Meu Feed

Hoje

Certificação mostra carregamento de 45 W para os Galaxy S22, mas há um porém

canaltech Está chegando a hora da própria Samsung falar mais sobre os novos Galaxy S22. Ela marcou seu tradicional evento Galaxy Unpacked para 9 de fevereiro lá fora, e por aqui os aparelhos deverão ser conhecidos já na semana seguinte. Porém, um novo vazamento está mostrando um recurso muito aguardado para a linha: um carregamento ainda mais rápido. Galaxy S22: o que esperar dos poderosos celulares da Samsung Linha Galaxy S22 inteira pode trazer nova versão de vidro Gorilla Glass Com os Galaxy S21 vimos que a sul-coreana optou por inserir carregamento de apenas 25 W. Não é uma margem ruim e já permite que os dispositivos sejam recarregados em cerca de 1 hora, mas vários rivais já vão muito além e chegam a entregar quase 5 vezes essa potência. Para muitos, isso acabou sendo considerado um downgrade, já que o Galaxy S20 Ultra alcançava 45 W, o que foi vetado em seu sucessor. Como o lançamento de carregadores velozes já indicavam, a linha Galaxy S22 deve mesmo contar com carregamento rápido de até 45 W. Certificações mostram que os Galaxy S22 Ultra e Galaxy S22 Plus poderiam alcançar essa velocidade total — por mais que a Samsung não deva incluir nenhum carregador no kit básico. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Os três Galaxy S22 (Imagem: Montagem Canaltech) O Galaxy S22 base, por outro lado, pode acabar mantendo 25 W de potência. Essa acaba sendo uma forma de diferenciar a variante Plus, que desde 2020 se diferenciava basicamente por oferecer uma tela maior. Lançamento em fevereiro Previstos para contarem com o Exynos 2200 ou Snapdragon 8 Gen 1, rumores sugerem que o mercado brasileiro vai receber modelos com o chip da Qualcomm. Mais uma vez a linha Galaxy S deve apostar alto em fotografia, melhorando funções de zoom mesmo para as variantes mais “acessíveis”. O principal destaque, porém, deve ser o Galaxy S22 Ultra, que deve abraçar por completo a filosofia da linha Note, com design retangular e espaço interno para sua S Pen. O modelo também deve ser o único com uma lente periscópica para zoom óptico de 10x, além de oferecer um novo design com as câmeras planas na sua traseira. Vale lembrar, quem ainda vê potencial na linha Galaxy S21 pode aproveitar o lançamento da versão Fan Edition, que já é encontrada com descontos no varejo nacional. O modelo retém diversas características da linha de 2021, como o elogiado chip Exynos 2100 e o design característico com bloco de câmera integrado ao corpo, além de sair de fábrica já com o Android 12 e One UI 4. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Nova chinesa quer produzir telas OLED do iPhone para a Apple

canaltech Mais uma chinesa quer entrar na briga para fornecer telas OLED para a Apple. Após a BOE conquistar a confiança de Tim Cook, é a CSOT que deseja pegar uma parte da futura produção de displays dos iPhones. Mas o caminho para ela será árduo. Boa relação entre Apple e BOE deve ameaçar atuação da LG no mercado de displays BOE indica que iPhones “básicos” não ganharão ProMotion até 2024 Primeiro que ela precisará ficar no nível da Samsung, LG e BOE para chamar a atenção da Apple. Para isso, um time interno está formatando uma proposta e analisando a capacidade de produção para mostrar à Maçã que tem condições de entregar os pedidos. Inicialmente a CSOT está em conversas prematuras, e oferecendo uma linha de produção demonstrativa para deixar a Maçã mais disposta a negociar. Esta planta teria capacidade para produção máxima de 45 mil substratos mensais. Mas o primeiro desafio seria convencer a empresa de que seus painéis são de extrema de qualidade para equiparem iPhones futuros, algo que a marca preza acima de tudo e inclusive foi um dos grandes desafios da BOE até enfim mostrar ser digna de fabricar as telas dos iPhones mais baratos. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Conceito para os possíveis iPhone 14 (Imagem: Reprodução/Ian Zelbo) Caminho difícil Hoje a CSOT fornece telas AMOLED principalmente para celulares intermediários, como alguns Galaxy M e Galaxy A. Isso não significa que suas telas são ruins, obviamente. Mas tops de linha constantemente quebram recordes de qualidade de imagem, brilho, e outros aspectos desejáveis para um modelo caro como um iPhone. A própria BOE suou bastante para conquistar a Maçã. Inicialmente produzia apenas painéis de reposição. Em 2021 a marca conseguiu integrar, com LG e Samsung, a lista de fornecedoras do display oficial, porém apenas no iPhone 13 Mini e iPhone 13, almejando poder produzir telas do tipo LTPO para os modelos mais caros em 2023. Vale lembrar que todas as decisões da Apple são tomadas com bastante antecedência. Isso porque a empresa concentra seus smartphones em poucas opções, mas em gigantescas quantidades. Isso demanda que componentes sejam pedidos na casa das dezenas de milhões, e as fornecedoras precisam de muito tempo para produzi-los. Assim, se a CSOT tiver sorte em sua missão, é provável que participe da produção de iPhones lá no futuro, não já em 2022, com os iPhone 14, por exemplo. Por enquanto, BOE, LG e Samsung devem ser responsáveis por todas as telas dos quatro celulares que serão anunciados no segundo semestre do ano. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Pam & Tommy | Série ganha cartazes com personagens e trailer oficial

canaltech A série que conta a história do relacionamento da atriz Pamela Anderson com o músico Tommy Lee, Pam & Tommy, acaba de ganhar novos pôsteres e trailer oficial pelo Star+. Pam & Tommy | Série sobre vazamento da sex tape de Pamela Anderson ganha trailer Crítica Pam & Tommy | Série tem história curiosa e incômoda sobre privacidade A trama, que se passa na década de 1990, conta a história real do vazamento de uma "sex tape" do casal, contendo gravações caseiras da relação sexual entre os dois durante a lua de mel. O acontecimento marcou a época por ser um dos primeiros escândalos do tipo na internet. Pam & Tommy estreia no dia 2 de fevereiro no Star+ (Hulu) A série conta a história do vazamento da sex tape de Pamela Anderson e Tommy Lee (Hulu) A série conta a história do vazamento da sex tape de Pamela Anderson e Tommy Lee (Hulu) Pam & Tommy estreia no dia 2 de fevereiro no Star+ (Hulu) A série conta a história do vazamento da sex tape de Pamela Anderson e Tommy Lee (Hulu) -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- A fita estava dentro de um cofre pessoal de Tommy Lee e que foi roubado por prestador de serviços que, no seriado, é interpretado por Seth Rogen. Primeiro, ele fez cópias para vender na internet e depois de algum tempo o vídeo foi digitalizado para ser assistido online. O caso chegou à Justiça, mas, pela falta de leis na época, não houve a punição para os responsáveis. Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê?   Protagonizada por Lily James e Sebastian Stan, Pam & Tommy será lançada no dia 2 de fevereiro em três episódios, com o restante sendo disponibilizado semanalmente. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

HyperX anuncia controle e fones especiais para jogadores mobile

canaltech Aproveitando o crescimento do público de jogos mobile na América Latina, a HyperX segue expandindo o portfólio na região. Nesta quinta-feira (27), a marca anunciou a chegada do controle Clutch Wireless e de uma nova versão do fone HyperX Cloud Earbuds. Melhores jogos para celular de 2021 HyperX traz ao Brasil versão do Cloud Flight Wireless para PS4 e PS5 CES 2022: HyperX anuncia headset com 300 horas de bateria e mais periféricos “A HyperX sempre ofereceu uma extensa linha de periféricos de alto desempenho para PC, e nos últimos anos tem investido bastante em soluções tecnológicas para jogadores de consoles e mobile”, declara Caio Ricci, gerente geral da HyperX no Brasil. Segundo o executivo, os novos produtos reforçam a missão da marca em trazer acessórios gamer de qualidade para o público que consome jogos mobile no Brasil. Isso também deixa claro o interesse especial da companhia nos segmentos Cloud Gaming e Mobile Gaming. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Controle HyperX Clutch Wireless tem bateria com autonomia de até 19 horas (Imagem: Divulgação/HyperX) Controle Clutch Wireless Revelado na CES 2022, o controle Clutch Wireless foi criado para jogos mobile. Com o layout de controles para competições, o modelo tem botões com revestimentos texturizados que garantem mais conforto e melhoram o desempenho dos jogadores. Em destaque, o acessório traz a opção para conexões sem fio com Bluetooth 4.2 e Wi-Fi 2,4 GHz. Pensado para longas sessões de jogatina, o produto tem bateria recarregável que oferece autonomia de até 19 horas com apenas uma carga, segundo a marca. Também é possível conectar o controle a portas USB-C e USB-A de celulares ou tablets, além de usar os grips ajustáveis para melhorar a experiência conforme o dispositivo. Para mais, o modelo é compatível com vários títulos disponíveis para PC. Segundo a marca, o controle Clutch Wireless da HyperX chegará ao Brasil ainda no primeiro trimestre de 2022. Até o momento, não foi revelado o preço sugerido do produto no país. Fone HyperX Cloud Earbuds acaba de receber uma versão na cor amarela (Imagem: Divulgação/HyperX) Fone intra-auricular Cloud Earbuds Após o sucesso do Cloud Earbuds na cor vermelha em 2018, a HyperX está lançando uma versão amarela do fone intra-auricular. Desenvolvido para dispositivos móveis e o Nintendo Switch, o acessório tem vários recursos para os jogadores. Com plugues em ângulo de 90 graus, o fone tem três tamanhos de encaixes de ouvido feitos de silicone. Opções que garantem mais conforto para o usuário mesmo durante longas sessões de uso. Para melhorar a comunicação durante as partidas, o modelo traz um discreto microfone no cabo. Além de ser útil em chats de voz no Nintendo Switch e em chamadas de celular, há um botão multifuncional para o controle de mídia. Ademais, o Cloud Earbuds tem cabos emborrachados que evitam emaranhados e protegem o acessório no transporte em bolsas e mochilas. Por fim, o fone de ouvido da HyperX já está disponível no mercado brasileiro com o preço sugerido de R$ 279,90. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Tobey Maguire pode aparecer em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

canaltech O sucesso estrondoso de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa parece ter feito a Marvel crescer os olhos em torno das participações especiais e pode ser que Doutor Estranho no Multiverso da Loucura conte com uma inesperada participação de uma das antigas versões do Amigão da Vizinhança. Segundo um novo rumor, Tobey Maguire pode aparecer no novo filme do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês). Doutor Estranho 2 | Data de lançamento, trailers, o que esperar e mais Tom Cruise pode ser o novo Homem de Ferro em Doutor Estranho 2; entenda De acordo com o podcast The DisInsider Show, um suposto informante ligado à produção do filme teria revelado que o ator voltaria a viver Peter Parker no longa, mas sem entrar em detalhes do tamanho dessa participação. Além disso, o boato não descarta a parição de Andrew Garfield, embora a tal fonte não tenha dito nada sobre o ator. Maguire foi o Homem-Aranha no filme de Sam Raimi, que está dirigindo o novo Doutor Estranho. Logo... (Imagem: Reprodução/Marvel Studios, Sony Pictures) De acordo com Skyler Shuler e Derek Cornell, apresentadores do podcast, as informações que eles receberam mostram que Multiverso da Loucura vai ser o filme que vai mudar toda a estrutura do MCU — muito mais do que o próprio Homem-Aranha: Sem Volta para Casa. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- E por mais que seja estranho imaginar esse retorno de personagens tão antigos dentro do contexto do novo filme do Doutor Estranho, há uma linha bastante lógica nesses rumores. A principal delas é que Multiverso da Loucura está sendo dirigido poor Sam Raimi, o mesmo diretor que transformou Maguire no Homem-Aranha há duas décadas. Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Além disso, Raimi tem realmente um histórico de trazer amigos para fazerem aparições em seus projetos. Basta lembrar que a sua trilogia do Homem-Aranha sempre contou com a aparição de Bruce Campbell, com quem ele havia trabalhado na franquia Uma Noite Alucinante. Outro ponto que pesa muito a favor do boato é o próprio roteiro que vem sendo especulado. De concreto, sabemos muito pouco sobre Doutor Estranho 2, mas é certo que veremos America Chavez (Xochitl Gomez) sendo a chave para essa viagem dos heróis por diferentes dimensões e, diante disso, não seria nada estranho vermos uma das realidades ser a do Aranha Maguire. Doutor Estranho no Multiverso da Loucura chega aos cinemas no próximo dia 5 de maio. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Redmi 10A passa por teste e certificação, tendo detalhes vazados

canaltech A Xiaomi anunciou o Redmi 10 no ano passado, mas outros modelos da família ainda não foram apresentados. Agora, o Redmi 10A apareceu em testes de benchmark e também em certificações, tendo algumas especificações reveladas. Poco M4 Pro 4G pode não passar de um Redmi Note 11S renomeado Linha Redmi Note 11 chega com quatro modelos e preços para todos A versão chinesa do Redmi 10A deve ter o número de modelo 220233L2C e passou por um teste no Geekbench, uma das principais plataformas de benchmark da atualidade. Aqui, um teste na versão 4.2.3 do Geekbench mostrou o processador, memória RAM e também o sistema operacional que devem embarcar no dispositivo. Vale dizer que essa versão do teste geralmente tem pontuações maiores comparados com resultados do Geekbench 5. Pontuação obtida pelo Redmi 10A no Geekbench 4 tende a ser maior do que no Geekbench 5 (Imagem: Reprodução/Geekbench) No caso, o Redmi 10A foi encontrado com um processador MediaTek Helio G25, de oito núcleos, sendo quatro de velocidade de 1,5 GHz e outros quatro para maior performance, com clock de 2 GHz. O modelo usado no teste conta com 4 GB de memória RAM e ainda executa o Android 11, mesmo com o Android 12 já disponível desde outubro do ano passado. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Simultaneamente a isso, foi encontrada uma certificação no FCC, sigla para Comissão Federal de Comunicações, órgão americano que tem função semelhante à Anatel aqui no Brasil. Nesse caso, trata-se da versão global do Redmi 10A, com número de modelo 220233L2G. Certificação no FCC mostra opções de memória, software e outros detalhes do Redmi 10A (Imagem: Reprodução/FCC) Segundo o que foi revelado, ele terá duas câmeras traseiras, sendo uma principal de 13 MP e uma secundária de 2 MP. Além disso, no quesito de memórias, devem ser 2 GB, 3 GB ou 4 GB de memória RAM, com opções de 32 GB, 64 GB ou 128 GB de espaço para armazenamento interno. O teste ainda mostra que ele executará a interface MIUI 12.5, terá um leitor de impressões digitais e suportará Wi-Fi apenas de 2,4 GHz. De qualquer modo, agora será preciso aguardar por mais vazamentos ou pela apresentação do dispositivo por parte da Xiaomi, mas ainda não existe uma data para a oficialização dele. Olhando o código de modelo do Redmi 10A, porém, podemos esperar por novidades já neste mês de fevereiro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Pixel 6a tem existência reforçada pelo Google em livro de colorir

canaltech Acidentalmente — ou não —, o Google pode ter confirmado a existência do Pixel 6a, especulado celular intermediário da companhia para 2022. Em um livro de colorir enviado aos "Pixel Superfans", a gigante das buscas cita explicitamente o dispositivo, apesar de não mencionar as configurações e aparentemente não exibir o design do aparelho. Google Pixel 6 se destaca por ótima performance em teste de selfies Google Assistente agora pode ser interrompido sem dizer "Ok, Google" Pixel 6A é reforçado pelo Google em livro de colorir O livro de colorir em questão foi enviado a usuários que fazem parte do "Pixel Superfans", programa lançado pelo Google no final do ano passado para celebrar os fãs de hardware da companhia. O projeto envia alguns brindes ocasionalmente e, no kit mais recente, presenteou os membros com um Google Nest Audio e um livro de colorir com artes da linha de dispositivos da empresa. Em listagem dos dispositivos ilustrados, o Google menciona explicitamente o Pixel 6a (Imagem: Droid Life) Trazendo um estilo bastante característico, que segue a linha de minimalismo da família Pixel, o material lista os produtos utilizados nas ilustrações, incluindo o próprio Nest Audio e o Google Pixel 6, entre outros dispositivos ainda exclusivos de alguns países, como o Nest Hub e o Nest Wi-Fi. No entanto, chama a atenção os aparelhos listados para as páginas 6 e 7: junto ao Nest Thermostat, é mencionado o Google Pixel 6A. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Curiosamente, não há imagens de nenhum celular nas páginas mencionadas, o que sugere alguns cenários: a adição do nome do aparelho pode ter sido acidental, ou ainda esquecida após uma possível mudança de planos. Também não se pode descartar que este seria um teaser — os fones acessíveis Pixel Buds a haviam passado por situação parecida. Aos interessados, o livro também está disponível em formato digital em um site dedicado. Celular promete experiência de Pixel 6 mais acessível Múltiplos vazamentos já indicaram boa parte das informações do Pixel 6a, que promete entregar uma experiência muito similar à do Pixel 6 tradicional, mas com cortes pontuais para reduzir ainda mais o preço. Um dos maiores destaques seria o conjunto de processamento, que adotaria o mesmo Google Tensor do modelo tradicional e da versão Pro. Concorrente à altura de chips como o Exynos 2100 e o Snapdragon 888, ainda que traga algumas limitações, o chip proprietário da gigante das buscas é bastante poderoso e digno do segmento de topos de linha, o que tornaria o Pixel 6a uma oferta imbatível, caso mantenha o preço dos antecessores, na casa dos US$ 350 (~R$ 1.890). O componente seria acompanhado ainda de 6 GB ou 8 GB de RAM, e 128 GB de armazenamento, além de tela OLED plana de 6,2 polegadas. Esperado para estrear em maio, o Google Pixel 6a deve ser semelhante ao Pixel 6 tradicional, mas com cortes pontuais para atingir preço mais baixo (Imagem: Steve Hemmerstoffer/91mobiles) Maior diferencial da família, as câmeras estariam dispostas em configuração semelhante ao do Pixel 5a, com lente de selfies de 8 MP e sensor Sony IMX355, lente traseira principal de 12 MP com sensor Sony IMX363 e câmera ultrawide de 12 MP com sensor Sony IMX386, apoiadas pela TPU do Tensor e o algoritmo avançado de pós-processamento da empresa. Já na bateria, o intermediário contaria com capacidade generosa de 4.800 mAh, sendo maior que a do Pixel 6 tradicional, e adotaria carregamento rápido de 30 W. A novidade deve ter corpo de espessura mediana, com 8,7 mm, e sair de fábrica rodando Android 12. Ainda segundo as informações, o aparelho deve ser oficializado em maio, durante o Google I/O 2022. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Hipopótamos reconhecem vozes e usam fezes para repelir inimigos

canaltech Além de integrar a lista de animais mais perigosos do mundo, o hipopótamo conta com um comportamento muito peculiar: espalhar cocô quando se sente ameaçado e deseja marcar território. Acontece que, segundo um estudo publicado na revista científica Current Biology, o animal pode reconhecer vozes. Sendo assim, sabe exatamente quando há um desconhecido por perto. Sabe como formigas interagem? Vomitando umas nas outras Sabia que moscas precisam vomitar na comida antes de ingeri-la? Entenda! Para chegar a essa descoberta, a equipe de pesquisadores viajou para a Reserva Especial de Maputo, em Moçambique, e começou por gravar chamadas de sete grupos de hipopótamos, espalhados por três lagos diferentes. Cada grupo contemplava de 3 a 22 indivíduos. “Além de mostrar que os hipopótamos são capazes de identificar outros hipopótamos com base em assinaturas vocais, nosso estudo destaca que os grupos de hipopótamos são entidades territoriais que se comportam menos agressivamente com seus vizinhos do que com estranhos”, aponta um dos autores do estudo, Nicolas Mathevon, em comunicado. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Hipopótamos podem diferenciar vozes e espalham cocô quando ameaçados, segundo estudo (Imagem: imagexphoto/envato) Depois que os pesquisadores gravaram as chamadas, começaram a tocar esses sons de volta para os hipopótamos para descobrir como eles reagiriam ao seu próprio grupo, seus vizinhos no mesmo lago ou um grupo estranho de um lago diferente. A equipe descobriu que as respostas comportamentais eram bem mais agressivas diante de sons gravados de um grupo de animais completamente estranho. Em estudos futuros, os pesquisadores esperam aprender mais sobre a comunicação dos hipopótamos. “Antes de realocar um grupo de hipopótamos para um novo local, uma precaução pode ser transmitir suas vozes de um alto-falante para os grupos já presentes, para que eles se acostumem a eles e sua agressão diminua gradativamente”, concluem os pesquisadores. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Como promover a inovação em um mundo acelerado

canaltech O conceito de inovação é e sempre foi fluido. Ao longo dos últimos 25 anos, imerso em empresas de tecnologia em diferentes países, testemunhei o significado de “inovação” evoluir e se adaptar a diferentes realidades. Mas durante esse período, houve uma constante — o ingrediente mais importante para o sucesso da inovação permaneceu o mesmo: o foco no cliente. O Brasil está perdendo a grande onda da revolução tecnológica Inovação exponencial e a disrupção acelerada da economia A inovação eficaz depende de uma compreensão profunda do problema em questão. E a melhor explicação sobre os problemas vem daqueles que os vivenciam. Por isso, colocar os clientes no centro das estratégias de negócios e tecnologia proporciona uma maior conscientização de suas principais dores — e esse entendimento é crucial para a inovação. Mas não é só isso: a troca com os clientes é um lembrete bem-vindo de que estamos lidando com assuntos que podem impactar significativamente as pessoas e transformar sua vida. Se observarmos as transformações mais recentes no setor financeiro, fica mais simples de entender. No Brasil, por exemplo, o lançamento dos meios de pagamentos instantâneos foi um sucesso, preenchendo uma lacuna em serviços que até então tinham custo para o consumidor, sem oferecer a velocidade e praticidade desejadas. Agora imagine como melhorar essa experiência, permitindo que as pessoas tenham maior controle sobre como gastam, ou construindo caminhos e conexões diretas com as lojas onde desejam realizar transações. Imagine mudar um modelo de serviço padronizado para uma personalização baseada nas necessidades específicas de cada cliente. Escolha um problema, crie hipóteses, comece a testar. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Ambiente favorável à inovação Mas você provavelmente está se perguntando como acelerar inovação diariamente e fomentar ideias transformadoras. Uma peça fundamental desse quebra-cabeça é promover uma atmosfera que estimule a imaginação e a criatividade, premissa ancorada em dois valores aparentemente simples: confiança e ownership, uma palavra em inglês que descreve bem o que podemos traduzir como o sentimento e a responsabilidade de dono (de um projeto, de uma ideia, de um objetivo, por exemplo). Pode parecer um conceito fácil, mas é uma decisão diária construir ambientes livres de julgamentos, onde aprendemos com nossos erros para não repeti-los e onde cada membro da equipe se sente engajado e incluído para que o brainstorming seja reforçado e executado frequentemente – e essa mentalidade deve estar presente em todas as ações. Além disso, como a velocidade é importante quando se trata de inovação, é essencial que os especialistas tenham autonomia suficiente para tomar decisões, como conduzir experimentos, algo super conectado com ownership. Essa cultura empreendedora ajuda a acelerar projetos como se tivéssemos pequenas startups internas, uma estratégia utilizada por muitas empresas de tecnologia de sucesso. As pessoas são fundamentais Uma das coisas que me atraiu no Nubank — e tenho certeza que atrai muitas outras pessoas também — foram as equipes. Sim, o coração das empresas tecnológicas e inovadoras são as pessoas, e parte do papel do líder de tecnologia é atrair, desenvolver e reter esses talentos. Pessoalmente, sou um entusiasta desse tema e acredito que os líderes devem se comprometer a abrir portas, conectar as pessoas certas aos projetos certos, destacar conquistas e facilitar a evolução profissional. Inovação parte das pessoas e do trabalho em equipe (Imagem: Annie Spratt/Unsplash) Mas que traços e comportamentos procuramos? A curiosidade está no topo da minha lista, e significa que todos devemos estar constantemente insatisfeitos, procurando desafiar o status quo, buscando melhorias e meios novos e inteligentes de resolver problemas. Ser um simplificador também é fundamental: o mundo já está cheio de complexidade; precisamos constantemente de pessoas que possam entender as ambiguidades e dissolvê-las — quanto menos burocracia, melhor. E, por último, mas não menos importante, as pessoas que trabalham bem em equipe, que desejam ver a empresa prosperar são sempre imprescindíveis. Costumo dizer que a necessidade é a mãe da invenção. E, como sempre há um novo problema ou um novo caminho a ser explorado, temos uma necessidade constante de continuar inventando. Felizmente, meu legado será o impacto na vida das pessoas por meio da inovação — qual será o seu? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Stranger Things | Episódios da temporada 4 serão lançados todo mês ou não?

canaltech Nesta quinta-feira (27), começou a circular pelas redes sociais que a temporada 4 de Stranger Things iria estrear na Netflix com novos episódios mensais, o que seria um formato completamente novo para a plataforma de streaming. Stranger Things Temporada 4 | Data de lançamento, trailers, o que esperar e mais Stranger Things 4 ganha novo trailer, janela de estreia e nomes dos episódios A série, que já está há quase dois anos sem novos episódios, vem sendo uma das mais aguardadas de 2022. Até o momento, a Netflix liberou apenas algumas imagens e vídeos, mas nenhuma data de lançamento chegou a ser divulgada. Sabemos apenas que a estreia acontecerá ainda em 2022. Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Ainda não há data de estreia para a temporada 4 de Stranger Things (Imagem: Divulgação/Netflix) Mas e o lançamento mensal, vai acontecer? A possibilidade de Stranger Things ter episódios mensais começou a circular quando algum jornalista percebeu que a página da série na plataforma de imprensa da Netflix constava a frase "lançamento mensal". Logo, seria a confirmação da companhia de que os episódios seriam lançados a cada mês. No entanto, poucas horas depois a própria Netflix se pronunciou e disse que a informação se tratava de um bug. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Portanto, Stranger Things não será lançada mensalmente na plataforma de streaming e não vamos precisar esperar ainda mais para conferir o desfecho da nova temporada. Apesar da boa notícia, continuamos sem qualquer pista sobre a data oficial de lançamento da temporada 4 de Stranger Things. Enquanto isso, você pode maratonar as três primeiras na Netflix. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Como fazer backup do WhatsApp

canaltech É muito importante saber como fazer backup do WhatsApp, especialmente se você está adquirindo um novo aparelho e não quer perder suas conversas. Esta ação pode ser indicada até mesmo para aqueles que costumam apagar conteúdos sem querer e não querem perder nada de importante. Como recuperar áudio apagado do WhatsApp Como recuperar fotos apagadas do WhatsApp Por isso, se você quer saber o que a plataforma salva no arquivo de backup, quais os tipos disponíveis, e como realizar o procedimento no Android e iPhone, confira abaixo mais detalhes! O que o WhatsApp salva no backup? A plataforma de mensagens instantâneas salva algumas informações quando faz o backup. Confira abaixo quais: -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Histórico de conversas; Mensagens de voz (mesmo os arquivos em amarelo); Fotos e arquivos; Para armazenar vídeos, você deve marcar esta opção nas configurações. Qual a diferença entre backup local e em nuvem O WhatsApp para Android, por padrão, cria automaticamente um backup diário de suas conversas e as armazena na memória interna do seu telefone. Esse recurso é útil para aqueles que precisam reinstalar o app no mesmo aparelho — já que a plataforma irá buscar o arquivo salvo localmente. Já o backup em nuvem é muito importante para aqueles que trocam de celular com frequência, já que ele não salva os arquivos em um dispositivo físico. Com o backup salvo em nuvem, ele poderá ser acessado de diversos dispositivos. Em ambos os casos, eles podem ser feitos de forma manual ou automática, o que pode ser bom caso você queira escolher especificamente o que salvar, ou, caso se esqueça de fazer isso, pode contar com a automatização do recurso. Como fazer backup do WhatsApp no Google Drive Abra o WhatsApp, toque no ícone de "Três pontos" e acesse a aba de "Configurações"; Clique em "Conversa" e selecione "Backup de conversas"; Toque em "Fazer backup no Google Drive" e, na janela aberta, selecione qualquer uma das opções menos "Nunca"; Caso não tenha, toque em "Conta Google" e configure uma na qual o armazenamento será feito. Para incluir vídeos, ative essa opção; Feito isso, a plataforma irá fazer o backup das suas informações no período escolhido, a menos que tenha selecionado a opção "Apenas quando eu tocar em 'Fazer backup'"— nesse caso, você vai ter que clicar em "Fazer backup" para realizá-lo. Veja como fazer backup do WhatsApp no Google Drive (Captura de tela: Matheus Bigogno) Como fazer backup local do WhatsApp no Android Como dito anteriormente, o WhatsApp faz periodicamente o backup localmente no Android, mas você pode fazer isso manualmente, caso seja de interesse. Acesse a aba de "Configurações" do WhatsApp, toque em "Conversa" e selecione "Backup de conversas"; Clique em "Fazer backup no Google Drive" e, na janela aberta em seguida, selecione "Nunca"; Toque em "Fazer backup" e o arquivo será criado no seu celular. Veja como fazer backup local do WhatsApp no Android (Captura de tela: Matheus Bigogno) Como fazer backup do WhatsApp no iCloud (iPhone) Acesse as "Configurações" no menu inferior e toque em "Conversas"; Na aba seguinte, selecione "Backup de conversas"; Toque em "Backup automático" e selecione a periodicidade. Para incluir vídeos, ative essa opção; Caso queira, toque em "Fazer backup agora" para garantir que o conteúdo será salvo. Veja como fazer backup do WhatsApp no iPhone usando o iCloud (Captura de tela: Thiago Furquim) Como apagar esses backups se eu quiser? Sabendo onde fica o backup do WhatsApp, fica fácil apagá-lo de forma rápida e prática. Google Drive Acesse o Google Drive através do PC, clique na "Engrenagem" e selecione "Configurações"; Clique em "Gerenciar aplicativos", localize o "WhatsApp Messenger" e exclua os dados. Localmente no Android Acesse o armazenamento interno do celular, abra a pasta "WhatsApp" e toque em "Databases"; Exclua os dados manualmente. iCloud Acesse a aba de armazenamento do iCloud em seu iPhone e toque em "WhatsApp Messenger"; Toque em "Apagar dados" para excluí-los. A partir de agora você sabe como fazer backup do WhatsApp e como ele funciona. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Xiaomi 12 Ultra: esboço mostra design com grande círculo na traseira

canaltech A Xiaomi oficializou recentemente três novos dispositivos para a sua série de topos de linha, os Xiaomi 12, Xiaomi 12 Pro e também o Xiaomi 12X. Porém, muitos aguardam ansiosos por outro modelo, o chamado Xiaomi 12 Ultra, que deve ser o melhor que a marca tem pra oferecer. Agora, seu suposto design foi vazado por meio de um esboço, reforçando rumores anteriores de mudanças frente ao Mi 11 Ultra. Xiaomi Mix 5 Pro tem possível visual e especificações divulgadas Xiaomi 12 e 12 Pro em versão global passam por testes e devem chegar logo O Mi 11 Ultra tem um visual que causou certa estranheza no começo, por conta do grande módulo retangular onde ficam suas três câmeras traseiras e a sua tela secundária. Porém, tudo indica que no Xiaomi 12 Ultra a marca opte por remover esse segundo display em use um módulo circular, onde devem ficar também três câmeras. Na verdade, tratam-se de duas protuberâncias, sendo uma região retangular sobre a tampa traseira com o módulo redondo sobre ela. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Esboço indica que Xiaomi 12 Ultra terá reorganização no seu módulo de câmeras (Imagem: Reprodução/Weibo) É esperado que o conjunto de câmeras inclua a câmera principal, a ultrawide e também uma lente periscópica para zoom óptico de longo alcance. A Xiaomi teria ainda fechado uma parceria com a alemã Leica para as lentes. Na frente, o Xiaomi 12 Ultra deve adotar um furo centralizado no topo da tela para guardar a câmera frontal. Existe a possibilidade de o smartphone chegar ao mercado com outro nome, sendo conhecido também como Xiaomi Mix 5 Pro, como parte da linha mais cara de dispositivos da empresa chinesa. De qualquer modo, ainda não existe uma data para a oficialização do novo celular topo de linha, mas é esperado que ele dê as caras em algum momento no mês de março. Por isso, fique de olho aqui no Canaltech para não perder nenhuma novidade. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Nubia Red Magic 7 pode ter versão com câmera frontal sob a tela

canaltech O Nubia Red Magic 7 poderá ser o primeiro celular gamer com uma câmera posicionada abaixo do display. De acordo com o conhecido leaker Digital Chat Station, uma das versões do aparelho terá o recurso para "esconder" a lente frontal, o que deverá proporcionar uma experiência visual aprimorada nos jogos. Melhores celulares da linha Galaxy S na história Xiaomi 12 e 12 Pro em versão global passam por testes e devem chegar logo ZTE Axon 30 já traz câmera abaixo do display (Imagem: Divulgação/ZTE) Caso a informação seja confirmada, é bastante provável que a implementação do recurso contará com a experiência da ZTE, companhia "mãe" da Nubia. Portanto, o novo modelo poderá ter tecnologia semelhante aos modelos Axon 20 e Axon 30, que foram os primeiros smartphones a trazer câmera abaixo do display em celulares produzidos em massa. De acordo com certificações que já foram reveladas semanas atrás, o Nubia Red Magic 7 terá um sensor frontal de 8 MP — porém, ainda não é possível afirmar se o componente será o mesmo para todas as versões do aparelho, já que algumas manterão a câmera "tradicional" dentro de uma borda mais espessa na parte superior do painel. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Na seção traseira, o conjunto de câmeras terá sensor principal de 64 MP, e as câmeras auxiliares poderão trazer 8 MP e 2 MP. Portanto, o aparelho deverá trazer especificações bastante parecidas com a geração passada nesse aspecto. Nubia Red Magic 7 deverá ser bastante poderoso Nubia Red Magic 7 terá Snapdragon 8 Gen 1 e até 512 GB de armazenamento (Imagem: Divulgação/Nubia) Por ser um celular gamer, o Nubia Red Magic 7 deverá manter o foco nos aspectos de desempenho e tela. Documentações já mostraram que ele virá com o processador Snapdragon 8 Gen 1, em conjunto com versões que variam entre 8 GB e 16 GB de RAM (com uma possível versão de 18 GB), e entre 128 GB e 512 GB de armazenamento interno. Para otimizar a performance, o aparelho deverá ter ventiladores internos com suporte para até 20 mil RPM. O aparelho ainda terá uma tela OLED de 6,8 polegadas com resolução Full HD (2.400 x 1.080 pixels). A frequência de atualização do display ainda não foi confirmada, mas ela deve ser igual ou superior aos 165 Hz vistos no modelo antecessor. A Nubia já divulgou uma série de teasers que mostram números relacionados a especificações do Red Magic 7, como o suporte para carregamento rápido de 165 W — a bateria do celular deverá ter 4.380 mAh, divididos em duas células de 2.190 mAh. Outros possíveis recursos sugeridos pela marca incluem placas de dissipação de calor com área total de 41.279 mm², e alcance de 1.101.769 pontos no AnTuTu 9. Ainda não existe uma data oficial para o lançamento do Red Magic 7, mas a Nubia poderá apresentá-lo no mês de março caso mantenha um ciclo de 12 meses entre cada geração de seu celular gamer. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

