Meu Feed

Hoje

Den of Wolves: o novo e misterioso jogo de tiro dos criadores de Payday

Den of Wolves: o novo e misterioso jogo de tiro dos criadores de Payday

Tecmundo Para quem gosta de jogos de tiro online, um novo título está chegando e merece estar no seu radar. Den of Wolves surge como uma promessa empolgante no universo dos jogos de assalto futurista, trazido à vida pela 10 Chambers, a mesma equipe por trás da aclamada série Payday e GTFO. Anunciado no The Game Awards 2023, o título promete uma experiência imersiva e detalhada, combinando elementos de ficção científica com ação intensa. Confira o trailer de revelação a seguir:Leia mais... Veja Mais

5 motivos para comprar a Chevrolet Montana RS

canaltech Posicionada como a topo de gama na linha da caminhonete, a Chevrolet Montana RS trouxe alguns elementos interessantes que podem convencer mais clientes a apostarem na nova picape da General Motors — além de manter as principais valências das demais versões. Review Chevrolet Montana RS | A caminhonete para jovens 5 motivos para não comprar a Chevrolet Montana RS Se a missão da Montana é ingrata no mercado, já que concorre com rivais de peso em diferentes segmentos, a versão RS pode dar ao modelo algum tipo de vantagem justamente por ser a única com esse design mais esportivo. O Canaltech passou um tempo com a picape intermediária e vai te contar os principais motivos para você comprar uma Chevrolet Montana RS. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Chevrolet Montana RS: confira os principais motivos para comprar a caminhonete Qual é o público-alvo da Chevrolet Montana RS? Assim como acontece com a Chevrolet Montana Premier, a variante RS deve tentar atrair clientes que queriam um SUV, mas que gostam da ideia de ter uma caçamba enorme para levar seus utensílios, malas e demais objetos. O visual esportivo, porém, pode trazer também compradores mais jovens. 5 motivos para comprar a Chevrolet Montana RS Veja abaixo os cinco motivos para comprar a Chevrolet Montana RS. 5. Desempenho O motor 1.2 turbo de 133cv e 21,4 kgf/m de torque é o mesmo das demais versões da Chevrolet Montana, mas isso não deixa de ser um ponto positivo por aqui. O propulsor é mais do que suficiente para dar à caminhonete um comportamento ágil e bem competente seja na cidade, seja na estrada. O 0 a 100 km/h é feito em 10s, segundo nossas medições, e o remapeamento do câmbio para a picape ajudou a trazer esse bom torque do motor 1.2 mais cedo até do que vimos no Tracker, embora a ficha técnica de ambos diga que é a 2.000rpm. A Montana RS agrada no desempenho, mesmo não recebendo ajustes específicos para a variante RS (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 4. Consumo Algo que agradou muito no convívio com a Chevrolet Montana RS foi o consumo. Apesar de ser feita sobre a mesma plataforma do Tracker e compartilhar o mesmo motor 1.2 turbo, os números na picape foram bem melhores. Na cidade, chegamos a marcar 11 km/l, enquanto na estrada anotamos surpreendentes 18 km/l. Ao final dos testes, o computador de bordo estava com marcador mostrando 12,7 km/l, sempre com gasolina. A explicação pode estar no formato do carro, que é mais aerodinâmico do que o SUV. Formato da Montana ajuda no consumo (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 3. Dirigibilidade A Chevrolet Montana RS é um carro bem gostoso de dirigir e isso pode ser justificado não apenas pela plataforma adotada pela GM, a GEM, mas também pelo jeitão de sedan que ela tem graças ao seu bom balanço traseiro. Por mais que a Chevrolet queira vender a ideia de que estamos em um SUV com caçamba, na prática, a Montana realmente lembra um sedan. Claro, a altura relativa ao solo não deixa esquecer que estamos a bordo de um veículo alto, porém a dinâmica é bem agradável. A Montana RS é o carro mais gostoso de dirigir sobre a plataforma GEM (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 2. Conectividade A GM manteve o pacote de conectividade para a Montana RS e isso é um tremendo acerto. O Wi-Fi nativo segue operando muito bem e a picape também conta com o serviço de concierge e telemetria OnStar, que trabalha em conjunto com o app My Chevrolet. É um diferencial e tanto se pensarmos que ela também compete com a Fiat Strada, que não é munida desses itens. A MyLink segue sendo um trunfo dentro da linha da General Motors (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 1. Design O principal motivo para fazer você comprar uma Chevrolet Montana RS (e não uma Montana Premier, por exemplo) é o design, a grande novidade para esse modelo. As mudanças efetuadas pelo time da GM foram certeiras e a deixaram mais bonita do que já é. A começar pelo uso do chrome delete, que abusa de tons escurecidos na picape para eliminar cromados exagerados. As rodas de 17 polegadas são usinadas e o santantonio, novidade nessa versão, é acoplado ao rack de teto, dando um ar de esportividade e robustez a mais para a Montana. Além disso, a grade frontal é em estilo colmeia e ajudou a tirar um pouco da "cara de Toro" que ela tem. A Montana RS é, com certeza, um dos carros mais bonitos na linha da Chevrolet (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Imagens inéditas revelam espécie de rato gigante com quase meio metro Google Gemini pede a usuários que pesquisem respostas por conta Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Espermatozoides quebram leis da física em descoberta surpreendente Veja Mais

GTA 6: entenda o significado da música do primeiro trailer

GTA 6: entenda o significado da música do primeiro trailer

Tecmundo Já faz alguns dias que a comunidade teve a chance de conferir, em primeira mão, um pouco daquilo que Grand Theft Auto 6 reserva. São diversos elementos e referências que podem entregar detalhes do enredo, e um deles não passou batido pelos fãs: a música que toca na gravação.E aí, a pergunta que fica no ar é: será que ela foi escolhida ao acaso ou, de fato, há alguma relação entre ela e o que veremos no novo game? Vamos debater um pouco mais sobre esse assunto nas linhas a seguir.Leia mais... Veja Mais

Lenovo apresenta ThinkSmart Bar 180 com suporte ao Windows Autopilot

tudo celular A solução tem o foco em espaços de reunião pequenos e médios. Veja Mais

Como fazer um bom café expresso segundo a ciência

Como fazer um bom café expresso segundo a ciência

Tecmundo Um estudo científico sobre um assunto inusitado, e que começou como uma piada, foi publicado recentemente na revista Matter. Nele, os pesquisadores propõem que os grãos de café com maior umidade interna produzem menos eletricidade estática. Esta receita simples pode resolver um sério problema que ocorre durante a moagem industrial do café.“É tipo o começo de uma piada — um vulcanologista e um especialista em café entram em um bar e depois saem com um artigo científico”, diz o primeiro autor do trabalho, Joshua Méndez Harper, da Universidade de Oregon (UO) nos EUA, o vulcanologista. A justificativa do trabalho foi o fato de a fratura e a fricção dos grãos de café durante a moagem produzirem grandes cargas de eletricidade estática que fazem com que o pó se aglomere e grude no moinho. Leia mais... Veja Mais

5 motivos para não comprar a Chevrolet Montana RS

canaltech A Chevrolet Montana ganhou uma nova versão topo de linha. Surpreendentemente, a General Motors optou por alocar a variante RS como a mais cara e completa da gama, mesmo com pouquíssimas variações em relação ao modelo Premier, por exemplo. Review Chevrolet Montana RS | A caminhonete para jovens 5 motivos para comprar a Chevrolet Montana RS O convívio com a caminhonete trouxe pontos muito positivos, como as que listamos nos cinco motivos para você comprar uma, que foram: Desempenho Consumo Dirigibilidade Conectividade Design Mas nem tudo são flores e identificamos algumas situações e características desse produto que podem não agradar o potencial cliente da picape. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Chevrolet Montana RS: o que será que não foi tão bem na picape intermediária? (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) Qual é o público-alvo da Chevrolet Montana RS? Assim como acontece com a Chevrolet Montana Premier, a variante RS deve tentar atrair clientes que queriam um SUV, mas que gostam da ideia de ter uma caçamba enorme para levar seus utensílios, malas e demais objetos. O visual esportivo, porém, pode trazer também compradores mais jovens. 5 motivos para não comprar a Chevrolet Montana RS Após alguns dias com a caminhonete, listamos cinco motivos que podem fazer você não comprar uma Chevrolet Montana RS. 5. Não é esportiva Por melhor que seja o desempenho do motor 1.2 turbo de 133cv da Chevrolet Montana, ela, nem de longe, é um carro considerado esportivo. Não há ajustes de suspensão, direção, aceleração e mecânica que possam justificar essa alcunha de esportivo. Nesse caso, a caminhonete é, no máximo, esportivada. Mudanças na Montana RS? Somente no visual (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 4. Capacidade de carga A carga útil permitida pela Chevrolet Montana RS é de apenas 600kg, menos, por exemplo, do que uma Fiat Strada. Sim, a Montana não é vendida como um carro de trabalho, mas se a missão é vender mais do que as concorrentes, algo deveria ter sido feito na questão operacional. A caçamba da Montana é mais um porta-malas enorme do que necessariamente um compartimento de carga para trabalho (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 3. Faltam equipamentos de segurança A General Motors perdeu uma ótima chance de equipar mais a Chevrolet Montana com o lançamento da versão RS. Na Premier, por exemplo, já havia a falta de itens importantes pensando em segurança ativa, algo que temos, por exemplo, no Tracker. Casos do alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência e o assistente de estacionamento semiautônomo. Isso, infelizmente, segue na Montana RS. De auxílio ativo ao motorista, somente o sensor de ponto cego, bom para uso em uma caminhonete. No mais, dado o preço cobrado pelo carro e seu apelo mais avançado dentro da gama da GM, aqueles itens poderiam estar presentes. Para ajudar o motorista e impedir acidentes, apenas o alerta de ponto cego está presente (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 2. Isolamento acústico Algo que foi citado pelo meu colega Paulo Amaral na lista de pontos negativos da versão Premier segue na Chevrolet Montana RS: o isolamento acústico. Nem tanto pelo motor, já que por ser uma versão "esportiva", talvez o comprador queira ouvir o ronco contido do 1.2 turbo tricilíndrico, mas mais pelo trabalho como um todo, que deixa a desejar. Na estrada, principalmente, ouve-se tudo com muito volume, principalmente o deslocamento de ar causado pela caminhonete e a rolagem em um asfalto mais áspero. Cabine da Montana RS agrada, mas isolamento acústico é bola fora (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 1. Espaço Interno Um ponto crítico no projeto da Chevrolet Montana RS segue sendo seu espaço interno. Se a missão é brigar com a Fiat Toro como um SUV de caçamba, quem for alto, como eu (1,85m), vai sofrer bastante na fileira traseira. Se você pensa em ter a Montana como seu carro de família, talvez apenas crianças fiquem confortáveis nos bancos traseiros. Imagem explica bem como é o habitáculo da Montana RS nos bancos traseiros (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Imagens inéditas revelam espécie de rato gigante com quase meio metro Google Gemini pede a usuários que pesquisem respostas por conta Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Espermatozoides quebram leis da física em descoberta surpreendente Veja Mais

7 restaurantes de filmes e séries que existem na vida real

7 restaurantes de filmes e séries que existem na vida real

Tecmundo Não importa o filme ou série, sempre haverá um restaurante onde os personagens vão se reunir para comer ou simplesmente passar o tempo livre juntos. Muitas vezes esses lugares são tão icônicos que os fãs sempre imaginam como seria visitá-los caso existissem de verdade.É aí que entra um segredo: alguns desses restaurantes de filmes e séries contam com uma versão real oficial ou aberta por um fã. Ficou curioso para saber quais delas existem por aí? Então prossiga a sua leitura.Leia mais... Veja Mais

Dragon Ball: Sparking! ZERO é anunciado como sucessor da série Budokai Tenkaichi

tudo celular A apresentação foi acompanhada de um trailer, o qual mostrou ser uma continuação da série anterior, enquanto insere recriações de personagens lendários e seus poderes especiais. Veja Mais

Como formatar texto no WhatsApp | Guia Prático

canaltech Existem diversas maneiras de formatar texto no WhatsApp na versão web e nos aplicativos para celular e desktop. Algumas dessas personalizações incluem negrito, itálico, tachado e monoespaçado, que podem ser usadas para destacar informações importantes ou adicionar ênfase em trechos do seu texto. Como criar figurinhas no Instagram | Guia Prático Close Friends | Como postar fotos no feed, reels e stories O que torna tudo ainda mais acessível é que não é necessário instalar extensões ou aplicativos de terceiros para habilitar as formatações, uma vez que elas marcam presença de forma nativa do Zap. Tipo de formatação no WhatsApp Confira abaixo os diferentes tipos de formatação disponíveis para o WhatsApp e como inseri-los por meio de caracteres especiais. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Itálico Para formatar sua mensagem em itálico, coloque um sinal de sublinhado antes e depois da palavra, frase ou parágrafo. Exemplo: _texto_ Texto formatado em itálico no WhatsApp (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Negrito Se você deseja formatar em negrito, basta inserir um asterisco antes e depois da palavra, frase ou parágrafo. Exemplo: *texto* É possível deixar textos em negrito no WhatsApp (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Tachado Se o objetivo é tachar uma palavra, uma frase ou um parágrafo inteiro, você deve inserir til antes e depois da mensagem. Exemplo: _texto_ Uma possibilidade de formatação é deixar o texto tachado no WhatsApp (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Monoespaçado É necessário inserir três sinais graves antes e depois de uma palavra, frase ou parágrafo para deixar a mensagem monoespaçada Exemplo: ```texto``` Quem quiser, pode deixar um texto monoespaçado no WhatsApp (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Bloco de código A formatação em bloco de código pode ser acionada inserindo crases entre as palavras, frases ou parágrafos. Exemplo: `texto` Se você trabalha com programação, vai gostar de adicionar blocos de código nos seus textos (Imagem: Captura de tela/Douglas Ciriaco/Canaltech) Citação Para transformar uma palavra, frase ou parágrafo em citação, é só você digitar o sinal maior e espaço que antes de começar a digitar. Exemplo: > texto É possível transformar seu texto em citação no WhatsApp (Imagem: Captura de tela/Douglas Ciriaco/Canaltech) Lista numerada Você pode organizar o texto em uma lista numerada inserindo número seguido de ponto e espaço. Depois, quando você pressionar Enter para adicionar um novo parágrafo, o WhatsApp vai inserir novos números automaticamente. Exemplo: 1. texto Você pode organizar seus textos transformando-os em listas numeradas no WhatsApp (Imagem: Captura de tela/Douglas Ciriaco/Canaltech) Lista com marcadores É possível criar uma lista com marcadores digitando hífen ou asterisco juntamente com espaço para formatar a mensagem. Depois disso, você pode gerar novos marcadores de forma automática pressionando Enter. Exemplo 1: - texto Exemplo 2: * texto É possível organizar textos adicionando listas com marcadores no WhatsApp (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Além disso, outra dica é usar mais de uma formatação na mesma frase ou parágrafo. Por exemplo, se você digitar a frase o *Canaltech* é o _melhor site_ de tecnologia do ~Brasil~, o resultado seria este: o Canaltech é o melhor site de tecnologia do Brasil. Como formatar mensagens no WhatsApp Você pode formatar textos no WhatsApp usando um recurso dedicado a essa tarefa dentro dos menus do mensageiro — dispensando o uso de caracteres especiais entre as palavras. Vale avisar, no entanto, que nem todos os tipos de personalização de textos podem estar presentes nesse esquema. No Android É muito fácil formatar texto no Android. Faça o seguinte: Acesse a conversa desejada; Digite, toque e segure sobre a frase ou texto; Toque no ícone de três pontos; Deslize o menu para baixo e selecione a formatação desejada; Selecione o botão para enviar a mensagem. Você pode tocar e segurar uma mensagem para aplicar formatação do WhatsApp para Android (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) No iOS Veja um jeito simples de formatar seus textos no aplicativo do WhatsApp para iOS: Digite e selecione a frase ou texto; Toque na opção “Formatação"; Selecione o tipo de formatação desejada”; Toque no botão para enviar mensagem. O app do WhatsApp para iOS permite formatar textos a partir do menu de contexto (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto) Já as versões do WhatsApp para computador, como web e desktop, não contam com uma função dentro dos menus para personalizar textos. Para fazer formatação no PC é necessário digitar os caracteres especiais conforme demonstrado no início do artigo. Aliás, não é só o WhatsApp que permite deixar o texto personalizado: você também pode inserir formatação nas suas mensagens do Telegram. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Imagens inéditas revelam espécie de rato gigante com quase meio metro Google Gemini pede a usuários que pesquisem respostas por conta Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Espermatozoides quebram leis da física em descoberta surpreendente Veja Mais

Review Chevrolet Montana RS | A caminhonete para jovens

canaltech Quando foi anunciada, a Chevrolet Montana recebeu a alcunha de um “SUV com caçamba”. A ideia da General Motors era de colocar um player competitivo no mercado de caminhonetes e pegar uma fatia do público que se interessa por esse tipo de veículo. O natural era que, depois de um tempo, assim como fez com o Cruze e o Tracker, a montadora trouxesse a variante RS para a festa. 5 motivos para comprar a Chevrolet Montana RS 5 motivos para não comprar a Chevrolet Montana RS Mas, diferente do que acontece com o hatch médio e com o SUV compacto, a Montana RS foi posicionada como a variante topo de gama na linha da picape. O apelo visual mais esportivo é a justificativa mais forte para apostar nesse produto, muito embora ele traga tudo de bom e de ruim que há nas demais versões. O Canaltech passou um bom período com a Chevrolet Montana RS e vai te contar quem pode se interessar pela caminhonete intermediária da GM, além de destrinchar toda a experiência de uso com o modelo. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Chevrolet Montana RS: Suficiente para vencer a Fiat Toro? (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) Prós Design esportivo Desempenho suficiente Consumo vantajoso Conectada à internet Ótima dirigibilidade Contras Espaço interno sofrível Isolamento acústico Não tem boa capacidade de carga Faltam equipamentos de segurança ativa Conectividade, Segurança e Tecnologia A Chevrolet Montana RS não teve alterações em sua lista de equipamentos quando comparamos com a versão Premier, a antiga topo de gama. As mudanças são puramente estéticas, então, vale relembrar o que a caminhonete traz de interessante do ponto de vista tecnológico. A parte positiva, claro, é o pacote de conectividade, que é um diferencial na hora de comparar o modelo com a Renault Oroch e a Fiat Strada, duas de suas principais concorrentes. A Montana RS vem com o sistema OnStar, o concierge da Chevrolet, e pode ter o 4G da Claro habilitado nativamente para oferecer conexão para os passageiros com ótima qualidade, como sempre aferimos por aqui. A experiência segue boa no âmbito da conectividade quando utilizamos o app My Chevrolet, que te ajuda a monitorar a picape e verificar dados importantes do uso. Central MyLink já é antiga, mas segue sendo um trunfo dentro da GM (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)A central multimídia My Link tem tela de 8 polegadas e segue competente, com interface intuitiva e rápida, além da conexão sem fio para Android Auto e Apple CarPlay. O único “porém” com o uso do aparelho é a qualidade da imagem, que não pode ser ajustada e tem pouco contraste, dando a impressão de ser um produto de confecção inferior — o que não é verdade. Certas coisas podem incomodar clientes mais exigentes e a GM já poderia atualizar essa central. Já no campo da segurança, a Montana RS traz um pouco mais do que o trivial. Não faz feio, mas decepciona se considerarmos a proposta do veículo. Por aqui, de série, temos os seis airbags e o alerta de ponto cego. Para acionar o OnStar basta apertar o botão (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)Não há freios a disco nas rodas traseiras e o pacote ADAS inexiste, faltando itens que, por exemplo, estão em versões bem equipadas do Tracker, como o alerta de colisão frontal com frenagem automática para ciclistas e pedestres e o sistema de estacionamento semiautônomo. Faria muito sentido se a GM aplicasse esses recursos em sua variante topo de gama. Justificaria a mudança de patamar de um produto com a assinatura RS e justificaria ainda mais a compra da Montana nessa configuração. Quem sabe na linha 2025 isso não possa ser modificado? "Faltam equipamentos de segurança ativa na Montana RS. Tomara que a GM os acrescente na linha 2025" — Felipe Ribeiro Experiência de Uso e Conforto Quem esperava ver um comportamento diferente na Chevrolet Montana RS pode ir tirando o cavalinho da chuva. Segundo apuramos com a própria GM no dia do lançamento da caminhonete, nenhuma alteração foi feita na suspensão, câmbio e motor. Isso, claro, não quer dizer que a picape seja manca — pelo contrário. Por ser leve para um carro desse tipo, pesando apenas 1.310kg, o motor 1.2 turbo de 133cv e 21,4 kgf/m de torque é mais do que suficiente para trazer um ótimo convívio com a caminhonete. O câmbio, automático e de seis marchas, também é o mesmo utilizado em outros modelos da montadora. Sua dirigibilidade, elogiada na versão Premier, segue muito boa por aqui, com a direção elétrica bem calibrada e um nível de performance honesto para o uso urbano e rodoviário. Esse motor de três cilindros cumpre bem o seu papel, inegavelmente. Montana RS é valente nas ruas e encara terrenos acidentados das cidades com competência (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)A suspensão foi ajustada para trazer um misto de conforto e dinamismo e vai bem na Montana RS. Em conjunto com o balanço traseiro da picape, por vezes, nos sentimos dirigindo um sedan, bem agradável. O consumo foi algo que me agradou bastante também. Na cidade, chegamos a marcar 11 km/l, enquanto na estrada anotamos surpreendentes 18 km/l. Ao final dos testes, o computador de bordo estava com marcador mostrando 12,7 km/l, sempre com gasolina. O ponto fraco da Montana RS na usabilidade é seu espaço interno. Lembro-me bem de quando a GM apresentou o carro pela primeira vez, no ano passado, alegando que o espaço seria o mais bem aproveitado da categoria. Bem, isso depende. Se compararmos com Strada, Saveiro e Oroch, a Montana vai bem, mas contra Toro e Rampage, isso não cola. A vida na fileira traseira de bancos para quem tem mais de 1,80m é apertada, bem apertada. Famílias grandes vão sofrer por aqui, mas não tanto quanto eu, com meus 1,85m (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)A caminhonete, compensa, porém, com a caçamba, que tem 874 litros de volume e é um verdadeiro porta-malas gigante, já que, para carga mesmo, os 600kg de capacidade útil não devem ser levados em conta. Não é um carro de trabalho, convenhamos. O sistema de vedação aplicado pela GM, aliás, é o que garante a maior segurança e conforto para os passageiros quando imaginam suas bagagens no compartimento em dias de chuva. Nós testamos e, acreditem, é bom demais. Bagageiro da Montana é um verdadeiro porta-malas (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)Em termos de recursos para o conforto temos um pacote razoável. Há ar-condicionado digital e automático, mas de apenas uma zona. Também temos sensores de chuva e crepuscular, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, chave presencial, partida por botão e acionamento remoto do motor. "A melhor parte da Montana RS é dirigi-la. Mesmo sem ajustes esportivos, a caminhonete vai bem demais e é muito ágil" — Felipe Ribeiro Design e Acabamento Geralmente reclamamos do acabamento dos carros de volume da Chevrolet, mas a Montana RS nos agradou nesse quesito. Nota-se um capricho no painel, com a aplicação de materiais de boa qualidade e ótimos arremates, mudando um pouco a percepção de simplicidade do Tracker, seu irmão de plataforma. A nova peça que liga a central multimídia ao cluster principal também dá uma nova cara à Montana RS, mesmo com o visor central ainda sendo igual ao do Onix, uma bola fora tremenda e que desvaloriza o produto. A percepção de qualidade é um item fundamental para um carro dessa categoria e preço. Os bancos são em couro e possuem costuras vermelhas, para dar mais esportividade. Eles, porém, não possuem nenhum tipo de desenho que abrace mais o motorista. Cabine da Montana RS é superior a do Tracker, por exemplo (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)Já o design também sofreu alterações e melhorou em relação às demais versões da Montana. Na variante RS, há o chrome delete e uma sensação boa de que os cromados não fazem falta. O black piano bem aplicado na dianteira e em outras regiões também é elogiável, bem como as rodas, com desenho exclusivo e mais atraentes. Design da RS é menos "Toro" (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)Ponto positivo, também, para a capota marítima de série, algo que não está presente nem em modelos premium, como a Ford F-150. Uma das unidades que testamos, aliás, estava com o modelo retrátil e eletrônico, bem como outros acessórios, como o estribo e o subwoofer da JBL, que podem ser adquiridos separadamente para todas as versões. Concorrentes As concorrentes mais óbvias da Chevrolet Montana são a Fiat Toro e a Renault Oroch, mas podemos expandir esse raio de competitividade. Por seu porte e capacidades, Fiat Strada Turbo e Volkswagen Saveiro Extreme entram na roda. Se forçarmos um pouco, RAM Rampage e Ford Maverick também podem brincar. Os preços vão de R$ 110 mil a R$ 280 mil, dependendo do modelo por aqui. +43 $(function() { $('body').append("\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n1 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n2 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n3 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n4 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n5 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n6 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n7 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n8 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n9 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n10 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n11 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n12 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n13 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n14 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n15 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n16 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n17 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n18 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n19 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n20 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n21 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n22 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n23 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n24 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n25 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n26 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n27 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n28 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n29 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n30 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n31 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n32 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n33 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n34 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n35 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n36 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n37 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n38 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n39 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n40 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n41 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n42 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n43 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n44 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n45 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n46 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n47 \/ 47\n\n\n\nChevrolet Montana RS\n\n\n\n\n\nIMAGENS\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n"); iniciaGaleria($('#_cca3e6')); }); Chevrolet Montana RS: Vale a pena apostar na caminhonete intermediária? A Chevrolet Montana RS justifica sua existência com as mudanças no design, que podem atrair um público mais jovem para a caminhonete e a torna mais atraente sob esse aspecto. Mas como não há diferenças mecânicas e de equipamentos para a variante Premier, por exemplo, sua compra pode ser questionada. Para o meu gosto pessoal, a Montana RS seria a escolha óbvia dentro do lineup da picape, mas a falta de espaço interno pode pesar para a maioria dos clientes. Há, no entanto, bom desempenho, estilo e consumo de combustível vantajoso. A Chevrolet Montana RS pode ser encontrada em todos os pontos de venda da Chevrolet no Brasil por R$ 151.890. No Canaltech, a Chevrolet Montana RS foi avaliada graças a uma unidade gentilmente cedida pela General Motors do Brasil. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Imagens inéditas revelam espécie de rato gigante com quase meio metro Google Gemini pede a usuários que pesquisem respostas por conta Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Espermatozoides quebram leis da física em descoberta surpreendente Veja Mais

Vale o Play | Wonka é um prequel bom até para quem não gosta de chocolate

canaltech Durval Ramos e Diandra Guedes discutem sobre Wonka, o prequel do clássico A Fantástica Fábrica de Chocolates estrelado por Timothée Chalamet Ouça ao podcast. Veja Mais

Samsung lança Galaxy Tab A9 e A9 Plus Kids Edition com conteúdo para crianças

tudo celular A Samsung lançou versões especiais dos seus mais recentes tablets para o público infantil na Indonésia. Veja Mais

O Mundo Depois de Nós tem cena assustadora com carros Tesla! Veja

O Mundo Depois de Nós tem cena assustadora com carros Tesla! Veja

Tecmundo Baseado no livro de mesmo nome do escritor Rumaan Alam, O Mundo Depois de Nós estreou na Netflix na última sexta-feira (8). Apesar de estar disponível há pouco tempo, o longa-metragem já está presente no famoso Top 10 da plataforma de streaming. Com uma trama envolvente, que traz uma crise catastrófica como pano de fundo para falar sobre outros assuntos, o filme também deu um jeito de alfinetar a Tesla, uma das empresas do bilionário Elon Musk. Leia mais... Veja Mais

