já tiveram alta e 36 estão hospitalizados, dos quais cinco estão em estado crítico Além disso, 17 pessoas seguem notificadas como desaparecidas.Cuba solicitou "ajuda e consultoria a países amigos com experiência na questão do petróleo", informou a presidência.A resposta chegou rápido: "Expressamos profunda gratidão aos governos do México, Venezuela, Rússia, Nicarágua, Argentina e Chile, que prontamente ofereceram ajuda material solidária diante desta complexa situação", disse o presidente Miguel Díaz-Canel no Twitter. "Também agradecemos a oferta de consultoria técnica por parte dos Estados Unidos", acrescentou. O vice-chanceler Carlos Fernández de Cossío afirmou que a proposta americana "já está nas mãos de especialistas para a devida coordenação".Díaz-Canel comentou que "a extinção do incêndio ainda pode demorar", enquanto o diretor de Comércio e Abastecimento da estatal Unión Cuba-Petróleo (Cupet), Asbel Leal, disse que o país nunca havia enfrentado um incêndio "da magnitude que temos hoje".O fogo começou na tarde de sexta-feira quando um raio atingiu um dos tanques do depósito localizado nos arredores de Matanzas, cerca de 100 quilômetros a leste de Havana, às 19h, horário local. Às 5h deste sábado, o fogo atingiu um segundo tonel.- "Saímos correndo" -"Sentimos o estrondo, como uma onda de ar que levava para trás", contou à AFP Laura Martínez, moradora da comunidade de La Ganadera, a cerca de dois quilômetros do local do incidente.As autoridades de Matanzas indicaram que o número de pessoas evacuadas subiu para 1900.Quando ocorreu a primeira explosão, Yuney Hernández e sua família deixaram sua casa em La Ganadera. Voltaram "por volta das três da manhã" porque as crianças estavam com sono, explicou a mulher de 32 anos à AFP.Mas por volta das 5h eles começaram a ouvir mais explosões e "parecia que pedaços do tanque estavam caindo", acrescentou.Ginelva Hernández, de 33 anos, mora na mesma comunidade com o marido e três filhos. "Saltamos da cama e quando saímos para a rua o céu estava amarelo", contou ela à AFP. "Está incontrolável o medo das pessoas na rua", disse.Segundo a Cupet, o primeiro depósito "continha cerca de 26 mil metros cúbicos de petróleo bruto nacional, cerca de 50% da sua capacidade máxima", quando foi atingido pelo raio. O segundo tanque tinha 52 mil metros cúbicos de óleo combustível.- Falha no para-raios -"Aparentemente houve uma falha no sistema de para-raios, que não suportou a energia da descarga elétrica", indicou o Granma. Danger Ricardo, um soldador de 37 anos que trabalha no local, não sabe explicar como o sistema falhou.Os dois tanques abastecem a termelétrica Antonio Guiteras, a maior de Cuba, mas o bombeamento para essa usina não parou, acrescentou Granma.Dois helicópteros começaram a jogar água do mar para apagar o fogo na manhã de sábado, trabalho que foi interrompido à tarde pelo aumento das chamas. Ao final da tarde, com o fogo mais baixo, puderam retomar a ação em frente à baía de Matanzas, uma cidade de 140 mil habitantes. O incêndio ocorre em meio a dificuldades enfrentadas desde maio na ilha para atender ao aumento da demanda por energia devido ao calor do verão. A obsolescência de suas oito usinas termelétricas, danos, manutenções programadas e falta de combustível dificultam a geração de energia. Desde maio, as autoridades programam apagões de até 12 horas por dia em algumas regiões do país. Desde então, houve vinte protestos em cidades do interior da ilha. Veja Mais

Autoridades 'recuperam' primeiro corpo em incêndio em tanques de combustível em Cuba

em - Internacional As autoridades anunciaram a localização, neste sábado (6), do primeiro corpo no incêndio de dois tanques de combustível em Matanzas, no oeste de Cuba, que deixou 121 feridos e 17 desaparecidos."Foi recuperado um cadáver no local do acidente", disse o diretor de Saúde de Matanzas, Luis Armando Wong, em coletiva de imprensa. Veja Mais

Como editar fotos no iPhone | Guia completo

canaltech Saber como editar fotos no iPhone é um dos requisitos básicos para quem gosta de aproveitar a câmera do smartphone e, ainda, exibi-los nas redes sociais. Por isso, o app Fotos possui ferramentas nativas para realizar edições simples, como ajuste de luz, tom, recorte e adição de filtros. Como aumentar o tamanho das fotos do iPhone Como mudar o nome da foto no iPhone E se você utiliza as Fotos do iCloud para fazer o backup na nuvem da Apple, saiba que todas as alterações realizadas no iPhone também serão salvas em outros dispositivos compatíveis. Caso queira contar ferramentas mais avançadas de edição, você pode acessar nossa lista dos 10 melhores editores de imagem para iPhone e iPad. Abaixo, acompanhe nosso guia com sete dicas para aprender as ferramentas de edição de fotos nativo no iPhone: -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- 1. Recortar a foto no iPhone É bastante comum precisar recortar uma foto tirada no iPhone para privilegiar a cena principal de uma imagem. Veja como fazer: Abra o app Fotos; Toque na miniatura de uma foto para visualizá-la; Toque no botão "Editar"; Selecione o botão para recortar e faça os ajustes necessários; Você pode utilizar uma proporção pré-definida tocando no botão com formato de retângulo, no topo da tela; Se quiser voltar ao formato original, toque em "Redefinir"; Para salvar as alterações, toque em "OK". Recorte a foto e faça ajustes no iPhone (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech) 2. Corrigir a iluminação da foto no iPhone Não é sempre que a iluminação ambiente colabora para favorecer uma foto. Seja se estiver escuro demais, ou com muita luz, você pode ajustar a luz da foto conforme achar necessário. Confira: No app Fotos, escolha a foto que deseja editar; Toque em "Editar" e arraste o dedo à esquerda na foto para ver os efeitos disponíveis, como Exposição, Luminosidade, Altas-luzes e Sombras; Selecione o efeito desejado e arraste o controle de ajuste para fazer a edição; Você ainda pode tocar no botão de varinha mágica para que o app adicione um efeito automático; Toque em "OK" para salvar as alterações. Ajuste detalhes da imagem como Exposição e Luminosidade (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech) 3. Consertar a perspectiva da imagem da foto no iPhone Ajustar as dimensões da foto e corrigir a sua perspectiva pode melhorar bastante o resultado da imagem. O app Fotos permita que você faça essa alteração, veja: No app Fotos, escolha a foto que deseja editar; Toque no botão de recortar; Arraste o dedo na parte inferior esquerda da imagem para visualizar os efeitos Endireitar, Vertical e Horizontal; Escolha o efeito de ajuste da perspectiva que deseja; O nível do ajuste é exibido pelo contorno ao redor do botão. Assim, você pode visualizar facilmente quais efeitos foram ajustados; Pressione o botão para alternar entre a edição em andamento e a imagem original; Toque em "OK" para salvar as alterações. Faça ajustes no ângulo de uma foto no iPhone (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech) 4. Melhorar a cor da foto no iPhone Aplicar ajustes como brilho e saturação são mudanças simples que podem fazer a diferença na qualidade de imagem da foto. Veja como: No app Fotos, escolha a foto que deseja editar; Toque em "Editar" e arraste o dedo à esquerda na foto para ver os efeitos disponíveis, como Contraste, Brilho, Ponto Preto, Saturação e Brilho da Cor; Selecione o efeito desejado e arraste o controle de ajuste para fazer a edição; Toque em "OK" para salvar as alterações. Faça alterações nas cores da foto de contraste, brilho e outras opções (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech) 5. Insira efeitos de filtro na foto no iPhone Os filtros são efeitos que ficaram muito populares com o crescimento das mídias sociais. No iPhone, você também pode adicionar filtros para dar um tom especial à sua imagem, confira: No app Fotos, escolha a foto que deseja editar; Toque em "Editar" e selecione o botão de filtros (com três círculos) para aplicar efeitos como Vívido, Dramático ou Tom Prata; Escolha um filtro e arraste o controle para ajustá-lo; Pressione a foto para comparar com a imagem original; Toque em "OK" para salvar as alterações. Insira filtros nas fotos para dar um tom diferenciado à imagem (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech) 6. Editar uma Live Photo no iPhone O efeito de Live Photos captura um segundo e meio antes e depois da captura de uma foto. O resultado é uma foto "viva", com som e movimento, mantendo o quadro principal da imagem. Se você desejar, pode alterar o quadro para um momento melhor capturado, veja como: No app Fotos, escolha a foto que deseja editar; Na parte inferior da tela, toque no botão do Live Photos; Arraste o controle deslizante para modificar o quadro principal da imagem; Toque em "Usar Como Foto Principal" para salvar. Modifique a foto principal do Live Photos no iPhone (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech) Embora não haja possibilidade de fazer demais alterações, você pode conferir os melhores aplicativos para editar Live Photos e baixá-los na App Store do iPhone. 7. Reverta a edição de uma foto no iPhone Se você realizou os ajustes, mas não aprovou o resultado, pode reverter o processo e retornar a imagem à sua forma original. No app Fotos, abra uma imagem editada; Toque em "Editar"; Selecione "Reverter"; Confirme a opção em "Reverter ao Original". Reverta uma edição para a imagem original (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Como saber se estou com febre se não tenho termômetro? Startups participam de maior competição do Brasil e podem ir para fora do país As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

O céu não é o limite! | Homenagem a Nichelle Nichols, a dança da Lua no céu e+!

canaltech Uma homenagem da NASA à atriz Nichelle Nichols, chuva de meteoros e "bola de fogo" em São Paulo, pedaços de foguetes assustando moradores. Enquanto isso, astrônomos encontraram emissões inexplicáveis de rádio em um aglomerado de galáxias. Confira essas e outras "astronotícias" que foram destaque durante a semana. Homenagem da NASA à atriz Nichelle Nichols   No dia 1º de agosto, a NASA prestou uma homenagem à atriz Nichelle Nichols e contou um pouco sobre seu trabalho junto à agência espacial e sua importância para a diversidade no setor espacial. Isso porque ela apareceu em um filme promocional da NASA que visava recrutar mulheres e pessoas negras para se candidatarem a astronautas, estratégia que deu certo. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Mais conhecida pela franquia Star Trek, Nichols morreu no dia 30 de julho, aos 89 anos. Ela se tornou um ícone por interpretar a Tenente Nyota Uhura na série da NBC entre 1966 e 1969, papel que aproximou o público feminino e negro a temas relacionados à ficção científica e exploração espacial. Veja "dança" da Lua no céu ao longo de um ano O astrofotógrafo Andrew McCarthy fotografou a Lua ao longo de um ano, registrando a “dança” do astro no céu. O efeito do time lapse é o resultado de um fenômeno chamado "libração", do latim para “balança”. Trata-se da forma como o satélite natural parece balançar, o que nos permite ver mais de 50% da superfície lunar. Sem esse fenômeno, veríamos exatamente a metade da Lua, já que sua órbita ao redor de nosso planeta é "travada", ou seja, não vemos seu famoso "lado afastado". A libração, no entanto, ocorre devido a uma soma de fatores, como sua órbita elíptica e sua inclinação em relação à órbita terrestre. Assim, vemos o satélite natural de ângulos levemente diferentes ao longo de um mês. Lixo espacial de missão à ISS cai em fazenda na Austrália Mick Miners com o lixo espacial que caiu em sua propriedade (Imagem: Reprodução/ABC South East NSW/Adriane Reardon) Um pedaço de lixo espacial caiu em uma fazenda de criação de carneiros em Nova Gales do Sul, na Austrália, após causar um grande estrondo ao reentrar na atmosfera. O incidente ocorreu no dia 9 de julho, sendo relatado pela população das regiões de Snowy Mountains, Albury, Wagga Wagga e Canberra. Os destroços eram parte da cápsula Crew Dragon que viajou ao espaço em novembro de 2020. Entre eles, um artefato de quase três metros de altura estava fincado no chão como uma estaca quando foi encontrado pelo fazendeiro Mick Miners em uma área remota de sua propriedade. Outras peças também foram encontradas nas propriedades vizinhas. O que é o tal "espaguete" em Marte? Imagem do famoso "espaguete marciano", capturada pelo rover Perseverance. (Imagem: NASA/JPL) Quando os cientistas se deparam com algo muito estranho e dizem "devem ter alguma explicação simples para isso", não é porque eles são céticos quanto às descobertas mais extraordinárias (por exemplo, "são os ETs"). É porque, geralmente, existe mesmo uma explicação mais "sem graça", porém muito mais provável. Este é o caso do "espaguete" encontrado em Marte em meados de julho. Conforme já havia sido especulado, o objeto da imagem acima é mesmo parte dos destroços do equipamento usado durante o processo de "Entrada, Descida e Pouso" do Perseverance ao chegar no Planeta Vermelho. Essa não é a primeira vez que lixo da espaçonaves é flagrado pelas suas próprias câmeras, causando certo "alvoroço". Mas admitimos, é divertido imaginar o que poderiam ser os objetos esquisitos encontrados em Marte. Foguete chinês cai no litoral das Filipinas meteor spotted in kuching! #jalanbako 31/7/2022 pic.twitter.com/ff8b2zI2sw — Nazri sulaiman (@nazriacai) July 30, 2022 Não são apenas as cápsulas da SpaceX que nos dão sustos quando caem como meteoros gigantes. Detritos do estágio central de um foguete Long March 5B, da agência espacial chinesa, também chamaram a atenção ao reentrar na atmosfera terrestre, na região ocidental das Filipinas. Os objetos causaram um estrondo e iluminaram o céu, sem causar danos à população. A reentrada ocorreu seis dias após o veículo lançar o Wentian, o segundo módulo da nova estação espacial chinesa Tiangong. As autoridades locais foram orientadas a procurar os restos caídos no litoral de Palawan, onde poderiam ser encontrados flutuando no oceano. Finalmente, na terça-feira (2), foram encontrados mais destroços do foguete em vilarejos da Indonésia e Malásia. Estranhos sinais de rádio em aglomerado de galáxias Halo de rádio em Abell 3299 (Imagem: Reprodução/C. Riseley/ASKAP/ATCA/XMM-Newton/Dark Energy Survey) Três tipos diferentes de emissões de rádio foram encontrados no aglomerado de galáxias Abell 3266, alguns deles de modo jamais observado antes. Sem explicação para os fenômenos, os físicos cogitam uma nova física acontecendo na região. Uma das emissões é um fóssil de rádio, nome que os cientistas dão a emissões de atividades antigas de um buraco negro supermassivo. Outro objeto é um halo de rádio descrito pelos astrônomos como “particularmente dinâmico e confuso”. Ao observar o todo, eles viram "um quadro complexo" não previsto pelos modelos astronômicos. Isso significa que mais estudos devem ser feitos para compreender o que está acontecendo por lá. Melhores imagens da chuva de meteoros e de bólido em São Paulo Meteoros da chuva Delta Aquáridas e alguns esporádicos de outras, registrados em Monte Castelo (Imagem: Jocimar Justino de Souza) As chuvas de meteoros Piscis Austrinídeos, Delta Aquáridas Austrais e Alfa Capricornídeos se encontraram para riscar o céu de vários lugares do mundo, incluindo estados do Brasil. Cerca de 700 meteoros foram registrados em nosso país, na noite de 29 de julho e madrugada de 30 de julho. Além disso, durante a madrugada desta quarta-feira (3) alguns moradores de Hortolândia, Rio Claro, Campinas e Sorocaba, entre outras cidades no estado de São Paulo, viram um clarão característico de um meteoro mais "escandaloso". Tratava-se, provavelmente, de um bólido, um tipo de meteoro mais brilhante que o convencional. Muitas vezes, eles explodem antes de chegar ao solo, daí o estrondo que pode assustar os mais desavisados. Leia também: Céu de Agosto | Eventos astronômicos têm chuva de meteoros, eclipse e mais Qual é a distância da Terra à Lua? Saiba como surgiram as luas de Marte Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (30/07 a 05/08/2022) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Como saber se estou com febre se não tenho termômetro? Startups participam de maior competição do Brasil e podem ir para fora do país As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