BC procura meio-termo no endurecimento de regras bancárias para fintechs

canaltech Já faz algum tempo que bancos tradicionais e startups financeiras (fintechs) mantém uma queda de braço para que essas últimas tenham mais ou menos liberdade na atuação de mercado. Pois o Banco Central (BC) deve chegar a um meio-termo na próxima lei que aumentará exigências para instituições de pagamento, segundo o Valor. Febraban acusa Nubank de sobretaxar tarifas bancárias; fintech responde Bancos digitais são realmente seguros? De acordo com o jornal, há um entendimento que algumas fintechs cresceram rápido demais e por isso o setor deve passar por uma revisão regulatória. Por outro lado, regras muito rígidas podem reduzir a competição no setor financeiro. Portanto, fontes dizem que a demora na publicação da norma se deve à dificuldade de se chegar a uma situação boa para todos. Os grandes bancos reclamam que algumas fintechs avançaram em alguns segmentos onde eles concorrem entre si, como cartão de crédito e recebíveis, mas mesmo assim desfrutam de exigências menores. Em sua defesa, as startups dizem que, a despeito do crescimento em clientes, mesmo gigantes como Nubank e Mercado Pago ainda têm pouco capital na comparação com os bancos tradicionais por conta de seus poucos ativos. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Fintechs menores dizem que proposta do BC podem prejudicá-las (Imagem: Reprodução/jcomp/Freepik) A expectativa era pôr o assunto na pauta da reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) desta quinta-feira (27), mas com a controvérsia, é possível que o debate demore mais que o esperado. A proposta do Banco Central para fintechs Segundo a proposta da consulta pública 78, já encerrada pelo Banco Central, cada uma dessas empresas do setor se encaixaria em um dentre três novos grupos: Controlados por instituição financeira: ou seja, os grandes bancos; Controlados por instituição de pagamento e não integrados por uma instituição financeira: ou seja, a maioria das fintechs e empresas de maquininhas, como a PagSeguro, Stone e Cielo. Elas teriam a sua exigência de capital elevada de 2% até 4,5% a depender do volume de transações e ativos; Controlados por instituição de pagamento e integrados por uma instituição financeira: aqui, seria uma empresa de pagamento controlada por um grande banco. Casos como o Nubank, que hoje não se encaixam bem em nenhum dos três, precisariam de um período de transição de três anos (2022-2025) para tentar entrar no terceiro grupo. O Nubank está hoje no Segmento 4 do BC, destinado atualmente a bancos e instituições não bancárias com ativos inferiores a 0,1% do PIB. Polêmica dentro das fintechs Há ainda discordância entre as próprias fintechs, pois algumas alegam que a sugestão de nova lei do Banco Central, colocada em consulta pública no fim de 2020, prejudica as startups que não cresceram tanto assim. Neste último caso, a polêmica está no segundo grupo listado acima, de marcas controladas por instituição de pagamento e não integradas a uma instituição financeira; ou seja, dedicado às fintechs. De acordo com a reportagem do Valor, uma empresa do tipo precisará fazer uma série de cálculos para cada modalidade de pagamento oferecido aos seus clientes. Para o presidente da Associação Brasileira de Fintechs (ABFintechs), Diego Perez, a nova regra cria barreiras para a atuação das fintechs menores. “A manutenção do cálculo atual, no nosso entender, já seria suficiente para uma fintech que não tem instituição financeira no conglomerado, que aí sim pode oferecer risco sistêmico”, afirmou ao jornal. Resta saber se o Banco Central vai conseguir resolver toda essa polêmica. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Philips lança monitor com hub USB-C e porta Ethernet integrada

canaltech Com o objetivo de acabar com a bagunça dos fios atrás do monitor, a Philips apresentou o novo display 243S1. O produto se destaca pela possibilidade de utilização como um hub USB para conexão de diversos dispositivos via cabo, além de ter entrada RJ45 Ethernet para conexões cabeadas. Philips apresenta novas caixas de som portáteis com até 80 W Patente revela Galaxy dobrável em “Z” com slot inteligente para S Pen Monitor tem grande diversidade de entradas (Imagem: Divulgação/Philips) De acordo com as especificações divulgadas pela companhia, o monitor Philips 243S1 traz portas HDMI 1.4 e DisplayPort 1.2 para transferência de dados de imagem. Porém, o destaque vai para a entrada USB-C 3.2 Gen2 upstream, que ainda traz suporte para tecnologia Power Delivery de carregamento a até 65 W — o produto ainda traz quatro USB-A 3.2 downstream. Enquanto isso, a entrada RJ45 traz suporte para Ethernet Gigabit e Wake on LAN, recurso que permite a ativação remota de dispositivos por mensagem de rede. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- No mais, o monitor traz características bastante razoáveis. Ele tem tela de 23,8 polegadas com resolução Full HD (1.920 x 1.080 pixels) e taxa de contraste típica de 1.000:1, com um modo SmartContrast que altera esse valor para 50.000.000:1. O painel ainda tem tecnologia IPS com redução de reflexos, cobertura de 107% da gama de cores sRGB e 91% da NTSC. Porém, o Philips 243S1 não está entre os monitores mais rápidos do mercado, com suporte para taxa de atualização de 75 Hz e tempo de resposta de 4 ms — portanto, ele pode ser considerado um produto mais voltado para a produtividade do que para jogos. O brilho máximo do painel é de 250 nits. A tela ainda é oferecida com um suporte SmartErgo, que traz vários ajustes posicionais para evitar desconfortos mesmo após longas horas de trabalho, de acordo com o que é afirmado pela marca. É possível fazer inclinações entre -5 e 25 graus, giros de até 180 graus na base e 90 graus no monitor, o que permite a utilização em modo retrato. Suporte SmartErgo permite vários ajustes (Imagem: Divulgação/Philips) Para evitar problemas oculares, o Philips 243S1 ainda traz certificações TÜV Rheiland contra cansaço visual, modo LowBlue para baixa exposição à luz azul, Flicker-Free que reduz tremulações de luz e EasyRead para leituras mais agradáveis. Preço e disponibilidade O Philips 243S1 estará disponível ainda em janeiro no mercado internacional, pelo valor sugerido de 329 euros (cerca de R$ 1.988 em conversão direta). Não existem informações sobre a chegada do monitor ao Brasil. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Elon Musk confirma adiamento da Cybertruck para 2023

canaltech A expectativa em torno do lançamento da Cybertruck, picape elétrica da Tesla, e do novo Roadster seguirá mexendo com a cabeça dos fãs da marca por mais alguns meses. É que Elon Musk, CEO da montadora de carros elétricos e autônomos, confirmou que ambos os modelos não serão lançados em 2022 como foi especulado anteriormente. Novo vídeo revela (quase) tudo da Cybertruck Tesla bateu recorde de produção em 2021 Durante a apresentação dos resultados financeiros do 4º trimestre de 2021, o executivo explicou que a introdução dos dois carros terá de ser empurrada para mais adiante devido à interminável crise de abastecimento de semicondutores e demais insumos. É justamente por isso que a Tesla vai priorizar a produção da linha atual e, assim, cumprir com o compromisso de entregas aos clientes. Apenas posteriormente é que a companhia vai iniciar a fabricação da Cybertruck e do Roadster. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- “Você pode fazer algo infinitamente desejável, mas se não for acessível, isso restringirá a capacidade das pessoas de comprá-lo”, resumiu o CEO, que recentemente publicou no Twitter ter testado o protótipo da Cybertruck na fábrica do Texas e adorado a experiência. "Foi incrível", afirmou. Tesla Cybertruck começará a ser produzida em 2023, segundo Elon Musk (Imagem: Reprodução/Tesla Owners Club) Quando a Tesla Cybertruck começará a ser produzida? Com isso, a Tesla confirmou o que vinha cogitando fazer há algum tempo e, de fato, adiou o início da produção da Cybertruck para 2023. Musk também quer verificar a necessidade de expandir as fábricas em Austin, Texas e Berlim para dar conta da produção anual, que deve girar em torno de 250 mil unidades da Cybertruck. A picape elétrica será apresentada ao mercado em três versões, com potência, autonomia e tracionamento distintos: Motor único, tração traseira e autonomia de 400km: US$ 39.900 (R$ 215,5 mil); Motor duplo, tração integral e autonomia de 480km: US$ 49.900 (R$ 269,5 mil); Motor triplo, tração integral e autonomia de 800km: US$ 69.900 (R$ 377,6 mil). O Tesla Roadster, outro modelo bastante esperado pelos consumidores, segundo levantamento do Google, também teve a produção adiada para 2023. Porém, diferentemente da Cybertruck, o modelo será uma versão totalmente repaginado e com novas tecnologias. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Últimos dias

GitHub agora conta com autenticação em 2 fatores no Android e iOS

canaltech Usuários do aplicativo mobile do GitHub agora podem utilizar a autenticação de dois fatores no programa. A novidade foi lançada na última terça-feira (23), e tem como objetivo aumentar a segurança dos desenvolvedores cadastrados na plataforma. Apple lança atualização de segurança para correção de falhas de dia zero O que é exploit? A autenticação de dois fatores no app GitHub Mobile faz com que, toda vez que um usuário da plataforma tente logar em sua conta em qualquer dispositivo, seja computador ou tablet, um alerta seja enviado para o celular onde o programa está instalado. Tela exibida quando a autenticação de dois fatores do GitHub Mobile é utilizada. (Imagem: Divulgação/GitHub) Ao clicar na notificação, o usuário terá acesso ao código de autenticação, que após digitado no local em que o login foi solicitado, permitirá acesso à conta. A novidade já está disponível para todos os usuários do aplicativo GitHub Mobile, tanto no iOS quanto no Android. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- O aplicativo GitHub Mobile A revisão de código no GitHub Mobile. (Imagem: Divulgação/GitHub) Embora a novidade no GitHub Mobile seja focada em segurança, o aplicativo conta com várias outras funções, servindo principalmente como uma forma otimizada de acessar as discussões em repositórios da plataforma em smartphones e de revisar códigos sem precisar do computador. Com a adição da autenticação de dois fatores através do app, ele se torna uma peça fundamental do sistema da plataforma, sendo recomendado como uma medida importante de segurança para desenvolvedores cadastrados no GitHub. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Como funciona o modo infantil do Globoplay

canaltech O Globoplay, assim como outros serviços online, disponibiliza um modo infantil para que responsáveis por menores de idade possam controlar o que as crianças assistem. Com isso, diminuem as chances dos usuários mirins acessarem conteúdos indevidos. Como mudar a senha do Globoplay Como alterar forma de pagamento do Globoplay A seguir, reunimos as principais dúvidas sobre o recurso para você conhecer melhor como funciona o modo infantil do Globoplay e como ativá-lo em seu perfil. A opção está disponível no computador, celulares Android e iOS (iPhone), tablets, e outros dispositivos. O que é e como funciona o modo infantil no Globoplay O modo infantil do Globoplay é uma funcionalidade voltada exclusivamente para a navegação das crianças na plataforma. O recurso funciona separado da Categoria Infantil do Globoplay, que por sua vez agrupa títulos específicos desse público, mas sem restringir o acesso aos demais programas do serviço de streaming. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Uma vez ativado, o modo infantil libera um número limitado de canais de conteúdos, além de bloquear funções consideradas sensíveis. Não é possível fazer pesquisas pela função “Busca”, nem baixar atrações para assistir offline. Também não é permitido adicionar programas na seção “Minha Lista” ou compartilhar conteúdos fora do Globoplay. Como funciona o modo infantil do Globplay: interface bloqueia conteúdos sensíveis para as crianças (Captura de tela: Caio Carvalho) Outra característica é que o modo infantil do Globoplay só está disponível para assinantes. Quem tiver adquirido o plano Globoplay + canais ao vivo ainda tem acesso aos canais do Gloob e Gloobinho transmitidos em tempo real. Quais dispositivos são compatíveis com o modo infantil? O modo infantil do Globoplay pode ser acessado pelo site da plataforma em navegadores web, por smartphones e tablets com sistema operacional Android ou iOS, Claro Box, Apple TV e Android TV, e Smart TVs da LG, Panasonic, Philips, Samsung, Sony e TCL. Como ativar e desativar o modo infantil do Globoplay Para acessar ou sair do modo infantil do Globoplay, basta seguir os passos a seguir, de acordo com o dispositivo de sua preferência. Site ou aplicativo para celular Faça login na sua conta Globo; No canto superior direito, acesse seu perfil; Selecione “Entrar no Modo Infantil”, logo abaixo do seu nome e e-mail, para entrar no recurso que limita as funções do Globoplay para crianças; Para desativar o modo infantil, acesse novamente seu perfil no canto superior direito e vá em “Sair do Modo Infantil”. Como ativar o modo infantil do Globoplay: função fica no perfil de usuário (Captura de tela: Caio Carvalho) Smart TV Entre com seu login e senha do Globoplay; Vá no botão “Modo Infantil” para limitar os conteúdos. Fica bem abaixo dos perfis cadastrados no serviço; Se quiser desativar o modo infantil, abra o menu no canto superior direito da tela e selecione “Sair do Modo Infantil”. Android TV e Apple TV Entre na sua conta Globo usando login e senha; Na página principal do Globoplay, acesse “Menu”, no canto esquerdo da tela; Selecione “Entrar no Modo Infantil”, para ativar a restrição de conteúdo para crianças; Quando quiser desativar o modo infantil, acesse novamente o menu no canto esquerdo da tela e vá em “Sair do Modo Infantil”. Pronto. Agora que você sabe usar o modo infantil do Globoplay, ficou mais fácil controlar o que seus filhos pequenos estão assistindo pela plataforma de streaming da Globo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora Veja Mais

Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos

canaltech Já parou para se perguntar como o nosso cérebro consegue processar todas as informações coletadas pelos nossos olhos? De acordo com um estudo norte-americano, nossa visão é uma como se fosse uma média do que os olhos capturaram nos últimos 15 segundos, com maior destaque para o passado recente. Seu cérebro está se devorando neste exato momento; entenda o efeito fagocitose Estudo descobre o que causa névoa cerebral na covid longa Sem essa estratégia, seria impossível lidar com todas as informações visuais captadas pelos olhos, nas quais podem existir milhares de formas, cores e movimentos. Isso sem contar as oscilações de luz, os diferentes pontos de vista e os momentos em que piscamos. Talvez, sem esse truque, o cérebro apenas enxergasse uma gravação feita enquanto o celular despenca da sua mão, ou seja, inúmeros borrões e sem nenhuma nitidez. Cérebro usa imagens dos últimos 15 segundos para formar a visão humana (Imagem: Reprodução/Idimair/Envato) Publicado na Revista Science Advances, o estudo sobre o atraso no processamento das imagens do cérebro foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. A conclusão dos autores é que este é um mecanismo de estabilidade ilusória, em que o cérebro suaviza a entrada de novos elementos e garante melhor nitidez. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Afinal, como o cérebro funciona? "Em vez de analisar cada instantâneo visual, percebemos em um determinado momento uma média do que vimos nos últimos 15 segundos. Então, ao reunir objetos para parecerem mais semelhantes entre si, nosso cérebro nos engana para perceber um ambiente estável. Viver 'no passado' pode explicar por que não notamos mudanças sutis que ocorrem ao longo do tempo", afirmam os autores do estudo, Mauro Manassi e David Whitney, em artigo no site The Conversation. De acordo com os pesquisadores, caso o cérebro fosse atualizado em tempo real, o mundo deveria parecer um lugar caótico, repleto de oscilações de luz, sombra e movimentos. "Sentiríamos como se estivéssemos alucinando o tempo todo", detalham. Instabilidade e estabilidade visual Para traçar um paralelo, imagine uma câmera fotográfica com a lente sempre no zoom máximo enquanto você tenta enquadrar uma imagem para fazer uma foto. Sem a ajuda de um tripé e de um estabilizador óptico de imagem, fica praticamente impossível capturar a imagem sem borrões. É algo próximo do que acontece com nossa visão e o processamento feito pelo cérebro. O vídeo abaixo ajuda a entender melhor:   Entenda os 15 segundos Para comprovar a existência do conceito da estabilidade ilusória, os pesquisadores produziram um vídeo, em inglês, capaz de demonstrar como o cérebro funciona. Inclusive, vale assistir antes de seguir no texto:   Para entender: na primeira parte do vídeo, dois rostos com a mesma idade aparecem, mas o direito logo é coberto por uma cortina vermelha. Em seguida, o rosto do lado esquerdo envelhece lentamente por 30 segundos, só que é muito difícil perceber estas mudanças. Nos 36 segundos, quando o outro rosto aparece com a idade inicial, é muito mais simples entender a mudança. Para testar a ilusão, os pesquisadores recrutaram 136 voluntários. Estas pessoas assistiram a diferentes vídeos de 30 segundos, onde o rosto de uma pessoa envelhecia ou rejuvenescia. "Quando solicitados a dizer a idade do rosto no final do vídeo, os participantes relataram quase consistentemente a idade do rosto que foi apresentado 15 segundos antes", contam os autores. Para os cientistas, o experimento ajuda a provar que o cérebro não enxerga em tempo real, mas que nós enxergamos versões mais complexas do que acontece ao nosso redor, com uma média de 15 segundos de atraso. É esse fenômeno que garante, por exemplo, a estabilidade da percepção. Pode parecer estranho que o cérebro se apegue ao passado, mas nem tanto, já que ele é uma fonte segura de informações recentes e é um bom preditor do presente. "Basicamente, reciclamos informações do passado, porque é mais eficiente, mais rápido e menos trabalhoso", resumem os autores. De acordo com os pesquisadores, essa construção mais demorada do que enxergamos ajuda a termos uma melhor experiência enquanto assistimos a um filme ou uma série. Na frente da tela, "não percebemos mudanças sutis que ocorrem ao longo do tempo, como a diferença entre atores e seus dublês", completam. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Veja Mais

Twist: conheça a linguagem de programação para computadores quânticos

canaltech Computadores quânticos ainda estão distantes de serem uma realidade viável, mas nem por isso estudos e métodos sobre o assunto não estão sendo desenvolvidos. Um destaque recente desse setor foi o começo da criação de uma linguagem de programação voltada para estes sistemas. Cientistas dão passo importante na criação de avatares mais realistas Pontos quânticos aumentam a eficiência de painéis solares de perovskita Desenvolvida por cientistas do MIT, a linguagem de programação Twist tem como foco a computação quântica, sendo capaz de descrever e verificar todos os dados que estejam sendo utilizados e emaranhados em programas quânticos. Emaranhamento em computação quântico significa partículas ou dados que estão conectadas e, com isso, compartilham seus estados físicos, independente da distância que a separam. Isso é importante para a análise e execução de programas nesses sistemas, já que o descarte de uma pode atrapalhar outra. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- A Twist, então se destaca justamente por conseguir verificar e apresentar de forma visível essas conexões e correlações, permitindo aos desenvolvedores mais noção sobre o espaço que estão tentando utilizar para a criação de aplicações nos sistemas quânticos. Como a linguagem de programação Twist funciona Linguagem de programação Twist foi desenvolvida para computadores quânticos. (Imagem: Reprodução/Kai Fu/Wu Lab/Princeton University) Para criar a Twist, os cientistas do MIT utilizam um conceito chamado Purity, que identifica a ausência de dados emaranhados e os resultados de suas verificações em informações e programas mais intuitivos. A linguagem, que é compatível com algoritmos quânticos populares no mundo acadêmico, também é capaz de modificar a apresentação de programas desenvolvidos nesses ambientes para que falhas sejam mais facilmente encontradas por humanos. Por fim, ela também pode rejeitar programas que considerar com muitas vulnerabilidades. Os criadores da Twist esperam utilizá-la para a criação de linguagens de programação mais complexas para computadores quânticos no futuro, encarando ela como um passo na direção do desenvolvimento dessas tecnologias — e também apresentando uma melhor compreensão para os humanos dessas máquinas ainda tão complexas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Veja Mais

Há cerca de 300 mil meteoritos ainda não encontrados na Antártida

canaltech Pode haver centenas de milhares de meteoritos na Antártida. Sozinho, o continente parece conter mais de 600 regiões potencialmente ricas em rochas espaciais, sendo que várias delas ainda não foram exploradas. Essa é a conclusão de um novo estudo, em que pesquisadores usaram uma inteligência artificial (IA) para analisar a superfície da Antártida para, assim, tentar identificar as zonas com maiores chances de conter meteoritos. Qual a diferença entre meteoro, meteorito, meteoroide, asteroide e cometa? 3º maior meteorito do Brasil é comprado pela UFRJ e será exposto em museu A maior parte dos meteoritos recuperados na Terra são encontrados na Antártida, continente com condições frias e secas o suficiente para ajudar a preservar estas rochas espaciais. Ao cair por lá, os meteoritos costumam pousar em regiões cobertas por neve, que se acumula com o tempo. Chega um momento em que a neve acumulada se transforma em gelo, retendo as rochas no interior de lençóis congelados que correm para as margens do continente. Meteorito Allan Hills 84001, encontrado na Antártida em 1984 (Imagem: Domínio público) Dentre os meteoritos presos no gelo, a maioria deles acaba indo para o oceano. Alguns deles chegam à superfície dos lençóis, nas chamadas áreas de “gelo azul”, que ficam com esta cor graças à ação do vento e de outros fatores. Inclusive, quase todos os meteoritos já encontrados na Antártida estavam em áreas de gelo azul. Como essas descobertas ocorreram através de uma mistura de sorte e expedições com altos custos, os autores do estudo desenvolveram uma nova estratégia. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Possíveis localizações dos meteoritos na Antártida No estudo, eles utilizaram um software de inteligência artificial para analisar dados da superfície da Antártida em busca de regiões com chances altas de conter meteoritos, com base nas similaridades com aquelas onde as rochas já foram encontradas em outros momentos. Como resultado, o programa mostrou, com alta precisão, quase 83% das zonas ricas em meteoritos já identificadas. Além disso, a IA mostrou mais de 600 zonas potencialmente ricas em meteoritos, incluindo várias que ainda não foram exploradas. Destas, algumas estão relativamente próximas de estações de pesquisa no continente. “Ao visitar estas localidades e usar novas técnicas de recuperação, como levantamentos com drones, estamos prestes a entrar em uma nova era das missões de recuperação de meteoritos na Antártida”, explicou Veronica Tollenaar, principal autora do novo estudo. Mapa com localizações potencialmente ricas em meteoritos, produzido com a inteligência artificial (Imagem: Reprodução/Veronica Tollenaar) As descobertas sugerem que mais dos 45 mil meteoritos já recuperados na Antártida representam, no máximo, 13% da quantidade existente por lá. “Nossos cálculos sugerem que mais de 300 mil meteoritos ainda estão na superfície de um lençol de gelo”, disse Tollenaar. Vale lembrar que a IA não é 100% precisa e pode levar os pesquisadores a explorarem uma área promissora, mas vazia. Mesmo assim, a autora considera que, caso isso aconteça, os dados podem ajudar a refinar o programa para torná-lo mais eficiente no futuro. O artigo com os resultados do estudo foi publicado na revista Science Advances. Você também pode explorar os resultados da pesquisa em um site interativo, clicando aqui. Ele inclui também o acesso a um “mapa do tesouro”, com indicações de lugares que possam ter meteoritos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Veja Mais

Genshin Impact: como obter as recompensas do evento Cores Efêmeras Voadoras

canaltech Genshin Impact deu início ao grande evento da atualização 2.4, chamado Cores Efêmeras Voadoras, que comemora o retorno do Festival das Lanternas de Liyue. Na ocasião, os jogadores do game da miHoYo podem resgatar gratuitamente algumas recompensas ao entrar no jogo e também ao cumprir as missões do evento. Genshin Impact: 5 dicas para começar a jogar Os melhores personagens de Genshin Impact Como obter as recompensas gratuitas de Cores Efêmeras Voadoras Você pode ganhar 10 desejos no banner principal entrando no jogo. (Imagem: Captura de Tela/Igor Pontes/Canaltech) Na parte de eventos do game, o jogador encontrará a aba "Que a Fortuna lhe Encontre", onde estão os itens para serem resgatados. Em total acumulativo, o jogador pode receber 10 Destinos Entrelaçados para realizar Desejos nos Banners de Zhongli, Ganyu e no Banner de Armas. Além da possibilidade de ganhar Desejos extras para conseguir o personagem de 5 estrelas desejado, os jogadores vão receber 80 mil Mora, 18 Minérios de Refinamento e 8 EXP do Herói. Você tem até o dia 6 de fevereiro para entrar no jogo e receber as recompensas gratuitamente. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- A Skin da personagem Ningguang ficará disponível após completar requisitos do evento. (Imagem: Captura de Tela/Igor Pontes/Canaltech) Outra novidade do evento é o visual "Vestido de Noite Orquídea" de Ningguang. A skin pode ser desbloqueada após cumprir as três condições necessárias: Obter 2.400 Talismãs da Afluência; Obter 2.200 Talismãs Imaculados; Obter 1.800 Talismãs da Conquista. Além da possibilidade de conseguir o visual da chefe da Câmara de Jade, os jogadores poderão recrutar um personagem de 4 estrelas de Liyue para seu time. Para isso, é necessário conseguir 1.000 Talismãs da Afluência e 1.000 Talismãs da Conquista. Jogadores poderão escolher um personagem novo ou uma Constelação dos personagens de Liyue. (Imagem: Captura de Tela/Igor Pontes/Canaltech) Os personagens disponíveis são: Xiangling, Beidou, Xinqiu, Ningguang, Chongyun, Xinyan, Yun Jin e Yanfei. Você só poderá adquirir um deles durante o evento. Todas essas variações de Talismãs podem ser obtidas ao completar as atividades do Cores Efêmeras Voadoras. Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! Genshin Impact está disponível para PlayStation 4, PlayStation 5, dispositivos Android e iOS e PC. Uma versão para Nintendo Switch está em desenvolvimento. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Como usar o WhatsApp Business | Guia Prático

canaltech WhatsApp Business é a versão do popular mensageiro voltada para empresas, com foco especial nas de pequeno e médio porte. A ideia é que, ao usá-lo, os donos de negócios possam se comunicar mais facilmente com os clientes. WhatsApp Business: como mudar sua conta pessoal para comercial Oito perguntas sobre: integrar o WhatsApp Business no sistema da sua empresa O aplicativo ainda permite a criação de uma vitrine para exibição de produtos, aplicar rótulos para organizar contatos ou conversas, programar mensagens automáticas, entre outros recursos. O Canaltech preparou um guia prático de como usar o WhatsApp Business, além de destacar as funções que não estão disponíveis no WhatsApp tradicional. O que é e como funciona o WhatsApp Business O WhatsApp Business é uma ferramenta gratuita criada pelo próprio WhatsApp e que pode ser usada no Android, iPhone (iOS) ou navegador web. É um aplicativo separado do app clássico do mensageiro, sendo que as contas usadas em cada serviço não se misturam. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- A diferença, como sugere o nome em inglês, é que o WhatsApp Business é inteiramente voltado para negócios, mais especificamente em micro e pequenas empresas que visam facilitar a interação com o público. Por conta disso, o número de funcionalidades é maior e melhor organizado, uma vez que um dos objetivos da ferramenta é otimizar seu uso. Como funciona o WhatsApp Business: ferramenta traz recursos comerciais para pequenas empresas (Imagem: Divulgação/WhatsApp) Quais as diferenças entre WhatsApp e WhatsApp Business Olhando à primeira vista, os dois aplicativos aparentam ser idênticos. A interface é a mesma no WhatsApp convencional e no WhatsApp Business, com a lista de contatos mais recentes aparecendo na primeira página. As conversas, visualmente falando, também não são muito diferentes, e do lado do cliente é como se ele estivesse conversando com algum usuário. Entretanto, é só no WhatsApp Business que o dono do negócio tem acesso a inúmeros recursos de comunicação entre sua empresa e o público. Um dos mais conhecidos são as respostas automáticas, que disparam uma mensagem pré-configurada sempre que o cliente entrar em contato com a companhia pela primeira vez. Outra distinção é que alguns perfis do WhatsApp Business podem ter um selo de verificação bem ao lado do nome da conta, indicando que se trata de um perfil comercial. O administrador ainda pode inserir mais informações, como endereço, ramo de atuação, site e e-mail, o que ajuda a aumentar a autenticidade da conta de negócios. Como baixar o WhatsApp Business O aplicativo do WhatsApp Business pode ser baixado no Android ou iPhone (iOS). Para ajudar a diferenciar do WhatsApp tradicional, há um “B" na versão Business, então não tem como errar. Abra a Google Play Store ou App Store; Procure por “whatsapp business” (sem aspas); Toque em “Instalar” (Android) ou “Obter" (iPhone); Aguarde a conclusão do download e abra o aplicativo. Ele ficará como “WA Business” no celular.   Como usar o WhatsApp Business A configuração inicial do WhatsApp Business é bem parecida ao que você encontra no WhatsApp “doméstico”. Você informa um número de celular, valida o número por meio de um código enviado por SMS e pronto. Depois, basta personalizar seu perfil. Contudo, fique atento ao celular digitado no momento do cadastro. Se esse número já estiver vinculado no seu WhatsApp pessoal, todas as suas conversas serão transferidas para o WhatsApp Business. Inclusive, as outras pessoas serão avisadas que você trocou de uma conta pessoal para comercial. É possível usar os dois aplicativos, WhatsApp e WhatsApp Business, em um mesmo celular. Porém, você precisa ter dois números de telefone diferentes, pois não é permitido vincular um mesmo número em ambos os apps ao mesmo tempo. Como ter dois WhatsApp no mesmo celular Recursos do WhatsApp Business Todas as funcionalidades do WhatsApp Business são gratuitas, o que significa que a empresa que controla o aplicativo não cobra nada a mais dos micro e pequenos negócios para usar a ferramenta comercial. Veja a seguir os principais recursos da plataforma. Perfil comercial O perfil empresarial do WhatsApp Business permite incluir muito mais informações do que uma conta do WhatsApp tradicional. Isso inclui o nome da sua empresa, horários de funcionamento, endereço (físico e/ou virtual), segmento de atuação e uma breve descrição do que se trata seu negócio. Quanto mais atualizados estiverem esses dados, melhor para os clientes. Perfil comercial no WhatsApp Business (Imagem: Divulgação/WhatsApp) Respostas rápidas Sabe quando você pergunta alguma coisa no chat online de uma empresa e a resposta vem no mesmo instante? Essa também é uma função do WhatsApp Business, que pode configurar respostas rápidas para perguntas comuns feitas pelos clientes. É só criar uma resposta rápida nas configurações da sua conta e usar o comando “/“ para escolher qual enviar. Respostas rápidas no WhatsApp Business (Imagem: Divulgação/WhatsApp) Mensagens automáticas Ainda no quesito mensagens, o WhatsApp Business tem um outro recurso parecido com as respostas rápidas, mas que funciona mais como um bot automatizado. São as mensagens automáticas enviadas assim que um cliente envia uma palavra ou frase específicas, ativando o texto pré-definido. Como colocar mensagem automática no WhatsApp Pode ser uma mensagem de boas-vindas, preços dos produtos, formas de pagamento ou um aviso de ausência. Se quiser, também adicione emojis nas suas mensagens, assim diminui a sensação que o público está falando com um robô. Rótulos (etiquetas) Por lidar com um número maior de pessoas, uma das funções do WhatsApp Business pensadas na organização do aplicativo são os Rótulos. Também chamados de Etiquetas, eles servem para você catalogar as conversas de acordo com suas preferências. Por exemplo, você pode listar as mensagens de acordo com o status da negociação ou prioridade do atendimento. O próprio WhatsApp Business facilita esse trabalho e disponibiliza alguns rótulos padrões. Contudo, você pode personalizar as etiquetas da forma que quiser. Recurso de rótulos (etiquetas) no WhatsApp Business (Imagem: Divulgação/WhatsApp) Catálogo de produtos Para evitar que o cliente acesse links externos, você também pode criar um catálogo de produtos ou serviços oferecidos pela sua empresa que fica disponível direto no WhatsApp Business. Os produtos podem ter descrição e preço, e tudo pode ser compartilhado com o público pelo botão de enviar arquivos. Catálogo de produtos no WhatsApp Business (Imagem: Divulgação/WhatsApp) Link curto Como o próprio nome sugere, um link curto no WhatsApp Business tem por objetivo facilitar o contato entre os clientes e sua empresa pelo aplicativo de mensagens. O link é gerado automaticamente assim que você cria um perfil comercial na plataforma. Dessa forma, você pode compartilhar um link para que as pessoas iniciem uma conversa direta no app. Função de link curto no WhatsApp Business (Imagem: Divulgação/WhatsApp) Lista de transmissão Você também pode enviar uma mensagem para várias pessoas simultaneamente no WhatsApp Business através de uma lista de transmissão. O recurso pode ajudar em casos que você queira fazer a divulgação de ofertas e promoções, ou sobre a chegada de novos produtos. No entanto, essa função precisa ser usada com muita cautela, já que o aplicativo consegue detectar spams que possam estar atrapalhando os demais usuários. Estatísticas Por fim, o WhatsApp Business fornece estatísticas e análises sobre o alcance e engajamento do seu negócio com os clientes. Mais especificamente, é possível visualizar quantas mensagens foram enviadas pelo seu perfil e quantas delas foram entregues e lidas pelos usuários. Dúvidas sobre o WhatsApp Business A seguir, veja algumas dúvidas comuns sobre o WhatsApp Business. Posso usar um telefone fixo no WhatsApp Business? Sim. No momento em que você estiver fazendo sua inscrição no aplicativo e chegar na tela de validação do número de telefone, selecione a opção de ligação em vez de envio de SMS. Nesse momento, informe o telefone fixo. Como consigo o selo de verificado do WhatsApp Business? Todas as contas no WhatsApp Business trazem a etiqueta “Conta comercial” no perfil. Por outro lado, somente marcas mais conhecidas possuem um selo verde de verificado ao lado do nome do perfil na plataforma. Além disso, o WhatsApp não informa quais os critérios para verificar uma conta comercial. Posso usar o WhatsApp Business na web? Sim. Mas alguns recursos, como as etiquetas, estatísticas ou modificar respostas rápidas e mensagens automáticas, só estão disponíveis no aplicativo de celular. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

OnePlus Nord 2T tem especificações vazadas com Dimensity 1300

canaltech A OnePlus deve anunciar mais um dispositivo da família Nord em breve, com a chegada do suposto Nord 2T. O modelo deve ter características intermediárias e contar com algumas melhorias interessantes quando comparado com o Nord 2. OnePlus 10 Ultra pode ser o flagship definitivo da marca para 2022 OnePlus 10R será lançado mais tarde que previsto com chip Dimensity 9000 As informações vêm do site Digit em parceria com o informante Steve Hemmerstoffer (@OnLeaks no Twitter), que conta com alta precisão. Aparentemente, o novo celular da OnePlus vai ter características interessantes para o nicho intermediário, com uma velocidade de carregamento mais rápida, câmera traseira tripla e processador Dimensity 1300 da MediaTek. To celebrate my 45th Birthday, I wanted to share a little something with you today...???? #FutureSquad Here comes the #OnePlusNord2T specs sheet!On behalf of @digitindia -> https://t.co/Ld5TbkdGfI pic.twitter.com/M32fFH35MX -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- — Steve H.McFly (@OnLeaks) January 26, 2022 De acordo com o site, o OnePlus Nord 2T deve trazer uma tela de tecnologia AMOLED de 6,43 polegadas com resolução Full HD+ e suporte para taxa de atualização de 90 Hz. Na parte de performance, ele deve ter um pequeno upgrade, saltando do MediaTek Dimensity 1200 por um Dimensity 1300, com 6 GB, 8 GB ou 12 GB de memória RAM, e sendo ofertado com 128 GB ou 256 GB de espaço para armazenamento interno. O dispositivo deve executar o Android 12 sob a interface OxygenOS 12. Em câmeras, é esperado que o OnePlus Nord 2T traga um conjunto triplo na traseira, sendo um sensor principal de 50 MP, uma ultrawide de 8 MP e uma monocromática de 2 MP, enquanto na frente, para as selfies, a OnePlus adicionaria um sensor de 32 MP. Por fim, uma das principais novidades é a bateria de 4.500 mAh com suporte a carregamento de 80 watts, em vez dos 65 watts do Nord 2. Infelizmente, ainda não existe uma data para a apresentação do Nord 2T, mas é esperado que a OnePlus apresente um modelo da família em fevereiro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