O céu não é o limite! | Atraso no retorno à Lua, descoberta em Marte e +

canaltech O lançamento da missão Artemis III, que vai levar novos astronautas à Lua, pode ser adiado em um ano, e um meteoro brilhou no céu de diferentes estados do Brasil. Além disso, parece que os satélites naturais candidatos de alguns exoplanetas não existem. Saiba mais sobre estas e outras notícias astronômicas de destaque em nosso compilado semanal. Atraso no retorno à Lua Parece que vai demorar um pouco mais que o esperado para novos astronautas irem à Lua com o programa Artemis. Segundo um relatório do Escritório de Contabilidade do Governo dos Estados Unidos (GAO), o pouso tripulado da Artemis III na Lua dificilmente vai acontecer antes de 2027. Até então, membros da agência espacial consideravam que a missão poderia ser lançada em 2026. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- O desenvolvimento do HLS, da SpaceX, segue atrasado e pode adiar o retorno à Lua (Imagem: Reprodução/SpaceX) A conclusão sobre o cronograma se deve a atrasos em elementos essenciais da missão, como o módulo de pouso HLS, desenvolvido pela SpaceX, e os trajes espaciais para os astronautas. Mesmo assim, a NASA e seus parceiros continuam o trabalho para alcançar novamente nosso satélite natural. Tempestades solares e seus riscos Uma equipe de cientistas analisou a tempestade solar Chapman-Silverman, ocorrida em 1872. Ela foi tão intensa que causou auroras boreais em lugares mais ao sul do que o comum, como a Índia. Eles concluíram que eventos do tipo são mais frequentes do que pensávamos. A tempestade solar Chapman-Silverman parece ter vindo de manchas solares médias (Imagem: Reprodução/NSO/AURA/NSF) Se algum fenômeno alguma tempestade solar tão intensa acontecesse hoje, ela poderia afetar redes elétricas, sistemas de comunicação e, em caso mais extremos, aviões e satélites. Existem luas ao redor de exoplanetas? Nos últimos anos, cientistas detectaram o que pareciam ser luas ao redor dos exoplanetas Kepler-1625b e Kepler-1708b. As descobertas delas foram bastante empolgantes, pois elas seriam as primeiras exoluas conhecidas. Agora, um novo estudo indica que tais luas parecem não existir. Ilustração do exoplaneta Kepler-1708b e sua lua — que parece não existir (Imagem: Reprodução/NASA, ESA, L. Hustak) Com um algoritmo, pesquisadores do Instituto Max Planck concluíram que as chances de Kepler-1708b ter uma lua são menores do que se pensava, e que o suposto satélite natural de Kepler-1625b seria explicado por diferenças nos comprimentos de onda observados. Meteoro visto no Brasil Um meteoro brilhou durante a madrugada de quinta-feira (7), sendo registrado por câmeras da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (BRAMON) em Santa Catarina e em São Paulo. As imagens indicam que o objeto se movia a cerca de 50 mil km/h. Meteoro registrado em SC durante a madrugada (Imagem: Jocimar Justino de Souza) Os meteoros são formados por rochas espaciais de tamanhos variados, que atravessaram a atmosfera da Terra e acabaram queimadas pelo atrito com os gases atmosféricos. O processo gera luzes como aquelas da foto acima. Estruturas enterradas em Marte Enquanto explorava Marte, o rover chinês Zhurong encontrou estruturas poligonais a mais de 30 metros abaixo da superfície do planeta. Segundo pesquisadores liderados por Lei Zhang, elas têm formato poligonal e parecem ter sido formadas há bilhões de anos. Esquema do terreno poligonal detectado pelo rover Zhurong (Imagem: Reprodução/Zhang et al) A origem delas não está totalmente clara, mas os pesquisadores acreditam que surgiram a partir dos ciclos de congelamento e derretimento ocorridos há bilhões de anos no Planeta Vermelho. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Imagens inéditas revelam espécie de rato gigante com quase meio metro Google Gemini pede a usuários que pesquisem respostas por conta Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Espermatozoides quebram leis da física em descoberta surpreendente Veja Mais

Covid-19: Ministério da Saúde indica reforço de vacina bivalente após novas sublinhagens do vírus

tudo celular Apenas grupos prioritários estão nesta nova fase da imunização. Veja Mais

vivo X100 e X100 Pro têm data para lançamento de versão global

tudo celular Tanto um quanto o outro deverão ser levados ao meio global em breve. Veja Mais

Últimos dias

8 ótimas animações para assistir agora mesmo na Netflix

8 ótimas animações para assistir agora mesmo na Netflix

Tecmundo Entre filmes e séries, o catálogo da Netflix conta com diversas animações, sejam elas infantis, adultas ou voltadas para toda a família. A plataforma de streaming não economiza na hora de investir em desenhos originais, trazendo ótimas opções de maratona para os assinantes.Na Netflix, você pode conferir produções animadas incríveis como Leo, A Jornada de Vivo, Pinóquio, Nimona, The Midnight Gospel, entre outros. São animações que divertem, causam reflexão e emocionam, com histórias de drama, aventura, romance e até fantasia.Leia mais... Veja Mais

5 contos clássicos de Roald Dahl que viraram filme

canaltech Roald Dahl pode não ser um nome popular para muitas pessoas, mas suas obras certamente marcaram gerações em todo o mundo, principalmente através das adaptações de seus contos para o cinema. O autor britânico produziu histórias para crianças e adultos ao longo de sua carreira, mas foram seusuas narrativas infantis que o tornaram bastante popular até os dias de hoje. Wonka | O que esperar do prequel de A Fantástica Fábrica de Chocolate? 10 filmes fracassos de bilheteria que se tornaram clássicos Recentemente, a Netflix lançou quatro curtas metragens, dirigidos pelo diretor Wes Anderson, baseado em histórias adultas escritas por Dahl, sendo eles A Incrível História de Henry Sugar, O Cisne, Veneno e O Caçador de Ratos. Apesar de serem bem interessantes, estamos aqui para falar das obras que marcaram a tela grande e ajudaram o nome de Dahl ir além dos seus livros. Afinal, você pode não conhecer o nome do autor, mas certamente já visitou sua Fantástica Fábrica de Chocolate ou se deparou com uma Matilda por aí. 5. O Fantástico Sr. Raposo   O Fantástico Sr. Raposo é uma animação em stop motion estrelada por um elenco absurdo, com nomes como George Clooney (Onze Homens e Um Segredo), Meryl Streep (O Diabo Veste Prada), Bill Murray (Os Caça-Fantasmas), Jason Schwartzman (Asteroid City), Brian Cox (Succession) e Michael Gambon (Harry Potter e o Enigma do Príncipe). -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- A história mostra o Sr. Raposo, sua esposa e seu filho, que vão morar em uma árvore na colina. Eles têm como vizinhos vários animais e o Sr. Raposo prometeu que deixaria a vida de ladrão de galinhas para trás, já que a sua esposa está grávida. Só que dois parceiros do passado dele descobrem que existem fazendas nas proximidades e tentam convencê-lo a voltar a cometer o crime, atraindo fazendeiros que querem caçá-los. Dirigido por Wes Anderson, O Fantástico Sr. Raposo traz todo o clima dos outros longas do diretor, o que agradou bastante aos seus fãs — e tudo isso sem abrir mão desse clima de fábula que marcam as obras de Dahl. O Fantástico Sr. Raposo está disponível na Star+, HBO Max e Mubi. 4. O Bom Gigante Amigo   O Bom Gigante Amigo é um filme que mistura animação e live-action, dirigido por Steven Spielberg e que conta a história de uma menina órfã que acaba sendo capturada por um gigante. O seu relacionamento com a garota mostra que ele não é maldoso como outros gigantes, algo que faz com que a sociedade se aproxime dele, que chega a ser convidado para um almoço com a rainha da Inglaterra. Desde os anos 1990, os produtores Frank Marshall e Kathleen Kennedy tentaram tirar o projeto do papel, algo que só foi começar a ser realmente concretizado em 2014, quando Spielberg foi anunciado como diretor. Apesar de ter recebido boas críticas, o público parece não ter prestado muita atenção no filme nos cinemas, que foi começando a ser descoberto depois que ele passou a ser exibido na TV e em home video. 3. Convenção das Bruxas   Convenção das Bruxas se tornou um clássico da Sessão da Tarde e chegou a receber uma versão que foi lançada em 2020, mas o filme dos anos 1990 é muito mais legal e assustador. A adaptação conta a história de um garoto de 10 anos que fica em um hotel com a sua vó e descobre que está acontecendo uma convenção de bruxas no local. Ele acaba ouvindo que elas querem transformar todas as crianças do mundo em ratos, fazendo com que o moleque seja a única linha de defesa contra as bruxas. Apesar de ser um filme supostamente infantil, é bem traumatizante ver a líder do grupo de feiticeiras, interpretada por Anjelica Huston (A Família Addams) mostrando sua verdadeira face. Até hoje tem gente que fica cabreira quando essa versão passa na TV. Convenção das Bruxas está disponível na HBO Max, e para locação e compra no iTunes e Amazon. Por apenas R$ 14,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! 2. Matilda   Matilda é certamente a segunda obra mais conhecida de Roald Dahl, já servindo como base para adaptações para o cinema, para um musical e uma série da Netflix. Falaremos aqui do filme dos anos 1990, estrelado por Mara Wilson e Danny DeVito (It's Always Sunny in Philadelphia), que também foi seu diretor. O filme conta a história da jovem Matilda, uma garota extremamente inteligente, mas que tem uma família de trambiqueiros e precisa aguentar uma escola bastante rígida. As coisas ficam mais caóticas quando ela desenvolve poderes telecinéticos e começa a usá-los para contornar os problemas da família e da escola. É um filme bem bonitinho e uma história que por mais que se afaste em alguns momentos do conto original de Dahl, ainda traz a magia que o autor tentou passar com sua história. Matilda está disponível na HBO Max e Paramount+, e para locação e compra no iTunes, Amazon e Google Play Store. 1. A Fantástica Fábrica de Chocolates   É óbvio que o topo da lista ficaria com A Fantástica Fábrica de Chocolates. Apesar de a versão de 2005, dirigida por Tim Burton (Edward Mãos de Tesoura) e estrelada por Johnny Depp (Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet) ser considerada bastante próxima da história original, a adaptação de 1971 é especial. Com um roteiro do próprio Dahl, o filme acompanha o jovem Charlie, um garoto pobre que ganha a oportunidade de visitar a fábrica de doces de Willy Wonka. Acompanhado por outras crianças e seu avô, Charlie encontra um lugar mágico e ainda completamente insano, com um dono excêntrico que tem um plano especial para a visita. Seja pela atuação elétrica de Gene Wilder como Willy Wonka, pelas músicas ou pelo visual mágico, A Fantástica Fábrica de Chocolates é um clássico do cinema e continua encantando pessoas de todas as idades até os dias de hoje. A Fantástica Fábrica de Chocolates está disponível na HBO Max, e para locação e compra no iTunes, Amazon, Google Play Store e Microsoft Store. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

Moto G84 vs Galaxy M54: qual intermediário tem experiência mais premium? | Comparativo

tudo celular Entre o smartphone da Motorola e o da Samsung, qual fornece a experiência mais premium para o consumidor? O TudoCelular mostra em detalhes para você, neste Comparativo. Veja Mais

Flash descobre que seus poderes escondem um segredo catastrófico

canaltech Nos últimos meses, o Flash Wally West se tornou o herói mais poderoso da DC Comics, com habilidades de proporções cósmicas capazes de superar o Superman de várias maneiras. Com a chegada da fase de Si Spurrier e o brasileiro Mike Deodato Jr., todos esperavam que essa escalada fosse ao menos mais equilibrada, contudo as primeiras edições tornaram o Velocista Escarlate quase uma divindade. Mas… Flash começa nova fase perdendo uma de suas habilidades mais poderosas Flash desenvolve habilidade que o torna um dos seres mais poderosos da DC Atenção para spoilers à frente para The Flash #3! Spurrier já havia dito que sua fase no Flash seria bastante sombria, baseada no horror cósmico de H. P. Lovecraft; e até inspirado pelo excelente trabalho de Al Ewing com o Hulk Imortal. O escritor também comentou há meses que iria explicar com mais profundidade do que se trata a energia misteriosa que alimenta os poderes dos velocistas da DC, a Força da Aceleração. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Max Mercury e Flash vêem uma explosão em uma dimensão no mesmo momento em que Impulso usa seus poderes (Imagem: Reprodução/DC Comics) E ele já cumpriu isso em The Flash #3, lançado recentemente, em que Max Mercury tenta ajudar o Flash com seu novo poder de viagem entre várias dimensões — vale lembrar que as histórias do Velocista Escarlate sempre exploraram suas passagens por diferentes momentos da cronologia natural, assim como por linhas temporais e realidades paralelas, além de outras terras do Multiverso. Mas, agora, temos visto o Flash Wally West acessar várias dimensões localizadas entre várias camadas da mesma realidade. Em uma delas, entra em pânico quando uma poderosa explosão destrói um nível oculto. Qual é o segredo? Assim que Flash e Max retornam à sua dimensão, eles tentam descobrir a causa dessa explosão, e observam que o Impulso chegou no exato momento em que eles presenciaram o assustador estouro. Wally supõe que Bart foi a causa da explosão, e Max lembra que todos os membros da Família Flash utilizam a mesma fonte de energia — ou seja, sempre que um velocista usa seus poderes em um plano de existência, causa destruição desconhecida em outra camada. Para piorar, o vilão Mestre dos Espelhos atingiu Flash com um espelho atômico, e, desde então, Wally tem enfrentado falhas que lhe mostram camadas ocultas, muitas vezes horríveis, da realidade. Calma que tem mais: a Força da Aceleração começou a apresentar estranhas anomalias; velocistas começaram a sentir dores físicas e monstros estranhos chamados Uncoiled tentaram matar o herói. Assim, o ser poderoso que o Flash Wally West se tornou, na verdade, cobra um preço catastrófico e sombrio: o próprio herói sente que sua percepção mudou, de uma forma que ele sente que pode ter um colapso, além de estar lidando com o fato de os heróis velocistas estarem causando enormes danos em outras camadas da realidade. E nesses lugares existem seres esquisitos, mas ainda assim sencientes. Flash descobre que o uso da Força da Aceleração causa danos em outras dimensões com seres sencientes (Imagem: Reprodução/DC Comics) Isso traz diversas questões ao Flash e seus aliados velocistas: até que ponto a Força da Aceleração pode ser acessada sem causar danos? Que tipo de situação será a referência para que Wally decida se vale a pena detonar uma camada da realidade para usar seus poderes? O que aconteceria — e aconteceu — quando o Velocista Escarlate usou sua capacidade máxima? E como o mundo vai lidar com vários heróis que agora devem diminuir o ritmo na luta contra os vilões, que estão também mais perigosos? Assine Amazon Kindle Unlimited por apenas R$ 19,90/mês e tenha acesso a mais de 1 milhão de livros digitais! Bem, agora a fase de Spurrier realmente começou. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

O que pode acontecer se seu DNA vazar na internet?

canaltech Na última semana, a empresa norte-americana de testes genéticos 23andMe confirmou que hackers roubaram dados de cerca de 6,9 ??milhões de usuários em outubro passadp. Desde então, muitas pessoas têm se perguntado o que seria possível fazer com o DNA de uma pessoa. Já é possível identificar DNA humano pelo ar Quer armazenar dados em DNA? Isso vai custar 5 mil reais Trazendo a questão para o Brasil, entender esses riscos também é importante. Afinal, os testes de DNA, categoria na qual estão incluídos os testes de ancestralidade, estão cada vez mais populares. É possível encontrá-los a partir de 300 reais, nos pacotes mais básicos. Honestamente, o código genético sozinho de uma pessoa tem pouca serventia, ainda mais se está anonimizado. O risco maior é quando há o acesso a essas informações genéticas somado ao vazamento de dados pessoais, como endereço, número de telefone, e-mail, data de nascimento e nomes de parentes próximos. Sobre o caso da 23andMe, ainda não se sabe a extensão dos vazamentos, nem das consequências. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Aliás, vale destacar que, diferente da casa e do celular, é praticamente impossível trocar de DNA. Então, essas questões associadas ao vazamento podem afetá-lo, em tese, para sempre. Teste de DNA vazado Esqueça por um momento os futuros distópicos. Hoje, nenhuma instituição ou empresa consegue identificar um indivíduo única e exclusivamente pelo material genético — a exceção são os bancos de dados policiais, em algumas circunstâncias específicas. O problema é se o vazamento envolver os dados pessoais de quem fez o teste de DNA. Agora, vamos voltar aos piores cenários. A informação genética vazada, junto ao nome, o sobrenome e um documento de identificação, poderia ser usada por convênios médicos na hora de fechar um plano de saúde, negando ou aumentando os valores para pessoas com risco elevado de doenças no coração, por exemplo. Vazamento do resultado de testes de DNA tem riscos (Imagem: Frender/Envato) Pensando nos empregadores, uma empresa poderia se negar a contratar pessoas com tendência a ter alguma doença específica. Para ambos os casos, já existem leis (ou projetos de lei) de proteção de dados que não permitem este tipo de discriminação. Leis de proteção Desde 2008, nos EUA, existe uma lei que impede a descriminação de pessoas com base na informação genética. A lei é conhecida como Genetic Information Nondiscrimination Act (GINA). No Brasil, a principal forma de proteção dos usuários que fazem testes de DNA está na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), de 2018, mas faltam leis específicas sobre a questão da proteção biojurídica e quais são os limites para o uso dessas informações. Por aqui, está em tramitação o Projeto de Lei 1137/2022, que busca proibir a discriminação genética nas relações de trabalho. De acordo com Leandro Netto, advogado especialista em direito digital, em entrevista pregressa concedida ao Canaltech, "a LGPD regula todo e qualquer dado que identifique ou que possa tornar identificável um indivíduo. E o DNA é uma das formas mais precisas de identificar alguém. É importante considerar que a LGPD não só regula as atividades de armazenamento, o envio, a coleta e as demais formas de emprego do DNA enquanto classificado como dado pessoal". Possíveis cenários prejudiciais Se pensarmos em vazamentos envolvendo figuras públicas, como artistas, políticos e jogadores de futebol, as informações de DNA poderiam ser usadas por tabloides de fofoca ou mesmo em casos de perseguição, violando o direito à privacidade — um indivíduo com possível risco genético para a doença de Alzheimer poderia ser inviabilizado na corrida para um cargo político, com base em um resultado que não é 100% garantido, mas, sim, uma probabilidade. No pior dos cenários, os resultados dos testes de DNA também poderiam ser usados por grupos terroristas e extremistas que buscam perseguir minorias étnicas, por exemplo. Diante do potencial estrago que pode ser gerado pelo vazamento de dados tão sensíveis, o mais importante é exigir que as empresas que oferecem este tipo de teste protejam os seus sistemas e mantenham todas as informações anonimizadas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

Como mandar áudio temporário no WhatsApp | Guia Prático

canaltech Você pode mandar áudio temporário no WhatsApp no mesmo esquema dos vídeos e das fotos de visualização única. O recurso é focado em privacidade e garante mais segurança às suas conversas, uma vez que impede a outra parte de salvar, encaminhar ou baixar o conteúdo. Como impedir print no WhatsApp | Visualização única Como enviar fotos e vídeos de única visualização no WhatsApp Vale advertir, no entanto, que existem ferramentas de terceiros que permitem ouvir áudio apagado do WhatsApp e gravar a tela do celular — o que inclui as mensagens sonoras do mensageiro. Portanto é bom ter todo o cuidado do mundo na hora de escolher quem vai receber suas mensagens sonoras. Como enviar áudio temporário no WhatsApp É possível mandar áudios de abertura única somente nos aplicativos do WhatsApp para Android e iOS. Antes de seguir o passo a passo, vale a pena verificar se o seu mensageiro está atualizado com a versão mais recente disponível para ele. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Se tudo estiver dentro dos conformes, basta seguir as instruções abaixo: Acesse uma conversa; Toque no ícone de microfone e arraste-o para cima para travá-lo; Toque no ícone de número 1 para ativar a função de visualização única; Toque no botão de envio para enviar a mensagem depois de gravar. Assim como imagens e vídeos, é possível mandar áudios temporários no WhatsApp para Android e iOS (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Agora que você sabe como enviar áudios de abertura única no WhatsApp, vale a pena também aprender a mandar fotos e vídeos de visualização temporária. Além do mensageiro da Meta, você também pode compartilhar imagens autodestrutivas no Telegram. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

10 melhores caminhonetes para comprar com até R$ 100 mil

canaltech Um orçamento de R$ 100 mil pode até não dar para comprar seu carro 0km dos sonhos (embora haja modelos em nossa lista), mas não tenha dúvidas de que, se você está procurando por uma das melhores caminhonetes do mercado, ele é mais do que suficiente — mesmo que ela seja seminova. 10 melhores caminhonetes para comprar com até R$ 80 mil 10 melhores caminhonetes para comprar com até R$ 90 mil A reportagem do Canaltech consultou os preços de 10 ótimas caminhonetes na Tabela Fipe, referência de mercado, e foi às compras. Consultamos os principais sites e e-commerces do Brasil e listamos as 10 melhores caminhonetes para você comprar com até R$ 100 mil. Lembrem-se de que os preços podem variar de acordo com a região do país e, claro, conforme o estado geral do carro, a quilometragem rodada, etc. Leia nossas dicas sobre cuidados a tomar quando for comprar um carro usado ou seminovo e procure seu favorito. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Com R$ 100 mil (ainda) dá para comprar uma Volkswagen Saveiro 0km (Imagem: Divulgação/Volkswagen) 10. Fiat Strada (2023) Vamos abrir a lista de 10 melhores caminhonetes para comprar com até R$ 100 mil com a picape que domina o ranking de emplacamentos no Brasil há vários meses sem ser incomodada: a Fiat Strada. Campeã em vendas no país, a Strada 0km parte de R$ 100.990 na versão Endurance, com cabine simples e motor 1.3 Firefly, mas, se você não quiser estourar nem um pouquinho o orçamento estabelecido para essa lista, pode procurar por uma Freedom, 2023/2023. Ela também tem motor 1.3 e custa R$ 99,4 mil nos principais e-commerces do país. Fiat Strada, caminhonete mais vendida do Brasil, entra na lista das melhores até R$ 100 mil (Imagem: Divulgação/Stellantis) 9. Fiat Toro (2021) Irmã maior da Strada, a Fiat Toro também pode ser encontrada seminova no mercado por preços de até R$ 100 mil. Se você tem esse valor para gastar, pode embelezar sua garagem com uma Toro Endurance ano/modelo 2021. Ela tem sob o capô o bom motor 1.8 16V Flex e, com câmbio manual, custa em torno de R$ 93,7 mil. Se sua preferência for por uma caminhonete com transmissão automática, há ofertas da mesma versão por R$ 95,6 mil. Fiat Toro também tem versões que se encaixam no orçamento de nossa lista (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 8. Volkswagen Saveiro (0km) A terceira entre as 10 melhores caminhonetes para comprar com até R$ 100 mil é, também, a única 0km de nossa lista. Por esse preço, é possível levar para casa uma Volkswagen Saveiro Robust, versão de entrada da picape derivada do Gol. Apesar de ter aumentado de preço desde que a linha 2024 foi anunciada, a variante com motor 1.6, cabine simples e câmbio manual segue abaixo da casa dos três dígitos e, por enquanto, custa R$ 97,6 mil. Volkswagen Saveiro tem até versão 0km abaixo dos R$ 100 mil (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech) 7. Renault Oroch (2023) A Renault Oroch, picape compacta da montadora francesa, evoluiu em sua nova geração, mas não o suficiente para conseguir um volume de vendas capaz de ameaçar as principais concorrentes. Mesmo assim, trata-se de uma excelente caminhonete e, com R$ 97,7 mil, dá para comprar uma Intense, com motor 1.6 e câmbio manual, ano/modelo 2023. Se quiser gastar um pouco mais, a Pro, com as mesmas configurações, mas mais acessórios, sai por R$ 99,5 mil. Renault Oroch melhorou muito em sua nova geração, e é boa opção por até R$ 100 mil (Imagem: Divulgação/Renault) 6. Chevrolet Montana (2022/2023) Chegamos à metade da nossa lista de 10 melhores caminhonetes para comprar por até R$ 100 mil com mais uma representante do segmento das compactas: a Nova Montana, da Chevrolet. A caminhonete mudou tudo, desde o design até a motorização, para tentar fazer frente às rivais da Fiat, mas, até o momento, ainda não engatou nas vendas. Mesmo assim, é possível encontrar uma Montana LT 1.2 turbo, ano/modelo 2022/2023, por R$ 95 mil nos sites especializados. Mas precisa procurar bem, pois são poucas unidades, ok? Nova Montana ficou belíssima e está abaixo de R$ 100 mil em alguns anúncios (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech) 5. Mitsubishi L200 (2017) A Mitsubishi L200 ano/modelo 2017 é uma picape robusta e imponente, e custa abaixo dos R$ 100 mil em três versões diferentes: HLS, HLS Chrome ou Outdoor. Todas têm motor 2.4, cabine dupla e câmbio manual. Os preços variam entre R$ 91,5 mil e R$ 95,9 mil. Mitsubishi L200 Outdoor 2017 custa menos de R$ 100 mil nos sites especializados (Imagem: Divulgação/HPE) 4. Volkswagen Amarok (2017) A Volkswagen Amarok ano/modelo 2017 custa R$ 99,1 mil em sua versão S, dotada de motor 2.0 a diesel, tração 4x4, câmbio automático e com cabine dupla. Ela é robusta, confortável e valente, embora não costume figurar entre as mais vendidas do Brasil. Se estiver disposto a estourar um pouquinho o teto de gastos e levar para casa a versão SE, ela tem mais acessórios, e sai por R$ 101,5 mil. Volkswagen Amarok é robusta e bastante tecnológica (Imagem: Divulgação/Volkswagen) 3. Toyota Hilux (2014) Caminhonete média mais vendida do Brasil, a Toyota Hilux se mantém nas posições mais altas do mercado pelo combo que oferece: tecnologia + desempenho + confiabilidade da marca. Por conta disso, procuramos por versões que se encaixem no orçamento de até R$ 100 mil estabelecido para nossa lista. Encontramos uma Hilux ano/modelo 2014 com tração 4x4, motor 2.7 16V e cabine dupla com câmbio manual. O preço? Pouco mais de R$ 97 mil. Que tal? Toyota Hilux com quase 10 anos de uso custa R$ 97 mil (Imagem: Divulgação/Toyota) 2. Ford Ranger (2017) Ameaçada pelo crescimento da RAM Rampage no segmento das caminhonetes 0km, a Ford Ranger se mantém entre as mais vendidas do Brasil e, quando o assunto é picape usada ou seminova, leva vantagem sobre a rival. Com até R$ 100 mil em mãos, dá para encontrar uma representante da “raça forte” ano/modelo 2017, mas em uma única versão: a Tropicab, com motor 2.5 Flex e tração 4x2. O preço varia entre R$ 88 mil e R$ 90 mil. Ford Ranger ano/modelo 2017 tem várias versões por preços até R$ 100 mil (Imagem: Divulgação/Ford) 1. Chevrolet S10 (2016) Vamos encerrar a lista com 10 melhores caminhonetes para comprar com até R$ 100 mil com uma das mais tradicionais do país: a Chevrolet S10. A segunda representante da GM em nossa relação, ano/modelo 2016, oferece 5 opções para os clientes. Com esse orçamento dá para levar para casa a Advantag Cabine dupla (R$ 92 mil), a LS 2.4 cabine simples (R$ 95 mil) ou cabine dupla (R$ 95,2 mil), todas com motor 2.4 Flex. Além delas, também há ofertas das versões Freeride ou LT, ambas com motor 2.5 e câmbio manual, por R$ 97,8 ou R$ 98,1 mil. Chevrolet S10 não pode ficar de fora das listas de 10 melhores caminhonetes para comprar (Imagem: Divulgação/General Motors) Essas são as 10 melhores caminhonetes para comprar com orçamento de até R$ 100 mil. O que achou? Valem à pena ou melhor gastar as economias em um bom sedan, um ágil hatch ou, quem sabe, um robusto SUV? Comente conosco em nossas redes sociais. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

1Password, Keeper e outros gerenciadores de senhas apresentam falha de segurança no Android

tudo celular AutoSpill permite que aplicativos maliciosos tenham acesso aos dados pessoais dos usuários que utilizam gerenciadores de senhas no Android. Veja Mais