Novo confirma Mateus Simões como vice de Zema em chapa pura

O Tempo - Política Ex-secretário foi escolhido após fracassar tentativa de união com a federação formada por PSDB e Cidadania Veja Mais

Presidente do Peru diz que 'estende sua mão' ao Congresso pela última vez

em - Internacional O presidente do Peru, Pedro Castillo, disse neste sábado (6) que está "estendendo a mão" às forças políticas do Congresso "pela última vez", antes de se ver obrigado a fazer uma cruzada nacional para "defender a democracia" em seu país."Estou disposto a fazer um esforço. Estendo minha mão pela última vez para que todas essas forças políticas possam chegar a um consenso pela democracia", advertiu Castillo em um discurso na região de Junín."Daqui digo ao povo peruano que, se seguirem perdurando (questionamentos), depois de um ano, no âmbito do respeito à democracia, me sentirei obrigado a realizar uma cruzada nacional junto com o povo peruano para defender a democracia", declarou Castelo.O presidente descreveu os congressistas da oposição que buscam sua saída como "golpistas". "Continuamos lutando com essas forças políticas que se tornaram golpistas pela democracia do país. Essas forças golpistas que não têm o valor e a coragem de pedir a destituição em uma praça da cidade, só o fazem de seu assento", acrescentou.O Congresso, dominado pela direita, se recusou na quinta-feira a autorizar Castillo a deixar o país para participar da posse de Gustavo Petro como presidente da Colômbia em 7 de agosto. É a primeira vez em três décadas que um chefe de Estado peruano tem sua expectativa de viajar em missão oficial frustrada. Os parlamentares argumentaram que o presidente enfrenta cinco investigações fiscais por suposta corrupção, situação inédita para um presidente em exercício.Castillo comemorou um ano no poder em 28 de julho e, além do cerco judicial, enfrentou duas tentativas de impeachment do Congresso e tem uma reprovação de 74% na opinião pública, segundo pesquisas. Veja Mais

Taiwan acusa China de simular invasão da ilha

em - Internacional Taiwan acusou o exército chinês neste sábado de simular um ataque ao seu território e criticou o comportamento 'irresponsável' do 'regime autocrático' da China, que redobrou sua retaliação pela visita à ilha da deputada norte-americana Nancy Pelosi. Veja Mais

Ucrânia fecha reator de central nuclear alvo de ataques neste sábado

O Tempo - Mundo Há risco de vazamento de substâncias radioativas e ameaça à saúde pública e ao meio ambiente na Ucrânia e para além das fronteiras do país Veja Mais

DARWIN NÚÑEZ BRILHA EM FULHAM 2 X 2 LIVERPOOL COM GOLAÇO DE LETRA E ASSISTÊNCIA NA PREMIER LEAGUE

DARWIN NÚÑEZ BRILHA EM FULHAM 2 X 2 LIVERPOOL COM GOLAÇO DE LETRA E ASSISTÊNCIA NA PREMIER LEAGUE

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #Liverpool #PremierLeague #darwinnúñez Veja Mais

Protestos massivos ao som de vuvuzelas no encerramento da campanha presidencial no Quênia

em - Internacional Os dois favoritos nas eleições presidenciais da próxima terça-feira no Quênia prometeram um futuro econômico melhor para o país da África Oriental em comícios animados em Nairóbi neste sábado(6). As pesquisas anunciam um resultado apertado entre dois dos quatro candidatos: Raila Odinga, um ex-preso político de 77 anos, que está concorrendo pela quinta vez; e o atual vice-presidente, William Ruto, 55. Ambos encerraram suas campanhas depois de percorrerem durante meses os 580.000 km2 do país, distribuindo brindes, alimentos e pequenas quantias em dinheiro. As eleições designarão o sucessor de Uhuru Kenyatta, no cargo desde 2013, que por disposição constitucional não pode concorrer a um terceiro mandato. Também elegerão os deputados e representantes locais deste país de 55 milhões de habitantes, considerado um motor econômico regional, mas duramente atingido pela pandemia, pela pior seca em quatro décadas e pela guerra na Ucrânia. Se nenhum dos candidatos obtiver mais de 50% dos votos, haverá um segundo turno entre os dois primeiros colocados em até 30 dias.- Promessas ao som de vuvuzelas -Cerca de 60.000 pessoas lotaram o estádio Kasarani desde a manhã, dançando ao som de longas vuvuzelas e vestidas de laranja e azul, as cores da coalizão Azimio la Umoja (Busca pela Unidade) liderada por "Baba" ('pai', em suaíli) Odinga. O líder veterano, que depois de anos na oposição agora tem o apoio do poder, chegou no meio da tarde, usando um amplo chapéu azul e fazendo promessas de prosperidade e união. Odinga prometeu, se eleito, transformar o Quênia em um país "de esperança e oportunidade" e formar "uma grande tribo nacional" com as 46 que povoam esta ex-colônia britânica, independente desde 1963. William Ruto encerrou a campanha a poucos quilômetros, no igualmente lotado estádio Nyayo, e destacou a luta contra a corrupção, que o coloca na posição 128 (de um total de 180) no ranking deste mal, enumerado pela ONG Transparência Internacional. Ruto, da Aliança Democrática Unida (UDA), prometeu "reduzir o custo de vida para que todos possam ter uma refeição digna", bem como um "plano de emprego massivo para os jovens", que representam 40% dos 22 . 1 milhão de cidadãos convocados às urnas.- "Baixar os preços" -A inflação chegou a 8,3% em julho e quem vencer as eleições "terá que baixar os preços" dos combustíveis e dos alimentos, disse à AFP Brian Kiprotich, estudante de 22 anos. "Tento encontrar qualquer emprego, limpando casas, lavando roupas, desde que me paguem. Mas nem sempre consigo. Mal conseguimos sobreviver", explicou Grace Kawira, uma mãe desempregada de 32 anos. De acordo com o Banco Mundial, três em cada dez quenianos vivem com menos de US$ 1,90 por dia. Essa situação pode levar, segundo alguns analistas, muitos eleitores a votar na terça-feira mais por razões econômicas do que por lealdades tribais tradicionais. A campanha foi intensa nas mídias sociais, mas levou a poucos incidentes. Nas eleições anteriores houve tumultos e vítimas. Em 2007-2008, confrontos étnico-políticos deixaram mais de 1.100 mortos e centenas de milhares de deslocados. Em 2017, o Supremo Tribunal anulou a eleição e ordenou uma nova votação. Veja Mais

Eymael terá Bravo, ex-prefeito de São Gonçalo, como vice

O Tempo - Política Chapa da Democracia Cristã foi definida nesta sexta-feira (5) Veja Mais

Conselho da Eletrobras elege Wilson Ferreira Júnior como presidente

G1 Economia Ferreira já presidiu a companhia e deixou o posto no início de 2021, depois de ver o processo de privatização da empresa perder força. O novo Conselho de Administração da Eletrobras elegeu na sexta-feira (5) o ex-presidente-executivo Wilson Ferreira Júnior para retornar ao cargo e o ex-CEO da Petrobras Ivan Monteiro como presidente do colegiado, disse a empresa em um comunicado. Acionistas também nomearam na sexta-feira um novo conselho de administração para a empresa recém-privatizada. Ferreira assumirá o cargo em 20 de setembro, retornando ao cargo que já ocupou de 2016 a 2021. Wilson Ferreira Junior, presidente da Eletrobras Marcelo Camargo/ Agência Brasil O atual presidente-executivo, Rodrigo Limp, permanecerá na empresa como diretor de Regulação e Relações Institucionais. Ferreira havia deixado a Eletrobras no início de 2021, depois de ver o processo de privatização da empresa perder força, dizendo na época que o mesmo havia sido adiado pela pandemia e paralisado no Congresso. O governo, no entanto, conseguiu privatizar a maior empresa de geração e transmissão de energia da América Latina no início deste ano em um negócio de R$ 33,68 bilhões, que abriu o caminho para o retorno de Ferreira ao seu antigo posto. 'Foi bastante bem-sucedida', destaca especialista sobre oferta de ações da Eletrobras O movimento representa um novo começo para Ferreira, que assumiu o comando da Eletrobras pela primeira vez em 2016, indicado pelo ex-presidente Michel Temer para acompanhar o processo de privatização desde seus primeiros passos. Ele manteve o cargo sob o presidente Jair Bolsonaro, mas deixou a gigante de energia elétrica no ano passado para liderar a distribuidora de combustíveis Vibra Energia, pois sentiu que a operação para a privatização não seria bem-sucedida. Rumores de seu retorno à Eletrobras circulavam desde que ele renunciou ao cargo na Vibra no mês passado. "Os mercados devem ver isso como positivo", disse o Credit Suisse no mês passado. "(Ferreira) foi CEO de 2016-2021 e iniciou a transformação da empresa, então a implementação de um novo plano de eficiência poderia ser mais rápida." Veja Mais

Joe Biden testa negativo para Covid após 'rebote' da doença

O Tempo - Mundo Presidente dos Estados Unidos havia recebido novo resultado positivo no último dia 30 de julho; o primeiro havia sido no dia 21 Veja Mais

Biden testa negativo para covid-19

em - Internacional O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, testou negativo em um exame neste sábado (6) para covid-19, poucos dias depois de ser diagnosticado pela segunda vez com a doença. "O presidente continua se sentindo muito bem", afirmou o médico de Biden, Kevin O'Connor, em um comunicado. "Esta manhã, seu teste de antígeno SARS-CoV-2 foi negativo".O chefe de Estado testou positivo pela primeira vez em 21 de julho e sofreu um efeito "rebote" da doença em 30 de julho. Isolado na Casa Branca há uma semana, Biden pretende retomar suas viagens em breve. De acordo com sua agenda oficial, o democrata viajará ao estado do Kentucky, que sofreu inundações devastadoras recentemente. Veja Mais

'Dia decisivo' para resgate de mineiros, disse presidente do México

em - Internacional O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse que este sábado "é decisivo" para o resgate dos 10 mineiros presos desde quarta-feira devido ao colapso e inundação de uma mina de carvão no nordeste do país. "Hoje (sábado) é um dia decisivo porque, segundo os técnicos, será possível descobrir se existe a possibilidade de os mergulhadores entrarem sem risco", escreveu o presidente no Twitter. "O principal problema é a inundação, embora o equipamento de bombeamento seja suficiente e de grande capacidade", disse López Obrador. As obras estão focadas em reduzir os níveis de água na mina, com dezenas de metros de profundidade, para permitir a entrada dos socorristas.Cerca de 383 pessoas, entre militares e civis, trabalham "sem descanso" na mina desmoronada, localizada na cidade de Agujita (estado de Coahuila, no nordeste), disse o porta-voz da presidência mexicana, Jesús Ramírez. A mina fica a cerca de 1.130 km ao norte da Cidade do México, na chamada região carvoeira de Coahuila. Após o colapso, cinco mineiros conseguiram sair e foram levados para um hospital, dos quais dois receberam alta, segundo as autoridades. O acidente ocorreu quando os trabalhadores encontraram uma área adjacente cheia de água durante a escavação, que desabou e inundou a mina. Veja Mais

Quais operadoras suportam eSIM no Brasil?

canaltech Idealizado para facilitar a vida dos usuários e proporcionar maior segurança, o eSIM começou a ser implementado nos smartphones e smartwatches a partir de 2016, estando hoje disponível de maneira ampla em uma variedade de celulares, especialmente em modelos mais avançados. A tecnologia está presente no Brasil e é fornecida pelas três principais operadoras do mercado brasileiro — Claro, TIM e Vivo — com algumas peculiaridades no processo de ativação de cada uma. Como saber se o chip do celular foi bloqueado Como bloquear chip de operadora? Vivo, TIM, Claro e Oi O que é o eSIM? O eSIM (Embedded SIM, ou SIM integrado em tradução livre) é um chip dedicado instalado no celular ou outro dispositivo que atua como o cartão SIM para estabelecer uma conexão com a rede móvel da operadora e possibilitar a realização de chamadas e acesso à internet sem precisar do SIM físico. A adoção da tecnologia possui vantagens e desvantagens. Como pontos positivos, o usuário não precisa comprar e instalar cartões SIM físicos, e o processo de portabilidade pode ser realizado em questão de minutos, já que todas as informações necessárias são gravadas no eSIM e podem ser reescritas com facilidade. Por ser integrado, o componente impossibilita a remoção por pessoas mal-intencionadas, permitindo que o rastreamento seja mantido em casos de perda ou roubo. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Integrado aos dispositivos, o eSIM chegou com o objetivo de facilitar a ativação de planos móveis e eliminar a necessidade de instalação de cartões SIM físicos (Imagem: Brett Jordan/Unsplash) Outros destaques incluem ainda a possibilidade de registrar dois números em um mesmo eSIM — apesar de não haver suporte ao uso simultâneo — o compartilhamento de sinal em mais de um dispositivo (smartphone e smartwatch, por exemplo), e a redução das dimensões dos aparelhos, já que não há mais espaço ocupado pela gaveta de chips SIM. Em contrapartida, será sempre necessário entrar em contato com as operadoras ao trocar de celular para que a linha seja transportada para o telefone novo, etapa menos conveniente do que apenas instalar o cartão SIM físico. Operadoras que suportam o eSIM As três principais operadoras do Brasil suportam o eSIM, mas possuem algumas etapas próprias para a ativação. Confira as principais informações: Claro A Claro chama sua solução eSIM de e-chip, vendendo-o em versões para pessoas físicas e jurídicas. As pessoas físicas podem adquirir um e-chip através da loja online da empresa, em planos controle e pré-pago, ou ainda através de lojas físicas selecionadas. No caso de pessoas jurídicas, a aquisição precisa ser feita através do gerente de contas. A Claro possibilita a aquisição de um e-chip, sua versão do eSIM, pelo site online, vinculado a um plano pré ou controle (Imagem: Reprodução/Claro) Em celulares, a ativação é feita através da leitura de um QR Code, enquanto smartwatches (que suportam apenas planos pós-pago) são vinculados pelo Claro Sync, no site do recurso. É importante lembrar que é necessário possuir um dispositivo com eSIM compatível para utilizar a tecnologia. A lista completa de aparelhos suportados pode ser encontrado no site dedicado da operadora. TIM A TIM possui serviço de eSIM apenas para pessoas físicas, e a venda dos QR Codes para ativação do serviço é realizada somente em lojas físicas da operadora. Mesmo assim, de maneira similar às outras empresas, a companhia suporta uso de mais de um número no eSIM, incluindo operadoras diferentes. A TIM disponibiliza o eSIM apenas para pessoas físicas, e exige que a compra do QR Code de ativação seja feita em lojas físicas (Imagem: Reprodução/TIM) Também há por aqui uma lista de aparelhos compatíveis com o eSIM da gigante, reunidos em uma seção dedicada do site oficial. Dito isso, a TIM não possui serviço próprio para compartilhamento do sinal com smartwatches e outros dispositivos. Vivo A Vivo não detalha a quais tipos de público o suporte ao eSIM é fornecido, limitando a informar que os planos Pós, Controle, Pré e Easy são atendidos pela tecnologia. A aquisição deve ser feita em lojas físicas, mas há atendimento pelo WhatsApp, com contato direto com a loja física mais próxima ao endereço do usuário. A Vivo oferece o eSIM para os planos Pós, Controle, Pré e Easy, fornecendo o QR Code em lojas físicas e em atendimento através do WhatsApp (Imagem: Reprodução/Vivo) Os aparelhos compatíveis são divididos em listas das marcas que disponibilizam a função (Apple, Motorola e Samsung), encontradas no site dedicado da empresa. A operadora também oferece sincronização gratuita com smartwatches pelo Vivo Sync, mas assim como a Claro, é necessário possuir um plano Pós. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Por que a ciência recomenda registrar nossos sonhos em um diário Substituto do Onix? Chevrolet prepara lançamento de novo carro compacto As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