AMD Ryzen 5 6600H mostra desempenho de 5600X em teste vazado

canaltech Um novo teste encontrado no banco de dados do Geekbench mostra que o Ryzen 5 6600H, novo processador intermediário da AMD para notebooks, deve apresentar enorme evolução em comparação ao antecessor, o Ryzen 5 5600H, oferecendo performance até 47% superior. A solução promete ainda ser bastante competitiva frente aos rivais Intel Alder Lake-H, podendo ser uma forte candidata a melhor custo-benefício. GPU Intel The Alchemist para notebooks tem detalhes de 5 modelos vazados Navi 24 da RX 6500 XT foi projetada para notebooks, aponta funcionário da AMD Ryzen 5 6600H mostra desempenho de 5600X em teste Membro da família Ryzen 6000H "Rembrandt", o Ryzen 5 6600H é equipado com 6 núcleos e 12 threads baseados na nova microarquitetura Zen 3+, versão turbinada da Zen 3 original com fabricação em 6 nm, rodando a até 4,5 GHz. A CPU oferece 16 MB de cache L3, tem consumo base estipulado em 45 W e traz como maior destaque a nova GPU integrada Radeon 660M. O chip gráfico é baseado na microarquitetura RDNA 2, mesma presente nas placas Radeon RX 6000 e nos consoles da nova geração, e conta com 6 Unidades Computacionais (CUs), 384 núcleos com clocks de até 1.900MHz e 6 Ray Accelerators, trazendo assim suporte a Ray Tracing. Nos testes, o foco é a CPU, que mostrou resultados respeitáveis, com 1.472 pontos para single-core e 8.054 pontos para multi-core. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Equipado em um notebook desconhecido da Lenovo, o Ryzen 5 6600H mostra evolução de até 47% frente ao 5600H (Imagem: Reprodução/WCCFTech) Os números mostram enorme evolução frente ao Ryzen 5 5600H, que atinge em média 1.244 pontos em single-core e 5.497 pontos em multi-core — o chip da nova geração é 18% superior ao utilizar um único núcleo, e impressionantes 47% mais potente com todos os núcleos. O salto é expressivo o suficiente para que o Ryzen 5 6600H seja praticamente equivalente a um Ryzen 5 5600X, irmão intermediário para desktops. A solução marca 1.615 pontos em single-core e 8.146 pontos em multi-core, superando o 6600H em apenas 10% e 1%, respectivamente. Mesmo comparado ao equivalente da Intel para a categoria, o novo Core i5 12500H, o representante da família Rembrandt ainda impressiona. Chip pode ser campeão de custo-benefício O lançamento também apresenta bons resultados quando comparado a testes vazados do Core i5 12500H, chip intermediário da família Alder Lake-H. O processador da Intel se destaca pela arquitetura híbrida, contando com 12 núcleos e 16 threads, sendo 4 P-Cores munidos de Hyper-Threading a 4,5 GHz e 8 E-Cores rodando a 3,3 GHz, apoiados por 18 MB de cache. O novo Ryzen perde para o Core i5 12500H, mas tem preço e consumo como possíveis trunfos (Imagem: Reprodução/Geekbench) A solução do time azul marca em média 1.519 pontos em single-core e 10.332 pontos em multi-core, sendo 5% e 22% mais veloz que o Ryzen 5 6600H, respectivamente. Ainda que pareça muito, a margem é significativamente menor que a vista nos comparativos de testes vazados entre o Ryzen 9 6900HX e o Core i9 12900H, indicando que a competição no segmento intermediário deve ser mais acirrada. Soma-se a isso algumas das vantagens que a plataforma da AMD deve apresentar, como menor consumo energético, preços mais baixos e a GPU integrada mais poderosa. Os primeiros notebooks equipados com os novos chips de AMD e Intel estão previstos para estrear no início de fevereiro, e reviews e comparativos mais completos devem ser divulgados nos próximos dias. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Mais de 3,3 milhões de aparelhos são retirados do mercado pela Anatel

canaltech Mais de 3,3 milhões de equipamentos irregulares foram retirados do mercado em 2021 pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Desde 2018, quando a agência criou o Plano de Ação de Combate à Pirataria (PACP), foram apreendidos, lacrados ou retidos 4,2 milhões de produtos de telecomunicações. Varejistas brasileiras começam a barrar produtos sem registro na Anatel Mercado Livre pode ser multado por ter celulares sem homologação à venda Esses dados estão disponíveis no Dashboard PACP, que concentra os resultados das ações contra pirataria desenvolvidas pela Anatel. O valor estimado dos dispositivos é de R$ 475,8 milhões e, do total de produtos, 2,9 milhões estavam em portos, aeroportos, centros de distribuição dos Correios e couriers. Dos artigos retirados do mercado, pouco mais de 1 milhão eram de radiação restrita, como fones de ouvido, teclados sem fio, caixas de som, relógios inteligentes, mouse sem fio e microfones. Depois deles, vêm os carregadores de bateria (951 mil) e a TV Boxes (805 mil). -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Itens irregulares foram retirados do mercado pela Anatel (Imagem: Montagem/Canaltech) Criado em 2018, o PACP busca fortalecer a atuação da Anatel no combate à comercialização e ao uso de aparelhos sem homologação. O dashboard foi atualizado com os dados referentes a 2018 e 2019. Anteriormente, estavam disponíveis apenas os resultados a partir de 2020. A Anatel tem painéis para disseminar dados e informações setoriais. São gráficos, mapas, dados segmentados e planilhas que podem ser úteis para diferentes públicos. Como reúnem tudo em um único espaço, os painéis ampliam a transparência das informações sobre o setor. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Após Nubank, estas startups brasileiras estudam vender suas ações nos EUA

canaltech O Nubank aparentemente fez escola ao abrir suas ações na Bolsa dos EUA e na B3 brasileira ao mesmo tempo no ano passado. Pelo menos dez startups brasileiras estudam realizar IPO nos Estados Unidos a partir de 2022 segundo a Pitchbook, consultoria que analisa ações de empresas para rodadas de oferta pública inicial. Nova empresa dona da CargoX vale mais de US$ 1 bilhão e se torna unicórnio Como funciona o QuintoAndar Algumas das companhias listadas pela pesquisa estão marcas famosas como a Creditas, Loft, QuintoAndar, Loggi, MadeiraMadeira, Merama, Facility, Cloudwalk, Wildlife Studios e CargoX. A Pitchbook também cita startups latinas que já atuam no Brasil, como a colombiana Rappi e a foodtech chilena NotCo. Todas elas estão com valor de mercado acima de US$ 500 milhões (R$ 2,7 bilhões), portanto estariam aptas para abrir o capital em terras norte-americanas. As empresas que realizaram IPO nos Estados Unidos no ano passado conseguiram, em média, uma avaliação de US$ 630,8 milhões (R$ 3,4 bilhões). -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Gabriel Braga e André Penha, do QuintoAndar; empresa também deve abrir IPO (Imagem: Divulgação/QuintoAndar) Mas são poucas as empresas dessa lista com planos avançados para vender suas ações. Uma delas é a Creditas, que nesta semana foi avaliada em US$ 4,8 bilhões (R$ 26,2 bilhões) em rodada de US$ 260 milhões (R$ 1,4 bilhão). Com isso, espera valer na Bolsa entre US$ 7 bilhões e US$ 10 bilhões (R$ 38,2 bilhões a R$ 54,6 bilhões), o que a colocaria como a maior oferta de uma empresa brasileira este ano. Além dela, o QuintoAndar fez alguns movimentos nas últimas semanas que podem ser lidos como preparativos pré-IPO. Por exemplo, comprou parte de uma empresa argentina que a levou a expandir sua operação em cinco países latinos. Também reposicionou sua marca. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Nubank anuncia startups fundadas por negros escolhidas em fundo de investimento

canaltech O Nubank anunciou nesta quarta-feira (26) que escolheu mais duas startups para investir pelo fundo Semente Preta, que vai destinar até R$ 1 milhão em startups brasileiras fundadas por pessoas negras. Serão a AkinTec, fintech que oferece pagamento de contas e saques; e a Toti Diversidade; plataforma que introduz refugiados e migrantes no mercado de trabalho de tecnologia. Fundo multimercado do Nubank se torna o maior do Brasil A conta Nubank é corrente ou poupança? A AkinTec foca nas classes C, D e E e busca transformar pequenos negócios em "bancos", permitindo pagamento de contas e saques aos respectivos clientes. O serviço usa blockchain, isto é, tecnologia de criptografia para proteger as transaçòes, além de redes neurais e inteligência artificial para se prevenir da eventual inadimplência dos clientes. Já a Toti Diversidade tem uma plataforma de ensino presencial e online, e prepara refugiados em diversas áreas da programação de acordo com as demandas específicas das empresas. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Nubank escolhe startups com pluralidade geográfica e equipes com diversidade (Imagem: Divulgação/Nubank) A seleção do fundo Semente Preta do Nubank considera critérios como pluralidade geográfica e equipes com diversidade de gênero, étnico-racial e outros grupos sub-representados. Outro diferencial é ser uma empresa com base tecnológica que já tenha validado seu produto mínimo viável (MVP). As duas startups escolhidas devem usar as verbas do fundo para ampliar a equipe e implementar melhorias nas plataformas. Contarão ainda com um programa de desenvolvimento que fornece sessões de mentorias frequentes com executivos do Nubank e com Monique Evelle, consultora de inovação do Nubank. Outras startups selecionadas Em junho, o Nubank anunciou as três primeiras startups para o programa Semente Preta: a TeamHub, uma HRtech de gestão de cultura organizacional; a {Parças}, edtech que busca formar desenvolvedores de periferias e favelas; e a OnlineOS, que busca oferecer um sistema completo de gestão e ordens de serviço para empresas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

NASA começa a transformar avião supersônico silencioso em realidade

canaltech A NASA e a Lochheed Martin iniciaram testes laboratoriais para diminuir os impactos sonoros do vindouro jato supersônico X-59. Segundo a agência, esse processo de pequena escala vai ajudar os engenheiros a trabalharem nas soluções físicas e de software para que o estrondo causado pela quebra da velocidade do som seja menor. Velocidade do som: entenda como funciona e o que acontece se for ultrapassada Jato hipersônico dos EUA fará Nova Iorque-Londres em menos de 1 hora Segundo a NASA, uma miniatura do X-59 com a mesma forma do modelo real foi colocada em um túnel de vento supersônico de 2,4m por 1,8m. Com a atuação do ar de encontro à aeronave, foi possível verificar as ondas de choque produzidas pelo atrito. Câmeras e sensores colheram os resultados e determinaram a força energética exalada pelo protótipo. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- "Com o X-59, queremos demonstrar que podemos reduzir os irritantes estrondos sônicos a algo muito mais silencioso, conhecido como 'batidas sônicas'. O objetivo é fornecer os dados de ruído aos reguladores, o que pode resultar em novas regras para voos supersônicos terrestres. O teste provou que não temos apenas um design de aeronave mais silencioso, mas também temos as ferramentas precisas necessárias para prever o ruído de futuras aeronaves", disse John Wolter, pesquisador-chefe responsável pelos testes no túnel de vento da NASA. Miniatura do X-59 em testes sônicos na NASA (Imagem: Divulgação/NASA Glenn) X-59: teste de estrondo O teste de estrondo foi filmado pela agência espacial dos EUA com a técnica schlieren, que capta a visualização das ondas de choque formadas pelo atrito do vento com a aeronave. Os sensores internos, localizados dentro do protótipo, mediram a intensidade desse choque e revelaram níveis promissores quando elevado a uma escala real. As imagens schlieren e a medição de pressão são críticas para NASA poder comparar os dados do túnel de vento com a modelagem computacional. Esses recursos melhoram a capacidade da equipe de entender e prever as batidas sônicas reais durante futuros voos do X-59. Se a NASA conseguir transformar os estrondos em pequenas batidas sônicas, é possível que tenhamos a mudança das regulamentações de voos supersônicos sobre o continente, hoje proibidos em todo o mundo. Vale lembrar que outras empresas seguem trabalhando no desenvolvimento de aeronaves supersônicas, como a Boom Supersonics, que já negociou algumas unidades com a United Airlines. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Como fazer uma live no TikTok mesmo com poucos seguidores

canaltech Quer saber como fazer live no TikTok com poucos seguidores? Felizmente, o recurso já foi liberado para todos os usuários da plataforma. O passo a passo, aliás, é bastante simples. Mas, se você não tiver familiaridade com a rede social, pode encontrar dificuldades no caminho. Como fazer uma live em dupla no TikTok Como fazer vídeos de 3 minutos no TikTok Curiosamente, o formato adotado pelo TikTok (Android l iOS l Web) é semelhante ao do Instagram. Basta que o usuário acesse a tela de gravação e, na parte inferior da tela, selecione o tipo de post. Ainda que pareça intuitiva, essa disposição é muito discreta e pode passar despercebida. 1. Para fazer um vídeo ao vivo, abra o aplicativo e clique no botão de “+”;2. Abaixo do botão de captura, você verá os formatos disponíveis (Câmera, MV e Live). Entre eles, clique na opção “Live”; -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- 3. Na próxima página, use o comando “Adicione um título" para nomear sua live. Se quiser, altere a foto de perfil à esquerda. Abaixo da imagem, clique em “Adicionar um tópico” e escolha um tema. Use os recursos à direita para fazer os ajustes necessários e, por fim, clique em “Iniciar Live”. Para fazer uma live no TikTok mesmo com poucos seguidores, clique no botão de "+" (Captura: Kris Gaiato) Caso você não consiga fazer transmissões ao vivo, lembre-se de atualizar o software do seu celular, bem como o próprio app do TikTok. Além disso, saiba que celulares mais antigos não suportam algumas funções da plataforma. Se esse for o seu caso, não há muito o que fazer senão trocar de aparelho. Antes que você desista do recurso (ou, pior, compre um novo celular), saiba que existe outra razão possível para o problema. Infelizmente, a rede social nem sempre libera as funções disponíveis para todos usuários. Ainda que uma ferramenta seja oficialmente lançada, muitos perfis são “esquecidos”. Se desconfiar de que isso aconteceu, vale acionar o suporte do aplicativo. 1. Para tanto, acesse a página de perfil e clique no ícone de três traços no canto superior. Deslize a tela até a seção “Suporte” e selecione o comando “Relatar um Problema”; Se não conseguir realizar a transmissão ao vivo, acesse o menu do aplicativo (Captura: Kris Gaiato) 2. Localize o ícone de folha no topo da tela e clique sobre ele. Se necessário, dê um outro toque no botão. Explique o problema e, se possível, adicione capturas de tela relacionadas. Por fim, clique em “Relatar”. Na tela de Feedback, reporte o problema (Captura: Kris Gaiato) Caso você tenha outras dificuldades na sua conta, saiba que o Canaltech preparou um guia que explica como resolver os principais problemas do TikTok. Que tal dar uma olhada? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Apple lança iOS 15.3 com importante correção de segurança

canaltech A Apple liberou nesta quarta-feira (26) o iOS 15.3, poucos dias depois de colocar as versões Release Candidate nas mãos de testadores. No iPhone, a compilação é identificada pelo número 19D50, já no iPadOS, é a 21D49. O watchOS 8.4 (19S546), o tvOS 14.3 (19K547) e o macOS Big Sur 11.6.3 (20G415) também foram lançados para os dispositivos compatíveis. eSIM: iPhone 14 deve contar com variantes sem suporte a chip SIM físico Quais cartões são aceitos no Apple Pay Na atualização, estão incluídas correções para a vulnerabilidade da API IndexedDB, encontrada no Safari e em navegadores rivais. O recurso armazena dados de páginas acessadas para auxiliar a navegação, porém, nas versões mais recentes do sistema, essas informações não eram restritas somente ao domínio de origem, permitindo que outras páginas pudessem captar esses dados. Devido ao escopo do problema, ele afetava plataformas populares, como Netflix, YouTube, Alibaba, Twitter, Google e Dropbox. Tamanho transtorno forçou a Apple a agir rapidamente pela solução. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- A atualização 15.3 do iOS corrige brechas de segurança graves encontradas no Safari (Imagem: Victor Carvalho/Canaltech) Aparentemente, a atualização não introduz nenhum recurso novo ao sistema operacional — o que é uma má notícia para quem esperava grandes novidades, como o Controle Universal. Porém, mesmo que não introduza nada inédito, é importante atualizar o sistema para garantir mais segurança na navegação pela internet. A atualização deve ser distribuída para todos os dispositivos de forma automática, como sempre. Fique de olho nas notificações do sistema para baixar o pacote assim que ele estiver disponível no seu aparelho. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

Craftopia é uma mistura hilária de Zelda: BOTW com Monster Hunter

canaltech Você sabia que existe uma cópia descarada e muito engraçada de The Legend of Zelda: Breath of the Wild (e vários outros jogos) para Xbox One, Xbox Series X, Xbox Series S e PC? É o jogo Craftopia, produzido pelo estúdio japonês Pocketpair — os mesmos criadores de Palworld, uma cópia de Pokémon com armas de fogo e muita violência. Nintendo derruba jogo de tiro de Pokémon feito por fã 30 detalhes incríveis de Zelda: Breath of the Wild Não há armas de fogo em Craftopia. Porém, você pode esperar coisas tão bizarras quanto, como vacas caindo em um caldeirão, animais correndo em rodas, motocicletas estilosas e mais. Dá até para capturar animais com um item muito parecido com uma pokébola… assista ao trailer:   Mas as inspirações vão além de Zelda: é possível perceber referências a Minecraft, Stardew Valley, Monster Hunter, Pokémon, Harverst Moon e mais. É como se os desenvolvedores resolvessem juntar todos esses jogos em apenas um, e o resultado parece muito bonito e divertido. A descrição oficial no Steam diz o seguinte: -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- “Imaginamos o que aconteceria quando combinássemos nossos jogos favoritos. Corte árvores e minere pedreas como em jogos sandbox. Explore o mundo como em jogos de mundo aberto. Lute contra a fome como em jogos de sobrevivência. Cultive e colha como em jogos de fazenda. Colete itens em masmorras como em jogos hack’n’slash. Automatize atividades como em jogos de gerenciamento de fábricas. Cace monstros e criatura como em jogos de ação. Lance feitiços mágicos como em RPGs de fantasia.” Pelas avaliações do Steam, a "mistureba" tem agradado: as análises de Craftopia são “muito positivas”, com 83% de aprovação. Para conhecer mais do trabalho da Pocketpair, veja também o trailer de Palworld, o clone violento de Pokémon:   Craftopia está em acesso antecipado (preview), ou seja, estará em constante mudança até o lançamento final, ainda sem previsão. O título está disponível para Xbox One, Xbox Series X, Xbox Series S e PC, e também está no catálogo do Game Pass, que custa a partir de R$ 29,99 por mês. Compre aqui o Xbox Series S e entre para a nova geração com o modelo mais compacto da Microsoft Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

Crítica Pam & Tommy | Série tem história curiosa e incômoda sobre privacidade

canaltech Na década de 1990, quando ainda estávamos descobrindo a internet, pouco se imaginava sobre o alcance que ela proporcionaria a textos, vídeos e fotos. Naquela época, a web era, como dizem, uma terra sem lei, que parecia inalcançável aos olhos da justiça. Pam & Tommy | Série sobre vazamento da sex tape de Pamela Anderson ganha trailer Quando e onde How I Met Your Father vai estrear no Brasil? De fato, não existiam leis de impunidade para o que fosse compartilhado online, até porque poucas pessoas tinham acesso, e uma das primeiras vítimas disso tudo foram o casal Pamela Anderson, atriz e modelo, e Tommy Lee, baterista da banda Motley Crue. A história dos dois é contada na minissérie Pam & Tommy, que mostra como uma fita roubada acabou com uma história de amor e deixou marcas não só neles, mas em todo o mundo.   Atenção: esta crítica contém spoilers da série Pam & Tommy! -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Em Pam & Tommy, produção original do Hulu que estreia no Brasil no Star+, o espectador conhece a história de como uma sex tape roubada mudou os rumos do uso da internet e como era importante reconhecer os crimes cibernéticos. Pamela Anderson estava no auge da carreira, interpretando a personagem C.J. na série Baywatch, conhecida no Brasil como S.O.S. Malibu. Tommy Lee já colhia os frutos do sucesso da banda Mötley Crüe nos anos 1980, enfrentando a chegada de uma nova era no rock, que foi dominada pelo grunge. O casal se conheceu por acaso e, segundo o que é mostrado na série, foi amor à primeira vista. Pamela e Tommy pularam diversas etapas do processo de conhecer alguém e logo se casaram, até que toda essa magia de encontrar o parceiro para a vida foi interrompida por um crime. Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! O vídeo íntimo foi espalhado na internet e gerou milhões de dólares (Imagem: Divulgação/Hulu) Caracterização Antes mesmo de mergulharmos nesta louca história de amor, a primeira impressão ao assistir à série Pam & Tommy é em relação à caracterização dos personagens, interpretados por Lily James (Pamela) e Sebastian Stan (Tommy). Tanto Pamela como Tommy sempre se destacaram, seja pelo biotipo dela ou pelas tatuagens dele, o que pode ter tornado essa tarefa mais fácil. Os atores também conseguiram incorporar trejeitos e formas de falar sem deixar os personagens caricatos demais. Em alguns momentos, pode até parecer que as atuações foram forçadas, mas basta compará-las com os artistas na vida real para entender que o trabalho foi bem feito. A interpretação, portanto, é crucial para que a série seja levada a sério, já que os protagonistas contavam com uma "química" tão erótica que poderia parecer intencional para o bem dos holofotes. O casal contava com visuais e trejeitos bastante caricatos (Imagem: Divulgação/Hulu) Mudanças Mais do que contar a história de uma fita caseira gravada por um casal em seus momentos mais íntimos, Pam & Tommy escolheu como abordagem mostrar como esse evento mudou o curso do mundo do entretenimento, tornando-se um estudo de caso sobre a impunidade perante à invasão de privacidade e crimes cibernéticos. Para fazer parte desse enredo, a série conta com Seth Rogen como Rand Gauthier, um prestador de serviços que roubou um cofre com a fita para se vingar de Tommy. A primeira parte da minissérie, então, se dedica a todo o processo de descoberta do material, as formas que é possível monetizar esse conteúdo e faturar uma fortuna. Enquanto isso acontece, mergulhamos em uma década que é completamente diferente da atual e que, se tivesse acontecido hoje, com os recursos que temos, as coisas aconteceriam de outra forma. Já a segunda parte da trama mostra as consequências do crime cometido por Gauthier, seja na imprensa ou na vida pessoal do casal. E é justamente aqui que descobrimos se tratar de uma história mais preocupante do que parecia ser na época, e logo vem a pergunta: será que era necessário fazer essa série? O vazamento trouxe consequências sérias para o casal (Imagem: Divulgação/Tommy Lee) Machismo Nos anos 1990, pouco se falava sobre machismo, sendo também uma década que a revista Playboy e suas "coelhinhas" estavam em evidência, com Pamela Anderson sendo uma delas no início da carreira. A sexualização extrema das mulheres no mundo do entretenimento não era problematizável e a questão fez com que a atriz fosse mais prejudicada no caso do que Tommy. Na série, Pamela fala algumas vezes que as consequências são diferentes para Tommy por ele ser homem. Enquanto ele é adorado pelo público por ter aparecido em um vídeo fazendo sexo com a esposa, ela é criticada e a sua fama de mulher "fácil" apenas por ter ficado conhecida, inicialmente, pela sua imagem. Essa realidade traz cenas desconfortáveis de assistir, seja pelos momentos em que ela implora para ter mais falas em Baywatch do que desfiles, como pela forma com que é tratada pelos advogados quando o casal vai à Justiça pedir ajuda. Esses desconfortos até nos fazem questionar a existência da série e se era necessário mexer nessa ferida. Pamela Anderson declarou recentemente não ter gostado da produção de Pam & Tommy, alegando que foi doloroso saber que a história seria contada dessa forma. Lily James também disse que pensou em desistir do papel em alguns momentos. Apesar disso, não há como negar que a história é marcante e que ela pode ter colaborado para as leis que existem hoje. Pamela foi uma grande vítima do machismo na época (Imagem: Divulgação/Hulu) Pam & Tommy é uma série que consegue contar uma história interessante e com personagens caricatos de forma séria, mas empolgante. O vazamento da fita não foi só um simples crime contra a integridade de duas pessoas, mas uma ação complexa e perigosa, e tudo isso torna a minissérie interessante e, no sentido mais respeitoso da palavra, divertida. Pam & Tommy estreia no dia 2 de fevereiro no Star+ em oito episódios. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Lenovo Legion Phone 3 traz visual e especificações semelhantes ao Legion Y90

canaltech Os primeiros detalhes da linha Lenovo Legion Phone 3 foram revelados recentemente pelo leaker Evan Blass (@EvLeaks no Twitter). Em destaque, os novos smartphones gamer podem ter o chipset Snapdragon 8 Gen 1 da Qualcomm, bateria de ampla capacidade e vários recursos para jogos. Smartphones GAMER fazem sentido ou é só RGB? Lenovo Legion Y90 surge com 22 GB de RAM, poder de sobra e design exótico Com o codinome Diablo, a série Lenovo Legion Phone 3 será composta por dois celulares: Legion Phone 3 Pro e Legion Phone 3 Elite. Conforme as primeiras imagens, os modelos têm visual semelhante ao futuro Legion Y90. Além do design, os dispositivos também trazem especificações parecidas com o celular gamer que será lançado em breve na China. Entretanto, ainda é cedo para afirmar que essas serão as versões globais do modelo. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Legion Phone 3 tem visual semelhante ao Legion Y90 (Imagem: Reprodução/EvLeaks) Snapdragon 8 Gen 1, tela de 144 Hz e bateria de 5.600 mAh Segundo as informações, a série Legion Phone 3 deve suceder o Legion 2 Pro. Os novos aparelhos podem ser alimentados pelo Snapdragon 8 Gen 1, processador da Qualcomm com uma das melhores GPUs da atualidade, superando até mesmo o A15 Bionic da Apple em alguns testes. O display AMOLED de 6,92 polegadas pode ter taxas de atualização de 144 Hz e de amostragem de toque de 720 Hz, garantindo maior fluidez e resposta aos comandos. Com brilho máximo de 1.300 nits, a tela com a tecnologia Pixelworks promete suporte a HDR10 e HDR10+. Na parte de câmeras, os dispositivos devem usar um conjunto traseiro formado por um sensor principal de 64 MP e um secundário de 13 MP. Para mais, os smartphones ainda podem usar uma câmera frontal de 16 MP, que novamente ficaria em um módulo retrátil. Ainda de acordo com Blass, os celulares Legion Phone 3 terão duas unidades de bateria de 2.800 mAh que, ao serem somadas, entregam a capacidade total de 5.600 mAh. Ademais, os dispositivos podem ter suporte para carregamento rápido de 68 W. Legion Phone 3 pode ter diferentes opções de configuração e de cores (Imagem: Reprodução/EvLeaks) Recursos para jogos Por serem celulares voltados para games, os modelos da linha Legion Phone 3 devem oferecer funções especiais. Por exemplo, podem ter quatro botões ultrassônicos nas laterais, dois motores de vibração HaptiX e dois alto-falantes com suporte a áudio Dolby Atmos. Assim como o Legion Y90, os dispositivos devem usar uma versão aprimorada do sistema de refrigeração líquida com duas ventoinhas do Legion 2 Pro. Assim, o aparelho deve conseguir manter o alto desempenho por longos períodos mesmo em tarefas que exigem mais do hardware. Supostamente, o Legion Phone 3 terá três opções de configuração de memória RAM e armazenamento interno padrão UFS 3.1. O destaque fica para a segunda variante Pro com adição de um SSD de 128 GB, o que ajuda a responder informações recentes sobre uma versão do Legion Y90 com 640 GB de armazenamento. Legion 3 Elite: 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento interno; Legion 3 Pro: 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento; Legion 3 Pro: 18 GB de RAM, 512 GB de armazenamento e SSD de 128 GB. Previsão de lançamento O leaker Evan Blass não revelou a possível janela de lançamento do Legion Phone 3. Contudo, analisando as semelhanças com o Legion Y90, os novos smartphones gamer da Lenovo podem estrear alguns meses após o dispositivo chinês. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Como criar uma localização no Instagram

canaltech O Instagram permite adicionar um local nas publicações do aplicativo. Entretanto, também é possível criar uma nova localização usando um truque na rede social vizinha, o Facebook, já que os dois serviços estão interligados. A seguir, veja como adicionar uma localização no Instagram. Como criar uma conta no Instagram? Como criar um perfil comercial no Instagram O recurso pode ajudar principalmente usuários com pequenos negócios que desejam marcar a localidade exata de sua loja no Instagram. Para este tutorial, vamos precisar que o aplicativo do Facebook esteja instalado no seu dispositivo Android ou iPhone (iOS). Como criar uma localização nova no Facebook Abra o app do Facebook e toque na caixa “No que você está pensando?”, para criar um novo post; Vá na opção “Check-in”; Role a tela até o final e toque em “Adicionar um novo local”; Informe o nome, endereço e cidade (estes dois últimos são opcionais). Você pode usar sua localização atual por meio do GPS ou digitar o endereço manualmente; Toque em “OK” e conclua em “Salvar local personalizado”. Como criar localização no Instagram: adicione um novo local pelo Facebook (Captura de tela: Caio Carvalho) Como usar a localização no Instagram Abra o Instagram e crie uma nova publicação no botão de “+"; Na tela de compartilhamento, marque a chave do Facebook; Toque em “Adicionar localização”; Digite o nome do local adicionado no Facebook e toque sobre ele; Compartilhe sua foto ou vídeo no Instagram com a nova localização. Como adicionar uma localização no Instagram: procure pelo local na tela de compartilhamento (Captura de tela: Caio Carvalho) Posso criar uma localização direto no Instagram? Não. O Instagram não permite adicionar uma nova localização pelo aplicativo da plataforma. Por agora, a única alternativa é usar esse truque de criar o local primeiro no Facebook para depois usá-lo no Instagram. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- A localização do Facebook ainda não aparece no Instagram. Por quê? A criação de novos lugares no Facebook não acontece no momento exato em que eles são adicionados. A localização pode levar dias para aparecer no Instagram e até no próprio Facebook. Você pode usar a função de pesquisa do Instagram, na aba Explorar, para consultar se o local já está disponível. Preciso ter conta comercial para criar uma nova localização? Não. Qualquer pessoa, tenha ela uma conta comum ou comercial no Facebook, pode adicionar novos lugares na rede social, desde que não violem as diretrizes de uso da plataforma. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Windows 11 e Windows 10 rodam em mais de 1,4 bilhão de PCs, revela Microsoft

canaltech Nesta semana, a Microsoft divulgou o relatório do segundo trimestre do ano fiscal de 2022 e, com ele, revelou que o Windows 10 e Windows 11 rodam em mais de 1,4 bilhão de PCs ativos mensalmente. Segundo o CEO da companhia, esse seria o “renascimento do computador”. Microsoft força atualização em alguns PCs com Windows 10; entenda o motivo Microsoft libera lista de políticas de grupo para não usar no Windows 10 e 11 O crescimento do mercado de PC é evidente. Do terceiro trimestre do ano fiscal anterior para o momento atual, foram somados 100 milhões de computadores ativos com Windows (também segundo dados da própria Microsoft). É provável que parte do aumento tenha sido provocado pelo lançamento do Windows 11 em 2021. A estreia do Windows 11 certamente impulsionou os números da Microsoft (Imagem: Reprodução/Microsoft) Sem apresentar detalhes sobre as informações reveladas, Nadella observa que o uso do computador aumentou após a introdução do Win 11. “Três meses depois, e estamos muito satisfeitos com a resposta ao Windows 11”, disse na conferência com investidores. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O Windows 11 foi apresentado em junho do ano passado e não demorou para ser colocado em fase experimental pública. Em outubro, o sistema operacional foi lançado com boa parte das novidades prometidas pela Microsoft, incluindo a nova interface, loja de apps, ferramentas nativas aprimoradas e muito mais. A gratuidade do novo sistema para usuários do Windows 10 e os recursos prometidos em junho ajudaram a vender o Windows 11 (Imagem: Divulgação/Microsoft) Boa parte do sucesso do sistema provavelmente se dá pela gratuidade para usuários antigos — quem usa o Windows 10 (e tem um PC compatível) pode migrar para o novo SO sem pagar nada. Nem mesmo os obstáculos impostos pelos requisitos mínimos parece impedir a popularização do sistema, embora tenha, sim, desacelerado um pouco a adesão. A Microsoft Store está mais popular Apesar de não distribuir uma imensidão de aplicativos famosos, a Microsoft Store cresceu em popularidade nos últimos meses. A empresa diz que usuários recorrem à loja para baixar programas com muito mais frequência do que antes, na antiga versão do Windows 10. A nova loja de aplicativos do Windows promete ser um lar para todos os programas (Imagem: Igor Almenara/Canaltech) Essa constatação, de fato, é importantíssima para a plataforma. De nada iria servir se a loja fosse um canal para download de apps, se boa parte dos usuários ainda usasse o navegador para baixá-los. Instalar aplicativos pela Microsoft Store oferece vantagens pontuais, tais como atualizações gerenciadas automaticamente pela plataforma, centralizadas num único painel. Até mesmo rivais de programas da Microsoft, como o Firefox, estão disponíveis para download pela loja. O Ccleaner, popular programa recentemente adicionado à loja, tem inúmeras cópias (incluindo versões não oficiais pagas) disponíveis na Microsoft Store (Imagem: Igor Almenara/Canaltech) Porém, a loja do Windows ainda sofre com uma variedade imensa de aplicativos falsos ou enganosos. Uma pesquisa pelo novo Media Player, por exemplo, mostra inúmeras “alternativas” para download — e boa parte delas nem player de músicas é. É parecido com o que a Play Store, do Google, sofre no Android. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

AMD Ryzen 9 6900HX é mais de 30% melhor que 5900HX em teste vazado

canaltech Novo processador de alto desempenho da AMD para notebooks, o Ryzen 9 6900HX foi encontrado no banco de dados do Geekbench nesta semana, mostrando do que os novos núcleos Zen 3+ são capazes. Com clocks que beiram os 5 GHz, a solução parece entregar um avanço significativo de mais de 30% sobre o antecessor, o Ryzen 9 5900HX, apesar de ainda estar distante da capacidade dos concorrentes da família Intel Alder Lake-H. Navi 24 da RX 6500 XT foi projetada para notebooks, aponta funcionário da AMD AMD pode lançar novas RX 6950 XT e RX 6850 XT com memória turbinada Ryzen 9 6900HX é 30% melhor que 5900HX em teste A família Ryzen 6000 foca em notebooks e foi anunciada durante a CES 2022, tendo o Ryzen 9 6900HX como um dos modelos mais poderosos. O chip vem equipado com 8 núcleos e 16 threads baseados na microarquitetura Zen 3+, uma revisão da Zen 3 com melhorias nas estruturas e fabricação em 6 nm, atingindo clocks de até 4,9 GHz. Há ainda 16 MB de cache e, como um modelo com terminação "X", o componente tem TDP base de 45 W que pode ser estendido pelas fabricantes. Seu maior destaque é a GPU integrada, a Radeon 680M, que traz 12 Unidades Computacionais (CUs), ou 768 núcleos, com clocks respeitáveis de até 2.400 MHz e microarquitetura RDNA 2, oferecendo assim suporte a Ray Tracing e promessa de até 2 vezes mais desempenho que a Vega 8 da geração passada. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Com 1.593 pontos em single-core e 10.151 pontos em multi-core, o novo Ryzen 9 6900HX é até 33% mais veloz que o antecessor (Imagem: Reprodução/WCCFTech) O novo Ryzen 9 foi encontrado em um modelo ainda desconhecido de notebook da Lenovo, junto a 32 GB de RAM, conseguindo atingir os 1.593 pontos em single-core e 10.151 pontos em multi-core, resultados que impressionam quando comparados ao Ryzen 9 5900HX — o antigo chip high-end da marca apresenta 1.417 pontos em single-core, e 7.658 pontos em multi-core, o que configura uma evolução de 12% e 33%, respectivamente, para a solução mais nova. Os ganhos chamam mais atenção se considerarmos não haver mudanças drásticas na arquitetura, e devem fazer dos novos Ryzen 6000 excelentes opções para games. No entanto, há um grande obstáculo para a nova família de CPUs mobile da AMD: os rivais Alder Lake-H da Intel. CPU ainda sofre frente aos Intel Alder Lake-H Apesar da evolução respeitável, o processador high-end da AMD ainda passa longe de alcançar o concorrente direto da 12ª geração da Intel, o Core i9 12900H. Os primeiros testes com a família Alder Lake-H foram divulgados nesta terça (25) e mostram que a aposta em um design híbrido rendeu bons frutos para a gigante de Santa Clara. Com 14 núcleos e 20 threads, sendo 6 P-Cores de alto desempenho a até 5 GHz e 8 E-Cores a até 3,8 GHz, a solução da Intel apresenta pontuações de até 1.769 pontos em single-core e 14.374 pontos em multi-core, oferecendo assim vantagem de 11% e nada menos que 44%, respectivamente, em comparação ao Ryzen 9 6900HX. Apesar dos avanços do Ryzen 6000 topo de linha, o novo Intel Core i9 12900H apresenta ampla margem de vantagem, com desempenho até 44% superior (Imagem: Reprodução/VideoCardz) Mesmo que seja superado significativamente pelo Core i9 12900H, o Ryzen 9 6900HX ainda tem três cartas na manga: a falta de suporte amplo dos games para a arquitetura híbrida da Intel, o que pode atrair jogadores para a plataforma da AMD; a eficiência significativamente maior, marca registrada do time vermelho em laptops desde os Ryzen 4000; e a iGPU Radeon 680M, que deve deixar a Iris Xe da linha Alder Lake para trás por boa margem. Assim como os concorrentes do time azul, os primeiros laptops munidos dos processadores Ryzen 6000 devem estrear no início de fevereiro. Os primeiros reviews, que devem explorar com mais detalhes as capacidades e as diferenças entre os chips de AMD e Intel, devem ser publicados já nos próximos dias. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | Carro que muda de cor tem preço surreal no Brasil Galaxy S22, S22 Plus e S22 Ultra vazam em todas as cores e ângulos SAMSUNG EM OFERTA: celulares com muito desconto no Magalu Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Veja Mais

TIM estreia no metaverso com loja conceitual nos moldes de filial carioca

canaltech A mais nova inquilina do metaverso é a TIM: nesta quinta-feira (27), a operadora inaugurou uma loja nesse ambiente. O espaço tem o mesmo conceito da unidade do Barra Shopping, no Rio de Janeiro. Os mesmo produtos estarão na versão digital; se o cliente decidir realizar uma compra, será direcionado para o site de vendas. Cade aprova venda da Oi Móvel para TIM, Claro e Vivo, mas sugere restrições MP da Bahia aciona Vivo, Tim, Oi e Claro por compartilhamento indevido de dados A companhia diz que a novidade “marca o início de uma nova experiência na jornada do cliente, repleta de inovação e com direito à chegada na nova camada da realidade que integra os mundos real e virtual”. Segundo a empresa, ela é parte da estratégia omnichannel da marca. Lá, o cliente pode experimentar acessórios, smartphones com a tecnologia 5G e equipamentos para conexão de banda larga fixa da TIM Live. O consumidor pode consultar, imprimir, pagar faturas, adquirir planos, serviços e outros. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Metaverso tem atraído empresas (Imagem: Reprodução/Pixabay) Bruno Vasconcellos, diretor de e-commerce e canais remotos da TIM Brasil, destaca que o objetivo é fazer os clientes se habituarem ao metaverso. “Escolhemos o Cryptovoxels porque ele é o mais habitado por marcas e, principalmente, por brasileiros”, afirma. O estabelecimento digital é dividido em duas partes: no primeiro andar, a estética é semelhante à da loja conceito do Barra Shopping. No segundo, o cliente tem acesso ao espaço gamer e portfólio de produtos da TIM e de seus parceiros. Ainda no primeiro trimestre de 2022, será lançada uma arena de eventos virtuais com foco em música e entretenimento. Ali, a marca pretende apresentar convidados. Já a loja real tem uma área para exposição de smartphones, gadgets e outros acessórios. Além disso, oferece atendimento ao cliente e tem especialistas em tecnologia para sanar dúvidas e outros consultores de atendimento. A unidade tem, ainda, espaço dedicado a serviços oferecidos por parceiros da TIM. Estão presentes, por exemplo, Netflix, HBO, Deezer e Ampli. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Honda tira dois carros de linha no Brasil de uma só vez; veja quais

canaltech A Honda anunciou o fim da produção de dois automóveis no Brasil: o SUV subcompacto WR-V e o SUV compacto HR-V. Segundo a montadora, a venda dos modelos, que terão os preços atuais mantidos, seguem enquanto os estoques estiverem com unidades disponíveis. Review Honda HR-V Touring | SUV se destaca pelo desempenho e equilíbrio Review Honda HR-V EXL | Um SUV honesto, mas cansado A explicação da Honda para a retirada dos dois modelos é o reposicionamento da marca no Brasil, que iniciou com o lançamento da nova geração do Honda City, que agora tem, além da versão sedã, uma variante hatch. Inclusive, foi essa mesma estratégia que causou a "morte" do Fit, sucesso no mercado nacional há anos. Com valores compatíveis com os SUVs, está claro que o City vai preencher a lacuna deixada por esses veículos, principalmente no caso do HR-V, que ganhará uma nova geração no Brasil em 2022, maior e posicionada para brigar com SUVs como Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- O WR-V nada mais era do que um Fit "aventureiro", mas não fez o mesmo sucesso do irmão de marca (Imagem: Divulgação/Honda) Vale lembrar que essa reformulação na linha de automóveis da Honda se iniciou em 2021, com a "aposentadoria" do Honda Civic nacional, que agora será importado dos Estados Unidos e também lançado em 2022. Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Honda HR-V Touring Quanto a um possível substituto do WR-V, a Honda não confirma, mas há a expectativa pelo lançamento de um novo SUV compacto que pode brigar com os demais modelos do mercado, como Volkswagen T-Cross e Jeep Renegade. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora Veja Mais