10 carros mais vendidos do Brasil em novembro de 2023

canaltech O Volkswsagen Polo fez um “hat-trick” ao fechar novembro de 2023 na liderança do ranking dos carros mais vendidos do Brasil. Afinal, repetiu o desempenho mostrado em outubro e em setembro e, pelo 3º mês consecutivo, ocupou o 1º lugar da lista. 10 hatches mais vendidos do Brasil em novembro de 2023 10 sedans mais vendidos do Brasil em novembo de 2023 De acordo com o ranking mais novo da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o hatch da Volkswagen emplacou 10.197 unidades no período, 140 a mais que o Hyundai HB20, que fechou o mês na 2ª colocação, com 10.057. O pódio dos carros mais vendidos do Brasil em novembro de 2023 fechou com mais um hatch, o Chevrolet Onix, que registrou 9.802 novos emplacamentos no mês. Hyundai Creta e Volkswagen T-Cross, dois representantes do segmento dos SUVs, fecharam o top 5, na 4ª e 5ª posições, respectivamente. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Volkswagen Polo manteve a liderança entre os carros mais vendidos do Brasil (Imagem: Divulgação/Volkswagen) O desempenho do trio de hatches em novembro, aliás, serviu para manter a briga acirrada pela 1ª posição no ranking anual. O Polo segue líder, com 93.246 carros vendidos, seguido pelo Chevrolet Onix, com 91.204. O HB20, vice-líder do mês, aparece em terceiro no acumulado de 2023, com 79.278. Fiat Cronos derruba Onix Plus do top 10 O top 10 dos carros mais vendidos do Brasil em novembro de 2023 foi dominado por hatches e SUVs. O primeiro segmento contou, além dos três primeiros colocados, com as presenças do Fiat Mobi, em 6º, e do Renault Kwid em 7º, configurando 50% da lista. Os SUVs tiveram, além do Creta e do T-Cross, o Chevrolet Tracker, no 8º lugar, e o Jeep Compass na 9ª posição. O único representante dos sedans na relação foi o Fiat Cronos, que fechou o top 10 e derrubou o Chevrolet Onix Plus, até então líder incontestável do segmento, da lista de carros mais vendidos do país. 10 carros mais vendidos do Brasil em novembro de 2023 Modelo Emplacamentos 1. Volkswagen Polo 10.197 2. Hyundai HB20 10.057 3. Chevrolet Onix 9.802 4. Hyundai Creta 6.989 5. Volkswagen T-Cross 6.525 6. Fiat Mobi 6.367 7. Renault Kwid 5.972 8. Chevrolet Tracker 5.899 9. Jeep Compass 5.751 10. Fiat Cronos 5.572 Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Animal mais velho do mundo completa 191 anos; conheça a tartaruga Jonathan Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Honor 90 GT tem suposta imagem e especificações vazadas com até 24 GB de RAM

tudo celular A empresa trará modelos com configurações robustas e preços mais acessíveis ainda este mês, segundo os boatos. Veja Mais

Digitalizar negócios é a chave para aumentar as vendas de final de ano

canaltech Não basta ter uma loja on-line, é preciso método e planejamento para aproveitar negócios no mundo digital Ouça ao podcast. Veja Mais

Beeper Mini: Apple derrubou aplicativo de mensagens que leva iMessage ao Android, alega CEO

tudo celular Empresa teria encontrado uma maneira de derrubar o funcionamento do Beeper Mini, aplicativo que fez engenharia reversa do iMessage para levar "bolhas azuis" ao Android. Veja Mais

Inovações em IA pela Intel: democratização e segurança para o consumidor

canaltech No evento CloudOps Summit by RealCloud, que aconteceu nesta quinta-feira (07), o Canaltech conversou com Marcio Paulino, Líder de Tecnologia da Intel Brasil, sobre as soluções de inteligência artificial que estão por vir para o consumidor final, além dos aspectos de segurança da tecnologia empresarial que estão vindo para o público consumidor. Como a NPU da Intel e a IA podem te ajudar no dia a dia Intel anuncia novidades para "democratizar" o uso de IA Perguntamos sobre a perspectiva da Intel para o mercado de inteligência artificial (IA) e as melhorias que isso trará ao consumidor comum, pensando nas melhorias já existentes do mercado empresarial. Além de destacar a democratização da IA, Marcio citou que a estimativa global para o mercado de IA é de US$ 7 bilhões apenas para CPU, sem levar em consideração chips gráficos. “A Intel está colocando componentes para acelerar o desempenho da CPU para workloads de IA. Um exemplo é que colocamos no Sapphire Rapids, Xeon de 4ª Geração, um acelerador chamado Intel AMX, que dá capacidade ao processador de executar cálculos matriciais, multiplicação de matriz, que é o que uma rede neural faz. É isso que estamos trazendo para democratizar o uso de IA e o usuário gastar menos, porque o hardware específico custa muito e a ideia da Intel é que, para cada CPU lançada, vamos colocar uma capacidade de executar a IA”, destacou o Líder de Tecnologia. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Imagem do Xeon de 4ª Geração, o Sapphire Rapids. (Imagem: Reprodução/Intel) ????Compre o Intel Core i9-13900KF no melhor preço! ????Compre a Intel Arc A750 no melhor preço! IA segura com as tecnologias Intel Durante o CloudOps Summit, muitas propostas de segurança para empresas foram mostradas, enquanto o consumidor, que começará a ter cada vez mais acesso à IA, não pode contar com seguranças com preço de nível empresarial. Então como a IA ajudará o consumidor final em segurança? O executivo da Intel Brasil destacou que a empresa segue com diversas tecnologias para sempre proteger o usuário: “Temos nos processadores uma tecnologia chamada Intel TDX e Intel SGX. Quando a gente vai treinar uma rede neural, precisamos de dados. Esses dados vêm limpos quando estão em execução na CPU e essa é a 'melhor hora’ para um hacker atacar, porque o dado está limpo em execução. Se veio encriptado no momento da execução, ele não pode estar criptografado. A Intel trouxe esses recursos exatamente para proteger e os clientes terem compliance no treinamento de IA e se preocupar com os dados usados para treinar". O Intel TDX e Intel SGX são Intel Trust Domain Extensions e Intel Software Guard Extensions, respectivamente. Enquanto o Intel TDX cria um espaço seguro para a execução sem acesso externo, o Intel SGX executa criptografia a nível granular em hardware. O Paulino ainda destacou que "a Intel está trazendo de maneira econômica e o usuário já poderá ter essas tecnologias integradas". Diagrama do funcionamento do Intel TDX. (Imagem: Divulgação/Intel) O especialista do Time Azul foi também destacou a performance e segurança como pilares desse movimento. Por isso, a engine neural será usada para otimizar o processamento e também melhorar a segurança, destacando que a NPU do Core Ultra terá o mesmo nível de proteção do Xeon. “Vamos lançar o Core Ultra e ele tem uma engine neural para ajudar, aprendendo o comportamento do usuário e antecipando usando o processamento neural. [...] Essa NPU vai ajudar exatamente nesse ponto, ter um assistente personalizado e, na questão de segurança, a Intel coloca essa mesma proteção de execução que tem no Xeon no Core Ultra, para proteger esse seu modelo que está aprendendo o seu dia-a-dia”, destacou o chefe de tecnologia da Intel Brasil.   Arc e a IA generativa Como último tema, perguntamos a Marcio Paulino sobre IA generativa, que se tornou muito popular com o ChatGPT, e como a tecnologia da Intel auxiliará as pessoas. Ele destacou como a grande maioria dos modelos de IA começam em um notebook e, por isso, ter uma rede capaz de suportar uma boa quantidade de parâmetros pode auxiliar no desenvolvimento de tecnologias mais avançadas. “A IA generativa, ou a IA em geral, precisa de uma boa plataforma, uma boa CPU, uma boa GPU, no caso a ARC, e uma boa NPU também, principalmente para inferência a NPU e para criação a GPU. [...] Um cientista de dados, quando está montando uma rede neural, ele monta em um notebook. Quando ele tem uma CPU eficiente, uma GPU eficiente e uma NPU, ele poderá estender um pouco mais a rede neural na criação, antes de migrar para um servidor – que gasta mais. Então ele é muito mais assertivo quando está escalando, pois pôs em prova no notebook com essas características", disse o Marcio. Por fim, ele destacou como a nova tecnologia Intel está preparada para começar a trabalhar com IA generativa e levar isso ao público, independentemente do nível de conhecimento sobre o assunto. "Falando de IA generativa, um bom modelo está na faixa de 7 bilhões a 12 bilhões de parâmetros – são como as conexões dos neurônios. O ChatGPT tem 175 bilhões de parâmetros, mas com 2 e 13 bilhões de parâmetros, o nosso assistente vai ‘voar’, e aí esse hardware com essa capacidade poderá atender a essa demanda que os usuários vão começar a ter na resposta da IA generativa", finalizou o Líder de Tecnologia da Intel Brasil.   Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Alga-perolada, um dos maiores organismos unicelulares do mundo Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Google lança IA Gemini capaz de ensinar matemática e programar Veja Mais

Varejo de dados: a importância de conhecer individualmente o consumidor

Varejo de dados: a importância de conhecer individualmente o consumidor

Tecmundo Por Fábio Queiróz.Nos últimos anos, e mais fortemente durante a pandemia, acompanhamos uma digitalização significativa na experiência de compras do consumidor. Ainda não havia entendimento real sobre um aspecto importantíssimo para as empresas varejistas, principalmente os supermercados: o CRM (Customer Relationship Management). Leia mais... Veja Mais

'Jogo do Tigrinho': PL que proíbe influenciadores de divulgar jogos de azar é aprovada

'Jogo do Tigrinho': PL que proíbe influenciadores de divulgar jogos de azar é aprovada

Tecmundo A Comissão de Comunicação da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (6), o Projeto de Lei (PL) 3915/2023, do deputado Ricardo Ayres (Republicanos), que criminaliza a divulgação de jogos de azar, como o Jogo do Tigrinho. Com isso, influenciadores digitais e artistas podem sofrer punições severas caso façam propaganda desse tipo de conteúdo.Caso o PL seja descumprida, os influenciadores poderão ter o exercício da atividade suspenso, além de pagar multa equivalente a até 2% do faturamento, limitado a R$ 50 milhões. Leia mais... Veja Mais

Final Fantasy XVI lança expansão paga de surpresa no TGA 23

Final Fantasy XVI lança expansão paga de surpresa no TGA 23

Tecmundo A Square Enix anunciou, de surpresa, o lançamento de duas expansões pagas de Final Fantasy XVI: Echoes of the Fallen, que já está disponível a partir de hoje; e The Rising Tide, que chega apenas no segundo trimestre de 2024. O jogo está disponível exclusivamente para PlayStation 5, mas uma versão para PC já está em produção e segue sem previsão de lançamento.Intitulado Echoes of the Fallen, o conteúdo que foi lançado de surpresa traz uma história inédita que começa antes da batalha final do jogo base, à medida de cristais misteriosos começam a circular no mercado negro. O conteúdo também promete novas batalhas, armas, acessórios, limite de nível e muito mais. Leia mais... Veja Mais

Teste de tela | Zenfone 10 tem display AMOLED de exibição mediana

canaltech O Zenfone 10 foi lançado pela Asus no mercado brasileiro no final de outubro de 2023 e, apesar de ter um conjunto de especificações invejável, ele tem alguns aspectos que podem deixar a desejar um pouco para um topo de linha. Estou falando, no caso, da sua tela. Mesmo com boas características, o painel também tem seus pontos fracos. Review Zenfone 10 | O celular compacto e poderoso da Asus Review Multi MP002 | Monitor portátil com resolução Full HD Zenfone 10 tem tela com boas cores, mas pouco brilho O Zenfone 10 é equipado com um painel AMOLED de 5,92 polegadas, que é ideal para quem procura um celular mais compacto, mas sem abrir mão de especificações avançadas. Veja ofertas do Zenfone 10 no Magazine Luiza Veja ofertas do Zenfone 10 no Mercado Livre Veja ofertas do Zenfone 10 na Amazon O display tem taxa de atualização de 144 Hz, que pode ser adaptada de acordo com o uso. Isso significa que o celular pode chegar a uma taxa de quadros máxima para executar jogos — principalmente títulos de fps, que exigem uma frequência maior —, ou ir para um nível menor quando necessário, para poupar energia. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Zenfone 10 tem tela AMOLED com boa qualidade de exibição (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech) Além disso, ele tem resolução de 1080 x 2400 pixels e densidade de pixels de 445 ppi. Isso garante uma boa qualidade de exibição e cores razoavelmente vívidas. Na prática, é uma tela bem respeitável entre os celulares topos de linha neste aspecto. Isso é graças à tecnologia AMOLED, que oferece bastante vivacidade e um tom de preto mais profundo, que dá bastante contraste. Em contrapartida, o nível de brilho do smartphone é bem mediano. Não chega a ser ruim, mas passa longe do que é esperado de um celular dessa categoria. Dá para enxergar com clareza o que é exibido, mas em alguns cenários — como sob um sol forte — pode ficar um pouco desconfortável ver tudo o que há na tela. Veja ofertas do Zenfone 10 no Magazine Luiza Veja ofertas do Zenfone 10 no Mercado Livre Veja ofertas do Zenfone 10 na Amazon Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Baldur's Gate 3 é eleito o jogo do ano no TGA 2023; confira os vencedores Veja Mais

Blade | Herói da Marvel ganhará game pelos criadores de Dishonored

canaltech Depois do lançamento de Marvel's Spider-Man e sua sequência, anúncios de jogo do Wolverine, Homem de Ferro, Capitão América e Pantera Negra, muitos se perguntavam qual seria o próximo herói da Marvel a chegar aos videogames. Pois essa resposta veio durante a cerimônia do The Game Awards na forma da inesperada revelação de uma adaptação de Blade. Os 11 melhores vampiros nas histórias em quadrinhos de super-heróis 5 jogos baseados em histórias em quadrinho para celular Blade, o Caçador de Vampiros está prestes a estrear de vez no universo cinematográfico da Marvel e parece que tudo conspira ao seu favor agora, já que a Arkane Lyon, estúdio da Bethesda Softworks, ficou responsável em criar um novo jogo baseado no personagem.   O anúncio trouxe apenas uma cena cinematográfica que não mostra nada de jogabilidade, mas revela o visual do herói e o próprio clima da produção. Além disso, os desenvolvedores subiram ao palco do TGA 2023 para falar um pouco sobre o projeto, revelando que a ideia faz parte das celebrações dos 50 anos de existência de Blade na cronologia da Marvel Comics. Assim, o game é um um presente para os seus fãs, mesmo que ainda não tenha data de lançamento confirmada. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Em Marvel's Blade, os jogadores assumirão o controle do caçador de vampiros em uma área fechada de Paris no meio de uma emergência sobrenatural. Com sugadores de sangue atacando os parisienses, resta apenas que alguém que pode combatê-los em qualquer momento do dia para evitar um mal maior. Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! É ou não exclusivo de Xbox? Algo que chamou atenção durante o anúncio de Marvel's Blade é que em momento algum, é mostrado que ele é um jogo exclusivo de Xbox. Por ser uma produção da Arkane Lyon, um estúdio da Bethesda que, por sua vez, é da Microsoft, muitos estranharam essa omissão da possível exclusividade do game. Blade, brabo e estiloso (Imagem: Reprodução/Arkane Lyon) A própria Microsoft, ao falar do jogo, manda todos para um link do site da Bethesda, onde não existe menção que ele não será lançado para outros consoles. Será que os jogadores de PlayStation 5 também poderão curtir a aventura de Blade ou é só uma questão de tempo para que os jogadores de Xbox tenham o seu próprio jogo exclusivo da Marvel? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Baldur's Gate 3 é eleito o jogo do ano no TGA 2023; confira os vencedores Veja Mais

Poco X6 Pro é certificado e tem detalhes técnicos vazados

canaltech A Poco deve anunciar em breve sua nova família de intermediários, com a chegada da linha Poco X6. Alvo de rumores há algum tempo, o modelo mais caro da série foi encontrado em certificações, pelas quais teve parte das especificações antecipadas. Xiaomi lança Redmi 13R 5G como versão reciclada do Redmi 13C 5G Redmi Note 13 Pro Plus chegará a mais países em janeiro de 2024 O suposto Poco X6 Pro 5G foi encontrado em registros do FCC (Comissão Federal de Comunicações), órgão regulamentador dos Estados Unidos que tem função similar à Anatel no Brasil. O registro é referente ao modelo com identificação 2311DRK48G, o que nos revela alguns detalhes. Segundo o padrão de identificação da Xiaomi, os quatro primeiros dígitos apontam quando a marca pretende anunciar o aparelho. Desse modo, "23" e "11" dão a entender que a intenção da fabricante era anunciá-lo de forma global em novembro, o que não aconteceu. Outra possibilidade é que os números são uma herança do dispositivo em que a novidade é inspirada, o Redmi K70e. Além disso, a letra "G" no final revela que se trata de um modelo voltado para o mercado internacional. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Suposto POCO X6 Pro em certificação no FCC, onde teve detalhes de memória vazados (Reprodução/MySmartPrice) Suposto POCO X6 Pro em certificação no FCC, onde teve detalhes de memória vazados (Reprodução/MySmartPrice) Suposto POCO X6 Pro em certificação no FCC, onde teve detalhes de memória vazados (Reprodução/MySmartPrice) Suposto POCO X6 Pro em certificação no FCC, onde teve detalhes de memória vazados (Reprodução/MySmartPrice) A listagem mostra que o Poco X6 Pro 5G terá pelo menos duas variantes. A primeira delas terá 8 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento, enquanto a segunda contará com 12 GB de memória RAM e 256 GB de espaço interno. Também é indicado que o smartphone terá suporte a redes 5G, assim como NFC para pagamentos por aproximação, sendo um dos primeiros aparelhos a rodar Android 14 sob a HyperOS 1.0 no mercado global — o sistema foi apresentado junto da variante chinesa do Xiaomi 14 e Xiaomi 14 Pro. Por fim, as documentações revelam que o telefone contará com carregamento rápido de 67 W. O POCO X6 Pro 5G deve chegar às lojas como a versão global do Redmi K70e (Imagem: Divulgação/Redmi) Outros rumores já anteciparam que a linha Poco X6 será baseada em smartphones recém-lançados da família Redmi, com o Poco X6 Pro sendo inspirado, conforme citado anteriormente, no Redmi K70e, modelo da série K70 com foco em potência e custo-benefício. Não há uma data confirmada para o lançamento do Poco X6 Pro, mas a expectativa é que o anúncio ocorra ainda em dezembro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Versão final do Surfista Prateado supera os poderes de Galactus

canaltech O Surfista Prateado é um dos heróis mais trágicos da Marvel, um aventureiro que sacrificou sua alma para proteger seu mundo, tornando-se o arauto de uma força da natureza devoradora de planetas conhecida como Galactus. E uma “versão final” de Norrin Radd mostra que ele se tornaria ainda mais poderoso, até mesmo que mestre, e muito mais depressivo, amargo e solitário. Até Galactus admite que tem medo deste poderoso vilão da Marvel Homem de Ferro entra em conflito com poderoso herói cósmico da Marvel em nova HQ Isso foi mostrado no evento chamado Timeslip, que reimaginou heróis icônicos da Marvel Comics como se eles tivessem sido cocriados pelos artistas mais populares dos anos 1990 ao lado de Stan Lee. De Doutor Destino, passando por Quarteto Fantástico e X-Men e Elektra, todos receberam novo design e uma trama para explicar as mudanças. Quem ficou responsável pelo Surfista Prateado foi o criador da aclamada série Bone, Jeff Smith, que mostrou um propósito sombrio em torno do visual surpreendente de Norrin Radd. A origem é bastante semelhante: ele se oferece para servir Galactus para salvar seu planeta natal e depois segue no papel de arauto até se rebelar. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- No entanto, este Norrin Radd é muito mais astuto. Em vez de se rebelar contra Galactus por amor à Terra, ele vai colecionando materiais de cada planeta que seu mestre devora, até conseguir criar uma arma capaz de destruir o faminto titã espacial. Só que o Surfista Prateado acaba descobrindo que o predador cósmico é uma força vital no equilíbrio da ordem universal da Marvel. Sabendo que o universo precisa de um Galactus, o Surfista Prateado absorve a nave de seu mestre e o substitui, com sua prancha icônica se tornando uma nave semelhante a uma lâmina capaz de cortar um planeta inteiro pela metade. E o herói se torna ainda mais depressivo quando entra em uma espiral de culpa por se tornar uma força destrutiva. Caption Assim, o Poder Cósmico que ele possui o transforma em uma forma desumana, deixando-o navegando pelas vias espaciais como uma pura força de destruição. Embora Galactus precisasse de máquinas complexas para consumir mundos e pudesse ser persuadido a poupar certos planetas, a forma final do Surfista Prateado simplesmente despedaça tudo o que encontra em um único momento apocalíptico. Assine Amazon Kindle Unlimited por apenas R$ 19,90/mês e tenha acesso a mais de 1 milhão de livros digitais! Vale destacar que o Surfista Prateado, depois de sua fase Black, se tornou ainda mais poderoso e alcançou um patamar de entidade cósmica essencial no Universo Marvel. Ele também sacrificou mais uma parte do que ainda resta de sua alma para salvar toda a existência do atual Oitavo Cosmos, e hoje em dia pode se dizer que está em uma hierarquia nivelada ou até superior a Galactus. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Oppenheimer perde para Homem-Formiga e está fora do Oscar de efeitos visuais

Oppenheimer perde para Homem-Formiga e está fora do Oscar de efeitos visuais

Tecmundo A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela organização do Oscar, divulgou nesta quinta-feira (7) a lista de pré-indicados ao prêmio de Melhores Efeitos Visuais. Na seleção de filmes, uma ausência em especial foi notada pelo público.Ao todo, são 20 longas-metragens que fazem parte do filtro, que será reduzido para cinco competidores na lista final. Os indicados de todas as categorias serão divulgados oficialmente no dia 23 de janeiro de 2024.Leia mais... Veja Mais

Como descobrir o IP de alguém pelo WhatsApp

canaltech Existem sites que permitem descobrir o IP de alguém pelo WhatsApp sem exigir que você seja um expert em informática. Esses recursos podem ser importantes aliados para prevenção de golpes no mensageiro, pois são capazes de entregar a localização da pessoa e comprovar uma série de informações a respeito dela. Saiba como descobrir em qual servidor um site está hospedado Como saber se alguém está usando seu Wi-Fi pelo celular ou PC Contudo, vale avisar que ter acesso ao IP de alguém sem consentimento é considerado violação da privacidade e pode ser enquadrado como crime. A Lei 12.737 de 2012, conhecida como Lei Carolina Dieckmann, criminaliza a invasão de dispositivo eletrônico. Portanto, é bom ter muito cuidado, responsabilidade e bom senso na hora de usar o recurso. 2 sites para descobrir IPs no WhatsApp Confira abaixo dois sites gratuitos que você pode usar para descobrir o IP de uma pessoa pelo WhatsApp. As ferramentas contam com versões adaptadas para computador, celulares e tablets. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- 1. iplogger O iplogger permite camuflar links para descobrir o IP de alguém pelo WhatsApp e sem cobrar nada por isso. Se quiser, você pode optar por QR Code para realizar o rastreamento. Além do IP, o iplogger também consegue identificar localização, modelo do celular, navegador usado pelo usuário e muito mais. Confira como usar o iplogger: Acesse o iplogger (ipploger.org); Digite um site confiável e selecione “Criar uma ligação curta”; Concorde com os termos de uso do site; Selecione o botão verde “cópia” abaixo do link vermelho; Envie o link para a pessoa desejada no WhatsApp. O iplogger permite descobrir o IP de alguém pelo WhatsApp se ela clicar no link (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Assim que a pessoa abre o link, é gerado um registro na mesma página onde você copiou o link. Depois disso, é preciso deslizar a tela para baixo até chegar na seção “Visitantes”. É nesse local que você vai conferir o acesso da pessoa que clicou na URL. Aí basta selecionar “Mais informações” e conferir IP e outros dados rastreados. 2. Grabify O Grabify é capaz de rastrear o IP de alguém pelo WhatsApp com bastante opções de personalização. Por exemplo, você pode usar domínios diferentes, aplicar senhas, ativar notificações e outros filtros no link. Além disso, o site mostra dados específicos de quem clicar no link, como provedor de internet, resolução da tela do aparelho e histórico de cliques. Se quiser, você pode visualizar ou baixar essas informações. Veja como usar esse site: Acesse o Grabify (grabify.link); Digite o link de um site confiável e selecione “Create URL”; Selecione “I Agree & Create URL”; Selecione “Copy”, ao lado da seção “New URL”; Envie o link para a pessoa no WhatsApp; Na página onde você criou a URL, acesse o link ao lado de “Access Link”; Deslize a tela para baixa e confira o IP e outras informações. É possível descobrir o IP de uma pessoa se ela clicar em uma URL gerada no Grabify (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) As sugestões não param por aqui e você pode conferir mais oito sites para descobrir o endereço IP de alguém. Além do endereço virtual, existem soluções para descobrir senhas de redes Wi-Fi públicas, que podem garantir economia de dados móveis quando você estiver fora de casa. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Wonka | Por que Hugh Grant odiou fazer o filme? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Veja Mais

Anel 'invisível' de Saturno? Estudante desvenda a transparência usando dados da sonda Cassini

Anel 'invisível' de Saturno? Estudante desvenda a transparência usando dados da sonda Cassini

Tecmundo Em um estudo inovador que combina inovação e exploração cósmica, um estudante da Universidade de Lancaster utilizou dados históricos da espaçonave Cassini para investigar os mistérios enigmáticos que envolvem os magníficos anéis de Saturno.O conceito de "profundidade óptica" está no centro desta descoberta científica, que é uma medida da transparência de um objeto celeste, mostrando como a luz o atravessa sem ser absorvida ou dispersa.Leia mais... Veja Mais