Menino britânico em coma morre após batalha judicial

em - Internacional Archie Battersbee, um menino britânico de 12 anos que estava em coma e com morte cerebral há quatro meses, faleceu neste sábado (6) depois que os aparelhos que o mantinham respirando foram desligados em um hospital de Londres, o que encerrou uma longa, penosa e inconciliável batalha judicial de seus pais contra o sistema de saúde.Os aparelhos que o mantinham respirando desde abril foram desligados duas horas antes da morte, depois que os pais de Archie perderam todos os recursos nos tribunais britânicos e europeus para tentar impedir o fim do tratamento e conseguir a transferência do menino para um estabelecimento de cuidados paliativos."Archie faleceu às 12H15 de hoje" (8H15 de Brasília), anunciou a mãe, Hollie Dance."Um menino tão lindo. Ele lutou até o fim", acrescentou, antes de começar a chorar e declarar: "Sou a mãe mais orgulhosa do mundo".Archie Battersbee foi encontrado inconsciente em abril. A mãe acredita que ele estava participando de um desafio na internet quando foi localizado.A justiça britânica autorizou em meados de julho o hospital a encerrar o suporte vital, que incluía aparelho para a respiração em combinação com medicamentos.Os médicos afirmaram que o caso não tinha esperanças e que a decisão de desligar os aparelhos estava justificada.Mas os pais do menino, Hollie Dance e Paul Battersbee, apoiados por uma organização cristã, iniciaram uma batalha de recursos judiciais.O hospital foi claro a respeito do fato de que "não há outra opção" e que os procedimentos médicos seriam interrompidos neste sábado às 10H00 (6H00 de Brasília)."Foi muito duro. Estou destruída. Fiz tudo que havia prometido ao meu filho", disse Hollie Dance.O menino faleceu após a interrupção do tratamento "de acordo com as decisões dos tribunais", confirmou em um comunicado Alistair Chesser, diretor médico do London Royal Hospital.Uma das integrantes da família do jovem, Ella Carter, contou que ele permaneceu estável "durante duas horas", até a retirada completa do aparelho para a respiração. "Não há absolutamente nada digno em ver um membro da família ou uma criança sufocar", disse ela."Nenhuma família deveria passar pelo que passamos, é uma barbaridade", acrescentou.Neste sábado, algumas pessoas colocaram flores e elas diante de uma estátua na entrada do hospital.O Reino Unido registrou dois casos parecidos nos últimos anos. Em abril de 2018, uma criança de 23 meses com uma doença neurodegenerativa rara, Alfie Evans, também morreu após uma longa batalha judicial iniciada por seus pais para que o tratamento não fosse interrompido. Os pais chegaram a receber apoio do papa Francisco.Em 2017, Charlie Gard, que sofria uma rara doença genética, morreu depois que os aparelhos que permitiam sua respiração foram desligados, apesar dos vários recursos judiciais de seus pais. Veja Mais

Emanuelle Araújo faz 'noite de reverências' a Jards Macalé no Rio

G1 Pop & Arte Cantora divide palco com o artista ao estrear show de álbum com músicas do compositor. Emanuelle Araújo e Jards Macalé em momento afetuoso no palco do J Club, no Rio de Janeiro, na estreia do show da cantora Robson Nogueira / Divulgação J Club Resenha de show Título: Quero viver sem grilo – Uma viagem a Jards Macalé Artista: Emanuelle Araújo – com participação de Jards Macalé Local: J Club (Rio de Janeiro, RJ) Data: 4 de agosto de 2022 Cotação: ★ ★ ★ ♪ Emanuelle Araújo tinha 14 anos, ainda morava em Salvador (BA) e integrava o grupo de teatro experimental Solta Minha Orelha quando se deparou pela primeira vez com as estranhezas do cancioneiro de Jards Macalé. Foi quando, a pedido do diretor da companhia teatral, a atriz iniciante ouviu a canção Soluços (1969), possível trilha sonora de performance idealizada pelo grupo. Atualmente a atriz e cantora baiana tem 46 anos, mora na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e ainda continua atravessada pela obra de Macalé, para citar termo dito por Emanuelle no palco da casa carioca J Club, onde a artista fez na noite de quinta-feira, 4 de agosto, a primeira apresentação do show baseado no disco Quero viver sem grilo – Uma viagem a Jards Macalé (2020), segundo álbum solo da cantora projetada nacionalmente em 1999 como vocalista da Banda Eva. Ao contar a história de como conheceu a música de Macalé, a cantora deu voz a Soluços – após a leitura de versos escritos em 1968 pela poeta Ana Cristina César (1952 – 1983) – em bom momento da apresentação. Quatro anos após a gravação do disco em estúdio do Brooklyn (Nova York, EUA) em novembro de 2018, e dois anos após a edição do álbum, Emanuelle Araújo protagonizou “noite de reverências” a Macalé, convidado da apresentação feita dentro da eclética programação da série Bossa Nova in concert, do J Club. A passagem do tempo realçou o sentido dos versos “Cada dia no meu canto / Tenho um outro encantamento / Cada coisa no meu canto / Tem um outro fundamento / E cada dia na minha cara / Um pouco de cada tempo” cantados pela artista ao abrir (muito bem) o show com a lembrança de Tio Barnabé (1977), música de Macalé em parceria com Marlui Miranda e Xico Chaves, composta e gravada por Macalé e Marlui para a trilha sonora do programa infantil Sítio do pica-pau amarelo (TV Globo, 1977). Emanuelle Araújo canta as músicas 'Quero viver sem grilo' e 'Vapor barato' com Jards Macalé na estreia de show no Rio de Janeiro Robson Nogueira / Divulgação J Club Dividindo o palco com power trio formado pelo guitarrista Pedro Sá (o grande guitar hero da música brasileira do século XXI), o baixista Pedro Dantas e o baterista Daniel Conceição, a cantora encarou o desafio de dar voz a músicas já imortalizadas em vozes como as de Gal Costa, Maria Bethânia e a do próprio Macalé. Na viagem por essa obra ainda inquietante, Emanuelle procurou se ambientar em Hotel das estrelas (Jards Macalé e Duda Machado, 1970), engoliu Farinha do desprezo (Jards Macalé e José Carlos Capinan, 1972) em seco sem tempero e tentou realçar os signos de Boneca semiótica (Jards Macalé, Duda Machado e Ricardo Chacal, 1974) antes de apresentar parcerias de Macalé com o poeta baiano José Carlos Capinan. Meu amor me agarra & geme & treme & chora & mata (1972), Movimento dos barcos (1972) – instante de beleza gerada por momento mais sereno de show pautado pelas distorções e o peso do poderoso trio – e 78 rotações (1972) foram escalas de viagem arriscada porque cantar Macalé é correr riscos o tempo todo. Em show que ganhou (im)pulso na metade final, Emanuelle Araújo acertou ao ir além do disco e cantar You don't know me (Caetano Veloso, 1972), música de Transa (1972), cultuado álbum de banda em que, sob a direção musical de Macalé, Caetano Veloso costurou referências do rock e da Bahia, estado natal de Emanuelle. As referências baianas foram citadas inclusive no toque da guitarra de Pedro Sá. A abordagem de You don't know me (1972) foi ponto luminoso de show que atingiu o clímax quando, convidado pela cantora após a interpretação de Anjo exterminado (Jards Macalé e Waly Salomão, 1972), Macalé subiu ao palco do J Club. Sozinho ao violão, Macalé interpretou Sem essa (Jards Macalé e Duda Machado, 1969) com a habitual propriedade e, totalmente entrosado com o toque da banda, fez apresentação assombrosa de Trevas (2019) antes de cantar Mal secreto (Jards Macalé e Waly Salomão, 1971) no fim do set do artista. O ápice do show foi quando Emanuelle se juntou a Macalé no palco para cantar Quero viver sem grilo – pérola dos anos 1970 revelada em 2016 com a edição de registro caseiro da música em disco de raridades de Macalé – com a inebriante batida do indie rock do trio. No bis, uma anticlimática Vapor barato (Jards Macalé e Waly Salomão, 1971) encerrou a noite de reverências a Jards Macalé na voz de Emanuelle Araújo. Entre escalas mais ou menos felizes, a viagem foi boa. Emanuelle Araújo faz show com roteiro de 15 músicas e participação de Jards Macalé na casa carioca J Club Robson Nogueira / Divulgação J Club ♪ Eis o roteiro seguido em 4 de agosto de 2022 por Emanuelle Araújo – com a adesão de Jards Macalé – na estreia do show Quero viver sem grilo – Uma viagem a Jards Macalé na casa J Club, na cidade do Rio de Janeiro (RJ): 1. Tio Barnabé (Jards Macalé, Marlui Miranda e Xico Chaves, 1977) 2. Hotel das estrelas (Jards Macalé e Duda Machado, 1970) 3. Farinha do desprezo (Jards Macalé e José Carlos Capinan, 1972) 4. Boneca semiótica (Jards Macalé, Duda Machado e Ricardo Chacal, 1974) 5. Meu amor me agarra & geme & treme & chora & mata (Jards Macalé e Waly Salomão, 1972) 6. Movimento dos barcos (Jards Macalé e Waly Salomão, 1972) 7. 78 rotações (Jards Macalé e Waly Salomão, 1972) 8. You don't know me (Caetano Veloso, 1972) 9. Soluços (Jards Macalé, 1969) 10. Anjo exterminado (Jards Macalé e Waly Salomão, 1972) 11. Sem essa (Jards Macalé e Duda Machado, 1969) – Jards Macalé 12. Trevas (Jards Macalé, 2019) – Jards Macalé 13. Mal secreto (Jards Macalé e Waly Salomão, 1971) – Jards Macalé 14. Quero viver sem grilo (Jards Macalé, anos 1970 / 2019) – com Jards Macalé Bis: 15. Vapor barato (Jards Macalé e Waly Salomão, 1971) – com Jards Macalé Veja Mais

Manobras militares chinesas revelam planos de bloqueio de Taiwan, afirmam analistas

em - Internacional Os maiores exercícios militares chineses ao redor de Taiwan revelam pistas cruciais sobre os planos de Pequim para impor um bloqueio em caso de guerra para reconquistar a ilha autogovernada, e mostram um exército chinês cada vez mais encorajada, segundo analistas.Em resposta à visita a Taiwan da presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a China iniciou grandes manobras militares em seis zonas marítimas ao redor da ilha, que devem prosseguir até domingo.As manobras, com caças, helicópteros e fragatas, pretendem simular um "bloqueio" de Taiwan e incluem "ataques a alvos no mar", segundo a agência estatal Xinhua.Esta é a primeira vez que as manobras chinesas acontecem tão perto de Taiwan (algumas a menos de 20 quilômetros) e que a ilha, reivindicada por Pequim, está literalmente cercada, incluindo em seu flanco leste, uma zona crucial porque é por onde poderiam chegar os potenciais reforços dos Estados Unidos.O "cenário de bloqueio" é mencionado há muitos anos como uma das opções que a China continental poderia utilizar para conquistar a ilha e, obviamente, ganha credibilidade com os exercícios. Um bloqueio teria como objetivo impedir qualquer entrada ou saída de navios e aviões comerciais ou militares. Mas também impor um veto de acesso às forças americanas estacionadas na região.O exército chinês "tem obviamente todas as capacidades para impor um bloqueio do tipo", declarou à AFP Song Zhongping, analista militar chinês independente."Já podemos ver pelos exercícios atuais que os aviões de guerra e navios taiwaneses não podem decolar nem sair de seus portos", disse.O exército chinês disparou na quinta-feira vários mísseis balísticos que atingiram várias zonas marítimas ao redor de Taiwan. Pela primeira vez, alguns deles sobrevoaram a ilha, informou o canal estatal chinês CCTV.Pequim mobilizou mais de 100 aviões e mais de 10 fragatas e destróieres, incluindo o caça furtivo J-20 e um destróier 055, as joias da coroa das forças aérea e naval, segundo a Xinhua.Os exercícios militares permitem, em particular, testar e ajustar o nível de coordenação das Forças Armadas chinesas: exército, marinha, aeronáutica, unidade de foguetes (responsável pelos mísseis) e força de apoio estratégico (guerra eletrônica e cibernética).O que a China está mostrando agora "confirma que suas capacidades são fortes", disse à AFP John Blaxland, professor de Segurança Internacional na Universidade Nacional da Austrália. "É evidente que o país tem a capacidade de coordenar suas ações em terra e mar, de mobilizar seus sistemas de mísseis (...) e de mobilização rápida", acrescentou.Os exercícios também demonstram aos taiwaneses, americanos ou japoneses que os chineses "têm o que é necessário para fazer o que ameaçam fazer", disse Blaxland."Ao mesmo tempo, o que eles fazem é estudado e observado de perto por outros países, especialmente os Estados Unidos, que podem aprender com isto para contra-atacar exército chinês no futuro", destacou o analista.Os americanos, no entanto, permanecem relativamente passivos militarmente no momento.Durante a crise anterior do Estreito de Taiwan (1995-1996), com Bill Clinton como presidente, o governo americano enviou vários navios de guerra à região e porta-aviões permaneceram nas proximidades da ilha.Desta vez, "o governo americano é cauteloso para evitar uma escalada, que não deseja", afirmou Lonnie Henley, ex-oficial de inteligência dos Estados Unidos e professor de Estudos Internacionais na Elliott School, em Washington.A cautela dos Estados Unidos também é explicada pelo fato de a China ter aumentado consideravelmente suas capacidades militares na comparação com 1996, quando não conseguiu evitar o acesso da marinha americana à região. Veja Mais

