Meu Feed

Tecnologia

Pesquisadores enganam sistema de reconhecimento facial e fazem alerta

Uma equipe da McAfee conseguiu enganar um sistema de reconhecimento facial semelhante ao utilizado em aeroportos para verificação de passaportes e, por meio de técnicas de machine learning, fez com que o algoritmo identificasse uma pessoa diferente da que era exibida – o que permitiria a alguém embarcar em um voo estando registrado ou não.Para o ataque, foi utilizado um algoritmo de tradução conhecido como CycleGAN, capaz de mudar o estilo de fotografias com efeitos especiais, a exemplo de "tornar" o registro de um porto uma pintura de Monet ou transformar uma imagem de uma montanha no verão em um cenário de inverno. Mais de 1,5 mil fotos de dois membros do time foram "misturadas" umas às outras e, depois de centenas de tentativas, chegou-se a uma falsificada que parecia uma a olho nu e outra ao reconhecimento facial.Leia mais...

Bill Gates alerta: 'Mudanças climáticas podem ser piores que pandemia'

Bill Gates, que já destinou 250 milhões de dólares ao combate ao novo coronavírus, publicou uma carta em seu blog alertando sobre a necessidade da preparação mundial para futuras emergências. De acordo com o bilionário, "por mais terrível que seja a pandemia, mudanças climáticas podem ser ainda piores". E complementa: "Caso queira entender os danos dessa ameaça, observe os impactos da covid-19 e os estenda por um período muito maior".Dedicado a discussões sobre temas que envolvem o futuro da humanidade, Gates participou de um TED Talks em 2015, no qual falou sobre um número potencialmente impressionante de mortes que uma doença altamente infecciosa poderia criar. Desta vez, afirma: "Nos próximos 40 anos, o aumento da temperatura global tende a elevar taxas de mortalidade para 14 a cada 100 mil habitantes — a mesma enfrentada por nós neste momento". Segundo ele, se ações de contenção não forem executadas, as coisas podem ficar bem mais complicadas.Leia mais...

Microsoft quer zerar desperdícios em suas operações até 2030

A Microsoft anunciou, ontem (4), uma meta bastante ambiciosa em relação a se tornar uma empresa mais alinhada com a proteção ao meio ambiente: alcançar zero desperdício até o ano de 2030, para as suas operações diretas, embalagens e produtos.Uma das iniciativas da gigante de Redmond para atingir tal objetivo é a criação de “Centros Circulares” em seus data centers. Eles permitirão a reutilização ou a reciclagem de pelo menos 90% dos equipamentos eletrônicos existentes nestes locais, como os servidores, em vez de enviá-los para terceiros.Leia mais...

No mais...