O que é WPA3? Veja como configurá-lo no seu roteador

canaltech O WPA, ou Acesso de Wi-Fi Protegido, consiste em um conjunto de protocolos para garantir que os dados que trafegam em uma rede, doméstica ou pública, estejam seguros. Especificamente, o WPA3 é a versão mais recente desse sistema, que amplia a proteção de dados, dificulta ataques diretos à rede e criptografa informações mesmo em redes abertas. 5 principais diferenças entre Wi-Fi 7 e Wi-Fi 6 O que é Wi-Fi 7? Lançado em 2018, o padrão WPA3 tornou-se obrigatório em todos os dispositivos de rede lançados a partir de 2020. Com a popularização da Internet das Coisas (IoT), o número de aparelhos conectados às redes sem fio cresceu exponencialmente, e o WPA3 reduz a possibilidade de ataques disfarçados de atualizações, por exemplo, utilizando smart TVs ou outros dispositivos IoT como porta de entrada.   O que é WPA? O Wi-Fi Protected Access é um protocolo de segurança introduzido em 2003 — atualizado para o WPA2 em 2004 — para substituir o padrão WEP (Wired Equivalente Privacy), extremamente vulnerável. Ao digitar a senha da rede, ela é inserida em um algoritmo que realiza uma operação entre cada caractere da senha, em uma matriz com chaves criptografadas, resultando na informação codificada. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Até então, o WEP utilizava uma única chave criptográfica, que era compartilhada entre todos os dispositivos da rede, fazendo dele um protocolo consideravelmente fácil de quebrar. WPA2 renova a chave de autenticação em intervalos de tempo predeterminados pelo usuário durante a configuração da rede. (Imagem: LinkSys/Reprodução) O primeiro diferencial do WPA é que ele utiliza um protocolo com chaves de integridade temporárias (TKIP), que altera constantemente a chave criptográfica de acesso à rede. Isto faz com que o operador de codificação mude constantemente, aumentando exponencialmente a quantidade de resultados possíveis, dificultando ataques para quebrar a segurança. Além disso, o protocolo WPA trabalha com criptografia de até 192-bit — ou 256-bit em casos específicos — contra o padrão em 128-bit do WEP. Isto significa que a informação codificada resultante do operador terá 192 (ou 256) caracteres, ainda mais difícil de ser descoberta em programas para quebrar criptografia. WPA3 traz criptografia de dados de 192-bits, tornando o processo de quebra das chaves muito mais difícil que padrão 128-bits. (Imagem: TP-Link/Reprodução) Por mais que esse sistema seja uma melhora considerável em relação ao WEP, ele ainda apresentava vulnerabilidades. Mesmo com o protocolo TKIP, o WPA2 precisa de uma chave precompartilhada para validação das chaves criptográficas, que funciona como uma camada extra de proteção, mas que ainda se baseia em uma constante na operação de criptografia. Ao acessar páginas não seguras — todas que não sejam HTTPS —, usuários de uma rede Wi-Fi conseguem interceptar pequenos pacotes de tráfego de outros clientes. Com isso, era possível rodar algoritmos para descobrir o resultado da operação entre a PSK e as chaves, ganhando acesso às informações trafegando naquela conexão. WPA3 utiliza chaves únicas para cada dispositivo, impossibilitando captura de dados em redes públicas. (Imagem: TP-Link/Reprodução) Novidades do WPA3 Por ser um valor predefinido e fixo, programas de quebra de senhas conseguem operar offline para tentar combinações possíveis, baseado nos pacotes parciais interceptados. Uma vez em posse dessas informações, mesmo que incompletas, elas podem ser inseridos em algoritmos rodando em nuvem. Por mais que o número de possibilidades necessárias para decodificar esses dados seja altíssimo, com a carga de trabalho intensa distribuída entre milhares de computadores infectados, a quebra é consideravelmente mais rápida. Encriptação Wireless Oportunista (OWE) O WPA3 foi projetado para aumentar a segurança dos dados ao mesmo tempo que facilita a configuração dos protocolos. A primeira vantagem do WPA3 é a Encriptação Wireless Oportunista (OWE). Neste caso, ao se conectar à rede, cliente e host geram códigos aleatórios e a chave de decriptação é resultado de um algoritmo com ambos esses dados. Dessa forma, cada aparelho tem sua própria chave de decriptação. Como no WPA2 essa chave era a mesma para todos os clientes, qualquer um que se conectasse à rede poderia utilizar aplicativos maliciosos para buscar dados dos demais usuários e posteriormente decodificá-los utilizando a PSK como base. Autenticação Simultânea de Iguais (SAE) Graças ao sistema de OWE, os protocolos de WPA3 também evoluíram o sistema de autenticação de rede. A partir do novo padrão, ela passa a depender simultaneamente da validação das chaves geradas nas duas pontas do acesso. O protocolo de Autenticação Simultânea de Iguais (SAE) confirma a validação do cliente apenas quando ambos os dispositivos reconhecem que cada um deles tem tanto a senha, quanto a chave gerada por meio do OWE. Fluxo de autenticação SAE depende de comunicação constante com o host, inviabilizando ataques com quebra offline de chaves. (Imagem: Microsoft Learn/Reprodução) Isso faz com que sejam necessárias solicitações de acesso diretas para cada tentativa de autenticação. Por isso, um ataque à rede precisa ser realizado localmente, impedindo também rodar o algoritmo em nuvem. Protocolo de Provisionamento de Dispositivos Por fim, roteadores compatíveis com WPA3 são, geralmente, compatíveis com DPP, ou Protocolo de Provisionamento de Dispositivos, similar ao WPS (Wi-Fi Protected Setup), mas mais segura. Muitos dispositivos inteligentes dependem de smartphones para se conectarem a redes domésticas.   Na prática, ao parear uma lâmpada com o app no smartphone, por exemplo, este aplicativo faz a interface entre dispositivo e roteador e "insere" a senha. Como a maioria dos softwares desse tipo são pouco seguros, eles estão sujeitos a vazamentos de dados que podem comprometer essa senha e, consequentemente, os dados da rede. Com o DPP, essa autenticação dispensa a senha e pode ser feita utilizando a leitura de um QR Code, ou sistemas NFC de comunicação por proximidade. Isso elimina a necessidade de compartilhar a senha da rede com aplicativos pouco confiáveis. WPS ainda pode ser utilizado, mas sistema Easy Connect com DPP é mais seguro e recomendado em dispositivos compatíveis. (Imagem: TP-Link/Reprodução) Como saber se seu roteador suporta WPA3? Todos os aparelhos fabricados a partir de 2020 são obrigados a ter suporte nativo ao WPA3 para ser certificado pela Wi-Fi Alliance, órgão que regula o uso de tecnologias sem fio. Naturalmente, isso vale também para dispositivos inteligentes, como lâmpadas e assistentes virtuais, desde que a fabricante esteja em conformidade com a norma. Por essa razão, é recomendado dar preferência para marcas minimamente conhecidas. Todos os smartphones com Android 10 ou superior são compatíveis com o novo protocolo, enquanto no caso dos iPhones isso vale para o iPhone 7 em diante. Todos os dispositivos de rede fabricados após 2020 e certificados pela Wi-Fi Alliance têm suporte a WPA3. (Imagem: Wi-Fi Alliance/Reprodução) Para roteadores, PCs, notebooks, placas de rede dedicadas e adaptadores USB, todos os que utilizam rede Wi-Fi 6 também são compatíveis com WPA3. Este, inclusive, é o jeito mais fácil de identificar se seu aparelho está nessa lista. Já com os dispositivos inteligentes, Smart TVs, assistentes virtuais e componentes com IoT o ideal é checar o manual ou a página do fabricante e consultar o número de série. Como configurar o WPA3 no roteador? Muitos roteadores modernos estão utilizando aplicativos mobile para agilizar a primeira configuração das redes Wi-Fi. Infelizmente, nem sempre a configuração rápida traz a autenticação via WPA3 como padrão, utilizando WPA2 com PSK, sendo necessário trocar o sistema de autenticação manualmente na página de configurações do roteador.   1. Acessando as configurações avançadas Utilizando um navegador para acessar o endereço padrão de configurações (192.168.0.1), realize o login no aparelho. Caso seu roteador já esteja vinculado a uma conta na página da fabricante, é possível utilizar esse método para realizar o login. 2. Ativando o WPA3 manualmente Na página de configuração, procure pela aba "Avançado", ou "Configurações Avançadas", e clique em "Wireless/Rede Sem fio" no menu lateral. Selecione a opção "Segurança" e troque o WPA/WPA-2 por WPA3-Pessoal. A versão de autenticação precisa ser deixada no automático, para garantir que aparelhos antigos também consigam utilizar a rede. Defina o nome da rede (SSID) e senha, e salve as configurações. O roteador irá reiniciar ao final do processo e o WPA3 já estará ativo. Prefira a seleção automática de autenticação, para garantir que dispositivos sem WPA3 consigam se conectar à sua rede. (Imagem: Daniel Trefilio/Canaltech) Como cada fabricante utiliza layouts próprios para as páginas de configurações de seus produtos, alguns passos podem variar um pouco. ????Compre aparelhos compatíveis com WPA3 com o melhor preço! ????Compre roteadores compatíveis com WPA3 com o melhor preço! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

Como usar o navegador Tor Browser | 8 dicas

canaltech Você pode usar o navegador Tor Browser para ter uma experiência na web com mais privacidade, segurança e anonimato. O aplicativo utiliza a rede Tor (The Onion Routing), que direciona o tráfego da internet através de uma série de servidores voluntários para ocultar a sua identidade e a origem das suas atividades online. Tor Browser adiciona ferramenta para evitar censura e melhorar segurança Como entrar na deep web | Guia Completo O navegador foi baseado no Mozilla Firefox, com adaptação para uso com a rede Tor, e está atualmente disponível para Windows, macOS, Linux e Android. História do Tor Browser O Tor Browser foi desenvolvido pelo Projeto Tor — uma organização sem fins lucrativos fundada em 2006 — com o objetivo de ampliar o acesso à rede Tor para o grande público. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Esse projeto nasceu de uma iniciativa da Marinha dos Estados Unidos, ainda nos anos 1990, em criar uma rede segura para proteger as comunicações do governo. A Tor, que significa "The Onion Routing" (O Roteamento Cebola, em tradução direta), foi projetada para oferecer várias camadas — como uma cebola — de criptografia para esconder a identidade e proteger a privacidade ao navegar pela web. Tor significa "The Onion Routing", ou O Roteamento Cebola (Imagem: Reprodução/Tor Project) A rede Tor foi apresentada em outubro de 2002, com licença gratuita, código aberto e sob o controle de entidades com interesses diversos a fim de garantir a transparência e maximizar a descentralização da ferramenta. Em 2006, o projeto se transformou em uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de manter o desenvolvimento da rede. Para que mais pessoas pudessem acessar à Tor, e não apenas aquelas com conhecimento técnico, deu-se início a criação do navegador em 2008. O Tor Browser nasceu uma derivação do Mozilla Firefox, adaptada para o protocolo Tor e com o máximo de privacidade e anonimato. Em 2019, o navegador foi reescrito em linguagem Rust para oferecer mais segurança ao público. Entre os eventos históricos em que o browser teve um papel fundamental, a organização cita a Primavera Árabe iniciada no final de 2010. O navegador "não só protegeu a identidade das pessoas online, mas também deu acesso a materiais críticos, redes sociais e sites que estavam bloqueados", informa a página institucional do projeto. 8 dicas para usar o Tor Browser Como uma ferramenta com foco na privacidade de navegação, o Tor Browser tem algumas características e dicas de uso: 1. Navegue com privacidade e anonimato O Tor Browser é projetado para manter a privacidade ao navegar na web e proteger contra ameaças como anúncios maliciosos e ataques baseados em scripts. Por padrão, ele bloqueia rastreadores, impede a coleta de dados de navegação e permite acessar sites de forma anônima. 2. Configure a segurança de alto nível Para manter a máxima proteção ao utilizar o navegador, você pode configurar o “Nível de Segurança” do aplicativo nas opções “Mais seguro” ou “Mais seguro ainda” — mas algumas funções dos sites podem ficar indisponíveis. 3. Tenha acesso a conteúdos restritos O Tor Browser permite acessar conteúdos que podem estar restritos em determinadas regiões do mundo e servir como um recurso para contornar a censura online ou entrar na deep web. Apesar disso, o app não torna a conexão com a internet à prova de tudo e é importante evitar o compartilhamento de dados sensíveis. 4. Evite fazer login em contas pessoais Se o seu objetivo ao usar o Tor Browser é garantir o mais alto nível de anonimato ao navegar na web, é recomendado evitar o login em suas contas pessoais para que a atividade online não seja vinculada à sua identidade. Evite fazer login ao usar o Tor Browser para garantir o seu anonimato (Imagem: Nebular Group/Unsplash) 5. Evite downloads desnecessários O Tor Browser pode ser configurado para evitar downloads automáticos como mais um recurso para proteger contra possíveis ameaças — e como todo navegador, é importante baixar arquivos apenas de fontes confiáveis. 6. Use a busca segura O aplicativo apresenta como mecanismo de busca padrão o DuckDuckGo, que oferece mais privacidade ao pesquisar na web. É possível alterar para o Google, mas a recomendação é priorizar a solução mais privativa para aumentar a sua proteção. 7. Tor Browser com VPN É possível usar uma VPN em conjunto com o Tor Browser para aumentar a segurança e o anonimato na web, mas é preciso configurar a VPN corretamente para não ter o efeito oposto e comprometer a sua identidade. 8. Mantenha o app atualizado Assim como outros navegadores, é necessário manter o aplicativo sempre atualizado para obter as correções mais recentes de segurança e melhorias de desempenho. O Tor Browser está disponível para Windows, macOS, Linux e Android. O download pode ser realizado pelo site oficial torproject.org/download ou pela Play Store (Android). Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais

canaltech O iOS 18 deve ser a próxima grande atualização do sistema operacional dos iPhones, prevista para chegar em 2024. A Apple lança uma nova versão do iOS a cada ano com novidades nos apps e no sistema, e disponibiliza o update simultaneamente com a nova linha de celulares da empresa. Windows 12 | O que sabemos sobre possível sucessor do Windows 11 Apple premia brasileiros na lista de melhores apps de 2023 A Maçã ainda não confirmou nenhuma informação sobre a próxima versão, mas já é possível conferir alguns rumores no mercado e usar os lançamentos anteriores como referência. O Canaltech separou algumas das principais informações sobre o iOS 18 e também dá alguns palpites sobre o que esperar do novo sistema. Quando o iOS 18 será lançado? O novo iOS ainda não tem uma data de lançamento confirmada, mas a tendência das últimas versões lançadas pela Apple pode ajudar a ter noção de um provável cronograma. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- A Gigante de Cupertino costuma revelar a nova versão do iOS (e dos sistemas operacionais de outros aparelhos da marca) na conferência WWDC, normalmente realizada em junho. Após o anúncio, o sistema entra na fase Beta e ganha algumas versões de testes até o lançamento final. Caso a empresa mantenha o mesmo padrão dos últimos anos, a versão estável do iOS 18 deve ser lançada em setembro de 2024 — foi assim com as últimas atualizações. Para efeito de comparação, o iOS 17 chegou ao público geral no dia 17 de setembro deste ano. Novo iOS deve ser anunciado na WWDC (Imagem: Divulgação/Apple) Novidades do iOS 18 Alguns rumores ajudam a entender o cenário que envolve o lançamento do iOS 18. De acordo com o jornalista Mark Gurman, do Bloomberg, famoso por antecipar novidades dos produtos da Apple, a nova atualização é considerada “ambiciosa e atraente” pelos funcionários da Maçã, e a empresa pretende apostar em software para compensar mudanças pouco significativas no hardware do próximo iPhone. O jornalista ainda revelou que a Maçã interrompeu o desenvolvimento do sistema para focar na correção de bugs e deixá-lo cada vez mais refinado antes de seguir com as novas etapas. IA generativa no iPhone Gurman afirma que a IA generativa deve ser o grande carro-chefe da atualização. Um grande modelo de linguagem (LLM) da Apple para treinamento de IA já estaria em desenvolvimento neste ano e poderia ser usado para alimentar diversos aplicativos do sistema. A principal beneficiada seria a Siri, que ganharia recursos para transformá-la numa ferramenta conversacional mais poderosa e com respostas mais naturais — vale lembrar que o concorrente Google Assistente será integrado ao chatbot de IA Bard neste ano, mesmo que de modo restrito, então a Apple poderia seguir um caminho similar com sua assistente virtual. Siri pode ganhar novas funções com IA generativa (Imagem: Omid Armin/Unsplash) O sistema também poderia adicionar recursos feitos com IA em outros apps, como uma opção para criar playlists automáticas no Apple Music e melhorias nas sugestões de textos do Mensagens. Os recursos de IA generativa já marcam presença nos principais lançamentos do Android — a tecnologia dominou o anúncio da linha Google Pixel 8 e o Galaxy S24 deve ser promovido pela Samsung como um “AI Phone”. Logo, é comum que o próximo iPhone siga um caminho parecido. Suporte a mensagens RCS A Apple confirmou que vai incorporar o protocolo RCS ao aplicativo de mensagens e facilitar a comunicação com dispositivos Android. A tecnologia atua como um sucessor espiritual do SMS com suporte a fotos, vídeos, GIFs, links e textos maiores. A empresa demorou para ceder à pressão do Google e adotar o serviço, que deve chegar a partir de 2024 com uma atualização no sistema. A novidade pode representar um grande avanço na comunicação entre diferentes sistemas operacionais, já que o iMessage é uma alternativa muito usada pelos donos de iPhone, mas ainda é muito “fechado” ao Android. O que gostaríamos de ver no iOS 18 Além dos rumores sobre o que pode vir por aí, algumas funções seriam muito bem-vindas com a chegada de um novo iOS. Os "desejos" do CT em relação a isso são: Edição de fotos com IA O editor nativo do Fotos é intuitivo e repleto de funções interessantes, mas o aplicativo também poderia dar um salto com a introdução de ferramentas de IA generativa. Uma boa comparação é o Google Fotos, instalado de forma nativa no Android: o app foi atualizado com opções para preencher o fundo de imagens, remover objetos e escolher as melhores expressões faciais para uma selfie, por exemplo. Seria interessante caso o iOS seguisse o mesmo caminho. Apple Music turbinada O Apple Music é um serviço com um acervo muito interessante, que inclui catálogo de músicas em alta fidelidade e até uma estação de rádio própria. No entanto, ele fica muito atrás do Spotify ao analisar as funções do aplicativo: o serviço recebeu a opção de playlists colaborativas somente em 2023, por exemplo, enquanto o rival verde já apresenta a opção há alguns anos. Algumas melhorias pontuais, especialmente na criação e no compartilhamento de playlists, poderiam beneficiar o uso do streaming musical da Apple no iPhone. Diferentes áreas de trabalho O rival Android permite configurar um perfil pessoal e outro de trabalho no celular: isso permite usar o login profissional para acessar apps nessa segunda área e acessar apenas aplicativos essenciais para a rotina diária. A Apple apresenta um modo de foco voltado para o trabalho, mas ainda não possui uma função para criar uma área específica para isso — logo, seria uma adição útil ao iOS. Quais iPhones vão receber o iOS 18? Ainda não há uma lista oficial, mas é possível usar o ciclo de atualizações da Apple como base: a empresa oferece atualizações de sistema por até cinco anos para os iPhones contados a partir do ano de lançamento de cada aparelho. Com essa lógica, é possível prever que os celulares lançados em 2018 não ganharão o update. A lista provável de iPhones que devem atualizar wm 2024 inclui: iPhone 11 iPhone 11 Pro iPhone 11 Pro Max iPhone 12 iPhone 12 Mini iPhone 12 Pro iPhone 12 Pro Max iPhone 13 iPhone 13 Mini iPhone 13 Pro iPhone 13 Pro Max iPhone 14 iPhone 14 Plus iPhone 14 Pro iPhone 14 Pro Max iPhone 15 iPhone 15 Pro iPhone 15 Pro Max iPhone SE (2020) iPhone SE (2022) A empresa costuma liberar a atualização do iOS simultaneamente para todos os dispositivos compatíveis. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

Glossário Otaku: O que é Super Sentai? Conheça 5 séries do gênero

Glossário Otaku: O que é Super Sentai? Conheça 5 séries do gênero

Tecmundo Os fãs de longa data sabem bem que o que não falta são boas séries Super Sentai para assistir, mas novatos podem ficar intimidados tanto com a fartura de opções como com a própria nomenclatura.Afinal, o que exatamente é Super Sentai? Como diferenciá-los e por onde começar? A seguir, confira um breve guia sobre o gênero para entrar de cabeça nesse mundo!Leia mais... Veja Mais

Ofertas em Jogos: Uno, Jenga, Lince, War e mais com até 45% de desconto

Ofertas em Jogos: Uno, Jenga, Lince, War e mais com até 45% de desconto

Tecmundo Marcando gerações, os jogos de carta e de tabuleiro fazem sucesso no mundo todo, trazendo diversão para todas as idades.Com sua capacidade de reunir pessoas, esses jogos proporcionam momentos de diversão inesquecíveis, gerando conexão entre amigos e familiares, estimulando o pensamento estratégico, a criatividade e garantindo muitas risadas.Leia mais... Veja Mais

Como marcar mensagem como não lida no Instagram

canaltech É possível marcar uma mensagem como não lida no Instagram com apenas alguns toques. A função é muito útil, por exemplo, para quem visualizou uma conversa e não teve tempo de respondê-la naquele exato momento — apesar de revitalizar a notificação de não lida, vale lembrar que a função não remove o status “visto” do conteúdo. Como criar figurinhas no Instagram | Guia Prático Close Friends | Como postar fotos no feed, reels e stories Outro ponto muito importante é que esse recurso está disponível somente para contas profissionais e de criadores de conteúdo, ou seja, quem tem um perfil comum no Instagram não tem como marcar mensagens como não lidas. Como sinalizar mensagem como não lida Você pode marcar mensagens como não lidas somente nos aplicativos do Instagram para celulares e tablets. Confira o passo a passo para a sua plataforma de preferência. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- No Android É muito simples marcar uma mensagem como não lida no Instagram para Android, basta fazer o seguinte: Na tela inicial, toque no ícone de mensagens; Toque e segure na conversa desejada; Selecione a opção “Marcar como não lido”. Você pode marcar mensagens como não lida no app do Instagram para Android (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) No iOS Confira o passo a passo para marcar conversas como não lidas na versão do Instagram para aparelhos com iOS: Na tela inicial, toque no ícone de mensagens; Toque, segure e arraste a conversa desejada para a esquerda; Selecione a opção “Não lidas”. É possível marcar mensagens como não lidas no aplicativo do Instagram para iOS (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Como mencionado anteriormente, não é possível abrir uma mensagem sem que você seja “dedurado” pelo status “Visto” dentro da conversa, pelo menos de forma oficial — pois há um “esqueminha” para ver mensagens no Instagram anonimamente e, inclusive, você pode até mesmo enviar mensagens de forma anônima na rede social. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Animal mais velho do mundo completa 191 anos; conheça a tartaruga Jonathan 10 carros mais vendidos do Brasil em novembro de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Destaques da NASA: cometa, Lua, nebulosa e + nas fotos astronômicas da semana

canaltech Preparado para conferir fotos destacadas pela NASA de sábado (2) a sexta-feira (8)? Desta vez, o espetáculo ficou por conta da Lua: nosso satélite natural apareceu em uma imagem tirada durante a missão Artemis I e em outra, capturada enquanto um avião voava pouco após o Sol nascer. Céu de dezembro | Chuva de meteoros e solstício são destaques do mês 5 fatos sobre a Lua que vão te surpreender As demais fotos trazem nebulosas e raios cósmicos, além de um observatório centenário em Pequim, na China. Saiba mais sobre os objetos e eventos nas imagens e veja a galeria de fotos ao final da lista: 1. Observatório em Pequim, na China O Antigo Observatório de Pequim ajudou astrônomos antigos do país a medir e monitorar as posições de estrelas com alta precisão. A foto do local mostra parte dos instrumentos astronômicos por lá, bem como o rastro brilhante deixado por estrelas e pela Lua. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Lua e vulcão Teide O astrofotógrafo Daniel López capturou um vídeo incrível, que mostra a Lua parecendo mergulhar por trás do vulcão Teide, nas Ilhas Canárias, Espanha. Na sequência, nosso satélite natural parece ser maior do que costumamos ver no céu devido à lente telescópica usada.   2. Avião e Lua crescente Uma das fotos mais belas desta semana foi tirada em Bolton, no Reino Unido, e traz a Lua parcialmente iluminada durante a fase crescente. A imagem ficou ainda mais especial por mostrar também um avião no céu, acompanhado por rastros de condensação avermelhados enquanto o Sol nascia. ???? Leia mais: Lua crescente e avião são a foto astronômica de segunda-feira (4) 3. Descoberta da partícula Amaterasu Uma equipe internacional de pesquisadores descobriu uma partícula para lá de curiosa: ela recebeu o apelido Amaterasu e é milhões de vezes mais energética que as partículas produzidas no Grande Colisor de Hádrons, o acelerador de partículas mais potente já criado. Enquanto estudavam suas origens, cientistas notaram que ela parece ter vindo de uma região vazia da nossa galáxia. O mais estranho é que não parece haver nada por lá que seja energético o suficiente para criar a partícula. ???? Leia mais: Descoberta da partícula Amaterasu é a foto astronômica de terça-feira (5) 4. Nebulosa Carina A Nebulosa Carina foi registrada peloo telescópio Hubble. Esta paisagem cósmica tem partículas de poeira e estrelas jovens, cuja luz energética evapora os berçários estelares na região. Ela fica a 7.500 anos-luz da Terra, e em alguns milhões de anos, seus pilares de poeira devem desaparecer. ???? Leia mais: Nebulosa Carina é a foto astronômica de quarta-feira (6) 5. Oceanus Procellarum Foi no ano passado que a NASA lançou a missão Artemis I, levando a cápsula Orion sem tripulação em uma viagem ao redor da Lua. Várias fotos foram feitas durante a missão, e uma delas mostra parte da espaçonave acompanhada por Oceanus Procellarum, ou Oceano das Tormentas. Esta formação é a maior de todos os mares lunares, medindo 2.500 km de extensão. ???? Leia mais: Oceanus Procellarum é a foto astronômica de quinta-feira (7) 6. Cometa do Diabo e estrela Vega A estrela Vega é a mais brilhante da constelação Lira. Localizada a apenas 25 anos-luz da Terra, esta estrela tem 450 milhões de anos e é considerada a quinta mais brilhante do céu. Ela foi fotografada junto do cometa 12P/Pons-Brooks, que ficou popularmente conhecido como Cometa do Diabo devido ao seu coma, que para alguns, lembra o formato de chifres. ???? Leia mais: Cometa do Diabo e estrela Vega são a foto astronômica de quinta-feira (8) Clique e veja a galeria de fotos Rastros de estrelas sobre o antigo observatório de Pequim; o mais brilhante deles é da Lua (Jeff Dai (TWAN)) A Lua foi fotografada na fase crescente enquanto um avião voava. Seus rastros de condensação aparecem alaranjados porque o Sol estava nascendo (Juned Patel) O raio cósmico que revelou a partícula Amaterasu tem energia estimada de 244 EeV, surpreendendo cientistas (Osaka Metropolitan University/Kyoto University/R.Takeshige) A Nebulosa Carina é uma formada por partículas e gás e poeira, junto de estrelas jovens. A foto foi capturada pelo telescópio Hubble (NASA, ESA, Hubble Heritage/Franco Meconi (Terraza al Cosmos)) Esta foto foi tirada durante a missão Artemis I. Nela, vemos parte da espaçaonave Orion e da Lua, com destaque para a região Oceanus Procellarum (NASA, Artemis 1) Localizada a 25 anos-luz da Terra na constelação Lira, a estrela Vega é uma das mais brilhantes do céu. Ela foi fotografada junto do cometa 12P/Pons-Brooks, que recebeu o apelido "Cometa do Diabo" (Dan Bartlett) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Animal mais velho do mundo completa 191 anos; conheça a tartaruga Jonathan 10 carros mais vendidos do Brasil em novembro de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

7 jogos grátis para resgatar e jogar no PC, consoles e mobile

7 jogos grátis para resgatar e jogar no PC, consoles e mobile

Tecmundo Procurando algo novo para jogar neste final de semana sem gastar nada? Temos ótimas notícias para os gamers de plantão! Nossa seleção semanal traz sete games incríveis que estão disponíveis gratuitamente para PC, consoles e dispositivos móveis. De desafios subterrâneos aterrorizantes a batalhas épicas inspiradas em filmes medievais, nossa lista inclui opções para todos os gostos e estilos. Seja você um fã de estratégia, ação, ou até mesmo de experiências mais relaxantes, há algo especial esperando para ser descoberto. Confira a seguir!Leia mais... Veja Mais

10 notícias mais importantes da semana (04/12 a 08/12)

10 notícias mais importantes da semana (04/12 a 08/12)

Tecmundo Bom dia! Para se manter atualizado neste início de sabadão (09), o TecMundo separou tudo o que rolou de mais importante nesta semana (04 até 08 de dezembro). Além de várias notícias sobre tecnologia e ciência, o mundo do entretenimento e dos games também foram bastante movimentados no período.1. Google anuncia o Gemini, seu modelo de IA que pode superar o ChatGPT: Chamado de Gemini, o novo grande modelo de linguagem (LLM) multimodal, de acordo com a empresa, é capaz de superar o GPT-4, da OpenAI, utilizado no popular chatbot ChatGPT. Veja;Leia mais... Veja Mais

Wolverine finalmente revela a origem de famoso bordão “badass”

canaltech As garras de adamantium e o poderoso fator de cura são as duas características mais populares de Wolverine, entretanto, o mutante canadense também tem um famoso bordão que define seu lado “badass”: a frase “eu sou o melhor naquilo que faço, mas que faço não é bonito de se ver”. Mas quando e por que ele disse isso pela primeira vez? É o que a Marvel Comics finalmente revela em uma nova HQ. Marvel revela por que o Predador insiste tanto em caçar Wolverine Wolverine tem uma fraqueza tão óbvia que todo mundo até esquece Atenção para spoilers de Predator vs. Wolverine #3! Em Predator vs. Wolverine #3, lançado recentemente, a trama continua a caça de décadas entre o alienígena Yautja e Wolverine, desta vez com a batalha entre ambos sendo ambientada no Japão, na época em que Logan foi treinado pelo mestre Muramasa. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Enquanto Wolverine descreve seu relacionamento único com o infame ferreiro e o intenso regime de treinamento de Muramasa, seu mestre diz que ele é um lutador habilidoso: "Mas você não é o melhor que existe", sugerindo que o próprio professor teria determinado o momento em que alcançou o título de “melhor naquilo que faz”. É importante mencionar que a Marvel não confirmou ou negou se o crossover produzido em parceria entre a Casa das Ideias e o 20th Century Studios está na continuidade principal da Terra-616 — se depender dos fãs os Yautja já estão entre os alienígenas do cosmos marvete. Wolverine treinou com o famoso ferreiro Muramasa (Imagem: Reprodução/Marvel Comics) O bordão clássico de Wolverine vai direto ao âmago de quem Logan é como herói: brutal, cruel, mas, em última análise, honrado. A primeira vez que saiu da boca do herói foi em Wolverine #1, de 1982, pelas mãos do escritor Chris Claremont e do artista Frank Miller. Logan treinou durante anos com Ogun e depois com Muramasa para se tornar o lutador habilidoso e consciente que é nos tempos modernos. Muramasa é conhecido por ser um dos combatentes de espadas mais habilidosos do universo, então faz sentido que Wolverine se torne “o melhor” depois de vencê-lo. Assine Amazon Kindle Unlimited por apenas R$ 19,90/mês e tenha acesso a mais de 1 milhão de livros digitais! A lâmina forjada por Muramasa para o herói foi criada com um pedaço da alma cheia de raiva de Wolverine, e é lógico que o ferreiro não teria confeccionado essa arma extremamente poderosa para Logan se não o visse como o melhor. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Alga-perolada, um dos maiores organismos unicelulares do mundo Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Google lança IA Gemini capaz de ensinar matemática e programar Veja Mais

