Meu Feed

Tecnologia

Mulher sofre fraude de R$ 195 mil no cartão após perder Apple Watch

Depois de perder seu Apple Watch em uma atração do Disney World no mês passado, uma visitante passou a receber cobranças de cartões de crédito que chegam a US$ 40 mil (R$ 195 mil). O caso foi parar no gabinete do xerife do condado de Orange, nos EUA, segundo publicado pelo jornal do parque WDW News Today no sábado (21).De acordo com o relatório de ocorrência policial visto pela publicação, a visitante participava de um passeio lento na atração "Os Mares com Nemo & Amigos", no Epcot Center, quando seu Apple Watch se soltou do pulso em um ponto mais elevado do brinquedo. Como o piso era de grade, o dispositivo da edição Hermès passou direto, caindo para o fundo do “mar”.Leia mais...

AMD revela processadores Ryzen 7000: até 5,5 GHz, Zen4 e RDNA2

A AMD anunciou nesta madrugada (23) os aguardados processadores da família Ryzen 7000, codinome Raphael. Durante sua conferência na Computex 2022, a empresa trouxe mais detalhes sobre a linha de CPUs e confirmou que os modelos alcançarão frequências de até 5,5 GHz em games.Com formato quadrado (45x45 mm), os chips Ryzen 7000 são baseados na nova arquitetura Zen4 e feitos em processo de 5 nanômetros da TSMC. Após cerca de 5 anos, a AMD também vai deixar o padrão AM4 para trás e adotar o novo soquete AM5 LGA1718 com as novas CPUs.Leia mais...

YouTube remove 70.000 vídeos sobre a guerra na Ucrânia

O YouTube divulgou neste domingo (22) que, desde o início da invasão da Ucrânia pela Rússia no dia 24 de fevereiro, a plataforma já derrubou mais de 70 mil vídeos e suspendeu cerca de 9 mil canais relacionados ao conflito. Em entrevista ao The Guardian, a empresa do Google informou que o principal motivo das suspensões foi a violação da política de "grandes eventos violentos".Entre os canais suspensos durante a “varredura” está o do jornalista russo Vladimir Solovyov, que tem fortes ligações com o Kremlin e Vladimir Putin. Canais associados aos ministérios da Defesa e Relações Exteriores russos também foram temporariamente suspensos de publicar vídeos, por descrever a guerra como “missão de libertação da Ucrânia”.Leia mais...

Entretenimento

No mais...