Meu Feed

No mais...

CORINTHIANS X CRICIÚMA: RAMÓN DÍAZ AVALIA O DESEMPENHO DA EQUIPE ALVINEGRA | DEPOIS DO JOGO

CORINTHIANS X CRICIÚMA: RAMÓN DÍAZ AVALIA O DESEMPENHO DA EQUIPE ALVINEGRA | DEPOIS DO JOGO

Band Sports Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga tambe?m nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Chiquinho Brazão: oitiva de testemunhas e do deputado - Conselho de Ética - 16/07/24

Chiquinho Brazão: oitiva de testemunhas e do deputado - Conselho de Ética - 16/07/24

Câmana dos Deputados Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados Tema: Oitiva de testemunhas e do deputado Chiquinho Brazão Local: Anexo II, Plenário 11 Início: 16/07/2024 às 14:22 Informações: PAUTA SUJEITA A ALTERAÇÕES A) Oitivas de testemunhas arroladas pela defesa no processo referente à Representação nº 4/24, em desfavor do Deputado Chiquinho Brazão - sem partido/RJ: 1. Thiago Kwiatkowski Ribeiro, Conselheiro Vice-Presidente do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro; (CONFIRMADO) 2. Carlos Alberto Lavrado Cupello, ex-deputado estadual (CONFIRMADO) 3. Domingos Inácio Brazão , Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (CONFIRMADO) 4. Daniel Freitas Rosa, Delegado da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (a confirmar) B) Oitiva do Representado no processo referente à Representação nº 4/24, em desfavor do Deputado Chiquinho Brazão - sem partido/RJ: 1. Deputado Chiquinho Brazão (CONFIRMADO) Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/73913 Veja Mais

Drake publica vídeo de mansão inundada; Toronto enfrenta enchentes após fortes chuvas

G1 Pop & Arte Rapper não especificou se imagens são de sua casa, mas mora na cidade. Volume de chuvas bateu recorde estabelecido em 1941. Drake mostra mansão em Toronto inundada O rapper Drake publicou um vídeo de uma mansão tomada por água nesta terça-feira (16). Ele não especificou onde as imagens foram registradas, mas mora em Toronto, cidade que enfrenta inundações por causa de fortes chuvas. Assista acima. "É melhor que isso seja um Espresso Martini", escreveu o cantor ao mostrar uma água marrom invadindo a residência, mesmo com portas fechadas, uma brincadeira com o drinque à base de café. De acordo com o governo canadense, o volume de chuvas em Toronto nesta terça quebrou o recorde em um só dia estabelecido em 1941. Meteorologistas afirmam que isso aconteceu por causa de três grandes tempestades que caíram sobre a cidade, segundo a BBC. A revista de hip hop "XXL" afirma que a casa do vídeo é a mansão de Drake, que ele chama de "A Embaixada" e onde mora desde que a construiu, em 2017. Drake participa de festival no Canadá, em 2021 Reuters/Mark Blinch Drake mostra casa inundada Reprodução/Instagram/champagnepapi Veja Mais

COMENTARISTAS AVALIAM A CHEGADA DE FAUSTO VERA AO ATLÉTICO-MG | BOLA ROLANDO

COMENTARISTAS AVALIAM A CHEGADA DE FAUSTO VERA AO ATLÉTICO-MG | BOLA ROLANDO

Band Sports Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga tambe?m nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

ESTREIA DE RAMÓN DÍAZ E JOGADORES CONTRATADOS: VITOR GUEDES E IVAN DRAGO PROJETAM | BOLA ROLANDO

ESTREIA DE RAMÓN DÍAZ E JOGADORES CONTRATADOS: VITOR GUEDES E IVAN DRAGO PROJETAM | BOLA ROLANDO

Band Sports Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga tambe?m nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Apple, Nvidia e outras usaram vídeos do YouTube para treinar IAs sem permissão

Apple, Nvidia e outras usaram vídeos do YouTube para treinar IAs sem permissão

Tecmundo Empresas como Apple, NVIDIA, Salesforce e Anthropic, entre outras, teriam utilizado, sem autorização, dados de mais de 170 mil vídeos disponíveis no YouTube para treinar seus modelos de inteligência artificial generativa. É o que revela uma investigação feita pela Proof News, em parceria com a Wired, divulgada nesta terça-feira (16).O relatório aponta que as gigantes da tecnologia extraíram dados do “YouTube Subtitles”, uma coleção de transcrições pertencentes a 48 mil canais da plataforma de vídeos do Google, sem a permissão dos proprietários. O material usado não incluiu as imagens das gravações.Leia mais... Veja Mais

Os cachorros de Leclerc e Hamilton se encontraram pela primeira vez, em Silverstone #shorts

Os cachorros de Leclerc e Hamilton se encontraram pela primeira vez, em Silverstone #shorts

Band Sports Será que eles também serão bons companheiros de equipe na Ferrari? Veja Mais

Aquecimento global pode interferir em vida sexual de insetos

canaltech O aquecimento global interfere na vida sexual dos insetos, mas os biólogos ainda não descobriram um padrão universal nessas alterações. Na maioria das vezes, a elevação das temperaturas altera as cores mais comuns numa espécie, privilegiando aqueles espécimes com cores mais claras. Embora pareça um mero detalhe, isso pode impactar negativamente a busca por parceiros durante a reprodução. Clique e siga o Canaltech no WhatsApp Insetos estão comendo mais plantas e danos são sem precedentes Os possíveis efeitos das mudanças climáticas, como a alteração das cores ou do formato das asas, foram levantados por pesquisadores da Universidade Macquarie (Austrália), em uma abrangente revisão sistemática publicada na revista Ecology and Evolution. "A temperatura pode determinar o resultado da seleção sexual, alterando o comportamento reprodutivo, como a busca por parceiros, interações macho-fêmea e macho-macho”, destacam os autores. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- De forma menos óbvia, a mudança das cores impulsionadas pelas modificações no ambiente (temperatura e umidade do ar) também deve alterar a relação com predadores ou presas. Os insetos podem se tornar mais evidentes, por exemplo. Interferência na vida sexual Na natureza, a reprodução sexual está envolvida diretamente na evolução e nas modificações das características de uma espécie — são os mais adaptados ao ambiente que “vencem” e se reproduzem.   Independentemente do aumento da temperatura média global, a cor no contexto sexual está associada à sinalização visual. Isso facilita o reconhecimento de um potencial parceiro e também comunica qual é o indivíduo mais “interessante” no bando. Aqui, as cores mais fortes e intensas atraem mais atenção. Entretanto, a cor também impacta a termorregulação, ou seja, a capacidade do inseto em absorver calor.  “Embora as cores mais escuras sejam frequentemente favorecidas pela seleção sexual, elas também absorvem mais radiação solar e aumentam a temperatura corporal”, destacam os biólogos australianos. Para citar um exemplo, as borboletas da espécie Speckled wood de coloração mais escura absorvem calor mais rápido e, com isso, buscam parceiras mais cedo que as mais claras. Assim, tendem a se reproduzir mais. No entanto, os cientistas indicam que “o aumento da melanização impulsionado pela seleção sexual pode ser prejudicial em climas mais quentes”. As borboletas do gênero Colias ficam mais claras, conforme as temperaturas aumentam, o que impacta a vida sexual (Imagem: Augustine Mullick/Unsplash) Em relação às borboletas da espécie Colias philodice eriphyle, os machos com as bordas das asas mais escuras também têm vantagem atualmente na seleção de parceiras. Entretanto, podem perder esse benefício, se o aquecimento se tornar um fardo. Impacto do aquecimento global nos insetos Se as cores mais intensas e escuras parecem ser um prejuízo para os insetos em um mundo que está aquecendo, é tentador imaginar que todas as espécies ganharão cores mais neutras. Entretanto, isso não é uma verdade universal. Normalmente, os insetos que vivem em ambientes mais frios tendem a ser mais escuros, pois a produção de melanina é maior em temperaturas mais baixas. É o que se observou com as borboletas Colias meadii, nos EUA, entre os anos de 1953 e 2012, conforme o clima foi esquentando.  Por outro lado, as cigarras da espécie Saccharosydne procerus tendem a evoluir para formas mais escuras, quando criadas em ambientes mais quentes. Ainda não se sabe o motivo. Muito curioso, o gafanhoto da espécie Kosciuscola tristis desenvolveu a capacidade de mudar de cor, conforme a temperatura. Em ambientes com 10 °C, ele é escuro, mas fica próximo do turquesa em locais acima de 25 °C. "A resposta dos organismos às mudanças ambientais é complexa, altamente dependente do contexto e é moldada por seus ambientes físicos e biológicos”, defendem os autores.  O impacto na vida sexual é certeiro com as mudanças climáticas, mas a forma ainda é considerada um mistério que deve ser revelado nos próximos anos, caso o aquecimento não desacelere. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno Capitão América revela ponto fraco mortal na armadura original do Homem de Ferro Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Wolverine usa suas habilidades na forma de um novo “poder extra” NASA quer enviar enxame de abelhas-robô para Marte Novo malware possibilita a invasão de contas bancárias de brasileiros Veja Mais

Galípolo: Inflação corrente tem sido benigna, mas houve piora em expectativas de inflação

Valor Econômico - Finanças Diretor explicou que as taxas de juros mais elevad... Veja Mais

Real se recupera após volatilidade no início da tarde com falas de Lula

Valor Econômico - Finanças Divisa americana também perdeu força em nível glob... Veja Mais

OpenAI está perto de lançar IA capaz de resolver problemas como se fosse um humano

OpenAI está perto de lançar IA capaz de resolver problemas como se fosse um humano

Tecmundo A OpenAI está perto de desenvolver uma inteligência artificial capaz de solucionar problemas quase como um humano, dizem executivos da empresa. Recentemente, a empresa elaborou um sistema de cinco níveis para ranquear as capacidades cognitivas de modelos, mas afirma estar apenas no começo. De acordo com a Bloomberg, o novo sistema para categorização de modelos com IA avalia o potencial de compreensão e resolução de problemas da máquina. Basicamente, quanto mais eficiente em elaborar soluções — desde o planejamento à execução —, mais avançada é a tecnologia.Leia mais... Veja Mais

Trump versus Biden: como as eleições nos EUA afetam o bitcoin e o mercado cripto

Valor Econômico - Finanças Atentado ao candidato republicano à presidência do... Veja Mais

A Voz do Brasil - 16/07/2024:

A Voz do Brasil - 16/07/2024:

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros destaques: ?? ?? ?? Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara #Comissões #PlenárioDaCâmara Veja Mais

Instagram libera até 20 faixas de áudio nos Reels para criadores

canaltech O Instagram acaba de lançar uma atualização que permite adicionar até 20 faixas de áudio diferentes aos Reels, oferecendo aos criadores de conteúdo novas possibilidades criativas. Inicialmente testada no Brasil, Japão e Indonésia, a função agora está disponível globalmente. Clique e siga o Canaltech no WhatsApp Qual é o formato e a duração máxima do Reels do Instagram? Com a adição de múltiplas faixas de áudio, os usuários podem alinhar músicas com elementos visuais como texto, adesivos e clipes, criando vídeos mais envolventes e dinâmicos. Quando um criador utiliza várias músicas em um Reel, o Instagram atribui automaticamente a mixagem de áudio a esse criador, permitindo que outros usuários salvem e compartilhem a trilha sonora. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- Como usar múltiplos áudios em Reels Para adicionar múltiplas faixas de áudio em Reels no Instagram, realize a seguinte operação: Grave ou carregue um vídeo no Reels; Toque no ícone de Música para adicionar a primeira faixa; Utilize a opção de edição para adicionar faixas adicionais; Organize, corte, sobreponha e ajuste o volume de cada faixa; Altere ou remova faixas conforme necessário e compartilhe. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Instagram’s @Creators (@creators) Possibilidades de criação O novo recurso de múltiplos áudios para Reels no Instagram pode ser utilizado para diferentes criações, como: Reels temáticos: adicione várias músicas relacionadas a um tema específico, como uma viagem em uma cidade famosa; Mixagem de áudio divertida: combine clipes engraçados com músicas para criar vídeos humorísticos; Mudança e transição: alterne o clima de um Reel com diferentes faixas, como mostrando um “Antes e Depois”; Trechos com instrumentais favoritos: repita seções instrumentais preferidas para destacar momentos específicos de um vídeo. Essa atualização coloca o Instagram um passo à frente de plataformas concorrentes, como o TikTok, que ainda não oferece suporte nativo para múltiplas faixas de áudio. A novidade incentiva a produção de conteúdos mais variados e complexos, permitindo que músicos e criadores de conteúdo explorem novas formas de expressão em seus Reels. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno TIM está sem sinal? Clientes relatam problemas nesta terça-feira (16) Hackers afirmam ter vazado 1 TB de dados da Disney em protesto contra uso de IA Homem é preso por importar "arma futurista" antidrones ???? IMPERDÍVEL | Galaxy S23 Ultra + fone Buds FE com ótimo preço Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Veja Mais

Aeroporto de Porto Alegre voltará às atividades em outubro, diz ministro

Valor Econômico - Finanças Segundo o ministro de Portos e Aeroportos, as ativ... Veja Mais

O que são as 'fazendas de likes' e para que elas servem?