OnePlus 10T é lançado no mercado indiano com 12 GB de RAM e Snapdragon 8 Plus Gen 1

tudo celular Novo flagship da marca para o segundo país mais populoso do mundo manteve a maioria das configurações já apresentadas, mas teve alguns detalhes alterados. Veja Mais

Escolha de novo ministro do TCU pode ficar para 2023 em manobra de Arthur Lira

O Tempo - Política Proposta de Arthur Lira (PP-AL) é que escolha do novo ministro do TCU fique para fevereiro de 2023, quando Lira tentará ser reeleito presidente da Câmara Veja Mais

Empresa proprietária do Snickers pede desculpas por ter apresentado Taiwan como "país"

em - Internacional O grupo americano Mars Wrigley, que produz as barras de chocolate Snickers, pediu desculpas depois que uma de suas peças de publicidade apresentou Taiwan como um "país" e afirmou que respeita a "soberania" da China. A China considera esta ilha de 23 milhões de habitantes parte de seu território e não aceita qualquer reconhecimento internacional do arquipélago.Um vídeo promocional de um evento envolvendo Snickers e o grupo musical sul-coreano BTS terminava com a frase "disponível apenas nos seguintes países", com as bandeiras da Coreia do Sul, Malásia e da República da China (Taiwan).Embora não fosse destinado ao mercado chinês, o vídeo foi encontrado por alguns internautas do pais e gerou polêmica nas redes sociais."Estamos cientes dos relatos na imprensa sobre atividades relacionadas a Snickers em certas regiões da Ásia", afirmou a Mars Wrigley em um comunicado publicado na conta oficial da Snickers China na rede social Weibo na sexta-feira."Levamos isso muito a sério e expressamos nossas profundas desculpas", acrescentou a empresa, que disse "respeitar a soberania e a integridade territorial da China". Depois da polêmica, a Snickers China publicou em sua conta no Weibo uma mensagem que afirma: "Há apenas uma China neste mundo, e Taiwan é uma parte inalienável do território da China".A polêmica acontece em um momento de tensão entre a China e a ilha autônoma, depois da visita da presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taiwan.WeiboMARRIOTT INTERNATIONALLVMH - MOET HENNESSY LOUIS VUITTON Veja Mais

Diretora da AI na Ucrânia pede demissão após divulgação de relatório criticado por Kiev

em - Internacional A diretora da Anistia Internacional (AI) na Ucrânia, Oksana Pokalchuk, anunciou o pedido de demissão depois da divulgação de um relatório da ONG que acusa as Forças Armadas ucranianas de colocar os civis em perigo, um texto que foi muito criticado pelo governo de Kiev."Peço demissão da Anistia Internacional na Ucrânia", afirmou Pokalchuk em um comunicado publicado no Facebook na madrugada de sábado, no qual critica o fato de o relatório divulgado em 4 de agosto ter servido de maneira involuntária para "a propaganda russa".A AI destacou na sexta-feira que "mantém plenamente" o relatório, segundo o qual a Ucrânia coloca em perigo as vidas dos civis ao estabelecer instalações militares em áreas residenciais.O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, acusou a AI de de desculpar o "Estado terrorista" da Rússia e o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, declarou que estava "indignado" com as acusações "injustas" da ONG.No comunicado em que anuncia a demissão da Anistia, Pokalchuk afirma: "Se você não vive em um país invadido por ocupantes que o desmembram, provavelmente não compreende o que significa condenar um exército de defensores".Ela acrescenta que tentou convencer a direção da AI que o relatório era tendencioso e não levava em consideração o ponto de vista do ministério ucraniano da Defesa.A Anistia enviou um pedido ao ministério da Defesa, mas "deu muito pouco tempo para uma resposta", afirma."Em consequência, a organização publicou um relatório que parecia apoiar involuntariamente a versão russa e que se tornou um instrumento de propaganda russa.Pokalchuk já havia anunciado na sexta-feira que a AI ignorou seu pedido para que o relatório não fosse publicado.A secretária-geral da AI, Agnès Callamard, afirmou na sexta-feira que "mantém plenamente as conclusões" do relatório, que segundo ela "são baseadas em evidências coletadas ao final de extensas investigações que respeitaram os mesmos padrões rigorosos e diligentes aos quais são submetidos todos os trabalhos da Anistia Internacional".No relatório publicado na quinta-feira após uma investigação de quatro meses, a AI afirma que os militares ucranianos colocaram civis em perigo ao estabelecer bases militares em áreas residenciais e iniciar ataques a partir de locais habitados para impedir a invasão russa.Segundo a ONG, estas práticas violam o direito internacional humanitário internacional.Em seu relatório, a AI enfatiza que as táticas ucranianas "não justificam de forma alguma os ataques indiscriminados da Rússia" contra a população civil. Callamard disse que o governo ucraniano não respondeu aos pedidos da AI para comentar as alegações da organização.Por outro lado, lembrou que a Anistia divulgou inúmeros relatórios "documentando crimes de guerra cometidos por forças russas na Ucrânia". Veja Mais

Simone Tebet é registrada como candidata e diz ter R$ 2,3 milhões

O Tempo - Política Vice na chapa, Mara Gabrilli declarou ao TSE ter R$ 12,89 milhões, o triplo do que tinha há quatro anos Veja Mais

O drible HUMILHANTE de Pedro neto em Wolverhampton x Leeds #Shorts

O drible HUMILHANTE de Pedro neto em Wolverhampton x Leeds #Shorts

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #PedroNeto #PremierLeague #Wolverhampton Veja Mais

Ataques em Gaza deixam 24 mortos, incluindo 6 crianças, em meio a espiral de violência

em - Internacional Mais de 20 pessoas, incluindo seis crianças, foram mortas na Faixa de Gaza desde o início de uma nova onda de violência entre Israel e o grupo Jihad Islâmico, indicaram neste sábado (6) autoridades do enclave palestino.Em um balanço atualizado, o Ministério da Saúde de Gaza disse que 24 pessoas, incluindo seis menores, morreram desde sexta-feira em ataques israelenses a Gaza e que 203 ficaram feridas.As autoridades israelenses refutaram esta informação, afirmando que várias crianças palestinas morreram na noite de sábado em Jabalia (norte de Gaza) pelo lançamento fracassado de um foguete da Jihad Islâmica contra Israel e não por seu exército."As forças de segurança israelenses não atacaram Jabalia nas últimas horas", disse o gabinete do primeiro-ministro de Israel, Yair Lapid, em um comunicado.Em um hospital em Jabalia, um fotógrafo da AFP viu os corpos de seis pessoas, entre elas três crianças.Israel alega que seus ataques, lançados na sexta-feira de forma "preventiva" diante de possíveis represálias pela detenção de um líder da Jihad Islâmica na Cisjordânia, são direcionados a fábricas de armas do grupo armado.Em Rafah, na fronteira de Gaza com o Egito, mulheres e crianças ficaram presas sob os escombros após um ataque israelense, segundo a unidade de defesa civil da faixa. Equipes de resgate escavavam o local onde um alto comandante da Jihad Islâmica, Khaled Mansour, teria sido alvo de um ataque israelense neste sábado. No momento não há confirmação concreta da morte de Mansour. Porém, o chefe da diretoria de operações do exército israelense, Oded Basik, afirmou em um comunicado que a "alta cúpula da ala militar da Jihad Islâmica em Gaza foi neutralizada".O exército israelense explicou neste sábado que "está se preparando para uma operação de uma semana". "Atualmente não há negociações visando um cessar-fogo", observou um porta-voz militar.Taysir al Jabari 'Abu Mahmud', um dos principais líderes da Jihad Islâmica, e um total de 15 combatentes foram mortos nos bombardeios na sexta-feira, segundo Israel.O líder da organização em Gaza, Mohamed Al Hindi, declarou que "a batalha está apenas começando".- Esforços do Egito -Fontes egípcias disseram à AFP que Cairo, um intermediário histórico entre Israel e os grupos armados em Gaza, estava tentando estabelecer uma mediação.O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, disse em um discurso que estava trabalhando "incansavelmente" para restaurar a calma. Mas no terreno, a troca de tiros seguia noite adentro de sábado para domingo.Esses confrontos são os piores entre Israel e as organizações armadas de Gaza desde a guerra de onze dias em maio de 2021. Nesse conflito, morreram 260 pessoas no lado palestino e 14 em Israel, de acordo com as autoridades.Pela primeira vez desde o início do novo surto de violência, sirenes de alerta soaram na tarde de sábado na metrópole israelense de Tel Aviv.De acordo com um oficial israelense, cerca de 400 projéteis (entre foguetes e morteiros) foram lançados nas últimas 24 horas. A maioria foi interceptada pelo escudo antimísseis, disse o exército, e duas pessoas ficaram levemente feridas por estilhaços, segundo os serviços de emergência.O braço armado do grupo palestino, as Brigadas Al Quds, confirmou em um comunicado que havia disparado "uma forte enxurrada de foguetes" contra as cidades israelenses de Tel Aviv, Ashkelon, Ashdod e Sderot.- Ajuda humanitária -Essa nova escalada já privou o pequeno enclave e seus 2,3 milhões de habitantes de sua única usina elétrica, que teve que fechar por falta de combustível, devido ao bloqueio das entradas do enclave por Israel desde terça-feira.O Ministério da Saúde de Gaza afirmou que as próximas horas serão "cruciais e difíceis", alertando que corre o risco de fechar serviços vitais por 72 horas por causa da falta de eletricidade.A coordenadora humanitária da ONU para os territórios palestinos, Lynn Hastings, exortou as partes em conflito a permitir que "combustível, alimentos e suprimentos médicos" sejam enviados a Gaza em meio ao agravamento da crise.Mohamed Abu Salameh, diretor do Shifa, o principal hospital da cidade de Gaza, advertiu que os médicos estão enfrentando uma "séria escassez de suprimentos médicos". Veja Mais

Concurso da PC-RO: prazo de inscrição termina, mas boleto pode ser pago até 25 de agosto

G1 Economia Quem solicitou isenção da taxa, segundo Cebraspe, pode consultar a situação a partir de 15 de agosto. Policial civil durante operação em Rondônia Polícia Civil/Divulgação Terminou nesta sexta-feira (5) o prazo para os candidatos se inscreveram no concurso público da Polícia Civil de Rondônia (PC-RO). Segundo edital do Cebraspe, que organiza o concurso, quem conseguiu se inscrever no concurso público pode pagar o boleto até 25 de agosto. Já os candidatos que solicitaram a isenção da taxa do concurso, como doadores de sangue e mesários voluntários, poderão consultar o deferimento a partir da segunda, 15 de agosto. Em caso de indeferimento, o recurso poderá ser interposto a partir de 16 de agosto no site do Cebraspe. A taxa para inscrição foi de R$ 204,96 para os cargos de delegado de polícia e médico-legista; e de R$ 190 para os demais cargos. Ao todo, o concurso tem 319 vagas , sendo que 145 são para agente de polícia (veja a tabela abaixo). Vagas para o concurso da PC-RO Todos os cargos do concurso da PC-RO vão exigir formação em nível superior e o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) será a banca responsável pelo concurso público. Provas em datas diferentes As provas objetivas para delegado, médico-legista, datiloscopista e técnico em necropsia serão aplicadas no dia 25 de setembro. Já as provas para escrivão e agente de polícia estão marcadas para 9 de outubro. Segundo o Cebraspe, as provas objetivas e discursivas serão aplicadas nas cidades de Ariquemes, Cacoal, Ji-Paraná, Porto Velho e Vilhena. Salários Os cargos de delegado e médico-legista têm os salários mais altos do concurso da PC-RO, confira abaixo: Delegado: R$ 15.500 Médico-legista: R$ 15.500 Escrivão: R$ 5.083 Técnico em necrópsia: R$ 5.083 Agente de polícia: R$ 5.083 Datiloscopista: R$ 5.083 Veja Mais

Cúpula 'militar' da Jihad Islâmica é 'neutralizada' em Gaza (exército israelense)

em - Internacional A cúpula militar da Jihad Islâmica foi "neutralizada" na Faixa de Gaza após dois dias de ofensiva israelense com bombardeios contra a organização armada palestina, disse o exército israelense neste sábado (6). "A alta cúpula da ala militar da Jihad Islâmica em Gaza foi neutralizada", informou o chefe da diretoria de operações do exército, Oded Basik, em comunicado enviado à AFP. Veja Mais

Como traduzir qualquer site na internet

canaltech Quer aprender como traduzir uma página na internet usando os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Microsoft Edge e Safari? É bastante simples; confira . Veja Mais

Indígenas e negros na Colômbia entregam mandato simbólico a esquerdista Petro

em - Internacional Povos indígenas, afrodescendentes, ciganos e agricultores da Colômbia entregaram o mandato presidencial ao esquerdista Gustavo Petro em uma cerimônia simbólica em Bogotá, na véspera de sua posse oficial em 7 de agosto. "Recebo com grande emoção este mandato popular e espiritual", disse o ex-senador e ex-guerrilheiro de 62 anos após participar de um ritual ancestral em um parque central da capital. Milhares de pessoas agitaram bandeiras de diferentes organizações sociais e gritaram palavras de ordem em favor do primeiro governo de esquerda da história da Colômbia. As comunidades entregaram ao presidente um documento com suas principais demandas: paz em territórios remotos, defesa do meio ambiente, proteção das minorias, transformação das políticas antidrogas, defesa dos direitos humanos, renovação das forças armadas, entre outras. "Compartilhamos nosso profundo sentimento de felicidade e responsabilidade pela chegada deste projeto político nascido nas entranhas dos povos e caracterizado pelo interesse em contribuir para a mudança", disse uma das porta-vozes indígenas. Petro assumirá o poder no domingo para substituir o conservador Iván Duque (2018-2022) em um mandato de quatro anos, sem possibilidade de reeleição por ordem constitucional. Em um país de 50 milhões de habitantes, castigado pela inflação (10,2% interanual), desemprego (11,7%) e pobreza (39%), o governo eleito propõe uma bateria de reformas para reduzir o abismo entre ricos e pobres , proteger o meio ambiente, entre outros propostas. Veja Mais

Bombardeios israelenses em Gaza deixaram 24 mortos, incluind...

em - Internacional Bombardeios israelenses em Gaza deixaram 24 mortos, incluindo 6 crianças (novo balanço palestino) Veja Mais