YouTube anuncia apoio a 35 criadores de conteúdo negros no Brasil

canaltech O YouTube anunciou nesta quinta-feira (27) os 135 criadores selecionados para fazer parte da Turma 2022 do Fundo Vozes Negras, criado em 2020 para apoiar produtores de conteúdo negros. Entre os escolhidos estão 35 brasileiros, além de influenciadores da África do Sul, Canadá, Estados Unidos, Nigéria, Quênia e Reino Unido. Fundo do YouTube de quase R$ 500 milhões vai apoiar artistas negros YouTube Originals será descontinuado Na lista dos brasileiros contemplados estão nomes como John Wallison, Fabiane Pereira (do Papo de Música), Rao TV, Gabriela Loran, Canal do Zé, Kamille Ramos, oCastrin, Na Rédea Curta (Sulivã Bispo e Thiago Almasy) e Hawk. Os canais escolhidos abrangem os mais diversos temas, beleza, esportes, games, educação, literatura e comédia são alguns dos exemplos. O fundo oferece um ano de apoio e inclui financiamento inicial para canais, programas de desenvolvimento, oficinas e oportunidades de networking. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Segundo Bibiana Leite, diretora de desenvolvimento de parcerias de conteúdo no serviço de vídeos e líder do YouTube Black no Brasil, a plataforma tem como foco educar o público sobre justiça racial, além de ajudar artistas negros a prosperarem no ecossistema.   “Nossa comunidade do YouTube Black está repleta de pessoas criativas, apaixonadas, talentosas, brilhantes e motivadas. Temos a honra de dar a esses criadores recursos para continuarem a expandir suas vozes. Queremos apresentar novas narrativas que enfatizam o poder intelectual, autenticidade, dignidade e alegria das vozes negras.”, acrescentou ela. Em 2020, a empresa prometeu investir US$ 100 milhões (R$ 540 milhões) no programa dedicado a amplificar e desenvolver vozes e histórias negras por pelo menos três anos. Em 2021, 35 criadores e artistas negros brasileiros e o YouTube Originals Creator Spotlight, lançado em novembro, receberam apoio da iniciativa. "Os criadores negros têm desempenhado um papel importante na formação da cultura no YouTube. Da moda e comédia à política, aprendizagem e bem-estar, os criadores negros impulsionaram nossa plataforma", disse a plataforma Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Veja Mais

Yellowjackets | Paramount+ confirma temporada 2 da série de terror

canaltech O Paramount+ anunciou nesta semana que renovou Yellowjackets para sua segunda temporada. A série, que mistura drama e um terror perturbador, fez sucesso entre os assinantes e a crítica, o que acabou criando bastante expectativa em torno da renovação. 10 melhores séries do Showtime para assistir no Paramount+ Crítica Dexter: New Blood | Minissérie conclui a missão de entregar um bom final Yellowjackets é uma história que se passa em duas linhas temporais diferentes, mostrando como um acidente aéreo transformou uma equipe de futebol feminino em selvagens. Abandonadas à própria sorte numa floresta isolada, elas tiveram de fazer de tudo para sobreviver. Anos após o resgate, elas continuam sendo assombradas pelo passado, descobrindo que muitos dos instintos de sobrevivência adquiridos naquele período ainda estão presentes. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- O terror conta a história de jovens que precisaram aprender a sobreviver na floresta (Imagem: Divulgação/Showtime) Sucesso imediato Ao longo de seus 10 episódios, Yellowjackets foi reconhecida pelo Rotten Tomatoes com 100% de aprovação, entrando até mesmo em listas de melhores do ano no final de 2021. Nos Estados Unidos, a produção se tornou a segunda série mais assistida do Showtime, ficando atrás somente de Dexter: New Blood. A trama foi elogiada, inclusive, por Stephen King, um dos maiores autores do gênero. "Yellowjackets é uma excelente história de sobrevivência, uma excelente história de mistérios e tem sua porção de momentos de terror", disse o autor no Twitter. Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! A série conta com 100% de aprovação no Rotten Tomatoes (Imagem: Divulgação/Showtime) A série do Showtime foi indicada ao Critic's Choice Awards (CCA) e ao Writers Guild of America Awards como Melhor Série de Drama e Melhor Série Nova, respectivamente. A atriz Melanie Lynskey, que interpreta Shauna, também foi indicada à categoria de Melhor Atriz em Série de Drama. Também estão no elenco Juliette Lewis, Christina Ricci e Tawny Cypress, e a série foi criada por Ashley Lyle e Bart Nickerson. Yellowjackets está disponível no Paramount+ em 10 episódios. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Veja Mais

Hacker ajusta investidor a recuperar US$ 2 milhões "presos" em carteira digital

canaltech Perder a senha de acesso ou o número de identificação pessoal (PIN) de uma carteira digital de critopmoedas muitas vezes significa a perda total de acesso aos fundos que estejam guardados nela. O ocorrido pode desesperar muitos investidores, que para recuperar o dinheiro podem optar por caminhos pouco ortodoxos. Golpes com criptomoeda: principais ameaças e como se proteger Mineradora de Bitcoin otimiza máquinas e agora gera 10 BTC por dia Foi o que aconteceu com Dan Reich, um empreendedor de Nova York, que após anos sem acesso a uma carteira física de criptomoedas, fabricada pela Trezor contratou um hacker para recuperar os US$ 2 milhões (R$ 10,82 milhões, na cotação atual) ali guardados. A história começou em 2018, quando Reich e um amigo investiram US$ 50 mil (R$ 250,5 mil) em Bitcoin (BTC) para comprarem os tokens THETA, na época com valores de US$ 0,21 (R$ 1,14). Todas as criptomoedas foram guardadas na carteira da Trezor. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- No final do mesmo ano, Reiche e seu amigo desistiram do investimento, já que o valor do THETA estava caindo. Mas quando foram começar a vender as criptomoedas, descobriram que haviam esquecido do PIN de acesso dela. A recuperação do Hacker Exemplo de carteira de criptomoedas físicas da Trezor. (Imagem: Reprodução/Trezor One) Reich e seu amigo desistiram após 12 tentativas, deixando a carteira de lado por anos, até que em 2021 o preço do THETA disparou, chegando a valer US$ 15 (R$ 81,1). Com isso, o investimento de US$ 50 mil em 2018 poderia estar valendo cerca de US$ 2 milhões, revivendo a vontade da dupla de recuperar o acesso aos seus fundos. Após muito pesquisar, eles decidiram contratar os serviços do hacker Joe Grand, de Portlant. O especialista utilizou um ataque de falha de injeção - investida física em que a quantidade de voltagem que entra em uma peça de hardware, como a RAM, é modificada - para burlar a segurança da carteira digital da Trezor. Com isso, o hacker executou um script automático que sondou as informações registradas na RAM do dispositivo, achando dessa forma o PIN utilizado para acesso à carteira. Hi, we just want to add that the vulnerability was already fixed, and all new devices are shipped with a fixed bootloader. Thanks to @saleemrash1d for his security audit. Learn more about our Security approach and responsible disclosure program here????https://t.co/pyV1Ya6X8b — Trezor (@Trezor) January 24, 2022 O método, engenhoso, só pode ser realizado em carteiras antigas da Trezor, já que os modelos atuais já corrigiram esse problema. A empresa está ciente da operação de Reich e seu amigo, e tuitou através de seu perfil oficial um alerta que esse tipo de invasão é totalmente física e não compromete criptomoedas de demais usuários de suas carteiras. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Veja Mais

Bugatti promete novo carro superesportivo, e ele não será elétrico

canaltech A Bugatti até tem planos para entrar no mercado de carros elétricos – tanto é que se juntou com a Rimac, startup especialista no ramo. Mas nem por isso a francesa pretende deixar de lado sua verdadeira vocação: os superesportivos a combustão. Bugatti revela o primeiro veículo elétrico da marca, mas há um porém Você já viu um Bugatti Chiron acelerar até 414 km/h? Ao contrário do que já fizeram marcas como Lamborghini, Audi e Rolls-Royce, que estabeleceram uma data limite para colocar um fim na produção de veículos a combustão e focar apenas em elétricos, a Bugatti quer manter o tradicional ronco dos motores “falando alto” por um longo tempo. Mate Rimac, CEO da marca, revelou aos fãs que ainda torcem o nariz para a eletrificação uma grande novidade: um supercarro, com potência de sobra, 100% a combustão, está em desenvolvimento. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- “Há um futuro para os motores a combustão na Bugatti. É absolutamente claro que a qualidade Bugatti e o que a marca representa precisam permanecer. Na verdade, ele precisa ser ampliado. A origem deve permanecer, e é o compromisso total da Bugatti Rimac Isso não é negociável”, avisou. Novo superesportivo da Bugatti foi anunciada pelo CEO em vídeo (Imagem: Divulgação/Bugatti) Sucesso do Chiron inspirou a Bugatti Rimac não chegou a dar maiores detalhes sobre o supercarro que, segundo ele, “deixará os motoristas surpresos”, mas adiantou que a ideia de manter motores a combustão vivos na montadora teve um empurrãozinho do Chiron. O clássico esportivo da marca alcançou números impressionantes em 2021, estabelecendo recorde dos 112 anos de história da Bugatti. O modelo vendeu todas as 40 unidades do novo bólido produzido e contribuiu para os mais de 150 pedidos entregues pela marca, 60% deles a novos clientes. A chegada de um novo supercarro a combustão, de acordo com o executivo, tem tudo para ampliar ainda mais essa marca nos próximos anos. Independentemente de o mercado estar cada vez mais adepto à eletrificação. “O artesanato da Bugatti definitivamente continuará, e até planejamos melhorá-lo”, concluiu. Bugatti Chiron Pur Sport (Divulgação/Bugatti) Bugatti Chiron Pur Sport (Divulgação/Bugatti) Bugatti Chiron Pur Sport (Divulgação/Bugatti) Bugatti Chiron Pur Sport (Divulgação/Bugatti) Bugatti Chiron Pur Sport (Divulgação/Bugatti) Bugatti Chiron Pur Sport (Divulgação/Bugatti) Bugatti Chiron Pur Sport (Divulgação/Bugatti) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Carregador de 160 W da Oppo passa por certificação e pode ser vendido no futuro

canaltech A Oppo poderá apresentar em breve um novo adaptador capaz de recarregar baterias de forma ainda mais rápida no futuro. Certificações no órgão regulamentador chinês 3C confirmam a existência de um acessório com potência de 160 W, mas algumas características dele ainda são desconhecidas. Poco M4 Pro 5G é homologado na Anatel e já pode ser vendido no Brasil Linha Realme 9 Pro será uma das primeiras com Dimensity 920 5G Certificação do carregador da Oppo confirma os 160 W (Imagem: Gizmochina) Identificado com o código VCK8HACH, o produto traz tensão de 20 V e corrente de 8 A, o que resulta nos 160 W. Mesmo que sejam capacidades bastante impressionantes, elas ainda ficam abaixo da tecnologia HyperCharge da Xiaomi, apresentada em 2021 — porém, o carregador de 200 W da concorrente nunca chegou a ser comercializado por preocupações quanto ao desgaste da bateria. Ainda não se sabe qual dispositivo da Oppo poderá trazer suporte para os 160 W oferecidos pelo carregador. O próximo grande lançamento da marca deverá ser o modelo topo de linha Find X5 Pro, mas certificações anteriores já mostraram que ele virá com suporte para recarga de 80 W, e portanto não faria muito sentido disponibilizar o adaptador na caixa desse celular. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Por isso, é bastante provável que esse novo carregador seja disponibilizado apenas em um produto a ser revelado nos meses seguintes. Enquanto isso, outras marcas também estão se empenhando para aumentar a velocidade de carregamento em seus celulares: é o caso da Nubia, que deverá apresentar o Red Magic 7 com suporte para até 165 W. Mesmo que a solução de 200 W da Xiaomi não tenha sido disponibilizada, a marca vem usando a tecnologia de carregamento rápido a 120 W desde o Mi 10 Ultra lançado em meados de 2020. A potência já foi levada até mesmo ao nicho intermediário pela marca com o Redmi Note 11 Pro Plus vendido na China e o Xiaomi 11i HyperCharge vendido na Índia, devendo se popularizar nos próximos meses enquanto a empresa prepara carregadores ainda mais poderosos para seus modelos mais caros. Carregamento de 120 W já é implementado em alguns dispositivos da Xiaomi desde 2020 (Imagem: Divulgação/Xiaomi) Um desafio que deverá ser enfrentado pelas empresas que desejam implementar o carregamento super rápido é a vida útil das baterias. Em geral, os tanques podem ser degradados de forma mais rápida caso sejam submetidos a estresses mais extremos, o que pode reduzir a autonomia de carga após uma quantidade menor de ciclos. Além disso, as marcas também costumam investir na segurança dos procedimentos, para evitar que o aparelho sofra com superaquecimentos e outros efeitos mais graves durante o processo de recarga. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora

canaltech Um objeto nunca observado antes foi encontrado a 4.000 anos-luz de distância, liberando uma explosão gigante de energia três vezes por hora. O comportamento é semelhante ao de pulsares, exceto que estes emitem acendem e apagam em milissegundos ou segundos. O novo objeto brilha por apenas 60 segundos a cada vinte minutos. Magnetar explode com força de um bilhão de sóis em uma fração de segundos Esta é a supernova que mais brilha em raios X já observada em sua classe O feixe de radiação emitido pelo objeto em longos intervalos cruza nossa linha de visão e, sempre que aparece nos radiotelescópios, se torna uma das fontes de rádio mais brilhantes do céu. A equipe que o encontrou cogita algumas possibilidades, como estrelas de nêutrons exóticas ou uma anã branca com um campo magnético surpreendentemente forte. Objetos que “ligam e desligam” no céu são chamados de transitórios e são familiares para os astrônomos. Entre eles, estão as supernovas (transitórios lentos), que podem aparecer ao longo de dias e desaparecer após alguns meses, e os pulsares (transitórios rápidos), que brilham por segundos ou milésimos de segundos, como um “pisca-pisca” no céu. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Entretanto, nenhum deles é tão lento quanto o novo objeto. Menor que o Sol e mais brilhante do que o esperado, ele emite ondas de rádio altamente polarizadas, sugerindo que seu campo magnético — o responsável por polarizar as ondas eletromagnéticas — é bastante poderoso. Ao ser polarizadas, as ondas de rádio são orientadas na mesma direção. A Dra. Natasha Hurley-Walker, do nó da Universidade Curtin do Centro Internacional de Pesquisa em Radioastronomia, disse que as observações coincidem com um objeto teórico chamado “magnetar de período ultra-longo”. Embora seja previsto pelos astrofísicos, nunca havia sido visto antes. Magnetares são um tipo de estrela de nêutrons com campo magnético ultrapoderoso, e a ciência prevê que alguns deles podem girar lentamente. “Mas ninguém esperava detectar diretamente um como este porque não esperávamos que fossem tão brilhantes”, explica Hurley-Walker. “De alguma forma, está convertendo energia magnética em ondas de rádio de forma muito mais eficaz do que qualquer coisa que já vimos antes.” Agora, os astrônomos precisam detectar outros objetos semelhantes a este para descobrir do que se trata e o quão raros ou comuns eles são em nossa galáxia. Se esse objeto demorou tanto para ser descoberto, é possível que se trate de uma população maior de objetos que nunca haviam sido encontrados antes. Se este for um evento único, no entanto, os cientistas terão apenas os dados de uma única amostra para analisar e classificar o objeto corretamente. Um grande aliado nessa pesquisa será o radiotelescópio do Square Kilometer Array, o maior do mundo, a ser construído em duas mega-instalações: uma na África do Sul e outra na Austrália. O estudo foi publicado na revista Nature. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Volkswagen desacelera produção de Gol e Saveiro antes de carros morrerem

canaltech A falta de insumos e as mudanças necessárias para a produção de um novo modelo sobre a plataforma MQB levarão a Volkswagen a cortar o 2º turno de trabalho e adotar o sistema de lay-off (afastamento temporário, sem demissão) na fábrica de Taubaté, interior de São Paulo. Por que o Gol ainda não saiu de linha, como o Uno e o Joy? Por que os carros custam tão caro no Brasil? As informações foram passadas por uma fonte da fabricante alemã ao Automotive Business e confirmadas pela reportagem do Canaltech junto à própria Volkswagen. Em comunicado, a companhia comentou a situação: “Adotamos férias coletivas para dois turnos de produção na fábrica de Taubaté, de 4 de janeiro de 2022 com retorno previsto para 3 de fevereiro de 2022, em razão da escassez global no fornecimento de semicondutores e também para adequação da linha de produção para a implementação da plataforma MQB na unidade, para produção do projeto Polo Track. Nesta data mencionada, um turno retorna à produção e o outro turno entra em lay-off. O número de colaboradores envolvidos nós não informamos”, avisou a montadora. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Lay-off pode afastar 50% do quadro da Volkswagen Produção do Gol chegará ao fim e dará lugar ao novo Polo (Imagem: Divulgação/Volkswagen) O número de colaboradores atingidos pelo lay-off, não confirmado pela Volkswagen, deverá ser expressivo. Segundo as fontes ouvidas junto ao Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté, o afastamento temporário atingirá boa parte do quadro de aproximadamente 2 mil funcionários. Como são necessários 1,2 mil colaboradores por turno, a ideia seria fazer um revezamento para manter o maior número possível de empregados. Além disso, o lay-off na planta de Taubaté não tem uma data definida para terminar. A paralisação pode durar entre 3 e 5 meses e, no pior cenário, se estender até o final de 2022. A planta de Taubaté é a responsável pelas montagens de dois modelos que estão com os dias contados no Brasil: o Gol e o Voyage. A adequação da plataforma MQB se faz necessária para dar início à produção do novo hatch de entrada da linha, o Polo Track, que deve dar as caras no Brasil em 2023. Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Visita Volkswagen Com informações Automotive Business Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Como cancelar uma assinatura Apple

canaltech As assinaturas feitas por uma conta de ID Apple podem ser referentes a uma série de itens, como aplicativos baixados da App Store que requerem um pagamento mensal ou anual e plataformas de serviços da Apple, como o Apple TV+, Apple Music, Apple Arcade, Apple Fitness+ e Apple iCloud+, além do Apple One, que engloba todos eles. Como cancelar uma compra na Apple Store Como ver assinaturas ativas, expiradas e canceladas no iPhone É comum que alguns aplicativos ou serviços assinados pela App Store do seu dispositivo Apple ofereçam períodos de testes gratuitos, que podem variar conforme promoção sazonais. Este período pode ser de sete dias, quinze, trinta, dois meses ou até mesmo um ano de uso gratuito. Em relação ao cancelamento de uma assinatura, também existe uma variação de procedimentos.Ao cancelar uma assinatura, alguns apps e serviços permitem que você ainda os utilize de forma contínua e normal até o dia anterior do que seria uma nova cobrança. No entanto, em outros casos, o acesso às funcionalidades exclusivas da assinatura é imediatamente interrompido após o cancelamento da mesma. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Portanto, é importante ficar bem atento ao procedimento de cancelamento do app ou serviço quando decidir por fazê-lo. Aprenda abaixo como cancelar as assinaturas do seu ID Apple, seja através de um iPhone, Mac, iPad, Apple Watch ou PC com Windows: No iPhone ou iPad Nos Ajustes do seu dispositivo, entre no seu ID Apple; Na tela do seu ID Apple, entre em "Assinaturas"; Na seção de assinaturas ativas, clique na que você deseja cancelar; Na tela da assinatura, desça tudo e localize a opção para cancelá-la. Será preciso confirmar a ação. Cancele a assinatura que você deseja através dos ajustes do seu iPhone ou iPad (Captura de tela: Lucas Wetten) No Mac Abra a App Store do seu Mac e clique no ícone do seu ID Apple, localizado no canto inferior esquerdo da janela; Na tela seguinte, clique em "Ver Informações". Será preciso confirmar as credenciais da sua conta do ID Apple; Na janela que vai se abrir com informações do seu ID Apple, desça tudo até encontrar a opção de "Assinaturas" e clique em "Gerenciar"; Na seção de assinaturas ativas, clique na que você deseja cancelar; Na tela da assinatura, desça tudo e localize a opção para cancelá-la. Será preciso confirmar a ação. Cancele a assinatura que você deseja através da App Store do Mac (Captura de tela: Lucas Wetten) No Apple Watch Nos Ajustes do seu Apple Watch, entre no seu ID Apple; Na tela do seu ID Apple, entre em "Assinaturas"; Na seção de assinaturas ativas, clique na que você deseja cancelar; Na tela da assinatura, desça tudo e localize a opção para cancelá-la. Será preciso confirmar a ação. Cancele a assinatura que você deseja através dos ajustes do Apple Watch (Captura de tela: Lucas Wetten) Em um PC com Windows Antes de qualquer coisa, baixe o iTunes para Windows, o que pode ser feito pela Microsoft Store; Após baixá-lo e instalá-lo em seu PC, abra o iTunes e, na barra de menus, selecione Conta > Iniciar Sessão; Após entrar com as credenciais do seu ID Apple, novamente na barra de menus, vá em Conta > Visualizar Minha Conta; Será aberta a aba de "Loja" do iTunes. Desça toda a tela e, na seção de "Ajustes", localize a linha de "Assinaturas" e clique em "Gerenciar"; Na seção de assinaturas ativas, clique em "Editar" na que você deseja cancelar; Na tela da assinatura, desça tudo e localize a opção para cancelá-la. Será preciso confirmar a ação. Cancele a assinatura que você deseja através do iTunes para Windows (Captura de tela: Lucas Wetten) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Criminosos usam criptomoedas falsas como isca para roubar vítimas

canaltech Um novo golpe de criptomoedas foi identificado pela empresa de segurança Check Point Software. O esquema, segundo a firma, é feito a partir da desconfiguração contratos inteligentes dos usuários e inserção de tokens fraudulentos em carteiras, possibilitando assim o roubo de ativos digitais. Canais no YouTube são invadidos após criminosos clonarem chips de celular O que é Phishing? Contratos inteligentes são programas armazenados em um blockchain que são executados quando condições predeterminadas são atendidas. Segundo a Check Point, os criminosos utilizam os seguintes passos para desconfigurá-los, em ordem: Acionar serviços de fraude: Os atacantes utilizam geralmente serviços fraudulentos para criar o contrato, ou copiam um contrato fraudulento já conhecido, modificando o nome do token e seu símbolo, bem como alguns nomes de funcionalidades se forem muito sofisticados; Manipular funcionalidades: Após o acionamento dos serviçõs, os atacantes irão manipular as funcionalidades relativas à transferência de dinheiro, evitando que a vítima venda ou aumente o valor da taxa, entre outras medidas. A maioria das manipulações incidirão sobre a transferência de dinheiro; Criar “hype” por meio das redes sociais: Os atacantes recorrerão às redes sociais como o Twitter, o Discord ou o Telegram com uma identidade falsa para promover o projeto e para que mais usuários comprem; Fraudar transações para retirada de dinheiro: Quando a quantia desejada for atingida, os atacantes retirarão todo o dinheiro do contrato e excluirão todos os canais de redes sociais - esse processo também é chamado de rug pull; Pular os bloqueios de tempo: Normalmente, estes tokens não bloquearão uma grande quantidade de dinheiro, nem são sequer adicionados bloqueios temporais ao contrato. Estes são utilizados majoritariamente para adiar ações administrativas e geralmente são considerados um indicador forte de que um projeto é legítimo. “O nosso objetivo com este levantamento é alertar a comunidade de que os atacantes estão, de fato, criando tokens fraudulentos para roubar fundos. Para evitar moedas fraudulentas, eu recomendo aos usuários de criptomoedas a diversificar as suas carteiras digitais, ignorar anúncios e testar as suas transações” informa Oded Vanunu, head de pesquisa de vulnerabilidade de produtos da Check Point Software. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Identificando e se protegendo de criptomoedas fraudulentas Saber como identificar criptomoedas falsas é importante. (Imagem: Divulgação/WorldSpectrum/Pixabay) Se usuários prestarem atenção em algumas características específicas de tokens fradulentos, é possível identificar eles antes da realização de qualquer transação. Confira a seguir esses detalhes que, segundo a Check Point, indicam a presença desses ativos criminosos: Tokens com uma taxa de compra de 99%, que ao serem adquiridos roubam todo o dinheiro na carteira digital; Tokens que não permitem que o comprador os revenda, sendo negociados somente pelo proprietário original; Tokens que permitem que o proprietário crie mais moedas em sua carteira e as coloque para venda. Além de identificar as criptomoedas falsas, também é importante saber como se proteger de possíveis ataques no ambiente dos ativos digitais. As dicas a seguir valem tanto para o golpe descrito nesta matéria quanto demais fraudes envolvendo o setor: Diversificar carteiras digitais: Essa dica é importante para que os usuários possam usar uma carteira para guardar as suas aquisições e outras para trocar criptomoeda. Assim, eles mantêm os seus ativos mais protegidos, uma vez que as carteiras guardam também as senhas de cada usuário e se um cibercriminoso conseguir ter acesso a algum destes elementos por meio de um ataque, ele tenha acesso somente a de transações, não na que o dinheiro está guardado; Ignorar os anúncios: Muitas vezes, os usuários procuram por plataformas de carteiras digitais por meio do Google. É neste momento que pode ser cometido um dos grandes erros: clicar em um dos anúncios do Google Ads que aparece em primeiro lugar. Por regra, os cibercriminosos estão por trás destes links com o objetivo de, por meio de sites maliciosos, roubar credenciais ou senhas. Evite ao máximo; Testar as transações: Para evitar cair numa armadilha de um cibercriminoso, uma das medidas que pode ser posta em prática é enviar transações de teste com um montante mínimo antes de enviar grandes quantidades de criptomoeda. Desta forma, caso o envio seja feito para uma carteira digital falsa, será muito mais fácil detectar o erro e a perda será de uma quantidade muito menor de fundos, em vez do valor original previsto; Duplicar a atenção para aumentar a segurança: Uma das melhores medidas para estar mais protegido contra qualquer tipo de ciberataque é a ativação da autenticação de dois fatores em plataformas em que tenha uma conta. Desta forma, quando um atacante tentar iniciar sessão numa dessas de forma irregular, o usuário recebe uma mensagem de verificação de autenticidade, evitando acessos não autorizados. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Ozark | 5 questões que precisam de resposta na parte final da série

canaltech Uma das séries mais bem avaliadas da Netflix, Ozark estreou em janeiro para a sua reta final, com o lançamento da primeira parte da quarta e última temporada. Ao todo, foram disponibilizados sete episódios, retomando os acontecimentos da temporada anterior e iniciando o desfecho da história perigosa da família Byrde com o crime. Crítica Ozark | Parte 1 da temporada 4 é complexa e deixa êxtase para o fim Ozark | Lembre o que aconteceu na série antes de maratonar a temporada 4 A primeira parte terminou mostrando que o encerramento da série será bastante intenso, com os sete episódios restantes tendo tudo para nos deixar de queixo caído. Ainda assim, há muita coisa que precisa ser resolvida em Ozark. Por isso, o Canaltech preparou uma lista comas 5 questões mais importantes que devem ser abordadas na última parte. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! A última parte de Ozark promete muita tensão (Imagem: Divulgação/Netflix) Atenção: esta matéria conta com spoilers de Ozark! 5. O que vai acontecer com Zeke? Em um dos momentos mais cruéis de Ozark, Darlene (Lisa Emery) assassinou a esposa do pastor da cidade. No entanto, a mulher estava grávida, e ela conseguiu tirar o bebê da barriga com vida. Depois de o pastor também morrer, Darlene ficou com o bebê, batizado de Zeke. Porém, ela acabou sendo assassinada pelos rivais, deixando a criança sem qualquer família. Ruth foi a pessoa que encontrou Darlene e Wyatt (Charlie Tahan), seu primo, mortos, mas ainda não sabemos o que ela teria feito, exatamente, com Zeke, e o futuro do bebê deve ser mostrado na temporada final. 4. Ruth vai se vingar pelo primo? Ruth está disposta a se vingar do cartel pela morte do primo (Imagem: Divulgação/Netflix) O momento mais impactante da primeira parte, com certeza, aconteceu quando Ruth (Julia Garner) encontrou Darlene e Wyatt mortos. Por mais que ela quisesse que Darlene sumisse de sua vida e negócios, a morte do primo não era esperada. Ao encontrar os corpos, a personagem se mostrou em seu momento mais raivoso até então, disposta a se vingar do cartel a todo custo. A última parte da série, então, deve não só mostrar qual será a vingança de Ruth e como ela irá executar essa missão, como também quais serão as consequências de suas decisões. 3. O que vai acontecer com Navarro e o cartel? Um dos enredos centrais de Ozark, claro, envolve Omar Navarro (Felix Solis) e o seu ameaçador cartel. Ao longo da temporada, vimos que o líder do esquema e a família Byrde tentaram negociar a sua redenção com o FBI, mas os planos não estavam acontecendo como o esperado. A expectativa para os momentos finais é de dissolução do cartel, sendo a vitória do FBI e talvez da família Byrde, ou a organização criminosa conseguir sair ilesa de toda essa situação. Independente da resposta, mais mortes devem acontecer. 2. Família Byrde livre? Marty Byrde é o integrante da família mais interessado em sair do mundo do crime (Imagem: Divulgação/Netflix) Desde que se envolveu com o mundo do crime, Marty Byrde (Jason Bateman) vem conduzindo os esquemas ilegais de uma forma que seja possível deixar a criminalidade sem prejudicar a família. Porém, com a participação de Wendy (Laura Linney), sua esposa, os planos se tornaram ainda mais difíceis, uma vez que ela se vê mais envolvida do que nunca, e até gostando deste novo universo. Então, a temporada final pode seguir apenas para dois lados: a liberdade da família, ou o envolvimento total com o crime. Caso a segunda opção aconteça, as chances de que a família seja separada são grandes, não só por causa de Wendy, como também pela traição de Jonah (Skylar Gaertner), o filho mais novo do casal. 1. E o acidente de carro? A temporada final da série começa com um acidente de carro com a família Byrde, enquanto eles estavam em um momento aparentemente tranquilo, conversando sobre um encontro que aconteceria com o FBI. Eles dizem ainda que só falta 48 horas para alguma coisa e que estão preparando a mudança, provavelmente para uma nova vida. Vemos que o diálogo foi interrompido pelo acidente, quando Marty tentou desviar de um caminhão. O carro acaba rodopiando por um barranco, e algo de grave deve ter acontecido. Nos últimos episódios, portanto, saberemos em que momento da história aquilo aconteceu e quais foram as consequências disso. A primeira parte de Ozark já está disponível na Netflix, mas a segunda ainda não conta com data de estreia programada. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Como denunciar golpes no WhatsApp | 4 dicas de segurança

canaltech O WhatsApp é o mensageiro mais popular do Brasil, mas com esse reconhecimento também traz problemas: as constantes tentativas de criminosos de atacarem e e roubarem dados dos usuários do aplicativo. O que é exploit? Vivo e WhatsApp se unem em campanha de segurança digital A variedade de golpes são grandes, como clonagem de perfil, fraudes de pagamentos, e assim por diante. Mas mesmo boa parte da população estando ciente sobre os perigos presentes no WhatsApp, eles não têm ideia de como denunciar e agir caso se tornem vítimas destes crimes. Em geral, a forma de agir caso tenha se tornado uma vítima dos golpes do WhatsApp não é complicada, mas conta com alguns detalhes que podem trazer dores de cabeça aos usuários. Por isso, o Canaltech preparou esse apanhado de dicas, para auxiliar pessoas que tenham sidos vítimas dessas fraudes. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Confira a seguir: Como denunciar e proteger contatos de golpes no WhatsApp Notificar amigos e família Alertar contatos sobre o roubo da conta no WhatsApp é um passo importante. (Imagem: Captura de Tela/Dácio Augusto/Canaltech) Antes de começar a denúncia propriamente dita, é importante, principalmente em casos de roubo ou clonagem de contas do WhatsApp, a comunicação imediata do ocorrido para amigos e familiares. Com seu ciclo social próximo ciente do ocorrido, as chances dos criminosos conseguirem roubar dinheiro se passando por você diminuirão exponencialmente. Além disso, vendas suspeitas de produtos que aparecerem em seu perfil também serão identificadas rapidamente como golpes. Tente recuperar o controle da conta Dependendo do nível de clonagem que os criminosos tenham usado para utilizar a conta da vítima, é possível recuperá-la. No caso, isso pode ser feito a partir da reinstalação do aplicativo do WhatsApp nos celulares e a solicitação do código de autenticação do registro da conta no aparelho. O bom desse processo é que, se ele funcionar, qualquer outra pessoa utilizando aquele perfil no mensageiro será desconectado. Agora, se a conta foi roubada via uma clonagem de número telefônico, a situação fica um pouco mais complexa, conforme já explicamos aqui no Canaltech. Entrar em contato com a equipe de atendimento do WhatsApp Caso a clonagem do número telefônico tenha sido efetuada, um bom conselho é entrar em contato diretamente com o WhatsApp a partir do e-mail support@whatsapp.com. Na mensagem, inclua o número de telefone em formato internacional (+55) e forneça o máximo de detalhes sobre o ocorrido para a empresa. Além de contar sobre o ocorrido para o WhatsApp, há chances da empresa conseguir recuperar e restaurar sua conta para o seu aparelho. Como se proteger de golpes no WhatsApp Se prevenir de golpes no WhatsApp é importante. (Imagem: Reprodução/ccnull.de Bilddatenbank/VisualHunt) Saber como denunciar os crimes caso eles ocorram é importante, mas melhor ainda é caso as pessoas nunca se tornem vítimas deles. Para evitar que golpes afetem usuários do mensageiro, o próprio WhatsApp disponibiliza em sua Central de Ajuda uma série de dicas, que reproduziremos a seguir: Utilize a autenticação de duas etapas no aplicativo; Não compartilhe o código de autenticação recebido via SMS com ninguém; Configure para que apenas contatos possam ver sua foto de perfil; Não clique em links suspeitos ou compartilhados por desconhecidos; Caso vá realizar qualquer tipo de transação monetária com algum contato, entre em contato por outro canal, seja redes sociais ou chamada de voz, para confirmar a autenticidade do pedido. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Xiaomi anuncia quais celulares serão atualizados para MIUI 13 em breve; confira

canaltech Junto com a apresentação da linha Redmi Note 11 nesta quarta-feira (26), a Xiaomi divulgou quais celulares devem ser atualizados para a MIUI 13 no primeiro trimestre de 2022. Sem dar datas específicas para cada aparelho, a companhia inclui na lista modelos topo de linha e intermediários vendidos no mundo inteiro. Xiaomi testa versão estável da MIUI 13 para Redmi Note 10 e Mi 11 Lite Saiba quando a MIUI 13 chega ao seu celular Xiaomi Segundo o anúncio, as unidades Mi 11 e Mi 11T serão as primeiras a receber a próxima atualização. Em seguida, entram os intermediários estreantes do conjunto Redmi Note 11 e, logo depois, os irmãos mais velhos Redmi Note 10. Confira a lista completa: -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Mi 11 Ultra Mi 11 Mi 11i Mi 11 Lite 5G Mi 11 Lite Xiaomi 11T Pro Xiaomi 11T Xiaomi 11 Lite 5G NE Redmi Note 11 Pro 5G Redmi Note 11 Pro Redmi Note 11 Pro Redmi Note 11S Redmi Note 11 Redmi Note 10 Pro Redmi Note 10 Redmi Note 10 JE Redmi Note 8 (2021) Redmi 10 Xiaomi Pad 5 É importante ressaltar que a MIUI 13 não é construída somente sobre o Android 12, mas também sobre o Android 11. Não se sabe exatamente qual distribuição será lançada para cada modelo, então resta esperar pelo update para verificar quais aparelhos receberão o sistema com estrutura mais recente. Se você tem algum dos celulares mencionados, vale ficar de olho em atualizações pelos próximos meses. É fato, porém, que assim que o update for liberado, o Canaltech divulgará a novidade. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