O que são as 'fazendas de likes' e para que elas servem?

Tecmundo A cena parece de um filme de ficção científica: um ambiente precário com inúmeros celulares antigos lado a lado, todos conectados para se manterem com bateria. Na frente deles, pessoas repetem a mesma tarefa sem parar, tocando na tela para gerar curtidas ou comentários.Esses locais existem de verdade e são as fazendas de cliques, uma prática que serve para inflar números nas redes sociais que burla regras das plataformas e traz vários riscos. Só que a promessa de números inflados ainda atrai e torna esse tipo de serviço bastante requisitado.Leia mais... Veja Mais

Quem é Paul Mescal, de Gladiador 2? Confira 5 filmes e séries com o ator

Quem é Paul Mescal, de Gladiador 2? Confira 5 filmes e séries com o ator

Tecmundo Com a estreia da aguardada sequência de Gladiador 2 se aproximando, um nome tem ficado cada vez mais em destaque entre os fãs do longa. O ator Paul Mescal assumirá o papel principal no longa e dará vida a Lucius Verus II, personagem que aparece ainda criança no filme original.O ator irlandês de 28 anos é uma das grandes apostas da nova geração de Hollywood e antes de aparecer no blockbuster dirigido por Ridley Scott, Mescal já conta com alguns bons títulos no currículo – e até com algumas indicações aos maiores prêmios da indústria, como o Emmy e o Oscar.Leia mais... Veja Mais

Proposta de criação da Universidade Federal do Iguaçu é tema de audiência pública - 16/07/2024

Proposta de criação da Universidade Federal do Iguaçu é tema de audiência pública - 16/07/2024

Câmana dos Deputados Comissão de Administração e Serviço Público discute criação da Universidade Federal do Iguaçu. Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #tvcâmara #reportagens #comissão #administração #serviço #público #criação #universidade #federal #iguaçu Veja Mais

Projeto aprovado concede título à obra de Sebastião Tapajós - 16/07/24

Projeto aprovado concede título à obra de Sebastião Tapajós - 16/07/24

Câmana dos Deputados A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou projeto que reconhece a obra do violonista Sebastião Tapajós como manifestação da cultura nacional. Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #tapajós #violonista #sebastiãotapajos #cultura #musica Veja Mais

Parsons Dance: Companhia de David Parsons chega ao Brasil

Valor Econômico - Finanças A companhia de dança moderna do coreógrafo David P... Veja Mais

IPC-S sobe 0,30% na segunda semana de julho, diz FGV Ibre

Valor Econômico - Finanças Cinco das oito classes de despesas componentes do... Veja Mais

iQOO Z9 Turbo Plus tem Dimensity 9300 Plus, tela de 1,5K e mais detalhes revelados

tudo celular Um vazamento revelou que o iQOO Z9 Turbo Plus pode ser lançado em breve na China com Dimensity 9300 Plus. Veja Mais

Fachin prorroga até setembro prazo para o Congresso analisar medidas que compensam a desoneração da folha de empresas

G1 Economia Fachin atendeu a um pedido feito pelo governo e Senado, que não chegaram a um consenso sobre essas medidas. Governo busca uma maneira de compensar a perda de arrecadação com a desoneração. O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, prorrogou até 11 de setembro o prazo para que o Congresso analise medidas para compensar a desoneração da folha de pagamento de empresas. Fachin atendeu a um pedido feito pelo governo e Senado, que não chegaram a um consenso sobre essas medidas, já que o governo busca uma maneira de compensar a perda de arrecadação. O prazo dado pelo Supremo terminava na sexta-feira (19). A desoneração da folha de pagamento foi aprovada no fim de 2023 pelo Congresso e vale até 2027. Ela abarca 17 setores da economia, que estão entre os que mais empregam. Entidades do setor produtivo argumentam que a desoneração ajuda a manter empregos e impulsionar a economia do país. Entre as medidas propostas pelo Senado, estão: repatriação de recursos depositados no exterior por brasileiros, mediante pagamento de Imposto de Renda uma espécie de refinanciamento de multas aplicadas por agências reguladoras utilização de recursos depositados em contas judiciais abandonados Se governo e o Senado fecharem um acordo, o projeto deverá ser votado no início de agosto. Na decisão, Fachin ressaltou que o caso tem urgência para ser analisado durante o recesso da Corte "em razão do impacto social e econômico dos dispositivos questionados, pois as medidas fiscais afetam setores que mais empregos geram, assim como atinge a folha de pagamento de inúmeros Municípios". Segundo o ministro, cabe à política a construção de solução adequada e eficiente que permita a apresentação de razões e a composição de interesses disponíveis, principalmente que envolvam à dimensão econômica da vida social. Fachin disse ainda que a política deve promover a disputa e o diálogo e a busca da melhor solução que respeite a Constituição. "A construção dialogada da solução não permite o açodamento e requerem o tempo necessário para o diálogo e para a confecção da solução adequada", escreveu o ministro. Veja Mais

A Voz do Brasil: 16/07/24: Lira confirma votação do segundo projeto da reforma tributária em agosto

A Voz do Brasil: 16/07/24: Lira confirma votação do segundo projeto da reforma tributária em agosto

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros destaques: ?? Arthur Lira confirma votação do segundo projeto que regulamenta a reforma tributária em agosto ?? Plenário deve analisar novas propostas de apoio ao Rio Grande do Sul na volta do recesso parlamentar ?? Avança na Câmara projeto de lei que prevê aposentadoria especial para caminhoneiros Siga-nos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/camaradeputados https://twitter.com/camaradeputados https://www.instagram.com/camaradeput... https://www.tiktok.com/@camaradosdepu... https://cd.leg.br/telegram Conheça nossos canais de participação: https://www2.camara.leg.br/participacao #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil #RádioCâmara #Comissões #PlenárioDaCâmara Veja Mais

WhatsApp pode ser multado em R$ 1,7 bilhão por violar lei do Brasil

canaltech O WhatsApp pode ter que pagar R$ 1,7 bilhão de indenização por danos morais coletivos. O Ministério Público Federal (MPF) e o Instituto de Defesa de Consumidores (Idec) processaram o aplicativo por violar a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) em uma ação judicial civil pública protocolada nesta terça-feira (16), no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, em São Paulo. Clique e siga o Canaltech no WhatsApp WhatsApp ganha filtro para favoritos na lista de conversas Segundo o MPF e o Idec, a Meta — dona do WhatsApp — viola a LGPD desde 2021. Na época, a empresa mudou as políticas de privacidade do aplicativo de mensagens. As regras continuam as mesmas até hoje. As entidades afirmam que o WhatsApp “violou direitos dos usuários do aplicativo no Brasil ao forçar a adesão às novas regras e, com isso, viabilizar a coleta e o compartilhamento abusivo de dados pessoais com outras plataformas”, incluindo Facebook e Instagram. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- Além de citar a Meta, o processo inclui a Autoridade Nacional de Proteção de dados (ANPD) entre os réus da ação civil pública. O MPF e o Idec disseram ter encontrado “falhas graves na atuação da ANPD sobre a conduta do WhatsApp”. Política de privacidade do WhatsApp não muda desde 2021 (Imagem: WhatsApp/Divulgação) O Canaltech buscou a assessoria da Meta. Em caso de resposta, este texto será atualizado com os respectivos posicionamentos. Ação brasileira se inspira em processo da Europa Em comunicado oficial, o MPF explicou que a indenização bilionária se baseia em multas que o WhatsApp já foi condenado a pagar na Europa por violação de dados. Em 2021, o aplicativo teve que pagar 230 milhões de euros (R$ 1,3 bilhões) por violar a legislação de privacidade de dados da União Europeia. Além de exigir a indenização, o órgão de proteção de dados da Irlanda ordenou que o WhatsApp mudasse a política de privacidade. Mesmo após a Meta recorrer à decisão da Justiça, as sanções foram mantidas. O cálculo da multa ainda considerou que o Brasil é um dos países onde mais se usa o WhatsApp no mundo, com cerca de 150 milhões de usuários. Caso a Meta seja condenada, o pagamento da multa será destinado a projetos financiados pelo Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD). Assim como na Europa, o MPF e o Idec pediram, além da indenização, que o WhatsApp fosse obrigado a “interromper imediatamente o compartilhamento de dados pessoais para finalidades próprias das demais empresas do Grupo Meta, como a veiculação personalizada de anúncios de terceiros”. A ação também exige que o aplicativo permita aos usuários recusarem as políticas de privacidade em vigor desde 2021. As pessoas que não concordarem com as regras, inclusive, não poderão ser impedidas de usar o WhatsApp, segundo o processo. ANPD pode migrar de ré para autora da ação Em relação à Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), o MPF e o Idec exigiram que a instituição melhorasse os processos de fiscalização da LGPD. As entidades ainda acusaram a ANPD de agir com “omissão” e “falta de cooperação”. Caso reconheça as falhas, a ANPD pode sair da posição de ré para se juntar ao MPF e ao Idec como uma das autoras da ação contra o WhatsApp. O número da ação civil pública é 5018090-42.2024.4.03.6100. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno Capitão América revela ponto fraco mortal na armadura original do Homem de Ferro Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Wolverine usa suas habilidades na forma de um novo “poder extra” NASA quer enviar enxame de abelhas-robô para Marte Novo malware possibilita a invasão de contas bancárias de brasileiros Veja Mais

Home office: 95 vagas para trabalho remoto internacional [16/07]

Home office: 95 vagas para trabalho remoto internacional [16/07]

Tecmundo O TecMundo em parceria com a Remotar, a maior plataforma de vagas remotas do Brasil, traz uma nova curadoria com vagas de trabalho no mercado internacional. São oportunidades 100% home office, nas áreas de Administrativas, Negócios, Design, Produto, Marketing e Tecnologia. Confira a lista completa abaixo!De modo geral, aqui concentram-se vagas fora da área de Tecnologia, como vagas da administrativa, financeira, vendas, marketing e recursos humanos.Leia mais... Veja Mais