Cibersegurança Report #3

Cibersegurança Report #3

Tecmundo O mês de dezembro costuma ser menos movimentado no noticiário de tecnologia em geral, com muitas retrospectivas e menos acontecimentos marcantes. Só que a cibersegurança não tira férias e foram muitos os ocorridos no campo nos últimos dias.As novidades incluem mecanismos de proteção em bancos e redes sociais, empresas de grande porte que foram alvo de ataques virtuais e um perigoso malware disfarçado de aplicativo financeiro no Android.Leia mais... Veja Mais

Como a Chevrolet Montana pode superar a Fiat Toro?

canaltech A Chevrolet Montana foi lançada com a ideia de ser uma caminhonete essencialmente urbana. A missão da General Motors, no entanto, era bem ingrata quando pensamos em vendas e mercado: competir com as picapes Fiat que dominam esse segmento: Strada e, principalmente, a Toro, com porte e perfil de cliente semelhantes. 5 motivos para comprar a Chevrolet Montana RS 5 motivos para comprar a Fiat Toro 2022 Se pensarmos como ideia de produto, tanto a Montana quanto a Toro podem pegar a mesma fatia de mercado. É raro alguém comprar a caminhonete italiana para o trabalho, mesmo que em suas versões turbodiesel ela tenha, por exemplo, tração nas quatro rodas e capacidade de carga de uma tonelada. Então, por que a Toro segue vencendo a Montana nas vendas? O que será que a picape intermediária da Chevrolet pode fazer para, em uma futura atualização, superar a rival italiana? Separamos algumas ideias e sugestões que podem funcionar. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- A Montana RS pode, ainda, ser um trunfo para a General Motors (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 5. Sair na frente com a eletrificação Algo que pode ajudar a Chrevrolet Montana em um embate com a Fiat Toro é sair na frente com os planos de eletrificação. Recentemente a GM afirmou que trabalha em motores híbridos para o Brasil, algo que a Stellantis também está fazendo. Sair na frente, com um propulsor realmente vantajoso, pode dar à Montana uma condição melhor na briga com a Toro. Já pensaram em uma Montana híbrida? (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 4. Lançar uma versão mais capaz para o trabalho Embora já tenha uma variante mais em conta e com câmbio manual posicionada para o trabalho, a Chevrolet ainda não trabalhou bem comercialmente esse possível lado da Montana. Uma sugestão poderia ser lançar uma variante ainda mais em conta, porém com reforços estruturais e mais capacidade de carga, um dos pontos fracos desse projeto. Na comparação com as versões turboflex da Toro, a Montana perde em capacidade de carga. Enquanto a italiana consegue levar até 680kg, a americana carrega apenas 600kg, isso sem falar no reboque, proibido na Montana, enquanto com a Toro pode-se arrastar até 400kg sem freio. A Montana precisa abraçar mais segmentos em vez de ficar só nos "carros urbanos" (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 3. Lançar versão com aptidões Off-Road Mesmo a Toro turboflex consegue passar por terrenos que a Montana não. A picape italiana tem uma plataforma mais robusta e a suspensão independente nas quatro rodas a torna mais capaz para todo tipo de terreno, além de deixá-la mais confortável no uso diário. Caminhonete no Brasil é sinônimo de carro robusto e a Montana falha um pouco nessa mensagem. De repente, o caminho possa ser investir em melhorias nesse sentido e trazer, quem sabe, uma versão "Activ", como já aconteceu com o Onix e a Spin, mas com mais capacidade para o fora de estrada. A Montana é uma picape forjada para as ruas, não para a terra (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 2. Mais equipamentos de segurança e tecnologia Uma das maiores mancadas da Chevrolet Montana é ter vindo sem o pacote ADAS, pelo menos com o mesmo nível que vimos no Tracker. A caminhonete tem, apenas, o alerta de ponto cego e fica devendo itens como, por exemplo, o alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência e alerta de saída de faixa, coisas que existem na Toro. No campo da conectividade, ambas as picapes vão bem, mas o ecossistema da Fiat é superior ao da GM, até por ser mais novo e moderno. A central uConnect da Toro tem tela com melhor resolução e interface mais rápida, por exemplo. A GM poderia, em uma renovação de modelo, implementar um novo sistema de infotenimento na Montana. Cairia bem. A ótima MyLink pode melhorar. Já é hora (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) 1. Motor mais forte A Chevrolet Montana anda bem e consegue ser agradável tanto na cidade quanto na estrada. Mas uma versão com motor mais forte pode agradar ao mercado e tornar essa picape uma opção interessante contra as variantes mais caras da Toro. O motor 1.4 turbo de 153cv que equipa o Cruze, por exemplo, poderia ser uma alternativa, com alterações para adequação ao Proconve L7. Mas, uma nova versão híbrida, como citamos, porém com mais força e eficiência, ajudaria muito nesse combate. Vale lembrar, contudo, que a Toro tem um motor 1.3 turbo de 185cv em suas versões de entrada, porém, no comportamento, a Montana é um pouco mais ágil. Uma variante ainda mais capaz da picape da GM poderia dificultar mais as coisas para a caminhonete italiana. A Fiat Toro turboflex, por exemplo, tem 185cv (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Alga-perolada, um dos maiores organismos unicelulares do mundo Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Google lança IA Gemini capaz de ensinar matemática e programar Veja Mais

Batman amnésico revela identidade em reviravolta estarrecedora

canaltech Depois de oferecer uma lúdica confusão aos leitores introduzindo pelo menos mais dois Coringas na atual cronologia de seu cânone oficial, a DC Comics foi além e agora surpreendeu não somente os leitores como também os próprios personagens em uma trama com um Batman amnésico perambulando pelas ruas de Gotham City. E a reviravolta sobre a revelação de sua identidade chocou a sociedade. Batman | Conheça o lado detetive que sonhamos ver no cinema DC lança HQ do Batman que esperou 35 anos para ser publicada Atenção para spoilers de Batman: The Brave and the Bold #7! Batman vive uma fase em que os danos psicológicos causados pela sua jornada de combate ao crime durante todos esses anos está cada vez mais evidente. O Cavaleiro das Trevas é o único herói que consegue pensar como vilões e se aprofundar no lamaçal mais repugnante da criminosos sem se contaminar ao ponto de se tornar um deles. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Dois Batmen? Um deles está amnésico e não é Bruce Wayne (Imagem: Reprodução/DC Comics) Mas isso cobra um preço, que tem se tornado cada vez mais alto. Atualmente, além de desgastado psicologicamente, Bruce Wayne tem tido problemas em manter sua faceta chamada Batman de Zur-En-Arr, que serve como uma contingência impiedosa e “básica” quando um gatilho aciona sua defesa automática contra manipulação mental. Qual é a reviravolta estarrecedora? Como Batman vem sofrendo esse desgaste, ninguém estranhou quando ele apareceu amnésico, esquisitão e bem baixa-renda nos subúrbios de Gotham City, em uma trama da revista Batman: Brave and the Bold #7, lançado recentemente. Wayne acorda apenas com seu traje um ou outro cacareco no cinto de utilidades — que, né, perdeu um pouco sua função, nesse caso. Para reaprender o que esqueceu sobre ser um combatente do crime, Batman começa a treinar com seu novo companheiro, Hoopoe. A reviravolta chocante ocorre quando o Homem-Morcego é convocado pela polícia de Gotham City, quando, surpreendentemente, ele se encontra com outro Cavaleiro das Trevas esperando por ele no local. Frank Freeman revela sua identidade e choca os leitores (Imagem: Reprodução/DC Comics) Eis que ali o Batman amnésico revela que não é Bruce Wayne, mas sim Frank Freeman: um artista marcial profissional e ladrão que tentou roubar o Homem-Morcego e perdeu a memória quando o atrapalhado gatuno não conseguiu afanar o que almejava. Essa revelação foi estarrecedora porque outros personagens que já assumiram o manto de Batman, a exemplo de Azrael ou Jace Fox, geralmente têm suas identidades conhecidas pelo leitor — e o fato de nem mesmo os fãs saberem disso tornam essa uma reviravolta chocante. Assine Amazon Kindle Unlimited por apenas R$ 19,90/mês e tenha acesso a mais de 1 milhão de livros digitais! Vale destacar que a DC fez algo semelhante com o Coringa há pouco tempo, quando introduziu um outro Palhaço do Crime amnésico que também se declarava o verdadeiro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Baldur's Gate 3 é eleito o jogo do ano no TGA 2023; confira os vencedores Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Veja Mais

A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia?

canaltech É praticamente impossível encontrar alguém que nunca tenha, pelo menos, ouvido falar no filme A Fantástica Fábrica de Chocolate de 2005, do diretor Tim Burton. Remake do original de 1971, o longa trouxe o polêmico Johnny Depp no papel de Willy Wonka, um doceiro maluco e excêntrico que administra sozinho uma fábrica mágica de doces. Pequenos Espiões | Como está o elenco hoje em dia? Malhação 2004 | Como está o elenco atualmente? Depois de quase duas décadas de lançamento, o longa ainda é lembrado com nostalgia por uma boa parte do público, e muitos se perguntam: afinal, como está o elenco tanto tempo depois?   -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Nomes como o do próprio Depp respondem facilmente a essa pergunta, pois são astros que jamais saíram da mídia. Contudo, como a maior parte do elenco era composto por crianças, muitas deixaram a vida artística ou foram transformados pela puberdade a ponto de ficarem irreconhecíveis. Tanto que há protagonistas de séries de sucesso que receberam o ticket dourado de Willy Wonka e você nem lembrava — e tem até aqueles que fizeram uma participação especial no clipe de uma cantora brasileira. Quer quem são eles? Então, confira abaixo! Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! Willy Wonka (Johnny Depp ) Johnny Depp viveu Wonka em A Fantástica Fábrica de Chocolate. (Imagem:Divulgação/Warner Bros) Consagrado em Hollywood na época, Johnny Depp deu vida ao doceiro excêntrico que oscilava entre mocinho e vilão no filme de 2005. Sua interpretação fez com que o personagem se tornasse um dos mais marcantes de sua carreira, que também tem sucessos como Piratas do Caribe, Alice no País das Maravilhas e Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet. Depois de enfrentar várias polêmicas, entre elas a acusação de ter cometido violência doméstica contra sua ex-esposa Amber Heard, o ator ficou mais ofuscado e se tornou pessoa não grata em muitas produções audiovisuais. Tanto que, em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, por exemplo, ele acabou sendo tirado do elenco e substituído por Mads Mikkelsen na sequência. Charlie (Freddie Highmore) Freddie Highmore fez sucesso como o médico com TEA em The Good Doctor. (Imagem:Divulgação/Warner Bros e 3AD) Em 2005, Freddie Highmore deu vida a Charlie, o protagonista do filme e uma das crianças que achava o bilhete premiado para conhecer a Fábrica de Chocolates. Com uma atuação comovente, ele criou um personagem meigo e fofo. Nos anos seguintes, o ator continuou em destaque, sendo escalado para As Crônicas de Spiderwick (2008) e para a série Bates Motel, na qual, além de atuar, ainda escreveu e dirigiu alguns episódios. De garotinho fofinho de produções infantis, mergulhou num seriado baseado em um dos maiores clássicos do cinema de terror. Seu auge, no entanto, aconteceu em 2017, quando ele foi escalado para protagonizar a série The Good Doctor e viver um médico que está no espectro autista. Seu papel lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro. Oompa Loompa (Deep Roy) Deep Roy participou do clipe de Luísa Sonza fantasiado de Oompa Loompa. (Imagem:Divulgação/Warner Bros e Dragoslav Ulic Dag) Quem não se lembra dos geniosos Oompa Loompas, que trabalhavam na fábrica de doces? Vividos por um único ator, Deep Roy, eles foram responsáveis por boa parte da graça do filme. O ator já tinha participado de longas de sucesso, como Star Wars: O Império Contra-Ataca (1980), A História Sem Fim (1984) e, depois de A Fantástica Fábrica de Chocolate, ainda estrelou Heckler (2007) e In Search of Tomorrow (2022). No etanto, o capítulo mais peculiar de sua carreira foi em 2021, quando ele participou do clipe Atenção, de Pedro Sampaio e Luísa Sonza. No clipe, ele aparece usando os trajes originais do Oompa Loompa. Mike (Jordan Fry) Depois de A Fantástica Fábrica de Chocolate a carreira de Jordan Fry não decolou muito. Big Life.(Imagem:Divulgação/Warner Bros e 28 Entertainment) O menino irritante que tinha todas as respostas na ponta da língua foi vivido por Jordan Fry que, na época, tinha 12 anos. Após o longa, ele participou de A Família do Futuro (2007), dublando o personagem Lewis, mas sua carreira artística não avançou muito depois disso. Ainda assim, em 2023, ele participou do filme Big Life. Quem o segue no Instagram, vê que o ator sempre compartilha memórias de sua participação em A Fantástica Fábrica de Chocolate, mostrando como o longa marcou sua vida. Violet (AnnaSophia Robb) Depois de viver Violet em A Fantástica Fábrica de Chocolate, AnnaSophia Robb continuou fazendo sucesso no audiovisual. (Imagem: Divulgação/ Warner Bros e Wonery) Outro personagem icônico de A Fantástica Fábrica de Chocolate é a menina loirinha e competitiva que também encontrou o bilhete premiado para conhecer a empresa de doces. Ela foi vivida por AnnaSophia Robb que, após o longa, ganhou destaque com o seu papel de Leslie Bunker em Ponte para Terabítia (2007). Mais tarde, ela continuou atuando e participou de séries como Pequenos Incêndios por Toda a Parte (2020) e do filme A Montanha Enfeitiçada ao lado de Dwayne Johnson, o The Rock. O seriado Dr. Death é seu mais recente trabalho. Veruca (Julia Winter) Julia Winter deu vidda à mimada Veruca em A Fantástica Fábrica de Chocolate, mas depois atuou em poucas produções. (Imagem: Divulgação/ Warner Bros e Wonery) Nascida em 1993, Julia Winter deu vida a Veruca, uma menina mimada que tinha tudo o que queria na palma da mão. Depois do longa, sua carreira artística não engrenou e ela fez poucos trabalhos, sendo o mais recente em Winter, O Golfinho 2 (2014). Augustus Gloop (Philip Wiegratz) Phiplip também participou de poucas produções audiovisuais apóss A Fantástica Fábrica de Chocolate. (Imagem:Divulgação/Warner Bros) O garoto guloso obcecado por chocolate foi vivido por Philip Wiegratz, um ator alemão que na época tinha apenas 12 anos. Após o filme, ele até tentou seguir na área, atuando em Die Wölfe e na série Der Schlunz - Die Serie, sendo que seu último trabalho foi em Rubinrot (2013). Posteriormente, ele deixou a carreira artística de lado e atualmente se dedica a trabalhar como desenvolvedor de software. Dr. Wonka (Christopher Lee) Christopher Lee morreu em 2015, anos 93 anos.(Imagem:Divulgação/Warner Bros)Caption Um dos nomes de maior sucesso que estrelou A Fantástica Fábrica de Chocolate é Christopher Lee. O ator já tinha participado de títulos como O Homem de Palha, O Senhor dos Anéis e Star Wars e ficou conhecido por seus papéis de malfeitores, como Drácula em filmes da década de 1950 e 1960. No longa de 2005, ele vive o pai metódico de Wonka, que não deixa o filho comer nenhum doce. Após o filme, ele ainda participou da saga O Hobbit, Sombras da Noite — ao lado de Johnny Depp — e A Inquilina. Lee morreu em 2015, aos 93 anos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Baldur's Gate 3 é eleito o jogo do ano no TGA 2023; confira os vencedores Veja Mais

Review KitchenAid Bowl Lift | Batedeira potente e silenciosa

canaltech A KitchenAid se destaca no mercado de eletroportáteis por oferecer aparelhos premium e com ótimas funcionalidades. Um deles é a batedeira Bowl Lift, modelo que está disponível nas versões de 5,6 ou 6,6 litros. O eletroportátil promete um ótimo funcionamento e se destaca pelo trabalho silencioso. Review Mondial Super Power VSP-40-W | Ventilador bom e acessível Review Arno Turbo Force VF42 | Um ventilador bem potente Eu recebi a versão maior, com 6,6 litros, e agora trago a minha opinião sobre a KitchenAid Bowl Lift, dizendo se ela vale a pena ou se é melhor apostar em algum concorrente. Este é CT Eletro, o mais novo projeto do Canaltech! Nossa missão de ajudar você a escolher produtos eletrônicos agora se estende a um universo ainda maior. Com o CT Eletro, você terá acesso às informações mais atualizadas e confiáveis sobre os melhores produtos para o seu lar. Estamos aqui para tornar suas escolhas mais simples e acertadas quando se trata de tornar sua casa um lugar mais confortável e funcional. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Veja ofertas da KitchenAid Bowl Lift no Magazine Luiza Veja ofertas da KitchenAid Bowl Lift no Mercado Livre Veja ofertas da KitchenAid Bowl Lift na Amazon Prós Bem potente Funcionamento silencioso Boa variedade de acessórios inclusos Espaço para acoplar acessórios extras Construção robusta Contras Muito pesada Design e construção A KitchenAid Bowl Lift tem uma construção bem robusta, que já mostra o porque ela é um produto premium. Com acabamento todo em metal, ela é uma ótima opção para preparos de massas pesadas, como pães ou pizzas. Apesar de ser uma ótima característica, isso gera um pequeno aspecto negativo: ela é bem pesada, com 13,2 kg. KitchenAid Bowl Lift tem um design bem robusto e consideravelmente pesado (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)Fora isso, todo o visual dela é bem agradável. Com pintura vermelha, ela tem um aspecto clássico, que lembra bastante os eletrodomésticos populares no final do século passado. "Design da KitchenAid Bowl Lift é bem elegante, mas sua estrutura é bem pesada, o que pode dificultar um pouco na hora de guardá-la ou colocá-la em uma bancada, por exemplo." — Bruno Bertonzin Experiência de uso A KitchenAid Lift Bowl é bem eficiente para bater praticamente qualquer mistura que desejar com bastante facilidade, graças aos onze níveis de velocidade. Aqui, usei para preparar uma massa de pão de queijo — que é consideravelmente “pesada” — mesmo de um nível inferior ao médio, eu já consegui deixá-la em um ponto ideal em poucos minutos. Funcionamento da KitchenAid Bowl Lift é bem prático e eficiente (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)Só para testar a potência, aumentei para o máximo, e a batedeira se mostrou bem forte para aguentar qualquer tipo de massa. Acessórios Outro ponto positivo é a quantidade de acessórios inclusos no kit. A batedeira possui, ao todo, cinco acessórios, sendo uma tampa protetora de respingos para a tigela e quatro itens para misturar ou bater os alimentos. Cada um desses acessórios é indicado para um tipo específico de massa ou mistura, então é interessante conferir o manual para ver qual o mais indicado para cada preparo. De qualquer forma, com eles você poderá bater de forma adequada vários tipos de massas. Os itens inclusos no kit são: Batedor de pá plana; Gancho espiral; Fouet de fios; Batedor de borda flexível dupla. É importante destacar que, além desses itens inclusos, a Bowl Lift também tem um bocal para a conexão de acessórios extras, que podem ser adquiridos separadamente. Dessa forma, ainda é possível usar espiralizadores, cortadores, moedores, entre outros. Consumo de energia Apesar de ter uma potência bem alta, o consumo de energia da KitchenAid Bowl Lift é bem baixo. Após bater por dez minutos em potência máxima, o gasto foi de 0,020 kWh. Neste cenário, se a batedeira for usada por uma hora diária durante um mês, o gasto total será de aproximadamente R$ 2,60. Para este cálculo, usamos os dados de valores da Copel para a cidade de Curitiba. Usamos esta empresa como base pois ela tem uma taxa de kWh fixa, que facilita na hora de dar uma estimativa de gasto para um aparelho. Nível de ruído Apesar de ser bem potente, a KitchenAid Bowl Lift é bastante silenciosa. Mesmo no nível máximo, o barulho emitido ainda foi bem baixo. Quando usei na velocidade 11, eu ouvi mais o barulho da própria massa batendo na tigela do que do funcionamento da batedeira. Testando com um decibelímetro no nível 5, o ruído ficou em uma média de 58 a 63 dB. Isso é, por exemplo, é bem abaixo da média de uma AirFryer, que geralmente fica na casa dos 70 dB. Nível de ruído da KitcheAid Bowl Lift é consideravelmente baixo (Imagem: Bruno Bertonzin/Canaltech) "A KitchenAid Bowl Lift oferece um ótimo funcionamento de forma silenciosa, e ainda permite o uso de uma boa variedade de acessórios extras, como um moedor de carne." — Bruno Bertonzin Concorrentes diretos Por ser uma marca premium, é mais difícil achar um concorrente na mesma categoria que a KitchenAid. No entanto, uma opção mais “popular” com funcionalidades parecidas é a Batedeira Planetária Digital Oster Bowl Inox 5L. Ela também tem o formato “planetária” e permite acoplar acessórios extras, como moedores, modeladores de massas, cortadores de legumes, etc. A diferença de preço, no entanto, é bem grande. Enquanto a KitchenAid é vendida por cerca de R$ 3.800 no site oficial da marca, a opção da Oster, sozinha, custa R$ 1.500, mas também é possível comprar um kit com acessórios extras por R$ 2.300. Essa discrepância, no entanto, é justificada pela categoria em que as duas se encontram. Como já destaquei, a KitchenAid é uma marca voltada para um público mais exigente, com acabamento premium em metal e construção mais robusta, enquanto a Oster também é mais rebuscada, porém de uma forma mais discreta. Veja ofertas da Planetária Digital Oster Bowl Inox 5L no Magazine Luiza Veja ofertas da Planetária Digital Oster Bowl Inox 5L no Mercado Livre Veja ofertas da Planetária Digital Oster Bowl Inox 5L na Amazon +10 $(function() { $('body').append("\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n1 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n2 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n3 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n4 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n5 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n6 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n7 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n8 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n9 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n10 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n11 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n12 \/ 12\n\n\n\nKitchenAid Bowl Lift 6.6L (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n\nIMAGENS\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n"); iniciaGaleria($('#_43b488')); }); Vale a pena comprar a KitchenAid Lift Bowl 6,6 L? A KitchenAid Lift Bowl é uma batedeira que faz bastante sentido se você procura o melhor em potência e eficiência sem abrir mão de um aparelho relativamente silencioso. O preço pode assustar um pouco, mas está de acordo com o que ela oferece, ainda mais por se tratar de um eletroportátil premium, com construção bem robusta e resistente. A expectativa é de que ela dure por muitos e muitos anos. Ela é mais voltada para quem trabalha com a produção de massas ou, pelo menos, usa a batedeira com certa frequência. KitchenAid Bowl Lift é uma batedeira extremamente potente e eficaz (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)Mas, se for um usuário mais casual ou procura algo com mais custo-benefício, a Oster Bowl Inox Digital é uma opção mais atraente, que custa por volta de R$ 1.500 se for vendida separadamente e oferece funcionamento parecido com a KitchenAid. Veja ofertas da KitchenAid Bowl Lift no Magazine Luiza Veja ofertas da KitchenAid Bowl Lift no Mercado Livre Veja ofertas da KitchenAid Bowl Lift na Amazon Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Baldur's Gate 3 é eleito o jogo do ano no TGA 2023; confira os vencedores Veja Mais

Galaxy S23 FE entrega o melhor custo-benefício da família? / Análise / Review

tudo celular O Galaxy S23 é o celular da Samsung com o melhor custo-benefício para comprar em 2023? Confira nossa análise completa e veja se vale a pena. Veja Mais

No Rest for the Wicked é novo jogo dos criadores de Ori! Conheça

No Rest for the Wicked é novo jogo dos criadores de Ori! Conheça

Tecmundo A Moon Studios, responsável por Ori and the Blind Forest e Ori and the Will of the Wisps, revelou No Rest for the Wicked durante o The Game Awards 2023, na noite desta quinta-feira (7). O jogo é um RPG de ação com visão isométrica, no estilo Diablo, que chama a atenção pelos seus visuais estilizados e sistema de combate brutal e responsivo.De início, o jogo será lançado em Acesso Antecipado no primeiro trimestre de 2024 via Steam, mas sua versão completa, que chega posteriormente, também estará disponível para PlayStation 5, Xbox Series S e Xbox Series X. Veja o trailer de revelação a seguir, que mostra um pouco do seu mundo de fantasia sombria:Leia mais... Veja Mais

Galaxy A25 tem preço e data de início das vendas vazados

canaltech A Samsung pode anunciar em breve seu mais novo smartphone intermediário, o Galaxy A25 5G. O dispositivo foi agora listado em uma loja online da Suíça, com detalhes importantes como a possível janela de lançamento e até mesmo o preço. Galaxy S25 pode ganhar design totalmente novo, diz rumor Galaxy S24 Ultra vaza em novas imagens e é comparado com S23 Ultra O próximo celular básico da gigante sul-coreana foi encontrado no site da varejista Digitec, onde aparece com o mesmo design vazado anteriormente, em três opções de cores: azul-escuro, azul e verde. O telefone deve seguir a linha de design dos atuais topo de linha da marca, os Galaxy S23, com os três furos para as câmeras traseiras no canto esquerdo. Como já é esperado de um aparelho mais simples, a novidade deve adotar um notch no formato de gota no topo da tela, algo que já era visto no Galaxy A24. Galaxy A25 5G deve ser anunciado ainda em dezembro com preço convertido na casa de R$ 1.500 (Imagem: Reprodução/Digitec) Aqui, as novidades são seu suposto preço oficial de 279 francos suíços, o que se converte em aproximadamente R$ 1.560, assim como a suposta data de lançamento do aparelho. O site revela que o smartphone será apresentado em 18 de dezembro, sendo então um dos últimos lançamentos de 2023. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Esse preço de 279 francos suíços seria referente à variante de 6 GB de memória RAM e 128 GB de espaço para armazenamento — há a chance de existir uma versão com 8 GB de RAM e 256 GB de espaço interno, que deve ser vendida em outros lugares do mundo. Vazamentos indicam que o Galaxy A25 deve trazer visual sem grandes mudanças, tela OLED e processador Exynos 1280 (Imagem: Reprodução/MySmartPrice) Outros vazamentos já anteciparam que ele terá uma tela de 5.000 mAh, com a mesma velocidade de carregamento dos Galaxy S23, trazendo suporte a 25 W. Além disso, espera-se que o celular acessível conte ainda com uma câmera traseira principal de 50 MP e uma frontal de 13 MP, praticamente sem mudanças ao ser comparado com o antecessor. De qualquer modo, resta aguardar pelo seu lançamento, que pode acontecer em algum momento nos próximos dias. Até lá, ainda deve haver mais vazamentos antecipando informações a seu respeito. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Tempestades solares extremas são raras, mas já tivemos 3 em 200 anos

canaltech Uma tempestade solar impressionante ocorreu em 1872, e foi tão forte que causou auroras em regiões fora do comum. Chamada tempestade Chapman-Silverman, o evento foi analisado por pesquisadores em um estudo liderado por Hisashi Hayakawa, da Universidade de Nagoya, e eles concluíram que tempestades solares extremas são mais comuns do que pensávamos — e que precisamos nos preparar para elas. Quais os perigos de uma tempestade solar? Máximo solar em 2024 pode causar caos na internet? Eventos tão extremos são raros, mas não impossíveis. Um deles ocorreu em 1859 e ficou conhecido como Evento de Carrington: a tempestade geomagnética foi tão forte que telégrafos deram choques em usuários, soltaram faíscas e papéis pegaram fogo. Além disso, auroras foram vistas nos trópicos, sendo que elas costumam ocorrer somente em latitudes polares. No estudo, os pesquisadores analisaram os efeitos da tempestade Chapman-Silverman, que não deixa nada a desejar às outras que aconteceram. Segundo os autores, auroras foram vistas na Índia e em outras regiões ao sul, e a comunicação via telégrafo entre o Iêmen, Egito e outros países foi interrompida por horas. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- A tempestade solar Chapman-Silverman foi tão forte que causou auroras boreais em lugares fora do comum (Imagem: Reprodução/surangaw/Envato) Ela veio de um grupo de manchas solares de tamanho médio e complexo, que pareceu estar próximo do centro do disco solar. Assim, a descoberta sugere que um grupo de manchas solares de tamanho médio como este foi capaz de causar uma das tempestades magnéticas mais extremas conhecidas. “Isso significa que, agora, sabemos que o mundo testemunhou pelo menos três supertempestades geomagnéticas nos últimos dois séculos”, observou Hayakawa. “Os eventos do clima especial que podem causar um impacto tão grande não podem ser desconsiderados”, alertou ele. A equipe destaca que, devido à infraestrutura tecnológica atual que temos hoje, é preciso consultar o histórico de tempestades solares para nos prepararmos quando alguma delas acontecer novamente. “Tempestades assim podem ser fortes o suficiente para afetar a rede elétrica, sistemas de comunicação, aviões e satélites no pior cenário”, disse Hayakawa. “Poderíamos manter nossa vida sem uma estrutura assim?” O artigo com os resultados do estudo foi publicado na revista The Astrophysical Journal. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Reboot de Alone in the Dark é adiado novamente; entenda