Um Amor para Recordar pode ganhar reboot com Olivia Rodrigo

canaltech Nesta semana, o longa Um Amor para Recordar, baseado no livro homônimo de Nicholas Sparks, completou 20 anos de seu lançamento. Estrelado por Mandy Moore (que hoje interpreta Rebecca em This is Us) e Shane West (o doutor Ray Barnett em Plantão Médico), o filme foi a segunda adaptação de um romance do autor e deu início a uma série cinematográfica que rendeu 11 adaptações para as telonas. Os 10 melhores filmes de romance para assistir no Prime Video As 10 melhores adaptações de livros para o cinema Em entrevista à revista People para celebrar os 20 anos do filme, Moore declarou que adoraria assistir a um reboot de Um Amor para Recordar, e que ele fosse estrelado por ninguém menos que a estrela de High School Musical: A Série: O Musical e cantora indicada ao Grammy Olivia Rodrigo. "Eu adoraria isso. Não sei, Olivia Rodrigo ou algo assim. Alguém poderia refazer este filme. Eu adoraria vê-lo. Já faz muito tempo que sinto que conquistamos nosso lugar na história cinematográfica para uma reinicialização [da história] neste momento". -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Olivia Rodrigo atualmente é Nini Salazar em High School Musical: A Série: O Musical (Imagem: Divulgação / Disney+) Um Amor para Recordar é o tradicional filme sobre uma garota que acaba mudando um rapaz. O drama romântico acompanha o amadurecimento de um estudante cínico do ensino médio que é obrigado a ser tutor de uma escola de baixa renda. Lá, ele reencontra Jamie Sullivan, uma garota que, apesar de conhecer durante toda a vida, ainda não tinha se aproximado adequadamente. Não demora para ele se apaixonar por ela e os dois viverem um romance. Já Olivia Rodrigo construiu sua carreira como atriz no Disney Channel, onde participou de três temporadas do seriado Bizaardvark. Depois, ela acabou furando a bolha ao estrelar a derivada de High School Musical como Nini Salazar. A cantora e atriz já revelou anteriormente o quão difícil está sendo equilibrar ambas carreiras depois do sucesso de seu álbum de estreia, SOUR, mas uma coisa é certa: Rodrigo retornará ao East High para a terceira temporada do show, que chega em algum momento de 2022 no Disney+. Mandy Moore e Shane West em Um Amor para Recordar (Imagem: Divulgação / Warner Bros. Pictures) Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! Amado pelos fãs, odiado pela crítica Apesar das adaptações das obras de Nicholas Sparks terem um apelo forte junto ao público e em todas ocasiões superarem o orçamento em quase três vezes nas bilheterias, a crítica especializada não os aprova. Nenhum dos 11 longa-metragens alcançou o certificado Red no Rotten Tomatoes, quem dirá o Fresh. Um Amor Para Recordar foi um verdadeiro sucesso de audiência, mas os críticos concordam que "embora saudável, a jornada de Mandy Moore [no filme] também é sem graça e opressivamente xaroposo". Diário de uma Paixão, estrelado por Rachel McAdams e Ryan Gosling em 2004, é o que tem a melhor nota na plataforma, mas ainda assim não consegue sair do certificado Rotten. A última adaptação para as telas de Nicholas Sparks foi o filme A Escolha, com Benjamin Walker e Teresa Palmer. Apesar do amor dos fãs, Um Amor para Recordar foi massacrado pela crítica especializada (Imagem: Divulgação / Warner Bros. Pictures) Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Um Amor para Recordar está disponível no Looke. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

Discord passa por instabilidade nesta quarta-feira (26)

canaltech O Discord passa por uma instabilidade generalizada nesta quarta (26). Uma falha encontrada em uma API impede que usuários participassem de chamadas e trocassem mensagens em toda a plataforma desde 16h45. Felizmente, o serviço já foi reestabelecido para algumas pessoas. O que é Discord e como criar uma conta para usar no celular e no PC 3 dicas essenciais para usar o Discord Diferente de uma simples indisponibilidade de servidor, o problema dessa vez parece ter ocorrido no próprio serviço. Quem tentava entrar no mensageiro, encontrava a seguinte mensagem: “Identificamos um problema subjacente com a interrupção da API, mas estamos lidando com uma segunda falha em um de nossos clusters de banco de dados. Uma equipe de plantão está resolvendo o problema”. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Apesar de ser popularmente conhecido como uma plataforma de comunicação para gamers, o Discord também tem o papel de conectar empresas inteiras que trabalham à distância, bem como faculdades, escolas e turmas no mundo inteiro. A falha, portanto, interfere bem mais do que nas jogatinas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

Como colocar senha no WhatsApp

canaltech É muito importante saber como colocar senha no WhatsApp, especialmente se você utiliza o mensageiro como ferramenta de trabalho ou até mesmo mantém conversas privadas que não podem ser acessadas por qualquer pessoa. Como marcar uma mensagem como não lida no WhatsApp Como ouvir um áudio no WhatsApp sem a outra pessoa saber Independente do uso que dado para a ferramenta, é importante mantê-la segura contra roubos de dados e clonagens em caso de perda ou furto do seu celular — garantindo sua privacidade e das suas mensagens. Confira abaixo como fazer isso no Android, no iPhone e até mesmo na versão web do mensageiro! Como funciona colocar senha no WhatsApp? O WhatsApp oferece nativamente a função de colocar senha via biometria em ambos os sistemas operacionais Android e iOS, além da opção de ativar a verificação em duas etapas. No entanto, usuários do Android ainda podem utilizar uma plataforma de terceiros capaz de travar o acesso aos apps do sistema, gerando uma camada extra de segurança. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- No caso da versão web do mensageiro, é necessário utilizar uma extensão do Google Chrome que, dentre outras funcionalidades, também permite colocar senha no WhatsApp. Como colocar senha no WhatsApp no Android Abra o WhatsApp, toque nos "Três pontos" e selecione "Configurações"; Acesse a aba "Conta" e clique em "Privacidade"; Role a aba seguinte até o final e toque em "Bloqueio por impressão digital"; Habilite a opção "Desbloquear com impressão digital" para colocar senha no WhatsApp; Em seguida, selecione em quanto tempo o app deverá ser bloqueado automaticamente. Veja como colocar senha no WhatsApp no Android (Captura de tela: Matheus Bigogno) Como colocar senha no WhatsApp no iPhone Abra o WhatsApp e toque em "Configurações" à direita do menu inferior; Acesse a aba "Conta" e clique em "Privacidade"; Role a aba segunte até o final e toque em "Bloqueio de tela"; Habilite a opção "Solicitar Face ID" para colocar senha no WhatsApp; Em seguida, selecione em quanto tempo o app deverá ser bloqueado automaticamente. Veja como colocar senha no WhatsApp no iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten) Como ativar a verificação em duas etapas Com a verificação em duas etapas, o WhatsApp passa a solicitar o código PIN que você criou sempre que for configurar o mensageiro em um novo celular. Além disso, a plataforma solicitará periodicamente que você insira o PIN para acessá-lo. Abra o WhatsApp e acesse a aba de "Configurações"; Acesse a aba "Conta" e clique em "Confirmação em duas etapas"; Toque em "Ativar" e insira um PIN de 6 dígitos e confirme-o em seguida; Insira um endereço de e-mail para recuperar a senha caso você precise recuperá-la; A confirmação em duas etapas está ativada, portanto, clique em "OK" para colocar senha no WhatsApp. Veja como colocar senha no WhatsApp usando a "Verificação em duas etapas" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Como colocar senha no WhatsApp usando o AppLock Caso você queira adicionar mais uma camada de segurança ao acesso do mensageiro, pode utilizar o AppLock para exigir uma senha sempre que o WhatsApp for aberto. Baixe e instale em seu celular o AppLock (Play Store); Ao abri-lo, crie uma senha de acesso; Clique qualquer app da tela de início e dê as permissões necessárias ao app, como permitir que ele monitore e sobreponha outros apps; De volta à tela inicial do AppLock, localize o WhatsApp e clique no ícone de “Cadeado aberto” para que ele seja fechado; Feito isso, o app irá colocar senha no WhatsApp e você precisará inseri-la toda vez que o mensageiro for aberto. Veja como colocar senha no WhatsApp usando o AppLock (Captura de tela: Matheus Bigogno) Como colocar senha no WhatsApp Web Para colocar uma senha no WhatsApp Web, você precisará de uma extensão do Google Chrome chamada WA Web Plus for WhatsApp. Baixe a WA Web Plus for WhatsApp da Chrome Web Store; Acesse o WhatsApp Web e clique no ícone da extensão no canto superior direito; Localize a opção "Ativar bloqueio de tela" e clique em "Definir senha"; Digite a senha e clique em "Mudar"; Em seguida, ative a opção "Ativar bloqueio de tela"; Baixe a extensão do Google Chrome, defina uma senha e clique em "Ativar bloqueio de tela" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Feito isso, a extensão irá colocar senha no WhatsApp Web e você precisará digitá-la toda vez que quiser acessar o mensageiro. Veja como colocar senha no WhatsApp Web (Captura de tela: Matheus Bigogno) Posso colocar senha em somente uma conversa? A resposta é sim! Se você está querendo em travar apenas algumas conversas em específico, saiba que tem como colocar senha em conversas dentro do WhatsApp. No entanto, isso só pode ser feito em celulares Android, usando o app Locker for Whats Chat App. Pronto! A partir de agora você sabe exatamente como colocar senha no WhatsApp no Android, iPhone e até na versão web do mensageiro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Windows 11 ganha suporte a apps de Android e pacote de novidades em fevereiro

canaltech Fevereiro será um mês movimentado de atualizações do Windows 11, revela o chefe de produto do Windows, Panos Panay, nesta quarta (26). Uma prévia funcional do suporte para apps Android, novidades da Barra de Tarefas e aplicativos nativos retrabalhados, como Media Player e o Bloco de Notas, enfim serão lançados para o público geral. Windows 11 e Windows 10 rodam em mais de 1,4 bilhão de PCs, revela Microsoft Andromeda OS | Versão cancelada do Windows para celular aparece em vídeo “No próximo mês, traremos novas experiências para o Windows que incluem uma prévia pública de como apps Android podem ser usados no Win 11 por meio da Microsoft Store”, antecipou o executivo. A ocasião também mostrará para que servem as parcerias com a Amazon e a Intel nesse recurso. Aplicativos Android estarão disponíveis para download na loja de apps (Imagem: Reprodução/Microsoft) Não há detalhes sobre como essa prévia vai se parecer, mas o anúncio sinaliza que o Subsistema Android para Windows (WSA) será liberado — ao menos, em parte. A função não é uma novidade, já que foi apresentada em junho do ano passado e é experimentada por membros do programa Windows Insider desde outubro. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Novos apps nativos A aguardada renovação do Bloco de Notas e o retorno do Media Player também farão parte do pacote. Ambos entraram em testes nas prévias do Windows 11 há algum tempo e prometem entregar experiências atualizadas dos clássicos programas, sem ferir a proposta original. O novo Media Player é bem a cara do Groove Música, mas ajustado para encaixar no design do Windows 11 (Imagem: Reprodução/Microsoft) Para a Barra de Tarefas, as novidades também são valiosas em usabilidade. O “Notícias e Clima” voltou à seção, agora integrado à bandeja de widgets; o novo botão para mutar o microfone também deve estrear, ajudando usuários que participam de várias salas a não esquecer o áudio aberto. O sucessor espiritual do "Notícias e Clima" agora é um atalho para a bandeja de widgets (Imagem: Reprodução/Microsoft) Ainda sem previsão As novidades serão incluídas no mês que vem, mas provavelmente chegarão em partes. Não existe previsão para a introdução dos recursos, mas todos serão distribuídos via Windows Update, talvez em compilações opcionais. Portanto, para garantir que os recursos chegarão ao seu computador assim que forem lançados, fique de olho nas notificações do sistema e, claro, no Canaltech. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Kia Sportage híbrido ganha registro no Brasil

canaltech Confirmado pelo presidente da Kia, José Luiz Gandini, na virada de 2021 para 2022, o Sportage híbrido está oficialmente liberado para chegar ao Brasil. O SUV sul-coreano teve patente registrada no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) e completou mais uma etapa do longo processo burocrático. 10 carros elétricos que serão lançados no Brasil em 2022 Kia revela SUV elétrico com "cara" de Kia Soul A patente registrada revelou praticamente tudo o que Kia Sportage híbrido apresentará ao mercado brasileiro ainda em 2022, mas já em sua versão/modelo 2023. Um dos pontos, inclusive, já havia sido confirmado pelo principal executivo da marca. “Vamos ter o Sportage totalmente reestilizado, com motor híbrido 1.6 turbo GDI. Já está no Brasil para homologação. Devemos tê-lo por aqui em março ou abril”, apontou em dezembro de 2021, adiantando a propulsão escolhida para o Brasil. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- As informações mais recentes vão além do motor, que renderá, ao somar a potência do elétrico com o tradicional, a combustão, 230 cavalos. Segundo as novas especificações divulgadas, o Kia Sportage híbrido terá câmbio automático de 6 velocidades e um consumo aproximado de 16,1 km/l. Kia Sportage que virá ao Brasil será mais compacto do que o vendido nos Estados Unidos (Imagem: Divulgação/Kia) Kia prepara versão europeia do Sportage para o Brasil A principal novidade em relação ao Kia Sportage que agora foi registrado no Brasil, no entanto, envolve a versão escolhida para o mercado nacional. A montadora sul-coreana teria optado por mandar para cá a variante que é vendida na Europa e não a que foi para os Estados Unidos. A principal diferença está no tamanho do SUV. Enquanto a versão vendida nos EUA tem 4,66 metros de comprimento e 2,76 metros de distância entre-eixos, a que ganhou a Europa tem 4,52 metros e 2,68 metros, respectivamente. Um SUV mais compacto, portanto. A outra diferença é na transmissão, já que a vendida no mercado dos Estados Unidos é de 8 velocidades, acompanhada de um motor aspirado, a combustão, de 2,5 litros e 190 cavalos de potência. E aí: ansioso para ver o novo Kia Sportage híbrido por aqui? Comente conosco nas redes sociais. Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Kia Sportage 2023 (Divulgação/Kia) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Anvisa manda recolher autotestes de covid-19

canaltech A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento de autotestes para a covid-19 de duas marcas nesta semana: o Autoteste Covid-19 Isa Lab e o Teste Covid meuDNA PCR-LAMP Autocoleta de Saliva, da empresa Empreendimentos Pague Menos S/A. Autotestes: Anvisa adia decisão e pede detalhes de planejamento para a Saúde Como funciona o autoteste de covid-19? "É importante ressaltar que, até o momento, não existe nenhum produto aprovado pela Anvisa como autoteste, ou seja, para uso por usuários leigos", informou a agência, em nota. Dessa forma, testes de antígenos, que são feitos em casa, não podem ser comercializados e estão proibidos no Brasil. Autotestes da covid-19 não podem ser comercializados no Brasil, segundo a Anvisa (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements) Através da Resolução nº 210, a Anvisa determinou recolhimento e as suspensões do Autoteste Covid-19 Isa Lab na terça-feira (25). Na Resolução nº 213, publicada nesta quarta-feira (26), a agência estabeleceu o recolhimento dos autotestes da empresa Pague Menos. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Vale especificar que, no caso do Isa Lab, a Anvisa informa que o autoteste é "comercializado por empresa não regularizada". No momento, "os casos seguem em avaliação e as infrações serão apuradas em processos administrativos próprios, nos termos da Lei 6.437/77", informou a agência. Autotestes ainda não foram liberados Vale lembrar que o Ministério da Saúde já pediu a autorização desse tipo de teste para a covid-19. No dia 19 de janeiro, a Anvisa adiou a decisão de aprovar (ou não) o exame de antígenos, argumentando que faltavam detalhes sobre a política pública que será adotada para quem testar positivo. Agora, a Saúde deve apresentar mais detalhes sobre a iniciativa de combate ao coronavírus. Equanto isso não ocorre, a venda de autotestes para a covid-19 não é autorizada. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Logitech G413 SE é novo teclado mecânico acessível com visual discreto

canaltech A Logitech anunciou nesta terça (25) dois novos teclados mecânicos focados no custo-benefício — o G413 SE e o G413 SE TKL. As novidades chegam como versões simplificadas do G413 lançado em 2019, prometendo manter a construção rígida e boa performance, e ainda que visem atender ao público gamer, os lançamentos também trazem apelo para quem trabalha em escritório ou prefere acessórios com visual mais sóbrio. Logitech anuncia mouse sem fio G303 Shroud Edition no Brasil Fallen Gaming lança headset, mouse e teclado voltados para jogadores iniciantes Logitech G413 SE é teclado mecânico sóbrio e acessível Por serem pensados para ter preço baixo, os novos teclados da Logitech são bastante simples, dando mais ênfase a pontos importantes para entregar boas usabilidade e resistência. Ambas as variantes entregam basicamente o mesmo conjunto de recursos, com a ausência do teclado numérico e teclas adjacentes sendo o único ponto que separa a variante TKL (sigla para Tenkeyless) do G413 SE padrão. Com foco no custo-benefício, o Logitech G413 SE traz iluminação LED branca e design sóbrio (Imagem: Reprodução/Logitech) Assim sendo, os periféricos trazem corpo em plástico com deck em alumínio, teclas em PBT e iluminação LED branca, prometendo alta durabilidade mesmo com uso intenso. Não há logos destacados ou cores extravagantes, como costuma ser o caso de teclados gamer, especialmente na faixa de preço do G413 SE, o que os torna uma opção muito atraente para quem pretende utilizá-los para o trabalho. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Há apenas uma opção de switch disponível, a Tactile — trata-se de uma equivalente da popular Cherry MX Brown, que oferece um feedback marcado no clique, mas operando de maneira muito mais silenciosa que as switches MX Blue. Outro corte curioso é a configuração de 6-Key Rollover, que significa que os teclados conseguem registrar comandos de até 6 teclas simultaneamente. O G413 TKL, ou Tenkeyless, é mais compacto por eliminar as teclas numéricas (Imagem: Reprodução/Logitech) Concorrentes trazem configuração N-Key Rollover, registrando um número ilimitado de cliques sem perder o sinal. Ainda assim, caso o foco seja a digitação, isso não deve ser um grande problema, e há um efeito positivo no preço. Preço e disponibilidade O Logitech G413 SE e G413 SE TKL serão lançados globalmente em fevereiro, com preços sugeridos de US$ 79,99 (~R$ 435) e US$ 69,99 (~R$ 380), respectivamente. Apesar de não haver informações sobre preços e a chegada dos teclados ao Brasil, é provável que as novidades também sejam trazidas ao país. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | Carro que muda de cor tem preço surreal no Brasil Galaxy S22, S22 Plus e S22 Ultra vazam em todas as cores e ângulos SAMSUNG EM OFERTA: celulares com muito desconto no Magalu Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Veja Mais

Magalu triplica vendas em listas de presentes online com alta de 194% em 2021

canaltech Com crescimento de 194% nas vendas, as plataformas Chá de Bebê e Quero de Casamento quase triplicaram em 2021 em comparação com o ano anterior. A plataforma dedicada a casamento — utilizada por mais de 190 mil casais em oito anos — bateu seu recorde histórico de vendas no ano passado. Magazine Luiza é Empresa e E-commerce Mais Dominante do Brasil do Prêmio iBest Magazine Luiza está em ranking das melhores empresas para trabalhar no Brasil Para Pedro Aranha, gerente de novos negócios do Magalu, a demanda reprimida pela quarentena veio à tona em 2021. “Estamos prontos para ajudar ainda mais clientes a fazerem suas celebrações de maneira simples e com comodidade”, destaca. Uma pesquisa interna do Quero de Casamento aponta que os casamentos remarcados para o segundo semestre de 2021 contribuíram para o crescimento do canal. O site é 100% gratuito e permite que os noivos alterem a data do casamento sempre que necessário: os presentes, que são convertidos em créditos, não expiram. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Plataformas do Magalu dedicadas a listas de presentes têm crescimento expressivo (Imagem: Divulgação/Magazine Luiza) O mesmo modelo se aplica à plataforma dedicada a Chá de Bebê, que permite resgatar os produtos que preferirem posteriormente — sem a necessidade de estocar fraldas e itens para o bebê. “Assim que meu cartão com os créditos chegou, comecei a utilizar. E utilizo até hoje”, conta Bruna Siqueira, mãe da Manuella, de 2 meses. Em menos de um ano de atividade, o serviço já foi usado por mais de 100 mil pessoas, entre pais, responsáveis e convidados. “Trabalhamos muito na experiência do usuário, o que ajudou nesse resultado”, afirma Bianca Fortunato, customer experience das Listas Magalu. “Em 2022, estamos ainda mais preparados.” Tanto o Chá de Bebê quanto o Quero de Casamento podem ser encontrados no Listas Magalu. Para criar uma Lista Magalu, basta visitar o endereço e escolher a opção ideal para o momento. O Quero de Casamento e o Chá de Bebê permitem incluir fotos, informações do evento e confirmação de presença. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Criptomoedas | O que são shitcoins?

canaltech Com a popularidade do mercado de criptomoedas aumentando, é comum que novas pessoas que desejam começar a investir nesse setor se deparem com muitos termos confusos e desconhecidos. Entre eles, está o shitcoin, também conhecidos como moedas inúteis. Golpes com criptomoeda: principais ameaças e como se proteger Criminosos usam criptomoedas falsas como isca para roubar vítimas O termo shitcoin (moeda de merda, em tradução livre) é uma palavra utilizada para descrever criptomoedas que existem, mas não propõem nenhum tipo de solução ou vantagem para seus investidores. Normalmente, elas podem ser cópias de projetos cripto já existentes, mas com os principais benefícios removidos. E mesmo as que não são cópias de projetos já existentes costumam trazer alguma solução de problemas presentes em outros ativos ou benefícios para seus investidores. Mesmo assim, por inúmeros motivos, uma parcela notável de entusiastas do setor de ativos digitais acaba comprando tokens de shitcoins. Explicamos alguns dos principais a seguir: -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Investidores de shitcoin Investidores enxergam em shitcoins uma forma rápida de lucrar. (Imagem: Reprodução/Pixabay) Como explicamos na introdução desta matéria, as shitcoins não trazem benefícios para seus investidores, diferentemente de outros ativos, como o Bitcoin, que tem desenvolvedores proativos e suas funções descentralizadas. Porém, no caso dos "ativos inúteis", algo pode atrair entusiasta do mercado: a valorização dos tokens. As shitcoins podem se valorizar rapidamente e em seguida passarem por quedas bruscas, já que os especuladores querem garantir os ganhos no curto prazo, o que faz com que investidores que saibam do funcionamento desse mercado acabem optando por injetar dinheiro nessas moedas. Além disso, como a maioria desses ativos digitais não tem limite de tokens em circulação, todo o seu valor é fruto de especulação do mercado. Em especial, quando elas são lançadas, elas podem atrair um maior número de especuladores, o que resulta em uma elevação temporária de seus valores até uma primeira queda — geralmente ocorrendo quando os investidores vendem seus ativos para conseguir um lucro rápido. Tudo isso vai criando um cenário onde o preço da criptomoeda é totalmente atrelado a especulação do mercado. Por outro lado, o aumento de valor de shitcoins também pode acontecer por conta de interpretações erradas do mercado. Um caso conhecido ocorreu na última quarta-feira (26), quando o McDonald's respondeu à solicitação feita por Elon Musk de começar a aceitar o Dogecoin como uma forma de pagamento. Na resposta, a rede de fast food disse que só aceitaria o ativo caso a Tesla, empresa de Musk, começasse a aceitar a criptomoeda GrimaceCoin, aparentemente inspirado em uma mascote do restaurante, como forma de pagamento. O problema é que até o tweet do McDonald's, esse ativo não existia, com mais de 20 criptoativos com o mesmo nome sendo criados depois e chegando a ter extrema valorização por conta da brincadeira — configurando-as como shitcoins. Como identificar uma shitcoin Dogecoin é uma das principais shitcoins no mercado de criptomoedas. (Imagem: Reprodução/Unsplash) A identificação de shitcoins pode ser realizada a partir de atenção do investidor em alguns detalhes característicos dessas criptomoedas, mas frisamos que podem ter casos onde ativos digitais serão classificados como moedas inúteis, mas não terão as características abaixo. Confira: Moedas pré-mineradas: é importante prestar atenção se os tokens da moeda já foram minerados, já que normalmente isso pode indicar um maior controle dos desenvolvedores no ativo, como comum em shitcoins, facilitando golpes; Desenvolvedores anônimos: não consegue achar informações sobre os criadores do criptoativo? Pode ser que eles mantenham o anonimato por já serem conhecidos por criar outras shitcoins, fique de olho; Tokens para os desenvolvedores: muitos tokens estão na posse dos desenvolvedores? Desconfie, pois pode ser indicativo de um futuro esquema de rug and pull; Não oferecem soluções: as altcoins, nome dado a criptomoedas legítimas que não são o Bitcoin (BTC), são caracterizadas por oferecerem soluções para os problemas do BTC ou inovações ao setor. Por outro lado, as shitcoins não oferecem nada, simplesmente existindo. Atualizações falhas de código: poucas atualizações e todas com falhas são indicativos que os desenvolvedores não estão pensando muito nos possíveis investidores, mas sim procurando uma forma rápida de lucrar; No fim, shitcoins já fazem parte do mercado de criptomoedas e, mesmo muitas vezes podendo causar grandes prejuízos, é possível que elas se mantenham como uma peça recorrente nesse setor. Por isso, caso decida investir em ativos digitais, fique atento. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Avião espacial chinês fará turismo suborbital até 2025

canaltech A Space Transportation está desenvolvendo um avião espacial que conseguirá realizar voos suborbitais velozes entre dois pontos da Terra. Os primeiros testes da empresa chinesa começarão no próximo ano e o primeiro voo tripulado deve acontecer em 2025. Turismo espacial pode se tornar uma ameaça ao clima da Terra, alertam cientistas Qual a diferença entre um voo suborbital e um orbital? Ambos são espaciais? O avião será totalmente dedicado ao transporte de ponto a ponto a altas velocidades para clientes comerciais, e a Space Transportation quer oferecer viagens mais baratas do que os voos tradicionais. Avião espacial chinês será lançado por foguete "alado" (Imagem: Captura de tela/Space Transportation) O avião espacial será lançado verticalmente por um “foguete alado” e, quando alcançar determinada altitude, ele se desprenderá de seu impulsionador, começando seu voo suborbital. Os primeiros testes em solo estão previstos para 2023, o primeiro voo não tripulado para 2024 e o primeiro com passageiros para o ano seguinte. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Em seguida, o objetivo da Space Transportation é realizar o primeiro teste de um voo suborbital em escala global já em 2030. Para isso, a empresa arrecadou cerca de US$ 46,3 milhões para desenvolver o projeto, incluindo seus aviões hipersônicos Tianxing 1 e Tianxing 2, recentemente testados. Testes de voos suborbitais Entre 2020 e 2021, a China Aerospace Science and Technology Corporation (CASC) realizou testes secretos com veículos suborbitas e orbitais a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan. Ao que tudo indica, fazem parte do programa que desenvolve aviões espaciais, mas ainda não se sabe quais modelos. O avião espacial VSS Unity, da Virgin Galactic (Imagem: Reprodução/Virgin Galactic) Outras empresas estão conquistando o setor dos voos comerciais suborbitais, como a Virgin Galactic, que, em julho do ano passado, realizou seu primeiro voo comercial com o veículo VSS Unity (que também é um avião espacial), no qual estava abordo Richard Branson, dono da Virgin. Já na semana passada, a norte-americana Radian Aerospace anunciou o desenvolvimento do avião espacial Radian One, cujo veículo de lançamento será reutilizável e contará com apenas um estágio. Além disso, a CAS Space, braço da Academia Chinesa de Ciências (CAS, na sigla em inglês), está trabalhando em um sistema de voos suborbitais bem parecido com o já utilizado pela Blue Origin, no qual um foguete conduz a cápsula com passageiros até a fronteira do espaço. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Veja Mais

TikTok faz parceria com a ONU para combater desinformação sobre o Holocausto

canaltech Nesta quinta-feira (27), a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e o Congresso Judaico Mundial (WJC) lançaram uma colaboração com a rede social TikTok. O objetivo é combater o antissemitismo e a distorção de informações relacionadas ao Holocausto, nome dado ao programa de extermínio de judeus na Alemanha nazista entre entre 1933 e 1945. Desafio sobre o Holocausto levanta polêmicas no TikTok TikTok quer fechar o cerco em torno de boatos e desafios perigosos na plataforma A aliança apresentada por ocasião do Dia Internacional em Memória do Holocausto, que marca o aniversário da libertação do campo de concentração e extermínio nazista de Auschwitz-Birkenau em 1945, facilitará o acesso a informação sobre o acontecimento por meio de um site. Ao pesquisar termos relacionados ao Holocausto, os usuários verão um banner no topo dos resultados que inclui um link para a página informativa, disponível em 19 idiomas, e um aviso para que todos consultem fontes confiáveis. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Além disso, um comunicado será mostrado em forma de banner, caso a pesquisa de um termo relacionado ao Holocausto viole as regras do TikTok. Nos próximos meses, a plataforma também deve implementar as informações na parte inferior dos vídeos com hashtags relacionadas ao acontecimento. Usuários vão poder se infomar mais sobre o Holocausto por meio da página criada pela UNESCO em parceria com a WCJ (Imagem: Reprodução/TikTok) "A circulação de informações falsas sobre o Holocausto é um problema crescente nas redes sociais, e nem todas as plataformas estão tomando medidas efetivas para conter essa tendência nociva", disse a Unesco. O TikTok disse que "condena o antissemitismo em todas as suas formas" e conta com a ajuda de tecnologia e de moderadores humanos para erradicar conteúdo e contas antissemitas. Isso inclui aqueles que fazem publicações que negam o Holocausto ou qualquer outra forma de discurso de ódio dirigido ao povo judeu. Os usuários também poderão encontrar conteúdo de criadores que compartilham material educacional sobre o Holocausto e o antissemitismo na página "Explorar" do TikTok. Desinformação sobre o Holocausto Segundo dados da própria Unesco e da ONU, 17% do conteúdo relacionado ao Holocausto no TikTok negou ou distorceu o ocorrido. Perante esta situação, a plataforma decidiu agir, com a ajuda de ambas as organizações. Criadores judeus também tiveram seu conteúdo denunciado por terceiros ou retirado por engano devido a comportamentos de propagação de ódio, de acordo com a NBC em 2021. Outro movimento bastante controverso na plataforma foi uma tendência lançada em 2020 em que alguns criadores se trajavam como vítimas mortas do holocausto. O comportamento foi criticado pelo Museu de Auschwitz, com razão. A desinformação sobre o Holocausto e as teorias da conspiração antissemitas dispararam nas plataformas de mídia social durante a pandemia, e a ignorância generalizada e crescente sobre o tema tem alimentado esse problema, afirmou a Unesco. “A educação é uma das maneiras mais poderosas de combater o ódio”, disseram o diretor de políticas públicas do TikTok, Eric Ebenstein, e sua diretora de relações governamentais, Elizabeth Kanter. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Veja Mais

Pessoas com depressão tendem a cair mais em fake news sobre covid

canaltech Pessoas com depressão tendem a cair mais em fake news sobre covid-19. Pelo menos, é isso o que afirma um estudo do Massachusetts General Hospital, publicado no JAMA Network Open na última sexta (21). Para chegar a essa conclusão, a equipe entrevistou 15.464 pessoas, em busca de sintomas depressivos e opiniões sobre vacinas. 52% dos sobreviventes de COVID-19 lutam contra a depressão, segundo estudo Desinformação leva taxa de depressão pós-parto a dobrar na pandemia, diz USP Segundo o artigo, a depressão pode contribuir com um viés de negatividade, ou seja, uma espécie de tendência a se concentrar em informações negativas. “A depressão pode fazer com que as pessoas vejam o mundo como um lugar particularmente obscuro e perigoso. Pensamos se essas pessoas também podem ser mais suscetíveis a acreditar que as vacinas são perigosas, mesmo que não sejam", explica o pesquisador Roy Perlis. A pesquisa aponta que os participantes com sintomas depressivos mais intensos eram mais propensos a endossar declarações falsas sobre as vacinas contra covid-19. Com isso, a depressão foi associada a uma probabilidade 2,2 vezes maior de cair em fake news. Os entrevistados que endossaram pelo menos uma declaração falsa apresentada no estudo tiveram 50% menos probabilidade de serem vacinados e 2,7 vezes mais chances de relatar resistência à vacina. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Pessoas com depressão tendem a cair mais em fake news sobre covid-19, segundo estudo (Imagem: twenty20photos/envato) Dois meses depois do estudo, o grupo de cientistas entrevistou de novo uma pequena parcela (2.809) dos participantes. A conclusão tirada foi que aqueles com depressão na primeira pesquisa eram duas vezes mais propensos a endossar mais desinformação. “Embora não possamos concluir que a depressão causou essa suscetibilidade, olhar para uma segunda onda de dados permitiu entender que a depressão veio antes da desinformação. Ou seja, não era a desinformação que estava deixando as pessoas mais deprimidas”, concluiu o pesquisador. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Filamentos magnéticos no centro da Via Láctea intrigam astrônomos

canaltech Cerca de mil filamentos magnéticos foram revelados em uma nova imagem do centro da Via Láctea, através das ondas de rádio detectadas pelo telescópio MeerKAT, do Observatório de Radioastronomia da África do Sul (SARAO). Cientistas tentam desvendá-los desde a década de 1980, mas só agora o cenário completo foi observado. Foto mostra o buraco negro supermassivo da Via Láctea emitindo um pequeno jato Atividade do buraco negro supermassivo da Via Láctea é caótica e irregular Os filamentos foram descobertos por Farhad Yusef-Zadeh, da Northwestern University. Na época, o pesquisador já havia notado como eles eram organizados, além de ter descoberto elétrons de raios cósmicos girando em torno do campo magnético próximo à velocidade da luz. Uma imagem em mosaico do centro da Via Láctea; os filamentos magnéticos são grandes barras verticais (Imagem: Reprodução/Northwestern University) Entretanto, o quadro naquela época era limitado pela tecnologia dos instrumentos astronômicos. Agora, com os telescópios modernos e altamente sensíveis, Yusef-Zadeh e sua equipe conseguiram uma imagem que revela 10 vezes mais filamentos do que os descobertos antes. Isso permitiu vislumbrar o cenário completo. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Com até 150 anos-luz de comprimento, os filamentos estão organizados em pares e aglomerados, muitas vezes lado a lado como cordas de uma harpa. Aqueles que fazem parte dos aglomerados são separados uns dos outros a distâncias perfeitamente iguais — que, curiosamente, corresponde à distância entre a Terra e o Sol. Além dos filamentos, a nova imagem captura emissões de rádio de fenômenos como estrelas em erupção, berçários estelares e remanescentes de supernovas. Para isolar os filamentos e observá-los com maiores detalhes, a equipe usou uma técnica para remover o fundo da imagem principal. O que são esses filamentos na Via Láctea? Ainda não se sabe exatamente o que criou os filamentos magnéticos, mas algumas possibilidades já puderam ser descartadas. Por exemplo, é improvável que tenham sido resultado de remanescentes de supernovas, pois a variação de radiação emitida por ambos é distinta. Pode ser que os fios estejam relacionados às atividades anteriores do buraco negro supermassivo central da Via Láctea, de acordo com os autores do novo estudo. Eles também poderiam estar relacionados a enormes bolhas emissoras de rádio descobertas por Yusef-Zadeh e colegas em 2019. Aglomerado de filamentos tipo harpa no centro galáctico(Imagem: Reprodução/Northwestern University) Outras características são intrigantes, como o modo como os filamentos são estruturados. “Ainda não sabemos por que eles vêm em grupos nem entendemos como eles se separam, e não sabemos como esses espaçamentos regulares acontecem”, disse Yusef-Zadeh. “Toda vez que respondemos a uma pergunta, várias outras surgem”. Também falta descobrir se os filamentos se movem ou mudam ao longo do tempo, ou o que acelera os elétrons a velocidade próxima à da luz. Para desvendar esses mistérios, Yusef-Zadeh e sua equipe trabalham para identificar e catalogar cada filamento, determinando o ângulo, curva, campo magnético, espectro e intensidade deles. Isso deve ajudar a descobrir a natureza dessas estruturas. O estudo foi aceito para publicação no The Astrophysical Journal Letters e a imagem completa será publicada em um artigo adicional em uma próxima edição da revista. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