Tenacious D: Turnê de Jack Black é cancelada após piada infeliz do guitarrista

canaltech O músico e comediante Jack Black veio a público nesta terça-feira (16) se manifestar sobre uma fala dita por Kyle Gass — seu parceiro de banda, com quem divide os palcos desde 1994 no duo Tenacious D —, que vem repercutindo nas redes sociais desde o último show do grupo, realizado no domingo (14). Clique e siga o Canaltech no WhatsApp The Apprentice | Por que Donald Trump quer processar sua cinebiografia? Na ocasião, Black e Glass se apresentavam em Sydney, na Austrália, quando Kyle foi presenteado com um bolo em comemoração ao seu aniversário e foi perguntado que desejo gostaria de ver realizado. Eis que ele respondeu: "Não errem o Trump na próxima vez". A “piada” infeliz, uma referência ao atentado sofrido por Donald Trump no sábado (15), quando o ex-presidente dos Estados Unidos participava de uma convenção e foi atingido por um tiro de raspão, foi registrada em vídeo por vários fãs presentes, que repostaram a gravação nas redes sociais, dividindo opiniões. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- Criada em 1994, a banda Tenacious D é formada por Jack Black e Kyle Gass (Imagem: Divulgação/Instagram) Enquanto alguns usuários chamavam atenção para o fato da Tenacious D ser uma banda de rock conhecida exatamente por seu bom humor e letras absurdas, nas redes sociais de Black várias pessoas se mostravam indignadas com a situação, questionando se o humorista apoiava assassinato e demonstrando apoio público ao político. Por apenas R$ 14,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Black e Glass postaram publicações sobre o ocorrido Nesta segunda-feira (16), em uma publicação feita em seu perfil do Instagram, Jack Black reforçou suas convicções contra o ódio e a violência e anunciou o cancelamento da turnê do duo, além da pausa de outros projetos envolvendo o grupo. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Jack Black (@jackblack) "Eu fui pego de surpresa com o que foi dito no show de sábado. Quero deixar claro que nunca apoiaria discursos de ódio, e não encorajo nenhum tipo de violência política. Após muito refletir, decidi que não seria apropriado continuar com a turnê do Tenacious D, e todos os futuros planos criativos com a banda foram pausados. Agradeço aos fãs por seu apoio e compreensão", disse o ator. Kyle Gass, por sua vez, também se manifestou sobre o incidente. No Instagram, o guitarrista e compositor pediu desculpas pela situação e admitiu a infelicidade e perigo de suas palavras. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Kyle Gass (@theactualkylegass) “A fala que improvisei no palco sábado à noite, em Sydney, foi altamente inapropriada, perigosa e um terrível erro. Eu não apoio nenhum tipo ou forma de violência contra ninguém. O que aconteceu [com Donald Trump] foi uma tragédia, e sinto muito pelo meu terrível lapso de julgamento. Peço desculpas àqueles que decepcionei, e me arrependo de toda a dor que causei", disse o músico. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno Capitão América revela ponto fraco mortal na armadura original do Homem de Ferro Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Wolverine usa suas habilidades na forma de um novo “poder extra” NASA quer enviar enxame de abelhas-robô para Marte Novo malware possibilita a invasão de contas bancárias de brasileiros Veja Mais

Núcleo da Terra está girando ao contrário: o que isso significa?

Núcleo da Terra está girando ao contrário: o que isso significa?

Tecmundo Em um estudo publicado na revista científica Nature Geoscience, um grupo de cientistas sugere que a rotação do núcleo da Terra começou a diminuir em 2019; esse processo foi tão intenso que, recentemente, o centro do planeta pode ter começado a girar na direção oposta. Os pesquisadores do artigo afirmaram que esse novo ciclo pode durar até 70 anos e que poderia influenciar na duração dos dias. Mas calma, trata-se de um evento estrutural da Terra, não de um evento apocalíptico. Leia mais... Veja Mais

Dólar fecha em queda após volatilidade; Ibovespa encerra sequência de altas

Valor Econômico - Finanças Real se recuperou depois de oscilar no início da t... Veja Mais

VAI SAIR DO SÃO PAULO? Nada disso! Luciano contou que o treinador deixou claro que ficaria! #shorts

VAI SAIR DO SÃO PAULO? Nada disso! Luciano contou que o treinador deixou claro que ficaria! #shorts

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível no Disney+! http://dis.la/ESPNenDisneyPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #ESPN #DisneyPlus Veja Mais

Microsoft enfrenta investigação por contratar equipe de startup de IA

canaltech A Autoridade de Concorrência e Mercados (CMA) do Reino Unido investiga a Microsoft devido à contratação de funcionários da Inflection AI, empresa rival da OpenAI nos Estados Unidos. A investigação tem como objetivo determinar se a contratação configura uma fusão que poderia prejudicar a concorrência no mercado de IA. A CMA tem até 11 de setembro para decidir se o caso deve avançar para uma segunda fase de investigação. Clique e siga o Canaltech no WhatsApp Microsoft vai pagar R$ 79 milhões em acordo de discriminação salarial Caso a investigação avance, isso pode dificultar os planos da Microsoft em expandir sua divisão de IA. Em uma situação semelhante, a CMA forçou a Microsoft a reestruturar a aquisição da Activision Blizzard, cedendo direitos de jogos em nuvem no Reino Unido e em outros mercados, após uma análise detalhada. Big Techs investigadas Em comunicado, a Microsoft declarou que vai fornecer todas as informações necessárias para a conclusão rápida das investigações pela CMA. Entre os contratados pela empresa está Mustafa Suleyman, cofundador do Google DeepMind e da Inflection AI, que agora lidera a divisão de IA da Microsoft. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- Nos últimos meses, reguladores do Reino Unido e da União Europeia aumentaram a vigilância sobre parcerias e investimentos em IA feitos por grandes empresas de tecnologia. Além dessa investigação, a CMA já havia demonstrado interesse na parceria da Microsoft com a startup francesa Mistral AI, mas concluiu que não havia motivos suficientes para uma investigação mais aprofundada. Autoridade de Concorrência e Mercados analisa se contratações da Microsoft prejudicam a concorrência no mercado de IA (Imagem: Reprodução/Microsoft) A Microsoft também enfrenta acusações de práticas anticompetitivas na União Europeia devido ao empacotamento do aplicativo Teams com assinaturas do Office 365 e Microsoft 365, o que pode resultar em uma multa significativa. A CMA investiga ainda o investimento de US$ 4 bilhões da Amazon na empresa Anthropic, responsável pelo chatbot de IA Claude, rival do ChatGPT. A decisão da CMA sobre o caso envolvendo a Microsoft e a Inflection AI é aguardada com atenção, pois poderá definir novos precedentes na regulação das atividades de Big Techs no campo da inteligência artificial. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno TIM está sem sinal? Clientes relatam problemas nesta terça-feira (16) Hackers afirmam ter vazado 1 TB de dados da Disney em protesto contra uso de IA Homem é preso por importar "arma futurista" antidrones ???? IMPERDÍVEL | Galaxy S23 Ultra + fone Buds FE com ótimo preço Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Veja Mais

Israel lançou quase oito toneladas de bombas para tentar matar um líder do Hamas

Valor Econômico - Finanças Oficiais ainda estão avaliando se Mohammed Deif mo... Veja Mais

Governo e Senado não chegam a acordo, e Pacheco estende prazo para analisar compensações à desoneração da folha

G1 Economia Por determinação do STF, governo e Congresso devem buscar uma maneira de compensar as perdas de arrecadação decorrentes da medida. Ambos os lados concordaram em pedir prazo maior para o tribunal. O presidente do Senado e do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), informou nesta terça-feira (16) que decidiu estender o prazo para analisar medidas enviadas pelo governo que buscam compensar a desoneração da folha de pagamento de empresas. A decisão de Pacheco foi tomada após governo e Senado não chegarem a um consenso sobre essas medidas. A desoneração da folha de pagamento foi aprovada no fim de 2023 pelo Congresso e vale até 2027. Ela abarca 17 setores da economia, que estão entre os que mais empregam. Entidades do setor produtivo argumentam que a desoneração ajuda a manter empregos e impulsionar a economia do país. Por se tratar de uma medida que diminui impostos, o governo busca uma maneira de compensar a perda de arrecadação. Nesse sentido, foram enviadas propostas para o Congresso, que deveriam ser votadas até julho, de acordo com determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). Agora, governo e Senado concordaram com estender esse prazo. "Nós ajustamos com o governo federal, através da Advocacia-Geral da União e a nossa Advocacia-Geral do Senado Federal, que pudéssemos encaminhar uma petição conjunta ao STF, ao ministro Cristiano Zanin [relator], para que, na linha do que foi a sua última decisão, outorgando um prazo de 60 dias para que houvesse a apresentação das contas de compensação, que tivéssemos uma provocação desse prazo, até o dia 30 de agosto", afirmou Pacheco. Ao anunciar o adiamento, Pacheco chamou de “constrangedora” a proposta feita pelo governo para compensar a desoneração, que propunha aumento de 1% na alíquota da Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL) por dois anos. "É no mínimo constrangedor imaginar um projeto de desoneração da folha de pagamento que visa reduzir e diminuir a incidência tributária sobre uma pessoa jurídica para estimular a geração de emprego ser compensada na outra conta para aquela mesma empresa com aumento de impostos", afirmou o presidente do Senado. O presidente do Senado ainda ponderou que as propostas apresentadas pelo Senado poderiam rever o deficit de arrecadação causado pela desoneração e que com elas, não seria necessário aumento na carga tributária. Entre as medidas propostas pelo Senado, estão: ?? repatriação de recursos depositados no exterior por brasileiros, mediante pagamento de Imposto de Renda ?? uma espécie de refinanciamento de multas aplicadas por agências reguladoras ?? utilização de recursos depositados em contas judiciais abandonados “E as sugestões foram dadas pela presidência do Senado Federal, em relação a fonte de arrecadação que não continha aumento de imposto, nem aumento de alíquota, nem a criação de novos impostos, mas fonte de arrecadação de sustentáveis que buscam uma melhora do ambiente de negócios em favor do contribuinte brasileiro”, argumentou Pacheco. Valdo Cruz: Pacheco tem plano B para MP da desoneração Vai e volta da desoneração O Congresso Nacional aprovou, no ano passado, a prorrogação da desoneração da folha para 17 setores da economia intensivos em mão de obra até o fim 2027. Desde então, o tema virou uma queda de braço entre Executivo e Legislativo. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vetou os trechos da lei, mas depois os parlamentares derrubaram o veto. Sem vitórias no Congresso sobre o tema, em abril, o governo recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para barrar a legislação. Decisão individual (monocrática) do ministro Cristiano Zanin suspendeu a lei. Com isso, o Senado apresentou recurso. Para o governo, o Congresso não poderia ter prorrogado o benefício sem apresentar uma fonte de receita para custeá-lo, como manda a Lei de Responsabilidade Fiscal. Por conta da judicialização do tema, o acordo firmado entre equipe econômica e o Congresso foi homologado no STF. O ministro Fernando Haddad se comprometeu a apresentar formalmente a solução na Justiça até 20 de maio, data em que as empresas seriam obrigadas a pagar a contribuição previdenciária com a alíquota cheia de 20%, caso a equipe econômica e o Congresso não tivessem chegado a um consenso. Mas antes disso, em 9 de maio, governo federal e Senado chegaram a um acordo sobre como ficaria estabelecida a desoneração dos setores. A partir de 2025, as empresas voltarão a contribuir com a Previdência, com imposto de 5% sobre o total da remuneração dos funcionários. Haverá um crescimento gradual da alíquota, que vai atingir 20% em 2028. Hoje, a regra permite que empresas de 17 segmentos substituam esse pagamento, de 20% sobre os salários dos empregados, por uma alíquota sobre a receita bruta do empreendimento, que varia de 1% a 4,5%, de acordo com o setor e serviço prestado. Veja Mais

Auxílio Calamidade: garantia de renda para famílias do RS - Legislação Participativa - 16/7/24

Auxílio Calamidade: garantia de renda para famílias do RS - Legislação Participativa - 16/7/24

Câmana dos Deputados PARTICIPE! Debate interativo: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/73891 Comissão de Legislação Participativa. Audiência pública. Tema: Auxílio Calamidade: garantia de renda para famílias vulneráveis do RS. Local: Anexo II, Plenário 03. Início: 16/07/2024 às 17:06. Convidados: 1) Maria Tugira da Silva Cardoso - Associação De Catadores Amigos Da Natureza (ACLAN) 2) José Antônio Moroni - INESC e Campanha Auxílio Calamidade Climática 3) Any Moraes - Marcha mundial de mulheres/ Coletivo periferia feminista da cozinha e horta comunitária do Morro da Cruz de Porto Alegre 4) Marcos Woortmann - Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS) 5) Lucas Louback Pereira Silva - NOSSAS e Campanha Auxílio Calamidade Climática 6) Cigana Rose Winter - Gestora do Comitê dos Povos e Comunidades Tradicionais do Pampa, presidenta da ACIRGS Associação Ciganos Itinerantes do Rio Grande do Sul e Pastoral dos Nômades do Brasil Participe do Debate Interativo no Portal da Câmara! Envie sua pergunta ou vote nas perguntas já feitas. As mais votadas têm chance de serem encaminhadas aos parlamentares e convidados durante o evento e poderão ser respondidas. Acesse: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/73891 Veja mais: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/73891 Veja Mais

'FUI INGRATO COM O UFC' - Wanderlei Silva abre o jogo em entrevista exclusiva à ESPN!