Reboot de Alone in the Dark é adiado novamente; entenda

Tecmundo O aguardado reboot de Alone in the Dark pela THQ Nordic sofre mais um adiamento, marcando a segunda vez que sua data de lançamento é postergada. Originalmente previsto para outubro de 2023, o título teve sua estreia adiada inicialmente para janeiro de 2024 e agora está programado para chegar somente em 20 de março de 2024.A decisão foi tomada com foco no bem-estar da equipe de desenvolvimento do estúdio sueco Pieces Interactive, visando evitar o crunch e assegurar a qualidade do produto final. Em um comunicado, a publisher declarou: “O ano está terminando, e as férias de Natal estão chegando. No entanto, até hoje, não parecia assim para a equipe da Pieces Interactive, que está desenvolvendo nosso próximo jogo de sobrevivência e terror, Alone in the Dark.”Leia mais... Veja Mais

Como calcular desvio padrão no Excel | Guia Prático

canaltech O método para calcular desvio padrão no Excel é simples e você deve usar a função DESVPADA para aplicar nos intervalos onde os valores se encontram na planilha. O que torna a vida ainda mais fácil é que o cálculo pode ser feito em diferentes versões do software da Microsoft. Como fazer planilhas no Excel 15 modelos de planilhas prontas para o Excel Para que serve o desvio padrão O Excel mostra o grau de dispersão dos dados em relação à média aritmética como resultado do cálculo do desvio padrão. Além disso, o procedimento é capaz de apontar se um conjunto de valores é uniforme. Para medir o nível de homogeneidade dos valores, você pode verificar o quão próximo de zero é o grau de variabilidade. No caso, um desvio padrão próximo de zero indica que os dados estão muito próximos da média — sugerindo um alto grau de homogeneidade. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Por exemplo, essa operação pode ser usada em uma pesquisa de satisfação, com o objetivo de verificar o nível de concordância e discordância das respostas. Como calcular desvio padrão Confira a seguir o tutorial para calcular desvio padrão no Excel em suas versões para computador e celular. Antes de dar os primeiros passos, vale avisar que é necessário estar logado com a sua conta da Microsoft. No celular O passo a passo para calcular desvio padrão no Excel para celular vale tanto para Android quanto iOS. Confira: Digite =desvpada na célula onde você deseja fazer o cálculo; Toque na opção correspondente pelo Excel e no botão de confirmação; Selecione as células com os números para calcular o desvio padrão; Pressione Enter no teclado e confira o resultado. O aplicativo do Excel permite fazer cálculo de desvio padrão de forma bem simples (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) No computador A maioria das versões do Microsoft Excel para PC contam com o mesmo esquema para fazer cálculo de desvio padrão. Por ser mais acessível, a operação foi executada na versão web do software da MS. Veja abaixo: Digite =desvpada na célula onde você deseja fazer o cálculo; Clique na opção sugerida pelo Excel; O Excel sugere a opção DESVPADA, que serve para calcular desvio (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) Selecione as células com os números para calcular o desvio padrão; Toque no botão de confirmação e confira o resultado. O aplicativo do Excel permite fazer cálculo de desvio padrão de forma bem simples (Imagem: Captura de tela/Fabrício Calixto/Canaltech) As dicas não param por aqui e você pode continuar aprendendo tudo sobre Excel no Canaltech. Aprenda a calcular média, fazer uma tabela dinâmica, congelar linha e coluna e criar códigos de barras na plataforma de planilhas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

Novo jogo ao estilo Tibia está chegando em breve! Conheça Ravendawn

Novo jogo ao estilo Tibia está chegando em breve! Conheça Ravendawn

Tecmundo Em um cenário no qual os MMORPGs se reinventam constantemente, surge Ravendawn, um jogo que promete trazer de volta a essência de clássicos como Tibia, mas com um toque de modernidade. Previsto para lançamento em 16 de janeiro de 2024, o título já está criando hype nos jogadores, especialmente entre aqueles que guardam boas lembranças dos tempos áureos de Tibia. Confira o trailer:Leia mais... Veja Mais

ChatGPT, Bard, Copilot e mais: as 7 melhores IAs de 2023

ChatGPT, Bard, Copilot e mais: as 7 melhores IAs de 2023

Tecmundo A inteligência artificial está transformando radicalmente a maneira como interagimos com a tecnologia e o ano de 2023 veio para comprovar este fato. Desde a geração de texto avançada até o desenvolvimento autônomo de veículos, as IAs estão moldando o futuro.Diante de tantas novidades que surgem pelo mundo tecnológico, é importante conhecer aquelas que estão liderando o setor em termos de inovação e experiência facilitada para os usuários. Quer saber mais sobre as melhores IAs de 2023? Continue lendo e conheça a lista que preparamos para você!Leia mais... Veja Mais

Como transformar o Apple Watch em um Walkie-Talkie?

Como transformar o Apple Watch em um Walkie-Talkie?

Tecmundo O Apple Watch vem evoluindo a cada nova versão. O que antes era apenas um relógio digital com recursos limitados, hoje é um gadget quase essencial para quem necessita de uma vida conectada. Para se ter uma ideia, já é possível até mesmo se comunicar através da voz usando ele como um walkie-talkie, ou os rádios da Era Nextel. O recurso permite que você se comunique com uma outra pessoa, através de mensagens de voz, de forma similar ao aparelho que era uma febre nos anos 80 e 90. E o melhor de tudo: a função é nativa do Apple Watch, ou seja, não é preciso recorrer a outros apps para realizar a mecânica. Leia mais... Veja Mais

NVIDIA aponta interesse em usar litografias da Intel junto aos processos da TSMC e Samsung

tudo celular Gigante de hardware diz que ?adoraria uma terceira? prestadora de serviços de fundição além da Samsung e TSMC. Veja Mais

Os 6 melhores filmes com Ethan Hawke, astro de O Mundo Depois de Nós

canaltech Prestes a completar 40 anos de carreira, Ethan Hawke é um dos artistas mais consagrados da indústria cinematográfica. Nascido no Texas, nos EUA, o garoto que sonhava em ser escritor, mas acabou se rendendo à atuação, começou sua carreira em peças de teatro, conquistando ainda, aos 14 anos, o seu primeiro papel nos cinemas. 7 melhores filmes com Idris Elba 5 melhores filmes e séries com Pedro Pascal O sucesso veio logo depois, quando deu vida ao estudante Todd de Sociedade dos Poetas Mortos. Muito elogiado por sua interpretação, o ator conseguiu chamar a atenção de Hollywood e continuou a trilhar uma carreira em ascensão, se aventurando por filmes de diferentes gêneros. Atualmente com um currículo que vai do faroeste Sete Homens e um Destino, passa pelo thriller O Mundo Depois Nós e chega até a trilogia romântica Before, não há nada que o artista pareça não ser capaz de fazer. Para conhecer melhor o extenso currículo do astro norte-americano, veja abaixo os 6 melhores filmes da carreira de Ethan Hawke. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- 6. Sociedade dos Poetas Mortos   Primeiro grande papel de Ethan Hawke nos cinemas, Sociedade dos Poetas Mortos é um filme de 1989 dirigido por Peter Weir. Na trama, ambientada no final dos anos 1950 em uma escola preparatória para garotos, acompanhamos um grupo de estudantes impactados pela chegada do novo professor de inglês, John Keating (Robin Williams). Muito diferente dos outros docentes do colégio, Keating se torna um verdadeiro mestre e herói para seus alunos. Com ensinamentos preciosos, o professor inspira os jovens a viverem a vida sobre seus próprios termos, o que inclui reviver um antigo clube de poesia em que conseguem dar vazão às suas aspirações artísticas. Vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original, o filme traz Ethan Hawke no papel de Todd Anderson, um estudante bastante tímido, que ganha vida ao frequentar as aulas do novo professor. Com uma atuação doce e delicada, o ator conseguiu chamar atenção de Hollywood, se tornando um dos “jovens para ficar de olho” da nova geração. Sociedade dos Poetas Mortos está disponível no Star+. 5. Antes do Amanhecer   Primeiro filme de uma trilogia que se consagrou como uma das maiores histórias de amor do cinema, Antes do Amanhecer é um longa-metragem de 1995 dirigido por Richard Linklater. Sucesso de crítica e público, ele deu origem às sequências Antes do Pôr-do-Sol e Antes da Meia-Noite. Sua trama conta a história de Jesse (Ethan Hawke) e Céline (Julie Delpy), um casal que se conhece durante uma viagem de trem pela Europa e decide descer em Viena para passar o dia juntos. Um encontro que precisa terminar antes que o dia amanheça, mas que fica marcado para sempre na vida dos dois. Um marco na carreira de Ethan Hawke — não à toa, o ator voltou a interpretar o jovem Jesse nas duas continuações da produção —, Antes do Amanhecer ganhou uma base de fãs bastante fiel, que manteve acesa a popularidade do filme mesmo passados tantos anos. Antes do Amanhecer está disponível na HBO Max e para locação e compra na Amazon e Google Play. 4. Gattaca: A Experiência Genética   Escrito e dirigido por Andrew Niccol, Gattaca: A Experiência Genética é um filme de ficção-científica lançado em 1997. Queridinho da crítica, foi durante suas gravações que Ethan Hawke conheceu Uma Thurman, atriz com quem se casou e teve a filha Maya Hawke — a Robin de Stranger Things. Ambientado em um futuro dominado pela eugenia, no qual humanos com maior potencial podem ser geneticamente criados em laboratório, o filme segue os passos de Vincent Freeman (Ethan Hawke), um jovem “inválido”, concebido de forma natural. Disposto a perseguir seu sonho de se tornar um astronauta, Vincent se passa por um “válido”, conseguindo assim a composição genética ideal para o emprego. No entanto, um assassinato ocorrido no conglomerado Gattaca o coloca na mira das autoridades, fazendo com que seu segredo corra o risco de vir a público. Gattaca - A Experiência Genética está disponível para locação e compra na Amazon, Google Play, Microsoft Store e iTunes. 3. O Predestinado   Lançado em 2014, O Predestinado é um dos filmes mais populares da carreira de Ethan Hawke. Mais de dez anos depois de seu lançamento, ele ainda é apontado como um filme de “explodir cabeças”, daqueles em que é preciso prestar atenção aos detalhes e aproveitar a jornada. Dirigido pelos irmãos Peter e Michael Spierig, ele acompanha Doe, um agente temporal prestes a realizar sua última missão: finalmente prender o criminoso que há tempos vem caçando. Um objetivo, no entanto, que não será fácil de cumprir. Baseado no conto All You Zombies, do famoso escritor de sci-fi, Robert A. Heinlein., o filme conta ainda com os atores Sarah Snook e Noah Taylor em seu elenco. O Predestinado está disponível na HBO Max e para locação e compra na Amazon, Microsoft Store e iTunes. Assine a Disney+ aqui e assista a títulos famosos da Marvel, Star Wars e Pixar quando e onde quiser! 2. No Coração da Escuridão   Dirigido por Paul Schrader, No Coração da Escuridão é um filme de drama de 2017. Protagonizado por Ethan Hawke, o longa conta a história de Toller, um capelão que está lutando contra uma crise de fé desde que seu filho morreu. Perdido e se sentindo culpado, já que incentivou o rapaz a se alistar no exército, Toller acaba se aproximando de Mary (Amanda Seyfried) e Michael (Philip Ettinger), uma jovem paroquiana e seu marido ambientalista radical. Uma aproximação que leva o capelão a descobrir segredos inescrupulosos da sua igreja. Distribuído pela A24 nos EUA, o filme foi elogiado especialmente pela atuação de Ethan Hawke, que ganhou o prêmio de melhor ator do Independent Spirit Awards e do Gotham Awards. No Coração da Escuridão está disponível para locação e compra na Amazon e iTunes. 1. Dia de Treinamento   Thriller policial de 2001, Dia de Treinamento é um filme protagonizado por Denzel Washington e Ethan Hawke — dobradinha até hoje aclamada pelos fãs do gênero. Dirigido por Antoine Fuqua, o título segue os passos de Jake (Ethan), um jovem policial que quer muito trabalhar na equipe de narcóticos. Ao conseguir o tão sonhado emprego, no entanto, Jake tem de lidar com Alonzo (Denzel), seu parceiro veterano e corrupto. Um policial sem escrúpulos que decide usar o jovem para encobrir um erro que ele cometeu com a máfia russa. Muito aclamado, o filme rendeu a Hawke uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Além disso, sua popularidade entre o público fez com que ele ganhasse uma série derivada, estrelada por Bill Paxton e Justin Cornwell, e que funciona como uma continuação do filme. Dia de Treinamento está disponível na HBO Max e para locação e compra na Amazon, Google Play, Microsoft Store e iTunes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

Estamos realmente vivendo em um multiverso? Filósofo diz que não

Estamos realmente vivendo em um multiverso? Filósofo diz que não

Tecmundo Em um artigo publicado no The Conversation, o filósofo e escritor britânico Philip Goff contesta a teoria do multiverso, que defende um aparente ajuste fino das constantes físicas para explicar a existência da vida. De acordo com essa hipótese da física teórica, nosso Universo seria um entre infinitos universos, cada um com suas próprias leis físicas.Para exemplificar a hipótese de que certos números na física tinham que estar dentro de uma faixa muito estreita para a vida existir, alguns físicos citam a força da energia escura, que impulsiona a expansão acelerada do Universo. Se ela fosse um pouquinho mais forte, a matéria não conseguiria nem se aglomerar. E, como nenhuma partícula teria se combinado, não existiriam estrelas, nem planetas e nenhum tipo de vida. Leia mais... Veja Mais

Esqueça a HBO: Apple TV+ está se tornando referência em séries de qualidade

Esqueça a HBO: Apple TV+ está se tornando referência em séries de qualidade

Tecmundo Pense em qual dos serviços de streaming disponíveis no mercado entrega a melhor coleção de séries. É bem provável que o primeiro nome que tenha vindo à sua mente seja a HBO Max. E faz total sentido – afinal, este streaming tira proveito do catálogo pregresso do canal de TV (com obras inesquecíveis com Sopranos, Game of Thrones e The Wire), assim como foi capaz de investir em grandes clássicos recentes, como a icônica Succession, encerrada em 2023.Mas mesmo com toda a tradição, um outro serviço de streaming tem encontrado grande destaque no mercado. Falamos aqui da Apple TV +, plataforma que, mesmo tendo um catálogo bem mais enxuto, tem se tornado uma grande referência em qualidade de séries.Leia mais... Veja Mais

Fácil de consertar: Fairphone 5 é desmontado e recebe nota máxima em reparabilidade no iFixit

tudo celular Fairphone 5 mantém boa fama dos antecessores e recebenota 10 de 10 em reparabilidade. Veja Mais

AI Act: União Europeia firma acordo para projeto de lei que regulamenta uso da Inteligência Artificial

tudo celular Bloco continuará trabalhando nas próximas semanas para finalizar os detalhes do novo regulamento. Veja Mais

Entenda o final de O Mundo Depois de Nós, novo filme da Netflix

Entenda o final de O Mundo Depois de Nós, novo filme da Netflix

Tecmundo Assistiu ao filme O Mundo Depois de Nós na Netflix e ficou sem entender que fim levou as famílias Sandford e Scott? Confira agora o final explicado do filme estrelado por Julia Roberts, Ethan Hawke e Mahershala Ali.O novo thriller dirigido por Sam Esmail é típico filme com tema apocalíptico, mas que sabe como fugir do padrão ao apresentar grandes impasses até os últimos instantes. A trama principal do filme coloca duas famílias dividindo uma mesma casa enquanto coisas estranhas começam a ocorrer pelos Estados Unidos. Leia mais... Veja Mais

Wonka | Conheça o conto original de Roald Dahl

canaltech Protagonizado pelo queridinho de Hollywood, Timothée Chalamet, Wonka é um musical que conta a história do doceiro maluco que faz de tudo para conseguir vender seus doces e criar a sua fábrica de chocolate. O personagem, que se tornou um dos mais icônicos entre as obras infantis, também aparece em outros dois longas: A Fantástica Fábrica de Chocolate, de 1971, e o remake homônimo de 2005, estrelado por Johnny Deep. O que muita gente não sabe é que todos esses filmes são baseados no conto do escritor inglês Roald Dahl. Mas afinal como é a história original? Wonka | O que esperar do prequel de A Fantástica Fábrica de Chocolate? 7 filmes infantis que nos traumatizaram para a vida toda Escrito em 1964, o livro Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate, vendeu mais de 250 milhões de cópias no mundo todo e conta uma história divertida e intrigante. Na trama, Charlie Bucket é um menino que adora chocolate, assim como o Sr. Willy Wonka, o dono da maior fábrica de chocolates da cidade, e que está abrindo seus portões para que cinco crianças sortudas possam conhecê-la. Para isso, elas só precisam encontrar o bilhete dourado que está escondido em algumas barras do doce. Quem achá-lo, terá a chance de descobrir as maravilhas que o lugar esconde, como rios de chocolate, quebra-queixos, doces mexe-mexe e outras infinidades de guloseimas. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- O livro Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate de Dahl serviu de inspiração para os filmes. (Imagem: Divulgação/Galera Junior) Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções da internet diretamente no seu celular! Quem foi Roald Dahl? Autor de sucessos como James e o Pêssego gigante, Matilda e O Remédio Maravilhoso de Jorge, Roald Dahl nasceu em 1916, no País de Gales, viveu a infância na Inglaterra e se mudou para a África aos 18 anos, para trabalhar na companhia de petróleo Shell. Ele também participou Segunda Guerra Mundial como piloto da Real Força Aérea da Inglaterra e tempos depois começou a escrever. No Brasil, seus livros mais famosos são Matilda e Charlie e A Fantástica Fábrica de Chocolate, justamente porque foram adaptados para o cinema. Ainda assim,é possível encontrar outros títulos à venda por aqui, como As Bruxas, Os Pestes e O Bom Gigante Amigo. A diferença entre o livro e os filmes Willy Wonka já foi vivido por Timothée Chalamet, Johnny Deep e Gene Wilder. (Imagem:Divulgação/Warner Bros) Apesar de serem adaptações bem fiéis ao texto original, os filmes da Fantástica Fábrica de Chocolate deram a Willy Wonka mais camadas emocionais. A primeira adaptação, dirigida por Mel Stuart, mostra o personagem como um homem excêntrico e quase enigmático, daqueles que escondem suas motivações reais para suas atitudes. Ele foi vivido por Gene Wilder e até hoje é uma das figuras mais lembradas do cinema — além de ter virado meme nas redes sociais. Já o remake de 2005, feito por Tim Burton, adicionou camadas mais sombrias ao personagem e também explorou sua história de vida e a relação turbulenta com seu pai, um dentista metódico que o impedia de comer quaisquer tipos de doce e o tolia de toda diversão possível. Quem deu vida ao personagem foi Depp, que criou uma personalidade sombria, ingênua e até sarcástica para ele. Por fim, Wonka, de 2023, é o que mais aprofunda as camadas psicológicas do personagem, já que o filme é totalmente focado na sua história, deixando as crianças sortudas de lado. Wonka: a prequência da Fantástica Fábrica de Chocolates Como o conto de Roald Dahl não se debruça muito sobre a vida de Willy Wonka, a prequência lançada em 2023 é apenas levemente inspirada na obra do autor inglês. Isso porque o filme é focado em contar a relação do doceiro maluco com sua falecida mãe, além de mostrar como ele conseguiu criar a Fábrica de Chocolate.   Dirigido por Paul King (As Aventuras de Paddington), a obra mostra o protagonista enfrentando três magnatas da indústria do chocolate que querem acabar com seus planos de criar a fábrica. Além deles, Olivia Colman dá vida a dona de uma pousada horripilante, que trapaceia e faz da vida de Wonka um verdadeiro inferno. Para sorte do mocinho, ele conta com a ajuda de alguns amigos, em especial Noodle, uma garota órfã que se torna sua grande aliada. Com um enredo inovador, Wonka é o longa que mais foge da obra de Dahl, mas de certo modo se mantém fiel à essência do autor, ao criar um filme que explora a fantasia e é embalado por várias canções. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Alga-perolada, um dos maiores organismos unicelulares do mundo Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Google lança IA Gemini capaz de ensinar matemática e programar Veja Mais

Nintendo Switch: os 40 melhores jogos com até 90% de desconto

Nintendo Switch: os 40 melhores jogos com até 90% de desconto

Tecmundo Nintendista, pare o que está fazendo neste instante e venha comigo conferir os principais jogos em promoção para os consoles da família Nintendo tanto em mídia física quanto em formato digital! Mas se prepare porque a tentação vai ser alta: tem ótimos jogos para Nintendo Switch com até 90% de desconto!Entre as ofertas em destaque para Nintendo Switch desta semana você vai encontrar títulos como Trinity Trigger, Octopath Traveller II, LEGO Star Wars: The Skywalker Saga, Mario + Rabbids Kingdom Battle, Katamari Damacy REROLL, Tales of Vesperia e Mana Spark, que está custando apenas R$ 9,00 na eShop brasileira.Leia mais... Veja Mais

INSS vai usar inteligência artificial para identificar atestados fraudulentos

INSS vai usar inteligência artificial para identificar atestados fraudulentos

Tecmundo A inteligência artificial (IA) vai ajudar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a detectar fraudes em atestados médicos. O órgão federal vai adotar a ferramenta amplamente no começo de 2024 para identificar documentos fraudulentos enviados para solicitar benefícios.Com a tecnologia, os dados serão cruzados para mapear quaisquer irregularidades. Um dos bancos usados será o Atestmed, que fica dentro do site e do aplicativo Meu INSS. Esse sistema envia digitalmente a documentação médica do cidadão ao órgão.Leia mais... Veja Mais

Chevrolet Bolt | Nova geração chega em 2025 com preço mais acessível

canaltech A atual geração do Chevrolet Bolt, um dos primeiros carros elétricos do Brasil, tem data para sair de cena. Essa, no entanto, não é uma má notícia para quem é fã do hatch da General Motors. A CEO da montadora, Mary Barra, confirmou que a nova geração do Chevrolet Bolt chegará ao mercado em 2025 recheada de novidades. Qual é a melhor versão do Chevrolet Bolt? Peugeot e-2008 GT x Chevrolet Bolt EUV: Qual o melhor SUV elétrico? A principal delas será uma considerável redução no preço do hatch elétrico, que hoje custa quase US$ 30 mil nos Estados Unidos (R$ 146,9 mil, na conversão); no Brasil, ele não sai por menos de R$ 280 mil. Atual geração do Chevrolet Bolt sairá de cena em breve (Imagem: Divulgação/General Motors) De acordo com a executiva, a GM trocará as atuais baterias de íons de lítio por uma nova geração de células de fosfato de ferro-lítio (LFP). Segundo Mary Barra, essa alteração terá grande impacto nos custos de produção e, consequentemente, no valor final do Chevrolet Bolt, pois irá gerar uma economia de bilhões em “despesas de capital e engenharia”. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Quanto vai custar o novo Bolt? A GM ainda não confirmou nenhuma possível especificação da nova geração do Chevrolet Bolt, mas a ideia é repassar a redução nos gastos com as baterias, em torno de 20%, para o preço final do carro. Desta forma, o hatch elétrico, que nos Estados Unidos Beira os US$ 30 mil, baixaria para menos de US$ 25 mil e passaria a se encaixar no rol dos modelos mais populares. Será que, se vier ao Brasil, a nova geração do Chevrolet Bolt também será 20% mais barata que a atual? Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Chevrolet Bolt 2022 (Review) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Baldur's Gate 3 é eleito o jogo do ano no TGA 2023; confira os vencedores Veja Mais

A Escala Kardashev de civilizações extraterrestres

A Escala Kardashev de civilizações extraterrestres

Tecmundo Desde tempos remotos, vemos no Cosmos uma janela de maravilhas infinitas que nos convidam a explorar os limites da imaginação e as fronteiras do nosso conhecimento. À medida que vivemos nossas rotinas diárias, por vezes nos encontramos refletindo acerca do grande esquema das coisas. Estamos sozinhos no Universo? Se existem outras civilizações, onde estão? Seriam parecidas com a nossa ou inteiramente diferentes?Embora tenhamos a tendência de nos considerar parte de uma civilização relativamente avançada, em um contexto cósmico somos meros recém-nascidos. Leia mais... Veja Mais