General Motors fará investimento de US$ 7 bilhões em carros elétricos

canaltech A General Motors anunciou o investimento de US$ 7 bilhões em sua divisão de carros elétricos. O objetivo da montadora é ampliar a oferta de modelos zero emissão, como picapes e veículos de trabalho, além de desenvolver suas próprias baterias, algo que, certamente, a colocará em uma posição de destaque no mercado. Chevrolet Bolt | Reinício da produção vai demorar ainda mais 10 carros elétricos que serão lançados no Brasil em 2022 Segundo informações do The New York Times, a empresa vai destinar os recursos para a fábrica de Michigan, que será as responsável pela fabricação das células energéticas; e de Detroit, local onde serão fabricadas novas picapes elétricas da marca, como a Chevrolet Silverado e a GMC Sierra, além de novos modelos ainda na prancheta. Com esse aporte, o objetivo da General Motors de eliminar os veículos a combustão de seu portfólio até 2035 vai ganhando forma, mesmo que os Estados Unidos ainda não tenham legislação muito clara sobre o tema, diferentemente da Europa. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Picapes são os principais veículos dos EUA e devem ser o principal alvo da GM (Imagem: Divulgação/GM) As picapes são a principal categoria de veículo nos Estados Unidos, com mais de 40% da participação de mercado. Além dos benefícios para sua linha de produtos, o investimento bilionário da GM vai gerar mais de 4 mil empregos diretos na região de Michigan, cidade que receberá a maior parte dos recursos. Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Silverado E (Divulgação/Chevrolet) A criação da divisão de baterias vem em boa hora, já que a companhia acabou de passar por grandes problemas com a LG, responsável pelas baterias do Chevrolet Bolt, seu principal carro elétrico do momento. A empresa sul-coreana, aliás, seguirá colaborando com a GM nas melhorias da fábrica de Michigan. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Nvidia se prepara para desistir de compra da ARM

canaltech Mesmo disposta a pagar a cifra de US$ 40 bilhões para adquirir a ARM, a Nvidia pode ser forçada a cancelar esse PIX. O acordo foi anunciado em setembro de 2020, mas negócios sensíveis como este esbarram em muitos interesses. Por isso é necessário que órgãos regulamentadores aprovem a aquisição, o que não deve ocorrer. Reino Unido considera compra da ARM pela NVIDIA uma ameaça à segurança nacional Nvidia dobra investimento em supercomputador no Reino Unido com a ARM em mente Em dezembro os Estados Unidos, através da Federal Trade Commission (FTC) foram os primeiros a apontarem os possíveis problemas da união entre Nvidia e ARM. O governo se preocupa, nessas avaliações, principalmente com a possibilidade de formação de monopólio. A notícia chegou como balde de água fria, e se somou ao intenso movimento de fabricantes de processadores, placas de vídeo e outros componentes, que até então competem com a Nvidia e estariam prestes a se tornarem clientes dela. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Negócio entre as empresas deve ruir (Imagem: Divulgação/NVIDIA) A essa altura do campeonato, de acordo com fontes do mercado, a Nvidia já projeta não haver mais concretude para que o negócio vá adiante. Alívio para o caixa, frustração para os planos de expansão da companhia. O plano B para a ARM A SoftBank, que controla a ARM, inclusive estaria partindo para um plano B: sem os US$ 40 bilhões prometidos, a ideia seria partir para uma Oferta Pública Inicial (o famoso IPO). É o processo de abertura de capital, no qual interessados podem comprar ações para participarem dos ganhos (e perdas) de uma empresa. Assim, muitas empresas do setor de tecnologia devem respirar aliviadas. Havia o temor de que o atual nível de acesso aos recursos da ARM fossem prejudicados com a aquisição pela Nvidia, que certamente defenderia mais seus próprios interesses do que o acesso “democrático” a insumos e serviços. Vale lembrar que outros órgãos regulatórios, como na Europa, devem avaliar a aquisição. Mas parece que os Estados Unidos já jogou o balde de água fria que era necessário para a Nvidia retroceder. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Mesmo mais atentos a segurança online, brasileiros não sabem proteger seus dados

canaltech Um novo estudo da firma de segurança digital Kaspersky mostra que a maioria dos brasileiros (62%) demonstram preocupação com sua segurança online, porém este interesse ainda não se transformou em conhecimento efetivo para conseguir proteger suas informações pessoais, ainda colocando em risco suas identidates virtuais. Falha no ConecteSUS autentica certificados de vacinação com qualquer QR Code O que é Phishing? A pesquisa da Kaspersky mostra que mesmo com uma maior preocupação com a segurança online, tal interesse ainda não se transformou em conhecimento efetivo para os internautas brasileiros, já que 40% desconhecem como é feita a coleta de dados na rede e 35% creem que os dados podem ser acessados apenas durante o uso de um dispositivo - ignorando a existência de registros online. Esses registros online são ativos cada vez mais valorizados no mercado. Elas são usadas para traçar o perfil de consumo, tornando a oferta de produtos e serviços mais rápida e eficiente, melhorando a vida das pessoas. Diariamente, internautas inserem dados na internet como, por exemplo, associar perfis das redes sociais aos e-commerces. Ter ciência da existência deles é importante. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- “A vida física hoje se assemelha ao conteúdo de que deixamos no online. Nossas impressões digitais não estão somente na ponta dos nossos dedos -- elas são os nossos dados pessoais e que estão disponíveis na internet, na maioria das vezes, e podem contar muito sobre nossas preferências, perfil de consumo, hábitos e outras informações. Justamente por isso, a mesma atenção que dispendemos para proteger nossas informações pessoais no mundo real, deveríamos fazer no online” explica Roberto Rebouças, gerente-executivo da Kaspersky no Brasil. O perigo dos dados em mãos de criminosos Informações nas mãos de criminosos podem levar a perigos de privacidade e segurança. (Imagem: Reprodução/Elements/tommyandone) O não entendimento da existência de informações online pode levar que dados sensíveis sejam obtidos por cibercriminosos, que por sua vez podem utilizar eles para trazer mais credibilidade às fraudes, como no caso de phishing, pois contam com informações preciosas sobre os principais hábitos de consumos das pessoas. Por conta desta situação mais "lucrativa", os cibercriminosos buscam fontes que oferecem uma grande quantidade de informações como apps de compras, e também criam golpes que parecem legítimos e o executam em grande escala -- atraindo diversas vítimas e obtendo informações que podem ajudar na aplicação de seus golpes. "Devemos refletir sobre segurança digital diariamente. Não existe mais essa separação entre o online e o mundo ‘real’, prova disso é que tudo o que fazemos está registrado no celular. É preciso ficar atento e entender que da mesma forma que nossos dados podem ser usados para melhorar nossa rotina, na mão de cibercriminosos pode ser passível de golpe. Isso porque, dependendo de como essa coleta dos dados é feita e a maneira que foi armazenada, é nesse momento que o cibercriminosos tiram vantagem e aproveitam para fazer os ataques”, detalha Rebouças. Para mitigar esses riscos, e ter uma vida digital mais segura, a Kaspersky recomenda os seguintes passos: Sempre verifique o link antes de clicá-lo. Às vezes os e-mails e os sites parecem verdadeiros, mas um indicativo de fraude são os erros ortográficos ou endereços diferentes dos canais oficiais. Passe o mouse para visualizar a URL e procure por erros ortográficos ou outras irregularidades; Evite abrir arquivos em sites que não sejam os oficiais. Eles podem ser programas maliciosos que irão tentar roubar dados pessoais ou financeiros; Para evitar o rastreio por e-mail, desabilite o download automático de imagens em seu e-mail e baixe imagens apenas de remetentes confiáveis; Use uma VPN, como Kaspersky Secure Connection, que irá ajudar a ocultar o seu verdadeiro endereço de IP dos anunciantes; Utilizem soluções de segurança de qualidade para manter seus dados protegidos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

10 filmes para curtir as férias em casa

canaltech Tá calor por aí? Filmes de verão costumam oferecer paisagens paradisíacas, além de toda uma história de romance ou comédia pra você se distrair. Pensando nisso, o Canaltech selecionou a dedo 10 filmes de férias para você curtir esse clima de veraneio em casa, todos eles disponíveis para assistir online. 7 filmes imperdíveis para assistir na Netflix em fevereiro 7 filmes sobre amadurecimento que você precisa assistir Tem romance, drama, comédia, aventura, musicais e até mesmo animação! O que não falta é opção de gêneros cinematográficos e variedade para você escolher. Então aperte os cintos e escolha seu próximo destino, pois estamos prestes a viajar. Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? 10. Me Chame Pelo Seu Nome   Estrelado por Timothée Chalamet e Armie Hammer, Me Chame pelo seu Nome acompanha justamente uma história de amor que começou no verão de uma bela e lânguida paisagem italiana. Elio é um jovem tranquilo, que aproveita o período bem preguiçoso na casa dos seus pais. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- No entanto, tudo está prestes a mudar com a chegada do rapaz Oliver, um acadêmico que veio ajudar seu pai numa pesquisa, mas cujo jeito misterioso e intrigante faz Elio descobrir mais sobre si mesmo. Os melhores filmes de romance para assistir na Netflix Me Chame pelo seu Nome está disponível na Netflix. 9. Amizade de Férias   Este filme de comédia besteirol chegou junto ao lançamento do Star+ no Brasil, sendo oficialmente o primeiro filme exclusivo e original da plataforma. Amizade de Férias acompanha o casal Emily (Yvonne Orji) e Marcus (Lil Rel Howery), que estão prestes a dar um passo muito importante em seu relacionamento. Tranquilos e dispostos a aproveitarem o período que antecipa seu casamento, uma supresa nem tão boa acontece: um casal (Josh Cena e Meredith Hagner), com quem fizeram amizade numa viagem para o México, aparece se convidando para o matrimônio e acaba arruinando toda a festa que havia sido preparada nos mínimos detalhes. O que tem no catálogo do Star+, streaming da Disney para adultos Amizade de Férias está disponível no Star+. 8. Modo Avião   Este filme nacional da Netflix quebrou recordes na plataforma e tornou-se o longa de língua não-inglesa mais assistido do streaming. Em Modo Avião nós acompanhamos Larissa Manoela, que interpreta a influencer Ana, uma jovem com uma vida de luxo sustentada por uma marca de roupas e um relacionamento de fachada. Além de tudo isso, ela é viciada em redes sociais e não consegue existir sem seu celular por perto. Ao ficar de castigo, seus pais a mandam para a casa do avô no interior, onde não tem sinal de telefone e muito menos internet. O que ela não imaginava é que esse período detox a levaria a enxergar uma vida mais bonita e menos superficial, além de introduzi-la a um novo amor. 10 melhores filmes brasileiros para assistir na Netflix Modo Avião está disponível na Netflix. 7. Luca   Separe seu passaporte, porque você está prestes a visitar Portorosso, uma simpática e colorida cidade litorânea da Itália na época mais quente do ano. Em Luca, conhecemos o personagem-título e seu amigo Alberto. Aabos são monstros marinhos que acabam tomando a forma humana quando saem da água. O filme é uma grande celebração das amizades de infância e o quanto elas moldam o nosso ser para toda a vida, capaz de emocionar a audiência do início ao fim. As melhores animações de todos os tempos Luca está disponível no Disney+. 6. Como Se Fosse a Primeira Vez   Para quem gosta de comédias românticas, vale dar uma chance para Como se Fosse a Primeira Vez, um dos principais títulos do gênero nos anos 2000. Aqui acompanhamos Lucy (Drew Barrymore), uma jovem que sofre de perda de memória a cada vez que dorme, lembrando apenas do que aconteceu até o dia em que ficou nessa condição. É uma rotina um tanto cansativa, mas a única alternativa é fazer com que ela se lembre diariamente de como é a sua vida atualmente por Henry (Adam Sandler), um veterinário paquerador que vive no Havaí e é conhecido pelo número de turistas que conquista. As 10 melhores comédias românticas do HBO Max Como Se Fosse a Primeira Vez está disponível no Star+, Globoplay e Netflix. 5. Gente Grande   É dobradinha de Adam Sandler que você quer? Então já coloca na lista também Gente Grande. Aqui ele interpreta o rapaz Lenny, que tem o grupo de amigos formado por Eric (Kevin James), Kurt (Chris Rock) e Marcus (David Spade) desde a infância. 30 anos se passam e os amigos se reencontram para curtir o final de semana juntos, todos acompanhados de suas famílias. No entanto, o feriado do Dia da Independência dos Estados Unidos promete muita farra, o que faz com que os rapazes fiquem um tanto sentidos por não serem mais tão jovens. Gente Grande está disponível na Netflix e Globoplay. 4. Cartas para Julieta   Viaje para a romântica Verona, na Itália, para acompanhar essa história de amor de arrancar suspiros. Cartas para Julieta acompanha a história da jornalista Sophie, que, ao viajar com seu noivo, descobre uma tradição de mulheres que precisam de conselhos amorosos, escrevendo cartas para uma mulher chamada Julieta e pendurando-as na parede. Ao responder uma carta abandonada de anos atrás, Sophie descobre um romance que nunca teve um final feliz. Acreditando que nunca é tarde demais para ir atrás de seu primeiro amor e determinada a fazer o encontro acontecer, ela escreve de volta para Claire Smith (Vanessa Redgrave), que ouve o conselho e vai procurar Lorenzo, por quem se apaixonou na juventude. Os 10 melhores filmes de romance para assistir no Prime Video Cartas para Julieta está disponível no Prime Video, Star+, Globoplay e HBO Max. 3. Dirty Dancing   Em Dirty Dancing, nós viajamos para o resort de veraneio de Catskills em 1963, junto com a jovem Baby e a sua família. Em uma noite, ela ouve um som de festa no alojamento dos funcionários e descobre que há muita diversão envolvendo música e dança num local em que os hóspedes não podem frequentar. Na ocasião, ela conhece Johnny Castle, um professor de dança, por quem logo se apaixona. Quando a parceira de dança do rapaz fica grávida, a garota se oferece para ser seu par. Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! Dirty Dancing está disponível no Prime Video, Oldflix, Globoplay, Star+ e Netflix. 2. Mamma Mia!   Prepare seu passaporte para receber o carimbo da Grécia, porque em Mamma Mia! viajamos para nada menos que a ilha grega de Kalokairi, onde acompanhamos a história de Donna, a proprietária de um hotel que está preparando o casamento de sua filha, Sophie. Esta, por sua vez, está tão ansiosa para conhecer seu pai biológico que tem a ideia de convidar os três rapazes com quem sua mãe se envolveu quando era mais nova para eles comparecerem em sua cerimônia matrimonial. Ao chegarem lá, Donna é surpreendida e tem de inventar desculpas para não revelar quem é o pai da moça. 7 filmes baseados em músicas Mamma Mia! e sua sequência estão disponíveis no Star+. 1. Operação Cupido   Em Operação Cupido, nós viajamos para o Acampamento Walden, no estado do Maine, situado no extremo nordeste dos Estados Unidos. Lá conhecemos as irmãs gêmeas Anne e Hallie (ambas interpretadas por Lindsay Lohan): uma nunca conheceu o pai; a outra, a mãe. Além de tudo isso, elas mal faziam ideia de que tinham uma irmã. Com o verão acabando, elas decidem fazer uma troca: Anne viaja para o Condado de Napa, na Califórnia, para conhecer o pai; enquanto Halley vai para Londres para conhecer a mãe. 10 filmes em live-action para assistir no Disney+ Operação Cupido está disponível no Disney+. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Instagram vai permitir que perfis anunciem lives agendadas

canaltech E a primeira grande novidade do Instagram em 2022 foi apresentada. Nesta quarta-feira (26), através de postagens em suas redes sociais, Adam Mosseri, head do serviço, anunciou que usuários poderão exibir por meio de banners a data de suas próximas lives na plataforma. Windows 11 ganha suporte a apps de Android e pacote de novidades em fevereiro Investigadores acreditam que Telegram será bloqueado no Brasil ???? New Features ????Some fun ones this week: - Live in Profiles - Remix VideoLet me know what other features you’d like to see ???????? pic.twitter.com/Y0QIR7PgPF — Adam Mosseri (@mosseri) January 26, 2022 -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Não haverá limites para quantas lives os usuários poderão marcar em seus perfis. Mosseri, no anúncio, comentou que a novidade será uma forma melhor do que uma postagem rápida no feed ou nos Stories de usuários notificarem seus seguidores sobre as lives, facilitando também a organização da agenda dos espectadores. Ainda no anúncio, Mosseri também comentou sobre a expansão do Remix de vídeos no Instagram para todos os conteúdos públicos na plataforma. A função, originalmente lançada em março de 2021 como uma resposta da plataforma aos TikTok Duets, antes só funcionava com vídeos do Reels. Novidades em teste no Instagram Fora das novidades anunciadas por Mosseri, alguns recursos do Instagram ainda em fases de testes foram recentemente descobertos por desenvolvedores. O primeiro é um recurso de tradução de vídeos do Reels, com um possível funcionamento parecido com as legendas geradas automaticamente do Youtube. A novidade foi descoberta pelo desenvolvedor Alessandro Paluzzi. #Instagram is working on the ability to translate #Reels descriptions ???? pic.twitter.com/I1FGTLFtbj — Alessandro Paluzzi (@alex193a) January 26, 2022 A segunda novidade em teste foi descoberta por Hammod Oh, que descobriu uma nova sessão no app chamada Sua Atividade, onde informações sobre o engajamento das postagens, interações, posts apagados, links clicados e tempo gasto usando a rede social serão exibidos. #Instagarm is rolling out “your activity” option for some users pic.twitter.com/vlEehLYXBj — Hammod Oh (@hammodoh1) January 26, 2022 Por fim, a terceira novidade, também descoberta por Hammod, é que agora será possível alterar a cor das perguntas em uma enquete no Instagram. #Instagram has updated the Poll sticker Now you can change the color of the question ???????? pic.twitter.com/BLUaVslLJh — Hammod Oh (@hammodoh1) January 26, 2022 As novidades descobertas por Hammod estão sendo liberadas aos poucos para os usuários, enquanto a tradução de vídeos do Reels ainda está em fase de testes, sem previsão de lançamento. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

El Salvador pode abandonar Bitcoin como moeda legal a pedido do FMI

canaltech El Salvador pode deixar de usar o Bitcoin como moeda legal — a iniciativa entrou em vigor em setembro de 2021. O pedido é do conselho executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI), após discussões com o país, que negocia um empréstimo de US$ 1,3 bilhão. El Salvador agora tem "Cidade Bitcoin" que promete ser livre de impostos El Salvador é primeiro país a adotar Bitcoin como moeda legal Segundo a entidade, o uso da criptomoeda pode levar a riscos financeiros e à criação de novos passivos. Para os diretores do órgão, além dos passivos contingentes fiscais associados, há riscos à estabilidade financeira, à integridade financeira e à proteção ao consumidor. El Salvador usa Bitcoin como moeda legal (Imagem: Reprodução/Captura de tela) Nayib Bukele, presidente de El Salvador, é defensor da criptomoeda, mas o FMI exige que as autoridades locais restrinjam o escopo da Lei Bitcoin e removam o status legal da moeda. Há, ainda, preocupação com os riscos associados à emissão de títulos lastreados em Bitcoin. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Em novembro, o FMI pediu que o país fortalecesse a regulamentação e a supervisão do ecossistema de pagamentos em criptomoedas. Além disso, solicitou que El Salvador não usasse o Bitcoin como moeda legal. O país tem acumulado a criptomoeda — recentemente, comprou 410 Bitcoin, o que levou ao total de 1.500 Bitcoin detidos pelo país. Para 2022, El Salvador planeja títulos públicos de US$ 1 bilhão lastreados em Bitcoin. Eles serão denominados em dólares americanos e terão duração de 10 anos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Resident Evil 4 terá remasterização fantástica feita por fãs

canaltech O lançamento de Resident Evil 4 HD Project, projeto de remasterização do clássico da Capcom que motivou oito anos de trabalho de uma dupla de fãs apaixonados, está marcado para 2 de fevereiro. Na próxima semana, jogadores da versão PC do game terão acesso ao mod que traz gráficos atualizados ao título, em uma revisão gráfica definitiva e mais bonita, até mesmo, que as edições originais lançadas pela Capcom. Os melhores jogos da franquia Resident Evil 9 remakes e remasters de jogos que deram errado Desenvolvido por Cris, dos Estados Unidos, e Albert, da Espanha, o projeto tem como principal destaque a remasterização de elementos do cenário, texturas e demais objetos vistos no game. Mais do que apenas aumentar a resolução ou redesenhar os visuais de Resident Evil 4, a dupla foi atrás de referências reais, monumentos históricos e demais inspirações da Capcom durante o desenvolvimento do game, entregando versões remodeladas, mas ao mesmo tempo, altamente fiéis.   O resultado pode ser visto em um trailer lançado nesta semana, que mostra diferentes momentos do clássico e destaca as melhorias visuais. Além da própria reconstrução, a equipe corrigiu erros visuais que não apareciam no lançamento original, feito para ser jogado em monitores CRT, e criou artefatos tridimensionais para elementos que, antes, eram apenas bidimensionais, devido às limitações do hardware da época. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- A remasterização inclui não apenas o jogo base, com Leon em busca da filha do presidente dos Estados Unidos, mas também o extra Assignment Ada, que mostra o outro lado dessa história enquanto a espiã busca uma amostra do parasita que causou todo esse caos. O modo Mercenaries também foi melhorado. Antes mesmo desse lançamento, versões prévias já estavam disponíveis para download, permitindo que os jogadores testassem as melhorias. Agora, o Resident Evil 4 HD Project chega em sua forma final, com download que será liberado gratuitamente na página do projeto — o mod, claro, acompanha apenas os arquivos em alta definição e demais incrementos, que devem ser aplicados na cópia original do game, disponível oficialmente para venda no Steam. Assine já: Xbox Game Pass Ultimate é um pacotão que inclui o Live Gold, biblioteca com mais de 100 jogos de Xbox e PC, além de descontos exclusivos! Basta ver o vídeo para perceber que se trata da melhor versão já lançada de Resident Evil 4, com uma bela dose de nostalgia para os fãs. O jogo foi lançado originalmente em 2005, modificando a franquia para sempre e também marcando a despedida do criador da marca, Shinji Mikami — rumores apontam que a Capcom prepara um remake deste clássico, com lançamento para o futuro próximo e seguindo a linha das novas versões de outros títulos consagrados da série. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

4 fatores que podem aumentar o risco de covid longa

canaltech A covid-19 é uma doença que ainda reserva alguns mistérios e perguntas sem respostas para a ciência, principalmente quando o tema são as sequelas da infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2. Isso porque pouco se sabe sobre o que leva as pessoas a desenvolverem quadros de covid longa. Agora, pesquisadores da Universidade de Washington e de outras instituições de pesquisa descobriram quatro fatores que podem aumentar esses riscos. Estudo descobre o que causa névoa cerebral na covid longa Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Publicado na revista científica Cell, o estudo acompanhou mais de 200 pacientes, entre dois a três meses, após o diagnóstico da covid-19. Foram coletadas amostras de sangue e zaragatoas (cotonetes) nasais desses voluntários que foram atendidos em ambulatórios, mas não necessariamente passaram por internação hospitalar. As coletas foram feitas entre 2020 e o início de 2021. Pesquisa investiga fatores que aumentam o risco da covid longa (Imagem: Reprodução/Fusion Medical Animation/Unsplash) A partir das análises de amostras dos voluntários, os cientistas identificaram fatores biológicos que podem ajudar a prever se uma pessoa desenvolverá a covid longa ou não. A seguir, confira os 4 fatores de risco: -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Carga viral do coronavírus; Presença de autoanticorpos; Reativação do vírus Epstein-Barr (EBV); Diabetes tipo 2. Entenda os fatores de risco da covid longa De acordo com os pesquisadores, um dos quatro fatores de risco para a covid longa é o nível de RNA do coronavírus no sangue no início da infecção. Este é um indicador de carga viral, só que não é o único sinal. Por isso, mesmo pessoas com baixa carga viral podem apresentar as sequelas da covid-19. Outra questão de risco é a presença de determinados autoanticorpos, ou seja, anticorpos que atacam "erroneamente" o próprio organismo do paciente. Esses tipos de anticorpos são comuns em pessoas com lúpus e artrite reumatoide, por exemplo. Segundo os cientistas, um terceiro fator de risco é a reativação do vírus Epstein-Barr (EBV). O agente infeccioso é conhecido por causar a mononucleose, também conhecida como "doença do beijo". Recentemente, um outro estudo propôs que a infecção pode ter relação com a esclerose múltipla em alguns pacientes. Por fim, o quarto fator é a presença de diabetes tipo 2. No entanto, os autores alertam para a necessidade de mais estudos investigarem e, no futuro, confirmarem essa relação. Isso porque este é um estudo pequeno e envolveu exatos 209 participantes. Além disso, pode ser que a condição seja apenas uma das várias — mas ainda desconhecidas — que aumentem o risco da covid longa. Mais estudos sobre sequelas Diabetes tipo 2 e carga viral elevada podem gerar sequelas da covid-19 (Imagem: Reprodução/Tataks/Envato) “Realizamos essa pesquisa, porque sabemos que os pacientes vão aos médicos e eles dizem que estão cansados o tempo todo ou o que quer que seja, e o médico apenas diz para eles dormirem mais. Isso não é muito útil. Então, queríamos realmente ter uma maneira de quantificar e dizer que há realmente algo errado com esses pacientes”, explicou o cientista e um dos autores do estudo, Jim Heath, para o jornal The New York Times. Além do cansaço, pacientes com a covid longa podem apresentar dores de cabeça, névoa mental, falta de ar e dificuldades para dormir (ansiedade). Essas sequelas podem durar por pelo menos 8 meses, dependendo do paciente. No momento, a covid longa é uma complicação ainda desconhecida e há pouco o que fazer para acelerar a recuperação dos pacientes. Com mais conhecimento sobre o tema, é possível auxiliar e acelerar a melhora clínica dos doentes. “Esta pesquisa enfatiza a importância de fazer medições no início do curso da doença para descobrir como tratar os pacientes, mesmo que ainda não saibamos como vamos usar todas essas informações”, destacou Heath. “Uma vez que você começa a medir algo, então você pode começar a fazer algo sobre isso”, completou. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

CT News em Podcast - Redmi Note 11, Galaxy S22 e mais!

canaltech No programa de hoje: Redmi Note 11 chegando, confirmação da data do Galaxy S22, falha na Amazon e mais Ouça ao podcast. Veja Mais

Cuba deve pedir aval da OMS para duas vacinas nacionais contra covid

canaltech Cuba deve iniciar o processo para obter autorização de uso da Organização Mundial da Saúde (OMS) para duas vacinas nacionais contra a covid-19, a Soberana 02 e a Soberana Plus. A solicitação deve ser feita até o final de janeiro, segundo as autoridades locais. Outro imunizante da ilha, o Abdala, já teve o pedido feito. Covid: o que é doença endêmica? Por que a Ômicron tende a causar quadros mais leves da covid? "A vacina Abdala já apresentou seu relatório [para a OMS]. Nós temos que enviar dois relatórios da Soberana 02 e outro da Soberana Plus", afirmou Vicente Vérez, diretor do Instituto Finlay de Vacinas, em entrevista coletiva. O instituto foi responsável pelo desenvolvimento das duas novas vacinas contra a covid-19. OMS deve iniciar análise para aprovação de duas vacinas cubanas até o final de janeiro (Imagem: Reprodução/Erika8213/Envato) Para obter a licença da OMS, os resultados dos estudos clínicos deverão ser avaliados por pesquisadores e cientistas da organização. Além disso, será necessário validar o padrão e o rigor das fábricas e do processo de produção dos imunizantes. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Salto na vacinação global Com a aprovação da OMS, os imunizantes cubanos receberiam uma espécie de selo internacional de eficácia e segurança contra a covid-19. Muito provavelmente, isso ampliaria o uso internacional da vacina e também permitiria que a vacina integrasse o portfólio do COVAX Facility. A iniciativa da OMS busca distribuir de forma igualitária imunizantes para todos os países, incluindo os de menor renda. "Muitos países e populações do sul global enxergam a vacina cubana como sua melhor esperança para serem vacinadas até 2025", afirmou Helen Yaffe, especialista em Cuba e professora de história econômica e social da Universidade de Glasgow, na Escócia, à CNBC. A expectativa é que, caso aprovada, as vacinas de Cuba possam ser distribuídas para as nações mais pobres que ainda não conseguiram decolar a campanha de imunização por falta de doses. De acordo com a plataforma Our World in Data, 60,7% da população do mundo recebeu as duas doses da vacina ou um imunizante de dose única. Entretanto, apenas 9,8% das pessoas em países de baixa renda receberam pelo menos uma dose. Imunizantes contra covid e Cuba Até o momento, cerca de 86% da população cubana foi completamente vacinada contra a covid-19. Além disso, outros 7% da população recebeu pelo menos a primeira dose do imunizante, segundo a plataforma Our World in Data. Vale lembrar que, nestes números, já estão inclusos crianças com mais de 2 anos, onde a imunização já é autorizada. Agora, o foco é ampliar a cobertura das doses de reforço. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

Xiaomi CIVI ganha edição especial de inverno com acessórios felpudos

canaltech Mesmo que muita gente esteja passando calor no Brasil, é inverno na China e a Xiaomi resolveu celebrar a época com uma edição especial do CIVI, modelo que tem disponibilização exclusiva por lá. Mesmo que o aparelho não apresente mudanças de especificações ou visual, a versão traz acessórios exclusivos com acabamento felpudo para combinar com os agasalhos tão usados nesta época do ano. Linha Redmi Note 11 chega com quatro modelos e preços para todos Linha Galaxy S22 chega em 9 de fevereiro com grandes mudanças Acessórios da edição especial incluem capinha, bolsa e bolinha (Imagem: Divulgação/Xiaomi) No total são três itens que acompanham o celular: uma capinha de proteção, uma bolsa personalizada para transportar o aparelho e uma pequena bolinha que pode ser ligada por uma corda — tudo vem pintado na cor branca, para dar um efeito visual semelhante à neve. Além disso, a caixa do dispositivo também traz um visual exclusivo. De forma curiosa, a edição de inverno do Xiaomi CIVI não poderá ser comprada de forma direta. Ela será enviada de forma aleatória para alguns compradores sortudos que adquirirem o modelo por meio do site oficial da companhia — naturalmente, a ação é exclusiva para o mercado chinês. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Especificações do Xiaomi CIVI Aparelho terá distribuição limitada e exclusiva para a China (Divulgação/Xiaomi) Aparelho terá distribuição limitada e exclusiva para a China (Divulgação/Xiaomi) Aparelho terá distribuição limitada e exclusiva para a China (Divulgação/Xiaomi) Além dos acessórios, o usuário que comprar a edição especial do Xiaomi CIVI levará um dispositivo que tem o processador Snapdragon 778G 5G e 8 GB de RAM. É possível escolher entre 128 GB ou 256 GB de espaço interno, e o aparelho roda o Android 11 com a interface MIUI típica da companhia. Vale lembrar que modelos vendidos na China contam com certa restrição de fábrica quanto ao uso de alguns serviços, além de terem limitações em relação aos idiomas suportados. O display AMOLED do aparelho tem 6,55 polegadas, com resolução Full HD (1.238 x 2.676 pixels) e suporte para taxa de atualização de 120 Hz. Já o conjunto de câmeras tem sensor principal de 64 MP, com uma ultrawide de 8 MP e macro de 2 MP, enquanto a lente para selfies atua com um sensor de 32 MP. A bateria do celular tem 4.500 mAh, com suporte para carregamento rápido de 55 W via cabo USB-C. O CIVI ainda tem sistema estéreo de alto-falantes com suporte para Dolby Atmos, e é oferecido em três opções de cores: preto, rosa e coral (um tom semelhante ao salmão). O preço do Xiaomi CIVI começa em 2.599 yuans (cerca de R$ 2.235 em conversão direta) na sua versão mais barata, e não existem previsões para disponibilização do produto em outros mercados além da China. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Cannabis pode proteger células cerebrais de danos oxidativos

canaltech Um estudo publicado na última quinta-feira (20) na revista científica Free Radical Biology and Medicine sugeriu que o canabinol — CBN, substância extraída da planta Cannabis — tem potencial para proteger céulas cerebrais de danos oxidativos, o que pode acarretar em futuras terapias voltadas ao tratamento de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer. Canabidiol reduz tumor cerebral, segundo estudo Cannabis altera microbioma oral e pode impactar saúde cerebral, diz estudo No estudo, a equipe analisou o processo de danos oxidativos nas células cerebrais, que podem ser desencadeados pela perda gradual de um antioxidante chamado glutationa, e tratou as células nervosas com o CBN, introduzindo posteriormente um agente para estimular o dano oxidativo. Por meio dessa técnica, os cientistas descobriram que o CBN protegeu as mitocôndrias (relacionadas com a produção de energia para a célula). Para confirmar a essa interação, replicaram o experimento em células nervosas que tiveram as mitocôndrias removidas. Nessas células, o CBN não demonstrou mais seu efeito protetor. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Cannabis pode proteger células cerebrais de danos oxidativos (Imagem: Fakurian Design/Unsplash) Os cientistas notaram que o CBN não ativou os receptores canabinoides, que são necessários para a resposta psicoativa. Em outras palavras, a terapia à base de CBN funcionaria sem causar nenhum dos famosos efeitos psicológicos causados pela Cannabis (que estão presentes em um composto chamado THC). Além do Alzheimer, essa substância tem potencial para ajudar no tratamento de outras doenças neurodegenerativas, como Parkinson, que também tem relação à perda de glutationa. De qualquer forma, os pesquisadores afirmam que mais estudos são necessários para entender a fundo a interação entre o CBN e as células cerebrais. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