'FUI INGRATO COM O UFC' - Wanderlei Silva abre o jogo em entrevista exclusiva à ESPN!

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível no Disney+! http://dis.la/ESPNenDisneyPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ #UFC #WanderleiSilva #MMA Veja Mais

Petróleo recua pelo terceiro pregão consecutivo com desaceleração chinesa

Valor Econômico - Finanças O contrato do Brent para setembro caiu 1,31%, a US... Veja Mais

Mudanças climáticas mexem com o tempo e deixam dias ligeiramente mais longos

canaltech Além dos eventos extremos, a crise do clima está deixando nossos dias mais longos. Segundo pesquisadores liderados por Benedikt Soja, do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, na Suíça, o derretimento do gelo nos polos está alterando o formato do nosso planeta, o que leva a alterações mínimas — mas existentes — na duração dos dias.  Clique e siga o Canaltech no WhatsApp Os dias na Terra estão ficando mais longos, mas nem sempre foi assim Nós medimos o tempo com relógios atômicos, dispositivos que monitoram o tempo com altíssima precisão através da frequência de ressonância nos átomos. Entretanto, a duração de um dia (ou seja, o tempo que a Terra leva para dar uma volta em torno do seu próprio eixo) varia devido a diversos fatores, como a Lua. A gravidade que nosso satélite natural exerce nos oceanos e no solo terrestre faz nossos dias ficarem gradualmente mais longos. Enquanto isso, o aquecimento global induzido pela ação humana vem causando o derretimento do gelo na Groenlândia e na Antártida. Isso faz com que as massas de água que estavam em altas latitudes sigam aos oceanos.  -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- Desta forma, ocorre um acúmulo de água nos oceanos mais próximos do equador, deixando a Terra mais achatada — é como aquilo que acontece quando uma patinadora no gelo estende os braços e, assim, gira mais rapidamente. No caso da Terra, sua rotação desacelera, fazendo com que os nossos dias fiquem alguns milissegundos mais longos.  O derretimento do gelo pode contribuir para deixar nossos dias mais longos (Imagem: Reprodução/henrique setim/unsplash) Para avaliar os impactos do derretimento do gelo na duração dos dias, os pesquisadores trabalharam com observações e reconstruções computacionais. Eles descobriram que a taxa de desaceleração variou de 0,3 a 1 milissegundo por século (ms/cy) entre 1900 e 2000. Entretanto, a partir de 2000 o derretimento acelerou e a taxa também, subindo para 1,3 ms/cy. A diferença é mínima, mas é suficiente para causar problemas. “A taxa atual é provavelmente mais alta do que qualquer outra a qualquer momento nos últimos milhares de anos”, escreveram os autores. Eles alertam que, se as emissões de poluentes continuarem, a taxa de desaceleração deve aumentar para 2,6 ms/cy no início do próximo século.  Se isso acontecer, a mudança vai superar os efeitos das marés lunares, tornando-se o principal agente por trás das variações na duração dos dias — isso sem considerar os impactos para recursos e infraestruturas usadas em nosso cotidiano. “Todos os datacenters por trás da internet, da comunicação e das transações financeiras, são baseados na contagem do tempo em alta precisão. Também precisamos de conhecimento preciso do tempo para navegação, e principalmente, para satélites e espaçonaves”, alertou Soja.  O artigo com os resultados do estudo foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences of the USA. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno TIM está sem sinal? Clientes relatam problemas nesta terça-feira (16) Hackers afirmam ter vazado 1 TB de dados da Disney em protesto contra uso de IA Homem é preso por importar "arma futurista" antidrones ???? IMPERDÍVEL | Galaxy S23 Ultra + fone Buds FE com ótimo preço Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Veja Mais

TRF-4: Caixa não terá que pagar prêmio de loteria referente a bilhete furtado

Valor Econômico - Finanças Prêmio estaria prescrito porque já haviam se passa... Veja Mais

Datena diz que será candidato 'desde que ninguém encha o saco' e critica Nunes

Valor Econômico - Finanças Pré-candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo af... Veja Mais

‘Tenho que estar convencido se há necessidade ou não de cortar’, diz Lula sobre Orçamento

Valor Econômico - Finanças "Eu tenho uma divergência histórica e uma divergên... Veja Mais

Comissão do Senado cria grupo de trabalho para debater regulamentação da reforma tributária

Valor Econômico - Finanças GT será coordenado pelo senador de oposição Izalci... Veja Mais

Em busca de acordo, senadores marcam nova reunião para discutir PEC da autonomia do Banco Central

Valor Econômico - Finanças Relator confirma que está em análise proposta inte... Veja Mais

IA pode ser aliada ou a maior inimiga da segurança cibernética, aponta websérie

Valor Econômico - Finanças Álvaro Teófilo (IBGC e Santander), Mário Rachid (E... Veja Mais

Conselho de Ética da Câmara ouve Brazão e testemunhas sobre assassinato de Marielle Franco

Valor Econômico - Finanças Deputado responde a processo na Casa após ter sido... Veja Mais

Economia teve em maio melhor desempenho mensal em quatro meses, diz FGV

Valor Econômico - Finanças Monitor do PIB subiu 0,3% em maio ante abril; econ... Veja Mais

Empresas brasileiras de Tecnologia Fiscal anunciam união

Valor Econômico - Finanças Em uma movimentação estratégica para consolidar li... Veja Mais

Xiaomi Mix Flip ganha data de lançamento e tem especificações confirmadas

tudo celular Xiaomi Mix Flip pode superar Motorola Razr 50 Ultra e Galaxy Z Flip 6 com especificações poderosas. Veja Mais

COMO MBAPPÉ SERÁ UTILIZADO POR CARLO ANCELOTTI NO REAL MADRID? | BOLA ROLANDO

COMO MBAPPÉ SERÁ UTILIZADO POR CARLO ANCELOTTI NO REAL MADRID? | BOLA ROLANDO

Band Sports Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga tambe?m nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Mega-Sena, concurso 2.749: prêmio acumula e vai a R$ 47 milhões

G1 Economia Veja os números sorteados: 08 - 25 - 27 - 38 - 43 - 44. Quina teve 43 apostas ganhadoras; cada uma vai levar R$ 58.239,89. Aposta única da Mega-Sena custa R$ 5 e apostas podem ser feitas até as 19h do dia do sorteio Marcelo Brandt/G1 O sorteio do concurso 2.749 da Mega-Sena foi realizado na noite desta terça-feira (16), em São Paulo. Nenhuma aposta acertou as seis dezenas, e o prêmio para o próximo sorteio acumulou em R$ 47 milhões. Clique aqui para seguir o canal de Loterias do g1 no WhatsApp Veja os números sorteados: 08 - 25 - 27 - 38 - 43 - 44 5 acertos - 43 apostas ganhadoras: R$ 58.239,89 4 acertos - 3.843 apostas ganhadoras: R$ 930,93 O próximo sorteio da Mega será na quinta-feira (18). Mega-Sena, concurso 2.749. Reprodução/Caixa Entenda como funciona a Mega-Sena e qual a probabilidade de ganhar o prêmio Para apostar na Mega-Sena As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal — acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito. Probabilidades A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, que custa R$ 5, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa. Veja Mais

OLÉÉ S.A. COM DANIEL PAIXÃO, CEO DA DUCATI DO BRASIL #BANDSPORTS

OLÉÉ S.A. COM DANIEL PAIXÃO, CEO DA DUCATI DO BRASIL #BANDSPORTS

Band Sports Neste programa, Beetto Saad conversa com Daniel Paixão, CEO da Ducati do Brasil, uma empresa referência em inovação, tecnologia e design no mercado de motocicletas premium. Confira! Veja Mais

Pedro Mariano canta Flávio Venturini, Gilberto Gil e Prêntice em gravação audiovisual de show em São Paulo

G1 Pop & Arte ? Aos 49 anos de idade e 29 de carreira, Pedro Mariano dá sequência ao projeto A2 – trabalho calcado em regravações de sucessos da música brasileira no formato íntimo de voz e violão – em registro audiovisual de show na cidade de São Paulo (SP). A gravação ao vivo está programada para domingo, 20 de julho, em apresentação do cantor paulistano no Teatro B32. A captação do show dará origem a álbum ao vivo e a conteúdo audiovisual. O roteiro da gravação prevê músicas como Estrela (Gilberto Gil, 1981), Todo azul do mar (Flávio Venturini e Ronaldo Bastos, 1984) e Não diga nada (Ed Wilson, Gilson, Prêntice e Ronaldo Bastos, 1985). O disco ao vivo gerado pela gravação será o segundo volume do projeto de regravações, iniciado com o EP lançado em 2019 com prévia de quatro faixas do álbum A2, editado em 2020. Veja Mais

Xbox: promoções em consoles, acessórios e jogos nas Deals with Gold [Semana 16/07/24]

tudo celular Confira as principais promoções envolvendo o Xbox desta semana Veja Mais

Haddad diz que é 'provável' que Fazenda revise para cima projeção de alta do PIB em 2024

G1 Economia O PIB (produto interno bruto) é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país e reflete, entre outros fatores, o aquecimento ou desaceleração da atividade econômica. Atualmente, a previsão do Ministério da Fazenda está em 2,5%. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou que o ministério deve revisar para cima a projeção do PIB deste ano. O PIB (produto interno bruto) é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país e reflete, entre outros fatores, o aquecimento ou desaceleração da atividade econômica. Atualmente, a previsão do Ministério da Fazenda está em 2,5%. Em 2023, o PIB foi de 2,9%. O ministro da Fazenda deu as declarações durante uma reunião com empresários do setor alimentício no Palácio do Planalto com o presidente Lula, o vice-presidente Geraldo Alckmin, os ministros da Casa Civil, Agricultura e Desenvolvimento Agrário, além do presidente do BNDES, Aloizio Mercadante. "O Aloizio [Mercadante] falava agora há pouco que a Fazenda talvez tenha que rever a projeção do PIB deste ano. O que é provável que aconteça", disse Haddad. Apesar das enchentes no Rio Grande do Sul, que afetou um estado responsável por quase 8% do PIB brasileiro, Haddad destacou que a economia do país continua crescendo. PIB gaúcho cresce 4,1% no primeiro trimestre de 2024 "Tudo indica que mesmo com a calamidade no Rio Grande do Sul, a economia não parou de crescer, mesmo com a trava externa, as preocupações com o FED, a repercussão no nosso Banco Central aqui, a economia continua crescendo", afirmou o ministro. Haddad explicou que a equipe econômica procura sempre adotar uma abordagem cautelosa ao fazer previsões, para evitar surpresas negativas. "Nós sempre somos parcimoniosos porque a gente não quer também sofrer revés", comentou. Mesmo assim, ele entende que o PIB será maior que o previsto. Leia também: Correção do FGTS ao menos pela inflação já valerá para distribuição de lucros em agosto PIB do Brasil sobe 0,8% no 1° trimestre de 2024 puxado por comércio, diz IBGE Ibovespa encerra sequência de 11 altas, mas sobe 8,4% em 30 dias; entenda a melhora no último mês Justificativas para o otimismo Segundo Haddad, a expansão do crédito é um dos fatores que continuam fazendo a atividade econômica do Brasil crescer. Além disso, o ministro acha que o setor empresarial está aquecido e acelerado na conclusão de negócios. "A economia continua crescendo e isso se deve ao espírito empreendedor", afirmou Haddad.Ao espírito empreendedor do empresário do setor produtivo. Eu tenho certeza do que eu vou dizer, o setor produtivo está creditando no Brasil e para que essa profecia que vocês estão fazendo nos seus próprios negócios se realize socialmente, nós temos que verbalizar mais o que está acontecendo", completou o ministro. Veja Mais