Agência nuclear da ONU está 'alarmada' por bombardeio perto de usina ucraniana

em - Internacional O diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), o argentino Rafael Grossi, disse neste sábado (6) estar alarmado pelos bombardeios de sexta-feira perto da usina ucraniana de Zaporizhia, a maior central nuclear da Europa, ocupada desde março por tropas russas.Em um comunicado, o diretor da agência nuclear da ONU afirmou que os ataques representam "o mais recente de uma longa série de informações cada vez mais alarmantes''.Também enfatizou que existe um "risco muito real de um desastre nuclear que ameaça a saúde pública e o meio ambiente na Ucrânia" e além de suas fronteiras.Segundo a operadora das usinas nucleares da Ucrânia, a Energoatom, o bombardeio de sexta-feira "danificou gravemente" uma estação com nitrogênio e oxigênio e um "edifício auxiliar".Ucrânia e Rússia acusam-se mutuamente de terem bombardeado uma área perto de um reator nuclear de Zaporizhia. Grossi, por sua vez, condenou "qualquer ato violento realizado fora ou perto" da usina ou contra seus funcionários.O alto funcionário acrescentou que está disponível para liderar uma missão de especialistas em segurança da AIEA em Zaporizhia, uma possibilidade que a Ucrânia rejeitou até agora, alegando que legitimaria a presença da Rússia na usina. Veja Mais

Protestos massivos ao som vuvuzelas no encerramento da campanha presidencial no Quênia

em - Internacional Os dois favoritos nas eleições presidenciais da próxima terça-feira no Quênia prometeram um futuro econômico melhor para o país da África Oriental em comícios animados em Nairóbi neste sábado(6). As pesquisas anunciam um resultado apertado entre dois dos quatro candidatos: Raila Odinga, um ex-preso político de 77 anos, que está concorrendo pela quinta vez; e o atual vice-presidente, William Ruto, 55. Ambos encerraram suas campanhas depois de percorrerem durante meses os 580.000 km2 do país, distribuindo brindes, alimentos e pequenas quantias em dinheiro. As eleições designarão o sucessor de Uhuru Kenyatta, no cargo desde 2013, que por disposição constitucional não pode concorrer a um terceiro mandato. Também elegerão os deputados e representantes locais deste país de 55 milhões de habitantes, considerado um motor econômico regional, mas duramente atingido pela pandemia, pela pior seca em quatro décadas e pela guerra na Ucrânia. Se nenhum dos candidatos obtiver mais de 50% dos votos, haverá um segundo turno entre os dois primeiros colocados em até 30 dias.- Promessas ao som de vuvuzelas -Cerca de 60.000 pessoas lotaram o estádio Kasarani desde a manhã, dançando ao som de longas vuvuzelas e vestidas de laranja e azul, as cores da coalizão Azimio la Umoja (Busca pela Unidade) liderada por "Baba" ('pai', em suaíli) Odinga. O líder veterano, que depois de anos na oposição agora tem o apoio do poder, chegou no meio da tarde, usando um amplo chapéu azul e fazendo promessas de prosperidade e união. Odinga prometeu, se eleito, transformar o Quênia em um país "de esperança e oportunidade" e formar "uma grande tribo nacional" com as 46 que povoam esta ex-colônia britânica, independente desde 1963. William Ruto encerrou a campanha a poucos quilômetros, no igualmente lotado estádio Nyayo, e destacou a luta contra a corrupção, que o coloca na posição 128 (de um total de 180) no ranking deste mal, enumerado pela ONG Transparência Internacional. Ruto, da Aliança Democrática Unida (UDA), prometeu "reduzir o custo de vida para que todos possam ter uma refeição digna", bem como um "plano de emprego massivo para os jovens", que representam 40% dos 22 . 1 milhão de cidadãos convocados às urnas.- "Baixar os preços" -A inflação chegou a 8,3% em julho e quem vencer as eleições "terá que baixar os preços" dos combustíveis e dos alimentos, disse à AFP Brian Kiprotich, estudante de 22 anos. "Tento encontrar qualquer emprego, limpando casas, lavando roupas, desde que me paguem. Mas nem sempre consigo. Mal conseguimos sobreviver", explicou Grace Kawira, uma mãe desempregada de 32 anos. De acordo com o Banco Mundial, três em cada dez quenianos vivem com menos de US$ 1,90 por dia. Essa situação pode levar, segundo alguns analistas, muitos eleitores a votar na terça-feira mais por razões econômicas do que por lealdades tribais tradicionais. A campanha foi intensa nas mídias sociais, mas levou a poucos incidentes. Nas eleições anteriores houve tumultos e vítimas. Em 2007-2008, confrontos étnico-políticos deixaram mais de 1.100 mortos e centenas de milhares de deslocados. Em 2017, o Supremo Tribunal anulou a eleição e ordenou uma nova votação. Veja Mais

Vereador de São João del-Rei é condenado por violência doméstica

O Tempo - Política Decisão transitou em julgado e Stefânio Pires pode ter os direitos políticos suspensos. Ele é candidato a deputado estadual pelo União Brasil Veja Mais

Filha de Roberto Jefferson desiste do Senado para apoiar Marcos Pontes

O Tempo - Política Cristiane Brasil será candidata a deputada federal por São Paulo Veja Mais

Anne Heche sofre acidente grave e carro pega fogo nos EUA

O Tempo - Mundo Segundo informações do site TMZ, ela teria batido o veículo que dirigia na garagem de um condomínio Veja Mais

Debate entre candidatos ao governo de Minas acontece neste domingo, na TV Band

O Tempo - Política Alexandre Kalil, Carlos Viana, Lorene Figueiredo, Marcus Pestana e Romeu Zema: veja o perfil dos políticos que vão se enfrentar pela primeira vez na campanha Veja Mais

Dezenas de feridos e 17 desaparecidos em incêndio no oeste de Cuba

em - Internacional Um incêndio em dois tanques de petróleo deixou 17 desaparecidos e 67 feridos em uma área industrial da cidade de Matanzas, oeste de Cuba. Segundo o hospital provincial "Faustino Pérez", dos 67 feridos atendidos até agora pelo incêndio, cerca de 18 estão em estado grave. A Presidência informou 17 desaparecidos, que seriam "bombeiros que estavam na área mais próxima" do incêndio. O fogo começou na tarde de sexta-feira depois que um raio atingiu um dos tanques do depósito localizado nos arredores de Matanzas, cerca de 90 quilômetros a leste de Havana, às 19h, horário local. Às 05h deste sábado, o fogo atingiu um segundo tonel.Segundo o jornal oficial Granma, o primeiro tanque "continha cerca de 26.000 metros cúbicos de petróleo bruto nacional, cerca de 50% da sua capacidade máxima, quando o raio atingiu a cúpula da instalação". Mario Sabines Lorenzo, governador de Matanzas, informou que há cerca de 800 evacuados. O incêndio ocorre em meio a dificuldades enfrentadas desde maio na ilha para atender ao aumento da demanda por energia devido ao calor do verão. A obsolescência de suas oito usinas termelétricas, danos, manutenções programadas e falta de combustível dificultam a geração de energia. Desde maio, as autoridades programam apagões de até 12 horas por dia em algumas regiões do país. Desde então, houve vinte protestos em cidades do interior da ilha. Veja Mais

O arriscado retorno à Rússia da jornalista crítica à guerra Marina Ovsiannikova

em - Internacional Quatro julgamentos e uma prisão. Desde seu retorno à Rússia, a jornalista Marina Ovsiannikova sofreu intimidações do poder e redobrou seus esforços, diante das críticas, para provar a sinceridade de sua oposição ao conflito na Ucrânia. Em 14 de março, ela interrompeu ao vivo o noticiário do principal canal russo para o qual trabalhava, o Pervy Kanal, com uma faixa contra a ofensiva lançada por Vladimir Putin. O gesto deu a volta ao mundo e mudou sua vida. Após esse episódio, ela anunciou que ficaria na Rússia, mas acabou se mudando e trabalhou para o Die Welt na Alemanha por três meses. Na ausência dela, seu ex-marido, funcionário da rede pró-Kremlin RT, a levou à Justiça para tomar a custódia de seus dois filhos e impedi-la de levá-los para o exterior.Por isso, a jornalista de 44 anos tomou a "difícil decisão" de retornar à Rússia no início de julho, explicou à AFP. "Decidi jogar roleta russa", diz ela, com um elegante vestido preto, sentada em um banco no centro de Moscou, depois de deixar a filha em uma escola particular para um curso de verão. Depois de viver confortavelmente e trabalhar para a televisão estatal por 19 anos, ela é agora uma das últimas vozes na Rússia a condenar publicamente o conflito na Ucrânia. Os outros críticos influentes estão na prisão, mantendo-se discretos ou foram para o exílio. "Sou combatente, continuo denunciando ativamente a guerra, não pretendo parar, não tenho medo apesar da intimidação", grita Marina Ovsiannikova. Desde seu retorno do exílio, passou a apoiar o opositor preso Ilia Iachin, manifestou-se perto do Kremlin com uma faixa chamando Putin de "assassino" e publica regularmente mensagens online denunciando o poder.- As pessoas "preferem se calar" -Apesar dos riscos, continua participando de programas de notícias transmitidos por opositores russos nas redes sociais. Por suas críticas, foi brevemente detida pela polícia perto de sua casa em meados de julho e multada em dois julgamentos por declarações contra a ofensiva na Ucrânia. Em 8 de agosto, ela será julgada novamente por ter "desacreditado" o Exército, sem mencionar o julgamento para manter a guarda dos filhos. Além disso, sofre com a hostilidade da oposição russa e ucraniana, que a acusa de ter sido propagandista de Moscou, e dos pró-Kremlin, que a consideram uma traidora da Rússia. Outros a acusam de agir por oportunismo, pela carreira ou para ganhar visibilidade internacional. Ovsiannikova refuta calmamente as acusações. "Para o poder, é útil criar constantemente teorias da conspiração contra mim, as pessoas não sabem mais em quem acreditar", diz.Ela admite erros, como ter ficado "tempo demais" em sua bolha, sem "encontrar forças" para mudar de emprego. Para ela, essa inação e indiferença, adotada por muitos russos, é uma forma de "autopreservação" alimentada pelo medo. "O nosso povo está realmente muito assustado. Mesmo aqueles que entendem todo o absurdo e horror que está acontecendo preferem ficar calados", sustenta, acreditando que os russos criticam o poder "em sua cozinha", protegidos de ouvidos indiscretos, como durante a URSS. Ovsiannikova também lembra que vive em uma situação "nada invejável", ameaçada por todos os lados e enfrentando uma "guerra familiar". Mas enfatiza que seus problemas são "insignificantes" em comparação com o sofrimento dos ucranianos. Resta saber se seu ativismo lhe renderá um processo judicial por "divulgar informações falsas" sobre os militares, um crime punível com 15 anos de prisão. Dezenas de pessoas já foram processadas na Rússia por esse motivo.GOOGLEMeta Veja Mais

Relações China-EUA em um terreno perigoso

em - Internacional Uma crise passageira em uma relação turbulenta ou o início de um antagonismo duradouro? A diplomacia americana caminha em uma linha fina em seu relacionamento com a China, o que leva diversos analistas a temer por consequências a longo prazo.A visita a Taiwan da presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, provocou a irritação da China, que considera a ilha parte de seu território. E a Casa Branca, até o momento muito comedida, condenou o comportamento "irresponsável" de Pequim, assim como suas manobras militares perto de Taiwan, ao mesmo tempo que se esforça para não dificultar ainda mais uma relação particularmente tensa.De acordo com Washington, a visita de Pelosi à ilha não muda nada no que diz respeito à política de uma só China."Não queremos crises, não buscamos provocar uma crise com a China", disse na sexta-feira o porta-voz do Conselho Nacional de Segurança, John Kirby, depois de pedir a Pequim para reduzir a tensão na região e desistir das manobras militares. Mas isto não impediu a China de suspender no mesmo dia a cooperação com os Estados Unidos nas discussões sobre a mudança climática e em outras áreas, ao mesmo tempo que o país executava as maiores manobras militares da história perto de Taiwan.A visita de Pelosi à ilha também deixou evidente como é vago o conceito de "ambiguidade estratégica" que o governo dos Estados Unidos mantém a respeito de Taiwan há várias décadas.A Casa Branca tentou impedir a viagem, mas sem um pedido direto a Pelosi para não parecer uma concessão às pressões de Pequim. - Duas frentes -Analistas apontam que o momento da viagem não foi bem escolhido e alertam para uma escalada perigosa, quando os Estados Unidos e seus aliados ocidentais estão diante de um conflito indireto com a Rússia após a invasão da Ucrânia."Não sabemos se as tensões são algo apenas temporário, mas o momento da visita foi particularmente mal escolhido", afirmou à AFP Bonnie Glaser, analista em China do centro de estudos German Marshall Fund."Não acredito que seguimos para um conflito armado, mas a relação China-EUA enfrenta um momento muito ruim", completou.A analista considera "particularmente preocupante" a suspensão de acordos de cooperação cruciais para a estabilidade da região, como o de cooperação militar marítima que busca justamente evitar uma escalada.Para Glaser, Washington sem dúvida "subestimou" a irritação provocada na opinião pública chinesa e a reação do presidente Xi Jinping antes do congresso do Partido Comunista, que acontecerá no último trimestre do ano e deve ratificar seu nome para um terceiro mandato.Outro analista, Robert Sutter, professor na Universidade George Washington, acredita que as "consequências de disparos de mísseis e outros atos militares provocativos serão sentidos nos próximos dias e, possivelmente, semanas, assim como outras medidas chinesas"."O alcance das represálias chinesas que buscam mostrar sua desaprovação à visita de Pelosi pode não ser conhecido por algum tempo".Para o jornalista Thomas Friedman, o governo dos Estados Unidos correu o risco de ser "arrastado para conflitos indiretos com duas potências nucleares, Rússia e China"."É a base de toda aula de geopolítica: não se abrem duas frentes ao mesmo tempo com duas outras superpotências", escreveu em um artigo no jornal New York Times antes da visita de Pelosi a Taiwan.Outros analistas, no entanto, são menos alarmistas e afirmam que as autoridades chinesas não querem a guerra."É claro que provavelmente iniciará um período prolongado de tensão", afirmou Timothy Heath, da Rand Corporation."Mas não vejo nenhum sinal de que os líderes chineses ou o aparato do Partido preparem a população para uma guerra aberta, apenas para recuperar Taiwan. Xi Jinping (...) não quer realmente entrar em guerra conosco".THE NEW YORK TIMES COMPANY Veja Mais

TIAGO NUNES RELEMBROU TRABALHO NO CORINTHIANS E COMPAROU LUAN A OUTRO MEIA DO BRASIL | Resenha ESPN

TIAGO NUNES RELEMBROU TRABALHO NO CORINTHIANS E COMPAROU LUAN A OUTRO MEIA DO BRASIL | Resenha ESPN

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #ESPNBrasil #ESPN #ESPNnoStarPlus #StarPlusBR Veja Mais

Lula terá maior coligação e tempo de TV, com 7 inserções diárias

O Tempo - Política Coligação da chapa Lula-Alckmin reúne sete partidos, enquanto o presidente Jair Bolsonaro reuniu três partidos em coligação Veja Mais