"Profissão do futuro" não exige faculdade e é cumprida em casa em meio período

canaltech Enquanto boa parte dos brasileiros começou 2022 perdendo dinheiro no mercado financeiro, existe um investimento que está entregando lucros exponenciais em tempo recorde, independente do bom humor do mercado. São valorizações de 63.563%, 133.233% e até mesmo superiores a 800.000%. E não, eu não estou falando da vida de quem investe em ações, microcaps ou ainda em criptomoedas. Mas sim de quem caça e investe nas chamadas startups. Uma 'profissão' que antigamente era exclusiva para milionários e bilionários conhecidos, mas que hoje, além de ser extremamente acessível para qualquer investidor comum — com R$ 1.000 você já consegue investir em uma startup — é muito rentável. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Se você acha que as maiores fortunas do mundo fazem mais dinheiro comprando ações na Bolsa de Valores você está muito enganado. É neste mercado que os milionários conseguem ficar ainda mais milionários e até mesmo os bilionários conseguem ficar ainda mais bilionários e, mais importante, é aqui que, a partir de hoje, você também poderá buscar fortuna em pouco tempo investindo pouco dinheiro. Afinal, o momento não poderia ser melhor para entrar nesta nova 'profissão'. Isso porque o mercado de startups está bombando e a ideia de fazer fortuna com empresas disruptivas em seus estágios iniciais vem ganhando cada vez mais adeptos. Segundo reportagem da Folha de São Paulo, antes mesmo do fim de 2021, o volume de investimentos em inovação e tecnologia chegou a bater na casa dos US$ 8,85 bilhões (R$ 50,13 bilhões) até novembro, mais que o dobro do total de 2020: US$ 3,659 bilhões (R$ 20,726 bilhões). Mais importante que isso foi o retorno que estas pequenas notáveis entregaram para os seus investidores. Afinal, além do recorde em investimento em tecnologia, em 2021 também batemos o recorde de startups que se tornaram unicórnios - isto é, que ultrapassaram a marca de US$ 1 bilhão de valor de mercado. E quando isso acontece pode ter certeza que novos milionários foram criados. Afinal, apenas a média de retorno para quem investiu nas startups brasileiras que viraram unicórnios logo no início é de incríveis 313.135%. Você não leu errado, na média, uma startup que virou unicórnio multiplicou o dinheiro investido por 3.131 vezes. E se você achou isso muito, saiba que existem casos que fogem e muito dessa média. O mais famoso e recente deles você conhece: o Nubank. O atual maior banco da América Latina acaba de ser listado na Bolsa americana por nada mais nada menos que US$ 41 bilhões. É verdade que suas ações estão caindo, mas quem investiu antes do seu IPO, como foi o caso da firma de investimentos Berkshire Hathaway do lendário investidor Warren Buffett, está sorrindo de orelha a orelha, sabe por quê? Na sua primeira rodada de avaliação, o Nubank foi avaliado em 'apenas' US$ 5 milhões, o que daria um retorno aproximado de 829.900% da primeira rodada até o IPO — isto é uma multiplicação superior a 8 mil vezes. Isso significa que você precisaria investir singelos R$ 125 para ter a chance de conseguir hoje na conta mais de R$ 1.000.000. Eu tenho certeza que você gostaria de ter 'caçado' esse unicórnio. Quem chegou mais 'tarde' para a festa também não ficou para trás. Em sua Série C, levantada em 2016, o Nubank foi avaliado em US$ 500 milhões post-money. Na Série G, de janeiro de 2021, a avaliação já havia pulado para US$ 25 bilhões. Isso quer dizer que os investidores que entraram na Série C, caso tenham vendido sua participação na Série G e não tiverem sofrido diluição, multiplicaram o capital investido em mais de 50x. Caso tenham aguardado o IPO para realizar seu exit (retorno do investimento), sua valorização foi ainda maior, 83x. Pouco dinheiro investido aqui pôde virar muito em pouco tempo. Mas, infelizmente, isso não era possível naquele período. Para ter a chance de ser acionista do roxinho antes que ele fosse listado você precisaria ser um investidor convidado e ter muito dinheiro para aportar. Mas fique calmo, não estou escrevendo este texto à toa. A boa notícia é que hoje a realidade é bem diferente. Afinal, você consegue se juntar a Warren Buffett e todas as maiores fortunas do mundo mesmo com pouco dinheiro e sem ser figurão convidado. Com o aumento da procura de pessoas comuns em investir em startups a barreira de entrada se tornou extremamente baixa - como disse, com apenas R$ 1.000 você já consegue se tornar um acionista de algumas startups na sua primeira rodada. É claro que não existe céu de brigadeiro neste mercado. Assim como todo investimento, investir em startups também possui riscos - mas são riscos que valem e muito a pena correr se você souber o que está fazendo e investir um valor baixo, que não comprometa o seu padrão de vida, afinal você não precisa de muito para ganhar muito aqui. Basta lembrar que quem investiu no Nubank lá atrás conseguiu multiplicar o seu dinheiro por mais de 83 vezes. Para melhorar, hoje existem diversos conteúdos na internet que ajudam e auxiliam pessoas comuns a darem o seu primeiro passo nesse universo lucrativo. O aumento da procura de pessoas físicas por startups fez com que surgissem diversos cursos especializados em ensinar advogados, engenheiros, médicos, empresários, publicitários, autônomos, analistas de sistemas, vendedores, professores e diversos outros profissionais das mais variadas áreas a fazerem se tornarem caçadores de startups. E a melhor parte é que alguns deles são até de graça. Você está sendo convidado para participar da próxima rodada do 'Shark Tank'; e poderá ser um investidor anjo do próximo unicórnio brasileiro com apenas R$ 1.000 Como é o caso do "investindo em startups" — treinamento que foi criado com a parceria entre a maior casa de análise do Brasil, Empiricus e a Captable, plataforma de investimento em startups. O objetivo do treinamento é ajudar os interessados em investir neste mercado tão lucrativo e assimétrico de maneira rentável e, principalmente, segura. A Empiricus fornecerá todo o seu conhecimento na área de análise de empresas para que no fim os alunos sejam plenamente capazes de não apenas comprar apenas boas startups, como também, montar um portfólio repleto e diversificado com os possíveis próximos unicórnios brasileiros. Já a Captable colocará todo o seu know how em aquisições de startups a disposição dos interessados. Afinal, embora seja um universo cheio de oportunidades, existem grandes armadilhas. É por isso que o curso passará por toda a parte teórica de como analisar uma empresa, seus sócios e sua operação até mesmo em questões sobre cuidados jurídicos que você precisa ter antes de investir de fato em uma startup. E não pense que você vai aprender tudo isso com um teórico de plantão que nunca colocou a mão na massa de fato nesse mercado. Pelo contrário, entre os professores estará Pedro Englert. Um dos responsáveis por ajudar a fundar a XP e colocá-la nos holofotes do mercado financeiro a ponto de se tornar hoje maior corretora do Brasil, valendo muito mais do que US$ 1 bilhão. Agora, Englert decidiu ir em busca do próximo unicórnio brasileiro e você poderá se juntar a ele nessa caçada. Já que, além de te ensinar toda a teoria necessária para que você possa analisar uma startup, no treinamento, Pedro vai convidar os alunos a participarem de uma rodada de investimentos ao vivo no estilo “Shark Tank” junto com ele. Serão 3 empresas analisadas por Pedro em tempo real junto com os alunos. No final do 'pitch de vendas' Englert e todos os interessados poderão decidir se querem ou não investir nas startups. Lembrando que você não precisa de muito, a partir de R$ 1.000 você já consegue se tornar sócio do possível próximo unicórnio brasileiro. E aqueles que decidirem investir em qualquer uma das empresas dessa rodada ainda contarão com um auxílio financeiro de R$ 500 que será dado para os alunos para que eles possam investir em algumas empresas desse setor QUERO TER A CHANCE DE GANHAR R$ 500 PARA INVESTIR NO 'PRÓXIMO UNICÓRNIO BRASILEIRO' QUE PODE MULTIPLICAR O DINHEIRO POR 80 VEZES A boa notícia é que os interessados já poderão colocar a mão na massa dando o primeiro passo a partir do dia 31 de janeiro — e o melhor, sem pagar nada por isso. Pois a primeira aula do treinamento será disponibilizada gratuitamente para quem conseguir participar do evento 100% online e 100% gratuito que a Captable está organizando. Dessa forma, você consegue ver se o conteúdo realmente é para você gratuitamente. E se for, pode ganhar R$ 500 ao longo do treinamento para fazer o seu primeiro investimento neste universo muito lucrativo. E embora R$ 500 possa parecer pouco, nesse universo essa quantia já pode ser a responsável por mudar a vida financeira de qualquer pessoa. Startup hoje, unicórnio amanhã Afinal, Nubank não é o único caso de startup que enriqueceu os seus primeiros investidores. Ele é apenas um exemplo de diversos outros. Nubank, iFood, Gympass, Stone, Quintoandar, 99Taxi são exemplos das primeiras empresas unicórnios brasileiras. Quem investiu algum capital nessas empresas pôde multiplicar seu dinheiro por infinitas vezes. E mesmo depois delas se tornarem unicórnios, a multiplicação continuou exponencial. Veja o caso de Stone, na sua primeira rodada de captação ela foi avaliada em US$ 11 milhões. Já na sua estreia na Bolsa, o valor de mercado saltou para US$ 7 bilhões. Isso significa uma valorização de 63.536,3%. Ou seja, bastaria investir R$ 1.500 na empresa está com o número um seguido de seis zeros agora na sua conta bancária. Depois, o mesmo aconteceu com a Movile, empresa dona da Ifood. Ela foi avaliada em torno de US$ 3 milhões. Mas, hoje, mesmo sem abrir capital na Bolsa ela já vale algo em torno de US$ 4 bilhões. Ou seja, uma valorização de 133.233%. E esses não são casos isolados. Como disse no início do texto, a média de valorização das startups que viram unicórnios é de nada mais nada menos que 313.135%. É claro que existem casos que entregam mais e outros que entregam menos do que essa média. Além disso, não são todas as startups que conseguem virar unicórnio. Não que isso seja um problema, afinal, se ela chegar apenas na metade do caminho já estaríamos falando de uma potencial valorização média de 150.000%. Melhor do que os retornos, é o tempo que essas empresas levam para entregá-los.. Se você acha que vai ter que esperar décadas até que a sua startup cresça você não poderia estar mais enganado. Afinal, estamos falando de empresas que, por natureza, precisam apresentar crescimento acelerado para ganhar o máximo de 'market share' possível. Para que você tenha noção a rodada de investimentos em que normalmente se vira um unicórnio no Brasil é a quinta. Mas, em alguns casos isso acontece ainda mais rápido. No último ano, porém, cinco das startups alcançaram a precificação de US$ 1 bilhão nas rodadas C e D. Duas delas, na B, ainda mais cedo, segundo a plataforma. "É cada vez mais comum a startup virar um unicórnio rápido", afirma o presidente-executivo da plataforma Sling Hub, João Ventura, para a Folha de São Paulo. E, como você viu aqui, se você investiu em uma startup que antes dela virar unicórnio você ganhou, ponto. E a partir do dia 31, essa poderá ser a sua nova realidade. Já que você vai poder começar a se preparar para a rodada de investimentos preparada por Englert que tem de tudo para revelar um dos próximos unicórnios brasileiros. QUERO TER A CHANCE DE GANHAR R$ 500 PARA INVESTIR NO 'PRÓXIMO UNICÓRNIO BRASILEIRO' QUE PODE MULTIPLICAR O DINHEIRO POR 80 VEZES As rodadas acabam em apenas algumas horas Mas só tem um problema que é bom deixar claro. Assim como essas empresas apresentam crescimentos relâmpagos, as rodadas de captação das principais e mais baladas candidatas a unicórnio também passam voando. Afinal, ninguém quer perder a próxima bola da vez que pode ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão e fazer os seus investidores ficarem ricos. Imagem: Reprodução/Labs É por isso que você deve se preparar ao máximo antes das rodadas se você quiser ter alguma chance de caçar a nova bola da vez que será revelada a partir do dia 31 de janeiro por Englert na rodada de investimento. É verdade que ainda faltam alguns dias para a data chegar, mas todo cuidado é pouco. QUERO TER A CHANCE DE GANHAR R$ 500 PARA INVESTIR NO 'PRÓXIMO UNICÓRNIO BRASILEIRO' QUE PODE MULTIPLICAR O DINHEIRO POR 80 VEZES A temporada de caça ao próximo unicórnio está aberta: pegue R$ 500 para investir E é exatamente com o compromisso de te preparar da melhor maneira possível para o grande dia da rodada de investimento, que pode conter o próximo unicórnio brasileiro, que a Empiricus e a Captable decidiram liberar a primeira aula completamente de graça no dia 31 de Janeiro. Dessa forma você pode se preparar para o grande dia D e, quem sabe, sair de lá com um nome promissor para 2022. A boa notícia é que você poderá fazer isso da melhor forma. Afinal, caso decida engrenar no treinamento e investir em alguma startup, além de contar com todo apoio para fazer o seu primeiro investimento neste mercado, vai ganhar R$ 500 de cashback do seu investimento. Se quem chega primeiro bebe água limpa, no mercado financeiro quem chega primeiro fica rico. E você poderá ser um dos pioneiros destas empresas a partir do dia 31 com R$ 500 no bolso. Quer começar 2022 entrando de cabeça em um dos mercados mais lucrativos do mundo? Então o a aula do dia 31 é pra você. QUERO TER A CHANCE DE GANHAR R$ 500 PARA INVESTIR NO 'PRÓXIMO UNICÓRNIO BRASILEIRO' QUE PODE MULTIPLICAR O DINHEIRO POR 80 VEZES Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Chevrolet Corvette ganhará pacote comemorativo aos seus 70 anos

canaltech Depois de anunciar, em outubro de 2021, uma versão do Corvette que foi definida por Mark Reuss, presidente da General Motors, como o “verdadeiro supercarro americano”, a Chevrolet preparou uma série de acabamentos para o muscle car, que completará seu 70º aniversário em 2023. Qual a diferença entre carro esportivo e carro esportivado? Chevrolet Tracker: qual versão vale a pena comprar? “A paixão pelo Corvette é profunda na Chevrolet, e este aniversário é ainda mais especial por causa do entusiasmo e do sucesso de vendas que alcançamos com a oitava geração do icônico carro esportivo americano”, avisou Steve Majoros, vice-presidente de marketing da Chevrolet. De acordo com o executivo, o ícone dos muscle cars é o tipo de carro que não tem prazo de validade, independentemente da idade. “Mesmo depois de 70 anos, o Corvette ainda faz os corações dispararem e as crianças sonham com a estrada aberta”, brincou. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- A General Motors preparou um conteúdo adicional que certamente vai agradar aos fãs do Corvette, independentemente da versão escolhida. Vale lembrar que essa é a 6ª vez que a marca prepara uma versão especial do automóvel. Antes, a companhia havia celebrado o 25º ano de vida do carro em 1978, o 35º (1988), o 40º (1993), o 50º (2003), o 60º (2013) e o 65º aniversário (2018). Chevrolet Corvette ganhou roupa de gala para comemorar o 70º aniversário (Imagem: Divulgação/Chevrolet) As mudanças do Corvette em seu 70º aniversário As novidades começam já na pintura externa do Corvette, que será oferecido em duas versões exclusivas: Tri-coat White Pearl Metallic ou Carbon Flash Metallic (tons diferentes de branco e preto, literalmente). Ambas podem ser acompanhadas das tradicionais listras, com a opção cinza para quem escolher a cor branca, ou preta para o Carbon. As demais novidades em comemoração ao 70º aniversário do Chevrolet Corvette são as seguintes: Rodas da edição comemorativa tem detalhes vermelhos (Imagem: Divulgação/Chevrolet) Exterior Emblema Exterior do 70º Aniversário – Bandeiras e Emblema Lateral do 70º Aniversário; Pinças de freio de borda vermelha; Tampas do centro da roda do 70º aniversário; Roda de carbono Flash com listra vermelha na borda; Tampa do motor vermelha; Protetor do para-choque traseiro/tampa do porta-malas; Bagaeiro personalizado com costura vermelha e logotipo do 70º aniversário; Espelho e spoilers de flash de carbono. Interior da edição de aniversário também recebeu atualizações (Imagem: Divulgação/Chevrolet) Interior Assentos GT2 Cerâmico Branco com Costura Vermelha; Assentos esportivos de competição opcionais; Cintos de segurança vermelhos; Volante interno em camurça; Logo do 70º aniversário nos assentos, volante e placas de soleira. Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Chevrolet Corvette: Edição 70º aniversário (Divulgação/Chevrolet) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | Carro que muda de cor tem preço surreal no Brasil Galaxy S22, S22 Plus e S22 Ultra vazam em todas as cores e ângulos SAMSUNG EM OFERTA: celulares com muito desconto no Magalu Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Veja Mais

Qual é o maior carro do mundo?

canaltech Estacionar um carro dentro de shoppings, prédios de apartamentos modernos ou mesmo nas ruas das grandes cidades muitas vezes é um trabalho hercúleo, já que as vagas geralmente são bem apertadas. Imaginem, então, se a missão for parar o maior carro do mundo, que tem nada menos do que 30,5 metros de comprimento? Qual é o carro mais barato do mundo? Os 10 carros mais raros do mundo É isso o que o dono encarava sempre que colocava o “possante” nas ruas. E qual é esse carro, hoje detentor do posto de maior do mundo? Segundo consta no Guinness Book, o popular Livro dos Recordes, trata-se de uma versão (muito) esticada do Cadillac Fleetwood Eldorado Convertible. Para dar uma ideia melhor do que representa esse tamanho todo, imaginem um Chevrolet Onix. O hatch, um dos mais vendidos do Brasil em 2021, tem 3,93 metros. Ou seja: para estacionar o maior carro do mundo seria preciso encontrar uma vaga em que coubessem quase 10 unidades do hatch da GM enfileiradas. Complicado, não é mesmo? -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Maior carro do mundo foi construído com espaço até para um heliponto (Imagem: Reprodução/Guinness World Records) Como é o maior carro do mundo? A versão esticada do Cadillac Fleetwood Eldorado Convertible foi fabricada em 1986 e, desde então, é dona do título de maior carro do mundo. E não é à toa que ele ocupa o posto há quase quatro décadas. O carro foi construído a partir de um Cadillac Eldorado “comum”, mas tem nada menos do que 12 eixos e 26 rodas. Para empurrar o carrão de 10 toneladas, são necessários não um, mas dois motores V8 sob o capô. E o mais bizarro de tudo: o maior carro do mundo é tão grande que precisa de dois motoristas para manobrá-lo — um tradicional e outro na parte traseira, que ficava responsável por comandar os eixos finais e evitar que o automóvel fique entalado por aí. O interior do Cadillac Fleetwood Eldorado Convertible, como não poderia deixar de ser, era repleto de luxo e sofisticação. O maior carro do mundo tem uma pequena sala de estar, banheira de hidromassagem e até piscina com trampolim e cama king-size. Por fora, pasmem, há espaço separado para um heliponto.   Quem criou o maior carro do mundo? O “pai” do maior carro do mundo é bastante conhecido por sua ligação com veículos customizados. O colecionador Jay Ohrberg é responsável por icônicos carros da TV e do cinema. Foi ele o responsável por tirar do papel o Dodge Charger da série de TV Os Gatões, o carro-falante KITT, que no Brasil ficou conhecido como Supermáquina; alguns modelos de Batmóvel, o carro do Batman; e até o DeLorean que viajava no tempo na imortal triologia De Volta para o Futuro. O maior carro do mundo (Reprodução/Quora) O maior carro do mundo (Reprodução/Guinness World Records) O maior carro do mundo (Reprodução/Quora) O maior carro do mundo (Reprodução/Quora) O maior carro do mundo (Reprodução/Motor1) Que fim levou o maior carro do mundo? A má notícia para quem sonha em ver o maior carro do mundo pelas ruas dos Estados Unidos é que ele não está mais em circulação. O projeto de US$ 4 milhões (cerca de R$ 22 milhões) chegou a passar anos abandonado em um armazém na região de Nova Jersey. Em 2014, foi a leilão, passou por uma reforma total, mas ficou por pouco tempo nas ruas. Desde então, ele pode ser encontrado no Autoseum Automotive Teaching Museum, em Nova York. O maior carro do mundo virou “cobaia” dos alunos matriculados no curso de restauração de automóveis e, quem sabe um dia, estará pronto para voltar a exibir toda sua magnitude nas ruas. Com informações Motor24, Guinness World Records e Quora Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | Carro que muda de cor tem preço surreal no Brasil Galaxy S22, S22 Plus e S22 Ultra vazam em todas as cores e ângulos SAMSUNG EM OFERTA: celulares com muito desconto no Magalu Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Veja Mais

Bancos criam tarifas para Pix "empresarial"; fintechs apostam em isenção

canaltech Uma das maiores vantagens do Pix, quando surgiu, era a isenção de taxas em quase todas as situações. Mas isso está mudando, com instituições financeiras adicionando tarifas aos poucos conforme o serviço se populariza. O Banco do Brasil, por exemplo, já cobra até R$ 140 por transação via Pix em contas jurídicas. Itaú pode oferecer crédito via Pix e incendiar a disputa no mercado de cartões Malware usa Pix para roubar dinheiro de usuários do PagSeguro De acordo com o Estadão, o Santander pede, desde o início de janeiro, R$ 2,50 a cada operação de empresas via Pix Saque ou Pix Troco. A partir de 9 de fevereiro, o Banco do Brasil também deve cobrar R$ 2,90 a cada saque nessa modalidade. Dos grandes bancos, só a Caixa (ainda) não tem taxas para pessoas jurídicas. Isso favorece as fintechs que se dedicam às pequenas empresas, pois elas conseguem oferecer o Pix com facilidades e taxas menores. Nubank, Inter e C6 não têm tarifas para Pix de empresas. Já o Mercado Pago retira 0,99% de cada transação; no entanto, Microempreendedores Individuais (MEI), empresas individuais (EI) e pequenos negócios estão isentos desse percentual. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Apesar das tarifas, o Pix continua vantajoso para empresas (Imagem: André Magalhães/Canaltech) Apesar das tarifas, o serviço continua mais vantajoso do que outras modalidades. No Banco do Brasil, por exemplo, o recebimento de um Pix para a empresa custa 0,99% do valor da transação, mas limitado a R$ 140. Ou seja, só pagará este teto quem receber Pix pouco acima de R$ 14 mil, um teto que poucas vezes deve acontecer. Já uma transferência por TED ou DOC pode custar de R$ 5 a R$ 21, mesmo com quantias bem menores que R$ 14 mil. O gerente executivo da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), Daniel Sakamoto, recomenda que os empresários pesquisem e comparem as tarifas dos serviços e instituições à disposição no mercado. "A adoção do Pix reduziu os custos, mas as taxas podem retirar parte dessa vantagem. O micro e o pequeno empresário tem que fazer conta pequena mesmo, tudo pesa. Por isso é importante pesquisar", disse ao Estadão. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Veja Mais

Crítica Nossa História de Amor | Filme no Prime Video é um romance sem novidades

canaltech Quando se trata do Hallmark Channel, o público estrangeiro geralmente tem um pé atrás em questões de qualidade de produção e roteiro. A emissora estadunidense tem diversos títulos (sobretudo de comédia romântica) em seu portfólio, mas, por geralmente garantir uma boa parte do orçamento para design de produção, elementos como roteiro, elenco e até mesmo a direção do projeto acaba contando com nomes mais iniciantes ou até mesmo amadores. As 10 melhores comédias românticas para assistir na HBO Max Os 10 melhores filmes de romance para assistir no Prime Video O Prime Video tem uma espécie de parceria com o canal, o que significa que vários de seus filmes são distribuídos em diversos territórios e alcançando uma audiência além da estadunidense. Nossa História de Amor é um deles, e embora conte com essa pré-concepção de ser um longa do Hallmark, não é equivocado dizer que encontramos aqui um longa-metragem acima da média e com uma história capaz de entreter. Juliet O'Hara, de Psych, estrela o longa (Imagem: Divulgação / Hallmark Channel) Passando-se numa cidadezinha fictícia chamada Waterford, somos apresentados à jovem Jamie (Maggie Lawson, a eterna detetive Juliet O'Hara na série Psych), apaixonada por histórias de amor e dona de uma livraria e café. Um dia, no entanto, ela e todos os lojistas locais descobrem que um grande empreendimento está prestes a chegar ao local, ameaçando o distrito comercial. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Disposta a fazer de tudo para não fechar as portas, ela só não contava com um pequeno problema: quem comanda esse novo estabelecimento empresarial é ninguém menos que Sawyer (Samuel Page, de The Bold Type), seu ex-namorado. Comédias românticas e seus famosos clichês Dito isso, não é ironia do destino, e muito menos uma mera coincidência, que a trama de Nossa História de Amor seja bem similar a do clássico de comédia romântica Mensagem Para Você. Na realidade, o filme de Scott Smith (do independente Rollercoaster, 1999) não oferece muitas novidades em seu enredo. Com a briga de estabelecimentos comerciais, surge uma espécie de ex-lovers to enemies to lovers, em que mesmo com ambas partes puramente convencidas de que não existem sentimentos sobrando da época do colégio, todo mundo sabe o que vai acontecer meia hora depois. A livraria e café "Amor Verdadeiro": um point para o romance (Imagem: Divulgação / Hallmark Channel) Em paralelo, ainda há as histórias dos melhores amigos apaixonados um pelo outro e que se recusam a dizer a verdade por medo de a amizade acabar. É o que acontece com Rick (Marco Grazzini) e Lucy (Zibby Allen), dois colegas que trabalham na livraria de Jamie e cuja atração é mútua, mas a história acaba tomando todo o tempo do filme, embora seja tratada de forma coadjuvante. E, por fim, há também o ciúme repentino por conta da aparição de um ex-namorado de Jamie, adicionado à história para movimentar a dinâmica dos protagonistas. É válido dizer que, embora o Hallmark tenha acertado na escolha do elenco, com dois atores com experiência suficiente na televisão para não entregar algo amador, faltou a simples checagem para verificar se havia química entre eles, o que infelizmente não existe. Ex-namorados que nunca deixaram o sentimento acabar um pelo outro (Imagem: Divulgação / Hallmark Channel) O'Hara e Page estão se divertindo em seus papéis, levando a romcom como um belo escapismo para o estresse diário (como funciona para todos nós em frente à televisão), mas, infelizmente, por mais que exista uma amizade atrás das câmeras, nem mesmo esse sentimento conseguiu ressoar em seus personagens. No fim das contas, é quase natural para o espectador esperar para ver o desdobramento dos acontecimentos comerciais do longa-metragem do que de fato torcer para o casal principal terminar junto. Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! Excesso de histórias O simples embate capitalista que divide uma grande corporação de um lado e o tradicional comércio local de outro já fornece material suficiente para desenrolar uma série de acontecimentos em Uma História de Amor, mas o fraco roteiro de Tracy Andreen e Deborah Jones tem tanta sede de parênteses abertos e arcos ramificando em sua história que facilmente esquece-os abertos e sem explicações. Além da introdução (bem desnecessária, por sinal) de um ex-namorado aos 40 minutos do filme, a dupla ainda adiciona um casal fundador da livraria de Jamie na trama, em um momento que ela encontra uma espécie de diário com juras de amor e cartas românticas em sua loja. Vários clichês e similaridades com clássicos da comédia romântica (Imagem: Divulgação / Hallmark Channel) Fechada para qualquer tipo de romance por traumas anteriores, mas obcecada em tornar sua livraria um ponto de pedidos de casamento e primeiros encontros, o que parece aqui é que o roteiro e a direção não souberam ao certo o que fazer com as altíssimas barreiras que construíram ao redor de sua personagem. O que restou, então, foi reacender uma chama na protagonista com histórias que nem ao menos são suas. Isso acontece também pela falta de química entre ela e seu parceiro de tela, o que fica evidente quando seus personagens poderiam redescobrir sozinhos o significado de amor apenas revivendo a sua. O veredito, no entanto, não torna Nossa História de Amor um filme descartável: o Hallmark sabe muito bem investir seu orçamento em paisagens lindas, figurino e um belíssimo cenário para tornar Waterford uma cidade no topo da lista de desejos de qualquer turista romântico. A duração, com menos de 90 minutos, também ajuda muito nesse aspecto por não alongar tantos clichês a ponto de tornar o filme cansativo. O'Hara se diverte, e por um momento é interessante ver o interesse genuíno da população em salvar o comércio e a tradição local, mas o verdadeiro intuito da história, que é justamente propor um romance, acaba indo por água abaixo. Uma história ok, mas zero química entre os protagonistas (Imagem: Divulgação / Hallmark Channel) Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Nossa História de Amor está disponível no Prime Video. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Anvisa manda recolher autotestes de covid-19 Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Com alta de internações infantis, Nicolelis rejeita aulas presenciais: "Absurdo" Tudo o que você enxerga é uma "montagem" dos últimos 15 segundos Este objeto estranho "acende" no céu três vezes a cada hora Veja Mais

4 notebooks em oferta exclusiva no Magalu

canaltech Vários notebooks estão mais baratos no Magazine Luiza aproveitando um cupom de desconto exclusivo feito em parceria com o Canaltech . Veja Mais

CT News em Podcast - iPhone como máquina de cartão, Galaxy S22 atrasado e mais!

canaltech No CT News de hoje: iPhone como maquininha de cartão, atrasos no Galaxy S22 Ultra, mudanças no WhatsApp e mais Ouça ao podcast. Veja Mais

Linha Realme 9 Pro pode chegar ao mercado global em 15 de fevereiro

canaltech Um suposto cartaz vazado pelo leaker Abhishek Yadav revela que os novos Realme 9 Pro e Realme 9 Pro Plus, próximos intermediários avançados da marca, devem fazer sua estreia global em 15 de fevereiro. Apesar de já terem alguns detalhes confirmados pela própria Realme, como o suporte a redes 5G em ambos os modelos, a data de estreia dos telefones seguia desconhecida até então. Versão global do Realme GT 2 Pro passa por certificação e virá ao Brasil Realme V25 é visto com 12 GB de RAM e câmera de 64 MP Realme 9 Pro chega ao mercado global em fevereiro O cartaz, que parece ter sido retirado de alguma varejista ou mesmo do site oficial da empresa, cita explicitamente os novos Realme 9 Pro ao indicar que a estreia mundial dos aparelhos acontece em 15 de fevereiro. Além de contar com o que parecem ser botões para compra e adição à lista de desejos, o material não traz informações sobre os celulares. Realme 9 Pro 5G series launching on February 15, 2022 globally. ????#realme #Realme9Pro #Realme9ProPlus pic.twitter.com/Eejx4NVFCY -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- — Abhishek Yadav (@yabhishekhd) January 27, 2022 Curiosamente, o lançamento indiano deve acontecer no dia seguinte, em 16 de fevereiro, como apontaram fontes do site MySmartPrice. Caso se confirme, isso mostra uma mudança de postura por parte da Realme, que costumava dar prioridade de lançamento à Índia. Prova disso foi o próprio cronograma de lançamento da geração anterior, cuja estreia aconteceu primeiro no país asiático. Considerando a proximidade das datas, espera-se que a companhia confirme ambas já nos próximos dias. Linha é uma das primeiras com Dimensity 920 Reunindo as informações já reveladas pela Realme com os detalhes apontados por vazamentos, os novos Realme 9 Pro e 9 Pro Plus devem marcar uma boa evolução para a família de intermediários da companhia, que se mostrou estagnada em alguns pontos nos últimos anos. A começar pelo design, que teria inspiração no topo de linha da marca, o Realme GT 2 Pro. Além das cores chamativas, que incluem opções como verde e azul perolado, os dispositivos trariam módulo de câmeras maior, com lentes e flash organizados em duas colunas. Com design similar ao Realme GT 2 Pro, os novos Realme 9 Pro e 9 Pro Plus devem trazer cores chamativas e ter aparência mais premium que gerações passadas (Imagem: OnLeaks/SmartPrix) Mais potente, o Realme 9 Pro Plus seria o primeiro modelo "Plus" da marca, chegando ao mercado munido de chipset MediaTek Dimensity 920 5G, tela AMOLED de 6,43 polegadas Full HD+ de 90 Hz, bateria de 4.500 mAh com carregamento rápido de 65 W, além de um conjunto de câmeras triplas com sensor principal de 50 MP, ultrawide de 8 MP e sensor auxiliar de profundidade de 2 MP. Enquanto isso, o Realme 9 Pro contaria com processador Snapdragon 695, mais uma mudança importante para a família, que costumava utilizar chips da Qualcomm nos modelos mais potentes, deixando a plataforma da MediaTek para as variantes básicas. Realme 9 Pro 5G might launch with Android 11 info from Realme 9 Pro 5G firmware but Realme might push Android 12 before launch.RMX3472_11_A.09_2022010702040000.zip — Abhishek Yadav (@yabhishekhd) January 27, 2022 O componente deve ser acompanhado de tela de 6,59 polegadas Full HD+ de 120 Hz, bateria de 5.000 mAh com recarga rápida de 33 W e câmeras triplas com sensor principal de 64 MP, ultrawide de resolução ainda desconhecida e sensor auxiliar de profundidade de 2 MP. Outro ponto curioso sugerido por Abhishek Yadav nos vazamentos desta quinta-feira é que os aparelhos devem ser anunciados com Android 11, mas receberão uma atualização para o Android 12 antes de começarem a ser comercializados. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Samsung tem recorde de receitas com vendas de celulares, componentes e mais

canaltech Novos relatórios divulgados pela Samsung mostram que o último trimestre de 2021 trouxe as maiores receitas da marca nos últimos quatro anos, durante o período analisado. Além da venda de celulares, estes números também foram resultados da comercialização de semicondutores e outros componentes para diversas marcas, como painéis OLED. Mais de 3,3 milhões de aparelhos são retirados do mercado pela Anatel Melhor celular Samsung com 5G para comprar em 2022 Samsung teve grandes receitas ao longo de 2021 (Imagem: Shutterstock) As receitas dos últimos três meses do ano passado alcançaram 76,57 trilhões de won (cerca de R$ 345 bilhões em conversão direta), enquanto o lucro operacional da empresa chegou a 13,87 trilhões de won (~R$ 62 bilhões). O lucro líquido — aquele que considera algumas outras despesas fixas além da operação — ficou em 10,8 trilhões de won (~R$ 48 bilhões). A comparação com dados do ano anterior mostra que as receitas foram cerca de 24% mais altas nos últimos três meses do ano, mas o lucro operacional foi um pouco mais baixo em relação ao terceiro trimestre por conta de bônus salariais pagos para alguns funcionários. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Quando considerado o ano passado inteiro, a Samsung teve uma receita recorde de 279,6 trilhões de won (~R$ 1,26 trilhão), com um lucro operacional de 51,63 trilhões de won (~R$ 233 bilhões). Receitas diversificadas Telas dobráveis são foco da marca para o futuro (Imagem: Divulgação/Samsung) De acordo com o comunicado de imprensa divulgado pela Samsung, os números foram alcançados principalmente por conta das vendas de semicondutores, além de smartphones premium dobráveis e outros produtos de ecossistema. Eletrodomésticos e televisões também auxiliaram nos resultados, com aumentos durante o último período do ano passado. A Samsung Display (subdivisão da marca para produção de telas) também registrou aumentos, em especial na comercialização de painéis OLED de dimensões menores. Por outro lado, a empresa teve resultados menos favoráveis nos setores que produzem componentes maiores, por conta da redução no preço de venda de produtos com a tecnologia LCD, além do acréscimo no valor de produção de displays QD-OLED — para o futuro, a companhia aposta no aumento dos lucros relacionados a telas OLED para dispositivos móveis, com os dobráveis em foco. A marca também afirmou que pretende começar a produção em massa de semicondutores GAA de 3 nm, além de outros chipsets de alta performance para utilização em seus próprios produtos, ou venda para outras empresas. Enquanto isso, a Samsung Networks trabalhará na expansão de redes 4G e 5G pelo planeta. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Ansiedade noturna: por que certos pensamentos nos atrapalham na hora de dormir?

canaltech Enquanto algumas pessoas são mais ansiosas de manhã, outras se deparam com os desprazeres da ansiedade noturna. Para se ter uma noção, a Sleep Foundation in America estima que 30% dos adultos sofrem de insônia crônica ou problemas para dormir. Mas como lidar com essa situação? 5 hábitos contra a ansiedade comprovados cientificamente Ansiedade corporativa: O desafio silencioso impulsionado pela pandemia Segundo um estudo da Universidade de Oxford publicado na revista científica National Center for Biotechnology Information, a diferença entre uma pessoa que dorme com facilidade e uma pessoa com problemas de ansiedade noturna está no conteúdo de seus pensamentos na hora de dormir: quem leva mais tempo para adormecer normalmente está submerso em preocupações. E o irônico é que, conforme explicam os especialistas, tentar combater esses pensamentos intrusivos e perturbadores só faz com que permaneçam por mais tempo. A recomendação é reconhecer e aceitar os pensamentos, depois deixá-los passar. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Alguns pensamentos atrapalham na hora de dormir Escrever antes de dormir pode ser uma boa técnica para lidar com a ansiedade noturna (Imagem: amenic181/Envato) Você já sentiu sono assistindo televisão, resolveu se deitar e subitamente o sono desapareceu? Os especialistas têm uma resposta para isso: trata-se justamente da falta de distração. É que durante o dia, o cérebro se mantém ocupado com alguma atividade, seja trabalho, estudo ou mesmo lazer. Mesmo nesse momento de televisão que antecede a noite de sono, o cérebro ainda está ocupado, distraído. É quando se deita a cabeça no travesseiro que a mente passa a refletir. Segundo os estudos, o passado e o futuro são as duas principais fontes de pensamentos ansiosos. Tendo isso em mente, a equipe de Oxford descobriu que escrever sobre as preocupações antes de dormir pode ser uma boa técnica para se livrar da ansiedade noturna, porque é como se a pessoa tirasse os pensamentos ansiosos da cabeça e transferisse para o papel. Por sua vez, pesquisadores da Baylor University e da Emory University School of Medicine colocaram em prática essa mesma ideia: pediram que algumas pessoas passassem cinco minutos escrevendo sua lista de tarefas antes de dormir. O estudo sugere que, ao fazer essa atividade, fica mais fácil dormir sem aquele ciclo interminável de pensamentos a respeito das tarefas inacabadas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

Como salvar fotos do Instagram

canaltech Se você viu aquele meme engraçado ou uma belíssima foto e não quer perdê-la, aprenda como salvar fotos do Instagram e acessá-las com facilidade no futuro, sem precisar de outro aplicativo ou site. Isso porque a rede social tem uma função nativa ótima para guardar recordações. Como salvar um stories seu ou de outra pessoa no Instagram Como salvar vídeos do Facebook A função de salvar fotos não para por aí, permitindo que o usuário crie coleções de fotos baseado em temas. O controle dessas criações é total do usuário, que pode nomear e acrescentar informações sobre o que acrescenta na sua galeria. Veja como salvar e criar coleções abaixo. Como salvar fotos no Instagram É possível salvar fotos tanto pelo aplicativo do Instagram (Android | iOS) quanto pelo navegador do computador. Confira abaixo como! -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- No celular Abra o aplicativo e selecione a foto que deseja salvar; Clique no ícone abaixo da imagem para adicioná-la ao “Salvos”; Acesse o seu perfil, clique no ícone no canto direito superior e acesse “Salvos”; Acesse "Todas as publicações" e a foto que salvou estará aqui. Para salvar fotos no Instagram o usuário precisa apenas escolher e tocar em um botão, simples e rápido (Captura de tela: Rodrigo Folter) No computador Acesse o site oficial do Instagram pelo seu navegador, entre em sua conta e veja como salvar fotos abaixo. Abra a foto que deseja salvar; Clique no ícone abaixo da imagem para adicioná-la ao “Salvos”; Clique no ícone de perfil no canto superior direito e acesse “Salvos”; As imagens aparecerão em seguida. É possível ver todas as imagens salvas ao acessar o menu "Salvos" pelo computador (Captura de tela: Rodrigo Folter) A função é mais fácil de ser feita pelo celular, já que o acesso é muito mais fácil, apenas dois ou três toques, mas caso esteja utilizando pelo PC também é possível. Caso queira saber como salvar vídeos do Instagram, veja o tutorial que preparamos recentemente Como criar coleções de fotos no Instagram Aproveitando que acessaram o perfil para ver as fotos salvas, vamos falar sobre criar coleções de fotos. Veja abaixo. No celular Em "Todas as publicações" clique no ícone de três pontos no canto direito superior e toque em "Selecionar"; Escolha as fotos que deseja e toque em "Adicionar à coleção"; Adicione a uma existente ou crie uma nova criando no ícone de "+"; Toque em "Criar guia" caso deseje adicionar informações a determinada imagem, se não, basta voltar que suas fotos já estarão salvas. Selecione as imagens que estão salvas no Instagram para criar uma coleção (Captura de tela: Rodrigo Folter) No computador O processo no computador é bem próximo do celular, para isso basta acessar as fotos salvas e seguir os passos abaixo! Em "Salvos" clique em "Nova coleção; Dê um nome a ela e avance; Selecione as imagens que deseja e clique em "Concluir". Clique em "Concluir" para terminar de criar uma coleção de fotos salvas do Instagram pelo computador (Captura de tela: Rodrigo Folter) Pronto! Dessa maneira que o usuário consegue salvar as imagens. A praticidade do celular permite fazer isso de qualquer lugar, mas também é possível pelo computador. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Veja Mais

China lança campanha de "purificação" da Internet para restringir conteúdo

canaltech Com a proximidade da chegada dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim e a comemoração do ano novo lunar, também conhecido como Festival da Primavera, as autoridades chinesas iniciaram um plano para eliminar qualquer conteúdo considerado ilegal pelo governo da internet. China quer controle estatal para evitar "algoritmos inadequados" na internet Bing desativa as sugestões de pesquisa na China sob ordens do governo A Administração do Ciberespaço da China (CAC) anunciou na última terça-feira (25) que sua campanha de "purificação" da Internet, com prazo de duração de um mês, pretende criar um "ambiente on-line saudável, feliz e pacífico". Segundo o plano da CAC, a campanha tem como foco manter o "equilíbrio" do ambiente digital. Os principais sites de mídia, listas de pesquisa de tópicos de tendências, janelas pop-up e páginas com conteúdos importantes como jornais devem ser gerenciadas com maior cuidado para apresentar "informações positivas". -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- O órgão acrescentou que conteúdos considerados obscenos, violentos ou ruins devem ser eliminados para criar uma "atmosfera on-line mais positiva". A campanha de um mês também tem como objetivo reprimir comportamentos online que demonstrem "ostentação vulgar de riqueza", "adoração ao dinheiro" e "superstição". Conteúdos relacionados a "adoração ao dinheiro", "superstição" e demonstrações de riqueza serão erradicados (Imagem: Reprodução/Pexels) Rumores online e celebridades que violem as regras das autoridades também sofrerão escrutínio, informou o regulador. A repressão a cultura das celebridades tem sido recorrente no ambiente digital da China, o governo acredita que a busca incessante por atenção online está “envenenando” as mentes dos jovens do país e causando a deterioração dos "valores dominantes" na sociedade chinesa. Há muitos meses as autoridades chinesas buscam erradicar conteúdo "insalubre" dos programas, banir celebridades com "política incorreta" ou "estilo afeminado" e cultivar uma atmosfera "patriótica". No ano passado, por exemplo, as obras da atriz chinesa Zheng Shuang foram removidas de emissoras, sites e apps de vídeo por ela ter cometido evasão fiscal. A celebridade foi multada em US$ 46 milhões (R$ 250 milhões). A nova campanha que ocorrerá durante o período do Festival da Primavera não é uma novidade. Em 2021, o regulador do ciberespaço já havia lançado uma campanha similar chamada de "Limpa e Brilhante" com duração de dois meses, para reprimir comportamentos considerados incorretos no meio digital, incluindo fenômenos relacionados ao setor de entretenimento, como o "círculos de fãs", que se refere a grupos online onde milhões de fãs apaixonados se reúnem para apoiar seus ídolos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