Bares e restaurantes fecham primeiro semestre com queda acumulada de 2,3%

Valor Econômico - Finanças Estabelecimentos registraram retração de 0,7% nas... Veja Mais

OnePlus Nord 4 chega com bateria grande, visual chique e 4 anos de Android

OnePlus Nord 4 chega com bateria grande, visual chique e 4 anos de Android

Tecmundo A fabricante OnePlus apresentou nesta terça-feira (16) um novo smartphone da categoria intermediária. O modelo é o OnePlus Nord 4, revelado em uma conferência da marca realizada em Milão, na Itália.O dispositivo aposta no visual chamativo e compacto para atrair o público à primeira vista. Ele é feito a partir de uma peça única de alumínio e tem espessura de 7,99 mm, além de bordas laterais bastante finas. Leia mais... Veja Mais

Confira o que o NOVO ZAGUEIRO do CORINTHIANS falou! #Shorts

Confira o que o NOVO ZAGUEIRO do CORINTHIANS falou! #Shorts

Fox Sports Brasil Todo o esporte AO VIVO da ESPN disponível no Disney+! http://dis.la/ESPNenDisneyPlus_YT_BR E o melhor do jornalismo esportivo, com vídeos e notícias exclusivas, você acompanha no https://www.espn.com.br/ ????: Corinthians/X #ESPN #DisneyPlus #corinthians Veja Mais

Lost: Uma das melhores séries já feitas está chegando na Netflix

Lost: Uma das melhores séries já feitas está chegando na Netflix

Tecmundo Se você é fã de séries, já marque em sua agenda a seguinte data: 15 de agosto de 2024. Neste dia, uma das séries mais amadas, polêmicas e intrigantes da história da televisão ficará disponível no catálogo da Netflix. Sim, estamos falando sobre Lost, que, segundo o perfil Portal Netflix BR, no X, retornará à gigante do streaming no mês que vem. Você está pronto para voltar à ilha mais misteriosa da ficção? Embora a informação sobre o retorno de Lost à Netflix ainda não tenha sido confirmada oficialmente pela plataforma, o Portal Netflix BR costuma divulgar, acertadamente, os lançamentos de várias produções com antecedência. O que nos deixa ainda mais ansiosos, visto que, até então, a obra de ficção científica, drama e aventura estava disponível apenas no Disney+.Leia mais... Veja Mais

Qual é o melhor fone de ouvido Bluetooth para academia em 2024?

canaltech A academia é um dos locais em que mais se usam os fones de ouvido, já que ouvir músicas e podcasts podem tornar a prática de exercícios mais agradável. Alguns modelos de diferentes marcas possuem características voltadas para esse tipo de ambiente, especialmente por trazerem construção mais ergonômica e maior resistência contra água. Clique e siga o Canaltech no WhatsApp Como escolher um fone de ouvido? JBL Reflect Aero A JBL, uma das marcas mais conhecidas de fones de ouvido Bluetooth no Brasil, tem alguns dos melhores fones para academia. Uma delas é o Reflect Aero, modelo que teve seu design voltado para atividades físicas apontado como um dos principais atributos quando passou pela análise do Canaltech. Para isso, o produto tem uma “barbatana” na parte superior da orelha, que oferece uma sustentação extra além da borrachinha intra auricular. Portanto, eles devem permanecer na posição correta, mesmo durante exercícios de maior movimentação. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- JBL Reflect Aero tem sustentação extra nas orelhas (Imagem: : Ivo Meneghel Jr/Canaltech) No que diz respeito à durabilidade, os fones Reflect Aero trazem certificação IP68, que garante proteção a prova d’água e poeira. Além da resistência contra respingos como a chuva e o suor, ele ainda pode ser submerso por 30 minutos em uma profundidade de até 1,5 metro. Outras características relevantes dos fones incluem a autonomia de bateria de até 8 horas seguidas, ou 24 horas com o auxílio do estojo de carregamento. Ele ainda conta com suporte para cancelamento ativo de ruído (ANC), que entrega imersão extra contra sons indesejados vindos do ambiente da academia. ????Compre o JBL Reflect Aero no Magalu ????Compre o JBL Reflect Aero no Mercado Livre Beats Studio Buds Plus Como a Apple não tem atualizado a sua linha de fones de ouvido sem fio há alguns anos, uma boa alternativa pode ser optar pelos modelos da Beats — afinal, a empresa é uma subsidiária da Maçã, e por isso seus produtos costumam compartilhar componentes e tecnologias com os AirPods. Mesmo que não seja uma opção especificamente voltada para usar na academia, os Studio Buds Plus preenchem os requisitos para entregar uma experiência adequada para a ocasião. Afinal, o produto conta com resistência IPX4 capaz de protegê-lo contra a ação de suor e outros fluidos em esportes não aquáticos. Há ainda o cancelamento de ruído ativo (ANC) para abafar os sons da academia, e bateria para uma sessão completa de exercícios com até 36 horas usando a ajuda do estojo de recarga. Fones da Beats têm tecnologias da Apple (Imagem: Divulgação/Beats) ????Compre o Beats Studio Buds Plus no Magalu ????Compre o Beats Studio Buds Plus na Amazon Edifier Comfo Run Para as pessoas que também costumam realizar exercícios ao ar livre, escolher fones de ouvido com construção aberta pode valer a pena. Afinal, eles garantem que o ambiente externo não seja abafado, e desta forma é possível prestar mais atenção a veículos passando por perto, ou outros tipos de perigos. Edifier Comfo Run também é boa opção para exercícios ao ar livre (Imagem: Divulgação/Edifier)  Um dos modelos que trazem esse tipo de estrutura open-ear é o Edifier Comfo Run, que tem resistência IP55 contra água e poeira. Além disso, sua construção envolve a parte traseira do pescoço, o que entrega ergonomia extra durante uma sessão de corrida, por exemplo. Mesmo que seja um fone que não entra no ouvido, a qualidade do som não deve ser comprometida. Afinal, ele tem tecnologia Bass Boost para otimizar as frequências graves, com um modo que pode ser ativado por meio do aplicativo Edifier ConneX. Seu formato também garante a melhor duração de bateria consecutiva da lista, com 17 horas de reprodução. Há ainda o modo de carregamento rápido, que entrega cinco horas de uso após apenas 15 minutos na tomada. ????Compre o Edifier Comfo Run no Magalu ????Compre o Edifier Comfo Run na Amazon Samsung Galaxy Buds 3 Pro Entre as opções de lançamento mais recente estão os Galaxy Buds 3 Pro, que são os fones mais avançados da Samsung. O produto é capaz de otimizar o ANC com uso intensivo de inteligência artificial (IA), inclusive com a possibilidade de escolher qual tipo de ruído deve passar, e o que será barrado. Os fones também possuem resistência contra água e poeira, por meio da certificação IP67. Sua bateria entrega carga suficiente para exercícios de longa duração, com seis horas de duração e 26 horas com o estojo de recarga. Nova geração dos Galaxy Buds ganhou estrutura que se prende melhor nas orelhas (Imagem: Léo Müller/Canaltech) No mais, o produto se destaca por trazer o que há de melhor em termos de qualidade sonora e conexão Bluetooth, para quem não abre mão de ouvir músicas ou podcasts em alto padrão. ????Compre o Samsung Galaxy Buds 3 Pro no Magalu ????Compre o Samsung Galaxy Buds 3 Pro na Amazon Lenovo LP75 Se os outros fones contidos na lista são opções avançadas e com preço potencialmente alto, o Lenovo LP75 tem uma proposta bastante distinta. Afinal, ele está entre os modelos mais acessíveis com características voltadas para quem faz exercícios. Lenovo LP75 é opção mais acessível (Imagem: Divulgação/Lenovo) O LP75 é um fone com gancho superior para melhorar a sustentação nas orelhas, mesmo durante os treinos de maior movimentação. Mesmo que seja uma alternativa mais básica, ele ainda tem resistência IPX5 contra suor e chuva, e bateria suficiente para cerca de seis horas de uso contínuo. ????Compre o Lenovo LP75 no Magalu ????Compre o Lenovo LP75 na Amazon Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno TIM está sem sinal? Clientes relatam problemas nesta terça-feira (16) Hackers afirmam ter vazado 1 TB de dados da Disney em protesto contra uso de IA Homem é preso por importar "arma futurista" antidrones ???? IMPERDÍVEL | Galaxy S23 Ultra + fone Buds FE com ótimo preço Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Veja Mais

Homem viraliza com oferta para criar setor em empresa por menos de um salário mínimo: "Humilhação"

Valor Econômico - Finanças Contexto de Valor: em contratos PJ, não é possível... Veja Mais

Mortal Kombat 1 receberá personagem aguardado em breve! Veja gameplay de Takeda

Mortal Kombat 1 receberá personagem aguardado em breve! Veja gameplay de Takeda

Tecmundo Com uma série de recursos e uma lista de personagens icônicos, Mortal Kombat 1 foi um dos grandes jogos de luta de 2023 ao lado de Street Fighter 6. Diversas atualizações foram lançadas nos últimos meses e agora o elenco do game da NetherRealm Studios está prestes a ficar ainda maior.Depois do Capitão Pátria, da série The Boys, chegar à lista de lutadores do jogo, agora é a vez de outro personagem icônico (e bastante requisitado pelos fãs) estrear no elenco de Mortal Kombat 1. Isso mesmo, Takeda Takahashi será o próximo lutador de DLC e estará disponível através do Kombat Pack a partir do dia 23 de julho.Leia mais... Veja Mais

Ministério de Minas e Energia adia em 45 dias entrada em vigor de acordo com empresa do grupo J&F

G1 Economia Motivo é que o TCU pediu para analisar o acordo. Informação consta em documento enviado pela pasta ao Tribunal de Contas da União (TCU), ao qual o g1 teve acesso. O Ministério de Minas e Energia adiou em 45 dias a entrada em vigor de um acordo que beneficia a empresa do grupo J&F, Âmbar Energia. A informação consta em documento enviado pela pasta ao Tribunal de Contas da União (TCU), ao qual o g1 teve acesso. O acordo entraria em vigor na próxima segunda-feira (22). Mas o ministério resolveu adiá-lo para que os termos sejam analisados pelo TCU. Assim, a nova data de entrada em vigência é 30 de agosto. "Considerando que o acordo entrará em vigor no próximo dia 22/07/24, parece evidente que a oitiva determinada pelo Sr. Ministro, ainda que ocorra até o final desta semana, não permitirá ao TCU examinar, com a profundidade de praxe, os termos da representação, ainda que a motivação do acordo, bem como suas justificativas técnicas e jurídicas já estejam em posse do Tribunal há quase 60 (sessenta) dias", diz o documento. O que diz o acordo O acordo em questão trata da contratação, pelo governo, de usinas termelétricas da Âmbar Energia no Leilão Emergencial de 2021, no auge da crise hídrica. Naquele momento, o governo realizou um leilão às pressas para contratar usinas novas, com entrada em operação em maio de 2022. A Âmbar adquiriu quatro projetos de usinas que haviam vencido o certame, mas não conseguiu entregá-los a tempo. A penalidade, nesse caso, seria multa e cancelamento do contrato. Depois de um imbróglio na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o caso foi parar no Tribunal de Contas da União (TCU). A Corte de Contas havia criado uma secretaria para resolução de disputas, a SecexConsenso, que assumiu os casos do Leilão Emergencial em busca de acordo entre governo e empresas. O caso da Âmbar não chegou a ser votado no tribunal. Mas as discussões na SecexConsenso serviram de base para a celebração de um acordo que permitia à Âmbar manter o contrato das usinas, com pagamentos pelo governo, mesmo diante do atraso na entrega. Argumento do governo O governo argumenta que haveria uma redução de custos aos consumidores, na ordem de R$ 1 bilhão. Isso na comparação com os contratos anteriores das usinas --que poderiam ser cancelados pelo atraso. Já a remuneração da Âmbar pela energia vendida será de cerca de R$ 9 bilhões. Na última quinta-feira (11), o Ministério Público junto ao TCU protocolou um pedido de suspensão do acordo por possíveis irregularidades. O TCU abriu um processo para analisar o pedido e, na segunda-feira (15), o ministro Benjamin Zymler determinou que o ministério, a Aneel e a Advocacia-Geral da União (AGU) enviem esclarecimentos no prazo de três dias. Procurado, o Ministério de Minas e Energia disse que "não comenta sobre o teor do acordo em andamento, antes da análise do mérito por parte do TCU. Afirmou ainda que o mesmo levará em conta a maior economia para o consumidor de energia e a segurança energética, buscando equidade com os demais acordos do PCS [Leilão Emergencial de 2021] já em vigor." Veja Mais

Como saber se seu WhatsApp foi clonado?