Taiwan acusa China de simular uma invasão da ilha

em - Internacional Taiwan acusou neste sábado o exército chinês de simular um ataque contra seu território e criticou o comportamento "irresponsável do regime autocrático" da China, que intensificou as represálias após a visita à ilha da presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi. As relações entre as duas superpotências ficaram ainda mais tensas depois da viagem de Pelosi à ilha de governo autônomo que a China considera parte de seu território.A escala de Pelosi em Taiwan esta semana foi considerada uma "provocação" pela China, que em retaliação iniciou os maiores exercícios militares ao redor de Taiwan em décadas. De acordo com analistas, as manobras, que devem prosseguir até domingo, têm o objetivo de treinar um bloqueio da ilha.As autoridades taiwanesas acusaram neste sábado de simular um ataque à principal ilha do arquipélago."Há vários aviões e navios comunistas realizando atividades ao redor do Estreito de Taiwan", afirmou o ministério da Defesa de Taiwan em um comunicado."Consideramos que realizavam uma simulação de ataque à principal ilha de Taiwan", completa a nota. Em resposta, os militares da ilha anunciaram a mobilização de patrulhas aéreas e terrestres, além de sistemas de mísseis terrestres.Em um momento de tensão extrema, o vice-presidente do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Chung-Shan, uma agência do exército, morreu vítima de um ataque cardíaco neste sábado.Uyang Li-hsing, 57 anos, era diretor de um programa de produção de mísseis e foi encontrado morto em um hotel do sul de Taiwan."Um exame médico determinou que a causa da morte foi um infarto do miocárdio e angina", afirma um comunicado do instituto.- "Ações brutais" -O Conselho de Assuntos Continentais, organismo taiwanês que administra as relações com a China continental, denunciou "ações brutais e deploráveis" de Pequim. "Pedimos a todos os nossos aliados democráticos de todo o mundo que continuem apoiando Taiwan e contra-ataquem o comportamento irresponsável de um regime autocrático que mina a paz com sua aventura militar", afirmou.O secretário de Estado americano, Antony Blinken, declarou neste sábado nas Filipinas que Washington está "decidido a atuar de forma responsável" para evitar uma crise mundial.O meio ambiente virou a vítima mais recente da batalha geopolítica, depois que Pequim anunciou a saída das negociações e acordos de cooperação com Washington, particularmente sobre mudança climática e cooperação de defesa.Os dois países, os maiores poluentes do mundo, haviam anunciado um compromisso para trabalhar juntos e acelerar a ação climática, mas o acordo agora parece incerto.A China não deve tomar como "refém" as negociações sobre temas de interesse global como a mudança climática, acrescentou Blinken. "Isto não pune os Estados Unidos, e sim o mundo", insistiu."É impossível abordar a emergência climática se as economias número um e dois e os poluentes número um e dois não adotarem decisões", declarou à AFP Alden Meyer, do centro de estudos sobre o clima E3G. O secretário de Estado americano, Antony Blinken, declarou neste sábado nas Filipinas que Washington está "decidido a atuar de forma responsável" para evitar uma crise mundial.O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, afirmou que as duas potências devem continuar trabalhando juntas pelo bem do mundo."Para o secretário-geral, não há forma de resolver os problemas mais urgentes do mundo sem um diálogo efetivo e cooperação entre os dois países", declarou seu porta-voz Stephane Dujarric.- Novo normal? -A escala e intensidade dos exercícios chineses provocaram críticas dos Estados Unidos e de outros países. A Casa Branca convocou na sexta-feira o embaixador chinês em Washington para questionar as ações de Pequim.Japão e Austrália também pediram o fim das manobras chinesas.Mas Pequim anunciou que também organizarão uma simulação com munição real no sul do Mar Amarelo - entre a China e a península da Coreia - a partir deste sábado e até 15 de agosto.Em uma demonstração do quanto se aproximaram de Taiwan, as forças chinesas divulgaram na sexta-feira um vídeo de um piloto que gravou a linha costeira e montanhas da ilha a partir de sua cabine.E o Comando Oriental do exército divulgou uma foto que supostamente foi feita de um navio de guerra durante uma patrulha perto de Taiwan que mostra claramente a costa da ilha.De acordo com o canal estatal chinês CCTV, os mísseis chineses sobrevoaram Taiwan durante as manobras, mas a informação não foi confirmada.Taipé mantém a postura desafiante e insiste que não recuará diante do que chamou de "vizinho do mal".Analistas apontam, no entanto, que o declínio nas relações entre as duas superpotências pode se aprofundar e ser duradouro."O relacionamento está muito ruim agora", disse Bonnie Glaser, especialista em China do German Marshall Fund.A suspensão do diálogo militar e marítimo entre as duas partes é "particularmente preocupante", disse."Não sabemos o que mais vão fazer", acrescentou.John Culver, ex-analista da CIA para a Ásia, considera que a principal intenção de Pequim com seus exercícios militares é mudar o status quo."Acredito que é o novo normal", afirmou em um evento organizado pelo Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais."Os chineses querem mostrar que uma linha foi cruzada com a visita de Pelosi", concluiu. Veja Mais

TSE manda redes excluírem vídeos de Lula no Piauí por propaganda antecipada

O Tempo - Política Decisão especifica que se os trechos onde Lula faz explicitamente pedido de voto forem retirados, os vídeos poderão ser republicados na internet Veja Mais

SAÍDA CONTURBADA DO CORINTHIANS, VASCO, TÍTULOS E MAIS! Tiago Nunes e Ramon no Resenha ESPN

SAÍDA CONTURBADA DO CORINTHIANS, VASCO, TÍTULOS E MAIS! Tiago Nunes e Ramon no Resenha ESPN

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível também no Star+! Assine já! http://dis.la/StarPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #Ramon #TiagoNunes #Corinthians Veja Mais

Porto Velho abre processo seletivo para contratar professores de pedagogia

G1 Economia Seletivo oferece 11 vagas e inscrições serão abertas pela prefeitura a partir de 22 de agosto. Veja escolas com vagas. Porto Velho abre seletivo para área de pedagogia Arquivo/SVM A Secretária Municipal de Educação (Semed) divulgou edital de processo seletivo, por meio da avaliação de títulos, para contratação de 11 professores de pedagogia (séries iniciais). O salário ofertado na seleção é de R$ 2.884,22 e haverá acréscimo de 28% nesse valor caso o educador assuma lotação em escolas da zona rural. O município também oferece auxílio alimentação de R$ 500 e auxílio deslocamento de R$ 178,20. Segundo a Semed, os educadores terão 30 horas semanais de trabalho, e o contrato com o município deve durar dose meses, podendo ser prorrogado por igual período. As inscrições só começam a partir de 22 de agosto e serão feitas no site da prefeitura de Porto Velho até 28 de agosto. As vagas são para as escolas: Francisco Braga – Lago do Cuniã Pe. José Pucci – Distrito de Calama Flor de Cupuaçu – BR 364, Assentamento Santa Rita São Luiz Gonzaga – Distrito de São Carlos Monte Horeb – Distrito de Demarcação Rio Verde – Rio Jamary Agrovila Rio Verde Castro Alves – Distrito de Calama João de Barros Gouveia – Distrito de Demarcação Maria Angélica Queiroz de Oliveira – Linha 32, Gleba Rio das Garças O edital do seletivo foi publicado no Diário Oficial da Semed. Veja Mais

Justiça rejeita denúncia contra Milton Ribeiro por homofobia

O Tempo - Política Em entrevista, ex-ministro da Educação havia associado homossexuais a "família desajustadas", entre outras afirmações; juiz concluiu que declarações não são crime Veja Mais

Incêndio em tanques de combustível deixa 121 feridos e 17 desaparecidos em Cuba

em - Internacional Pelo menos 121 pessoas ficaram feridas e 17 estão desaparecidas devido à explosão de dois tanques de combustível na cidade de Matanzas, no oeste de Cuba, onde os bombeiros seguem neste sábado (6) tentando apagar o incêndio.Segundo o novo balanço divulgado pela Presidência da República, dos 121 feridos, cinco estão em estado crítico, outros três muito graves e 28 graves. Entre os feridos está o ministro de Energia e Minas, Liván Arronte.Cuba solicitou "ajuda e consultoria a países amigos com experiência na questão do petróleo", informou a presidência.A resposta chegou rápido: "Expressamos profunda gratidão aos governos do México, Venezuela, Rússia, Nicarágua, Argentina e Chile, que prontamente ofereceram ajuda material solidária diante desta complexa situação", disse o presidente Miguel Díaz-Canel no Twitter. "Também agradecemos a oferta de consultoria técnica por parte dos Estados Unidos", acrescentou. O vice-chanceler Carlos Fernández de Cossío afirmou que a proposta americana "já está nas mãos de especialistas para a devida coordenação".Díaz-Canel comentou que "a extinção do incêndio ainda pode demorar", enquanto o diretor de Comércio e Abastecimento da estatal Unión Cuba-Petróleo (Cupet), Asbel Leal, disse que o país nunca havia enfrentado um incêndio "da magnitude que temos hoje".O fogo começou na tarde de sexta-feira quando um raio atingiu um dos tanques do depósito localizado nos arredores de Matanzas, cerca de 100 quilômetros a leste de Havana, às 19h, horário local. Às 5h deste sábado, o fogo atingiu um segundo tonel.- "Saímos correndo" -"Sentimos o estrondo, como uma onda de ar que levava para trás", contou à AFP Laura Martínez, moradora da comunidade de La Ganadera, a cerca de dois quilômetros do local do incidente.As autoridades de Matanzas indicaram que o número de pessoas evacuadas subiu para 1900.Quando ocorreu a primeira explosão, Yuney Hernández e sua família deixaram sua casa em La Ganadera. Voltaram "por volta das três da manhã" porque as crianças estavam com sono, explicou a mulher de 32 anos à AFP.Mas por volta das 5h eles começaram a ouvir mais explosões e "parecia que pedaços do tanque estavam caindo", acrescentou.Ginelva Hernández, de 33 anos, mora na mesma comunidade com o marido e três filhos. "Saltamos da cama e quando saímos para a rua o céu estava amarelo", contou ela à AFP. "Está incontrolável o medo das pessoas na rua", disse.Segundo a Cupet, o primeiro depósito "continha cerca de 26 mil metros cúbicos de petróleo bruto nacional, cerca de 50% da sua capacidade máxima", quando foi atingido pelo raio. O segundo tanque tinha 52 mil metros cúbicos de óleo combustível.- Falha no para-raios -"Aparentemente houve uma falha no sistema de para-raios, que não suportou a energia da descarga elétrica", indicou o Granma. Danger Ricardo, um soldador de 37 anos que trabalha no local, não sabe explicar como o sistema falhou.Os dois tanques abastecem a termelétrica Antonio Guiteras, a maior de Cuba, mas o bombeamento para essa usina não parou, acrescentou Granma.Dois helicópteros começaram a jogar água do mar para apagar o fogo na manhã de sábado, trabalho que foi interrompido à tarde pelo aumento das chamas. Ao final da tarde, com o fogo mais baixo, puderam retomar a ação em frente à baía de Matanzas, uma cidade de 140 mil habitantes. O incêndio ocorre em meio a dificuldades enfrentadas desde maio na ilha para atender ao aumento da demanda por energia devido ao calor do verão. A obsolescência de suas oito usinas termelétricas, danos, manutenções programadas e falta de combustível dificultam a geração de energia. Desde maio, as autoridades programam apagões de até 12 horas por dia em algumas regiões do país. Desde então, houve vinte protestos em cidades do interior da ilha. Veja Mais

Cúpula "militar" da Jihad Islâmica é "neutralizada" em Gaza ...

em - Internacional Cúpula "militar" da Jihad Islâmica é "neutralizada" em Gaza (exército israelense) Veja Mais

Lula registra candidatura a presidente com chapa de 9 partidos

O Tempo - Política PT, PSB, PV e PCdoB, PSOL, Rede, Solidariedade, Avante e Agir compõem a coligação 'Brasil da Esperança' Veja Mais

Violência em Gaza deixa 24 mortos, incluindo 6 crianças (Ministério palestino)

em - Internacional Vinte e quatro pessoas, incluindo seis crianças, morreram desde o início dos bombardeios israelenses na Faixa de Gaza, segundo o Ministério da Saúde do enclave palestino, embora Israel tenha negado a realização de um novo ataque no qual menores foram mortos. O Ministério da Saúde de Gaza atribuiu as 24 mortes à "agressão israelense", bem como os 203 feridos desde o início da operação na sexta-feira. Os balanços anteriores citavam 15 óbitos. Por sua vez, Israel culpou pela morte das crianças em Jabalia (no norte da Faixa de Gaza) um disparo fracassado de foguete lançado pela organização Jihad Islâmica contra o território israelense. "As forças de segurança israelenses não realizaram nenhum bombardeio em Jabalia nas últimas horas. Está irrefutavelmente provado que este incidente é o resultado de um disparo de foguete fracassado lançado pela Jihad Islâmica", disse o governo israelense em um comunicado. Veja Mais

Bombardeios israelenses em Gaza deixaram 24 mortos, incluindo 6 crianças (Ministério palestino)

em - Internacional Vinte e quatro pessoas, incluindo seis crianças, morreram desde o início da ofensiva militar israelense contra a organização Jihad Islâmica na Faixa de Gaza, segundo o último balanço do Ministério da Saúde do enclave palestino. A fonte indica que as 24 vítimas morreram desde sexta-feira devido aos bombardeios israelenses. Já o Estado Hebreu afirmou que várias crianças morreram em Jabalia (norte de Gaza) devido a um disparo de foguete mal-sucedido lançado pela Jihad Islâmica contra o território israelense. Veja Mais

TCU vai apurar compra de ferramenta para acessar celulares pelo Exército

O Tempo - Política Tribunal de Contas da União vai levantar finalidade do uso do equipamento pelas Forças Armadas Veja Mais

Rússia 'anuncia' lindas mulheres e vodca para atrair imigrantes

O Tempo - Mundo Vídeo promocional publicado por embaixada cita conservadorismo e cristianismo, mas é também ameaça velada aos europeus, que podem ficar sem aquecimento no inverno Veja Mais