DC planeja um fim trágico para a Liga da Justiça nas HQs

canaltech Todo leitor de quadrinhos de super-heróis lembra da Morte do Superman como um dos eventos mais impactantes (sob o ponto de vista midiático, pelo menos) da história da DC Comics, ali no distante janeiro de 1993. Mas a HQ Justice League nº 75, que será publicada em abril, já promete algo bem mais chocante. Passado de Wolverine será explicado e organizado em nova HQ HQ de Star Wars revelará por que Darth Vader realmente traiu o Império Atenção: spoilers a seguir! O escritor Joshua Williamson explicou à Entertainment Weekly como a edição vai acabar com a revista atual da Liga da Justiça e assassinar grandes personagens da DC em 19 de abril. Sim, ao que parece, membros fundamentais da icônica equipe morrerão nesta edição, que deve trazer os maiores super-heróis da DC caindo em uma batalha contra um inimigo imparável. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Do pouco que se sabe, será a Liga contra o Exército Negro em um multiverso morto. Superman, Batman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde (John Stewart), Caçador de Marte, Gavião Arqueiro, Aquaman, Arqueiro Verde, Canário Negro e Zatanna embarcarão na missão, e apenas um voltará para contar ao resto do universo o que aconteceu. "É muito sério", diz Williamson. "É uma oportunidade interessante para fazer isso no 30º aniversário de 'A Morte do Super-Homem', que aconteceu em Superman nº 75. Podemos pegar a Justice League nº 75 e fazer 'Morte da Liga da Justiça'. Queremos que as pessoas entendam que isso é sério e vai ter um grande impacto mais na frente no Universo DC." Abaixo, confira uma série de capas da edição. Capa principal de Justice League nº 75 por Daniel Sampere e Alejandro Sánchez (Imagem: Reprodução/Entertainment Weekly) Capa variante de Justice League nº 75 por Todd Nauck (Imagem: Reprodução/Entertainment Weekly) Capa variante de Justice League nº 75 por Mikel Janin (Imagem: Reprodução/Entertainment Weekly) Capa variante de Justice League nº 75 por Simone Di Meo (Imagem: Reprodução/Entertainment Weekly) Capa variante de Justice League nº 75 por Dan Jurgens e Norm Rapmund (Imagem: Reprodução/Entertainment Weekly) Williamson continua: "Eu me lembro da experiência de ler A Morte do Super-Homem e depois esperar na chuva pela minha cópia da edição 75. Acho que uma das razões para essa história ser tão poderosa foi que depois da história do Funeral para um Amigo, não havia quadrinhos do Super-Homem por três meses. Isso é parte do que nos levou a tomar a decisão de que esta é a última edição da Liga da Justiça. Mas três meses depois, ainda não haverá uma história em quadrinhos da Liga da Justiça. Vai demorar um pouco, e isso vai ser uma parte importante de como o Universo DC se parecerá depois desta história: não há Liga da Justiça." Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! "Vamos ver quais são as ramificações de perder a Liga da Justiça", diz Williamson. "Você vai ver como os novos heróis reagem, como alguns dos heróis que estão por aí há um tempo reagem, você vai ver como as pessoas comuns reagem a essa ideia da Liga da Justiça morrendo, e então você vai começar a ver como todos os vilões reagem. O que acontece quando eles sabem que a Liga da Justiça se foi?". Parece assustador, embora saibamos que super-heróis de HQs sempre dão um jeito de voltar à vida... Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Como salvar vídeos do YouTube

canaltech É útil saber como salvar video do YouTube. Caso você não possa assistir ao conteúdo no momento, envie para a playlist “Assistir mais tarde” e acesse rapidamente por uma lista salva em seu perfil na plataforma. Como reproduzir vídeos do Youtube com a tela do celular bloqueada Como baixar música do YouTube Music A lista é vinculada à sua conta no YouTube. Dessa forma, você pode acessá-la em diferentes dispositivos, incluindo TV e celular, desde que faça login com sua conta e tenha uma conexão com a internet no momento da reprodução. Esse recurso pode ser usado em poucas etapas. Confira como! Como salvar vídeos do YouTube para assistir mais tarde Abra o YouTube (Android | iOS | Web) e faça o login em sua conta. Pesquise por um vídeo ou abra a lista de envios de um canal. Em seguida, selecione o ícone de três pontos ao lado do vídeo desejado e escolha entre adicionar para uma playlist própria ou para a “Assistir mais tarde”; Caso esteja assistindo a um vídeo e queira terminar a reprodução depois, selecione o ícone de “Salvar” entre as opções. O YouTube oferece as opções para adicionar a diferentes playlists; Para encontrar todos os vídeos salvos, abra a sua biblioteca do YouTube e selecione a aba “Assistir mais tarde”. Na tela seguinte, é possível escolher entre os conteúdos e remover os vídeos já vistos. Confira como salvar vídeos no YouTube (Captura de tela: André Magalhães) Como criar uma playlist no YouTube Ao salvar um vídeo, o YouTube oferece a opção de criar uma lista de reprodução própria. Nesse caso, selecione “Nova playlist” e dê um nome. Além disso, a plataforma de vídeos permite alternar entre listas públicas ou privadas, restritas apenas ao seu perfil. Todas as playlists são disponibilizadas na tela de biblioteca. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Como baixar um vídeo no YouTube A função de salvar para assistir mais tarde dispensa a necessidade de download na plataforma. Entretanto, é necessário manter uma conexão ativa com a internet para reproduzir cada vídeo. Para fazer o download de vídeos, você precisa ter uma assinatura do YouTube Premium. Confira o passo a passo nesse artigo: Como baixar vídeos no YouTube Pronto! Após seguir essas etapas, você poderá salvar vídeos no YouTube para reproduzi-los mais tarde. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

5 apps para fazer empréstimo online na hora

canaltech Em momentos de emergência com as contas, uma opção é fazer empréstimo online na hora. Diversos aplicativos de instituições financeiras oferecem opções de empréstimos e crédito pessoal, com aprovação em poucos minutos e diferentes condições de prazos e taxas de juros. Quer aumentar o score de crédito? Conheça 4 aplicativos 5 aplicativos para pagar boletos com cartão de crédito É importante ressaltar que pedir um empréstimo tem um impacto muito grande na sua organização financeira. Portanto, avalie todas as opções possíveis antes da solicitação. Se você procura uma opção rápida para fazer empréstimos sem ir a uma agência de banco, confira essa lista de aplicativos! 1. PicPay Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito O aplicativo de pagamentos PicPay permite consultar e solicitar empréstimos rapidamente, desde que já possua uma conta na plataforma. Além da consulta com instituições parceiras após a pré-aprovação do seu limite, o app também permite pedir dinheiro emprestado de outras pessoas e combinar detalhes como taxa de juros, parcelas e a data de pagamento. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Use o PicPay para simular empréstimo online na hora (Captura de tela: André Magalhães) No caso de empréstimos entre duas pessoas, o PicPay permite solicitar valores entre R$ 100 e R$ 15 mil. Para descobrir se o seu cadastro é pré-aprovado para receber empréstimos, é necessário fazer uma simulação na respectiva tela do aplicativo. Após a pré-aprovação e a solicitação do empréstimo, o dinheiro cai na sua carteira digital em até 24 horas. Em seguida, pode ser usado para operações no app e enviado para outras contas por Pix, boleto e transferência. 2. Noverde Compatibilidade: Android Preço: gratuito Desenvolvido para essa função, o aplicativo Noverde é uma das principais opções para fazer empréstimo online na hora. A startup facilita o acesso a empréstimos e linhas de crédito em até 24 horas, com toda a operação realizada de forma digital. Noverde realiza todo o processo em até 24 horas (Captura de tela: André Magalhães) Para fazer uma consulta e solicitar um empréstimo no aplicativo, é necessário fazer um cadastro rápido. Informações como a renda, conta-corrente e endereço são solicitadas e enviadas para análise pela equipe. Em seguida, as principais opções disponíveis são exibidas. Pelo app, disponível apenas para Android, é possível fazer empréstimos de valores entre R$ 500 a R$ 4 mil. As taxas de juros variam entre 7,9% e 18,9% ao mês, proporcional aos dias úteis decorridos, e há uma tarifa de 6% do valor total no momento da solicitação. O Noverde não possui carteira digital e o valor é transferido para sua conta-corrente. 3. Serasa Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito Ter um bom score de crédito é um fator importante durante a avaliação para empréstimos. Nessa situação, o aplicativo oficial do Serasa é uma boa opção para conferir a pontuação vinculada ao seu CPF e consultar opções de financiamentos, linhas de crédito e outros pagamentos. Use o app do Serasa para consultar o Score e simular condições de empréstimos (Captura de tela: André Magalhães) Além da consulta, também é possível utilizar o Serasa eCred, acessado pelo navegador. Essa plataforma permite consultar fazer empréstimo online na hora, com variações de juros e aprovação rápida entre as condições oferecidas. São, ao todo, mais de 30 instituições parceiras para consultar e comparar. O cadastro no Serasa eCred é feito rapidamente pelo navegador e solicita dados pessoais e de renda mensal. Após a aprovação, facilitada por um bom score na plataforma, é possível navegar entre as opções. 4. Jeitto Compatibilidade: Android Preço: gratuito O Jeitto é um aplicativo voltado para obter linhas de crédito pessoal. De certa forma, funciona como um cartão de crédito, porém sem a necessidade de conta em agência: você solicita o valor limite, realiza compras ou pagamentos e todos os gastos são armazenados em uma fatura, com data de vencimento posterior. Jeitto é usado para obter crédito (Captura de tela: André Magalhães) Um dos destaques do aplicativo é a rápida criação de conta. Após fornecer informações pessoais, a carteira digital do app está disponibilizada para uso, enquanto a aprovação do crédito é enviada para análise. Enquanto o resultado não chega, você pode utilizar a carteira para pagar contas e movimentar fundos. Além das opções de créditos, o Jeitto também possui opções de empréstimos para clientes da plataforma. Nesse caso, por outro lado, é necessário aguardar a liberação pelo próprio app. 5. Nubank Compatibilidade: Android, iOS Preço: gratuito Bancos digitais, como o Nubank, também oferecem opções de empréstimo online na hora. A diferença é que, nesses casos, essa opção é disponibilizada apenas para correntistas das plataformas, e esse cadastro também precisa de aprovação. Nubank permite solicitar empréstimo online na hora Pelo aplicativo do Nubank, basta acessar a tela de empréstimos e simular a sua solicitação com valores, número de parcelas e data de início. A taxa de juros varia com cada cliente e é exibida no momento da sua simulação. Há, ainda, a opção de fazer portabilidade de salário e receber desconto na taxa de juros para empréstimos. Todo o procedimento para pedir é feito pelo aplicativo. Este artigo não é um publieditorial. Tem caráter unicamente informativo e não isenta o leitor quanto ao dever de tomar conhecimento e compreender a integralidade dos termos de uso do serviço mencionado na matéria jornalística aqui publicada. O Canaltech não se responsabiliza pelas condições e alterações de uso dispostas por empresas, plataformas ou agentes externos, sendo certo que a utilização de serviços de terceiros por parte dos nossos leitores ocorre exclusivamente por sua conta e risco. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Genshin Impact: tudo sobre o evento Cores Efêmeras Voadoras

canaltech O atual evento de Genshin Impact, Cores Efêmeras Voadoras, marca o retorno do Festival das Lanternas de Liyue e traz consigo novos desafios para serem completados e recompensas a serem adquiridas. Se você é um jogador do RPG de ação da miHoYo e está interessado no evento, confira a seguir os principais detalhes que você precisa saber sobre a ocasião. Genshin Impact: 5 dicas para começar a jogar Melhor celular bom e barato para rodar Genshin Impact Como participar do evento Cores Efêmeras Voadoras As três primeiras partes do evento já estão disponíveis para os jogadores. (Imagem: Captura de Tela/Igor Pontes/Canaltech) Para liberar acesso ao evento de Genshin Impact, o jogador deve ter rank de aventura nível 28 ou superior e ter concluído as missões do Arconte Capítulo I - Ato III "Uma Nova Estrela em Ascensão" e do Arconte Capítulo de Interlúdio - Ato I "A Garça Retorna para o Vento". Também é necessário completar as missões da Ascensão da Câmara de Jade para ter o Festival ativo. Após colocar a Câmara no céu, os três desafios estarão disponíveis. Cada um deles oferecerá uma das moedas de troca necessárias para a Loja do Evento e para obter itens disponibilizados na parte de recompensas. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- O que tem em cada etapa do evento O evento principal é dividido em quatro partes: Flores Estelares Chamuscantes, A Grande Reunião, Sombras Maravilhosas e Defensor Oceânico. Cada uma delas possui uma jogabilidade diferente e fazem parte do retorno do Festival das Lanternas. A primeira etapa, Flores Estelares Chamuscantes, coloca o Viajante para produzir uma série de fogos de artifício, usando o item "Barrilzinho de Fogos de Artifício" para produzir seus próprios fogos. Após completar o desafio e conseguir os mais variados tipos de fogos de artifício, o jogador pode usar o item para soltar fogos por Liyue e comemorar o festival. Na Loja do Evento, é possível trocar os Talismãs da Afluência por Gemas Essenciais, EXP do Herói, Minério de Refinamento Místico e Materiais de Elevação do personagem. O novo evento de Genshin traz a oportunidade de adquirir personagens de 4 estrelas gratuitamente. (Imagem: Captura de Tela/Igor Pontes/Canaltech) Em A Grande Reunião, você deve ir até à Floresta de Pedra de Guyun e usar o Quebra-mar, navio do jogo, e derrotar os inimigos nos mares e acampamentos para recuperar os tesouros perdidos da antiga Câmara de Jade. Novos pontos de ancoragem estarão disponíveis na região para serem desbloqueados durante o desafio. Os Viajantes devem usar o item "Bombinha de Supressão" para derrotar os Ladrões de Tesouro de Elite, que podem aumentar a força de seus companheiros durante os desafios. Na Loja do Evento, os Talismãs Imaculados podem ser trocados por diagramas de decoração especiais do Festival das Lanternas. Já Sombras Maravilhosas consiste em juntar peças da Lanterna das Sombras, fazendo com que as combinações entre luz e sombra formem uma imagem completa do quebra-cabeça. Após concluir o desafio, os jogadores vão receber Talismãs da Afluência, Gemas, EXP do Herói e Mora. Na Loja do Evento, você pode trocar os Talismãs por qualquer um dos itens do Mercado Iluminado Fase I, da mesma forma do evento das Flores Estelares Chamuscantes. Em Defensor Oceânico, os jogadores precisam lutar contra um terrível monstro a espreita que ameaça destruir a felicidade dos moradores de Liyue. Use os Talismãs da Conquista na Loja de Evento Fase 3 para conseguir a Coroa da Sabedoria, Materiais de Elevação de Talento e mais. Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! Evento traz skin e personagem de 4 estrelas como recompensas Ningguang receberá uma skin gratuita para os jogadores durante o Evento. (Imagem: Captura de Tela/Igor Pontes/Canaltech) Além dos itens, os jogadores também poderão usar os Talismãs para conseguir um personagem de 4 Estrelas de Liyue durante o evento. Os guerreiros disponíveis são: Xiangling, Beidou, Xinqiu, Ningguang, Chongyun, Xinyan, Yun Jin e Yanfei. Você só pode adquirir um personagem durante o evento. E vale destacar que Yun Jin chegou recentemente ao jogo, então essa é uma boa oportunidade para quem não conseguiu obtê-la no banner. Um novo visual para Ningguang pode ser desbloqueado após conseguir 2.400 Talismãs da Afluência, 2.200 Talismãs Imaculados e 1.800 Talismãs da Conquista. Após obter essa quantidade de itens necessários, o jogador poderá desbloquear a skin da personagem, chamada Vestido de Noite Orquídea. Mas caso você não consiga completar o evento, o visual ficará disponível para compra no fim da versão 2.4 por 1.680 Cristais Gênesis. Quando acaba o evento Cores Efêmeras Voadoras? O evento estreou em Genshin Impact na última terça-feira, 25 de janeiro, e ficará disponível até a madrugada de 12 de fevereiro, às 03h59. Genshin Impact está disponível para PlayStation 4, PlayStation 5, dispositivos Android, iOS e PC. Uma versão para Nintendo Switch ainda está em desenvolvimento. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Ministério da Saúde prevê pico da Ômicron em fevereiro: "Devemos nos preparar" Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes 8 linguagens de programação recentes que já estão dominando o mercado Veja Mais

Apple é condenada a fornecer carregador de iPhone 12 a consumidor em SP

canaltech Segundo o Colégio Recursal de Itanhaém (SP), a Apple deve fornecer o carregador do iPhone 12 Pro Max a um cliente que comprou o dispositivo. Para os integrantes do colegiado, o acessório é imprescindível para a utilização do aparelho e, por isso, houve venda casada. Procon Fortaleza multa Apple e Samsung por venda de celular sem carregador Apple tem 20 dias para explicar falta de carregador nos iPhones brasileiros O autor do processo conta que comprou o iPhone 12 Pro Max, com 128 GB de memória, por R$ 6.998,99. A ação impõe à empresa a obrigação de fazer. Em 1º grau, a Apple não apresentou contestação no prazo — por isso, considera-se que a alegação do consumidor é verdadeira. iPhone 12 Pro Max vem sem carregador (Imagem: Divulgação/Apple) Segundo o documento, como não houve a inclusão do acessório, a condenação é cabível. Mesmo assim, a situação não é grave a ponto de justificar a condenação por danos morais. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Para os integrantes do colegiado, ficou comprovado que o fato não produz dor intrínseca que justifique esse tipo de compensação. “Apesar de se reconhecer que o produto não foi entregue, não é hipótese de se reconhecer direito à compensação por danos morais”, aponta o texto. A partir dessa decisão, a Apple apresentou recurso e teve o pedido negado. Com isso, terá de efetivamente fornecer o carregador ao consumidor. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

iLovePDF: como editar e converter seu PDF para vários arquivos

canaltech Se você edita constantemente documentos, provavelmente gostaria de saber o que é iLovePDF ou até mesmo como editar e converter seu PDF para vários arquivos. Por isso, confira abaixo essas e outras informações! Como transformar um documento em PDF Como salvar um e-mail do Gmail como PDF O que é iLovePDF Indo direto ao ponto, o iLovePDF é uma plataforma online e gratuita que permite juntar, dividir, comprimir arquivos PDF, convertê-los para documentos do pacote Office (Microsoft 365) e até mesmo converter de PDF para JPF ou vice-versa. Embora gratuito, a plataforma ainda oferece uma assinatura de R$ 11 por mês, que dá acesso a todas as ferramentas, conversões ilimitadas de arquivos, acesso ao app mobile, permite assinar documentos com assinaturas digitais e mais. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Como usar o iLovePDF Através de um navegador web, acesse o site do iLovePDF e selecione qual serviço você quer utilizar; Acesse o site do iLovePDF e escolha um dos serviços ofertados pela plataforma (Captura de tela: Matheus Bigogno) Para este exemplo, selecionamos uma ferramenta chamada "Comprimir PDF"; Selecione oarquivo que você quer comprimir; Selecone um arquivo para comprimir (Captura de tela: Matheus Bigogno) Selecione o método de compressão e clique em "Comprimir PDF"; Utilize o iLovePDF para comprimir um arquivo (Captura de tela: Matheus Bigogno) Aguarde até que o novo arquivo seja criado e baixe-o. Como converter de PDF para Word Acesse a página PDF para Word e selecione o arquivo que quer converter; Selecione o arquivo em PDF que você quer converter para o Word (Captura de tela: Matheus Bigogno) Clique em "Converter para Word"; Veja como converter de PDF para Word (Captura de tela: Matheus Bigogno) Em seguida, baixe o arquivo. Como juntar arquivos PDF no iLovePDF Acesse a página Juntar PDF e selecione quais arquivos você quer juntar; Selecione os documentos em PDF que você quer juntar (Captura de tela: Matheus Bigogno) Clique em "Juntar PDF"; Selecione os documentos que deseja juntar em PDF (Captura de tela: Matheus Bigogno) Aguarde até que o novo arquivo seja criado e baixe-o. A partir de agora você sabe um pouco mais sobre o que é iLovePDF e até mesmo como editar e converter seu PDF para vários arquivos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Possível falha da Amazon Brasil permite compras grátis com cupons cumulativos O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Comparativo Moto G20 vs Moto G9 Power Veja Mais

PS4, PS5: jogos da PS Plus de fevereiro são revelados

canaltech Os jogos da PlayStation Plus de fevereiro de 2022 foram revelados. O octógono montado pela EA em UFC 4 e a aventura Tiny Tina’s Assault on Dragon Keep são os jogos de PlayStation 4 do mês. Já o construtor de parques Planet Coaster: Console Edition é a oferta para os assinantes no PlayStation 5. Os jogos podem ser resgatados a partir de 1º de fevereiro. O que é e como funciona a PlayStation Plus Como cancelar a assinatura na PlayStation Plus Até a chegada da nova leva de jogos da PS Plus, os assinantes têm até o dia 31 de janeiro para resgatar os títulos ofertados no último mês. São eles: Persona 5 Strikers, Dirt 5 e Deep Rock Galactic. Vale lembrar que os títulos de PS4 rodam no PS5 por meio da retrocompatibilidade. EA Sports UFC 4, Tiny Tina's Assault on Dragon Keep: A Wonderlands One-shot Adventure e Planet Coaster: Console Edition são os jogos PlayStation Plus de fevereiro! Detalhes: https://t.co/r1NwbFBPac pic.twitter.com/IjHjSWBagb -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- — PlayStation Brasil (@PlayStation_BR) January 26, 2022 Conheça os jogos da PS Plus de fevereiro EA Sports UFC 4 (PS4)   EA Sports UFC 4 coloca o jogador no centro de lutas no octógono mais famoso do mundo.O jogador pode criar e customizar um personagem por meio de um sistema de progressão que leva o lutador da categoria amador até se transformar em um superstar no Modo Carreira. Tiny Tina’s Assault on Dragon Keep: A Wonderlands One-shot Adventure (PS4)   Inspirada na franquia Borderlands, Wonderlands One-Shot Adventure é o começo da série derivada dos jogos com a personagem Tina, dragões e golems. O jogador deve abrir caminho em florestas traiçoeiras, criptas assustadoras e fortalezas com um arsenal de armas de fogo. O jogo ofertado na PlayStation Plus é a versão de PS4 e não conta com a atualização gratuita para PS5. É uma boa preparação para Tiny Tina's Wonderlands, próximo game da franquia que chegará ainda em 2022. Game Pass para PC dá acesso a mais de 100 jogos e também inclui o Xbox Live Gold para você se divertir no multiplayer com amigos Planet Coaster: Console Edition (PS5)   Surpreenda e encante multidões ao construir um parque de montanhas-russas insano e gerenciar o empreendimento com atenção aos detalhes. Planet Coaster é um simulador e gerenciador de parques de diversões, com foco na construção de atrações radicais. O jogo é ofertado para os assinantes da PS Plus no PS5. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Crysis 4 é anunciado em teaser trailer

canaltech Um novo jogo Crysis está a caminho. A clássica franquia de tiro em primeira pessoa da Crytek volta com Crysis 4, sequência inédita que está em desenvolvimento. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (26), por meio do site oficial da desenvolvedora. Trilogia Crysis chega ao Xbox One via retrocompatibilidade 'Usamos todo o potencial dos consoles, até o limite', diz Crytek sobre Crysis 3 No momento, o jogo está nos estágios iniciais de desenvolvimento, então ainda demorará um pouco para ganharmos novidades. “Crysis é incrivelmente importante para muitas pessoas. É amado por jogadores em todos os lugares, e alguns dos que trabalham na indústria hoje estão fazendo isso por causa do jogo original. Então queremos ter certeza de que a próxima entrada da franquia faça jus a todas as expectativas”, declarou a Crytek no anúncio de Crysis 4.   Com mundo em sandbox e grandes batalhas, Crysis é uma das primeiras referências do mundo dos videogames quando o assunto são jogos de tiro repletos de ação e com gráficos realistas. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Os três primeiros Crysis foram reunidos em uma coleção remasterizada. Crysis Remastered Trilogy está disponível para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC. A coletânea refina os visuais que impressionaram os jogadores durante o lançamento. Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular!   Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Microsoft alerta para ataque que pode espionar e-mails

canaltech A Microsoft alertou seus usuários sobre uma onda de ataques focada na leitura e roubo de informações e credenciais por meio de e-mails. Os principais alvos, como normalmente acontece, são os usuários corporativos assinantes do pacote Office 365, com um abuso do sistema de autorização de aplicativos servindo para garantir acesso à caixa de entrada aos criminosos. Arquivos do PowerPoint são isca de nova campanha de roubo de dados Quais serão as principais ameaças em cibersegurança em 2022 Ao obter tais autorizações, os bandidos passam a ler os e-mails e entradas de calendário, em busca de credenciais, confirmações de autenticação em duas etapas e outras informações sensíveis. Ao mesmo tempo, uma varredura da lista de contatos também é realizada, com a exploração, ainda, permitindo a criação de regras, acesso ao calendário e até a possibilidade de escrever mensagens em nome da vítima. Do outro lado, o comprometimento acontece a partir de um aplicativo malicioso, que também pode chegar a partir de contas fraudadas ou por mensagens ou e-mails de phishing mais tradicionais. Segundo a Microsoft, a solicitação vem disfarçada de uma atualização chamada Upgrade para os serviços do Office 365, com o usuário tendo de conceder permissões ao aplicativo fraudulento, que passa a ter acesso completo caso seja autorizado. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- De acordo com o alerta da Microsoft, o segredo da exploração está no mau uso do protocolo OAuth, que é usado por serviços online de terceiros para acesso a dados, informações de conta e demais métricas necessárias para funcionamento. Nesse caso, as credenciais de acesso efetivas não são compartilhadas, mas há perigo ainda assim, devido à possibilidade concedida de leitura de mensagens que podem trazer tais registros e tantos outros, igualmente sensíveis. Microsoft is tracking a recent consent phishing campaign, reported by @ffforward, that abuses OAuth request links to trick users into granting consent to an app named ‘Upgrade’. The app governance feature in Microsoft Defender for Cloud Apps flagged the app’s unusual behavior. pic.twitter.com/YMUHvEMYYD — Microsoft Security Intelligence (@MsftSecIntel) January 21, 2022 O temor principal é quanto à persistência, já que golpes desse tipo garantem que os atacantes tenham acesso direto aos sistemas enquanto não forem detectados. Com isso, podem permanecer vigilantes quanto à troca de dados sensíveis ou se prepararem para ataques maiores a partir dos e-mails, seja invadindo contas e interceptando e-mails de confirmação ou enviando mensagens fraudulentas a colegas, levando a golpes maiores. A empresa afirma que centenas de ataques contra assinantes do Office 365 já foram detectados, em uma campanha que segue em andamento. Para combater o problema, as assinaturas do aplicativo malicioso já foram incluídas no Microsoft Defender, que indicará aos usuários sobre o caráter malicioso da aplicação no momento do pedido de acesso. Aos já atingidos, a recomendação é realizar uma varredura dos apps autorizados a lerem os e-mails, desativando o chamado Upgrade e outros que não reconheçam. Uma vez que isso é feito, o acesso é restringido, então, é só uma questão de avaliar os danos e alertar sobre a possibilidade de novos golpes envolvendo possíveis informações comprometidas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Canais no YouTube são invadidos após criminosos clonarem chips de celular

canaltech Uma nova onda de invasões a canais no YouTube voltou a atingir a comunidade de criadores neste começo de ano, com conteúdos sendo apagados e substituídos por vídeos ou transmissões ao vivo promovendo golpes com criptomoedas. A ideia é usar o alto número de seguidores para trazer aparência de legitimidade, seja à venda de ativos ainda em fase inicial ou em esquemas que prometem multiplicar depósitos realizados. Golpe em live no YouTube faz vítima perder R$ 6 milhões em Bitcoin Golpistas lucram no YouTube Shorts com vídeos copiados do TikTok O que está chamando a atenção dos usuários, e os assustando, porém, é a ideia de que, desta vez, nem mesmo seria preciso clicar em links de phishing ou baixar aplicações maliciosas para o computador. Relatos indicam que o vetor da vez são as clonagens de chips de celular, prática conhecida também como SIM swapping, que estaria permitindo acesso ao código de autenticação em duas etapas pelos golpistas. Operadoras dos Estados Unidos estariam no centro da questão, enquanto os atingidos nem mesmo receberiam alertas sobre a atividade suspeita e a tomada de seus perfis, percebendo que algo está errado apenas ao acessarem os próprios canais ou serem alertados pela audiência. Aí, já é tarde demais, com sua imagem e alcance sendo utilizados em golpes envolvendo os ativos financeiros. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- O YouTuber de tecnologia Arun Miani, do canal Mrwhosetheboss, foi um dos atingidos nesta semana. Com 9,7 milhões de inscritos interessados em unboxing e análises de produtos, ele viu seu espaço sendo usado para postar a pré-venda de uma suposta criptomoeda, a One World Cryptocurrency, com direito a endereço da carteira usada pelos golpistas e valor de 0,0001 Bitcoin para quem quisesse adquirir os tokens, equivalente a R$ 20,6 mil. Canal de criador de tecnologia foi usado para publicar vídeo promovendo criptomoeda "falsa"; golpes da vez podem estar relacionados à clonagem de chips (Imagem: Ali Alshamsi (Twitter) O caso aconteceu nesta segunda-feira (24), e no momento em que esta reportagem é escrita, Miani já restabeleceu o acesso a seu canal. Em outros casos, também foi possível notar ação do YouTube, com o bloqueio de transmissões ao vivo que quebram os termos de uso da plataforma, e também garantem um pouco mais de tranquilidade aos criadores atingidos. Como se proteger de golpes no YouTube Aos usuários, chega a ser quase desnecessário dizer que o ideal é ignorar tais conteúdos. Não acredite em promessas de grande lucratividade ou retorno de investimentos em dobro, jamais enviando valores para carteiras de terceiros. Além disso, é sempre importante prestar atenção no autor dos vídeos e canais em que eles foram publicados, buscando inconsistências que revelem que o espaço pode ter sido furtado. Aos criadores, a recomendação do YouTube é pelo contato com o suporte, que pode auxiliar na recomendação da conta e retirada dos conteúdos fraudulentos do ar. Além disso, é sempre importante ter medidas de segurança ativas, como senhas seguras e a autenticação em duas etapas — neste caso, especificamente, prefira o uso de aplicativos de verificação, em vez das mensagens de texto, de forma que a clonagem do chip não entregue seus códigos de validação aos golpistas. Por fim, a todos, outra dica é evitar o download de aplicativos a partir de fontes suspeitas ou clicar em links que cheguem por e-mail ou mensageiro instantâneo. Isso vale, inclusive, para possíveis propostas comerciais com testes de softwares, dinâmica que costuma ser usada pelos golpistas para roubar cookies de autenticação no YouTube e ganhar acesso aos canais sem a necessidade de obter as credenciais propriamente ditas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | SUV inteligente chega ao Brasil com potência e autonomia gigantes Buraco negro brilhante guarda pistas sobre o fim da Era das Trevas do universo Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Quantas doses de reforço vamos tomar até o final da pandemia? Veja Mais

Galaxy A33 5G e Galaxy A53 5G ganham página de suporte e devem chegar logo

canaltech A Samsung já lançou alguns novos produtos de nova geração, com a chegada de modelos de entrada como o Galaxy A03s e o Galaxy A03 Core. Agora, os rumores se voltam para outros dispositivos da família, como o Galaxy A33 e o Galaxy A53, que tiveram suas páginas de suporte publicadas e passaram em testes de HTML5. Galaxy A53 pode ter apenas chip Exynos e desempenho inferior ao A52s Samsung Galaxy F23 com Snapdragon 750G aparece no Geekbench Já é possível encontrar no site oficial da marca as páginas de suporte dos dois aparelhos na Rússia, Vietnã, Suíça e Reino Unido. Aqui, fica claro que o Galaxy A33 5G deve ter o número de modelo SM-A336B enquanto o Galaxy A53 5G será identificado por SM-A536B. No caso dos testes de HTML5, é revelado que eles sairão de fábrica rodando o Android 12, claro que sob a interface One UI 4, a versão mais recente do software da Samsung. Página de suporte Samsung Galaxy A33 5G (Reprodução/Samsung) Página de suporte Samsung Galaxy A53 5G (Reprodução/Samsung) -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Infelizmente, não existem outras informações reveladas nas páginas. Porém, outros rumores já deram mais detalhes sobre os dispositivos. É esperado que o Galaxy A33 5G tenha uma tela com tecnologia AMOLED de 6,4 polegadas com resolução Full HD+ e um notch no formato de gota no topo. A bateria deve ser de 5.000 mAh, e, apesar de trazer suporte a carregamento rápido de 25 watts, deve chegar com um carregador de apenas 15 watts na caixa. Galaxy A33 5G marcou 515 pontos no teste HTML5 (Imagem: Reprodução/HTML5Test) A princípio, são esperadas quatro câmeras traseiras, sendo uma principal de 48 MP, uma ultrawide de 8 MP, uma macro de 5 MP e uma de profundidade de 2 MP. Por outro lado, o Galaxy A53 5G teve mais detalhes revelados até o momento. Sua tela também deve ter 6,4 polegadas com tecnologia AMOLED e resolução Full HD+, com a diferença de ter um furo centralizado para a câmera frontal, que deve ser de 32 MP. Galaxy A53 5G marcou 474 pontos no teste HTML5 (Imagem: Reprodução/HTML5Test) Seu processador deve ser um Exynos 1200, acompanhado de 8 GB de memória RAM, e ele deve trazer uma bateria de 5.000 mAh com suporte a carregamento rápido de 25 watts. A câmera traseira principal deve de 64 MP, junto ainda de uma de 12 MP ultrawide, uma macro de 5 MP e uma de profundidade de 5 MP. De qualquer modo, ainda não existe uma data para a oficialização dos dois aparelhos, mas considerando que eles já estão surgindo no site da própria Samsung, não deve demorar para serem revelados. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | Carro que muda de cor tem preço surreal no Brasil Galaxy S22, S22 Plus e S22 Ultra vazam em todas as cores e ângulos SAMSUNG EM OFERTA: celulares com muito desconto no Magalu Volvo C40 | Coupé elétrico pode ter versão mais barata no Brasil Veja Mais

Apple e Mercado Livre enviam mensagens com medidas antipirataria no Brasil

canaltech Produtos e acessórios que imitam itens da Apple podem ser facilmente comprados online. A fabricante, em parceria com o Mercado Livre — um dos marketplaces mais populares da região —, está tomando medidas para evitar a comercialização deles na América Latina. Mercado Livre e marcas parceiras combatem falsificação na América Latina Varejistas brasileiras começam a barrar produtos sem registro na Anatel Vendedores que atuam na plataforma no Brasil têm recebido e-mails que informam que eles serão punidos se venderem produtos falsos com a marca Apple. A mensagem diz que as medidas serão tomadas “se a Apple confirmar uma denúncia de itens pirateados”. Isso dá a entender que as empresas têm trabalhado em parceria para impedir essas vendas. Entre as penalidades está a retirada de todos os anúncios do vendedor se algum deles for identificado como falso. Além disso, ele será proibido de vender qualquer produto da marca no futuro. A plataforma pede que os vendedores revejam seus anúncios para evitar restrições em suas contas. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Mercado Livre informa vendedores sobre possíveis punições (Imagem: Reprodução/Captura de tela do Canaltech) Comunicado dá informações sobre como agir se tiver produtos falsos online (Imagem: Reprodução/Captura de tela do Canaltech) Em 2021, a Bloomberg informou que a Apple tinha uma equipe dedicada a retirar anúncios de acessórios piratas no Instagram e no Facebook. É comum que esses produtos sejam vendidos sob a marca Apple, mas com preços muito inferiores ao dos itens originais. Alguns vendedores comercializam os itens como se fossem originais. Segundo o Mercado Livre, os itens falsos com a marca Apple serão retirados até fevereiro de 2022. Vale destacar que a Apple tem uma loja oficial no Mercado Livre. Não há informações sobre ações semelhantes em outras regiões. Os Procons e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) têm procurado, desde o segundo semestre de 2021, marketplaces como Mercado Livre e Shopee para impedir a venda de itens falsificados. Isso inclui produtos de diversos segmentos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que acontece com o cérebro quando a pessoa morre? BMW iX | Carro que muda de cor tem preço surreal no Brasil Galaxy S22, S22 Plus e S22 Ultra vazam em todas as cores e ângulos SAMSUNG EM OFERTA: celulares com muito desconto no Magalu Casos de paralisia facial aumentam na pandemia; seria manifestação da covid? Veja Mais