AMD fará distinção clara entre APUs Ryzen 8040 com e sem Ryzen AI

canaltech A AMD irá introduzir o novo selo Ryzen AI a partir da nova geração de processadores Ryzen 8040 para notebooks. Essa nova marca visa eliminar confusões e deixar claro para o consumidor exatamente quais modelos têm a nova tecnologia de aceleração de IA embarcada nas APUs. Nvidia | IA é o próximo ponto de inflexão da indústria de games Qual o futuro da inteligência artificial na AMD? O movimento faz parte de uma das iniciativas da empresa para melhorar a comunicação sobre as capacidades e características de diferentes produtos dentro de uma mesma família. Isso acontece principalmente porque alguns Ryzen 7000 para notebooks já contam com tecnologia Ryzen AI, logo alguns consumidores assumiam que todas as APUs 7040 traziam essa funcionalidade, que, na verdade, era restrita a alguns modelos. Selo Ryzen AI irá identificar produtos com aceleradores de IA embarcados. (Imagem: AMD/Reprodução) Nova estratégia de comunicação É comum as fabricantes de hardware trazerem portfólios robustos para produtos de uma mesma geração, aproveitando ao máximo os silícios produzidos. De maneira geral, essas alterações são indicadas por subséries dentro daquela família de componentes, como nos processadores Ryzen 9 7950X e 7950X3D. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Apesar de ser possível identificar que se tratam de produtos distintos, é necessário consultar as especificações detalhadas para entender a diferença real entre as CPUs, e isso nem sempre é trivial para consumidores menos experientes. Ainda assim, essas alterações quase sempre impactam em resultados em usos bem específicos, mas geralmente oferecem as mesmas tecnologias. Selos laranja e cinza vão diferenciar notebooks com processadores Ryzen topo de linha e alto desempenho de modelos de baixo consumo. (Imagem: AMD via Wccftech/Reprodução) Para esclarecer melhor a comunicação sobre esses produtos, a AMD ainda introduziu um novo padrão de selos para os Ryzen 7000. As APUs Ryzen 7020, 7030 e 7035 para notebooks ultrafinos e de uso geral vão utilizar um selo com fundo cinza, enquanto os 7040 e 7045 topo de linha, para setups gamer e de alto desempenho, vão adotar um selo com fundo laranja, bem chamativo. ???? Compre notebooks com processadores Ryzen pelo melhor preço! ???? Compre processadores AMD Ryzen pelo melhor preço! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Edifier anuncia fone Zero X no Brasil com driver feito de garrafas PET

canaltech A Edifier anunciou o lançamento dos seus mais novos fones de ouvido sem fio no Brasil. Após sua estreia na China, o Edifier Zero X chegará com foco em elegância e leveza, apostando em visual diferenciado com driver reciclado feito a partir de garrafas PET. Qual é o melhor fone de ouvido da Edifier? Melhor fone de ouvido Bluetooth do tipo TWS Em nota à imprensa, a marca destaca que a composição do driver (alto-falante que projeta o som no ouvido dos usuários) é proveniente de garrafas PET: "material flexível e sustentável que incentiva a reciclagem", sendo este um dos motivos pelo qual "seu peso é leve e confortável" sem comprometer a qualidade sonora. Edifier Zero X chega em breve ao Brasil nas cores Cinza Carbono, Branco Lua e Verde Feijão (Imagem: Divulgação/Edifier) Com grande apelo visual graças ao estojo de dois acabamentos com região reflexiva na tampa, o dispositivo conta ainda com a frase "Enjoy The Moment" ("aproveite o momento", em inglês) estampada na área frontal. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- O driver dinâmico reciclado de 13 mm oferece experiência sonora imersiva com som Hi-Fi de alta definição e graves detalhados para quem busca som mais encorpado. Já a tecnologia Bluetooth 5.3 oferece conexão multiponto para pareamento simultâneo entre o smartphone e outro dispositivo, como PC, notebook ou tablet, e troca rápida para tornar o dia a dia mais prático. Os drivers do Edifier Zero X se destacam por serem compostos de plástico PET reciclado (Imagem: Divulgação/Edifier) Os fones ainda contam com comandos por toque para pausar e avançar músicas, além de oferecer proteção IP54 para maior resistência contra água e poeira. Ao parear com o aplicativo da Edifier, os usuários podem visualizar detalhadamente características como bateria das cápsulas e do estojo de carregamento, verificar atualizações de software e ajustar o equalizador para o estilo sonoro de preferência. Quanto à duração de bateria, a empresa promete até 7 horas de uso contínuo, com até 28 horas de uso combinado com o estojo de carregamento, que suporta carregamento rápido para fornecer até 1,5 hora de uso adicional após apenas 15 minutos na tomada. Preço e disponibilidade O Edifier Zero X chega em breve ao Brasil nas cores Cinza Carbono, Branco Lua e Verde Feijão. A empresa ainda não divulgou data de disponibilidade ou preço sugerido. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Mercedes-Benz lança Classe A inspirado no PlayStation 5

canaltech A Mercedes-Benz anunciou o lançamento de uma versão especial do Classe A, seu hatch médio/compacto. A montadora alemã fez uma parceria com a Sony para criar o Classe A 250e Vibes, com design e acabamento inspirados no PlayStation 5. Mercedes-Benz Classe A 2024 chega ao Brasil em versão híbrida-leve Quanto custa um Mercedes-Benz? À venda somente na Itália por €56 mil (R$ 297 mil na cotação atual), o Classe A do PlayStation 5 foi adaptado sobre a versão híbrida plug-in do hatch, composto por um motor 1.3 turbo de 160cv e outro elétrico de 102cv que, atuando em conjunto, rendem 218cv e 45,8 kgf/m de torque. O câmbio é de dupla embreagem e com oito marchas O 0 a 100km/h é feito em 7,4 segundos, quase tão rápido quando o SSD do console. Além disso, a bateria de 15,6 kgf/m permite que o hatch rode no modo 100% elétrico por 68km no ciclo WLTP. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Visual do hatch segue invocado e lembra o PlayStation 5 (Imagem: Divulgação/ Mercedes-Benz) No interior, tudo segue igual em relação ao Classe A topo de gama, com a central multimídia padrão do grupo Mercedes munida de inteligência artificial, espelhamento com celulares e sistema de som assinado pela Burmester. O design recebeu aplicações de chrome delete e está bem sintonizado com o que vimos no Play 5. A cor, obviamente, tem um tom branco perolizado que remete ao console, enquanto outros adereços como saias laterais, pára-choques e rodas receberam tonalidades escuras para lembrar algumas peças do videogame. Quem comprar um Mercedes-Benz Classe A 250e Vibes vai ganhar uma unidade do PlayStation 5 na versão digital e uma unidade do jogo Gran Turismo 7. O modelo não será vendido no Brasil, mas pode chegar em outros mercados na Europa. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Lapsus$: cibercriminoso que vazou GTA 6 diz que voltará a cometer crimes

Lapsus$: cibercriminoso que vazou GTA 6 diz que voltará a cometer crimes

Tecmundo O hacker Arion Kurtaj, que é acusado de ser um dos integrantes do grupo de cibercriminosos conhecido como Lapsus$, deve continuar detido no Reino Unido. Morador de Oxford, o jovem de 18 anos foi novamente ouvido no tribunal, mas não teve a sentença revogada.De acordo com a BBC, o promotor do caso, Kevin Barry, até perguntou na corte se o jovem voltaria a cometer crimes caso fosse libertado. "Foi isso que ele me disse da última vez que eu o vi", relatou a psiquiatra que acompanha o réu, Claudia Camden-Smith.Leia mais... Veja Mais

Como O Mundo Depois de Nós termina no livro? Veja diferenças do filme

Como O Mundo Depois de Nós termina no livro? Veja diferenças do filme

Tecmundo Lançado nesta sexta-feira (8) na Netflix, o longa-metragem O Mundo Depois de Nós (Leave the World Behind, no original) conta com Julia Roberts, Mahershala Ali e Ethan Hawke nos papéis principais.Baseado no livro de mesmo nome do escritor norte-americano Rumaan Alam, a produção tem um desfecho relativamente diferente da obra literária. Leia mais... Veja Mais

Jogo do Tigre pode ser regularizado no Brasil? Entenda o Projeto de Lei

Jogo do Tigre pode ser regularizado no Brasil? Entenda o Projeto de Lei

Tecmundo A operação policial no Paraná que resultou em apreensões e prisão de influenciadores digitais na cidade de Curitiba colocou em evidência o golpe envolvendo o Jogo do Tigrinho, chamado Fortune Tiger.Essa não é uma ocorrência isolada no Brasil, que proíbe a divulgação de jogos de azar e cassinos online desde os anos 40. No entanto, esse cenário deve mudar se o Projeto de Lei (PL) 3626 for aprovado pelo Senado Federal e sancionado pelo Presidente Lula.Leia mais... Veja Mais

Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023)

canaltech Dezembro geralmente é um mês mais calmo para filmes, sendo que muitas pessoas começam a se preparar para o recesso do fim de ano, aproveitando uma ou outra produção mais tranquila — mas não parece ser o caso de 2023. Toda semana, a lista dos longas mais vistos é cada vez mais quente e com títulos que não só marcaram o ano, mas outros que ressurgiram na mente do público de um jeito que se enfiaram no Top 10. Lançamentos do Prime Video na semana (07/12/2023) Lançamentos da HBO Max na semana (06/12/2023) Surpreendendo ninguém, a dupla Oppenheimer e Barbie estão no ranking dessa semana, depois de terem feito um barulho imenso em sua passagem nos cinemas. O filme sobre o cientista que liderou o projeto de criação da bomba atômica e a adaptação da boneca da Mattel causaram um rebuliço na cultura pop em 2023, sendo o centro do fenômeno Barbenheimer. Agora, ambos estão ali, entre os filmes mais assistidos em plataformas digitais e streaming. A lista ainda trouxe a última grande aventura de Indiana Jones, que chegou recentemente ao streaming, além de o primeiro capítulo de uma franquia que voltou aos cinemas no final do ano e que fez todo mundo correr atrás do resto da história. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Esses são apenas alguns dos destaques entre os filmes mais vistos da semana, então, confira a lista completa com base nos dados coletados a partir das buscas de usuários do JustWatch. 10. Nunca Deixe de Lembrar   Nunca Deixe de Lembrar é um filme que representou a Alemanha no Oscar de 2019, concorrendo ao prêmio de Melhor Filme Internacional. O longa, inspirado na vida do pintor alemão Gerhard Richter, conta a história de um jovem artista que consegue escapar da Alemanha Oriental, mas que vive atormentado pelos traumas de sua infância sob o regime dos nazistas. Nunca Deixe de Lembrar está disponível na Netflix, e para locação e compra no Claro Video, iTunes e Amazon. 9. Besouro Azul   Besouro Azul é o mais recente filme baseado em quadrinhos da DC Comics, que gira em torno de Jaime Reyes, um jovem que retorna à sua cidade após se formar, mas fica sem rumo na vida. Ao entrar em contato com um artefato alienígena, é escolhido para ter poderes através de uma armadura especial, e precisa salvar a sua família e todos que conhece de vilões que querem todo esse poder. O filme é divertido, ainda que seja a típica aventura de super-heróis, não trazendo nada de novo ao gênero. Mesmo assim, Besouro Azul tem um charme especial, principalmente para o público latino, por conta das situações e referências que traz. Besouro Azul está disponível na HBO Max, e para locação e compra no iTunes, Amazon e Google Play Store. 8. Jogos Vorazes   Jogos Vorazes é um excelente filme baseado no livro homônimo de Suzanne Collins e que, de certa forma, iniciou uma mania momentânea em Hollywood de tentar adaptar livros para jovens em torno de realidades distópicas. Porém, apenas a franquia em torno de Katniss Everdeen deu certo, uma prova da qualidade da sua história. O filme, que catapultou a carreira de Jennifer Lawrence ao estrelato, mostra uma realidade em que pessoas de diversos distritos de um país devastado por guerras precisam lutar até a morte anualmente em jogos televisionados para dominar a população através da opressão e medo. Recentemente, um prequel da história, chamado Jogos Vorazes - A Canção dos Pássaros e das Serpentes, chegou ao cinema, o que pode ter reacendido o interesse na franquia. Jogos Vorazes está disponível na Netflix, Prime Video e HBO Max, e para locação no iTunes, Amazon e Google Play Store. 7. Doctor Who - A Fera Estelar   Isso aqui parece uma trapaça, vide que Doctor Who é uma série de TV, mas existe um motivo. As comemorações dos 60 anos da série da BBC fizeram com que a emissora criasse três especiais que servem como ponte para uma nova era do seriado. Por conta disso, cada um desses especiais pode ser considerados "filmes para TV" e, tecnicamente, podem entrar nesta lista. A Fera Estelar marca o retorno de David Tennant (Belas Maldições), agora como o Décimo Quarto Doutor, ao lado de Catherine Tate, que também retorna ao papel de Donna Noble, antiga companheira do viajante no tempo. Apesar de trazer elementos que vão fazer sentido apenas aos fãs, A Fera Estelar tenta contextualizar novos espectadores à trama, que agora é transmitida globalmente por streaming. Doctor Who - A Fera Estelar está disponível na Disney+. 6. Barbie   A maior bilheteria do ano segue firme no ranking dos filmes mais assistidos de dezembro. Com US$ 1,4 bilhão arrecadado em todo o mundo, Barbie foi um verdadeiro fenômeno nos cinemas e continua juntando fãs após o seu lançamento em plataformas digitais, sem sinais de que deve parar tão cedo, vide que em breve também chega ao streaming. O filme de Greta Gerwig (Adoráveis Mulheres) e estrelado por Margot Robbie (O Lobo de Wall Street) é engraçado, traz boas mensagens e ainda faz críticas bastante relevantes à forma como mulheres são tratadas na sociedade. E ainda tem o Ryan Gosling (Dois Caras Legais) sendo um ridículo e se divertindo demais como Ken. Só alegria. Barbie está disponível para locação e compra no iTunes, Amazon, Google Play Store e Microsoft Store. Por apenas R$ 14,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! 5. A Noite das Bruxas   A Noite das Bruxas é um bom filme de suspense e investigação, baseado em uma história da autora Agatha Christie e que traz, mais uma vez, Kenneth Branagh no papel do Detetive Hercule Poirot, tentando desvendar mais um caso de assassinato. A Noite das Bruxas é um filme charmoso e com um grande elenco, com nomes como Michelle Yeoh (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo) e Tina Fey (30 Rock). Apesar de não ser particularmente assustador, é um ótimo exercício para aqueles que gostam de tentar adivinhar quem é o culpado da história antes dos personagens. A Noite das Bruxas está disponível na Star+. 4. Vida   Vida é um filme de ficção-científica que conta a história de seis astronautas de diferentes nacionalidades que convivem em uma estação espacial. Sua missão é estudar amostras coletadas no solo de Marte, mas tudo se torna um risco quando um ser unicelular desperta dentro da estação. Enquanto muitos comemoraram por ser a primeira prova da existência de vida fora da Terra, não demora muito para que eles fiquem em perigo e precisem lutar pela sua sobrevivência. O filme traz no seu elenco Jake Gyllenhaal (O Abutre), Ryan Reynolds (Deadpool) e Rebecca Ferguson (Duna), em um thriller que faz os espectadores ficarem tensos até os seus minutos finais. Vida está disponível no Prime Video e Netflix, e para locação e compra no iTunes, Amazon, Google Play Store e Microsoft Store. 3. Indiana Jones e a Relíquia do Destino   Indiana Jones e a Relíquia do Destino marca a despedida de Harrison Ford (Blade Runner: O Caçador de Andróides) do papel do professor e arqueólogo Dr Henry Jones, ou simplesmente Indiana Jones. Prestes a se aposentar, Indy se vê frente a uma relíquia que buscou no seu passado e que agora pode colocar em risco toda a história da humanidade. Para ajudá-lo na aventura, ele acompanha sua afilhada, Helena Shaw, interpretada por Phoebe Waller-Bridge (Fleabag). O longa de aventura deve agradar em cheio aos fãs do personagem, principalmente depois do fraco quarto filme, Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal. Indiana Jones e a Relíquia do Destino está disponível na Disney+. 2. O Assassino   O Assassino é a mais recente empreitada de David Fincher junto da Netflix, entregando um thriller tenso de vingança e violência, estrelado por Michael Fassbender (X-Men: Primeira Classe). No filme, Fassbender interpreta um assassino de aluguel extremamente meticuloso e cheio de regras. Quando um trabalho sai errado, ele acaba colocando a sua vida e a de pessoas queridas em risco, precisando lidar com a situação da maneira como conhece. O Assassino traz todo o estilo de Fincher na direção, chegando em momentos que parece que o diretor está parodiando a si próprio, mas de maneira que se torna divertida de se acompanhar. O Assassino está disponível na Netflix. 1. Oppenheimer   Certamente um dos melhores filmes do diretor Christopher Nolan, Oppenheimer é um épico que conta a história de J. Robert Oppenheimer, físico americano responsável pelo Projeto Manhattan, que construiu a primeira bomba atômica que foi usada na Segunda Guerra Mundial. Estrelado por Cillian Murphy (Peaky Blinders) e tendo no elenco Emily Blunt (O Diabo Veste Prada), Matt Damon (Interestelar) e Robert Downey Jr (Homem de Ferro), o filme mostra desde os tempos em que Oppenheimer era um estudante na Europa até sua campanha pós-Segunda Guerra para impedir o desenvolvimento de armas ainda mais destrutivas que a bomba nuclear. Oppenheimer está disponível para locação e compra no iTunes, Amazon e Google Play Store. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

Largados e Pelados: participantes ganham alguma coisa? Entenda!

Largados e Pelados: participantes ganham alguma coisa? Entenda!

Tecmundo O universo dos reality shows explora as mais diversas temáticas possíveis – e algumas delas são mais ousadas que outras. Um grande exemplo disso é Largados e Pelados, programa bastante popular da Discovery. O que poucos sabem é que a série contou com um participante brasileiro!Diogo Survive, de 34 anos, deixou o Espírito Santo para se tornar o primeiro participante brasileiro do reality show norte-americano. Ele foi para a África do Sul viver toda a intensidade proposta pelo programa, e revelou alguns segredos, como, por exemplo, qual é o prêmio.Leia mais... Veja Mais

Halo: Veja trailer e data de lançamento da segunda temporada da série

Halo: Veja trailer e data de lançamento da segunda temporada da série

Tecmundo Os fãs do icônico Master Chief que se divertiram com a série inspirada na franquia do herói já podem comemorar! Durante um painel neste final de semana, a Paramount+ divulgou o primeiro trailer da segunda temporada de Halo. Além disso, a sua data de lançamento também foi anunciada oficialmente, com a estreia prevista para o dia 8 de fevereiro de 2024.Como você pode conferir no vídeo abaixo, o trailer não revela muito do que encontraremos nessa nova temporada, mas é mais do que o suficiente para atiçar uma boa curiosidade sobre o que está por vir. Essencialmente, podemos ver algumas cenas por cima de um discurso de Capitão Jacob Keyes, que tenta inspirar as tropas da UNSC contra os ataques do Covenant.Leia mais... Veja Mais

Pix Automático tem regras divulgadas pelo Banco Central

canaltech O Banco Central divulgou o novo conjunto de regras para o Pix Automático. Em nota publicada na última quinta (7), o órgão detalhou como vai funcionar o cancelamento desse tipo de pagamento e confirmou a sua chegada para outubro de 2024 — informação revelada anteriormente, em outubro deste ano. Além disso, o BC confirmou que a opção de Pix Agendado Recorrente será obrigatória. Não devolver Pix recebido por engano é crime e dá cadeia Fiz um Pix errado e a pessoa não quis devolver: e agora? A nova modalidade estará disponível apenas para transações cujo destinatário do valor seja uma pessoa jurídica. O que é o Pix automático? A grosso modo, Pix Automático é uma espécie de “débito automático” da modalidade de pagamentos instantâneos brasileira. Ela poderá ser usada, por exemplo, para pagar academias, instituições de ensino, planos de saúde, assinaturas de revistas, serviços de streaming e contas de água, luz e telefone. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- “O Pix Automático irá facilitar cobranças recorrentes e, como foi desenhado de forma flexível e parametrizável, poderá ser utilizado como forma de recebimento por grande variedade de empresas, de diversos tamanhos e setores de atuação”, explica o Banco Central Essa opção servirá de alternativa, por exemplo, para pagamentos regulares via cartão de crédito. Imagine que na hora de escolher como pagar a mensalidade de um curso, você define o Pix automático como forma de pagamento e o valor é debitado de sua conta corrente/poupança sempre no mesmo dia dentro do período escolhido por você. E tudo isso ocorre mediante uma única autorização, no ato da compra, sem necessidade de repetir o processo toda vez que o pagamento for debitado. Cancelar Pix Automático Segundo as normas divulgadas nesta semana pelo Banco Central, o cancelamento de um Pix Automático pode ser feito a qualquer momento pelo pagador (via sua instituição financeira de escolha) ou então pela empresa recebedora mediante solicitação do cliente. Pix Agendado Recorrente x Pix Automático Apesar de semelhantes e usados para pagamentos recorrentes, ambas as modalidades têm diferenças: Pix Automático: as informações são fornecidas pelo recebedor, que obrigatoriamente precisa ser uma pessoa jurídica; Pix Agendado Recorrente: as informações são fornecidas pelo pagador e o recebedor pode ser pessoa física ou jurídica. De acordo com as novas regras divulgadas pelo BC, o Pix Agendado Recorrente a será obrigatório para todos os usuários do Pix a partir de outubro de 2024. Já aceitar o Pix Automático é facultativo a cada empresa que opta por receber pagamentos usando o sistema do Banco Central. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? O que esperar do iOS 18? | Novos recursos, iPhones compatíveis e mais Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Os 10 filmes mais assistidos da semana (09/12/2023) Será possível transferir a mente humana para o computador? Fóssil de mosquito mais antigo do mundo é encontrado em âmbar Veja Mais

Steam: veja 40 jogos em promoção com até 90% de desconto

Steam: veja 40 jogos em promoção com até 90% de desconto

Tecmundo PC Gamers, uni-vos! Finalmente chegou a aguardada hora de dar aquela conferida semanal nos principais descontões caprichados da loja da Valve! Como sempre, separamos uma bela seleção com alguns dos melhores jogos da Steam com até 90% de desconto!Entre as principais ofertas da Steam nesta semana temos títulos como Disco Elysium, Deponia, Serial Cleaner, Shadow Tactics: Blades of the Shogun, Stealth Bastard, Assassin's Creed Origins, Resident Evil 2 e Rock 'N' Roll Defense, que está custando apenas R$ 1,74. Fãs das séries Metro, Worms e Tomb Raider também estão com sorte, com diversos games destas franquias com preço mais baixo.Leia mais... Veja Mais

Kirin 9006C: Huawei prepara estreia de seu primeiro chip de 5 nanômetros após sanções dos EUA

tudo celular Novo notebook da gigante chinesa será equipado com chip de 5 nanômetros que parece dispensar tecnologias do Ocidente. Veja Mais

O que é um caractere invisível?

canaltech Um caractere invisível é um elemento de formatação de textos em redes sociais que serve como uma forma alternativa para pular linha. O recurso ajuda na organização de conteúdos publicados e pode dar mais destaque a links ou informações específicas em bios e legendas de imagens do Instagram, por exemplo. 7 dicas para você personalizar o Instagram ao máximo Close Friends | Como postar fotos no feed, reels e stories O espaço invisível também pode ser usado em campos de postagem em que a quebra de linha não é possível da forma comum, pelo teclado. Ele não aparece na tela, mas é formado por códigos especiais que são reconhecidos pelos apps e passam a impressão de espaçamento. Caracteres invisíveis inserem espaços em branco nos textos, simulando quebras de linha e facilitando na organização de listas ou links nas redes sociais (Imagem: Gabrielle Henderson na Unsplash) Assim, as descrições de perfis e legendas de imagens não aparecem mais como um único bloco de texto. Os caracteres invisíveis também permitem a criação de listas de itens e até a simulação de títulos, dando mais opções de formatação aos usuários que, por padrão, somente teriam acesso a letras e números exibidos de forma simples. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Como pular linha no Instagram? Nos apps para iPhone e Android, o Instagram não reconhece as quebras de linha, mesmo que elas sejam inseridas nos textos originais de bios e legendas. No campo de publicação, o recurso até funciona usando as teclas Enter ou Retorno do teclado, mas quando salvo, os espaçamentos por vezes são apagados de forma automática, com o texto aparecendo em um bloco único. Ao copiar e colar um caractere invisível no Instagram, os códigos são reconhecidos pela rede social, mas aparecem como um espaço em branco no app. A impressão, então, é de quebra de linha, trazendo maior ênfase aos itens publicados e auxiliando na organização de links ou tópicos, por exemplo. Para usar caracteres invisíveis, siga os passos a seguir: Pressione o dedo sobre o espaço em branco e selecione os caracteres invisíveis entre as aspas, mas sem as incluir: “ ”; Clique em “Copiar”; Na tela de inserir a Bio ou legenda de imagens no Instagram, digite o texto normalmente; Pressione sobre o local onde deseja inserir a quebra de linha e escolha “Colar”. Caracteres invisíveis "enganam" o Instagram e outras redes sociais para simular uma quebra de linha; serviços online também permitem outras formatações (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech) Serviços online também permitem a criação de textos com os caracteres invisíveis já inseridos. É o caso do Instagram Text Spacer (textspacer.com), que também permite o uso de formatações como negrito ou itálico; após escrever, basta copiar e colar no Instagram ou demais redes sociais. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: A Fantástica Fábrica de Chocolate | Como está o elenco hoje em dia? Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Animal mais velho do mundo completa 191 anos; conheça a tartaruga Jonathan 10 carros mais vendidos do Brasil em novembro de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Nubia Z60 Ultra tem design vazado com câmera sob tela após ganhar data de lançamento

tudo celular Celular terá uma experiência fotográfica ?sem precedentes?, segundo fabricante. Veja Mais

Google One reajusta planos de armazenamento em nuvem no Brasil; veja os novos preços

tudo celular Valores dos planos disponíveis no país sofrerão um reajuste de até 20%. Veja Mais

Iogurte e comidas fermentadas reduzem risco de depressão e ansiedade

canaltech Análises mostram que lactobacilos, bactérias presentes em alimentos fermentados e iogurte, podem ajudar a prevenir e aliviar sintomas de depressão e ansiedade. Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade da Virgínia descobriram esses mecanismos com base em pesquisas anteriores, onde camundongos expostos às bactérias Lactobacillus tiveram a depressão revertida. Comida fermentada reduz níveis de estresse Dietas direcionadas ao microbioma intestinal podem melhorar distúrbios cerebrais Para o achado, foram transferidos os micróbios dos intestinos de roedores estressados para roedores sem germes, que passaram a ter comportamentos relacionados à ansiedade e depressão. Os que não tinham lactobacilos no intestino, em particular, mostraram uma resposta maior ao estresse e níveis mais baixos de um fator imune conhecido como interferon gama, envolvido na regulação da resposta ao estresse. Lactobacilos e a saúde mental A ciência já conhecia a relação entre a microbiota intestinal e o cérebro — os micróbios do intestino influenciam nos sinais do sistema nervoso central. Quando presentes em grande quantidade, os lactobacilos, especialmente, modulam essa comunicação na produção de neurotransmissores como serotonina e ácido gama-aminobutírico (GABA), importantes para a regulação do humor. Por isso, o intestino é chamado, muitas vezes, de “segundo cérebro”. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Iogurtes e alimentos fermentados que contenham as bactérias do grupo dos lactobacilos agem no combate e prevenção à depressão, ansiedade e estresse (Imagem: Terri Cnudde/Pixabay) Os lactobacilos também diminuem a inflamação intestinal, o que pode, indiretamente, contribuir para melhoras na saúde mental. Isso, é claro, não quer dizer que apenas comer iogurte irá curar distúrbios da área. O ideal é aplicar alimentos ricos em Lactobacillus na dieta, especialmente probióticos, como uma atitude complementar a tratamentos psicológicos e psiquiátricos. A alimentação é apenas um aspecto da saúde mental, que também é regulada por exercícios físicos, sono adequado e técnicas de gerenciamento de estresse. Suplementos probióticos com lactobacilos poderão, em breve, entrar na prescrição de profissionais de saúde mental, mas, é claro, como uma intervenção terapêutica complementar. Na dúvida, sempre converse com seu médico ou psicólogo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Alga-perolada, um dos maiores organismos unicelulares do mundo Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Google lança IA Gemini capaz de ensinar matemática e programar Veja Mais

COP28 | Como evitar a chegada ao ponto de não retorno na Amazônia?

canaltech Diante da emergência das mudanças climáticas e da crise social na Amazônia, cientistas do Painel Científico para a Amazônia (SPA) compartilham estratégias para evitar que a maior floresta tropical do mundo chegue ao ponto de não retorno. Previsto para sábado (9), o lançamento de uma série de documentos com estas orientações ocorre na 28ª Conferência das Partes realizada pela Organização das Nações Unidas (COP28), em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. COP28 debate "eliminação" dos combustíveis fósseis Emissões de carbono quebram recorde e fortalecem aquecimento global Aqui, vale explicar que o ponto de não retorno para uma floresta é o momento em que as mudanças, provocadas pelo desmatamento, por exemplo, se tornam irreversíveis. Em outras palavras, quando não é mais possível recuperá-la ao estado anterior. Considerando os indicadores da Amazônia, este risco está cada vez maior. Buscando sensibilizar os tomadores de decisão na área das políticas públicas, os membros do SPA indicam quais medidas emergenciais devem ser adotadas na Amazônia para que o bioma continue a existir na forma como é hoje, o que inclui frear as emissões de carbono e combater as ilegalidades. Também é preciso impedir mudanças no uso do solo, provocadas pelo desmatamento, o que reduz a resiliência dessas regiões. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Dentro desse processo de proteção da Amazônia, é fundamental que “a infraestrutura deva ser planejada e implementada por e pelos amazônidas [população natural e/ou que habita a região]”, afirma Ana Carolina Fiorini, pesquisadora vinculada à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e uma das autoras dos documentos, para a Agência Bori. Medidas urgentes na Amazônia Quando se analisa a questão da Amazônia, é preciso pensar em um conjunto de ações. Entre as mais urgentes, estão: frear as emissões de gás carbônico provenientes das queimadas, investir em programa de armazenamento de carbono e priorizar as soluções locais e sustentáveis nos projetos de desenvolvimento regional. Cientistas apontam formas de evitar que a Amazônia chegue ao ponto de não retorno (Imagem: Matt Palmer/Unsplash) Considerando as áreas já desmatadas dentro da floresta tropical, é fundamental pensar em como promover a regeneração natural e o reflorestamento em grande escala. Isso ajudará a impedir a chegada de ponto de não retorno na recuperação do bioma. Em paralelo, é necessário coibir ilegalidades, o que inclui a apropriação indevida de terras públicas florestadas. No oposto desta mesma questão, é importante estimular a recuperação das reservas de madeira. Apenas as comunidades locais devem poder realizar o manejo sustentável nessas áreas. Como um todo, os órgãos ambientais e as lideranças de povos e comunidades tradicionais da região devem ser fortalecidos. Fontes de energia? Na visão dos especialistas do SPA, as soluções energéticas devem ser baseadas em recursos renováveis, mas é preciso evitar grandes projetos como barragens, que geram conflitos socioambientais. “Soluções energéticas para as comunidades que não têm acesso à eletricidade, por exemplo, devem ser descentralizadas”, orienta a cientista Fiorini. É possível viabilizar o uso da energia solar, através de projetos em pequena escala, nesses casos. “A Amazônia já sente o efeito das mudanças climáticas, então toda infraestrutura deve ser pensada para ser resiliente a essas mudanças, além de ser adaptada para a variação sazonal da região”, acrescenta. Questão dos transportes No caso dos transportes, as mesmas questões devem ser ponderadas, sempre priorizando os modais com menor impacto ambiental e emissão de carbono. Nesse caso, são os barcos e os pequenos aviões elétricos. Estratégias para impedir a emissão de carbono na Amazõnia são fundamentais (Imagem: Hannai hai/Pixabay) É importante desestimular a dependência do transporte por rodovias. Isso porque a construção desse tipo de estrada exige muitos recursos, enquanto pode estimular o desmatamento e a degradação florestal. Saneamento básico Considerando a saúde das populações locais da Amazônia e a preservação da biota aquática — os seres vivos que habitam estes ambientes —, é preciso investir no saneamento básico. Nesse processo de implementação, “características e necessidades específicas de cada comunidade devem ser levadas em consideração, e a população local deve ser empoderada para participar do desenvolvimento de novos projetos”, recomendam os pesquisadores, no documento. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Rover da China encontra estruturas enterradas no solo de Marte Alga-perolada, um dos maiores organismos unicelulares do mundo Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Google lança IA Gemini capaz de ensinar matemática e programar Veja Mais