Incêndio em tanques de petróleo deixa 77 feridos e 17 desaparecidos em Cuba

em - Internacional A cidade de Matanzas, no oeste de Cuba, vive angustiada neste sábado (6) diante do incêndio de dois tanques de petróleo em uma área industrial que já deixou 17 desaparecidos e 77 feridos por queimaduras.Segundo o novo balanço divulgado pelo jornal oficial Granma, dos 77 feridos, três estão em estado crítico, outros três muito graves e 12 graves. Cuba solicitou "ajuda e consultoria a países amigos com experiência na questão do petróleo", informou a presidência."A extinção do incêndio ainda pode demorar", comentou o presidente Miguel Díaz-Canel no Twitter, enquanto o diretor de Comércio e Abastecimento da estatal Unión Cuba-Petróleo (Cupet), Asbel Leal, disse que o país nunca havia enfrentado um incêndio "da magnitude que temos hoje".O fogo começou na tarde de sexta-feira quando um raio atingiu um dos tanques do depósito localizado nos arredores de Matanzas, cerca de 100 quilômetros a leste de Havana, às 19h, horário local. Às 5h deste sábado, o fogo atingiu um segundo tonel.- "Saímos correndo" -"Sentimos o estrondo, como uma onda de ar que levava para trás", contou à AFP Laura Martínez, moradora da comunidade de La Ganadera, a cerca de dois quilômetros do local do incidente.Mario Sabines Lorenzo, governador de Matanzas, afirmou que cerca de 800 pessoas foram evacuadas.Quando ocorreu a primeira explosão, Yuney Hernández e sua família deixaram sua casa em La Ganadera. Voltaram "por volta das três da manhã" porque as crianças estavam com sono, explicou a mulher de 32 anos à AFP.Mas por volta das 5h eles começaram a ouvir mais explosões e "parecia que pedaços do tanque estavam caindo", acrescentou.Ginelva Hernández, de 33 anos, mora na mesma comunidade com o marido e três filhos. "Saltamos da cama e quando saímos para a rua o céu estava amarelo", contou ela à AFP. "Está incontrolável o medo das pessoas na rua", disse.Segundo a Cupet, o primeiro depósito "continha cerca de 26 mil metros cúbicos de petróleo bruto nacional, cerca de 50% da sua capacidade máxima", quando foi atingido pelo raio. O segundo tanque tinha 52 mil metros cúbicos de óleo combustível.- Falha no para-raios -"Aparentemente houve uma falha no sistema de para-raios, que não suportou a energia da descarga elétrica", indicou o Granma. Danger Ricardo, um soldador de 37 anos que trabalha no local, não sabe explicar como o sistema falhou.Os dois tanques abastecem a termelétrica Antonio Guiteras, a maior de Cuba, mas o bombeamento para essa usina não parou, acrescentou Granma.Dois helicópteros começaram a trabalhar para apagar o fogo na manhã de sábado em frente à baía de Matanzas, uma cidade de 140 mil habitantes. Bombeiros exaustos se reuniam do lado de fora da usina esperando para procurar seus colegas que não puderam sair após a segunda explosão.O incêndio ocorre em meio a dificuldades enfrentadas desde maio na ilha para atender ao aumento da demanda por energia devido ao calor do verão. A obsolescência de suas oito usinas termelétricas, danos, manutenções programadas e falta de combustível dificultam a geração de energia. Desde maio, as autoridades programam apagões de até 12 horas por dia em algumas regiões do país. Desde então, houve vinte protestos em cidades do interior da ilha. Veja Mais

Central nuclear ucraniana é bombardeada neste sábado

O Tempo - Mundo Há risco de fuga de hidrogênio e pulverização radioativa, diz operador Veja Mais

Pelo menos 12 mortos após explosão de bombas escondidas em cadáveres no Mali

em - Internacional Pelo menos 12 civis foram mortos no Mali depois da explosão de bombas escondidas em cadáveres que familiares tentavam identificar, informaram um funcionário do governo e a polícia neste sábado, acusando grupos jihadistas. Na sexta-feira, "os jihadistas mataram dois civis em Ouakan" perto de Bankass, no centro do Mali, "antes de colocar armadilhas em seus corpos", disse à AFP um funcionário de uma cidade vizinha, sob condição de anonimato. "Quando os familiares dos mortos vieram procurar os corpos, houve uma explosão e pelo menos outras dez pessoas morreram", acrescentou. Esta versão foi confirmada por outro funcionário eleito da região, que indicou que "no momento há outros civis desaparecidos em Ouakan" e não se sabe se "morreram ou não". Uma fonte policial confirmou à AFP "o balanço provisório de doze civis mortos".A partir deste sábado, um dispositivo de segurança seria acionado "para proteger as populações". "Os jihadistas estão usando cada vez mais métodos criminosos. Em Ouakan eles prenderam corpos em armadilhas que foram detonadas", disse a fonte. Várias dezenas de habitantes de Ouakan deixaram suas casas neste sábado para se refugiar em cidades vizinhas, temendo novos ataques, segundo depoimentos coletados pela AFP. Mali, um país pobre localizado na instável região do Sahel, sofre uma grave crise de segurança desde 2012, após a eclosão da independência e insurreições jihadistas no norte. Veja Mais

Bizarro verme marinho luminoso que parece macarrão é divulgado por cientistas

canaltech Uma bizarra criatura laranja com tentáculos luminosos, que se parece com uma panelada de macarrão instantâneo, foi divulgada em vídeo por cientistas do Monterey Bay Aquarium Research Institute (MBARI). Eles conseguiram filmar o animal em 2012 com um veículo operado remotamente (VOR) enquanto exploravam o Golfo da Califórnia. Bizarra criatura que parece uma flor com tentáculos é vista no fundo do mar Cientistas encontram 30 novas espécies nas profundezas do oceano A macarrônica figura é, na verdade, um tipo de verme segmentado aquático, um anelídeo da classe Polychaete (ou poliqueta) que ainda não tem espécie definida, mas pertence ao gênero Biremis. A criatura não tem olhos nem guelras, e usa os tentáculos coloridos para agarrar detritos orgânicos para sua alimentação. O vídeo do bicho foi postado na última segunda-feira (1) em comemoração ao Dia Mundial dos Poliquetas.   Qual nome você daria? A maioria dos terebelídeos, família do macarrão marinho, vive em tocas ou túneis no fundo do mar e sai apenas para buscar alimento, mas esse Biremis em específico costuma ficar acima do solo e já foi visto nadando ou se arrastando pelas profundezas, procurando locais abundantes em comida, segundo os cientistas. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Outros pesquisadores do MBARI já haviam localizado a espécie em 2003, após identificá-la também no Golfo da Califórnia com outro ROV. Quase 20 anos depois, o bicho ainda não tem nome. De acordo com especialistas, o processo aparentemente simples de nomear uma espécie é, na verdade, bem mais trabalhoso: é necessário coletar espécimes, examinar suas características-chave sequenciar o DNA e só então aplicar o nome científico. This deep-sea spaghetti worm has a bountiful bundle of tentacles.During an expedition to the Gulf of California, researchers observed what looked like small pom-poms lying on the seafloor. These mystery masses turned out to be a spectacular type of spaghetti worm: Biremis. pic.twitter.com/AlNhcMmCl3 — MBARI (@MBARI_News) August 2, 2022 Ainda não se sabe o limite de profundidade onde a criatura pode residir, mas a maioria dos avistamentos ocorreu a mais de 2 km abaixo da superfície, uma distância considerável. É mais uma prova do quão pouco conhecemos do fundo do mar e as formas de vida que mantém o ecossistema das profundidades marinhas funcionando. Os cientistas lembram que há diversas práticas comerciais ameaçando animais como esses, como a mineração de profundidade e a pesca de arrasto, que matam animais e destroem ecossistemas. Ainda assim, há esperanças de encontrar mais animais como os vermes curiosos e inusitados como o Biremis em pesquisas futuras no misterioso fundo do mar, nas palavras do MBARI. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Por que a ciência recomenda registrar nossos sonhos em um diário Substituto do Onix? Chevrolet prepara lançamento de novo carro compacto As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

10 jogos em alta no Steam (06/08/2022)

canaltech O lançamento estrondoso de MultiVersus continua mobilizando a comunidade nos computadores. Após registrar um pico de 153,433 jogadores simultâneos no Steam na última semana, tornando-se o jogo de luta que mais reuniu pessoas ao mesmo tempo na história da plataforma, a aventura com heróis manteve os bons números. Pokémon Scarlet e Violet | Tudo sobre gameplay, trailers e mais Multiversus | Personagens que queremos ver no jogo O jogo de luta com heróis da Warner Bros, de franquias como DC e Game of Thrones, continua em alta, com média de 100 mil jogadores na segunda semana. O título apareceu entre os mais jogados do Steam na semana ao lado de aventuras como os primeiros Dying Light e The Forest. Os dois jogos entraram em promoção e podem ser comprados por menos de R$ 25. Para você acompanhar todas as tendências do mercado de jogos, o Canaltech listou os títulos em alta no Steam. A lista é um termômetro organizado a partir dos dados da plataforma Steam.DB com os maiores crescimentos em número de jogadores simultâneos nos últimos sete dias. Confira: -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- 10. Idle Research   Idle Research é um jogo de gerenciamento de recursos no maior estilo Potion Craft, com o jogador pesquisando e criando tubos com líquidos coloridos que geram energia. O jogo é grátis para jogar e conta com versões para dispositivos móveis e WEB. Idle Research registrou pico de cerca de 3 mil jogadores no Steam na última semana. 9. Green Hell   Green Hell é um simulador de sobrevivência de mundo aberto ambientado na floresta amazônica. À beira da morte, o jogador é colocado em uma jornada de resistência, com os efeitos do isolamento afetando o corpo e a mente. A jogabilidade envolve construir abrigos, produzir ferramentas e construir armas para caçar e se defender de animais selvagens e doenças tropicais Green Hell está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One. No Steam, o jogo de 2019 registrou pico de 4 mil jogadores na última semana. 8. Ghost Watchers   Aproveitando a boa fase dos jogos de terror, Ghost Watchers é uma aventura multiplayer online e cooperativa, em que amigos precisam explorar e caçar fantasmas em casas abandonadas. A jogabilidade envolve encontrar o fantasma e depois pegá-lo. Para isso, os jogadores precisam procurar evidências, descobrir a idade do fantasma e sentir em que tipo de humor ele está. Ghost Watchers está em acesso antecipado para PC e pode ser comprado no Steam por R$ 23,19. O jogo registrou pico de cerca de 4 mil jogadores na última semana. 7. Hooked on You: A Dead by Daylight Dating Sim   Hooked on You é um simulador de encontros românticos com os assassinos do multiplayer de terror Dead by Daylight. O título do jogo é um trocadilho com o fato dos homicidas prenderem outros jogadores em partidas de Dead by Daylight. A aventura é oficial e foi desenvolvida pela Psyop, que trabalhou no simulador de encontros com o Colonel Sanders, o simpático senhorzinho que empresta o rosto para a rede de restaurantes KFC. Hooked on You: A Dead by Daylight Dating Sim é vendido por R$ 24,99 no Steam e foi lançado para PC em 3 de agosto. O jogo registrou cerca de 4,5 mil jogadores simultâneos no Steam na última semana. 6. Digimon Survive   Survive é o primeiro jogo de Digimon que chegou ao Ocidente em 5 anos. O título apresenta uma história original e uma jogabilidade que mistura uma visual novel com combates de um RPG tático. A história acompanha o protagonista Takuma Momozuka transportado para um mundo cheio de monstros e perigos. Ao lado de Agumon, Takuma deve lutar para voltar para casa. Digimon Survive está disponível no PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC. O jogo registrou pico de 6 mil jogadores na última semana. 5. Northgard   Northgard é um jogo de gerenciamento e estratégia baseado na mitologia nórdica. Na aventura, o jogador controla um clã de vikings lutando pelo controle de um misterioso continente recém-descoberto. Para fechar os 11 capítulos da campanha, o jogador precisa dominar as particularidades dos 6 primeiros clãs e domar a implacável natureza selvagem das terras e povos do continente. Northgard está disponível para PS4, Xbox One, Nintendo Switch, dispositivos móveis e PC. No Steam, o jogo de 2018 está em promoção e pode ser comprado por R$ 14,49. A aventura registrou um pico de 10 mil jogadores na última semana. 4. Inside the Backrooms   Novamente, Inside the Backrooms apareceu na lista de jogos em alta da semana, dessa vez saltando de 2 mil jogadores simultâneos para mais de 10 mil. O título de terror multijogador online é cooperativo para até 3 jogadores, que tentam escapar de diferentes cenários de terror, envolvendo quebra-cabeças. Este jogo é baseado em creepypasta. Na jogabilidade, o trio deve explorar salas, procurar elementos que o ajudem a continuar avançando e evitar inimigos. Inside the Backrooms está em acesso antecipado para PC com 4 fases e pode ser comprado no Steam por R$ 10,89. O jogo registrou pico de cerca de 11 mil jogadores na última semana. 3. Dying Light   Dying Light mistura ação em primeira pessoa e mecânicas de sobrevivência em um mundo aberto pós-apocalíptico tomado por zumbi. Para atravessar a cidade devastada, o jogador conta com armas e movimentos de parkour. A aventura ganhou uma sequência em 2022, mas figura entre as tendências do Steam desta semana, por conta de uma promoção. Dying Light está disponível para PS4, Xbox One, Nintendo Switch e PC. No Steam, o jogo está em promoção e pode ser comprado por R$ 24,74. A aventura registrou um pico de 14 mil jogadores na última semana. 2. The Forest   Como sobrevivente de um acidente de avião de passageiros, o jogador entra em The Forest em um lugar misterioso. Essa floresta é habitada por uma sociedade de mutantes canibais, que obriga o protagonista a lutar para se manter vivo. A jogabilidade envolve construir, explorar e passar muito medo neste simulador de horror de sobrevivência em primeira pessoa que reúne até oito pessoas no PC. The Forest está disponível para PS4 e PC. No Steam, o jogo está em promoção e pode ser comprado por R$ 9,49 até o próximo dia 8 de agosto. A aventura registrou um pico de 30 mil jogadores na última semana. 1. MultiVersus   Novamente em primeiro lugar nesta semana, MultiVersus une lutas intensas em uma jogabilidade de plataforma que simula a experiência de Super Smash Bros., da Nintendo. No elenco de lutadores disponíveis, estão personagens da Warner Bros, como Arlequina, Tom e Jerry, Finn, Mulher-Maravilha, Steven Universo, Jake, Garnet e Superman. A aventura possui modos de batalha solo ou de duplas. MultiVersus é gratuito e está disponível para para PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X e Xbox Series S. O jogo registrou um pico de mais de 115 mil jogadores simultâneos no Steam na última semana, competindo e ultrapassando o número de jogadores simultâneos com jogos consolidados como Apex Legends e GTA 5. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Por que a ciência recomenda registrar nossos sonhos em um diário Substituto do Onix? Chevrolet prepara lançamento de novo carro compacto As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