Como saber se seu WhatsApp foi clonado?

Tecmundo O WhatsApp é um dos aplicativos mensageiros mais populares do Brasil. Infelizmente, devido a popularidade, o app também acaba sendo bastante visado para golpes, incluindo o de clonagem de contas.Para não ser vítima desse tipo de ação, confira abaixo 5 dicas para saber se o seu WhatsApp foi clonado. De quebra, também daremos conselhos sobre o que fazer caso isso aconteça com seu perfil. Aproveite! Leia mais... Veja Mais

Haddad diz que frase de Lula sobre meta fiscal foi descontextualizada

Valor Econômico - Finanças Sobre a fala de Lula de que não teria "problema se... Veja Mais

Ouro avança com aumento de apostas de cortes do Fed

Valor Econômico - Finanças Metal precioso com entrega prevista para agosto av... Veja Mais

Cantora country diz que estava bêbada durante apresentação do hino americano após receber críticas

G1 Pop & Arte Ingrid Andress pediu desculpas após apresentação e afirmou que vai se internar em uma clínica de reabilitação. Ingrid Andress Divulgação A americana Ingrid Andress revelou nesta terça-feira (16) que estava bêbada durante uma performance do hino nacional americano nesta segunda (15). A cantora country recebeu críticas por sua apresentação durante uma competição de jogadores de beisebol. "Não vou mandar caô pr'ocês, eu estava bêbada noite passada. Estou me internando em uma clínica de reabilitação hoje para conseguir a ajuda que preciso", escreveu ela no Instagram. "Ela não era eu noite passada. Peço desculpas à Liga de Beisebol, aos fãs, e a este país que eu amo por essa apresentação. Vou atualizando vocês sobre como é a reabilitação e eu ouvi falar que é super divertida." No Instagram, a americana de 32 anos se define como uma "cantora-compositora perdedora de quatro Grammys". Em 2021, ela recebeu três indicações na mesma edição, como artista revelação, melhor disco country com "Lady Like" e melhor canção country com "More hearts than mine". Initial plugin text Veja Mais

ESTREIA de RAMÓN DÍAZ pelo CORINTHIANS e JOGO do INTERNACIONAL na SUL-AMERICANA | BOLA ROLANDO

ESTREIA de RAMÓN DÍAZ pelo CORINTHIANS e JOGO do INTERNACIONAL na SUL-AMERICANA | BOLA ROLANDO

Band Sports Assista AO VIVO ao #BolaRolando a prévia da estreia de Ramón Díaz no comando co Corinthians pela 17ª rodada do Brasileirão, jogo decisivo do Internacional na Sul-Americana e muito mais. Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Siga-nos tambe?m nas redes sociais: Instagram: instagram.com/bandsports/ Twitter: twitter.com/bandsports Facebook: facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Veja todos os recordes mundiais do atletismo

Valor Econômico - Finanças Recorde dos 800 metros com barreira feminino não é... Veja Mais

Jaguar tirará cinco modelos de linha de uma só vez; entenda

Jaguar tirará cinco modelos de linha de uma só vez; entenda

Tecmundo A Jaguar não anda muito bem financeiramente, apesar das últimas mudanças como a integração definitiva com a Land Rover (que resultou na aliança JLR, de Jaguar Land Rover) e o plano Reimagine focado em eletrificação total até 2025. Não à toa, a britânica afirmou que enxugará seu portfólio até o fim do ano, retirando nada menos do que 5 modelos de uma vez.São eles: o sedan de entrada XE, o icônico XF que se posiciona logo acima, o elétrico I-Pace, o esportivo de dois lugares F-Type (que já saiu de linha) e o SUV de acesso E-Pace. Com isso, restará apenas o F-Pace até a introdução de novos produtos. Retirar cinco modelos de linha em apenas cinco meses é uma medida bastante incomum, contudo, os motivos são claros.Leia mais... Veja Mais

Xiaomi Band 9: novo vazamento confirma design, especificações e mais

tudo celular A Xiaomi Smart Band 9 deve ser lançada até o fim do ano com caixa em alumínio, melhorias nos recursos de saúde e mais. Veja Mais

IVAN DRAGO CRITICA O SÃO PAULO E JAMES: "É UMA IRRESPONSABILIDADE DA DIRETORIA" | BOLA ROLANDO

IVAN DRAGO CRITICA O SÃO PAULO E JAMES:

Band Sports Inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do BandSports! Nos siga tambe?m nas redes sociais: Instagram: https://www.instagram.com/bandsports Twitter: https://twitter.com/bandsports Facebook: https://www.facebook.com/BandSportsTV Veja Mais

Ator da novela ‘No rancho fundo’, Igor Jansen se apresenta como cantor e compositor com o EP ‘Meus gostos’

G1 Pop & Arte ? Aos 20 anos, festejados em 15 de abril, Igor Jansen ganhou fama como ator das novelas As aventuras de Poliana (2018 / 2020), Poliana moça (2022 / 2023) e No rancho fundo (2024). Nesta atual atração da Globo no horário das 18h, o artista cearense – nascido em Fortaleza (CE) e radicado no Rio de Janeiro (RJ) após passagem por São Paulo (SP) – interpreta o personagem Aldenor na trama nordestina. É no embalo da boa repercussão da novela que Jansen investe na carreira musical como cantor e compositor. Um ano após lançar o single Vida de novela (2023), gravado com Larissa Manoela, Igor Jansen apresenta o primeiro EP com repertório autoral. Intitulado Meus gostos, o EP aterrissa nos aplicativos de áudio na sexta-feira, 19 de julho, em edição da Mousik. O EP tem produção musical orquestrada por Umberto Tavares e Jefferson Junior, parceiros de Jansen na criação de músicas como Quem vê cara não vê coração e a balada Ariana. O EP Meus gostos alinha quatro músicas inéditas de autoria do trio. Sereia – canção que emergiu quando o artista reencontrou o mar ao se mudar de São Paulo (SP) para o Rio de Janeiro (SP) – e Se teu pai soubesse são as outras duas composições que completam o disco de Igor Jansen. Capa do EP ‘Meus gostos’, de Igor Jansen Divulgação Veja Mais

Justiça Federal condena Eco101 por fraudes em contrato de concessão da BR-101 entre ES e BA

G1 Economia Sentença aponta fraude na execução do contrato. Com a condenação, a concessionária recebeu punições, como a proibição de obter empréstimos em bancos públicos. Trecho duplicado entre Guarapari e Anchieta, no ES Eco-101/Divulgação A concessionária Eco101 foi condenada por fraude na execução do contrato de gestão e duplicação dos 478,5 km da BR-101 no Espírito Santo e em parte da Bahia. A sentença da Justiça Federal foi publicada na 5ª Vara Federal Cível de Vitória na quinta-feira (11). Com a ação, também foram estabelecidas punições para a concessionária. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram A ação tem como autoria o Ministério Público Federal (MPF) e foi assinada pelo procurador da República André Pimentel Filho. Segundo a decisão, a Eco101 está proibida de receber, durante cinco anos, os seguintes benefícios estatais, seja de órgãos, entidades e instituições financeiras públicas ou controladas pelo poder público: Incentivos Subsídios Subvenções Doações Empréstimos As sanções aplicadas foram com base na lei anticorrupção empresarial (Lei 12.846/2013), que trata da responsabilização de empresas pela prática de atos de corrupção contra a administração pública. Segundo o procurador, entre os anos de 2014 e 2018, a Eco101 teria elaborado relatórios de monitoramento com dados inverídicos com o intuito de mascarar o descumprimento de metas do contrato de concessão e evitar penalidades contratuais, e apresentado Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). "Além disso, as falsas informações prestadas possibilitaram o início da cobrança do pedágio no primeiro ano de concessão, antes de preenchidos todos os requisitos necessários, e dificultaram a redução da tarifa em razão do descumprimento do Plano de Exploração da Rodovia (PER)", informou o órgão. Como começou a investigação? Duplicação entre Guarapari e Anchieta, no ES Eco-101/Divulgação Segundo o MPF, a investigação começou a partir de relatos de fraudes nos relatórios feitos por uma empresa de engenharia que prestava serviços à Eco101. "De acordo com depoimentos colhidos durante a investigação, a fraude consistia na produção de dois tipos de relatórios: verdadeiros e falsos. Os relatórios falsos, com informações alteradas, eram destinados à ANTT, e os verdadeiros, encaminhados ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com o objetivo de captação de empréstimos", pontuou o MPF. Análises feitas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e documentos obtidos durante a Operação Infinita Highaway, deflagrada em 2019, também constataram irregularidades nos relatórios de monitoração utilizados pela Eco101. LEIA TAMBÉM: Impasse entre governo do ES e Eco101: condutores vão pagar pedágio até quando? Quais serviços continuam? Eco101 desiste de concessão da BR-101 no ES e na BA: veja o que se sabe até agora Ainda de acordo com o MPF, outro fator que comprova as ilegalidades cometidas pela concessionária são os acordos de não persecução penal firmados entre o MPF e seis engenheiros da Eco101 envolvidos na elaboração dos relatórios fraudulentos e o superintendente da concessionária à época dos fatos. ''O acordo de não persecução permite que o autor de delitos não violentos de médio potencial ofensivo (pena mínima inferior a quatro anos) não responda a uma ação penal desde que admita culpa e cumpra condições estabelecidas em acordo entre o Ministério Público e o defensor do investigado. No acordo firmado com umas das engenheiras envolvidas, ela se comprometeu com o pagamento de prestação pecuniária, além de não poder exercer cargo, emprego ou função pública por quatro anos'', informou o órgão. O que diz a Eco101 Questionada sobre a condenação, a Eco101 enviou uma nota e disse que "a decisão é oriunda de processo judicial ainda em primeira instância e passível de recurso. O processo decorre de fatos ocorridos nos primeiros anos da concessão (entre 2014 e 2018) e a Concessionária tem colaborado desde o início com as autoridades". A empresa informou também, na nota, que a resolução de questões do passado, incluindo os fatos discutidos na ação civil pública, é um pressuposto do processo de otimização do contrato de concessão. "Neste contexto, a concessionária permanece empenhada em construir uma solução viável para a BR-101/ES/BA que melhor atenda ao interesse público". Vídeos: tudo sobre o Espírito Santo Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo Veja Mais

Xiaomi considera montar fábrica no Brasil, revela executivo

Xiaomi considera montar fábrica no Brasil, revela executivo

Tecmundo Atualmente, todos os produtos da Xiaomi vendidos no Brasil são importados, mas isso pode mudar em breve. O head de operações da marca no mercado nacional, Luciano Barbosa, disse, em entrevista ao Mobile Time ontem (15), que a empresa tem planos de estabelecer uma fábrica no país.De acordo com o executivo, a abertura de uma fábrica da gigante chinesa no Brasil dependerá de um panorama melhor do mercado nos próximos anos. A big tech também está atenta aos desdobramentos da Reforma Tributária e seus impactos.Leia mais... Veja Mais