Crítica Propriedade | Thriller nacional é o retrato da barbárie humana

canaltech Protagonista de muitos festivais nacionais e internacionais, o suspense dramático Propriedade chega aos cinemas comerciais no dia 14 de dezembro entregando ao público uma história ímpar que faz um retrato brutal, porém perfeito, da barbaridade que o ser humano é capaz de fazer. 15 melhores filmes brasileiros para assistir na Netflix 10 melhores filmes nacionais no Globoplay Com um texto simples e focado na dualidade do diálogo — são dois lados opostos que não conseguem conversar —, o filme, que teve seu argumento inspirado no cenário político do Brasil de 2018, mostra o que acontece quando dois extremos se chocam.   De um lado, Teresa (Malu Galli) e Roberto (Tavinho Teixeira) são um casal de classe média alta que tem uma fazenda no interior. Enquanto ele é um homem soberbo que pensa que seu dinheiro compra tudo, ela é uma mulher traumatizada pelo assalto que viveu. Juntos, os dois partem em um carro blindado rumo ao casarão, em busca de paz. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Chegando lá, no entanto, encontram o outro lado da moeda: um grupo de trabalhadores rurais que, desesperados pela notícia que serão despejados da fazenda e ficarão sem trabalho, decidem partir para a brutalidade. Primeiro, eles invadem o local em busca de dinheiro, jóias e dos documentos que provam que eles trabalharam anos a fio ali — afinal, nunca foram registrados —; depois, vendo que estão encurralados, usam a violência como meio de comunicação. Propriedade mostra o que até onde a brutalidade humana é capaz de chegar. (Imagem:Divulgação/Símio Filmes) Tudo começa quando o casal surpreende o grupo dentro da fazenda. Roberto, sempre arrogante, decide expulsá-los sem sequer ouvir o que eles têm a dizer. Enquanto isso, sua esposa traumatizada se esconde no carro e espera o desfecho da barganha. Acontece que, depois de alguns “contratempos”, Roberto sai de lá ferido, com um tiro na boca e no olho. A partir desse ponto não tem mais volta, e o que se segue é uma sequência de momentos aterrorizantes que dividem a opinião do espectador. O grupo faz de tudo para tirar Teresa do carro, desde atirar nos vidros blindados até atear fogo no automóvel. Ela, por sua vez, resiste sem ter muita escolha. Usando o automóvel como um dos cenários principais, Daniel Bandeira, que assina o roteiro e a direção, constrói um ambiente claustrofóbico capaz de dar agonia até naqueles mais tranquilos. Do lado de fora, a fazenda também se torna pequena para tamanha tensão. Malu Galli vive Teresa, uma mulher traumatizada que fica enclausurada em um carro. (Imagem:Divulgação/Símio Filmes) Sem dar voltas desnecessárias e nem correr atrás do próprio rabo, Propriedade é um thriller que faz os olhos do público ficarem fixos à tela, sem dar brecha para dispersões. Enquanto o começo é mais lento, a virada da segunda metade ganha fôlego à medida que as sequências de absurdos começam a aparecer. Como apoiar o grupo de trabalhadores depois de tudo que eles fazem? Como ter piedade de Teresa se ela vive em uma bolha de privilégios? Essas são algumas das perguntas que permeiam o filme. No fim, não há resposta fácil — se é que existe uma. Misturando um pouco do incômodo Animal Cordial com o aclamado Que Horas Ela Volta? e salpicando mais um tanto de Bacurau, Propriedade é uma amálgama dos brilhantes filmes nacionais, mas também conseguiu ter personalidade própria para não ser esquecido. Seu final é absurdo e chocante, daqueles que fazem o espectador engolir em seco. Carro de Teresa é queimado pelos trabalhadores rurais. (Imagem:Divulgação/Símio Filmes) Cansado de perder tempo procurando preços baixos? Inscreva-se no Canaltech Ofertas e receba as melhores promoções no seu celular! Um filme de poucas palavras Se tem uma coisa que Propriedade dispensa são os longos diálogos. Apesar de ter um elenco com um número significativo de atores, a obra quase não usa as palavras para contar a história. Malu Galli, por exemplo, vive uma Teresa praticamente muda, já que sua personagem fica enclausurada no carro sem ter com quem conversar. E mesmo só tendo as expressões faciais para mostrar suas emoções, a atriz entrega uma ótima atuação. É nítido ver quando ela ainda tem esperanças de sair daquela situação e quando fica resignada com seu destino. Zuleika Ferreira (à esq.) é a principal protagonista do núcleo dos trebalhadores rurais. (Imagem:Divulgação/Símio Filmes) O restante do grupo também não faz feio e, entre todos, Zuleika Ferreira, a Dona Antônia, é a que ganha mais protagonismo. Ela vive uma mulher a princípio doce (dentro do possível) e amarga no final, reforçando a dicotomia do longa. E é com esse elenco afiado, um texto potente e ácido, e uma direção primorosa na produção, fotografia e na própria arte que Propriedade se firma como um dos melhores nacionais de 2023, merecendo ser assistido pelo maior número de pessoas possível. Lembrando que ele estreia nos cinemas no dia 14 de dezembro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Baldur's Gate 3 é eleito o jogo do ano no TGA 2023; confira os vencedores Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Veja Mais

Os 15 melhores animes lançados em 2023

Os 15 melhores animes lançados em 2023

Tecmundo O ano de 2023 foi excepcional para os fãs de anime, com uma variedade impressionante de obras que capturaram a imaginação e o coração de audiências ao redor do mundo. De aventuras épicas em mundos fantásticos a histórias emocionantes e profundas, tivemos produções para todos os gostos. Desde a continuação de franquias amadas até novos títulos que rapidamente se tornaram favoritos, pudemos acompanhar muitas obras que mostraram todas as maravilhas e excelência do mundo da animação japonesa. Confira a seguir os 15 melhores animes de 2023!Leia mais... Veja Mais

Executivo responsável pelo design do iPhone e Apple Watch está saindo da empresa

Executivo responsável pelo design do iPhone e Apple Watch está saindo da empresa

Tecmundo O chefe responsável pelo design do iPhone e do Apple Watch, Tang Tan, deixará a Apple em fevereiro de 2024. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (8) pela Bloomberg, citando uma fonte ligada ao assunto.O Apple Watch Ultra 2 custa a partir de R$ 9.699 no Brasil. (Foto: Getty Images/Reprodução)Leia mais... Veja Mais

Por que cientistas estão atualizando vacinas de mRNA contra covid-19?

canaltech A tecnologia de mRNA presente em algumas das vacinas mais utilizadas contra a covid-19 pode ter ganhado até o Prêmio Nobel, mas não significa que ela não possa ser melhorada. É exatamente isso que alguns cientistas estão fazendo: estudando aspectos dessa técnica para melhorá-la, garantindo uma imunização cada vez mais eficiente e segura. Ao mesmo tempo, a notícia não deve causar preocupações em quem já recebeu vacinas da Pfizer ou da Moderna. Será que a tecnologia de mRNA pode nos tornar sobre-humanos? Qual a diferença entre DNA e RNA? Estudos anteriores já haviam descoberto uma modificação química que acontece em algumas moléculas de mRNA incluídas nas vacinas, que, por sua vez, fazem com que as sequências “escorreguem” enquanto estão sendo decodificadas na célula. Essa modificação, chamada N1-metilpseudouridina, causou respostas imunes em cerca de um ? de 21 pacientes que participaram de uma pesquisa recente. O que isso quer dizer? Melhorando vacinas de mRNA Algumas das moléculas nas vacinas de mRNA são modificadas por cientistas para ficarem mais duráveis ao evitar que o sistema imune humano as destrua antes de fazerem efeito e simularem a resposta ao coronavírus em nosso corpo. Publicado na revista científica Nature, o recente estudo mostra que, às vezes, essas mudanças podem fazer com que células interpretem erroneamente o mensageiro de mRNA, fazendo com que versões anormais da proteína spike do coronavírus sejam produzidas. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- As vacinas de mRNA continuam sendo melhoradas, o que não quer dizer que os imunizantes já aplicados ofereçam riscos a quem já os recebeu — não há efeitos adversos provados vindos da tecnologia (Imagem: Pfizer Brasil) Após descobrir isso, a equipe conseguiu corrigir as sequências com maior probabilidade de gerar os erros químicos, produzindo apenas as proteínas desejadas e gerando a resposta imune pretendida. Além de melhorar o entendimento da ciência sobre o funcionamento das vacinas, isso faz com que usos futuros da tecnologia, inclusive no tratamento e prevenção de outras doenças, como o câncer, evite esse problema. Não se sabe, no entanto, quais seriam as consequências dessa resposta imune diferente — os pacientes estudados não tiveram sintomas sérios, mas suas respostas de anticorpos não foram analisadas, já que o foco era a tecnologia de mRNA. Os cientistas pretendem estudar o caso mais a fundo para descobrir quais efeitos adversos poderiam advir dessa modificação na proteína spike, mas eles garantem que as vacinas já aplicadas com a tecnologia são seguras, e que seus efeitos superam — e muito — qualquer risco posto pela sua aplicação. Alguns casos provados de efeitos adversos incluem impactos no ciclo menstrual e raras ocorrências de miocardite (inflamação cardíaca). Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Baldur's Gate 3 é eleito o jogo do ano no TGA 2023; confira os vencedores Veja Mais

Qual é o melhor smartwatch para comprar em 2023?

canaltech Escolher um smartwatch pode ser uma tarefa um pouco complicada, principalmente se você ainda não estiver habituado a dispositivos do tipo. Por isso, preparamos uma lista para te ajudar a escolher o melhor vestível para comprar. Qual é o melhor smartwatch para monitorar seu sono? Por que relógios da Huawei rastreiam seu sono diferente dos demais? Aqui, você encontrará opções para diferentes tipos de usuários. Afinal, existem alguns relógios possuem um sistema mais desenvolvido, diversos apps, enquanto outros são mais voltados para a prática de esportes ou até mesmo para uma autonomia absurda de bateria.   Melhor smartwatch no geral O melhor smartphone pode variar conforme o sistema operacional do seu celular. Isso porque existem duas fabricantes que se destacam, onde cada uma atende a um público específico, oferecendo experiências de uso similares para plataformas distintas. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Melhor smartwatch para usar com Android O Samsung Galaxy Watch 6 é o melhor smartwatch ara quem tem celular Android, principalmente da Samsung. O relógio inteligente oferece uma das experiências mais completas do mercado por contar com o sistema Wear OS, que garante a instalação de diversos aplicativos de forma simples, transformando o vestível em um celular de pulso. O Galaxy Watch 6 é o melhor relógio inteligente para celular Android (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech) Uma novidade do Samsung Galaxy Watch 6 é a presença do sensor de temperatura. Esse recurso permite que pessoas, ou até mesmo objetos, tenham a condição térmica verificada com facilidade, permitindo dados ainda mais precisos no relatório geral disponibilizado no Samsung Health. ????Compre o Galaxy Watch 6 no Magalu ????Compre o Galaxy Watch 6 no Mercado Livre ????Compre o Galaxy Watch 6 na Amazon Melhor smartwatch para usar com iPhone O Watch Series 9 é o melhor relógio inteligente para quem tem iPhone. O aparelho tem conexão simplificada com o smartphone da Apple, pois os sistemas iOS e watchOS possuem sincronia maior do que qualquer outra plataforma, já que são desenvolvidos pela Maçã. O modelo mais atual da gigante de Cupertino traz poucas melhorias, quando comparado com o seu antecessor. No entanto, a chegada do Double Tap — Toque Duplo — garante mais versatilidade no uso. O Apple Watch Serie 9 é o melhor smartwatch para quem tem iPhone (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech) Outro ponto positivo desse modelo é que a Apple mudou a geração do seu chip, evoluindo para o S9, que garante mais velocidade ao wearable. Essa alteração na CPU também impactou positivamente na bateria do produto, que pode aguentar a quase 2 dias de uso intenso. ????Veja o preço do Apple Watch Series 9 no Magalu ????Veja o preço do Apple Watch Series 9 no MercadoLivre ????Veja o preço do Apple Watch Series 9 na Amazon Melhor smartwatch em autonomia O Huawei Watch Fit 2 é ideal para você que quer um modelo que irá ficar no seu braço pelo maior tempo possível, sem deixar de lado um bom funcionamento. O dispositivo tem uma aparência mais “híbrida”, que mistura o visual de um smartwatch comum com uma smartband. Dessa forma, ele também acaba herdando a bateria de uma pulseira inteligente e, de acordo com Huawei, a duração de sua carga pode chegar a 10 dias com um uso moderado ou sete com um aproveitamento mais intenso. Ele chegou a cinco dias de uso com um consumo de aproximadamente 50% do tanque. Huawei Watch Fit 2 oferece uma excelente duração de bateria (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech) E a bateria não é a única coisa positiva nele. O modelo também oferece um bom desempenho, com navegação bem fluída na tela e vários modos para acompanhamento de exercícios físicos e monitoramento de saúde. Por ser um modelo mais simples, no entanto, ele não tem tantas opções de aplicativos para download, mas permite baixar apps como o Petal Maps — serviço da própria Huawei —, além de algumas extensões, como monitores cardíacos ou lembretes para beber água. O dispositivo é vendido oficialmente no Brasil e é encontrado no varejo com preço entre R$ 800 e R$ 1.000. Veja ofertas para o Huawei Watch Fit 2 Melhor smartwatch para a prática esportiva O Garmin Fenix 6 Pro é o melhor relógio para você que é atleta, ou simplesmente se o seu foco é monitorar a prática esportiva. Este dispositivo conta com sensores bem rebuscados que permitem registrar com bastante precisão várias modalidades esportivas, tanto terrestres quanto aquáticas. Um ponto negativo, no entanto, é que ele não possui uma tela sensível ao toque, então toda a navegação entre as opções deve ser feita pelos botões físicos distribuídos em volta dele — são cinco, no total. Garmin Fenix 6 Pro Solar tem sensores bem precisos para a prática de exercícios e esportes (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech) Em compensação, a ausência de um display touchscreen gera um benefício extra: sua bateria dura muito. Mesmo com vários recursos ativados é possível ter carga para semanas de uso. No modo “smartwatch”, a marca promete que a autonomia pode chegar a 28 dias. Há ainda uma edição mais avançada, o Garmin Fenix 6 Pro Solar. Este modelo usa carregamento por luz solar para aumentar ainda mais a duração da carga. O preço é um ponto negativo, no entanto. No varejo, as edições mais simples, sem carregamento solar, giram em torno de R$ 5.000 e R$ 5.500. ????Veja ofertas para o Garmin Fenix 6 Pro Melhor smartwatch “baratinho” O Amazfit GTS 4 Mini é o dispositivo ideal para quem deseja se adaptar ao uso de smartwatch, mas não quer gastar o valor das opções mais avançadas. Ele é capaz de acompanhar seus dados de saúde e monitorar atividades físicas sem gastar muito. A Amazfit GTS 4 Mini tem o sistema Zepp OS (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech) Afinal, o modelo oferece várias funcionalidades, e conta com alguns recursos mais populares, como sensor para verificar o nível de saturação de oxigênio no sangue (SpO2) e a frequência cardíaca. Além disso, possui de vários modos para acompanhamento de atividades físicas, tanto internas quanto externas e até mesmo aquáticas. Outro diferencial desse aparelho é o sistema operacional Zepp OS. Apesar de ser simplório e ter poucas opções de apps — apenas 15 —, ele permite que o usuário entenda como um smartwatch funciona, permitindo uma experiência introdutória. ????Veja ofertas para o Amazfit GTS 4 Mini A Xiaomi Smart Mi Band 8 é uma alternativa interessante nessa categoria. Para quem precisa de algo ainda mais simples, a smartband tem um ótimo custo-benefício, principalmente agora que recebeu uma versão global, que traz o idioma português em sua interface. A Xiaomi Mi Band 8 recebeu versão global com o idioma português (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech) O produto está com o design mais interessante, sua tela AMOLED ganhou uma proporção mais atrativa do que a sua antecessora, e os sensores embutidos estão ainda melhores. Outra característica positiva da Mi Band 8 é a possibilidade de usá-la plugada ao tênis para dar dados mais precisos em corridas. ????Compre a Mi Band 8 global no AliExpress ????Compre a Mi Band 8 global na Amazon Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Review TCL 40 NxtPaper | Celular e eReader em um só aparelho

canaltech O TCL 40 NXTPaper é o primeiro celular a chegar ao Brasil com tela e-Ink, ou seja, de tinta eletrônica. Com opção de tela padrão, o smartphone pode ser usado normalmente com a tela própria para leitura, também, com cores e movimentos. O Canaltech analisa o aparelho a seguir e diz o que você pode esperar dele. Review Redmi 13C | O celular 4G básico e bem feito Review Moleskine Smart Writing Set | Caderno físico e digital em um só Prós Tela confortável para leitura Boas câmeras Contras Desempenho abaixo do esperado Tempo de uso deixa a desejar Design normal e tela e-Ink Não há nenhum grande diferencial em design no TCL 40 NxtPaper. É um celular em barra, com botões no lado direito, sendo o de energia também o leitor de impressão digital. Na parte inferior, conectores de fone de ouvido e USB-C para dados e recarga. Um smartphone normal, com acabamento em plástico. Modo de tela NxtPaper colorido é praticamente um celular comum (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)O diferencial está em sua tela. À primeira vista, talvez você não note, mas ela funciona em três diferentes modos: o padrão e dois em NxtPaper, sendo um colorido e outro em preto e branco. Esta opção imita o papel impresso, ou seja, o celular fica mais ou menos parecido com a exibição de um eReader. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- É a tecnologia e-Ink, de “tinta eletrônica”. Apesar de lembrar os leitores eletrônicos, o comportamento da tela no 40 NxtPaper assemelha-se mais a um celular, mesmo. É possível ver movimentos em vídeos e animações normalmente, um avanço considerável comparado ao que vemos no Kindle, por exemplo. "O modo NxtPaper colorido é quase como um celular normal, com cores menos saturadas, apenas. Ainda dá para usar qualquer aplicativo que eu geralmente testo, e o único porém fica para os vídeos, por conta das cores. De resto, é um smartphone comum, mais confortável para leitura." — Felipe Junqueira Desempenho abaixo da média O processador do modelo 4G é o Helio G88, da MediaTek. Trata-se de um chip já vastamente utilizado em celulares simples nos últimos anos. Ou seja, não espere desempenho de ponta — pelo contrário. De cara, eu notei que as animações do sistema estão desativadas por padrão. E entendi a importância disso ao jogar Subway Surfers. O jogo, que é bem leve, roda com engasgos até incômodos. Fica na cara que o aparelho não foi pensado para entregar desempenho além de apps mais simples do dia a dia. Resultados no AnTuTu (Imagem: Canaltech) "O TCL NxTPaper entrega desempenho satisfatório para WhatsApp, redes sociais e navegação na internet. E nada muito além disso. Nem mesmo jogos simples rodam de maneira aceitável no celular. Se você quer jogar, mesmo casualmente, é melhor partir para a versão 5G do NxtPaper — ou um outro celular mais potente." — Felipe Junqueira Câmera O conjunto de câmeras traseiro é triplo, com um sensor principal, um ultrawide e um macro. A qualidade das fotos com boa luminosidade é surpreendentemente boa, e mesmo com pouca luz o celular consegue resultados satisfatórios, considerando sua faixa de preço. A câmera frontal também faz selfies de boa qualidade, com boas texturas e cores precisas. Considerando que não é o foco, as câmeras do TCL 40 NxtPaper são muito boas, um destaque positivo do aparelho. +12 $(function() { $('body').append("\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n1 \/ 16\n\n\n\nCâmera ultrawide (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n2 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n3 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n4 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n5 \/ 16\n\n\n\nCâmera frontal (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n6 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal, modo ultramacro (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n7 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal, modo ultramacro (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n8 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n9 \/ 16\n\n\n\nCâmera ultrawide (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n10 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n11 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n12 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal, modo noturno (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n13 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n14 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal, modo noturno (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n15 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal, modo noturno (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n16 \/ 16\n\n\n\nCâmera principal, modo ultramacro (Imagem: Felipe Junqueira\/Canaltech)\n\n\n\n\n\nIMAGENS\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n"); iniciaGaleria($('#_a6714f')); }); Bateria A autonomia de bateria do TCL 40 NxtPaper deixa a desejar, a meu ver. São menos de 19 horas de uso, segundo o teste padrão do Canaltech. Talvez ele chegue a dois dias longe da tomada em uso simples, mas ainda fica abaixo de modelos da mesma faixa de preço, que podem ficar mais de dois dias sem uma recarga. Resultado do TCL NxtPaper no teste de bateria comparado a concorrentes (Imagem: Canaltech)Falando em carregamento, o aparelho acompanha um adaptador de parede de 30 W. E é capaz de preencher 50% da carga em cerca de 30 minutos, levando pouco mais de uma hora para fazer os 100%. Recursos e conectividade Além da tela e-Ink, o TCL 40 NxtPaper tem suporte à caneta digital T-Pen. Infelizmente, não pude testar a compatibilidade para desenhar e escrever na tela do aparelho com o acessório. Mas é uma possibilidade interessante para substituir um caderno de anotações por um aparelho eletrônico que não cansa tanto a vista. Modo NxtPaper pode ser colorido ou "papel para tinta" (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)E aí temos a conectividade, que vai além das já citadas portas P2 e USB-C. Sem fio, o aparelho oferece Wi-Fi dual-band, com possibilidade de conectar a redes 5 GHz. Também possui NFC para pagamento por aproximação, além de Bluetooth 5.1. A versão do smartphone testada pelo Canaltech é o 4G, e há um modelo 5G disponível no Brasil, também. Concorrentes diretos Não há concorrente com tela e-Ink para o TCL 40 NxtPaper. Em compensação, os celulares na mesma faixa de preço que ele, de cerca de R$ 1.500, são todos com 5G. A Motorola tem o Moto G54, que você encontra por R$ 1.100. A Samsung tem o Galaxy M34 por R$ 1.400, mesma faixa do Poco M6 Pro, da Xiaomi. Já a Realme tem o 11x 5G na casa dos R$ 1.200. Todos são melhores em desempenho e bateria que o NxtPaper. Todos os preços são aproximados e podem variar. ???? Veja o preço do Moto G54 no KaBuM! ???? Veja o preço do Galaxy M34 no Mercado Livre ???? Veja o preço do Poco M6 Pro na Amazon ???? Veja o preço do Realme 11x 5G na Amazon +17 $(function() { $('body').append("\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n1 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n2 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n3 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n4 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n5 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n6 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n7 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n8 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n9 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n10 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n11 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n12 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n13 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n14 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n15 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n16 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n17 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n18 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n19 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n20 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n21 \/ 21\n\n\n\nTCL 40 NXT Paper 4G (Imagem: Ivo Meneghel Jr\/Canaltech)\n\n\n\n\n\nIMAGENS\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n\n"); iniciaGaleria($('#_17670a')); }); O TCL 40 NxtPaper compensa? O TCL 40 NxtPaper vale a pena para quem busca um celular simples no qual possa ler em períodos mais longos. As principais vantagens do aparelho são justamente a tela e-Ink e a caneta, que é vendida separadamente. No entanto, antes de você clicar nos links de compra, eu deixo uma sugestão: aguarde a versão 5G do 40 NxtPaper. O desempenho será melhor, com um preço oficial de R$ 1.600, apenas R$ 100 a mais que o modelo 4G testado nesta análise. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Linux terá Tela Azul da Morte melhor que a do Windows

canaltech Se você usa Linux e sente falta da temida Tela Azul da Morte do Windows, está chegando a hora de matar a saudade. O Sistema do Pinguim vai ganhar a sua própria versão do painel, mas de um jeito diferente (e um tanto mais útil) que a versão equivalente a ela na plataforma da Microsoft. 5 distribuições de Linux para você abandonar o Windows 13 coisas que usam Linux e você não sabia A novidade foi revelada no GitHub do conjunto de softwares systemd. Uma atualização para o pacote (versão 255) traz um recurso chamado “systemd-bsod” para informar sobre erros do sistema numa tela azul — lembrando que “BSOD” é a sigla em inglês para “tela azul da morte”. “Um novo componente ‘systemd-bsod’ foi adicionado, o qual pode mostrar uma tela cheia com mensagens de erros registradas se eles tiverem um nível de log de LOG_EMERG”, explica a publicação. “Este componente é experimental e sua interface pública está sujeita a mudança”, finaliza. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Tela azul no Linux Quando uma distro Linux dotado do systemd-bsod sofrer alguma falha, o usuário verá na tela uma tela azul com informações sobre o problema. Junto dele, haverá um QR Code que, ao ser lido, leva a pessoa para um log de informações relacionadas. Aí você me diz: ora, ora, mas a tela azul do Windows traz um QR Code desde 2016. Sim, e isso é verdade. Porém, quem lê um código na BSOD do Windows é levado sempre para a página windows.com/stopcode, que traz informações genéricas sobre a solução de um erro. No Linux, a coisa será mais específica e, espera-se, mais eficiente também na hora de instruir e auxiliar quem sofre com algum problema capaz de gerar a famigerada tela azul. Tela Azul da Morte no Linux deve ser mais útil do que a do Windows (foto) (Imagem: Reprodução/Microsoft) Quando chega? Como de costume no universo Linux, qualquer novidade relacionada a um componente do sistema precisa ser implementada pela equipe responsável pela distribuição que você utiliza. A fragmentação pode fazer com que o recurso chegue antes para umas e depois para outras. De qualquer forma, se você estiver apressado, uma solução é ir ao repositório do systemd no GitHub (github.com/systemd), baixar os arquivos e fazer a atualização “na unha”. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: O que significa o nome Yu Yu Hakusho? Google admite que vídeo de demonstração da IA Gemini foi editado Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Crítica O Mundo Depois de Nós | Em meio ao caos, em quem podemos confiar? Os 15 melhores aplicativos para Android de 2023 Meteoro 40 vezes mais rápido que avião é registrado em SC e SP Veja Mais

Banco Central estabelece limites e regras para Pix automático; veja detalhes

Banco Central estabelece limites e regras para Pix automático; veja detalhes

Tecmundo As regras de funcionamento do Pix Automático foram publicadas pelo Banco Central (BC) nesta quinta-feira (7). Além das normas para a operação, o órgão estabeleceu os limites de valores. A função, que existe em alguns bancos como Pix recorrente, irá permitir pagamentos recorrentes e deverá ser fornecida por todas as instituições financeiras até o dia 28 de outubro de 2024.Leia mais... Veja Mais