Como fazer transferência de veículo online

canaltech Nós mostramos recentemente que a burocracia de ter que ir a um cartório ou órgão público para sacramentar a transferência de um carro após a venda, terminou. Pelo menos para quem tem veículo com a documentação emitida a partir de 4 de janeiro de 2021. Agora, chegou a hora de aprender o passo a passo de como fazer a transferência do veículo online. Prova de vida para obter Carteira Digital de Trânsito agora é orientada por voz Como emitir a CNH Digital pelo celular A negociação é possível por meio da chamada Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo (ATPV-e), que faz parte do app da Carteira Digital de Trânsito e permite que a transferência do automóvel possa ser assinada digitalmente e de forma segura. A nova medida foi definida na Resolução Federal 809/2020, do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), e a autorização está disponível no aplicativo do Poupatempo Digital. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Aprenda o passo a passo para fazer transferência de veículos online (Imagem: Divulgação/Detran-PR) Passo a passo para transferência de veículo online O procedimento completo para fazer a transferência de veículo online é bastante simples. Em apenas cinco passos, a pessoa que vendeu o carro já consegue sacramentar a troca da posse para o comprador e futuro proprietário. Antes de enumerar o passo a passo, no entanto, um aviso importante: tanto o proprietário do carro (vendedor) quanto o futuro dono (comprador) precisam estar cadastrados na plataforma gov.br, em uma conta prata ou ouro. O site do Ministério da Fazenda tem todas as informações sobre como criar o login e se enquadrar nas exigências. Último passo para sacramentar a transferência é realizar a vistoria, mas essa não pode ser online (Imagem: NR Radmin/Envato/CC) Agora sim, vamos ao passo a passo. Passo 1: Download e cadastro no aplicativo Depois de devidamente cadastrados na plataforma gov.br, comprador e vendedor precisam baixar, em seus respectivos smartphones, o aplicativo Carteira Digital de Trânsito e, obviamente, se cadastrarem nele também. É por meio deste app que eles utilizarão a assinatura eletrônica. Passo 2: Preenchimento de informações O segundo passo é por conta do vendedor. Ele deve acessar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, clicar em “transferência de veículo” e informar o CPF do comprador e futuro proprietário do carro. Passo 3: Assinatura digital Este talvez seja o item mais importante do passo a passo de como fazer a transferência de veículo online. A assinatura digital. Afinal, é por meio dela que a transação será sacramentada sem a necessidade de comparecimento em cartório. Para isso, o vendedor deve assinar digitalmente a Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo (ATPV-e). Passo 4: Assinatura digital do comprador Como dissemos, o passo mais importante diz respeito à assinatura digital. Tanto que ele precisa ser repetido, agora, por parte do comprador. Ele receberá uma notificação de que o vendedor fez sua parte e repetirá o processo. Isso fará com que a autorização seja automaticamente enviada ao site do Governo Federal. Passo 5: Vistoria O último e quinto item do passo a passo para quem quer fazer transferência de veículo online é a vistoria. Depois de tudo acertado e assinado entre vendedor e comprador do carro, é hora de efetivar a “troca de garagem”. Para isso, é preciso levar o carro a uma das empresas credenciadas em vistoria pelo Detran em até 60 dias após os passos iniciais e obter o laudo de aprovação. É importante que o carro esteja sem restrições ou bloqueios que impeçam a transferência, tais como débitos de IPVA, licenciamento ou multas não pagas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Primeiro teletransporte holográfico internacional é realizado entre EUA e Canadá NASA descobre origem do "espaguete" em Marte Por que a ciência recomenda registrar nossos sonhos em um diário Substituto do Onix? Chevrolet prepara lançamento de novo carro compacto As 10 linguagens de programação que estarão em alta em 2023 Veja Mais

Israel alerta que bombardeios em Gaza podem durar uma semana

em - Internacional Israel advertiu neste sábado que os bombardeios contra a organização Jihad Islâmica na Faixa de Gaza podem durar uma semana, no segundo dia da escalada mais grave de violência no território palestino desde a guerra de maio do ano passado.O exército "se prepara atualmente para uma operação de uma semana", afirmou um porta-voz militar. "Atualmente não há negociações para um cessar-fogo", acrescentou.O exército de Israel bombardeia o território desde sexta-feira e alega que os ataques são direcionados contra locais de fabricação de armas da Jihad Islâmica, um grupo alinhado ao movimento Hamas - que governa a região -, mas que geralmente atua de forma independente. Os ataques mataram na sexta-feira Tayseer al Jabari 'Abu Mahmud', um dos principais líderes da organização que está na lista de grupos terroristas dos Estados Unidos e da União Europeia.Em represália, o braço armado da Jihad Islâmica lançou mais de 100 foguetes contra Israel e afirmou que era uma "resposta inicial".O sábado foi marcado por novos bombardeios e disparos de foguetes, que até o momento não deixaram vítimas do lado israelense.As autoridades de Gaza anunciaram um balanço de 15 mortos nos bombardeios, incluindo 'Abu Mahmud' e uma menina de cinco anos, e mais de 120 feridos.Durante a noite, as forças israelenses prenderam 19 membros da Jihad Islâmica na Cisjordânia, um território ocupado por Israel desde 1967.Ao mesmo tempo, a única central de energia elétrica da Faixa de Gaza foi obrigada a fechar por falta de combustível, devido ao bloqueio das entradas do território por parte de Israel desde terça-feira.A empresa de energia elétrica afirmou que o cenário "agravará a situação humanitária" no território de 362 quilômetros quadrados em que moram 2,3 milhões de pessoas, com níveis elevados de desemprego e pobreza.- Temor de escalada -A ofensiva israelense acontece após a detenção na segunda-feira de dois líderes da Jihad Islâmica, incluindo Basem Saadi, acusado por Israel de planejar atentados recentes.Por temer represálias, Israel fechou as passagens para mercadorias e pessoas com o território palestino na terça-feira.A ofensiva gerou temores de uma escalada. Mas Jamal al Fadi, professor de Ciências Políticas na Universidade Al Azhar de Gaza, acredita que a violência terminará "em alguns dias". "A Jihad Islâmica está reagindo de forma limitada e com isto impede que a ocupação (israelense) intensifique os ataques aéreos", declarou à AFP.Na manhã de sábado, Gaza parecia uma cidade fantasma, com ruas vazias e lojas fechadas. Este é o confronto mais grave entre Israel e as organizações armadas em Gaza desde a guerra de 11 dias de maio de 2021, que deixou 260 mortos no lado palestino, incluindo combatentes, e 14 mortos em Israel, incluindo um soldado.O Egito, mediador histórico entre o Estado hebreu e os grupos armados em Gaza, informou que poderia receber uma delegação da Jihad Islâmica.Mas o grupo armado palestino descartou a possibilidade de cessar-fogo. A organização acusa Israel de ter "iniciado uma guerra".- Ameaça -"Israel iniciou una operação antiterrorista precisa, contra uma ameaça imediata", afirmou o primeiro-ministro do país, Yair Lapid. Ele acusa o grupo armado de ser "um representante do Irã que busca destruir o Estado de Israel e matar israelenses inocentes". A Guarda Revolucionária, o exército ideológico do Irã, reafirmou o apoio aos palestinos e insistiu que Israel "pagará um preço elevado pelo crime recente".A Liga Árabe criticou a "feroz agressão israelense", enquanto a União Europeia e a Rússia pediram "moderação" diante da escalada de violência. Em 2019, a morte de um comandante da Jihad Islâmica em uma operação israelense provocou vários dias de tiroteios fatais entre o grupo armado e Israel. O Hamas, que enfrentou Israel em quatro guerras desde que tomou o poder no território em 2007, permanece à margem dos confrontos. Mas a decisão que tomar agora será crucial, pois o grupo enfrenta pressões para melhorar as condições econômicas do território, bloqueado desde que o Hamas assumiu sua administração. Veja Mais

Live de Janones em apoio a Lula bate recorde pessoal nas redes

O Tempo - Política Desistência de André Janones para apoiar a campanha do PT gerou a publicação com maior número de comentários nas redes do parlamentar mineiro neste ano Veja Mais

Vazam novas imagens reais do Galaxy Z Fold 4 e Flip 4 poucos dias antes do lançamento

tudo celular Evento de anúncio da próxima geração de celulares dobráveis da marca sul-coreana está marcado para quarta-feira (10). Veja Mais

Ucrânia fecha reator de central nuclear alvo de ataques

em - Internacional Um dos reatores da central nuclear de Zaporizhzhia na Ucrânia, sob controle das forças russas, foi paralisado, anunciou neste sábado a empresa ucraniana de energia atômica, após os ataques que provocaram uma troca de acusações entre Kiev e Moscou."Devido ao ataque à central nuclear de Zaporizhzhia, o sistema de proteção de emergência foi acionado em um dos três reatores em funcionamento, que foi desativado", anunciou a Energoatom.A empresa afirmou que os bombardeios provocaram "graves danos" a uma unidade que armazenava nitrogênio e oxigênio e a um "edifício anexo"."Ainda há riscos de vazamento de hidrogênio e substâncias radioativas. O risco de incêndio também é alto", disse a Energoatom. "O bombardeio provocou um grave risco para o funcionamento seguro da central", acrescentou a empresa, antes de informar que a central continua produzindo energia elétrica e que os funcionários ainda trabalham no local.Na sexta-feira, as autoridades ucranianas acusaram as forças russas por três ataques perto de um reator da central de Zaporizhzhia, sul do país, apesar de Moscou ter o controle da área desde o início da invasão em fevereiro.O exército russo respondeu que as forças ucranianas atacaram o local, o que provocou um incêndio, já controlado.Em 21 de julho, a Rússia acusou a Ucrânia de atacar com drones o território da central nuclear, a maior da Europa.Kiev afirma que Moscou armazena armas pesadas e munições na área da central, ocupada desde março pelas forças russas. Veja Mais

Caramelows lança funk em single com amostra inicial do primeiro álbum solo da ex-banda de Liniker

G1 Pop & Arte Caramelows lança o single 'Fuja, Melow!', gravado com a dupla Deep Leaks Leila Penteado / Divulgação ♪ Grupo paulista que tocou com Liniker de 2015 a 2020, Caramelows ainda procura consolidar a trajetória solo desde a separação da cantora. Após colaborações com a cantora espanhola Indee Styla (Siente el calor, 2020), com a moçambicana Selma Uamusse (Pote de cores, 2020) e com o artista baiano Edoux (anfitrião do grupo no single Sozinho, editado por Edoux em novembro de 2021), a banda lança Fuja, Melow!, single sem convidados. Em rotação no mundo digital desde ontem, 5 de agosto, o single Fuja, Melow! está sendo apresentado como sinal inicial do primeiro álbum solo do grupo formado atualmente por Eder Araújo (sax e flauta), Fernando Falcoski (teclas), Marja Lenski (percussão), Péricles Zuanon (bateria), Rafael Barone (baixo) e Wiliam Zaharanszki (guitarra). Fuja, Melow! é funk que expande a parceria de Caramelows com a dupla Deep Leaks, formada pelos produtores Gustavo Koshikumo e Juliano Pereira. O single Fuja, Melow! tem capa assinada pelo quadrinista Camilo Solano com referência ao vira-lata caramelo. A música versa sobre a fuga do cão rumo a um horizonte possível. Capa do single 'Fuja, Melow', da banda Caramelows Arte de Camilo Solano Veja Mais

Número de mortes em incêndio em discoteca na Tailândia sobe para 15

em - Internacional O número de vítimas fatais do incêndio que destruiu um casa noturna na Tailândia subiu para 15 neste sábado, informou o serviço de emergência. O incêndio aconteceu na madrugada de sexta-feira no clube Mountain B, no distrito de Sattahip da província de Chonburi, 150 km ao sudeste de Bangcoc.De acordo com o serviço de emergência Sawang Rojanathammasathan, um homem faleceu neste sábado, o que elevou o balanço de vítimas fatais para 15.As outras vítimas são quatro mulheres e 10 homens, com idades entre 17 e 49 anos. Veja Mais

Israel prossegue com operação em Gaza contra a Jihad Islâmica

em - Internacional Israel prosseguiu com os ataques neste sábado (6) na Faixa de Gaza, onde a Jihad Islâmica respondeu com disparos de foguetes, na escalada mais grave de violência no território palestino desde a guerra de maio do ano passado.Às 11H30 (5H30 de Brasília), Gaza parecia uma cidade fantasma, com ruas vazias e lojas fechadas. Ao mesmo tempo, os alertas para disparos de foguetes eram ouvidos na localidades israelenses próximas do território palestino, que está sob bloqueio do Estado hebreu. Até o momento, os ataques a partir de Gaza não provocaram vítimas ou danos, segundo o exército.O exército israelense afirmou neste sábado que a operação na Faixa de Gaza deve durar uma semana.Um porta-voz militar afirmou que "atualmente não há negociações para um cessar-fogo", depois das informações de que o Egito tenta atuar como mediador para acalmar a situação no território palestino.A única central de energia elétrica da Faixa de Gaza foi obrigada a fechar por falta de combustível, o que "agravará a situação humanitária", segundo a empresa.Israel fechou as passagens para mercadorias e pessoas com o território palestino na terça-feira por temer represálias após a detenção de um líder da Jihad Islâmica. Os bloqueios reduziram as entregas de diesel necessárias para abastecer a central.O exército de Israel bombardeia o território desde sexta-feira e alega que os ataques são direcionados contra locais de fabricação de armas da Jihad Islâmica, um grupo alinhado ao movimento Hamas - que governa a região -, mas que geralmente atua de forma independente. Os ataques mataram um dos líderes da organização, Tayseer al Jabari 'Abu Mahmud'. Em represália, o braço armado da Jihad Islâmica lançou mais de 100 foguetes contra Israel e afirmou que era uma "resposta inicial".O exército israelense informou que 15 combatentes do grupo armado morreram nos ataques. As autoridades de Gaza anunciaram um balanço de 12 mortos, incluindo uma menina de cinco anos, e 80 feridos.De acordo com Mohamed Abu Salameh, diretor do principal hospital de Gaza, os médicos enfrentam uma "grave escassez de material".- Ameaça -Durante a noite, as forças israelenses prenderam 19 membros da Jihad Islâmica na Cisjordânia, um território ocupado por Israel desde 1967.A ofensiva israelense acontece após a detenção na segunda-feira de um líder do grupo armado palestino, Basem Saadi.As autoridades israelenses temiam ataques de represália a partir de Gaza, um território governado pelo grupo islamita Hamas e com forte presença da Jihad Islâmica, que está na lista de organizações terroristas dos Estados Unidos e da União Europeia.Este é o confronto mais grave entre Israel e as organizações armadas em Gaza desde a guerra de 11 dias de maio de 2021, que deixou 260 mortos no lado palestino, incluindo combatentes, e 14 mortos em Israel, incluindo um soldado.Antes do anúncio de uma operação de uma semana por parte de Israel, o Egito, mediador histórico entre o Estado hebreu e os grupos armados em Gaza, informou que poderia receber uma delegação da Jihad Islâmica .Mas o grupo armado palestino também descartou a possibilidade de cessar-fogo. A organização acusa Israel de ter "iniciado uma guerra"."O inimigo sionista iniciou esta agressão e deve preparar-se para um combate sem trégua", afirmou em Teerã o secretário-geral da Jihad Islâmica, Ziyad al-Nakhalah."Israel iniciou una operação antiterrorista precisa, contra uma ameaça imediata", afirmou o primeiro-ministro do país, Yair Lapid. Ele acusa o grupo armado de ser "um representante do Irã que busca destruir o Estado de Israel e matar israelenses inocentes". Em um comunicado, a Liga Árabe criticou a "feroz agressão israelense". A Jordânia destacou a "importância de acabar com a agressão". Em 2019, a morte de um comandante da Jihad Islâmica em uma operação israelense provocou vários dias de tiroteios fatais entre o grupo armado e Israel. O Hamas, que enfrentou Israel em quatro guerras desde que tomou o poder no território em 2007, permanece à margem dos confrontos. Mas a decisão que tomar agora será crucial, pois o grupo enfrenta pressões para melhorar as condições econômicas do território.Israel impõe desde 2007 um bloqueio severo da Faixa de Gaza, território de 362 quilômetros quadrados em que moram 2,3 milhões de pessoas, com níveis elevados de desemprego e pobreza. Veja Mais