PCSX2 2.0: emulador mais famoso de PS2 recebe grande atualização

PCSX2 2.0: emulador mais famoso de PS2 recebe grande atualização

Tecmundo Há diversos emuladores de PS4 proeminentes circulando pelas redes afora. Só para citar alguns deles, temos o psOff, fpPS4, Spine, RPCSX, Kyty e o GPCS4, sendo o Spine uma das melhores opções da lista — até então. O PCSX2 também já estava disponível há algum tempo, mas agora recebeu uma versão 2.0 que trouxe inúmeras melhorias ao software.Já faz mais de quatro anos desde que a última revisão estável do PCSX2 foi lançada. Durante esse período, o emulador recebeu mais de 6.000 mudanças no código, teve mais 100 milhões de downloads e até celebrou o seu 20º aniversário. A versão 2.0 trouxe inúmeros ajustes no design, descobertas técnicas e muito mais para os entusiastas do nicho.Leia mais... Veja Mais

WhatsApp vai deixar de funcionar no sistema operacional KaiOS

canaltech O sistema operacional KaiOS, usado em celulares de baixo custo, anunciou que vai deixar de rodar o WhatsApp a partir do ano que vem. A desenvolvedora informou que os aparelhos conectados ao mensageiro podem usá-lo somente até o início de 2025, enquanto os dispositivos comprados após o dia 25 de junho deste ano já não possuem mais suporte ao app. Clique e siga o Canaltech no WhatsApp Por que os japoneses se recusam a usar o WhatsApp? O KaiOS é um sistema operacional voltado para celulares mais baratos, criado com base no antigo Firefox OS e adaptado para aparelhos que não têm tela sensível ao toque. No Brasil, pode ser encontrado em dispositivos da Positivo e da Multilaser, como o Multilaser Zapp II (cujo nome vai perder um pouco do sentido daqui em diante). O sistema até conquistou popularidade na Ásia no final da década de 2010, mas perdeu força para o Android — de acordo com o Statcounter, apenas 0,13% dos dispositivos móveis no mundo todo usam a plataforma. Apesar da saída do mensageiro, ainda é possível acessar outros apps famosos por lá, como YouTube, Facebook e Google Maps. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- WhatsApp não funcionará mais no KaiOS em 2025 (Imagem: Reprodução/KaiOS) WhatsApp no KaiOS Android e iOS são, obviamente, os sistemas operacionais compatíveis com o WhatsApp nos celulares, mas havia uma terceira opção: o app chegou ao KaiOS em 2018, inicialmente disponível apenas na Índia e depois liberado para mais países, como o Brasil. A página de suporte do mensageiro, inclusive, tem uma seção dedicada à plataforma. O KaiOS confirmou o fim do suporte, enquanto a Meta ainda não comentou o assunto publicamente. Mesmo sem um motivo oficial para aposentar o Zap por lá, é possível pensar em algumas hipóteses para a decisão, como o desuso do app e a falta de compatibilidade para receber funções mais “pesadas”, como chamadas de vídeo em grupo. Vale lembrar que anualmente o Zap encerra o suporte para celulares Android e iOS muito antigos — em 2024, 35 o app parou de funcionar em 35 modelos diferentes.  Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno Capitão América revela ponto fraco mortal na armadura original do Homem de Ferro Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Wolverine usa suas habilidades na forma de um novo “poder extra” NASA quer enviar enxame de abelhas-robô para Marte Novo malware possibilita a invasão de contas bancárias de brasileiros Veja Mais

Em NY, Dow Jones e S&P 500 batem recordes com bons resultados no setor industrial

Valor Econômico - Finanças O Dow Jones escalou 1,85%, a 40.954,48 pontos, o S... Veja Mais

Carro a hidrogênio: Toyota deixa clientes furiosos após inúmeros problemas

Carro a hidrogênio: Toyota deixa clientes furiosos após inúmeros problemas

Tecmundo A busca por mobilidade sustentável tem levado os fabricantes de veículos a buscarem alternativas para os combustíveis tradicionais, mas o desafio tem se mostrado muito maior e mais complexo na prática do que se imaginava na teoria. Além dos híbridos e elétricos, outra grande promessa amplamente estudada por anos era a do carro movido a hidrogênio.O conceito é relativamente simples: o veículo é abastecido com hidrogênio que é processado quimicamente para gerar eletricidade. Essa energia alimenta o motor elétrico que é responsável por fazer o carro andar. No mundo real, porém, a coisa toda tem causado problemas e frustrações nos consumidores que decidiram apostar na ideia.Leia mais... Veja Mais

Ibovespa recua na sessão e encerra sequência de altas

Valor Econômico - Finanças Investidores embolsaram parte dos ganhos recentes... Veja Mais

OnePlus lança fone e relógio com foco em custo-benefício

canaltech A OnePlus aproveitou o anúncio do seu novo smartphone intermediário da linha Nord para introduzir dois acessórios inéditos e complementar o ecossistema da marca com o fone de ouvido Nord Buds 3 Pro e o relógio inteligente Watch 2R que focam em grande custo-benefício. Clique e siga o Canaltech no WhatsApp OnePlus Pad 2 chega com IA integrada e tela de 144 Hz OnePlus Nord 4 é lançado com recursos de IA e até 16 GB de RAM O Nord Buds 3 Pro estreia com Cancelamento Ativo de Ruído (ANC) com até 49 decibéis para reduzir o barulho do ambiente, seja para quando você estiver na rua ou em casa e quiser menos distrações. Sua tecnologia Basswave 2.0 entrega graves mais robustos sem interferir nos vocais nítidos para agradar quem prefere som vibrante. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- Em relação à bateria, o Nord Buds 3 Pro alcança uma duração de até 44 horas de uso combinado (fones + estojo) com ANC desativado e até 20 horas de uso combinado com ANC ativado. Novo Nord Buds 3 Pro estreia com ANC e até 44 horas de bateria (Imagem: Reprodução/OnePlus) A marca destaca também o suporte para carregamento rápido, com 10 minutos conectado resultando em até 11 horas de reprodução. Outro diferencial está na durabilidade, com os fones tendo certificação IP55 para resistência contra água e poeira e testes de resistência contra quedas de 1,5 metro para o estojo, 1,8 metro para os fones, dobradiça resistente com 20 mil dobras e resistência a temperaturas extremas de até 55 °C. Os Buds 3 Pro ainda estreiam com Bluetooth 5.4, troca rápida entre dispositivos com conexão dupla e tecnologia Google Fast Pair para pareamento rápido em dispositivos Android. OnePlus Watch 2R aposta em design refinado em duas opções de cores (Imagem: Reprodução/OnePlus) Já o novo relógio inteligente da marca, o OnePlus Watch 2R, estreia combinando design moderno e estilo vintage. O acessório oferece até 100 horas de duração de bateria e melhoria em registro de esportes ao ar livre graças ao GPS integrado. Outro diferencial do produto está no Wear OS, sistema operacional do Google que oferece suporte aos principais aplicativos do mercado e facilita integração com o Android. Disponível nas cores Verde e Preto, a OnePlus afirma que o Watch 2R ficou 25% mais leve que o Watch 2, recebendo certificações 5ATM para resistência até 50 metros abaixo d’água e IP68 contra água e poeira.   Preço e disponibilidade O OnePlus Nord Buds 3 Pro já está disponível nas cores Preto e Verde com preço sugerido de US$ 79, o equivalente a R$ 420 em conversão. O OnePlus Watch 2R também já pode ser adquirido nas cores Preto e Verde por US$ 229 (cerca de R$ 1.250), valor ligeiramente maior que os US$ 199 (~R$ 1.080) que a Samsung cobra pelo Galaxy Watch FE nos EUA. A estreia dos novos acessórios no Brasil não é esperada. Conheça também o novo OnePlus Pad 2 com IA integrada e aguardado OnePlus Nord 4 com design atualizado. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno TIM está sem sinal? Clientes relatam problemas nesta terça-feira (16) Hackers afirmam ter vazado 1 TB de dados da Disney em protesto contra uso de IA Homem é preso por importar "arma futurista" antidrones ???? IMPERDÍVEL | Galaxy S23 Ultra + fone Buds FE com ótimo preço Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Veja Mais

Shopee e L'Oréal lançam ferramenta de RA que permite aos usuários avaliarem sua pele

tudo celular Os usuários poderão avaliar a pele e obter rotina de cuidados personalizada com sugestões de produtos Veja Mais

Estudo sobre pães conterem álcool tem falhas, diz indústria

canaltech Na última semana, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) divulgou um estudo em que apontava a presença de álcool no pão de forma, algo inesperado e potencialmente nocivo. No entanto, a Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi) questiona a metodologia da pesquisa e aponta possíveis falhas. Clique e siga o Canaltech no WhatsApp Pão de forma contém álcool e não escapa do bafômetro, diz pesquisa Vale destacar que, no estudo original, a Proteste indica que seis marcas de pães de forma contêm teor alcoólico de forma similar a algumas bebidas alcoólicas (igual ou superior a 0,5%). Dependendo da marca, isso poderia até causar problemas em um teste de bafômetro. Entretanto, esses resultados são questionados pela indústria. Em nota enviada ao Canaltech, a Abimapi afirma que "não concorda com as conclusões apresentadas no Relatório Técnico e Mercadológico divulgado pela Proteste". Segundo a associação, "inúmeras incoerências” foram identificadas na análise. -Entre no Canal do WhatsApp do Canaltech e fique por dentro das últimas notícias sobre tecnologia, lançamentos, dicas e tutoriais incríveis.- Críticas sobre a presença de álcool pão de forma Entre as principais críticas da Abimapi sobre o estudo envolvendo os pães de forma, está a questão da falta de metodologia. Isso porque a associação explica que “não há nenhum tipo de menção da metodologia empregada no documento”.  Outro ponto envolve a amostragem. “Não foi relatada se houve repetibilidade e reprodutibilidade nas análises”, destaca a associação. “Não há evidências de que as análises foram realizadas em duplicidade, um procedimento crucial para garantir a veracidade dos resultados, o que compromete a representatividade analítica”, complementa. A Abimapi também informa que "não há menção da data da primeira análise, tampouco da data de validade dos produtos utilizados na amostra, dificultando a verificação da validade e atualidade dos resultados. Além disso, “a indústria não teve oportunidade de avaliar contraprovas, pois os lotes já estavam vencidos no momento da publicação”, acrescenta.  Em relação ao responsável pela pesquisa, a associação destaca que o relatório é assinado por “um profissional que não apresenta o número de registro no CREA [Conselho Regional de Engenharia e Agronomia]”. Associação da indústria aponta falhas em pesquisa sobre a presença de álcool no pão de forma (Imagem: Azerbaijan_stockers/Freepik) Para a associação, “é vital que qualquer análise seja conduzida por um profissional ou entidade devidamente credenciado e autorizado pelos órgãos competentes”. Polêmica do teste do bafômetro Muito possivelmente, um dos temas mais polêmicos envolvendo o relatório dos pães de forma, vendidos no Brasil, é a questão do teste do bafômetro. Segundo a associação, são “conclusões incoerentes". “Os resultados do teor alcoólico nos pães de forma foram comparados com o teste de bafômetro, sem considerar a ingestão dos pães. A comparação foi feita apenas por uma regra de três, o que é inadequado”, detalha. Posicionamento da Proteste Em posicionamento enviado ao Canaltech, a Proteste afirma que “a nota de discordância da Abimapi faz parte do Estado Democrático de Direito, entretanto, entendemos que a referida associação também deveria se preocupar com os resultados dos testes em questão”. Segundo a Proteste, “o teste foi realizado por laboratório devidamente acreditado no Inmetro e no Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA)”. A entidade também ressalta que o levantamento foi assinado e conduzido por um responsável técnico. Em relação à metodologia para medir o teor alcoólico, a Proteste indica que foi utilizada a Cromatografia a Gás com detecção no headspace (gás volatizado). "Informamos ainda que encaminhamos todos os laudos para a Anvisa para que a autoridade competente adote as medidas legais e administrativas cabíveis”, completa. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: George R. R. Martin | Autor traz atualizações sobre Os Ventos do Inverno TIM está sem sinal? Clientes relatam problemas nesta terça-feira (16) Hackers afirmam ter vazado 1 TB de dados da Disney em protesto contra uso de IA Homem é preso por importar "arma futurista" antidrones ???? IMPERDÍVEL | Galaxy S23 Ultra + fone Buds FE com ótimo preço Samsung lista celulares antigos que vão receber recursos de IA da One UI 6.1.1 Veja Mais

Ibovespa encerra sequência de 11 altas, mas sobe 8,4% em 30 dias; entenda a melhora no último mês

G1 Economia Reforço dos sinais de que os juros nos EUA podem cair e de que a equipe econômica deve dar mais atenção aos gastos públicos no Brasil fizeram o índice chegar mais perto de zerar as perdas de 2024. Ibovespa Burak The Weekender/Pexels O Ibovespa, principal índice acionário da bolsa de valores brasileira, fechou em queda nesta terça-feira (16), mas teve um grande respiro neste mês de julho, com a melhora do ambiente macroeconômico local e internacional. Há um mês, no dia 17 de junho, o indicador anotava a pior pontuação do ano, com 119.138 pontos. No fechamento de terça-feira, chegou aos 129.110 pontos, uma alta de 8,4%. Até ontem, foram 11 altas consecutivas, igualando uma série de ganhos que não acontecia desde o início de 2018. Com a melhora, o Ibovespa caminha para zerar as perdas de 2024. O Ibovespa acumula uma queda de apenas 3,8% no ano. Há um mês, a queda acumulada era de 11,21%. O movimento, segundo especialistas consultados pelo g1, pode ser explicado por uma combinação fatores. São eles: O maior otimismo com o cenário de juros nos Estados Unidos; A melhora da percepção sobre o ambiente fiscal brasileiro; e A amenização das preocupações sobre a nova gestão do Banco Central e o futuro da Selic. Entenda nesta reportagem como cada um desses fatores afetou o Ibovespa e quais as expectativas do mercado à frente. Maior otimismo com os juros nos Estados Unidos Neste ano, o principal fator que tem mexido com os mercados de capitais ao redor do planeta é o quadro de juros norte-americanos. O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) tinha encerrado 2023 com uma leitura bastante otimista, e indicava um possível corte de juros já nos primeiros meses de 2024. Com a indicação de que os preços estavam mais controlados e a atividade mais contida nos Estados Unidos, investidores chegaram a precificar que a instituição faria de seis a sete cortes nas taxas de juros ao longo deste ano. Mas, no primeiro semestre deste ano, houve uma mudança nas sinalizações do BC norte-americano, que penalizou os mercados no mundo todo. Os dados mostravam um mercado de trabalho bastante aquecido, que geram uma pressão extra nos preços ao consumidor do país. Além disso, a atividade econômica nos EUA não mostrava sinais de desaceleração. Assim, reacenderam as preocupações do Fed sobre a trajetória de inflação na maior economia do mundo, o que acabou postergando o início do ciclo de cortes de juros pela instituição. O início estava previsto inicialmente para março, mas até o momento o Fed não se mexeu. “Tivemos um reajuste de expectativas pelo mercado que fez reduzir a estimativa de seis ou sete cortes de juros pelo Fed para um ou dois cortes. Com isso, começamos a ver um cenário de taxas muito mais altos por mais tempo do que se esperava, o que acabou prejudicando o Brasil”, explicou a estrategista de ações de research da XP Investimentos, Jennie Li. O quadro de juros mais altos nos EUA também trouxe uma mudança nas carteiras dos investidores. Eles optaram por migrar seus recursos, tirando-os de ativos de risco (como ações) e colocando-os nos Treasuries (títulos do Tesouro norte-americano), que são considerados os mais seguros do mundo. Por aqui, ainda havia uma desconfiança de que o governo teria capacidade de colocar as contas públicas no lugar (saiba mais abaixo). A junção de cenários acabou diminuindo a atratividade das bolsas de valores aqui e no mundo. No Brasil, resultou em uma saída de mais de R$ 30 bilhões de recursos estrangeiros. Agora, no entanto, com dados econômicos mais comportados nos Estados Unidos, o quadro parece um pouco mais previsível. No último mês, houve uma nova onda de otimismo conforme dados de inflação mostraram menos ímpeto de subida e o mercado de trabalho se enfraqueceu. “Temos visto um aumento da probabilidade de corte de juros pelo Fed em setembro e as falas de Powell [presidente do Fed] também têm vindo em um tom mais positivo. E isso tem ajudado não só o Brasil, mas os emergentes em geral neste mês de julho”, disse o gestor de renda variável da Western Asset, Naio Ino. Na última segunda-feira (15), por exemplo, Powell afirmou que as leituras de inflação no segundo trimestre “aumentaram um pouco a confiança” de que os preços estão voltando à meta do Fed de forma sustentável. O comentário foi lido como uma sinalização de que o início dos cortes de juros pela instituição pode acontecer em breve. Segundo a ferramenta FedWatch, do CME Group, até esta terça-feira (16), o mercado apostava em uma probabilidade de 91,6% de que o Fed comece a reduzir as taxas em setembro. Com juros mais baixos, o fluxo se inverte: investidores saem de ativos seguros e passam a considerar a bolsa de valores. A melhora do cenário fiscal brasileiro Apesar de os números das contas públicas ainda não estarem incontestavelmente melhores, o mercado financeiro reagiu bem às últimas sinalizações da equipe econômica sobre as contas públicas. Para entender melhor, é preciso voltar no tempo. Em maio, as contas do governo federal registraram déficit (despesas maiores que despesas) de R$ 61 bilhões. Em resposta às cobranças do mercado financeiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez diversas afirmações que contrariavam ou relativizavam a necessidade de um corte de gastos. Lula afirmou que a economia não podia deixar de lado o social e fez uma série de críticas à condução de juros por parte do Banco Central, além de ter indicado que o governo precisaria entender se a saída era o corte de gastos ou o aumento da arrecadação. Já no começo deste mês — e com um dólar que foi às alturas por conta da turbulência —, o tom de Lula mudou. O presidente veio a público e afirmou que “responsabilidade fiscal é compromisso” do governo, e que determinou que a equipe econômica cumpra o arcabouço fiscal. Naquele mesmo dia, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, reforçou que a equipe econômica deve continuar buscando a meta fiscal e anunciou um corte de R$ 25 bilhões em despesas obrigatórias a serem feitas no Orçamento de 2025. “Essa redução da 'temperatura' também acabou ajudando os mercados”, disse Ino, da Western Asset, destacando que outros fatores também trouxeram melhoras em papéis específicos. É o caso, por exemplo, do anúncio de alta nos preços de combustíveis pela Petrobras que, segundo ele, “tirou um pouco da percepção negativa do mercado em relação à companhia”. Isso porque havia temores por parte do mercado de que haveria intervenção do governo na política de preços da estatal, após a indicação de Magda Chambriard para a presidência da companhia. “Esse conjunto de notícias positivas acaba ajudando a nossa bolsa”, afirmou Ino. Haddad anuncia corte de R$ 25,9 bi em despesas e diz que Lula determinou que seja cumprido o arcabouço fiscal Menos preocupações sobre o BC e a Selic Por fim, outro motivo citado pelos especialistas como parte importante na melhora do Ibovespa dos últimos dias é a amenização das preocupações acerca da nova gestão do Banco Central e do futuro da taxa básica de juros brasileira, a Selic. No primeiro semestre, uma racha no Comitê de Política Monetária (Copom) do BC havia acendido o alerta para os investidores. Roberto Campos Neto, atual presidente da autarquia, precisou dar o voto de minerva após uma votação acirrada sobre o corte de juros. A divisão aumentou as incertezas sobre como seria a transição para a nova gestão do BC, com o novo mandato previsto para 2025. Como o g1 mostrou à época, a preocupação dos analistas era a de que os novos diretores passassem a optar por uma condução mais frouxa da política monetária, o que implicaria em uma inflação média mais alta e juros menores (à força) na economia. “Aquilo causou uma incerteza em relação à política monetária, mas a reunião do Copom de junho trouxe alívio”, explicou Li, da XP. “Eles viram que o Fed ia demorar para cortar juros, que as expectativas de inflação de médio e longo prazo estavam começando a desancorar e que fazia sentido fazer uma pausa nos cortes da Selic. Foi uma decisão unânime e técnica que acabou trazendo benefício para o mercado”, completou a especialista. O que esperar para o Ibovespa à frente? Segundo especialistas, além da melhora do cenário macroeconômico local e internacional, os preços ainda baixos na bolsa de valores brasileira ainda podem beneficiar o Ibovespa no curto prazo. Ainda assim, alertam que há muito a se desenrolar nos próximos meses. Estão no radar: O resultado da eleição presidencial norte-americana; O corte efetivo de juros dos EUA por parte do Fed; O cumprimento ou não das metas fiscais; A votação da reforma tributária; Os debates sobre o aumento da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para compensar a desoneração da folha, entre outros. “O mercado vai acompanhar de perto as discussões sobre contingenciamento e controle de despesas que o governo está sinalizando que vai fazer”, disse Ino, destacando que o peso que os dados de inflação e emprego nos Estados Unidos devem ter nos mercados globais também ficam na mira dos investidores. Veja Mais

Haddad diz que ainda é possível haver bloqueio de gastos este ano para cumprir meta fiscal

Valor Econômico - Finanças Segundo o ministro da Fazenda, haverá reunião da J... Veja Mais

Justiça autoriza recuperação judicial da Casa do Pão de Queijo

Valor Econômico - Finanças A empresa diz que o pedido foi aceito “após entreg... Veja Mais

Ministro 'Taxad': Fernando Haddad vira alvo de memes após 'taxa das blusinhas'

Ministro 'Taxad': Fernando Haddad vira alvo de memes após 'taxa das blusinhas'

Tecmundo O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, virou alvo de memes que o associam à criação de novos impostos. Sua imagem aparece em montagens com imagens de filmes e séries, letras de músicas e outras brincadeiras. O termo “Taxad”, trocadilho com seu sobrenome e a palavra "taxa", está entre os mais comentados no X nesta terça-feira (16).Uma das principais reclamações dos internautas é em relação à “taxa das blusinhas”, como ficou popularmente conhecida a taxação das compras internacionais de até US$ 50 por pessoas físicas. Prevista para entrar em vigor a partir de 1º de agosto, ela incidirá nas compras em plataformas como AliExpress, Shein e Shopee, entre outras.Leia mais... Veja Mais

FT: contratação de funcionários da Inflection AI pela Microsoft é investigada no Reino Unido

Valor Econômico - Finanças Investigação formal na área de fusões acontece apó... Veja Mais

Macron aceita pedido de renúncia de primeiro-ministro da França

Valor Econômico - Finanças Attal enviou carta pedindo a renúncia do cargo na... Veja Mais

Quando The Double receberá novos episódios? Veja calendário de lançamento

Quando The Double receberá novos episódios? Veja calendário de lançamento

Tecmundo Lançado no dia 13 de julho pela Netflix, o dorama The Double chegou ao Brasil após ser bastante elogiado pela crítica e pelo público chinês. Dividida em 40 episódios, a história com temas históricos conta as aventuras de Xue Fang Fei, a filha de um magistrado que é preso de forma injusta após um golpe político — o que a força a ter que esconder a própria identidade.Assumindo a vida de sua amiga Jiang Li, a protagonista acaba enfrentando uma intensa jornada para provar a inocência de seu pai. Contando com o apoio do duque Xiao Heng, ela também vai ter que lidar com os problemas de sua nova identidade, que vão lhe render várias complicações em relacionamentos amorosos.Leia mais... Veja Mais

TJSP: Homem deve pagar dividendos à ex-esposa enquanto estiver na condição de sócio

Valor Econômico - Finanças Decisão é da 1ª Câmara Reservada de Direito Empres... Veja Mais

Agência Nacional de Mineração vai ofertar 220 vagas em concurso

Valor Econômico - Finanças Portaria do MGI autorizando concurso foi publicada... Veja Mais

FT: Europa teme laços de segurança enfraquecidos com EUA após escolha de JD Vance

Valor Econômico - Finanças O vice de Trump já classificou as garantias de seg... Veja Mais